Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: East Blue :: Shells Town
Página 8 de 8 Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 XqxMi0y
Créditos : 25
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Marines&Agiotas, não são o mesmo? Qui Maio 13, 2021 1:10 am
Relembrando a primeira mensagem :

Marines&Agiotas, não são o mesmo?

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Takamoto Lisandro e Joseph Proudguard. A qual não possui narrador definido.

_________________

Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 J09J2lK

Chloe Kaminari
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 F29b2a4ab51d43b15553ae13727e9e87
Créditos : 00
Chloe KaminariEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140


Marines & agiotas, não são o mesmo? - 012
17:05 / Shells Town



Quarteto marine

Agitados, os homens e mulheres que estavam à frente da marinha pareciam muito mais eriçados do que por pouco a mulher de cabelos azulados não perdeu o controle de tudo. Cada um exigia algo, os recrutas  também pareciam bem entusiasmados por conta da primeira missão à sua frente. Bum foi o primeiro a falar algo para a mulher que apenas negou com a mão esperando que o mesmo entendesse o que ela precisava fazer ali.

Seus olhos não desviavam dos copiosos lamentos -- Senhores, vamos resolver esse problema. Então preço por favor que voltem para suas casas.-- Joseph acabou se aproximando e assustando um pouco a mulher que estava concentrada entre responder Blum e responder os idosos naquele lugar - Descansar soldado.-- sua voz se manteve calma ainda -- E então, vão atrás do meliante? --

Quase milimetricamente cronometrado, Takamoto se aproximava e sua voz aliviava a tensão ali fazendo com que os idosos e os fazendo ir finalmente embora. O homem que outrora havia deixado Agnis como bode expiatório ainda estava parada no local, sua expressão era de medo e raiva visto que o mesmo tentou se dar bem mas acabou se dando muito mal. Um sorriso no rosto da Sargento acabou por surgir, mas a mesma negou sobre a garota dar uma surra no mesmo - Ele não vale a pena. Temos um peixe muito maior do que esse ai pra pegar --

Ela esperou por alguns minutos até poder finalmente conversar com os recrutas - Soldados, existem 3 lojas que foram furtadas por esse ou esses homens. Uma foi uma loja de roupas, a outra foi um Açougue e por fim uma loja de armas.- Ela pegou um pequeno mapa onde haviam três marcas azuladas -Preciso que conversem com as pessoas neste lugar, achem toda e qualquer informação. Após isso poderemos proceder com tudo. Alguma duvida?





Histórico:
Takamoto:
N° de posts: 012
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -
Blum:
N° de posts: 012
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -
Agnis:
N° de posts: 012
Ganhos: -
Perdas:
50.000 (post 01 - X ratão do restaurante de segunda)
Ferimentos: -
Joseph:
N° de posts: 012
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -

Legenda / Npc's:
Figurantes
Marines
Erina loli - Aparência
Sargento Almira - Aparência

Considerações:

Bom, após alguns contratempos, serei sua nova narradora.

Caso tenham uma sugestão, dúvida, feedback ou algo para pedir, sabem onde me encontrar, boa aventura!

Perdoem qualquer erro, tenho escrito pelo celular.

   Code by Arthur Lancaster

     
    

_________________

Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 U8TTd9b

Ficha
gmasterX
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 XNhSHch
Créditos : 04
gmasterXEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t429-agnis-cyrielle#1403 https://www.allbluerpg.com/

Not Enough Shooting Stars
The burning will



Tentava ser otimista, mas a final de contas, toda essa ideia de se juntar a marinha já estava se mostrando frustrante. - Se arrependimento matasse. - Eu murmurei para dentro. Bem, quer saber o motivo de tal arrependimento? É muito simples! Me encontro agora em um cenário de investigação. Não possuo os exatos atributos para fazer essa investigação ser efetiva, mas mesmo sem as habilidades de detetive, algo parecia feder bem mais que esses casos de roubo. - Espera ai, senhora! - Eu lhe chamaria a atenção.  - Tem algo me incomodando e eu não consigo deixar isso de lado! Primeiro que é um absurdo acreditar que a marinha ainda não cuidou disso. Essa instituição enfrenta ameaças bem maiores diariamente, e considerando que praticamente toda semana chega uma nova leva de novatos, não creio que fosse impossível apenas intensificar o patrulhamento da região para evitar a revolta da população. Além disso, nós não temos nenhuma informação. A central de informações da marinha consegue encontrar uma agulha num palheiro, mas não consegue dizer nada sobre um bando de trombadinhas? Numa ilha onde o governo mundial tem tanta influência? Bom, considerando isso tudo, eu acho que deveríamos ir mais a fundo nesse assunto, antes de qualquer coisa, já que há uma chance de chegarmos a raiz do problema. - Pode parecer que eu simplesmente não queria ficar investigando, o que é verdade, mas isso vai um pouco além do que eu quero. A gente pode estar se metendo no meio de algum esquema de corrupção da marinha, ou os criminosos descobriram uma forma de enganar a suprema inteligência do governo mundial.

