Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
45
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Qui 16 Jun 2022, 23:16
Relembrando a primeira mensagem :



Hellhounds 5.5 - Evolution Arc


[ Caçadores de recompensa]Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll

não possui narrador definido.
Aberta

_________________



Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 9g2joTh


Blindao
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZDZLMTU
Créditos :
77
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Qui 14 Jul 2022, 22:33

Narração
Aventura


Enquanto Akira tentava aliviar o estresse e a raiva com uma comida tradicional de Rainbase, cujo o custo era míseros 10.000 berrys, Às por sua vez também chegava a conclusão que fazer um desjejum seria benéfico. Após trocar suas roupas por alguns tecidos coloridos com proposito de camuflar suas partes robóticas, a caçadora perguntava sobre o que havia de especial para matar sua fome. – Olá jovem, estes são escorpiões a milanesa. Uma especiaria de nossos reino. A vendedora da barraca diria mostrando os escorpiões fritos.

Talvez Às ficasse na duvida em provar, mas Akira já estaria com alguns dentro da boca. Talvez fosse pela raiva ou estresse elevado, se quer havia notado o que em si estava comendo. De qualquer forma, a especiaria era até bastante gostoso. Semelhante a uma coxinha de frango, só que com um pouco mais de crocância.

Após pedir a bebida, os espetinhos de Escorpião e as vestimentas, o total seria por volta de 27.000 berris. Um valor bastante justo para saciar sua fome e sede, visto o local que estavam e o somatório de dinheiro que carregavam.

Quando Às notou a presença daquele homem em meio aos turistas, desconfiado de suas roupas e atitude, Volkerball indagava para Akira analisar melhor a presença daquele ser. Logo então, Shimizu notaria que não se tratava de um homem, mas sim uma mulher. A cor de sua aura era possível notar uma sutil gentileza e ao mesmo tempo uma enorme preocupação.

Durante o tempo que Akira usufruiu de seu Haki da Observação, a mulher notava que havia sido descoberta. O tritão poderia notar que a mesma forma que havia descoberto ela, era usado nele, revelando que a estranha mulher também portava a compreensão sobre o Haki. Neste meio tempo, Às haveria abordada a misteriosa mulher.

Quando a mulher havia sido descoberta, e percebido quem estava lhe monitorando, ela enfim tirava o capuz e o manto que cobria todo seu corpo, deixando partes agora de seu belo corpo a vista. Seus cabelos eram sedosos e azulados da cor celeste. Seus olhos eram atraentes e cativavam os do sexo oposto; até mesmo do mesmo gênero. – Pensei que poderia permanecer por mais tempo anônima, mas pelo visto não há mais tempo. Ela diria com uma voz suave, mas carregando um grande fardo.

Akira estava junto de Laika devorando os espetinhos, quando a mulher de pele negra quase se engasgou ao notar quem estava por baixo dos panos. – Huh?! Í-Ísis??? Ela diria meio que tossindo com os olhos um pouco arregalado. – Só pode ser piada, né?! Laika esfregava os olhos achando que era miragem, mas logo então se deparando com a dura realidade.

Pela cabeça da mulher passou que o sumiço de um dos cabeças da organização de Rá era estranho, pois, ninguém sabia o paradeiro da mulher. Nem mesmo os outros principais. Nem mesmo espiões e mercenários haviam achado Ísis, mas a dupla de caçadores havia se deparado com ela. Laika então concluiu que só poderia ser destino, ou será que ela havia lhes encontrado por algum proposito? Afinal, era o acaso ou planejado?! Isso deixou a subalterna perplexa por alguns minutos.

Neste meio tempo, Às havia puxado assunto com Ísis sem saber de sua pessoa. – Sim, os dias em Alabasta são quentes, escaldantes, sofridos, porém felizes. Pelo menos assim houve uma época, agora o caos reina em sua maioria. A mulher diria de forma um tanto poética, olhando para o centro do chafariz enquanto os turistas seguiam sendo guiados, ficando só as duas em frente a fonte de água.

Ísis então ouvia as palavras de Volkerball e, achando que talvez fosse o dia de sua morte, permanecia um pouco confusa. – Como é? Não vieste aqui tomar minha cabeça? Ela expressava confusão em seu semblante. – Se não é do governo e nem da marinha, nem mesmo um espião, mercenário, então certamente não faz parte de Rá? Estou correta? Ela finalizava sua frase quase sentindo um alivio profundo.

Os olhos da bela mulher expressavam um fervoroso desejo cujo estava se extinguindo aos poucos, o que deixava a situação ainda mais confusa... principalmente para os caçadores que estavam agindo como pau mandado de Neftis.

Muitas perguntas surgiriam de Às, onde poderia notar que a mulher era diferente dos outros da organização que ela havia encontrado outrora. Entretanto, poucos minutos no dialogo para que Akira com seu estupendo Haki notasse algumas presenças ao topo das casas. Eram pessoas com vestes cobrindo seu rosto e corpo, mas para o tritão era notável as armas camufladas e as intenções assassinas.

Os homens armados até os dentes emanavam furtividade, mas de nada adiantava perante suas intenções hostis para com Haki da observação. Eles haviam cercado Ísis e Às, mas pareciam estar esperando alguma coisa, ou talvez algum sinal. Akira sem entender bem a situação, talvez entendesse que eles estavam lá para atacar sua valiosa irmã, porém, não seria este o caso. Estavam lá certamente para matar Ísis, que mostrava seu rosto as caras e seria impossível confundir seus inimigos.

A caçadora cibernética notaria a presença dos inimigos, pouco depois de Akira, mas não antes de fazer suas possíveis perguntas. Ísis teria as respostas, mas talvez não houvesse tempo para expô-las. Isso é claro se Akira não assegurasse a vida de Às, Ísis e os turistas e nativos que seriam arrastados pra dentro do combate como efeito colateral.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 2uAvx3T_d
Às
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 BcOqz4N
Créditos :
03
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Sab 16 Jul 2022, 12:17



»» Evolution Arc ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Apesar do leve atrito de pensamentos, se havia algo capaz de conciliar tanto eu quanto Akira, era o fato de sentirmos muita fome e por isso, os escorpiões a milanesa não representavam qualquer sinal de desconforto ou recusa de nossa parte. Fosse pelo gosto ou mesmo a crocância do alimento, fato era de que junto do ruivo comeria o máximo daqueles espetinhos, como se aquilo fosse nosso alimento preferido. O rum parecia complementar o sabor, além de obviamente fazer meu nível de energia subir, conforme podia perceber através de Sirius, que sinalizava o “tanque cheio” e pronto para qualquer necessidade. - Ah, isso sim. - respirava em sinal de alívio, com a barriga cheia, porém sem perder minha atenção aos arredores, uma vez que Laika já havia previamente notado a presença de alguém no local e havia pedido a Akira, para que usasse sua observação a fim de extrair o máximo possível de informações. - Vou até lá. - comunicaria o ruivo, a fim de que usasse daquele breve momento para ter dele toda a informação que ele havia conseguido, pois notava tardiamente que, talvez as intenções do ruivo pudessem ser igualmente notadas.

Avançava sem grandes preocupações, alcançando o alvo antes mesmo que ele esboçasse uma reação, porém mesmo com um possível alerta de Akira, era realmente surpreendente notar a beleza daquela mulher, que contrastava fortemente com o peso de suas palavras e seu tom de voz. - Sempre há tempo. - replicava com suavidade, encarando-a nos olhos, embora não deixasse transparecer a surpresa de que ela não era um dos alvos de Néftis. - Para aquela ali estar com cara de quem viu um fantasma… - mantinha o tom baixo na voz, pois sabia que chamar a atenção seria prejudicial, porém com um leve movimento de cabeça podia observar a surpresa de Laika, entregando toda a informação mesmo que a distância. - …você deve ser a Ísis correto? - um fato inesperado, mas que parecia bagunçar ainda mais toda a situação. Ísis não parecia nem um pouco com Néftis, fosse na maneira de agir, como na maneira de falar. - E que caos é esse que paira sobre o reino? Devo sugestionar que talvez um câncer tenha se instaurado em um local onde ele nunca deveria ter nascido? - respondia, observando o chafariz e suspirando profundamente.

Não estou sendo paga para tomar a cabeça de ninguém e muito menos para matar alguém cujo caráter eu duvido que seja ruim. - voltava a encará-la, sorrindo de maneira sutil, enquanto a mulher em meio a sua confusão parecia tentar deduzir a quem eu supostamente pertencia. - Correta. Não pertenço a ninguém, meu coração e minha vontade são livres, me libertaram e hoje vivo da maneira que acho correta, mas algumas raízes são difíceis e não são do meu desejo, cortá-las. - observava a mulher, notando algo mudar em seu olhar. - O que é a revolução pra você? - a pergunta sairia repleta de espontaneidade, tal como uma breve explicação. - Não vim para matar revolucionários, estou aqui pois no passado, um dia a revolução venceu nestas terras e alguém muito importante para mim, estava na vanguarda de tudo isso. Hoje estou à procura de alguém que aprendeu com ela. - voltava a encarar o chafariz. - Mas aparentemente algo muito errado está ocorrendo, algo que não enxergo com clareza ainda. Mas tenho esperanças de que posso encontrar respostas. A vida de pelo menos duas pessoas estão no caminho dessas decisões. - suspiraria, notando logo em seguida a presença de ameaças a nos rodear.

Amigos seus? - questionaria, sem encarar as ameaças, mas observaria os arredores, usando Sirius para identificar os prédios mais próximos, os quais poderia usar como ponto de fuga. - Ísis…eu observei brevemente a revolução nesta ilha. Mas preciso saber de você… - olharia para a mulher, assim como para Akira logo depois. - …a revolução ainda vale a pena ser salva nesta ilha? Ou vocês se perderam do caminho que deveriam trilhar? - respostas curtas e simples bastariam, pois sabia e tinha plena confiança na velocidade de Akira para nos ajudar mediante um ataque. Permaneceria parada, observando Ísis até o momento em que ruivo viesse nos cobrir com seu corpo de fênix, absorvendo os ataques a fim de nos proteger das ameaças. - De barriga cheia você parece funcionar melhor. - brincaria com ele, dando-lhe um meio sorriso, enquanto ouviria uma resposta de Ísis, caso ela se sentisse acuada pelo perigo. - Não podemos lutar aqui. - diria a meu irmão. - Muitos civis próximos. Acha que consegue usar suas chamas para uma distração? - faria uma pergunta sincera, porém mediante uma afirmativa do ruivo, passaria a falar com ambos. - Eu consigo sair em velocidade nesta cidade, faça a distração e eu saio com ela, você pega nossa companhia e sai por outra direção. Vá para o extremo norte da cidade, mas vá com calma, eu quero ter um pouco mais de tempo para saber mais da situação. Talvez possamos recuperar o Rango, sem termos que sujar nossas mãos. - era uma possibilidade, mas que valia a pena tentar.

