Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Perpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 9:02 ampor  MakaRegistro de PhotoplayerHoje à(s) 5:40 ampor  RyomaRenHoje à(s) 5:30 ampor  Ryoma[Criações] - RenHoje à(s) 5:29 ampor  RyomaZaynHoje à(s) 5:26 ampor  RyomaAgatha HarknessHoje à(s) 5:20 ampor  RyomaAnnabelle Petit BarozziHoje à(s) 5:17 ampor  Ryoma''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  Ryoma[Criações] - ''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  RyomaJoe SinsHoje à(s) 5:01 ampor  Ryoma
Página 4 de 4 Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Hellhounds 3 - Fimbulwinter Ter Jan 18, 2022 7:59 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Hellhounds 3 - Fimbulwinter

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçador de recompensa Shiori Miyamoto, Sasha Sparks, Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll. A qual não possui narrador definido.

_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qui Jan 27, 2022 12:19 pm


Hellhounds



Sasha - Senshi - Yami

O fim do treino pode ter sido um pouco frustrante para algumas pessoas, como Sasha por exemplo, que contava com bastante energia para ser gasta ainda. De qualquer forma, algumas informações foram passadas por Akame e Edd, que falaram um pouco sobre o convite do Governo/Marinha e também as utilidades do Haki- Haki da observação é a melhora em sua percepção sendo bem básico, mas você pode sentir sentimentos, intenções e até mesmo prever o futuro, mas, isso requer muito treino para ser alcançado. – Falou o Sensei em resposta ao homem-peixe. Akame por outro lado focava sua atenção nas palavras das garotas selvagens e ela dava uma gargalhada após ouvir todo o falatório de Sasha – Por mais forte que você seja, existe uma hierarquia que deve ser seguida. Você teria que começar por baixo e alcançar cargos maiores com esforço. Mas, respondendo a você Shiori, o Governo pode proporcionar uma vasta gama de informações, desde as mínimas informações sobre procurados e até mesmo informações sobre Dungeons e itens místicos existentes pelo mundo. É realmente uma boa gama de recursos que podem ser obtidos ao estar dentro da organização. – Falou a mulher de maneira tranquila.

Enfim, o grupo permanecia por ali por mais alguns momentos, até que Akame parecia ter uma iluminação ou simplesmente lembrava de algo importante que deveria ser dito – Akira, preciso pedir um favor. – Bradou a mulher se aproximando do homem peixe – Não temos muitos tritões por aqui, estamos com um problema que envolve água. Você pode nos ajudar nisso? Basicamente você vai precisar mergulhar em um grande tanque e ajudar a identificar o problema pelo lado de dentro. – Perguntou a mulher de cabelos vermelhos. Não demorou muito para que o restante do pessoas se aproximasse, a pequena Iris partiu correndo em direção ao seu irmão vindo d mar, carregando um pequeno papel com um desenho bem semelhante a esse - Olha Akira! Desenhei a irmãzona. - Falou a pequena mostrando o desenho para o ruivo – Oh “dentuçu”. – Falou Rango um pouco longe, ele parecia bem melhor do que antes, mesmo que ainda estivesse enrolado por faixas – Tá “brabu” em? – Brincou o coiote logo após ouvir as palavras do seu irmão.

Por fim, o grupo permaneceu por ali envolto nas mais diversas interações. Akame não parecia aguardar uma resposta de Shiori naquele momento, já que foi a única a não recusar imediatamente o convite, ou seja, ainda tinha alguma esperança para a Capitã – O gelo eterno é encontrado às margens do lago Svetloyar, lá você vai encontrar algumas famílias antigas e eles são os responsáveis por recolher o Gelo Eterno. Aconteça cerca de uma vez por semana, isso é, quando a nevasca não impede a passagem dos trabalhadores. – Finalizou a marinheira respondendo a felina.


Volker

O processo envolvendo a caçadora continuava com maestria do lado de fora da sua mente, Sam colocava todo seu empenho e conhecimento para que tudo fosse realizado nos mínimos detalhes, algo que certamente proporcionaria um corpo único para Às. Já em sua mente a garota estava presa na completa escuridão, mas como pequenos vagalumes as memórias da sua família guiavam o seu caminho. Tudo aquilo foi responsável pela efetividade de todo processo de transformação, aquilo lhe deu forças para se manter firme e continuar aguentando, mesmo que seus ossos, músculos e órgãos estivessem sofrendo do lado de fora.

Quando voltou a si estava ainda imersa no líquido dentro daquela cápsula e ela queria sair, afinal, todo processo já tinha sido concluído – Espera aí! Vou abrir agora. – Gritou a garota pressionando o grande botão amarelo repetidas vezes, mas não tendo sucesso na abertura da cápsula. O desespero tomou conta da sua face, assim como do restante das pessoas naquela sala, que só conseguiram imaginar a morte da caçadora da maneira mais idiota possível. Porém, após mandar Iris se afastar, Volkerball então desferiu um potente soco que rompeu o vidro com facilidade, aquele era um dos benefícios do novo corpo? A caçadora recuperou seu corpo e caminhou em direção a pequena figura naquela sala, diferente de antes ela agora podia sentir o frio que entrava naquele laboratório, assim como a água gelada em que seus pés pisavam. A mulher pode sentir as lágrimas que escorriam pelas bochechas da pequena garota - Você.... você voltou! - Ela abraçou com força sua grande irmã.

