Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Perpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 9:02 ampor  MakaRegistro de PhotoplayerHoje à(s) 5:40 ampor  RyomaRenHoje à(s) 5:30 ampor  Ryoma[Criações] - RenHoje à(s) 5:29 ampor  RyomaZaynHoje à(s) 5:26 ampor  RyomaAgatha HarknessHoje à(s) 5:20 ampor  RyomaAnnabelle Petit BarozziHoje à(s) 5:17 ampor  Ryoma''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  Ryoma[Criações] - ''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  RyomaJoe SinsHoje à(s) 5:01 ampor  Ryoma
Página 2 de 9 Página 2 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
Achiles
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Aecfe07ef5c7ca842816fd453e897a56
Créditos : 13
Localização : Lvneel - North Blue
AchilesAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18382
Hellhounds 4 - Ragnarok Qua Fev 02, 2022 10:53 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Hellhounds 4 - Ragnarok

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçador de recompensa Shiori Miyamoto, Sasha Sparks, Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll. A qual não possui narrador definido.

Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sex Fev 04, 2022 11:33 pm


Hellhounds



Sasha - Senshi - Yami

O gosto ruim tomou conta da boca da felina que logo se transformou em um lobo de proporções maiores que o comum, que não chegava a bater no teto, mas ficava próxima a altura padrão da Sasha e também com alguns detalhes diferentes. Akira, Iris e Mizuki estavam chegando no lugar enquanto Akame estava alguns metros adiantadas, no entanto, a capitã parou por alguns segundos enquanto levava a mão a sua cabeça, voltando pelo caminho percorrido até ali - Ei! Oi, já vai? - Falou a pequena com um sorriso no rosto – Sim, acabei esquecendo que preciso resolver aquele pedido de Sasha, por favor, avise a ela que tudo estará pronto em breve... e também, preciso de uma resposta da Shiori. – Falou a mulher passando pelo grupo em passos acelerados. De qualquer forma, o interior da cozinha estava um rebuliço total, Sasha se transformava e voltava para seu estado comum rapidamente, enquanto Shiori se desesperava sem saber o que tinha acontecido com sua amada.

O homem-peixe chegou na cozinha sem muita ideia do que estava acontecendo, confundindo sua irmã com um simples mascote - Cachorrinho! - Gritou Iris enquanto se aproximava, querendo fazer carinho como Akira estava fazendo naquele “animal”. No entanto, subitamente o lobo se transformou em sua irmã novamente e todo desenrolar das ações foram como narradas pelos protagonistas, que chegaram em um consenso onde aquilo era realmente uma Akuma no Mi e não uma maldição, já que lobisomens não existiam... ou será que sim? Enfim, a conversa continuou e a presença de Astolfo preencheu o ambiente, tomando um puta susto enquanto Sasha se transformou novamente em sua forma completa – QUE PORRA É ESSA! – Gritou o homem passando as mãos em seus olhos como se estivesse desacreditado daquilo tudo – Akuma no Mi! - Falou a pequena Iris que se mostrava extremamente animada com aquela situação.

O grupo então continuou em suas interações enquanto decidiam seus próximos passos, que aparentemente seriam mais uma remessa de treinamentos - A ruiva da marinha disse que está ajeitando o seu pedido! Que hoje ainda sai ou foi amanhã? Alguém lembra como ela falou? - Falou a pequena com uma expressão confusa - Acho que ela falou que hoje ainda estaria tudo pronto. - Completou Mizuki. Mamaco não estava por ali, provavelmente estava dormindo e Rango parecia ter ido ao banheiro, chegando por último na cozinha – Por que “ôcês” tão com essa cara de cu murcho? – Indagou o coiote que mal sabia que tinha mais um canino na matilha que fazia parte. Aliás, todos comeram com tranquilidade e estavam com o bucho cheio.


Volker

As comeu tudo o que cabia em seu estômago, estando pronta para rodada de treinamentos que provavelmente estava perto de acontecer, isso é, se Sam conseguisse a ajudar de Troy novamente – Sim, seu olho é um mecanismo que fornece algumas informações como: Informação sobre consumo de combustível e gasto de energia, demonstradores de velocidade e também alcance, medidor de oxigênio, informações sobre o ambiente, como clima, umidade do ar, vegetação.... – Parou por alguns momentos - Em resumo é isso, é usado como um item de utilidade, para facilitar um pouco a sua vida. – Conclui a mulher escutando as palavras da caçadora – Realmente, preciso de mais algumas horas de sono. E não se preocupe com nada, fique a vontade. – Finalizou de vez a sua participação nessa narração.

As e Luna estavam sozinhas, então vocês já devem imaginar não é meus amigos? O couro vai esquentar - Seria um desperdício não é? - Respondeu a garota sentando bem próximo a caçadora. Era verdade, Volkerball podia ter morrido e perdido tudo aquilo que lhe fazia feliz, como Luna por exemplo - Você me conhece tão bem... - Continuou a mulher usando de todo seu charme já conhecido por As - E você ainda pergunta? - Completou aproximando seu corpo ainda mais da protagonista, começando os trabalhos.


Histórico:


Legenda:



Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sab Fev 05, 2022 1:18 am


Ragnarok
Cat



Com a aparição de minha Íris, eu não teria achado nem um pouco ruim ainda que tivesse voltado a forma normal ter recebido algum carinho na cabeça, quanto a isso sempre seria um jeito mais fácil de ganhar a minha afeição, já que eu gostava muito de carinhos assim, onde a teria oferecido ambos os braços para Ìris dizendo - Quer brincar de cavalinho?- Eu não sabia lá muito como lidar com crianças as vezes mas eu gostava da minha ìris e não só não vi maldade em aproveitar que eventualmente quando fosse a hora de ir nos chamariam, como aprender a me mover nessa forma seria divertido.

Se ela tivesse aceitado eu teria a pego no colo e colocado atrás a posicionando em meus ombros e então começaria a correr com ela pela cozinha, inicialmente em forma humana fazendo barulhinho com a boca - Nyuammmmmm- Fazendo algumas curvinhas e então me transicionei pra forma completa de lobinha, de modo que ela pudesse se segurar e manter sem fazer muito esforço físico, pois não dava pra brincar de coisas que a cansasse muito, onde continuei - Awoooo nyummmm E iria correndo e brincando até que ela se cansasse e parecesse deixar de ser tão divertido.

- Pronto, agora que minha ìris brincou com a Sasha, você tinha dito alguma coisa né? A capitã ruiva falou que ia chamar quando fosse ? - Teria aos poucos voltado a forma humana e a ajudado a descer, prestando o máximo de atenção que uma Sasha poderia prestar para absorver aquilo que me interessava sobre o assunto, havia sido bem divertido, fazia tempo que eu não corria sobre as quatro patas assim, a ultima vez que eu fiz isso foi brincando com o Pack laa em Sorbet.

Com o Assunto da Às, até ergui a orelha, prestando atenção no que meu Akira tinha a dizer, desde que tudo aconteceu, talvez eu tenha evitado pensar muito sobre o assunto, eu tinha visto que colocaram algo meio que como proteses? Nela e eu acabava comentando - Acho que pra cuidar da minha Às, vai ter que ser um trabalho em equipe agora né? Não que eu queira que ela chegue a se machucar nunca mais. - Pensei alto, um pouco triste com o que havia acontecido, mudando rapidamente o meu humor.
- Bom, espero poder ver minha Ás logo, enquanto isso, Sasha vai ver se consegue resolver as coisas dela, especialmente porque agora eu tenho mais uma nova coisa pra descobrir.- Eu teria dito colocando a mão a frente, tentando ver se eu conseguia emitir alguma coisa, eu bem conhecia Akumas no mi, apesar de não ser capaz de identificar a minha, além do óbvio de eu agora ser uma gata loba mas, eu não sabia bem dos meus limites ainda, obviamente com a mão não apontando pra ninguém que eu me sentisse mal de acertar, concluindo que eu bem poderia ficar um tempinho a mais ali pra ver se a capitã ruiva iria vir nos chamar ou não.

Histórico:


_________________



Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sab Fev 05, 2022 1:19 am
Ragnarok


Com a pequena chegando, eu achei que ela talvez fosse assustar, mas ela tinha gostado da situação o que era bom, ela até já sabia que era uma Akuma, tava mais esperta que eu que levei tempo pra chegar nessa ideia… Mas era algo tranquilo apesar da surpresa de Astolfo, ninguém mais tinha ficado preocupado, mas a pequena mesma explicava, então está tudo suave.

Só que depois de tudo isso, eu só pensava comigo mesma, porra ele é um mago… Ele devia ter achado o truque de boa não? Enfim, magos… Quem entende eles. -E ae Rango. Cara ela comeu uma Akuma no Mi!! E vira um lobo grandão agora. É isso aí.- disse de forma que fosse efetiva em explicar tudo em poucas palavras.

Enquanto isso ia pegando os pratos de todo mundo sobre a mesa e colocando eles na pia, enquanto iria lavando eles para poder ficar livre de tudo. Só uma lavadinha que ia ficar tudo suave. Com isso após tudo, me focaria em ver as duas brincando, o que era legal, ela merecia esse tempo de descontração.

Com isso ia puxar papo com o Akira, como sabia que ele tinha ido ver a Às era uma coisa que ficou na minha cabeça, saber como ela estava naquele ponto da historia.-Como ta a Às? Ela ta melhor? Ainda não voltei a ver ela.- Disse com tom de curiosidade enquanto ouviria atentamente os detalhes do que ele fosse falando, de certo modo se ele falasse que ela tava bem, eu iria ficar mais tranquila.

E com isso iria responder também.-Entendi, eu imagino que ela deva levar mais um tempo pra se adaptar totalmente a situação atual. Bem, ao menos ela está melhor.- diria dando um sorriso coçando a parte de trás da cabeça, e logo voltando a prestar atenção ao que Iris tava conversando com Sasha, de modo a guardar a informação dessa vez.

Anteriormente era tanta coisa corrida que só entendi que a capitã queria alguma coisa com a gente de alguma maneira. Provavelmente algo relacionado às minas como havia sido combinado, mas não custava nada ouvir de novo tudo, pra ter maior certeza.



Historico:

_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 VYrwji0
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sab Fev 05, 2022 3:03 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Espera o que? - a explicação de Sam me gerava imediata confusão, embora soubesse que usava um olho mecânico, ouvir aquela lista de coisas que ele supostamente podia fazer era no mínimo estranho, até porque parecia que eu enxergava tudo normalmente. - E como assim combustível? Eu tenho que abastecer? - coçava a cabeça, olhando tanto para mulher como para Luna, demonstrando que de fato aquilo era uma bela de uma surpresa. - Aarf, bom podemos deixar isso para depois que você descansar, até lá eu tento descobrir como usar isso. - apontava para meu olho esquerdo, com um meio sorriso de quem não iria forçar a mulher a permanecer mais um dia em claro. - Tenha um bom descanso Sam. - dizia de maneira carinhosa, antes de sentar-me perto de Luna, comentando a respeito do que tínhamos acabado de ouvir.

Que loucura, parece tão normal, será que deveria fechar o outro olho pra ver se funciona? - fechava meu olho direito, numa tentativa de observar o que Sam havia falado, mas não produzia qualquer efeito, pelo menos não de maneira intencional. A partir dali, passava a conversar com Luna, que sentava-se próxima de mim e claramente parecia entender meu tom e minhas intenções. - É, para ambos, você não iria encontrar alguém como eu por ai. - brincava com a mulher, mas bastou sua última resposta para puxá-la para um longo e proveitoso beijo, eu realmente parecia estar sentindo muita falta daquilo. - Podemos ficar à vontade, mas é melhor não aqui na sala né? - brincava com a mulher, que se respondesse positivamente, me faria carregá-la nos braços, enquanto procurava um local mais reservado para que pudéssemos acertar as coisas. - Vamos tentar não cantar muito alto para não acordar a Sam. - brincaria, quando chegássemos no quarto, onde não apenas continuaríamos com os trabalhos, mas sim talvez fizéssemos alguns plantões e horas extras, até estarmos devidamente satisfeitas uma com a outra.

Isso foi muito estranho pra você? - diria com Luna em meus braços, onde poderia sentir sua maciez, por toda a extensão de meus membros robóticos, tal como seu perfume indescritível. - Hmm, bom saber. - respondia, caso ela me respondesse a pergunta, seguindo aquele momento com novas perguntas. - Eu apaguei naquela caverna, do que você se lembra daquele dia? Você esteve com Akira, Sasha e Shiori, eles estão com a presença de marinheiros não é mesmo? - era um questionamento com base em tudo que havia escutado de Akira, Íris e Sam, mas gostaria de uma resposta mais elaborada da parte de Luna, muito porque a mulher conseguia captar coisas que os outros não pareciam se importar. Se ela comentasse sobre a marinha, seria direta na fala. - Como são esses marinheiros? O que achou deles? - permaneceria atenta, deixando Luna falar livremente. - Noema parecia saber que o local era perigoso, mas não sabia o tipo de perigo e também não nos falou o que ela queria. Acha que a marinha pode saber do que se trata? - a abraçaria com mais força, antes de beijar-lhe a testa. - Seduzir Noema pode funcionar, mas se ela não souber de nada a diversão terá sido em vão, talvez se apostarmos na marinha, podemos descobrir algo de interessante. O que acha de tentar arrancar algo dos marinheiros? Algumas cervejas devem bastar pra você descobrir algo. - suspirava, esperando uma opinião da barda.

Permaneceria no quarto junto de Luna e sairia dele somente se Troy surgisse na casa, ou Sam despertasse de seu sono. Ainda precisava treinar, tal como precisava saber da cientista, tudo o que podia fazer com meu “novo” corpo.















Histórico:





_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sab Fev 05, 2022 3:20 pm

Ragnarok
- Falas | ~ Pensamentos



Ainda eufórico com as transformações de Sasha, ficava observando-a como um telespectador curioso enquanto ela brincava com Íris. A felicidade no rosto da pequena era algo reconfortante, e vê-la se recuperar tão bem de seus machucados havia sido o ponto chave. Após a breve refeição, acabaria me disponibilizando para auxiliar na lavagem da louça, afinal não era justo deixar todo o trabalho para uma pessoa só. — Bem, se o treinamento retomar hoje, já estou pronto. Depois de uma refeição dessas, topo qualquer parada! — Sorriria para minha irmã lupina, em agradecimento pelo incrível banquete.

Com Rango de volta, questionando nossa surpresa, acabava indicando em direção de Sasha com a cabeça, dizendo que se tratava dela. — Sasha comeu uma Akuma no Mi e agora é um lobisomem! Apesar de aparecer umas nuvens esquisitas ao redor dela quando se transforma. — Comentava, olhando para ela novamente para ver se visualizaria aquele fenômeno novamente. O assunto, então, acabava chegando até Às, naturalmente, uma vez que as duas ainda não haviam tido notícias dela. — Ah, ela tá bem. Pode ser um choque para vocês vê-la… Mas ela está lidando bem com isso. — Tentaria colocar em palavras o sentimento, mas era difícil descrevê-lo. — Como ela teve a perda de todos seus membros, Sam acabou colocando implantes mecânicos, o que a tornou meio-máquina, por assim dizer. Por conta do jeito que fizeram, ela acabou conseguindo aprimorar a ponto de voltar a sentir o tato nos membros eletrônicos, mas ainda é uma cena difícil de ver sem se lembrar do que aconteceu. — Comentava ainda com um certo pesar na voz.

Ainda assim, esboçava um sorriso no fim de tudo, pois estava grato por ela ainda estar viva. — Mas ela se lembrou de todos nós! E parece animada com o que pode fazer com os limites do novo corpo. Disse que estaria realizando alguns ajustes e um treino antes de vir visitá-las. Também falou que está com saudades. — Mizuki, Luna e Íris poderiam complementar mais também, mas achava que toda informação além daquela deveria vir da própria Às quando chegasse até nós.

Quanto aos nossos próximos passos, eu precisaria aguardar Mamaco terminar o seu descanso, de modo que me deixava um certo tempo livre por ali. — Inclusive, acha que poderia dar uma ajeitada nas Bubbles, irmã? Depois do que aconteceu, elas acabaram ficando um pouco gastas… Talvez dar uma renovada no material? — Diria mostrando as manoplas para a mesma, que por mais que fossem cuidadas com muito zelo, ainda assim sofriam por serem utilizadas em combate. — E quando forem falar com a capitã, quero ver se consigo um tempo com ela também. Gostaria de ver se eles possuem informações sobre o paradeiro de Kraa, ou talvez de alguns de seus seguidores. Não irei descansar enquanto eles estiverem por aí machucando outras pessoas. — A determinação de minhas palavras era uma prova concreta de que eu iria ter aquele acerto de contas, pois só assim eu poderia ter a paz necessária para retomar ao planejamento de festas.


  • Posts: 4
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 72.500.000 - Rank C
  • Posts Desvantagem: 1/20
  • Players/NPCs: Sam, Mamaco,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 33930
STA: 800

Força: 1061 +80 +360 +500 = 2001 [Perito]
Destreza: 720 [Talentoso]
Acerto: 2655 +80 +360 +400 = 3495 [Perito] +5%
Reflexo: 0 +360 +400= 760 [Hábil]
Constituição: 400 +80 = 480 [Hábil]

Agilidade: 2127
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 500
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.




_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YDNzcDa
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Sab Fev 05, 2022 10:12 pm


Hellhounds



Sasha - Senshi - Yami

Iris logo aceitou a ofertar de Sasha, começando a brincar de cavalinha com a gata canina, que por sinal continuava a transitar entre sua forma humana e a proveniente dos poderes da Akuma no Mi. De qualquer forma, o grupo parecia bem e todos ouviram as informações que Akira trouxe da sua irmã, contando para eles que agora ela era uma verdadeira ciborgue, com novos “poderes” - Sim, ela falou que iria acertar tudo ou algo assim, que era para te avisar. - Repetiu a menina sem muita convicção do que estava falando, mas, Sasha conseguia entender rapidamente do que se tratava.

Não havia muito mais a narrar além da presença de Mamaco e Girimundo, que chegaram no final de todo café da manhã, mas não conseguiram ver a transformação de Sasha, já que agora ela não estava mais de transformando naquele grande lobo – Bom dia pessoal! – Falou o Símio caminhando lentamente enquanto coçava sua lombar, indo em direção a fruteira e pegando algumas frutas, começando sua alimentação matinal – Dormiram bem? – Continuou a falar em meio a sua alimentação – O que temos para hoje? – Finalizou sentando em uma das cadeiras. Enquanto eles interagiam ali, Mizuki se aproximou de Shiori e falou em um tom mais baixo - A capitã também pediu para avisar que está esperando sua resposta, não conseguir entender muito bem do que se trata... - Finalizou a mulher. Por fim, todos continuavam ali com certa tranquilidade.


Volker

As palavras de Sam geravam algumas dúvidas em As, mas que seriam respondidas em outra hora, já que a cientista estava realmente cansada de todo aquele plantão em prol da caçadora. De qualquer forma, as ações carnais envolvendo a ciborgue e Luna aconteceram com louvor, mostrando que a protagonista realmente não tinha perdido o tato e nem a sua maestria com os dedos, bocas e o restante do corpo - Lembrar daquele dia me trás um misto de sentimentos.. aquele homem era forte, ele conseguiu lutar habilmente contra seus irmãos e ainda causar mais danos a você... - Comentou Luna inicialmente - De verdade, pensei que minha vida acabaria naquele dia. Mas por sorte, ele não conseguiu aguentar com todos juntos, mesmo que inicialmente se mostrou poderoso para isso. - Continuou a mulher - Quando saí de lá junto com Akira, deixei Shiori e Sasha lidando com eles, Rango não estava com a gente, ele tinha ficado em algum outro lugar onde ele e o Akira ficaram presos anteriormente, só voltou no outro dia quase. - Parou por alguns momentos se aconchegando em As - Sam te ajudou da maneira que pôde, mas você voltou sem memória e todos se sentiram mal, culpados... você entende, não é? - Finalizou.

E assim Luna continuou por alguns segundos enquanto ouvia as palavras de Volkerball - Os marinheiros são tranquilos, a Capitã chamava Akame queria recrutar seus irmãos para fazer parte do governo, provavelmente fará o mesmo contigo quando lhe ver. Ela deu abrigo e alimentação, acredito que unicamente com esse interesse em trazê-los para o grupo. Mas, pelo menos Akame não parece ser uma pessoa ruim. - Disse a mulher - Ah! Lembra daquele Macaco antes de viajarmos para essa Ilha, ele é um ex-agente do governo, foi responsável por ensinar algumas técnicas para seus outros irmãos. - Continuou falando e ouvindo as palavras da caçadora - Sinceramente não sei, Noema parecia saber do que se tratava, mas também parecia não ter todas as informações... ela realmente agiu estranhamente enquanto entramos naquela caverna. Acho que as duas opções são boas, mas tenho um certo receio em mexer com a Marinha, sabe, eles podem achar algo errado e acabarmos entrando em uma furada. - Ela parou por alguns segundos mais uma vez - E bem... acredito que informações iremos conseguir algo melhor na marinha, já que eles contam com uma rede de informações maior... vai muito do que você prefira. - Concluiu a mulher.

Algumas horas passaram por ali e duas batidas na porta foram ouvidas por Volkerball, que ao ir ver quem era, notaria que Troy estava ali para lhe ensinar novamente – Dessa vez estou sendo pago. – Gargalhou logo após falar entrando na casa para fugir do frio.


Histórico:


Legenda:



Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Dom Fev 06, 2022 1:24 am


Ragnarok
Cat



Com tudo aquilo que havia ocorrido, respondi - Sasha dormiu bem, não que Sasha tenha muita dificuldade mas, sempre que é em uma cama assim é bem melhor do que quando eu durmo e sou carregada pra macas de hospital Nyahahaahha - Comentei me lembrando que eu acabava passando do ponto em minhas batalhas com frequência quanto a outra pergunta, Sasha não entendeu muito bem mas teria dito - Acho que Sasha vai focar em aprender a melhorar o que já sabe e testar alguns limites mas, fazer isso até dar a hora de ir minerar, Sasha quer esse gelinho, vai ser muito útil até mesmo pra minha Shiori fazer sempre suco gelado pra gente!- Foi um dos primeiros pensamentos que eu tive ao pensar em um gelo que não derretia.

Outras possíveis ideias vinham na criação de armas mas, isso era algo que Sasha queria explorar melhor quando tivesse com as armas de todo mundo a disposição pra ir uma rodada só de manutenção e atualização. - Como ta o campo de treinamento, tá cheio?- perguntei esperando alguma resposta por parte de um dos dois, já que provavelmente devem ter mais informação do que eu, não sabia bem como funcionava um QG mas eu supus que houvesse uma rotina mais rígida de treinamentos, já que eram militares e tudo mais.

- MInha Shiori, Sasha vai tentar treinar um pouco, de repente ver se alguém quer parceria pra treinar e tudo mais lá pelo campo, mas em principal vai tentar praticar algumas coisas sozinha, vamos lá? Eu esperei a sua resposta, como a única que importou naquele momento sobre isso, já que esperava que ela e um mamaco treinariam algo novo, manteriamos nosso tempo ocupadas.

Com tudo certo, eu teria procurado um campo em que houvesse espaço para que eu pudesse treinar o que eu tinha vontade, em um primeiro momento Eu teria deixado o Meu escudo fincado no chão e pegaria minhas duas espadas, inicialmente o treino era para que eu corresse, e mudasse de forma, segurando pelo menos uma das espadas com as mãos e então as transicionando para a boca, tentando girar no ar e jogar a espada contra a minha posição inicial.

Eu comecei primeiramente com a minha espada mais leve, me facilitaria o movimento a transição e a execução com alguma precisão, quando eu concluia o treino, eu teria ido correndo na direção da espada, provavelmente cravada ao chão e a pegaria novamente com a boca para executar um movimento de repetição, eu continuei após algum tempo, agora testando nas minhas três formas, sentada o Kami-e, torcendo a mão em torno do próprio eixo usando a técnica, pra entender quais eram os meus limites dentro de cada forma, era a parte que eu aproveitei para dar uma respiradinha.

- Hum… Há algumas chamas que eu sinto quando me transformo mas, elas não são quentes… Será que eu consigo fazer algo parecido? - Me perguntei olhando agora para ambas as mãos e me concentrando, até que pudesse sentir a sensação diferente que a minha nova fruta poderia me fazer sentir, como o clima do lado de fora era mais frio, teria sido difícil de diferenciar em um primeiro momento uma emissão vinda de minha parte mas, eventualmente eu pegaria a ideia.

Do momento em que eu entendesse que eu poderia fazer eu apenas saltaria e diria - É isso! Esse poder vai ser incrível! Nyahahahaa!- Clamaria como se tivesse sido abençoada pela própria Bastet com um poder divino, levantando a boca bem aberta contra os céus por mais suave que tivesse sido a minha demonstração inicial, e então se algo saisse sem querer eu teria dito - EEITA! e colocaria as mãos na boca depois para tapar, um pouco confusa, em um misto de euforia pela descoberta e curiosidade, eu acabava não ligando se tivesse chamado a atenção ou coisa do tipo, eu sabia que viria o chamado a algum momento mas esperava ter um tempo para explorar esse tipo de coisa e também eventualmente treinar mais o meu Tekkai, eu estava querendo seguir por uma nova direção, ao qual eu queria iniciar sozinha pelo menos.

Histórico:






_________________



Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Dom Fev 06, 2022 1:28 am
Ragnarok


A chegada dos outros dois na cozinha fazia com que os planos por dia mais uma vez fossem alterados, já que eles pareciam ter algo a mais pra dizer ali. De qualquer forma ele havia dito algo que era apenas fático, perguntando sobre a noite.-Hã? Há, dormi bem sim.- pergunta essa que mesmo que fosse de uma abordagem comum, não costumava ouvir por aí.

De qualquer modo, Sasha já ia falando de outras coisas que não muito tinham haver com esse assunto, sobre fazer sucos gelados com facilidade. E bem, era algo que imaginava, será que esse tal gelo eterno altera o sabor da comida? Ou será que ele caberia num copo.-Alguém aqui já viu essas pedras desse gelo? Elas cabem num copo ou são tipo… Estalactites?- era um questionamento sério, até por que se são algo difícil, ou mineral, deve ser bem complicado de remover.

Mas o assunto que eu não entendi era sobre a resposta que eu tinha de dar… Uma resposta? Sobre o que? Sobre viajar até o gelo eterno? Bem, eu realmente não tinha muita certeza, mas como parecia algo muito certo nessa questão eu dei um sorrisinho meio sem graça e dei de ombros.-Há, eu falo com ela depois.- complementei, me esticando tendo já deixado as coisas corretas de minha parte, e me preparando pra ir pra o centro de treino.

Olhando pra Sasha e vendo que ela tinha algo pra me dizer iria responder ela apesar de não ter entendido tão bem assim o que ela queria dizer. A minha resposta seria positiva, não sabia se o Mamaco iria fazer algo diferente em relação a treinos ou se as coisas iam só parar por ali.-Beleza, eu sigo contigo, lá eu vejo isso.- e assim tendo tudo pronto iria seguir até onde Sasha fosse, pra ver o que ela iria treinar. Apenas prestando atenção no que fosse ser dito dali em diante. Ou se o Mamaco iria iniciar ou não algum treino ou coisa assim.

Enquanto isso iria assistir Sasha se divertindo descobrindo as coisas novas que ela agora tinha a disposição, era tudo algo legal e novo, então era bom ver que ela tinha algo diferente pra testar e aprender sobre. Por isso ficava feliz vendo ela ali, testando tudo que tinha consigo.



Historico:

_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 VYrwji0
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Dom Fev 06, 2022 5:38 pm

Ragnarok
- Falas | ~ Pensamentos



Com o despertar de nosso professor, rapidamente começava a sacudir os braços em cumprimento ao mesmo, lhe desejando um caloroso bom dia. — Mamaco-senpai!! Estou pronto para retomar os treinamentos! — Animado, precisava manter a euforia lá em cima para poder extrair o máximo possível do que seria ensinado nas próximas horas. — Sinto que vou precisar dar mais uma revisada no Shigan… Mas logo depois quero aprender aquela técnica que Shiori usou contra mim. — Comentava, me referindo à técnica de disparada em alta velocidade em um curto espaço de tempo.

Abocanhando mais uma fruta para servir de energia para o treino, aguardava que meu professor finalizasse com seu café da manhã, seguindo junto ao mesmo para o campo de treinamento, em caso de já estar à nossa disposição. Com o casaco devidamente colocado em mim, enfrentaria o frio enquanto começava a aquecer o meu corpo.

~ Aprendizado SHIGAN [início] ~

A técnica por si só não era tão complexa quanto ter que dobrar seu corpo de uma forma bizarra, ou endurecê-lo como aço ou até mesmo de voar ao pisar no chão. Era simplesmente necessário apontar o dedo para frente e dispará-lo com uma força de bala, permitindo que ele perfurasse como se fosse uma sem destruir o seu dedo no processo. Como um médico, era difícil me desprender do senso lógico de que meu dedo possuía um certo limite do quanto poderia suportar até se quebrar, mas eu precisava deixar esse senso comum de lado se quisesse progredir ali.

Toda a parte teórica, e até mesmo boa parte da prática, já havia sido introduzida para mim no dia anterior. Até mesmo havia conseguido ter algum progresso, mas sentia que havia ficado tão preocupado com o aprendizado do Tekkai que havia deixado aquilo de lado, motivo pelo qual retomava o treinamento desde o começo.

E, assim foi feito, até que começasse a sentir os dedos beirando um rompimento. Iniciando o treinamento contra objetos mais macios, era fácil me acostumar com a movimentação, mas ao ver o que Mamaco conseguia fazer com rochas, era inegável que estava longe demais daquela técnica. Arriscando partir para um pedaço de madeira, acabava por ver meu dedo entortar em um ângulo nada bonito, me fazendo ter que trocar de mão para continuar o treinamento.

Não era um estudioso, longe disso, mas Mamaco explicava que o segredo estava na velocidade e ponto de pressão, não na rigidez em si. Se eu conseguisse ser rápido o bastante, e focar todo o impacto na ponta mais extrema possível de meu dedo, eu conseguiria ultrapassar qualquer resistência sem muito esforço, assim como uma bala fazia. Por não possuir uma garra, toda a dor das tentativas frustradas estava se acumulando na extremidade do dedo, mas não me pararia até que eu conseguisse realizar o furo perfeito no objeto de meu treinamento, tornando impossível distinguir se havia sido um disparo realizado por Rango ou um golpe de Shigan.

~ Aprendizado SHIGAN [fim]

A exaustão mais uma vez tomava conta de meu corpo. Estirado ao chão, enfiaria os dedos na neve para deixá-los desinchando pelas tentativas falhas do treinamento. — Me dê… Um instante… E acho que poderei retomar. — Respirava profundamente enquanto observava a espessa névoa ser gerada pelo meu hálito. Sabendo que agora o treinamento iria focar em outra parte de meu corpo, ergueria-me sem parar muito tempo, já dando uns pequenos pulinhos antes de começarmos. — Acho que tô pronto para a próxima! — Diria, determinado.


  • Posts: 5
  • Ganhos: Shigan (Post 5),
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 72.500.000 - Rank C
  • Posts Desvantagem: 2/20
  • Players/NPCs: Sam, Mamaco,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 33930
STA: 800

Força: 1061 +80 +360 +500 = 2001 [Perito]
Destreza: 720 [Talentoso]
Acerto: 2655 +80 +360 +400 = 3495 [Perito] +5%
Reflexo: 0 +360 +400= 760 [Hábil]
Constituição: 400 +80 = 480 [Hábil]

Agilidade: 2127
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 500
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.




_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Dom Fev 06, 2022 7:16 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


No silêncio daquele quarto, aproveitava da presença de Luna para conversar sobre os eventos da noite em que havia perdido meus membros e por consequência do que ocorreu depois de tudo aquilo. A mulher calmamente contava tudo, iniciando pelo confronto com Kraa. - Ele estava ferido e em desvantagem, ainda sim ele resistiu por algum tempo antes de fugir? - pontuava algumas respostas da mulher com meus comentários, de fato a última coisa que me lembrava da luta era meu último ataque, o que o havia ferido e mesmo assim não havia sido o suficiente para matá-lo. - Faltou acertar no ponto certo. - reclamava em pensamento, deixando Luna continuar a falar, enquanto sentia seu corpo apertar-se junto ao meu, fazendo-me retribuir o afago em seus cabelos. - Eu entendo… - compreendia a situação que havia se instaurado após o ocorrido, mas fazia questão de minimamente reparar todo aquele sentimento. - …mas eu estou aqui agora, bem e “inteira”! - dizia em um sussurro, sorrindo de maneira suave.

A conversa seguiu-se para o que havia ocorrido após o conflito e, ao mencionar sobre a marinha, Luna comentava algo que me chamava a atenção. - Espera, essa Capitã fez o quê? - fazia uma expressão de imediata surpresa, mas logo ela se transformava em algo bem próximo um incômodo genuíno, que quase tornou-se nojo quando a barda comentou que provavelmente ela fará o mesmo, caso me encontrasse. - Ahhh eu duvido muito que ela tenha esse culhão. - dizia com clara ironia e não era para menos, se aquela mulher fosse minimamente informada, saberia que eu era o tipo de pessoa cujo histórico familiar impedia qualquer possibilidade para tal convite, mas ainda sim era uma possibilidade. - Não se preocupe com o convite Luna, eu fui bem educada pelas minhas mães. - sorriria. - O governo que se foda! - suspirava, era sempre bom poder falar aquilo, dava um alívio em meu peito gigantesco, mas precisava mesmo assim entender a análise da mulher e compreender que talvez a capitã não fizesse aquilo por mal. - Pessoas boas em um meio ruim tendem a sofrer Luna, mas já ouvi falar de gente assim na marinha. Se ela for uma pessoa boa mesmo, eu fico com um pouco de pena dela estar envolvida com gente pior que ela.

Ao chegarmos em Noema, não questionava as constatações de Luna, dando a ela muita razão em sua análise, principalmente quando ela demonstrou seu receio em mexer com a marinha. - Só faremos perguntas relacionadas a essa ilha e as coisas estranhas que existem nela. Se eles não estão conseguindo resolver, talvez falem algo na expectativa de encontrarem pessoas que consigam. - suspirava, observando o teto por algum tempo. - Falaremos com Noema em último caso, ela sabe se esquivar de assuntos. Quanto a marinha, não precisa ter medo… - levava minha mão ao queixo dela, puxando sua face em direção a minha para que pudesse observá-la. - …se você estiver em uma furada, basta cantar e eu salvo você! - abria um largo sorriso, dizendo aquilo de uma maneira leve quase cômica, mas carregada de certeza e uma determinação de que poderia cumprir com a minha palavra. - Falando em canto… - voltava beijá-la, aproveitando a ocasião por mais algum tempo com carícias e algumas palavras sujas ao pé do ouvido, fato era que levantava após algumas horas, vestindo-me rapidamente para que pudesse caminhar até a cozinha e fazer um novo lanche, quando na volta escutava o som de alguém chegando na casa.

Olha só quem apareceu! - diria com notável alegria, saltando para abraçá-lo, algo que talvez ele não esperasse visto que em nosso último encontro, eu estava sem memórias e sem meu novo ‘corpo’. - Obrigada por ter me ajudado! - demonstrava minha gratidão, tal como mostraria meus movimentos caso ele questionasse como eu estava. - Estou ótima, só necessito de alguns ajustes finos. - dizia em tom de brincadeira. - Sabe aquela coisa de saltar que você me ensinou? Pois é, acho que eu não aprendi direito, então acho que seria ótimo recomeçarmos por ela! - Assim não perderia tempo com Troy já disponível para o treinamento, terminaria de comer o que tivesse em minhas mãos e me colocaria à disposição para dominar em definitivo o Soru.

~Início Aprendizado Soru

Atentamente me colocaria a repetir os exercícios mostrados anteriormente por Troy, refazendo toda a parte prática desde o início e apontando ao homem, os pontos em que sentia que estava falhando na execução. - Eu entendi o conceito, mas algo no decorrer da execução que torna as coisas mais difíceis. - explicaria, demonstrando uma atenção dobrada as suas explicações e desta vez, um corpo mais forte, flexível e dinâmico para atender as exigências físicas daquele processo.

Gastaria as horas que fossem necessárias para dominar em definitivo aquela habilidade, abandonando o sparring de antes para substituir por uma corrida, ou meramente um exercício de velocidade e reflexo, onde precisasse usar o Soru no tempo certo e na direção certa aos comando do homem, tudo aquilo para maximizar o conhecimento, tal como gravar fundo em meu corpo e mente, como utilizar aquilo.

~Fim do Aprendizado Soru

Isso foi ótimo! - diria com animação, esboçando alguns golpes e mostrando que ainda estava cheia de energia. - Antes eu me sentia mais cansada e pesada, agora eu me sinto mais…como eu deveria me sentir com os treinamentos. - comentava, mas logo cedia a um descanso, até mesmo para que Troy pudesse se recuperar. - Troy… - falaria. - …o que ocorreu comigo naquela montanha, já deve ter ocorrido com outras pessoas. Você sabe de alguma coisa relacionada a isso, ou saberia me informar alguém que pudesse ter essa informação? - era direta e incisiva para com o homem, naquele intervalo entre os treinamentos.














Histórico:






_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 ZaT0xpq
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Seg Fev 07, 2022 1:38 am


Hellhounds



Sasha - Senshi - Yami

O grupo continuava por ali interagindo entre si, Sasha queria treinar algumas coisas e buscar a extensão dos seus novos poderes, do jeito que podia, é claro. Até então a garota alternou unicamente entre a forma selvagem e o lobo gigante com alguns “tchans” a mais, como aquele foguinho estranho que circulava o seu pescoço. De qualquer forma, Akira estava pronto e ansiava novos aprendizados, indagando a Mamaco sobre a possibilidade dele lhe treinar, bom, o símio aceitou sem muitas delongas – Certo, vamos lá para fora. – Falou o homem-macaco. O treino então começou sem muitos problemas, onde o homem-peixe passou o tempo necessário treinando aquela habilidade.

Enquanto a dupla fazia isso de um lado, Sasha e Shiori estavam do outro, sendo que a loba observava sua amada fazendo um monte de estripulia, pulando para lá, atacando para cá. Em determinado momento seu corpo alterou para uma forma híbrida, ela ainda mantinha sua forma humanóide, mas com algumas características específicas da sua Akuma no Mi. Em determinado ponto do seu treino começou a sentir que aquelas chamas pareciam frias, diferente do padrão existente no mundo, algo verdadeiramente estranho. O segundo foi em outro ponto das suas ações, da sua boca foi lançada uma rajada de frio que acertou parcialmente Mamaco – Ei! O que é isso – Reclamou o ex-agente voltando sua atenção para Sasha – Uma Akuma no Mi? Você tinha esse tipo de poder? – Perguntou o selvagem.

Algumas coisas eram descobertas por Sasha, mas a extensão verdadeira do seu poder ainda estava nebulosa, já que era necessário um treino para isso. Existiam outros poderes? Tinha mais coisa? De qualquer forma, era um novo poder interessante e que aumentava o leque de habilidades da felina. Shiori continuou por ali, observando a garota e também podendo ver todos os seus irmãos observando o treino de Sasha e Akira, que agora estavam relativamente mais fortes.


Volker

As continuava a interagir com Luna e obtendo algumas informações interessantes sobre o homem que causou a sua queda, ele era forte, mas pelo jeito a caçadora estava convicta que daria o troco. Ela ficou surpresa com as outras informações também, sabendo da “ajuda” da capitã, que claramente tinha segundas intenções com tudo aquilo. Luna levantava um ponto importante sobre a marinha, no entanto, a filha de revolucionária não ligava muito para tal organização, bem, ela carregava o sangue de uma das maiores daquele grupo - Certo, podemos fazer assim. - Falou a mulher em concordância a sua... namorada? Bem... elas não são esse tipo de casal, né? Enfim, pareciam entrar em um acordo sobre os próximos passos, voltando as ações novamente para aproveitar o tempo perdido.

O tempo passou e logo Troy retornou ao lugar ficando surpreso com a nova aparência da ciborgue, de fato, ela estava muito melhor do que antes – Não precisa agradecer, no final das contas estou sendo pago para isso. – Falou o homem com um sorriso no rosto – Você está melhor nessa forma. – Comentou sobre o novo corpo. O treino da dupla começou sem mais delongas, ali mesmo na sala onde tinha o espaço necessário para eles treinarem com tranquilidade, é claro, afastando alguns móveis para que nada atrapalhasse. Algumas horas passaram e o Soru foi apreendido pela caçadora, que estava animada pelo aprendizado da nova habilidade que abria novas possibilidades para ela – Pelo jeito esse corpo é realmente bom, nunca vi algo assim. – Falou Troy sentando-se em um dos sofás por ali. A pergunta da garota pegou o homem de surpresa, ele parecia saber de algo mais não esperava ser indagado tão diretamente assim – Os sumiços eram coisas que já aconteciam há muito tempo, o problema real era que ninguém conseguia encontrar o culpado. Já foram na montanha, alguns voltaram e outros não, ficou uma situação realmente complicada. – Comentou o homem observando a garota – Pelo que ouvi nos últimos dias... é culpa do Kraa, certo? Bom, pelo menos é isso que ouvi de alguns colegas da marinha. Falaram de alguma outra mulher que tinha sido dada como morta no passado, mas é algo que realmente não tem muitas informações. – Continuou o homem – Comentaram que esse tal de Kraa faz parte de uma seita ou organização, isso não conseguiram saber muito bem, porém, ninguém sabe onde ele está no momento. – Pausou por alguns segundos, pensando no que tinha tido – Essas pessoas que me informaram não sabem. – Era isso, talvez alguém soubesse? Sim, mas não seria tão fácil para Volkerball descobrir.


Histórico:


Legenda:



Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Seg Fev 07, 2022 1:35 pm

Ragnarok
- Falas | ~ Pensamentos



O árduo treino dava uma breve pausa no instante em que meu instrutor acabava por ser quase atingido por uma baforada de chamas azuis vindo de minha irmã. Havia ficado tão imerso no treinamento que sequer havia notado ela adquirir aquela forma híbrida entre lobo e felina, o que deixava minha mente confusa. — Eu sabia que tinha algo de estranho aquelas chamas no teu pescoço! — Comentava, feliz por ela ter adquirido um poder completamente novo.

Mamaco questionava, uma vez que era a primeira vez visualizando aquele tipo de poder. Também era uma novidade para mim, mas ao menos já sabíamos um pouco mais. — Ela achou hoje de manhã e ficou se transformando o tempo todo. Ainda não sabemos bem o que é. — Aquilo talvez pudesse ser até mesmo uma brecha para Mamaco dizer o que poderia ser, ou talvez chamar algum especialista no assunto. — Mas de qualquer forma, estou pronto para a próxima! Soru agora, certo?

~ Aprendizado SORU [início] ~

Apesar das distrações, Mamaco acaba introduzindo de forma breve o conceito por trás da técnica. Ele utilizava da própria batalha de Shiori contra mim como exemplo, destacando a incrível velocidade da Mink em um curtíssimo espaço de tempo. E como isso era possível? Como eu conseguiria avançar uma distância tão longa em tão pouco tempo? Simples, bastaria eu dar todos os passos necessários antes mesmo de sair do lugar. — Como é que é? — Perguntaria incrédulo, mas Mamaco era um professor paciente, e explicava de forma lenta.

A teoria acabava por ser apenas uma explosão de velocidade nos pés, disparando em altíssima velocidade numa direção pré-determinada após realizar diversas pequenas passadas antes mesmo de sair do lugar. De acordo com ele, a teoria era a mesma para a técnica do Geppou, mas esta segunda era mais complexa pela necessidade de fazer isso no ar, e não utilizando o chão a seu favor. Após algumas breves demonstrações de forma mais didática, acabava por me posicionar em um local mais reto, com pouca inconsistência no solo para facilitar o meu trabalho. E assim era iniciado, com tentativas ridículas no começo. Parecia que eu estava com um tremelique na perna, como um cachorro que estava recebendo cócegas na barriga e começasse a balançar a pata. Tudo o que eu havia conseguido fazer com aquela tentativa era de cair de cara no chão no momento em que fosse sair do lugar.

As próximas tentativas não foram muito longe disso, mas Mamaco explicava novamente e destacando o músculo que eu precisava focar a minha força. Com a panturrilha já dolorida, começaria a realizar algumas disparadas como se fosse uma corrida normal, mas no meio do caminho tentaria acelerar os passos sem exatamente sair do lugar, para ver se haveria progresso. Aos poucos eu começava a conseguir avançar com determinada velocidade, mas no momento em que meus olhos perdiam o foco dos meus arredores, eu parava por instinto, antes de bater com o rosto direto numa parede.

Com as horas se passando e a fome voltando a me perturbar, começaria a dar maior foco e vigor naquele treinamento, que aos poucos começava a tomar forma. Se antes não conseguisse sair do lugar sem me estabacar, agora conseguia realizar pequenos dashs para começar a tomar confiança, mas ainda sentindo as panturrilhas extremamente magoadas. Seria questão de treinar um músculo no qual eu não estava acostumado, dizia Mamaco, de modo a me encorajar a continuar treinando todos os dias para ser capaz de tornar aquilo um movimento tão comum quanto andar.

~ Aprendizado SORU [fim] ~

Sentava-me no chão e com o corpo completamente dolorido. Massageava as panturrilhas, em desculpando por levá-las ao extremo daquela maneira, mas ao menos eu estava satisfeito com o progresso até então. — Você não pega leve mesmo, Mamaco… Mas agradeço por fazer extrair o melhor da gente, GHYAHAHAHAHA! — Me levantando, agradeceria o mesmo com uma reverência respeitosa, antes de voltar minha atenção para o que realmente importava. — Inclusive, depois de tanta coisa, acabei não conseguindo falar devidamente com você ou seus amigos. Quando toda a questão estiver resolvida, o que acha de prepararmos uma grande festa por aqui, huh? Podemos chamar todos os marinheiros para um dia de folga e fazer uma grande fogueira para esquentar o lugar! Gosto de me despedir das ilhas onde estou com uma grande festa, GHYAHAHAHAHA! — Diria, aguardando uma resposta do mesmo.

Por fim, buscaria minhas irmãs com o olhar, observando-as treinando também. Caso alguma ficasse livre, me aproximaria com o corpo já recuperado, dessa vez focado na próxima etapa. — Estava pensando em ir atrás da Capitã, o que acha? Talvez procurar informações sobre Kraa ou outros procurados. Quero botar à prova tudo o que aprendemos até então. — A bem da verdade era que já havia tempo desde que caçamos um procurado, e era hora de retomar o meu ofício e acumular um pouco mais de recompensa em minha carteira. Independente de estar sendo acompanhado ou não, acabaria pedindo informações a quem estivesse disponível, para então ir atrás das informações necessárias para eu ingressar naquela jornada em busca de acerto de contas.


  • Posts: 6
  • Ganhos: Shigan (Post 5), Soru (Post 6)
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 72.500.000 - Rank C
  • Posts Desvantagem: 2/20
  • Players/NPCs: Sam, Mamaco,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 33930
STA: 800

Força: 1061 +80 +360 +500 = 2001 [Perito]
Destreza: 720 [Talentoso]
Acerto: 2655 +80 +360 +400 = 3495 [Perito] +5%
Reflexo: 0 +360 +400= 760 [Hábil]
Constituição: 400 +80 = 480 [Hábil]

Agilidade: 2127
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 500
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.





_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YDNzcDa
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Seg Fev 07, 2022 5:22 pm


Ragnarok
Cat


O QUE DIABOS É iSSO SASHA VIROU UM LOBO DRAGÃO GELADO BOLADO É iSSO MESMO? Exclamei em minha mente sentindo por um momento percorrer pelo meu corpo um mundo de possibilidades ao qual me encantou, apesar de ter acertado Mamaco sem querer. - Foi sem querer, machucou? - Eu teria me aproximado um pouco pra ver melhor o que havia acontecido, respondendo - Nyan Sim, Sasha acabou comendo enquanto comia umas frutas na cozinha… Sasha é melhor de olhar pras frutas que come agora…. Nyahaha - Comentei colocando uma das mãos atrás da cabeça coçando levemente.

Mamaco teria a minha atenção pro caso de ele falar algo novo sobre os meus novos poderes no entanto eu não iria atrapalhar o treino da minha Shiori e do Meu Akira, dessa vez eu me coloquei contra um canto e comecei a treinar como lançar aquela energia gélida, posicionando a minha mão contra uma parede ou alvo que parecia que não machucaria ninguém e fechando o punho teria dado um soco pra frente - Vai gelo! E com o insucesso eu teria mexido as orelhas meio confusa, tentando várias outras poses de mão enquanto falava - Vai gelinho nyan! algo que demandou algumas tentativas até que eu me acostumasse.

- Certo, Acho que Sasha ta começando a pegar o jeito, eu consigo soltar isso do corpo… Então se eu der direção e intensidade…. - Teria feito um movimento de meia lua com o corpo, logo colocando a frente o corpo com intensidade, utilizando de minha prontidão, lançando um pouco da energia pra frente.

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 E58fcf2b001fbe6ad80a467ebd565eea

Eu não sabia o quanto aquilo seria efetivo, já que eu ainda tinha de fazer uns movimentos meio espalhafatosos pra guiar muito pouco do geladinho pra frente e mesmo a quantidade atual ainda não parecia ser ainda assim tão potente… Pela boca será que é mais fácil? - NYAARGH!- Comecei a rugir alto para a parede pra ver se saia, pr entender o sentimento de soltar mas não era isso, devia ser mais natural até que PERA AI! Quando pouco percebi eu estava soltando aquilo de forma descontrolada a frente, tentando não acertar ninguém gritando na minha cabeça COMO EU PARO ISSOOOOO EU SÓ APRENDI A LIGAR!

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Brosily-dragon-ball-super

Começaria a recuar e estabilizar a minha postura, forçando fechar a boca diante daquilo pra parar de soltar o ár gélido intensamente pela boca - Sasha é assustadora, ela tem poder demais! - Por um momento teria olhado o estrago feito e então sentaria um pouco pra descansar, colocando a mão na garganta, acho que eu estava pegando o jeito mas me faltava lapidar aquilo… Talvez comece a ficar mais natural com o tempo, Sasha sempre foi boa de improviso em combate mas nem tanto em aprender a teoria de como fazia algumas coisas.

Após descansar um pouco me levantei novamente fechando os olhos e me concentrando, fazendo alguns movimentos com a mão, tentando ver como poderia ser pra se defender usando aquilo, já que estendia o meu alcance talvez… - Eu não pareço ser vulnerável ao meu próprio poder… Então talvez um tekkai de duas etapas? É isso nyaan!- Eu me concentraria em emanar por todo o corpo o ar frio, tentando criar uma camada extra de proteção… Eu ainda não sabia exatamente o quanto aquilo seria útil ou se daria certo mas, a hora de testar em segurança era agora.


Histórico:



Última edição por Sasha em Seg Fev 07, 2022 9:15 pm, editado 1 vez(es)

_________________



Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Seg Fev 07, 2022 5:23 pm
Ragnarok


O Mamaco pareceu interessado nesse papo da Akuma no Mi também algo que fazia total sentido, mas agora era hora de buscar meu treinamento também, afinal eles já tinham começado a tentar se desenvolver, então por que não buscar o mesmo naquele instante.

Então depois do papo do Mamaco com a Sasha, iria já chegar perguntando sobre o que eu realmente queria saber a técnica de se desmantelar toda, e ficar usando isso, tipo um mamulengo… Parecia que era o mais importante no momento.

Então eu logo diria.-Então eu quero aprender aquela técnica também, a de ficar toda mole, tô afim de treinar também.- dizia esperando que ele fosse me explicar como funciona essa técnica aí, até por que eu tinha de pensar bastante no que ia aprender hoje, por que é provável que minha próxima batalha seja complicada, se formos lutar contra pessoas daquele tipo.

~Aprendizado de Kami-e~

Então iria manter a atenção na explicação quando ele me explicasse o conceito, começando a naquele instante a tentar fazer todos os movimentos para desdobrar minhas articulações. Algo que anteriormente eu não conseguia fazer exatamente da maneira certa.

Era complicado e as primeiras vezes eu acabava torcendo demais o braço.-Acho que desloquei meu ombro sem querer, ih rapaz…- então ira puxar com a outra mão de volta pro lugar, e começar as tentativas denovo.

Algo que iria repetir, buscando sempre seguir novas instruções dele, enquanto tentava aplicar essa técnica nova, passando o tempo que fosse preciso pra desbravar o conceito e entender os detalhes sobre ela. E pouco a pouco iria melhorando até finalmente aprender o que se tratava aquilo.

~Fim do Aprendizado~

Com aquilo terminado iria sentar uns segundos, ajeitando novamente meus ossos no lugar, era uma coisa complicada de verdade, das técnicas acho que foi a que mais achei estranha, era de uma flexibilidade tamanha realizar isso, mas as vezes parece meio assustador. Então acabava dando risada da minha própria ideia sobre aquilo.

Iria rapidamente na cozinha tomar alguns copos de água e voltar para a sala de treinos, onde iria olhar para o que os outros estavam fazendo antes de começar meu próximo treino, pra ver como eles estavam indo nos aprendizados.



Historico:

_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 VYrwji0
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 4 - Ragnarok Seg Fev 07, 2022 5:57 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Eu também nunca imaginei que algo assim fosse possível. - durante a pausa do treinamento, podia aproveitar a ocasião para conversar com Troy que parecia ainda intrigado com o desempenho de meu novo corpo. - Mas Sam de alguma maneira conseguiu conectar os conhecimentos de minha mãe com a tecnologia que ela já possuía. Ela é realmente incrível. - tecia um elogio sincero à mulher, antes de questionar o caçador diretamente sobre as coisas estranhas que ocorriam na ilha. Atentamente escutava tudo o que ele tinha a dizer e infelizmente não parecia ser muita coisa, visto que tudo ainda parecia muito misterioso. - Mas porque a montanha? - o questionamento saia pelos lábios, mas não carecia de uma resposta a menos que Troy soubesse justificar aquilo, ainda sim somente Kraa parecia ser alguém conhecido naquela situação e claramente havíamos observado mais de uma pessoa atuando na montanha. - Ele está ferido. - respondia, observando o caçador de soslaio, com a propriedade de quem de fato estava naquela ocasião. - Custou-me um braço abrir um buraco no corpo dele, mas parece que não foi o suficiente. - suspirava, sentando-me ao lado do homem.

Você acha que algumas dessas pessoas podem estar omitindo alguma informação? Ou que tenham pessoas acima delas, que podem saber de algo? - relaxava o corpo pelo sofá, observando o homem com bastante seriedade. - Eu estou no meio de uma nevasca procurando uma pequena agulha, eu preciso saber onde posso começar a procurar essas informações. Eu sei que você está sendo pago para me treinar, não me importo de pagar para ter um direcionamento. O que me importa agora é treinar e torcer para que Kraa não tenha uma recompensa, porque quando eu encontrá-lo, não vai restar nada que eu use de prova para reivindicar o valor pela cabeça dele. - esfriava meu tom, tornando-o sério e compenetrado, sequer disfarçando a raiva que habitavam naquelas palavras. - Mas isso é assunto para depois do treinamento. - o tom mudava, saindo da seriedade para ganhar gradativa leveza e animação. Saltava do sofá, esboçando um aquecimento, trocando socos no ar e me alongando um pouco. - Quando eu era mais jovem eu observava algumas pessoas usando uma habilidade estranha, como se eles pulassem em pleno ar e assim conseguiam se manter a metros de altura. Acha que pode me ajudar com isso? - com isso, retomaria meu treinamento com Troy, colocando-me inteiramente compenetrada em absorver tudo o que ele ensinava.

- Início Aprendizado Geppou

Havia uma facilidade inicial em compreender o conceito daquela habilidade em particular, conforme Troy explicava, poderia traçar um paralelo para com o Soru, como se ambos bebessem de uma mesma fonte, do conceito da movimentação dos pés, dos chutes e de como projetarmos o corpo para uma aplicação correta. - Ok, mas ainda sim parece estranha a ideia de manter-se no ar. - argumentava, mantendo uma longa conversa até sentir que havia compreendido completamente a parte teórica do Geppou, que era o nome que ele havia usado para identificar aquilo.

Se a teoria parecia simples, a prática nem chegava perto, o enraizamento do Soru parecia um problema e a falta de um terreno sólido só piorava as coisas, quando não falhava clamorosamente, executava um Soru de maneira não intencional e isso nas primeiras horas me aborrecia bastante, ainda que Troy demonstrasse notável paciência para corrigir-me. - Acha melhor que eu use apenas uma perna? - a estranheza surgia quando ele sugeria uma prática estranha, não utilizar as duas pernas para executar o movimento, mas sim uma única, pois ele alegava que caso conseguisse executar rapidamente o movimento com uma perna e depois a outra, só teria o trabalho de encontrar uma sincronia entre elas.

As horas se passaram, com fracassos mas com uma singela melhora dentro da prática sugerida, os tombos se multiplicaram, e a sensação de dor também, principalmente em minha costas. Mas sim conseguia aos poucos dominar aquilo, esboçando pequenos segundos planando no ar a uma pouca altura. O tempo passou, a altura que alcançava aumentava aos poucos e com o tempo conseguia saltar com uma perna de cada vez a pequenas alturas, intercalando entre perna direita e esquerda para controlar minhas direção. Para Troy, havia algo em mim de diferente na maneira de compreender as coisas e isso ficou claro quando ele me pediu para novamente executar o movimento com ambos os pés, pois bastou três tentativas para que encontrasse a sincronia adequada e conseguisse um grande salto pelo ar, além de continuar a me manter nele. - Isso cansou, quem sabe depois podemos colocar isso tudo a prova com uma luta? - brincava com ele, era o fim do treinamento, mas esperava não ser o fim da presença do homem naquela casa.

- Fim do aprendizado Geppou

Ao término do treino, esperava uma resposta do homem ao que havíamos conversado mais cedo e acenaria de maneira positiva, caso ele questionasse se estava disposta a pagar pela informação que ele pudesse ter. Esperava que Luna já estivesse ao meu lado para ouvir tudo aquilo, tal como Sam, a qual conversaria caso estivessem. - Preciso ir até Akemi, ver meus irmãos e então acho que podemos ir para o acerto de contas. - comentaria, deixando claro para a barda que nosso direcionamento inicial eram os marinheiros. - Eu estou com um novo corpo, mas acho que faltou você me explicar mais algumas coisas, o que exatamente eu posso fazer com ele? - perguntaria, esperando por uma resposta de Sam e se necessário, seguindo-a para seu laboratório.














Histórico:






_________________

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 4 - Ragnarok - Página 2 ZaT0xpq