Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
[Kit] ChrolloHoje à(s) 1:29 ampor  HooliganColorsHoje à(s) 12:17 ampor  Shiori1v9 Kirinha Adventures - 1° EpisódioHoje à(s) 12:14 ampor  KiraMazushi: Por um punhado de berriesHoje à(s) 12:08 ampor  Wild Ragnar[Tutorial] VincentOntem à(s) 11:57 pmpor  VincentCréditosOntem à(s) 11:36 pmpor  HooliganTutorial - HooliganOntem à(s) 11:32 pmpor  Dio1º Chapter - Wild HuntOntem à(s) 11:22 pmpor  ÀsHere Comes The SunOntem à(s) 11:14 pmpor  RavenbornDesventura na Terra dos Sonhos - Grupo 5Ontem à(s) 10:37 pmpor  Narrador De Eventos
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 5 de 8 Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 XqxMi0y
Créditos : 10
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Ascensão dos Scavenger Qui Maio 13, 2021 1:24 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Ascensão dos Scavenger

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Civis Arthur Lancaster Cavendish II, Euntae Gun Lee Jabami, John White, Maka Jabami e Mizushima Mika. A qual não possui narrador definido.

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 J09J2lK

Arthur Lancaster
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 E5ZkmN6
Créditos : 21
Localização : Sirarossa
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 24, 2021 9:22 pm

 
 
Post 06
"Ascensão dos Scavenger"
O imperador das sombras

Meus olhos brilharam ao ver aquela bela apresentação, era prazeroso ouvir minha companheira cantar, e não só isso minha irmã Kou finalmente havia chegado, meu pronunciamento para todos estava chegando perto, e isso me deixava empolgado, queria ver a reação de todos em relação aos meus planos, mas antes queria elogiar Mika.

- Minha nossa Mika, você cantava como um anjo. - Desviaria meu olhar por alguns segundos para seus lábios. - Mas agora você canta como uma Deusa. - Sorriria bobamente, e então me inclinaria para falar com a nova presença na sala.

- Pequena Koou! Quanto tempo minha irmãzinha. - Levantaria e iria até ela a abraçar, aquela garotinha era realmente como uma irmã caçula para mim e a protegeria a qualquer custo. - Vem senta e converse com nossos irmãos.

Então colocaria minha atenção em John, meu melhor amigo de infância. - Parece que todos cresceram, não é mesmo? - Meu semblante era de serenidade, estava satisfeito de todos estarem ali, juntos. - Tenho planos para cada um de vocês. - Pensaria em voz alta por um descuido.

Pensaria comigo mesmo, e lembraria do garoto de uma família assassina, eu tinha marcado de reencontrar ele também, por isso olharia em volta com esperanças de encontrar uma figura familiar, e se fosse o caso colocaria minha mão na coxa de Evellyn. - Já volto querida, logo iremos para nosso jantar, e depois lhe farei a mulher mais feliz de Sirarossa, quiça em um dos quartos acima de nós.

E iria em direção dessa pessoa, dessa vez me portando  mais corretamente em relação ao ambiente “requintado” que nos cercava. - Quanto tempo não é mesmo meu consagradx? - Esperaria sua resposta e logo prosseguiria. - Venha, você ira beber juntamente com eu e meus amigos. - Falaria de modo que parecesse um convite amistoso, mas tinha seriedade em minha voz, não aceitaria um não como resposta.



Histórico:

Número de POST: 06
Dependência: 07/15
Ganhos: -
Perdas: -
Legendas: Fala | "Pensamento"

Objetivos:

[x] - Conseguir cartazes de recompensas.
[  ] - Reunir com todos.
[  ] - Deixar o menino Kani de cadeira de rodas.
[  ] - Ter uma boa aventura.

_________________

Ficha

Ascensão dos Scavenger - Página 5 ApNHza5

Revescream
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 9yL1vFz
Créditos : 00
Localização : Em seu coração.
Re: Ascensão dos Scavenger Seg Maio 24, 2021 9:57 pm


ASCENSÃO DOS SCAVENGER
Kou
Legendas
Falas Pensamentos
Mika não pôde conter um suspiro, um pouco desapontada consigo mesma, ao encarar a divisão de opiniões que se fazia existente na plateia. "Cruzes, acho que deixei minha emoção tomar o melhor de mim..." Com uma falsa expressão serena esboçando um leve sorriso para aqueles que lhe aplaudiam, a sereia dirigia seu olhar para a banda atrás si, descobrindo que até mesmo entre eles existia hesitação em sua comemoração, sem contar o último dos integrantes que sequer lhe olhava nos olhos...

No entanto, Sonaria se mostrava até então a única realmente feliz em ouvir sua apresentação. Suas palavras fizeram os olhos safiras revirarem pelo ambiente, buscando evitar contato visual, aquela era a primeira vez que Mika não se sentia muito aclamada pelos outros e isso murchava seu espírito. - Haha, certo... obrigado pela oportunidade, novamente, e desculpem-me incomoda-los. - Responderia de maneira solene, antes de se retirar do palco e voltar para onde seu grupo original estava localizado.

Ao chegar perto do bar Mika era surpreendida pela saudosa cerimônia de Maka, que de um momento para o outro parecia ter se transformando numa verdadeira fã da sereia, atribuindo-lhe elogios que levantavam um pouco o astral da sirena-lula. - Ô Maka, favor eu... - Entretanto, antes de conseguir elaborar alguma frase inicial, Mika era novamente surpreendida pelas ações de Maka, que pedia ao gigante Arthur uma proposta um tanto "íntima" em nome de Mika, resultando no corar verdadeiro da sereia. - E-Ei, é como Arthur disse, somos apenas bons amigos. - Pigarreava no final, antes de levar suas mãos a boca para esconder aquele rubor indesejado, até enfim conseguir amenizar suas emoções mais uma vez. - Mas fico lisonjeado por tudo isso, de verdade, eu ainda tenho o pressentimento de não fui muito bem como esperava. - Comentava, encarando as outras pessoas pelo salão de forma analítica, ainda tentando encontrar outras reações positivas além das que recebera até então. No entanto, como se não bastasse, Arthur também levantava a voz para soltar mais um elogio para o ânimo da Mizushima, que já sentia seu rosto esquentar de tanta atenção que recebia.

Contudo, uma voz feminina se fez perpetuar pelo recinto. Ela chamava pelos nomes que Mika havia acabado de conhecer essa tarde, atraindo assim toda atenção da sereia para sua fonte de origem. "Meu Poseidon dos mares... essa garota é a d o r a v e l." Encarava-a um pouco surpresa, enquanto um dos homens presentes rapidamente avançava em direção a bela moça, Mika pôde ouvir Kani gritar um famoso nome que corria entre os irmãos. - Kou... a última dos irmãos, eu presumo? - Comentava consigo mesma, deslocando-se em direção a dupla de menores enquanto Arthur também o fazia, observando toda aquela cena com um sorriso no rosto.

Quando chamada atenção pelo menino Ketam, recebendo outra avalanche de elogios, Mika sentia-se novamente revigorada da cantoria anterior, permitindo-se soltar uma singela risada enquanto ouvia o pedido do garoto em relação ao seu casaco. - Claro querido, no entanto, acredito que ela ficará melhor com o visual completo! - Respondia quando um de seus tentáculos passava por sua própria cabeça, puxando seu gorro de inverno e ajeitando em seguida na cabeça da pequena Kou. - Está maravilhosa! Haha! - Afirmava com um sorriso brincando em seus lábios. - Meu nome é Mizushima Mika, é um enorme prazer conhecer alguém tão fofa como sua pessoa. - Pausava um minuto, antes de perceber uma estranha agitação de dentro do gorro. - Ó mares! Eu esqueci completamente de você Apollo, estava cochilando aí dentro o tempo todo. - Diria pegando seu mascote de volta, colocando-o entre seus braços superiores e finalizando sua apresentação.



Objetivos:
Prinicipais:
● Reunir-me com o grupinho no Hotel Belucci Sprezzatura [X]
● Aprender a Proficiência: Barganha [ ]
● Aprender a Proficiência: Persuasão [ ]

Secundárias:
● Ensinar ao menos um comando para o Mascote [ ]
● Treinar a Qualidade: Ambidestro [ ]
● Cantar em algum pequeno Show. [X]


Ponto-Situação do Personagem:

Nome do Player: Mika Mizushima
Nº de Posts: 06

Ganhos:
~x~

Perdas:
~x~

Extras:
~x~



Considerações:

Resumo:
● Autoexplicativo. Considerar as Qualidades Atraente, Voz Melódica e Carismática quando envolver as interações com a Personagem, e as Proficiências Canto e Sedução nos momentos de fala e cantoria, além de Dramaturgia e Qualidade Impassível na omissão e controle das emoções. Considerar o bônus da Profissão: Artista.

Observações:
● Compulsiva (Cantarolar): 01/10 Turnos;
● A Personagem possui 4,62 m de altura, sendo 0,62 m da parte humana e 4,00 m da parte marinha. Quando está na terra, entretanto, por questão de conveniência, a Personagem assume uma postura onde fica com 1,62 m de altura se comparada aos demais, deixando os outros 3,00 m dos tentáculos livres para uso.

_________________


Ascensão dos Scavenger - Página 5 7vuIEef

Ascensão dos Scavenger - Página 5 IBus9NQ    Ascensão dos Scavenger - Página 5 Hevfgvv

Maka
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 LtBcCyp
Créditos : 00
Localização : Mundo dos Sonhos
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Maio 25, 2021 11:43 am
Ascensão dos Scavenger
Reencontro - Reunião - Kani e Kou
Estava muito feliz por conhecer a Mika, pois confesso que não esperava tanto dela quando a vi pela primeira vez, mas a cada minuto que ela passava ali junta de mim e de meus irmãos, me fazia gostar ainda mais dela. “Realmente... que sereia encantadora.” Pensava comigo mesma enquanto terminava alguns aplausos.

- É uma pena que vocês sejam apenas amigos. Adoraria ter você como minha cunhadinha Mika Puffhahahaha. – Voltava minha atenção para Arthur piscando disfarçadamente para ele com meu olho esquerdo enquanto sorria. Era nítido ver que ela não estava totalmente satisfeita com a falta de retribuição do público. – NÃO LIGUE PARA ESSES IDIOTAS MIKA!! – Falava em um tom de voz que fizesse com que as outras pessoas no local sentissem que estava falando com elas, e então completaria minha frase, mas tendo como foco a Mika. – Eles não sabem apreciar uma boa música. – Sorria. – Nem mesmo uma celebridade quando veem uma. – Piscaria para ela.

O som ambiente de antes voltava a ser tocado por aquele salão, enquanto eu olhava para o meu copo vazio de cerveja e pensava. “Tanto dinheiro gasto por essa miséria e ainda estou com “sede”. Talvez eu devesse pedir mais um, ou levar uma daquelas garrafas portáteis de whisky para beber depois.” Enquanto me perdia ali comigo mesma pensado em algo aleatório, acabei não dando tanta atenção ao ouvir minha voz ser chamada, e nem tanta atenção assim em ver que alguns dos meus irmãos estavam fazendo algo fora do bar. Quando me dei conta, pude ver bem na minha frente aquela coisa fofa e linda que eu não via a tanto tempo e já ficava preocupadíssima por ela não ter aparecido antes. – KOOOOOOU!!! – Minha irmãzinha linda estava ali a minha frente, junto de Mika e Kani, agora agasalhada com a típica cor azul da sirena que provavelmente tinha lhe emprestado aquelas roupas.

- Minha bonequinha! Porque demorou tanto pra chegar! – De braços aberto me aproximava dela lhe pegando e apertando bem forte enquanto a tirava do chão com aquele abraço. – Você não faz ideia de como eu fiquei agoniada de ficar longe de você todos esses anos bonequinha. – Estava agora corada, com meu nariz bem encostado com o dela olhando profundamente para ela. – Você está toda molhada Kou. – Colocaria ela no chão. – Se atrasou tanto que acabou pegando essa chuva. – Tiraria meu sobretudo azul e o usaria para enxugar um pouco o seu aparente rosto molhado. – Já não basta o Kani pegar uma gripe, e agora você pega essa chuva. – Puxaria Kani pra perto de mim, em seguida pegaria os dois em cada braço para ficarem abraçados e grudados em mim. – Parece que terei que cuidar de vocês dois essa noite. – Daria então um beijo delicado na bochecha de cada um e os soltaria.

- Agora eu em paz! PUFFHAHAHAHA! – Diria como se aquilo estivesse me sufocando, pois agora estava aliviada de ver que todos estavam ali. Além de poder finalmente revê-los, havia agora feito uma nova amiga. “E quem sabe uma cunhada? Puffhahaha!” Arthur agora se pronunciava demonstrando toda a felicidade de estar novamente conosco, sentimento que todos ali compartilhavam. – Planos? Que tipo de planos Arth? – Perguntaria, mas acabaria por ser totalmente ignorada, pois Arthur se dirigia agora até alguém que não conhecíamos. – Que desgraçado, me ignorando assim. Esse Arthur tá precisando levar uma surra bem dada. – Diria em tom de brincadeira enquanto sorria, por mais que lá no fundo eu realmente quisesse ter uma de nossas lutas amistosas, mas sabia que ali não era o momento, e isso me frustrava.

Me direcionaria até a Kou para conversar com ela. – Bonequinha, você sabe dizer o que aconteceu com o orfanato? Você não chegou a ser adotada, então deve saber o porquê de terem interditado. – Perguntaria para Kou enquanto acariciaria minha mão direita em seu rosto.



Histórico:
N° de POST: 06
Ganhos: -
Perdas: -
Vício: Dependente - Álcool 1/15
Ferimentos: -
Informações:
Proficiências:
• Anatomia
• Atletismo
• Acrobacia
• Estratégia
• Briga
Qualidades:
• Ambidestro (1 Ponto)
• Prodígio (2 Pontos)
• Prontidão (2 Pontos)
• Mestre em Haki (4 Pontos)

Defeitos:
•  Dependente - Álcool(1 Ponto)
• Sadista (2 Pontos)
• Furioso (2 Pontos)
• Leal (2 pontos)
Arthur Lancaster:
Maka sempre foi uma valentona no orfanato em que vivia, e por ser assim, ninguém tinha coragem de bater de frente com ela. Isso até Arthur chegar e ser o único que não teve medo, e ainda por cima sempre aguentou as porradas.

Após muitas brigas, os dois criaram um grande respeito um pelo outro, consequentemente se tornando irmãos no orfanato, jurando então lealdade a ele após dizer quais seriam seus objetivos, e como cada um de seus irmãos resolveram seguir ele, Maka também optou por assim fazer, mesmo que custasse agora ser perseguida pela organização Sakura ao qual passou 5 anos.

• Inimigo (2 pontos)
Organização Sakura:
A organização Sakura é um grupo mercenário que atua no submundo. Antes seus trabalhos eram feitos no West Blue, porém, agora se mudaram para a Grand Line.

Maka nunca soube com o que exatamente no submundo o grupo Sakura trabalhava, e nem mesmo pra quem, pois foi treinada junto com várias outras pessoas durante 5 anos, e isso era a única coisa que acontecia lá treino e treino todos os dias. Até onde ela sabe, a organização tem três pessoas de muito poder e que comandam o que acontece lá, sendo eles o líder do grupo, chamado de Yoshindo Yoshihara. Além dele, o grupo ainda tem 2 mestres que trabalham diretamente para Yoshindo.

Date Yuuma, um mestre marcial em Taekwondo, e Wu Zhao, um Pugilista marcial que também é mestre em combate.
Objetivos:
- Encontrar a galera que eu Amo (Menos o John)
- Aprender Zoologia com o Kani
- Comprar Álcool porque eu quero encher a cara
- Passar um tempão com a Kou
- Dar um tapa na cara do Lee
- Conseguir uma Arma, mas ainda não defini
Legenda:
Fala
Pensamento

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 94sfShl
Koji
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 2ee8bbb0bd647e96edf58ee7c1fa21bd
Créditos : 03
Localização : Sirarossa
KojiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t300-john-white#871 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Maio 25, 2021 11:55 am


Ascensão dos Scavenger - 06
Sirarossa



Enquanto eu relaxa e olhava meus queridos irmãos, percebia o quanto todos haviam crescido. Eu sempre fui o mais velho, porém, minhas atitudes nunca mostraram isso, já que sempre estava sendo consolado pelos mais novos, principalmente por Arthur. Agora que eu cresci, tanto fisicamente quanto mentalmente, consigo ter outra óptica em relação aos meus colegas. Além disso, muitos deles até mesmo viveram mais do que eu atualmente. Não poderia sentir nada mais do que orgulho deles. "Talvez eu deva aprender com eles mais algumas coisinhas." — eu pensava com um breve sorriso no rosto.

Aparentemente, Arthur havia percebido isso também. Ouvia suas breves palavras enquanto olhava para mim, como se estivesse apenas pensando alto. Ele havia mudado bastante, mas ainda tinha um senso de proteção em relação aos seus irmãos. Sempre admirei isso nele, é uma característica de um grande líder, segundo meu mentor, Zik. Após um pequeno momento, ele se retirava e ia falar com uma pessoa que parecia ser um conhecido. Nesse momento, ouvia uma voz familiar. Essa voz pertencia a uma pessoa que havia sido uma das que mais marcaram minha estadia no lugar. Kou. "Eu me lembro de ela ser uma boa artista." — passava pela minha cabeça o momento em que ela desenhara um dos monstros de meus pesadelos em tempos passados.

Esperaria até todos os irmãos finalmente cumprimentarem ela, e logo me aproximaria para conversar com minha irmã. Kani parecia especialmente animado com a vista, uma vez que eles sempre foram belos amigos na época. Como tal, Maka também provavelmente mostraria uma reação similar àquela que teve quando avistou o pequeno rapaz pela primeira vez algumas horas atrás.

— Kou! Há quanto tempo! Você cresceu bastante! — a abordaria quando as coisas se tornassem mais tranquilas. — Como você está? O que aconteceu durante esse tempo todo? — questionaria esperando por uma resposta. Se ela preferisse não responder, entenderia seu posicionamento. — Tudo bem. Estou feliz em te ver! — falaria para a menina. Caso perguntasse de mim e como eu andava, prontamente retornaria. — Bom, eu finalmente superei meus pesadelos. Heueueueue. Estive treinando durante esse tempo. — esconderia a parte em que passei alguns anos fazendo justiça com minhas próprias mãos.

Eu via que ela estava molhada, mas aparentemente estava usando as roupas de Mika. "Realmente, essa moça que se diz amiga de Arthur é bem simpática." — passaria pela minha cabeça enquanto um pequeno sorriso de canto de boca aparecia em minha face.

Atualmente, apenas esperava pela reunião de Arthur, que havia dito para a gente no começo dessa tão esperada reunião. "Será que é algo sério, ou tem a ver com o estado atual do orfanato?" — indagaria internalmente. Como saí relativamente cedo do orfanato, apenas aqueles que continuaram por lá devem saber de algo, esses sendo Arthur e Kou. Me lembrando desse fato, novamente falaria com ela.

— Kou, eu sei que você saiu do orfanato mais tarde que eu. Por acaso sabe de algo que ocorreu por lá? — perguntaria com uma expressão de dúvida genuína. Despretensiosamente esperaria por uma resposta, tentando manter minha calma caso tenha sido algo ruim, ou apenas suspirando de alívio caso nada de sério tenha acontecido.


Histórico:
N° de posts: 06
Ganhos: -
Perdas:
- 10k de dinheiros (post 01 - cafézinho)
Vício: 3/10


Legendas:
Pensamentos
Fala

Objetivos:
Encontrar a rapaziada
— Adquirir um par de botas de combate
— Adquirir um par de espadas (0/2)

   Code by Arthur Lancaster

     
        

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 9uIPM5X


"Assume the position to get down on your knees"



Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Ascensão dos Scavenger - Página 5 Jpu3OmR
Blossom
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 JDtjoSC
Créditos : 05
Localização : Sirarossa
BlossomCivil
https://www.allbluerpg.com/t510-kou-chiharu#2057 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Maio 25, 2021 2:25 pm


   
Post 02

   

   
Ascensão dos Scavenger

   
Após chamar pelos meus irmãos depois de reconhecê-los, minha mente fica cada vez mais confusa e procurando respostas por eles já estarem no mesmo lugar que eu. - Como... quando...? - Meu coração acelerava à medida que eu iria assimilando a situação. De repente, escuto a voz de Kani e veria ele correndo em minha direção e mal dava pra acreditar! Fazia tanto tempo que não via meu 'irmão gêmeo' que um misto de saudade e alegria começou a invadir meu peito.

"IRMÃOZINHO!" - Abraçaria ele sem me preocupar com minhas roupas ou pela situação meio inesperada e inusitada para muitos ali, rever meu irmão era muito mais importante que isso. Kani é meu melhor amigo e mesmo separados continuamos tendo uma conexão um pelo outro, era uma mistura de emoções poder ver ele novamente. - "Kanizito, meu Deus! Como você cresceu... mas seu rosto quase não mudou, parece o mesmo." - Quando ele fala sobre 'temer minha segurança' fico com um semblante bem preocupado. - O que será que aconteceu com o Orfanato? Depois que eu saí de lá quase não ouvi falar. - "Eu fui adotada, Kani. Ainda moro aqui em Sirarossa mas meu pai viajou para Toroa faz pouco tempo. Como você está?"

Abro um pequeno sorriso quando ele me puxa para outra área e acabo reparando na aparição do meio-gigante. - "Arthur! Meu grande irmãozinho!" - Pensaria em abraçar Arthur de volta mas logo desisto pela diferença bruta de altura. Arthur havia crescido ainda mais do que eu lembrava. Só restavam eu e ele entre os irmãos antes da minha adoção, ele é o irmão que tenho contato mais recente. - Evellyn? Mika? Quem são essas pessoas? - Pensaria depois de ouvir Kani chamando por duas pessoas que eu não conhecia.

Ao chegar mais perto do pessoal, ficaria surpresa pela presença da sereia, sendo a primeira pessoa que me chamou a atenção fora meus irmãos. - "O-Oi... Não precisa de tudo isso." - Fico levemente envergonhada quando Kani coloca o agasalho de Mika em mim. - "Obrigada pela gentileza, você é bem bonita. Meu nome é Kou Chiharu, muito prazer." - Diria diretamente para ela antes de tirar seu gorro para pôr em mim. Pararia por um momento ao sentir algo se mexendo na minha cabeça. - "Mas o que-" - Coloco a mão na cabeça ao ver o pássaro sendo pego pela sirena.

Quando desvio um pouco da minha atenção para o ambiente, pude ouvir e ver minha irmã mais velha que chegava cada vez mais perto de mim. - "M-Maka? É você mesmo?" - Meu coração dispara rapidamente quando ela chega perto e me tira do chão para me abraçar. - "Ficou mais forte também, minha querida irmã." - Meu rosto fica totalmente vermelho no momento que a mais velha aproxima seu rosto do meu. - "A-Ah sim, Mika e Kani me ajudaram..." - Viro um pouco meu olhar quando ela me seca para esconder minha vergonha. - Maka está tão alta e bonita... parece que fui a única que cresceu menos. - Fico um pouco cabisbaixa com esse pensamento mas logo disfarço. - "Cuidar da gente?" - Fecho os olhos por um breve momento quando ela beija nossa bochecha. - "É Kani... parece que vamos ficar com a Maka hoje KWAHAHA!" - Solto uma risada e tento me aproximar de todos, mas sou abordada por John.

"Minha nossa, John! Você mudou tanto! Estou morando aqui ainda, fui adotada acho que Arthur deve ter dito." - John é meu irmão mais velho, dei uma pequena ajuda para ele quando tinha alguns pesadelos. - "Estou feliz também em ver todos vocês. Cheguei aqui para me abrigar da chuva, não sabia que todos estavam reunidos aqui. Como você está?" - Aperto ainda mais o agasalho que Kani havia colocado em mim para tentar me secar e aquecer. - "Huh... agora você e Maka estão se dando bem. Pelo menos não tenho que separar vocês de nenhuma briga."

Repentinamente, fui questionada duas vezes pela mesma pergunta que, curiosamente, eram dos dois briguentos. Viro-me para Maka pois ela parecia ter mais dúvidas e porque já estava bem perto de mim, fazendo um carinho. - "E-Eu não sei. Não visito lá desde a minha adoção. Acho que Kani deve saber de algo já que ele estava preocupado comigo e também achou que não fui adotada ou algo assim. Ele ou Arthur devem saber de algo, já que eu saí antes dele." - Se Kani estivesse em meu alcance, puxaria ele para mais perto.
     


Histórico:

N° de posts: 02
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -



Personagem:

Estilo de Combate:
Ladino: Ladinos são especialistas em combates de curta distância, fazem uso de lâminas curtas e escusas para pegar seus oponentes desprevenidos e realizar movimentos letais. Utilizam adagas, punhais e similares.

Proficiências:

• Acrobacia
• Estratégia
• Furtividade
• Pintura
• Persuasão

Qualidades:

Versátil (Racial) Versátil: Você pode somar até 9 pontos de defeito, conseguindo dessa forma gastar 9 pontos de qualidade em vez de 7.

Atraente (1) Você é considerado belo pelos outros, seja pela sua aparência, porte físico ou estilo, você é capaz de despertar interesses românticos ou ser tratado mais favoravelmente por conta disso.

Criativa (2) Você é mais criativo do que a média e tem facilidade para pensar fora da caixa, em termos mecânicos, é capaz de desbloquear um espaço para projetar uma criação extra a cada nível ímpar.

Intuitiva (2) Você possui uma intuição forte e quase sobrenatural, praticamente um sexto sentido que pode lhe salvar de algumas enrascadas.

Prodígio (2) Você é mais inteligente do que a média e tem facilidade em adquirir novos conhecimentos, em termos mecânicos, é capaz de aprender uma proficiência extra a cada nível ímpar, além de ter termos menos rígidos para tal aprendizado.

Talentosa (2) Você ganha um espaço de criação de técnica extra em cada nível ímpar.


Defeitos:
Fobia (1) Você tem um medo extremo e irracional de algo ou de alguma situação específica. Varia de um até quatro pontos dependendo do objeto de sua fobia.
Fobia de Robôs:
Sente estranheza, desconforto, incômodo muito grande por robôs. Foi descoberto depois de ver e ler sobre robôs em um livro de seu amigo no orfanato.

Sincera (2) Você é incapaz de mentir, simplesmente não faz parte da sua natureza. Mesmo que seja prejudicial para você, você sempre diz a verdade.

Teimosa (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Pacifista (2) Você abomina a violência e sempre que possível prefere não fazer uso desse artifício.
Dois pontos:
Você só ataca um adversário depois de sofrer dano do mesmo.

Leal (2) Existe algo ou alguém, uma pessoa ou organização, que você coloca acima de si mesmo, não se importando com o fato de ignorar seus valores ou se sacrificar para proteger essa relação.
Lealdade a Arthur Lancaster:
Por Arthur ter sido a primeira pessoa a inspirar e incentivar Kou no caminho artístico, ela desenvolveu um sentimento de lealdade a ele pela sua confiança.


   
   Code by Arthur Lancaster




Última edição por Blossom em Ter Maio 25, 2021 3:13 pm, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Esqueci um (1) ponto.)

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Fofa210

FalasPensamentos ㅤ Ações
OverLord
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 EzhD8ov
Créditos : 00
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Maio 25, 2021 7:31 pm
De um de seus bolsos, Draken retirava a quantia necessária pelo maço de cigarro, uma vez que já havia pego o maço e já estava consigo, subtraindo o valor do item com o que tinha, a quantia era pouca para comprar algo como armas boas. O bartender acabava respondendo à pergunta sobre se eram os Papagaios Alaranjados, segundo ele, a garota com tentáculos era apenas uma pessoa qualquer que estava no saguão, mas Sonaria, a cantora da banda, gostava de deixar os novatos soltarem as vozes, acreditando que alguém iria querer a fama como ela, Sonaria, havia conseguido. *Porque não fazem isso em um quarto do hotel? Ou em um outro local? Porque o saguão de um hotel cinco estrelas? Espera.... Essa já é a tal apresentação da qual eu li naquele jornal? Acredito que não, mas vai que.. *

O bartender então respondia a segunda pergunta, que era sobre a banda e segundo ele, os Papagaios Alaranjados tocavam músicas antigas, calmas e relaxantes, com um ar animado, mas o próprio bartender não sabia explicar. Segundo ele, a banda só não era mais famosa por conta do jeito da cantora, Sonaria, pois os shows eram todo estragados por conta de um novato. – Entendo. Escrevia no caderno e mostrava para o bartender. E então, estava na sua, sentado na cadeira e com seus cotovelos apoiados na mesa e o queixo apoiado nos dedos que estavam entrelaçados e então, uma voz um pouco familiar surgia atrás de si. Nostrade então se virava para vê-lo, era o jovem Arthur. Ele convidava o assassino a se juntar com os outros, que estavam com ele. – Qual foi a sua ideia Arthur? Tu só marcas Sirarossa sem falar um local? O Porto seria muito melhor, tive que supor que seria aqui, mas só vim aqui por um mapa da ilha, não é fácil pedir informação sendo um mudo, ganhei uma moeda de duzentos berries por uma mímica sobre hotel, sorte que eu encontrei alguém com um jornal que dizia que nesse hotel teria um show dos Papagaios Alaranjados.

Olhava para as pessoas que estavam com ele, mais uma vez. O convite era amistoso, mas o tom de voz dele era que não aceitava um não como resposta. – Não é necessário eu sair do meu assento, estamos próximos uns dos outros. Seu olhar era sério para Arthur, não tinha o porquê sair dali, o grupo e Draken estavam bem próximos, seu olhar era intimidador para Arthur, havia dito o motivo de não ir para lá, a distância entre Draken para Arthur e seus amigos, era pequena o suficiente para que pudessem interagir de maneira decente, pelo menos, para um dos lados, visto que o assassino precisaria escrever e mostrar a anotação como uma resposta.





Ascensão dos Scavenger
Emme



Histórico:
N° de posts: 04
Ganhos: Caneta e Papel, Maço de cigarro[Contendo 10 cigarros]
Perdas: 150.000[Maço contendo 10 cigarros]
Vício: 4/15
Proficiência: Ameaça, Furtividade, Etiqueta, Arrombamento, Atletismo
Qualidade: Ambidestro, Audição Aguçada, Hipoalgia, Prodígio, Impassível
Defeito: Mudo, Inimigos[Organização], Compulsivo, Frígido, Dependente[Cigarro]

Legenda:
- Fala/Escrita
* Pensamento
- Fala de NPC

Objetivo:
Encontrar o pessoal
Ter cigarro, pq fogo eu vou mendingar por aí kk
Por enquanto só

_________________

Madrinck
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 NYcylhF
Créditos : 00
MadrinckEstagiário
https://www.allbluerpg.com/
Re: Ascensão dos Scavenger Ter Maio 25, 2021 11:07 pm
Sirarossa

Tarde
Temperatura ambiente: 7 graus
Horário: 17:16min



Todos
Os elogios para Mika se mantinham por um breve momento, e até mesmo certos civis que estavam a ouvir a musica tinham pegado mesas mais próximas ao Bar de onde o grupo estava, talvez para ficar mais perto da Sereia de voz encantadora? De todo modo a ultima que faltava dar suas palavras era a pequena Evellyn, que de modo meio sem jeito ia até a Sereia de tentáculos compridos para assim falar com uma mudança drástica de modo de agir-Mika, você é incrível! Juro que eu nunca ouvi alguém cantar tão bem quanto você, parecia até mesmo que as letras da musicas correram pelo salão!- mas então, Evellyn dava um leve grito fino, um tanto fofo por assim dizer, ao se assustar com a mão de Arthur em suas coxas, tais mãos que eram maiores que as duas coxas juntas, e também Arthur que teve que se abaixar, ou melhor dizendo, se agachar, para conseguir fazer aquele ato. Evellyn não quis responder o comentário do Meio-Gigante, ficando somente paralisada em frente a Mika com o rosto vermelho, para depois ir andando até uma cadeira para se sentar lá e botar as mãos no rosto.

Enquanto isso todos iam até a Kou, os irmãos com aquele reencontro agora por completo estavam extremamente alegres em vê-la e aquilo enchia o salão com uma enorme energia positiva, os irmãos assim estavam por fim juntos. Até que Euntae de modo apressado corre-se para o atendente na frente da porta de entrada do Hotel, ele parecia apressado e urgente, perguntando alguma coisa para o Atendente ele rapidamente corria para uma direção oposta ao Saguão para fazer algo, ignorando assim por completo Kou, mas tirando aquele fato um mínimo estranho, a família conversava e trocava de modo prévio informações, sendo que Kou era abordada duas vezes em menos de 3 minutos sobre oque poderia ter acontecido com o Orfanato já que a mesma, era uma das ultimas a ter saído do Edifício de infância, mas a pobre não tinha nenhuma resposta tendo que ficar boiando igual a todos do grupo. Todos menos um, já que Kou rapidamente falava para John que Kani possivelmente poderia ter alguma informação do por que o Orfanato tinha virado um edifício abandonado.

Maka então aparecia de modo repentino após Mika e Kou trocarem palavras e a garota ter conseguido algo para se esquentar melhor antes de pegar um Resfriado como o seu caro amigo Kani. Voltando ao assunto principal, Maka agarrava com seus braços Kou e Kani e falava de modo animado e alegre que a mulher hiperativa iria pegar o papel de cuidar dos dois, e pelo que parecia Kou não via nenhum problema com aquilo, e possivelmente Kani não reclamaria. As conversas continuavam de modo prolongado, até que a ultima entidade que poderia abordar Kou aparecia, uma garota um pouco maior do que a própria Kou, a mesma parecia um tanto tímida ou receosa, mas esticava a mão para um aperto de mão -Olá, sou Evellyn Beneviento, acredito que você seja uma das irmãs de Kani não? É um prazer te conhecer- enquanto Evellyn era receptiva com Kou, Shachi, o grande tritão, não parecia se importar muito, ficando perto do Bar coçando seu queixo enquanto pensava em coisas distantes. Sem sequer perceber a existência da irmã mais nova dentre todos os irmãos.

Entretanto, Arthur no lugar de ficar no meio de todos para conversar com os irmãos ou com a Kou, o mesmo ia até um caro conhecido, dando algumas palavras e recebendo um caderno para ler tal que era minúsculo comparado a mão do Meio-Gigante, rapidamente o dialogo era formado, com Draken se recusando a se levantar do assento, sendo que para ele, tal não via a necessidade para se levantar sendo que já estava bem próximo do grupo em questão de distancia, enquanto os dois continuavam a sua conversa um tanto quanto diferente, o Assassino de modo sutil pagava o Barman e guardava seu mais novo maço de cigarros.

Spoiler:
Kani - Gripe Leve 4/4 (Curado)
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 UvhbRwr
Arthur Lancaster
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 E5ZkmN6
Créditos : 21
Localização : Sirarossa
Re: Ascensão dos Scavenger Qua Maio 26, 2021 1:30 pm

 
 
Post 07
"Ascensão dos Scavenger"
O imperador das sombras

Draken conquistou meu reconhecimento por causa de suas incríveis habilidades, mas sua personalidade era um pé no saco, um filhinho mimado de assassinos. Embora isso ainda tinha planos para sua pessoa, com minha mão direita colocaria meu dedo do meio contra o meu polegar, e com toda minha força daria um peteleco na sua cabeça.

- Além de mudo, agora tem amnésia também? - Brincaria com um sorriso no rosto. - Na última vez que nos vimos, lhe falei que nos encontrariamos neste hotel. - Mas então ouviria sua resposta um tanto desafiadora então agiria da mesma forma.

- Escuta aqui meu consagrado. - Apertaria sem ombro esquerdo com força. - Se não quiser que sua cabeça quebre a mesa a sua frente, é melhor você me acompanhar. - Meu olhar seria frio perante a ele quase de nojo, estaria pronto para forçar o mesmo.

Ascensão dos Scavenger - Página 5 F7730d5f7c2294dabffb2d07227d9c91de4df87a

Independente de sua resposta me viraria para onde estava, e daria um tempo para ele decidir, mas se passasse alguns minutos minha resposta sobre sua insubordinação seria um pouco mais alta do que um peteleco. Porém se ele tentasse fazer alguma gracinha como me enfrentar naquele lugar. Saltaria para trás saindo de seu alcance e sacaria minha adaga, preparado para me esquivar indo novamente para trás, esperando a chance de lhe devolver os golpes.

- Ei irmãzinha você não deu um abraço no seu grande irmão. - Falaria com a garotinha que tinha atenção de quase todos ali. - Venha cá, não é só eles que estão com saudades de você. - Pegaria elas pelos braços e abraçaria amigavelmente sem muita força para não a machucar.

Olhando a minha volta perceberia que Euntae havia sumido, ficaria com pesar em meus olhos, e então falaria com Maka. - Espere só mais um pouco minha querida irmã, logo contarei tudo a vocês. - Responderia ao lembrar de sua voz no fundo anteriormente, e que não tinha lhe respondido. - Mas e o Euntae o que aconteceu com ele?



Histórico:

Número de POST: 07
Dependência: 04/15
Ganhos: -
Perdas: -
Legendas: Fala | "Pensamento"

Objetivos:

[x] - Conseguir cartazes de recompensas.
[  ] - Reunir com todos.
[  ] - Deixar o menino Kani de cadeira de rodas.
[  ] - Ter uma boa aventura.

_________________

Ficha

Ascensão dos Scavenger - Página 5 ApNHza5

Onigami
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 483939c4b2902d706cfeb1b9d2ca66609d85f3b31a271b56af638a664f00a5a2
Créditos : 00
Localização : Sirarossa - West Blue
Re: Ascensão dos Scavenger Qua Maio 26, 2021 6:43 pm
SCAVENGERS: ASCENSION

Apesar do comentário sobre meu rosto ter incomodado um pouco, ficaria feliz de rever minha irmã e saber que ela estava segura. E o melhor, ainda havia sido adotada! – Que bom que conseguiu encontrar uma família! É uma ótima sensação. Me conte mais sobre isso depois! – Diria com um sorriso no rosto, sem me importar de abraçar ela de novo. Veria os outros se aproximando e cumprimentando ela também, todos alegres com a reunião com a definitiva caçulinha do grupo. Observaria com leves risadas a cena de bom humor ao ver o papagaio-do-mar de Mika dentro do gorro que ela entregava para minha irmã. Ela ficava bem fofa vestida com as roupas da sirena, e o papagaio também parecia ser um objeto de estudo interessante para depois. – Muito obrigado, senhorita Mizushima. Seus gestos gentis são tão belos quanto a sua voz. – Elogiaria sem pestanejar, apreciando cada vez mais a presença daquela bela sereia.

Em seguida, acabaria ouvindo a voz alta e característica de uma felina selvagem, com um toque de afetação. Como era de se esperar, Maka logo chegaria correndo e indo abraçar Kou. Assim como eu, a jovem Chuharu era uma das “protegidas” de Maka, embora ela parecesse gostar muito mais disso do que eu nos meus tempos de Orfanato. Agora ela parecia levemente intoxicada graças aos drinks alcóolicos do hotel, e estava claramente animada com a chegada de sua ‘bonequinha’. De novo me assustaria um pouco com a força dela, e me veria novamente grudado contra seu corpo, juntamente com minha outra irmã, sendo prometido alguns cuidados naquela noite. Ficaria um pouco constrangido, mas Kou parecia estar animada com a proposta, o que era bom(?), já que se não estivesse esquentada acabaria pegando uma gripe, como eu. – P-pode cuidar da Kouzinha, mas eu já estou melhor. Já me sinto melhor, muito obrigado, irmãzona... – Murmuraria antes de ser colocado no chão novamente.

Depois disso, Kou seria bombardeada de perguntas novamente, perguntas que prontamente seriam jogadas para mim. E como eu temia, eles ainda não pareciam saber sobre o que havia acontecido no Orfanato. Sentiria um peso no peito, temendo um pouco as reações que meus irmãos teriam. Bom, quase todos. Parecia que Lee havia sumido do recinto, e uma nova pessoa se aproximava. A situação era um pouco desconfortável, mas uma hora a verdade teria que sair. – B-bom, quando eu estava procurando pelo Orfanato me disseram que havia ocorrido um massacre ali. Eu fui pra lá triste achando que alguma coisa tinha acontecido com vocês, e como a Kou chegou mais tarde eu achei que algo similar poderia ter ocorrido com ela também... Achei que vocês... Sabiam disso? – Diria lentamente, evitando manter contato visual direto com as pessoas ao meu redor. – É terrível, eu sei... Também temo o que pode ter acontecido com o pessoal do Orfanato, mas não queria estragar a noite depois de descobrir que estavam vivos. – Diria de uma vez, com os olhos semicerrados, finalmente soltando a bomba final. Se fosse um caranguejo ermitão, me esconderia na minha concha agora.




Objetivos:

[x] – Reunir com os irmãos do Orfanato;
[ ] – Conseguir um livro de Química;
[x] - Conseguir um agasalho decente;
[x] - Me entrosar com a sirena e o tritão.

Histórico:

— Nº de Posts: 06
— Ganhos: -x-
— NPCs Conhecidos: -x-
— Ferimentos: Gripe leve (4/4) (Curado)
— Menções a caranguejo: 7

Personagem:

— Estilo de Combate: Pugilista/Atirador
— Proficiências:
• Mecânica
• Mecatrônica
• Herbalismo
• Zoologia
• Natação
— Profissão: N/A
— Qualidades:
• Versátil
• Voz melodiosa
• Criativo
• Prodígio
• Experiência em combate
• Impassível
— Defeitos:
• Bisbilhoteiro
• Ambicioso
• Misericordioso
• Obcecado
• Leal



Última edição por Onigami em Sex Maio 28, 2021 4:16 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 PSOJ2CV
Blossom
Ver perfil do usuário
Imagem : Ascensão dos Scavenger - Página 5 JDtjoSC
Créditos : 05
Localização : Sirarossa
BlossomCivil
https://www.allbluerpg.com/t510-kou-chiharu#2057 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Ascensão dos Scavenger Qua Maio 26, 2021 8:54 pm


   
Post 03

   

   
Ascensão dos Scavenger

   
No meio de tantas perguntas, sou surpreendida por outra mulher que não conhecia. A mesma parecia ter a minha idade e também era bem carismática. Provavelmente a garota estaria confusa pelos acontecimentos atuais, já que cheguei um pouco atrasada para o reencontro. Na apresentação dela, pude reconhecer seu nome por um daqueles chamados por Kani, assim como Mika. - "Prazer em conhecê-la, Evellyn. Meu nome é Kou Chiharu e a maioria daqui são irmãos." - Sorriria brevemente para mostrar que estava feliz em conhecer a jovem. No meio de toda aquela movimentação para cima de mim, nem havia reparado que Euntae, meu outro irmão, já não estava mais aqui.

Ouviria Arthur conversando com outra pessoa mas não ligaria tanto para aquilo até ouvir a voz dele direcionada a mim e me tirar do chão para um abraço de meio-gigante. - "Que isso, Arthur! Vocês nem imaginam a falta que fizeram pra mim." - Retribuo abraço e ficaria sentada no ombro largo de Arthur. - "Irmão, que planos você tem para todos nós essa noite?" - Perguntaria com uma ponta de dúvida e curiosidade pela fala dele após nosso primeiro abraço. - "Euntae? Ele também está aqui?" - Por estar nos ombros de Arthur, tinha uma visão privilegiada de todo o salão do hotel. No meio disso tudo, avistaria outro gigante um pouco peculiar que também faz parte do mar.

"Nossa... vocês viram aquele baleião ali?" - Diria para que todos pudessem ouvir, apontando para o tubarão-baleia que estava bar. Possivelmente aquela figura marítima estava com Mika, era uma dedução bem óbvia de ser feita mas, pelo fato dele estar um pouco mais isolado, achei que era só mais uma pessoa distinta. Estaria bem distraída com aquilo mas Kani começou a falar sobre o que havia acontecido com Orfanato e com isso minha atenção voltou-se diretamente ao garoto caranguejo. - "Massacre?" - Não acreditava nas informações que Kani estava nos dando. Parece algo surreal. Um massacre no lugar que praticamente nasci? Onde cresci e vivi quase minha vida inteira?

"Isso é sério? Um MASSACRE?" - Mostro estar bastante revoltada com as novidades ruins. - "Como isso está sendo contado para nós agora? Moro em Sirarossa minha vida toda e é a primeira vez que estou sabendo disso!" - Abraço levemente a cabeça de Arthur para tentar achar um conforto no meio daquela situação infausta. - "Quem... quem faria uma coisa dessas? O que aconteceu com as pessoas que ainda moravam lá e cuidavam da gente? Elas estão mortas?" - Faria uma pergunta assustadora, com medo de ser respondida.
     


Histórico:

N° de posts: 03
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -



Personagem:

Estilo de Combate:
Ladino: Ladinos são especialistas em combates de curta distância, fazem uso de lâminas curtas e escusas para pegar seus oponentes desprevenidos e realizar movimentos letais. Utilizam adagas, punhais e similares.

Proficiências:

• Acrobacia
• Estratégia
• Furtividade
• Pintura
• Persuasão

Qualidades:

Versátil (Racial) Versátil: Você pode somar até 9 pontos de defeito, conseguindo dessa forma gastar 9 pontos de qualidade em vez de 7.

Atraente (1) Você é considerado belo pelos outros, seja pela sua aparência, porte físico ou estilo, você é capaz de despertar interesses românticos ou ser tratado mais favoravelmente por conta disso.

Criativa (2) Você é mais criativo do que a média e tem facilidade para pensar fora da caixa, em termos mecânicos, é capaz de desbloquear um espaço para projetar uma criação extra a cada nível ímpar.

Intuitiva (2) Você possui uma intuição forte e quase sobrenatural, praticamente um sexto sentido que pode lhe salvar de algumas enrascadas.

Prodígio (2) Você é mais inteligente do que a média e tem facilidade em adquirir novos conhecimentos, em termos mecânicos, é capaz de aprender uma proficiência extra a cada nível ímpar, além de ter termos menos rígidos para tal aprendizado.

Talentosa (2) Você ganha um espaço de criação de técnica extra em cada nível ímpar.


Defeitos:
Fobia (1) Você tem um medo extremo e irracional de algo ou de alguma situação específica. Varia de um até quatro pontos dependendo do objeto de sua fobia.
Fobia de Robôs:
Sente estranheza, desconforto, incômodo muito grande por robôs. Foi descoberto depois de ver e ler sobre robôs em um livro de seu amigo no orfanato.

Sincera (2) Você é incapaz de mentir, simplesmente não faz parte da sua natureza. Mesmo que seja prejudicial para você, você sempre diz a verdade.

Teimosa (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Pacifista (2) Você abomina a violência e sempre que possível prefere não fazer uso desse artifício.
Dois pontos:
Você só ataca um adversário depois de sofrer dano do mesmo.

Leal (2) Existe algo ou alguém, uma pessoa ou organização, que você coloca acima de si mesmo, não se importando com o fato de ignorar seus valores ou se sacrificar para proteger essa relação.
Lealdade a Arthur Lancaster:
Por Arthur ter sido a primeira pessoa a inspirar e incentivar Kou no caminho artístico, ela desenvolveu um sentimento de lealdade a ele pela sua confiança.


   
   Code by Arthur Lancaster



_________________

Ascensão dos Scavenger - Página 5 Fofa210

FalasPensamentos ㅤ Ações