Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21 ampor  Koji6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Ontem à(s) 11:23 pmpor  Sashaficha Aika KinOntem à(s) 10:50 pmpor  mestrej2° - De Dawn a Shells - Uma viagem para conhecimento.Ontem à(s) 10:39 pmpor  SaruNo Maidens?Ontem à(s) 9:38 pmpor  IzumiCap. 2 - Ascendendo às profundezasOntem à(s) 9:23 pmpor  VanKaoru KageyamaOntem à(s) 9:09 pmpor  Kaoru[Pedido de instrutor] - TaliyahOntem à(s) 9:00 pmpor  nothawaiian[TUTORIAL] - TaliyahOntem à(s) 8:56 pmpor  nothawaiianPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Ontem à(s) 8:46 pmpor  Van
Página 3 de 6 Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Mar 25, 2022 12:13 am
Relembrando a primeira mensagem :

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçador de recompensa Shiori Miyamoto, Sasha Sparks, Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll. A qual não possui narrador definido.

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qui Mar 31, 2022 1:21 am



Hellhounds



Senshi - Yami - Aliph


A festa não demorava para iniciar e Akira agia como um verdadeiro festeiro, chamando as existências que foram convidadas pelo mesmo para subir no Fenrir, iniciando então a verdadeira festa. Todos comemoraram por ali e se divertiram, principalmente Pzz e Rango, que pareciam ter chutado literalmente o balde e estavam ingerindo quantidades absurdas de álcool em um curto espaço de tempo, ao ponto da face da pequena caprina ficar completamente vermelha. A comemoração começou a tomar proporções maiores, com a cantoria dos convidados que se mostravam bons naquilo - Eu não consigo nem expressar minha gratidão. - Falou o menino enquanto observava a dupla selvagem doando uma quantia tão exagerada como aquela - Eu agradeço, eu agradeço muito. Como a senhora se chama? Apenas Sasha? Mandei colocar uma placa enorme! Não, uma estátua! - O garoto estava nitidamente feliz com aquela doação.

Ele observou a festa e recuou alguns passos - Não quero atrapalhar a festa de vocês, mas podem conhecer sim! Estarei na taberna por mais algum tempo, vou comprar algumas marmitas com esse dinheiro para levar até o centro, se vocês quiserem, podem ir comigo. - Completou o garoto e logo em seguida agradeceu mais algumas vezes a doação da dupla, esperando que a felina falasse o nome completo para que pudesse ser feita a homenagem. De qualquer forma, a festa continuava com intensidade e Sasha por sinal, parecia um tanto quanto desgostosa de toda aquela situação, falando até mesmo sobre comprar outro navio. Bem, todo grupo aproveitou a festa da sua própria maneira, Shiori até mesmo foi fazer o que fazia de melhor – depois de lutar, é claro – e preparou mais alguns alimentos para incrementar a festa.

Akira ouviu histórias sobre tesouros incríveis, já que um dos seus convidados se intitulava como um renomado arqueólogo, mas se era verdade? Bom, ninguém sabe. Outros tripulantes pareciam ser um grupo de mercantes, que viajavam por aí fazendo o transporte de diversas cargas variadas, falando um pouco do seu conhecimento do mundo para o homem-peixe. Volkerball estava por ali, seu plano inicial tinha falhado, mas aquilo não importava muito, ela aproveitava a festa sem pensar duas vezes, enchendo sua barriga de comida e álcool. A Ciborgue por sinal foi a primeira a sair da festa, ela tinha outros afazeres e ela não podia perder o prumo na bebedeira. Shiori realmente tomava as rédeas da alimentação na festa, fazendo literalmente de tudo e ofertando sabores indescritíveis, que viravam os olhos de todos os presentes.

A festa durou mais algumas horas e nesse meio tempo o som do gelo sendo quebrado foi ouvido pelos mais sóbrios, o que não era o caso de Pzz, Rango, Mizuki, Akira e a grande maioria dos convidados. Shiori e Sasha puderam ver uma grande embarcação que fazia jus ao citado por Às. A festa continuava e pelo jeito não tinha hora para acabar, mas seria sensato mudar de barco – “Pru” novo barcoooo! – Gritou Rango erguendo uma garrafa de rum – Irmã, po-podemos ajudar “ocês” a levar as coisas. – Completou o coiote tentando caminhar para perto de Shiori enquanto falava, mas mostrando claramente que não estava em boas condições. Pzz estava louca, ela pulava, dançava, bebia e comia como se não houvesse amanhã.


Volker

Ao sair da festa dava de cara com uma rua movimentada, diferente da primeira vez que andou por aquelas bandas. Era possível para ciborgue visualizar famílias caminhando em passos lentos e tranquilos, observando as lojas que existiam pelo ambiente. O frio era intenso? Sim, mas o casaco de pele de búfalo servia a seu propósito e impedia que o clima entrasse em contato com as partes humanas em seu corpo, assim como era possível ver que outras pessoas também faziam uso da vestimenta praticamente padrão pelo lugar. Não foi difícil e muito menos complicado para que a caçadora retornasse até a loja onde aprendeu anteriormente algumas proficiências relacionadas a arqueologia, notando a presença do mesmo homem de antes, que abriu um sorriso largo em sua face ao ver a garota por ali – Voltou para mais aprendizados? Ou agora está precisando de algum item? – Falou orgulhoso do estoque existente em sua loja.

Após ouvir as palavras da garota ele logo puxou a cadeira – a mesma de antes – Espere um momento, pegarei alguns exemplares interessantes. – Falou o homem não demorando para retornar com alguns livros e começando a aula sobre lógica e suas funcionalidades. O assunto rendeu, mas a ciborgue conseguiu com clareza aprender tudo o que era necessário sobre o assunto – Alabasta? Não sei muito, apenas que é totalmente o oposto daqui, já que se trata de um deserto. E bem, tem um rei se não estou enganado, uma família real que comanda tudo por lá. Sinceramente, não tenho muitas informações sobre o lugar, acabo não tendo muito tempo, por conta do trabalho. – Falou o homem sendo simples e direto, aguardando pelo valor a ser pago pela caçadora pelo ensinamento, era algo que ela já tinha feito antes.


Histórico:


Legenda:



Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qui Mar 31, 2022 5:16 pm


     Ragnarok
Cat



Sasha não achou mesmo que aquele dinheiro renderia se ele fosse comprar tudo em marmita e a solução de minha lobinha era muito melhor do que eles contratarem um cozinheiro… Certamente a minha ideia ainda renderia mais do que só comprar as marmitas, seu preço era muito grande e fazia sentido as pessoas não conseguirem comprar.- Sasha Sparks!- Respondi ao mink.

Rango trouxe também a ideia de ajudar a transferir as coisas e pelo jeito que a festa estava indo, me surpreendia as pessoas ainda estarem de calça e eu o teria respondido - Sasha aceita ajuda sim, mesmo podendo virar uma Dragoa loba de gelo enorme, Sasha tem bastante coisa, tanto com ela, como na forja e no quarto, vamos precisar de mais viagens.- Eu teria dito com um sorriso no rosto.

Sasha com isso teria  dito para sua íris - Vem com a gente, a festa logo mais vai entrar em um ritmo meio triste afinal, as pessoas mais legais vão resolver outras coisas nyahahahah, Sasha também não acha que se o povo se empolgar vão te mostrar coisas legais não. - Eu não conseguia não ser sincera quanto a aquilo de modo que eu teria oferecido a ela carona.  Eu tinha certeza de que mesmo com Rango ajudando e guiando demoraria algum tempo para deixarmos as coisas ajeitadas, no fim de todas as minhas coisas eu só levaria comigo uma garrafinha de água, minha green e meu escudo black, além de uma marmita pro meio do caminho se desse fome, andar leve era um sentimento que eu não tinha havia um tempo.  Com tudo certo diria ao rapaz - Bora lá? - E com isso, Sasha junto a sua Shiori caminharia seguindo o menininho, eu colaria bem na minha Shiori por gostar de estar pertinho.

