Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Ren na Grand LineHoje à(s) 3:06 ampor  TerryProjetinho Fellas: O Vasco Sobe, Volta RibamarHoje à(s) 2:38 ampor  Masques[ Tumba - 1º Andar] Minks do BarulhoHoje à(s) 2:24 ampor  TerryCréditosHoje à(s) 1:47 ampor  PepeWorld Legacy ScarsHoje à(s) 1:45 ampor  Pepe I - Fool me onceHoje à(s) 1:23 ampor  Lyosha[ Tumba - 1º Andar] Os bons de guerraHoje à(s) 12:52 ampor  Kira[Tumba - 1º Andar] Casal da pohaHoje à(s) 12:03 ampor  Deep1º Caneco - Bottoms Up!Ontem à(s) 11:55 pmpor  MakaOperação G.R.E.T.A.Ontem à(s) 11:44 pmpor  Vincent
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance
Página 8 de 10 Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 XqxMi0y
Créditos : 44
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite
Relembrando a primeira mensagem :

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência!

Aqui ocorrerá a aventura dos Marinheiros Thorkell Dragnar Godheim e Pippos Vitaminado. A qual não possui narrador definido.

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 J09J2lK

Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 F9Uhwzf
Créditos : 04
Localização : Hasagt Altai








2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Shuuma10



2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência!
Depois de ter uma boa alegria compartilhada com os meus recentes companheiros, eu não podia me aquietar e ainda teria muito a falar: - Bem, sou eu quem tem que agradecer a todos vocês, VITATATA! Por ter a honra de poder liderar essa magnífica equipe. - Eu estava muito feliz em poder compartilhar meu sucesso com todos que por alo estavam, afinal, era óbvio que merecíamos. Não que fosse algo muito incomum para um ser divino como eu.

Quando a capitã nos viu e nos agraciou com um musculoso e redundante parabéns. Eu comecei a me sentir um pouco mais imponente do que o habitual. Claro que eu não conseguiria deixar ser mais do que eu já era, não é? Afinal, eu sou o Vitaminado Pippão, o incomparável e o mais mais, VITATATA! - Monopolizei o poder em breves e verídicos pensamentos.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Ara-anime

Mas assim que ela começou a pontuar sobre não ter especificado muito bem nossa missão e quais seriam nossos feitos nas tais cavernas, além de encontrar o tal "procurado", eu concordei de imediato: - De fato… - Afinal, a única possibilidade que vinha à minha mente seria alguma especie de mineração ilegal ou algo do gênero.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Giphy

Em sua procedência, ela foi mais clara do que o lúcido brilho de minha confiança. Ela confiou em nosso potencial.e nos promoveu à digna patente de um Sargento. Um Sargento… vamos nessa! Logo, serei reconhecido por estes abundantes mares! VITATATA VITATA. - Sorri. - Muito obrigado, Capitã! Pode ter certeza de que eu darei o meu máximo para honrar a sua confiança! - Declarei em um bom tom de voz enquanto já estaria prestando continência.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 980e7010

Ela não demorou para salientar que logo seguiríamos para uma ilha completamente desconhecida por mim, alguma coisa como Hisagi aí.  Não importava o nome estranho, mas seria uma ilha fantástica no famoso mar temido desta bela imensidão azul. Seria a minha primeira jornada para a Grand Line! Claro que eu estava empolgado! Não sabia bem como o Thork estaria, mas eu faria questão de me aproximar dele, com um sorrisão empolgado em minha face.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 DrFqyYlWsAAAFiw?format=jpg&name=900x900

- E aí, Thorcaxi! Ouvi falar que você também foi promovido não é? Sabemos que eu estou ainda uns cinco degraus acima de você, mas se esforce para me acompanhar. VITATATA! - Finalizaria impondo uma entre nossas tantas brincadeiras, pois se havia alguém ali quem merecia ser promovido era ele. Além de mim, claro. - Mas e aí? O que tu espera que a gente vai encontrar nessa tal Grand Line? VITATA! - Lógico que eutinha plena noção de que ele não deveria também ter ideia alguma desse lugar. Mas, sendo um homem vivido, ele pode já ter tido algumas experiências bacanas. A única memória que tenho é que eu fugi dos meus pais e da minha ilha… - Pensei brevemente.

Eu já começaria a organizar todos os meus pertences, e, principalmente, o meu grande barril de vodka. Mas à medida que organizava minhas coisas, continuei a refletir sobre toda a minha história. Será que minha família está bem? Meus pais que tanto me amaram… - Enquanto me recordava do amor de meus pais e de como eu fui um tolo ingrato em fugir… lógico que eu tinha meus motivos, mas não acho que fugir fosse a melhor solução.

Flash Back ~ ON

Em uma bela tarde de florescimento natural acobertada com belas e fantásticas árvores, estava eu, o formoso e bem amado Pippos Vitaminado. Próximo a alguns amigos também gigantes. Admito que eu sempre fui, um pouco maior do que os demais, não sei o porquê, mas parece algo comum para mim. Ei Girafa, eu estou combinando aqui com os meninos, vamos brincar de esconde-esconde, beleza? - Claro que eu toparia, afinal, eu até sou bom nessa brincadeira de se esconder, VITATA. - Claro, pode contar comigo! - Respondi de imediato.

Antes mesmo da nossa brincadeira começar, eu logo pide ver a presença de meus pais se aproximando. Minha mãe sequer esperou: - Oi, Pip, como está a brincadeira por aí? Se divertindo muito com seus amiguinhos? KISHISHISHI. Mas acho que tá na horinha do Pip dar uma pausa para comer, não  é? Nham nham. - Falou a minha mãe, com todo o seu carinho e amor estrondoso. Meu pai estava ao seu lado, e apenas continuou a me convidar com um radiante sorriso em seu rosto. Eles logo saíram e eu estava prestes a abandonar a brincadeira para curtir um pouco dos meus mimos amados.

- Ei! É sério que tu vai sair assim e deixar a gente aqui que tava contando contigo para fazer parte da brincadeira?! Isso não pode ser sério, KAKAKAKA! - Eu sabia bem que não podia sair assim e abandonar os meninos, VITATA. Então concordei em continuar fazendo parte da brincadeira. - Quer saber? Sai daqui… sendo uma girafa assim e qua mal precisa se esconder pra que alguém te encontre. E esses mimos todos? KAKAKA! É o MIMOSO GIRAFETA! KAKAKA KAKA! - Parecia uma brincadeira bem boba, mas continuou e continuou a se repetir. Chegou um tempo em que comecei a ter raiva dos meus pais e abandonei tudo e fugi… eu queria ser alguém!

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Cc97ea6058e253ae5c17e73ab4ac93f82f773422r1-500-281_hq

Flash Back ~ OFF

Lembranças tristes… se eu pudesse voltar no tempo, mudaria um pouco de minhas ações. Mas será que eles estão bem? Sinto saudades. Queria poder lhes mostrar o homem incrível em que os Deuses me tornaram! VITATA. Quem sabe no futuro eu não os encontre novamente. Refletia enquanto finalizava a organização de todos os meus pertences e esperava que todos também o tivessem feito. - Tudo pronto para desembarcarmos?! VITATA. Vamos nessa! A Grand Line espera por nós! - Exclamaria em um bom tom de voz, para que pudessemos ter certeza de que o navio não fpsse demprar para zarpar.

À medida que o navio zarpasse, eu me manteria fixo a observar o lindo mar que nos cobria em sua grandiosa imensidão. Quase tão grande quanto minha força, VITATA! Apenas sorria enquanto tentaria aproveitar a brisa do mar soprando em meu rosto.


Histórico:

Criação Simples – Thor – Post 5
Thor:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Armas-mais-poderosas-record-of-ragnarok-1200x900

Arma: Thor
Descrição: Apta criação minha. Uma excepcional arma cujo tamanho desproporcional e peso fazem parte de um estilo de combate digno apenas para uma pessoa com demasiada força. Foi criada, justamente, para desempenhar ataques Pippesados, onde busca sempre utilizar de seu peso em conjunto com a força da gravidade para causar um dano demasiadamente maior.
Tipo da Arma: Martelo
Qualidade: Criação Simples
Durabilidade: Alta
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Criação de Arma pautada em projeto – (Equivalentes Tristezas) ET Gondul – Post 6
(Equivalentes Tristezas) ET Gondul:

Nome: (Equivalentes Tristezas) ET Gondul.
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências:

  • Mecatrônica
  • Física
  • Forja
  • Ofício Ferreiro

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Informações


  • Posts: 24

  • Ganhos:
    Arma Forjada Thor – Post 5
    Arma Forjada ET Gondul – Post 6
    Proficiência Natação – Post 6
    Treinamento de Ambidestria – Post 7
    Proficiência Primeiros Socorros – Post 8
    Grande barril de 20L de vodka – Post 10

  • Perdas:
    100.000 berris - Barril de 20L de vodka

  • Pertences:
    Garrafa de rum [6/10 usos]
    Barril de 20L de vodka [20/20 usos]

  • Vício: Alcoolismo [1/15]

  • Extras:
    Cabo Kristine: (NPC Criado) – Uma mink aleatória que possui a patente de Cabo e está na nossa embarcação. Thork deu em cima e ela parece estar dando corda.
    Capitã Scarllet: (NPC Criado) – Uma extraordinária Capitã de beleza estupenda e com uma liderança imbatível. Depois de Smith, ficamos sob sua supervisão.

  • Ofício: (Além de impecável semideus desse mundo, claro)

    Ferreiro




Objetivos:


Meta


  • 3 Missões
  • Aprender Natação
  • Aprender Primeiros Socorros
  • Treinar Ambidestria







Personagem:




Atributos



PdV: 17520
STA: 300

Força: 760  [+120 Raça] [+300 Edc] [+120 Martelo de Combate] = 1300 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 320 [+120 Raça] [+60 Edc] = 500 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 330 [+120 Raça] = 450 ~ Hábil ~

Agilidade: 255
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%



Conhecimentos





Proficiências:


Anatomia

Você conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

Física

Você conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

Forja

Você é capaz de moldar metais para transformá-los em armas e objetos úteis, além de conseguir reconhecer as propriedades dos metais que tem em posse.

Mecatrônica

Sistemas eletromecânicos automatizados, combustíveis (carvão, vapor, dial, eletricidade, etc) e afins. Você sabe utilizar dos conceitos da eletrônica e da mecânica para desenvolver e projetar máquinas, equipamentos e dispositivos que utilizem desses aparatos. Em outras palavras, você sabe a teoria por trás das tecnologias mais simples até as mais avançadas.