De qualquer forma, não acredito que tudo isso se alinhou e que tudo isso pode ser explicado apenas pela "incompetência da marinha”, por isso, sugeriria a sargento que consultasse a central de inteligência para esclarecer essas dúvidas. Se ela desse uma desculpa ou por algum motivo, quisesse priorizar a investigação, eu teria que confiar na minha intuição. Não me leve a mal, eu prefiro trabalhar seguindo uma lógica, então esse com certeza não é um método que eu gostaria de usar, mas em situações assim, todo e qualquer fartorzinho deve ser levado em conta até na hora de escolher que local visitar primeiro. Talvez  isso tudo envolva um plano mirabolante, e eles já estivessem esperando por nós no local, ou quem sabe, um desses locais é apenas uma distração, para perdermos tempo. Pode ser que o roubo do açougue seja um esquema milionário, já que, por algum motivo, a carne poderia ser um item de alta demanda no mercado negro. Bom, você entendeu! Resumidamente: Qualquer coisa pode tornar essa investigação caótica. Fora o fato que qualquer detalhezinho obtido ou qualquer coisa que deixarmos passar, pode afetar completamente o resultado da investigação. Por isso, ao meu ver, a decisão mais sensata é a aleatoriedade. Agnis, o que a nossa intuição diz? - Por que você não consulta por si mesma? - Oh, tens razão. Eu observaria o mapa e buscaria o local que mais agradasse, a partir daí, eu sugeriria para a líder do meu grupo o dito cujo.

Chegando lá, veria o que fazer, a final de contas, qualquer coisa pode acontecer.

I ♥ Lollita

Histórico:

Post: 12
Nome: Agnis Cyrielle
Proficiências: Atletismo | Briga | Acrobacia | Estratégia | Lógica
Qualidades: Experiente em combate | Mestre em Haki | Intuitivo
Defeitos: Extravagante | Personalidade extra | Justo | Sádico | Orgulhoso

Ganhos: X ratão (Consumido)
Perdas: 25.000 ฿S
Localização: Shells town - East Blue

Objetivos:
- Aprender a proficiência Persuasão
- Entrar para a marinha
- Progredir para o Nível 2

_________________

Falas de Agnis um
Falas de Agnis dois
Pensamento de Agnis um
Pensamento de Agnis dois
Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 BvMx90e
Takamoto Lisandro
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 40425c8c6489989a6ba1ce5132784ac2
Créditos : 02
Takamoto LisandroEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t355-takamoto-lisandro#1064 https://www.allbluerpg.com/t385-marinesagiotas-nao-sao-o-mesmo#1162

Marines&Agiotas, não são o mesmo?
 

Minhas palavras eram mais do que suficientes para apaziguar o povo, além do mais, eram as ditas do homem mais forte do mundo. Quem não acreditaria nas minhas juras? Somente um idiota ou louco, com ambos os punhos na cintura, ri alto e confiante. - Takakakaka! Pegarei os fugitivos antes do próximo amanhecer. - Cordialmente olhei para os arredores, não deixaria a arrogância subir, por mais que fosse o melhor dos melhores, não sabia a geografia da ilha e nem tinha pistas suficientes ficando ao acaso no solucionamento dos problemas apresentados pela população. A mulher de antes parecia ser algum tipo de superiora da marinha, se o que meu mestre havia dito, era que não fosse rude ou presunçoso quando aparecesse tais pessoas.