- Tudo certo ai em cima minha Íris? PErguntei pra ver se tava tudo certo em eu a levar nesse tempo, a deixando descer quando ela pedisse mas, definitivamente a levando conosco. - Sasha acha engraçado que as vezes ela seja mais responsável que alguém, Sasha é muito voluntariosa então responsabilidade é algo  que eu geralmente assumo pra resolver minhas coisas erradas nyahahaha. Eu não sabia se o que eu falei teve sentido pra alguém além da Sasha, mas Sasha queria falar e isso era o mais importante, pois ela não falava pros outros entenderem… Não sempre pelo menos.

- Mudam,  A Minha Shiori é mias bonita a cada dia, e agora que é minha pupila, a minha ìris vai ficar mais forte a cada dia nya nya!-Diria contando vantagem, eu andava de forma despreocupada, sabia que podia contar com a minha Shiori pra ajudar nas compras e também com a parte da cozinha, Sasha podia ajudar carregando peso, ela era forte e provavelmente 200 milhões em ingredientes realmente não seriam fáceis de se carregar e eu diria - Vou levar como um treino carregar as coisas Nyahahahahah. Comentei o que veio em mente, bem tranquila com o caminho que havia a frente.




Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qui Mar 31, 2022 5:17 pm
Ragnarok


O rapaz parecia realmente focado em comprar as marmitas, e isso era complicado, mas bem, não era um problema exatamente. Porém isso iria reduzir em muito o que ele poderia fazer.-Façamos assim, eu vou com você, compramos ingredientes, ao invés de comida pronta, e eu forneço além dos cem milhões minha força de trabalho, posso cozinhar em massa para todos eles. Com isso a comida deve durar mais, e posso fazer isso pra hoje e amanhã de manhã.- expliquei pra ele a ideia que tinha em mente, claro, ele depois teria de comprar marmitas quando eu viajasse, mas talvez eu pudesse treinar um cozinheiro entre as pessoas que estavam lá.

Então coçando o queixo falei a minha mais nova brilhante ideia, eu podia mudar a vida de alguém ali, assim como a senhorita Alina tinha mudado minha vida em Zou, quando me ensinou tudo que sei de cozinha. Era uma forma de tornar sempre possível que ele pudesse usar ingredientes ao invés de comida pronta.-Melhor ainda, posso ensinar as pessoas que se interessarem a cozinhar, e assim ao invés de comida pronta, você vai poder economizar tendo alguns cozinheiros, e com isso poder comprar os ingredientes. Posso ensinar herbalismo também, pra que eventualmente possam cultivar vegetais com alguma estufa ou coisa assim.- comentei com um sorrisão sobre o assunto, antes de parar algum tempo para fazer a comida da festa.

Depois dos espetinhos e de comer, iria então levantar dali, tirando a comida do fogo, a menos se alguém quisesse assumir a churrasqueira, o que eu achava que não ia acontecer, então começaria a ajudar a transferir tudo no barco novo, levando tudo para o novo navio, iria carregar as minhas coisas, e colocar no novo quarto escolhido por Sasha. Em seguida, iria levar os mantimentos com a galera, e as coisas principais, da festa, e itens diversos. Quando terminar de descarregar o barco com tudo sendo levado pro outro, faria uma checagem para ver se não havia me esquecido de nada até então.

Quando tivéssemos tudo feito iria olhar pra Sasha e a chamar para ir comigo pra comprar as coisas com o rapaz e levar aos necessitados.-E aí, vamos pra o lugar? Comprar as comidas com o menino.- e então começaria a caminhar junto dela, para o lugar com o rapaz, e isso era o que dava pra fazer.

Iria colada na Sasha, abraçando ela meio de ladinho tomando cuidado com a iris também, pra não acabar sem querer pressionando a perna dela, era bom ficar agarradinha nela no friozinho. Por hora iria apenas seguir o rapaz até o local da compra dos ingredientes. Sasha como sempre tinha ali um comentário engraçado sobre a situação, e realmente era verdade, a responsabilidade extra é realmente complicada.-KYAHAHAHA acho que é meio estranho mesmo, mas as coisas mudam né.- comentaria no caminho tranquilona.



Historico:

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 VYrwji0
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qui Mar 31, 2022 10:13 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


As horas gastas com o aprendizado haviam sido bem instrutivas, apesar de estar um pouco calibrada pelo consumo de bebida e comida na embarcação, não sentia que minha atenção estava dispersa, muito pelo contrário, ainda me sentia muito bem para resolver todas as demais questões que necessitavam da minha atenção. - Hmm então você sabe o mesmo que eu basicamente. - comentava com o velho, com uma ponta de decepção por não descobrir mais nada de interessante. - Eu até gostaria de ficar e aprender mais, mas preciso retornar ao porto. Meus irmãos vão precisar de mim para cuidar das coisas do navio. - explicava, dando ao homem o valor já estipulado pelo seu tempo e conhecimento, assim despedindo-me não apenas dele, mas da loja como um todo.

Retornava para o navio, encontrando não apenas Fenrir ainda em clima de festa, como também a caravela que havia comprado. - Ohh, bem na hora. - comentava a distância, embarcando novamente na festa apenas para acompanhar o seu final, tal como três figuras bêbadas dispostas a fazerem uma merda. - Novo navio o que seus merdas?! - comentava, com um meio sorriso e um olhar sombrio, tudo o que eu não precisava naquele momento era danificar uma embarcação nova e por isso tomava as medidas necessárias para acalmar os ânimos, socando não apenas Rango, como Pzz e Akira a fim de frear seus devaneios enquanto veias saltavam sutilmente em minha testa. - Vocês não vão vomitar, danificar, ou mesmo ‘relar’ naquele navio enquanto estiverem bêbados! - dizia de maneira intimidadora, mas não levaria muito tempo para recuperar meu senso, especialmente se notasse que Sasha e Shiori também ajudariam na mudança.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Anime-punch

Escolham os cômodos que acharem mais adequados, eu não me importo tanto com espaço para dormir. - comentaria com as duas, antes de enfim começar a realizar a mudança dos itens de um navio para outro. Ao término de tudo, se não notasse o retorno de Luna, questionaria. - Estranho ela não ter retornado até agora. - diria, observando o horizonte por um tempo. - Eu vou até Sam, preciso de mais informações sobre Alabasta e vou aproveitar para procurar por Luna. - diria, antes de sair do navio, mas não antes de comentar. - Não acham que seria bom darmos um novo nome ao navio e quem sabe uma bandeira também? - jogaria a ideia, antes de partir rumo a casa de Santina, mas não antes de passar pelos bares, procurando informações sobre Luna e seu possível paradeiro. - Preciso de informações sobre Alabasta, mas também preciso encontrar onde Luna está. - comentaria com a cientista, quando a encontrasse.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qui Mar 31, 2022 11:34 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



Eu havia acabado de concluir que consegui ter alcançado um nível espiritual muito além da compreensão humana. Parece papo de bêbado, mas eu tinha total convicção naquilo. Não sei se havia escutado de alguém ou se havia sido apenas um passo em direção ao ápice da espiritualidade, mas aparentemente mexer as orelhas sem tocar com as mãos era sinal divino, e agora sentia minhas orelhas balançando como se eu fosse decolar. Tesouros e histórias eram ditas e meus olhos brilhavam maravilhados, mas aqueles lapsos eram apagados no instante seguinte com a tonelada de informação que meu cérebro estava tentando processar. Em um determinado momento, precisava me esforçar para me manter vivo. Olhava para um lado, e começava a observar as pessoas se soltando mais. Olhava para o outro, e já enxergava Rango da seguinte maneira:

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Balada-party

Bicho… Essa festa tá do balacobaco! — Comentava ao meu irmão, tendo um ataque de riso ao seu lado enquanto tentava equilibrar a garrafa de rum em minhas mãos. E algo orbitava minha cabeça desde o momento que havia escutado da Capitã sacana sobre o apelido que haviam dado para mim: “Rei da Festa”. Como um rei, era estranho não ter uma coroa, apesar de agora parecer que eu tinha muitos seguidores fiéis à minha ideologia. De modo a contornar isso, tiraria minhas calças ficando de roupa de baixo, prendendo a calça em minha cabeça para firmar uma imponente coroa. — PRO BARCO NOVOOOOO! — Gritava junto de Rango, subindo numa área mais alta para erguer o punho pro ar, incentivando a multidão.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Iv4f

Um meteoro em formato de punho me trazia de volta para a realidade, me fazendo cair de cara no chão com tamanho peso de minha cabeça. Estirado pelo convés, demoraria um tempo até recobrar a consciência e a coordenação motora, notando outra coisa curiosa agora. — ”Sargento” (Sarnento)… *hic*... Esqueci como anda, cara! — As palavras já estavam emboladas, e estirado ao chão eu realmente havia me convencido de que não sentia mais as pernas. Mas ainda assim, havia aprendido nos combates que o importante não era quanto você batia, mas sim quantas vezes você era capaz de se levantar e continuar em frente. Com o auxílio de meu irmão ou de algum outro convidado, me ergueria enquanto tentava recobrar o controle de meu próprio corpo. No momento que estivesse de pé, ergueria ambos os punhos ao alto, gritando para a multidão que eu estava mais forte do que nunca!

Estava em zero condições de auxiliar meus irmãos em qualquer coisa que pudesse ser. Pzz e Mizuki haviam ido com tudo e estavam na mão do palhaço assim como eu. Chegaria perto das duas, abraçando-as como se nunca mais fosse as ver. — Vocês sabem que eu as considero muito, né?! — Diria quase emocionado, virando outra dose generosa de rum. — O *hic* Fenrir foi um navio do cacete! *hic*. Ele gostaria que ficássemos felizes, *hic*. — E assim, viraria um pouco do rum propositalmente no convés, deixando aquela “dose” para o nosso companheiro de madeira.

Em determinado ponto, seguiria a festa baseado em meus instintos, afinal racionalidade já estaria se esvaindo em determinado momento. Dali, apenas flashes refrescariam minhas lembranças para resgatar as memórias daquela festa, enquanto forçava o corpo aos limites para continuar firme como uma rocha, de pé e ainda festivo. Para equilibrar, não me esqueceria de comer e beber água de tempos em tempos, afinal, um tritão como eu sabia bem da importância de se manter bem hidratado.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 POYo


  • Posts: 7
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4), B$ 10.000.000 (comida festa - post 4)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 0/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até  10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.




_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YDNzcDa
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Abr 01, 2022 1:26 am



Hellhounds



Todos


A festa continuou com o mesmo fervor de antes, todos estavam se divertindo e já estavam prontos para ir para nova embarcação. Não demorou para que o grupo resolvesse ir até a outra embarcação, sendo interrompidos pela chegada de Às que simplesmente desceu um socão em três participantes da festa, que sentiram o golpe pesado e metálico da caçadora. De qualquer forma, após as palavras da mulher todos ajudaram na mudança, digo, quase todos, já que Rango e Pzz estavam em uma situação completamente fora de si. Akira não estava muito bem, assim como Mizuki que até tentava levar algumas coisas, mas estava complicado também. Alguns outros participantes auxiliavam também na “mudança”, mesmo que alguns deles acabassem caindo com as caixas, mas não quebraram nada.

De qualquer forma, em determinado ponto daquele festejo – que mudou do Fenrir para o porto e estava indo para o novo barco, o grupo entrou em colapso. Alguns gritavam e iam em direção a taberna, enquanto outros voltaram ao Fenrir para dormir em pleno convés. Akira estava completamente louco de cabeça, ao ponto de simplesmente não controlar mais suas ações e muito continuar consciente. O homem-peixe caiu no convés da nossa embarcação, Rango estava tonto, mas tentava levantar o seu irmão da melhor maneira possível – ”O-O-Ocês me” me ajudem. – Tentou falar Rango arrastando seu irmão pelo convés, mas caiu alguns centímetros depois. Pzz e Mizuki estavam juntas indo em direção a um dos quartos disponíveis no barco, se ajudando até chegar até lá. Shiori, Sasha e Iris não estavam mais por ali, já que foram até o encontro do garoto para quem fizeram a doação.

Às era a única sóbria por ali e após tudo devidamente organizado, percebeu a presença de uma figura conhecida e que estava começando a preocupar a caçadora – Olá, sentiu saudade? – Falou Luna subindo no novo navio, era possível ver o líquido rubro escorrendo pelo canto da sua boca e alguns hematomas em sua face – Desculpe pela demora, acabei tendo um probleminha. – Continuou a garota dando alguns passos adiante, enquanto perdia as forças nas suas pernas e também sua consciência. Volkerball notava que ela não tinha nenhum ferimento sério, mas parecia bem exausta, era necessário um bom descanso para que ela pudesse recuperar suas forças. Quando perdeu totalmente a consciência e foi movida – supondo que Volkerball a ajudou – a ciborgue pode notar um som metálico no convés, quando olhasse, conseguiria ver uma espécie de brasão feito de ouro, mas estava amassado e não era possível decifrar qual símbolo estava cravado no minério.


Sasha e Shiori

O trio caminhava pelas ruas gélidas do lugar, indo em direção a taberna já conhecida por ela. Elas tinham acabado de organizar sua nova embarcação e só restava-lhe ajudar o garoto de antes, isso é, se ele realmente tivesse ido até a taberna para comprar algumas marmitas, será que sua história era realmente verdade? Bem, isso as garotas iriam descobrir logo. Ao chegarem no lugar, elas veriam que um número menor de pessoas estavam no ambiente, tendo apenas algumas duplas espalhadas pelas mesas no lugar. O garoto estava debruçado no balcão, ele parecia ansioso, já que batia o pé no piso de madeira em um certo ritmo.

No momento em que chegaram casou com a volta do atendente, que trouxe cerca de seis marmitas bem volumosas, sendo necessário reforçar a tampa, para que a comida não escapasse. O garoto não parecia ter notado a presença das garotas, no último momento ele apenas focou em ajeitar as sacolas para, se preparando para ir.


Histórico:


Legenda:



Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Abr 01, 2022 3:25 am
Ragnarok


Nesse momento apenas iria seguindo Sasha e Iris, indo com elas para o lugar, e quando chegasse lá procuraria o rapaz no local, para poder conversar com ele sobre essa questão das compras, o negócio era que marmitas prontas não iriam render. Já havia falado antes mas iria explicar novamente.-Acho que o ideal é comprarmos ingredientes, eu posso cozinhar pra as pessoas do lugar, e ensinar elas também no processo. Vamos comprar mais mantimentos.- e com isso, se ele tivesse compreendido a ideia passada por mim e por Sasha, iria com ele ao mercado.

Nesse ponto escolheria algum Kit de Cozinha, para termos panelas para cozinhar corretamente no local, e junto disso iria comprar os mantimentos, coisas para que pudéssemos cozinhar, os kits de ingredientes, e também macarrão, arroz e grãos em conjunto com ele apontando o que fosse achando melhor, dizendo.-Vamos levar esses aqui e aqueles ali.- iria juntar tudo com ele num carrinho e deixar ele resolver a parte financeira acompanhando quanto que foi gasto nesse tempo.

Depois disso, iria ajudar a carregar tudo esperando que Sasha desse uma mãozinha.-Acho que se dividirmos o peso, conseguimos carregar cada uma um bocado.- disse dando um sorrisão e deixando que ela pegasse a parte dela nesse tempo, pra que pudéssemos levar tudo até o abrigo, indo tranquila para o ambiente. Quando chegasse lá iria dispor tudo em alguma das mesas que estivesse ali, ou algo similar, onde já começaria pondo as panelas nos lugares certos e depois separando os ingredientes.

Mas antes de começar a cozinhar iria querer ver todas as pessoas que estavam por ali, queria conhecer elas.-Pode me levar até a galera? Quero conhecer eles.- então quando fosse junto dele pra ver a galera, esperava que Sasha e Iris estivessem comigo também, onde me apresentaria.-Olá!! Eu me chamo Shiori. Vim até aqui pra cozinhar pra vocês, como vocês se chamam?- diria com certa empolgação.

Realmente eu queria ajudar aquela gente, e isso me deixava animada, por que apesar de saber a situação eu iria fazer tudo ao meu alcance para mudar aquela situação ali.-Essa aqui é minha gatinha Sasha.- diria dando um beijo na bochecha dela, e depois afagando a cabeça de Íris diria.-E essa aqui é a nossa Íris.- diria sorrindo depois disso, enquanto observaria todos eles, esperando que algum deles dissesse alguma coisa naquele momento.

No final iria então começar a filtrar um pouco mais sobre qual deles gostaria de talvez aprender mais sobre culinaria.-Eu queria também saber quem de vocês gostaria de aprender a cozinhar, eu posso ensinar vocês. E isso iria diminuir bastante os custos de alimentação e melhorar um pouco as condições de todo mundo.- comentaria de maneira simples, claro, era algo que talvez não fosse de interesse múltiplo mas queria ver se alguém estava disposto a aprender, um centro desse tipo sem cozinheiro, poderia aumentar os gastos exponencialmente.

Então quando tivesse isso em mente, iria dizer para todos.-Venham comigo quem tiver interesse, irei cozinhar pra todos e ensinar aqueles que desejarem.- estava cada vez mais empolgada com essa ideia. Pra mim aprender a cozinhar mudou completamente meu mundo, e isso fazia toda a diferença. Iria levar eles pra cozinha e separar os ingredientes, onde agora iria ver as pessoas que se dispuseram a vir comigo e então começar o que planejava.

Se em qualquer momento alguém perguntasse meus motivos, por que estava ali ajudando, falaria um pouco da minha historia.-Aprender a cozinhar mudou minha vida, eu vivia em um lugar onde tinham minks peludos igual eu, lá não tinham muitos minks sem pelo, na verdade nem tinham deles. Eu cresci pra lutar, mas eu escolhi cozinhar. Quando saí da minha ilha, eu passei fome algumas vezes e saber como cozinhar me salvou, me deu empregos muitas vezes, e foi o que sustentou eu e a Sasha por muito tempo até ela se recuperar, cozinhar salvou minha vida muitas vezes, e é por isso que gostaria de passar isso adiante. Por que acima de tudo, eu gosto de ver as pessoas felizes, e quando vejo elas provando meus pratos aquece meu coração.- comentei com toda a sinceridade do fundo do peito, aquela era mesmo uma das minhas paixões que a muito carregava comigo.



Historico:

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 VYrwji0
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Abr 01, 2022 3:26 am


Ragnarok
Cat



Com tudo que havia acontecido, após deixar as coisas pra vir mais leve, logo notei que o menino não estava tão perto assim e quando me toquei disso teria dito - Minha Shiori acho que ele foi lá pra taberna pra comprar, talvez até pelo barulho não tenha dado pra explicar. - Eu comentei acelerando o meu passo enquanto carregava a Ìris. Não tardaria até que quando chegássemos no local, por mais que Sasha tenha sido um pouco repetitiva nós pudéssemos procurá-lo.

- Ta mais vazio por algum motivo… Sasha nem prestou atenção no horário quando saiu… - Resmunguei enquanto continuei a procurar até que… - Por ali! - E então iria na direção do menino, perguntei - Opa, você não acabou gastando todo dinheiro aqui não né? Sasha acha que a ideia de Shiori de ajudar vocês cozinhando e ensinando algum de vocês a cozinhar vai ajudar muito mais gente. Do que comprando tudo por aqui. - Eu expliquei da forma como eu entendi, eu podia ter sido imprecisa em passar tudo mas, eu era direta e rápida em passar só as informações importantes.

Esperei a resposta do garoto e caso ele explicasse que já havia comprado eu teria dito - Não tem problema se já comprou, importante é usar o resto pra ajudar mais gente lá, Sasha não gosta dessas histórias de pessoa passando necessidade, Sasha sabe que fome pode ser cruel. - Comentei fechando os olhos e afastando as memórias do cativeiro da minha cabeça quando admiti aquilo, Sasha preferia ter tido vida bonita e colorida mas, ela só ficou bonita e colorida depois da minha Shiori… Pelo menos da parte que Sasha lembra direito.

Não era do meu fetio correr tanto atrás mas, eu estava verdadeiramente interessada, ele falou que talvez erguessem uma estatua da Sasha e era bom que eles tivessem a modelo pessoalmente também. - É, Sasha daria uma estátua bonita, e ah, o que estavam falando mesmo? - Deixei o pensamento escapar rapidamente em meio ao que a Shiori reexplicava pois acabei viajando um pouquinho. - Ta certo, quando entregarem, você leva, ou se é pra você, você come e a gente vai, Sasha ajuda vocês a carregarem as coisas que comprarem até o local e você mostra onde é, depois da feira. - Eu já fui dando as coisas pra seguir como imaginei que deveriam ser feitas.

Com isso no mercado eu ficaria olhando pras coisas bonitas que chamassem atenção, ali eu tinha a melhor função do mundo, eu só precisava ser forte, não precisava pensar em nada e Sasha era forte. - Sasha pegou o melhor trabalho.- Comentei olhando nos arredores por qualquer coisa chamativa, não só pra comida enquanto caminhava ali e ia carregando as coisas..

No geral, no mercado só havia uma coisa que Sasha estaria interessada em comprar e isso era um Kit de primeiros socorros, se houvesse um Sasha se aproximaria apontaria e diria - Sasha quer comprar, quanto é? - E se parecesse um preço justo eu pagaria e levaria comigo, para todas outras situações eu só teria seguido até chegar no local, carregando tudo que precisasse carregar.

Minha Shiori gostava de tomar postura mais energética, em momentos como estes a Sasha gostava de a admirar falando, Sasha não gostava tanto de gente estranha então quando palavras valiam mais que ações, era melhor Sasha nem falar tanto assim. - Oi, Sasha é boa costurando e arrumando coisas, então ela vai ajudar nisso enquanto preparam comida pra vocês.- Eu teria dito me atentando ao que fosse surgindo, Sasha poderia concertar brinquedos no geral, poderia costurar bonecas de volta, roupas e todo esse tipo de coisa, além de poder fazer uso do couro que eles tinham para render ótimos casacos, cobertores ou mantos e não veria problema em gastar tempo com aquilo. Se me perguntassem porque eu estava fazendo aquilo Sasha seria sincera - Sasha não queria ambiente barulhento da festa e Shiori teve uma boa ideia de fazer nossa doação conseguir ajudar mais pessoas, não é um motivo muito bonito mas é isso. É o que eu teria respondido na lata.

Como eu faria os concertos? Usando do que eles tivessem a disposição mesmo, a agulha eu aproveitaria a do kit de primeiros socorros caso tivesse comprado e até mesmo um pouco do barbante, Sasha era mestra em fazer pouco valer muito e adaptar-se a valorizar o material que tinha em mãos, tendo bons olhos e mãos pra isso, até mesmo sendo criativa, podendo usar o meu haki pra cobrir um dedo e usá-lo de martelo ou mesmo uma garra pra simular uma chave de fenda, no fim quando eu tivesse cansado eu pararia pra olhar nos arredores, um pouco menos ranzinza no momento reconhecendo que fazer esse tipo de coisa era bem legal as vezes.


Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 WN4Utd7

Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Abr 01, 2022 6:49 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



A grande festa havia sido realmente memorável, ou ao menos, para a mente dos sóbrios. Parte dos convidados acabavam se dispersando, enquanto outros permaneciam no convés de Fenrir, descansando sob a neve. Fraco e zonzo, acabava recebendo ajuda para alcançar a nova embarcação, que ainda não conseguia contemplá-la devidamente por conta dos olhos marejados. Não podia estrear ele com vômito pelo convés, portanto segurava tudo dentro de mim para que meu corpo absorvesse toda aquela toxina que eu havia ingerido na marra.

Sem ainda saber muito para onde ia, seguiria os corredores e despencaria na primeira cama que visse, de barriga para baixo e de braços abertos na cama. Com a cabeça pesada e dolorida, deixaria o corpo adormecer, não conseguindo lutar contra o sentimento de estar pesando toneladas. O sono em si era pesado, denso, como se estivesse imerso em tinta de lula. A única coisa que eu conseguia sentir de fato era minha respiração, além das partículas de água se movimentando com extrema agitação em meu interior, como se estivessem trabalhando dobrado para recuperar meu estado natural.

Sabe-se lá quantas horas passaria daquela maneira, mas acabava por despertar com a sensação de boca ressecada. — Bleh… Preciso de água. — Me levantaria com o cabelo todo bagunçado, ainda sentindo uma dor semelhante a uma facada logo atrás de minha testa, no interior de meu crânio. — Shishishi, a festa foi incrível!! Aí… — Diria abrindo um largo sorriso em tom de satisfação, apesar de ainda sentir aquelas pontadas de dores na cabeça.

Notando o novo lugar, me perguntava como havia realmente chego até ali, me questionando se era o novo navio ou se havia invadido algum em meus devaneios. — Ôoo de casa, tem alguém aí?! — Diria buscando entre os corredores, principalmente em busca de uma cozinha. Caso lá chegasse, imediatamente enfiaria minha cabeça debaixo da pia, deixando a água molhar meus neurônios e refrescar meus lábios. — Ghyaaaa, agora sim! — Diria em alívio, caso conseguisse acesso ao precioso líquido.

Por vim, vagaria pela embarcação em busca dos demais. Caso encontrasse alguém dormindo, simplesmente riria baixinho em relembrar de como aquela pessoa estava na festa, continuando minha busca por alguém sóbrio. Caso encontrasse Rango, especificamente, esticaria a mão para cima com a palma aberta, esperando um cumprimento. — Bebeu como um peixe, Sarnento, GHYAHAHAHAHA! Tem andado muito tempo comigo. — Provocava, imaginando que o humor do mink talvez não estivesse dos melhores por conta da ressaca. De qualquer maneira, seguiria em busca dos demais, afinal os planos de viagem ainda estavam de pé. — Fala aí, povo. Como estão? Espero que tenham curtido a festa, GHYAHAHA! — Dali, buscaria algo para comer, enquanto escutava os demais com o nosso cronograma do resto daquele dia.


  • Posts: 8
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4), B$ 10.000.000 (comida festa - post 4)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 1/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.







_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sab Abr 02, 2022 10:44 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


A situação de algumas pessoas naquela embarcação era completamente deplorável, e mesmo os socos não eram suficientes para pôr juízo em suas mentes ou um freio na bebedeira. - Francamente vocês não tem jeito. - retrucava a insistência em persistir na bebedeira, sem imaginar que o pior aconteceria em um primeiro momento, o fato de alguns ainda se disponibilizaram a ajudar na mudança de navio. - Só não quebrem nada importante. - comentava, mas prontamente me colocando a carregar o que de fato era importante e vital para a embarcação, ao ponto de que as eventuais quedas, ocorriam somente com itens de menor valor. A preocupação imensa com a situação não tardou para suavizar ao notar que obviamente, os convidados não iriam aguentar o trabalho por muito tempo, sendo os primeiros a “abandonar o barco” para voltarem a farra na taverna mais próxima. - As coisas ficarão melhores agora. - pensava, finalizando a mudança, notando que basicamente lidava com a situação sozinha, com Akira apagado e Sasha e Shiori ausentes após terminarem de transportar tudo o que era de interesse delas.

Ao fim, considerei chutar as visitas de Fenrir, embora ele já não fosse mais estar conosco, me incomodava um pouco o fato de ter gente bêbada e desconhecida desmaiada pelo convés. Estava a ponto de partir para lá, quando notava o semblante de Luna, subindo na embarcação. - Olha só quem decidiu aparecer… - comentava a distância com um tom divertido na voz, levando as mãos a cintura por algum tempo, mas somente após perceber que as coisas não estavam tão boas assim. - Mas é claro que sent… - minha voz parava de imediato ao observar os hematomas e o sangue a escorrer dos lábios da mulher. - …o que foi que aconteceu?! - comentei, espantada, caminhando rapidamente para perto da barda a fim de ajudá-la. Não houve uma resposta, por a mesma parecia no limite de seu esforço e desmaiava em meus braços. - Akira! - chamei pelo ruivo, mas lembrava que ele não estava na melhor das situações para me auxiliar. - O que foi que aconteceu com você? - dizia, analisando o corpo da mulher e não notando nenhum hematoma. - Vou levá-la para dentro. - dizia, começando a carregá-la, mas não antes de ouvir o som metálico pelo convés.

O que diabos é isso? - abaixei-me com cuidado, para observar o brasão, sem identificar com precisão o que ele significava. - Vamos cuidar de você primeiro… - guardava a peça de metal, voltando a carregar a mulher até o interior do navio, onde poderia não apenas trocar suas roupas, como também dar-lhe um banho e a colocar em uma cama confortável para que pudesse descansar. Quando Luna já estivesse enfim deitada, me sentaria próximo a ela, observando o brasão por algum tempo, procurando algo nele que pudesse identificar e até mesmo usando Sirius para ajudar-me nisso. - Sirius, consegue identificar o que é isso? - com ou sem respostas, caminharia de volta para o convés, observando o local onde eu a havia encontrado e observando através do mecanismo um possível rastro de sangue que pudesse me levar até o local de origem da confusão. Se encontrasse algo, seguiria o caminho, do contrário permaneceria nos arredores do porto, pois se alguém ainda estivesse atrás dela, certamente poderia chegar até onde estávamos.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 ZaT0xpq
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Abr 04, 2022 2:15 pm



Hellhounds



Yami

A festa tinha sido boa e Akira estava totalmente fora de si, com muito esforço e ajuda de terceiros, ele conseguiu chegar a uma das camas disponíveis por ali. O tritão conseguia sentir tudo rodar, mesmo que ele estivesse com seus olhos fechados, mas acabou conseguindo dormir. Sabe-se lá quantas horas haviam passado, as ele despertava e a primeira coisa que seus olhos encontravam era a claridade invadindo a pequena janela redonda daquela quarto; o teto de madeira era visível aos seus olhos que estavam se acostumando com a luminosidade, mas, assim que tivesse definitivamente acordado, ele conseguiria finalmente perceber que as coisas não seriam tão simples como ele pensava.

Akira se encontrava em uma grande e confortável cama, no entanto, ele não estava sozinho! Mizuki estava do seu lado esquerdo, ela parecia dormir com tranquilidade e um lençol grosso cobria seu corpo, deixando apenas sua cabeça e parte dos ombros a mostra, na visão do homem-peixe a única coisa que ele conseguia ter certeza era: Mizuki estava sem roupa. E se virasse para o outro lado? Ele veria uma cena ainda mais trágica... Pzz, a pequena caprina estava literalmente deitada de bruços, o lençol cobria unicamente a parte inferior do seu corpo, deixando seu tronco, braços e cabeça visíveis. Bem, a caçadora estava sem a parte de cima das suas vestes, mas o homem-peixe não conseguia ver seus seios, já que ela estava deitada em cima deles. Quando Akira levantasse, notaria que ele estava apenas de cueca, suas roupas estavam espalhadas pelo quarto, assim como peças femininas que também estavam por ali.

Antes mesmo de sair do quarto ele notaria a presença de uma figura, seu irmão Rango estava deitado na porta do quarto e parecia sonhar ou ter um pesadelo – Não “dentuçu”, “ocê” não pode fazer isso sem tá protegido, pegue isso, pegue isso! – Era o que o caçador escutaria caso se aproximasse do coiote, ele veria que o canino tinha uma espécie de pacote em sua mão. Ele teria a mesma reação que citou em seu turno? Só Deus sabe! A questão é que tudo indicava que finalmente a fimose tinha sido rompida.


Sasha e Shiori

A dupla encontrava o rapaz na taberna enquanto eram acolhidas pelo calor da lareira existente no lugar - Ah! Oi, não, comprei apenas algumas marmitas, não sei como está a situação por lá, mas tenho certeza que algumas crianças estão com fome. - Falou o menino com um olhar tranquilo em sua face - Ótimo, eu realmente não sei o que fazer com tanto dinheiro assim. Ia apenas voltar ao Centro e deixar nas mãos do responsável, mas, já que vocês estão oferecendo eu prontamente irei aceitar! - Disse em um tom animado enquanto acompanhava o trio para fora da taberna, logo após realizar o pagamento pelas marmitas que comprou.

Do lado de fora o grupo teria a noção que era dia, mesmo que o sol não conseguisse passar com tanta facilidade pelas densas nuvens acinzentadas que estavam no céu. A ida até o mercado não demorou, pelo caminho o grupo pode encontrar algumas pessoas que o garoto conhecia, já que ele cumprimentou e até mesmo recebeu algumas doações durante o trajeto. O mercado era o mesmo que Shiori acabou indo antes que acabar comendo sua Akuma no Mi, talvez aquilo pudesse trazer algumas memórias ou até mesmo fazê-la olhar com mais atenção para as frutas, mas, de qualquer forma a compra foi realizada com sucesso, tendo todos os itens necessários para extrair o máximo de proveito daquela quantidade monetária.

Sacolas e mais sacolas foram preenchidas com diferentes tipos de alimento, até mesmo Iris ajudava a carregar todo o montante - Pesadoooo! - Reclamou a menina tentando andar com as pernas ligeiramente abertas, carregando o saco quase entre elas e usando toda a força do seu corpo para andar. Frederico não estava em uma situação tão diferente assim se comparado a Iris, mas dado o seu tamanho e idade, conseguia carregar um número maior de sacolas. Sasha infelizmente não conseguiu encontrar seu Kit de Primeiros Socorros por lá e muito menos sentia o peso daqueles sacos, já que a felina era bem forte. O mesmo acontecia com Shiori, que dada sua força acabou dividindo a maioria do peso com sua amada, levando sem problemas o montante de alimento.

Eles demoraram alguns minutos e era possível ver na cara de Fred e Iris que eles não estavam aguentando mais, a dupla se sentiu aliviada ao ver o Centro Comunitário aparecendo em seu campo de visão. O lugar era grande e bem construído, mesmo que agora aparentasse estar desgastado. A estrutura era feita de cimento, madeira e blocos, assim como a decoração em si, que finalizava com alguns adornos metálicos espalhados pelo casarão; Um portão de metal era responsável por formar a entrada do lugar, que por sinal era cercado por um grande muro feito de blocos vermelhos, com alguns espetos metálicos em cima, para prevenir invasões – Oi Bob, cheguei com algumas visitas que ajudaram o Centro. - Falou Fred na direção do simplório segurança, que era calvo, barrigudo e do tamanho de Iris, mas parecia ser gente boa. A passagem foi liberada por ele e logo o garoto direcionou as meninas até a cozinha, entrando por uma das portas existentes no lugar.

A primeira impressão que elas sentiram foi: aperto. Sim, no interior do lugar existia um número MUITO grande de pessoas de diferentes idades e raças, era possível ver pelo menos um de cada espécie conhecida no mundo. Crianças corriam brincando de um lado para o outro, enquanto os adultos realizavam uma verdadeira força tarefa para espalhar colchonetes por cada pedacinho de chão existente por ali; outros realizavam o auxílio de doentes nas escadas, corredores e salas que existiam pelo lugar. O barulho poderia ser incômodo, já que muitas pessoas falavam ao mesmo tempo e crianças choravam, gritavam e brincavam por ali, como citado anteriormente. Fred levou o trio diretamente para cozinha, onde Shiori conseguiria ver o verdadeiro caos! Vários homens e mulheres estavam no lugar, que era bem grande e contava com cerca de sete fogões e duas mesas grandes de metal. Os alimentos estavam espalhados pela mesa, alguns cortados, outros de molho e outros ainda congelados! A bagunça estava formada por ali, a gritaria, discussões e a falta de coordenação era algo nítido para a caçadora.

Ela tentou fazer sua comida? Sim... mas era impossível dada a situação da cozinha. Fred até tentou ajudar, falando com alguns dos presentes, mas foi completamente ignorado. A comida estava espalhada pelo chão, restos que visivelmente poderiam ajudar a incrementar a comida, que acabavam sendo descartados pela falta de conhecimento e também ajuda mútua dos presentes. Sasha e Iris foram levadas até uma outra sala, onde o cheiro de poeira fez a garotinha espirrar diversas vezes seguidas - Aqui é onde guardamos as roupas que precisam de reparo, mas não contamos com muitas pessoas habilidosas nisso, por isso acaba acumulando mais rápido do que ficam prontas. - Falou o garoto um pouco sem jeito, ligando a luz amarelada que piscava antes de manter-se estável. Sasha sem mais delongas começava seu trabalho, costurando as peças e Iris seguia sua amiga, tentando também ajudar da maneira que podia. A caçadora não contava com muita coisa, tinha linha e agulha, mas não tinha todas as cores disponíveis, algumas roupas claramente ficariam com cores diferentes se fossem costuradas. Por mais peças que fossem reparadas, parecia que o montante aumentava a cada segundo! As roupas estavam bagunçadas e empilhadas de maneira aleatória pelo grande quarto onde eles estavam, a janela estava fechada e parecia emperrada, além do que seria completamente inviável abri-la, por conta do frio. Sasha teria um grande e tedioso trabalho ali, já que como citado, tinha bastante roupa para ser costurada.


Volker

A preocupação tomou conta do corpo da Ciborgue ao ver o estado em que Luna estava, tudo aquilo logo se tranquilizou quando percebeu que não havia hematomas significativos em seu corpo, seu desmaio parecia ter relação com seu corpo exausto. Enfim, sem delongas, a garota levou sua companheira para um dos quartos da nova embarcação, cuidando de maneira bem simples de Luna. Em seguida – sentada ao lado da cama – observou o brasão que tinha caído das vestes da mulher, notando que o símbolo fazia referência a uma espécie de pássaro, provavelmente uma águia. Além disso, um grande “A” estava cravado no item, sendo este – possivelmente – a primeira letra da família que utilizava tal objeto.

Sirius foi ativado, porém, nada encontrou além da certeza que se tratava de um metal simples, porém, com uma resistência considerável. Existia apenas um pequeno lugar amassado na parte inferior, como se tivesse sido atingido por algo muito forte naquela região. De qualquer forma, o tempo simplesmente passou enquanto Luna dormia e Às fazia a segurança, já que acreditava que alguém podia estar atrás da mulher. Por fim, caso tivesse dormido por ali mesmo, Volkerball acordaria com a luz do sol atravessando a janela daquele quarto, observando que Luna continuava a dormir com tranquilidade. Caso saísse do quarto e caminhasse pela embarcação, veria que alguns objetos estavam espalhados pelo lugar, principalmente roupas e alguns baús usados por Mizuki para guardar suas roupas. Não apenas isso, era possível ver Rango dormindo no chão, logo em frente a um dos quartos, onde a ciborgue veria seu irmão ruivo de cueca e Pzz e Mizuki dormindo na cama.



Histórico:


Legenda:



Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Abr 04, 2022 5:26 pm


Ragnarok
Cat



Sasha se dispôs a ajudar e naquele momento pela primeira vez ela entendeu o porque as pessoas recorriam a violência como ganhar dinheiro onde Sasha diria - Caçar e comprar novas é muito mais fácil que costurar tudo! Mas, se Sasha se dispôs, ela vai fazer.- Arregacei as mangas, respirei fundo e falei - Minha Ìris, fique em uma parte mais arejada e com menos poeira, se você conseguir evitar que eu seja soterrada já vai ser incrível, eu vou ir costurando e colocando do lado assim que tiver pronta!- Então focada na minha tarefa de sisífo costurando com atenção e velocidade máximas de modo que talvez nem mesmo minhas mãos pudessem ser vistas.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Machis_Nen_Threads_Hunter_X_Hunter


A coordenação entre mão, olhos e presas para cortar as linhas tornavam meu trabalho repetitivo, quase mecânico com exceção de algumas roupas que poderiam ter defeitos em partes mais específicas, eu sabia que minha Shiori deveria estar enfrentando uma bagunça terrível também então eu só usei todo o meu amor como combustível de determinação para que a minha força de vontade fosse mais intensa em manter um ritmo acelerado do que o ritmo de roupas que iam surgindo, eram provavelmente milhares de pessoas e era um trabalho acumulado há muito tempo, o pouco de iluminação que houvesse já me ajudaria naquela situação pois meus olhos são acostumados a pouca luz, eu poderia usar até mesmo a luz de Green caso a luz acima de nós queimasse ou coisa do tipo, sem problemas.

Não seriam obras de arte, definitivamente a falta de materiais me forçava a entender como reformular alguns aparos para ir ganhando mais linha no processo sem que a minha acabasse ou prejudicasse a qualidade das roupas, isso só aumentaria a dificuldade mas eu teria gritado - Se Sasha vai ser a maior espadachim do mundo ela pode dar conta de uma repetição de um milhão de estocadas! NYAAAARGHHH- O combustível de amor deu lugar pro combustível de ódio, afinal, minha determinação era flex, podia usar várias coisas e funcionaria tão bem quanto.

Sasha não se limitaria só a roupas, se viessem bonecas, ursinhos, enquanto tivesse um desafio a frente Sasha continuaria com maestria e teimosia, elementos poderosos demais para uma gata só carregar.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Sewing

E com isso, quando enfim o trabalho acabasse Sasha diria - Ser boa da trabalho demais, Sasha quer a estatua dela. Tudo certo ai minha Ìris? PErguntaria descansando as costas e os braços enquanto a olhava. - Sasha vai ajudar a entregar tudo isso ainda, é muita coisa.

Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Abr 04, 2022 6:13 pm
Ragnarok


A cozinha era bem bagunçada mesmo até tinha gente tentando cozinhar, mas precisava mesmo era de uma limpeza inicialmente. Entretanto, a primeira coisa que iria começar a fazer era chamar atenção do pessoal ali, antes de começar, pegaria uma frigideira e uma concha e bateria a concha contra a frigideira.-Todo mundo atenção aqui!!- Esse lugar até podia ser bagunçado, mas nem chegava aos pés da vez que visitei uma creche em zou, crianças tentando me dar choque com o electro.

Foi a primeira coisa que pensei, e em nada me intimidava, claro grandes desafios requerem grandes ideias.-Vamos nos organizar, eu vou cozinhar pra vocês e vou ensinar a usar melhor o lugar. Muita coisa foi desperdiçada aqui poderia ter virado alimento.- Comentaria, de forma rápida, mas soando tranquila, não era uma bronca, estava apenas explicando um fato, então começaria limpando a mesa separando que era usável do que não, pondo e vasilhas na pia. No chão eu iria varrer e remover os dejetos, até porque precisava de um ambiente propício ao trabalho.

Então continuaria o que estava falando pra eles.-Vamos lá, prestem atenção, vou ensinar vocês como cortar melhor os ingredientes, e como fazer uma seleção pra o preparo certo?- Então se eles concordassem em me ouvir, iria começar pegando ali o tomate, iria cortar ele em pequenas rodelas, mostrando o processo, bem detalhadamente, mais de uma vez, então deixaria que eles tentassem.-Primeira dica: segure firme no cabo e use seu dedo pra marcar o tamanho das rodelas, não precisa ter grande precisão de tamanho, mas tente aproveitar o máximo do tomate.- então iria guiando eles ajudando com o jogo de mãos, corrigindo postura, e os cortes, pra que saísse o melhor possivel com os instrumentos que tinham.

Então começaria a falar do aproveitamento de nutrientes.-Quando cortarem alimentos suas cascas geralmente são úteis, cascas de batatas por exemplo, podem fazer chips, são gostosas se bem preparadas e tomates, sempre usem a casca, ela não atrapalha e tem muitos nutrientes.- Iria descascar as batatas corretamente mostrando que se gira a batata e não a faca, você vai fazendo o giro ao redor, e então dando uma explicação vocal pra isso.-Então girem a batata e mantenham a faca firme em posição e isso vai facilitar muito o corte das cascas, vamos tentem vocês- demonstraria pra eles mais uma vez, pra eles chegarem no ponto certo.

Então chegaria no ponto da carne, onde explicaria com detalhes a maneira certa de cortar a carne. Apontando para eles a fibra da carne mostrando os traços e falando.-Ta vendo isso aqui? Isso são as fibras, antes de cortar carne, identifique as fibras e corte no sentido oposto a elas, a faca em um ângulo reto vai ajudar no corte.- o correto a citar era noventa graus, mas reto era suficiente para a demonstração, já que isso podia fugir de conhecimento da maioria. Nem eu entendia completamente essa parte do ângulo, era bem mais instintiva nessa parte.

Depois disso iria demonstrar o corte dos rabanetes, que não diferia dos tomates então demonstraria para que eles percebessem que era praticamente o mesmo, até chegar nos temperos, onde iria falar sobre como usar eles.-Especiarias são importantes, e elas funcionam geralmente com uso a gosto, o sal por exemplo vocês devem buscar algo confortável ao paladar de todos, em geral tente não exagerar, afinal ter menos sal é facilmente corrigível, muito dá trabalho para consertar, precisando escaldar.- com isso teria então demonstrando a maneira com que salgava a carne com todo cuidado, para eventualmente por ela no fogo.

Então prepararia as batatas em filetes finos, e untar uma frigideira colocando no fogo e só depois disso a carne, iria por várias pequenos cubos de frando para fritar, adicionando posteriormente a batata e o tomate quando ele estivesse ficando douradinho, elas iria absorver o sabor e se somar.-Cozinhar é se atentar ao tempo, vocês devem prestar atenção na textura e na coloração da carne, nesse caso aqui quando ela fica dourada adiciono tomates e batatas, as batatas vão absorver o sabor das duas coisas, e o tomate vai dar mais sabor a carne suavizando a mistura.- expliquei como trabalhar os tempos, e também era algo que eu mesma estava tentando melhorar, minha precisão temporal.

Essa era a primeira parte dos ensinamentos onde prestaria atenção se todos estavam entendendo, responderia dúvidas e ajudaria pessoas com mais dificuldade de forma individual, para que conseguissem absorver cada um no seu ritmo, teria paciência com cada um e seu modo de aprender. A principal parte era a culinária, que era o que estava passando adiante, as outras coisas iria começar depois de fazermos a comida, falando da mixologia, mas isso iria ficar para um pouco mais tarde, por hora focaria em culinária e preparo.



Historico:


_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 VYrwji0
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Abr 04, 2022 6:34 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



Os olhos pesados pareciam me fazer ver coisas, mas agora conseguia compreender o motivo da cama estar tão quentinha. Com o peito desnudo, sentia um frio imediato ao sair das cobertas, me fazendo desejar retornar para lá imediatamente. Olhava para o lado e observava Mizuki num sono pesado que a levava a mundos de sonhos. Pzz não estava muito diferente, apesar de aparentar estar com mais calor do que Mizuki a ponto de tirar a camisa, o que era estranho. — Deve ser por ser Mink… — Dizia baixinho, ainda coçando os olhos para afastar a preguiça. Como Mizuki também estava sem camisa, aparentemente, imaginava que havia ficado com muito calor, mas ficava contente por vê-las tão confortáveis agora. Com um tapinha na cabeça de cada uma em intensidade de carinho, como uma espécie de “bom descanso” e “obrigado pela festança” me levantaria para perceber a bagunça que estava naquele quarto. — Nossa, parece que elas explodiram quando chegaram aqui. Deveriam estar com muito calor. — Resmungava enquanto catava minhas roupas, imaginando que a alta temperatura corporal pudesse ter sido por conta da quantidade de rum que bebemos.

Vestindo algum casaco encontrado por ali, ou até mesmo puxando algumas das mantas para me agasalhar, sairia do quarto em silêncio, percebendo que Rango sequer teve forças para chegar até a cama. — Meu corpo é a proteção que preciso, Sarnento! GHYAHAHAHAHA! Agora acorda pra cuspir, vai! — Daria alguns socos em meu peito em sinal de vigor e, em seguida, daria alguns pequenos chutes na perna de meu irmão para que ele despertasse. — Pegou muito pesado nas últimas horas? Confesso que não lembro de boa parte, GHYAHAHAHA! — Diria gargalhando.

Caso ali observasse a presença de Às, ergueria a mão e balançaria em saudação. — Adorei o navio, irmã! A cama é enoooorme, coube Mizuki, Pzz e eu, olha só. — Abriria um pouco da porta, deixando que ela notasse meu elogio. Caso viesse algum comentário maldoso, imediatamente sinalizaria em negativo com a cabeça, afastando esse tipo de ideia. — Nah, com certeza só estavam com frio e se juntaram. — Mas então eu refletia sobre o meu raciocínio anterior de que elas estavam com calor demais, o que justificava a falta de roupas. Por um momento, meu semblante se fechava em decorrência da influência dos pensamentos de minha irmã, para então começar a ficar preocupado. — Com certeza tem outro motivo, mas não lembro. Não enche! — Resmungava por ela sempre levar o assunto pra esse lado.

Encaminhando até a cozinha, buscaria sobras dos petiscos da festa, ou talvez alguma refeição preparada por Shiori. — E onde estão as outras? E já está tudo pronto pra viagem? Acho que já fiz a despedida ideal e já é hora de irmos embora daqui. — Comentava, já eufórico pelo novo cenário de nossas novas aventuras, apesar de saber que as viagens pela Grand Line costumavam demorar bastante tempo, o que me deixaria bem entediado rápido.


  • Posts: 9
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4), B$ 10.000.000 (comida festa - post 4)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 2/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.




_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Ter Abr 05, 2022 10:13 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


O brasão em minhas mãos tinha uma característica peculiar, uma rigidez estranha para um pedaço tão pequeno de metal. Não apenas isso, mas seu símbolo e a inscrição neles cravadas pareciam dar pistas de algo que não fazia a menor ideia de como descobrir em um primeiro momento. - Talvez com você eu tenha algumas respostas. - pensava, observando Luna descansar tranquilamente na cama. O receio pelo estado em que ele se encontrava, no entanto, obrigou-me a fazer vigília por sua segurança, tanto que eventualmente pegava no sono, despertando somente com os raios de sol em meu rosto. - Ainda dormindo? - pensava, observando a mulher ainda presa em seu sono, o que me obrigou a inevitavelmente caminhar rumo ao convés, onde encontrava rastros de algo atípico. - Hmm?!

Notava alguns baús e roupas pelo chão, e a julgar pelo estilo se pareciam muito com os que Mizuki utilizava. - Porque ela deixaria as roupas assim? - coçava a cabeça, um pouco confusa, enquanto seguia o rastro até um dos quartos onde encontrava algo que eu não esperava ver tão cedo na minha vida. - MAS QUE PORRA… - as palavras quase escapavam, mas rapidamente eu fechava a porta. - Não pode ser verdade. - sussurrei, abrindo a porta novamente para espiar e novamente, não acreditando no que estava vendo. - Não é possível. - Akira, Mizuki e a cabritinha? Ao mesmo tempo? O ruivo realmente tinha seu valor e parecia saber muito bem passar despercebido. Quem diria não é mesmo? A visão de surpresa parecia rapidamente mudar para um ar de orgulho, enquanto caminhava até a cozinha, em busca de algo para comer, enquanto esperava pela vinda de quem já havia enchido a barriga.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 9818c13a04e146883d114c821e7523b11f379b2e_hq

Eu sei que coube, aliás, caberia até em uma cama menor, mas eu entendo, você se preocupou com o conforto. - comentava, gesticulando com uma das mãos para que não me abrisse novamente a porta. - Deve estar se sentindo até mais leve agora. Estou surpresa porque não ouvi nada do outro quarto. Parece que a descrição é mesmo o seu forte, mas não esperava que você gostasse de minks nessa escala. - olhava para os lados, até ouvir uma desculpa esfarrapada de meu irmão. - Sim claro, elas estavam com frio, vocês beberam um pouco, elas disseram que seria bom dividirem a cama, você deve ter comentando que aprendeu a ficar duro e as coisas aconteceram. Tá tudo bem, é bem normal você passar por isso, todo adulto passa. - segurava para não rir e completava ao notar seu resmungar. - Akira, Rei Delas. Chega a ser um pecado não se lembrar de nada! Kihaahaha - naquele ponto já me divertia com a situação. - Não sei onde elas estão, talvez devêssemos procurá-las no convés. - diria, antes de levantar-me. - Depois queria que você olhasse Luna um pouco, ela chegou ferida ontem, mas não sei dizer se ela se machucou de maneira mais séria. - comentaria com o ruivo, antes de ir até o convés, em busca de Sasha e Shiori.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 3 ZaT0xpq