Mineração

Você é capaz de extrair metais da natureza, com os instrumentos necessários obviamente. Além disso, conhece uma infinidade de metais e suas propriedades, podendo reconhecê-los facilmente.

Mixologia

Você é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.




Qualidades e Defeitos:


Qualidades


  • Vigor (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma resistência física superior, assim sendo, reduzem todas as condições negativas relacionadas à exaustão em uma categoria.



  • Corpulento (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma estrutura óssea e muscular superior, assim sendo, são uma raça extremamente resistente. Em termos de atributos, os meio-gigantes recebem uma redução de dano de 5%.



  • Afinidade com Haki (3 Pontos)

    Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.



  • Mestre em Haki (4 Pontos)

    Assim que você desbloquear a especialização do Haki da Observação ou do Haki do Armamento, você pode escolher seguir dois caminhos de especialização simultaneamente. Nesse caso, os efeitos narrativos se acumulam, mas os bônus de atributo concedidos não. Nessa hipótese, o melhor atributo entre os dois será considerado sempre.






Defeitos


  • Exótico (Racial)

    Você não sofre preconceito devido a sua aparência ser similar a de um ser humano comum, entretanto, você ainda é capaz de fascinar ou espantar alguns e possui um alto valor pelo seu corpo no mercado de escravos, o que é sempre um problema.



  • Sob medida (Racial)

    Você possui grande dificuldade para encontrar itens e consumir serviços que sejam apropriados para sua espécie, muitas vezes tendo que encomendar itens sob medida. Todo serviço comprado ou item consumido tem seu custo multiplicado por um valor entre quatro e dez vezes a depender da situação.



  • Compulsivo (1 Ponto)

    Eu, o incrível Pippos Vitaminado, tenho a necessidade de sempre querer me apresentar como o insano ser que, de fato, sou. O mais forte, o mais impecável e, claro, melhor ferreiro do North Blue.



  • Dependente (1 Pontos)

    Saciando minha vontade de beber, com o tempo, desenvolvi um vício e preciso ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica para manter minha sanidade. Caso não sacie minha dependência em três páginas, começo a sentir os efeitos da abstinência, equivalente ao estado da condição Intoxicado.



  • Extravagante (1 Ponto)

    Eu, fortemente, chamo a atenção por onde quer que passo. Sou monstruosamente forte, tenho músculos incomparáveis com esses meros mortais e um peitoral bem visível e desenhado. Sim, se eu não for reconhecido, preciso me apresentar como o próximo grande herói da Terra. Eu sempre causo uma impressão difícil de esquecer, hehe. E frequentemente gosto de me apresentar.



  • Ambição (2 Pontos)

    Almejo fortemente algum dia ser reconhecido pela minha força e subindo à patente mais alta possível, dentro da marinha, afinal, quero ser reconhecido como o marinheiro mais forte destes mares!



  • Louco (2 Pontos)

    Eu, o Vitaminado Pippão, acredito ser fruto de uma vontade divina para dar um fim no mal da Terra. Algo que acreditam que não sou, tolos, mas com muita certeza eu mostrarei a esses ignorantes e todo esse mundo, para ser reconhecido como tal.











Vitaminado Pippão

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 7k7RaWZ

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 YgVsv9M
Créditos : 09
Localização : North Blue ~ Flevance



~~ Dragão Indomável ~~


Marinheiro Cabo

“Thorororororo! Então aquele fedelho estava quitando uma dívida de vida, parece que ele tem mais caráter do que demonstra.” Coçava a cabeça enquanto refletia sobre as informações provindas da capitã Scarlet.

Enfim, a marinheira responsável pela invasão se aprofundava na explicação uma vez que informava o motivo da mulher ser apreendida e a razão para tal. ~ Huum, parece que nesse mato tem coelho. Proferia em relação as informações agora obtidas e compreendidas.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 X279434

Não tardou para sermos reconhecidos, o que era esperado, mas inesperado ao mesmo tempo. ~ Ora, ora... Expressava um sorriso bastante gigantesco. ~... já consigo ver as muralhas do meu belo e gracioso reino! Thorororororororo! Comentaria, seguido de uma gargalhada, talvez muitos não entendendo, mas falava para mim mesmo em razão de ter subido de patente e estar um passo mais próximo de meu sonho; apesar de ainda haverem dezenas de outros passos.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 My-hero-academia-flex

~ Yeaaahh!!! Vociferaria extremamente alegre. ~ Hoje nós vamos beber até não poder mais, cabeça de rabanete! THORORORO! Proferia para Pippos ao mesmo tempo que faria uma pose máscula, juntando as mãos na cintura e estufando o peito como se fosse um leão mostrando quem é o Manda-Chuva no seu território.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Gojo-satoru-gojo

Voltaria a minhas postura normal ao mesmo tempo que me aproximaria da capitã. ~ Agradeço sua hospitalidade, capitã Scarlet. Com um sorriso estampado no rosto, como um criança almejando um sorvete, tornaria falar. ~ Parece que nossa aventura só está começando, Thororororo! Mas conte com estes músculos, pois, servirão para trazer justiça aos malfeitores. Terminaria de fizer ao gesticular com dedo de forma positiva.

Mesmo com a animação com a promoção, por um momento, voltaria a uma postura um pouco mais seria até perguntar sobre nossa próxima parada. [color=#00BFFF]~ Sinto que não vamos ficar por muito tempo em Lvneel, tenho a sensação de que iremos para Grand Line. Proferia já supondo, e imaginando, que se a capitã estava coletando informações para seguir pistas além dos arredores desta ilha, ou seja, seguindo para a G.L.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 RcwjEQR

Logo a marinheira confirmava minhas suspeitas, pois, realmente iriamos para a próxima ilha ao qual estava destinada na Grand Line. [b]~ Héh! Lar doce lar.
Diria voltando a expressar um rosto entusiasmado, mas logo modificando a algo mais grotesca. Afinal de contas, durante muito tempo lutei para sobreviver e por muito tempo notei injustiça por toda parte, havendo minha lâmina como portadora da justiça em muitos casos e já em outros sedenta por diversão, mas isso são águas passadas.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Sokka-annoyed

Olhava para Vitaminado que viria falar de forma como se fosse um prodígio. “Ei, ei, ei! Seu maldito! Tá querendo ser empalado vivo?” Pensei comigo durante o tempo que arqueava a sobrancelha e olhava de forma irritada. Mas falaria devolvendo na mesma moeda. ~ Thorororo! Sonhar faz bem, bambu desnutrido! Daria um tapa no ombro do garoto, pois, apesar de seu egocentrismo, possuía afeto por ele e pelo seu voraz espirito que buscava ascensão constante, além de muita atenção Apesar disso, Vitaminado era esforçado e determinado, qualidades que eu apreciava, nada mais justo que o parabenizar adequadamente. ~ Bom trabalho... Antes de terminar a frase pensava que ele viria se gabar muito disso. ~ ...para um cabação! Thororororo! Terminaria a frase pegando no pé dele, só para equilibrar as coisas.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 JaZk0Mm

Vitaminado talvez não lembrasse muito da Grand Line, provavelmente por isso havia perguntado sobre esses mares. ~ Nada demais, para falar a verdade. Diria de forma resumida, pois, já conhecia e muito esses mares e por ter vivido um bom tempo por lá. Tal fato é, havia me habituado e sobrevivido sozinho por longos anos, isso a um bom tempo atrás é claro. ~ Mas talvez você fique bastante surpreso com a imprevisibilidade e falta de justiça. Já eu por outro lado... será meio nostálgico. Thorororo! Terminava de falar com uma boa risada carismática, havendo alguns flash na memoria de diversas situações inusitadas.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 P17QonF

Por fim, Scarlet explicava o que havia dentro do baú, não sendo um tesouro em si, mas sim pistas sobre a substancia. ~ Hoo. Isso parece ser complicado. Expressava compreensão, ainda que pouco soubesse sobre a situação num todo. “Talvez haja alguma organização por trás dos piratas, ou sendo composta por pirata mesmo.” Refleti comigo mesmo, enquanto olhava o baú por uns instantes.

Sem mais delongas, voltaríamos para o navio ao qual era comandado pela capitã Scarlet. Não era tão grande quanto de Smith, mas não perdia nada em qualidade. O anoitecer estava próxima e um banquete estava se iniciando. Obviamente, não demorei para deixar meus equipamentos em um canto qualquer e rapidamente desfrutar da comida.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 SIl9qX5

Enquanto estava com alguns pedaços de carne em uma mão, bebida na outra, falaria com Pippos se estivesse ao meu lado. ~ Aí lombriga! To matutando algo aqui com meus botões! Mastigaria mais uns pedaços de carne e tomaria mais um gargalo da bebida até retornar a falar. ~ Como diabos vão saber que nós somos Sargentos? Deixava no ar a dúvida, imaginando que se eu não soubesse, Pippos menos ainda. Porém, puxaria conversa com o garoto ao mesmo tempo que tentava lembrar como era o uniforme de Smith, para achar uma ligação com a patente. “Ahhhh, não consigo lembrar.” *Blub! Blub! Glub! Glub! Finalizando o enorme jarro que estivesse usando para satisfazer o desejo por álcool.




Histórico:
Posts: 24
Ganhos:
Lança Gondul:
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências: Mecatrônica; Física; Forja e Ofício Ferreiro.

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Perdas: Garrafa de Rum;
770.000 mil berries;

Players/NPCs: Kristine DeVille;
Tenente Smith;
Capitã Scarlet;
Arwell;
Lao Shin;
Lee Stormfield;

Ferimentos: ~x~

Localização: Swallow ~ North Blue

Objetivos:
~ Concluir 2 missões;
~ Treinar Ambidestria;
~ Treinar Liderança;
Build:
PdV: 22520
STA: 300

Força: 710[+120 Raça] [+180 Edc] [+300 ET] = 1310 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 155[+120 Raça] [+180 Edc]= 455 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 580[+120 Raça]= 700 ~ Hábil ~

Agilidade: 232
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%

Proficiências:
~ Sobrevivência ~ Nado ~ Persuasão ~ Anatomia ~ Escudista ~
Qualidades:
~ Vigor
~ Corpulento
~ Intuitivo
~ Hipofalgia
~ Carismático
~ Destemido
~ Ambidestra ~
Defeitos:
~ Exótico
~ Sob medida.
~ Ambição.
~ Louco.
~ Deligente.
~ Extravagante.

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 SNb8dAV
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Giphy
Créditos : 01
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Rainbow
Cat


O começo da viagem não só para os dois titãs, como para todos marinheiros seria regado de alegrias, um banquete como condecoração era algo ao qual militares davam grande valor, uma vez que sempre colocavam suas vidas em risco e nem sempre era possível que a população pudesse os apreciar.

Thor, tinha a sua visão de criar o seu próprio reino, um objetivo ao qual era muito único para um marinheiro ainda que repousar sobre os grandes braços do governo e sua força pudessem lhe dar as ferramentas, a força e o conhecimento para que eventualmente pudesse concretizar seu objetivo se seguisse o seu caminho.

No banquete, não houve em momento algum algum sentimento que não fosse a alegria e em algum ponto, mesmo os navegadores revezaram para direcionar o navio para que logo mais pudessem entrar no calm belt, por alguns momentos por onde olhassem poderiam ver uma imensidão azul, até que no horizonte uma área tempestuosa poderia ser vista, onde uma queda de água intensa aconteceu a vários metros para o local de onde estavam indo, onde pareceu que entrariam em uma rota especial, nesta poderiam observar outros navios da marinha, alguns carregando civis, outros apenas soldados onde certamente eles eram os que mais destacavam-se pois a festa ainda perduraria aquela noite.

Caso olhassem para cima veriam como a imensidão daquela montanha quase infinita os fazia ainda que enormes se sentirem pequenos e o sentimento de aproximação da Grand Line cresceu em seus peitos, os subordinados de ambos a essa hora já aos poucos se moviam para seus merecidos descansos e esse era o sinal para que também fossem logo mais, quando cansassem de festejar, a manhã traria de volta muitas coisas como o próprio ritmo a eles.


Viagem 2/6


Histórico:

Posts: 09
Ganhos

  • Mais duas missões completadas ( Ajudar superior a liderar um pequeno esquadrão de soldados e apreensão de criminosos.
  • Promoção Sargento
  • Salario referente as duas missões do nível cabo depositados na conta.

Perdas:

Thor:  770 K referentes ao pagamento da alimentação no post 19.







Ferimentos:
N/A por hora.



_________________


2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 HGWnxh1
Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 F9Uhwzf
Créditos : 04
Localização : Hasagt Altai








2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Shuuma10



2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência!
Não tardava para que a nossa viagem já tivesse começado. Em pouco tempo já estávamos iniciando a nossa viagem até a próxima ilha, com o seu estranho nome, mas o mais importante é que tratar-se-á de uma ilha na Grand Line. Finalmente estaríamos em um ambiente, de fato, novo e divino. Talvez fosse alguma espécie de prova divina, pois eu estava voltando a visitar o lugar de onde eu nasci. Mas, claro, não foi onde eu me tornei um ser divino. Mas, de todo modo, eu tinha a intenção de mostrar as mudanças em meu corpo e em minha essência para todos desse novo mar. Lógico que não me lembro de muita coisa, mas eu estava apto a enfrentar o que quer que fosse, pois minha meta estava nls céus! Eu me tornarei o homem mais fprte desse planeta!

Não demorava para que o Thorcaxi pontuasse que iríamos beber até não ter mais condição, mas mal ele sabia de que a bebida já era parte de mim. - Você falou que é pra beber até não aguentar mais?! VITATATA! - Gargalhei com essa ideia. - Então é bom que tenha muita bebida, VITATA. Ainda bem que eu já tenho meu grande barril de vodka para me fazer companhia. - Já soltaria, seguindo para onde havia deixado meu grande barril de vodka no convés. Assim que logo pegasse em mãos a minha bela e saudável bebida, faria questão de vorar goela abaixo um pouco.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Tumblr_lz6z0c4UcJ1r06w8u

A doce ardência dessa bebida fazia o meu corpo vibrar em êxtase. A tranquilidade e o prazer que ingeri-la me trazia era essencial para dar paz e tranquilidade a cada centímetro do meu incomparável ser. Ah… como é bom… - Me deleitava aos prazeres que a ardência e o sabor do álcool me traziam.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 1.3

Em alguns momentos, eu pude analisar com convicção de que o Thork às vezes tentava se mostrar como um homem superior. Como um homem acima dos demais sim! Mas acima de um semideus como eu? Jamais! VITATA VITATATA! - Pensei, enquanto ainda me deleitava nos prazeres do álcool de meu grande barril. Mas, depois de alguns bons goles, eu sabia que não poderia acabar com tudo agora, então ainda guardei esse meu grande prazer alcoólico dentre meus acessórios, mas se não  fosse possível, por causa de seu tamanho, apenas o manteria junto a mim, no chão do convés ao meu lado.

Não demorou muito até que o meu irmãozão parecia querer tirar sarro de meus ousados interesses. - Você disse sonhar?! VITATATA! Com todas as minhas forças e crenças eu te garanto que eu ser o mais forte homem desse mundo tem tanta plenitude quanto tu criar o teu reino perfeito, VITATATA! - Minha ideologia era clara. E minha vontade de crescer, tanto na marinha como em força física era tão forte quanto a vontade dele criar um reino. Isso era um fato. Mas, apesar de todas as nossas brincadeiras e provocações, estava claro de que o respeito era mútuo: - Bom trabalho pra você também, irmão. - Demonstrei todo o meu respeito, até que ele me veio com mais palhaçadas. - Seu Merda! VITATA. -

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Bravo-irritado

Apesar de tudo, eu não tinha tanta noção. Da importância de ter alguém assim tão próximo, como uma mulher. Sempre cresci muito bem sozinho e depois do meu trauma de infância, fiquei muito bem sozinho. Ele também parecia não lembrar de muitos detalhes da Grand Line. Apesar de tudo ser algo meio inesperado e bem imprevisível, estava claro de que estaríamos seguindo para o lugar certo e na hora certa. - Bah, tanto faz. O que importa é que precisamos renascer nesse lugar tão "medonho", VITATATA! E mostrar a todos quem realmente somos. - Declarei. Com o intuito de mostrar que estava disposto a renascer nesse mar tão intimidante.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 D0204f18-11c8-4309-9da8-e586c361c250

Mas embarcando na ideia desse novo mar com muita garra e dedicação, eu precisava demonstrar ainda mais evolução em meus treinos e formas de combate: - Como vão identificar que somos Sargentos? VITATA. Eu não sei você, mas basta ter esse brilho e essência de espírito que eu tenho. O problema não é não saberem que sou um Sargento, mas só tenho que tomar cuidado para que não confundam minha radiância e essência como a de um Almirante, VITATA. - Suspirei, com um pequeno risinho em meu rosto. - Desculpa aí, mas eu ainda tenho que treinar mais um pouco, VITATA. - Disse com muita astúcia e motivação. Onde afastar-me-ia um pouco do Thork e tentaria encontrar algum bom espaço na embarcação para poder treinar um pouco mais de minhas habilidades.

Treino ~ Ambidestria

A partir do princípio de que eu havia chegado em um espaço mais amplo na embarcação com o meu grandioso Thor, não havia mais problemas para eu dar continuidade à um treinamento que já havia iniciado: o hábil uso de meu braço esquerdo, para aprimorar as minhas diversas possibilidades dentro de um combate. De início, eu logo passaria meu imponente martelo para minha mão esquerda. Eu não tinha, ainda, tanto controle com a minha como com a minha mão direita, mas a força de vontade era o que guiava o empenho da minha força.

Erguendo levemente minha impecável marreta, eu iniciaria a tentativa de efetuar um rápido movimento Pippesado, visto que a propagação dos ágeis ataques nesse estilo de combate são auxiliados pela impulsão da força Peso. Eu sabia que ainda não tinha tanta aptidão no manejo de minha marreta com a canhota, mas já havia melhorado bastante desde a última vez que treinei esse meu segundo braço. Eu já havia compreendido a ideia de utilizar o impulso à meu favor no manejo.

Nesse sentido, eu iniciaria a abertura de um arco com minha marreta, visando, claro, atingir o vento e chamar até a atenção com a quantidade de ar que seria impulsionada, dentro das estatísticas de um ataque ao ar livre. Talvez até proporcionando um leve eco no ar devido o impulso parcialmente quebrar a força do ar.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Mjolnir%2BArmas%2Bde%2BShuumatsu%2Bno%2BValkyrie%2BRecord%2Bof%2BRagnarok

Era lógico que a movimentação de meu invejável e musculoso braço esquerdo não seria tão imponente quanto o meu destro, mas este já demonstrava muita evolução para, um dia se equiparar-se ao outro. Eu sabia que meus membros eram diferenciados e inalcançáveis, mas para que eu, um ser incrivelmente incomparável, isso seria possível. Com muito empenho e dedicação, eu continuaria a aplicar golpes Pippesados no ar com o meu braço esquerdo. Golpes estes, com o auxilio do impulso. Mas apesar de toda a dificuldade, eu sabia que com empenho e dedicação, não importava quanto tempo pebasse, pois eu estava disposto a melhorar e me dedicar com o tempo que me fosse necessário para dominar o uso do martelo com minha não esquerda. Eu sabia que teria condição de melhorar meu potencial.

Fim


Histórico:

Criação Simples – Thor – Post 5
Thor:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Armas-mais-poderosas-record-of-ragnarok-1200x900

Arma: Thor
Descrição: Apta criação minha. Uma excepcional arma cujo tamanho desproporcional e peso fazem parte de um estilo de combate digno apenas para uma pessoa com demasiada força. Foi criada, justamente, para desempenhar ataques Pippesados, onde busca sempre utilizar de seu peso em conjunto com a força da gravidade para causar um dano demasiadamente maior.
Tipo da Arma: Martelo
Qualidade: Criação Simples
Durabilidade: Alta
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Criação de Arma pautada em projeto – (Equivalentes Tristezas) ET Gondul – Post 6
(Equivalentes Tristezas) ET Gondul:

Nome: (Equivalentes Tristezas) ET Gondul.
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências:

  • Mecatrônica
  • Física
  • Forja
  • Ofício Ferreiro

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Informações


  • Posts: 25

  • Ganhos:
    Arma Forjada Thor – Post 5
    Arma Forjada ET Gondul – Post 6
    Proficiência Natação – Post 6
    Treinamento de Ambidestria – Post 7
    Proficiência Primeiros Socorros – Post 8
    Grande barril de 20L de vodka – Post 10
    1 missão – Post (Não to lembrando qual foi o post da escolta de suprimentos, mas dps atualizo)
    2 missões – Post 24
    Treino Ambidestria – Post 25

  • Perdas:
    100.000 berris - Barril de 20L de vodka

  • Pertences:
    Garrafa de rum [7/10 usos]
    Barril de 20L de vodka [19/20 usos]

  • Vício: Alcoolismo [0/15]

  • Extras:
    Cabo Kristine: (NPC Criado) – Uma mink aleatória que possui a patente de Cabo e está na nossa embarcação. Thork deu em cima e ela parece estar dando corda.
    Capitã Scarllet: (NPC Criado) – Uma extraordinária Capitã de beleza estupenda e com uma liderança imbatível. Depois de Smith, ficamos sob sua supervisão.

  • Ofício: (Além de impecável semideus desse mundo, claro)

    Ferreiro




Objetivos:


Meta


  • 3 Missões
  • Aprender Natação
  • Aprender Primeiros Socorros
  • Treinar Ambidestria







Personagem:




Atributos



PdV: 17520
STA: 300

Força: 760  [+120 Raça] [+300 Edc] [+120 Martelo de Combate] = 1300 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 320 [+120 Raça] [+60 Edc] = 500 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 330 [+120 Raça] = 450 ~ Hábil ~

Agilidade: 255
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%



Conhecimentos





Proficiências:


Anatomia

Você conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

Física

Você conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

Forja

Você é capaz de moldar metais para transformá-los em armas e objetos úteis, além de conseguir reconhecer as propriedades dos metais que tem em posse.

Mecatrônica

Sistemas eletromecânicos automatizados, combustíveis (carvão, vapor, dial, eletricidade, etc) e afins. Você sabe utilizar dos conceitos da eletrônica e da mecânica para desenvolver e projetar máquinas, equipamentos e dispositivos que utilizem desses aparatos. Em outras palavras, você sabe a teoria por trás das tecnologias mais simples até as mais avançadas.

Mineração

Você é capaz de extrair metais da natureza, com os instrumentos necessários obviamente. Além disso, conhece uma infinidade de metais e suas propriedades, podendo reconhecê-los facilmente.

Mixologia

Você é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.




Qualidades e Defeitos:


Qualidades


  • Vigor (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma resistência física superior, assim sendo, reduzem todas as condições negativas relacionadas à exaustão em uma categoria.



  • Corpulento (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma estrutura óssea e muscular superior, assim sendo, são uma raça extremamente resistente. Em termos de atributos, os meio-gigantes recebem uma redução de dano de 5%.



  • Afinidade com Haki (3 Pontos)

    Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.



  • Mestre em Haki (4 Pontos)

    Assim que você desbloquear a especialização do Haki da Observação ou do Haki do Armamento, você pode escolher seguir dois caminhos de especialização simultaneamente. Nesse caso, os efeitos narrativos se acumulam, mas os bônus de atributo concedidos não. Nessa hipótese, o melhor atributo entre os dois será considerado sempre.






Defeitos


  • Exótico (Racial)

    Você não sofre preconceito devido a sua aparência ser similar a de um ser humano comum, entretanto, você ainda é capaz de fascinar ou espantar alguns e possui um alto valor pelo seu corpo no mercado de escravos, o que é sempre um problema.



  • Sob medida (Racial)

    Você possui grande dificuldade para encontrar itens e consumir serviços que sejam apropriados para sua espécie, muitas vezes tendo que encomendar itens sob medida. Todo serviço comprado ou item consumido tem seu custo multiplicado por um valor entre quatro e dez vezes a depender da situação.



  • Compulsivo (1 Ponto)

    Eu, o incrível Pippos Vitaminado, tenho a necessidade de sempre querer me apresentar como o insano ser que, de fato, sou. O mais forte, o mais impecável e, claro, melhor ferreiro do North Blue.



  • Dependente (1 Pontos)

    Saciando minha vontade de beber, com o tempo, desenvolvi um vício e preciso ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica para manter minha sanidade. Caso não sacie minha dependência em três páginas, começo a sentir os efeitos da abstinência, equivalente ao estado da condição Intoxicado.



  • Extravagante (1 Ponto)

    Eu, fortemente, chamo a atenção por onde quer que passo. Sou monstruosamente forte, tenho músculos incomparáveis com esses meros mortais e um peitoral bem visível e desenhado. Sim, se eu não for reconhecido, preciso me apresentar como o próximo grande herói da Terra. Eu sempre causo uma impressão difícil de esquecer, hehe. E frequentemente gosto de me apresentar.



  • Ambição (2 Pontos)

    Almejo fortemente algum dia ser reconhecido pela minha força e subindo à patente mais alta possível, dentro da marinha, afinal, quero ser reconhecido como o marinheiro mais forte destes mares!



  • Louco (2 Pontos)

    Eu, o Vitaminado Pippão, acredito ser fruto de uma vontade divina para dar um fim no mal da Terra. Algo que acreditam que não sou, tolos, mas com muita certeza eu mostrarei a esses ignorantes e todo esse mundo, para ser reconhecido como tal.











Vitaminado Pippão

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 7k7RaWZ

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 YgVsv9M
Créditos : 09
Localização : North Blue ~ Flevance



~~ Dragão Indomável ~~


Marinheiro Cabo

Durante o banquete, desfrutando demasiadamente da comida e bebida, conversava com Vitaminado sobre nossas patentes. “Pra variar esse arrombado acha que nasceu com purpurina no rabo, Thorororo!” Pensei comigo enquanto estava com a boca cheia de carne.

Não demorou muito para o lombriga buscar um treinamento, talvez estivesse ansioso demais ou animado demais para ficar parado. ~ Huuh, o garoto está se puxando. Comentaria após finalizar o outro jarro de bebida. ~ Pode ser uma boa ideia treinar um pouco. Afinal, meu último combate foi muito... insatisfatório. Limpava a boca com a parte de cima do punho, pondo-me de pé e começando a caminhar até a bunda do navio.

Treino de Ambidestria

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 GxSkPId

Uma vez na parte de trás da embarcação, após apanhar meus equipamentos, deixaria o escudo escorado na borda do navio enquanto desvincularia a lança, havendo duas menores agora. ~ Héh! Nada como um bom exercício após a janta! Falava durante o tempo que começaria a desferir golpes no ar.

Não havia necessidade de haver um espaço muito extenso, pois, manejaria de forma simples minhas lanças com a finalidade de apenas praticar um pouco; além de aperfeiçoar a esgrima com ambas as mãos. Corte frontal após corte frontal, diversificando para cortes diagonais, bastante simples, mas eficaz num combate.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 R4BNB0r

Retornava a lança em uma única e longa haste, girando-a com a mão esquerda na lateral enquanto sua duplas lâminas cortavam o vento. Em seguida, soltaria ela em sequencia durante os giros para melhorar minha pegada sobre a haste, além de impulsionar a própria arma com pouco de força no movimento. ~ Hoo. A esgrima é igual um céu estrelado; quanto mais se olha, mais estrelas se vê. Quanto mais treino, maior sua habilidade! Thorororo! Diria em voz alta uma frase ao qual havia ouvido a muito tempo atrás.

Permaneceria praticando mais um pouco, até baixar um pouco tudo que havia devorado antes no banquete, até voltar a lança para bainha e agarrar meu escudo. ~ Certo, certo! Já estou me sentindo aquecido, bora levar mais a sério esse treino! Kekeke! Diria enquanto caminharia até onde Pippos estaria.

Fim do treino

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Ppzoeny

Assim que chegasse, observaria o treino do garoto até dado momento falar com ele. ~ Ora, ora, pimentão! Isso tá fácil demais, não? Comentaria ao sacar minha lança das costas e fintar nos olhos de Vitaminado enquanto expressava um sorriso macabro. ~ O que acha de um treino de verdade? Usando uma única arma e com uma única mão, a esquerda! Tem colhões pra aceitar, senhor divino! KEKEKEKE! Provocaria Pippos com objetivo de estimular ele a concordar com desafio.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 M0qTfZF

Caso o garoto aceitasse, largaria minha lança ao cravar ela no chão e portaria apenas meu escudo no antebraço direito, amarrando um pouco mais firme. ~ Hey! Vem com tudo! Vamos ver se esses músculos esguio servem pra algo, Kekekeke! Falava ao assumir um postura mais defensiva, deixando escudo na linha do peito, enquanto a outra mão gesticulava em direção a Vitaminado para atacar.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 7BzLFHV

O combate seria uma boa oportunidade para Vitaminado praticar sua esgrima, e eu complementar minha aptidão com a mão menos dominante, junto é claro gastar um pouco mais de energia, uma vez que, esta montanha de músculos foram forjados em incontáveis lutas. A ideia não era uma luta até a morte, mas muita vezes acabava adentrando a fundo durante uma luta que o calor do combate faz com que seja soterrado pela paixão do combate. Todavia, centralizaria meu foco em apenas praticar, dentro do possível. ~ Caí dentro garoto! Expressava um sorriso animado, espirituoso e pronto para desfrutar de uma bom embate.




Histórico:
Posts: 25
Ganhos:
Lança Gondul:
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências: Mecatrônica; Física; Forja e Ofício Ferreiro.

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Perdas: Garrafa de Rum;
770.000 mil berries;

Players/NPCs: Kristine DeVille;
Tenente Smith;
Capitã Scarlet;
Arwell;
Lao Shin;
Lee Stormfield;

Ferimentos: ~x~

Localização: Swallow ~ North Blue

Objetivos:
~ Concluir 2 missões;
~ Treinar Ambidestria;
~ Treinar Liderança;
Build:
PdV: 22520
STA: 300

Força: 710[+120 Raça] [+180 Edc] [+300 ET] = 1310 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 155[+120 Raça] [+180 Edc]= 455 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 580[+120 Raça]= 700 ~ Hábil ~

Agilidade: 232
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%

Proficiências:
~ Sobrevivência ~ Nado ~ Persuasão ~ Anatomia ~ Escudista ~
Qualidades:
~ Vigor
~ Corpulento
~ Intuitivo
~ Hipofalgia
~ Carismático
~ Destemido
~ Ambidestra ~
Defeitos:
~ Exótico
~ Sob medida.
~ Ambição.
~ Louco.
~ Deligente.
~ Extravagante.

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 SNb8dAV
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Giphy
Créditos : 01
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Rainbow
Cat

O banquete como esperado era enaltecedor, a capitã tinha a sua sabedoria ao saber que não só deveria cobrar seus homens mas, fazer com que eles pudessem sentir de fato que vali a pena o trabalho que faziam, não só por seus resultados, recompensa ou mesmo seus salários mas porque era uma boa vida a se viver e que esforços eram muito mais do que bem recompensados.

Enquanto Thor e Pippos decidiram aprimorar-se, tendo de mover-se um pouco distantes de onde estava o banquete, poderiam encontrar um bom espaço para que pudessem lutar sem qualquer um correr riscos de ter a inconveniência sobre um momento bom.

Era possível ver que não só alguns homens, como também mulheres fardados acabaram curiosos para checar o que ambos desejavam fazer, já que era uma comemoração para homenagea-los em sua conquista e tudo mais, em um mesmo momento era também esse momento em que haviam adentrado ao calm belt e por mais que fosse pouca a luz, que começara a se dar pelo mais profundo anoitecer em um céu cheio de estrelas de uma lua cheia, seria possível ver ao mais distante uma sombra titânica, mesmo para ambos os titãs se erguer de modo que toda a luz natural pareceu sumir, devido ao modo como ela tapou a iluminação do navio deles.

A sombra era distante, como um dragão do mar que simplesmente com um só golpe teria partido ao meio o navio em que poderiam ter visto, ainda distante deles.

A caravela, eventualmente se aproximaria por ser parte da rota, e tudo que se pode ver além dos destroços eram a bandeira negra com uma caveira ao qual claramente mostrou que um pirata havia ousado ultrapassar e seguir aquele caminho mas… Não viveu para contar a história.

Dentre os marinheiros que estavam os assistindo, como esperado de um barco da marinha haviam diferentes capacitações para compor uma tripulação equilibrada e portanto, poderiam buscar por aprimorarem-se fácilmente quando terminassem o seu próprio combate de treino.



Viage 3/6


Histórico:

Posts: 10
Ganhos

  • Mais duas missões completadas ( Ajudar superior a liderar um pequeno esquadrão de soldados e apreensão de criminosos.
  • Promoção Sargento
  • Salario referente as duas missões do nível cabo depositados na conta.

Perdas:

Thor:  770 K referentes ao pagamento da alimentação no post 19.







Ferimentos:
N/A por hora.



_________________


2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 HGWnxh1
Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 F9Uhwzf
Créditos : 04
Localização : Hasagt Altai








2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Shuuma10

Iniciar de um confronto digno?!
Só se for agora!


2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência!
Com o iniciar otimizado de meu treinamento, era visível uma leve exaustão, mas tão leve que, eu, o magnífico fruto de uma vontade divina sequer sentiria com firmeza. E, próximo a mim, o Thork parecia também estar interessado no treino desta invejável capacidade de ambidestria. Ele parecia treinar, da mesma forma, próximo a mim, mas não demorou para propor um novo planejamento de treino que teria uma boa reciprocidade: - Então quer dizer que você está interessado em treinar a canhota em um bom duelo? VITATA. Gostei da ideia! - Sorri. Estava claro que seria uma excelente ideia, ao menos eu, dessa vez, teria plenas condições de enfrentar um inimigo digno.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Thor-anime

Consolidando o fato de que o Thor já estava bem seguro em minha mão esquerda, o ergueria medianamente, tentando apontar minha grandiosa marreta contra o seu peitoral. - Vamos nessa! - Meu semblante mudaria drasticamente, desse rostinho calmo e sorridente para uma face séria sem contestação. Pela primeira vez, em muito tempo, eu sabia que agora estava prestes a enfrentar um oponente verdadeiramente digno. Lógico que ele não tratar-se-á de um ser divino como eu, mas ele fala de algo sobre seres primordiais ou algo desse gênero, e é esse o motivo de toda minha concentração na peleja que estaria para se iniciar.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 59a27c6d1e96a288b804f53c27ff0a96e39a0138

Após minhas palavras que coagiram como um iniciar do embate, eu faria questão de forçar um retrocesso do martelo que antes apontava para o peitoral do lanceiro, trazendo-o mais próximo à mim, eu iniciaria um giro completo de todo o meu corpo no sentido horário, onde traria de início o alavancar, mais uma vez, do meu ataque Pippesado. Estendendo a canhota que manobrava a marreta, eu utilizaria o impulso alocado pela força da gravidade, além da minha essência divina, almejando masterizar a força em todo o meu ataque horizontal que, inicialmente, almejava, ainda, atingir a parte destra do peitoral de meu companheiro. Era lógico que o nosso confronto tratar-se-ia de um treino, mas que tipo de treino é esse em que você não dá o seu máximo? E dessa maneira eu estava me empenhando.

Era bem provável que ao nosso redor houvesse um bom número de pessoas prestigiando nosso confronto. Claro, não é?! Quem não vai querer me admirar em um confronto louvável? VITATA. De todo modo, estava claro de que em meio à essa minha primeira investida, afinal, ciente de que ele havia me convidado, eu começaria com o primeiro ataque. Considerando a fama de boas lutas de meu irmãozão, era esperado que ele tentasse esquivar ou bloquear, afinal, receber assim de cara um bom golpe do Thor… ele teria de ser fraco demais para bobear e entregar a vitória a mim em um primeiro ataque direto.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 85c9b1dacd998e35cdbf01b9f9b51ace9b9b1035

Praticamente desconsiderando o fato de que ele abraçaria meu ataque sem defesas, eu, logicamente, sabia que ele iria bloquear ou se esquivar, não sabia bem ao certo qual, mas algum destes dois era algo certo. - Boa! VITATATA! - O parabenizei por ter feito o básico, mas era lógico de que se não o fizesse, sequer seria digno de me enfrentar. Partindo desse primeiro ponto, eu faria uma breve análise para iniciar o meu verdadeiro primeiro ataque.

Caso ele se esquivasse, algo que eu não  esperava muito devido ao nosso tamanho bem acima da média, além de minha grande marreta que proporciona um maior alcance de choque, eu ainda deveria considerar cada possibilidade. Uma esquiva seria guiada por um avanço de minha parte, pois em uma tentativa de fuga, meu ímpeto também acompanharia tal possibilidade, e, nesse caso, pegando impulso, proveniente de uma boa pisada no solo com meu pé direito, eu tentaria jogar meu corpo à frente para tentar seguir uma inesperada fuga, já com o braço estendido para realizar um arco horizontal da esquerda para a direita, afinal, estávamos treinando nossas canhotas.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 2839769_orig

Nesse caso, estando nessa situação, era bem provável que, como uma última instância de defesa, ele se empenharia a bloquear, senão receberia um golpe diretamente em uma primeira instância.

Caso, tanto na primeira, como na segunda instância, se meu adversário bloqueasse, depois de meu elogio, eu faria questão de, em meio ao confronto de força no choque bloqueado, eu não poderia esperar muito tempo para reagir, senão ele melhor se acostumar com a segurança de minha força, e, nesse sentido, eu precisava medir a situação de haver uma possibilidade, onde, em um rápido momento, eu tentaria dar-lhe uma joelhada para auxiliar ao impacto de minha força e desconcentrar sua defesa, mas isso apenas se eu pudesse sentir que essa tentativa de tirar um de meus pés do chão não iria desestabilizar o meu ataque, pois, nesse caso, eu não poderia me arriscar a ponto de ter um ataque cancelado e me contra atacar sucessivamente.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Mature-12-knee

Na possibilidade de haver a chance de uma joelhada na altura das costelas do Thork, desestabilizar levemente o meu ataque e me deixar propício a um contra ataque, eu precisaria pensar em alguma outra forma de aprimorar minha investida. Nesse caso, eu já sabia que a minha primeira investida já vinha com amplitude total de um ataque Pippesado, já garantindo o impulso da força Peso garantida pela gravidade. Para tentar penetrar um hábil bloqueio do meu parceiro, eu sabia que não seria nada fácil, então, dessa forma, eu tentava desestabilizar o bloqueio, tirando a pressão que antes era voltada à aplicar um golpe na altura média do peitoral do lanceiro.

Diante dessa perspectiva, eu iria realizar meu ataque para baixo, tentando abaixar para a altura de suas pernas. Nesse sentido, era bem provável que eu fosse capaz de desestruturar o bloqueio, e, desse modo, eu, mais uma vez, realizaria meu ataque para cima, onde alvejaria acertar o seu queixo. Nesse sentido, eu aproveitaria essa primeira chance de acerto crítico para utilizar meu braço direito e utilizá-lo a meu favor. Não para aplicar nenhum tipo de ataque, afinal, a meta seria treinar a canhota, mas, com a mão destra, faria questão de tentar pegar o Thork pelo pescoço como se estivesse pegando qualquer tipo de martelo, para, dessa forma deixá-lo no convés do navio e ameaçar a aplicação de um ataque vertical final contra seu rosto.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Dakankj-b7e8597f-3bb1-49ec-83d1-e9f90e14256d.gif?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOjdlMGQxODg5ODIyNjQzNzNhNWYwZDQxNWVhMGQyNmUwIiwiaXNzIjoidXJuOmFwcDo3ZTBkMTg4OTgyMjY0MzczYTVmMGQ0MTVlYTBkMjZlMCIsIm9iaiI6W1t7InBhdGgiOiJcL2ZcL2E3MzNkOWUwLTMzMDYtNDUyZS05MDYxLTc5ZTQ2YzRlOTVmYlwvZGFrYW5rai1iN2U4NTk3Zi0zYmIxLTQ5ZWMtODNkMS1lOWY5MGUxNDI1NmQuZ2lmIn1dXSwiYXVkIjpbInVybjpzZXJ2aWNlOmZpbGUuZG93bmxvYWQiXX0

Havendo a possibilidade de eu conseguir prever todas as possibilidades de acontecimentos, estaria claro que, ao ameaçá-lo com essa imponência e magnitude, ele também aceitaria a derrota em um fim de luta. - É… acho que acabou. VITATA! - Indicaria, enquanto cessaria minha ameaça de amassar seu crânio com o Thor e o ajudar a se levantar.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 82562227-two-pairs-of-hand-touch-together-helping-hands-concept-helping-hand-outstretched-for-help-

Caso meus planos fugissem de minha expectativa e, de alguma forma, eu fosse surpreendido com algum contra-ataque inesperado, eu precisaria tentar me defender e, ainda contra atacar. Se dentro de minhas possibilidades de defesa, rebater com o Thor fosse uma opção, assim o faria. Mas, por outro lado, caso algo inesperado fpsse enquanto estivesse acontecendo o confronto de forças no choque de ataque e bloqueio, eu precisaria utilizar minha mão direita. Não para trapacear ou algo do gênero, mas para tentar jogar meu peso para frente e tentar abraçá-lo utilizando toda a minha força com o braço direito e desestabilizar toda a concentração do Thork e criar uma situação a meu favor, onde eu poderia, verdadeiramente aplicar os melhores movimentos acima supracitados.


Histórico:

Criação Simples – Thor – Post 5
Thor:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Armas-mais-poderosas-record-of-ragnarok-1200x900

Arma: Thor
Descrição: Apta criação minha. Uma excepcional arma cujo tamanho desproporcional e peso fazem parte de um estilo de combate digno apenas para uma pessoa com demasiada força. Foi criada, justamente, para desempenhar ataques Pippesados, onde busca sempre utilizar de seu peso em conjunto com a força da gravidade para causar um dano demasiadamente maior.
Tipo da Arma: Martelo
Qualidade: Criação Simples
Durabilidade: Alta
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Criação de Arma pautada em projeto – (Equivalentes Tristezas) ET Gondul – Post 6
(Equivalentes Tristezas) ET Gondul:

Nome: (Equivalentes Tristezas) ET Gondul.
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências:

  • Mecatrônica
  • Física
  • Forja
  • Ofício Ferreiro

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Informações


  • Posts: 26

  • Ganhos:
    Arma Forjada Thor – Post 5
    Arma Forjada ET Gondul – Post 6
    Proficiência Natação – Post 6
    Treinamento de Ambidestria – Post 7
    Proficiência Primeiros Socorros – Post 8
    Grande barril de 20L de vodka – Post 10
    1 missão – Post (Não to lembrando qual foi o post da escolta de suprimentos, mas dps atualizo)
    2 missões – Post 24
    Treino Ambidestria – Post 25

  • Perdas:
    100.000 berris - Barril de 20L de vodka

  • Pertences:
    Garrafa de rum [7/10 usos]
    Barril de 20L de vodka [19/20 usos]

  • Vício: Alcoolismo [0/15]

  • Extras:
    Cabo Kristine: (NPC Criado) – Uma mink aleatória que possui a patente de Cabo e está na nossa embarcação. Thork deu em cima e ela parece estar dando corda.
    Capitã Scarllet: (NPC Criado) – Uma extraordinária Capitã de beleza estupenda e com uma liderança imbatível. Depois de Smith, ficamos sob sua supervisão.

  • Ofício: (Além de impecável semideus desse mundo, claro)

    Ferreiro




Objetivos:


Meta


  • 3 Missões
  • Aprender Natação
  • Aprender Primeiros Socorros
  • Treinar Ambidestria







Personagem:




Atributos



PdV: 17520
STA: 300

Força: 760  [+120 Raça] [+300 Edc] [+120 Martelo de Combate] = 1300 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 320 [+120 Raça] [+60 Edc] = 500 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 330 [+120 Raça] = 450 ~ Hábil ~

Agilidade: 255
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%



Conhecimentos





Proficiências:


Anatomia

Você conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

Física

Você conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

Forja

Você é capaz de moldar metais para transformá-los em armas e objetos úteis, além de conseguir reconhecer as propriedades dos metais que tem em posse.

Mecatrônica

Sistemas eletromecânicos automatizados, combustíveis (carvão, vapor, dial, eletricidade, etc) e afins. Você sabe utilizar dos conceitos da eletrônica e da mecânica para desenvolver e projetar máquinas, equipamentos e dispositivos que utilizem desses aparatos. Em outras palavras, você sabe a teoria por trás das tecnologias mais simples até as mais avançadas.

Mineração

Você é capaz de extrair metais da natureza, com os instrumentos necessários obviamente. Além disso, conhece uma infinidade de metais e suas propriedades, podendo reconhecê-los facilmente.

Mixologia

Você é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.




Qualidades e Defeitos:


Qualidades


  • Vigor (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma resistência física superior, assim sendo, reduzem todas as condições negativas relacionadas à exaustão em uma categoria.



  • Corpulento (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma estrutura óssea e muscular superior, assim sendo, são uma raça extremamente resistente. Em termos de atributos, os meio-gigantes recebem uma redução de dano de 5%.



  • Afinidade com Haki (3 Pontos)

    Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.



  • Mestre em Haki (4 Pontos)

    Assim que você desbloquear a especialização do Haki da Observação ou do Haki do Armamento, você pode escolher seguir dois caminhos de especialização simultaneamente. Nesse caso, os efeitos narrativos se acumulam, mas os bônus de atributo concedidos não. Nessa hipótese, o melhor atributo entre os dois será considerado sempre.






Defeitos


  • Exótico (Racial)

    Você não sofre preconceito devido a sua aparência ser similar a de um ser humano comum, entretanto, você ainda é capaz de fascinar ou espantar alguns e possui um alto valor pelo seu corpo no mercado de escravos, o que é sempre um problema.



  • Sob medida (Racial)

    Você possui grande dificuldade para encontrar itens e consumir serviços que sejam apropriados para sua espécie, muitas vezes tendo que encomendar itens sob medida. Todo serviço comprado ou item consumido tem seu custo multiplicado por um valor entre quatro e dez vezes a depender da situação.



  • Compulsivo (1 Ponto)

    Eu, o incrível Pippos Vitaminado, tenho a necessidade de sempre querer me apresentar como o insano ser que, de fato, sou. O mais forte, o mais impecável e, claro, melhor ferreiro do North Blue.



  • Dependente (1 Pontos)

    Saciando minha vontade de beber, com o tempo, desenvolvi um vício e preciso ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica para manter minha sanidade. Caso não sacie minha dependência em três páginas, começo a sentir os efeitos da abstinência, equivalente ao estado da condição Intoxicado.



  • Extravagante (1 Ponto)

    Eu, fortemente, chamo a atenção por onde quer que passo. Sou monstruosamente forte, tenho músculos incomparáveis com esses meros mortais e um peitoral bem visível e desenhado. Sim, se eu não for reconhecido, preciso me apresentar como o próximo grande herói da Terra. Eu sempre causo uma impressão difícil de esquecer, hehe. E frequentemente gosto de me apresentar.



  • Ambição (2 Pontos)

    Almejo fortemente algum dia ser reconhecido pela minha força e subindo à patente mais alta possível, dentro da marinha, afinal, quero ser reconhecido como o marinheiro mais forte destes mares!



  • Louco (2 Pontos)

    Eu, o Vitaminado Pippão, acredito ser fruto de uma vontade divina para dar um fim no mal da Terra. Algo que acreditam que não sou, tolos, mas com muita certeza eu mostrarei a esses ignorantes e todo esse mundo, para ser reconhecido como tal.











Vitaminado Pippão


Última edição por Pippos em Seg Dez 20, 2021 4:23 pm, editado 1 vez(es)

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 7k7RaWZ

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 YgVsv9M
Créditos : 09
Localização : North Blue ~ Flevance



~~ Dragão Indomável ~~


Marinheiro Cabo

Treino em conjunto de Ambidestria

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 XYpjJjc

~ Bláh, bláh, bláh! Para de ficar trovando fiado e vem logo, abestado! Kekeke! Respondia para Vitaminado logo que ouvi suas palavras, pois, já estava pronto para cair no soco, ou melhor dizendo, pronto para usar os punhos do moleque para fortalecer minhas defesas portando o escudo.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 IChlt1Y

Os olhos colidiam com os do garoto, como se estivesse encarando a alma gladiadora do marine. “Hoooo! Eu gosto assim mesmo, Vitaminado!” Notava a expressão de Pippos mudar, entendendo que ele agora estava mais sério e pronto para o combate.

O avanço do garoto se iniciou através de um balanço com seu machado, ao qual estava sendo manejado com sua mão menos dominante, assim como eu portava o escudo em equivalência. Enquanto os olhos analisavam o movimento do rabanete, assegurava de que meus pés estavam firmes sobre o solo enquanto exercia força sobre os músculos dos braços para servir de ponto de impacto.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 GnzQjZI

Assim que o machado do garoto atingisse o escudo, expressaria um sorriso bastante admirado com a força do rapaz. ~ Héééh! Pelo visto esses músculos estão sendo bem nutridos, Kekekeke! Terminava de proferir impressionado com a força do garoto. Em seguida, efetuaria um leve balanço de trás e para frente com intuito de impulsionar o ataque de Vitaminado para trás diante uma disputa de forças, consequentemente, fazendo-lhe recuar.

Caso fosse atacado diante a disputa de nossas forças, apenas ignoraria o golpe dele enquanto ainda expressava um rosto recheado de ímpeto. ~ Thorororo! Qual é, pimentão, é só isso que pode fazer? Apesar de não usar qualquer membro para defender seu ataque secundário, apenas usaria os músculos em tensão para resistir a porrada.

Se avaliasse que a força do golpe e Pippos fosse desestabilizar minha defesa diante o machado dele, retornaria o golpe dele ao utilizar a mão direita sobre o ombro dele, agarrando com firmeza, e puxando para o lado com a mesma finalidade de desestabilizar sua força no machado. ~ Ora, já que vai usar outro membro, me permita devolver na mesma moeda! Indagava ao mesmo tempo que agarraria seu ombro e torceria seu equilíbrio; possibilitando evitar outros ataques durante a colisão de meu escudo versus seu machado.

Era logico que não possuía intenções de deixar que seu machado atingisse meu corpo, pois, exercia força no braço esquerdo para continuar defendendo seu ataque. Ainda que ele e/ou eu perdesse força na disputa devido a os ataques subsequentes, tentaria distribuir o balanço de meu corpo para defender e atacar com harmonia e naturalidade.

Obviamente, estava mais centrado em defender seus ataques com objetivo de aperfeiçoar minha maestria com o domínio da mão esquerda. Entretanto, não seria tão passivo ao ponto de não dar um bom murro de aprendizado no garoto. Afinal de contas, nada como quebrar alguns dentes para aprender a cerrar bem eles.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 2034

Durante a conexão dos golpes, baixaria o centro de gravidade do meu corpo com intuito de tracionar as pernas e recrutar mais força para desferir meu ataque ao qual seria usado o escudo como ponto de colisão e meu corpo todo como propulsor. ~ Agora é minha vez, segura essa paulada garoto! Proferia ao me arremessar para o alto e usar o escudo para colidir contra Vitaminado, não havendo um ponto especifico de local para ser acertado, só almejava atingir Pippos e fazer ele recuar com a força de impacto através destes músculos, peso e escudo.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 2

Logo que retornasse meus pés sobre o solo de madeira do navio, posicionaria minhas pernas uma um pouco mais a frente que a outra, com intuito de explodir em uma poderosa arrancada, ainda que curta, acarretando em uma colisão frontal direta, sempre visando usar o escudo atrelado ao braço esquerdo. Colocaria o escudo a frente do corpo e, novamente, usaria o corpo todo como em uma investida desenfreada. Igual um touro usa seus músculos para gerar força e seus chifres para cravar em seu alvo.

Não subestimava Vitaminado e sua força, ou seu vigor físico, porém, não era necessário qualquer artimanha para nosso duelo; até porque não sou de utilizar tais meios desonrosos. Portando meus ataques seriam simples, mas rápidos e potentes dentro do possível. Usando minha vasta experiência em briga de rua além de minha proficiência com escudo, unidos a este corpo abençoado pelos gigantes primordiais, certamente ocasionaria espanto ao garoto, pois, ver minhas lutas e sentir na pele eram mundos bem diferentes. Apesar de estar um pouco limitado, isso apenas aumentaria meu ímpeto durante nossa luta, jamais o oposto.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 BiHLt0w

Após colidir diretamente contra Vitaminado, recuaria alguns metros com um salto para trás e novamente avançaria contra ele, pressionando mais e mais durante o tempo que o sangue começava a rugir pela valorosa luta. ~ Kekekeke! Você é dos bons mesmo, garoto! Proferia com um sorriso tenebroso, porém, repleto de jubilo. Apesar de pegar no pé de Pippos, respeitava ele como se fosse um irmão mais novo. Talvez por isso provocasse tanto ele. Mas não havia como negar que admirava a tenacidade e espirito de luta do rapaz. “Os gigantes ancestrais diziam que os fortes possuíam personalidades fortes também.” Havia certa verdade nisso.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 LxmFwMt7fR9JPIpQP0ymNd57yn3n0QqPzILENQ9ZSQ0kUsBgbOlrz6ybVHP0JmElBo-mtiVIKBh1TKPKIl22t7y6nwfpxZLbXZf1O3wDLh8uFawaoxgge_TWqdf6eiHn-hHtJS8

Atacaria Vitaminado de novo ao correr em direção dele com mesmo propósito de antes, entretanto dessa vez, usaria uma sequencia de salto, rotação e colisão. Prendendo bem o escudo no antebraço esquerdo ao mesmo tempo que me impulsionaria de frente ao adversário, finalizaria com um salto logo em seguida de um impacto com escudo de baixo para cima, girando o corpo e voltando ao chão; seguido de outro e mais outro em sequência. Até que por fim, o último salto geraria a força total recolhida nos outros ataques. Dessa vez, não me seguraria, pois, tinha objetivo de arremessar Vitaminado para fora do navio, nem que eu fosse junto com ele.

Fim do treino em conjunto





Histórico:
Posts: 26
Ganhos:
Lança Gondul:
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências: Mecatrônica; Física; Forja e Ofício Ferreiro.

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Perdas: Garrafa de Rum;
770.000 mil berries;

Players/NPCs: Kristine DeVille;
Tenente Smith;
Capitã Scarlet;
Arwell;
Lao Shin;
Lee Stormfield;

Ferimentos: ~x~

Localização: Swallow ~ North Blue

Objetivos:
~ Concluir 2 missões;
~ Treinar Ambidestria;
~ Treinar Liderança;
Build:
PdV: 22520
STA: 300

Força: 710[+120 Raça] [+180 Edc] [+300 ET] = 1310 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 155[+120 Raça] [+180 Edc]= 455 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 580[+120 Raça]= 700 ~ Hábil ~

Agilidade: 232
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%

Proficiências:
~ Sobrevivência ~ Nado ~ Persuasão ~ Anatomia ~ Escudista ~
Qualidades:
~ Vigor
~ Corpulento
~ Intuitivo
~ Hipofalgia
~ Carismático
~ Destemido
~ Ambidestra ~
Defeitos:
~ Exótico
~ Sob medida.
~ Ambição.
~ Louco.
~ Deligente.
~ Extravagante.

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 SNb8dAV
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Giphy
Créditos : 01
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Rainbow
Cat


A tão esperada batalha entre os dois titãs atraiu a curiosidade de marinheiros que se reuniram por ali no barco, ainda que fosse apenas um treino em que ambos estavam longe de seus ápices, ainda era interessante o suficiente para que ambos pudessem fazer uma performance digna de um espetáculo.

O ruivo, tinha de certo modo em meio a sua auto-vangloriação de sua origem divina em um potente golpe com sua arma que apesar do tamanho, surpreendeu pela velocidade com que o golpe correu pelo campo de batalha sendo capaz até mesmo de levantar um pouco de pó do chão no movimento enquanto iria na direção de Thor, que com sua força e experiência não teve dificuldade alguma em bloquear utilizando de seu escudo em equivalência rechaçando um barulho metálico alto pelo ambiente.

A força dos dois era muito equivalente dentro daquele choque de golpes, se Thor tivesse empunhando sua lança naquele momento, era justo de se pensar que por pouco ele poderia ultrapassar Pippos em uma disputa de forças, graças a técnica que ele tinha ao empunha-la que o colocaria em mesmo grau mas, nesse cenário atual o ruivo tinha uma pequena vantagem em um combate longo pressionando o moreno.

Como um golpe de encontrão, Pippos então colocou seu martelo a frente de modo que impactou-se diretamente com o corpo de Thor que demonstrando uma coragem hérculea simplesmente encarou de frente o golpe enrijecendo seus músculos e recebendo o golpe por completo.

Nesse momento os olhos dos marinheiros, para aqueles mais sensíveis até mesmo se fechou, ao pensar que veriam um ferimento feio ser feito a sua frente mas, se havia algo que não estavam acostumados é com a vitalidade da raça dos gigantes pois um golpe que fora capaz de derrubar um homem perigoso agora, era resistido pelo moreno como se não fosse muito.

A região do peito teria ido pra uma tonalidade rosada e a dor se espalhou pelo corpo do rapaz de maneira intensa por um ou dois segundos antes que se tornasse tão infima que daria pra ignorar.

Para aqueles que achavam que a batalha terminaria por ai, surpreenderia-se quem não pudesse ver o modo como mudando sua postura, o escudo tornou-se como parte do próprio corpo do titã que o empunhava, em um movimento em que fazendo uma intensa rotação, este aplicou em Pippos que fora também atingido em cheio debaixo pra cima perdendo inclusive a sua base no chão por um momento e sentindo por um momento a dor lhe percorrer em igual intensidade mas, pouca duração.

O fato de estarem usando suas mãos não dominantes para treinar certamente impactou na efetividade de seus golpes e então em uma ultima troca onde abandonaram completamente a ideia de usarem apenas a mão não dominante, quando menos viram, ambos haviam caído de bunda no chão com a ação do outro, não machucando nada além do ego ali, onde poderiam erguer-se juntos ao fim do treinamento.

Era digno de se dizer que aquilo não era nem dez por cento do potencial de um combate mais duradouro, mas fora visto em Pippos a iniciativa e também a vontade de que ambos encerrassem antes que acabassem os dois se machucando de verdade ali.

Para os marinheiros era um verdadeiro show, ao qual ainda que pudessem acompanhar batalhas reais, um confronto de titãs era algo raro de se viver para contar a história, haviam ali conquistado a admiração de alguns solsados a mais os quais poderiam ajudá-los como pudessem se assim fosse o desejo dos dois..

Viagem 4/6


Histórico:

Posts: 11
Ganhos

  • Mais duas missões completadas ( Ajudar superior a liderar um pequeno esquadrão de soldados e apreensão de criminosos.
  • Promoção Sargento
  • Salario referente as duas missões do nível cabo depositados na conta.

Perdas:

Thor:  770 K referentes ao pagamento da alimentação no post 19.







Ferimentos:
N/A por hora.



_________________


2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 HGWnxh1
Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 F9Uhwzf
Créditos : 04
Localização : Hasagt Altai








2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Shuuma10

Fim do confronto…
Olá cansaço, VITATA


2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência!
Em um magnífico confronto, estava claro de que havíamos dado o nosso máximo sem pestanejar. Claro que, como uma pequena luta de treino, não seria nada tão demorado ou que pudesse causar sequelas futuras em nossas próximas aventuras. Nesse sentido, estava claro que se tratava de uma peleja minuta, mas, claro, com todo nosso empenho e firmeza dentro de uma luta.

Tudo bem que eu não contava muito com o ataque inesperado que eu recebi, mas era justo, eu estava enfrentando um oponente digno de meu potencial, VITATATA! Se não fosse causar muitas consequências à longo prazo, eu faria questão de dar continuidade ao nosso embate. De todo modo, agora apenas estávamos de bunda no chão. - Ei, VITATATA! - Gargalhei com toda essa situação de terminarmos no chão. - Peitoral resistente, hein?! Na próxima eu testo se teu maxilar também é, VITATATA! - Brinquei. Mas como sabia que o confronto havia acabado, logo me levantei, para tentar demonstrar que supostamente estaria numa situação física melhor.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 9c91c3f136f6b00812b2b9cb260aeed8

Era óbvio que a minha dor era bem problemática, mas, como fruto de uma vontade divina, jamais poderia me fraquejar! Os deuses estavam de olho em mim e eu nunca terei a intenção de parecer não merecer vossa vontade em mim. Para tentar aliviar a tensão e a dor em meu queixo e na parte frontal do meu corpo, o qual eu sofri uma forte investida proveniente de um escudo. Um escudo até que é bem interessante… mas eu não curto muito isso de estar focado em defesa. Logo eu?! O que eu preciso é melhorar ainda mais os meus músculos e tornar-me cada vez mais resistente, VITATA. - Pensei, enquanto logo alvejaria limpar meus lábios, caso houvesse qualquer marca de sangue.

Com o corpo levemente exausto, afinal, antes já havia treinado sozinho a minha canhota, e ainda treinei mais um pouco para melhorar ainda mais o meu potencial bélico. Estava claro que meu braço esquerdo precisaria agora de um bom descanso. Provavelmente mal aguentaria carregar mais o peso do grandioso Thor, mas ainda bem que eu já o havia passado para minha mão mais habilidosa.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 20211211

Meu corpo parecia ter recebido em cheio uma martelada na parte superior até meu queixo. Puts, quem diria que um escudinho poderia causar tanta dor, VITATATA. - Pensava, enquanto levemente colocava o imponente Thor no chão à minha frente e fazia um leve carinho em meu queixo com a mão direita. O Thork é forte mesmo… quem sabe mais para frente não podemos ter um novo confronto como esse? VITATA. Foi rápido, mas foi bem interessante. - Analisei.

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Not-impressed-anime

Não demoraria para logo sentar-me próximo àdminha arma colossal. Mas, sentando-me, estava claro que só havia uma solução para me fazer esquecer da dor que abraçava meu corpo nesse rápido, mas duro confronto. Qual seria essa solução? Quem? Quem? O Rum, óbvio né? Sem pestanejar, logo fiz questão de virar a garrafinha de rum goela abaixo. Uma boa dosagem dessa bebida excepcional seria mais do que o suficiente para me acalmar e harmonizar toda a estrutura de meu corpo. Essa doce ardência começava a aquecer minha garganta e me proporcionar um prazer admirável. Puts, como beber era bom…

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 68747470733a2f2f73332e616d617a6f6e6177732e636f6d2f776174747061642d6d656469612d736572766963652f53746f7279496d6167652f7a634a43486446533661303475413d3d2d3736353932363230322e313562383836393466393566366264363134373439343833393534382e676966


Histórico:

Criação Simples – Thor – Post 5
Thor:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Armas-mais-poderosas-record-of-ragnarok-1200x900

Arma: Thor
Descrição: Apta criação minha. Uma excepcional arma cujo tamanho desproporcional e peso fazem parte de um estilo de combate digno apenas para uma pessoa com demasiada força. Foi criada, justamente, para desempenhar ataques Pippesados, onde busca sempre utilizar de seu peso em conjunto com a força da gravidade para causar um dano demasiadamente maior.
Tipo da Arma: Martelo
Qualidade: Criação Simples
Durabilidade: Alta
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Criação de Arma pautada em projeto – (Equivalentes Tristezas) ET Gondul – Post 6
(Equivalentes Tristezas) ET Gondul:

Nome: (Equivalentes Tristezas) ET Gondul.
Imagem:

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 NToNthB
Tipo de Projeto: Arma.
Qualidade: Comum.
Proficiências:

  • Mecatrônica
  • Física
  • Forja
  • Ofício Ferreiro

Materiais e componentes adicionais: Qualquer tipo de material básicos com durabilidade e resistência aceitável para uma forja simples, tais como: Ferro, Metal, Aço, Cobre, Chumbo, Bronze, Prata, Ouro, etc.
Bônus: Divide sua haste em duas, criando duas lanças.
Descrição: Forjada com uma longa haste de 10 metros em seu total, criada especificamente para Gigantes, havendo duas lâminas em posições opostas de 2 metros cada, a lança detém um estilo Naginata, pois, suas duplas lâminas se conectam uniformemente do início da lâmina, engrossando e curvando suavemente sobre sua chapa; com objetivo de amplificar o corte em diversos ângulos. Divergindo do padrão, Gondul pode se desconectar exatamente em seu meio através de um giro oposto entre sua haste, se tornando uma dupla lança devido um mecanismo fácil de giro para fora/giro para dentro; unindo ambas as partes e retornando ao seu estado normal, uma única e enorme lança de dupla lâmina. Sua haste reforçada com minério branco em tom escurecido, havendo símbolos marcantes por toda sua extensão em um tom azul-cintilante. Suas duas lâminas também reforçadas com minério branco, tornando-a extremamente afiada. O mais interessante é que sua leveza não altera em nada seu poder em cortar, muito pelo contrário! Acrescenta ainda mais devido a facilidade em manusear e além de haver mais uma lâmina para possibilitar maiores manobras de ataque e defesa.

O nome desse projeto vem do fato de ser uma única e comprida lança com o único potencial bélico de se dividir e causar dois tipos diferentes de tristeza, quando se dividem e tornam-se uma dupla arma. Suas lâminas são diferentes em um planejamento físico, se por um lado, temos uma maior e mais elaborada lamínula onde se alveja atingir mais avantajadas áreas ou alvos, e, por outro, temos a parte pontiaguda menor e mais concentrada, mais fina, onde tem-se um planejamento para a elaboração de uma arma para ataques mais penetrantes talvez em menores alvos ou até para facilitar alvos que busquem ter muita defesa.
Dano: 120xlvl em Força (40 Forja, 20 Física, 20 Mecatrônica, 40 Ferreiro)
Preço: 500.000 a 2.000.000 B$ dependendo do material utilizado x Nível de Personagem.

Informações


  • Posts: 27

  • Ganhos:
    Arma Forjada Thor – Post 5
    Arma Forjada ET Gondul – Post 6
    Proficiência Natação – Post 6
    Treinamento de Ambidestria – Post 7
    Proficiência Primeiros Socorros – Post 8
    Grande barril de 20L de vodka – Post 10
    1 missão – Post (Não to lembrando qual foi o post da escolta de suprimentos, mas dps atualizo)
    2 missões – Post 24
    Treino Ambidestria – Post 25
    Treino Ambidestria em conjunto – Post 26

  • Perdas:
    100.000 berris - Barril de 20L de vodka

  • Pertences:
    Garrafa de rum [7/10 usos]
    Barril de 20L de vodka [19/20 usos]

  • Vício: Alcoolismo [0/15]

  • Extras:
    Cabo Kristine: (NPC Criado) – Uma mink aleatória que possui a patente de Cabo e está na nossa embarcação. Thork deu em cima e ela parece estar dando corda.
    Capitã Scarllet: (NPC Criado) – Uma extraordinária Capitã de beleza estupenda e com uma liderança imbatível. Depois de Smith, ficamos sob sua supervisão.

  • Ofício: (Além de impecável semideus desse mundo, claro)

    Ferreiro




Objetivos:


Meta


  • 3 Missões
  • Aprender Natação
  • Aprender Primeiros Socorros
  • Treinar Ambidestria







Personagem:




Atributos



PdV: 17520
STA: 300

Força: 760  [+120 Raça] [+300 Edc] [+120 Martelo de Combate] = 1300 ~ Talentoso ~
Destreza: 400 ~ Regular ~
Acerto: 320 [+120 Raça] [+60 Edc] = 500 ~ Hábil ~
Reflexo: 10 ~ Regular ~
Constituição: 330 [+120 Raça] = 450 ~ Hábil ~

Agilidade: 255
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 5%



Conhecimentos





Proficiências:


Anatomia

Você conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

Física

Você conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

Forja

Você é capaz de moldar metais para transformá-los em armas e objetos úteis, além de conseguir reconhecer as propriedades dos metais que tem em posse.

Mecatrônica

Sistemas eletromecânicos automatizados, combustíveis (carvão, vapor, dial, eletricidade, etc) e afins. Você sabe utilizar dos conceitos da eletrônica e da mecânica para desenvolver e projetar máquinas, equipamentos e dispositivos que utilizem desses aparatos. Em outras palavras, você sabe a teoria por trás das tecnologias mais simples até as mais avançadas.

Mineração

Você é capaz de extrair metais da natureza, com os instrumentos necessários obviamente. Além disso, conhece uma infinidade de metais e suas propriedades, podendo reconhecê-los facilmente.

Mixologia

Você é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.




Qualidades e Defeitos:


Qualidades


  • Vigor (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma resistência física superior, assim sendo, reduzem todas as condições negativas relacionadas à exaustão em uma categoria.



  • Corpulento (Racial)

    Os meio-gigantes possuem uma estrutura óssea e muscular superior, assim sendo, são uma raça extremamente resistente. Em termos de atributos, os meio-gigantes recebem uma redução de dano de 5%.



  • Afinidade com Haki (3 Pontos)

    Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.



  • Mestre em Haki (4 Pontos)

    Assim que você desbloquear a especialização do Haki da Observação ou do Haki do Armamento, você pode escolher seguir dois caminhos de especialização simultaneamente. Nesse caso, os efeitos narrativos se acumulam, mas os bônus de atributo concedidos não. Nessa hipótese, o melhor atributo entre os dois será considerado sempre.






Defeitos


  • Exótico (Racial)

    Você não sofre preconceito devido a sua aparência ser similar a de um ser humano comum, entretanto, você ainda é capaz de fascinar ou espantar alguns e possui um alto valor pelo seu corpo no mercado de escravos, o que é sempre um problema.



  • Sob medida (Racial)

    Você possui grande dificuldade para encontrar itens e consumir serviços que sejam apropriados para sua espécie, muitas vezes tendo que encomendar itens sob medida. Todo serviço comprado ou item consumido tem seu custo multiplicado por um valor entre quatro e dez vezes a depender da situação.



  • Compulsivo (1 Ponto)

    Eu, o incrível Pippos Vitaminado, tenho a necessidade de sempre querer me apresentar como o insano ser que, de fato, sou. O mais forte, o mais impecável e, claro, melhor ferreiro do North Blue.



  • Dependente (1 Pontos)

    Saciando minha vontade de beber, com o tempo, desenvolvi um vício e preciso ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica para manter minha sanidade. Caso não sacie minha dependência em três páginas, começo a sentir os efeitos da abstinência, equivalente ao estado da condição Intoxicado.



  • Extravagante (1 Ponto)

    Eu, fortemente, chamo a atenção por onde quer que passo. Sou monstruosamente forte, tenho músculos incomparáveis com esses meros mortais e um peitoral bem visível e desenhado. Sim, se eu não for reconhecido, preciso me apresentar como o próximo grande herói da Terra. Eu sempre causo uma impressão difícil de esquecer, hehe. E frequentemente gosto de me apresentar.



  • Ambição (2 Pontos)

    Almejo fortemente algum dia ser reconhecido pela minha força e subindo à patente mais alta possível, dentro da marinha, afinal, quero ser reconhecido como o marinheiro mais forte destes mares!



  • Louco (2 Pontos)

    Eu, o Vitaminado Pippão, acredito ser fruto de uma vontade divina para dar um fim no mal da Terra. Algo que acreditam que não sou, tolos, mas com muita certeza eu mostrarei a esses ignorantes e todo esse mundo, para ser reconhecido como tal.











Vitaminado Pippão

_________________

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 7k7RaWZ

2º Capítulo: A força de um guerreiro não se encontra no ataque, mas sim na resistência! - Página 8 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala