Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21 ampor  Koji6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Ontem à(s) 11:23 pmpor  Sashaficha Aika KinOntem à(s) 10:50 pmpor  mestrej2° - De Dawn a Shells - Uma viagem para conhecimento.Ontem à(s) 10:39 pmpor  SaruNo Maidens?Ontem à(s) 9:38 pmpor  IzumiCap. 2 - Ascendendo às profundezasOntem à(s) 9:23 pmpor  VanKaoru KageyamaOntem à(s) 9:09 pmpor  Kaoru[Pedido de instrutor] - TaliyahOntem à(s) 9:00 pmpor  nothawaiian[TUTORIAL] - TaliyahOntem à(s) 8:56 pmpor  nothawaiianPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Ontem à(s) 8:46 pmpor  Van
Página 2 de 6 Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Sex Mar 25, 2022 12:13 am
Relembrando a primeira mensagem :

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçador de recompensa Shiori Miyamoto, Sasha Sparks, Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll. A qual não possui narrador definido.

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Dom Mar 27, 2022 1:15 am



Hellhounds



Todos

As palavras de Akame não agradou em nada os caçadores, não que eles estivessem errado sobre isso, no entanto, a ruiva não tinha tanto poder e nem respeito no quartel, existiam pessoas hierarquicamente superiores a ela ali – Aaaah! Isso estava muito bom pra ser verdade.. – Falou Astolfo de longe, finalizando o treino com Mamaco naquele exato momento. De qualquer forma, a presença do pequeno pedaço de algodão era algo interessante aos protagonistas, que logo tratavam de interagir com a garota - Estão indo para lá?! Que maravilha! Preciso voltar até Alabasta para entregar algumas cabeças que deram um pouco de trabalho, odeio fujões. - Ela falava fazendo um “beicinho” de quem realmente estava desgostosa da situação que passou - Ótimo! Ótimo! Se não tem problema, irei com vocês sim, preciso pagar alguma taxa? - Indagou enquanto caminhava junto com o grupo.

No trajeto até a saída, era possível para todos notarem alguns olhares de descontentamento com a presença do grupo ali. A marinha era uma instituição responsável por manter a paz e querendo ou não, precisavam mostrar serviço para que o respeito e admiração das pessoas comuns continuassem, com isso em mente, estava claro que a resolução do problema anterior ter caído nas mãos dos caçadores, tinha trazido um gosto amargo para eles. Claro, possivelmente a marinha daria seu próprio jeitinho de puxar a “sardinha” para seu lado, mas isso não era bem um problema. O caminho até o porto foi ligeiramente tranquilo, poucas pessoas apareciam no trajeto, algo bem típico de um lugar frio como aquele.

Pzz passou todo trajeto conversando com Akira sobre o medicamento, dando atenção e respondendo as indagações de Sasha, que foi respondida com a seguinte frase: “Não, esse Kit eu fiz ao longo das minhas viagens, repondo algumas coisas e comprando outras por onde passava. É bem simples, não tem muita diferença do padrão”. Pelo jeito a garota era bem vivida, sua postura e maturidade iam contra sua aparência, ela tinha um jeitinho de quem era bem forte. Não demorou muito para que pudessem ver o Fenrir atracado no porto, ele estava reparado e parecia estar sendo bem cuidado. Logo chegavam no interior da embarcação onde o frio não alcançava, pelo menos, não com toda sua força. Iris parecia feliz com a presença de Pzz, ter alguém do seu tamanho criava uma conexão entre as duas, que conversaram também durante a viagem.

Às não demorou para interagir com o rapaz e agora se encontrava como supracitado no estabelecimento do mesmo, digo, em seu escritório –Certo, bem... o seu navio é um Brigue usado, então seu valor acaba sendo menor que os novos... consigo pegá-lo e abater o valor de 10 milhões na compra de um novo. – Falou o homem sendo bem direto e firme em suas palavras, não parecia ser alguém que seria ludibriado ou cairia na lábia de qualquer um – O rum você pode encontrar na taberna próximo ao porto, agora as embarcações eu tenho algumas opções disponíveis: Todos são navios de porte grande, enfim, vamos lá! – – Falou o homem entregando um catálogo simples com as descrições de algumas imagens da estrutura dos navios, sendo eles: uma caravela; um galés; uma fragata; um galeão; um mercantel; uma carracas e um nau de linha. Volkerball tinha todas as informações dos navios ali, sua autossuficiência, sua celeridade, estrutura, durabilidade, poder de fogo, espaços de ocupação e também seus valores. Ela tinha tempo hábil para julgar e escolher aquele que contava com tudo necessário para viajar pela Grand Line.


Histórico:


Legenda:



Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Dom Mar 27, 2022 1:58 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



Já de volta ao navio, tocava suas paredes de madeira com um sentimento nostálgico. — E pensar que esse doido aqui nos fez cruzar uma cachoeira que se movia para cima e ainda nos trouxe tão longe de casa. — Comentava com os demais enquanto eles se instalavam pelo lugar. Com Às se dirigindo até a estalagem em busca de negociações sobre nosso próximo navio, precisava começar os preparativos da festa no barco que havia mencionado. — Vou precisar de uns braços extras para trazer as bebidas e os petiscos. Alguém disposto? — Comentava para todos, esperando ao menos que o Sarnento me acompanhasse nessa.

Assim, com todos devidamente instalados, seguiria não muito depois de Às para a região do porto. Por lá, dividiria nossos caminhos para me remeter até a taberna, esperando que tivesse rolado uma troca do pessoal lá dentro por um povo mais animado. Presente no lugar, esboçava um sorriso e um aceno gentil para o atendente, já colocando no balcão para começar a pedir. — Seguinte, chefia, vou fazer uma festa e preciso regar todo o pessoal de bebida. Além disso, uns petiscos pra forrar o estômago também vai cair bem. Acha que consegue deixar tudo pronto dentro de uma hora, quem sabe? — Entretanto, caso estivesse em pronta entrega, me alegraria ainda mais. Pagaria todo o valor que fosse necessário, já beliscando alguns dos petiscos para verificar sua qualidade. Se pudesse pegá-los em poucos minutos esperando, assim o faria, sentando em uma das mesas enquanto conversava com Rango, principalmente quanto ao fato de nós sermos os únicos dentre os irmãos que ainda não tiveram seus corpos adulterados por demônios ou próteses.

Se notasse algumas presenças mais animadas, como outros caçadores, ou pessoas mais jovens recém-chegados, acabaria convidando-os a se juntar a nós para a festa de despedida de Fenrir também, me certificando apenas que não eram piratas, é claro. Para isso, faria uma simples pergunta infalível: — Você não é pirata, né? — Falaria de forma direta, acreditando cegamente em qualquer resposta que fosse ser dita.

