All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Zulkras
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Takamoto Lisandro Ter Abr 16, 2024 1:40 pm

» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Oni Ter Abr 16, 2024 9:27 am

» [TUTORIAL] - MAURICE
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Maurice Seg Abr 15, 2024 12:06 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor mestrej Sáb Abr 13, 2024 6:07 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody

Ir para baixo 
3 participantes
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySeg Mar 04, 2024 5:48 pm


Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody

Participantes: Drak e Nero
Localização: Aquipélago Sabaody - Paradise
Modalidade: Padrão
Invasão Livre: Ligada

_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptyTer Mar 05, 2024 7:46 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

Não fazia muito tempo que havia atracado no Arquipélago de Sabaody, e minha presença foi motivo de muito alvoroço. Contudo, isso não era novidade alguma. Afinal de contas, minha reputação havia crescido com os anos e permanecer nas sombras para mim era coisa dos fracos. O motivo de ter vindo para esta ilha que tem tanta proteção da marinha e nobreza? Bom... era minha vontade em tomar um dos melhores milk shakes que existira nesses mares.

O real problema era que aquele arquipélago era um saco andar sem ter um mapa. ~ Hmm. Mas que infernos. Comentava coçando a cabeça enquanto estava sentando em um dos topes das arvores. – Ora, ora querido... quantas vezes te falei para não sair sem um mapa descente para andar pelas ilhas. Hera estava ao meu lado me criticando, não que fosse novidade. ~ Hunf. Vai ficar jogando na cara agora? Arqueava uma das sobrancelhas ao tempo que fintava a mulher por alguns instantes. ~ Uffs. Certo, certo. Porque não arranja um mapa pra nós? Diria olhando para os lados. ~ Mas cadê o Nero e o Blake? Batia o pé no chão de forma lenta e continua, porém, representando que estava um pouco impaciente.

Apesar de dois dos meus companheiros não estarem próximo, Hera como sempre estava bem próxima... até demais. ~ Tá, tá... me solta mulher. Diria desgrudando-a de minha perna, mesmo com suas críticas, ela sempre estava apegada demais. O que não era ruim, já que, era sempre possível dar uma boa visualizada em seus belíssimos peitões; mesmo não admitindo. ~ Enfim. Acho que é melhor nos mover. Diria ao tempo que me levantava. – Ownn, eu vou providenciar o mapa pra você, meu querido. Deixa comigo, nem que eu tenha que torturar mil vendedores, Huhuhu! Ela dizia com ênfase, típico dela. ~ Hmm. Tá certo, mas vê se não demora demais. Eu to faz tempo querendo provar esse famoso Milk Shake de Sabaody. Limpava a baba no rosto, logo me atirando no tope da arvore e cruzando os braços de forma bem despojada.

Poucos segundos passaram até que voltei a ficar de pé. ~ Quer saber?! Pros infernos que vou ficar esperando aqui. Vambora caminhar pra ver se achamos essa sorveteria Ice Queendom e os cabeça de ovo (Blake e Nero)! Terminaria de dizer fazendo sinal para Hera e seguidores. Buscava olhar as arvores para ver onde exatamente havia parado, tentando visualizar o número, não que fosse de muita ajuda, já que, estava sem a bosta de um mapa para ter precisão de minha localização.



Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK


Última edição por Blindao em Qui Mar 07, 2024 4:20 pm, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptyQua Mar 06, 2024 9:02 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

A Calamidade


Minhas viagens através das nuvens, era de fato um colírio para os olhos, a vista lá de cima era algo sensacional e dava a maior sensação de liberdade do mundo inteiro. Enquanto voava finalmente avistei a ilha de Sabaody, onde me encontraria com Drak e o restante do bando, mais uma vez reunindo toda a família em um só lugar.

De cima, eu pude observar toda a ilha, e com os poderes elétricos, conseguia através do mantra identificar algumas pessoas que estavam na mesma, e com isso busquei por Drak até conseguir encontrá-lo. -Finalmente te achei, cabeça de magma. Murmurei enquanto descia como um trovão onde o homem estava, mas não causava estragos, buscaria ser o mais controlado possível.

-Até que enfim em… A quanto tempo esquentadinho! YEHEHAHA… Exclamei gargalhando enquanto olhava para o homem, esperando que o mesmo pudesse falar algo, ou não. -Vejo que chegou cedo, e não tem Hera ao seu lado? O que houve? Ela nunca sai do seu lado. Questionava Skarhall enquanto colocava um dos dedos no ouvido, buscando tirar um pouco de nuvens do mesmo, na verdade estava entupido de ar devido a viagem em grande altitude.

Esperei até que Drak pudesse responder a todos os questionamentos, e então estendia a mão para o mesmo o cumprimentando, enquanto analisava as movimentações a nossa volta, era um lugar bastante problemático às vezes, não só por se ter muitos piratas promissores a se tornarem futuros Yonkous, mas a presença da nobreza e da marinha no lugar também era uma coisa irritante.
Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptyQui Mar 07, 2024 7:23 pm



~ NARRAÇÃO: I ~

A descida controlada de Nero, como um trovão contido, ecoou pelos bosques, chamando a atenção dos que ousavam cruzar seu caminho. A reação das pessoas ao redor foi imediata. Alguns piratas menos experientes se entreolharam nervosos, enquanto os caçadores de recompensas trocaram olhares cúmplices, vislumbrando uma oportunidade tênue que se desenhava no horizonte.

O trovão controlado de Nero ecoou, anunciando a estadia de Drak Skarhall, o Yonkou dos Piratas Indomáveis, uma posição de destaque entre os mais poderosos piratas. Caçadores de recompensas, com olhos afiados e mãos prontas para sacar, se escondiam atrás de árvores. Piratas promissores, com chapéus desgastados e cicatrizes de batalhas passadas, trocavam histórias e informações.  

As árvores gigantes, com cascas marcadas por séculos de histórias, se entrelaçavam acima das cabeças de Drak e Nero. E é justamente aqui, em uma dessas árvores robustas e marcadas pela passagem do tempo, que um número entalhado indicava o bosque em que estavam: Bosque 17. Os caracteres, desgastados pelo tempo e pela exposição às intempéries, ainda eram legíveis o suficiente para que o Yonkou identificasse claramente o local em que se encontravam.

Neste momento, Drak e Nero são abraçados por um clima tropical, com uma temperatura média agradável de 27ºC. A brisa suave carrega as bolhas de sabão produzidas pelas Yarukiman Mangrove, criando um ambiente mágico e colorido. Os exploradores notam que, apesar do clima idílico, existe uma tensão subjacente no arquipélago. As ruas movimentadas revelavam transeuntes preocupados e cartazes de "procura-se" adornavam algumas árvores e praças publicas.

— Capitão, acabamos de chegar e estamos ansiosos para cumprir suas ordens. O que devemos fazer primeiro? — Apresentou-se Boros, o líder de seus seguidores. — Devemos considerar quanto tempo pretendemos ficar nessa ilha. Se for um período prolongado, abastecer o Abyssal e estabelecer contatos pode ser crucial. Caso contrário, uma abordagem mais discreta pode ser mais eficaz. — Complementou outra seguidora.



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySex Mar 08, 2024 7:32 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

O surgimento de Nero era súbito, mas não inesperado. ~ Hoh. Ele está chegando. Em razão de meu Haki, seria possível prever sua chegada instintivamente. ~ Drakakakakakaka! Por onde você estava seu faisquento de uma figa! Proferia já me aproximando dele e lhe abraçando de forma amigável; por sinal um abraço bem caloroso e potente. Terminava soltando-o e dando um tapa em seu ombro. ~ Pergunto sobre a Hera? Falava virando o rosto e logo a mulher saindo de minha sombra; por razão de nossos tamanhos. – Hunf. Abusando como sempre, Nero. Ela dizia franzindo a testa e virando o rosto de forma repulsiva. ~ Darararararara! Certo, certo! Não se aborreça atoa Hera. Comentava com um sorriso largo no rosto. ~ Pelo visto Blake deve estar aprontado... outra vez. Coçava a cabeça e então dava de ombros. ~Enfim. Que tal um Milk Shake antes de partimos, hein Nero? Dizem que o daqui é o melhor da Grand Line. Então teria feito um sinal com a mão para o meu imediato seguir junto conosco.

Em dado momento, frenava os passos e expressava um sorriso bastante... diabólico. ~ Drakakakakaka! Parece que temos alguns moleques catarrentos de olho em nós. Então direcionava os olhos entre as árvores e enrugava a testa com uma expressão bastante séria. ~ E então?... alguns segundos seriam suficientes para desafiar um ataque inimigo, não que eu estivesse com medo ou receio, pelo contrário, esperançoso de algum com bolas o suficiente para cair na porrada comigo. Todavia, nada acontecerá. ~ Foi o que pensei. Terminava de falar ao tempo que a tensão dissipava e eu, ainda relaxado, retornava a caminhar.

Andando pelos bosques logo notava um numero identificando o local que estávamos. “Bosque 17, então...” Ponderava por alguns instantes, mas seguindo em frente. Boros teria falado comigo, em relação aos suprimentos no navio. ~ Ahh! Boa ideia, Boros. Pode levar todos os homens com você. Evite a marinha pra não serem uma encheção de saco, não espero nada demais deles, mas formigas aglomeradas dão alergia, Drakakakakaka! Riria brevemente. ~ Abasteçam o navio e fiquem de prontidão. As ordens eram simples, mas necessárias. ~ Não iremos ficar por muito tempo mesmo. Antes que o líder dos indômitos seguisse as ordens, enfatizaria. ~ E pode comprar bastante bebida boa para os homens. Afinal, eles merecem por seu empenho e lealdade. Isso inclui você também, Boros. Qualquer problema já sabe... use o den den mushi. Colocava as mãos no bolso após um breve aceno e com a partida do grupo de Vassalos, haveria ficado apenas eu, Nero e Hera.

Andando mais um pouco chegaria o momento que adentraríamos em um tipo de Parque de diversões... bastante único. ~ Hoh, que interessante. Comentaria analisando o terreno e as atrações que haviam por lá. ~ Aonde é que está a loja de Milk Shake, Nero agiliza aí rapaz. Diria fazendo sinal pra ele, já que, a habilidade de mantra dele era sempre útil.



Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySex Mar 08, 2024 8:29 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

A Calamidade


O abraço de Drak demonstrava a amizade que existia entre nós, e não só isso, deixava claro que não éramos apenas capitão e braço direito, viamos o outro como iguais, e sabíamos da força que tínhamos, e claro, o respeito acima de tudo que tínhamos um pelo outro, e por isso eu o retribuia com um abraço de mesma magnitude.

Quando eu menos esperava, Hera saia da sombra de Drak, o que me surpreendeu de fato. -Ora, ora! Desculpa não ter te visto, eu sabia que estava por aqui, mas não sabia onde… YEHEHAHAHA! Essa era uma clara piada levando em consideração o tamanho da mulher em relação a mim e Drak. Com tudo, ainda assim não estávamos sozinhos naquele lugar, e isso ficava bem claro em nossos arredores.

Antes que Boros pudesse seguir suas ordens, eu também o pedia um favor. -Quando estiver pelo navio, de uma olhada em Johanm, veja se aquele cientista maluco está bem no navio, já que não quis vir conosco. Deixando que o mesmo seguisse com as ordens de Drak.

Ao começarmos a seguir caminho para a sorveteria que meu capitão tanto desejava, o mesmo parava alguns passos a frente, percebendo também que os abutres estavam à nossa espreita, não que fossem fazer algo, mas ainda assim precisavam se colocar no lugar deles. Drak logo olhou para os locais onde eles tentavam se esconder, e seu semblante ficava bastante sério.

Não muito depois de Drak, eu os olhava com a expressão de um demônio, pronto para devorar a todos, meu olhar era direcionado a apenas um ponto, mas ainda assim eu conseguia perceber suas presenças, ouvir o que diziam e identificar quantos eram e onde estavam através do mantra, e logo, uma rajada com meu haki do rei em nosso entorno, focando acertar apenas aqueles à nossa volta com intenções claramente duvidosas, e também mostrar para aqueles que acham que seria fácil investir contra nós, perceberem que o nível é totalmente diferente. Claro que eu não estava querendo incitar uma guerra naquele lugar, longe disso.

Mas apenas demonstrar que imperadores são de fato imperadores, e não seria qualquer zé ruela que conseguiria nos enfrentar tão facilmente. Após isso, Drak me pediu para agilizar o encontro da loja de sorvetes, claramente um abuso perante o uso dos meus poderes. -É sério que você tá usando meus poderes como um GPS? Comentei de forma séria, dando uma pausa dramática, como se eu realmente me importasse com essas coisas, e logo respondi a Drak com um sorriso. -Está para lá! Era um momento cômico, já que eu parecia irritado em um momento, e logo respondia com tranquilidade em seguida.

Assim, como Boros havia sido despachado junto dos demais tripulantes do bando para reabastecer o navio, apenas eu, Drak e Hera seguíamos em direção à sorveteria. -Espero que o sorvete desse lugar seja realmente gostoso… Comentava de forma descontraída, enquanto me mantinha caminhando ao lado dos dois, e ainda tendo meu mantra de olhos em tudo o que estivesse à nossa volta.
Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 12:19 am



~ NARRAÇÃO: II ~

Ao notar os olhares dos caçadores de recompensas e piratas ao redor, Drak manteve uma expressão séria por um instante, ciente da atenção que sua presença atraia. Tal atitude sugeria que ele estava acostumado a lidar com esse escrutínio, optando por não agir de forma agressiva a menos que provocado. Ao contrário da abordagem mais descontraída de Drak, Nero demonstrou uma atitude mais intensa ao lançar seu Haki do Rei.

Ante o surto de energia desencadeado pelo Haki do Rei de Nero, silhuetas desbotadas puderem ser vislumbradas caindo entre às árvores, revelando a presença de indivíduos de espírito fraco. O gesto não apenas serviu para enfatizar a força do vice-comandante, mas também transmitiu uma mensagem desafiadora aqueles à espreita, destacando o poder avassalador que ele representava como um dos Piratas Indomáveis.

Boros, ao receber as ordens de Drak, respondeu com firmeza. — Entendido, capitão. Pode deixar que cuidaremos de tudo por aqui. Fiquem tranquilos e aproveitem a visita à ilha. Estaremos prontos para zarpar quando retornarem. Se precisar de algo específico, estarei à disposição. — Seu tom confiante e a postura decidida deixavam claro que ele confiava plenamente no julgamento de seu capitão.

Ele também levou em consideração o pedido de Nero. — Pode deixar. Vou dar uma conferida em Johanm e garantir que ele esteja bem no navio. Se precisar de mais alguma coisa, é só me chamar. — Sua expressão indicava que ele estava disposto a cuidar de todos os aspectos do navio enquanto o capitão e o vice-comandante aproveitassem a estadia na ilha.

À medida que Drak, Nero e Hera atravessaram os bosques, poderiam notar que a atmosfera ao redor mudou drasticamente. O ambiente passou de uma zona caótica e sem lei, onde criminosos circulavam livremente, para um local mais agitado e animado. O clima nos Bosques 30 a 39 era mais animado, com luzes coloridas e atrações por toda parte. As pessoas pareciam mais interessadas em se divertir do que se envolver em atividades criminosas. Os artistas de rua exibiam seus talentos e as risadas das pessoas se misturavam às melodias das casas de show e parques de diversão.

Com a chegada a sorveteria Ice Queendom, a antecipação de saborear um milk shake refrescante se tornou palpável. No entanto, ao chegarem à sorveteria, a cena se desenrolou de uma maneira um tanto quanto indigesta. O brilho colorido do letreiro da sorveteria estava apagado e uma placa pendurada na porta exibia um aviso triste: "Fechado por tempo indeterminado". Um carrinho de sorvete, antes repleto de delícias geladas, agora permanecia abandonado e vazio.

— Em busca de um pouco de doçura, não é? Mas parece que o destino lhes pregou uma peça. — Caso procurassem a dona daquela voz, notariam a figura de uma idosa sentada em uma cadeira de balanço em frente a um comércio vizinho. Caso se mostrassem mais cautelosos, confirmariam que aquela senhora não representava perigo para eles. — Ouvi dizer que a jovem Ayana foi raptada, uma situação bem desagradável, não acham? — A senhora, de cabelos grisalhos e óculos pendurados na ponta do nariz, estava envolta em suas leituras, observando o movimento ao redor.

Com um ranger suave da cadeira, ela abaixou o jornal e voltou a dizer. — Não se preocupem. Marvin, o outro sócio da sorveteria, está próximo de resolver essa situação. Pelo menos é o que dizem. Nós o respeitamos muito. — A senhora então ergueu um dedo enrugado e apontou na direção oposta à Ice Queendom.

— Se estão em busca de um lugar para adoçar o paladar, mesmo com toda essa situação da Ice Queendom, posso indicar uma alternativa. — Sinalizou. — Sigam por esse caminho, atravessem a ponte e vocês encontrarão a Frosty Delight. É lá que muitos tem buscado refúgio após o fechamento temporário da Ice Queendom. — Sem mais palavras, a senhora voltou a se embrenhar em seu jornal, como se suas recomendações fossem apenas uma parte casual de seu dia tranquilo.

Com a indicação em mãos, a escolha fica nas mãos de Drak, Nero e Hera sobre qual caminho seguir em Sabaody.



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 2:03 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

Após pedir para o faisquento buscar a sorveteria, o mesmo ficava puto por motivo de usar seus poderes como: um guia mestre. ~ Dakakakakaka. Ninguém mandou você ser um rádio ambulante. Expressava uma risada e sorriso durante o tempo que olhava de relance para Nero.

A busca era rápida e a localização dita pelo Oni, mostrando eficiência como sempre. ~ Oho! Então é pra lá mesmo, vambora! Proferia animado e caminhando um pouco mais ágil até o local. Entretanto, nossa chegada apesar de rápida, viria com um impacto bastante frustrante. “Mas que infernos! Não ta aberto?!” Pensei comigo arregalando os olhos e franzindo a testa expressando muita raiva.

Cerrava as mãos e segurava meu espirito para que não entrasse em erupção. Foi neste meio tempo que, uma voz poderia ser ouvida de uma mulher sentada em uma cadeira. ~ Como é que é, velhota? Arqueava a sobrancelha e a fintava de onde estava, não mostrando nem um pouco de cordialidade. Por outro lado, a velha mulher será simpática ao ponto de explicar o motivo do fechamento da loja. – Oh não, meu querido. Deveríamos torturar todos esses malditos humanos imundos? Hera proferia com um rosto sádico enquanto encarava boa parte das pessoas que estavam transitando pelo bosque. Apesar de saber que ela falava brincando, certa verdade havia nisso, conhecendo-a bem como conhecia.

A velha falava sobre Ayana e Marvin, provavelmente os donos da sorveteria. ~ Ei sua velha gagá! Eu vim de muito, muuuito longe só para provar esse maldito sorvete. Está me dizendo, logo para mim, ir em outro lugar? Então o rosto começava a borbulhar em magma. ~ É muita audácia sua, não acha? Foi então que Hera apoio as mãos na cintura e falou. – Não ligue para isso meu querido, podemos ir falar com esse Marvin e resgatar a dona da loja, assim ela se sentira salva e lhe dará muito sorvete. É uma solução mais rápida, não concorda? A tritã era astuta e simplificava com poucas palavras, provavelmente sabia que me fazer perder a calma era o mesmo que ser atingido por um vulcão. ~ Hmm. É, me parece ser mais viável mesmo. Comentava acalmando os borbulhos no rosto. “O que eu faria sem você, hein Hera.” Pensei sem dizer nada, apenas olhando para a tritã e voltando a caminhar.

~ Belezura. Nero localiza três palavras-chaves: Sequestro, Ayana e Marvin. Busca por esses nomes em qualquer lugar. Apontava com dedo, sem uma direção especifica, apenas para gesticular as palavras. ~ Se está havendo sequestros, provavelmente a marinha fortificara alguns pontos. Tenha isso em mente. Ponderava cruzando os braços e coçando a barba. Provavelmente levaria alguns minutos para Nero localizar essas palavras e ainda filtrar.



Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 2:13 pm

A Calamidade


A pressão exercida pelo meu haki parecia remover muitos dos sonhadores que pensavam em conseguir algo contra mim e Drak, não que aquilo me importasse muito, mas isso deixava claro que se tentassem algo, certamente encontrariam seu fim.

Mediante isso, meu semblante logo mudava para algo totalmente calmo, como se nada tivesse acontecido, já que para mim, não passavam de insetos chatos rodeando o local, e então seguia junto de Hera de Drak. Em meio a caminhada, atravessamos uma boa parte da ilha, e assim sentimos a diferença em sua temperatura, o que antes era ameno e tranquilo, agora era quente e quase perturbador, mas nada que incomodasse a mim.

Analisando mais o local, conseguia perceber que aquela parecia ser uma parte diferente da que estávamos antes, um local onde teoricamente não haviam criminosos em abundância, e tinha um foco maior para as artes de rua e diversão, o que tornava a caminhada um tanto mais animada até o nosso local de destino.

Algum tempo depois, finalmente chegamos onde seria a sorveteria que Drak tanto queria, logo de cara nos deparamos com o letreiro apagado, e as portas fechadas com uma placa de aviso na frente da mesma. -Ih, Drak, parece que não vai conseguir resfriar essa sua cabeça de magma hoje… Tá fechado! Comentei dizendo o óbvio, mas esperando qual seria a reação de meu capitão em relação a essa situação.

Porém, uma senhora sentada em uma cadeira na frente da loja começava a nos explicar o motivo daquilo, e ao que parecia, a mulher que trabalhava na loja havia sido raptada, mas já estavam cuidando do caso, aparentemente. Eu observava a mulher enquanto ela se mantinha sentada em sua cadeira de balanço com seu jornal em mãos e então comentei. -É parece que foi mais sério do que imaginei… Disse de forma descontraída, olhando diretamente para a mulher, que logo voltava a explicar mais coisas.

Eu ouvia o que a senhorinha tinha a dizer, afinal, ela parecia gostar de ajudar e dar informações, mas ainda assim me mantinha atento em nossos arredores, apenas por medida de precaução, e após ela comentar sobre um outro lugar onde também existe sorvete, eu a respondia. -Hmmm… Isso me parece bem conveniente, não querendo dizer nada demais, mas uma loja de sorvetes que lucra com o sumiço de uma vendedora concorrente… Me parece uma coincidência e tanto. Comentei sem parecer rude ou algo do tipo, apenas deixei escapar meus pensamentos em voz alta, mas logo retornei a falar com Drak.

-E então, vamos até essa tal loja? Questionei o gigante, esperando uma decisão do mesmo, já que para mim era meio indiferente a toda a situação, mas para ele, talvez fosse algo de extrema importância.

Como inagminado, Drak parecia furioso por não ter seu sorvete naquele momento e naquele lugar, o que o fazia borbulhar de raiva. -E lá vamos nós… Sua cara tá fervendo, Drak. Comentei com o gigante, e Hera logo tomou a dianteira acalmando seu estado de espírito. A mulher também colocava um ponto interessante no assunto. ”Salvar a mulher? Isso parece interessante, talvez possamos ter uma batalha?” Indaguei a mim mesmo em meus pensamentos, enquanto vislumbrava o cenário de guerra que isso poderia gerar, e era magnífico.

Não demorou para que Drak logo aceitasse a ideia, pelo menos era o que parecia, e então me pediu para buscar informações relacionadas a sequestro, Ayana e Marvin, e claro, também saber exatamente onde a marinha fortificou seus pontos de segurança e onde não estavam tão fortes assim.

-Ah… Pode deixar, isso vai ser bem interessante! Exclamei para Drak, começando a buscar sobre as informações pedidas a ele, e então citando exatamente os pontos fortes e fracos da segurança da marinha na ilha, assim como as informações sobre a mulher desaparecida e o homem que estava tentando resolver o problema, assim como a informação por trás do sequestro.

Isso não levaria muito tempo, mas em breve teria todas as informações em mãos para poder passar para Drak, e assim tomarmos um rumo mais divertido em nossa passagem por Sabaody.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 6:30 pm



~ NARRAÇÃO: III ~

Os bosques reverberaram com a raiva sutil de Drak, que, após incontáveis esforços para conhecer a sorveteria Ice Queendom, viu-se diante da sua indisponibilidade e não recebeu nem um pouco bem a sugestão de outra sorveteria como alternativa. A fúria se refletiu em seus olhos e a tensão pairou no ar. Entretanto, a figura imponente de Hera agiu como uma força tranquilizadora, com ela apaziguando o momento tenso. O Yonkou, ainda rancoroso, pareceu acatar sua tripulante.

Enquanto Drak enfrentava com indignação o cenário que se apresentava diante dele, Nero, com sua expressão tranquila, mergulhou nos recantos de seus poderes. Seus olhos, sob a influência de seu mantra, buscavam acessar palavras-chaves nos murmúrios e nas conversas existentes naquele lugar, acatando um pedido de seu comandante.

Em um insight introspectivo, Nero pôde vislumbrar, como um telespectador silencioso, uma cena distante. — Ayana B. Ott. — Um oficial de leilão, vestido com um terno escuro e uma gravata impecável, segurava um documento cuidadosamente elaborado. Nele, a imagem marcante de Ayana dominava o papel. Abaixo, em letras elaboradas, o nome da desaparecida era inscrito, indicando que ela poderia ocupar um espaço de destaque no próximo leilão.

Com um movimento preciso, o oficial abriu o carimbo de cera. O brasão da casa de leilão estava gravado nele, como um símbolo de poder e influência. Ele pressionou o carimbo contra o papel, deixando uma marca profunda e definitiva. — Status: aprovado. — O nome de Ayana agora estava oficialmente associado ao próximo leilão.

Enquanto isso, em uma trama separada, Marvin avançava pela entrada do leilão. Os seguranças, vestidos de preto e com olhares afiados, bloqueavam o caminho. Um deles, com um broche prateado no peito, ergueu a mão para detê-lo. — Nome? — Perguntou o segurança. Marvin olhou para ele, com seus olhos ocultos sob a aba de um chapéu. — Marvin. — Respondeu com voz firme. O segurança consultou uma lista em mãos. — Marvin… Marvin Bravo confirmado. — Ele fez um gesto para que Marvin prosseguisse.

Com um pouco de esforço, Nero poderia reconhecer entre uma cena e outra o nome da casa de leilão, gravada em letras douradas, que ecoaria em sua mente: "Happy Face". Se tivesse um pouco mais de cuidado e buscasse reconhecer o número do Bosque onde era localizado aquela casa de leilões, confirmaria se tratar do Bosque 1.

O que significava tudo isso? Por que o nome da desaparecida estava associado a um evento tão sinistro?



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 8:07 pm

A Calamidade


Seguindo o pedido de Drak, comecei a procurar dentro do meu raio de alcance tudo o que ele pedia, buscando pelas palavras chave mencionadas pelo próprio, foquei meu poder por um tempo e me concentrei para que pudesse achar o mais rápido possível o que me era pedido, e sem demorar muito, eu logo tinha acesso às informações que precisávamos.

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody C45c9ac64ba8562fb957b7d5c9117179

-Bom, acho que encontrei algo… E parece que vai ser bem mais problemático do que imaginávamos. Comecei explicando a Drak e Hera o que eu estava vendo e ouvindo naquele momento, enquanto me mantinha focado em obter ainda mais informações. -Ao que parece, a menina está em um lugar não muito distante daqui… Ayana B. Ott… Bom, esse é certamente o nome dela… Tá escrito em um documento segurado por um homem vestido em um terno escuro, e uma gravata impecavelmente arrumada… Uhh, ele deve ser bem cuidadoso com suas roupas, chega me dar nojo. Explicava o que conseguia ver e ouvir, enquanto fazia meus próprios comentários debochando do que via.

Continuei focado naquilo, e mais e mais informações não paravam de chegar. -Oh, olha só isso, e as coisas não param de me surpreender, você tinha que estar vendo isso Drak!... Voltando ao assunto agora, a menina aparentemente está para ser inscrita no leilão como uma mercadoria no próximo evento do mesmo… Opa, mudança de planos ela não está mais para ser inscrita, ela acabou de ser aprovada como uma mercadoria… Eles têm até um carimbo, que desgraçados, são bem organizados, né? Eu tentava passar as informações em tempo real, e por isso parecia que de fato as coisas começavam a mudar durante a narrativa.

-Rá! Achei o tal do Marvin… É ele acabou de avançar contra a entrada do leilão mas foi parado por uns homens de preto, talvez seguranças? Acho que sim! E cada vez mais informações atrás de informações eram dadas a Drak, que provavelmente iria decidir agir naquela situação, afinal, era o seu tão aguardado sorvete.

-Certo, ele foi autorizado a entrar, ao que parece seu nome estava na lista… Marvin Bravo, confirmado… É, ele deixou o rapaz entrar, mas fiquei confuso com uma coisa, ele não tava tentando resolver o problema da menina, porque o nome dele tá na lista do leilão? Meu questionamento era apenas uma piada jogada ao ar, mas eu já fazia ideia do que de fato se tratava.

Com mais um pouco de esforço, consegui pegar mais algumas informações dentro e fora do local. -Tá, tem mais alguém lá dentro… Gravata escrita em letras douradas, hmm… Happy… Happy Face! Consegui, aparentemente é alguém importante, ah, claro, já ia esquecendo, estão no Bosque número um. Finalizei com as informações que até o momento eu tinha em mãos e pude passar para meus companheiros.

Aquilo de fato me intrigou, mas agora era hora de saber como Drak agiria em relação a isso, seria indiferente e não se meteria nesses assuntos, ou apenas tomaria a iniciativa e faria uma grande festa para recuperar a menina? Bom, eu obviamente optaria pela festa. -E então vulcãozinho, vamos fazer algo em relação a isso, ou vamos só ignorar tudo? Que fique claro que eu to pronto pra pular ali em cima como um canhão elétrico. Questionei Drak com um olhar faminto por batalha, mostrando estar preparado para a ação.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySáb Mar 09, 2024 8:36 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

A vontade em destruir todo aquele bosque passou pela minha cabeça, devo admitir. Afinal, o que eu desejo eu pego. Os fortes não pedem ou dão satisfação, eles abocanham o que suas vontades exigem. Simples assim. Minha vida inteira eu estive em situações que poucos sonhariam passar; ou sobreviver. Já presenciei tanta coisa... que nem mesmos Gigantes com meio quinhentos anos chegaram a experienciar. No entanto, mesmo com minha boa vontade e serenidade... parece que estão atiçando o caos nesse lugar, e o nome dele é: Drak Skarhall.

Por sorte, Hera havia me acalmado. O que não era incomum e nem comum. Ela gostava do caos, gostava de causar dor a suas vítimas. Mas me conhecendo bem como ela conhecia... ela sabia que se eu liberasse meu poder aqui, tudo seria varrido; inclusive ela mesmo. De qualquer forma, respirar um pouco havia limpado minha mente, que só anisava a destruição. Não que fosse algo típico de mim, mas a raiva era um fator difícil de controlar... principalmente para alguém calejado da vida como eu.

De braços cruzados e batendo o pé sutilmente no chão, aguardava Nero me avisar sobre o paradeiro da mulher ou alguma informação sobre ela. “É improvável que Nero não ache algo, mas se for o caso... vou ter que botar pra quebrar nesse bosque pra conseguir diretamente alguma informação.” Começava a ponderar em um plano B, caso o plano A falhasse. No entanto, sabia que as chances eram mínimas do faisquento falhar.

Dito e feito, Nero havia localizado a mulher. ~ Já não era sem tempo. Concluía, logo ouvindo o relato dele. ~ Desembucha parceiro... não existe porta, cela ou Deus para frenar meu ímpeto, eu vou provar esse sorvete nem que eu tenha que reduzir esses bosques em chamas!!! Diria com intensidade e resolução. ~ Aham, certo. Ayana B. Ott. Que mais? Ainda com os braços cruzados, começava a bater o dedo da mão no braço após parar com o pé. ~ Cuidado com roupas? Não perde o foco Nero! Diria arqueando uma das sobrancelhas.

~ O QUEE??? Gritava sem ligar para os outros. ~ Mercadoria? Esses desgraçados estão querendo vender a minha sorveteira? Mas que bando de ordinários! Proferia descruzando os braços e começando a andar de um lado para o outro. Neste meio tempo, Hera permanecia calma e apenas escutando... até que respondeu ao relato sobre Marvin. – Seu jegue, não é obvio? Quantos quarteis tem aqui? Quantos guardas tem lá? Certamente usar a força bruta não resolverá nada, até porque eles têm uma loja aqui, o que significa que ele precisa resgatar ela sem sujar o nome da empresa e dele, se ainda almejam permanecer como vendedores nessa ilha.

Não havia nem ouvido as palavras de Hera ou as finais de Nero, já que, estava caminhando rumo ao local indicado. – Uffs. Queridoooo, queridooo! Hera proferia me seguindo. – Não ouviu que falei? Entrar lá temos que... antes que Hera terminasse de falar, ela havia olhado bem atentamente ao meu rosto, o que logo diria para ela tudo que precisava. -...tudo bem, já estava ficando entediada mesmo. Ela me conhecia bem, sabia que apesar de minha inteligência e sagacidade, há horas que um imperador deve ser um conquistador. Fodam-se ouro, joias, armas, seja lá o que o leilão está vendendo... o que eu queria era experimentar o sorvete daquela loja, e a sorveteira estava em posse do leilão, logo resultado era obvio: obliterar o leilão e conquistar o meu prêmio. ~ Nero toma o Front e mostra o caminho. Esbravejaria para ele, não por causa dele, mas sim pela situação.

Seguindo o faisquento, ignorando as pessoas e simplesmente passando por cima como um trator no campo, dado momento chegaríamos no leilão. A raiva teria diminuído um pouco, devido ao tempo necessário até o local. No entanto, não suficiente para frenar meu ímpeto. ~ E aí seus pirralhos. Proferia para os guardas do leilão, fintando-os de cima como um sol escaldante tostando uma formiga. ~ Quero falar com o líder, mestre, seja lá quem manda nessa bodega... e quero falar agora sobre a sorveteira Ayana! Não iria me apresentar ou pedir com educação, seria ríspido, direto e imponente. Caso algum deles demorasse para responder ou tentasse perguntar alguma coisa, simplesmente teria desferido um tapa de cima para baixo com objetivo de nocauteá-lo. ~ Preciso repetir?




Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blind1
Civil
Blind1


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Images-1
Créditos : 1

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptyDom Mar 10, 2024 8:40 pm



~ NARRAÇÃO: IV ~

O ar estava carregado de expectativa quando Drak, Hera e Nero chegaram à casa de leilão Happy Face. Nossos protagonistas veriam, logo de cara, que as pessoas ali presentes eram uma mistura intrigante vestidos de maneira granfina, com jóias cintilantes e olhares calculistas que se moviam com elegância e propósito. Eram colecionadores, aristocratas e figuras enigmáticas, todos ansiosos por adquirir o inacessível.

Diferentemente dos responsáveis pela portaria que Nero havia visto anteriormente, quem estava lá agora era Bingo, o gerente em pessoa da Happy Face. Seu rosto pintado de branco e os olhos sombreados conferiam a ele uma aparência enigmática. — Olhe só quem temos aqui, duas presenças ilustres: o formidável Imperador do Mar Drak e seu confiável vice-comandante Nero. Que honra tê-los na Happy Face! — Disse Bingo, fazendo uma reverência exagerada. — Posso ajudá-los em algo? — Perguntou, com uma mistura de entusiasmo forçado e uma pitada de loucura.

Ao contrario de seus pares, Hera, a tritã de elegância sinistra e pele cinza-púrpura atraia, apesar de sua aura de boa moça, olhares desafiadores e preconceituosos. Os seguranças da Shadow Hand, repletos de estereótipos, bloquearam sua passagem, expressando hostilidade pela presença de uma tritã entre eles. Essa era uma regra levada com bastante seriedade pela Happy Face, que permitia a entrada gratuita para todos, desde que... não apresentassem características de tritão.  

Alheio a cena que se desenrolava com Hera, Bingo, que entendia que essa regra era tão normal quanto encontrar areia na praia, prosseguiu com sua atenção voltada para Drak e Nero, talvez os dois maiores nomes ali presentes. — Ayana? Sorveteria? Ah, sim, ela é uma colaboradora de nossa organização e um membro estimado. — Disse Bingo, colocando em dúvida todas as cenas anteriores vislumbradas por Nero.

Nesse instante, a cena foi interrompida por um segurança da Shadow Hand que se aproximou de Bingo e sussurrou algo em seu ouvido. Em resposta, o Palhaço Demoníaco franziu o cenho, mas logo deu um sorriso sem jeito, constrangido. O segurança acabara de dizer para Bingo que Marvin, outro associado da Shadow Hand, estava descontrolado dentro do leilão. Ele estava tecendo acusações gravíssimas de que Bingo os havia traído e que Ayana estava prestes a ser leiloada.

Bingo coçou a cabeça, mais por um aborrecimento do que por nervosismo. — Hmmph! Isso deve ser algum mal entendido... — Sussurrou em um tom quase que inaudível, fitando aquelas duas presenças ilustres - Drak e Nero. — Peço desculpas por essa confusão. Tenho certeza que isso será esclarecido o mais breve possível. Por favor, fiquem à vontade. Disse Bingo, acompanhando seu segurança.

Caso Drak e Nero ou só Drak ou só Nero resolvessem acompanhar Bingo pelos corredores do leilão, em certo ponto veriam Marvin, o brutamontes, cercado por vários seguranças da Shadow Hand, com suas mãos imobilizadas atrás das costas. A força de Marvin era tamanha que poderia ser reconhecida através do alto número de seguranças necessários para contê-lo, um total de dez. Seus olhos faiscavam de raiva e sua respiração era pesada.

Os seguranças da Shadow Hand haviam se movimentado de forma que fosse criado um cerco entre o hall da casa de leilões e as cadeiras dos convidados, o local do leilão em si. Eles formaram uma barreira invisível, afastando os curiosos e garantindo que Bingo, Marvin e as testemunhas pudessem conduzir toda aquela situação com privacidade.

Marvin olhou diretamente para Bingo, o palhaço que outrora considerara um aliado. Bingo, em contrapartida, com seu sorriso e olhos insondáveis, manteve a compostura. — Marvin, meu velho amigo, isso é um mal entendido. — Sua voz soou apressada, urgente. Ele também recebeu, nesse instante uma lista das "mercadorias" a serem leiloadas e confirmou que o nome de Ayana constava na lista. — Hmmph! De fato, alguém autorizou a última lista de aprovados e o nome de Ayana esta aqui, por engano. — Disse, contrariado. — Mas, veja bem, ela reside em um bosque diferente, seu nome não é necessariamente conhecido em nosso bosque e talvez tenha passado despercebido pelo oficial de plantão. — Garantiu.

— Um mal entendido? Ayana estava prestes a ser leiloada! Você colocou um preço na cabeça dela. — Marvin rosnou.
— Não, não, você tem que acreditar em mim. Ayana é uma das nossas. Ela é parte da nossa organização. Eu jamais faria isso. — Bingo balançou a cabeça, em negação.

Mas Marvin não estava disposto a ouvir desculpas. — Você acha que sou um tolo? Ayana desaparece e de repente o nome dela aparece na sua lista de leilão? Você está brincando comigo. — Aqui, conforme a ira de Marvin ia ficando cada vez mais evidente, os seguranças o apertaram ainda mais.

Bingo, agora sério, olhou para os seguranças e os repreendeu. — Soltem-no. Foi um erro. Vamos encontrar Ayana e fazer isso direito. — Determinou.

Marvin foi libertado, mas sua expressão permaneceu desconfiada. — Se algo acontecer a ela, Bingo, eu vou destruir este lugar. — Ameaçou. — Eu juro, Marvin. Vamos encontrar Ayana e vamos corrigir tudo. — Bingo assentiu.

Mas, antes que eles pudessem procurar por Ayana, um telão gigante instalado no hall exibiu a seguinte imagem: as cortinas se abriram e o salão do leilão ficou em silêncio absoluto. Todos os olhares se voltaram para o centro do palco onde a personagem de toda aquela confusão estava sentada em cima de um corpo sem vida. Ela parecia confusa, com os cabelos desalinhados e os olhos semicerrados.

— Ugh… — Ayana gemeu, tocando a própria cabeça. — Minha cabeça dói como se tivesse sido atingida por um canhão de água doce. — Ela piscou algumas vezes, tentando entender a situação. — E por que diabos eu estou em um bosque diferente do meu? Eu só queria um sorvete! — Enquanto os seguranças se apressavam para ajudar Ayana, ela olhou para o corpo sem vida sob ela e fez uma careta. — Espero que ele não esteja morto por minha causa. Isso seria muito embaraçoso. — Constatou.

Com o imbróglio aparentemente resolvido, Bingo voltaria sua atenção para alguns de seus convidados ilustres. — Drak, Nero, meus distinguidos convidados! O espetáculo não pode parar, não é mesmo? — Iniciaria. — Em reconhecimento à vossa paciência e compreensão, permitam-me oferecer-lhes uma vantagem de B$1.000.000 em qualquer lance que vocês possam dar. Afinal, um toque especial para dois indivíduos tão extraordinários como vocês é uma questão de prioridade aqui na Happy Face. O que me dizem? — Encerraria.

[...]

Assim que tomassem ciência das expressões hostis e preconceituosas direcionadas a Hera, Drak e Nero poderiam facilmente tomar as dores de sua companheira, desencadeando uma reação em cadeia. Entretanto, com o status de Yonkou, eles deveriam ponderar sobre as implicações universais e diplomáticas de um confronto direto. Envolvendo-se em um embate sem considerar cuidadosamente as consequências, poderiam atrair não apenas a ira da Happy Face, mas também a atenção indesejada da Marinha.

A decisão de avançar com um confronto ou adotar uma abordagem mais diplomática permanece nas mãos dos personagens.



_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Kokosign

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody 8vJQCMp
Ir para o topo Ir para baixo
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody WZJ0
Créditos : 11
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySeg Mar 11, 2024 12:52 pm




~~ Fukutsu no Kaizoku ~~

Yonkou

Confesso que não esperava ser recebido pelo dono daquele lugar, apesar de que minha reputação me procede e não era incomum ser recebido respeitosamente. “Hoo. Pelo visto alguém tem cérebro aqui.” Ponderei por um momento, já que, o dono da Happy Face era um moleque astuto.

Todavia, quando notei que certos indivíduos olhavam minha subalterna de forma preconceituosa, lhes retornava o olhar com uma intensidade feral; sem precisar usar palavras. Afinal de contas, um olhar diz mais que mil palavras. – Tsc. Que gentalha repugnante... será que devo afoga-los? Ela encarava-os sedenta por sangue, o que era compreensível, mesmo que ela fosse calma, seu lado sádico era bem intenso. ~ Drakakakaka. Não se preocupe tanto com esses burgueses imprestáveis. Proferia amigavelmente para Hera, desta vez, acalmando-a.

Então o moleque começava a explicar sobre a mulher ser uma colaboradora. ~ Como é? Não foi bem isso que eu fiquei sabendo. Cruzava os braços e fintava o homem de cima com uma expressão pensativa. Não demorou muito para um homem vir sussurra algo, e pelas palavras do moleque... parecia ser um mal-entendido de fato. ~ Hmm. Hera retorne ao navio, logo mais voltaremos também. Ordenaria para a tritã voltar, pois, estava com um certo pressentimento. No entanto, optava por não detalhar. – Owwn nããão... eu quero ficar com você querido. Bastou um olhar para a tritã, que ela suspirou e assentiu com a cabeça.

A saída de minha aliada eu e Nero iriamos atrás do dono daquele lugar. Haviam muitos seguranças, mas sinceramente cagava para eles. ~ Drararararara! Parece que você evitou um belo massacre aqui, moleque. Diria caminhando e fintando os guardas. Afinal, por pouco que eu não aniquilei todo aquele lugar.

Quando Bingo clamou o nome Marvin, pude ver o rapaz causando um alvoroço. O dono relatava que tudo era um mal entendido, logo sendo confirmado com a aparição da Ayana. A mulher era bela, mas o que eu queria era seu tão famoso sorvete. ~ HAH! Enfim te encontrei mulher!!! Exclamava em alto som para que ela pudesse ouvir, acenando juntamente com um sorriso carismático.

Bingo, o dono do leilão, nos oferecia lugares e descontos em razão de toda a inconveniência. ~ Hmm. Bem... acho que posso abrir uma exceção para você, pequenino. Falava coçando a barba enquanto era descaradamente reverenciado e convidado para o leilão.

Sinceramente não havia gostado da forma que os imprestáveis burgueses teriam olhado Hera. Entretanto, era algo comum para os tritões. Causar caos toda vez que isso ocorresse, não existiria mais ilha. Desta forma, abordei usando a inteligência do que força bruta. Pelo menos por hora, Bingo havia salvado seu lar. No entanto, tudo ainda era possível.

~ Certo. Aceitamos seu convite, desde que Ayana possa nos oferecer um banquete de sorvete. Afinal, foi para isso que eu vim até aqui. Terminava de proferir já buscando um lugar com bastante espaço, mas logo notando a falta dele, ou ignorando os que havia... simplesmente forjaria um longo banco para mim e para Nero bem próximo do palco, por meio de meu oficio: Vulcan Forge. ~ Agora sim... isso que eu chamo de assento digno. Chega mais Nero. Seria quase como um enorme trono espaçoso.

Uma vez sentado com os braços apoiado sobre a parte de trás, aguardava o sorvete enquanto esperaria ansioso pelo evento; sinceramente não fazia ideia do que vendiam lá, talvez joias ou armas. Seja o que for, havia cativado minha atenção.



Histórico:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody ZRyhvMK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody D1p9O2Y
Créditos : 11

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody Empty
MensagemAssunto: Re: Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody   Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody EmptySeg Mar 11, 2024 1:52 pm

A Calamidade


Logo após ter dado todas as informações para Drak, o mesmo decidiu sem mesmo pestanejar, ir atrás da menina dentro do leilão, para mim, uma decisão óbvia e muito mais interessante do que simplesmente ignorar aquilo.

Ao chegar, logo adentramos o local, Drak não parecia completamente enfurecido, mas estava sério, e eu apenas observava as coisas no entorno me mantendo um tanto indiferente com a situação, mas ainda assim, sentia uma certa raiva perante aquilo, já que os Oni também já foram uma raça caçada pelo mundo, e eu não podia simplesmente deixar essa situação passar despercebida, mas, eu não agiria por conta própria, e me manteria sempre atento às coisas, utilizando meu mantra para pegar informações escondidas ou coisas que não queiram deixar passar.

Ao ver como os seguranças tratavam Hera, mesmo eu não sendo tão próximo assim da tritã, sentia como se ela fosse parte importante daquele bando, e se alguém agi de forma idiota com um de nós, isso afeta a todos nós. Meu olhar logo se tornava sério, e meus olhos faiscavam com eletricidade pronto para simplesmente carbonizar aqueles imprestáveis impedindo a passagem de Hera.

Porém, Drak parecia querer algo a mais, e logo decidiu por enviar Hera de volta ao navio, eu o olhava e logo voltava ao normal, mas deixando um comentário para Drak e que quem estivesse em volta poderia ouvir. -Você acabou de salvar a vida deles… Isso aqui ia se tornar um banho de sangue. Exclamei de forma sincera, retornando com meu olhar e semblante para a figura que lá estava, chamada de Bingo.

Dessa vez era como se uma calma pairasse sobre mim, afinal, o problema parecia ter sido resolvido, mas se eles tratavam assim uma subordinada de um Yonkou na frente dele, o que mais esses inúteis pretendiam fazer? Bom, vamos ter que pagar para ver.

Em meio a situação, Bingo nos dava as boas vindas, já que parecia nos conhecer muito bem, afinal, éramos um bando de um imperador, e nossa fama nos precedia. -Bom saber que pelo menos você sabe quem somos… Já aqueles idiotas ali. Comentei com um olhar perfurante e afiado, observando o homem diretamente nos olhos, logo, uma informação estranha dita de forma sussurrada em seus ouvidos parecia tirar sua pompa, algo que ele certamente não esperava naquele momento. Ao que parecia, Ayana realmente tinha sido levada como mercadoria, mas aparentemente o palhaço não sabia nada sobre aquilo, então, quem era  a pessoa que havia liberado a menina para ser liberada? Perguntas que ficavam sem respostas, por hora.

Ainda assim, o homem nos convidava para o acompanhar, e em meio ao caminho, era possível ver Marvin amarrado com suas mãos nas costas, e um olhar completamente enfurecido, pronto para matar qualquer um por ali. Por outro lado, Bingo parecia realmente não saber como aquilo havia acontecido, o homem realmente podia ter sido pego de surpresa, ou era simplesmente um ator impecável.

Logo o mesmo ordenava que soltasse Marvin e prometeu resolver a situação, até que… Um grande telão se abria, mostrando a menina sentada sobre um cadáver, eu não fazia ideia do que era aquilo ou o que significava, mas aparentemente ela havia matado alguém? Ou era tudo um truque para incriminá-la? E mais uma pergunta sem resposta, ao menos até agora.

E como se não fosse nada demais, Bingo nos convidava para assistir o leilão e ainda nos dava um bônus de um milhão de berris, em qualquer compra nossa, mas dado as informações de venda daquele lugar, aquilo não me agradava nem um pouco, mas Drak parecia ter se interessado. -Bom, eu não pretendo comprar nada nesse lugar, Drak, então fique a vontade pra pegar o que quiser. Disse ao Yonkou, enquanto me sentei em um dos bancos feitos de magma pelo homem.

A partir dali, tudo poderia nos surpreender, da coisa mais banal até mesmo a coisa mais insuportável possível, ao me sentar, apenas cruzei minhas pernas, enquanto apoiei meu braço direito sobre o braço da cadeira, e apoiei minha cabeça sobre meu punho, olhando fixamente para o que estava prestes a nos ser revelado, enquanto isso, meu mantra estaria ativo, buscando qualquer coisa que pudesse ser de nosso interesse naquele momento.

Não sabíamos o que aconteceria e nem o que seria mostrado ali em cima, porém, talvez fosse melhor aproveitar a situação e seguir com o plano de Drak, afinal, ainda podíamos ser surpreendidos de forma positiva naquele lugar.





Histórico:

Ganhos/Perdas:

Objetivos:


_________________

Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
 
Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Ir para o topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Grand Line Paradise :: Arquipélago Sabaody-
Ir para: