Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 8 de 8 Página 8 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 XqxMi0y
Créditos : 20
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Ascensão dos Scavenger Qui Maio 13, 2021 1:24 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Ascensão dos Scavenger

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Civis Arthur Lancaster Cavendish II, Euntae Gun Lee Jabami, John White, Maka Jabami e Mizushima Mika. A qual não possui narrador definido.

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 J09J2lK

OverLord
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 EzhD8ov
Créditos : 00
Re: Ascensão dos Scavenger Qui Jun 03, 2021 12:35 am
Arthur comentava sobre o mudo ser um assassino para a garota polvo, além de comentar com o próprio assassino que ele era o mais habilidoso naquela sala, mas que deveria ser complacente aos que lhe cercavam, o jovem Nostrade dava de ombros. Uma garota mais jovem do que o próprio assassino e muito provavelmente mais nova do que todos daquele grupo, não parava de olhar para o assassino e então, o mesmo retirava o caderno e a caneta do bolso e escrevia: – Sabia que é feio ficar encarando os outros sem falar nada, garotinha.. Sou Draken Nostrade, mas pode me chamar de Draken. Mostraria então o que havia escrito para ela.

Uma outra mulher, agora um pouco mais velha do que a garota que estava com Arthur, ela dialogava com Arthur e também buscava interagir com o mudo, ela não parava, incapaz de ficar calada ou de apenas fazer uma pergunta, sem classe e também suja de sangue, assim como a garotinha e a mulher polvo. Abriria mais uma vez o seu caderno para escrever algo para aquela mulher que se chamava Maka, mas ela era esquentadinha e nem aguardava, já se desligando daquela conversa. – Essa Maka parece esquentadinha e grosseira, não é? Notei também que as três garotas estão sujas de sangue, as três chegaram naquele dia? Mostrava o caderno então para o Arthur, mas dava um sorriso perante aquilo, como se aquilo fosse uma brincadeira.

Então, se aproximaria da garota polvo e antes de cutuca-la para chamar sua atenção, visto que seu hábito de andar sem reproduzir sons era rotineiro, escrevia no caderno: – Boa Tarde, garota Takoyaki. Sou Draken, prazer em conhece-la. E então, com o indicador esquerdo, cutucaria ela e quando ela se virasse, mostraria o caderno com o que estava escrito e quando ela lesse, fecharia o caderno e retornaria para próximo do Arthur, voltando a encostar suas costas numa parede ou pilastra. – Arthur, o que acha de me emprestar 250.000? Eu te pagaria no próximo reencontro esse valor. Possuo comigo apenas 100.000, que dá para eu comprar fósforos para o meu vício, mas eu ainda não teria dinheiro para minhas armas.. Mostraria o seu pedido para o meio gigante, esperando uma resposta em retorno, assim como ele havia emprestado para aquele garoto, a quantia que o mudo havia pedido era bem menor que ele havia dado para ele.









Ascensão dos Scavenger
Emme



Histórico:
N° de posts: 07
Ganhos: Caneta e caderno, Maço de cigarro[Contendo 10 cigarros]
Perdas: 150.000[Maço contendo 10 cigarros]
Vício: 7/15
Proficiência: Ameaça, Furtividade, Etiqueta, Arrombamento, Atletismo
Qualidade: Ambidestro, Audição Aguçada, Hipoalgia, Prodígio, Impassível
Defeito: Mudo, Inimigos[Organização], Compulsivo, Frígido, Dependente[Cigarro]
Bolso direito interno do terno: Maço de cigarro
Bolso esquerdo interno do terno: Caneta e caderno
Bolso da calça: Mapa de Sirarossa

Legenda:
- Fala/Escrita
* Pensamento
- Fala de NPC

Objetivo:
Encontrar o pessoal
Ter cigarro, pq fogo eu vou mendingar por aí kk
Por enquanto só

_________________

Arthur Lancaster
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 E5ZkmN6
Créditos : 21
Localização : Sirarossa
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 1:16 am

 
 
Post 10
"Ascensão dos Scavenger"
O imperador das sombras

A reação de minhas irmãs relacionada a minha ferida me faria dar uma leve risada, aquilo havia sido uma pequena ferida por causa da minha raiva, para minhas proporções aquele sangue não era muita coisa, mas para eles provavelmente essa quantia de sangue provavelmente seria assustadora.

- Não se preocupem com isso vou ficar bem, minhas queridas irmãs. - Normalmente tocaria suas cabeças com um sorriso reconfortante, mas não queria sujar ainda mais ambas. - Mas escuta aqui, vamos nos separar novamente, mas se alguém tocar um dedo em vocês podem me chamar que eu irei proteger vocês.

Não era bom ter uma má impressão do lugar onde passaria algumas noites, mas já era tarde demais para se importar com isso, então apenas daria de ombros e então se pronunciava novamente a todos que aceitaram me seguir em busca de minha ambição.

- Irmãos e amigos, gostaria que nos mantivessem em contato, por enquanto usaremos cartas para nos comunicarmos. - Meus olhos observavam cada um deles enquanto as palavras eram pronunciadas por meus lábios. - Iremos nos encontrar no país de Kano, lá partiremos juntos para a GrandLine. - Faria uma pausa para eles processarem isso, e logo prosseguiria. - Infelizmente suponho que tenha chegado o momento das despedidas.

- É claro que sei, irei me tornar bilionário antes mesmo de pisar na GrandLine. - Me dirigia a Maka alegre por ela aceitar meu desafio. - Mana, se cuida em!? O que diabos eu estou falando? Dahahahaha você é muito forte, quase me venceu no quebra de braço. - Lembraria de todas as vezes que disputamos, e sorria ao imaginar qual seria o ponto em que viramos tão chegados mesmo sendo rivais.

Me aproximava novamente de Mika, e uma sensação de saudades já tomava conta de mim, minha vontade era chamar ela e passar a noite sobre o luar enquanto apreciaria de um bom vinho e uma boa conversa, mas infelizmente não era possível, uma vez que nosso tempo juntos já chegava ao fim. - Desejo boa sorte a vocês em suas carreiras, vai ser bom no futuro dizer que conheci vocês antes de toda a fama. - Sorriria enquanto também focaria Kani e Kou.