As outras três pessoas na sala não conseguiram falar, apenas admirar a cena que acontecia diante dos seus olhos - Eles estão em uma base grandona! Estão bem... o Rango ficou meio mal, mas agora ele tá bem melhor que antes. - Respondeu a pequena em meio a soluços - É como Íris falou, eles estão em uma base da marinha. Noema trouxe uma capitã que ofereceu abrigo enquanto estivessem pela Ilha. Não é muito longe daqui! - Completou Mizuki se aproximando da caçadora, dando-lhe um abraço apertado – Fico feliz que tudo tenha dado certo, parabéns por resistir. – Falou Sam mantendo distância, ela parecia admirar ou talvez ver sua irmã em Às – Você ficou ainda mais bonita. – Completou a mulher com um sorriso no rosto, enquanto algumas lágrimas eram visíveis deslizando pelo seu rosto.


Histórico:


Legenda:



Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qui Jan 27, 2022 1:36 pm


Rainbow
Cat


Com tudo aquilo, foi possível ouvir um pouco mais sobre o Haki da observação, algo que por ser menos visual eu tive pouco contato e por consequência conhecia menos sobre, então foi até interessante ouvir um pouquinho, houve também a informação, havia um lago… E uma família… Uma semana - Você saberia como chegar lá, tipo… Instruções mesmo? Eu aposto que deve ser um recurso que a marinha usa, então eu poderia ir junto quando forem.- Insisti uma ultima vez, mas Sasha não gostava de muito doce, não desse tipo, então se fosse algo enrolado, eu só tacaria o foda-se e me viraria.

Com ou sem a resposta eu teria dito - Certo, certo Sasha vai ir comer agora, minha Shiori vem?- Esperei pela resposta, enquanto abaixei para ver melhor o desenho de ìris, se me fosse visível, onde comentei - Você tem talento pra isso, ficou bonito.- Eu teria feito um joinha, dizendo o que eu pensava, felizmente era um desenho legal, se não Sasha acabaria dizendo algo desagradável por instinto.

Vendo a minha Shiori me oferecer a sua mão, eu a teria olhado um pouquinho antes de pegar, sentindo novamente o sangue correr e o coração bater um pouquinho mais forte, entrelaçando os meus dedos junto aos de minha lobinha indo em direção ao refeitório junto a ela onde eu teria ficado super feliz com os beijinhos, me escorando e ficando bem pertinho, como uma boa gata deveria fazer.

Era provável que tivessem as coisas que marinheiros já comiam, mas me posicionaria de modo a colaborar para comer o que minha Shiori tivesse vontade de fazer pra nós duas, não achava que iam barrar a gente ou qualquer coisa porque a gente meio que ainda era interessante de agradar pra ficarmos por aqui. - Peixe sempre é muito bom! - Comentaria deixando o prato em uma das mãos apoiado enquanto chamei o Pack - Nimya mya Shiori ♥ meowth Pack mimyow ( Pack, a minha Shiori fez peixinho pra gente, vem comer) - Teria deixado um espaço para que ele pudesse descer e se apoiar de forma decente, onde com uma garra separei o que era a minha parte pra ir comendo.

- Ele tem estado mais dorminhoco, as vezes Sasha que o Pack dorme pela Sasha pra equilibrar o quão pouco Sasha tem dormido. Nyahahaha- Eu comentaria lembrando que as coisas tavam tão corridas que fazia muito tempo que não tirava pelo menos umas 12 a 18 horas pra sonecar um pouco por dia e talvez fosse por isso que Sasha não estava no seu ápice.

- Ta mesmo, se já não for ter a expedição de cara, Sasha quer ir dormir um pouco também depois de comer, mas pra isso Sasha precisa comer bastante! Sasha treinou bastante e consumiu muita energia.- E com isso, eu comeria sem muita cerimônia o que tivesse, fosse o que minha Shiori fizesse ou qualquer coisa que parecesse gostosa dando sopa pra gata afinal, quem tem limite é ilha. No fim, com a barriguinha cheia, eu provavelmente só teria puxado a minha cadeira pra deitar no colo de minha Shiori e cochilar por ali mesmo, onde sem preocupação eu só teria dormido de forma profunda, sobre a segurança de minha Shiori, mesmo que ela mexesse em mim eu não iria despertar provavelmente até quando o corpo não pedisse mais.

Histórico:














_________________



 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 WN4Utd7

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qui Jan 27, 2022 1:37 pm
Colors


Eu acabava dando de ombros com a informação que a mulher levantava, começar a seguir ordens não era comigo não.-Entendi.- Mas por hora mesmo que as técnicas secretas muito me interessam, essa desvantagem de ter de ficar seguindo ordens no miudinho não me agradavam tanto.

Então quando Iris mostrou o desenho apesar de não ser pra mim, eu parava pra dar aquela olhada também. E dava um sorrisinho pra ela comentando que havia achado.-Eu gostei, ficou muito bom!- e então quando Sasha me chamou estendi minha mão para ela pegar e caminharia com ela aceitando ir comer.-Vamos sim, to com um puta fome.- quando ela segurasse minha mão agarraria ela de lado sem soltar a mão, dando uma série de beijinhos no seu rosto.

Quando chegasse no refeitório iria ver o que tínhamos na geladeira, iria pegar frutas e fazer uma saladinha simples, cortando ela em pequenas fatias e misturando numa panelinha pra Sasha, e outra pra mim. Junto disso iria preparar um peixe pra a Sasha dividir com o Pack. Iria fazer ele frito de modo simples. Salgando ele bem aos poucos e provando para ver o sabor.

Quando o peixe estivesse completamente pronto, daria um sorriso mostrando ele pra Sasha.-O peixe é pra você e pro Pack. Pra vocês comerem bem!- e quando o Pack saisse da cabeça dela, iria fazer carinho no bichinho, brincando um pouco com ele, passando a mão na barriguinha do bichinho e dando um abraço, tava com saudade de um momento leve com o gatinho.

E o comentário da Sasha fazia sentido, quer dizer… Não realmente, o gato não compensava o quanto ela dorme. Mas certamente dormimos pouco nesses últimos tempos.-Ele aproveita o tempo dele pra o soninho!! Ele ta certo, tem de descansar o quanto dá Kyehehe- e iria começar a comer minha saladinha de fruta, que iria ser uma boa forma de me livrar da fome.

E eu concordava com a ideia de dormir depois disso, até por que era a melhor forma de me preparar para a próxima expedição maluca.-Eu preciso dormir também, pra evitar tá cansada na próxima expedição atrás do gelo diferente lá.- falei quando ia terminando minha saladinha, enquanto tranquilamente me recostava na cadeira. Era bom demais esse tempo após caçada.

Então tendo terminado, iria preparar omelete, com um pouco de queijo, fazendo três pequenos omeletes grandes com queijo ralado de recheio, iria preparar eles sem muito frufru, apenas ao mais simples, e por fim, deixar algumas batatinhas que cortadas, fazendo algumas chips pra mim e pra Sasha. Pra terminar de forrar a barriga. Terminando tudo, pegaria a Sasha já cochilando nas costas e levaria ela pro quarto, onde deitaria ela me aconchegando junto, envolvendo ela com minha cauda felpuda.



Historico:

_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 YHVeK1M

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 VYrwji0
Às
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qui Jan 27, 2022 5:22 pm



»» Fimbulwinter ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Era como retomar tudo em um estalar de dedos, não apenas a união do corpo físico ao sintético, mas a completa compreensão entre tais elementos junto a minha mente, afastava-me da escuridão da incerteza e me colocava de volta a realidade. Através do olhar não mais enxergava rostos desconhecidos, não mais sentia as dúvidas e dilemas que haviam me perseguido até os instantes daquela luta, trazia outra vez ao meu alcance o que me era importante e tal como o soco que havia dado para romper o vidro, marcava não apenas um novo começo para mim, mas aos meus irmãos a possibilidade de terem a mim por completo. Podia respirar a liberdade daquela clausura, podia enxergar com clareza e ouvir com certa doçura a voz daquela menina que tanto estimava, tudo parecia mais vívido, mas nenhum desses elementos era tão impactante quanto a percepção do tato.

Livre, podia sentir a água correr por entre meus dedos e meu corpo conforme movia dos dedos dos pés, sentindo o chão e sua textura firme. O vento frio do laboratório batia em meus braços e mesmo sem uma pele, sentia a sensação do arrepio percorrer-me. Santina havia conseguido afinal, mas restava o último dos detalhes, no toque ao rosto de Íris, sentia minha noção de espaço, minha destreza em agir na mais simples delicadeza, o toque em pele macia e o contraste com a lágrima quente, as palavras dela poderiam ser suficientes para me trazer plena felicidade e alívio por vê-la bem, mas somente com o retorno do tato pude sentir o momento por completo, abraçando-a com sutileza, enchendo minhas mãos com seus cabelos. Poderia permanecer naquele momento por horas se fosse necessário, mas em frente ao inevitável término, o guardava eternamente em minha memória. - Eu te amo tanto! Tanto, tanto, tanto!! - a apertava sutilmente e então me levantava, levando-a comigo em meus braços, enquanto ela me respondia aos soluços.

Que bom que estão todos bem! - respondia, com os olhos a encherem de lágrimas, lágrimas de felicidade e de alívio. - Fico feliz que estejam bem, especialmente depois de tudo o que aconteceu. - suspirava, mas logo abria um sorriso para abraçar Mizuki e depois Luna. - Senti falta de vocês! - comentava com o trio, mantendo a pequena em meus braços até ouvir a voz de Sam. De costas para a mulher, permanecia em silêncio por um tempo, respirando o ar profundamente. - Não é um sonho mesmo. - pensava, desta vez sem amarguras ou receios. - Creio que eu não tenha resistido sozinha. - virava-me de maneira sutil, a observando de soslaio por alguns segundos com um sorriso doce no rosto antes de deixar Íris no chão. - Quem merece de fato os parabéns é você! - viraria na direção da mulher, caminhando lentamente até ela, exibindo o corpo por ela produzido. - Tenho certeza de que a beleza dessas partes também é um reflexo do carinho e da paixão de quem as produziu. - sorri, levando minha mão até o rosto dela para secar-lhe as lágrimas. - Minha dívida com você é eterna Sam! - brincava, mas na brincadeira traria uma real sinceridade.

Se eu tivesse permanecido sem minhas memórias, eu não saberia como retribuir o favor. Porém, não acho que essa vida nos colocou uma no caminho da outra por acaso desde Kephar Nicos. - esboçava carinho na voz, mas um tom de seriedade em minha face. - O seu trabalho pode e deve ajudar mais pessoas como eu ou mesmo o Tommy, mas você vai precisar de mais páginas. - apontaria para o livro de minha mãe, ou pelo menos aos fragmentos que ela possuía. - Por isso eu quero te fazer uma proposta… - geraria uma expectativa, antes de dizer. - …como eu não entendo nada disso, o que acha de você me ajudar a manter e melhorar esse corpo e em troca, eu coleto os fragmentos do livro?! - esticaria a mão, para firmar um acordo. - O livro poderá estar em posse de muitos revolucionários que não irão abrir mão dele para você, ou mesmo nas mãos daqueles que não o usam para algo bom. Não se preocupe mais em se colocar em risco atrás deles, deixe isso comigo. - caso questionada a respeito de tudo aquilo, lhe diria com um sorriso no rosto e da maneira mais sincera possível. - Você não é o tipo de pessoa para quem minha mãe escreveu o livro. Ele não “pode” ser seu, ele “merece” ser seu! - e se ainda não houvesse uma afirmação, brincaria com Sam. - Ou se quiser podemos jantar, eu não sei se a sua agenda está cheia, você tem algum namorado?!

Gargalharia deixando minha risada invadir aquele local, até notar o óbvio. - Ah merda, tá um frio da porra! - esfregava minhas mãos. - Vou precisar de roupas novas também, até mesmo uma para proteger as partes mecânicas das vistas de curiosos. - diria, observando todos no local.

















Histórico:






_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 Z0zQdpF

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qui Jan 27, 2022 5:26 pm

Hellhounds 2
- Falas | ~ Pensamentos



A explicação sobre o Haki, ao ser pronunciada com detalhamento, era como escutar um diagnóstico preciso para uma doença que você possuía e sentia na pele todos os sintomas. A cada palavra dita, eu fazia um checklist em minha cabeça e confirmava que o que estava acontecendo era, de fato, aquela peculiar habilidade. — Bem, seria legal prever o futuro. Poderia ganhar todas as partidas de truco com Rango e nosso velho quando voltarmos para Sorbet, GHYAHAHAHAHA! — Dizia animado, apesar de não pelos motivos corretos. Entretanto, estaria mentindo dissesse que não estava imaginando as complicações e extensões daquele novo poder latente.

Sendo surpreendido com um pedido de favor por parte de Akame, escutaria com atenção enquanto imaginava o que exatamente precisava ser feito. — Ah, claro, sem problemas! Mas talvez seja hora de vocês reverem a política de aceitarem tritões na Marinha e no Governo Mundial. — Dizia de uma maneira levemente provocativa, pois apesar de termos sido convidados para a organização há pouco tempo, tinha a certeza que aquele convite não me incluía da mesma maneira que minhas irmãs. De qualquer maneira, não guardava mágoas, eles tinham seus motivos e até o momento não haviam sido desrespeitosos comigo ou com minhas irmãs, então me sentia bem em auxiliá-los com minhas capacidades.

O que derretia meu coração, entretanto, era o desenho de Íris, que com toda a certeza estava morrendo de saudades de Às. Eu a abraçaria, pegando seu desenho e erguendo-o no ar como se fosse a coisa mais preciosa daquela ilha. — Isso ficou INCRÍVEL!!! Vamos mostrar pra Às assim que eu ajudar o pessoal, fechado? E aí poderemos todos nos reunir de novo e festejar mais uma vez! — Diria enquanto sacudia-a no ar. Aquele momento, inclusive, me recordava da necessidade de lhe dar mais um pouco de seu remédio, pedindo que Sasha e Shiori a levassem junto para comer e descansar. — Vou apenas ajudar Akame-kun e depois dar uma olhada na Às. Nos encontramos depois? — Diria para todos, exceto para Rango, no qual esperava que fosse comigo. — Vamos, Sarnento, talvez possa precisar de umas patas extras.

Após as breves despedidas, acabaria seguindo até as instalações indicadas por Akame. Apesar da exaustão e das leves dores no corpo, estava contente de como as coisas estavam indo. No caminho, acabaria gastando o tempo para puxar assunto com meu irmão. — Até agora você não me disse exatamente o que aconteceu lá. Akame havia dito que te encontrou com diversos corpos ao seu redor e com você quase desmaiado. Se acha que eu fui “brabu” hoje, não deve ter se olhado no espelho ainda. — Riria, encorajando e tentando superar o terror que havíamos enfrentado por lá. Por fim, chegando até o local informado por Akame, daria uma boa olhada no cilindro de água, já tirando minhas roupas para ficar com minha bermuda de praia. — Muito bem, o que exatamente preciso fazer? — Comentava, já com pressa para não morrer congelado ali.



  • Posts: 10
  • Ganhos: Kenbunshoku no Haki, Shigan (Post 4), Tekkai (Post 5)
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 72.500.000 - Rank C
  • Posts Desvantagem: 7/20
  • Players/NPCs:
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 33930
STA: 800

Força: 1000 +80 +480 +500 = 2060 [Perito]
Destreza: 1030 [Talentoso]
Acerto: 2655 +80 +480 = 3215 [Perito] +5%
Reflexo: 0 +320 = 320 [Regular]
Constituição: 400 +80 = 480 [Hábil]

Agilidade: 1768
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 500
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.






_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 V8upj2D

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 YDNzcDa
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Sex Jan 28, 2022 8:12 pm


Hellhounds



Sasha - Senshi - Yami

Os caçadores conseguiram algumas informações importantes sobre Haki e algumas variações, aquilo era algo que podia facilitar um pouco o futuro daquele trio. De qualquer modo, Sasha continuava a perguntar algumas coisas a Akame sobre o Gelo Eterno, finalmente ela parecia entender o que a felina estava querendo – Sim, você está um certa em partes.... posso ver quando será a próxima ida e liberar seu acesso para ir junto, tudo bem? – Respondeu a mulher tentando ser o mais “acessível” possível, provavelmente esperando o “sim” da Loba. A dupla selvagem logo partiu para comer, inclusive com a presença especial do pequeno gatinho, que aproveitou para comer também. Não demorou para que tudo estivesse finalizado e a dupla só restasse o descanso necessário. Antes disso, foi possível ver uma pequena sacola recheada de dinheiro, provavelmente sendo o valor da recompensa da criminosa morta por Sasha.

Iris recebeu elogios de todos os irmãos, sendo o último o próprio Akira que falou animadamente sobre encontrar e mostrá-lo a Volkerball. Sua resposta pareceu deixar a Capitã bastante aliviada – Certo... Bom, você tem razão. Infelizmente algumas pessoas ainda não conseguem ver a raça dos homens-peixe como algo “comum”. Mas isso é algo que algumas pessoas estão lutando para mudar. – Respondeu a mulher. Por fim, Akira e seu irmão coiote partiram rumo ao local que a marinheira mostrava, eles passaram pela pequena ponte de pedras e seguiram percorrendo toda a extensão da base da marinha e os seus anexos, vendo um alto fluxo de marinheiros no interior da fortaleza. Akira pode perceber alguns olhos curiosos sobre sua espécie – provavelmente – e também olhares de reprovação. Não demorou mais que alguns minutos para que eles chegassem a uma estrutura grande e bem construída, poucas janelas por toda sua extensão e aquilo mais parecia uma torre feita de rochas de proporções exacerbadas.

O interior do lugar era grande e tubos metálicos estavam espalhados por todos os lados, parecia mais um emaranhado daqueles itens que saíam por locais diferentes. Um grande tanque estava preso ao solo e parecia que estava imerso no próprio solo – Senhor Trygg, trouxe a ajuda que você precisava. – Falou Akame logo após entrar no lugar, chamando a atenção de um pequeno homem de cabelos grisalhos, barba rala e corpo esguio – Oooooooh! Querida Akame! Sabia que você iria conseguir me ajudar. – Falou o homem voltando sua atenção para o trio que acabou de chegar, deixando algumas ferramentas que estava usando para desenroscar uma porca de um dos tubos – UM HOMEM-PEIXE? ISSO É PERFEITO! – Gritou o homem caminhando em passos curtos e rápidos na direção de Akira – Finalmente poderemos usar a água quente, sem que eu precise ficar aqui ajeitando tudo depois. – Comentou no meio do caminho – Filho, como é seu nome? Então, preciso que você mergulhe nesse tanque e alcance o fundo dele, procure por uma válvula que nem essa aqui. – Ele pegou de uma das mesas uma pequena válvula branca – Lá embaixo você vai desenroscar, basta só girar certo? Ai você coloca ela e pronto! Seu trabalho está pronto e você salvará as costas cansadas de um velho homem. – Comentou dando uma gargalhada logo em seguida

Akira podia ver uma escada metálica logo ao lado do tanque, vendo que não teria trabalho para alcançar o topo do lugar.

OBS: Yami, pode usar o NPC para aprender a proficiência física.


Volker

Às tinha recuperado todas as suas memórias e agora contava também com um novo corpo, algo realmente único e feito com muito cuidado. A interação da jovem com sua família era algo lindo de se ver, principalmente com a pequena Iris, que continuava emocionava com sua irmãzona completamente recuperada - Eu que te amo! - Respondeu a garota ainda emocionada com toda situação. As palavras da caçadora ecoavam pelo lugar - Bom que você voltou Às! - Falou Mizuki com um sorriso em seu rosto. A mulher robô ouvia as palavras daquela responsável por tudo aquilo e logo voltava sua atenção para a mulher, que ouvia as palavras da ciborgue mantendo um largo sorriso estampado em sua face – Não precisa de tanto! – Falou um tanto quanto sem jeito, enquanto enxugava as lágrimas que deslizavam pelo seu rosto.

Volkerball então continuou falando com a garota, mostrando toda a gratidão que tinha por Santina. A cientista foi pega de surpresa pela proposta da mulher, parecia realmente não esperar que ela ajudaria a buscar por todas as peças daquele livro, algo que para Sam, podia mudar e muito como o mundo funcionava, levando a ajuda necessária para aqueles que precisavam, melhorando a qualidade de suas vidas. Ela não conseguiu responder inicialmente, mantendo seu olhar as palavras e a mão esticada da caçadora, esperando ela para firmar aquele contrato – Sim! Pode contar comigo com todo o necessário para melhorar seu corpo, já estava querendo ficar por perto para ver como tudo iria funcionar e evitar possíveis problemas. – Falou a garota apertando com firmeza a mão de As, sem antes ouvir sua brincadeira – Minha agenda está completamente vazia no momento! Não tenho forças para nada, preciso hibernar por alguns dias. – Completou a garota gargalhando logo em seguida.

Enfim, o clima estava bem melhor do que antes e a caçadora continuou a falar, agora sobre algumas necessidades básicas – Espere! Tenho algo que vai servir por enquanto. – Disse Sam partindo em direção ao andar superior, não demorando para voltar com um casaco de pele de búfalo da nevasca – Está um pouco empoeirado, mas nada que uma sacudida não ajude Tenho algumas roupas minhas que devem servir em você, se quiser, pode dar uma olhada depois. – Finalizou a mulher entregando o casaco para Sam - Fiz algo enquanto pensava em você… - Falou Iris mostrando o desenho feito por ela.


Histórico:


Legenda:





Última edição por Formiga em Sab Jan 29, 2022 11:56 am, editado 1 vez(es)
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Sex Jan 28, 2022 8:47 pm

Hellhounds 2
- Falas | ~ Pensamentos



Os olhares de desaprovação para minha direção eram tão comuns quanto o ar ou a água que eu respirava. Na verdade, poucas pessoas haviam lidado comigo muito bem antes mesmo de me conhecer, e hoje em dia os chamo de irmãos. Claro que muitos davam o braço a torcer após ver minha animação e alegria contagiante, mas poucos davam abertura para que isso fosse possível. Por isso, acabava avançando sem muita preocupação, ao menos satisfeito por saber que algumas pessoas ali não eram assim e aparentemente estavam lutando para mudar isso por dentro.

Chegando ao lugar, acabava ficando distraído com os arredores, completamente confuso com tudo o que havia ali dentro. — E pra que serve esses tubos? Pra tomar um banho quentinho? — Comentava, visto que seria bem útil naquela ilha completamente congelada. A reação do senhor, entretanto, era peculiar, devendo ser acrescentado no grupo de pessoas que reagiam bem ao saber que eu era um tritão, mas eu duvidava que o chamaria de irmão depois de um tempo. — Me chamo Akira e esse é meu irmão Rango. — Diria, introduzindo o sarnento que também me acompanhava. Ao ser introduzido para a tarefa, acabava por perceber quão fácil ela seria, já tirando a camisa para me preparar. — Isso é moleza, consito fazer até com os dentes!! — Diria mostrando a arcada dentária de múltiplos dentes pontiagudos.

~ Aprendizado de Proficiência - Física ~

INÍCIO

A entrada no tanque era simples, e a água era mais quente do que eu estava acostumado a lidar. Com as instruções, acabava submergindo para tatear o fundo, onde buscaria a tal válvula que me havia sido solicitada. No caminho, sentia na pele o fluxo de água que gerava borbulhas, que dava uma sensação engraçada na pele. Como havia dito, não seria uma tarefa fácil, afinal viver na água era mais simples do que viver em terra, na minha opinião. A água se movia de uma maneira diferente após o movimento da válvula, rotacionando numa pequena espécie de redemoinho de menor potencial ofensivo, me obrigando a estabilizar meu centro de gravidade para não sair girando.

Emergindo novamente, acabava por olhar o velhote de lá de cima, com o cabelo todo molhado. — O que exatamente aconteceu ali, moço? A água borbulhou, esquentou e depois começou a rotacionar. — O senhor Trygg ria e, de forma rasa, acabava explicando alguns fundamentos físicos sobre termodinâmica e aceleração de partículas. Como um ser completamente leigo no assunto, o taxava de louco naquele momento, mas confessava que a água quente me davam algumas ideias meio bizonhas na minha cabeça. — Acha que poderia me ensinar sobre? Nunca vi a água se comportando dessa maneira, e acho que isso envolve muito sobre o que eu gostaria de aprender.

Com uma resposta positiva, acabava saindo do tanque para me aproximar do senhor Trygg, que começava a reunir alguns materiais de estudo e livros de base, o que me fazia revirar os olhos. Utilizando do tanque como boa parte do exemplo prático, ele acabava por explicar sobre as vibrações das partículas de água, que permitiam o aquecimento da mesma mesmo sem a existência de um fogo. A termodinâmica acabava nascendo naquele momento em minha mente e, com o passar das explicações sobre o assunto, ela começava a engatinhar para algo mais complexo.

Claro que não pararia por aí. A física envolvia muito mais coisa, como dizia Trygg, que deixava claro que a física nada mais era do que uma observação fria da natureza ao nosso redor. Desde o fato de eu ser capaz de andar e até mesmo o motivo de meus socos causarem danos, poderiam ser explicados por meros conceitos teóricos. Tanto Trygg como eu acabávamos abolindo a ideia de seguir fórmulas matemáticas para o aprendizado, uma vez que seria simplesmente uma questão de decorá-las, sem aprendê-las devidamente. Trygg me ensinava a pensar, não de repetir o que grandes pesquisadores haviam escrito em livros.

Algumas horas seriam gastas ali dentro e, por incrível que parecesse, Rango parecia querer acompanhar os estudos também. Até mesmo suas armas eram objeto de estudo, como sendo explicado como um projétil conseguia causar tanto estrago. “O perigo está na velocidade, não em sua massa”, dizia Frygg ao introduzir sobre os conceitos de aceleração.

Naquele momento, a física que era inexistente em minha mente agora era uma figura formada, bem estruturada e me permitia enxergar o mundo com uma perspectiva completamente diferente. E não se tratava meramente do uso do Haki da Observação, mas sim de analisar com mais cautela tudo o que me rodeava, e as capacidades infinitas que eu possuía caso eu conseguisse moldá-las ao meu favor.

~ Aprendizado de Proficiência - Física ~

FIM

Com a cabeça tão quente quanto o tanque de água, acabava determinando que era hora de parar por ali antes que as informações parassem de fazer sentido. — Aliás, teriam alguma garrafa de água para levar? É difícil achar água por aqui que não esteja congelando. — Dizia para afastar a sede, mas percebia o quão útil poderia ser carregar um cantil comigo para onde eu fosse. Caso me fosse entregue, daria um belo gole antes de botar em meus pertences, se me fosse permitido, é claro. — Bem, e acho que já prolonguei bastante o meu reencontro com Às… Confesso que estava receoso e talvez evitando de ir vê-la logo para não me decepcionar, mas acho que já chegou a hora. — Olharia para Rango, como se tentasse buscar forças para dar o primeiro passo na direção de onde ela estava.

Com Akame me dando os detalhes para onde ela estava, informando inclusive que Íris e Mizuki haviam se dirigido para lá, não perderia mais tempo. Colocando de volta minhas roupas aquecidas, correria em direção de onde havia me sido indicado, com o coração já pulando pela garganta pelo nervosismo. E se ela não me reconhecesse ainda? E se o corpo dela tivesse rejeitado os implantes e ela fosse obrigada a viver como um cotoco? Não… Não era hora para hesitar. Se ela não me reconhecesse, eu a faria se lembrar, ou, no pior dos casos, passaria toda a nossa história de novo para que retornássemos como uma família novamente. E não haveria ferimento que não pudesse ser curado enquanto eu ainda estivesse vivo! Poderiam ser anos de estudo, mas eu encontraria um jeito de recuperá-la, custe o que custar.

Com o corpo ainda hesitante de avançar pela porta onde ela estava, respirava fundo antes de receber o apoio de meu irmão, que me dava a coragem necessária para avançar e enfrentar seja lá o que fosse acontecer. — ...Às? Eu voltei.



  • Posts: 11
  • Ganhos: Kenbunshoku no Haki, Shigan (Post 4), Tekkai (Post 5), Proficiência Física (Post 11), Garrafa de Água (Post 11)
  • Perdas:
  • Contagem Caçador: B$ 72.500.000 - Rank C
  • Posts Desvantagem: 8/20
  • Players/NPCs:
  • Localização: Pyatidrov - 6ª Rota - Grand Line



PdV: 33930
STA: 800

Força: 1000 +80 +480 +500 = 2060 [Perito]
Destreza: 1030 [Talentoso]
Acerto: 2655 +80 +480 = 3215 [Perito] +5%
Reflexo: 0 +320 = 320 [Regular]
Constituição: 400 +80 = 480 [Hábil]

Agilidade: 1768
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 500
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.




_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 V8upj2D

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 PqslDr4
Créditos : 38
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Sex Jan 28, 2022 10:43 pm



»» Fimbulwinter ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Bom estar de volta! - respondia a Mizuki, olhando em seus olhos com profunda saudade de poder estar novamente compartilhando de momentos com ela e todos os demais, mas não era apenas a vivência de novos momentos que se fazia aquele instante, com Sam as coisas eram diferentes, não era meramente uma questão de acaso ou destino e talvez nem coubesse a mim definir uma razão, mas apenas aceitar que por alguma razão a mulher persistentemente era posta em meu caminho. - Precisa sim! - respondia-lhe com sinceridade, lembrando-me da primeira vez em que nos falamos e especialmente no quão receosa e agressiva eu havia sido para com ela, demonstrando o quanto eu havia sido injusta e mesquinha na ocasião e também o quanto eu necessitava de reparar meus erros e quitar uma dívida em que claramente eu estava afundada, apesar de considerar que a mulher nunca tentaria me cobrar ou jogar-me na cara sua importância para minha sobrevivência.

Sua surpresa ao ouvir-me falar sobre a parceria era visível e até mesmo engraçada, ainda que tomada pela emoção da ocasião, a mulher pareceu hesitar por uns instantes, mas logo concordava. A julgar por suas palavras, talvez esperasse que o convite partisse dela, uma vez que seria interessante se manter próxima de mim para realizar estudos e reparos no corpo mecânico sempre que necessário. - Parece que temos um acordo então…. - franzia o cenho, gesticulando com a mão livre em negação. - …acordo não, temos uma parceria! - abria um largo sorriso, antes de gargalhar com a resposta dela a minha brincadeira. - Kihaahahaha! Guarda a hibernação para depois do jantar então. - mantinha o tom de brincadeira, antes de questionar a todos a respeito de roupas, uma vez que bem, por mais que gostasse do frio, ainda tinha muitos limites, especialmente estando molhada.

Sam se prontificou a buscar roupas quentes, retornando na mesma velocidade em que havia partido, com um casaco de búfalo da nevasca. - Não se preocupe com a poeira, por hora ele vai me servir muito bem! - agradecia, colocando o casaco e fechando-o bem apertado para que pudesse sentir-me devidamente aquecida. - Eu posso ver se encontro algo… - estava respondendo a Sam sobre procurar em seu guarda roupas algo que me servisse, quando Íris me interrompia, mostrando-me algo que ela havia feito para mim. - O que você fez? - respondia a menina com atenção, curiosa com o pedaço de papel que ela segurava, até observar o desenho que ela havia feito. - Essa sou eu? - questionava a menina, observando o desenho por algum tempo. - Óbvio que sou eu né, bonita desse jeito! - brincava, antes de voltar a olhar para Sam. - Conhece alguém que saiba corte e costura? - viraria o desenho da pequena para ela. - Porque acho que já sei o tipo de roupa que eu quero. - sorri, dobrando o papel e o colocando no bolso do casaco. - Eu adorei o desenho! - abraçaria a pequena, carregando-a comigo até onde Sam me levasse para encontrar roupas novas, lá eu poderia escolher uma que me servisse bem, antes de retornar com todos para a sala da residência, onde podia ouvir uma voz familiar.
















Histórico:






_________________

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 Z0zQdpF

 Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 ZaT0xpq
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem :  Hellhounds 3 - Fimbulwinter - Página 4 OFj4cNo
Créditos : 45
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t1194-aizawa-mikagi#11079 https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Hellhounds 3 - Fimbulwinter Qua Fev 02, 2022 6:42 pm
Mando o POST a noite amigos


INFORMAÇÕES BÁSICAS

Aventura: HELLHOUNDS 3 - FIMBULWINTER
Participantes:Sasha, Shiori, Às, Akira
Localização da Aventura:  Pyatridrov - Rota 06 - Grand Line

Shiori

GANHOS

● Rokushiki: Shigan - (POST 04) NEGADO – Esqueceram que era 1 rokushiki a cada 2 páginas...
● Rokushiki: Tekkai - (POST 05) OK
● Dor no Ombro Direito - 02/03 OK

PERDAS

● N/A

ALTERAÇÕES

● 90.675.000 (da ficha) + 11.125.000 (Post 10) = 101.800.000 B$ OK

RELAÇÕES

● N/A

EXPERIÊNCIA

Experiência: 330
Experiência Rokushiki: 290


Sasha

GANHOS

● Rokushiki: Shigan - (POST 04) NEGADO – Esqueceram que era 1 rokushiki a cada 2 páginas...
● Rokushiki: Geppou - (POST 05) OK
● Dor na Região do Abdômen - 02/04 OK


PERDAS

● N/A

ALTERAÇÕES

● N/A

RELAÇÕES

● N/A

EXPERIÊNCIA

Experiência: 330
Experiência Rokushiki: 290
Experiência Haki do Armamento: 290


Akira

GANHOS

● Rokushiki: Shigan - (POST 04) NEGADO – Esqueceram que era 1 rokushiki a cada 2 páginas...
● Rokushiki: Tekkai - (POST 05) OK
● Haki da Observação - Despertado após os acontecimentos da última aventura, sendo desenvolvido o despertar ao longo de toda a aventura, e não em um post específico. OK
● Proficiência Física - (POST 11) OK
● Garrafa de Água 1U (09/10) - (POST 11) - Irá ganhar no último POST da aventura. OK
● Dor na região da costela direita - 03/04 NEGADO – post 8 foi a contagem 1... com o post 11 já passou os 4, começa a próxima zerado
● Dor no maxilar - 02/03 NEGADO – com o último post já zerou

PERDAS

● N/A

ALTERAÇÕES

● Se o Yami quiser mover/excluir o Holliday já que este não é mais Player (inclusive está na mesma ficha como NPC companheiro), não tem problema

RELAÇÕES

● N/A

EXPERIÊNCIA

Experiência: 358
Experiência Rokushiki: 316
Experiência Haki da Observação: 316


Às

GANHOS

● Rokushiki: Kami-E - (POST 4) OK
● Rokushiki: Soru - (POST 05) NEGADO – Esqueceram que era 1 rokushiki a cada 2 páginas...
● Casaco de Pele de Búfalo 0.5U (POST 10) OK
● Qualidade Patrono OK ALTERADO PELO BJARKE, EXPLICAÇÃO NO FINAL
Patrona:

PERDAS

● N/A

ALTERAÇÕES

●  

RELAÇÕES

● N/A

EXPERIÊNCIA

Experiência: 358
Experiência Rokushiki: 316

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): Formiga (11 Posts) – 5 Créditos

Narrador:

Jogadores:
Alteração no Patrono: