Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
[Ficha] Dimitri RomanovOntem à(s) 11:31 pmporRedPandaÚltimo Baile Antes da GuerraOntem à(s) 11:06 pmporMendoncaBad KarmaOntem à(s) 11:06 pmporMendoncaIII - RagnarökOntem à(s) 10:45 pmporJean FragaNoturno ArtificialOntem à(s) 10:38 pmporShioriAkane NanamiOntem à(s) 10:28 pmporNoskire3 - Don't Stop Me NowOntem à(s) 10:28 pmporNoskireGrupo 6 - Akane, Agni e Aika Ontem à(s) 10:05 pmporNarrador De EventosCabras da Peste, Vol 5 - A face da desordemOntem à(s) 9:57 pmporSubaéZayn & suas gostosas!Ontem à(s) 8:37 pmporAki

Leonheart Valentine

Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Leonheart Valentine Qui Maio 13, 2021 12:06 am



LEONHEART VALENTINE








Sobre o Personagem


Nome: Leonheart Valentine
Idade: 24 anos
Género: Masculino
Mão Predominante: Destro
Risada: "Rijajajajaja!"
Altura: 1,69 m
Peso: 60 kg
Raça: Humano
Origem: Dressrosa - Novo Mundo
Localização: Stevelty - North Blue
Grupo: Caçadores De Recompensa

Complementos



Aparência:


Personalidade:


História:


Características



Qualidades:

Defeitos:



Proficiências



Costura Você sabe costurar, além disso, é capaz de projetar e confeccionar diversas peças de roupa e adereços. Sabe trabalhar com diversos tipos de tecidos e malhas.
Disfarce Você é capaz de se passar por outra pessoa, ou simplesmente mudar a sua própria aparência. Essa proficiência engloba a capacidade de fazer maquiagens, pintar e cortar cabelo, além de usar diversos apetrechos para disfarçar-se. Você emula apenas a aparência das pessoas que decidir imitar.
Acrobacia Você possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.
Doma Você é capaz de domesticar ou tornar mansa uma criatura selvagem, fazendo com que ela deixe de ser hostil contra você ou seu grupo momentaneamente.
Cavalgar Você é capaz de utilizar um animal domado como montaria, extraindo o máximo de seu potencial.
Adestramento Você é capaz de ensinar um animal domado a executar diversas tarefas, como, por exemplo, servir de montaria, servir de animal de carga, atacar, caçar e executar diversas outras funções.


Profissões



None...



Atributos


Nível: 4
Experiência: 1711

PdV: 17310/17310
STA: 800/800
CONDIÇÕES: Lento I (Inventário)
FERIMENTOS: N/A

Força: 320  ~Regular 4~
Destreza: 441 [+40 Raça] [+160 EDC] [+20 Arma] = 661 ~Hábil 6~
Acerto: 760 [+80 Raça] [+160 EDC] = 1000 ~Talentoso 9~
Reflexo: 500 [+40 Raça] [+160 EDC] = 700 ~Hábil 7~
Constituição: 10 ~Regular 1~

Agilidade: 850
Oportunidade de Ataque: 3
Resistência:
Penetração:

Estilos de Combate



Lanceiro:

Chicoteador:
 

Técnicas





Menções no Jornal



Nenhuma por enquanto

Caçador(a) de Recompensa


Rank Atual: D
Rank Mais Alto: D
Filiação: -x-
Criminosos Capturados: 1
Recompensa mais alta: 20.000.000 ฿S
Total de Recompensas: 20.000.000 ฿S

Photoplayer



Photoplayer:



Berries: 1.905.000 ฿S

Itens



Cabeça:

Pescoço:

Tronco:

Braços:

Mãos:

Pernas:

Pés:

Armas:

Inventário



15,5/10 U

Kit de Costura:

Insígnia da Pureza:

Bronze Ticket:

Pomo Vermelho:

Ticket De Exp do Churrarnaval:

Cartas:

Sela Arco-Íris:

Algemas:

Mochila:

Ração Animal:

Guloseimas:

Conjunto de Tecidos de Alta Qualidade:

Roupa de Gala:

Perfume:

 

Embarcações


[url=Link]Nenhuma por Enquanto[/url]

Caminho de Jogo


Nenhum por Enquanto

Rokushiki



Não Aprendido

Haki



Haki da Observação Descrição

Haki do Armamento Descrição

Haki do Rei Descrição




Última edição por Ryoma em Ter Jul 26, 2022 9:14 pm, editado 8 vez(es)
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Dom Maio 16, 2021 11:46 pm






Projetos



Nenhum por Enquanto


Anais


Spoiler:
Animal: Cavalo Okama
Altura: 1,70m
Peso: 700 Kg
Porte: Médio
Raridade: Comum
Aparência: Anais é um cavalo okama de pelagem bem rosada por todo o seu corpo, com uma crina longa, esbelta e bem penteada que mais se assemelha a uma bela cabeleira, com uma mecha de rosa choque acima da cabeça e em parte da raiz de seu cabelo. Seu rabo, também delicado e bem penteado, é enrolado em sua base com uma bela fita amarela, começa em um rosa choque forte e termina em um rosa suave, com uma mancha em um tom mais escuro de rosa na nádega esquerda. Usa sempre batom e maquiagem para deixar seus traços femininos mais reforçados.
Personalidade: Apesar de ser macho, odeia ser chamada no masculino, pois se considera fêmea, e fica irritada quando chamada de homem ou de macho, o que pode acabar em um coice por parte de quem a ofendeu. Em situações normais, age como uma verdadeira donzela, com movimentos graciosos e delicados, e não tem problema nenhum em ser montada por pessoas do sexo masculino, pois os vê como pretendentes, mas sempre fica agitada quando uma mulher tenta montar, se balançando, relinchando e fazendo cena por as considerar como rivais, mas se acalma e aceita, mesmo que muito a contragosto, se Leon pedir com jeitinho. Entretanto, caso uma mulher mostre claramente que se acha inferior a ela, normalmente fazendo algo para ela, como lhe dar comida ou escovar seus cabelos, ela aceita dar uma carona, com cabeça erguida e olhar triunfante, mas não esquece quando é traída ou usada apenas como animal de carga. Por mais que Leon não se considere exatamente homem, ela não tem problema em ser montada por ele, pois se consideram melhores amigas. Sua comida preferida são cerejas, e gosta de ser chamada pelo apelido de "Nana".
Atributos: Agilidade > Reflexo > Força
Shari Shari no Mi:

Comandos:

Aventuras



Here Comes The Sun

Extras



[E.P] - Desventura na Terra dos Sonhos
[E.P] - Mega Churrascão: Agosto a Gosto!
[E.M] - Churrascão Carnavalesco
[E.M] - A tumba de Nasz Harrick
[E.G] - AB COLLECTION

Relações



Players:

NPCs:

NPCs Importantes:



Última edição por Ryoma em Ter Jul 26, 2022 8:57 pm, editado 5 vez(es)
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Qui Ago 19, 2021 6:51 pm
DOM 16 MAIO 2021 - 16:35


Gostaria que o nome do meus mascote fosse alterado de Larola para Anais. Como na personalidade e aparencia tem algumas citações ao nome dele, seria mudado também, assim como seu apelido. Segue o código apenas com essas alterações

Código:
<h1>Mascote</h1>
<mascote>Anais</mascote>
[spoiler][img(500px,464px)]https://i.imgur.com/gqtjyhf.jpg[/img][/spoiler]
[b]Animal:[/b] Cavalo Okama
[b]Altura:[/b] 1,70m
[b]Peso:[/b] 700 Kg
[b]Porte:[/b] Médio
[b]Raridade:[/b] Comum
[b]Aparência:[/b] Anais é um cavalo okama de pelagem bem rosada por todo o seu corpo, com uma crina longa, esbelta e bem penteada que mais se assemelha a uma bela cabeleira, com uma mecha de rosa choque acima da cabeça e em parte da raiz de seu cabelo. Seu rabo, também delicado e bem penteado, é enrolado em sua base com uma bela fita amarela, começa em um rosa choque forte e termina em um rosa suave, com uma mancha em um tom mais escuro de rosa na nádega esquerda. Usa sempre batom e maquiagem para deixar seus traços femininos mais reforçados.
[b]Personalidade:[/b] Apesar de ser macho, odeia ser chamada no masculino, pois se considera fêmea, e fica irritada quando chamada de homem ou de macho, o que pode acabar em um coice por parte de quem a ofendeu. Em situações normais, age como uma verdadeira donzela, com movimentos graciosos e delicados, e não tem problema nenhum em ser montada por pessoas do sexo masculino, pois os vê como pretendentes, mas sempre fica agitada quando uma mulher tenta montar, se balançando, relinchando e fazendo cena por as considerar como rivais, mas se acalma e aceita, mesmo que muito a contragosto, se Leon pedir com jeitinho. Entretanto, caso uma mulher mostre claramente que se acha inferior a ela, normalmente fazendo algo para ela, como lhe dar comida ou escovar seus cabelos, ela aceita dar uma carona, com cabeça erguida e olhar triunfante, mas não esquece quando é traída ou usada apenas como animal de carga. Por mais que Leon não se considere exatamente homem, ela não tem problema em ser montada por ele, pois se consideram melhores amigas. Sua comida preferida são cerejas, e gosta de ser chamada pelo apelido de "Nana".
[b]Atributos:[/b] Agilidade > Reflexo > Força




Vindo aqui fazer algumas atualizações que fiquei empurrando com a barriga, mas já deveria ter feito a muito tempo.

Primeiro, atualiza ai os novos valores de atributos, xp, bonus, vida e stamina. Segundo, aproveitando que to no post 9 da minha aventura, queria fazer um pequeno ajuste na minha aparência, pois ela descreve como fico com outras roupas, mas não na roupa comum. A parte em negrito é a adição, mas não coloca ela em negrito na ficha.

Spoiler:

Terceiro, quero que adicione o meu premio de narrador do evento. Comprovação: https://www.allbluerpg.com/t675-e-p-desventura-na-terra-dos-sonhos-recompensas

Código:
[b]Nome[/b] Insígnia da Pureza
[b]Descrição[/b]
[b]Efeito[/b] Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.
[b]Preço[/b] 1.250.000 B$
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Sex Ago 20, 2021 3:12 pm
Atualizado.

Leonheart Valentine ZbnQSBs - Preciso que você escolha uma imagem para a insígnia, algo simples e que combine com a temática dela.
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Ter Nov 09, 2021 6:05 pm
Com a atualização do sistema de atributos, vim pedir uma pequena mudança nos meus. Passa os 20 pontos de Força que eu tenho pra Reflexo, e passa 10 pontos de constituição para Reflexo também. Aproveita e já coloca o bônus de 50% da Destreza em Força.

Além disso, eu esqueci completamente na época de pedir o ticket de bronze, então queria que fosse adicionado na ficha para ser gasto posteriormente.

Bronze Ticket:

Comprovação:

https://www.allbluerpg.com/t725p160-e-p-m-c-praia#5767

Por último, adiciona a aba "universo envolvente" que eu não vi na época, com as abas de "Aventuras" (vazia por enquanto) e "Extras" (com o link do churrascão)

Código:
[url=https://www.allbluerpg.com/t725p180-e-p-m-c-praia]Evento Pequeno - Mega Churrascão: Agosto a Gosto![/url]
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Ter Nov 09, 2021 10:46 pm
Atualizado.

Leonheart Valentine ZbnQSBs
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Ter Fev 01, 2022 4:02 pm
Técnica aprovada: https://www.allbluerpg.com/t524p100-criacao-de-tecnicas#10821

Aproveita e arruma o modelo de ficha para o novo tbm

Código:
[spoiler="Primer Amor"][spoiler=Referência]
[center][img]https://i.imgur.com/QiSebvz.gif[/img][/center]
[/spoiler]
[justify][color=#d07d5a][b]Nome:[/b][/color] Primer Amor
[color=#d07d5a][b]Rank:[/b][/color] 1
[color=#d07d5a][b]Descrição:[/b][/color]
Uma técnica simples voltada para combates dinâmicos em lugares mais abertos, utilizando ao máximo suas capacidades acrobáticas. Estando no ar, estabiliza o posicionamento do seu corpo para ficar levemente inclinado para baixo, com a cabeça da lança apontada logo abaixo de si, e posicionado de forma que sua mão direita fique no topo do cabo, próximo da lâmina, e a mão esquerda mais atrás. Com o corpo posicionado, usa seu conhecimento de equilibrio para concentrar todo seu peso na ponta da lâmina, fazendo uma queda controlada em grande velocidade contra um alvo pré-designado para usar tanto o peso do seu corpo quando a força da gravidade para realizar um golpe avassalador vindo dos céus. Assim que está prestes a encaixar a técnica em seu alvo, realiza uma rapida estocada, forçando a arma com força para que ela atinja o corpo solido primeiro, e dispersando toda a força do golpe.
[color=#d07d5a][b]Componentes:[/b][/color] Lanceiro | Acrobacia
[color=#d07d5a][b]Requisitos:[/b][/color]
[list] [*]O alcance do ataque, definido por quantos metros pode cair até atingir seu alvo, é a mesma de [b]Propagação[/b], ou seja, metade da Destreza.
[*]É preciso de pelo menos três metros acima do chão para realizar a técnica, do contrário não possuiria tempo de queda o suficiente para encaixar o golpe.
[*]Caso realize a técnica à até 10 metros de altura, não acumula poder o suficiente ao longo da queda para dar o dano completo, mas também não sofre todos os revés. Nesse caso, ganha apenas +5% no modificador da técnica, mas não sofre as penalidades.
[*]Por conta de sua característica única, essa técnica poder ser usada não só de forma ofensiva, mas também para amortecer quedas. Caso a utilize dentro do alcance até atingir o chão, pode dispersar o dano causado pela queda livre. Essa redução no dano é definida totalmente pelo [b]Narrador[/b], que decide o quanto, ou se, a técnica amortece o impacto.
[/list]
[color=#d07d5a][b]Penalidades:[/b][/color]
[list][*]Caso a utilize a uma distância maior do que consegue a utilizar, mantém a queda estabilizada pelo alcance estipulado, mas perde o controle antes de atingir o chão, se chocado sem qualquer tipo de golpe ou amortecimento.
[*]Caso seja atacado durante a queda, precisa de pelo menos 5 metros "livres" para estabilizar a queda novamente, do contrário atinge o chão sem seu efeito.
[*]Mesmo amortecendo a queda, seus braços ainda recebem parte do forte impacto, recebendo -10% em Força e Destreza por 2 posts, tendo dificuldade de colocar força ou precisão devido ao coice da técnica.
[/list]
[color=#d07d5a][b]Aditivos:[/b][/color] -X-
[color=#d07d5a][b]Dano:[/b][/color] Destreza +10%
[color=#d07d5a][b]Bônus:[/b][/color] -X-
[color=#d07d5a][b]Stamina:[/b][/color] 70[/justify][/spoiler]
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Qua Fev 02, 2022 6:17 am
Atualizado.