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Tumblr_mquak1pfPA1sdzksjo1_500

Confia na gente? - caminharia até Ísis, estendendo minha mão. - Você vai precisar se segurar bem firme. - pediria, indicando-a para se segurar em minhas costas, onde só assim daria o sinal para Akira criar a distração. Tendo Sirius previamente identificado a área, usaria Orion para disparar o cabo em meio às chamas azuladas, onde imediatamente me puxaria junto de Ísis, alçando-me para os céus com abrupta velocidade, onde assim passaria a usar a dinâmica dos cabos para atravessar a cidade com rapidez. Do contrário, sairia junto de Akira, segurando-a na cintura e saindo daquela confusão com o cabo preso no pé do ruivo, onde uma vez longe da confusão soltaria-me para assim usar os cabos para me locomover. - Se conseguirem nos acompanhar, vamos dispersar. - diria nesta situação, mantendo como local de encontro o extremo norte da cidade. Uma vez que a fuga fosse executada com sucesso, voltaria a falar com Ísis. - Desculpe, mas poderemos conversar com mais calma quando estivermos longe do perigo. - e caso questionada a respeito de minha identidade, me lembraria que não havia dito meu nome a mulher. - Desculpe a falta de educação. Meu nome é Às, Às Volkerbäll.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZaT0xpq
Yami
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Giphy
Créditos :
16
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Dom 17 Jul 2022, 16:27

Evolution Arc
- Falas | ~ Pensamentos



Após já ter comido tantos artrópodes marinhos, confesso que estava extremamente curioso em experimentar alguns que viviam em terra. E, devo dizer… Era delicioso! — Mais um!! — Dizia animado, pagando para mais um espetinho, enquanto sentia a crocância estalar em meus dentes.

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Rengoku-icons

Após o requerimento de minha irmã para monitorar a misteriosa figura, continuava a mastigar enquanto fazia uma varredura nos arredores, mas principalmente quanto àquela pessoa. Minhas sobrancelhas arqueavam ao notar uma aura diferente na mesma, ainda mais por notar que se tratar de uma mulher, e não aparentava ser qualquer uma. Era difícil explicar em palavras algo que nem mesmo meus olhos conseguiam enxergar direito, mas a presença daquela mulher tinha um tom de elegância, medo, receio e preocupação, tudo misturado de uma maneira intensa demais para alguém que estava a passeio em uma simples praça. E, se fosse comparar o meu Haki como uma onda numa água parada, permitindo que eu sentisse tudo o que a onda tocasse, dessa vez era surpreendido ao pressentir uma “onda” retornando até mim e fazendo exatamente a mesma coisa que eu estava fazendo. Além de surpreso, sentia que também estava sendo monitorado, o que era um sentimento extremamente único e incômodo.

Às fazia a rápida abordagem, enquanto aquele sentimento de estranheza continuava em mim. Terminando de engolir meus petiscos, continuava a “ouvir” a conversa de ambas com minha percepção, enquanto mantinha também Laika em meu campo de visão, dessa vez me aproximando mais dela. A expansão de meu campo de influência acabava por notar outras figuras, com uma aura muito mais sombria… Uma aura assassina. Meu olhar era imediato para os arredores, sequer disfarçando sobre o incômodo sentido com aquilo. — Fique segura. Se você morre aqui, Rango morre também. — Diria em tom baixo para nossa nova “companheira”, fazendo com que ela ficasse bem perto de mim.

Não me movia enquanto tivesse a certeza sobre o posicionamento de todos, como também de suas intenções. Ao notar, através do semblante de minha irmã, sobre seu conhecimento da ameaça também, imediatamente iniciaria a explosão de velocidade adiante através daquela areia compactada ao usufruir do Soru. Em meio ao caminho, deixaria que a combustão de meu corpo se fizesse presente, até o momento em que um enorme par de asas surgisse pelas minhas costas, avançando em direção de Às e da mulher como um felino indo para cima de um novelo de lã. Com tamanha envergadura de minhas asas, deixaria que minhas chamas e penas cobrissem todas as duas, deixando que meu próprio corpo servisse de escudo para os ataques dos assassinos.

Protegidos por aquela redoma incandescente, que com certeza chamaria muita atenção, observaria com cautela a mulher no qual Às havia conhecido. — Yo! Prazer, senhorita. Não ligue para mim, apenas estou impedindo que uns projéteis mortais cheguem até vocês. — Comentaria com naturalidade, dando um largo sorriso para Às, que aparentava estar grata pela minha rápida reação. Com o Kenbunshoki ainda ativo, conseguia ainda determinar a localização dos inimigos, bem como dos civis e comerciantes que ainda circulavam pelo lugar. — Posso tentar. O importante é saberem que as chamas não irão machucá-las, coisa que as outras pessoas não sabem. Usem isso como distração. Por falar nisso… Com licença. — Diria, puxando aquele casaco da mulher para mim, antes de começar a intensificar as minhas chamas, a ponto de emitir um brilho tão intenso como o de uma estrela.

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Marco-one

E naquela intensidade toda acumulada, criaria uma explosão numa gigantesca área ao nosso redor, incendiando tudo o que fosse possível. Com aquele show pirotécnico, faria um rápido sinal para que minha irmã agisse, ao mesmo tempo em que eu começaria a voar rapidamente na direção de Laika, agarrando-a e cobrindo com aquele manto. Oculto por entre as chamas, me transformaria em uma fênix completa, agarrando a revolucionária com minhas garras para então alçar vôo em extrema velocidade. A intenção era que, além de dar espaço e cobertura para minha irmã escapar, era também de dar a entender que eu havia ficado com a mulher misteriosa, afinal agora estava voando para longe com uma mulher utilizando daquele mesmo manto.

Com a cidade vista de cima, tentaria observar com minha visão privilegiada a localização daqueles assassinos, bem como a área onde supostamente era o extremo norte dali. Tentaria sair do campo de visão das pessoas dali imediatamente, ainda deixando Laika presa em meus pés. — Ouvi você chamando aquela mulher de Ísis. É a tal “Feiticeira dos Amantes”? Se não me engano, é uma das líderes do seu grupinho, certo? Por que ela não está na lista da Neftis? — Diria com certa curiosidade. Afinal, Hórus e Tot estavam na lista negra dela, mas Ísis havia ficado de fora por algum motivo… Deixaria as cautelas de lidar com uma figura tão supostamente poderosa nas mãos de minha irmã, mas eu precisava me antecipar para o nosso encontro futuro.


  • Posts: 11
  • Ganhos:
  • Perdas: -2 doses garrafa d’água (Post 6), B$ 27.000 (comida Post 10/11)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 0/20
  • Players/NPCs:  Neftis e Laika
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PdV: 79.980
STA: 2000

Força: 1220 +80 +400 +1000 +1000 +300 (Shigan) = 4000 [Extravagante]
Destreza: 1500 [Talentoso]
Acerto: 3670 +80 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) = 7300 [Magnífico]
Reflexo: 188 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) +300 (Kami-e) = 4738 [Extravagante]
Constituição: 920 +80 = 1000 [Talentoso]

Agilidade: 6019 +300 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até  10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 YDNzcDa
Blindao
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZDZLMTU
Créditos :
77
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Seg 18 Jul 2022, 21:50

Narração
Aventura


Em frente ao chafariz, enquanto turistas e moradores transitavam pelas ruas de Rainbase, a conversa entre Às e Ísis continuava. Quando a caçadora se revelou e perguntou sobre o que era revolução para a bela mulher, a mesma permaneceu em silencio por alguns segundos, até vir a expor sua opinião. – Isso és uma pergunta bastante delicada e complexa. Todavia... acredito que existem diversas revoluções, todas diferentes uma da outra. Entretanto, ainda que todas possam divergir uma das outras, sua essência permanece imutável. Perguntas o que é a revolução para mi!? A mulher diria ao tempo que girava sua cabeça e olhava para o chafariz que jorrava água para o alto. – É a busca pela “equidade” ao povo. A resposta dela não seria tão longa ou tão profunda, mas com uma única palavra ela descreveria sua moralidade e sua integridade, além de seu objetivo entrelaçado.

Antes que o dialogo continuasse por mais tempo, Às notava a presença dos homens disfarçados em cima das casas mais próximas. A caçadora, tranquila e astuta, questionava Ísis para saber se eram comparsas da revolucionaria. – O que você achas? Jamais ousaria colocar o povo em perigo... diferente dos outros dois. Ísis diria com uma expressão nada tranquila, diferente de Às. Mas a mulher possuía um jeito de falar elegante atrelado a um jeito corporal aflito. A resposta da mulher seria direta e bem clara, ainda que não revelasse por mais em suas palavras; porém, suficiente para que a caçadora entendesse que não se tratava de aliados, mas sim inimigos.

Enquanto isso, Akira já estava a par da situação e até mesmo ordenava para que Laika se escondesse. Afinal de contas, se ela morresse isso implicaria na morte de seu nakama. A mulher então tocava em seu colar, ou pelo menos parecia ser um, e uma aura meio animalesca cobria seu corpo se assemelhando a um felino. – Tudo bem. Ela diria e logo em seguida driblava as pessoas e furtivamente se escondia em algum lugar.

Ao mesmo tempo, os assassinos se entre olhariam e com flechas, dardos, e tiros a distância, alvejariam a dupla de mulheres cuja teriam êxito, senão fosse é claro a sacada rápida de Akira e sua interrupção. – Amigo seu? Ísis diria para Às, apesar de ter notado o rapaz, ele era um entre vários que estavam caçando-a.

As asas em chamas de Shimizu cobriam suas aliadas, servindo de escudo para os impactos a distância. Quando Ísis notou as habilidades de Akira, ela olhou surpresa para ele e proferiu. – Não acredito! És tu o portador da Fênix?! Ela estaria pasma, intrigada e até mesmo admirada por em primeira mão ver os poderes incríveis da zoan mística.

Ainda que Akira houvesse protegido as mulheres, as pessoas mais próximas acabariam sendo envolvidas no confronto. – Oh não! Meu povo não. Ísis diria quase com lagrimas em seu rosto, saindo entre as asas-braços de Akira e pulando em cima de uma família com intuito de salva-los de alguns tiros, conseguindo com êxito. – Vão, rápido! Ela proferia enquanto olhava para os bandidos com um rosto irritado.

Quando Akira sobrevoou com intuito de enfrentar os assassinos, os mesmos haviam notado sua falha e estavam prestes a fugir. No entanto, quando olharam para Ísis, seus corpos foram petrificados misteriosamente, ficando imóvel para que Akira pudesse lhes atingir tranquilamente com suas brilhantes e intensas chamas.

Ainda que Shimizu detivesse um excepcional Haki da Observação, não notaria que seria Ísis o motivo de sua fácil investida, diferente de Às que possuía um sistema muito propicio a ver detalhes. Ainda que não soubesse o que exatamente ocorreu, percebeu sim que fora a mulher que proporcionou um bom suporte ao seu aliado. Porém, o ataque do tritão havia até mesmo afetado construções e as pessoas ao redor.

A oportunidade havia dado para que os caçadores conseguissem fugir, juntamente de Ísis e Laika. Quando Às perguntou se a revolucionaria confiava nela... a mulher acenou com a cabeça e segurou na mão da cibernética, notando o frio do metal no corpo da caçadora. Durante esse momento, Akira haveria notado a presença de Laika que haveria matado alguém em um beco próximo. Talvez fosse um dos assassinos, porém, o momento não era o ideal para averiguar a situação. Logo então, o tritão se tornou uma fênix completa e voou até agarrar a mulher de cabelos brancos. – Já estava na hora. Laika diria com um pouco de sangue me seu rosto e torso.