E assim, retornando para a embarcação, ajudaria a organizar as coisas na cozinha, avisando para Shiori sobre o planejamento. — Acha que consegue ajustar algumas coisas sem causar ódio nas comidas para elas não se voltarem contra nós? — Perguntaria, questionando se as novas habilidades dela estavam mais sob controle agora. Assim, faria os últimos ajustes enquanto o pessoal ia se reunindo, devendo ter ainda algum tempo de sobra até todos estarem presentes. — Bem, Pzz, se quiser posso te mostrar como preparar o remédio da Íris. E enquanto isso, alguma de vocês sabe por onde anda a Luna? Quero trocar umas ideias com ela antes da festa! — Perguntaria para minhas irmãs e para Mizuki, imaginando que alguma teria essa informação além de Às. E assim, seguiria até um quarto livre com bancada, de modo a dispor de meus utensílios de ofício para começar a preparar algumas novas doses para o remédio da pequena.


  • Posts: 4
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4),
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 2/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até  10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.




_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YDNzcDa
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Dom Mar 27, 2022 9:10 pm
Ragnarok


A pequena falava algumas coisas, e nesse tempo, as perguntas eram fáceis pra que eu respondesse.-Não pretendo cobrar nada, a gente acerta qualquer detalhe no barco. Mas por hora segue com a gente, to com fome.- dizia dando um sorrisinho meio de canto mas voltando a seriedade, onde iria caminhar de modo mais tranquilo, depois de falar isso.

Porém iria acelerando os passos conforme a fome avançava, eu queria chegar mais rápido no navio para poder abrir minha marmita. E assim faria, para chegar o mais rápido possível no barco. Quando estivesse lá, respiraria profundamente enquanto me acalmava, já que finalmente era hora de comer.

Então ouvindo o que o Akira falava, num momento de certa contemplação dele ali, iria apenas responder.-É, ele trouxe a gente bem longe, e vai servir bem para outras pessoas.- disse com tranquilidade enquanto estenderia as mãos pra receber minha marmita, pedindo ela pra Sasha.

Com as mãos na frente da felina diria.-To com fome, quero comer minha marmita.- E se ela me entregasse iria aproveitar na mesma hora pra ir pra cozinha onde não faria nenhuma cerimônia dessa vez, apenas iria comer com velocidade tudo que estava dentro dela.

A fome era o que precisava me livrar naquele momento, e só quando fizesse isso iria realmente ficar mais calma. Era então nesse ponto que acabaria por dizer.-Já não aguentava mais, a fome tava me matando.- e então agora sim com mais tempo disponível iria poder conversar com a colega nova que iríamos ter trago pro barco.

Então iria até ela para falar com ela antes de outras coisas, dizendo.-Certo, o que sabe da agulha escarlate, digo, se está atrás deles de algum modo deve ter mais informações né? Ou ainda não sabe muito?- Por hora era o que queria, apenas informações simples que pudessem dar algo mais do que o que tínhamos, era provável que não recebesse nada mas na prática só teria qualquer certeza quando ela dissesse algo.

Nesse tempo se Akira viesse até mim pra ajudar com a cozinha eu logo diria pra ele o que pretendia fazer por hora.-Posso resolver isso mais tarde sim, quer dizer, não sei se eu ainda vou atirar comida, não tenho qualquer certeza sobre a habilidade ainda, está em processo de refinamento, e eu ainda não sei exatamente tudo que pode fazer.- o comentário era sensato, mas de fato não iria deixar de cozinhar apenas por isso.

Por fim iria dizer pra ele que faria a comida, mas só um pouco mais tarde.-Irei fazer a comida, mas, um pouco mais tarde, e aí posso ajudar com mais algumas coisas sim. Primeiro vou descansar um pouco e descobrir mais algumas coisas.- desse modo iria deixar que ele ficasse tranquilo, iria ajudar mais tarde mas tinha alguns compromissos antes, um deles com meu próprio momento de descanso.



Historico:

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 VYrwji0
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Dom Mar 27, 2022 9:10 pm


Ragnarok
Cat


Ao que parece Alabasta parecia ser um lugar comum de desejo das pessoas que estavamos cercadas, Sasha na verdade nesse momento só se interessava porque lá parecia ser um lugar divertido com pessoas fortes, o frio não mais me era um super incomodo já que eu estava aprendendo a torná-lo como parte de minha força, tinha muitos passos para seguir mas, Sasha mesmo preguiçosa sempre foi teimosa em alcançar suas metas. - Huh…. bem, talvez se você puder ensinar alguma coisa pra gente, que tal?- Coloquei a mão abaixo do lábio enquanto os olhos foram para o céu como se eu tentasse propor algo que fosse justo para ambas partes.

- Até porque caçadores sempre tem experiências diferentes né? Quem sabe o que não podemos fazer para que a gente possa crescer nyahahahaha. Apesar que Sasha acha que sem poder da fruta vai continuar baixinha mas… Detalhes nyah, Sasha é do tamanho certo pra caber no coração de sua Shiori, então ta tudo certo nya nya- Teria concordado com a minha própria lógica afinal, Sasha sempre estava certa, exceto quando não estava, acontece.

Quando já estavamos onde minha Shiori pediria pela comida dela eu teria entregue, a minha não teria durado tanto assim mas, Sasha as vezes não tem disciplina pra esperar mesmo não, minha Shiori compensa isso por mim, um papo sobre o besta pau viria e eu diria - O Besta Pau foi o rival mais próximo de matar a Sasha de verdade, então certamente ele vai ajudar alguém a fortalecer o seu coração, vai sim. Se ele fosse da Sasha ela não iria abandoná-lo mas, essas coisas acontecem. - Era provável que toda a minha abordagem e modo de pensar em relação ao navio fossem diferentes se ele fosse meu, mas até então ele era só um bicho perigoso ao qual eu não sabia domar.

Eu teria me sentado e então, eu teria aberto o livro ao qual eu trouxe comigo das batalhas em que eu travei, para ir folheando procurando mais sobre os meus poderes e os da minha lobinha, era algo que tomaria a minha intenção por alguns momentos enquanto a conversa acontecia até que as palavras de Minha Shiori me teriam feito colocar a garra por cima da página que eu lia, parando para ouvir.

Dependendo da resposta dela, Sasha seria direta - Nyummmmm Você já explicou pra gente o porque veio nos avisar? Não parece ter sido uma jornada fácil, já que precisa de uma carona pra seu objetivo -. Eu não tinha muito mais para perguntar no momento ou pelo menos não me vinha mais muita coisa na cabeça no momento, era inevitável pra mim não voltar a prestar atenção no que eu estava lendo, caso o assunto me perdesse a atenção por ficar longo demais ou coisa do tipo.


Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 WN4Utd7

Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Mar 28, 2022 2:30 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Por mais que o desejo pelo rum tivesse um misto com a necessidade de consumi-lo, não demonstrava imediato interesse em tal produto. A responsabilidade naquele instante estava integralmente em substituir Fenrir por um navio capaz de suportar as adversidades e hostilidades dos mares da Grand Line. - Poder abater uma parte do valor soa interessante. - comentava com notável interesse, enquanto recebia o suposto catálogo de informações. - Você parece ter muitas opções! - pontuava inicialmente, dedicando logo em seguida boa parte da minha atenção nas informações ali presentes.

Todos são navios de grande porte. A fragata é boa, mas acho que teremos problemas com o abastecimento, enquanto a galês sofrerá com a velocidade. - explicava meu ponto de avaliação, afinal de contas éramos caçadores e precisávamos de um navio que pudesse comportar nosso consumo e nos garantir a melhor velocidade possível. - Gostei dessa caravela. - comentava, entregando o catálogo. - Com o abatimento do valor, quanto ela fica? - uma pergunta meramente formal para um grupo que podia comprar praticamente qualquer um daqueles navios. - Ok, eu vou levar. Seu pessoal ficará responsável por organizar a embarcação tal como realocar o que já tenho em meu navio? - valia a tentativa, Fenrir havia sido um pagamento e por isso, barganhar com ele era bem mais simples.

Com tudo pronto, assinaria um contrato se necessário ou realizaria o pagamento antes de sair rumo ao bar. - Comunicarei meus companheiros, para que assim tenha o tempo necessário para ajustar as coisas. - diria antes de me despedir do homem. Assim entraria no bar não muito tempo depois, pedindo por uma garrafa de rum assim que chegasse no balcão. Lá esperaria por Luna, que havia ficado pelos bares e tavernas à procura de informações pertinentes. Caso a encontrasse no bar, iria até sua direção. - Vamos para Alabasta. Sol e deserto, o que acha? - diria, brincando antes de questioná-la de maneira séria. - Sabe algo da ilha? Algum comentário ou qualquer outra coisa que deveria saber?













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 ZaT0xpq
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Mar 28, 2022 3:26 pm



Hellhounds



Senshi - Yami - Aliph


O grupo estava em um clima de despedida, afinal, eles tinham uma certa história com Fenrir. Rango e Mizuki acompanharam o ruivo até a taberna, onde eles encontraram com Mamaco, Girimundo e cia, pareciam estar procurando por um barco também, pelo jeito eles iam finalmente começar suas vidas como caçadores de recompensa. Voltando ao navio, Pzz continuava por ali observando todos aqueles acontecimentos - Ensinar? Bem... não sei o que posso ensinar. Eu sou uma médica, voltada para área da farmácia, química, toxicologia e essas coisas! E bom, sou uma navegadora de mão cheia também, a vida de caçadora me obrigou a aprender isso. - Falou respondendo Sasha de maneira bem tranquila - Fruta? Você tem uma Akuma no Mi? Que legal! Vi bem poucas até então, a maioria eram inimigos. - Comentou a garota sentindo os curtos raios do astro rei que passavam pelas densas nuvens existentes no céu, que passavam pela janela.

Shiori comeu e logo voltou para interagir - Quando soube dessa organização, fiz um levantamento sobre ela e a princípio não encontrei muita coisa. Mas continuei realizando alguns trabalhos e acabei vendo algumas conexões, parece que a Agulha está relacionada com o submundo, pelo que pude entender eles são alguma espécie de escravista? Não sei ao certo se é isso. - Ela falava mantendo a tranquilidade e calma em seu tom de voz - Acho que acabei atrapalhando alguns dos planos dessa organização, já que acabei matando alguns procurados... não sou muito boa em capturar com vida, isso é bem ruim. - Ela parecia um tanto quanto triste naquele momento, Sasha principalmente podia entender a dor da ovelha - Então, eu viajo pela Grand Line fazendo todo tipo de trabalho, mas gosto de focar na caça e captura de criminosos. - Ela retirava duas cápsulas vermelhas, com um número “5” em todas elas - Aqui eu guardo as cabeças, mantém refrigerado e então posso levá-las por bastante tempo. Enfim, tinha que passar por aqui para entregar algumas cabeças fujonas e então soube que vocês ainda estavam por aqui. - Ela foi simples em suas palavras.

Enfim, as garotas encontravam algumas informações sobre suas respectivas frutas no livro - Vocês tem algum ferreiro por aqui? Preciso amolar o meu machado, ele acabou perdendo o fio com as capturas em sequência. Serve até uma pedra para amolar ou qualquer coisa desse tipo, só preciso recuperar um pouco o fio mesmo. - Finalizou a garota. Assim que respondessem a garota, o grupo no navio ouviu sons de palmas e uma espécie de chamado “oh de casa”, era algo desse tipo, não dava para elas ouvirem bem do interior do barco. Ao chegarem no convés e olharem pro porto, Sasha reconheceria o garoto que estava chamando, era aquele mesmo rapaz que abriu a porta para eles na saída da taberna - Olá, posso ter um tempinho da sua atenção? - Bradou o menino.

Na taberna Akira notava que ela estava ligeiramente mais movimentada do que antes, no entanto, os clientes estavam espalhados e bem quietos – Oi! Bem, se vocês esperarem alguns minutos eu consigo fazer tudo bem depressa. – Falou um rapaz de feição comum, sem nada que tenha a necessidade de descrever em detalhes. Enfim, o valor de todo aquele festejo ficava em míseros 10 milhões de berries, algo que não pesava no bolso do caçador. Alguns minutos se passaram e mais pessoas foram chegando à taberna, algumas mais animadas e outras mais tranquilas – Pirata? Jamais amigo! Sou um trabalhador comum, assalariado e não perco uma festa por nada! – Falou o homem de cabelos azulados – Em breve eu e meus amigos estaremos lá! – Completou o homem apontando para uma mesa que estava bem animada.

De qualquer forma, Akira tinha agora os petisco e toda bebida necessária para uma boa festa, retornando junto com a dupla até o Fenrir – Não sei onde ela está, desde ontem que ela sumiu.. provavelmente está procurando alguma informação para As, não? – Falou Mizuki com um olhar sereno em seu rosto. De qualquer forma, o grupo estava no navio, Pzz voltaria sua atenção para Akira quando ouvisse sua frase sobre o remédio.


Volker

A caçadora continuava no estabelecimento do homem, observando todo o catálogo e vendo as opções, escolhendo a que mais supria as necessidades do grupo – Ótima pedida! – Falou o homem animado, como se há muito tempo não conseguisse vender uma embarcação - Não, esse trabalho é feito por vocês. Colocaremos o navio em boas condições no porto dentro de duas horas, então vocês fazem o transporte e logo em seguida iremos levar seu navio. – O homem falava de maneira simples e direta, mas sem perder a educação. O pagamento era feito logo após assinarem um contrato, sendo este um documento de compra e venda, um trâmite bem simples.

Já no bar, a ciborgue notava a presença de um número considerável de pessoas, que comentavam sobre uma festa que um homem de cabelos vermelhos iria dar, todos pareciam animados. Luna não estava por ali, aquilo podia ser algo preocupante para Volkerball, já que sua companheira não parecia já tinha algum tempo, talvez estivesse imersa na busca por informações? Ou teria ela entrado em uma enrascada? – 300 mil berries, senhora. – Falou um rapaz de aparência simples, entregando a garrafa de rum e aguardando o pagamento pela mesma.


Histórico:


Legenda:



Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Seg Mar 28, 2022 10:30 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



Petiscos na geladeira, bebida guardada, barda ao lado e convidados a caminho… Um sorriso largo se abria em minha face na medida que organizava tudo, sabendo que seria a maior e melhor festa que aquela ilha gelada já havia visto! — Então chega mais, Pzz! Quem sabe você não me dá umas sugestões para melhorar a fórmula. — Comentava após tudo estar finalizado, me encaminhando até minha sala para poder ter um tempo em paz para não errar nos preparativos. Com tudo finalizado e conversando bem com Pzz sobre nossos conhecimentos em comuns, guardaria as novas capsulas em um frasco simples, sacudindo para ouvir o som das pílulas lá dentro. — Com isso, Íris-chan poderá ficar bem por mais algum tempo. Ainda estou em busca de uma cura definitiva e não vou desanimar até lá! — Carregava um misto de esperança, otimismo e determinação em minha voz.

Retomando para os demais, buscaria minha irmã felina para deixá-la encarregada dos medicamentos, visto que havia começado a ficar muito mais com Íris do que qualquer outro. — Os remédios da Íris. Um após cada refeição já vai resolver o problema. — Comentaria enquanto faria um afago nos cabelos da pequena aspirante à aventureira. — Por falar em problema, vocês viram por onde anda Luna? Precisava aprender uns passos com ela antes da festa, sabe? Quero arrasar na pista hoje. — Comentava fazendo um pequeno sapateado, totalmente desengonçado. — Tá vendo? Precisava da Luna pra resolver essas coisas. — Resmungava baixinho.

Claramente não gostaria de ficar parado por ali simplesmente batendo palmas pro teto enquanto todos se reuniam para a festa mais tarde. — Sarnento, você sabe que horas são?! — Já iria me aproximando dele, pegando duas garrafas de rum e abrindo a tampa. — É hora da festa da família Rango começar! Do jeito que o pai ensinou e do jeito que a mãe odiava!!! Está pronto?! — Lhe entregando uma garrafa e dando um belo dum gole da outra, começaria uma cantoria junto a ele, abraçando seu ombro enquanto começaria a dançar do jeito que apenas nós fazíamos.

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Giphy

Junto com aquela desengonçada dança junto de meu irmão, com o teor alcoólico já se elevando, começaria uma cantoria que nós cantávamos durante muitos anos pela fazenda, quando brincávamos de fazer jangada ou de surf-tritão. Eram tempos mais simples, mas a alegria genuína perdurava até hoje. — Away haul away, we'll haul away Joe!!! — Cantarolava acapella junto do Sarnento, que com certeza não havia se esquecido ainda a letra daquela engraçada música.

Se outros começassem a se animar, os puxaria para dançar de igual modo, compartilhando garrafas de rum enquanto aquecíamos nossos corpos com a dança e com a alegria. Chama alguma se compararia conosco naquele momento, e que os Deuses testemunhassem e invejassem de nossa celebração! Pois eu, como o Rei da Festa, declarava que seria um crime hediondo não dar umas boas risadas e festejar naquela saudosa despedida!


  • Posts: 5
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4), B$ 10.000.000 (comida festa - post 4)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 3/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até  10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.




_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YDNzcDa
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Ter Mar 29, 2022 1:25 am


Ragnarok
Cat


Meu Akira falava alguma coisa sobre os remédios, Sasha não sabia nada do assunto, então desde que minha Ìris tomasse direitinho o que precisava, Sasha não precisava pensar em coisas difíceis.

A felpuda me falava algumas coisas que ela sabia, até tinha umas coisas que talvez eu me significasse a aprender em algum momento mas parecia tudo coisa que precisava ser esperto e Sasha não tava com humor pra ser esperta - Tem coisa ai que é dahora mas, Sasha vai ficar com coisa simples quando for aprender, tipo perscar peixinho, montar em bichões ou ser furtiva como uma ninja Nin nin- Teria feito o sinal juntando ambas as mãos fazendo o selo de tigre enquanto falava com um sorriso no rosto.

- Nyauhum, Sasha comeu a fruta do dragão de gelo! O guia provavelmente traduziu errado, mas Sasha tem certeza que apesar de parecer um lobo, é só um dragão disfarçado - Comentei com toda a certeza do mundo e com orgulho de meu novo poder, que enquanto eu lia no livro um pouco sobre me abriu um leque enorme de possibilidades.

Conforme ela continuou falando Sasha entendeu completamente, até batendo na mesa sem querer de empolgação dizendo - E NÃO É?? MESMO QUANDO A GENTE NÃO QUER MATAR PLOFT… A CABEÇA DESGRUDA DO PESCOÇO!- Exclamei indignada de como os piratas roubavam até quando eram derrotados, havia uma real agressividade quando eu pensava nos meus inimigos tomando algo de mim quando eu os matava, porque Sasha não tinha como matá-los novamente. - huh.. Dahora. - Teria dito a vendo explicar sobre a paradinha guarda cabeça.

- Sasha é ferreira, quando ela for trabalhar eu posso afiar seu machado… Que misterioso usar um machado pra cortar pessoas, pensava que ele servia só pra cortar madeira. - Sasha até tinha ouvido falar sobre pessoas que faziam isso mas sempre acreditou que assim como foices, eram armas de improviso, não armas principais de ninguém. Sasha jurava que devia ter prestado atenção em mais coisa mas, falar, ouvir sentir e ler e contemplar o como minha Shiori era bonita falando sobre as coisas ao mesmo tempo eram muitas tarefas pra uma gata só!

MInha Shiori parecia que ia vir pertinho, então eu logo empolguei mas com o chamado que pareceu ter acontecido, eu fechei o meu livro e fui olhar do lado de fora sobre o que era - Menino da porta! O que foi?- Eu coloquei a mão na cintura, ouvindo o que ele tinha a dizer.


Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Ter Mar 29, 2022 1:25 am
Ragnarok


O papo com a mocinha acabava chegando numa pergunta sobre fruta, bem, não era algo impensado, até por que realmente eu tinha uma e isso poderia talvez chamar atenção por ser coisa muito incomum.-É um set de habilidades interessante, durante a viagem podemos ir conversando sobre essas coisas. E sim, eu tenho um poder de fruta, ainda não entendi toda sua extensão, posso repelir coisas.- disse coçando o queixo sobre o assunto.

Depois disso tudo Sasha continuava teimosa sobre sua verdadeira habilidade, daria apenas uma risadinha sobre o assunto, não revelaria muito mais do que fazia, afinal, ainda era uma desconhecida, o conjunto de coisas e extensão dos poderes, era algo que eu tinha teorias em minha mente, mas faltavam mais coisas nesse ponto. Depois as informações que a garota tinha, não eram nada de novo.

Infelizmente tudo que ela disse já tinha conhecimento, afinal eu vi o que eles fizeram, mas não eram bem escravos, essa ideia é bastante imprecisa.-Experimentos- corrigi a ideia que ela passou sobre o assunto, já que na verdade se tratava de algo mais profundo e macabro.-São persuasivos, tem recursos e um exército grande, já fiz parte, era Número 78 no esquadrão deles. Mas a maioria não sabe tudo que tem na organização, eles falavam que era um lugar para melhorar a vida das pessoas, eu protegia e patrulhava a área norte de uma das bases. E foi aí que vi a desgraça, eles usam minks e minks sem pelo como experimentos, sem qualquer grau de ética, são cientistas loucos, tentando criar algo, eu chutaria super armas.- expliquei a situação para ela para dar mais base de com o que a tal caçadora estava lidando.

Claro, essas informações não eram tão precisas, sobre a organização a última parte é uma teoria, mas Sasha estava sendo usada para fins experimentais, e científicos, eles estudavam alguma coisa e ela era cobaia, naquele pavilhão vi só ela, mas quantos poderiam ter em outros não saberia dizer. Então tudo que havia sido explicado era isso, uma boa base, para fazer as coisas. Naquele momento iria me sentar com Sasha pra ler aquele livro diferentão junto dela, não lembrava de ver ele, no entanto quando fui fazer isso, o rapaz chamou.

Então fui ver o que era também, indo até onde Sasha foi pra ver o que que se tratava, apesar de eu claramente não saber quem ele era, ele parecia conhecer minha gatinha, queria ver quem era, talvez fosse algo importante ou legal pra mim também, só precisava ver. Por isso no primeiro momento observaria ele como um todo para ver como ele se parecia até então.



Historico:

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 VYrwji0
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Ter Mar 29, 2022 8:59 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Bom, valeu a tentativa. - comentei com um breve sorriso na face, o contrato firmado era o suficiente para garantir um bom substituto a Fenrir, apesar de não conseguir com que o homem fizesse também o transporte do que tínhamos na embarcação. Com o contrato em mãos, segui rumo ao bar, tendo plena noção de que teria que retornar para comunicar aos demais a respeito da compra. - Toma o dobro, uma garrafa não vai durar muito. - pegava a garrafa, dando um claro sinal para que o rapaz buscasse uma segunda, enquanto apreciava o rum como água fresca no deserto. - Sirius, diagnóstico. - pensava, notando através do olhar cibernético os medidores de combustível subirem, tal como a estabilidade de meus mecanismos. O clima na taverna era animado, o burburinho de uma festa chamava minha atenção, aquele era o tipo de conversa que Akira adoraria ouvir, ou pelo menos era o que achava até notar de que provavelmente era dele que falavam.

Não tem jeito mesmo. - suspirei com um sorriso na face, antes de pegar a segunda garrafa e deixá-la perto de mim. Apesar da leveza, a ausência de Luna era sentida, estaria ela ainda procurando informações? Ou teria encontrado alguém interessante que valesse a pena um envolvimento? - Se fosse o caso poderia ter me convidado. - assoprava as palavras como quem compartilhava um segredo malicioso, porém já tinha em mente de que precisaria ir atrás dela se não houvesse mais sinais dela. Terminaria de tomar a primeira garrafa e sairia da taverna com a outra garrafa em mãos. O destino? Fenrir.

Vocês ainda estão aqui? - questionaria se encontrasse Shiori, Sasha e os demais por ali. - Aqui, um contrato de compra. Somos todos donos de uma caravela agora. - mostraria o papel a Shiori em específico. [color=#008080]- Teremos boa velocidade, mais resistência e espaço para guardar mantimentos e materiais, creio que todos ficaremos melhor acomodados agora. - procuraria um local para me escorar brevemente. - O navio estará à nossa disposição em duas horas, mas o transporte ficará sob nossa responsabilidade. Então se não se importarem, eu vou cuidar disso enquanto vocês se ocupam com outros assuntos. - abriria um suave sorriso, eu era a navegadora, cuidar do navio era o mínimo da minha parte. - Eu acho que vou render mais rápido sozinha, ainda mais de tanque cheio! Kihaahaha. Após arrumar o navio, eu tenho outras coisas para ver na ilha, mas serão breves. - explicava, dando a elas o tempo necessário para que pudessem sair do navio para que logo em seguida, eu começasse a movimentar a “mudança”.

Dessa maneira, começaria a deixar boa parte das coisas já organizadas para trocar de navio, deixando-as no convés, no aguardo da caravela. Quando esta estivesse a minha disposição, cuidaria do transporte dos itens da forja de Sasha, tendo todo o cuidado necessário para separar e transportar tudo com o máximo de atenção a fim de não perder nada que pudesse ser valioso para ela e o mesmo se aplicaria a todos os demais, fosse os ítens de cozinha de Shiori, ou os itens médicos de Akira, passando pelas camas, canhões e outros itens importantes. Realizaria tudo na pura força bruta, mas também usaria os cabos de Orion para facilitar as coisas, principalmente puxando elementos mais leves de um navio a outro. Uma vez que tudo estivesse pronto, gastaria um pouco mais de tempo com Fenrir, andando pelo convés como se me despedisse de um valioso amigo. - Obrigada por tudo o que fez pela gente. - olharia para o topo do mastro. - O Ragnarok já se encerrou, pode descansar agora. - sorriria, saindo da embarcação rumo a cidade, para um velho e conhecido estabelecimento. - Espero que ainda tenha paciência para me aturar mais um pouco. - diria ao velho da loja de arqueologia. - Ainda tenho tempo para aprender mais um pouco. - diria, animada.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 ZaT0xpq
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qua Mar 30, 2022 2:27 am



Hellhounds



Senshi - Yami - Aliph


Uma sequência de acontecimentos ocorreram em um curto espaço de tempo: Shiori e Sasha explicaram seus pontos, mesmo que a loba tenha sido um pouco mais curta em suas palavras, afinal, não tinha como confiar em Pzz. Akira por outro lado mostrou sua criação, o medicamento capaz de manter Íris em uma situação agradável, mesmo que não fosse uma cura definitiva como almejava. A pequena ovelha apenas escutou as palavras de todo grupo, não tendo nada a declarar sobre o medicamento, além de elogios é claro. Ela também conseguiu entender um pouco mais sobre a Agulha Escarlate, já que as informações foram dadas por alguém que já fez parte da organização, deixando tudo mais claro para a caçadora - Eles não conseguem ficar com a cabeça presa no pescoço, é horrível. - Comentou a garota concordando com a felina - Certo, depois eu tiro ele da cápsula e lhe entrego. - Concluiu a pequena voltando sua atenção a Akira e Rango.

A dupla começava a se animar cantando , enquanto bebiam todo álcool que existia nas garrafas, pelo menos a que estava com Rango. Pzz no momento inicial ficou um pouco acanhada, no entanto, logo partiu na direção das bebidas e virou uma garrafa inteira, ficando visivelmente mais solta e começando a dançar com a dupla, que logo se tornou um quarteto com Mizuki e acabou em um quinteto com a pequena Iris. Enquanto a festa começou animada lá dentro, a dupla selvagem partiu em direção ao chamado – Oi! Me chamo Frederico Ortez, desculpe incomodar mas gostaria de trocar uma palavrinha com vocês. – Falou o rapaz de maneira bem educada – Faço parte do Centro Comunitário, lá é um porto seguro para aqueles que não tem comida na mesa, doentes ou aqueles que acabam em um estado deplorável por não ter uma roupa capaz de suportar todo o frio. Somos um estabelecimento que recebe ajuda do líder de Pyatidrov, mas mesmo assim os recursos enviados não são o bastante para a demanda do lugar. Fico um pouco constrangido em chegar dessa forma abrupta, mas vi que você saiu da taberna com algumas quentinhas.... queria saber se vocês tem a possibilidade de doar uma ou duas quentinhas para que eu possa está levando para lá, pelo menos, já serão duas bocas alimentadas. – Ele falou com seriedade então demonstrava estar mentindo ou tentando tirar alguma espécie de vantagem, pelo jeito, o lugar era realmente necessitado. Sasha e Shiori conseguiam ver um saco plástico que parecia ter alguns enlatados, mas que não passavam de cinco itens. O garoto carregava os entalados no saco, abraçados em seu peito como se fosse o maior tesouro do mundo.

Volkerball estava na taberna e logo percebia o grupo de antes saindo do lugar, eles falavam que estavam indo para a festa do ruivo. Seus pensamentos voltaram-se para Luna, mas ela tinha confiança que a mulher estaria bem, ela tem seus próprios métodos de ligar com o perigo. Outra garrafa foi entregue e o valor pelo item foi pago rapidamente, era claro para a ciborgue que seu tanque estava abastecido, ainda mais com a ajuda de Sirius. Enfim, ao sair em direção ao Fenrir notaria a presença do grupo na frente da sua embarcação, gritando pelo tal do ruivo. Sasha e Shiori também notavam com mais clareza – Um ruivo nós convidou para festa, ele era desse tamanho aqui mais ou menos. – Falou o homem em direção a dupla selvagem, tentando tirar a altura de Akira com sua mão – Estamos prontos para comemorar! – Gritou outro homem erguendo uma garrafa. Akira era capaz de escutar os chamados e como o Rei da Festa, certamente sabia que seus convidados tinham chegado.

Por último, Às retornou ao navio pronta para organizar as coisas, mas veria o impasse claro em sua frente: O grupo iria sair para que ela pudesse organizar? Ou a festa iria rolar primeiro e só depois a mudança seria feita?


Histórico:


Legenda:



Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qua Mar 30, 2022 5:40 pm
Ragnarok


Pzz não acrescentou muito a mais no assunto sobre a agulha. Então uma causa muito mas muito interessante vinha à tona, o que aquele rapaz falou tocava meu coração realmente. Não esperava ouvir algo como aquilo. Uma coisa tão complicada naquela ilha… Aquilo abriu meus olhos mais uma vez, já fazia algum tempo que tinha esquecido de coisas assim…

O mundo realmente carrega consigo uma desigualdade enorme. As coisas são muito difíceis pra tantas pessoas, algumas pessoas tem problemas de verdade, vivendo a própria sorte, eu respirava profundamente ouvindo o que ele falava, e mais uma vez me lembrava que não importava quanta força eu tinha no braço, não podia resolver todos os problemas do mundo.

Mas ao menos naquele momento eu tinha algo que eu poderia fazer. Não resolveria tudo é claro, mas o dinheiro que tinha ganhado naquela captura, podia ser mais útil para outras pessoas. Peguei do meu bolso, cem milhões de berries, um valor que eu considerava relativamente alto, claro que provavelmente pra tantas pessoas que deveriam estar ali provavelmente não seria muita coisa.

Então iria descer do barco para entregar a ele pessoalmente o dinheiro.-Aqui tem cem milhões de berries. Sei que não resolve todos os problemas provavelmente, mas deve ajudar a ter um dia melhor ao menos.-Disse repousando o dinheiro sobre a mão dele, deixando que ele tomasse a grana para poder usar ela em prol de ajudar aquelas pessoas.

Também aproveitaria para comentar que desejava ver o lugar posteriormente e conhecer melhor talvez, mas não sabia se iria realmente fazer isso antes de viajar.-Estaremos partindo logo mais, mas talvez eu vá conhecer o lugar, posso procurá-lo caso eu tenha tempo?- comentei apenas a título de curiosidade se ele era aberto para visitas, eu tinha um pequeno plano, talvez levar o Akira lá para fazermos uma festa junto daquelas pessoas, sim, eu faria muita comida pra todo mundo.

Parecia uma ideia interessante para o futuro, claro não sabia se o tempo em si permitiria, ficamos ali por tempo demais afinal, mas parecia uma boa ideia. Então o assunto logo mudava para como Sasha queria um tipo de barco para si mesma, bom, não era uma ideia ruim.-Kyehehee acho que não é algo ruim, ter um barco nosso, podemos ver isso depois, mas no momento, o que eu posso te dar é uma Dança- estendia a mão pra Sasha, pra que ela segurasse e iria levar ela por algum tempo para a festa.


Claro eu ainda precisava cozinhar, mas primeiro uma dança pra minha gatinha era o que queria primeiro. Iria então segurar na cintura de Sasha, começando a me mover, eu não tinha muita coordenação, e não fazia ideia do que tava fazendo, mas um sorrisão tomava conta de meu rosto.

Era como nas fábulas que gostava de ler quando era novinha, quer dizer, eles dançavam bem nos livros… Mas isso são meros detalhes, minha cauda balançava de um lado pro outro enquanto eu ficava coladinha nela dizendo.-Amo você minha gatinha!!- Diria com um olhar apaixonado até com algumas estrelinhas nos olhos, enquanto daria uma lambida no rosto dela, muito muito empolgada.

Ficaria com ela por mais alguns minutinhos ali grudadinha, muito confortável abraçando ela. Então depois de satisfeita, daria outra notícia boa pra Sasha.-Vou cozinhar pra todo mundo, acho que vai dar pra encher a barriga viu.- comentei deixando um sorriso surgir de ponta a ponta, era hora de fazer um churrascão da carne de buffalo.

Iria pegar as porções daquela carne diferenciada e então começar a fazer o corte em muitos pedaços uniformes e colocar eles em espetinhos para que eles fossem assando, colocaria eles na churrasqueira, e deixaria eles fazendo enquanto iria dar o primeiro espetinho de carne de buffalo pra a Sasha.-Aqui, o primeiro é seu. E vou fazer mais.- Então iria deixando eles aprontarem e iria dar um grito pra galera da festa escutar.-CARNE ASSADA GALERA!!- e iria dando mais alguns espetos para a galera que fosse vindo, sempre separaria um pra Sasha pegar também, e deixando ela comendo pra ficar mais tranquila.

Então quando fossem pegando os espetos iria fazer uma farofa pra acompanhar a carne, separando a farofa pra todo mundo num pratinho entregando o primeiro prato pra Sasha misturar com a carne e poder comer a mistura. Os sucos eu iria fazer um de melancia dessa vez iria tentar balancear ele bem pra não deixar aguado, afinal melancia precisa de um bom equilíbrio no doce. Por fim, sentando perto da Churrasqueira iria comer a carne do bicho.

Admito que nesse momento estou indo um pouco contra a minha moral, não costumo comer carne de nenhum animal peludo, focando em aves e peixes. Mas queria realmente ver se a carne daquele bicho era boa, iria provar apenas uma vez antes de fazer meus espetinhos separados de frango.-Acho que vou provar esse negócio.- Diria pra Sasha, encarando o espeto naquela hora.

Então, iria dar uma mordidona na carne, percebendo que era a mesma da marmita. Algo que eu nem tinha notado antes, mas provavelmente pela fome extrema, bem, era gostoso realmente é bem interessante o sabor. Mas iria ficar no franguinho, iria cortar peito de frango em cubos e assar pra mim, começando a comer meus espetos.



Historico:

_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YHVeK1M

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 VYrwji0
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qua Mar 30, 2022 5:40 pm


     Ragnarok
Cat



Com o que o rapaz havia me dito eu entendi que era um pedido humilde que  lhe foi necessário bravura e acima de tudo enfrentar um inimigo tão grande como o próprio orgulho para abaixar a cabeça e pedir tão pouco no entanto, o que ele me pediu especificamente eu não poderia dar. As minhas marmitas, eram minhas e eu já tinha comido - Sasha já comeu as marmitas dela e não gosta de dividir o que comprou pra ela… No entanto Sasha pode ajudar vocês de outra forma, coloque sei lá meu nome em algum canto que eu já considero uma troca justa, ou só conte que foi uma doação da melhor espadachim do mundo Nyahahahahah! - Eu teria enfiado a mão pelo decote pra puxar a quantidade de 100 milhões de berries para entregar pro rapaz.

- Sasha acha que contratar um cozinheiro e comprar os ingredientes vai render mais, eles cobram caro por comida já feita-. Eu teria dito sem me preocupar, afinal, eu pensei estar adquirindo algo muito maior do que o dinheiro com a minha ação, algo que eu podia chamar de minha própria satisfação e nela eu estava disposta a comprar sempre. No momento eu não tinha um destino melhor pro dinheiro, então nem esquentei muito a cabeça com isso no momento, apenas teria visto as reações do pequenino. E vendo o que minha Shiori havia dito eu concordei - É, Sasha não veria problema em conhecer também.- Eu teria pensado até mesmo porque Sasha não gostava de dividir o espaço dela com quem ela nem conhecia como acontecia com meu akira, pra mim aquilo ali era estranho, não era o MEU navio mas… Um pedaço dele era e eu odiava que esse pedaço pudesse estar próximo de pessoas sem que Sasha quisesse…

- Talvez se Sasha cortasse o quarto pra levar… não, Sasha já ta carregando muita tranqueira, Minha Shiori, Sasha quer um navio pra ela depois, pra ela não precisar dividir com ninguém que ela não queira.- Eu teria olhado de maneira bem séria percebendo que aquilo havia me irritado por algum motivo. - Ta certo, uma dança  pode ser, mas se eu ver gracinha Sasha vai arrancar a mão de quem tentar roubar a dança dela..- A contra gosto eu cedi, me lembrando daquela ilha amaldiçoada onde um cabrito era metido a bobalhão, minha Shiori era linda e eu não iria dividir, não não, era só da Sasha.

E com isso permiti que ela me guiasse, já esquecendo completamente o porque eu tava puta da vida… - Minha Shiori porque a Sasha tava brava? - Eu senti auq era algo importante e isso me irritou profundamente por alguns momentos até que eu só me entregasse ao momento e pudesse curtir o momento juntinha. - Sasha a sua lobinha também nya.- E com isso eu só esqueci o mundo ao meu redor um pouquinho, eu não fazia a ideia se o que estavamos fazendo era dançar, mas era divertido e tinha contato físico, acho que era essa a definição, então tava certo… Só não podia empolgar demais que dava certo. E o que eu disse realmente seria verdade, Sasha estava preparada pra morder se alguém viesse pedir dança  com a minha Shiori, eu só não machucaria ali naquela situação a minha ìris mesmo, porque ela era filhote e não entendia as coisas as vezes, mas de resto eu queria o MEU momento nya.

- Sasha não gosta da ideia de dividir o talento da minha SHiori com gente que ela não se importa, no vomitório central Sasha entendia, mas foi recurso do nosso Navio… NYargh… Ta,  Sasha ama a comida de sua Shiori, Sasha não vai resmungar mais tanto, não foi ela que comprou.- E então dava de ombros com aquilo me focando em comer o máximo possível quando estivesse pronto. Meu amargor durou apenas até o primeiro espeto ser meu, onde eu teria mostrado a língua pros outros sendo bem infantil enquanto balançava os ombros - Eu sou especial, vocês não nyahaha.- E então ficaria quieta focando em comer.

Eu gostava de ver minha Shiori cozinhando, era uma das coisas em que a via se entregar com mais coração e alma e isso me alimentava por dentro, se é que fazia algum sentido, me fazia mais leve  a ver animada e com isso continuaria a comer e beber em quantidade grande tudo que ela me oferecesse, até bolo, apesar de preferir ficar em lugares mais afastados para este último.



Histórico:


_________________



Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 WN4Utd7

Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qua Mar 30, 2022 10:19 pm

Darude Sandstorm
- Falas | ~ Pensamentos



Ah, o doce som da euforia da pré-festa. Quando as expectativas já teciam em imaginação tudo aquilo que poderia ou não acontecer durante as comemorações. A bebida agora era mais do que um tira gosto, era um combustível para nossos ânimos a flor da pele. — Galera, vocês chegaram!!! Cheguem mais!!! — Acenava do parapeito do navio, já sentindo o teor alcoólico subindo. Quando cada um fosse chegando, já iria abraçando cada um, trazendo o calor de uma ilha de verão para aquele povo congelado. — Vamos, vamos, sirvam-se! E digam para todos que hoje não haverá gente parada e nem caras tristes!! — E, como um bom anfitrião, já puxaria algumas garrafas para distribuir entre a galera.

Com as danças desengonçadas, enquanto cantarolava em som alto para que todos pudessem acompanhar algumas músicas famosas, tentaria agitar aquela festa do jeito do Akira. Ali dentro, não havia distinção de raça, origem, classe social ou cor de pele. Afinal, qualquer bêbado amigo, aqui era meu irmão! — Relaxa, Shi-kun! Os petiscos já foram resolvidos, é só pegar! Sem trabalho por hoje. — Comentava para Shiori, vendo se ela curtia mais a festa ao invés de ficar algumas horas na cozinha. Claro, não recusaria de modo algum suas refeições super suculentas e maravilhosas, mas queria fazer um mimo para minha irmã também e deixá-la saber que tudo estava resolvido.

Deixando que as duas curtissem a festa de sua própria maneira, acabaria gastando o tempo de festança do meu próprio jeito. Primeiramente, faria questão de conhecer cada um ali presente, puxando para dançar, com abraços e conversas profundas de dois bêbados. Faria uma questão extra de comemorar junto com Rango e Mizuki, que eram tão pancados quanto eu. Caso acabasse vendo minha irmã de lata chegando, abriria um sorriso de orelha a orelha, fazendo uma mímica de estar girando um laço, bem estilo cowboy, para jogar em sua direção e ir puxando-a aos poucos. — Uma festa não seria uma festa sem você, irmã, GHYAHAHAHAHA!!! Eu e você para ver quem vira a garrafa primeiro, vamos?! — Desafiaria na cara dura, mesmo sabendo que seu corpo mecanicamente modificado poderia lhe dar uma vantagem muito acima de mim.

Ainda assim, não haveria espaço para hesitações ou frustrações de minha parte. Faria questão de me certificar que todos estavam se divertindo, enquanto comemorávamos em homenagem ao Fenrir. Até mesmo poderia acabar acendendo uma fogueira no meio do convés, simplesmente para nos aquecer e dançar ao redor, deixando que nossas silhuetas refletissem os nossos espíritos cheios de energia. Como uma boa festa, muitas memórias daquela noite poderiam ser perdidas, mas o coração saberia exatamente toda a experiência vivenciada, e para mim aquilo já bastava.


  • Posts: 6
  • Ganhos: Geppou (Post 1), Kami-e (Post 2)
  • Perdas: B$ 12.000.000 (Dinheiro compra de comida - Post 2), 1 uso de matéria prima para fabricação de remédios (Post 4), B$ 10.000.000 (comida festa - post 4)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 0/20
  • Players/NPCs: Pzz,
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 43028
STA: 1000

Força: 1068 +80 +400 +1000 +100 (Shigan)= 2648 [Perito]
Destreza: 824 [Hábil]
Acerto: 3670 +80 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 6000 [Magnífico] +5%
Reflexo: 0 +400 +800 +1050 (Jujutsu) = 2250 [Perito]
Constituição: 500 +80 = 580 [Hábil]

Agilidade: 4125 +150 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 8,5% +100 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.




_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 5 - Darude Sandstorm Qua Mar 30, 2022 10:23 pm



»» Ragnarok ««

- Às Volkerbäll -


Ж


A ideia inicial era bem simples, cuidar das mudanças do navio e tirar o restante do tempo livre para treinar e aprender mais sobre arqueologia, o desafio no entanto era como fazer o que havia planejado com uma festa no navio? - Desse tamanho vocês dizem. - retrucava a fala dos “convidados” da festa, observando Fenrir por um instante, antes de começar a andar até o convés. - Podem se acomodar no navio, ele deverá encontrar vocês em breve. - dizia tudo aquilo com um ar de simplicidade sem igual, não havia razões para contestar no final das contas e tudo o que me restava era adaptar meu planejamento e tirar ainda que por um pequeno período, proveito daquela celebração. - Temos um novo navio, eu irei cuidar do transporte do que temos aqui para a nova embarcação. Então não se preocupem. - comentaria de maneira breve e simples com meus irmãos, antes de bebericar do rum, sentando-me na amurada do navio para apreciar o agito e inevitavelmente a comida que Shiori faria.

Aproveitaria o festejo para comer mais um pouco, tal como cantar e dançar junto do ruivo, algo que não fazia com muita frequência, mas que agora sim, me sentia plenamente em casa para tal. No entanto, em dado momento da celebração, tomaria licença para me ausentar, caminhando rumo a cidade até a loja de arqueologia do velho que havia me ensinado, onde lá procuraria entrar em contato direto com o homem. - Se importa de me ensinar mais algumas coisas? Pretendia vir mais tarde, mas tive de adaptar meu cronograma. - diria com um sorriso no rosto.

- Início Aprendizado Lógica

Aqui haverá na sexta um post de aprendizado

- Fim do Aprendizado Lógica

Espero que não se incomode se eu tomar mais do seu tempo. - comentaria com o homem após gastar algumas horas estudando sobre o assunto. - Em breve partirei, então quero aprender o máximo que posso desde já. Aliás, o que o senhor pode me falar sobre Alabasta? Sabe algo dessa ilha? - questionaria, com ávido interesse.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 5 - Darude Sandstorm - Página 2 ZaT0xpq