Leonheart Valentine ZbnQSBs
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Dom Abr 10, 2022 12:05 am
Passando pra pedir a adição dos ganhos dos dois eventos que participei e esqueci completamente de pedir a att. Primeiro de tudo, adiciona os links ao universo envolvente

Código:
[url=https://www.allbluerpg.com/t1305-e-m-churrascao-carnavalesco-campos-de-futebol-e-quadras-de-tenis]Evento Médio - Churrascão Carnavalesco[/url]

[url=https://www.allbluerpg.com/t1137-tumba-1-andar-all-blue-fashion-week]Evento Médio - A tumba de Nasz Harrick[/url]

Comprovações:

https://www.allbluerpg.com/t1301p60-e-m-churrascao-carnavalesco-inscricoes#13829

https://www.allbluerpg.com/t1370-premiacao-do-evento-tumba-de-nasz-harick

Com isso, as adições são as seguintes:

1- Pelo evento da tumba, como venci o primeiro andar, gostaria da adição do metal Pomo Vermelho da Ilha Satsujin. Copiei o code do Galvino que ta na ficha da Sasha, que estão com esse espaço e preço vazio, mas qualquer coisa só adicionar.

Pomo Vermelho:

Código:
[spoiler=Pomo Vermelho][b]Descrição:[/b] Metal raro da [url=https://www.allbluerpg.com/t1162-ilha-satsujin]Ilha Satsujin[/url]. Um metal carmesim, que lembra completamente sangue, sua grande diferença é que ele é maleável, o que faz ele ser excelente pra fazer chicotes, ou cabos de aço, já que sua resistência é altíssima até maior que a do aço comum.
[b]Espaço:[/b] 0 U
[b]Preço:[/b] B$[/spoiler]

2- Não quero manter a fantasia do churrascão, então adiciona B$2.000.000 ai na conta

3- Adiciona o ticket de xp no inventário junto do outro. Não quero usar ainda.

Código:
[center][img(50px,50px)]https://i.pinimg.com/originals/2b/4d/5a/2b4d5a6be05138a924497130add7491c.png[/img][/center]

[b]Ticket De Exp do Churrarnaval
Descrição : [/b] Este item pode ser trocado por 120 de experiência em tudo que você tiver desbloqueado pra ganhar experiência, isso mesmo, é folia, upa todo mundo.

Por último, mas não menos importantes, queria que adicionasse a classificação das escalas de atributo que possuo

Código:
[b]Força:[/b] [color=#34B1EB]70[/color]  [i]~Regular 1~[/i]
[b]Destreza:[/b] 40 [b][color=#99cc00][+40 Raça][/color][/b] [b][color=#ff6600][+40 EDC][/color][/b] [b][color=#ffcc00][+20 Arma][/color][/b] = 140  [i]~Regular 2~[/i]
[b]Acerto:[/b] 300 [b][color=#99cc00][+80 Raça][/color][/b] [b][color=#ff6600][+40 EDC][/color][/b] = 420 [i]~Hábil 5~[/i]
[b]Reflexo:[/b] 50 [b][color=#99cc00][+40 Raça][/color][/b] [b][color=#ff6600][+40 EDC][/color][/b] = 130 [i]~Regular 2~[/i]
[b]Constituição:[/b] 10 [i]~Regular 1~[/i]

No mais é isso, agradeço a paciência


Última edição por Hoyu em Seg Abr 18, 2022 9:00 pm, editado 1 vez(es)
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Seg Abr 11, 2022 2:14 pm
ATT com as cartinhas:

#11
#17
#22
#44

comprovação: https://www.allbluerpg.com/t1517p45-ab-collection#15956

------------------------------------------------------------------

#6
#14
#15
#52

Comprovação: https://www.allbluerpg.com/t1517p105-ab-collection#16043

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #17 pela #05 com o @Ceji

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #15 pela #54 da @Shiori

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #44 pela #55 do @Mór

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #55 pela #47 do @Ceji

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #52 pela #41 da @Sasha

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #47 pela #41 da @Sasha

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #06 e #41 pela #49 do @Ravenborn

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Troquei minha #14 pela #39 do @Koji

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Doei minhas #11, #22 e #39 para a @Sasha

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Recebi doação da carta #41 do @Wolfgang

Comprovação:

------------------------------------------------------------------

Resultado Final:

Final:

Código:
[spoiler=Cartas][b]Descrição:[/b] Cartas do [url=https://www.allbluerpg.com/t1517-ab-collection]AB COLLECTION[/url].
[b]Possuídas:[/b] [spoiler="Cartas"][img]https://i.imgur.com/6BGE8kM.png[/img] [img]https://imgur.com/3uGyV09.png[/img] [img]https://imgur.com/3uGyV09.png[/img]
[img]https://i.imgur.com/vM8OoT2.png[/img] [img]https://i.imgur.com/oCtyd5S.png[/img][/spoiler]
[b]Espaço:[/b] 0 U
[b]Preço:[/b] 0 B$[/spoiler]

------------------------------------------------------------------

Quero resgatar o prêmio da dupla #05 e #49, Destemido.

Código:
<details><summary>[b]Destemido (AB Collection)[/b]</summary>Você tem uma coragem distinta e não se deixa abalar diante de grandes desafios ou provações, mesmo que tudo esteja contra você e as condições não sejam favoráveis você ainda é capaz de enfrentar seus desafios de cabeça erguida, sem se sentir intimidado. Em termos mecânicos, a aplicação da condição amedrontado em você sempre é reduzida em uma categoria.</details>
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Sex Abr 22, 2022 3:39 am
Atualizado.

Leonheart Valentine ZbnQSBs
Hoyu
Imagem :
Leonheart Valentine 350x120
Créditos :
38
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Hoyu
Narrador
Re: Leonheart Valentine Qui Maio 12, 2022 9:14 pm
Aventura finalizada, amigo. Comprovação aqui: https://www.allbluerpg.com/t419p195-here-comes-the-sun#18486

Avaliação:

Distribui os pontos 401 em destreza, 460 em acerto e 450 em reflexo. Ai atualiza a vida, stamina, agilidade e coloca o edc com o valor certo escalando pelo nível. Nas armas equipadas, troca a lança pelo chicote por enquanto.

Na mochila deixa só os conjuntos de tecidos, e se possível, colocar essa imagem para a mochila e essa imagem para as algemas.

Nas perdas pode ver que está "conjunto de tecidos", mas o que possuo na ficha se chama "material de costura", que na época era um conjunto só englobando tanto "conjunto de tecidos" quanto "kit de costura". Se possível, troca o que ja tenho na ficha pelo kit de costura, já que gastei apenas os tecidos, não as ferramentas.

Agora, outros detalhes importantes. Primeiro, exclui a técnica Primer Amour: https://www.allbluerpg.com/t41p105-loja-de-creditos#16239

Segundo, tive uma nova técnica aprovada: https://www.allbluerpg.com/t524p180-criacao-de-tecnicas#18760

Código:
[spoiler=Referência]
[center][img]https://i.imgur.com/1ljG7Fh.gif[/img][/center]
[/spoiler]
[justify][color=#d07d5a][b]Nome:[/b][/color] [blur][color=#ffcbdb][b]Calcetín Estampado[/b][/color][/blur]
[color=#d07d5a][b]Rank:[/b][/color] 2
[color=#d07d5a][b]Descrição:[/b][/color] Montado nas costas de Anais, sua companheira animal, se utiliza do laço entre os dois para realizar um movimento de combate mortal, utilizando o poder da equina. Segurando as rédeas, dá à Anais o comando para que empine seu corpo, erguendo as patas dianteiras bem alto, apoiando-se apenas nas patas traseiras para manter seu equilíbrio. Quando as patas dianteiras chegam na altura máxima, ambas se transformam em rodas giratórias pelos poderes da akuma no mi, girando em velocidade extremamente elevada, para se tornarem verdadeiras armas rotatórias e, ao descer novamente efetuando um pisão com as patas dianteiras, usando além de sua própria força o peso de seu corpo e o de Leon, que guia o movimento, possa atingir o adversário à frente com as patas como se fossem duas serras prensadas pelo grande peso da dupla. O golpe é tão poderoso que pode até mesmo destruir o chão abaixo de si, além de poder levar o adversário atingido ao chão abaixo do animal.
[color=#d07d5a][b]Componentes:[/b][/color] Adestramento | Cavalgar | Anais | Shari Shari no Mi
[color=#d07d5a][b]Requisitos:[/b][/color]
[list][*]Para que a técnica seja usada, é necessário que Leonheart esteja montado em Anais para repassar os comandos de forma cuidadosa com a rédea, garantido que ele seja efetuado de forma exata.
[*]É preciso que ambas as pernas traseiras de Anais não estejam inutilizadas ou enfraquecidas devido a ferimentos, pois precisam aguentar o esforço de sustentar todo o seu corpo antes do golpe ser executado.
[*]O adversário precisa estar a pelo menos 3 metros de distância para que o golpe giratório das rodas o atinja, sendo necessário uma grande aproximação, mas é possível ajustar o posicionamento transformando as patas traseiras em rodas para se deslocar de forma suave apenas com as patas traseiras.
[*]Para que Anais saiba executar o movimento, é preciso ensina-la através de um [b]Comando[/b] a forma de se utilizar essa técnica.
[/list]
[color=#d07d5a][b]Penalidades:[/b][/color]
[list][*]Inimigos maiores que o próprio cavalo, como meio-gigantes, são imunes à possibilidade de serem levados ao chão pelo poder do golpe.
[*]Para destruir o chão com o ataque é necessário ter dano o suficiente para destruir o material do qual ele é composto.
[*]Caso, ao empinar para atacar, uma das pernas traseiras de Anais seja atingida e não aja nenhuma outra forma de sustentação para manter o equilíbrio, cavalo e cavaleiro são levados ao chão, cancelando a técnica, mas gastando a stamina normalmente.
[*]Após o golpe, pela enorme força aplicada nas patas dianteiras pelo cavalo, Anais perde por [b]2 turnos[/b] o bônus de agilidade provindo da Akuma no Mi, enquanto os músculos de recuperam.
[/list]
[color=#d07d5a][b]Aditivos:[/b][/color] Dano Aumentado I
[color=#d07d5a][b]Dano:[/b][/color] Destreza +30%
[color=#d07d5a][b]Bônus:[/b][/color] N/A
[color=#d07d5a][b]Stamina:[/b][/color] 190[/justify]

Por fim, meu grande amigo Ravenborn comprou para mim um Segunda Chance, então é hora de fazer alguns ajustes: https://www.allbluerpg.com/t41p120-loja-de-creditos#18491

Primeiro, Quero tirar a profissão de artista, que como não é oficio personalizado, posso remover, pra abrir espaço pra criar um.

Segundo, quero trocar minha qualidade Mestre em Haki pelas qualidades Talentoso e Prodígio, além de trocar Exibido por Afinidade com Haki.

Terceiro, e a maior mudança, eu reescrevi a história para não ficar tão aleatória, dando mais peso pra ela, mas em compensação aumentando bastante.

Código:
[spoiler="Parte I"]Nascido em Dressrosa, Leon não conheceu seus pais. Tudo que ele sabe de sua família biológica é que moravam na ilha do Novo Mundo, e o abandonaram com quase um ano de idade no Reino Kamabakka, localizado na ilha Momoiro. Quando nasceu, era uma criança normal, entretanto com o passar dos meses o garoto começou a demonstrar mais interesse por brinquedos feitos para meninas, como bonecas, e roupas rosas, o que causou preocupações em seus pais, que temendo que seu filho fosse se tornasse um travesti, decidiram pagar um navio que sairia em viagem em direção à Grand Line para o abandonar em Momoiro. A criança que mal sabia andar fora abandonada por preconceito gerado por um inocente interesse infantil, mas o pequeno não conseguia entender o que estava acontecendo, por que seus pais o haviam abandonado, mas nada disso fazia diferença. Deixado em Momoiro sem nada, apenas um pequeno cobertor azul com o nome "Leon", a criança foi acolhida pelos okamas da ilha, levado o Orfanato Mamãe Bondade, fundado para acolher crianças de todo o mundo que eram abandonadas na ilha, assim como Leon, para que pudessem ser criadas de forma apropriada, com toda a atenção que precisavam em seu crescimento até que atingissem a maioridade. Lá ele recebeu um nome, carinho e atenção que não recebeu de seus pais biológicos, crescendo junto de outras crianças, em grande maioria meninos como ele, rodeado de okamas gentis que cuidavam deles de forma atenciosa, fazendo com que, com o passar dos anos, enquanto ia crescendo, o garoto acabou internalizando todo aquele ambiente em que cresceu, ficando com mentalidade e trejeitos parecidos com os dos travestis que o rodeavam.

Sua infância e juventude foram felizes, vivendo na ilha rosa do amor, com tudo que poderia pedir: amigos, comida a vontade e espaço para brincar. Mesmo que o orfanato fosse fora da cidade, assim como as outras crianças, Leon sempre viu a Corrida da Moda com grande admiração, assistindo ao espetáculo quando Serena levava-os na cidade, e sua admiração foi tanta que acabou se aproximando muito de [url=https://i.imgur.com/cBInNJ9.jpg]Amélie Badeaux[/url]. Nascida no Reino de Briss, Amélie contava para Leon as maravilhas de sua terra natal, que todos se vestiam como se fossem da realeza, e segundo a okama, veio para Momoiro como assistente de Amaury Laviolette, sendo uma das poucas pessoas que via o valor de suas roupas, talvez por já se identificar como okama desde aquela época. Leon sempre se encantou com o que Amélie lhe contava, com um brilho singular no olhar ao ouvir sobre todo o universo da moda, e tocada por isso, a okama ensinou-o a costurar, tomando-o como seu discípulo. [color=#ff33ff]- Uma pessoa é o que ela veste, então sempre busque estar bem vestido.[/color] – Ela sempre dizia, enquanto passava as tardes junto a Leon, mostrando a ele como fazer vestidos e outros modelos de roupas. O garoto amava esses momentos, não só por gostar de fazer roupas, mas porque sentia o carinho maternal que não recebeu de seus pais biológicos. [color=#ff33ff]- Leon, lembre-se sempre do que vou lhe dizer.[/color] – Amélie disse uma vez, quando o jovem fez pela primeira vez um vestido com design próprio. [color=#ff33ff]- Decidi me tornar uma estilista e me juntar a Amaury porque quero ver as pessoas bem vestidas, não para se sentirem superiores, mas para destacar o lado bom da vida. Não é só uma roupa que torna uma pessoa feliz, mas gosto de imaginar as pessoas se olhando no espelho, bem vestidas, e vendo o quão belas são. Use o que estou te ensinando sempre para a felicidade das pessoas ao seu redor, só assim vai saber que está fazendo bem seu trabalho.[/color] – Essas palavras marcaram o garoto, e apesar de não entender totalmente o que sua mentora quis dizer, mas entendeu seu sentimento, passando a valorizar muito mais aquele ofício.

Conforme os anos se passavam, Leon foi melhorando cada vez mais sua habilidade com a agulha, aprendendo muito não só sobre a costura com Amélie, mas sendo verdadeiramente apadrinhado por ela em sua época no orfanato. As vezes ia visitar a okama em sua casa, onde aprendeu a cavalgar com Anais, o cavalo de Amélie, que não se davam bem de início, mas que Leon aprendeu como ganhar a amizade do animal. [color=#ff33ff]- Você não vai ganhar a confiança dela sendo bruto assim. Seja gentil, trate-a como uma igual.[/color] - Com o tempo, Leon e o cavalo se tornaram tão amigos que Amélie prometeu que se algum dia Leon deixasse a ilha, poderia leva-la junto. Pouco o jovem pensava sobre seu abandono ou pais biológicos, pois via Momoiro como seu verdadeiro lar e era feliz, mas sua rotina mudou certo dia, durante um passeio noturno. Sem sono e com muita coisa na cabeça, o garoto decidiu fazer uma caminhada noturna, mas na calada da noite, em cima do telhado do orfanato, encontrou duas crianças juntas vestidas em farrapos, admirando a lua. Quando notaram a presença de Leon, os dois se assustaram e desapareceram sem deixar rastros, mas aquele repentino encontro ficou na cabeça do garoto por vários dias. Ele havia procurado por todos os lados, mas não conseguia encontrar os dois, chegando a acreditar que havia visto assombrações, e todos os dias, antes de ir dormir, ia novamente checar, sem sucesso, se os dois haviam aparecido novamente. Foi quase 1 mês depois, quando estava quase perdendo as esperanças, que os avistou mais uma vez, novamente admirando a lua após todos terem ido dormir.

Dessa vez se aproximando silenciosamente dos dois para que não fosse percebido, o jovem conseguiu surpreendê-los, sem que tivessem chance de desaparecer dessa vez. De início os dois ficaram assustados, mas ao se acalmarem se apresentaram como [url=https://i.imgur.com/TqfGC6a.jpg]Sophie Barlowe[/url] e [url=https://i.imgur.com/a92tlRb.jpg]Alexander Barlowe[/url], dois refugiados que viviam no subterrâneo do orfanato junto de outros fugitivos do Governo Mundial, e que usavam uma passagem secreta que dava atrás de um quadro da sala de jantar para saírem a noite sem que ninguém soubesse. Também foi nesse dia que ele descobriu que o orfanato onde morava servia também em segredo como refúgio para procurados do Governo Mundial, que esperavam a caça a si cessar para tentarem recomeçar a vida, e que os dois que conhecera eram escravos fugitivos de um nobre importante de outra ilha. Mesmo após se apresentarem e Leon prometer manter o segredo dos dois, Alexander ainda se mantinha desconfiado e distante, pensando em proteger sua irmã mais velha, mas Sophie se mostrou muito mais amigável, confiando quase instantaneamente no garoto. [color=#ff6600]- Sabe, eu tenho inveja de você, da sua liberdade. Pode ir para onde quiser, fazer que quiser. Eu e Alex fomos escravos quase a vida toda, e mesmo depois de fugir temos que ficar no subsolo para não sermos levados de volta para aquele inferno.[/color] – Nunca antes Leon havia valorizado tanto a liberdade que tinha quanto naquele momento.

Acima de tudo, Leon não conseguia ignorar os trapos que os dois vestiam, por mais que a garota insistisse que já haviam oferecido roupas novas a eles, mas os traumas da escravidão eram grandes, e tinham dificuldade de se desfazer facilmente de alguns hábitos como aquele. Mesmo assim ele insistiu, e prometeu trazer roupas novas para os dois. A partir daquele momento os três passaram a se encontrar constantemente durante a noite, criando uma forte amizade. Pela primeira vez em muito tempo os dois escravos pareciam realmente felizes, como se aqueles encontros noturnos fossem um refúgio para os dois, e para Leon era a primeira oportunidade que teve de expandir seu horizonte, imaginando todos os tipos de pessoas e lugares que haviam além de Momoiro, além do mar que via no litoral. Conforme o tempo se passava e os grilhões do passado em escravidão foram diminuindo, o jovem conseguiu conhecer eles melhor, Alex com sua coragem forçada, ido além do seu limite para proteger sua irmã mais velha, brigando até com corujas que chegavam perigosamente perto, e Sophie com sua ternura sonhadora, sempre sonhando aproveitar a liberdade que lhes foi roubada, com um sorriso caloroso no rosto e querendo que os dois estivessem sempre sorrindo também. [color=#ff6600]- Não adianta ficar de cara feia. É muito mais fácil passar por uma situação difícil com um sorriso no rosto, não é? Por isso é sempre bom ser otimista![/color] - Eram pessoas muito diferentes das crianças que cresceram com ele no orfanato, e os três passaram a confiar muito uns nos outros.[/spoiler]

[spoiler="Parte II"]Certo dia, um estranho navio chegou no litoral de Momoiro, com uma [url=https://i.imgur.com/hpNz72J.jpg]flor negra[/url] em sua vela. O reino ficou assustado, temendo aquela visita inesperada e Leon decidiu ir até o porto em segredo para descobrir quem eram aquelas pessoas, sem conseguir conter sua curiosidade. Espiando uma conversa de um homem com guardas da ilha, descobriu que se tratavam de uma organização chamada Lírio Negro, um grupo sob as ordens do Grande Leiloeiro que caçavam escravos fugitivos, e que estavam atrás dos irmãos Barlowe. De acordo com o líder deles, [url=https://i.imgur.com/3NZ2BPB.png]Gaspar Romane, O Grilhão do Abismo[/url], seguindo os rastros frios ele e seus homens acreditavam que os dois poderiam ter vindo para a ilha fingindo serem simples órfãos para serem acolhidos no orfanato de Kamabakka, exigindo fazer uma busca no lugar. Temendo por seus amigos, Leon correu de volta para o orfanato, e naquela mesma noite contou tudo para os dois. Eles sabiam que o Lírio Negro ainda ficaria um ou dois dias no porto até conseguir a autorização, mas Alex e Sophie não queriam ser encontrados e levados de volta, e em um momento de desespero os dois decidiram fugir e aproveitar a vantagem para se esconder em uma das montanhas em forma de coração da ilha. A escalada era perigosa, mas Alex, mesmo jovem, era habilidoso, e garantiu que conseguiria ajudar sua irmã a subir em segurança. No impulso e sem pensar direito no que estava fazendo, Leon decidiu ir junto para ajudar os dois e ganhar tempo para eles caso fossem encontrados.

Assim, naquela mesma noite os três fugiram do orfanato e, com a ajuda de Alex, escalaram o rochedo que dava em uma das montanhas, parando em uma floresta rosa suspensa sobre a rocha, levando apenas um punhado de suprimentos consigo. O plano era ficar no máximo uma semana ali, esperando que Gaspar fizesse a busca e desistisse deles, mas se o navio deixasse o porto, desceriam mais cedo. Se escondendo dos animais selvagens e evitando as rosas-hipnóticas selvagens, o trio foi seguindo floresta adentro, acreditando que estariam mais seguros no meio da mata para não serem vistos, montando acampamento em uma clareira. Não tinham material para cabanas, tendo que improvisar com folhas das árvores, que Leon costurou para usarem, e por mais que estivessem em uma situação difícil, tinham uns aos outros. Entretanto, foram acordados por pontapés repentinos, vendo-se cercados por pessoas que não conheciam, todas armadas. Nenhum dos três entendia o que estava acontecendo, acreditando que de alguma forma o Lírio Negro havia os encontrados, mas Leon não via Gaspar em lugar nenhum, apenas um homem negro com um grande machado caminhando até eles enquanto eram levantados a força e imobilizados: [url=https://i.imgur.com/xzhULRC.jpg]Yaroslav Kuzmin, O Rei Selvagem[/url]. Quando decidiram ir até a região selvagem no topo da Cordilheira do Amor, nenhum deles sabia que lá era onde piratas faziam seus esconderijos, e haviam dado de cara com um bem infame.

Sem conseguir resistir, foram arrastados até o acampamento deles, com várias tendas feitas de peles de animais, e colocados em uma gaiola de ossos, tudo vindo de animais da ilha que mataram para se alimentar, formando quase que uma base secreta enquanto esperavam que o log pose se ajustasse para que seguissem viagem. Da gaiola, podiam ver o que parecia ser o que parecia uma arena circular escavada na terra, e rodeada por uma alta cerca de ossos. Não sabiam por que haviam sido capturados e aprisionados ali, e nenhum dos homens respondiam aos seus choros, mas no final daquela tarde puderam ver o espetáculo que eles organizavam naquela área: um alce capturado, com o pelo rosa e lábios avermelhados que mais parecia batom, típico de animais de Momoiro, foi colocado de frente para um estranho [url=https://i.imgur.com/mBi2fuu.jpg]lagarto[/url] rosa e verde, maior até que um humano adulto, em uma luta até a morte. O lagarto não tinha tanta força quanto seu oponente, e por mais que tenha sido um desafio, acabou sendo subjugado, mas o pirata não permitiu que ele fosse morto, e nesse momento viram o perigo que Yaroslav era: se transformando em um enorme dinossauro alado, com mais de 10 metros de altura, ele interferiu antes que o alce pudesse dar o golpe final, matando-o, para em seguida prender o lagarto novamente enquanto seus homens recolhiam o corpo do alce para servir de comida. Eles sabiam que se resistissem seriam mortos.

Aquela noite, Leon chorou muito, se perguntando como tudo havia chegado àquele ponto, mas Sophie tentou o distrair daquela situação, forçando um sorriso falso em seu rosto. [color=#ff6600]- Não se preocupe, Leon! Logo vão nos encontrar aqui e voltaremos para o orfanato, eu prometo![/color] - Alex também se manifestava, escondendo seu medo para conformar o amigo e a irmã. [color=#cc6600]- Esses caras não vão ousar tocar em vocês. Podem deixar comigo, vou proteger vocês.[/color] - O pequeno costureiro havia ido com o intuito de protege-los, mas era ele quem estava dependendo dos dois, e um sentimento de culpa começou a dominar seu coração. Dormiram na incerteza, sem saber o que seria deles, e em meio ao frio da noite, sem nenhum tipo de proteção. Quando foram acordados novamente, pela manhã, o Rei Selvagem estava na frente da gaiola, com um sorriso cruel no rosto. [color=#0099ff]- Espero que tenham gostado do espetáculo de ontem, por que hoje um de vocês vai ser a estrela. Sendo sincero, não tenho esperanças em relação a nenhum de vocês, mas espero que deem belos gritos enquanto estiverem sendo mortos. Então, quem vai ser?[/color] – Leon e Sophie se entreolharam, sabendo o que iria acontecer, mas não tiveram tempo de falar nada antes de Alex se manifestasse. [color=#cc6600]- Eu vou.[/color]

Rapidamente a gaiola foi aberta por homens de Yaroslav, arrastando Alex para fora antes de trancá-la novamente. Os dois puderam apenas assistir, impotentes, enquanto Alex era jogado, sem nenhuma arma, no meio da arena, onde foi solto o mesmo lagarto do dia anterior, que não estava mais com os ferimentos que havia recebido, e em sua cabeça dois pequenos chifres eram visíveis. [color=#0099ff]- Deixe-me apresenta-lo à sua adversária, pirralho: Essa é Zir Nitra, e graças a sua Shinka Shinka no Mi, a Fruta da Evolução, toda vez que ela sobrevive à morte certa, seu corpo se adapta e fica mais forte, como pode ver pelo belo par de chifres que ganhou. Em situações normais, adoraria que fosse um desafio como os outros animais, para fazer ela crescer cada vez mais, mas infelizmente para você, ela já passou desse ponto a muito tempo. Divirta-se.[/color] - Leon já estava com lágrimas nos olhos, achando que era o fim do seu amigo, mas a cada investida do animal, Alex saltava para longe por pouco, não tentando lutar, mas se focando totalmente em sobreviver, evitando cada ataque por um fio de cabelo. Com tanto esforço, não foi capaz de evitar todos os golpes do lagarto, sofrendo pequenos ferimentos, mas após um tempo os piratas começaram a ficar impacientes, torcendo para que ele morresse logo. O capitão enfim ficou impaciente, se transformando em sua forma completa de quetzalcoatlus e pousando no meio da arena, ficando entre os dois combatentes, e fazendo Zir se encolher no canto. [color=#0099ff]- Então esse é o jogo que você quer jogar, é? Tudo bem, vamos nos divertir quebrando você aos poucos, na frente dos seus amigos.[/color] – Voltando a sua forma humana, Yaroslav segurou Alex com força e o arrastou para fora da arena, até um lugar no centro do acampamento onde uma grande tábua havia sido posicionada.

[color=#0099ff]- Você não seguiu as regras da disputa, não levou Zir ao limite nem se permitiu se morto, então vai passar um tempinho aqui. Eu chamo de Poço do Suplício, mas é só um buraco cheio de todos os insetos que conseguimos catar de ontem para hoje. Aproveite a estádia, e uma dica: cubra essas feridas, te garanto que não será agradável se eles colocarem larvas aí. KYORORORORO![/color] – Em meio à risada do homem, Alex foi jogado lá dentro, e uma pedra pesada foi posta em cima da tábua para que ele não pudesse escapar. Sophie e Leon foram obrigados a ouvir os gritos e grunhidos de Alex no buraco por horas, até finalmente tirarem ele de lá e o jogarem na gaiola, abraçando seus joelhos e segurando o choro, mas era possível ver incontáveis marcas de picadas e mordidas em seu corpo. [color=#0099ff]- Não se preocupem, não tem nenhum inseto venenoso lá. Não quereria que a diversão acabasse tão rápido.[/color] – Assim, mais um dia se passou, mas nenhum dos dois tinha coragem de falar com Alex sobre o que ele havia passado, em um silencio constrangedor. Sophie tentou o máximo que pode tratar as feridas do irmão, arrancando pedaços de sua roupa para servirem de ataduras, e Leon fez o mesmo, mas não era o suficiente.

Mais dois dias se passaram, e para a surpresa dos dois em ambos Alex rapidamente se voluntariou novamente para a arena, mesmo com tudo que havia passado, sobrevivendo por um triz os confrontos contra Zir, e sendo jogado por horas no poço de insetos por não lutar de volta. Mas era óbvio para ambos que Alex estava cada vez pior, com seus ferimentos infeccionando, e seu tempo de reação diminuindo devido à dor, enquanto o pirata se divertia em ver o jovem ruindo pouco a pouco, sofrendo após as lutas no Poço do Suplício. Leon implorava para Alex parar com aquilo, pois iria morrer naquele ritmo, mas ele apenas forçava um sorriso em meio a dor e insistia naquilo. [color=#cc6600]- E-eu tenho um plano... S-só preciso t-tentar mais um pouco... E-eu consigo...[/color] – Não sabiam o que isso poderia significar, e se ele aguentaria até lá, mas Alex insistia nessas palavras.[/spoiler]

[spoiler="Parte III"]Na manhã do quarto dia, o Rei Selvagem novamente foi até eles, buscando um candidato, como uma provocação, pois sabia quem lutaria de novo, como havia sido em todos os outros dias. Mesmo muito ferido, Alex se voluntariou, sendo novamente arrastado para fora da jaula e sendo posto para lutar contra Zir. Seus movimentos estavam nitidamente mais lentos, sendo acertado por alguns golpes do réptil, mas se mantendo de pé e continuando a sobreviver até que novamente o capitão pirata surgiu e interrompeu a luta, arrastando-o para fora. Nem Leon nem Sophia imaginavam qual era o plano de Alex, mas começavam a desconfiar que só estava dizendo aquilo para tranquiliza-los, pretendendo na verdade lutar até morrer para ganhar tempo, mas não tinham o que fazer, nenhum dos dois tinha experiência com combate, e seriam rapidamente mortos se colocados naquela arena com Zir. Mesmo assim, Leon se sentia culpado com aquilo tudo, sem poder fazer nada pelo amigo, até que se manifestou de repente, falando mais rápido que pensava: ele pediu para ser posto no Poço do Suplício no lugar de Alex. Ele sabia que aquela punição estava piorando os ferimentos do ruivo, e era a única forma que podia pensar em ajudar.

[color=#0099ff]- Isso é lindo, mas não é assim que as coisas funcionam, pirralho. Isso é uma punição pelo que ele fez. Se quer tanto assim vir no lugar dele, vai ter que fazer algo ainda pior, pra ser punido ainda mais e não sobrar tempo pro seu amiguinho ter uma estadia.[/color] – Era óbvio o que Yaroslav queria, ele gostava de ver aquelas crianças cavando a própria cova aos poucos, se humilhando apenas para estender o sofrimento, e por mais medo que tivesse, Leon começou a xingar o pirata de tudo que conseguiu pensar, mesmo sabendo que era o que ele queria, e foi respondido com apenas uma risada. [color=#0099ff]- KYORORORORORO! Se quer tanto assim, moleque, não seja por isso. De agora até amanhã de manhã, no horário do próximo combate, você vai tomar o lugar do seu amiguinho aqui. Espero que não se arrependa, pois não dá pra voltar atrás.[/color] – Os piratas jogaram Alex de volta na jaula, enquanto arrastaram Leon para fora. O ruivo, agarrado às barras de ossos, gritava para o rosado, provavelmente tentando mudar o que já estava decido, mas Leon buscava não o ouvir.

À força, foi largado dentro do buraco no chão, e a tábua de madeira foi posta, bloqueando quaisquer resquício de luz do sol, ficando na mais completa escuridão, mas esse não era o pior. Assim que foi largado ali, pode sentir as milhares de patinhas percorrendo seu corpo, e por mais que não pudesse ver nada, sabia que eram os mais variados tipos de insetos que haviam sido postos ali, caminhando sobre o novo hóspede e o picando. Era uma sensação excruciante, e o fato de não conseguir enxergar nada deixava tudo pior, enquanto as criaturas andavam por cima do seu rosto, se enfiavam em cavidades como seu nariz e ouvido, e entravam em suas roupas, arrastando-se por cada centímetro de seu corpo. Sua pele doía e ardia devido às picadas, e não conseguiu pregar os olhos aquela noite, uma vez que naquele lugar não teve um instante de paz, e diferentemente de Alex, que aguentou a todo o sofrimento calado, mesmo com os insetos passando em suas feridas, Leon não foi capaz de se manter quieto, batendo com força contra a tábua sob a pedra que o prendia ali, implorando para que o tirassem de lá, mas tudo que ouvia do outro lado era escárnio. [color=#0099ff]- Foi você que pediu por isso, pirralho. Agora vai ter que aguentar. KYORORORORO![/color]

Nunca antes Leon tinha passado por um sofrimento como aquele, uma verdadeira tortura, e quando foi tirado de lá na manhã seguinte, seu corpo estava todo vermelho das picadas e mordidas, e seus olhos secos de tanto chorar, mas nem mais se debatia. Alex só ficava ali por poucas horas, mas Leon precisou passar quase um dia inteiro naquele inferno para que o ruivo não precisasse passar por aquilo de novo, e sua expressão estava completamente quebrada, ainda sentindo os insetos ainda em sua pele mesmo depois de ser posto novamente na jaula. Não bastava a fome e a sede por não estarem sendo alimentados, e quem estava pior era definitivamente Alex, que possuía vários ferimentos pelo corpo que estavam infeccionando, mas ele não se deixava abalar, se voluntariando mais uma vez ao combate. Sophia via Leon quebrado no canto da jaula, agarrado aos próprios joelhos, tentando arrumar coragem para passar por aquilo de novo após a luta acabar, mesmo com o ataque de pânico que estava tendo só de pensar isso, até que a ruiva se aproximou dele. [color=#ff6600]- E-eu sei que o que você passou deve ter sido horrível, Leon, mas você precisa se recompor. Eu sei que estou pedindo muito, mas... Podemos precisar da sua ajuda hoje.[/color]

Acreditando que a “ajuda” seria ir para o poço de novo, Leon apenas balançou a cabeça, conformado, mas ela o forçou a olhar em seus olhos. [color=#ff6600]- Me escuta, o Alex realmente tem um plano. Eu forcei ele a falar durante a noite, enquanto estavam distraídos com seus gritos. Ele não tá só lutando, ele tá tentando fazer aquela lagartixa quebrar a arena de ossos. A ideia dele é aproveitar a confusão da fuga dela pra sair também e soltar a gente.[/color] – Mesmo ainda quebrado e com os olhos vermelhos de tanto chorar, um brilho de esperança surgiu em seu rosto. Do lado de fora, todos se concentravam na luta pela vida de Alex, permitindo que os dois conversassem sem perigo. [color=#ff6600]- Eu botei bom senso nele, dizendo que não conseguiríamos fugir do capitão deles naquela forma alada, mas... Você resolveu nosso problema. Eu ouvi alguns piratas comentando de buscar uma mordaça no armazém subterrâneo deles. Devem ter feito um espaço pra guardar o que possuem com as toupeiras-rosadas, então se tiver alguma chave para sermos salvos, deve estar lá. Qualquer coisa que chame a atenção.[/color]

Com as mãos no rosto do amigo, Sophie forçou um sorriso nele, enquanto ela mesma também forçava um. [color=#ff6600]- Precisamos acreditar no Alex, e assim que ele conseguir, a gente vai procurar esse lugar. Nós precisamos de você. Então não perca as esperanças, coloque um sorriso no rosto, e vamos fugir desse inferno. Juntos.[/color] – Se agarrando a essa esperança, os dois observaram a luta. Com o tempo para descansar e sem os insetos piorando ainda mais as feridas, o ruivo parecia estar se saindo melhor, mas mesmo se posicionando nos cantos da arena, tentando fazer Zir acertar as grades de ossos, não estava tendo sucesso, e já estavam acreditando que precisariam tentar de novo no dia seguinte. Entretanto, quando os piratas estavam começando a ficar impacientes, Zir avançou contra Alex para acertá-lo com os chifres recém adquiridos, e ele saltou para o lado, fazendo com que o lagarto atingisse a grade e a partisse, abrindo um rombo na arena. Com o barulho do impacto, os piratas se levantaram de sobressalto, e Zir saiu correndo pelo acampamento. Na arena era fácil para Yaroslav a subjugar, já que não havia para onde ir, mas solta, precisaram correr atrás dela para a recapturar. Deu se início ao plano de fuga.[/spoiler]

[spoiler="Parte IV"]Correndo pelo acampamento, Alex chegou na gaiola e pegou uma pedra de tamanho considerável, batendo-a nas grades de ossos e abrindo uma passagem para que os dois pudessem fugir. [color=#cc6600]- Vamos nos separar, precisamos encontrar isso rápido.[/color] – Mesmo assustados e sem saber quanto tempo ainda tinham, o trio começou a correr pelo acampamento, tentando aproveitar aquele curto momento para encontrar uma solução, se escondendo para não serem vistos pelos piratas que tentavam conter a destruição causada por Zir em sua fuga. Leon se viu mais uma vez sozinho, com medo, mas tentou pensar onde aquele tal armazém subterrâneo poderia estar, buscando pelas várias barracas que o bando pirata havia armado, até que encontrou, embaixo de um arbusto convenientemente posicionado, um alçapão coberto por uma tábua. Aquilo lhe lembrava muito o poço com os insetos que havia estado, mas reuniu toda a sua coragem para abri-lo, já que se falhassem, ser jogado no poço era a melhor das opções.

