Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
[FP] Radgar ValrakHoje à(s) 3:33 pmporRadgarI - Anjo CaídoHoje à(s) 1:42 pmporKiraCidade do Pecado, 罪市Hoje à(s) 12:50 pmporNekkyotoCréditosHoje à(s) 12:40 pmporKira[TUTORIAL] - GrimHoje à(s) 12:23 pmporNekkyotoSpear & Shield - 01Hoje à(s) 11:01 amporMinduimIII - Death or ParadiseHoje à(s) 10:28 amporAchilesPerpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 10:24 amporTerryO Bando da Rainha CaolhaHoje à(s) 8:52 amporWolfgangCriação de ProjetosHoje à(s) 8:21 amporWolfgang

Ascensão dos Scavenger

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
Kenshin
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 Ahri
Créditos :
36
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Kenshin
Desenvolvedor
Ascensão dos Scavenger Qui Maio 13, 2021 1:24 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Ascensão dos Scavenger

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Civis Arthur Lancaster Cavendish II, Euntae Gun Lee Jabami, John White, Maka Jabami e Mizushima Mika. A qual não possui narrador definido.

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

OverLord
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Ascensão dos Scavenger Sab Maio 29, 2021 1:26 am
O bartender não estava interessado muito naquele assunto do massacre, ele deveria saber de algo e aquilo não deveria ser recente. O homem não iria responder, pelo menos era o que achava, pelo menos não de graça, ele poderia pedir dinheiro em troca. Ficaria naquela cadeira sentado ainda, observando tanto Arthur quanto seus companheiros, que dialogavam e tumultuavam aquela área do hotel. O meio gigante dizia para um tal de “John” que eles iriam investigar o massacre a fundo e que iria fazer justiça com as próprias. Mais fácil falar do que fazer, aquilo não seria fácil, até mesmo para um meio gigante. Ele também pedia para um garçom servisse todos os companheiros dele com uma bebida alcoólica, enquanto esperava por sua bebida, escutava uma baboseira de Arthur dizendo que iria ser o “Rei do Mundo”, fazendo o assassino levantar suas duas sobrancelhas ao escutar aquilo.

Então aquele grupo enorme seria dividido, assim seria melhor do que andar todos juntos. Com a chegada da bebida, iria umedecer seus lábios com o conteúdo da bebida e então, voltaria sua atenção para o bartender. – Com licença, poderia me contar o que aconteceu com esse Orfanato e o massacre? Notei que você não ficou surpreso, suponho que esse massacre ocorreu já tem um tempo, você sabe quanto tempo se passou desde o massacre e de quem foi a autoria do incidente? Após escrever no caderno, mostraria a sua pergunta para o bartender e então, aguardaria uma resposta dele, sempre analisando o seu modo de falar e agir perante aquilo. E então, com alguma resposta ou não, daria mais um gole na bebida e então, sairia daquela cadeira, devolvendo para ele a bebida que havia ingerido e iria até o meio gigante, com passos silenciosos, aonde caso obtivesse a resposta que havia perguntado ao bartender, escreveria o que havia descoberto no seu caderno e mostraria para Arthur. Se o bartender não contasse o que sabia ou notasse que ainda escondia algo, escreveria para Arthur: – Parece que o Bartender sabe de algo, mas não quer falar tudo..

E então, Draken fecharia o seu caderno e sua caneta, colocaria então no bolso de dentro de seu terno, no bolso interno do lado esquerdo e procuraria se virar e procuraria se encostar em alguma parede ou pilastra próxima daquele grupo tumultuado e então, colocaria a mão nos bolsos de sua calça e olharia para cada um daquele grupo e para os integrantes da banda também. Agora era aguardar o que Arthur iria querer fazer e como ele dividiria aquele grupo, quem com quem? E o que ele faria com aquelas informações?









Ascensão dos Scavenger
Emme



Histórico:

Legenda:

Objetivo:

_________________

Revescream
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
11
Localização :
Na Federal.
Ver perfil do usuário
Revescream
Associado
Re: Ascensão dos Scavenger Sab Maio 29, 2021 12:02 pm


ASCENSÃO DOS SCAVENGER
Ambições
Legendas
Falas Pensamentos
A Mizushima não conseguia conter o belo sorriso que surgia em seus lábios, ouvindo a resposta alegre de sua nova amiga e, principalmente, quando via a careta que essa fazia ao experimentar um gole daquele líquido alcoólico. - Espero que os paparazzi não tenham tirado uma foto desse momento. - Comentaria dando uma leve risada, esboçando uma divertida expressão enquanto dizia, fitando a morena por alguns segundos antes de finalmente levar o seu próprio copo a boca. Aquele sabor também era uma novidade para Mika, que certamente faria a mesma expressão de Evellyn se não fosse pela sua maestra proficiência em atuação e impassibilidade, deixando em evidência somente um leve rosado em suas bochechas. "Talvez eu possa me acostumar com isso..."

Mais alguns segundos de interação se passariam entre as duas mulheres, nada muito relevante com intuito de apenas divertira-las, até que uma proclamação em voz alta chamava a atenção da sirena pela manifestação ser de alguém conhecido. "Rei do Mundo?" Mika refletia o desejo do meio-gigante em seu próprio julgamento, aquilo era claramente um desejo muito ambicioso, entretanto, a própria sereia também possuía uma ambição enorme - talvez não tanto como Arthur - e por essa razão parecia saber que aquele assunto era de extrema importância e seriedade para o Lancaster. - Evellyn querida, irei me juntar novamente ao grupo dos irmãos, parece que eles já começaram sua reunião, gostaria de me acompanhar ou esperar aqui? - Indagaria a jovem ao seu lado, esperando alguns segundos pela sua resposta, mas independente dessa a azulada se levantaria de seu assento e seguiria rumo ao encontro do grupo familiar, mas não antes de tentar chamar a atenção de Shachi para que o mesmo pudesse se fazer presente no evento.

Conseguindo chegar ao seu destino, Mika prestaria atenção ao restante da conversa que se desenrolava dentro do grupo. Preferencialmente, chegaria no momento em que o gigante estaria explicando as divisões do grupo. "Amantes da arte e ciência? Certamente me incluo nesse grupo." Ficaria em silencio durante o restante do tempo, apenas observando as diversas reações de cada um do grupo, mantendo um semblante suave e amigável para todos, antes de se ver pegando mais um copo alcoólico que vinha para o conforto do grupo. - Posso estar um pouco atrasada no assunto, e posso ter objetivos diferentes da maioria, mas ficarei lisonjeada em participar dessa fraternização e acompanha-los nessa jornada, em busca dos nossos sonhos! - Declararia, realizando o brinde logo depois e antes de beber do conteúdo em seu copo. Provavelmente sentiria um gosto semelhante ao de momentos antes com Evellyn, e outra vez camuflaria sua expressão em reflexo ao sabor com sua aptidão artística, mas o rosado em sua face continuaria a crescer de forma inevitável. "Sem dúvidas eu irei me acostumar com isso..."

Caso tudo prosseguisse sem intervenções, um novo integrante misterioso se juntaria ao grupo. Mika notaria que esse parecia ser muito mais reservado, indo direto ao encontro de Arthur para lhe mostrar alguma coisa escrita num caderno em suas mãos, permanecendo em silêncio durante todo período entre eles até se distanciar para uma parede mais solitária. - Querido Arth, quem seria tal figura silenciosa? Parece que já se conhecem de alguma forma. - Indagaria ao gigante enquanto fitava sutilmente o outro rapaz, esperando uma resposta do primeiro a sua pergunta. - Eu também estarei seguindo o meu próprio caminho, porém estou interessada em fazer alguma parceria com vocês, então como será o plano de viajem de vocês? - Terminaria com outra pergunta, ficando em silencio logo após isso.



Objetivos:

Ponto-Situação do Personagem:

Considerações:

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Imagem19

"Eu não sou arrogante. Arrogante é você que pensa estar no mesmo nível que eu."
Madrinck
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
11
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t323-john-doe https://www.allbluerpg.com/
Madrinck
Estagiário
Re: Ascensão dos Scavenger Sab Maio 29, 2021 10:38 pm
Sirarossa

Tarde
Temperatura ambiente: 7 graus
Horário: 17:34min



Todos

Mesmo com a atmosfera pesada, poucos escapavam de tal peso invisível. Evellyn, Mika, Shachi e Draken, não se importavam com o massacre ou nem tinham sequer prestado atenção sobre o acontecimento, mergulhados em seus objetivos ou ideologias, ou até mesmo apreciando uma boa bebida com caretas engraçadas, mesmo que nesse caso a Evellyn fosse a unica, já que Mika controlava bem suas feições - O gosto é muito forte! Como tem pessoa que consegue virar uma garrafa cheia disso?! Pessoa que faz isso não é humana- Evellyn comentava depois de seu segundo gole tomado por mais uma careta, diferente da outra, mas com o mesmo nível de desgosto por parte da pequena humana.

Arthur enquanto isso voltava diante da informação devastadora por parte dele, o mesmo fazia o seu possível para esconder seus sentimentos, mas tais eram extremos demais para ser contidos, deixando o rosto do Meio-gigante com uma expressão marcante. O mesmo não podia ficar simplesmente calado diante daquilo, como John ele jurava ali mesmo que iria vingar o Orfanato e todos que algum dia morreram lá, após tal jura o silencio contaminava novamente entre o grande grupo, mas de modo solene Arthur ia até suas duas irmãs apaziguar aqueles sentimentos, a mão de Arthur mal cabia no ombro de Maka, enquanto isso a outra mão tomava conta da cabeça da pequena Kou. Se aquilo não fosse o suficiente, oque para o Meio-Gigante eram simples gotas de sangue, para Maka e Kou, eram como se um balde infinito de liquido vermelho descesse pelos seus corpos, deixando o ombro de Maka vermelho de sangue e Kou com seus cabelos coberto pelo mesmo liquido. Enquanto o chão, o chão seria o próximo pesadelo para o faxineiro do Hotel.

Mas aquilo era o de menor importância para os irmãos, Arthur depois de acalmar todos ou tentar acalmar, de modo sutil e flexível mudava o rumo para os seus ideais, poucas palavras eram o suficiente para maioria dos irmãos. Mas claro que antes de tal discurso começar Mika e Shachi chegavam perto do local, Evellyn que preferia continuar na mesa que estava dizendo simples palavras para a sua amiga de cabelos azuis - Eu sou uma desconhecida para todos ali, até mesmo para Arthur que a pouco tempo nem conhecia meu nome...Acho que não é certo eu me intrometer-, mas de toda forma todos ou quase todos estavam ali juntos, Euntae que continuava perdido naquilo tudo, tentando entender o do por que da Aura pesada encima de seus irmãos. Mas ao ouvir o discurso de seu maior irmão ele abria um sorriso grande e dizia com grande convicção - E você ainda pergunta Irmão? Nós-, quero dizer, eu vou te seguir até nos confins do submundo!- Euntae que mesmo que tropeçasse em suas palavras aceitava a proposta de seu irmão, igual a todos ali presentes que aceitavam, claro que Mika também concordava, Shachi pro outro lado continuava calado sobre aquilo, no fim ele ia para onde Mika fosse.

Enquanto todos ali agora com copos em mãos brindavam em alegria pela possível formação de uma futura guilda, Draken continuava em sua cadeira pensativo sobre o modo de agir do Barman, e aquela curiosidade não ficava calada, ou melhor dizendo contida. Draken de modo ligeiro botava em papel sua pergunta e dava para o Barman que antes tinha simplesmente ignorado a informação do Massacre anteriormente - Isso é coisa passada, ocorreu a uns bons meses, e nem adianta me pergunta por mais, minha boca é um tumulo...mas talvez se você oferecer algo- o barmen dizia palavras que de modo claro sugeriam a necessidade de gastar um pouco de dinheiro para saber mais, talvez aquela fosse a melhor opção para conseguir informação, ou talvez teriam outras bocas que dariam informações de graça por perto? Era difícil dizer, e não daria para dizer quanto tempo demoraria até conseguir achar outra pessoa que soubesse de algo sobre o Massacre.

De qualquer maneira Draken iria ligeiramente ao Meio-Gigante, entregando novamente para aos mãos do mesmo o caderno que ali estava contido as seguintes palavras -O Barman sabe de algo sobre o Massacre, diz que poderá falar mais se receber uma quantia de dinheiro. Mas ele deu um pouco de informação, o massacre já aconteceu a meses-, depois de receber tal informação oque Arthur faria? Ignoraria Draken pela ousadia anterior do mesmo? Iria até o Barman conseguir mais informações gastando mais do dinheiro que em pouco tempo iria já estar vazio com a conta das bebidas, ou tentaria conseguir informações a força? Era claro dizer que, todos ali no Hotel já estavam olhando para vocês com desgosto, era claro, o bando por si só tinha causado certo tumulto e, Arthur tinha sujado o chão do belo edifício com seu próprio sangue, fazendo certa bagunça com isso. Se o grupo não voltasse pra linha com facilidade seriam expulsos do Hotel e ficariam debaixo de uma chuva pesada.
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Última edição por Madrinck em Qua Jun 02, 2021 8:57 pm, editado 2 vez(es)

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 UvhbRwr
Arthur Lancaster
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
02
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 31, 2021 1:38 am

 
 
Post 09
"Ascensão dos Scavenger"
O imperador das sombras

Uma felicidade e ansiedade tomava conta de mim, todos ali eram importantes para mim, John meu querido melhor amigo de infância, Maka minha grande rival de disputas, Mika a bela cantora que desperta sentimentos maliciosos em mim, Kou a minha querida irmãzinha caçula, Kani o menino gênio que eu tenho tanto orgulho e não menos importante meu grande companheiro Euntae. A minha felicidade era por todos se dispuseram a comprar a minha ambição que é no mínimo extravagante.  

- Não tenho nem palavras para expressar minha felicidade por ter vocês como companheiros. - Abriria um sorriso que preencheria boa parte de meu rosto. - Essa jornada vai ser muito melhor ao lado de vocês.

Percebendo o que meu sangue tinha feito, olharia sem jeito para Kou. - Sinto muito por isso a raiva tomou conta de mim e acabei deixando me levar. - Me voltaria para Maka e também me desculparia. - Não foi por mal mana, não pensei que isso lhe sujaria.

Após pedir desculpas pelo incômodo que tinha causado, continuaria a falar com Maka. - Vamos nos separar em três grupos no total, apesar de a divisão principal continuar, você seu irmão e meu amigo ali serão um dos grupos. - Direcionei meu olhar para Draken, auxiliando Maka a entender quem seria. - Vou lhe deixar como voz de comando dessa divisão, mas o que eu quero mesmo lhe propor é um desafio. - Abriria um sorriso que ela já conhecia muito bem, demonstrando minha empolgação do desafio. - Irei com o John, e veremos quem consegue mais recompensas até nosso próximo reencontro.

- Hmm, ele? bom ele é um assassino, um amigo de Bartine assim como você. - Responderia a figura graciosa que conseguia me deixar bobo em algumas situações. - Avançaremos até o Novo Mundo e fundaremos uma base lá, durante o trajeto iremos nos reencontrar em certos momentos, você iria ficar junto com Kani e Kou, para poderem focar em suas carreiras, enquanto eu e os demais caçamos e prendemos criminosos. - Faria uma pausa e apreciaria um pouco sua beleza, deixando isso claro para ela com um suspiro tímido. - Bom suponho que você seja a pessoa certa para guiar meus dois irmãos, confiarei a você para essa tarefa.

Me aproximaria de Kani e lhe entregaria 1 milhão de berries. - Considere um investimento, irei enviar mais futuramente tenho planos de abrir um negócio e gostaria que você me auxiliasse nessa empreitada. - Minha voz demostraria confiança no jovem, que eu tanto me orgulhava de chamar de irmão.

Ao ver as anotações de Draken, abriria um sorriso para o mesmo, e gravaria a imagem do garçom que o havia atendido para posteriormente aborda-lo, em busca de minha vingança. - Você é uma das pessoas mais habilidosas nessa sala, mas não deixe isso levar a cabeça, seja complacente aos que lhe cercam. - Respiraria fundo após lhe aconselhar, para evitar ações mais como cedo de quase comprar uma briga sem motivos. - Obrigado pela informação, irei tirar proveito disso.



Histórico:

Objetivos:

_________________

Ficha

Ascensão dos Scavenger - Página 5 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Blossom
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
09
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t510-kou-chiharu#2057 https://www.allbluerpg.com/t582-take-1-soneto-a-quatro-maos#2990
Blossom
Civil
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 31, 2021 4:29 pm


   
Post 05

   

   
Ascensão dos Scavenger

   
No meio da conversa, Maka acabaria falando comigo e com meu irmão gêmeo. - "É... parece que vamos nos separar novamente. Sentirei muita falta. Amo vocês!" - Abraçaria eles sem me importar se ainda estaria molhada. - "Bom, acho que precisamos de um quarto para passar a noite. Também preciso me cuidar um pouco." - Diria a última frase um pouco sem graça, colocando a mão atrás da nuca.

Após a conversa com meus irmãos, abro um pequeno sorriso ao perceber que todos estavam se dando bem e se ajudando. Em breve poderemos nos juntar em grupo e iniciar grandes aventuras mesmo se formos separados. Naquela mínima distração, sinto algo molhado pingando na minha cabeça e coloco a mão nos meus cabelos para ver o que era, revelando o líquido vermelho nos meus dedos. - MEU DEUS! Quando que o Arthur se machucou pra sujar isso tudo de sangue? - "A-Arthur? Não precisa se desculpar por isso. Você está bem?" - Procuraria olhar em seus olhos, mesmo que tenha que levantar a cabeça. - Parece que sujou a Maka também. - Soltaria um pequeno suspiro. - "Vou buscar algumas toalhas."

Caminharia até a recepção do local, arregalando os olhos ao ver todo o sangue espalhado pelo chão e com um pouco de receio ao ver algumas pessoas encarando a gente torto. Ao chegar na recepção, analisaria o rosto do atendente cerrando minimamente os olhos e daria um sorriso. - "Olá, boa tarde. Desculpe pela bagunça no saguão, nossa intenção não era tumultuar nem nada do tipo. Será que o senhor pode me providenciar algumas toalhas para me limpar? Devolverei depois." - Se ele não fosse convencido pelas minhas palavras, usaria minha persuasão para conseguir atingi-lo. - "Então... aconteceu um pequeno acidente e não temos como tratar os ferimentos agora, quero pelo menos me limpar de algum jeito." - Aponto para o meu cabelo que estaria bem sujo.

Caso fosse um sucesso, sorriria em completa satisfação, carregando as toalhas. - "Muito obrigada e desculpe pelo incômodo!" - Prosseguiria de volta ao grupo, com as toalhas na mão, entregando uma para Maka e tentando limpar com uma os meus cabelos. Se tivesse uma toalha extra, entregaria ela para Arthur. Se nenhuma tentativa desse certo, voltaria apenas suspirando e sem falar nada com o atendente. - "Perdão, senhorita Mika. Seu gorro acabou sujando." - Diria para a sirena vendo que ela estaria por perto e devolveria suas vestimentas.

Aproximava-me ainda mais de meus amigos, reparando que estavam conversando sobre a separação de grupos. Escutaria atentamente as palavras de Arthur visivelmente empolgada com o que estava por vir. Pelo jeito eu, Kani e Mika faremos um trio. - "Será um prazer trabalhar ao lado de vocês, principalmente com você, senhorita Mika." - Sorriria gentilmente para ela e me viraria para Kani. - "Pode apostar que algum dia seremos reconhecidos por nossos futuros trabalhos, irmãozinho!" - Seguraria a mão dele e daria um aperto de mão firme. - "Quando vamos começar?" - Perguntaria ao meio-gigante. - Após ser respondida, observaria ao redor até reparar na presença de Draken meio isolado. Ficaria encarando ele estranhamente algumas vezes. - Rapaz curioso... mas parece que está com a gente. - Pensaria enquanto não estaria olhando para ele.
     


Histórico:


Personagem:

   
   Code by Arthur Lancaster



_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Fofa210

FalasPensamentos ㅤ Ações
Onigami
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t430-kani-ketam https://www.allbluerpg.com/
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 31, 2021 7:52 pm
SCAVENGERS: ASCENSION

Depois daqueles brindes, ficaria feliz que todos pareciam estar de acordo com os planos estabelecidos. Seria um bom começo para uma nova jornada! Sorriria para Kou enquanto ela retribuía minha animação com palavras de um futuro promissor. No meio dessa conversa seríamos abordados por Maka, que já antecipava a nossa separação. – Oh... Bom, com certeza vamos nos encontrar de novo! Não se preocupe, eu vou cuidar da Kou e... Vou sentir sua falta. – Diria, corando um pouquinho com o beijo na testa. Kou se retiraria por causa da quantidade preocupante de sangue que havia manchado as roupas emprestadas de Mika, que me deixariam um pouco perplexo. Me ofereceria para ajudar a lavar depois, se ela não tivesse sucesso.

Seria abordado novamente por Maka, que parecia querer um favor. – Zoologia? C-claro! Acho que não dá pra ensinar tudo em uma noite, mas eu posso te dar um resumo do que sei. – Sorriria com as minhas bochechas rosadas após todas aquelas carícias. Eu ensinaria mesmo sem elas, afinal, gostava de transmitir conhecimento para os outros. – Vou ver se arranjo um caderno ou uma lousa... Me aguarde. – Deixaria Maka por um momento e olharia ao redor, notando o caderninho que o amigo quieto de Arthur carregava. Chegaria a pensar em pedir algumas páginas, mas logo teria minha atenção chamada por Arthur novamente. Como esperado, minha previsão de grupos estava correta. Não só isso, como também havia conseguido meu primeiro patrocinador, que investiria em mim 1 milhão de berries!

- Puxa, chefe, isso ajuda bastante! Considere realizado! Vou te ajudar o máximo que puder! – Diria, todo sorridente, batendo continência para meu irmão. Com aquele dinheiro dava pra comprar as ferramentas iniciais para continuar meus estudos e alguns caranguejos de espécies diferentes. Ficaria animado, mas buscaria me controlar. Ainda havia bastante a ser feito. Iria até algum balconista e faria algumas perguntas. – Olá! Vocês têm algum caderno de anotações que eu poderia usar? Sei que aqui não é exatamente uma loja, mas temo que não vou achar nada aberto agora... E não quero sair na chuva. Se puderem me dar ou vender algo como aquele caderninho ali, eu ficaria grato. – Diria ao balconista, apontando para Draken e seu caderninho. Se fosse de graça, pegaria de bom grado, mas se me cobrassem um preço, acabaria pagando desde que não fosse muito caro. De qualquer forma, acabaria recuperando o dinheiro depois. – Obrigado! – Diria, se conseguisse o caderninho. – Ah, por acaso teriam serviço de lavanderia? Caso sim, pode me dizer o custo? Acho que vão precisar por ali... – Apontaria para Kou e as roupas ensanguentadas.


Sairia de lá e me sentaria em alguma das cadeiras do salão, perto do meu grupo. Começaria a preencher as páginas com informações sobre animais e alguns diagramas simples, além de resumos que mostrariam como identificar certas classes. Detalharia mais os felinos, por conta da preferência de Maka, e acabaria exagerando um pouco nos caranguejos, mas buscaria ser conciso o suficiente para abranger o todo. Pararia apenas quando o caderno todo estivesse preenchido e depois disso entregaria ele para Maka sob o título “Tratado de Zoologia do Professor Kani Ketam (versão simplificada)”. – Aqui está! Caso tenha alguma dúvida, é só perguntar! – Diria, levemente cansado, mas pronto para responder qualquer coisa que viesse para mim em forma de pergunta ou questionamento. Assim que tudo fosse sanado, me mostraria um pouco cansado, bocejando um pouco e me encostando em um estofado. Ficaria perto de Kou e Mika, já que seríamos parceiros em breve. - Bom, com certeza vamos ter sucesso juntos. Acredito no talento de vocês duas! - Diria com um sorriso e olhos cerrados.





