Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Hellhounds 6 - Sands and Tears

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Hellhounds 6 - Sands and Tears Qui Ago 18, 2022 11:10 pm
Relembrando a primeira mensagem :



Hellhounds 6 - Sands and Tears


[ Caçadores de recompensa]Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll

não possui narrador definido.
Aberta

_________________



Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 9g2joTh


Blindao
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Dom Ago 28, 2022 2:37 am

Narração
Aventura

Após apanhar Rango com suas garras, Akira voava até o outro lado da mansão e notava a situação de sua irmã e do oponente agora a sua frente. O tritão soltava o Mink e pedia para o mesmo ajudar Volkerball, enquanto frenaria as ações do adversário.

Ras permanecia fintando a caçadora, mesmo que Akira surgisse inesperadamente no cenário, entre o meio de sua amiga e do estranho homem, o assassino já havia previsto isto e não demonstrava surpresa alguma. – Bem-vindo caçador. Ele diria calmo durante o tempo que andava alguns passos até permanecer poucos metros de distância do tritão.

A abrupta entrada de Shimizu era estilosa e bastante impactante, isto se considerarmos um oponente normal com quem eles estavam lidando, por exemplo o chefe dos guardas que havia sido surrado pelo tritão. No entanto, estamos falando aqui de um homem que exercia uma aura sangrenta e manchada por sangue de suas vítimas, muito provavelmente Às e nem Akira haveriam visto alguém tão... sinistro assim, pelo menos em sua aura, já que, sua aparência não era lá muito estranha. Poderia até dizer que era comum até demais.

Akira começava a gritar e ameaçar o homem a sua frente, mas este ser em especifico era alguém que já havia visto o inferno... inúmeras vezes. Ele já sabia que sua ida para lá em razão de seus pecados era algo certo. Até porque... o seu lugar estava sendo guardado; o trono. – Uhh. Você parece um pouco ansioso... tenha paciência, assim a brincadeira acabará rápido demais. Ras diria com uma expressão sádica e bastante nefasta. Era obvio que a presença do homem não intimidaria o tritão a sua frente. Afinal, Shimizu era um caçador experiencia acima de tudo.

Sirius estava analisando os dados recebidos, ainda que fossem poucos por razão da breve colisão, era suficiente para dar algum parâmetro. Inicialização de protocolo: “Impacto com múltiplas Sinergias.” Era a informação que o sistema transmitirá para Às.

Jogando o escombro para longe, Volkerball se colocava de pé e logo se deparava com Rango. – Pelo visto nos preocupamos atoa, Chaiene. Você ainda tá inteira. Que ótimo! Ele diria amigavelmente com seu jeito de Cawboy ao tempo que ajudará a mulher a se pôr de pé. Quando a caçadora ficou de pé, logo informou seu irmão sobre o sequestro de Isis, dizendo que seria mais prático ele seguir Zakiyah.

Antes de ir atrás de Isis, Akira usava suas chamas para ajudar na recuperação dos ferimentos, mesmo que só alguns arranhões, para maximizar as forças da caçadora. – Uohh. Então essas são as famosas chamas da vida. Parece que será divertido lhe torturar. Ele diria cruzando seus braços para trás do corpo, quase parecendo um militar.

Com o voto de confiança da parte de Às, o tritão estava determinado em seguir Isis. Após transformar em sua forma de zoan, levantar voou e tentar buscar do alto o paradeiro de Isis, graças a seu arrepio unido a seu haki da observação, ele conseguiria notar a uma boa quantidade de centenas de metros duas mulheres se locomovendo, conseguindo identificar uma delas como a revolucionaria Isis. Durante esse momento, era possível para Às ver uma certa rasa camada quase que invisível ao olho nu, mas que Sirius conseguirá computar, saindo das asas em chamas de Akira, algo que ela não havia visto vindo de seu amigo até então.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 D35623ea167fd1fc81e2a5501102b240

Todavia, antes que Akira pudesse conseguisse ir atrás da mulher, ele era pego de surpresa com a incrível agilidade do assassino. – Não lhe dei permissão para ir. Em suas costas, a voz ecoaria como um sussurro bastante horripilante. O tritão então era atingido por um golpe extremamente poderoso, diferente de tudo que ele antes já havia sentido. O golpe não havia força muscular, não como Akira estava habituado a lidar com seus oponentes. Era uma força singular, uma força peculiar, algo que entrelaçava diversas toneladas de forças num único ponto.

O tritão então voava de encontro com outros pilares da mansão, destruindo boa parte da residência e levantando uma boa quantidade de fumaça. – Tô chegando mano! Rango diria enquanto corria em direção ao seu amigo para ver como ele estava. – Perdão, não ouvi o que falou. Ele diria debochando de Às, já que, havia intervindo na fuga de Akira.

Ras havia ignorado as palavras de Volkerball e enfrentando o tritão num estalar de dedo. Era incrível sua agilidade, talvez até mesmo acima de muitos que a dupla de caçadores já haveria visto por estes mares. A caçadora cibernética usufruía de uma arrancada extremamente rápida, agregando o Soru, Às encurtava a distância entre ela e seu oponente numa fração de segundo.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 135294

Por razão de não desferir um golpe, nem mesmo Ras, seus olhos colidiam como um planeta em outro, permanecendo um de frente para o outro. O assassino não movia um músculo... será com a intenção de caçoar a caçadora? Seria por maestria? Por experiência ou simplesmente pela emoção do imprevisível?! Seja o que for, os poucos segundos que passavam eram quase eternos.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Flash-step-gif-1

Quando o assassino piscou, este Flash muscular de suas pálpebras fora suficiente para fazer a caçadora investir contra ele. A distancia era de um metro e meio entre eles, favorável para conectar um ótimo ataque. Sabendo disso, visando isto e aplicando... Às desferia um chute rasteiro para desestabilizar seu oponente. Neste momento, ela perceptível a mesma coisa emanando de seus braços, pernas, tronco, a mesma camada fina quase invisível a olho nu que sairá das asas de Akira. – Muito Lenta. O assassino diria, estando agora nas costas da caçadora.

A velocidade dele era insana, surreal para dizer a verdade. Às talvez ficasse surpresa por sequer ter conseguido acompanhar com seus olhos a evasão do homem; mesmo estando de frente para ele em risórios 2 metros. Mas Sirius estava fazendo seu papel dentro do possível. Era difícil dizer ao certo suas habilidades e proficiências, mas sem duvidas um mestre assassino.

Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 2uAvx3T_d
Às
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
08
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Seg Ago 29, 2022 12:07 pm



»» Sands and Tears ««

- Às Volkerbäll -


Ж


A adversidade da situação parecia não ter parado simplesmente em um ataque repentino, a chegada de Akira e Rango, traziam um contorno aparentemente favorável para o conflito que sequer estava nos meus planos ser partilhado com meus irmãos. Apesar da felicidade eu poder ouvir as palavras do coiote e vislumbrar seu bem estar, a atenção dada a ele era na medida certa para não parecer indiferente a sua interação, o mink me conhecia bem demais para compreender que meu semblante e atenção diziam e objetivavam outra coisa naquele instante. - Isso vai ser um problema. - resmunguei, batendo a sujeira de minha roupa antes de observar Akira ser parado pelo homem após receber de mim a orientação de ir bem de Ísis e Zakiyah. Sirius por sua vez realizava a leitura da situação que, embora ainda estivesse começando me auxiliava somente para definir distâncias e pontos onde pudesse aplicar de maneira eficiente Orion. - Preciso de tempo. - pensava, deixando o mecanismo seguir com seus protocolos de ação a fim de, identificar um padrão ou a razão do poder  do mercenário.

Embora estivéssemos em vantagem, a velocidade de Ras parecia superar facilmente a nossa, tal como sua força que era identificada por Sirius de uma maneira bastante curiosa. - Dá pra traduzir? Eu não sou a Sam, - pensava, enquanto podia vislumbrar no homem o mesmo sorriso sádico e postura debochada de poucos segundos atrás. - Pelo menos você parece ser do tipo que gosta de rebater a provocação. - comentava com um meio sorriso, encarando Ras sem qualquer problema. - Já vi gente mais perigosa que você. - pensava, colocando-me em posição de combate, relembrando um passado mais distante, onde talvez pudesse temer Ras, muito mais pela inexperiência e inocência de criança, a diferença é que no passado, eu não tinha condições alguma de me defender sozinha, coisa que não ocorria agora. Sorriria, pois entendia bem que a adversidade da ocasião, nada mais era que um bom desafio, ao qual não hesitei em lançar-me sem grandes rodeios.

O ataque no entanto passava em branco, pois somente quando estava muito perto do homem, o notava outra vez subjugar-me com sua velocidade, notando outra vez algo que Sirius havia percebido pela segunda vez desde que Akira adentrava o conflito. - Mas que merda é essa? - somente mediante o mecanismo podia notar a fina película ao redor de meu corpo e das asas de Akira, o golpe certo tornava-se falho quando o mercenário desaparecia da minha frente e reapareceu em minhas costas. Seu divertimento parecia tanto, que ele sequer se preocupava em golpear-me e por isso, imediatamente recuaria, procurando estar próxima de Akira ao final daquilo. - Isso foi somente a velocidade dele? - questionava-me, observando o ruivo de soslaio enquanto considerava melhor o que tinha observado até o momento. - Essa película, teria alguma coisa a ver? Uma espécie de marcação talvez? - lembrava de que o homem havia alcançado as costas de meu irmão rapidamente, em um ponto próximo de suas asas. - Ou seria uma espécie de deslocamento instantâneo? - a dúvida era grande, mas o tempo parecia correr contra minhas ponderações, precisava ser ágil se quisesse descobrir antes que fosse tarde demais. - Se ele apenas se move com rapidez, ele deixa um rastro ainda que sutil de um ponto a outro, o mesmo não ocorre se for algo a mais. Sirius, pode verificar isso pra mim? - ajustava o mecanismo a minha demanda, deixando-o seguir com a análise, porém desejando de maneira rápida um determinado tipo de informação.

Presta atenção no que eu vou falar. - diria a Akira, em um tom baixo o suficiente para que ela pudesse me escutar. - Quero testar uma coisa, mas vamos precisar sincronizar nossas ações. Aparentemente, estamos marcados por algo e pode ser, que isso seja o motivo dele estar nos superando em velocidade. - olharia de soslaio para o ruivo. - Ele marcou suas asas e meu corpo, por isso precisamos identificar o tipo de habilidade que ele tem. - através de Sirius, analisaria a distância com a qual poderia alcançar o homem e com ela em mente, delimitaria o tempo. - Eu vou avançar a toda velocidade e usaremos os últimos segundos para forçá-lo a uma escolha. - daria como referência três segundos. - Você vai voar até Zakiyah outra vez e quando o fizer, passará a contar três segundos, no último segundo, você precisa estar abrindo distância e eu, bem próxima dele. Quando isso ocorrer, você vai desfazer sua forma zoan e usará seu Haki de Observação para identificar rapidamente a posição dele, se seu braços ainda estiverem marcados, atenção para atacar seus flancos e suas costas. - definiria o plano de ação, aguardando somente a afirmação de Akira para investir contra Ras.

Três… - começaria a contagem, avançando rapidamente usando de minha prontidão e meu Soru para alcançar o máximo de minha velocidade contra o mercenário. - …dois… - prepararia o soco, concentrando minha força para um potente golpe, dando-lhe a impressão de que meu plano seria meramente comprar tempo para que Akira conseguisse ir até Ísis, quando chegasse no último segundo, daria o sinal para Akira. - Agora! - assim, esperava que o ruivo desfizesse sua forma zoan, deixando Ras somente com a opção de vir até minhas costas, ou até um Akira preparado para a situação. Tentaria conectar o soco, desencadeando assim uma sequência de direto contra a face do homem, um cruzado contra suas costelas e finalizando com um gancho contra seu queixo antes de voltar a recuar. Porém, era preciso considerar que o homem fosse até minhas costas outras vez e por isso, ao notar que ele sumia de minha vista, pararia abruptamente meu avanço e usaria o movimento do soco para retornar com um cotovelada, especialmente se ele estivesse em minhas costas, certificando-me de surpreendê-lo antes com Orion, que seria disparado contra as pernas do homem a fim de tê-lo preso a mim para que assim, após conectar ou não a cotovelada, tentar encaixar um chute na altura de sua cintura antes de girar, golpeando-o com um chute na altura de sua face, mantendo-o preso para que no decorrer dos golpes, Akira pudesse vir para o combate também, encaixando mais golpes contra o mercenário.










Histórico:






Última edição por Às em Seg Ago 29, 2022 2:59 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZaT0xpq
Yami
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy
Créditos :
25
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Seg Ago 29, 2022 2:13 pm

Sands and Tears
- Falas | ~ Pensamentos



Só tive tempo o bastante para olhar de canto de olho para trás, antes de ser atingido diretamente pelo inimigo que apresentava uma velocidade sobre humana, mesmo para os meus padrões. Voava em direção das pilastras enquanto a mente, num turbilhão de informações, tentava interpretar o que havia acontecido. Aquilo não era velocidade pura, pois mesmo para uma técnica como o Soru, haviam limites até onde a arrancada alcançava. Eu estava distante, voando, e mesmo assim aquilo havia sido capaz de me alcançar tão rápido quanto o bater de asas de um beija-flor. Não… Aquilo não era um deslocamento de fato, mas sim um teleporte entre dois pontos, motivo pelo qual não consegui identificar seu trajeto até mim.

Quando colidia com o pilar, me envolvia numa esfera flamejante para buscar reduzir significativamente os impactos em meu corpo. Ouvia Rango se aproximar, mas gritaria rapidamente para evitar sua aproximação. — Não se aproxime! Não dê as costas para o inimigo, Rango! — Dizia, enquanto segurava os escombros e começava a me libertar da queda. Emergindo como uma fênix, literalmente, observava que o inimigo também havia rapidamente se deslocado até minha irmã, aplicado um poderoso golpe contra a mesma e saído sem nenhum dano contra si. — Que pé no saco esse aí que você achou, Às. Me diga ao menos que vale alguma coisa esse esforço todo. — Comentava, enquanto colocava meu corpo de volta no lugar.

E, diferente de mim que gostaria de partir pra cima de novo, de novo e de novo, minha irmã já havia formulado uma teoria, um plano e um contra-ataque, tudo no curto espaço de tempo desde que eu havia adentrado aquele combate. — Isso explica muita coisa… Beleza, 3 segundos. Deixa comigo! — Sorria e acenava com a cabeça, olhando o inimigo diretamente. — E posso contar com sua cobertura, Sarnento? — Mencionava sem olhar para trás, esperando que meu irmão fosse capaz de fechar qualquer brecha no meu plano e de Às.

Com o plano posto em prática, transmutar-me-ia novamente em minha forma completa de fênix, utilizando do Soru para me dar uma explosão de velocidade para minha decolagem inicial. Com as asas retraídas, avançaria na direção de onde Ísis havia sido levada como uma flecha, usando meu bico para romper a resistência do ar e me levar ainda mais longe com o menor tempo possível. — Um… — Murmurava, enquanto começava a projetar gotículas de água ao redor de meu corpo, rodeando-me como duas luas orbitando um planeta, acelerando sua velocidade de movimento de translação até que chegasse ao ponto de se tornarem anéis d’água. — Dois… — Não apenas a água começaria a rotacionar, mas meu corpo também. Movendo as asas de uma certa forma, faria com que meu movimento fosse em espiral, tornando-me numa espécie de furadeira enquanto rompia o ar em velocidade sônica. No último instante, começaria a transformar o meu corpo de volta à minha forma original, abandonando as asas para dar lugar aos meus braços e punhos novamente. Naquele momento também, acumularia toda aquela água ao redor de minha mão, revestindo como uma espécie de bolha ao redor do punho cerrado enquanto envolvia ainda mais com Haki do Armamento. — TRÊS! — Gritaria, enquanto terminava o giro para rapidamente me preparar para o que viesse contra meus flancos. Se o planejamento estivesse correto, aquilo faria com que o assassino aparecesse diretamente contra minhas costas, mas graças ao movimento, rapidamente eu estaria de frente com ele, além de deixá-lo confuso com tamanha velocidade de rotação.

Assim, com a água acumulada em meu punho, não hesitaria em atacá-lo antes que seu punho me alcançasse, encaixando uma poderosa explosão aquática em suas costelas, tentando afundá-lo no chão com toneladas de potência. Claro que não cessaria meus ataques apenas com esse golpe, pois uma vez encaixado o soco no inimigo, daria uma sequência rápida contra seu corpo, afundando-o cada vez mais no chão que estava abaixo de nós.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Minato-naruto

Entretanto, o plano de minha irmã também se consistia na possibilidade dele não vir até mim, permanecendo ocupado com a investida dela e de Rango, deixando-me livre para avançar para longe. Se assim fosse, retomaria o plano principal que seria resgatar Ísis, retomando o rastreamento pelo Haki para não perder seu trajeto. Como havia perdido minhas asas naquele avanço, tentaria controlar a minha queda para pousar com um rolamento no chão, continuando o caminho a pé em rápidos dashs ao utilizar da técnica do Soru. — Já já estou de volta, segurem a onda aí! — Gritaria, antes de desaparecer de vista.


  • Posts: 6
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Players/NPCs:
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PDV: 91.180/91.180
STA: 2.120/2.200
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A

Força: 1500 +80 +440 +1000 +1000 +350 [Shigan] = 4.370 [Extravagante]
Destreza: 1685 +1000 = 2685 [Perito]
Acerto: 3670 +80 +440 +1200 +1155 Jujutsu = 6545 [Magnífico]
Reflexo: 188 +440 +1200 +1155 Jujutsu +350 [Kami-e] = 3333 [Perito]
Constituição: 1200 +80 = 1280 [Talentoso]

Agilidade: 4939 +350 [Soru/Geppou]
Oportunidade de Ataque: 3
Armadura: 0 +1000 +350 [Tekkai] +10% Força [Jujutsu]
Penetração: 0 +1000

Formas Zoans: Tori Tori no Mi - Model Phoenix:

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YDNzcDa
Blindao
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Qua Ago 31, 2022 9:48 pm

Narração
Aventura

A caçadora Volkerball era muito hábil e detinha diversos mecanismos para lhe dar suporte em combate; fora deles também. Entretanto, mesmo com todos elaborado sistema de Sirius, o mecanismo ainda dependia de seu usuário, exatamente por isso era difícil concluir as capacidades e habilidades do seu oponente, Ras.

O assassino era um maestro, proficiente na arte de matar, talvez por isso ele estivesse despreocupado quanto ao seu desejo em devorar rapidamente seus alvos. Afinal, nem com o aviso de Akira para seu amigo Rango, nem mesmo com isso o assassino teria dado importância.

Ele era confiante, arrogante e bem excêntrico, Às já havia notado isso nele. Com a fuga da caçadora, ele apenas girava um pouco seu corpo e encarava a mulher de lado, preservando aquele pequeno sorriso relaxado. – O que está balbuciando? Espero que não tenha perdido o juízo... ainda. O assassino proferia ignorando completamente o tritão. – Tudo isso é confiança em sua força... sorte talvez?! Huhuh. Ele ria baixinho, como se estivesse debochando da caçadora.

Às era astuta, experiente e proficiente em diversas habilidades especiais. No entanto, até mesmo ela e Sirius, havia ficado confusa com o que estava acontecendo. Não era sua culpa, todos que presenciaram o poder de Ras, morreram sem ao menos identificarem o causador de sua morte. Exatamente por isso o pirata era um assassino tão temido e o motivo de sua cabeça valer tanto.

Era notável o que os caçadores estavam tramando, mesmo que Às falasse baixo para evitar de ser escutada, suas intenções eram perceptíveis. No entanto, mesmo assim... Ras apenas sorria e começava a andar calmamente alguns passos laterais. – Será que hoje verei algo novo? Ele proferia por motivo de que raramente tinha oportunidade de ser desafiado.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Tenor

Após planejarem sua tática contra o assassino, Às dava início a uma contagem e avançava com extrema velocidade. – Ow-ow. É uma bela agilidade. O assassino diria presenciado o punho milímetros de seu rosto. Neste instante, Sirius notava a mesma coisa emanando dos braços, pernas e tronco da caçadora, aquele mesma camada esfumaçada que havia saído das asas de Akira. Foi então que Ras movimentou seu corpo em grande agilidade para o lado, evadindo o golpe da caçadora que atingirá uma rajada de ar.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Anime-run

O tritão então arqueou voou com imensa mobilidade, fazendo o assassino prestar mais atenção nele. – Tch. Quanta petulância. Foi então que ele começou a correr em direção ao tritão, ignorando agora a caçadora. Havia uma distância abundante entre eles e durante sua mobilidade seu corpo emanava a mesma camada esfumaçada que antes emanou do corpo de Às e de Shimizu. - Suteppu Shinshitsu! Akira estava contando, mas foi na segunda contagem que em suas costas o assassino surgiria, deixando um rastro no chão e pelo ar, como se tivesse atravessado na base da força a barreira de ar. No entanto, nenhum barulho era emitido de seu corpo, mostrando ser bastante contraditório.

Era incrível como Ras havia rompido a distancia entre ele e Shimizu de forma tão abrupta e silenciosa. O tritão estava almejando colocar em pratica a teoria de sua irmã, até mesmo tentando mobilizar sua capacidade em manipulação de água. Entretanto, se quer teve tempo para concluir um deles, já que, Ras conseguia atingir ele antes do tempo, mostrando que a contagem não era efetiva.

O tritão então era atingido em cheio, sem tempo para defender e era lançado para de encontro ao chão desértico, destruindo uma boa parte do gramado e solo até parar alguns metros mais a frente. Mas foi essa disputa que permitiu Sirius analisar um pouco mais das capacidades do adversário.

• Analisando... processo em 70% efetivado. Estado concluído: Grande abundância em sinergia no ambiente. Massa de ar movimentada e redirecionada. Energia cinética rompida e convertida. Era complicado para o sistema conseguir acompanhar o pirata assassino, mas mesmo assim conseguia destinar uma boa quantidade de informações coletadas para Às.

Enquanto isso, o pirata descia do ar com certa facilidade, pelo visto possuía a habilidade de pular no ar, já que, desceu suavemente. Ras encostava seus pés no chão, olhando por um momento para Akira que estava um pouco soterrado de areia. – Você quase escapou... quase ein. Huhuhu. Te dou créditos pela tentativa. Contudo sinto te dizer... uma vez na minha área de alcance, todos estão fadados a morrer. Ele diria permanecendo parado.

A caçadora esperava que ele avançasse, no entanto, estranhamente Ras não se movia. Sirius notaria também que o corpo do homem estava sutilmente emanando uma fumaça semelhante a que exala quando feito exercícios físicos com alta intensidade, algo que até então ele não havia mostrado. O assassino não parecia cansado, mas talvez sua habilidade com passar do uso tivesse algum custo para isso.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 T3ICD-

Ras então puxava suas adagas, estalando seu pescoço e deixando um sorriso bastante sádico ser expressado. Fintava Às que estava mais longe que Akira. – Qual seu plano agora...? Vamos, me entretenha mais. Estou indeciso quanto a forma que irei lhe matar. Huhuhu. Ele não era do tipo valente e afobado, ele era daqueles que ao comer uma carne saborosa ele degustava pedaço por pedaço até se satisfazer por completo. Ele percebia que os adversários a sua frente não era alvos comuns. Afinal de contas, eles ainda estavam vivos mesmo vendo de perto suas habilidades. Exatamente por isso ele estava calmo e também analisa as capacidades de Volkerball e Shimizu. – Estou intrigado com algo... como conseguiu isso? Ele então diria, ao mostrar o emblema que estava com Às. – Não é qualquer um que tem isso. Complementaria ao jogar no chão o emblema.

A intenção do pirata em ter roubado o emblema de Às sem ela ter notado era pra mostrar sua soberania ou caçoar a mesma?! Seja o que for, ele sabia que brincar com os caçadores seria um erro, mas aparentemente ele não se importava com isso ou tinha segundas intenções.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 2uAvx3T_d
Yami
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy
Créditos :
25
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sex Set 02, 2022 4:39 pm

Sands and Tears
- Falas | ~ Pensamentos



Mais uma vez, era levado ao chão após um ataque completamente imprevisível e ágil por parte do assassino. Erguia-me do chão com a dor ecoando pelos meus músculos, na medida em que as chamas tornavam minha condição física mais estável. Rangia os dentes por um momento, olhando enraivecido para o homem, que já havia retornado até Às, demonstrando que estava com nós dois na palma de sua mão. Ele não estava se teleportando, era fato, e o deslocamento que ele havia efetuado até mim era diferente de um deslocamento comum. Não era pura velocidade que fazia ele agir daquele jeito… Era algo mais místico, e o fato dele romper a barreira do ar enquanto uma espécie de aura emanava de mim e minha irmã, acabava por me fazer questionar sobre o ponto de vista que eu estava analisando ele até o momento.

Meus olhos esbugalhavam por um momento quando mudava a ótica da minha análise, tentando me recordar de habilidades semelhantes nas descrições das Akumas no Mi na enciclopédia que eu possuía. Meu Haki da Observação não estava com defeito e, mesmo possuindo uma velocidade de reação extremamente acima da média, ainda assim não estava chegando perto de atingi-lo. Minha contagem não havia sido efetiva por um motivo muito simples. O problema era o tempo. — GHYAHAHAHAHA, já saquei qual é a sua, seu calvo. — Comentava tirando poeira de meu corpo, erguendo-me mais uma vez enquanto ele se ocupava interagindo com minha irmã. Tudo aquilo dependia do ponto de vista, pois a verdade era que o homem não estava sendo ágil, mas sim nós que estávamos ficando lentos sob sua perspectiva. — Mas chega de brincadeira. É hora de dar o pé daqui. — Diria enquanto abria minhas asas de maneira majestosa, intensificando as chamas na medida em que meu vigor ia sendo consumido por elas. — É só questão de tempo até esse daí virar ouro para nossos bolsos, irmã. — Daria uma piscadela para ela, pensando que ela poderia pegar a dica, na medida em que eu envolveria meu par de asas ao redor de meu corpo, me cobrindo por completo por todos os lados como se fosse uma espécie de casulo. Com a intensidade das chamas aumentando, faria com que a mera aproximação do inimigo até mim desencadeasse uma explosão incandescente, arremessando-o para longe.

Dentro de minha proteção, arrancaria uma de minhas místicas penas e a envolveria dentro de minhas mãos. Com um suspiro pesado, transmitiria boa parte de minhas energias para aquela única pena, sobrecarregando por completo minhas chamas naquele pequeno espaço. Me inspirava um pouco na habilidade peculiar de minha irmã ao comprimir o ar com suas patinhas, mas a diferença era que eu estava comprimindo minhas próprias chamas naquela única pena que jazia em minhas mãos.

Após aquele breve momento, usufruindo da proteção das asas para conseguir me preparar devidamente, abriria as asas num solavanco, arqueando-as de uma forma que empurrasse tudo o que estava perto para preparar meu voo, ao mesmo tempo em que espalhava minhas chamas ao meu redor, assim como um foguete na pista de decolagem mirando as estrelas.

Com aquela única pena ainda em minhas mãos, começaria o bater de asas para voar diretamente para cima. O movimento em espiral se repetiria nesse instante, arremessando labaredas para os lados como se eu fosse um tornado flamejante em ascensão, pronto para o instante em que aquela fumaça em meu corpo começaria a emanar novamente. Como o assassino já havia demonstrado a capacidade de planar, sabia que ele conseguiria me alcançar sem maiores problemas, e a possibilidade de eu escapar de sua área de atuação com certeza faria ele agir antes que fosse tarde demais. Por isso, no momento em que eu notasse a fumaça se intensificando, semelhante aos padrões vistos até o momento, eu abriria minhas mãos para deixar aquela única pena se espalhar com as demais, deixando toda aquela energia caótica acumulada se extravasar de vez. — Te peguei…

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy-downsized-large

Com a técnica Fireball se sobrecarregando, sequer exigiria a necessidade de dispará-la em meu alvo, sendo necessário apenas que me deixasse ser engolfado nas Chamas da Vida também, em meio à natureza caótica desse ataque. Contra uma habilidade capaz de atrasar ou parar o tempo, seria impossível vencermos numa batalha direta, então eu precisava apostar na única falha que fazia aquela habilidade não ser invencível: o fator humano. O assassino era alguém prepotente, orgulhoso e dificilmente compreenderia a atitude feita como uma armadilha, visto que não havia visto a anterior como tal. Além do mais, a falta de preocupação de me ferir junto com minha técnica poderia fazê-lo se sentir confortável o bastante para se aproximar e me atacar diretamente, e mesmo que ele pudesse ser ágil o bastante para reagir à explosão, dificilmente conseguiria escapar de um ataque em área daquela magnitude sem se ferir.

Com a explosão efetuada, sentiria as chamas armazenadas naquela pena me envolvendo e me trazendo um sabor vitorioso aos lábios. Apesar de ser capaz de se manter no ar, dificilmente o assassino seria tão habilidoso quanto eu nesse quesito e, por isso, precisava aproveitar a oportunidade de ouro que seria o momento após ele ser atingido. Num mergulho em meio às chamas, utilizando do Kenbunshoku no Haki para localizá-lo, acabaria tentando agarrá-lo com firmeza com meus braços e pernas, também usando as asas para envolvê-lo num apertado abraço. — Parar o tempo, huh? Seria uma habilidade incrível nas mãos de alguém humilde, GHYAHAHAHAHA! — Diria enquanto caíamos com tudo em direção ao chão, mirando sua cabeça junto com a minha para uma queda que facilmente cada centímetro de nossas colunas. Caso ele fosse agarrado efetivamente, não conseguiria se libertar mesmo se conseguisse paralisar o tempo ou algo do tipo, precisando lidar com o fato de observar o tempo passar em câmera lenta enquanto assistia sua morte certa.

E mesmo após a queda, não cessaria meu agarrão. Deixando que as chamas me envolvessem mais uma vez, recuperando todas as feridas recém-adquiridas, deixaria o homem preso em um mata-leão, ao mesmo tempo em que aceitaria de bom grado o auxílio de minha irmã.

Técnica:


  • Posts: 7
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Players/NPCs:
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PDV: 91.180/91.180
STA: 2.120/2.200
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A

Força: 1500 +80 +440 +1000 +1000 +350 [Shigan] = 4.370 [Extravagante]
Destreza: 1685 +1000 = 2685 [Perito]
Acerto: 3670 +80 +440 +1200 +1155 Jujutsu = 6545 [Magnífico]
Reflexo: 188 +440 +1200 +1155 Jujutsu +350 [Kami-e] = 3333 [Perito]
Constituição: 1200 +80 = 1280 [Talentoso]

Agilidade: 4939 +350 [Soru/Geppou]
Oportunidade de Ataque: 3
Armadura: 0 +1000 +350 [Tekkai] +10% Força [Jujutsu]
Penetração: 0 +1000

Formas Zoans:

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até  10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YDNzcDa
Às
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
08
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sex Set 02, 2022 11:31 pm



»» Sands and Tears ««

- Às Volkerbäll -


Ж


A premissa do plano, tinha como principal objetivo não apenas acertar Ras, mas também compreender melhor que tipo de habilidade o homem usava para tão facilmente nos superar em velocidade e força. Por mais petulante que fosse sua postura, carregada de uma boa dose de arrogância era preciso reconhecer que pelo menos o homem tinha bons motivos para se gabar e podia constatar isso, com a leitura de calor fornecida por Sirius durante todo o desenrolar da situação, que mostrava que sim, sua movimentação deixava um rastro de calor característico de quem se movia em alta velocidade, como também sua análise mais imediata deixava-me a par do que talvez fosse a razão de seu poder. - Área de alcance?! - aquela palavra soou-me estranha e fora justamente em razão dela que pude compreender do que talvez estivesse ocorrendo. - Espera um pouco. - olhava para meu corpo, deixando Sirius mostrar-me a fina película que me envolvia. - Desculpa Sirius, mas você fala como alguém inteligente e eu não sou esse tipo de pessoa. Mas acho que você está tentando me dizer que de alguma maneira, ele está nos deixando lentos correto? - a conversa para com o mecanismo servia muito bem como uma auto-reflexão do momento, enquanto observava Akira apenas para constatar que o ruivo ainda estava bem.

Mas caralho, você é imbecil por acaso? - o comentário no entanto, este parecia não ter perdido a rapidez, especialmente ao ser questionada outra vez sobre o emblema. - O que eu falei antes, não foi uma mentira, alguém tinha esse emblema e ele simplesmente apareceu na minha frente. É somente isso, vocês se prendem a umas coisas tão bestas. - reclamava em um tom de evidente irritação, enquanto dava alguns passos para trás, ajeitando-me sutilmente para continuar com o combate. Ou pelo menos era o que pretendia até ouvir Akira. - Kihaahahaha! Calvo! - explodia em gargalhadas, apontando para o homem. - Mercenário, perigoso e amigo da calvície! - a quebra de clima, era um bom alento, significava que tanto eu quanto meu irmão, embora em dificuldade, não demonstramos nem um pouco de desconforto com a situação. - Ah! Será que se colocarmos uma peruca colada nele, conseguimos aumentar o valor para 300 milhões? - responderia ao ruivo, retribuindo o sinal, que indicava que de alguma forma ambos entendemos como lidar com a situação naquele momento. - Bom vôo! - diria, deixando no ar para quem estava falando aquilo, à medida que abriria distância, buscando sair de sua área de alcance.

A intenção era clara, forçar Ras a escolher, vir até mim e dar a Akira a possibilidade de voar para longe, ou evitar-me no limite de seu alcance, forçando seu corpo cada vez mais antes de ter de retornar para impedir Akira. De toda maneira, permaneceria preparada, enquanto deixava Sirius finalizar sua leitura, dando-me uma análise do proceder de Ras. - Sirius, você tem permissão para mover meu corpo, apenas use o rastro de calor que é emitido a partir dele, me ajude a pegar esse cara. - diria, embora entendesse que seria muito melhor deixar a situação se desenrolar somente quando Akira agisse. Quando o ruivo abrisse voo, deixaria de me afastar, principalmente se notasse que havia conseguido sair da área de alcance de Ras, para só assim usar meu Geppou, planando cada vez mais alto enquanto observava a situação a uma relativa distância. Se Akira conseguisse conectar sua técnica, usaria o Soru para me aproximar rapidamente até chegar a uma altura em que estivesse acima dos dois, onde usaria Orion para disparar seus ganchos, imbuindo-os em Haki contra o corpo de Ras.

Vamos com tudo não é mesmo? Sirius, ativar Allioth! - Aproveitaria da elevada altura para ativar o mecanismo, enquanto realizava um mortal para frente deixando Orion agir, puxando-me violentamente contra o chão na direção de Ras. - Antares……. - deixaria minhas pernas brilharem em tom incandescente antes de cobri-las com o Haki do Armamento, devido ao movimento não podia contar com Sirius para me manter informada, por isso seguiria meu instinto e minhas percepções para ter certeza de que Ras não escaparia no último segundo, quando estivesse próxima desencadearia o ataque, liberando toda minha força em minhas pernas mirando o tronco do mercenário. - ……. Fragarach! - Com o impacto liberado, recolheria Orion antes de tentar agarrar Ras, apenas para certificar-me de que, se vivo, ele não escapasse de nós.









”Antares: Meteora/Fragarach”:




Histórico:





_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZaT0xpq
Blindao
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Dom Set 04, 2022 11:58 pm

Narração
Aventura

Enquanto o tritão estava canalizando energia para com suas asas, que lhe cercavam como um casulo místico extremamente belo em seu azul-ciano, Às tentava desvendar o que exatamente Sirius estava lhe informando. *Negativo. Foi o que o sistema transmitiu para a mulher, pois, apesar de ainda não ter conseguido mensurar as habilidades de Ras, o sistema conseguia decretar que o pensamento da caçadora era invalido com as informações detidas até o momento.

Por outro lado, a resposta da caçadora cibernética para a pergunta do assassino era bastante bruta e direta. Em resposta, Ras acabaria falando um pouco decepcionado. – Uh-hu. Quanta selvageria. De qualquer forma eu até te entendo... ficar no pé de minha sombra deve ser frustrante. Ele diria com suas palavras calma e arrogante, deixando escapar um olhar bastante frio e sanguinário.

Quando Akira chamou o assassino de calvo, Às debandou em risadas eufóricas. – Hunph. Que idiotice. Ele diria tentando não demonstrar que havia sido afetado com o comentário do tritão. – Ahá! Já sei como irei lhe matar... sim! Vou te estripar, descamar e enlatar. Huhuh. Ras diria com uma expressão nefasta ao tempo que apontava sutilmente sua adaga para o caçador.

Com a gozação de Volkerball em conjunto de Shimizu, não demorou muito para o tritão arquear voou. Seu impulso era veloz, belo e furava os céus acima. Suas chamas emitiam calor durante o voou, por razão da conversão de poder por parte do tritão. Akira possuía um bom plano, boas chances de apanhar seu inimigo desprevenidamente.

Ras avançou extremamente rápido contra o tritã0-fenix, estando em seu encalço. No entanto, a frase do caçador viria em seguida de uma explosão devastadora. O lampejo no céu era gigantesco, atrelado a uma onda de fumaça e dispersão de energia. Boa parte das nuvens sumiram e parte do solo desértico era espalhado por toda parte.

Akira achava consigo que as habilidades do inimigo eram a redução de tempo, talvez agilidade, dos seus alvos. Entretanto, este não era bem o caso. Afinal, isto ficava obvio agora com a incrível explosão de suas habilidades. Às havia trocado com Sirius o comando do corpo com intuito de amplificar suas capacidades máximas. Uma vez feito isto, visando atacar após a explosão de Akira, a caçadora tentava buscar o paradeiro do assassino.

A onda de ar massiva repelida por parte da técnica de Akira era tamanha que dificultava um pouco a mobilidade da caçadora, mas ainda permitirá andar pelo ar. Sirius usava ao extremo seus olhos tentando localizar o inimigo. A pressão era tamanha, seja por encargo de Às, pela pressão do inimigo, o sistema estava em seu ápice naquele instante. Tal fato é, através de um lampejo mental da caçadora que lhe permitiu ter um vislumbre do assassino antecipadamente.

A inesperada previsão eclodia e exibirá o local do pirata, este seria logo abaixo dela. Disparando seus ganchos e fincando no corpo do pirata, a mulher cibernética se jogava para cima do alvo e ativará sua técnica especial. – Huh!? Ras era rápido, e também um usuário de Haki, mas infelizmente era atingido parcialmente com o poder devastador da caçadora no momento em que Às atingirá parte do solo e do assassino.

O poder da caçadora arrombava brutalmente o chão da mansão, levando destroços a destruírem boa parte da mansão ao longo das colisões. O que antes era um belo jardim relaxante, agora se tornava uma zona calamitosa.

Neste ponto, Às seria acometida por outro sinal, uma cor rubra intensa manchada por sevicias era avistada a poucos metros de distância de onde estava. Quando Sirius finalizou sua medição, poucos segundos era iria reportar o seguinte:

*Sistema analisando... 90% de conclusão alcançado. Inimigo portador de conversão cinética. Habilidades capazes de drenar, dispersar e neutralizar sinergia ambiental.

Com quase total certeza, Sirius concluía boa parte da analise das capacidades de Ras. Seja sorte, acaso, o fato era que graças a este notável sistema era que os caçadores conseguiriam reagir antes de serem ainda mais prejudicados, ou talvez assassinados. O sistema de Sirius informava, e seria o momento em que Às entenderia, que a camada fina que sairá de seus corpos não lhe afetavam como ela imaginará, mas sim convergiam em posse do portador: Ras.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 154886

A conclusão poderia se ter agora por completa quando o corpo de Ras estava cintilante, tremulo e emanava uma aura extremamente aterradora, chegando a liberar finas ondas estáticas. Seu corpo reagia as massivas técnicas que eles haviam usado, mesmo com os danos, o assassino havia conseguido drenar por parte das forças geradas dos corpos e do ambiente. – Uh-hu. Acho que está na hora de começar os assassinatos... cansei de lidar com vocês. Ras diria e usufruía de uma velocidade ainda mais veloz que antes, ainda que Volkerball conseguisse ter outros vislumbres do ataque de seu alvo, reagir era outra história.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Speed-anime

A agilidade era tamanha que uma fração de pós-imagens ficava na linha reta dos olhos da caçadora, só então percebendo que já haveria recebido o ataque. Seu belo e esculpido corpo ciborgue, recebia uma grande quantidade de cortes.

Em seguida, uma das adagas voava em direção a Akira que era atingido na lateral de seu ombro, a lâmina soterrava quase por completo. A adaga emanava uma capacidade de perfuração acima do normal, provavelmente potencializada pela força e habilidade do assassino. Contudo, era possível perceber que aquela onda estava diminuindo, provavelmente por causa dos ataques. Parecia que da mesma forma que ele conseguia acumular, usando o poder dos seus alvos para ele mesmo, a cada movimento ele liberar uma partição da energia acumulada.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 2uAvx3T_d
Yami
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy
Créditos :
25
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Ter Set 06, 2022 11:15 am

Sands and Tears
- Falas | ~ Pensamentos



Mas que porra de poder era aquele? Tudo bem que a tática havia sido o bastante para fazê-lo tremer na base, e talvez causar-lhe algum dano, mas mesmo com as táticas mais elaboradas, parecia que eu ainda estava longe de ser capaz de compreender o alcance de seus poderes. Minha memória não era tão afiada quanto a de minha irmã para conseguir recorrer às informações do Bingo Book. Eu poderia folheá-lo ali agora, mas seria desperdício de tempo e arriscado demais parar agora e deixar minha irmã sofrer mais dos ataques. — É isso que você chama de estripar, descamar e enlatar? Me poupe, com essa adaga você não vai tirar nem um sashimi de mim. — Comentava, rangendo os dentes enquanto tirava a adaga de minha carne, ao mesmo tempo em que as chamas tratavam do ferimento de forma instantânea.

Talvez eu não conseguisse descobrir mais sobre os poderes do assassino, mas percebi que minha irmã estava aos poucos alcançando seu patamar. Ela havia sido ferida intensamente naquele combate, então seria hora de trocarmos de lugar para que ela concluísse com suas observações, apesar de eu já ter as minhas… Ao que tudo indicava, ele absorvia a energia no ambiente e convertia em energia própria, o que explicaria as explosões de velocidade que ele havia demonstrado até então. Significava que nossas ações em tentar atacá-lo com tudo era em vão, visto que ele absorveria tudo para si e usaria contra nós logo depois. Dessa forma, precisávamos fazê-lo gastar aquela energia toda de uma vez, da mesma foram que pais botam seus filhos para brincar de forma intensa até ao ponto de se esgotarem e dormirem sossegados. — Para um assassino, você trabalha devagar. — Comentava, sabendo que o homem era temperamental quanto às suas habilidades.

Em meio à provocação, deixava que as chamas se consumissem de maneira mais intensa do que antes, estreando uma teoria que até então não havia sido posta em prática. Da mesma forma que aquele homem absorvia energia do ambiente, eu drenava todas as minhas chamas que haviam sido acumuladas pelo campo de batalha, inclusive aquelas que revitalizavam minha irmã. Precisava de toda energia possível para entrar naquele estado, abdicando inclusive de todas as características da fênix para me concentrar única e exclusivamente na combustão intensa de suas chamas. Moldando aquelas chamas como se fosse um membro extra de meu corpo, reproduziria de minhas costas um braço agigantado de pura labareda. — Vamos, garotão, me mostre o que tem!

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YAMI_foguinho

Naquela forma, a regeneração era tamanha que até mesmo a dor se dispersava tão rápido que era praticamente ignorável. A maior vantagem era que, naquela forma, eu conseguia manter meu corpo no meu formato padrão, além de ganhar um extra ao usufruir das chamas para se moldarem conforme minha vontade. Por isso, assumiria uma posição defensiva para aguardar a aproximação do assassino, deixando que ele atacasse com tudo o que tinha enquanto eu manteria meu foco exclusivo na regeneração. Ao mesmo tempo, tentaria moldar o braço incandescente para tentar agarrá-lo em meio à ofensiva, ou até mesmo usufruir da água que circulava ao meu redor para tentar atingir-lhe o rosto, a ponto de acumular água na região e ser capaz de criar uma esfera de água ao redor de sua cabeça, impedindo a passagem de ar.

E durante a selvageria de seus ataques, buscaria em meu âmago aquilo que intensificava aquelas chamas, algo que explodiria ainda mais minha regeneração para praticamente anular toda tentativa de me causar um ferimento ou condição negativa. Algo que apelidava de Combustível Etéreo. — Quando quiser, pode começar, viu? — Dizia após a sequência de seus ataques. Agora compreendia bem o motivo daqueles malucos admirarem tanto as habilidades daquela maldição, pois apesar do preço a se pagar para tê-la, era realmente um divisor de águas dentro de um combate.

Todo aquele tempo adquirido seria em prol de minha irmã recuperar o fôlego e prosseguir com a análise minuciosa do inimigo. Estava servindo ali de escudo para que ela e Rango fossem capazes de elaborar um plano num ambiente mais seguro, ao mesmo tempo que nosso adversário consumia todo seu poder para causar algo significante contra mim. Ao mesmo tempo, tentaria trocar socos contra ele, mesmo que boa parte de meus ataques não chegassem a atingi-lo, mas acreditava que se eu realizasse uma ágil sequência, mimetizando meus braços ao redor de meu corpo com as chamas da vida, talvez fosse possível fazê-lo ficar sem alternativa de escapar. — Absorva isso, seu desgraçado! — Comentava enquanto começava a encaixar os socos imbuídos em Haki, ao mesmo tempo em que tentava prever seus movimentos para não deixá-lo escapar. Se nós não conseguimos deixar sua área de atuação, também não deixaria que ele se afastasse ou desse as costas a mim.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 My-hero-academia-anime


  • Posts: 8
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Players/NPCs:
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PDV: 91.180/91.180
STA: 2.120/2.200
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A

Força: 1500 +80 +440 +1000 +1000 +350 [Shigan] = 4.370 [Extravagante]
Destreza: 1685 +1000 = 2685 [Perito]
Acerto: 3670 +80 +440 +1200 +1155 Jujutsu = 6545 [Magnífico]
Reflexo: 188 +440 +1200 +1155 Jujutsu +350 [Kami-e] = 3333 [Perito]
Constituição: 1200 +80 = 1280 [Talentoso]

Agilidade: 4939 +350 [Soru/Geppou]
Oportunidade de Ataque: 3
Armadura: 0 +1000 +350 [Tekkai] +10% Força [Jujutsu]
Penetração: 0 +1000

Formas Zoans: Tori Tori no Mi - Model Phoenix:

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YDNzcDa
Às
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
08
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Ter Set 06, 2022 4:39 pm



»» Sands and Tears ««

- Às Volkerbäll -


Ж


O combate se desenrolava rapidamente, no fim das contas a gozação para com a situação capilar de Ras havia lhe ferido bem mais do que ele tentava esconder e talvez por isso optasse por não mais levar aquela situação na, segundo ele, “brincadeira.” Akira fazia bem seu papel, puxando para si a atenção do mercenário para assim atacá-lo com um golpe de largo alcance, o qual era uma oportunidade perfeita para que pudesse explorar a brecha criada para golpear nosso oponente. Sirius por sua vez parecia lidar no limite de sua capacidade, fornecendo-me rapidamente uma análise dos dados, mas que de uma maneira imediata não me serviam de muita coisa graças a nuvem de poeira criada com o ataque do ruivo. Não apenas havia uma limitação visual, como também uma dificuldade mais física, pois a intensidade de tudo aquilo tornava um pouco mais difícil a locomoção com o Geppou.

Precisava encontrar Ras rapidamente e por isso, deixava para me orientar pelo instinto, procurando e tentando ouvi-lo em meio a nuvem de fumaça e areia, encontrando-o por um lampejo que ajudava-me a não apenas achá-lo, como também me antecipar aos seus movimentos. - Isso é? - a estranheza rapidamente deu lugar a motivação e com isso, consegui descarregar minha técnica em um golpe direto. - Parece que fomos efetivos. - pensava, antes de receber uma análise de Sirius, que parecia enfim próxima de finalizar sua análise. - Ah sim, agora eu entendo. - respondia, imediatamente tomando uma diretriz de minhas intenções. - Concentre-se em seus padrões Sirius, me dê as possibilidades e eu cuidarei do resto! - comentava, sentindo o perigo que se estendia a partir do homem, que persistente vinha ao contra ataque, não tendo grandes problemas em inclusive cortar-me com suas adagas. - Que perigo! - pensava, lutando para acompanhar seus movimentos, sentindo o corte através do metal graças a estrutura de meu corpo cibernético.

Sirius, use os rastros de calor para memorizar sua movimentação e trace os padrões usando tudo o que você já analisou! - comunicava-me com o mecanismo, cedendo um pouco em sinal de um aparente cansaço, enquanto Akira parecia chamar a atenção do homem para si. Procurava em meio ao cenário de destruição, um par de espadas que pudesse utilizar para lutar. Desde que havia perdido as minhas em Pyatidrov, não havia achado lâminas a altura, mas talvez em uma coleção tão valiosa não fosse difícil encontrar armas de relativa raridade. Caso encontrasse as espadas, tomaria elas e permaneceria a observar a luta do homem com Akira, deixando para Sirius o tempo necessário para finalizar seu relatório, enquanto me mantinha em uma posição defensiva, com as lâminas ou os braços a frente de meu corpo e rosto.

Ainda que eu analise tudo, saber do que pode ocorrer não me ajuda se eu não conseguir acompanhar sua velocidade, além do mais, quanto mais tempo continuarmos nessa luta, mais eu e Akira vamos nos cansar. Então como podemos lidar com isso? - pensava, arfando suavemente com o olhar fixo em Ras e Akira. A reflexão durava pouco tempo, no entanto, visto que um estalo surgia em minha mente, dando-me uma possibilidade. - E se? - respirava fundo, notando que talvez houvesse uma maneira de acompanhar a velocidade de Ras. Assim, fechava meu olho, o único que ainda era orgânico, deixando Sirius trabalhar livremente enquanto me concentrava, imbuindo minhas mãos e espadas, caso estivesse com elas. A concentração não era meramente para me preparar, mas sim para encontrar o estado de percepção de segundos atrás, quando podia sentir aparentemente pelo instinto a posição do mercenário. - É isso o que chama de Haki de Observação, não é mesmo? - lembrava do passado, da menção do nome e do que Akira já havia me falado a respeito do assunto. No momento, exigia uma necessidade de ação e em meu ímpeto não podia sequer considerar falhar.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Uzui-tengen

Compreendia que uma vez que conseguisse sentir Ras, minha janela seria curtíssima para agir e por isso assim que Sirius finalizasse sua análise, concentraria minha força em minhas pernas, disposta a não dar o homem nem mais um segundo de sossego enquanto lutava. - Os preparativos estão prontos, vamos ao ataque! - saltaria o auxílio do Soru, cruzando o espaço que nos separava, buscando alcançar Ras em um movimento onde buscava golpeá-lo com os punhos ou com as lâminas na altura das costelas, usando-me dá brecha que Akira conseguisse criar para assim a explorar com o máximo de eficiência. Com apenas Sirius a cintilar em um rubro escarlate, atingiria o máximo de minha velocidade, para acompanhar o ritmo de Ras com uma junção de elementos. A análise de Sirius, fornecendo-me as possibilidades de movimento que o mercenário poderia utilizar no momento e o Haki de Observação, filtrando minhas opções a fim de encontrar em meio a sua absurda velocidade a previsão correta para assim, bloquear suas adagas com as lâminas, ou usar do Kami-E para evadir-me de um golpe a queima roupa. - Pensar dá muito trabalho. Ninguém sobrevive dentro da sua área de alcance? Então seremos os primeiros a esmagá-lo dentro dela! -   reverberaria em pura determinação, continuando com o avanço, especialmente se notasse nele um êxito.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 D753b7700b48e22ef682738322d6cf69b2b9d162

Se Akira lutava na base da resistência, eu partiria para a velocidade massiva, abusando de minha agilidade para desencadear uma troca de golpes voraz, buscando em meio às análises do mecanismo e a percepção do Haki, encontrar as brechas certas para golpeá-lo sem piedade. Buscando conectar poderosos golpes contra Ras, sendo estes um corte contra seu braço de ataque, com o objetivo de arrancar-lhe o membro com força do ataque, antes de prosseguir cravando a outra espada em sua coxa antes de finalizar com um giro, tentando um corte horizontal contra seu pescoço. Porém, caso não estivesse em posse das espadas, buscaria conectar uma série de socos assim que conseguisse a primeira brecha, mirando seu estômago com um direto antes de presseguir com um gancho de direita e um direto de esquerda contra sua face, tentando no terceiro golpe não jogá-lo para longe, mas sim contra o chão. Usaria e abusaria do Kami-E para evadir-me das adagas caso notasse um perigo demasiadamente grande, do contrário e caso estivesse com as espadas, tentaria bloquear seus ataques, manuseando as espadas para forçar uma abertura com a qual pudesse atacar. Usaria Akira, como escudo, intercalando nossos movimentos, para que o ruivo usasse sua akuma como principal absorção de dano naquela situação.













Histórico:





_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZaT0xpq
Blindao
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Qui Set 08, 2022 2:56 pm

Narração
Aventura

O tritão ainda no ar estava bem irritado com as palavras do pirata. Mesmo assim, Akira não perdia seu espirito carismático e falava subliminarmente sobre o ataque não lhe ter causado nenhum dano relevante. Por outro lado, Ras apenas o ouvia e nada dizia; pelo menos não com palavras, já que, sua expressão era bem sínica em resposta para o tritão.

Neste meio tempo, Às estava ordenando para Sirius traçar manobras defensivas para com os poderes do assassino. No entanto, a agilidade ofensiva dele era tamanha que até mesmo o mecanismo falhava em acompanhar e processar os parâmetros do pirata. Tal fato é, fora tamanha a exigência para o sistema, que Às acabou despertando sua latente habilidade do Kenbunshoku no Haki sem nem mesmo se tocar.

Shimizu havia assumido sua outra forma Zoan, Immortal Flames, que amplificava suas capacidades regenerativas ao máximo. Não demorando para o tritão-fênix descer do alto até colidir no chão. Seja pela falta de atenção, ou abundancia dela em raciocinar os poderes do pirata, Akira havia perdido suas asas e garras para adentrar nesta nova forma.

Com a provocação continua de Akira, naturalmente, Ras acabaria avançando contra ele no encalço de sua lateral. – Você parece bem arrogante com esse poder. O assassino diria ao usufruir de uma rajada de cortes no corpo de Akira. – Huh? Foi então que Ras notou a incrível capacidade regenerativa que o tritão estava manifestando. – Nada mal, se só isso não resolve então... O pirata acumulava haki em sua adaga e começava a desferir cortes mais concisos no corpo de Akira, que mesmo com sua incrível capacidade regenerativa, sofria danos contínuos.

O confronto entre o tritão e o assassino seria interrompido por um golpe simultâneo entre eles, punho versus adaga reforçados com haki do armamento. Ambos eram refletidos pela sua própria força, chegando a gerar uma onda massiva de ar e demolindo ainda mais o local em que batalhavam. Mas neste momento que Shimizu notaria que força e velocidade do homem estavam reduzindo, nem se quer poderia ser comparado a antes. Inclusive, as ondas estáticas que sobressaiam de seu corpo diminuíram demasiadamente.

Enquanto isso, Às estava tomando folego e se recuperando dos danos sofridos. A caçadora visava buscar um par de armas, porém, em meio a tanto caos e destruição, o máximo que ela veria seria a adaga que Ras haveria jogado em Akira. Não era lá uma espada, mas era uma adaga um pouco maior que as normais.

A mulher cibernética então começava a se concentrar, fechava seus olhos e então deixava fluir o que havia entendido até então. Ela havia notado, logo agora, que o poder despertado antes não provinha só de Sirius, mas sim vinculado a ele por ela ser unicamente uma ciborgue. Era uma fusão hibrida entre humano, maquina e espirito. Tal qual era o haki quando manifestado. Martelando isso em sua mente e reforçando os preceitos para o despertar completo, Volkerball então usufruía com todas suas forças em prol de dominar seus poderes agora despertos.

Quando a colisão entre os golpes de Akira e Ras ocorriam, repelindo um ao outro, foi neste ponto que Às sentira seu espirito eclodir com toda sua força. Uma vez centrado e exprimido, a caçadora conseguia dominar seu Kenbunshoku no Haki ao ponto de antecipar o ponto em que Ras havia estado. – Uh-hu. Eu vou matar todos voc... Antes que o assassino terminasse sua fala, ele notava Às atrás dele, por meio de uma arranca extremamente poderosa imbuída com seu Soru e Haki, a caçadora alcança enfim seu inimigo com um belo golpe na lateral do corpo entre as costelas e fígado.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Demon-slayer-tengen-uzui

Ras não teria tempo nem para golfar sangue, já que, Volkerball não lhe daria tempo. Ela começava a desferir uma rajada de golpes com a adaga que refletia com a do pirata. O estrondoso som de lâmina contra lâmina era devastador e ao mesmo tempo encantador. Era uma melodia harmônica e furiosa. – Você acha que é melhor que mim? Eu, Ras Alh Gul, o Terror Sangrento!? Não zombe com a minha cara... caçadora! Ras proferia perdendo as estribeiras ao tempo que estava sendo forçado a recuar passo a passo pela explosão de ataques do seu oponente.

Não era como se o pirata estivesse ficando mais fraco, mas sim seu upgrade estava diminuindo. Sua habilidade era incrível, afinal, ele conseguia convergir a força sintética dos movimentos das pessoas, objetivos e ambiente a favor dele. Ou seja, quanto mais forte era seu oponente, mais forte ele também ficava. No entanto, como toda balança, ele possuía seu outro lado. Quanto maior a força convertida e por maior tempo, mais seu corpo ficava pesado e mais fadigado. Era isso que estava acontecendo agora, o poder real dele havia se manifestado com a explosão de técnicas dos caçadores, mas por pressionarem tanto ele, e pelo erro absurdo dele em brincar, ele estava sendo levado no limite de seus poderes.

Alguns ataques até transpassavam entre as lâminas de Ras e Às, cortando pele superficialmente. Mas a caçadora possuía vários truques para evadir os mais perigosos, usufruindo com maestria seu Kenbunshoku. No entanto, em um descuido, Ras acabava tendo seu braço como foco na batalha, e não seu pescoço. Provavelmente um erro letal dele, ou uma estratégia mirabolante de Volkerball.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Aa30dd5119fa66a7423320100a1e2b1e9d0c9ae8

A concentração de ambos era visível, seus olhares eram frenético e selvagem, mas um frio da espinha por parte de Ras ocorreu em razão de sentir que seria atacado por Akira em suas costas, talvez fosse só uma mera sensação, porém suficiente para fazer ele perder seu foco por um segundo. Em uma fração de segundo, o braço dele voava no chão e ele arfava com grande intensidade. Do mesmo lado, a caçadora cibernética também estava extremamente cansada. Afinal de contas, usar o haki da observação por tanto tempo e com tanta pressão demandava muito dela. Até porque ainda não havia dominado perfeitamente. O vento soprou por uma fração de segundo enquanto o pirata olhava para a caçadora e a mesma retribuía o olhar.

O que antes era um jardim belo e inocente, agora era uma zona de guerra completamente devastada. Escombros por toda parte, solo com diversas crateras, morros de areias. O barulho da batalha era tamanho que até mesmo alguns estrondos poderiam ser ouvidos de longe.

Akira estava sangrando, mas conseguindo se recuperar dos cortes graças ao tempo em que Ras estava lidando com Às, da mesma forma que ele havia dado tempo a ela anteriormente. Desta vez era ele quem estava de folga. Mas agora estava no clímax. O tritão a aproximadamente quase dez metros de distância do pirata enquanto a cibernética a pouco menos de 3 metros.

O cansaço havia acumulado, a fome emergia e a sede por vitória era a entidade do momento. – O-o que acham de um a-acordo? *Huff* que beneficiará a todos? O pirata então entendia sua situação, mesmo que a derrota ainda fosse incerta para ele, como líder de um clã de assassinos ele sabia bem negociar. Era mais sábio ter certeza de sua vitória do que a incerteza de sua derrota. Era um pensamento estranho, mas assim era o ego de Ras. – Se pararmos por aqui *Huff-Huff* eu digo para onde Zakyiah foi e talvez vocês ainda tenham chance de salvar a mulher. Seria uma proposta honesta ou estaria ele ganhando tempo? Um pirata que ainda ganhava a vida como líder de um clã de assassinos teria palavra? Talvez tivesse, já que, seria difícil ter clientes se não houvesse dignidade. Entretanto, não era como se os caçadores deixassem a oportunidade de derrotar um pirata com quase 300 milhões de berrys escapar. Ou deixariam para tentar salvar Isis?


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 2uAvx3T_d
Às
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
08
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sex Set 09, 2022 1:34 pm



»» Sands and Tears ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Os segundos haviam se tornado minutos em minha percepção, movida pelo ímpeto e abastecida pela minha própria força de vontade, podia sentir ainda que brevemente um sentimento de antecipação, uma calmaria em meio a tormenta que era o conflito, a capacidade de racionalizar e antecipar as ações inimigas em uma harmonia quase perfeita com Sirius. No infinito das possibilidades, era capaz de mensurar as mais prováveis e perante um avanço veloz, conseguia encontrar ritmo com a mesma facilidade que talvez pudesse encontrar uma agulha em um palheiro. Muito disso, poderia e deveria dar o crédito a Akira, não era apenas sua akuma fator determinante para o ruivo estar resistindo a tantos ataques, era seu talento e tenacidade que se faziam fundamentais e complementares para o sucesso de minhas ações. Como escudo e espada, absorvemos a superioridade física que Ras possuía com seu poder e atacamos com tudo em seu “domínio”, a burrica mais genial que podia ocorrer.

Quem lutaria onde estivesse em desvantagem? Ras talvez sequer cogitasse uma atitude tão ousada, fazendo sua brincadeira custar caro, se esperava de nós cautela, ele estava percebendo só agora que talvez tivesse escolhido os piores oponentes. Em minhas mãos, apenas a adaga que ele havia lançado servia de arma em substituição as espadas que inicialmente desejava, mas pelo seu tamanho maior que o usual servia bem a função, o que me permitia não apenas trocar golpes com ele, como pressioná-lo a cada pequena fração de segundo, conforme podia acompanhar seus movimentos rápidos notando aos poucos sua queda de ritmo, dando-me a oportunidade perfeita para lhe cortar o braço. O cansaço no entanto, parecia se acumular conforme sentia minha cabeça doer aos poucos, o corpo cibernético me ajudava a sentir o peso de cada golpe e fadiga de cada minuto em batalha, um termômetro ideal para não me deixar subir à cabeça a ideia de que poderia, de fato, lutar até cada pedaço do meu corpo virar pó. A distância entre nós era pouca, enquanto podia notar o arfar pesado do mercenário.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Goblin-slayer

Estava compelida a levar a situação até às últimas consequências, tanto que lutava contra a fadiga para manter-me firme no combate, porém um elemento novo mudava o quadro para pior, se considerássemos que Ras estava para cometer um erro fatal. - Huh?! - franzia o cenho, quase como se não acreditasse no que estava ouvindo, podia imaginar mil coisas, uma tentativa de ganhar tempo, um interesse real em um acordo, medo de morrer, insegurança, confiança de que talvez ainda pudesse vencer sob as condições certas, talvez existissem mil e uma explicações para aquelas palavras, porém se a intenção era arrefecer os ânimos, o desgraçado conseguia arrancar de mim um olhar horripilante e uma raiva irrefreável que se traduzia em ações. Como se quantidade cavalar de adrenalina estivesse em minhas veias, sentia minha parte orgânica arrepiar e tremer com aquilo, enquanto o corpo mecânico exemplificado por Sirius alerta-me que ainda possuía combustível, como se me desse um respaldo para avançar. Não seria um golpe letal, apenas uma tentativa de o encurralar na direção de Akira, avançando abruptamente com um Soru antes de dar-lhe um poderoso chute em seu peito. - EU NÃO NEGOCIO COM GENTE DA SUA LAIA! - as palavras sairiam ríspidas e raivosas, tão quente como o calor de Alabasta e tão cortante com aquela adaga que empunhava. Ras queria negociar, que pena, pois eu não estaria aberta a qualquer diálogo. - Por um acaso, você já viu as ovelhas do pasto negociarem com os cães que as colocam em seus devidos lugares? - complementava em tom frio, enquanto observava Akira, indicando apenas pelo olhar que tinha intenção de levar aquilo até o fim e que minha decisão era irreversível.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 EveryWarmheartedGermanpinscher-max-1mb

Jogava a adaga no chão, preparando-me para um golpe definitivo o qual esperava que Akira viesse em complemento. - Você perdeu nas ofensas, agora vai perder na batalha. Ao menos perca com o pouco de dignidade que lhe resta. - Aguardava que Akira atacasse primeiro, pois sabia que daquela distância, certamente chegaria em meu inimigo primeiro e precisávamos estar sincronizados não apenas em velocidade quanto em força. Quando Akira estivesse próximo, avançaria com o Soru levantando meu braço direito rapidamente, levando-o na altura do pescoço de Ras. Seria um golpe rápido e poderoso visando pôr um fim ao conflito. - Não nos submetemos, não nos curvamos e não nos quebramos perante ninguém. Agora você sabe disso. - comentaria caso Ras estivesse derrotado, andando lentamente para recolher sua cabeça, enquanto conversaria com Akira. - Vá, você pode alcançar Zakiyah mais rapidamente, siga para leste eu estarei logo atrás de você. - comentaria com o ruivo, apontando a direção para onde a mulher havia partido para só então, caminhar rumo aos jardins para recolher algo até mais importante que o procurado morto. - Você está em boas mãos agora. - diria, após procurar e recuperar o fragmento que estava em posse de Zakiyah, usando Sirius para analisar sua escrita e relembra-lo. - Preciso de Sam aqui, agora não mais apenas pelo fragmento. - diria, observando os cortes que havia sofrido e que necessitavam de reparos. Após recolher os espólios, seguiria pelo rastro de Akira, usando o pato selvagem na direção onde meu irmão havia seguido e caso o encontrasse voando, me aproximar ao máximo para que assim pudesse salvar com o Geppou e usar Orion para me prender em seu pé e assim seguir junto do ruivo.













Histórico:





_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZaT0xpq
Yami
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy
Créditos :
25
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sex Set 09, 2022 5:56 pm

Sands and Tears
- Falas | ~ Pensamentos



O silêncio que se propaga no campo de batalha quando um lado vence era ensurdecedor. A respiração pesada era tudo o que me restava, na medida em que percebia Ras havia concluído seu destino, buscando uma maneira de barganhar pela sua vida. Não havia entrado naquela pelo dinheiro, ou para colocar a cabeça de um pirata em minha estante, o que seria bem bizarro… Mas sim pela proteção daqueles que zelava e para acabar, de uma vez por todas, com aquela arrogância e superioridade que ele transmitia. Além do mais, quantas pessoas já não passaram pelo terror daquelas brincadeiras? Atravessava meu olhar pelo campo de batalha ao encontro dos olhos cibernéticos de Às, buscando através do brilho que os mesmos transmitiam algum sinal de sua humanidade.

Entretanto, não era falta de humanidade que estava escassa ali, mas sim em excesso. O aprisionamento e julgamento daquele homem era apenas um risco a se levar para frente, para outras pessoas não tão capacitadas… Precisávamos ser os algozes ali mesmo, por mais que fosse completamente contra tudo o que eu acreditava como médico. — Sem mais pavor… Sem mais brincadeiras, Ras. Ninguém mais sofrerá em suas mãos. — Comentava, em tom contemplativo, como se estivesse dizendo aquilo mais para mim do que para Ras. Deixaria que a água fluísse ao redor de meu punho, preparando o formato do Shuto, enquanto caminhava a passos lentos em sua direção.

Não me agradava utilizar da água para ceifar uma vida, e tampouco converter o Senpū Tetsuzan-ken em uma ferramenta de abate, mas ainda assim, estava feito. Ras havia cavado sua própria cova e, agora, estávamos apenas colocando a lápide em cima. Utilizaria do Soru para encurtar a distância em um único instante, na medida em que meu braço ficaria revestido num redemoinho de ondas cortantes. Buscaria antecipar uma possível reação de Ras e, evitando proferir alguma técnica que acabasse consumindo maior quantia de energia, atacaria-o de forma limpa, rápida e misericordiosa. Com o corpo ainda incandescente pelas chamas da fênix, sentia a força intensificar o golpe, que em conjunto com minha irmã, poderia finalizar de vez com aquela ameaça.

Interromperia o movimento apenas quando estivesse há dezenas de passos adiante, deixando as chamas se converterem em um par de asas, retornando à forma híbrida daquela criatura mística. — Estarei lhe aguardando. — Comentava, dando um rasante e seguindo o caminho por onde eu já havia tentado seguir anteriormente, utilizando do Kenbunshoku no Haki para focar completamente no rastreio da dupla de mulheres. Deixando Rango com Às, sabia que eles poderiam se virar caso houvesse algum outro problema no caminho, além de serem capazes de me alcançar depois.


  • Posts: 9
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Players/NPCs: Ras Alh Gul
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PDV: 91.180/91.180
STA: 2.120/2.200
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A

Força: 1500 +80 +440 +1000 +1000 +350 [Shigan] = 4.370 [Extravagante]
Destreza: 1685 +1000 = 2685 [Perito]
Acerto: 3670 +80 +440 +1200 +1155 Jujutsu = 6545 [Magnífico]
Reflexo: 188 +440 +1200 +1155 Jujutsu +350 [Kami-e] = 3333 [Perito]
Constituição: 1200 +80 = 1280 [Talentoso]

Agilidade: 4939 +350 [Soru/Geppou]
Oportunidade de Ataque: 3
Armadura: 0 +1000 +350 [Tekkai] +10% Força [Jujutsu]
Penetração: 0 +1000

Formas Zoans: Tori Tori no Mi - Model Phoenix:

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YDNzcDa
Blindao
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sab Set 10, 2022 2:30 am

Narração
Aventura

Uma vez dito suas palavras, com a maior cara de pau, Ras ofertava um acordo para os caçadores. Entretanto, logo com a expressão sanguinária de Às era visível que a resposta seria um “não” bem marcado. – Tsk. O pirata estalava os beiços, já que, deduziu o que viria a seguir. Não precisava de um gênio para entender algo simples, afinal, caçadores tem tendencia a ir até o fim de sua caçada.

Quando Ras movimentou seu corpo com a intenção de fugir, Volkerball já teria avançado e lhe desferido uma bicuda no estomago. O ataque faria o pirata recuar por alguns metros, se aproximando mais de Akira e deixando um rastro no solo desértico. – Vagabunda! Eu vou te esquartejar! Guarde bem minhas palavras! O assassino diria enquanto vomitava sangue pela boca e tentava estancar o sangue em seu braço ao fazer uma compressão. Entretanto, sua visão estava começando a ficar turva pela grande quantidade de sangue que estava esvaindo de seu membro.

Seja pelo efeito colateral de suas habilidades, pela perda de sangue ou cansaço elevado, Ras perdia seu triunfo: sua velocidade. Sua reação estava miséria, tanto é que, Akira e Às se aproximavam rapidamente em sincronia e desferiam um golpe duplo diretamente no pescoço do assassino. A colisão dos lados opostos simplesmente faria a cabeça ser arrancada de forma vil e letal, caindo poucos metros de distância do corpo.

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 J6DINt

Uma torrente de sangue eclodia do que havia sobrado do pescoço. No entanto, ainda que o combate houvesse chegado ao fim, o corpo do Pirata ainda residia energia em estoque, fazendo com que ela perdesse o controle e fosse rompida de forma bruta após inchar e auto-explodir. A explosão emergia do corpo acometendo um raio de aproximadamente 7 metros, inclusive atingindo Às e Shimizu.

Graças a forma aprimorada do tritão-fênix, seus danos seriam regenerados rapidamente. Entre eles queimaduras, hematomas e sangramento. Por outro lado, a caçadora era a que havia sofrido mais. Por sorte, seu corpo robótico lhe dava uma proteção natural. Eles haviam sido jogados um pouco mais longe um do outro pela força da explosão, mas logo se reuniam. Às estava preocupada com a segurança de Isis e pedirá para seu irmão ir atrás da revolucionaria.

Com a morte do pirata pós a implosão, Akira havia mudado para sua outra forma e levantava voo. Enquanto isso, Volkerball tentava em meio todo caos encontrar aquele raro livro de acupuntura. Ela o veria em posse de Rango que estava assustado com tudo que havia acontecido. – Aí Chaiene... eu daria meu braço direito por uma caneca de cerveja agora. Ele diria esboçando um sorriso, fazendo um trocadilho com a caçadora em razão de ter arrancado o braço de Ras. – Vi que estava interessada nele, tentei recuperar o mais rápido que pude. Mas esse trem foi difícil de salvar. Rango diria com sua forma rural de falar. – Cé tá bem? O Mink diria por razão dos ferimentos e cansaço físico aparente em Volkerball.

Neste meio tempo, Shimizu estaria sobrevoando os arredores em leste em busca de encontrar a dupla de mulheres, Isis e Zakiyah. Qualquer um diria que jamais conseguiria as encontrar, por já ter passado um bom tempo. Mas o tritão era perito em rastreio graças a seu doutrinado haki da observação especializado.

Os olhos de Shimizu teriam avistado de longe Isis ajoelhada diante de um corpo, este por sinal de Zakiyah. A revolucionaria estava com sangue em suas roupas, mas não dela e sim de sua inimiga. Ela parecia angustiada, mas ao mesmo tempo aliviada por ter conseguido se salvar, ainda que com um certo preço a se pagar.

Aplanava Akira até descer próximo de Isis, que estavam algumas centenas de metros da mansão, cujos morros de areiam impediam boa parte da visão em solo firme, a mulher não mostrava surpresa pela presença do tritão. – Viestes até mim... em ajuda?! Muito obrigado pelo seu apreço. Ela diria com sua forma culta e formal. – Perdoe-me, estou rezando pela alma dela. És uma pena que tenha chegado a esse ponto..., mas eu tenho uma causa para viver, e não darei minha vida a mais ninguém! Ela diria com determinação, algo havia mudado nela, algo estava diferente. Talvez ela tivesse obtido uma epifania. Afinal, a morte revela coisas surpreendentes para cada um.

Do outro lado da mansão, por onde Às e Akira haviam entrado no sitio de Zakiyah, um grupo de cavaleiros montados em cavalos, bem equipados por sinal, calcorreavam em direção a mansão que estava devastada. Era possível ver quase todo o jardim agora, por motivo de boa parte da estrutura ter sido destruída pela batalha.

O grupo estava sendo liderado por uma mulher, ela parecia animada e viria gritando aos berros. – TODOS SERÃO PRESOS EM NOME DO REI! EU, A PRINCESA NEPHTHY, IREI PESSOALMENTE LEVA-LOS A PRISÃO POR TUDO QUE FIZERAM! Então os cavaleiros começavam a prender os seguranças e até mesmo assassinos que estava indo ajudar seu líder. Às seria alvejada em poucos segundos, senão fosse a súbita chegada desse esquadrão de cavaleiros comandado pela princesa; ela apreciava bastante esse tipo de aventura, exatamente por isso havia escutado os barulhos da batalha e juntando um grupo de homens para resolver a situação.

Um dos cavaleiros avistaria a Volkerball e Rango e viria cavalgando um pouco mais rápido até parar em frente a eles. – Não se mexam! Quem são vocês? São membros da Hassassin? Ou guardas de Zakiyah!? Onde está essa ordinária! O homem portava uma armadura bastante chamativa em tons de vermelho. Ele descia do cavalo e desembainhava sua espada que cintilava em um azul anil bastante belo. – Sir. Galahad! A princesa viria em sua cola. – Não vá acusando todos de serem cumplices. Ela diria enquanto exibia um sorriso carismático, ela possuía um tom de pele mais morena e bastante jovial. Seus cabelos eram castanhos escuros, lisos e afloravam um cheiro de lavanda. – O-oh. Peço desculpas... princesa. Ele diria abaixando sua espada que emanava uma certa hostilidade, agora não mais.

A princesa ainda permanecia em seu cavalo enquanto seu grupo de cavaleiros seguia fazendo as prisões. Ela então analisava o cenário e por fim concluía. – A escritura desse território estava no nome de Uhrog. Mas era só fachada! Pelo visto era algum tipo de sede do clã de assassinos e da usurpadora. A princesa diria tanto para o cavaleiro quanto para Rango e Às. – Ah certo! Não me apresentei formalmente... sou Nephthy! A filha do rei Osiris e da rainha Iside Mesbah. Muito prazer. Ela terminaria de dizer durante o tempo que seus olhos cintilavam um destemor sem igual. Além é claro de não sair julgando as pessoas próximas.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 2uAvx3T_d
Às
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
08
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sab Set 10, 2022 2:51 pm



»» Sands and Tears ««

- Às Volkerbäll -


Ж


O conflito chegava a um final, a escolha tola de Ras em não permitir-se sequer a uma morte digna dava lugar a ofensas já sem sentido antes do golpe final, forte e veloz como o mercenário não mais era. Era uma resolução parcial, pois ao contrário de qualquer expectativa minha ou de Akira o corpo de nosso oponente parecia aos poucos inchar antes de explodir de maneira violenta, a natureza da explosão talvez fosse o resíduo de seu poder em descontrole ou mesmo uma última tentativa de sair vitorioso mesmo após a morte. Senti meu corpo ser arremessado para longe, assim como os cortes em meu rosto e a dor agora mais presente com o término da adrenalina, porém ainda estava viva e bem o suficiente para me erguer com o pouco de tecido que sobrou do vestido que usava. - Minhas costas… - reclamava da dor, respirando pesadamente antes de dar alguns passos em direção a Akira, pedindo ao ruivo para que fosse até o encalço de Zakiyah, deixando-me ali junto de Rango para recolher não apenas a prova de nossa vitória, como o fragmento que estava em posse da mulher.

Em meio ao caos daquele local, caminhava entre o que havia sobrado, procurado já sem o auxílio de Sirius pelo livro e em até certo ponto, desesperançosa pela possibilidade de tê-lo perdido devido ao combate. Porém, ao notar Rango se aproximando com ele em seus braços, levava minhas mãos até os joelhos, suspirando de alívio antes de respondê-lo. - Bom, não será necessário. - diria, passando a caminhar até onde havia sido o foco da explosão, onde buscaria a cabeça de Ras, exibindo-a. - Isso aqui garante bastante cerveja. - diria, voltando para perto de Rango, onde jogaria a cabeça no chão, próximo de nós dois. Embora buscasse o espólio, o tratamento dado a ele era inferior ao dado ao livro, pois ao soltar a prova de nossa vitória, segurava o fragmento com um cuidado extremo, como se tivesse algo frágil e precioso em minhas mãos. - Obrigada Rango. - diria com um sorriso suave nos lábios antes de abraçar o coiote. - Estou bem agora. - suspirava, soltando-o de meu abraço para que pudesse sentar-me, vencida pelo cansaço. - Aargh eu preciso ir atrás de Akira. Espero que ele tenha encontrado o rastro. - comentava.

Porém, antes mesmo que pudesse me levantar para seguir caminho, podia junto de meu irmão notar uma agitação ao redor da mansão. - Tá ouvindo isso? - questionava o mink, até olhar para os arredores e perceber uma cavalaria se aproximando. Conforme notava sua aproximação, percebia a pompa com a qual chegavam e mesmo antes de um anúncio triunfal, já poderia supor que se tratavam de soldados da realeza de Alabasta. - Ora, parece que vieram capturar os que restaram. - comentava com Rango, demonstrado completa tranquilidade com a situação, sequer notando que um dos cavaleiros já havia nos visto e se encaminhava em nossa direção. - Não estamos nos movendo, estamos descansando. - retrucava de imediato, carregando uma suavidade notável na voz. Estava pronta para continuar a responder, mas haviam sido tantas perguntas que não podia evitar o comentário. - Muitas perguntas, dá pra fazer uma de cada vez? - suspirava de cansaço, mantendo minha posição mesmo com o homem descendo e apontando sua espada em nossa direção, no entanto a mulher que liderava aquilo vinha frear o ânimo de seu companheiro.

Silenciosamente observava a situação, porém havia algo que chamava minha atenção mais do que a situação e essa era a quem o homem chamou de princesa. - Princesa? - sussurrava de maneira sutil, com o olhar fixo na mulher, notando com bastante calma sua beleza sem sequer disfarçar que a encarava. - Não é sempre que achamos uma rosa do deserto não é Rango? - comentava com meu irmão após ouvir tudo o que Nephthy falava, claramente um gracejo inesperado, mas ainda sim não hesitava de realizar o comentário. - É um prazer conhecê-la Nep! Meu nome é Às Volkerbäll, esse é meu irmão Rango. Somos caçadores de recompensa. - diria e para provar, pegaria a cabeça de Ras, para mostrar a eles. - Prazer conhecê-lo também Galahand. - a boa educação não poderia ser perdida mesmo naquela situação. - Zakiyah fugiu para leste, mas meu irmão já está em seu encalço, para dizer a verdade estávamos indo para lá agora. - falaria sem muitos subterfúgios. - Eu até perguntaria se você é comprometida, mas como temos trabalho a fazer eu vou perguntar se você não se importa de nos dar uma montaria para irmos até leste. - me levantaria, carregando o fragmento em uma das mãos antes de dá-lo para Rango, apenas para que pudesse desfazer a faixa de tecido que havia amarrado em minha cintura, entrelaçando a seda para que pudesse guardar o livro e amarrá-lo a minha cintura. - Se importa de levar o que sobrou do nosso amigo aqui? - diria ao coiote, antes de esperar uma decisão de Nephthy.

Se a princesa ajudasse, subiria em seu cavalo e seguiria rumo a leste até encontrar Akir, do contrário caso pudesse seguir mas sem ajuda, seria com o pato selvagem. Mas ainda sim seria necessário uma posição afirmativa da princesa e caso ela recusasse, permaneceria no local, aguardando o retorno de Akira. - A propósito, pode me explicar a relação de Zakiyah com a família real? Quando a questionei ela tentou me dar um tiro…ou dar um tiro em si própria…ela não me parece bater bem das ideias. - diria, caso permanecesse no local da batalha.













Histórico:






_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Z0zQdpF

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 ZaT0xpq
Yami
Imagem :
Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 Giphy
Créditos :
25
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 6 - Sands and Tears Sab Set 10, 2022 6:59 pm

Sands and Tears
- Falas | ~ Pensamentos



Havia sido ágil o bastante para identificar os traços por onde as meninas haviam ido, apesar de saber que o tempo que havia sido levado para nos livrarmos de Ras poderia ter sido o bastante para Ísis ter sofrido um bocado nas mãos de Zakiyah. O voo havia sido realmente uma bênção para conseguir englobar uma enorme área em pouco tempo, quase como um scanner por toda a areia do deserto. Quando enfim me deparei com a cena, confesso que fiquei surpreso, apesar de já ter vislumbrado, de forma superficial, as capacidades ofensivas da mulher. — Quem diria, nem precisei sujar as mãos de novo. — Comentava, enquanto transmutar-me-ia novamente para a forma humanóide, me deixando mais confortável. — O que está feito, está feito. Vamos retornar, o que acha? Às ficou extremamente preocupada. — Me aproximaria do corpo, colocando a mão em seu pescoço, como um reflexo médico para determinar o horário do óbito e se, de fato, havia falecido mesmo.

Com a morte confirmada, pegaria o corpo da mulher e a botaria debaixo do braço, percebendo que não havíamos nos afastado tanto assim. — Prefere ir voando? Sinceramente, gostaria de ficar nessa forma um pouco mais… Ficar voltando pra forma flamejante me causa crise de identidade ainda. — Comentava, satisfeito em caminhar o caminho todo de volta pra não precisar ficar voando e dependendo daquela maldição que havia retirado minha bênção marítima. Assim, caminharia lado a lado de Ísis, ainda levemente surpreso pelas suas capacidades, enquanto carregava sua sequestradora em meus braços. Talvez pudesse valer alguma recompensa, ou ser útil para provar a sua derrota para alguém.

No caminho, tentaria botar o papo em dia, principalmente vendo como estaria a revolucionária e descobrindo sobre o que aconteceu na época que fiquei afastado. Além disso, diria que me encontrei com os subalternos do irmão dela, frisando que não havia tido necessidade de um combate com ele, graças à ajuda de um homem-peixe. Imaginaria que não demoraria tanto para chegar, o que faria a conversa ser breve, mas importante para me situar sobre as novidades. Próximo de chegar, identificaria a presença de outras pessoas nas redondezas, além de meus irmãos, mas por não haver um conflito imediato, me aproximava sem muito receio. — Sua nova amiga, irmã? — Diria para Às ao olhar a mulher que exalava um ar de nobreza logo em sua frente.

Jogaria o corpo de Zakiyah no chão, próximo do corpo de Ras, para que comprovassem a sua derrota. — Bem, não precisaremos nos preocupar mais com isso. Acho que isso faz com que terminemos oficialmente nosso trabalho aqui? — Diria para minha irmã, antes de retomar minha atenção para a outra mulher. — Ah, onde estão meus modos. Me chamo Akira! E agora com tudo resolvido, vou focar no que interessa: na grande festa que meus amigos estão planejando! Tá afim de ir? — Limparia a mão suja de sangue da revolucionária em minha bermuda, esticando a minha mão logo em seguida para cumprimentá-la. Caso algum dos guardas me reprimissem, eu ergueria as mãos, como se simbolizasse um sinal de paz. — Calma, calma, eu ia chamar vocês também. Todo mundo precisa relaxar de vez em quando, né? — Comentava com um largo sorriso, tentando demonstrar minha típica cordialidade.


  • Posts: 10
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Players/NPCs: Ras Alh Gul
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PDV: 91.180/91.180
STA: 2.120/2.200
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A

Força: 1500 +80 +440 +1000 +1000 +350 [Shigan] = 4.370 [Extravagante]
Destreza: 1685 +1000 = 2685 [Perito]
Acerto: 3670 +80 +440 +1200 +1155 Jujutsu = 6545 [Magnífico]
Reflexo: 188 +440 +1200 +1155 Jujutsu +350 [Kami-e] = 3333 [Perito]
Constituição: 1200 +80 = 1280 [Talentoso]

Agilidade: 4939 +350 [Soru/Geppou]
Oportunidade de Ataque: 3
Armadura: 0 +1000 +350 [Tekkai] +10% Força [Jujutsu]
Penetração: 0 +1000

Formas Zoans: Tori Tori no Mi - Model Phoenix:

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 V8upj2D

Hellhounds 6 - Sands and Tears - Página 2 YDNzcDa