A pessoas ficavam admiradas ao ver o espetáculo das chamas, mas era uma mistura de fascinação e medo que seus corações recebiam, afinal, uma rápida batalha havia estourado abruptamente. Às utilizava seus apetrechos para sair se lançando entre as construções tão rápido que os assassinos nem se quer conseguiam lhe acompanhar. Eles até poderiam tentar seguir os caçadores, mas quando notaram a presença de guardas e do regente da cidade decidiram recuar.

Voando para o norte da cidade, o tritão começaria a questionar a mulher que estava carregando; Laika. – É ela mesmo, querido. Fiquei surpresa por ver ela, já que estava sumida algum tempo. Ainda que ela seja um dos líderes, não faz em si parte do meu grupo. Afinal, eu pertenço a mestra. A mulher diria enquanto olhava para baixo com um pouco de receio. – Ela não está porque a mestra e ela possuíam uma relação complicada, não sei ao certo. Não pergunto e nem questiono... apenas obedeço. Laika diria como de costume, mesmo que sua expressão não se alterasse, era possível ver um pouco de sinceridade.

A caçadora e a revolucionaria pausariam em uma das vielas bem a fundo no norte da cidade, haviam poucas pessoas lá e provavelmente as mais pobres. Ísis havia descido das costas da mulher e com um pouco de receio, acabou perguntando. – Você não és... humana?! Curiosa com a resposta, ainda que já soubesse, Às responderia primeiro sobre quem era. – Volkerball... obrigado por me resgatar. Ela diria com um olhar de agradecimento ao tempo que se curvaria sutilmente para expressar mais adequadamente.

Não demorou muito para o grupo viesse a se juntar outra vez. Akira haveria soltado poucos metros do chão a mulher que carregava e então pousaria. Neste momento, a revolucionaria viria ao encontro do tritão. – Nossa! É realmente incrível testemunhar os poderes da Tori no mi: Phoenix. A mulher diria ao tempo que segurava o braço gentilmente do tritão e ficava olhando e remexendo amistosamente. – Ah! Perdoe-me... já ouviste falar dela, mas ouvir e ver são mundos diferentes. Ela diria ao tempo que largava o braço de Akira.

Laika então se encostava em uma das paredes da viela e cruzava seus braços ao tempo que olhava para Ísis, e falava. – Ora, ora senhorita Ísis. Você está sendo mais caçada que peixe dourado em feira de prêmio. Ela diria com um termo comparativo. – Oh! E você és...? Ela perguntava ao tempo que olharia nos olhos de Laika. – Uma afiliada da mestra Neftis. Ela diria um pouco aborrecida, já que, seria uma estranha para um dos líderes da organização RÁ. – Sim, sim. Já ouviste falar de ti. És a subalterna de Neftis. Laika Fieros, Animália Negra. Bom ver você bem. A mulher não era alguém muito importante na organização, mas seu cartaz detinha uma recompensa razoável, provavelmente pelos seus feitos e por isso Neftis já teria ouvido falar dela.

A situação agora estava calma, ainda que o centro da cidade estivesse tumultuado. As pessoas que caminhavam por esses cantos não davam a mínima para ninguém, eram maltrapilhos e sem vida nos olhos. Quando Neftis avistou duas crianças sentadas em uma pilha de papelão no fundo da viela em que estavam, ela caminhou até eles. – Aqui, crianças. Não és muito, mas matará sua fome por hora. Ela diria ao desembrulhar alguns bolinhos de amendoim tostado.

O olhar da revolucionaria era triste, ainda que houvesse dado mais um dia de vida para aquelas pobres crianças famintas. Assim que recebiam, agradeciam rapidamente e corriam para a saída do beco com um pequeno sorriso no rosto. O olhar de Ísis nesse momento permaneceu fixo nas crianças enquanto suas mãos se encontravam e tocavam seu peito com um grande pesar, e provavelmente um enorme fardo. O que havia dado de errado? O que era a organização de RÁ? Porque estavam caçando um dos líderes? Porque Neftis estava caçando os outros dois? Tudo estava muito confuso, mas agora era uma oportunidade para esclarecer quais fossem as duvidas dos caçadores.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 2uAvx3T_d
Yami
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Giphy
Créditos :
16
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Ter 19 Jul 2022, 09:25

Evolution Arc
- Falas | ~ Pensamentos



As falas de Laika não poderiam ser mais decepcionantes. Tudo bem que confirmava que a mulher era, de fato, a tal Ísis, mas a falta de respostas em saber o motivo de Néftis em não caçá-la era algo que me deixava com uma pulga atrás da orelha. — Quando você vai passar a dar valor a sua própria vida, criatura?! Fidelidade e gratidão são coisas preciosas nesse mundo, mas submissão?! Chega a ser asqueroso. — Diria, já próximo do chão, largando-a de pé na areia num claro sinal de repulsa. Retomando à forma humana, olharia para trás, mirando seus olhos, fitando-a com firmeza. — Como pode lutar por liberdade de alguma idéia se você mesmo se mantém presa? — Não esperava por uma resposta dela, apenas deixava essa frase para que ela refletisse. Simbolizava isso ao continuar caminhando em direção de Às e Ísis, ignorando o que pudesse ser dito pela revolucionária.

Apesar de notar uma aura mais serena e pacífica vindo de Ísis, não abaixava a guarda, afinal ela fazia parte daquele grupo no qual Néftis ia fazer parte. — Acredite, se eu pudesse me livrar disso, já teria feito. — Comentava, deixando as chamas queimarem em minha mão, deixando que a mulher as analisasse, visto que não sentia hostilidade de sua parte. — Mas não irei ficar remoendo isso. Não escolhemos as maldições que carregamos, então dobrá-la ao meu favor. — Diria, fechando a mão e suprimindo todas aquelas chamas em meu punho.

O encontro de Laika e Ísis apenas confirmava que não eram conhecidas, mas sabiam da existência uma da outra, a ponto de até mesmo haver uma alcunha para a revolucionária que nos acompanhava. Após o breve momento, Ísis parecia se preocupar com crianças sem-teto que aparentavam estar famintas, que acabavam sendo auxiliadas pela mesma e iam embora com um olhar de satisfação no rosto. Imediatamente, um sorriso esboçava em minha boca, notando que era através de pequenos gestos como aqueles que o mundo mudava, mas retomava ao semblante mais sério ao imaginar as dores deles em passar por isso. — Não é justo que alguém passe fome, ainda mais numa ilha com tanta comida gostosa. — Diria, observando as crianças se afastando.

Relembrava de Sasha e Shiori em Pyatidrov ao doar quantias bem generosas de dinheiro em prol de uma instituição local. — Sabe, tem uma grande festa que está por vir quando tudo isso acabar e meu irmão estiver a salvo. Enquanto ela perdurar, ninguém passará fome, prometo. Espero poder contar com você para manter esse legado quando formos embora. Você tem um cheiro de gente boa, então vou acreditar que está fazendo a coisa certa. — Comentava com um largo sorriso, demonstrando que havia confiado na mulher em mudar a situação da ilha para evitar que a miséria prosperasse.

Deixando minha irmã dar seguimento nas perguntas, visto que agora teríamos alguém presente que poderia nos dar respostas conclusivas, ficaria próximo de Laika, com um certo receio que ela pudesse avançar contra Ísis e fazer algo contra a mulher se ela falasse demais. Às já havia dado o primeiro passo para adquirir a confiança de uma das líderes da organização de Rá, mas agora era extremamente necessário descobrirmos os motivos daquela caçada, o que impulsionava os planos de Néftis e, ainda, havia toda a questão do desaparecimento do rei para solucionar…


  • Posts: 12
  • Ganhos:
  • Perdas: -2 doses garrafa d’água (Post 6), B$ 27.000 (comida Post 10/11)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 1/20
  • Players/NPCs: Neftis e Laika
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PdV: 79.980
STA: 2000

Força: 1220 +80 +400 +1000 +1000 +300 (Shigan) = 4000 [Extravagante]
Destreza: 1500 [Talentoso]
Acerto: 3670 +80 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) = 7300 [Magnífico]
Reflexo: 188 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) +300 (Kami-e) = 4738 [Extravagante]
Constituição: 920 +80 = 1000 [Talentoso]

Agilidade: 6019 +300 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 YDNzcDa
Às
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 BcOqz4N
Créditos :
03
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Ter 19 Jul 2022, 22:21



»» Evolution Arc ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Tenho uma opinião bem formada a respeito da revolução… - comentava, em resposta a réplica de Ísis, enquanto sorria de maneira sutil ao ouvir sua resposta. - …só queria saber se o que você busca está para além de si. - poucos palavras se faziam necessárias conforme observava a mulher. Notando a aproximação inimiga, apenas permanecia em meu lugar, enquanto Akira vinha em nosso auxílio, defendendo-nos dos projéteis. - Parece que as “outras revoluções” nos desagradam igualmente. - mantinha o tom de serenidade, antes de conversar brevemente com o ruivo a respeito de uma distração, a qual ele não pareceu nem um pouco inseguro em garantir que conseguiria nos dar essa brecha. - Muito mais do que isso, ele é meu irmão. - sorriria, ao ser questionada sobre minha relação com o tritão, notando logo em seguida a surpresa da revolucionária com o poder da akuma no mi. - Portador é uma palavra muito forte. Ele ainda está se decidindo se é sortudo ou azarado. - diria de maneira rápida, observando o ruivo avançar contra as ameaças, que ao notarem Ísis, pareciam ficar petrificados.

Isso é novidade. - pensava, observando através de Sirius o que havia ocorrido, tal qual era a indignação da mulher em saber que a situação havia colocado civis em risco. - Se permanecermos, só vamos trazer mais perigo a essas pessoas. Vamos logo! - comentava, especialmente para Akira, segurando Ísis e utilizando Orion para nos retirar daquele local, abrindo grande distância dos mercenários que vinham ao nosso encalço, fazendo-os nós perderem de vista. Balançava-me pelos cabos com maestria, usando do movimento pendular para ganhar mais velocidade e acessar espaços menores para executar manobras audazes até chegar em uma viela bem afastado no extremo norte da ilha, onde em aparente segurança, deixava a mulher descer de minhas costas, onde enfim podíamos conversar com tranquilidade. - Acredite, sou mais humana do que muita gente. - respondia-lhe com um sorriso, exibindo sutilmente o braço de metal. - Só tenho algumas melhorias. - me curvaria sutilmente, em respeito ao agradecimento feito por Ísis, enquanto notava Akira chegar junto de Laika.

Ísis parecia encantada com a Tori Tori no Mi, Akira havia se tornado um objeto de fascínio para ela, apesar do pessimismo do ruivo para com seu poder. - Ele ainda está na fase de aceitação. Comeu por engano a fruta e por isso, talvez nosso irmão esteja em perigo. - explicava de maneira simplória, antes de Akira suprimir as chamas por completo. Não apenas Akira chamava a atenção dela, como também Laika, embora as duas não se conhecessem pessoalmente, a fama de ambas era suficiente para que tivessem noção uma da outra. Naquela viela, no entanto, havia algo mais relevante que a fama ou os poderes de cada um, ao menos para a mulher que havia salvado. - Nem tudo parece perdido para a revolução. - pensava, enquanto observava Ísis ir ao auxílio de duas crianças famintas. O gesto em si era poderoso, ainda mais se parasse para pensar que em um passado distante, sofria praticamente da mesma situação, mas havia tido a sorte de ser “salva”. - Isso é muito mais comum do que parece Akira. - comentava com o ruivo, a voz a refletir um sentimento amargo de quem entendia bem o que estava falando. - Como pode tanta fartura ser algo trivial para alguns e, algo irreal para tantos? - olharia meu irmão de soslaio. - Nos indignamos tanto, que se torna fácil nos deixarmos cegos para o que deve ser feito da maneira certa. - olharia para Laika, antes de enfim caminhar para perto de Ísis.

Um dos principais alicerces da revolução é a verdade, enquanto os poderosos mentem e matam para manter seus privilégios, os revolucionários buscam através da verdade construir um Mundo de liberdade para todos aqueles que desejam viver como iguais. - começaria a falar, abaixando-me se necessário para falar com a mulher. - Não fomos enviados para matar você, mas estamos sendo coagidos por Néftis para matar dois de vocês, provavelmente os mesmos que eu acho que você sugeriu minutos atrás. - olharia para Laika. - Duas vidas estão nas minhas mãos e na de meu irmão, o nosso outro irmão Rango e nossa “amiga” aqui. Por mais razões que tenhamos para só resolvermos isso e termos nosso irmão de volta, acredito que ele seja usado como barganha para nos colocar em ‘servidão’, além é claro de que já me decidi que aquela ali não vai morrer por nossa causa também. - apontaria para a mulher ao lado de Akira. - Mas preciso de respostas Ísis. Não posso agir cercada de incertezas e tenho fé de que, nosso irmão odiaria saber que a sangue frio, talvez tenhamos trocado a vida de uma pessoa boa, pela dele. - diria com paciência e sinceridade a qual estaria estampada no olhar.

O que é a organização de Rá? Quais os seus objetivos? - pontuaria com minhas mãos. - Por que Néftis quer que matemos duas lideranças? Essas duas pessoas são de fato perigosas? - continuaria a disparar perguntas. - Por que você está sendo caçada? Tudo isso tem relação com o desaparecimento do Rei de Alabasta? - suspiraria, antes de levar minhas mãos aos cabelos, ajeitando-os por detrás das orelhas. - Por que quando olho para a revolução, tenho a sensação de que vocês estão perdidos em um conflito interno e a maioria de vocês parece mais preocupado em massagear o próprio ego, ao invés de fazerem o que deveriam fazer, o que você acabou de fazer por sinal! - suspiraria. - O reino, como é a relação dele com o povo?













Histórico:






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZaT0xpq
Blindao
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZDZLMTU
Créditos :
77
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Qua 20 Jul 2022, 14:11

Narração
Aventura


O ar soprava suava naquele beco, onde o cheiro não era muito agradável, mas mostrava uma realidade que Akira não havia se dado conta até o momento. Parte da riqueza de Alabasta se dava as custas da pobreza, apesar de que isso era normal na maioria dos reinos.

Às havia notado que nem todos da organização eram ordinários como Neftis, já que, Ísis se mostrava uma verdadeira mulher que guerreava por uma causa. Neste meio tempo, Volkerball comentava sobre o dilema de aceitação de Shimizu para com sua Akuma no mi. – És um homem... Ela pausava por alguns instantes até recomeçar outra vez. –És um tritão de sorte, sem dúvidas. Apesar de que entendo seu pesar. Ela expressava um sorriso sincero e amigável com o ruivo.

- Os poderes da Fênix estavam sendo cobiçados a muito tempo em Alabasta. Originalmente quem a encontrou fora Horus. Quando isto aconteceu, ocorreu um conflito interno para com quem sustentaria o poder. Contudo, Tot e Horus são portadores de outras Akumas. Então era natural eles não conseguirem deter o poder. Quando o conflito se estendeu por mais tempo, piorando ainda mais, fora decidido que um novo membro entraria para o grupo e assumiria o poder através de sua lealdade. Ísis começava a explicar os motivos pelo qual Akira estava sendo visado pela organização.

- Eu havia indicado Neftis por ver em primeira mão sua benevolência. Mas foi só mais tarde que descobriste seu verdadeiro caráter, oh! Que tolo erro meu. Ísis diria com uma expressão bastante aflita com seu passado. A mulher sabia que havia sido um erro, mas que não poderia apagar ou extinguir de seus pecados pessoais.

A bela mulher de madeixas azuladas então responderia as palavras de Às para Akira referente a pobreza. – Existe um equilibro do mundo deveras impressionante. Onde hás riquezas, hás pobreza na mesma proporção. Mas então vós lhe pergunto... novo portador da Fenix! Se tudo é uma balança perfeitamente equilibrada, não seria o bom senso termos a mesma quantidade? Diferente do extremista entre o pobre e o rico?! Ísis olharia com olhos quase em chamas para suas palavras rumo ao coração de Akira. Afinal de contas, ela sabia que poderia viver em uma classe normal, ela não precisava ser rica e nem pobre, mas diferente de seu pensamento a maioria dos burgueses, nobres, comerciantes e reis... isso era um pensamento fútil, tolo e intragável.

Não demorou muito para Às começar a explicar a situação para Ísis, que por sua vez já imaginava algo a respeito. – Tens razão, senhorita Volkerball. Neftis é um câncer, que jamais imaginou existir, mas que repentinamente aparece para causar desconforto e dor aos parentes. Ísis tocava sua cabeça em desalento total, pois, sabia que parte disto era sua culpa. Apesar de que se não fosse pela revolução, seria pela pirataria que a mulher geraria desordem e atrito por onde quer que passasse.

Uma enxurrada de perguntas viria da caçadora, sedenta por informações para lidar com toda aquele problema. Ísis por mais aflita e exausta, se daria o trabalho de responder calmamente. – A organização foi fundada entre mim e meus dois irmãos de criação. Éramos órfãos, éramos escravos do povo rico em prol de deixa-los ainda mais ricos. Éramos ferramentas, e ainda somos. A busca desenfreada pela Equidade era distante naquela época... e parece ainda mais distante agora, o que foi que deu errado? O caminho era simples, lógico e claro como o dia! O que foi que aconteceu, Oh senhor! A corrupção é um demônio a espreita de toda alma, basta um empurrão para que o tombo lhe faça descobrir até onde o fundo do poço termina. Ela começava a falar de sua forma elegante e meio poética, mostrando um pouco de sagacidade para com sua vida ao tempo que explicava sobre seu passado.

- Horus e Tot não são mais os mesmos, ainda que Tot, nosso irmãos mais velho, busque o nosso ideal... suas ações são extremistas e sem um pingo de compaixão. Por outro lado, Horus é o irmão do meio, cuja astucia, intelecto e perspicácia foram abençoados pelos céus. Mas da mesma forma que isso fora uma benção, fora uma maldição! Seu discernimento fora corroído, corrompido pela riqueza e adulterado pelos desejos. Ele mostra compaixão apenas com quem lhe segue ou lhe deixa mais rico. Uma pequena lagrima escorria sobre seu rosto mostrando um verdadeiro amor pelo irmão que mesmo sem seu sangue e distorcido pelo tempo, ainda o amava.

Quando Ísis se deu conta sobre os planos de Neftis, ela mostrou um ar de confusão. – És de seu feitio usar os outros em busca de suas ambições. Mas realmente não detenho conhecimento sobre o motivo de suas ações, ainda que sinta muito pelo seu amigo, infelizmente não consigo entender as ações de Neftis. Ela ponderava por alguns instantes até que retornaria a falar. – A não ser que ela esteja sendo usada por... Horus. Mas é difícil acreditar que ele esteja pensando em matar um de nossos irmãos, mesmo diante brigas e intrigas. Ela então ligaria um ponto com o outro e expressaria surpresa nos olhos. - As artimanhas dele sempre foram um mistério e sempre foram muito bem ocultadas por baixo dos panos, mas se ele está atrás de vingança... usando Neftis como centro das suas ações... não vejo ninguém mais apropriado para isto do que ele mesmo. Apesar de não ter qualquer certeza nessa informação, Às poderia notar que a fé e o tom de voz de Ísis era possível julgar que ela acreditava nisto com todas suas forças.

Quando a revolucionaria ouviu as palavras finais de Às, que atrelavam a tudo que ela havia dito até então, ela retornava a falar. – Quem está me caçando é alguém que provavelmente vós desconhecem... és Zakiyah Mesbah. Ao relevar este nome, Akira e Às notavam que as palavras de Ísis eram sinceras e esclarecedoras. - Tudo indica que ele está em atrito com nossa organização e supostamente queria me sequestrar para ter-me como moeda de troca, mas principalmente pelos meus... poderes. Não sou uma lutadora muito habilidosa, mas possuo alguns dons bastante úteis. Ela parecia aflita com aquilo, talvez entendesse bem o dilema de Akira em portar notáveis poderes, porém, pagar o custo por isso.

- Ele possui mesmo sobrenome do rei Osiris Mesbah, mas até hoje não sabemos se ele está afiliado ao regente da ilha ou se é apenas um epiteto para influenciar em suas ações. Ela terminava de falar ao tempo que olhava constantemente para o tritão e para a garota cibernética com intuito de mostrar sinceridade e seriedade para com suas explicações.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 2uAvx3T_d
Yami
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Giphy
Créditos :
16
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Qua 20 Jul 2022, 14:54

Evolution Arc
- Falas | ~ Pensamentos



A quantidade de informação era difícil para minha cabeça avoada processar, mas algumas coisas haviam fixado bem em minha mente, bem como alguns questionamentos sociológicos. — E essa Neftis pegou meu irmão. Então se tiver alguma informação pra gente lidar com ela no futuro, sou todo ouvidos. — Comentava, deixando claro, mesmo com Laika ao nosso lado, de que minha intenção era chutar a bunda dela até que fosse impossível sentar novamente. Além disso, sobre o dilema de pobreza e riqueza, suspirava, coçando a nuca numa indicação de que pouco entendia sobre o assunto. — Já ouviu dizer que o sonho do oprimido é ser o opressor? Não vejo tanta diferença entre você e um marinheiro que prioriza a luta pela paz e dá sua vida pelo que é justo. O que os difere é se quem está sentado no trono é um de vocês ou um deles. — Comentava de forma sincera, mesmo que não fosse a opinião mais popular possível.

Meu tom de voz trazia pouco receio, o que indicava que não tinha malícia ou intenção de magoar ou ofender com meus dizeres. — É bonito na teoria, moça, mas com a inversão de papéis, não vejo seus superiores abdicando de riquezas em prol do povo. Ao menos, não a longo prazo. — Olhava novamente na direção do papelão repousado no beco, relembrando das crianças que ali haviam. — Infelizmente, isso é algo inerente à raça humana, e as demais raças apenas replicam esse comportamento por estarmos vivendo em seus domínios, num mundo ditado sob suas regras. Não os julgo… Da mesma forma que não julgo um tubarão por atacar uma presa ao se sentir faminto. Apenas faz parte de sua natureza. — Diria meio desgostoso. — Entretanto, concordo com minha irmã. Fome não é algo que deve se tornar cotidiano, e somos mais espertos do que os outros animais para saber disso. O problema é que somos mais gananciosos do que eles. — Comentava, de maneira conclusiva.

Prosseguia escutando sobre Neftis, bem como da origem da organização que ela gostaria de fazer parte, e da suspeita de quem era o mestre das marionetes. — Por que não perguntamos a ele? Se são irmãos, tenho certeza que possuem abertura para falar uns com os outros. Se Sasha, Shiori, Às ou Rango ficassem doidos, eu com certeza bateria na porta deles. — Era tão simples na minha cabeça em como resolver aquela suspeita que parecia até idiota ela não ter pensado nisso. — Além do mais, pelo que ele estaria atrás de vingança? Seus irmãos tem alguma briga recente ou algo do tipo? — Diria refletindo, tentando ser empático e me colocar no lugar daquele trio de irmãos, usando minhas irmãs como base, tentando imaginar como aquilo se resolveria.

A informação final acabava me fazendo erguer as sobrancelhas, ainda mais com a confirmação de que aquele sobrenome era, de fato, o mesmo da família real. — Está se referindo ao que fez quando o pessoal ficou petrificado? Seria bom nos dizer o que é, se vamos trabalhar juntos. — Comentava, seguindo após para o assunto de Zakiyah. — Talvez um bastardo…? — Comentava de forma despretenciosa. — De qualquer forma, não me interessa muito. O tempo está passando, e Rango está em perigo. Onde podemos encontrar seus irmãos? Não precisamos que tudo termine em sangue, mas iremos precisar de ajuda se quisermos meu irmão de volta. — Comentava já ansioso e agitado por bater minhas asas novamente e partir em direção ao nosso próximo destino.


  • Posts: 13
  • Ganhos:
  • Perdas: -2 doses garrafa d’água (Post 6), B$ 27.000 (comida Post 10/11)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 2/20
  • Players/NPCs: Neftis e Laika
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PdV: 79.980
STA: 2000

Força: 1220 +80 +400 +1000 +1000 +300 (Shigan) = 4000 [Extravagante]
Destreza: 1500 [Talentoso]
Acerto: 3670 +80 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) = 7300 [Magnífico]
Reflexo: 188 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) +300 (Kami-e) = 4738 [Extravagante]
Constituição: 920 +80 = 1000 [Talentoso]

Agilidade: 6019 +300 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 YDNzcDa
Às
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 BcOqz4N
Créditos :
03
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Qui 21 Jul 2022, 21:16



»» Evolution Arc ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Pouco a pouco as peças do quebra cabeça iam se encaixando, na viela escura onde apenas as poucas chamas azuis que restavam da transformação de Akira iluminavam através da escuridão, Ísis passava a enfim explicar a situação, a começar pelo motivo daquela akuma no mi ter causado tanto reboliço. Um olhar atento e um silêncio sepulcral permaneciam firmes em minha face, dando a ela todo o tempo do Mundo para falar e dando-me, ao menos naquele momento, o luxo de ouví-la sem demasiada pressa. - Quem diria que uma akuma no Mi pudesse gerar esse tipo de situação. - pensava, ouvindo a respeito do conflito interno que havia se instaurado no coração da revolução e consequentemente, aos eventos que não apenas levavam Néftis a agir daquela maneira, tal como o sequestro de Rango. - Parece que no fim das contas. A akuma caiu nas mãos certas. - comentava de maneira branda, observando Akira pelo canto dos olhos.

Nisso, o ruivo tecia sua opinião a respeito da relação de opressor e oprimido e, por mais compreensível que fosse, não deixava de me pronunciar a respeito. - Mas aí você está considerando que haverá alguém, em algum trono independentemente da situação. - suspirava, caminhando alguns poucos passos para perto dos dois. - Por muito tempo eu também acreditei que era preciso uma figura messiânica, para assumir a situação e resolver as coisas. Notei, no entanto, que não se deve lutar pela manutenção de um sistema naturalmente opressor. - olhava para Ísis, talvez ela entendesse melhor minha visão da situação. - A revolução deve lutar para o rompimento de sistemas que oprimem as pessoas, mas não lutar contra tudo o que julgam errado sem compreender o contexto da situação. - olharia para Akira, tentando assim dizer de uma maneira mais simples. - Não é porque você está em um reino, que você deve derrubar seu rei, apenas por ele ser quem é. O Rei que mata e oprime deve ser derrubado, o que acolhe e protege a todos sem distinção, deve ser preservado, até mesmo para uma manutenção de seu bom reinado e de outros futuros. Não é tão simples quanto capturar um procurado. - dava de ombros, gesticulando com bastante sutileza.

Ísis então passava a explicar sobre o começo da célula, onde ficava mais do que evidente para todos sua relação com Hórus e Tot, era notável o pesar em sua voz e o quanto a situação atual lhe pesava no coração. Não deveria ser fácil ver seus irmãos seguirem por caminhos tão diferentes, ainda mais quando estes se distanciaram ainda mais do dela. A corrupção exposta por Akira, era a razão da ruína, a sobreposição do indivíduo e de uma mentalidade restrita, acima de tudo e todos. Eram dois extremos diferentes, dois lados ruins de moedas completamente diferentes. Havia uma verdade naquelas palavras, mas acima de tudo havia muita dúvida a respeito do que havia dado errado. - Não há como saber, mas fato é que, da maneira deles, estão causando danos severos na revolução. - era nítido o meu desapontamento, era como ver minha própria casa bagunçada. - Esperava encontrar algo bem diferente, quando vim para cá. - o suspiro, soava como um lamento, enquanto apoiava meu corpo contra uma das paredes.

O assunto perdurava, alcançando enfim as intenções de Néftis, as quais foram justificadas como uma possível manipulação de Hórus. - Difícil acreditar que ele tenha se colocado como alvo também. - soltava um comentário breve, deixando-a terminar de falar para enfim prosseguir, embora Akira comentasse o óbvio, embora soubesse bem que a simplicidade de seus pensamentos, talvez não atingissem a complexidade que a situação envolvia. - A equação é simples quando somos apenas quatro indivíduos. Aqui estamos falando de lideranças e querendo ou não, se a vaidade e o ódio já tomou conta deles, qualquer coisa que possa parecer ou sugestionar fraqueza, será mal interpretada. - olhava para o ruivo. - É bonito na teoria. Talvez se os três estiverem sozinhos, a conversa possa fluir sem impedimentos. - diria, antes de chegar às últimas palavras da mulher, esta em relação às pessoas que a caçavam.

Não exatamente. - respondia de imediato. - É a segunda vez que escuto esse nome, e da primeira vez questionei a respeito do sobrenome. - levava a mão ao queixo. Aparentemente, haviam mais pessoas em rota de colisão com Ísis e seus irmãos, mas qual seria o propósito deste terceiro elemento? - É eu notei esses dons. Mas estou mais pensativa a respeito dessa pessoa, parece tão à margem da situação e ao mesmo tempo tão próxima. - olharia para Laika. - Sabe algo a respeito desse nome? - era uma pergunta honesta, olho no olho, embora o restante da explicação de Ísis, não ajudasse a resolver a coincidência dos sobrenomes. - Talvez alguém que enxergou a revolução desta ilha, como algo maligno. - levantava uma possibilidade, mas conforme notava a impaciência de Akira, não podia dar a ele a brecha para realizar algo impensado.

Consegue nos levar até seus irmãos? - diria, me levantando. - Embora eu acredite que eles não estejam mais, ‘juntos’ em um mesmo local certo? - ainda havia isso, com ambos brigados, uma reunião era potencialmente difícil. A menos que procurássemos eles individualmente. - Qual você acha que tem mais possibilidades de nos ajudar a salvar nosso irmão? - talvez essa fosse a pergunta premiada, ou mesmo talvez fosse preciso conhecer todos os lados daquele conflito. Mas como com um Akira tão aflito? - Vamos tentar falar com o mais sensato. Se der errado, vamos testar todas as nossas possibilidades de ajuda. - olhava para o ruivo. - Se tudo der errado, faremos o que for necessário então. - diria para o ruivo com confiança, seguindo Ísis, caso ela concordasse em nos levar até seus irmãos.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZaT0xpq
Blindao
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZDZLMTU
Créditos :
77
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Sex 22 Jul 2022, 22:20

Narração
Aventura


O tritão era jovem, mas possuía alguns pensamentos de bom senso. Suas palavras direcionadas a Ísis, cuja expressão emanava um ar aflito, ouvirá com desprazer da sinceridade de Akira. – Tens razão, senhor tritão. O lobo na pele de cordeiro nem sempre foi faminto e egoísta. Mas basta a oportunidade para que ele se farte e se perca nos seus desejos mais profundos. A revolucionaria proferia de uma forma um tanto quanto melódica e poética, tratando de explicar que nem todos que começam com um desejo, permanecem fiel a eles. Afinal de contas, o desejo faz o homem, mas o homem pode ser afundado por suas próprias metas.

Akira não parava de falar o que vinha a sua mente, seja por sinceridade, raiva ou confusão, o tritão colocava para fora sem qualquer consideração. Por sua vez, a resposta de Ísis seria equivalente a do tritão, mas suavizando com seu jeito meigo e amigável. Todo Iceberg tem sua ponta, mas em sua profunda vastidão que reside sua força. Se evita-lo, seu navio continuara navegando por mais tempo, não sendo tragado pelo mar, mas sim pelo horizonte. Ela se aproximaria um pouco de Shimizu e continuava dizer. – Os nobres, os reis, os justos... não tiveram seus inícios ignorando as necessidades, mas com passar do tempo em parte muitos fecharam seus olhos. Eis uma prova de outrora, como viste, as crianças não detém culpa, mas são tragadas pelas ações dos regentes. Nunca disse que o que buscamos, ou pelo menos “eu” ainda busco, era algo fácil. Muito pelo contrário, difícil seria uma palavra pouca para definir tal sonhos. Ela olharia para baixo sem perder aquela expressão aflita, mas sutilmente exibindo no fundo de seus olhos o fervoroso desejo de continuar em busca de seu ideal.

Chegaria em um ponto que Akira questionava sobre a relação entre eles. – A intriga começou pela Akuma, logo pois, resolvido com a absorção de um novo membro. Depois foi por subalternos, depois por territórios... assim diante. Parecem sempre querer mais em prol da causa. Mas o tempo, as lutas, as perdas e entre outros dilemas... remodelaram o que somos hoje. Até mesmo eu, posso dizer que não sou a mesma garotinha indefesa de anos atrás. Mas meus irmãos, sem dúvidas, foram os mais afetados. Ela terminava de proferir e juntava suas mãos como se fosse orar e então olhava nos olhos do tritão de forma esperançosa.

Às por sua vez, comentava sobre o transtorno que a Akuma em si houvera causado. – Oh, Deus. És compreensível dizes-te isso. Porém, enganaste se pensa que é só uma Akuma no mi qualquer. Não, não! Essa é uma Akuma lendária! Seus poderes são extraordinários! Ísis diria com uma entonação convicta. – Por muitos anos ela foi caçada e muito dinheiro fora gasto em busca dela. Seu valor é imensurável, tal fato é... que é quase difícil de acreditar que conseguiram roubar ela. A revolucionaria diria ao tempo que mostrava perplexidade.

A caçadora cibernética começava a expor sua opinião sobre a revolução, entrando a fundo em todo contexto. No decorrer das palavras da caçadora, uma vez que outra, Ísis acenava com a cabeça de forma positiva para com o que estava ouvindo, concordando com tudo.

Chegava em um ponto que Às proferia sobre os irmãos de Ísis estarem tumultuando a ordem revolucionaria em Alabasta, o que ela concordava com suas palavras a seguir. – Sim, és verdade o que disseste. Mas uma abelha entre leões nada pode fazer, exceto clamar por seu Deus e rogar na esperança de tocar seus corações. Ela proferia sobre a corrupção que havia caído sobre eles. Ainda que ela já houvesse tentando falar com eles com intuito de acertar as coisas, havia sido apenas uma perca de tempo.

Quando enfim Ísis comentou quem estava tentando tomar sua vida, fez com que esse novo elemento adentrasse na jogada misteriosamente. Às, sem nada a perder, tentou puxar assunto com Laika em prol de ver se algo a mulher conhecia. – Ah, então eu existo? Humph. Já estava pensando que esqueceram de mim. Ela diria com um tom de cínico, ainda que fosse do feitio dela evitar problemas, ela parecia estar irritada. Ainda que não soubessem o motivo, era algo bem evidente.

A mulher de madeixas brancas então suspirava e respondera. - Zakiyah Mesbah é homem rico que adora comprar coisas de contrabandistas, e parece ter prazer nisso. Tudo que sei é que ele atua como um nobre burguês através de seu nome, muitos acreditam que ele vem de uma família secundaria atrelada aos Mesbah. Mas como seu nome não circula muito, ninguém investigou a fundo. Por baixo dos panos ele é um verme. Laika diria com repulsa e ódio, o que era estranho vindo dela. - Ele faz de tudo para ostentar seus Hobbies. Seja livros perdidos na história, obras de artes lendárias e por aí vai. Ele adora essas porcarias únicas. Ela terminava de falar e em seguida virava o rosto, quase como se estivesse relembrando o passado.

Ísis acabava não respondendo a curiosidade de seus poderes e em vez disso, optou por falar sobre o paradeiro de Rango. – Neftis és uma má influência e uma erva daninha. Mas se ela disser que fará algo, ela fará. Então és bem provável que seu amigo esteja bem e seguro. Se ela fez um acordo com vocês para matar um de meus irmãos... isso prova que ela realmente está sendo usada. Igualmente a vocês. Não era como se Ísis confiasse totalmente na garota, já que, ela sabia da essência da mesma. Porém, o pouco que conheceu de Neftis, era suficiente para crer em suas palavras. Até porque, não era como se os caçadores tivessem muitas opções.

Por outro lado, Às comentava sobre ir até o esconderijo de Tot e Horus. Mas nem mesmo Ísis possuía esse conhecimento, em razão de que eles mudavam constantemente para não dar opção de serem pegos. Ela estava a dias sumida, e concluiu de que eles não mais estariam nos antigos esconderijos. Porém, o dela ainda estava de pé e poderia ir até lá para ver como estava seus aliados. Apesar de que seria um risco, já que, ela estava sendo caçada por Zakiyah. – Pelos próximos dois dias, haverá o banquete de RÁ. É uma confraternização que temos como costume desde o início para falarmos e acertarmos os objetivos da nossa revolução. Será onde poderemos encontrar grande parte de todos os membros. Haverá um selo com a localização do local que será dado o banquete em alguns pontos das cidades em Alabasta. Será a oportunidade mais certa de salvar seus amigos e eu conseguir falar com meus irmãos em busca de tentar outra vez tocar seus corações! Ísis diria animada e bastante esperançosa, devido toda explicação de Akira e Às, a mulher percebeu que a situação exigia sua atenção total. Ela ansiava que seria ajudada pelos caçadores, não só pelo fato de estarem no mesmo barco, mas principalmente por ver em primeira mão a bondade dos mesmo; seja por baixo de uma pele de peixe ou cibernética, ainda havia seres humanos descentes.


Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 2uAvx3T_d
Às
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 BcOqz4N
Créditos :
03
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Dom 24 Jul 2022, 03:37



»» Evolution Arc ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Não roubamos ela. Apenas estava numa mesa de frutas, quando eu a joguei na boca dele, sem notar que era uma akuma. - a justificativa era porca, precisava admitir, porém era a mais pura verdade dentro de toda a pompa que a aquela akuma parecia possuir perante os revolucionários da ilha. Com o dedo apontado para Akira, talvez pudesse ter aquelas palavras confundidas com uma brincadeira, no entanto a seriedade no olhar entregaria o tom genuíno da resposta. Apesar de tudo, a julgar pela maneira que a revolucionária falava do assunto, só conseguia ficar mais indignada em como aqueles três patetas haviam conseguido realizar tal furto, ao mesmo tempo que sequer havia percebido a fruta em meio a travessa. Apesar de suspeitar que tal assunto pudesse render bem mais do que gostaria, tratava de abordar algo mais necessário, os irmãos de Ísis e suas possíveis localizações.

Alguns corações, às vezes, não valem a pena serem tocados. Espero que com seus irmãos seja diferente. - o comentário era sincero, talvez por desejar no íntimo que tudo aquilo pudesse ser resolvido com o diálogo, embora a racionalidade conduzisse as ações desta forma, havia impregnado no sangue uma chama de revolta, pela possibilidade deles serem de fato, tudo aquilo que a mulher havia dito que haviam se tornado. - Do contrário, o atrito será inevitável e apenas o seu coração sairá ferido. - completava, suspirando em um semblante melancólico, antes de ouvir a respeito de Zakiya Mesbah, perguntando a Laika se a mulher conhecia algo a respeito daquela figura, algo novo ao qual sequer Ísis pudesse saber. - Corta o cinismo garota. Você pode falar o quanto quiser aqui. - respondia-lhe no mesmo tom que havia recebido a provocação. - Não precisa falar só quando é ordenada. Pode chamar isso de liberdade. - diria em um semblante calmo, deixando-a explicar a respeito do assunto, prestando bastante atenção não apenas em suas palavras, como em seus trejeitos.

Hmm dá pra notar que você não parece ser fã dele. - comentava, notando o quanto o tom de voz dela parecia denotar um profundo desprezo. Apesar do incômodo da revolucionária, a explicação dada levantava-me um ponto de atenção. - Livros perdidos? - olhava Akira de soslaio. O tritão sabia minhas intenções naquela ilha, e com a informação passada por Sam, a noção de que havia um fragmento do livro de minha mãe na ilha, me fazia ganhar um repentino interesse naquela figura aparentemente asquerosa. - Você parece já ter conhecido esse homem. Ou ele parece já ter feito algo com você. - tentava pressionar mais alguma informação de Laika, mas não tinha interesse em forçá-la a lembrar eventos traumáticos, caso possuísse algum. Por isso, se ela se recusasse a dar mais informações, apenas voltaria a prestar atenção em Ísis.

A mulher mesmo com tudo aquilo, parecia defender Néftis, ou ao menos parte do caráter da mulher. - Usada ou não, ela me parece bastante volátil. Não há garantias de que ela não tente fazer algo com nosso irmão. - olhava para Laika. - Diferente de nós. - Akira poderia até ter esmurrado Laika em meio a raiva, mas o tritão sabia que descontar nela qualquer coisa feita a Rango era inútil, uma vez que mesmo para Néftis, sua companheira não possuía valor algum. - Vejo que suas palavras são sinceras, mas dada a urgência, talvez possamos tirar dela algum tempo. - comentava na esperança de conseguir um encontro com os irmãos de Ísis, porém a mulher prontamente deixava claro não saber suas localizações, a exceção de um evento, promovido por eles. - Se Néftis estiver lá, certamente levará Rango consigo. - coçava o queixo. - Talvez devêssemos usar esse tempo, para explorarmos os esconderijos em busca de pistas. - olhava para Akira. - Os locais dados por Néftis já foram comprometidos, nossa melhor chance de encontrarmos eles será nesse banquete. - deixava de maneira objetiva nossa melhor possibilidade, por mais difícil que fosse para Akira ficar dois dias sem saber se Rango está ou não em segurança. - Precisamos estar prontos e se possível, um passo à frente deles. - olharia para Ísis, coberta de convicção. - Seu esconderijo, onde era? - era algo bem direto, pois não parecia preocupada com possíveis emboscadas.

Uma única informação bastava, com o mapa da ilha armazenado em Sirius, não seria difícil definir um ponto de chegada e muito provavelmente, tal beco seria um bom ponto de encontro para todos. - Eu vou até o esconderijo de Ísis. Você e Laika podem ir até os demais, em busca de uma pista dos irmãos. - comentava com o ruivo, sabendo que ele possivelmente fosse reprovar a ideia. - Ficar junto é excelente, mas precisamos cobrir o máximo de informações no menor tempo possível, você pode fazer isso voando, e eu tenho Orion para me auxiliar. - tocaria em minhas coxas suavemente. - Além do mais, Luna pode estar sabendo de algo. Se haverá uma ‘festa’, faz sentido que tenham procurado por uma cantora. - com tudo conversado, esperaria de Ísis a indicação de seus esconderijos e partiria para o mais próximo, a princípio através de uma caminhada rápida, a fim de não levantar suspeitas e olhares curiosos.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZaT0xpq
Yami
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Giphy
Créditos :
16
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Dom 24 Jul 2022, 15:34

Evolution Arc
- Falas | ~ Pensamentos



E eu a peguei sem tocar com a mão. Foi um movimento de mestre, mesmo estando bêbado. — Diria de braços cruzados e afirmando com a cabeça, dando o braço a torcer na confirmação de que aquele arremesso havia sido algo realmente muito incrível. — Meu livro diz que Akumas no Mi do tipo Zoan, ainda mais essas místicas e tudo mais, possuem vontade própria. Talvez não seja coincidência, no fim das contas. Essa maldita me escolheu. — Comentava ao puxar o Bingo Book de minha bolsa, folheando as páginas até encontrar o trecho citado.

Me dispersava um pouco no assunto enquanto aprofundava nos dizeres daquele livro, deixando o papo de revolução, ideais e tudo para minha irmã. Entretanto, a voz irritante de Laika me chamava atenção, principalmente quando mencionava sobre “livros perdidos”, fazendo com que eu erguesse os olhos e fosse de encontro diretamente aos olhos de minha irmã. Imediatamente, sabia que havíamos pensado o mesmo. A voz de Ísis prosseguia, talvez numa tentativa de acalmar nossos ânimos e tirar a preocupação de nossos ombros. — Não confio em pessoas como ela. Palavras nada significam depois do que fizeram. Eles vão pagar e muito por terem tocado em meu irmão. — Diria de forma ríspida, deixando claro que era inútil tentativas de melhorar as circunstâncias no qual nos encontrávamos.

Guardava o livro ao ouvir o plano de Ísis, que consistiria em uma reunião com os outros membros dentro de dois dias. — Dois dias?! Está pedindo que esperemos dois dias até que possamos fazer alguma coisa?! — Olhava para a mulher, num tom até mesmo intimidador. — Olha, você parece ser uma pessoa muito legal, e quero que faça parte de minha festa quando tudo isso acabar. Mas acho que não deixei claro de que, se meu irmão não for salvo, essa ilha se tornará pó. — Diria rangendo os dentes, e a determinação em meu olhar deixava claro que aquilo não era apenas uma fala solta, mas sim um juramento. — Temos apenas três dias para acabar com essa missão, e a única possibilidade é de esperarmos até o fim do 3º dia para ter chance de fazer algo? E se seus irmãos não aparecerem no banquete, e se algo sair do planejado? É muito arriscado para apostar a vida de Rango, e você sabe disso, Às. — Dessa vez olhava para minha irmã, tentando ver se ela concordava sobre o absurdo e o nível de risco que estaríamos correndo com aquela ideia.

De braços cruzados e de pé batendo na areia, começava a sentir uma ansiedade me consumindo por completo, com um sentimento horrível de não ter muito o que poderia ser feito. — Não quero descartar. Se Néftis mostrou aqueles pontos, é por saber de algo que nem Ísis deve saber. Eles ainda não sabem de nossa investida contra eles, então precisamos aproveitar o elemento surpresa. — Diria, discordando de minha irmã sobre a possibilidade dos esconderijos estarem comprometidos.

Com o plano definido, com ela indo para o esconderijo de Ísis enquanto eu seguiria para os demais pontos de encontro, me dava um desconforto ao imaginá-la em apuros também, mas Às estava atenta aos perigos, e confiava em seu potencial. — Se prometer não me atrasar, poderemos ser rápidos. — Comentava para Laika, já me afastando das outras duas. — Com os arrepios, talvez eu consiga fazer um rastreamento completo nos esconderijos sem nem precisar entrar. Vamos ser breves e avançar antes que saibam de nós. — Com isso, me transformaria novamente em uma ave flamejante, pronto para seguir em viagem pela ilha. — Retornarei aqui após acabar. Fique atenta ao Den Den Mushi. — Explicava para Às antes de alçar vôo. Com o auxílio de Laika ao guiar minha direção, tentaria voar bem alto para ser mais discreto e, quando estivéssemos próximos dos locais indicado, desceria até a altura do solo, onde seguiríamos o resto do caminho a pé. Com o Kenbunshoku fazendo uma análise completa nas redondezas, tentaria determinar todas as informações relevantes antes de agir.


  • Posts: 14
  • Ganhos:
  • Perdas: -2 doses garrafa d’água (Post 6), B$ 27.000 (comida Post 10/11)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 3/20
  • Players/NPCs: Neftis e Laika
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PdV: 79.980
STA: 2000

Força: 1220 +80 +400 +1000 +1000 +300 (Shigan) = 4000 [Extravagante]
Destreza: 1500 [Talentoso]
Acerto: 3670 +80 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) = 7300 [Magnífico]
Reflexo: 188 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) +300 (Kami-e) = 4738 [Extravagante]
Constituição: 920 +80 = 1000 [Talentoso]

Agilidade: 6019 +300 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 YDNzcDa
Blindao
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZDZLMTU
Créditos :
77
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Dom 24 Jul 2022, 22:53

Narração
Aventura


A resposta provida por Laika era uma informação útil, apesar de ser precária em termos de quantidade. Porem, era melhor que nada. Às havia provocado ela e até mesmo comentando sobre o desprezo em seu rosto. Laika havia escutado e permaneceu em silencio, pois, ela sabia que já havia falado demais, pois, sua tarefa não era ajudar eles, mas sim servir como mediador perante o acordo como uma moeda de troca e, é claro, como uma espiã silenciosa.

Quando Às pressionou um pouco mais a revolucionaria, lendo entre sobre as entre linhas, a mulher de madeixas esbranquiçadas acabou olhando para a saída do beco com intuito de evitar o confronto entre os olhos. – Digamos que esteja certa... isso não vem o caso. A animália negra diria em um tom de voz um pouco baixo, ainda indecisa se era melhor decisão em continuar respondendo.

Durante o tempo que o dialogo continuou, e desenrolou, Às comentava sobre certamente Neftis levar Rango para o evento, já que, era sua garantia do acordo. Ísis por sua vez, balançava sua cabeça sutilmente em concordância para com o raciocínio da caçadora cibernética.

No entanto, Akira ao ouvir sobre o tempo que era necessário para resgatar seu amigo se enfureceu. Seu tom de voz se exaltava e intimidava a mulher, mesmo que não fosse intencional acabava ocorrendo. Ísis sabia do poder místico nas veias do tritão e acabava sentindo terror em pensar que poderia ser destroçada, ainda que em um momento atrás ele houvesse lhe salvado, poderia ser o contrário agora. Afinal de contas, ela ainda não conhecia totalmente os caçadores, exceto que havia visto bondade neles. Mas a bondade pode ser alterada, assim como seus irmãos outrora foram.

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Tumblr_inline_p7i1guhLZq1s92oax_500

Por um breve instante, Akira e Às puderam ver em primeira mão os olhos de Ísis cintilarem até escurecerem completamente em negro, em resposta a intimidação do tritão. Porém, logo voltavam ao normal. – D-Desculpe-me... sinto muito pelo seu amigo, tentarei ajudar o máximo que puder. Ela diria, apesar da exaltação de antes, a revolucionaria não queria mais conflitos, mas sim resolver os que já possuía.

Akira então suavizava sua forma de falar e acabava amenizando o atrito ao expressar mais calma e sinceridade. Contudo, Ísis não era tão ingênua assim ao ponto de não entender a ansiedade do homem-peixe por encontrar seu amigo. Mas quando ele disse sobre a possibilidade de não encontrar Rango vivo, isso resultaria em caos providos de suas mãos. Foi neste momento que Ísis percebeu que o tritão poderia ser uma ameaça a ela e os demais, porém, ainda sim não poderia descartar a ajuda dele na esperança de que Rango fosse encontrado vivo.

Quando Volkerball perguntou sobre o esconderijo de Ísis, a mesma respondeu. – Não és muito longe. Há algumas milhas de distância de Rainbase, próximo a um conjunto de duas dunas. Ela diria apontando para Leste. Uma vez que os caçadores se ordenavam para cada um cobrir uma parte, Às e Ísis para com o esconderijo da revolucionaria e Akira e Laika cobrindo os esconderijos no mapa dado por Neftis, seria o momento em que as duplas se separariam.

Durante o tempo que Akira voaria com Laika, recebendo auxilio da mesma para com a tarefa de averiguação, Às e Isis seguiriam até a base da mesma. Fieros havia dito que o local mais próximos seria a suposta base de Horus, não demorando muito para chegar até lá. O caminho seria um deserto por completo, exceto alguns pontos de morros e caravanas ambulantes.

Chegando na base de Horus, avistando algumas barracas, tendas e aglomerados, observaria tudo vazio e coberto de areia. Com seu excepcional Haki, o tritão optava por uma varredura mais completa, porém, nada encontrava. Percebendo que, o que Isis havia dito era verdade. A base mais próxima era de Tot e ficava uma distância elevada a oeste. – Pelo visto não tem nada aqui. Tsc, Horus é sempre muito cauteloso. Provavelmente foi o primeiro a mover o seu Q.G. Fieros diria e logo em seguida apontava para oeste. – Lá fica a base de operação de Tot. Talvez encontramos algo lá. A distancia era longa, mas por sorte o tritão possuía o dom de voar e diminuirá o tempo drasticamente.

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZHHI5v0

Enquanto isso, Isis e Às seguiam para o Leste. Mas não antes de Isis dar uma sugestão para pegarem alguns superpatos selvagens para viajar mais rápido. Ela havia parado em um dos comerciante, provavelmente algum conhecido, e alugava dois superpatos. – Eles são uteis para este tipo de situação. A revolucionaria diria fazendo carinho em um deles, mesmo que houvesse perdido aquele ar aflito, seus ânimos havia sido frenados pelas palavras de Akira outrora.

A viagem seria mais rápida graças aos patos, mas isso não diminuía em nada a força do vento que soprava contra eles; consequentemente a favor de Akira e Laika. Os patos eram confortáveis, dóceis e bastante tenazes para com sua corrida. – Espero que Alfred esteja bem. Ísis diria angustiada agora, pois, ele era o segundo no comando com ela fora de cena.

Demoraria um tempo razoável para chegar lá, mas quando chegassem, poderiam avistar uma duna com duplo morro bem como ela havia dito anteriormente. – És aqui. A mulher diria tentando encontrar alguém, mas ainda que o local não demonstrasse estar abandonado, algo parecia não estar certo. [color=#0066cc]– Estranho... os guardas não estão de prontidão. Ísis diria olhando para um alçapão que estava camuflado por uma rede de cor desértica ao tempo que comentava não haver nenhum soldado. Era um tipo de entrada para o subsolo quase invisivel a olho nú. Mas que ficava mais fácil de ver ao se aproximar.

Histórico Akira:

Histórico Às:



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 2uAvx3T_d
Yami
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Giphy
Créditos :
16
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Yami
Avaliador
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Seg 25 Jul 2022, 15:35

Evolution Arc
- Falas | ~ Pensamentos



Enquanto voava, refletia sobre o peso de minhas palavras, ainda mais após ver o olhar de espanto de Ísis. Rangia os dentes (ou melhor, o bico), enquanto remoía o amargo sentimento de ter perdido o controle. Não era esse tipo de pessoa que eu gostaria de ser, sabe? Acho que o medo e intimidação não são chaves para nenhum tipo de conquista - muito pelo contrário, acredito ser a mais eficaz ferramenta para a criar sua própria ruína. O medo de perder alguém que me importo, ainda mais um irmão como o Sarnento, era algo que me tirava completamente de meu eixo. Mas a pergunta seria: Rango aceitaria que eu fizesse tamanha catástrofe em prol de seu nome?

Quando dei por mim, já estava nas localidades do esconderijo de Horus, que realmente aparentava ser muito mais precavido. — Como ele soube de nossa chegada? — Diria em tom de dúvida, enquanto me abaixava e pegava um punhado de areia no chão, numa tentativa infrutífera de tentar pressentir algo através do toque nos grãos. — Quero dizer… Nada exatamente estava dizendo que estávamos atrás dele. Tudo bem que houve um certo alvoroço em Rainbase quando chegamos para resgatar Ísis, mas o que exatamente o alertou? — Comentava para Laika, e ao mesmo tempo para mim em tom retórico. — Única explicação que vejo é a teoria de minha irmã, e que na verdade o nosso verdadeiro contratante é este Hórus, que incluiu o próprio nome na lista de caça para dispersar suspeitas. — Num suspiro de exaustão, começaria a me afastar após concluir que dali nada mais havia.

Com um pouco de distanciamento do local, pegaria Laika novamente para seguirmos viagem expressa ao oeste. No caminho, deixando o vento guiar nossa direção, esfriava a cabeça ao contemplar aquela enorme ilha sob aquele ponto de vista, respirando fundo por crer que eu precisaria ser mais cabeça do que coração se quisesse que aquele problema se resolvesse da melhor forma. Pousando a algumas dezenas de metros de onde o ponto indicado no mapa, ajustaria minhas roupas típicas da região para melhor nos camuflarmos na região, seguindo com cautela até o esconderijo de Tot. — Você disse que Tot é um mink ave, certo? Mas, de acordo com minhas irmãs, Minks possuem pelagem, e não penugem. Tem certeza que essa tal ave não é uma forma Zoan de sua Akuma no Mi ou algo do tipo? — Comentava com Laika, que era a única fonte de informações naquele momento.

Quando enfim estivéssemos mais próximos, faria mais uma nova varredura no local. Tot, pelas descrições, era associado a um líder militar, e não um estrategista das sombras, o que me surpreenderia se ele tivesse fugido de sua base. Se alguém que busca dominação da ilha através do poder bélico estivesse por ali, duvidava muito que se esconderia por uma mera ideia de um caçador de recompensas estar indo caçá-lo. Esperava que estivesse, pois assim poderia concluir aquela tarefa e resgatar logo meu irmão. — Conto com você para identificá-lo. Se ele estiver aqui, basta levá-lo até sua amiga e tudo acabado, certo? — Confirmava, apenas para me dar mais uma bela dose de motivação para fazer aquilo da maneira mais eficaz possível.


  • Posts: 15
  • Ganhos:
  • Perdas: -2 doses garrafa d’água (Post 6), B$ 27.000 (comida Post 10/11)
  • Contagem Caçador: B$ 547.500.000 - Rank B
  • Posts Desvantagem: 4/20
  • Players/NPCs: Neftis e Laika
  • Localização: Alabasta - 7ª Rota - Grand Line



PdV: 79.980
STA: 2000

Força: 1220 +80 +400 +1000 +1000 +300 (Shigan) = 4000 [Extravagante]
Destreza: 1500 [Talentoso]
Acerto: 3670 +80 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) = 7300 [Magnífico]
Reflexo: 188 +400 +1200 +1050 (Jujutsu) +300 (Kami-e) = 4738 [Extravagante]
Constituição: 920 +80 = 1000 [Talentoso]

Agilidade: 6019 +300 [Soru]
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: +300 Tekkai

Qualidades:

Defeitos:

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

ToxicologiaVocê conhece e sabe identificar diversos venenos, sejam eles orgânicos ou não. Além disso, é capaz de produzir venenos, com os materiais e matéria prima necessários. Essa proficiência também contempla a criação de antídotos.

HipnoseAtravés de sugestões mentais, você pode tentar manipular o comportamento de um indivíduo.

FísicaVocê conhece a natureza e as suas leis, sendo capaz de realizar cálculos para prever fenômenos.

DançaVocê conhece diversos estilos de dança e é capaz de executá-los com maestria.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Médico de GuerraBônus: Ao estar sob os cuidados de um Médico de Guerra em meio a uma urgência, o jogador poderá receber um tratamento extremamente veloz (mas não necessariamente o ideal) para solucionar o problema que está enfrentando naquele instante. Entretanto, a solução é ilusória, gerando uma espécie de Pontos de Vida Temporários (narrativo) para que a pessoa possa procurar por um tratamento melhor ou finalizar um combate difícil de lidar. Além disso, remédios produzidos pelo Médico de Guerra são capazes de garantir efeitos bônus em capacidades físicas em uma maior duração durante um combate.


Arma: BubblesArma: Bubbles
Descrição: Um par de manoplas cuidadosamente forjado para garantir uma boa proteção, com a base de tungstênio puro, mostra-se extremamente resistente ao calor, seu design parece carregar consigo alguma característica hidrodinâmica, sendo pensada para um tritão usar.
Tipo da Arma: Manopla
Qualidade: Forjada
Durabilidade: Alta
Dano: 1000
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 26 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 18 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 4 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 9 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.


Den Den Mushi BebêDescrição: Diferentemente do Regular, esses são usados pela sua portabilidade, é normal levar eles tranquilamente na mochila, o que ajuda a se comunicar com pessoas da mesma ilha que estejam longe de você, mas seu alcance não vai além de uma mesma ilha.


Water DialDescrição: São dials capazes de armazenar e liberar água, eles conseguem guardar um total de até 20l dentro deles de forma compactada, podendo liberar de forma controlada, ou pressurizada, dependendo do usuário. Ao ser usado para combate para disparos pressurizados, a água pode ir até 10m a frente, tendo 10 usos até a necessidade de recarga.


Enciclopédia Akuma no MiDescrição: O livro que contém o nome de todas as akumas conhecidas. O livro possui uma breve descrição de cada uma das akumas sem se aprofundar em suas capacidades ou fraquezas mas explicando o básico delas. Dessa forma um jogador com esse livro pode ver o código de sua akuma antes de comer ela, já sabendo das capacidades.


Roupas Típicas de AlabastaDescrição: Roupas Típicas de Alabasta, um turbante de cor azul claro e trajes confortáveis e folgados (calça, camisa de manga na cor branca e um lenço preso na cintura na cor azul). Todas bem resistentes, costuradas e aptas a vagar pelo deserto.



_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 V8upj2D

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 YDNzcDa
Às
Imagem :
Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 BcOqz4N
Créditos :
03
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Hellhounds 5.5 - Evolution Arc Seg 25 Jul 2022, 21:04



»» Evolution Arc ««

- Às Volkerbäll -


Ж


Colocar a sensatez à frente do ímpeto nem sempre era uma tarefa fácil, porém não podia concordar com o ataque surpresa desejado por Akira a menos que tivéssemos a certeza de que pelo menos algum esconderijo já não havia sido comprometido ou esvaziado. O ruivo parecia demasiadamente impaciente e, embora soubesse que suas palavras seriam apenas isso, era possível notar no semblante de Ísis, um elevado temor. - Não prometa coisas que você não vai cumprir. - rebatia-lhe em tom de correção. Não havia necessidade para trocar hostilidades, mesmo suspeitando que pelo calor do momento, ele talvez o fizesse comigo. - Eu sei disso. E também sei que se eles forem tão cautelosos como parecem, não vamos achá-los a menos que eles queiram ser encontrados e nisso, não haverá qualquer elemento surpresa. - rebati em tom firme, como deveria ser para tentar frear a impaciência de meu irmão. Observava, Laika e Ísis pelo canto do olhar, a primeira havia dito muito pouco sobre Zakiya, mas parecia aos poucos mais acessível, talvez um exemplo de mais compaixão fosse necessário para mudar sua visão em relação a própria Néftis.

Controle esses olhos Ísis, mesmo as abelhas sabem usar um ferrão para se defender. - comentava de forma suave, ao notar a mudança nos olhos da mulher. Ela poderia se demonstrar frágil, mas até mesmo perante um menor sinal de intimidação, se colocou pronta para agir caso fosse necessário, o que era esperado de alguém em sua posição dentro de uma célula revolucionária. - Não vou dizer para recuar caso encontre alguém nesses esconderijos Akira. Só peço para que pense duas vezes antes de agir. Revolucionários, por essência não são piratas, uma vida inocente que você tire e mesmo que salve Rango no final das contas, o peso disso recairá sobre a relação de vocês dois. - não havia porque guardar aquele pensamento para mim, por isso o deixava claro e exposto ao tritão. - Se achar qualquer um dos alvos, capture-o, não o mate. - olhava para Ísis, compreendendo que se a situação se aplicava a nós, também se aplicaria a ela. - Não é só você que está com um irmão em risco. - após me fazer clara em relação a meus pensamentos, ouvia de Ísis sobre a localização de seu esconderijo.

Pode ser mais específica? Pelo menos em questão de direção. - perguntava, silenciosamente usando Sirius para mapear o local através do mapa registrado em seu sistema, pelo menos para dar-me uma noção dos pontos mais próximos que poderia acessar em uma possível eventualidade. - Pode deixar. E Laika… - apontaria para Akira. - …não o deixe fazer algo que Néftis faria. - manteria um tom mais sóbrio, porém cheio de sinceridade, antes de caminhar com Ísis pela cidade, em direção a leste. - Seria bom. No deserto, não conseguirei me mover com Orion. - diria, observando com atenção o vestido, certificando-me de que minhas pernas estavam bem cobertas pelo tecido. Ao pegar um dos patos com o comerciante conhecido da mulher, não podia deixar de sentir um ar nostálgico. - Faz muito tempo que não monto um desses. - comentaria com a mulher, denotando pelo toque que ainda que não fosse uma exímia cavaleira, já havia pelo menos andando em um pato dessas espécie na vida. - O que minha mãe tinha era mais alta e esguia, mas esses são igualmente imponentes. - diria com um suave sorriso, acariciando o animal antes de seguir em montaria rumo ao leste.

Durante a viagem, podia ouvir o lamento da mulher e como ainda achava necessário saber de mais coisas, continuava a perguntar. - É um homem de confiança seu? - por mais que ela me respondesse sobre o fato dele ser o segundo em comando após ela, queria entender melhor a importância do homem, tal como sua relação com ela e os irmãos. - Acha que ele pode ser um alvo de Tot e Hórus? - era um questionamento válido e após uma resposta e um breve silêncio, observaria a mulher e sua angústia. - Akira é explosivo, birrento, impaciente e desacostumado com perdas. - começava a falar com ela a respeito de minutos atrás. - Mas ele tem um coração gigante e uma pureza bem única. A vida o machucou, mas não tanto quanto machucou você e eu. - a olharia com serenidade, aproximando o pato ao dela. - Ele não fará nada com Alabasta, no calor do momento ele falou aquilo. Mas tenho certeza de que já se arrependeu da bobagem que disse, ele sabe bem que fazer isso é admitir que ele falhou não apenas com Rango, mas com todos que confiam nele. - sorriria de maneira sutil, como se dissesse para ela confiar em minhas palavras. - Vamos salvar nosso irmão e se depender de mim, vou ajudar a pôr a revolução no rumo certo.

A viagem duraria um bom tempo, até avistarmos as dunas informadas por Ísis, mas sem nenhum sinal de vida pelo local. - Parece que não tem ninguém, será que já partiram? - diria a uma primeira vista, usando Sirius para avaliar o terreno. - Talvez não quisessem chamar atenção… acho que vale a pena conferirmos o local. - diria, descendo do pato e puxando-o pela rédea até próximo do alçapão. - Fique aqui. - diria em voz baixa para o animal, antes de caminhar até a entrada. - Podemos? - tomava a frente, se fosse uma emboscada, era preferível meu corpo estar a frente do que o dela. Assim, abriria o alçapão, descendo até o interior do local, com Sirius a constantemente captar informações do local para análise, enquanto comentaria em tom baixo com Ísis. - A partir daqui é melhor você me falar para onde devo seguir. - diria, caminhando com cautela, antecipando-me a possíveis armadilhas, usando não apenas meu mecanismo, como também minha vivência de anos em esconderijos revolucionários. Se fosse atacada de surpresa, reagiria primeiramente com um bloqueio, a fim de evitar que o golpe chegasse até Ísis, para só então repelir um possível atacante, ou vários, com um chute frontal, controlando minha força para em um primeiro momento não causar danos severos a ninguém que por lá pudesse estar e fosse, aliado da mulher.













Histórico:






_________________

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 Z0zQdpF

Hellhounds 5.5 - Evolution Arc - Página 3 ZaT0xpq