Objetivos:

Histórico:

Personagem:


_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 PSOJ2CV
Maka
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
46
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t298-maka-jabami https://www.allbluerpg.com/t625-as-cronicas-dos-scavenger-a-leoa-o-louco-e-o-mudo
Maka
Narrador
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 31, 2021 11:38 pm
Ascensão dos Scavenger
Reencontro - Reunião - Kani e Kou
O amor era recíproco, assim como eu amava e admirava aqueles dois, da mesma forma eles me amavam, e isso me deixava nas “nuvens”. A minha tranquilidade era a de que, mesmo que fossemos nos separar novamente, Kani e Kou estariam juntos, então tinha a certeza de que cuidariam um do outro. – Obrigado Kanizinho. – Estava feliz demais agora por Kani aceitar me passar seus conhecimentos sobre Zoologia.

- UAU! Nem tinha percebido Arth. – Lhe responderia com surpresa ao ver o sangue em uma parte de minha roupa que nem se quer percebera antes. – Bom, o importante agora é você lidar com essa ferida, não precisa esquentar com as minhas roupas. – Diria em preocupação com sua ferida.

Arthur não parecia se importar com seu ferimento, e isso mostrava a resistência que um meio-gigante como ele provavelmente teria, ao nem se quer ligar para o corte em sua mão. – Amigo? – Arthur indicava que eu, Lee e esse tal amigo seríamos um trio. – Ah, então é aquele carinha que você estava conversando antes. – Olhava com mais clareza aquele que nem mesmo sabia o nome, mas que logo teria que andar por meses com ele. Pelo menos teria meu irmão. – Pode ficar tranquilo Arth, não vou manchar seu nome. – Lhe responderia confirmando a responsabilidade que havia me passado. – PUFFHAHAHAHA!!! Você me conhece mesmo Arthur. – Me empolgaria com mais um dos desafios sempre propostos pelo Arthur. – Você sabe muito bem quem vai ganhar! – Diria de forma provocativa.

Notava agora que aquele garoto se dirigia até o Arthur para lhe mostrar algo em um caderno. “Que cara esquisitão! É tão tímido assim pra não abrir a boca?” Iria em direção a ele para conhecê-lo melhor. – Fala “amigão”! Como vai? Meu nome é Maka! – O cumprimentaria tentando ser educada, mas logo a grosseria me dominava. – Você parece um “mudinho”! Abre essa boca pra falar querido, tá muito quieto! É tão tímido assim? – Lhe encheria de perguntas. Caso demorasse demais para responder, apenas sairia dali pensando comigo mesma, “já não gostei desse cara!” E procuraria o Kani para ver como andava a escrita sobre o que havia lhe pedido.

No meio daquela procura, pude notar que Kou estava conversando com o atendente do local, e conhecendo a preocupação que ela teria comigo por conta do sangue que também estava em suas roupas, ela provavelmente estaria atrás de algo para que pudesse nos limpar, e se realmente fosse algo do tipo, aceitaria de bom grado e me limparia com o que ela trouxesse. – Sempre amável né Kou!? Por isso que eu te amo Kouzinha. – Sorriria para ela enquanto me limpava do sangue em minhas roupas. – Vamos precisar lavar isso aqui! Hurgh! –

Após um tempo ali junto de Kou, o meu garotinho Kani finalmente voltou com algo em suas mãos. – KANI! Você realmente fez o que eu te pedi. Você é PERFEITO! – Pegaria o que parecia ser um caderno e viria logo de cara “Tratado de Zoologia do Professor Kani Ketam (versão simplificada)” – Fofo como sempre né Kani, Puffhahahaha. – Percebi que ele parecia cansado, além do mais, escrever algo assim devia ser bem cansativo. – Desculpe te pedir algo tão as pressas Kanizinho, sei que você gosta de perfeição Puffhahaha! Mas um dia você vai me ensinar tudo a fundo. – Diria enquanto foleava o caderno, observando meio que por cima o conteúdo escrito por Kani. – NOSSA! Você deu uma atenção para os meus felinos! – Ficaria corada enquanto meus olhos brilhavam ao ver as anotações sobre as criaturas felinas de que eu tanto amava. – Obrigado Kani! – Beijaria o caderno, e em seguida o guardaria comigo.



Histórico:
Informações:
Objetivos:
Legenda:


Última edição por Maka em Sex Jun 04, 2021 5:28 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 94sfShl
Koji
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 LwWfclL
Créditos :
16
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t764-harvey-abgnalle#6176 https://www.allbluerpg.com/t1500-perpetuos-i-malfeito-feito#17594
Koji
Avaliador
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 31, 2021 11:50 pm


Ascensão dos Scavenger - 09
Sirarossa



A reunião entre os irmãos estava chegando ao infeliz fim, e com ela, alguns acontecimentos importantes. Eu pegava alguns apenas de relance, já que minha atenção não estava totalmente voltada para o hall do hotel. Aparentemente, Arthur havia se cortado, e sangue havia derramando em Kou e no chão do lugar. "No final, fizemos uma baguncinha. Heueueueuueeuue." — eu pensava, retornando ao meu pensamento inicial ao chegar no saguão do local de luxo.

Sem delongas, Arthur prosseguia e contava seus planos para cada um, até mesmo dividia os grupos que viajariam. Eu seguia seu olhar até encontrar um homem solitário no balcão do bar. "Rapaz estranho..." — pensaria. Arthur havia realmente feito vários amigos pelas suas inúmeras viagens após se desvencilhar do orfanato. Mika estava aí para provar isso. Mas confesso que nunca imaginaria que ele conheceria uma gama tão grande de pessoas.

Por fim, mas não menos importante, via que ele, usando sua rivalidade com Maka como pretexto, realizava uma aposta. Quem conseguiria mais dinheiro de recompensas no final daquela aventura? "Vai ser moleza!" — exclamaria mentalmente, obviamente, subestimando o outro grupo. A questão era que eu havia ficado forte, e estava ansioso para saber o quão forte isso significava.

Seguiria então para Arthur para conversar com meu amigo. Ele deveria saber um plano para nós, e talvez próximos passos, afinal, como iríamos pegar aqueles caras do massacre? Eu via ele se dirigindo até o seu amigo isolado, e este mostrava seu caderno para ele, fato que eu prontamente achava estranho. "Talvez esteja mostrando uma figura? Ou não pode falar alto?" — indagava realmente curioso, mas isso não me impediria. Me aproximaria de Arthur e falaria com ele, caso não estivesse ocupado.

— E aí, qual nosso próximo passo? — tomaria um gole do saquê em minhas mãos enquanto esperava por uma resposta do homem. — Certo, certo, espero que isso dê certo. Eu irei te seguir onde quer que você vá. — quando ele falasse o plano, imediatamente faria essa jura. Eu confiava nele o suficiente para isso. Caso não houvesse um plano, apenas aceitaria. — Tudo bem, um passo de cada vez. — eu diria tranquilamente. Ficaria por ali mesmo, apenas observando o saguão enquanto terminava meu copo de saquê. No fim, pediria mais uma xícara de café - se isso não fosse incômodo. — Me vê mais um café aí, fazendo favor! — pediria sem especificar muito, afinal, já seria meu segundo ou terceiro no mesmo lugar. "Sigh... Deus, eu tomei tanto que até perdi a conta! Heueueueuueue!" — pensaria animado, agora com tanta cafeína afetando minha disposição


Histórico:

Legendas:

Objetivos:

   Code by Arthur Lancaster

     
        

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 HOpKYkQ


Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Revescream
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
11
Localização :
Na Federal.
Ver perfil do usuário
Revescream
Associado
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Jun 01, 2021 7:20 pm


ASCENSÃO DOS SCAVENGER
Expectativas
Legendas
Falas Pensamentos
Enquanto celebravam ansiosos pelo futuro que estaria por vir, Mika tinha sua felicidade arruinada por uma visão um tanto aterrorizante. - Sangue? - Pergunta retoricamente, encarando Arthur e Kou com um vazio presente em seus olhos. "Eles mancharam minhas roupas... com sangue?" Uma área opressiva se formaria entorno da sereia - substituindo brevemente a presença confiante de outrora - aquela tarde estava sendo boa demais para isso verdade. De tantos incidentes que poderiam acontecer, por que logo com suas roupas? A sereia não conseguia entender, permitindo que uma expressão amarga refletisse em sua face em contrapartida.

Ascensão dos Scavenger - Página 5 D7o7c50-a0aba52a-2738-41fa-8e72-cf9e5b4a51f3.png?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOjdlMGQxODg5ODIyNjQzNzNhNWYwZDQxNWVhMGQyNmUwIiwiaXNzIjoidXJuOmFwcDo3ZTBkMTg4OTgyMjY0MzczYTVmMGQ0MTVlYTBkMjZlMCIsIm9iaiI6W1t7InBhdGgiOiJcL2ZcLzYzNTA2ZTgwLWI5YTEtNGYyMi05M2IxLTlkZGZmYmFhZWY2N1wvZDdvN2M1MC1hMGFiYTUyYS0yNzM4LTQxZmEtOGU3Mi1jZjllNWI0YTUxZjMucG5nIn1dXSwiYXVkIjpbInVybjpzZXJ2aWNlOmZpbGUuZG93bmxvYWQiXX0

"Calma... Calma... Felizmente essa coisa não respingou em você, Mika, as roupas podem ser facilmente substituídas ou lavadas." Respirava profundamente, tentando encontrar alguma lógica que pudesse lhe acalmar naquela situação, não queria estragar o momento dos irmãos com suas exigências. "Okay, apenas dessa vez..." Gradativamente a respiração da sereia ia diminuindo a intensidade, recobrando sua postura e sua máscara sempre gentil que mantinha para todos. Precisaria também de alguns minutos para que sua atmosfera agressiva alternasse para sua padrão de sempre.

Retornando a normalidade, Mika era chamada atenção pela resposta de Arthur. Sobre o indivíduo reservado apenas lhe era contado que tal figura era um assassino, mas outro amigo do meio-gigante, fazendo a sirena piscar duas ou três vezes antes de compreender o que aquilo significava. "Não estou acostumada a ver assassinos, ainda mais ouvir sobre eles de forma tão casual." Refletia mentalmente, olhando de relance para o homem mudo a distância, antes de voltar sua atenção para as palavras seguintes do gigante. - Entendo... - Pausava esboçando um sorriso, avistando a dupla mais nova também chegando mais perto após a notícia. - Ficarei encantada em tê-los ao meu lado, tem a minha palavra de que estão em boas mãos. - Diria para Arthur, em seguida reagiria as desculpas de Kou em relação as roupas. - Está tudo bem querida, acidentes assim acontecem quando menos esperamos, por favor entregue essas roupas para o Shachi, ele vai entender no momento que vê-las. - Se esquivaria ao máximo daquelas roupas cobertas em sangue, não querendo sujar sua roupa restante com elas. Shachi também possuía conhecimento da vaidade excessiva da Mizushima, ela jamais tocaria em algo que manchasse a sua beleza.

Por fim, Mika escutava os comentários otimistas de seus mais novos acompanhantes. A primeira impressão de Kou para Mika era de uma garota extremamente fofa e educada, do tipo que a Mizushima prezaria em protege-la - mesmo que inconscientemente - de forma materna ou não, mas que também lhe atiçava a curiosidade para saber quais os talentos que a menina possuía e que seus irmãos tanto afirmavam; Kani, por outro lado, foi o garoto que mais chamou a atenção da Mizushima entre os irmãos, devido ao seu conhecimento amplo e receptividade com a vida marinha, talvez fosse o charme dele, que certamente fisgava a simpatia no coração da sereia. - Certamente, tenho grandes esperanças em vocês dois. Vamos começar a nossa jornada rumo a fama mundial! - Mas independentes dessas conclusões precipitadas, ou não, uma coisa era certa: seriam grandes parceiros um para o outro.

Objetivos:

Ponto-Situação do Personagem:

Considerações:

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Imagem19

"Eu não sou arrogante. Arrogante é você que pensa estar no mesmo nível que eu."
Madrinck
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
11
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t323-john-doe https://www.allbluerpg.com/
Madrinck
Estagiário
Re: Ascensão dos Scavenger Qua Jun 02, 2021 10:11 pm
Sirarossa

Tarde
Temperatura ambiente: 7 graus
Horário: 17:39min



Todos
A Situação do sangue nas roupas era bastante seria. Mika por um fio não se deixava se tomar pelas emoções após ver seu lindo Gorro ficar ensopado de sangue, Kou ao perceber aquilo saia as pressas até o Recepcionista, fazendo o claro pedido de desculpas junto ao pedido de toalhas para se limparem, Tal Recepcionista que a encarava com um olhar totalmente de desgosto como se você não devesse estar naquele local. Era claro que muito pensavam a mesma coisa sobre o grupo, além do mais a Etiqueta era o que mais faltava entre a família que ali se encontrava, muitos no meio do caminho de Kou até a recepção sussurravam se indagando por que o grupo não tinha sido expulso ainda do estabelecimento.

rosto do Recepcionista.
Ascensão dos Scavenger - Página 5 Screen23

Mas claro que como um bom recepcionista ele precisava fazer o seu trabalho, suspirando um pouco e se acalmando mais ele falava com um tom carismático - Aqui no nosso Grande Hotel, temos lavanderia para limpar as roupas de graça para pessoas que alugaram um quarto, caso você não tenha alugado um quarto não poderá usar a lavanderia, e mil perdões não posso no momento te entregar nada para se limpar.- ele depois disso ficava olhando para você com um sorriso, e mesmo com você tentando o persuadir, tal persuasão muito fraca para ter um sucesso, você voltava para o grupo de mãos abanando.

Claro que, enquanto isso as conversas não paravam, e a divisão de grupos tinha ajudado a continuar com o animo e alto-astral ignorando o fato que eles no momento eram o foco da "plateia", tal foco que não vinha por algo bom e sim ruim. Até mesmo os possíveis fãs recém conquistados por Mika começavam a se afastar vendo que, se a Mulher-Sereia estava num grupo tão desordeiro como aquele, a mesma provavelmente era da mesma laia. Tal ato que talvez fosse impactante para a Jovem sendo que ela queria ser famosa, e perder fãs num piscar de olhos daquele jeito provavelmente doeria no coração da futura estrela da carreira da musica.

John por outro lado ainda numa felicidade após o brinde feito por todos juntos pedia um café ao atendente que assentia com a cabeça e começa a se dirigir ao bar para provavelmente buscar o pedido feito. Mas John não era o único a ter assuntos envolvendo o bar, Kani ouvindo o pedido de Maka sobre querer aprender sobre a Zoologia ia de modo entusiasmado para um barmen fazendo o pedido de um caderno. Como era de ser esperado o barmen negava vender cadernos naquele local, mas por fim quebrava o galho pegando um pequeno caderno de anotações - Olha, vou te quebrar esse galho e te dou esse caderninho de anotação, é pequeno, mas é o que eu tenho. Na pratica era pra eu usar isso pra anotar pedidos, mas ainda não usei ele e posso te vender por unssss....Dexa eu ver....15 mil berries? Que tal? e sobre Lavanderia, tem sim, é de graça pra quem tem quarto alugado aqui, mas se não for nem da pra usar.- vendo que o Jovem fanático pro caranguejos aceitava a proposta rapidamente a transação era feita e Kani sem perder tempo se sentava numa cadeira e com muita animação começava a escrever tudo oque sabia sobre a Zoologia de modo simplificado. Claro que isso demoraria e o Jovem não terminaria naquele momento de preencher todo o caderno, mesmo tal sendo pequeno.

Shachi que antes tinha preferido por não se enturmar tanto com o grupo via que Mika se sentia deverás incomodada sobre ter suas roupas sujas de sangue e por isso decidia por ficar mais proxima da Mulher de cabelos azuis esperando as roupas sujas serem entregues - Esse grupinho que você decidiu por entrar é bastante diversificado não é? Falto só um Mink e um anão eu acho. Bom, como você se sente sabendo que vai se aventurar com eles daqui em diante?- o grande companheiro Orca fazia a pergunta enquanto olhava para sua amiga com um sorriso, mesmo que ele não tivesse se enturmado parecia estar de bom humor no meio de todas aquelas pessoas.

E por assim continuava com John finalmente ganhando o seu precioso café por mais 10 mil berries. Kani ia escrevendo no seu mais novo caderno o seu conhecimento, mesmo que ainda estivesse longe de Terminar. Euntae estava alegre com a divisão de grupos que tinha ocorrido saboreando de seu drinque ainda. Draken que literalmente encarava Maka que tentava socializar, continuando calado sem ao menos se esforçar de escrever em seu caderno para responder a Jovem, claro que a mesma não dando espaço para tal ter sua chance de responder ela e etc. Era realmente divertido para o grupo toda aquela socialização que estava ocorrendo, mesmo que para muitos todos estivessem incomodados, o grupo se mantinha alegre.

Embora tudo isso, Evellyn estava ainda na mesa tentando beber o primeiro e ultimo copo de bebida alcoolica de sua vida, sendo esquecida até mesmo pelo homem que tinha prometido um encontro. Sendo que a hora marcada já tinha se passado a um bom tempo.
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 UvhbRwr
OverLord
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Ascensão dos Scavenger Qui Jun 03, 2021 12:35 am
Arthur comentava sobre o mudo ser um assassino para a garota polvo, além de comentar com o próprio assassino que ele era o mais habilidoso naquela sala, mas que deveria ser complacente aos que lhe cercavam, o jovem Nostrade dava de ombros. Uma garota mais jovem do que o próprio assassino e muito provavelmente mais nova do que todos daquele grupo, não parava de olhar para o assassino e então, o mesmo retirava o caderno e a caneta do bolso e escrevia: – Sabia que é feio ficar encarando os outros sem falar nada, garotinha.. Sou Draken Nostrade, mas pode me chamar de Draken. Mostraria então o que havia escrito para ela.

Uma outra mulher, agora um pouco mais velha do que a garota que estava com Arthur, ela dialogava com Arthur e também buscava interagir com o mudo, ela não parava, incapaz de ficar calada ou de apenas fazer uma pergunta, sem classe e também suja de sangue, assim como a garotinha e a mulher polvo. Abriria mais uma vez o seu caderno para escrever algo para aquela mulher que se chamava Maka, mas ela era esquentadinha e nem aguardava, já se desligando daquela conversa. – Essa Maka parece esquentadinha e grosseira, não é? Notei também que as três garotas estão sujas de sangue, as três chegaram naquele dia? Mostrava o caderno então para o Arthur, mas dava um sorriso perante aquilo, como se aquilo fosse uma brincadeira.

Então, se aproximaria da garota polvo e antes de cutuca-la para chamar sua atenção, visto que seu hábito de andar sem reproduzir sons era rotineiro, escrevia no caderno: – Boa Tarde, garota Takoyaki. Sou Draken, prazer em conhece-la. E então, com o indicador esquerdo, cutucaria ela e quando ela se virasse, mostraria o caderno com o que estava escrito e quando ela lesse, fecharia o caderno e retornaria para próximo do Arthur, voltando a encostar suas costas numa parede ou pilastra. – Arthur, o que acha de me emprestar 250.000? Eu te pagaria no próximo reencontro esse valor. Possuo comigo apenas 100.000, que dá para eu comprar fósforos para o meu vício, mas eu ainda não teria dinheiro para minhas armas.. Mostraria o seu pedido para o meio gigante, esperando uma resposta em retorno, assim como ele havia emprestado para aquele garoto, a quantia que o mudo havia pedido era bem menor que ele havia dado para ele.









Ascensão dos Scavenger
Emme



Histórico:

Legenda:

Objetivo:

_________________

Arthur Lancaster
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
02
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 1:16 am

 
 
Post 10
"Ascensão dos Scavenger"
O imperador das sombras

A reação de minhas irmãs relacionada a minha ferida me faria dar uma leve risada, aquilo havia sido uma pequena ferida por causa da minha raiva, para minhas proporções aquele sangue não era muita coisa, mas para eles provavelmente essa quantia de sangue provavelmente seria assustadora.

- Não se preocupem com isso vou ficar bem, minhas queridas irmãs. - Normalmente tocaria suas cabeças com um sorriso reconfortante, mas não queria sujar ainda mais ambas. - Mas escuta aqui, vamos nos separar novamente, mas se alguém tocar um dedo em vocês podem me chamar que eu irei proteger vocês.

Não era bom ter uma má impressão do lugar onde passaria algumas noites, mas já era tarde demais para se importar com isso, então apenas daria de ombros e então se pronunciava novamente a todos que aceitaram me seguir em busca de minha ambição.

- Irmãos e amigos, gostaria que nos mantivessem em contato, por enquanto usaremos cartas para nos comunicarmos. - Meus olhos observavam cada um deles enquanto as palavras eram pronunciadas por meus lábios. - Iremos nos encontrar no país de Kano, lá partiremos juntos para a GrandLine. - Faria uma pausa para eles processarem isso, e logo prosseguiria. - Infelizmente suponho que tenha chegado o momento das despedidas.

- É claro que sei, irei me tornar bilionário antes mesmo de pisar na GrandLine. - Me dirigia a Maka alegre por ela aceitar meu desafio. - Mana, se cuida em!? O que diabos eu estou falando? Dahahahaha você é muito forte, quase me venceu no quebra de braço. - Lembraria de todas as vezes que disputamos, e sorria ao imaginar qual seria o ponto em que viramos tão chegados mesmo sendo rivais.

Me aproximava novamente de Mika, e uma sensação de saudades já tomava conta de mim, minha vontade era chamar ela e passar a noite sobre o luar enquanto apreciaria de um bom vinho e uma boa conversa, mas infelizmente não era possível, uma vez que nosso tempo juntos já chegava ao fim. - Desejo boa sorte a vocês em suas carreiras, vai ser bom no futuro dizer que conheci vocês antes de toda a fama. - Sorriria enquanto também focaria Kani e Kou.

- Não passamos muito tempo juntos nos últimos anos, mas ainda é difícil se despedir de vocês meus queridos irmãozinhos. - Abraçaria ambos, com cuidado para não os sujar de sangue novamente. - Cuidem bem da minha amiga em!? Ela é muito especial para mim, assim como vocês.

Por fim Draken me abordava com seu bloco de notas, e ele tentava fazer uma piada sobre o sangue cobria minhas irmãs, além de citar minha amiga, respiraria fundo para não perder a calma naquele momento, e apenas ignorava ele e o que mais ele escrevesse naquele maldito caderno.

- Bom caro John, agora iremos seguir nosso caminho juntos, bom desejo que nos dois consigamos mais informações sobre o massacre que teve no orfanato. - Abaixaria um pouco o tom quando citasse a palavra “massacre”, não queria fazer outra poça de sangue. - Agora seremos nós dois contra o mundo meu amigo.

Olharia a todos por um ultimo segundo, com intensa felicidade por saber que tínhamos um ao outro para nos apoiarmos, e meu objetivo não parecia mais tão longe, o primeiro passo havia sido dado, e eu não voltaria mais atrás até conseguir ser o rei do mundo. Ficaria feliz em dar abraços de despedidas, e apertaria calorosamente cada um que desejasse, os demais acenaria com um sorriso, aquela pequena reunião tinha terminado, mas nossa verdadeira aventura estava apenas começando.

Por fim para não ter maiores problemas posteriormente, por conta da perturbação que causamos iria até a recepção, calmamente e procuraria a pessoa que havia me atendido primeiramente. - Irei sair daqui alguns minutos, e gostaria de deixar já pago a minha estadia de hoje, e minha conta no bar. - Depositaria o valor que era necessário sobre a mesa.



Histórico:

Objetivos:


Última edição por Arthur Lancaster em Sex Jun 04, 2021 10:23 pm, editado 2 vez(es)

_________________

Ficha

Ascensão dos Scavenger - Página 5 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Revescream
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
11
Localização :
Na Federal.
Ver perfil do usuário
Revescream
Associado
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 1:25 am


ASCENSÃO DOS SCAVENGER
O Amanhã
Legendas
Falas Pensamentos
Fora incrível como o tempo voou naquela tarde, antes mesmo que notasse Mika já estava bocejando de tão cansada que se sentia após todo esse festival de sentimentos. "Meu sono da beleza nunca tarda em aparecer." Um meio sorriso aparecia com esse pensamento, ela continuava assistindo a todos os seus novos companheiros naquela celebridade duradoura, mas logo sua feição alternava para curiosidade quando sentia algo lhe cutucando; ou melhor, alguém.

O rapaz misterioso de outrora chamava a atenção da sereia-lula, em seguida escrevia alguma coisa em seu pequeno caderno e logo mostrava o conteúdo para que Mika pudesse lê-lo. - Ó, prazer em conhecê-lo Draken, pode me chamar de Mika e... - Pausava, expressando um semblante desgostoso para o rapaz. - Por favor, não me chame como se eu fosse comida ou comesse algo assim, isso parece canibalismo... - Respondia sem muitos rodeos, vendo o Nostrade se retirar daquela conversa da mesma forma que iniciou, arrancando um suspiro leviano da sereia.

Contudo, no mesmo instante que Draken saia, para surpresa da sereia-lula, Shachi não apenas se aproximava para receber as vestimentas cobertas de sangue como também perguntava sobre o pressentimento da Mizushima em relação ao grupo, demostrando bom humor com o mesmo apesar de não ter criado muitos vínculos com os integrantes. - Haha, sim, essa variedade também me fascina... - Pausava para averiguar seu mascote, que já deveria estar adormecido nessa altura do show, antes de encarar o tubarão novamente com seus belos olhos cor de mar. - Eu me sinto realizada, Shachi, ter todos vocês do meu lado me faz sentir capaz de alcançar coisas que vão além da minha imaginação. Eu tenho certeza que nunca alcançaria meu sonho se estivesse viajando sozinha ou em má companhia; porém, com você e eles comigo, eu tenho confiança de que vou me tornar uma Celebridade Mundial! - Discursava com um sorriso acalorado no rosto, permitindo que as bochechas rosadas colaborassem com sua feição, enquanto transmitia aquela mesma áura carismática que sempre emanava.

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Bf45f30d9fb665f6c6612ab7ab5c7b5c

- Shachi querido, vamos nos organizar para essa noite, estou querendo fazer o meu descanso nesse maravilhoso hotel. - Dizia escapulindo mais um bocejo, antes de avistar Kou voltando ainda encharcada de sangue. - E precisamos descobrir se existe algum lugar para limpar minhas roupas, francamente, eu não vou sair com meus trajes nesse estado. - Falaria ao seu companheiro, dando uma última piscadela com a língua de fora brincando. - Então já vai fazendo nossa reserva na frente, aprovo a ideia de dividirmos um quarto, logo teremos que acordar dispostos amanhã para conseguir paga-la depois. - Terminaria sua fala por ali, permitindo maliciosamente que a interpretação do seu amigo fizesse o restante do trabalho.

A princípio, como amiga maravilhosa que era, Mika sairia rumo ao lugar onde Evellyn se encontrava de primeira. Expressando uma pequena felicidade no rosto, a sereia encostaria no ombro de sua amiga para chamar sua atenção. - Evellyn querida, lamento não poder passar mais tempo com você, infelizmente, já estarei me retirando para meus aposentos, quero dizer que me diverti bastante nesses momentos que passamos juntas e que gostaria de repeti-los no futuro. - Esboçaria mais um de seus fáceis sorrisos, antes de perguntar fingindo-se de desentendida. - A propósito, você tem aquilo que os humanos tecnológicos chamam de telefone? Seria ótimo mantemos contato de alguma forma. - Terminaria assim com Beneviento, aguardando pelas respostas da jovem humana antes de poder se retirar novamente para o seu grupo.

- Senhoritas e rapazes, eu quero agrade-los pela maravilhosa tarde que passamos juntos, foi um prazer conhece-los e será um prazer ainda maior acompanha-los nessa jornada. - Anunciaria no meio dos familiares, tentando puxar cada um com seus tentáculos para oferecer um abraço, na seguinte ordem: - Arthur querido, espero que tenhamos mais tempo para conversamos na próxima oportunidade, sinto que não colamos todas as nossas vontades ainda... Mas saiba que pode contar comigo se precisar, tomarei conta de seus irmãos custe o que custar e continue sendo esse líder que inspira os outros.

- Jonh, infelizmente, de todos aqui foi de você que me senti mais distante, mas isso não é motivo para não nos conhecermos mais em outra ocasião, espero que continue sendo o cavaleiro que foi comigo e que encontre o seu caminho de seguir com a vida da sua própria maneira.

- Maka, Makarona! Você foi com certeza outro achado meu essa tarde, nunca conheci alguém tão incrível e esbelta quanto, é realmente uma pena que não iremos viajar a maior parte do trajeto juntas, mas farei questão de convida-la para um serviço de quarto 5 estrelas quando tiver condições!

- E finalmente, queridos Kani e Kou. Vocês dois juntos porque sozinhos são fofos e juntos são mais fofos ainda! Aha-hahaha! - Pausou para gargalhar. - Estou ansiosa para os nossos trabalhos, espero muito de vocês e os mesmos também podem esperar muito de mim, dou minha palavra de sereia que cuidarei de tudo que precisarem num futuro próximo. - Fazia outra pausa para pensar, terminando com a seguinte indagação: - Então, vocês tem algum outro lugar preparado para dormirem ou vocês gostariam de dividir o quatro comigo e o Shachi? Acredito que terá muito espaço para nós quatro.

Finalmente terminava por ali, realizando suas despedidas e se sentindo esgotada por tê-las feito, deixando para trás um rastro de pessoas pelas quais havia conquistado uma fonte de alegria e motivação para continuar trilhando o seu caminho, sua jornada em busca da fama começaria no amanhã!



Objetivos:

Ponto-Situação do Personagem:

Considerações:

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Imagem19

"Eu não sou arrogante. Arrogante é você que pensa estar no mesmo nível que eu."
Koji
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 LwWfclL
Créditos :
16
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t764-harvey-abgnalle#6176 https://www.allbluerpg.com/t1500-perpetuos-i-malfeito-feito#17594
Koji
Avaliador
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 7:19 am


Ascensão dos Scavenger - 10
Sirarossa



Aquela tão esperada reunião parecia chegar a um fim. Cada um agora iria viver sua própria aventura, com o grupo de pessoas que já conhecia ou que conheceram hoje, como Mika. Apesar de tudo, finalmente havíamos nos encontrado e conversado um pouco, matado a saudade e relembrado os velhos - para mim horríveis - tempos. Uma notícia ruim abalou nós todos, mas os irmãos eram fortes e podiam aguentar o peso daquilo. Arthur e eu íamos cuidar desse problema de uma forma ou de outra. "Isso é tudo o que eu mais quero no mundo." — pensava imediatamente relembrando daquele massacre maldito. Tentaria não relembrar muito disso, já que não queria passar por mais um ataque como ocorrera anteriormente.

Me livraria daqueles pensamentos imundos e focaria no presente. Todos pareciam se despedir, e eu não queria ficar de fora. Chegando em Kani e Kou, os cumprimentaria, talvez com um abraço, e os desejaria uma boa sorte. — Irmãos! Espero que vocês se divirtam nessa nova jornada. — me aproximaria e sem pestanejar falaria com eles. — Vamos tentar manter contato, que tal? Eu realmente fiquei feliz em ver vocês de novo! — expressaria meus sentimentos sem medo. É verdade que não havia conversado muito com meus irmãos, mas talvez isso seja um pouco de timidez ao estar com eles. Na época do orfanato eu conversava pouco com todos. "Talvez seja isso? Eu meio que me sinto mal agora heueueueue." — me indagaria em relação aos meus sentimentos. De qualquer forma, tentaria aproveitar esse momento e me "redimir". Acenaria com as mãos para os dois e daria um largo sorriso, dizendo adeus sem realmente mexer meus lábios.

Iria então até Euntae, o primeiro que encontrei hoje. Não hesitaria sequer um segundo antes de lhe dar um grande abraço. — Valeu pelo dia, mano! Espero que a gente se reencontre alguma hora. — daria alguns tapinhas em suas costas antes de realmente me afastar. Esperava que Maka estivesse por lá também, afinal, os dois eram irmãos, e diga-se de passagem, pareciam inseparáveis. — Até mais. — com ela seria breve e rápido, estenderia uma mão para cumprimentá-la firmemente, e se não fosse aceito, apenas levantaria a mesma mão como um aceno de "adeus". Se sentisse necessário, olharia para os lados e assobiaria para evitar ser pego naquele famoso vácuo.

Nesse momento, via que Mika estava falando com todo o pessoal, eventualmente ela me citava. "Cara... eu realmente gostaria de conhecer ela melhor." — pensaria comigo mesmo, enquanto esperaria ela acabar seu pequeno monólogo direcionado a mim. — Você se mostrou extremamente ocupada a noite toda. Heueueu. — brincaria um pouco, quiçá direcionando meu olhar para Shachi para dar uma conotação a mais à minha resposta. — De qualquer forma, eu esperarei ansiosamente pelo dia em que possamos nos conhecer em outra ocasião. — diria sinceramente para a moça, que parecia doce como mel. — Espero que alcance seus sonhos... o talento é indiscutível! — elogiaria a mulher, por fim, despretensiosamente, é claro.

Chegando no final das despedidas, me aproximaria de Arthur, agora. Nós dois sairíamos em uma jornada para encontrar aqueles que massacraram as pessoas do orfanato, aqueles preciosos para a gente... Eu podia ver que ele parecia tão abalado quanto eu em relação à notícia, mas o meio-gigante mantinha sua expressão de força e imponência enquanto dirigia sua fala a mim. — Nós vamos conseguir, sim. Seja positivo. — diria, agora tomando um gole do meu café que provavelmente já havia chegado. Adicionaria uma pequena brincadeira à minha sentença ali, para atentar aliviar a tensão do "pré-missão". — Eu não acho que mundo possa com a gente, Arthur. Heueueueue — estar com pensamentos positivos antes de qualquer coisa nesse quesito se mostrava importante em diversas ocasiões. Dizia isso por experiência, nesses últimos anos que se mostraram uma loucura para mim.

Apesar de tentar ser positivo, aquilo ainda era difícil na ocasião. "Eu não vou conseguir. Eu tenho que conseguir." — essa pressão pesava meus ombros, mas ainda me dava forças para continuar. A verdadeira aventura começaria agora, e o final dela? Apenas o tempo diria.


Histórico:

Legendas:

Objetivos:

   Code by Arthur Lancaster

     
        

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 HOpKYkQ


Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Maka
Imagem :
Ascensão dos Scavenger - Página 5 350x120
Créditos :
46
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t298-maka-jabami https://www.allbluerpg.com/t625-as-cronicas-dos-scavenger-a-leoa-o-louco-e-o-mudo
Maka
Narrador
Re: Ascensão dos Scavenger Sex Jun 04, 2021 5:27 pm
Ascensão dos Scavenger
Reencontro - Reunião - Kani e Kou
Meu pobre coração “felino” se apertava ao perceber que aquele seria o último momento de nosso reencontro. Com a separação que Arthur havia proposto, minhas chances de poder cuidar e passar um bom tempo com os meus queridos Kani e Kou iria para a vala, e o que me restava era me despedir de cada um deles. – KOU! – Me dirigia até ela. – Bonequinha! Por favor, tome muito cuidado com essa viagem, quero você inteira até nos encontrarmos de novo antes de partirmos pra Grand Line! – Levantaria ela enquanto a abraçava com certa força e enchendo de beijos por todo o rosto. – Vou ficar com saudades de novo! Puffhahaha. –

Me aproximava de meu irmão Euntae para abraçá-lo, passando o braço por volta de seu ombro e puxando-o para perto de mim. – É isso maninho, somos eu, você e o esquisitão ali. – Sorria para ele. – Vamos ver se ele consegue nos acompanhar. – Beijava o rosto de Euntae feliz por saber que ficaria mais tempo ao lado dele. – Me respeita Arth, acha mesmo que precisa se preocupar comigo? Eu sou mais forte que você desgraçado! PUFFHAHAHA! – Logo após aquela leve despedida de Arthur, o tímido John se aproximava para dar o seu adeus ao meu irmão, e como surpresa se despedir de mim também. – Você virou mesmo um homem não é!? – Abria um sorriso desafiador enquanto apertava sua mão com força, para ver o quanto ele aguentava.

Arthur e John tomavam o seu próprio rumo, se afastando e nos cumprimentando uma última vez, pelo menos até nos encontrarmos novamente, o que provavelmente não demoraria muito. Mas minha atenção agora estava em Mika, aquela bela e jovem sirena que seria responsável pelos meus queridinhos. – Sereia! Eu me apaixonei por você, e espero que você seja minha cunhada um dia, puffhahaha! – Diria em tom de brincadeira. – Pode ter certeza de que você vai passar muita vergonha me chamando pra esse serviço de quarto! PUFFHAHAHA! – Ficaria um pouco séria, e puxaria Kani e Kou para perto de mim. – Espero que você cuide muito bem deles viu, não posso nem imaginar algo de ruim acontecendo com a minha bonequinha e com meu Kanizinho. – Olharia para cada um dos dois. – Mas tenho certeza de que vocês vão se divertir. Puffhahaha! – Voltaria meu olhar para o acompanhante de Mika. – E você “baleião”! VÊ SE FICA ESPERTO COM ELES! –

Kani provavelmente já teria por fim terminado suas anotações sobre Zoologia, e provavelmente a essa altura estaria me entregando. Se fosse o caso, lhe responderia em agradecimento, porém, já me despedindo do meu lindo garoto. – Kanizinho! Muito obrigado por dedicar esse tempo pra fazer essas anotações. São muito preciosas pra mim! – Beijaria sua testa. – Pode ter certeza de que um dia vou te recompensar! – Guardaria o pequeno bloco comigo. – Se cuida tá fofo!? Tenho certeza de que dá próxima vez que te ver, você estará ainda mais incrível! Puffhahaha! –

Caminharia agora toda ensanguentada até Euntae novamente. – Irmão, que tal tomarmos nosso rumo? Esse lugar é chique e caro demais pra gente. – Olharia para o esquisitão que agora nos acompanharia. – EI MUDINHO! Que tal a gente sair desse lugar e procurar algo mais barato que caiba no nosso bolso? – Caminharia em direção aquele garoto silencioso esperando que meu irmão estivesse andando comigo. – Você agora é minha responsabilidade, então trate de me agradar. – Sorriria para ele sem saber qual seria sua reação, e seguiria para fora do hotel, acenando para o grupo artístico que agora se mantinha ali.

Cinco anos haviam se passado, e mesmo que por pouco tempo, finalmente tinha minha ansiedade aliviada por ver todos novamente, e agora teria a companhia de meu irmão mais uma vez... nada poderia dar errado, não é? “Que o nosso futuro seja intrigante! PUFFHAHAHAHA”



Histórico:
Informações:
Objetivos:
Legenda:

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 94sfShl