All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Zulkras
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ter Abr 16, 2024 1:40 pm

» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Oni Ter Abr 16, 2024 9:27 am

» [TUTORIAL] - MAURICE
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Maurice Seg Abr 15, 2024 12:06 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor mestrej Sáb Abr 13, 2024 6:07 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody

Ir para baixo 
3 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySeg Mar 04, 2024 5:48 pm

Relembrando a primeira mensagem :


Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody

Participantes: Drak e Nero
Localização: Aquipélago Sabaody - Paradise
Modalidade: Padrão
Invasão Livre: Ligada

_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai

AutorMensagem
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptyDom Mar 24, 2024 8:38 pm



~ NARRAÇÃO: X ~

Ante o questionamento de Nero, Boros colocou uma mão na parte de trás da cabeça e a balançou levemente, como se buscasse as palavras certas. — Bem... Como posso dizer... É uma longa história. — Esboçou responder. Todavia, enquanto Drak e Nero desembarcavam no navio, ouviram um som estranho vindo do laboratório abaixo do convés principal. Era como se algo estivesse borbulhando e emitindo pequenos estalos. — Ah, finalmente vocês chegaram! — Era Fausto, com os olhos brilhando de empolgação. — Eu estava prestes a testar meu mais novo experimento: o Chuveiro Portátil de Emergência! Vocês precisam ver isso! — Vociferou em alto e bom som.

Com um gesto dramático, Fausto ativou o dispositivo e um fino jato de água começou a espirrar do aparelho, dançando no ar como uma fonte improvisada. — Tcharam! Perfeito para se refrescar nos dias quentes ou lavar a sujeira após uma batalha intensa. Além disso, também pode ser usado para surpreender os inimigos com uma distração inesperada! — Explicou, confiante em sua mais nova invenção.

O Chuveiro Portátil de Emergência de Fausto era um dispositivo compacto e engenhoso, composto por um recipiente de água pressurizada conectado a um bico pulverizador ajustável. Ele era ativado por um simples botão de liberação e recarregável para múltiplos usos. Os materiais utilizados em sua construção incluíram plástico resistente e componente metálicos leves.

Instantes após Fausto apresentar sua invenção, um colega de tripulação, com um sorriso sarcástico nos lábios, exclamou. — O que é isso, Fausto? Uma nova arma secreta para derrotar nossos inimigos? Ou apenas um brinquedo de banho para os marujos se refrescarem durante o saque? Hahaha! — Seu comentário trazia um tom de escárnio, enquanto ele observava o dispositivo com desdém. — Veremos quem vai rir por último. — Com um olhar determinado, Fausto o rebateu. — Você vai pagar caro por isso, animal. — Rosnou ele, determinado a fazer o pirata engolir suas palavras. Sem pensar duas vezes, Fausto agarrou seu Chuveiro Portátil de Emergência e correu atrás do homem que agora tentava fugir.

Enquanto essa cena se desenvolvia, o restante da tripulação se mobilizou rapidamente para seguir as ordens de Drak e preparar a embarcação para a partida. Os tripulantes corriam de um lado para o outro, ajustando as velas para capturar o vento da melhor maneira possível e garantir uma viagem suave. Enquanto isso, outros membros da tripulação limpavam e inspecionavam os canhões para garantir que estivessem prontos para uso em caso de emergência. — E então, capitão? Só preciso das coordenadas para colocar o Abyssal no rumo certo. — Sinalizou Boros, demonstrando total confiança no capitão e em sua capacidade de liderança.




_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySeg Mar 25, 2024 12:36 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

O cientista Fausto era bastante cômico, mostrando uma de suas inusitadas criações. ~ DRAKAKAKAKAKAKA! Que bugiganga mais divertida. Comentava em seguida que havia sentado no meu belo trono vulcânico. ~ Só espero que não exploda meu navio Fausto, porque senão vai me deixar bem furioso. Darararara. Disse tranquilamente enquanto fintava-o por alguns instantes.

O cientista entrava em atrito com um dos piratas no meu navio, mas sinceramente não me importei. Aquele tipo de coisa era normal, intrigas não seria a primeira e nem ultima vez a ocorrer. No entanto, desde que não quebrassem as regras em meu navio, estava tudo certo. Podiam até resolver na porrada, eu até apreciaria. Afinal, nada como uma boa luta para fazer o sangue borbulhar.

Boros como sempre, empenhado e leal a nossa viagem, perguntou sobre nosso rumo. ~ Certo, certo Boros. Nero ficará a cargo disto. Quando terminei de falar, foi então que ouvi os passos de Hera quase como um pressentimento meloso. – Owwnnn meu chuchuzinho! Voltou enfim. Estavam morrrreendo de saudades! Hera então se grudava em minha perna, como uma água-viva. ~ Hmm. Sim, sim. Voltei. Comentava a desgrudando de minha perna. ~ Se afaste um pouco Hera, antes de zarparmos vou deixar uma marca de presente para esses paspalhos que estavam sedento pela nossas cabeças. Drakakakaka! Proferia cerrando os olhos e, como Hera me conhecia bem, rapidamente largou minha perna.

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 9a5dac523e8d89055faf23ff18050dcb3247f5b6_hq

Havia me levantando do trono e caminhava até a borda do navio, que estava direcionada ao bosque. ~ Heh. Seus fracotes de merda! Não sabem nem esconder sua intenção assassina. Disse enquanto erguia os braços e os mesmo começavam a gerar magma até que ocorreria uma erupção vulcânica alvejando o bosque todo com intuito de deixar uma enorme assinatura: “Os Indomáveis estiveram aqui”.

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Tumblr_ow6my61QFS1wb3myqo1_500

O chão queimado e afundado do bosque, escrito as palavras, haveria a finalidade de demonstrar a realidade entre nós e aqueles paspalhos que ainda desconheciam o mundo. E eu o conhecia a muito, muito tempo. ~ Dararararara, Dararararara. Gargalhava baixo enquanto cessava o magma de meu corpo e avistava o que havia escrito. ~ Isso sim é um espetáculo? Chamativo demais? Perguntava para meu imediato durante o tempo que cruzava os braços e expressava um sorriso satisfatório.





Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptyTer Mar 26, 2024 8:02 pm

A Calamidade


A chegada ao navio era tranquila, apesar de tudo o que havia ocorrido. Já no convés do Abyssal, Boros fazia suas explicações sobre como estava o navio e a tribulação, e tudo parecia aparentemente bem, e quando perguntado sobre Fausto por mim, o mesmo coçava a cabeça, como se algo tivesse acontecido.

-O que esse maldito fez dessa vez? Comentei sorridente, enquanto esperava a resposta de Boros, mas antes mesmo que o homem pudesse responder, Fausto surgia após uma explosão no laboratório do navio, com uma espécie de chuveiro nas mãos. Aparentemente, a coisa era feita para ser usada de forma portátil, o que era de certa forma interessante.

-YEHEHAHAHA! Sempre com coisas diferentes, não é? Diria para Fausto observando seu chuveiro. -Hmm… Até que isso parece interessante, andar com esse cabeça de magma aqui às vezes dá calor. YEhehaha! Disse a Fausto em resposta a sua apresentação, enquanto tirava uma com Drak.

Voltando a Boros, o mesmo questionava seu capitão de para onde iremos agora, e o canalha deixou a decisão para mim. -Bom, se quer que eu decida, eu acho que seria interessante irmos até a Grand Linha… Lá tem algumas ilhas com recursos interessantes que seriam bons para nós e para formar um exército, e ainda poderíamos recrutar alguns novatos para navegar sob nossa bandeira. Expliquei para Drak, enquanto respondia a Boros sobre o questionamento.

-Termos mais piratas sob a nossa bandeira, seria bom para expandirmos nossa influência, ainda mais em um mar que é dominado pelo governo… Teríamos territórios, e pessoal de qualidade para criar uma frota extremamente poderosa, que claro, ajudaria a fortalecer nossas ilhas no Novo Mundo. Concluí minha explicação, deixando que Drak desse sua opinião sobre o que achava, afinal, ele era o capitão, porém, aparentemente, decisão tomada. -Vamos seguir para a Grand Linha, Boros, mas em específico, Dragora!

Minha ideia podia ser ignorada pelo Yonkou, mas eu já esperaria por isso, e era por esse motivo que eu mesmo pretendia ir até as ilhas da Grand Linha, e eu mesmo faria tudo o que seria importante e o que eu achava bom o suficiente para a nossa dominação mundial.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySex Mar 29, 2024 7:29 pm



~ NARRAÇÃO: XI ~

Após a demonstração explosiva de poder de Drak, o bosque agora exibia marcas profundas e queimadas, com as palavras "Os Indomáveis estiveram aqui" escritas no chão. A fumaça ainda pairava no ar, lembrando a todos da presença imponente desta famosa tripulação. Como resultado de sua ação, uma estranha vibração começou a percorrer o solo. O chão, já marcado pelo magma recente, começou a tremer de forma violenta, fazendo com que todos a bordo do navio se agarrassem ao convés para se manterem de pé.

— Os mapas estão em ordem, as coordenadas estão corretas. — Murmurou Boros enquanto conferia os mapas e ajustava os instrumentos de navegação. Ele parecia satisfeito com o que via, indicando que a rota planejada estava bem definida. — Tudo parece estar funcionando sem problemas. — Comentou um dos engenheiros, após verificar os indicadores de pressão e temperatura. A confirmação dos sistemas operacionais era um alívio para a tripulação, que se preparava para a jornada à frente.

— Capitão, você não vai acreditar nisso. — Disse um dos tripulantes se aproximando de Drak e lhe apresentando um Log Pose, com um brilho de excitação em seus olhos. — Lembra de nossa última incursão?! Quando nos deparamos com os destroços de um dos últimos navios da Marinha que ousou nos desafiar? Então, nós encontramos este dispositivo entre os escombros. — Ele fez uma pausa dramática. — Parece que a sorte estava do nosso lado naquele dia. Quem teria imaginado que encontraríamos um Log Pose intacto em meio àquele caos? Parece que o destino sorri para nós mais uma vez, capitão. — Concluiu, com um sorriso triunfante, enquanto oferecia o dispositivo ao seu líder.

Enquanto o tripulante apresentava o Log Pose a Drak, Fausto interrompeu a conversa com um ar de curiosidade evidente em seu rosto. Ele estreitou os olhos ao examinar o dispositivo de navegação, girando-o cuidadosamente entre os dedos. Após uma breve análise minuciosa, ele ergueu o olhar para Drak e o tripulante com uma expressão séria. — Capitão, permita-me dar uma olhada mais de perto neste Log Pose. — Sem esperar por uma resposta, Fausto concentrou-se totalmente na inspeção do dispositivo.