Ela tinha segurança nas minha capacidades, retirava um mapa e citava pontos estrategicos, porém nada ali tinha real proveito já que cartografia não era um dos meus conhecimentos alocados para sobrevivência. O grupo de novatos foi formado, a garota de cabelos grisalhos mostrou indignação e seus pensamentos direcionados a importância da organização eram claros, mas a ignorarei por agora, preciso focar em trocar de roupas e arranjar uma espada. - Certo, você.. - Apontaria para o homem coeso e normal dos demais. - Joseph! Eu irei com você, espere alguns minutos, irei me preparar. - O sujeito aparentou ter laços com a ilha, com nossa conversa na cafetaria, lembrei que até mesmo poderia ser sua ilha natal, se precisasse me localizar na cidade, teria de usá-lo.

Sem mais demoras, iria rumar aos alojamentos para tomar um banho e tirar toda a areia e suor, ficando limpo amarraria meus cabelos por um momento com finalidade de trajar o uniforme branco da justiça. - Espero que no final do dia continue com a mesma cor. - Era um desejo que talvez não fosse se realizar, tendo em vista que todos tem direito a um equipamento, iria para o estoque de armas e asseguraria de arranjar uma espada e voltaria para o Josi. - Pronto para o que der e vier.


Controle
Nº de Posts: 12
Ganhos: x
Perdas: x

Relacionamentos: x

Extras: x





_________________


Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 QTwF5xt
Gyatho
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 CcVdsGk
Créditos : 00
Localização : Shells Town

Inicio de investigação, apresentação do caso!




A situação era um tanto estranha. Tínhamos em nossas mãos um mistério onde lojas de trabalhadores comuns estavam sendo assaltadas em uma frequência recorrente. Após me apresentar a minha superior, Sargento Almira, me matutava os pensamentos daquele rolo. “ O que de valor, além de dinheiro em espécie, guardavam essas lojas?... Roupas podem ser vendidas a preços baratos, então não faria sentido rouba-las para vender a um preço mais abaixo que o próprio mercado. O açougue agrega um valor um pouco maior, já que algumas carnes podem ter preços insustentáveis para certas classes econômicas, mas... ainda assim, não enxergo esse quadro geral onde valeria a pena. A loja de armas é a que faria mais sentido. Vendidas por um preço alto tanto no mercado convencional quanto num mercado... alternativo, fora que se não houvesse a intenção de venda, o uso delas também valeria a atenção causada pelo roubo.”

Neste meu devaneio, os outros recrutas também tinhas suas opiniões sobre o caso. A jovem de cabelos claros questionava a eficiência da marinha naquele período, onde vários dos mesmos atentados de agora se tornaram evidentes e recorrentes. Não podia deixar de concordar com tal pensamento, era se de esperar que a taxa de crimes numa ilha com uma força do governo tão forte como essa seria menor do que as demais, mas não parecia o caso. O jovem ruivo um pouco confiante demais em suas habilidades garantia a resolução dos problemas antes mesmo do sol do dia seguinte raiar no horizonte “ Também espero que esse problema se resolva tão facilmente...” pensava sobre tal afirmação. Ele me chamava para me avisar que iria me acompanhar, mas que era para espera-lo se arrumar, já que o mesmo ainda não trajava o uniforme, e imaginava que ele pegaria alguma arma para usar em combate – Tudo bem, não temos pressa. Precisamos de tempo para formular ideias, e preparar de acordo não é mesmo – Responderia com um sorriso fino.

Precisaria utilizar aquele tempo de espera de forma útil, investigar não era minha praia, mas poderia tentar resolver esse mistério como um leitor que tenta prever o final de seu livro. Perguntaria a Sargento Almira – Por acaso o dono ou alguém da loja de armas que foi roubada se encontra nessa multidão? – esperaria pela sua resposta.

Caso ela me apontasse alguém relacionado a loja, iria a tal pessoa para conseguir algumas informações – Bom dia, eu sou o Soldado Joseph e estou ajudando nas investigações dos roubos de algumas lojas. Qual o seu nome e, você trabalha na loja de armas, ou é dono dela, ou conhece o dono dela? – Perguntaria calmamente para a pessoa compreender que estava ali para ajuda-la e que ela teria espaço para responder conforme se sentia à vontade – Você poderia nos levar até lá para darmos uma olhada? – Esperaria que a resposta fosse afirmativa, já que se encontravam naquele local, aqueles que queria seus problemas resolvidos. Antes que a pessoa começasse a andar como forma automática ao meu pedido, seguraria ela por ali por mais alguns instante – Esperemos alguns minutos, pois meu parceiro ainda não está pronto. Enquanto isso, pode me responder mais algumas dúvidas? – Esperaria que a simpatia da pessoa a fizesse conceder o meu pedido e me responderia algumas perguntas enquanto o jovem ruivo tomava seu tempo, mas também, não forçaria se caso não estivesse de acordo. Caso aceitasse o meu pedido, perguntaria algumas questões simples -  Quantos anos você tem? A quanto tempo está trabalhando lá ou a quanto tempo você tem a loja? Qual é a reputação da sua loja com as pessoas que a frequentam e as que não frequentam? Tem muitas reclamações? Muitos elogios? Muitas recomendações? Você por algum acaso já ouviu falar de algum grupo de criminosos presentes na ilha? Não conheço muito aqui, aliás, cheguei hoje, e por isso, ainda estou me familiarizando. – Faria as perguntas num ritmo calmo e suave, com pausas entre elas para que a pessoa pudesse pensar e responder. Esperaria ganhar tempo o bastante para Takamoto retornar pronto para partirmos. Diria a pessoa que estávamos prontos para irmos, e acompanharia na mesma passada da dela. Observaria o caminho e todo o conjunto de lojas e casas da cidade. Precisava pegar mais informações se fosse me manter por ali.

Caso a Sargento Almira não conseguisse reconhecer alguém da loja de armas, teria que procurar chegar lá da minha própria forma. Enquanto o garoto se aprontava, alternaria entre o mapa e a paisagem, observando os relevos e caminhos para poder projetar o caminho certo até a loja. Faria o processo até estar confiante da informação, e mais uma vez assim que Takamoto retornasse. Partiríamos de imediato e esperava conseguir mais informações sobre a loja quando chegasse no destino.


histórico:

Nº de post: 13
ganhos: N/A
Perdas: N/A

objetivos:

[X] Entrar para Marinha
[] (OPCIONAL) Pegar meu dinheiro do [Abastado]
[X] Me juntar ao grupo
[] (OPCIONAL) Apender proficiência: Escudista




_________________

legenda:


" Pensamento "
- Fala -

Narração
Blum
Ver perfil do usuário
Imagem : Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 Tumblr_mdipm8vmJc1ro8cnpo1_500
Créditos : 02
BlumDesigner
https://www.allbluerpg.com/t441-nakamura-blumayden#1506 https://www.allbluerpg.com/t385-marinesagiotas-nao-sao-o-mesmo#1162
Re: Marines&Agiotas, não são o mesmo? Sex Out 08, 2021 11:53 pm

I - Aventura
Marines&Agiotas, não são o mesmo?

Questionando por respostas

Roupas? Carne? Armas? A resposta estava clara como a neve, não havia dúvidas que nosso criminoso iria dar uma festa. Mas mal ela sabia que o fodão aqui iria acabar com a festa dele, essa frase foi tão boa que foi precisar usar ela quando achar esse pedaço de lixo.

- Que porra é essa?! - Encarava aquele ruivinho desgraçado, o maldito tinha coragem de dar as caras novamente aqui? Esse daí não tem medo da morte não. Embora esteja mais calmo, pois havia dado uma lição nesse pimenta ambulante.

Do nada o engomadinho do grupo tomava as rédeas e iniciava a questionar as pessoas, uma aura de liderança era exalado naturalmente que deixava-me surpreso e puto também. - Esse zé aí não se acha demais, não? - Cuspia no chão, enraivecido.

Por outro lado aquela gasosa havia conseguido passar pelo exame de alguma forma, talvez eu devesse falar com ela para mostrar como se faz o trabalho estilo Yakuza, porém vou aguardar o que esses otários vão fazer para chegar a minha hora de brilhar.

De alguma forma, a gente se tornava um grupo. O cabeludo seguia o certinho sem questionar muito, a Agnis seguia a maré do bonde, enquanto eu estava curioso com a treta que iria rolar. Cada tempo que passava sentia-me desconfortável com eles. Era incrível, como é que pode, todos ali haviam se reunidos e nenhum deles havia trocado ao menos algumas palavras ou simplesmente se apresentaram adequadamente uns aos outros. - Esses desgraçados ao menos sabe o que é educação básica?

Enfim, se chegássemos ao local do crime, rapidamente tomaria atitude básica para se resolver um caso. Questionar os envolvidos. - Antes de começar a inquisição, é melhor chamar todos funcionários. - Auxiliaria que todas as testemunhas tivessem perto da gente para começar o show de perguntas.

Quando o parlema do nosso grupo terminasse de fazer as perguntinhas bestas, enfim começaria o serviço de verdade. - Sai do mei. - Entraria na frente do marujo e seguraria a testemunha pela gola da blusa e faria uma careta perversa. - BORA FELA! NÃO TENHO MUITO TEMPO PRA ESSA PALHAÇADA! DESEEMBUHCAAAA TUDO!!! E não vá mentir pra mim! E diz uma coisa, você sabe de alguma FESTA?! - Se o infeliz tivesse a audácia de questionar algo ou demorasse para responder, meteria um. - HÃÃÃÃÃÃN?! - Rangeria os dentes e emputeceria ainda mais minha cara.

A ideia era que jogasse toda verdade para fora e fizesse o entrevistado de exemplo, porque quando questionassem ou outros funcionários(se existissem) eles já ficariam ciente de como o sistema funciona. E aqui o sistema é bruto!


Histórico:

Ficha: Blum
Nº de Posts: 13
Ganhos: N/A
Perdas: N/A
Extras: N/A
Relacionamentos: N/A

_________________

Eae, qual foi?

#cc99ff - Pensamento
#ffffff - Fala

Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 Qcj2Qdg
Masques
Ver perfil do usuário
Imagem : Let's get this party started!
Créditos : 05
MasquesAgente
https://www.allbluerpg.com/t850-shen-ikimura#6925 https://www.allbluerpg.com/t385p60-marinesagiotas-nao-sao-o-mesmo
Re: Marines&Agiotas, não são o mesmo? Sex Out 15, 2021 12:15 am

ACT 01


I - Marines&Agiotas, não são o mesmo?




Eu me vestia na ordem que estava sempre acostumado, vestia uma camiseta preta antes de vestir o seu habitual gi laranja, passava a faixa azul na cintura, amarrando o gi, por fim vestia os braceletes e as botas novas que havia comprado logo no outro dia. Saía e iria rumo ao QG da marinha. Não podia deixar de pensar no quão bonito o dia era, parecia um dia feito para o sucesso, trancava a casa onde morava e ia rumo ao seu destino.

Eu não procurava necessariamente falar com ninguém, continuava em meu caminho exceto caso alguém me parasse para conversar, de resto só continuaria em meu caminho. Chegando na marinha,  procuraria alguém que o pudesse ajudar, não era como se pudesse evitar afinal de contas eu não conhecia o processo, se precisava meregistrar ou  algo do tipo então procuraria ajuda de alguém que pudesse me informar. - Opa, tudo certo? Eu queria ver o quadro de procurados, gostaria de me tornar um caçador de recompensas. - Falava com inocência me dúvida para algum atendente, balconista, ou alguém que trabalhasse ali, qualquer que seja.

Me dirigiria então rumo aonde me foi apontado, não é como se tivesse muita coisa em meus pensamentos além da minha situação atual e de certa ansiedade dada pelo fato de que talvez eu finalmente fosse mudar de vida em breve, o que o futuro me aguardava, aonde eu iria parar eu francamente não sabia mas de certa forma não era medo que eu sentia e sim vontade de apressar as coisas, vontade de mudar as coisas e ser alguém diferente, alguém melhor.






Dados:
Post: 01
Nome: Shen Ikimura
Proficiências: Acrobacia | Caça | Culinária | Herbalismo | Preparo

Qualidades: Adaptável | Ambidestro | Destemido | Prontidão | Hipoalgia.
Defeitos: Impulsivo| Justo.

Ganhos: -x-
Perdas: -x-

Localização: Shells Town- East Blue
Link da Ficha: Shen Ikimura

Objetivos:
• Tornar-se caçador de recompensa;
• Me encontrar com a galera;

Por enquanto é só.




_________________



Marines&Agiotas, não são o mesmo? - Página 8 Tumblr_papu4oUlJA1uuj1vto1_540