- Não passamos muito tempo juntos nos últimos anos, mas ainda é difícil se despedir de vocês meus queridos irmãozinhos. - Abraçaria ambos, com cuidado para não os sujar de sangue novamente. - Cuidem bem da minha amiga em!? Ela é muito especial para mim, assim como vocês.

Por fim Draken me abordava com seu bloco de notas, e ele tentava fazer uma piada sobre o sangue cobria minhas irmãs, além de citar minha amiga, respiraria fundo para não perder a calma naquele momento, e apenas ignorava ele e o que mais ele escrevesse naquele maldito caderno.

- Bom caro John, agora iremos seguir nosso caminho juntos, bom desejo que nos dois consigamos mais informações sobre o massacre que teve no orfanato. - Abaixaria um pouco o tom quando citasse a palavra “massacre”, não queria fazer outra poça de sangue. - Agora seremos nós dois contra o mundo meu amigo.

Olharia a todos por um ultimo segundo, com intensa felicidade por saber que tínhamos um ao outro para nos apoiarmos, e meu objetivo não parecia mais tão longe, o primeiro passo havia sido dado, e eu não voltaria mais atrás até conseguir ser o rei do mundo. Ficaria feliz em dar abraços de despedidas, e apertaria calorosamente cada um que desejasse, os demais acenaria com um sorriso, aquela pequena reunião tinha terminado, mas nossa verdadeira aventura estava apenas começando.

Por fim para não ter maiores problemas posteriormente, por conta da perturbação que causamos iria até a recepção, calmamente e procuraria a pessoa que havia me atendido primeiramente. - Irei sair daqui alguns minutos, e gostaria de deixar já pago a minha estadia de hoje, e minha conta no bar. - Depositaria o valor que era necessário sobre a mesa.



Histórico:

Número de POST: 10
Dependência: 07/15
Ganhos: -
Perdas: - 1 milhão de berries (post 09) - Motivo : investi no menino kani.
- 260 mil (post 10) - Contas do hotel ...
Legendas: Fala | "Pensamento"

Objetivos:

[x] - Conseguir cartazes de recompensas.
[x] - Reunir com todos.
[  ] - Deixar o menino Kani de cadeira de rodas. - Infelizmente nn deu mas na proxima juntos vai :wing:
[x] - Ter uma boa aventura.


Última edição por Arthur Lancaster em Sex Jun 04, 2021 10:23 pm, editado 2 vez(es)

_________________

Ficha

Ascensão dos Scavenger - Página 8 ApNHza5

Revescream
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 Templa15
Créditos : 00
Localização : Em seu coração.
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 1:25 am


ASCENSÃO DOS SCAVENGER
O Amanhã
Legendas
Falas Pensamentos
Fora incrível como o tempo voou naquela tarde, antes mesmo que notasse Mika já estava bocejando de tão cansada que se sentia após todo esse festival de sentimentos. "Meu sono da beleza nunca tarda em aparecer." Um meio sorriso aparecia com esse pensamento, ela continuava assistindo a todos os seus novos companheiros naquela celebridade duradoura, mas logo sua feição alternava para curiosidade quando sentia algo lhe cutucando; ou melhor, alguém.

O rapaz misterioso de outrora chamava a atenção da sereia-lula, em seguida escrevia alguma coisa em seu pequeno caderno e logo mostrava o conteúdo para que Mika pudesse lê-lo. - Ó, prazer em conhecê-lo Draken, pode me chamar de Mika e... - Pausava, expressando um semblante desgostoso para o rapaz. - Por favor, não me chame como se eu fosse comida ou comesse algo assim, isso parece canibalismo... - Respondia sem muitos rodeos, vendo o Nostrade se retirar daquela conversa da mesma forma que iniciou, arrancando um suspiro leviano da sereia.

Contudo, no mesmo instante que Draken saia, para surpresa da sereia-lula, Shachi não apenas se aproximava para receber as vestimentas cobertas de sangue como também perguntava sobre o pressentimento da Mizushima em relação ao grupo, demostrando bom humor com o mesmo apesar de não ter criado muitos vínculos com os integrantes. - Haha, sim, essa variedade também me fascina... - Pausava para averiguar seu mascote, que já deveria estar adormecido nessa altura do show, antes de encarar o tubarão novamente com seus belos olhos cor de mar. - Eu me sinto realizada, Shachi, ter todos vocês do meu lado me faz sentir capaz de alcançar coisas que vão além da minha imaginação. Eu tenho certeza que nunca alcançaria meu sonho se estivesse viajando sozinha ou em má companhia; porém, com você e eles comigo, eu tenho confiança de que vou me tornar uma Celebridade Mundial! - Discursava com um sorriso acalorado no rosto, permitindo que as bochechas rosadas colaborassem com sua feição, enquanto transmitia aquela mesma áura carismática que sempre emanava.

Ascensão dos Scavenger - Página 8 Bf45f30d9fb665f6c6612ab7ab5c7b5c

- Shachi querido, vamos nos organizar para essa noite, estou querendo fazer o meu descanso nesse maravilhoso hotel. - Dizia escapulindo mais um bocejo, antes de avistar Kou voltando ainda encharcada de sangue. - E precisamos descobrir se existe algum lugar para limpar minhas roupas, francamente, eu não vou sair com meus trajes nesse estado. - Falaria ao seu companheiro, dando uma última piscadela com a língua de fora brincando. - Então já vai fazendo nossa reserva na frente, aprovo a ideia de dividirmos um quarto, logo teremos que acordar dispostos amanhã para conseguir paga-la depois. - Terminaria sua fala por ali, permitindo maliciosamente que a interpretação do seu amigo fizesse o restante do trabalho.

A princípio, como amiga maravilhosa que era, Mika sairia rumo ao lugar onde Evellyn se encontrava de primeira. Expressando uma pequena felicidade no rosto, a sereia encostaria no ombro de sua amiga para chamar sua atenção. - Evellyn querida, lamento não poder passar mais tempo com você, infelizmente, já estarei me retirando para meus aposentos, quero dizer que me diverti bastante nesses momentos que passamos juntas e que gostaria de repeti-los no futuro. - Esboçaria mais um de seus fáceis sorrisos, antes de perguntar fingindo-se de desentendida. - A propósito, você tem aquilo que os humanos tecnológicos chamam de telefone? Seria ótimo mantemos contato de alguma forma. - Terminaria assim com Beneviento, aguardando pelas respostas da jovem humana antes de poder se retirar novamente para o seu grupo.

- Senhoritas e rapazes, eu quero agrade-los pela maravilhosa tarde que passamos juntos, foi um prazer conhece-los e será um prazer ainda maior acompanha-los nessa jornada. - Anunciaria no meio dos familiares, tentando puxar cada um com seus tentáculos para oferecer um abraço, na seguinte ordem: - Arthur querido, espero que tenhamos mais tempo para conversamos na próxima oportunidade, sinto que não colamos todas as nossas vontades ainda... Mas saiba que pode contar comigo se precisar, tomarei conta de seus irmãos custe o que custar e continue sendo esse líder que inspira os outros.

- Jonh, infelizmente, de todos aqui foi de você que me senti mais distante, mas isso não é motivo para não nos conhecermos mais em outra ocasião, espero que continue sendo o cavaleiro que foi comigo e que encontre o seu caminho de seguir com a vida da sua própria maneira.

- Maka, Makarona! Você foi com certeza outro achado meu essa tarde, nunca conheci alguém tão incrível e esbelta quanto, é realmente uma pena que não iremos viajar a maior parte do trajeto juntas, mas farei questão de convida-la para um serviço de quarto 5 estrelas quando tiver condições!

- E finalmente, queridos Kani e Kou. Vocês dois juntos porque sozinhos são fofos e juntos são mais fofos ainda! Aha-hahaha! - Pausou para gargalhar. - Estou ansiosa para os nossos trabalhos, espero muito de vocês e os mesmos também podem esperar muito de mim, dou minha palavra de sereia que cuidarei de tudo que precisarem num futuro próximo. - Fazia outra pausa para pensar, terminando com a seguinte indagação: - Então, vocês tem algum outro lugar preparado para dormirem ou vocês gostariam de dividir o quatro comigo e o Shachi? Acredito que terá muito espaço para nós quatro.

Finalmente terminava por ali, realizando suas despedidas e se sentindo esgotada por tê-las feito, deixando para trás um rastro de pessoas pelas quais havia conquistado uma fonte de alegria e motivação para continuar trilhando o seu caminho, sua jornada em busca da fama começaria no amanhã!



Objetivos:
Prinicipais:
● Reunir-me com o grupinho no Hotel Belucci Sprezzatura [X]
● Aprender a Proficiência: Barganha [ ]
● Aprender a Proficiência: Persuasão [X]

Secundárias:
● Ensinar ao menos um comando para o Mascote [ ]
● Treinar a Qualidade: Ambidestro [ ]
● Cantar em algum pequeno Show. [X]


Ponto-Situação do Personagem:

Nome do Player: Mika Mizushima
Nº de Posts: 10

Ganhos:
~x~

Perdas:
~x~

Extras:
~x~



Considerações:

Resumo:
● Autoexplicativo. Considerar as Qualidades Atraente, Voz Melódica e Carismática quando envolver as interações com a Personagem, e as Proficiências Canto e Sedução nos momentos de fala e cantoria, além de Dramaturgia e Qualidade Impassível na omissão e controle das emoções.

Observações:
● Compulsiva (Cantarolar): 05/10 Turnos;
● A Personagem possui 4,62 m de altura, sendo 0,62 m da parte humana e 4,00 m da parte marinha. Quando está na terra, entretanto, por questão de conveniência, a Personagem assume uma postura onde fica com 1,62 m de altura se comparada aos demais, deixando os outros 3,00 m dos tentáculos livres para uso.
Koji
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 HKNMPj9
Créditos : 22
Localização : Sirarossa
KojiNarrador
https://www.allbluerpg.com/t764-harvey-abgnalle#6176 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 7:19 am


Ascensão dos Scavenger - 10
Sirarossa



Aquela tão esperada reunião parecia chegar a um fim. Cada um agora iria viver sua própria aventura, com o grupo de pessoas que já conhecia ou que conheceram hoje, como Mika. Apesar de tudo, finalmente havíamos nos encontrado e conversado um pouco, matado a saudade e relembrado os velhos - para mim horríveis - tempos. Uma notícia ruim abalou nós todos, mas os irmãos eram fortes e podiam aguentar o peso daquilo. Arthur e eu íamos cuidar desse problema de uma forma ou de outra. "Isso é tudo o que eu mais quero no mundo." — pensava imediatamente relembrando daquele massacre maldito. Tentaria não relembrar muito disso, já que não queria passar por mais um ataque como ocorrera anteriormente.

Me livraria daqueles pensamentos imundos e focaria no presente. Todos pareciam se despedir, e eu não queria ficar de fora. Chegando em Kani e Kou, os cumprimentaria, talvez com um abraço, e os desejaria uma boa sorte. — Irmãos! Espero que vocês se divirtam nessa nova jornada. — me aproximaria e sem pestanejar falaria com eles. — Vamos tentar manter contato, que tal? Eu realmente fiquei feliz em ver vocês de novo! — expressaria meus sentimentos sem medo. É verdade que não havia conversado muito com meus irmãos, mas talvez isso seja um pouco de timidez ao estar com eles. Na época do orfanato eu conversava pouco com todos. "Talvez seja isso? Eu meio que me sinto mal agora heueueueue." — me indagaria em relação aos meus sentimentos. De qualquer forma, tentaria aproveitar esse momento e me "redimir". Acenaria com as mãos para os dois e daria um largo sorriso, dizendo adeus sem realmente mexer meus lábios.

Iria então até Euntae, o primeiro que encontrei hoje. Não hesitaria sequer um segundo antes de lhe dar um grande abraço. — Valeu pelo dia, mano! Espero que a gente se reencontre alguma hora. — daria alguns tapinhas em suas costas antes de realmente me afastar. Esperava que Maka estivesse por lá também, afinal, os dois eram irmãos, e diga-se de passagem, pareciam inseparáveis. — Até mais. — com ela seria breve e rápido, estenderia uma mão para cumprimentá-la firmemente, e se não fosse aceito, apenas levantaria a mesma mão como um aceno de "adeus". Se sentisse necessário, olharia para os lados e assobiaria para evitar ser pego naquele famoso vácuo.

Nesse momento, via que Mika estava falando com todo o pessoal, eventualmente ela me citava. "Cara... eu realmente gostaria de conhecer ela melhor." — pensaria comigo mesmo, enquanto esperaria ela acabar seu pequeno monólogo direcionado a mim. — Você se mostrou extremamente ocupada a noite toda. Heueueu. — brincaria um pouco, quiçá direcionando meu olhar para Shachi para dar uma conotação a mais à minha resposta. — De qualquer forma, eu esperarei ansiosamente pelo dia em que possamos nos conhecer em outra ocasião. — diria sinceramente para a moça, que parecia doce como mel. — Espero que alcance seus sonhos... o talento é indiscutível! — elogiaria a mulher, por fim, despretensiosamente, é claro.

Chegando no final das despedidas, me aproximaria de Arthur, agora. Nós dois sairíamos em uma jornada para encontrar aqueles que massacraram as pessoas do orfanato, aqueles preciosos para a gente... Eu podia ver que ele parecia tão abalado quanto eu em relação à notícia, mas o meio-gigante mantinha sua expressão de força e imponência enquanto dirigia sua fala a mim. — Nós vamos conseguir, sim. Seja positivo. — diria, agora tomando um gole do meu café que provavelmente já havia chegado. Adicionaria uma pequena brincadeira à minha sentença ali, para atentar aliviar a tensão do "pré-missão". — Eu não acho que mundo possa com a gente, Arthur. Heueueueue — estar com pensamentos positivos antes de qualquer coisa nesse quesito se mostrava importante em diversas ocasiões. Dizia isso por experiência, nesses últimos anos que se mostraram uma loucura para mim.

Apesar de tentar ser positivo, aquilo ainda era difícil na ocasião. "Eu não vou conseguir. Eu tenho que conseguir." — essa pressão pesava meus ombros, mas ainda me dava forças para continuar. A verdadeira aventura começaria agora, e o final dela? Apenas o tempo diria.


Histórico:
N° de posts: 10
Ganhos: -
Perdas:
- 10k de dinheiros (post 01 - cafézinho)
Vício: 0/10


Legendas:
Pensamentos
Fala

Objetivos:
Encontrar a rapaziada
— Adquirir um par de botas de combate
— Adquirir um par de espadas (0/2)

   Code by Arthur Lancaster

     
        

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 FObIUiu


"Assume the position to get down on your knees"



Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Ascensão dos Scavenger - Página 8 Jpu3OmR
Maka
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 LtBcCyp
Créditos : 02
Localização : Mundo dos Sonhos
MakaInstrutor
https://www.allbluerpg.com/t298-maka-jabami https://www.allbluerpg.com/t625-as-cronicas-dos-scavenger-a-leoa-o-louco-e-o-mudo
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 5:27 pm
Ascensão dos Scavenger
Reencontro - Reunião - Kani e Kou
Meu pobre coração “felino” se apertava ao perceber que aquele seria o último momento de nosso reencontro. Com a separação que Arthur havia proposto, minhas chances de poder cuidar e passar um bom tempo com os meus queridos Kani e Kou iria para a vala, e o que me restava era me despedir de cada um deles. – KOU! – Me dirigia até ela. – Bonequinha! Por favor, tome muito cuidado com essa viagem, quero você inteira até nos encontrarmos de novo antes de partirmos pra Grand Line! – Levantaria ela enquanto a abraçava com certa força e enchendo de beijos por todo o rosto. – Vou ficar com saudades de novo! Puffhahaha. –

Me aproximava de meu irmão Euntae para abraçá-lo, passando o braço por volta de seu ombro e puxando-o para perto de mim. – É isso maninho, somos eu, você e o esquisitão ali. – Sorria para ele. – Vamos ver se ele consegue nos acompanhar. – Beijava o rosto de Euntae feliz por saber que ficaria mais tempo ao lado dele. – Me respeita Arth, acha mesmo que precisa se preocupar comigo? Eu sou mais forte que você desgraçado! PUFFHAHAHA! – Logo após aquela leve despedida de Arthur, o tímido John se aproximava para dar o seu adeus ao meu irmão, e como surpresa se despedir de mim também. – Você virou mesmo um homem não é!? – Abria um sorriso desafiador enquanto apertava sua mão com força, para ver o quanto ele aguentava.

Arthur e John tomavam o seu próprio rumo, se afastando e nos cumprimentando uma última vez, pelo menos até nos encontrarmos novamente, o que provavelmente não demoraria muito. Mas minha atenção agora estava em Mika, aquela bela e jovem sirena que seria responsável pelos meus queridinhos. – Sereia! Eu me apaixonei por você, e espero que você seja minha cunhada um dia, puffhahaha! – Diria em tom de brincadeira. – Pode ter certeza de que você vai passar muita vergonha me chamando pra esse serviço de quarto! PUFFHAHAHA! – Ficaria um pouco séria, e puxaria Kani e Kou para perto de mim. – Espero que você cuide muito bem deles viu, não posso nem imaginar algo de ruim acontecendo com a minha bonequinha e com meu Kanizinho. – Olharia para cada um dos dois. – Mas tenho certeza de que vocês vão se divertir. Puffhahaha! – Voltaria meu olhar para o acompanhante de Mika. – E você “baleião”! VÊ SE FICA ESPERTO COM ELES! –

Kani provavelmente já teria por fim terminado suas anotações sobre Zoologia, e provavelmente a essa altura estaria me entregando. Se fosse o caso, lhe responderia em agradecimento, porém, já me despedindo do meu lindo garoto. – Kanizinho! Muito obrigado por dedicar esse tempo pra fazer essas anotações. São muito preciosas pra mim! – Beijaria sua testa. – Pode ter certeza de que um dia vou te recompensar! – Guardaria o pequeno bloco comigo. – Se cuida tá fofo!? Tenho certeza de que dá próxima vez que te ver, você estará ainda mais incrível! Puffhahaha! –

Caminharia agora toda ensanguentada até Euntae novamente. – Irmão, que tal tomarmos nosso rumo? Esse lugar é chique e caro demais pra gente. – Olharia para o esquisitão que agora nos acompanharia. – EI MUDINHO! Que tal a gente sair desse lugar e procurar algo mais barato que caiba no nosso bolso? – Caminharia em direção aquele garoto silencioso esperando que meu irmão estivesse andando comigo. – Você agora é minha responsabilidade, então trate de me agradar. – Sorriria para ele sem saber qual seria sua reação, e seguiria para fora do hotel, acenando para o grupo artístico que agora se mantinha ali.

Cinco anos haviam se passado, e mesmo que por pouco tempo, finalmente tinha minha ansiedade aliviada por ver todos novamente, e agora teria a companhia de meu irmão mais uma vez... nada poderia dar errado, não é? “Que o nosso futuro seja intrigante! PUFFHAHAHAHA”



Histórico:
N° de POST: 10
Ganhos: Bloco com anotações sobre Zoologia: “Tratado de Zoologia do Professor Kani Ketam (versão simplificada)”
Perdas: 20 mil berries – Copo de cerveja
Vício: Dependente - Álcool 2/15
Ferimentos: -
Informações:
Proficiências:
• Anatomia
• Atletismo
• Acrobacia
• Estratégia
• Briga
Qualidades:
• Destemido (1 Ponto)
• Prodígio (2 Pontos)
• Prontidão (2 Pontos)
• Mestre em Haki (4 Pontos)

Defeitos:
•  Dependente - Álcool(1 Ponto)
• Sadista (2 Pontos)
• Furioso (2 Pontos)
• Leal (2 pontos)
Arthur Lancaster:
Maka sempre foi uma valentona no orfanato em que vivia, e por ser assim, ninguém tinha coragem de bater de frente com ela. Isso até Arthur chegar e ser o único que não teve medo, e ainda por cima sempre aguentou as porradas.

Após muitas brigas, os dois criaram um grande respeito um pelo outro, consequentemente se tornando irmãos no orfanato, jurando então lealdade a ele após dizer quais seriam seus objetivos, e como cada um de seus irmãos resolveram seguir ele, Maka também optou por assim fazer, mesmo que custasse agora ser perseguida pela organização Sakura ao qual passou 5 anos.

• Inimigo (2 pontos)
Organização Sakura:
A organização Sakura é um grupo mercenário que atua no submundo. Antes seus trabalhos eram feitos no West Blue, porém, agora se mudaram para a Grand Line.

Maka nunca soube com o que exatamente no submundo o grupo Sakura trabalhava, e nem mesmo pra quem, pois foi treinada junto com várias outras pessoas durante 5 anos, e isso era a única coisa que acontecia lá treino e treino todos os dias. Até onde ela sabe, a organização tem três pessoas de muito poder e que comandam o que acontece lá, sendo eles o líder do grupo, chamado de Yoshindo Yoshihara. Além dele, o grupo ainda tem 2 mestres que trabalham diretamente para Yoshindo.

Date Yuuma, um mestre marcial em Taekwondo, e Wu Bjorn, um bárbaro que também é mestre em combate.
Objetivos:
- Encontrar a galera que eu Amo (Menos o John)
- Aprender Zoologia com o Kani (Consegui um bloquinho pra aprender depois)
- Comprar Álcool porque eu quero encher a cara
- Passar um tempão com a Kou
- Dar um tapa na cara do Lee
- Conseguir uma Arma, mas ainda não defini
Legenda:
Fala
Pensamento

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 94sfShl
Blossom
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 JDtjoSC
Créditos : 05
Localização : Sirarossa
BlossomCivil
https://www.allbluerpg.com/t510-kou-chiharu#2057 https://www.allbluerpg.com/t582-take-1-soneto-a-quatro-maos#2990
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 7:15 pm


   
Post 06

   

   
Ascensão dos Scavenger

   
Começaria a sentir uma grande irritação por todo o meu corpo por continuar suja com aquele líquido nojento. Parece que a maioria da sujeira que estava só na minha cabeça agora me sujava por completo à medida que o tempo ia passando.  Se eu não me limpasse logo provavelmente iria começar a me irritar seriamente. - As atitudes daquele atendente antipático e mesquinho já poderiam ser o suficiente. Se pelo menos ele se colocasse no meu lugar por um segundo já bastava. Porém, mesmo que ele esteja cumprindo a etiqueta do lugar, trabalhar num local luxuoso não é motivo para agir como um abastado.

Minha mente estava a mil enquanto perdia-me nos pensamentos, sentindo o incômodo cada vez maior e insuportável. Estava tão cismada e insistindo a pensar naquilo que meu pé começaria a bater levemente no chão, involuntariamente. Minha chateação estava conseguindo ficar maior por não ter convencido o recepcionista do hotel a me entregar toalhas. Às vezes pensaria que a culpa poderia ser de meu irmão por ter colocado as mãos sujas em mim e na minha irmã, mas teimar nisso seria tão egoísta quanto a atitude daquele recepcionista. Só de lembrar da cara nojenta dele já me dava um leve sentimento de repulsão.

Pensando melhor... será que eu não merecia ter recebido aquelas toalhas? Ah... é uma pergunta meio idiota já que fui objetiva. Enfim... preciso parar de pensar nisso por algum tempo para continuar pensando mais tarde quando eu estiver lavando meu cabelo num quarto hospedado. Meio irônico. - Dou um pequeno suspiro e volto a me concentrar no mundo real.

Olho para Draken com um olhar debochado e um pouco confusa por suas palavras no caderno. - "Huh... me chamo Kou Chiharu. É um pouco irônico você escrever que é feio olhar sem falar nada mas quem não falou nada até agora foi o senhor KWAHAHA!" - Riria um pouco alto e voltaria a minha atenção para meus amigos. - "Estou muito triste por ter que me separar da maioria de vocês, mas aposto que todos ficarão cada vez mais fortes!"

Abraçaria Arthur com menos receio de me sujar e com um pequeno sorriso no rosto. - "Pode deixar, irmãozão. Pelo jeito vai ser ela que vai ter que cuidar de nós dois." - Entregaria as roupas para o tritão como a sereia havia pedido. - "Olá, eu sou a Kou! Em breve poderemos nos conhecer melhor, senhor." - Nossa... ver o Kanizito no meio de dois tritões será bem interessante. - Pensaria olhando para Kani curiosamente. Me aproximaria de Euntae meio sem graça por ter ignorado o mesmo em sua chegada. - "Desculpe por não ter falado devidamente com você... tá fortinho hein?" - Brincaria um pouco para descontrair. - "Tenho certeza que teremos outra oportunidade para pôr a conversa em dia, ok?" - Voltaria até o grupão um pouco melhor depois de ter falado com meu irmão.

Retribuiria o abraço de John e dou um joinha. - "Desejo o mesmo para você, irmão. Tenho certeza que você se tornará um grande homem." - Sou surpreendida por Maka novamente, tomando uma avalanche de beijos da minha grande irmã que me deixaria um pouco envergonhada. - "Ha... Que isso, Maka! Irei me cuidar bem e também cuidarei do Kanizito." - Sorriria novamente e ouviria as palavras de Mika admirada pelas suas citações. - "Muito obrigada, senhorita Mika. Nosso futuro será grande principalmente com a sua presença ao nosso lado." - Faria uma breve reverência depois de mandar o papo para ela. - "Dividir um quarto seria perfeito para nós, principalmente para poder nos limparmos." - Infelizmente não poderei dormir com Maka, mas pelo menos meu irmão estará ao meu lado.

Parece que a reunião havia terminado e eu estaria num grupo que me traria um grande conforto. Deixaria escapar um pequeno suspiro ao ver todo mundo ali. Mesmo com uma ponta de ansiedade, por ter descoberto recentemente o fim do orfanato, ainda tinha esperanças que a justiça seria feita. Um futuro incerto pairava por todos nós.
     


Histórico:

N° de posts: 06
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -



Personagem:

Estilo de Combate:
Ladino: Ladinos são especialistas em combates de curta distância, fazem uso de lâminas curtas e escusas para pegar seus oponentes desprevenidos e realizar movimentos letais. Utilizam adagas, punhais e similares.

Proficiências:

• Acrobacia
• Estratégia
• Furtividade
• Pintura
• Persuasão

Qualidades:

Versátil (Racial) Versátil: Você pode somar até 9 pontos de defeito, conseguindo dessa forma gastar 9 pontos de qualidade em vez de 7.

Atraente (1) Você é considerado belo pelos outros, seja pela sua aparência, porte físico ou estilo, você é capaz de despertar interesses românticos ou ser tratado mais favoravelmente por conta disso.

Criativa (2) Você é mais criativo do que a média e tem facilidade para pensar fora da caixa, em termos mecânicos, é capaz de desbloquear um espaço para projetar uma criação extra a cada nível ímpar.

Intuitiva (2) Você possui uma intuição forte e quase sobrenatural, praticamente um sexto sentido que pode lhe salvar de algumas enrascadas.

Prodígio (2) Você é mais inteligente do que a média e tem facilidade em adquirir novos conhecimentos, em termos mecânicos, é capaz de aprender uma proficiência extra a cada nível ímpar, além de ter termos menos rígidos para tal aprendizado.

Talentosa (2) Você ganha um espaço de criação de técnica extra em cada nível ímpar.


Defeitos:
Fobia (1) Você tem um medo extremo e irracional de algo ou de alguma situação específica. Varia de um até quatro pontos dependendo do objeto de sua fobia.
Fobia de Robôs:
Sente estranheza, desconforto, incômodo muito grande por robôs. Foi descoberto depois de ver e ler sobre robôs em um livro de seu amigo no orfanato.

Sincera (2) Você é incapaz de mentir, simplesmente não faz parte da sua natureza. Mesmo que seja prejudicial para você, você sempre diz a verdade.

Teimosa (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Pacifista (2) Você abomina a violência e sempre que possível prefere não fazer uso desse artifício.
Dois pontos:
Você só ataca um adversário depois de sofrer dano do mesmo.

Leal (2) Existe algo ou alguém, uma pessoa ou organização, que você coloca acima de si mesmo, não se importando com o fato de ignorar seus valores ou se sacrificar para proteger essa relação.
Lealdade a Arthur Lancaster:
Por Arthur ter sido a primeira pessoa a inspirar e incentivar Kou no caminho artístico, ela desenvolveu um sentimento de lealdade a ele pela sua confiança.


   
   Code by Arthur Lancaster




Última edição por Blossom em Sex Jun 04, 2021 7:18 pm, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Tinha um color no final do post que não vi. :sadpepe:)

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 Fofa210

FalasPensamentos ㅤ Ações
Onigami
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 483939c4b2902d706cfeb1b9d2ca66609d85f3b31a271b56af638a664f00a5a2
Créditos : 00
Localização : Sirarossa - West Blue
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 7:58 pm
SCAVENGERS: ASCENSION


Aceitaria de bom grado a oferta do homem do bar e pagaria o preço pelo caderninho. Ficaria um bom tempo escrevendo meu livreto sobre Zoologia. Pelo curto espaço de tempo que tentaria escrever, eu teria que quebrar tudo em conceitos mais simples. Mas de certa forma, isso provavelmente ajudaria a absorver melhor o conteúdo. Tentaria deixar meus diagramas e gravuras de forma mais acurada possível enquanto escutava os outros falando. Não tinha tanta habilidade artística quanto a minha irmã, mas estava acostumado a desenhar projetos e linhas retas, então talvez o trabalho ficasse até que razoável. Uma vez terminado de escrever, me sentiria um pouco cansado por ter acelerado o processo, e pararia para escutar meu irmão.

Pelas palavras de Arthur, parecia que aquela reunião logo acabaria. Mesmo tendo nos encontrado por pouco tempo, já havia valido a pena, porque eu com certeza senti falta daqueles pirados. Ouviria com cautela as instruções do meu irmão meio-gigante e guardaria em minha memória as informações do plano. – País de Kano, huh? Mal posso esperar. – Pensaria comigo mesmo, um tanto animado com a ideia de conhecer novas ilhas e depois explorar a Grand Line. Que pessoas diferentes e animais exóticos eu poderia encontrar por lá? Talvez eu finalmente tenha a chance de ver um Rei do Mar.

Abraçaria Arthur de volta, sem me importar muito com o sangue, mas ainda assim tomando um certo cuidado por conta da altura dele. – Pode deixar, chefe. Vamos cuidar bem dela. – Diria, convicto que deveria ajudar a proteger aquela sirena a todo custo. Me voltaria para John e retribuiria o abraço do meu velho companheiro do café da madrugada. – Boa sorte nessa sua nova jornada, White. Com certeza vamos trocar cartas! Ah, e não abusa muito do café, viu? – Comentaria em um tom humoroso, sabendo que ele não ia largar aquela bebida por nada.

Daria uma olhada aos arredores e veria o amigo silencioso de Arthur escrevendo algumas coisas. Pelo pouco que havia visto, ele tinha conseguido irritar o meu irmão várias vezes, então não ousaria me aproximar daquele sujeito suspeito. Chegaria perto de Euntae e o abraçaria também. – Foi bom te ver mais uma vez, irmão. Não falamos muito, mas sei que vamos ter outra oportunidade em breve. Se cuide, viu? – Diria, dando tapinhas nas costas dele antes de me separar e ir ouvir o que Mika tinha a dizer.

- Uma celebridade mundial? Acho que todos nós sonhamos alto. – Sorriria, pensando no meu próprio sonho pessoal de criar uma terra livre para todos. Estava um pouco longe, mas a ambição de Arthur e Mika eram contagiantes o suficiente para me fazer acreditar que logo eu também poderia alcançar meus objetivos. Ficaria um pouco corado ao ser chamado de fofo por uma pessoa tão bonita, mas aceitaria de bom grado com um sorriso. – A senhorita é muito gentil. Pode contar conosco para te ajudar! – Diria, puxando Kou para perto levemente. Ficaria corado novamente com a ideia de dividir um quarto com uma sereia e um tritão. Talvez fosse uma boa oportunidade para saber mais deles, posteriormente. Mas também estava um tanto cansado, então seria perfeito para recompor minhas energias. – Não temos nada reservado, mas como a Kouzinha disse, acho uma ótima ideia! – Infelizmente não teria muito mais tempo para ensinar Maka, mas falando nela...

Logo a felina feroz abordaria a garota lula e seu companheiro tubarão-baleia. Acharia meigo o quanto elas haviam se dado bem, considerando o passado agressivo de Maka. Uma vez que ela puxasse nós dois mais para perto, aproveitaria para entregar o manuscrito finalizado, com todo o carinho possível. – Não foi nada, é tudo pela família! Espero que goste dos meus diagramas... Eu coloquei muitos caranguejos. – Diria um pouco tímido, mas sorrindo ao receber o beijinho na testa. – Pode apostar que eu vou! Afinal, nunca paro de evoluir, e sei que você também não. Espero que possamos nos encontrar novamente logo. – Diria com um suspiro antes de me separar dela.

E com isso, parecia que um novo capítulo de minha vida ia começar. Me dirigiria a Kou, Mika e Shachi para podermos pegar um quarto e bocejaria um pouco, me sentindo um tanto cansado. Me perderia em meus pensamentos naquele momento. Que coisas incríveis nos esperariam no futuro? Apesar da incerteza, eu mal podia esperar!




Objetivos:

[x] – Reunir com os irmãos do Orfanato;
[ ] – Conseguir um livro de Química;
[x] - Conseguir um agasalho decente;
[x] - Me entrosar com a sirena e o tritão.

Histórico:

— Nº de Posts: 09
— Ganhos: 1 milhão de berries (dado por Arthur)
— Perdas: 15 mil berries; Caderno de Zoologia (dado para Maka)
— NPCs Conhecidos: -x-
— Ferimentos: -X-
— Menções a caranguejo: 10

Personagem:

— Estilo de Combate: Pugilista/Atirador
— Proficiências:
• Mecânica
• Mecatrônica
• Herbalismo
• Zoologia
• Natação
— Profissão: N/A
— Qualidades:
• Versátil
• Voz melodiosa
• Criativo
• Prodígio
• Experiência em combate
• Impassível
— Defeitos:
• Bisbilhoteiro
• Ambicioso
• Misericordioso
• Obcecado
• Leal


_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 PSOJ2CV
Madrinck
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 8 NYcylhF
Créditos : 06
MadrinckEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t323-john-doe https://www.allbluerpg.com/
Re: Ascensão dos Scavenger Qua Jun 16, 2021 10:00 pm
Sirarossa

Tarde
Temperatura ambiente: 7 graus
Horário: 17:44min




O Tempo lentamente se passava, agora com todas as futuras equipes já divididas pelo proprio Arthur, os grupos utilizavam de seus poucos minutos ainda juntos para conversarem e aproveitarem seu ultimo que poderiam se ver até se separarem para direções diferentes, com objetivos diferentes. Era claro que alguns não se enturmavam mais do que outros mas estava obvio que no futuro os que no momento não queriam se pronunciar iriam ser bons colegas ou até mesmo amigos.

Mas com a chegada da noite, e com aquela tarde tão agitada, muitos já iam para a recepção garantir seus quartos para poderem ir dormir ou descansar, enquanto isso outros preferiam por ficar ali no salão. Como Arthur que ia até o atendente que antes o tinha o atendido, entregando todo o dinheiro que ele estava devendo, uma quantia certamente grande, mas felizmente para Arthur aquilo não doía tanto para seus bolsos, enquanto aquilo Evellyn continuava ali na mesa esperando para que o encontro desse continuidade, além do mais o tempo estipulado para os dois se encontrarem e terem o encontro já tinha se passado a um bom tempo, e a garota parecia tanto quanto aborrecida quanto entendiada.

Mas era por ali que tudo acabava, a futura grande guilda tinha se formado com muitas controvérsias e desconforto para muitos, sendo que muitos homens de terno e que parecia barra pesada estavam na área, talvez aquilo fosse um aviso de que o grupo provavelmente tinha feito confusão até demais para uma tarde só. Mas não parecia que teria uma punição ainda, outra coisa boa aquilo, sinal que a Guilda teria um grande futuro pela frente, e também uma grande soneca em camas chiques e caras.



Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Avaliação:

Avaliação - Ascensão dos Scavenger

Arthur Lancaster


Ganhos: Cartazes de Procurados do West Blue - Removido Não é algo pertinente de ir para a ficha, para ir para ela deveria ser algo certo e definido e estamos evitando o coisas tão genéricas. Se achar extremamente essêncial pode incluir.

Perdas:120.000 B$ (Cigarro e Rum - Post 3)
160.000 B$ (20Kx08 - Rodada de Saquê - Post 08)
1.000.000 (Kani - Post 09)
Somado: 1.280.000 B$ - Isso foi algo que ficou faltando na avaliação, basicamente, não havia perda sendo que o personagem tava sempre pagando pelos itens que estava comprando.

Experiência: 350


Koji

Ganhos: N/A

Perdas: 30.000 B$ (Café - Posts 03,04,09)

Experiência: 350


Maka

Ganhos: Bloco com anotações sobre Zoologia: “Tratado de Zoologia do Professor Kani Ketam (versão simplificada)” (Post 09)

Perdas: 20.000 B$ (Cerveja - Post 04)

Experiência: 350


Revescream

Ganho: Proficiência: Persuasão - Negada - Motivo: O aprendizado não foi executado da forma estipulada pelo sistema.
Primeiro: não há a menção do desejo da personagem para aprendê-lo e procurar por um NPC que possua essa persuasão em si, dependendo completamente de um ato de um único post (estipulado dois dentro do sistema, o de procura e o seguinte de aprendizado, nesta ordem). “Para aprender uma proficiência é necessário que o jogador encontre um NPC ou Jogador que possua a proficiência desejada e concorde em ensiná-lo. O aprendizado de uma proficiência deve ser feito durante um post, ou seja, para aprender duas proficiências, são necessários dois posts diferentes.”

Segundo: não há ações concretas em relação ao personagem querer aprender e fazer ações que gerem esse aprendizado além de um controle sobre a NPC em que ela diria tudo e você compreenderia completamente sem uma dúvida, erro, ou qualquer outra coisa estipulada.

Terceiro: "Durante o aprendizado, o jogador pode controlar o seu personagem e o NPC que vai ensiná-lo apenas para aprender a proficiência, sem extrair nenhum outro benefício disso. É necessário um ambiente favorável e uma passagem de tempo coerente para aprender uma proficiência, podendo o aprendizado da mesma ser negado na avaliação se tais fatores não forem observados." Este em específico, se trata do recebimento das bebidas no fim da sua postagem em relação a ganhar isso.

Quarto: Pelo que deu pra entender da situação do aprendizado e do que você desejava realizar, dentro dos padrões do fórum, parece mais lábia que persuasão.

Perdas: N/A

Experiências: 350


Onigami

Ganhos: 1.000.000 B$(Arthur) - 15.000 B$ (Perda, Caderno)
Somado: 985.000 B$

Perdas: N/A

Experiência: 320


Overlord

Ganhos: Caderno, Caneta, Maço de Cigarro

Perdas: 149.800 B$

Experiência: 165


Blossom

Ganhos: N/A

Perdas: N/A

Experiência: 165


Localização: OK
Créditos - Narrador:  06 (2 Páginas + 4 Players que tenham feito 2 páginas)

Feedback:

Geral:
Eu acho que todos foram bem em sua narração, em seus primeiros posts teve aquela vibe de reencontro, porém isso parece que desapareceu um pouco com o caminhar da aventura, uma história dentro do post ou uma menção mais firme.

Obs: Overlord e Blossom não recebem o XP da segunda página pelos motivos de falta de quantidade de posts na mesma
Obs²: Onigami ficou com a nota mínima na segunda página por não conter as cinco postagens da segunda página.

Arthur:
Seus posts são bem consistentes e embora tenha havido alguns que foram menores que o esperado, seguem um padrão firme. Porém, eu sinto que há uma falta de emoção dentro do post, o personagem sorri, mas por qual motivo? É um sentimento que passa isso, fora isso, boa interpretação do personagem.

Além disso, atualizar o histórico é algo que ajuda tanto o narrador e principalmente o avaliador e foi algo que ficou bastante perdido no seu, já que muitas vezes tinha um ganho ou perda e sequer constava no histórico. Isso é ainda mais importante para uma aventura em que há tantos integrantes.

Koji:
Eu sinto um tanto a mesma coisa do Arthur, porém acredito que a sua tem um tanto mais emoção, foi uma aventura pequena, porém conseguiu dar uma pequena explorada no seu personagem.

Maka:
Acredito que dentro do grupo, foi a segunda que eu mais gostei, ela passa a sensação que a personagem tem e combina bastante com o que está descrito em sua personalidade. Uma narração muito boa e que eu não vejo muito o que possa ser melhorado.

Revescream:
Sua personagem tem esse sentimento de mais vaidosa e com bastante frufu e você conseguiu passar essa sensação boa parte das vezes. Em relação ao canto ficou bastante firme como foi trabalhado dentro da personalidade dela e em relação aos companheiros.

Onigami:
A sua é siristática, passa bastante a sensação que o personagem é alguém curioso e inocente e que não vê nenhuma maldade tão presente assim. Quando foi a hora de ficar triste, dava para perceber isso na escrita. Acredito que está seguindo bem a personalidade.

Overlord:
O seu template dificultou bastante a leitura da aventura e o jeito que narra o seu personagem é como se ele pensasse "assassino" a todo momento, ele é mais sério e calmo que controla as suas emoções, mas sentia a narração seguindo uma forma bastante robótica. Por exemplo, seu personagem não compreende a emoção dos outros com tanta facilidade, mas isso não levaria a um questionamento ou curiosidade a esse respeito? Ou ele realmente não liga para os sentimentos? Foi algo que não deu para ficar claro.

Blossom:
Sua entrada tardia na aventura pode ter atrapalhado a narrativa do narrador, porém você conseguiu encaixar as peças bem e “cumpriu” o papel dentro da conversa, basicamente, passou as emoções do seu personagem, porém sinto, talvez pela pouca quantidade de post, que o seu passado foi pouco explorado por você mesmo e os seus sentimentos tenha ficado um pouco mais de lado.

Mandrick:
Acredito que talvez tenha faltado um pouco mais de cenário e sentimentos dos NPCs durante as postagens, eles pareciam um tanto bem mais robóticos e não passavam tanta história como poderiam. A fonte do seu post também dificulta um tanto a leitura porque ela fica bem espaçada. Gostei bastante do comportamento da Evelyn e como ela se portava naquela situação embora tenha sido um amor à primeira vista.

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 8 UvhbRwr