Em seu interior, deparou-se com um túnel após uma escada malfeita de ossos, uma estética bem desagradável daqueles criminosos. O lugar era muito mais iluminado, e Leon vou andando com as mãos na parede de terra em meio a escuridão, sem conseguir enxergar nada, até tropeçar e cair em algo, tateando-o e descobrindo que se tratava de uma caixa. Abrindo-a, ligou uma lanterna e começou a olhar seu interior, que consistia de vários cacarecos diversos, como armas, ferramentas e peças de roupas. Pode ver que haviam outras caixas para o lado, e começou a revirá-las atrás de algo, até enfim encontrar um sinalizador. Se estivesse carregando, poderiam usar isso para chamar atenção, tendo sua esperança renovada, até que repentinamente ouviu uma voz vindo da entrada do armazém subterrâneo. [color=#66ff00]- Quem tá ai?[/color] – Certamente era um dos piratas, e o jovem logo desligou a lanterna, segurando o sinalizador com força na sua mão. Pode ouvir o som da pessoa descendo as escadas, e começou a correr para dentro do túnel, contando que ele não fosse tão fundo para o perceber, mas após um tempo, novamente ouviu a voz. [color=#66ff00]- Tá legal, seu covarde, eu sei que você tá aqui.[/color]

A lanterna que deixou largada, crendo que seria facilmente percebido se a usasse, foi ligada. [color=#66ff00]- Precisamos de ajuda lá em cima. Se ficar se escondendo aqui o chefe não vai ser bonzinho, sabe disso, né?[/color] – Ele acreditava que era um de seus companheiros, e por isso Leon se manteve escondido em um vão na lateral do túnel, em um ponto que a lanterna não iluminava claramente a não ser que fosse apontada diretamente ali, e para a sua sorte, somente alguém pequeno como uma criança cabia. O pirata começou a andar mais fundo no túnel, procurando o tal covarde, e assim que o garoto viu sua oportunidade, saiu de onde estava e correu por entre as pernas do pirata, passando por ele e correndo em direção a saída, mas o homem percebeu, virando a lanterna em sua direção. [color=#66ff00]- Ei! Você é um daqueles pirralhos![/color] – Sem perder tempo, começou a correr atrás dele. Leon não era atlético, e ainda por cima tinha pernas mais curtas, mas sua vantagem foi a surpresa do homem, conseguindo alcançar a escada e começando a escalar, mas quando pode ver a luz do sol batendo no seu rosto mais uma vez, sentiu algo segurando sua perna. [color=#66ff00]- Você não vai escapar.[/color]

Não havia como competir em força, apenas se agarrar à escada para não ser puxado para baixo e perder a única esperança que tinham, enquanto via a confusão ainda instaurada no acampamento. Usou todas as suas forças para se segurar, até que Alex passou perto, vendo seu amigo sendo puxado e veio tentar ajudar. [color=#cc6600]- Leon, você tá bem? Segura a minha mão![/color] – Alex estendeu a mão para ajudar o amigo, mas em vez de aceitar a ajuda, Leon estendeu a mão que segurava o sinalizador, colocou-o na mão do ruivo e finalmente relaxou, sendo puxado para baixo. O pirata, vendo que havia tido sucesso, subiu as escadas e colocou uma pedra em cima do alçapão para garantir que o rosado não fugiria. Do lado de fora, sem que Leon soubesse o que estava acontecendo, Alex se viu com o sinalizador, rapidamente entendendo o que precisava fazer, e correu para o centro do acampamento; se tivesse apenas um disparo, precisava fazer contar, dar a posição exata. O caos ainda reinava no acampamento, mas de canto de olho pode ver que Zir parecia ter finalmente sido capturada novamente, com os piratas a segurando com diversas cordas. No meio do acampamento, sendo visto por sua irmã, que ainda procurava o armazém subterrâneo, ele levantou a mão e apertou o gatilho. No mesmo instante um grande vulto voou em sua direção, Yaroslav transformado, perfurando o tórax do garoto com seu grande bico em uma tentativa de impedi-lo de disparar o sinalizador, mas fora tarde demais, e a fagulha avermelhada voou para o céu.

De dentro do armazém, Leon pode apenas ouviu o som do sinalizador e esperar, até que enfim, após um tempo, o alçapão de abriu, vendo guardas de Momoiro no topo e chorando de alívio. Trazido para cima, pode ver que nenhum dos piratas estava mais ali, apenas restos do acampamento abandonado às pressas, e correu para procurar seus amigos, vendo apenas Sophie no meio de algumas guardas, chorando profundamente. Sem entender nada e estranhando não ver Alex em nenhum lugar, o garoto se aproximou, sendo recebido por um forte abraço. Só então ele soube a verdade sobre a morte de Alex, que não teria acontecido se não tivesse entregue o sinalizador em suas mãos, mas que se não o tivesse, todos estariam mortos. Só haviam sido deixados vivos para que as guardas de Kamabakka perdessem tempo os ajudando e os piratas ganhassem vantagem na fuga, foram usados até o fim. Assim, com o fim daquele quinto dia de cárcere, os dois choraram, abraçados um no outro. Mesmo Sophie, que sempre tentava ver o lado bom de tudo, com otimismo e um sorriso no rosto, se deixou sofrer aquele momento, pois seu irmão e melhor amigo de Leon havia acabado de ser morto para salvar os dois.
Quando foram trazidos, junto do corpo de Alex, precisaram de bastante tempo para se recuperar da desnutrição e dos ferimentos que haviam recebido, e descobriram a tolice que haviam feito. Amélie já havia percebido que Leon estava se encontrando com crianças diferentes quando o viu fazendo roupas para um garoto e uma garota, as roupas que fez para os dois, e ao avisar o orfanato, descobriram sobre as saídas noturnas dos irmãos, além da passagem secreta, mas decidiram ficar quietos, pois sabiam que aquela amizade fazia bem para os três. Com a chegada do Lírio Negro, iriam fechar a passagem atrás do quatro, que era o maior medo dos irmãos, para que a parte subterrânea não fosse descoberta, e esconderiam os dois em outro lugar, mas eles e Leon desapareceram antes que pudessem pôr em prática o plano, guiados por uma tolice juvenil. Eles nunca teriam dado de cara com o Rei Selvagem, e Alex não precisava ter morrido. Foi preciso tempo para curar aquelas feridas, tanto físicas quanto emocionais, e a dor foi ainda mais forte após o enterro de Alex, logo quando conseguiram se recuperar o suficiente. Nos anos seguintes, com a poeira baixando, [url=https://i.imgur.com/gYfvg3o.png]Sophie Barlowe[/url] passou a viver no orfanato com Leon até alcançar a maioridade, escondendo a dor atrás de um sorriso enquanto a ferida em seu coração se curava, decidida a se tornar uma revolucionária para que aconteceu com ela e seu irmão não acontecesse com outros, mas Leon não tinha a mesma aspiração. As palavras da garota sobre sua liberdade martelavam em sua cabeça por todo aquele tempo, e quando atingiu a maioridade, decidiu que ia sair da ilha para conhecer o mundo, mas faria isso da sua própria maneira.[/spoiler]
Ryoma
Imagem :
a
Créditos :
63
Localização :
Masquerade
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Ryoma
Administrador
Re: Leonheart Valentine Ter Jul 26, 2022 9:15 pm
Atualizado.

Leonheart Valentine ZbnQSBs