Após alguns minutos de exame cuidadoso, ele ergueu a cabeça com um brilho nos olhos. — Este é, sem dúvida, um Log Pose do Novo Mundo. — Anunciou ele, após examinar com atenção e ter identificado uma característica única que o diferenciava dos Log Poses convencionais. — Este Log Pose possui três pequenas agulhas no topo, semelhantes a um relógio, com sua pulseira e base de madeira. — Explicou enquanto girava o dispositivo entre os dedos para melhor observação. — Embora semelhante em aparência ao convencional, ele opera de maneira distinta. Em vez disso, ele 'registra' o campo magnético entre uma ilha específica e a próxima Ilha mais próxima, apontando para esta última. Quando chegamos à próxima ilha e permanecemos lá por um período, o Log Pose se ajusta ao magnetismo da próxima ilha. — Prosseguiu. — Eu entendo que o Vice-Comandante Nero gostaria de ir para Dragora, mas acredito que ficaria inviável. — Fausto dava o seu ponto de vista.  

Com o navio prestes a partir e agora com uma nova ferramenta em mãos para clarear melhor o próximo destino marítimo dos Piratas Indomáveis, a tripulação do Abyssal estava pronta para seguir viagem. A atmosfera a bordo era de pura efervescência e camaradagem. O som das conversas animadas preenchia o convés, misturando-se com o crepitar das ondas contra o casco do navio. Em outro canto do convés, dois personagens estavam engajados em uma competição amigável de braço de ferro, exibindo sua força e habilidade enquanto outros tripulantes se juntavam ao redor para torcer e aplaudir. Os ânimos estavam elevados, e a confiança mútua entre os Piratas Indomáveis era evidente em cada interação e gesto. Apesar dos desafios que poderiam surgir no horizonte, a tripulação do Abyssal estava unida e determinada, pronta para enfrentar o que quer que viesse em seu caminho enquanto navegavam pelos vastos mares em busca de aventura e tesouros.




_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySáb Mar 30, 2024 6:53 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

Após deixar uma bela marca no bosque de Sabaody, não por maldade, mas sim por respeito. Em seguida um dos meus subalternos teria me informando sobre ter encontrado um Log Pose. ~ Hmm. E ele aponta para onde? Perguntei intrigado com a possibilidade de um novo lugar. Apesar de ser um navegador, até mesmo para mim, era uma localização misteriosa para onde estaria direcionando. Entretanto, Fausto o cientista teria se aproximando e analisado o log com maior cuidado. ~ E então? Disse, retornando a meu trono e sentando e forma despojada.

Fausto então decretava se tratar de um Log Pose do novo mundo, não que fosse uma grande revelação. – Ora meu querido, depois que você torrou nosso Logo, esqueceu o motivo de termos esperado nessa ilha? Hera teria dito, e eu recordado. “De fato. Eu vi o anuncio do sorvete e acabei me perdendo aí, mas agora lembro que o motivo foi por ter destruído o Log sem querer.” Fintava Hera por alguns instantes de forma séria, até soltar uma bela gargalhada. ~ DRAKAKAKAKAKAKAKAKA! DRAKAKAKAKAKAKAKA! Verdade, verdade. O ímpeto em fúria eclode as vezes tão ferozmente quanto uma erupção vulcânica. Proferia coçando a cabeça um tanto culpado, mas não me importando muito.

O cientista então começava a dar uma aula sobre o Log, até que Hera apedrejou ele com suas afiadas palavras. – Sua besta inútil! Acha que o nosso capitão não sabe sobre isso? Tenha mais bom senso sua mula. Ela falava se aproximando e encarando com agressividade. ~ Acalme-se mulher. Deixe-o falar... faz parte dele ser meticuloso nas suas palavras. Comentei fazendo sinal para Hera de que estava tudo bem. Afinal, crianças gostam de falar o que sabem, independente de quem esteja ouvindo.

Havia cruzado os braços e pensando por alguns momentos. ~ Nero por acaso você tem um Log para ir nessa tal ilha de Dragora, não é mesmo? Arqueava sobrancelha e fintava o faisquento. Ao ouvir sua explicação, negando ter, retornava a falar. ~ Uffs. Seu cabeça de fagulha avoado, não pensou que iriamos precisar de um Log para ir lá? Cocei a barba por alguns instantes, logo me dando conta de que de fato Nero não possuía maestria com navegação, apesar de ser um osso duro na briga. ~ Não. Erro foi meu mesmo, eu que sou mais velho e navego a mais tempo, não imaginei que estaria sem. De qualquer forma, parece que teremos que adiar nossa ida até lá. Por outro lado... Me levantava do trono e caminhava até a borda do navio e fintava o horizonte. ~...podemos retornar ao novo mundo.

Durante o dialogo com Nero, a cozinheira Hera havia permanecida quieta até me olhar próximo da borda, florescendo uma ideia para nossa viagem. – E se fossemos até a ilha dos tritões, meu amado querido? Ela se aproximou. – Você sabe que não sou nativa de lá, mas conhece um pouco da história dos domínios dos tritões. É um reino forte e temido por outros, além do governo odiá-los. É um território sem coligação com nenhum outro pirata. É uma chance de criarmos uma ligação com eles e fortalecer nosso nome. Ela expressava um sorriso sádico durante sua explicação, ainda que estivesse de costa para ela, quase sentia seu sorriso pairar sobre os ombros. Afinal, Hera era inteligência o suficiente para antecipar alguns passos a frente quando se trata de benefício a longo prazo.

Havia ficado quieto, pensativo, pois, eu sabia das condições que exigiriam para partirmos para a ilha dos tritões. Eu era um homem destemido, forte, ambicioso, mas não queria privar a liberdade de meus aliados. Afinal de contas, ir para lá era bem mais complicado do que imaginavam.

Eles me seguiam, me admiravam, idolatravam e muitos deles almejavam me superar. Nunca obriguei eles a me seguirem, mas se estão sobre meus braços, significa que sou responsável por suas vidas. E, ainda que preze sua liberdade, enquanto estiverem comigo deveram seguir meus desejos. Contudo, um bom capitão deveria pensar sobre nos prós e contra; pelo menos os mais sensatos. ~ Dararararara. Há males que vem para o bem, não é o que o ditado diz?! Proferia virando o rosto e em seguida o corpo para a tripulação. ~ OUÇAM TODOS!!! A voz rugia como uma estrondosa tempestade no mar. ~ Temos a oportunidade de criar uma aliança com a ilha dos tritões que ninguém ousou até hoje obter, ou não conseguiu. Dito isto, vocês estão dispostos a me seguirem para os confins dos infernos? A presença seria imponente, o discurso seria breve, mas vigoroso o suficiente para despertar a essência aventureira dos piratas e persuadi-los de meu desejo. ~ Mas não temam, homens! Podemos ir até o inferno, mas... eu sou pior do que ele! Exclamaria com intensidade e convicção de minha força. ~ No fim, para entrarmos na história como o maior poderio destes mares, desbravar novas terras, obter as mais improváveis alianças e alcançar o ápice da força é o mínimo necessário para uma lenda, não concordam??? Então chocava os punhos com intensidade, causando um barulho alto o bastante para acender o ímpeto dos piratas e despertar suas ambições.

Uma vez que suas vozes em afirmação eclodissem, eu apontaria para Boros o líder da divisão de suporte. ~ Mudança de planos Boros! Pegue sua divisão e encontre algum carpinteiro bom o suficiente para revestir nosso navio, pois, sei que é necessário para conseguirmos entrar no território da ilha dos tritões. Em seguida apontaria para o líder da divisão defensiva. ~ Tetsu! Espalhe bem seus homens pelo navio, certifique de fortaleça nossas defesas e tenham olhos em todos os ângulos, quero saber se tem navio pirata próximo, navio da marinha ou se até os bêbados do porto estão cagando na água... Olhava seriamente para ele. ~...é melhor esquecer essa ultima parte, apenas me mantenha informado de qualquer anormalidade. Vão! Disse fazendo sinal com a mão.

Caminhava para frente do navio enquanto apontava desta vez para a divisão de ataque. ~ Growch esteja preparado para usar os canhões e contra-atacar inimigos, vocês deverão minimizar os danos ou antecipar estragos. Então olharia para Hera. ~ E você! Ela arregalou os olhos e corada disse. – Sim, sim... me possua meu querido, eu sou toda sua! Era visível o êxtase alto em seus olhos, talvez pelas palavras ou sei lá, mas apesar de ser inapropriado, não seria motivo para frenar minha liderança. ~ Hera prepare uma boa refeição para nós, estou ficando com fome. Era melhor dar um objetivo para ela do que a deixar a solta e começar a torturar Fausto por motivo da intriga de antes. ~ E Nero vá junto com Boros para garantir que encontrem a pessoa certa para o serviço.




Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptyDom Mar 31, 2024 12:45 pm

A Calamidade


Infelizmente meus planos acabavam indo por água a baixo, aparentemente, precisávamos de um loge pose para ir para Dragora, ou um Eternal Pose, mas infelizmente eu não tinha um comigo, pelo menos não ainda. -Droga! Eu esqueci dessa porcaria… Parece que vamos ter que deixar essa investida mais para frente mesmo, Drake. Comentei com meu capitão, expondo meu desapontamento com a falta do recurso necessário para viajarmos.

Porém, isso não me abala nem um pouco, afinal, ainda poderíamos conseguir coisas melhores mais para frente, e certamente conseguiríamos achar um pose para Dragora em algum momento. -Bom, vamos seguir para o próximo destino então! Exclamei, e logo Hera dava uma ideia deveras interessante.

A ideia da tritã era para irmos para a ilha dos tritões, o que parecia muito mais interessante por hora, já que ninguém, nem pirata nem governo, e nem marinha tinham acordo com a ilha, e isso poderia ser uma vantagem nossa para que possamos expandir nossa influência. -Ohoho! Ótima ideia Hera. Dizia com um sorriso grande no rosto, demonstrando estar bastante animado com a nossa nova incursão.

Em meio a isso, Drak começou a nos comandar para seguirmos ajeitando o navio para a viagem, o gigante delegou tudo o que tínhamos que fazer, e meu trabalho era ir junto de Boros na busca pelo carpinteiro do navio, afinal, precisávamos cobrir o mesmo com a bolha de Sabaody, já que era o jeito mais simples de ir a ilha dos tritões, aparentemente. -Deixa comigo, Drak! Disse enquanto me direcionava para fora do navio mais uma vez, pisando em terra firme de novo.

Assim que o fazia, acionei meu mantra para procurar pela ilha por alguém com tais habilidades de carpinteiro que pudesse revestir nosso navio, e assim que localizasse, seguiria até lá. -Vamos Boros, encontrei a pessoa para o trabalho. Chamei Boros para seguirmos em busca da pessoa para nos auxiliar com o que precisávamos para a viagem.

No caminho, eu seguiria alerta, já que por ali poderia haver pessoas querendo nos matar ou qualquer outra coisa, e não só minha vida como a de Boros e do restante do bando que seguia conosco, e eu precisava levar todos vivos, pois se algo acontecesse a algum deles, eu varreria aquela ilha do mapa, certamente.

-Boros, você cuida da conversação, não gosto muito de resolver essas coisas. Disse deixando que o homem que entendia muito melhor do navio do que eu, cuidasse do pedido de revestimento do mesmo, assim que estivéssemos frente a frente ao carpinteiro. Quando finalmente tudo estivesse preparado, seria hora de voltarmos ao navio com a pessoa, afinal, provavelmente ele teria de ver o mesmo e pensar em como fazer o trabalho.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptyQua Abr 03, 2024 12:38 am



~ NARRAÇÃO: XII ~

Mesmo sob o olhar afiado de Hera, Fausto permaneceu imperturbável, com sua expressão tranquila refletindo uma calma interior. Ele respirou fundo, mantendo a serenidade diante da repreensão, e com um sorriso suave nos lábios, ergueu uma mão em um gesto conciliador. — Ah, Hera, sempre tão incisiva! — disse Fausto com um tom leve, como se estivesse acostumado com suas provocativas. — Compreendo sua preocupação, mas saiba que meu desejo era apenas contribuir com informações que julguei relevantes para o sucesso de nossa jornada. Sempre estamos na mesma equipe, não é mesmo? — Concluiu.

Drak então se ergueu diante de sua tripulação, imponente e firme, como um rochedo inabalável diante das ondas turbulentas do mar. Seus olhos, intensos e penetrantes, varreram o convés, encontrando o olhar de cada um de seus leais seguidores, que aguardavam suas palavras com expectativa e respeito. Ao apresentar a oportunidade de estabelecer uma aliança com a ilha dos tritões, Drak revelou uma visão audaciosa e ambiciosa para o futuro dos Piratas Indomáveis.

Ante essa audaciosa proposta de Drak, os Piratas Indomáveis irromperam em uma mistura de euforia e entusiasmo. Alguns piratas levantaram seus copos de cerveja, brindando ao futuro promissor que se delineava diante deles. Outros agarraram pedaços de carne suculenta das mesas próximas, celebrando com um banquete improvisado. Alguns até mesmo rasgaram suas camisas em um gesto de exaltação, mostrando sua devoção à visão de Drak e seu compromisso com o destino grandioso que os aguardava.

Assim que as ordens de Drak ecoaram pelo convés, a divisão de defesa, liderada por Tetsu, entrou em ação com uma determinação palpável. — Ouçam atentamente! — Ordenou Tetsu, ecoando sobre o burburinho do convés. — Precisamos estar preparados para qualquer eventualidade. Vocês três, assumam posições nos mastros e mantenham vigilância constante sobre o horizonte. Quero relatórios regulares de qualquer movimento suspeito. — Apontando para outro grupo de piratas, ele continuou. — Vocês ficarão nas laterais do navio, prontos para responder a qualquer ameaça que se aproxime. Estejam preparados para defender nosso navio a todo custo. — Continuou.

Growch, por sua vez, irrompeu pelo convés com determinação e cheio de energia. — Movam-se, seus preguiçosos! — Rugiu ele, ressoando sobre o tumulto do convés. — Não temos tempo a perder! Tragam esses barris de munição para cá agora mesmo, e preparem os canhões para o disparo! — Seus punhos cerrados demonstravam sua determinação enquanto ele supervisionava cada movimento de sua equipe, incitando-os a um ritmo frenético. — Vamos, vamos, vamos! — Gritava o tempo todo, encorajando seus homens a um esforço máximo. — Quero essas defesas organizadas e prontas para o combate em menos de um minuto! Não podemos nos dar ao luxo de sermos pegos desprevenidos! Trabalhem junto do esquadrão de Tetsu. — Seus comandos eram claros e diretos, transmitindo uma sensação de urgência e propósito.

Enquanto isso, Hera, a habilidosa cozinheira do navio, não perdia tempo em atender às ordens do capitão. Com um sorriso malicioso, ela se dirigiu à cozinha, pronta para preparar uma refeição digna de um verdadeiro banquete para a tripulação. Seus movimentos na cozinha eram ágeis e coordenados, refletindo sua habilidade em transformar ingredientes simples em deliciosos pratos que saciariam a fome de toda a tripulação.

Enquanto Hera trabalhava na cozinha, Nero, a Calamidade e um dos comandantes de toda aquela tripulação, prontamente se juntou a Boros para auxiliar na busca pelo carpinteiro necessário para os preparativos do navio. — Sua colaboração é sempre muito bem-vinda, Comandante Nero. — Sinalizou Boros. — Eu e minha divisão, somado com a sua expertise, vamos garantir que o Abyssal esteja pronto para qualquer desafio que possa surgir. — Sem hesitar, Boros acenou em resposta às ordens de Drak, como um sinal de entendimento e prontidão para agir. Ele girou nos calcanhares e convocou sua divisão, reunindo três de seus principais homens de confiança.

Nero, com sua postura firme e vigilante, ativou seu mantra, com seus sentidos aguçados varrendo a ilha em busca de um carpinteiro. Seus olhos percorriam o movimento da multidão, captando cada movimento suspeito, cada sombra fugaz que pudesse representar uma ameaça potencial. Ao seu lado, Boros, com sua presença imponente e determinada, estava pronto para agir em um instante caso a necessidade surgisse.

Após alguns momentos de busca intensa, Nero finalmente identificou a presença de um carpinteiro em meio à agitação da vizinhança, ali mesmo, naquela região. Com um aceno discreto, ele sinalizou para Boros, indicando que havia encontrado o homem necessário para a tarefa crucial. Sem perder tempo, eles seguiram em direção ao carpinteiro, navegando habilmente pelas ruas movimentadas e evitando os olhares curiosos dos transeuntes.

Nero e Boros avistaram o carpinteiro responsável pelo revestimento do navio. Só podia ser ele. O homem estava ocupado trabalhando em uma embarcação próxima que também se preparava para seguir viagem para a Ilha dos Tritões. Sua aparência robusta e calejada pelo trabalho árduo no mar indicava sua experiência e habilidade. Boros, seguindo a orientação de Nero, aproximou-se do carpinteiro, cujo nome era Drogan Marwood.

Drogan tinha uma expressão séria e concentrada, mas seus olhos brilhavam com determinação e conhecimento. Ele era conhecido por sua perícia em revestir navios com a resina Yarukiman, um material essencial para viagens submarinas. — Com licença, senhor. — Apresentou-se Boros, inclinando-se levemente em sinal de respeito. — Somos da tripulação do Yonkou Drak e estamos procurando por alguém com suas habilidades para revestir nosso navio. — Acrescentou.

Nesse instante, Drogan ergueu o olhar do seu trabalho, observando os piratas com interesse. Seus lábios se curvaram em um pequeno sorriso de reconhecimento ao ouvir o nome de Drak. — Ah, o Yonkou Drak?! — Disse Drogan com sua voz profunda e firme. — É um prazer conhecê-los. E é uma honra ser considerado para realizar o revestimento do seu navio. — Ele estendeu a mão em um gesto amistoso, cumprimentando Boros com firmeza. — Sou Drogan Marwood. Com minhas habilidades e experiência, posso garantir que seu navio estará preparado para enfrentar as águas mais desafiadoras da Grande Rota. — Garantiu.

Após ouvir as palavras de Drogan, Boros prosseguiu. — Na verdade, estamos nos preparando para uma jornada à Ilha dos Tritões e precisamos garantir a segurança e a integridade de nossa embarcação. — Disse, com urgência. Drogan, por sua vez, ouviu atentamente as palavras de Boros, com seus olhos já escrutinando a embarcação do pirata com uma avaliação profissional. — Para realizar o revestimento adequado, precisaremos da resina Yarukiman. É um material crucial para garantir a resistência e a durabilidade do navio durante viagens submarinas. — Introduziu.

Com uma voz segura e experiente, Drogan Marwood continuou explicando os detalhes do serviço aos Indomáveis. — Para garantir a eficácia do revestimento. — Começou. — Precisaremos realizar uma limpeza minuciosa da superfície do navio para remover qualquer sujeira ou resíduo que possa comprometer a aderência da resina. Em seguida, aplicaremos camadas uniformes da resina Yarukiman, garantindo que cada centímetro do casco seja revestido adequadamente. — Ele destacou a importância de cada etapa do processo, desde a preparação da superfície do navio até a aplicação cuidadosa da resina Yarukiman.

Drogan apontou para um conjunto de equipamentos especializados dispostos ao redor de sua área de trabalho. — Este equipamento aqui. — Ele apontou para um grande cilindro metálico. — É o coração do processo. É o dispositivo que permite a aplicação precisa da resina Yarukiman em seu navio. — Seus gestos eram precisos e confiantes enquanto ele continuava sua explicação. — Essa máquina garante que a resina seja distribuída uniformemente, garantindo uma cobertura completa e duradoura. Sem ela, o processo seria muito mais demorado e sujeito a erros. — Concluiu momentaneamente.

Quanto ao valor do serviço, Drogan apresentou uma estimativa baseada no tamanho e na complexidade do navio dos piratas. — Considerando o tamanho da embarcação e a quantidade de resina Yarukiman necessária, o serviço completo de revestimento custará cerca de 200.000.000 berries. — Declarou ele, com firmeza. — Este valor inclui não apenas o trabalho de aplicação da resina, mas também a garantia de qualidade e durabilidade do revestimento. — Disse.

Com um gesto significativo, ele continuou. — Além do revestimento convencional com a resina Yarukiman, tenho um serviço especial para vocês, que permitirá uma viagem ainda mais segura e confortável até a Ilha dos Tritões. — Disse Drogan, destacando a singularidade de sua oferta. — Trata-se de um revestimento individual, uma espécie de bolha especial que permitirá que vocês sejam levados até o fundo do mar, preservando o oxigênio e mantendo-os seguros mesmo nas profundezas oceânicas. O preço deste serviço é de 50 milhões de berries, por pessoa, mas posso garantir que será um investimento que valerá a pena para garantir sua jornada sem contratempos. — Apesar do preço significativo, Drogan enfatizou que o investimento valeria a pena, proporcionando aos piratas a segurança e a confiabilidade necessárias para sua jornada até a Ilha dos Tritões.

E, em um gesto final para concretizar a venda dos seus serviços, ele salientou. — Lembrem-se, meus amigos, que a aplicação da resina Yarukiman é um processo delicado e que requer tempo e paciência. Não se apressem e garantam que cada etapa seja realizada corretamente. O resultado final valerá cada momento de esforço e espera. — Concluiu.

Enquanto a negociação se desenrolava entre Nero, Boros e Drogan, Hera, a talentosa cozinheira dos Piratas Indomáveis, havia terminado o banquete solicitado por Drak. O aroma tentador das iguarias começou a se espalhar pelo convés, atraindo os piratas que haviam ficado a bordo. À medida que eles se reuniam ao redor da mesa, seus olhos brilhavam com antecipação diante da promessa de uma festa gastronômica. Hera observava enquanto seus companheiros se acomodavam, prontos para desfrutar da generosidade de sua culinária, trouxe prato após prato para a mesa, cada um mais apetitoso do que o outro. Havia peixes frescos grelhados, frutas tropicais suculentas, carnes assadas e legumes refogados, todos dispostos em uma apresentação impecável.



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySex Abr 05, 2024 3:56 pm

A Calamidade


Os comandos de Drak eram ouvidos e logo atendidos, e assim segui junto a Boros em busca do carpinteiro que trabalharia no navio. Não muito tempo depois, após ter feito uma varredura rápida e precisa pela ilha em busca daquele que seria o nosso salvador, eu o encontrava, e não era muito longe de onde estávamos.

Com um sinal de cabeça, sinalizei a Boros onde estava o homem e fomos até o mesmo, onde deixei que o rapaz cuidasse da negociação como eu havia dito antes ao mesmo. Boros por sua vez cuidou de tudo tranquilamente e o carpinteiro chamado Drogan, parecia estar animado em tratar do navio de um Yonkou.

Em meio a suas falas e explicações, eu então me coloquei a respondê-lo. -Não se preocupe com o dinheiro, podemos pagar tudo com tranquilidade, só precisamos que o navio consiga fazer essa viagem de forma segura e tranquila, e claro, a tripulação também. Dito isso, o homem começou a explicar como seria interessante também ter um revestimento pessoal para cada pessoa no navio, para evitarmos de nos afogarmos, e o que logo pensei quando ouvi isso, nos afogar já que somos usuários de akuma no mi.

-Ele parece ser a pessoa certa, Boros! Vamos voltar ao navio… Exclamei para Boros e então direcionei a palavra a Drogan. -O que precisa para ir até lá agora? Sei que isso pode demorar algum tempo, e não me importo com isso, mas se precisar de alguma coisa para que possa começar o trabalho, é só dizer. Questionei o homem, já que ele era quem mandava naquela situação, afinal, quem faria o trabalho seria ele.

Após estar com tudo basicamente resolvido, pelo menos em termos de negociação e acordos, eu logo direcionaria uma ordem a Boros. -Boros, assim que chegarmos ao navio, peça que limpem todo o Abyssal, de acordo com o que Drogan pedir, já que ele entende melhor do que nós o que precisa ser feito. Expliquei ao homem, deixando que dissesse algo, ou apenas afirmasse com a cabeça.

Em meio a tudo isso, esperaria uma resposta vinda de Drogan, de quando começaria o trabalho no Abyssal, e com tudo finalmente resolvido, retornaria ao navio, já que minha fome estava começando a falar mais alto do que eu.

Com tudo resolvido, caminharia de volta para o navio, já planejando o que eu pediria para comer, ou talvez já tivesse um banquete pronto. ”Hmmm, carne de porco, carne vermelha, frango, um pouco de arroz, suco de alguma fruta, o suficiente para me hidratar bastante, e claro, uma sobremesa deliciosa, talvez uma torna te limão? Aiai, vou pedir a Hera para fazer uma para mim, se é que ela vai querer fazer.” Minha cabeça viajava devaneios sobre comida, e quando dava conta, já estava de volta ao navio.

Ao chegar era como se eu estivesse vendo a coisa mais linda do mundo, sim, aquilo era incrível, uma mesa gigante com diversas comidas, comida o suficiente para que eu me satisfizesse e era isso o que eu queria. -Estou de volta! E vejo que em boa hora… Exclamei enquanto a saliva pingava da minha boca. -Hera como sempre cuidando da parte mais importante de nossas jornadas! YEHEHAHA. Dizia como um elogio a mulher, me sentando a mesa junto de Drak e deixando que Boros explicasse tudo o que Drogan havia dito sobre o revestimento e seus valores.

-Boros, explica ao Drak o que o cara lá disse, enquanto isso, eu vou comer. Comentei com o homem, deixando que o mesmo fizesse seu trabalho.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptySex Abr 05, 2024 7:01 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

Após a saída da divisão de suporte juntamente acompanhada por Nero, as outras divisões com ímpeto começaram a se movimentar em seus afazeres. Sem delongas, Hera começava a manejar seu oficio e preparar pratos deliciosos. O cheiro cativava os sentidos e corroía em vontade de experimentar o quanto antes.

Sem formalidades, quando a cozinheira começou a servir eu havia apanhado alguns pratos e começado a saciar a fome. 1, 2, 3...10. Pratos em sequencia de pratos que eram servidos, rapidamente eram abatidos pela minha monstruosa fome. ~ Espetacular como sempre Hera! Proferia para a mulher expressando prazer por sua dedicação e comida. Ela em jubilo extremo acelerava ainda mais seus preparos, quase como uma corrida para ver quem ganhava: a quantidade de pratos servidos ou a minha fome.

De estomago cheio, sentado palitando os dentes, logo Nero e Boros retornavam. ~ Já voltaram?! Que rápido. Darararara. Disse em seguido de uma risada. ~ Podem se banquetear, Hera está com tudo hoje. Aproveitem o bom humor dela. Falei com enorme satisfação, pois, havia comido demasiadamente. Ainda que pudesse comer mais, graças ao calor extremo que ajudava na digestão, optava por deixar comida suficiente para a viagem. Afinal de contas, era necessário ter um bom estoque.

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 44c97e0392231ec5840c78e91f2c4df5

Palitava mais um pouco os dentes até derreter o palito e em seguida ouvir Nero pedir para Boros detalhar a expedição deles. ~ Hmm. Vocês foram rápido demais , espero que não haja noticias ruim. Por um momento, a testa franzia e apoiava a mão sobre o queixo, observando de cima Boros com sua divisão. ~ Mas eu acredito em seus empenhos, estou certo de que obtiveram sucesso. Então... prossiga camarada. Diria com um olhar um pouco mais sério enquanto sentando em meu trono relaxaca, como um rei ouvindo os desejos de seus súditos.




Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 EmptyTer Abr 09, 2024 7:00 pm



~ NARRAÇÃO: XIII ~

Enquanto Nero e Boros aguardavam ansiosamente pelo início do trabalho de Drogan, o carpinteiro continuava sua dedicação na embarcação que estava revestindo anteriormente. — Capitão, o trabalho está concluído. — Após dias de árduo trabalho, Drogan finalmente anunciou com um sorriso satisfeito que o serviço estava completo. — O navio está agora equipado com o revestimento necessário para sua jornada até a Ilha dos Tritões. — Seus olhos brilhavam com o orgulho de um trabalho bem feito enquanto entregava o revestimento recém-aplicado ao capitão da embarcação.

O capitão, um homem de estatura imponente e olhos penetrantes, examinou o revestimento com um olhar crítico, impondo um suspense no próprio carpinteiro, mas logo seu rosto se iluminou com um sorriso de aprovação, quebrando assim o gelo. — Excelente trabalho, Drogan. Você nunca me decepciona, mais uma vez superou minhas expectativas. — Disse o capitão com uma voz autoritária, transmitindo confiança à sua tripulação. — Marinheiros! É hora de partir! — Anunciou o capitão. — Preparem-se para o mergulho nas profundezas desconhecidas do oceano. Hoje, vamos explorar novos horizontes e conquistar novos territórios! — Bradou.

Drogan, após a entrega bem-sucedida do serviço, virou-se para Nero e Boros com um sorriso confiante nos lábios. — Pois bem, senhores, estou livre para iniciar o serviço em seu navio. — Anunciou ele, ajustando a alça de sua bolsa de ferramentas nos ombros. — Vamos nos certificar de que seu navio estará pronto para enfrentar as profundezas do oceano. — Com um gesto prático, Drogan começou a guardar seus equipamentos. Ele enrolou cuidadosamente os rolos de tela protetora e os colocou em uma bolsa resistente, enquanto os pincéis e ferramentas mais delicadas eram acomodados em compartimentos separados. Seu martelo e outras ferramentas mais pesadas eram fixados em um cinto de couro ao redor de sua cintura, facilitando o acesso rápido durante o trabalho, enquanto os recipientes de resina Yarukiman foram cuidadosamente lacrados para evitar vazamentos.

Assim que seus equipamentos estavam devidamente guardados, Drogan indicou para Nero e Boros o guiarem em direção ao navio. — Vamos. — Disse confiantemente. — É hora de começar. — Enquanto caminhavam pelos bosques, Drogan mantinha um passo firme e determinado, com sua mente já começando a se preparar para as próximas horas, quiça dias, de trabalho. Ele parecia familiarizado com cada trilha e clareira, navegando pelo terreno com uma confiança que só podia vir da experiência por aqueles bosques.

Chegando ao navio, Drogan subiu a bordo com facilidade. Seus passos revelavam uma familiaridade natural com o convés e a estrutura da embarcação. — Capitão Drak, é um prazer conhecê-lo. — Apresentou-se, inclinando-se ligeiramente em sinal de deferência. — Eu sou Drogan Marwood, o carpinteiro especializado em revestimento de navios com a resina Yarukiman, contratado por seus homens. Estou aqui para oferecer meus serviços para preparar sua embarcação para a jornada até a Ilha dos Tritões. — Drogan se dirigiu ao Yonkou com um sorriso sincero.

Seus olhos percorreram o convés, observando a estrutura do navio e os materiais utilizados em sua construção. — Uma bela embarcação, de fato. — Comentou, com apreço. Ele estendeu uma mão calejada para tocar suavemente a madeira do convés, sentindo sua textura sob seus dedos. Em seguida, abaixou-se para inspecionar o casco do navio, arrastando os pés pelo chão enquanto examinava cada centímetro da superfície. — Há uma qualidade excepcional neste navio. — Continuou, levantando-se com um sorriso satisfeito. — A construção é sólida, os materiais são de primeira qualidade. Com um pouco de trabalho, tenho certeza de que poderemos fazer grandes coisas juntos. — Encerrou.

Após atestar a qualidade da embarcação, Drogan iniciou com alguns pedidos iniciais com uma voz firme, mas respeitosa. — Para começarmos o trabalho, precisaremos esvaziar a embarcação e manter a presença apenas daqueles familiarizados com a carpintaria e o processo de revestimento. Quanto menos interferências, mais eficiente será nosso trabalho. — Ele olhou ao redor, avaliando a tripulação presente no convés. — Se possível, gostaria de ter acesso aos recursos necessários à mão e a assistência de alguns membros de sua equipe que estejam familiarizados com as particularidades do navio. — Drogan esperaria pela confirmação do capitão antes de prosseguir, demonstrando sua disposição em colaborar para garantir o sucesso do projeto.



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody - Página 3 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
 
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Ir para o topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Grand Line Paradise :: Arquipélago Sabaody-
Ir para: