Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Sasha SparksHoje à(s) 7:10 pmpor  Sashaficha Aika KinHoje à(s) 7:04 pmpor  mestrejFormika D. SmilinguidaHoje à(s) 7:02 pmpor  FormigaPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Hoje à(s) 6:59 pmpor  NekkyotoSasha & Shiori: The Brave and The Bold.Hoje à(s) 6:51 pmpor  FormigaLoja de CréditosHoje à(s) 6:46 pmpor  SamiraCréditosHoje à(s) 5:33 pmpor  Formiga I — Te vejo por aí, caubói. Hoje à(s) 4:18 pmpor  MendoncaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 3:40 pmpor  SubaéIII - Death or ParadiseHoje à(s) 3:21 pmpor  Johnny Bear
Página 1 de 3 Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte
Achiles
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Aecfe07ef5c7ca842816fd453e897a56
Créditos : 13
Localização : Lvneel - North Blue
AchilesAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18382
6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Seg Maio 02, 2022 12:57 pm
6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!

Aqui ocorrerá a aventura dos Marinheiros Thorkell Dragnar & Pippos Vitaminado. A qual não possui narrador definido.


Última edição por Achiles em Seg Maio 02, 2022 4:12 pm, editado 1 vez(es)
Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! OdRR37N
Créditos : 47
Localização : North Blue ~ Flevance
BlindaoSargento
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“Grandes batalhas só são dadas a grandes Guerreiros”

Era só falar em bebida que o filha de uma rapariga começava a salivar igual urubu atrás da carcaça. ~ Aí! Tá escorrendo uma baba na boca, limpa isso aí moleque. Diria para Pippos enquanto portava um sorriso debochador. “Bom... não posso negar que uma festa Open Bar sempre é muito prazerosa, Thororororo!” Pensei brevemente comigo, pois, mesmo galhofando o garoto também havia uma parte de mim que desejava tal evento.

Dado algum tempo dialogando, Pippos haveria respondido sobre estar ciente a hora e local do tão aclamado combate. ~ Hoo. Parece que você está usando suas bolas para algo útil, hein! Nada mal. Thorororororo! Proferia com um olhar risonho, logo bebendo mais um pouco da garrafa que havia recebido do camarada.

Por outro lado, Pippos parecia não gostar muito de minha opinião, já que, estava sedento por espancar esse tal pirata e ter um Duelo épico com Noah. O que havia me surpreendido era a esperteza que Vitaminado havia mostrado, já que, havia pensando bem rápido sobre todas as informações obtidas por nosso grupo. ~ Hmm. Talvez eu esteja subestimando um pouco esse pirata, não nego. Diria finalizando o liquido na garrafa.

As colocações do garoto possuíam sentido e exibiam um pouco de sagacidade, talvez seja por estar andando muito comigo ou seu talento florescendo. De qualquer forma, soltava um suspiro e então tornaria a falar. ~ Uffs. Aí irmãozinho... Diria em um tom mais sério. ~...“A grandeza consiste em tentar ser grande. Não há outro meio.” Proferia de forma sagaz e imponente, pois, cada palavra continha uma vasta experiência de vida e o suor de meu esforço. ~ Se você não entendeu, irei deixar mais claro para você. Me levantava do chão e me aproximava do garoto. ~ Não existe caminho fácil para atingir o cume do poder, só estando a beira da morte... e ultrapassando ela que você conseguirá avistar o outro lado! Então colocaria a mão na cabeça dele e bateria com a minha cabeça para ter um impacto mais emocional. ~ E lá, meu caro pequeno irmãozinho... lá estão os fortes! Se você viver a vida preocupado, só fará seus cabelos esbranquiçarem mais rápido! Terminaria de dizer olhando no fundo dos olhos do garoto, tentando mostrar que para conquistar a grandeza, deve se correr risco.

Logo então soltaria ele e começaria a rir. ~ Thorororororo! Certo, certo. Vamos por partes. A capitã aqui é a Valvatore, então nada mais lógico que ouvir a opinião dela, correto... capitã?! Proferia então ao olhar para a mulher enquanto voltaria a expressar um sorriso amistoso. ~ Tenho a sensação de que essa luta entre esses dois podem se tornar muito mais do que um mero duelo. Afinal, piratas são imprevisíveis, desonestos e ordinários. Com certeza não iram esperar por uma luta justa, se assim o seu adversário achar, certamente é um tolo ignorante. Thororororo! Indagaria enquanto riria apesar da tensão da situação, já que, o real problema era que o povo de Dragora poderia sofrer ainda mais com as ações deste pirata.

“Certamente anseio por um duelo contra Noah e uma luta contra o pirata Klaus. Entretanto, não posso esquecer do povo que foi afetado demasiadamente, ainda está fresco nas memorias os civis feridos e mortos.” O rosto mudaria para uma expressão séria e irritada, após relembrar dos atos em Lucerna. Contudo, logo voltaria a expressão habitual enquanto ouviria Valvatore e Pippos no decorrer de nossos diálogos.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR



_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 2uAvx3T_d
Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! F9Uhwzf
Créditos : 16
Localização : Dragora
PipposSargento
https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Shuuma10

Planejamento em Dragora...
Essa ilha promete, e muito!
VITATATATA!


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!
Em meio às possibilidades, ao menos eu estava mais do certo em falar da gloriosa bebida, e, ainda mais, salivar de tanto imaginar cada gotícula deste maravilhoso e ardente sabor escorrendo pela minha garganta. Mas, ao notar, de acordo com meu mano, que talvez eu já estivesse salivando demais, eu logo tentaria limpar meus lábios com a mão esquerda. – VITATATA VITATATA!Gargalharia com a situação, afinal, eu estava tornando meu vício visível demais.

No decorrer do papo, quando eu pontuei meus formidáveis feitos, deu para notar uma remota admiração dele por minha habitual superioridade. – Sabe como é, né?Tentando me gabar, como de costume, sorrindo e finalizando com mais um bom gole de meu formidável rum.

Aconversa se prolongou e seu assunto foi mudando, inclusive, a Valvatore entrou e estávamos discutindo um pouco a respeito da possibilidade de enfrentar o tal Klaus. – Eu ainda acho que seria um plano genial avaliar a situação pós-duelo, saca?Pautaria uma análise a respeito de toda a situação, afinal: – O perdedor deste duelo que vale muito poder dentro da ilha, ficará bem mais vulnerável, além de, claro, perder boa parte de sua influência na ilha.Afirmei, esperando que ele entendesse. E, de todo modo, ambos pareciam ser guerreiros bem astutos.

Além de admirado por seu afeto grandioso diante de minha superioridade em planejamento, ele logo pareceu citar uma frase bem sagaz para mim, mas frase esta que parecia não seguir seu fluxo com tamanha direção quando se tratava de um ser divino como eu. Claro que fica difícil ser grande quando se está ao meu lado, VITATATA! Ser grande perto de um ser divino é obviamente insano, VITATATA VITATATATA!Pensei. Mas ele logo se aproximou de mim, como se eu ainda estivesse com dificuldade de entender, então posicionei minha mão esquerda em meu queixo para tentar focar bem no que viesse a ser dito.

Em um choque de energias e dentro de um papo muito mais convicto e sereno, pude compreender todo o fim de sua vontade. Esse encontro de cabeças foi mais do que um simples gesto de afeto, eu finalmente havia entendido todo o propósito. E, sem delongas, me levantaria. Empunhando minha nova arma, o Lu Bu, e estendendo-o ao alto, logo faria questão de exclamar: – Eu entendi! Vamos caçar esse maldito agora!Entonaria com empenho e dedicação, considerando todo o viés de determinação que portávamos. E, eu, acima de tudo e todos, como um ser divino, estaria mais do que convicto de minha vitória diante de qualquer adversário.

Em meio a minha louca epifania, o Thork compreendia a situação e logo fazia eu abaixar um pouco a bola. – Certo, certo, VITATATA! Vamos ver o que a Val acha...Meu mano era bem sábio, apesar de suas insanas capacidades de combate, além de tudo ele tinha uma mente invejável. Apesar de eu ser superior em muitos pontos, preciso admitir que em espírito, ele me vence com toda a certeza, VITATATA. Fitaria bem a Capitã, para analisar bem sua opinião quanto a tudo isso, afinal, talvez ela até concordasse com o meu planejamento mais precipitado anterior, mas talvez a garra de seguir em frente e enfrentar qualquer dificuldade também pudesse convencê-la.

Ouvindo a última frase do Thork, até me surpreendi um pouco, afinal, estávamos diante de uma ilha que parecia ter a força como pauta de tudo, e, na minha concepção, a força estaria acima de muitos dos valores necessários para qualquer guerreiro, e, deste modo, não conseguia imaginar guerreiros tentando trapacear em uma peleja para tentar vencer o outro. Principalmente quando a força era o que definiria a honra de governar este espaço, ou seja, como que alguém que trapaceasse em um embate mereceria a governança dessa formidável ilha. – Sei que posso parecer um idiota ou tolo e ignorante como você diz, mas, em tudo que eu vi até agora nessa ilha, acredito que ninguém ousaria trapacear em um duelo de força... principalmente em um que vale a governança dessa ilha, VITATATA!Diria com clareza.

Como todos estavam imaginando, era certo de que esse duelo definiria muita coisa nesta ilha, e, por esse motivo, minha ideia anterior era a de esperar e atacar o derrotado. Todavia, depois de um real “papo cabeça” com meu irmão, pude ter certeza de que esperar e me manter imóvel, não me levaria a nada. Talvez surpreender? Talvez apanhar? Talvez massacrar? Quem sabe? Acredito que a vida quem poderia nos dar qualquer resposta sobre essa situação. Mas, claro, a Val teria muito mais influência e experiência com situações desse gênero, e ouvir sua opinião seria, claramente, a melhor opção.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Narração


Enquanto se reuniram junto a capitã, Pippos e Thor  conversaram sobre seus próprios crescimentos, sobre suas forças  e o que  moreno havia trazido pra mesa foi capaz de chamar profundamente a atenção de Valvatore  ao qual respirou fundo e dentro da devida oportunidade comentou -  Você tem razão, há um certo nível ao qual você só pode alcançar superando os limites de seu corpo e espirito e isso vai muito além até mesmo  das artes marciais do governo ao qual vocês tem aprendido. - Ela ergueu-se e ficou de pé levando a mão ao queixo pensativa, como se procurasse algo  em sua memória para que pudesse ali guiá-los.

- Agora não vou conseguir puxar da cabeça a ficha de vocês, Scarlett certamente saberia de cabeça mas, vocês vem de Elbaf certo? Ou pelo menos seus pais?- Ela deu espaço para que eles pudessem responder e então puxou o motivo de sua pergunta - Devem ser familiares com os grandes guerreiros e como  usam seus espiritos para dar a forma a armaduras, a novos sentidos?  Sendo direta… Vocês são capazes de usar o Haki?- Ela teria respirado fundo e antes que respondessem ela teria dito - Eu deveria ter considerado esse tipo de informação antes de arrastar vocês comigo, definitivamente são fortes mas é algo que eu preciso saber.- Ela então esperou pela resposta dos dois.

Histórico:


_________________



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! WN4Utd7

Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! F9Uhwzf
Créditos : 16
Localização : Dragora
PipposSargento
https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Shuuma10

Esse tal Haki parece formidável...
Mas e aí, o que vamos fazer?!


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!
Obviamente me encantei com as iniciais palavras da Capitã. Havia alguma forma de superar os limites do próprio corpo? VITATA. Se eu já sou impecável somente por ser eu, quem dirá se conseguir aprender alguma habilidade desse feitio? Se conseguir não, pois se eu quero algo, eu me empenho o suficiente até conseguir! – Você falou de aprender habilidades para superar os limites corporais? Muito além do Rokushiki?! Opa, opa... Como assim?Me surpreendi, pois só de imaginar as habilidades extraordinárias que eram o Rokushiki e ela nos falava sobre algo que ainda poderia superá-las? Insano.

A jovem em questão parecia se complicar um pouco para saber exatamente um pouco mais de nosso passado, mas eu faria questão de auxiliá-la. – Somos de Elbaf sim! Eu sou o Vitaminado Pippão, o fruto de uma vontade divina, e ele só diz ser de um grupo primordial aí.Em pouco, logo fomos abordados por alguns questionamentos, talvez supondo nossa inata grandiosidade, todavia, ela falava de algo no qual eu não era muito familiarizado. – Haki?Retruquei de imediato, tentando revisar do que isso se tratava em minha cabeça, mas, aparentemente, nada parecia brilhar.

Er... Acho que não.Respondi com toda a sinceridade de meu supremo ser. Ela parecia previamente desanimada com a nossa resposta, e, aparentemente, não nos teria como impecáveis subordinados se antes soubesse dessa informação. – O poderio dessa capacidade é tão supremo assim?! A ponto de te deixar em uma situação tão desconfortável assim?Meu questionamento era bem direto, e esse tal Haki parecia ser assim importante demais para deixá-la tão debilitada assim no atual momento.

Prestaria bastante atenção nas informações que ela tivesse a fornecer no decorrer da conversa, inclusive faria questão de analisar atenciosamente e, caso não fosse mencionado, eu ainda faria questão de perguntar: – Mas como podemos fazer para aprender essa habilidade? Por acaso você ou alguém poderia nos ajudar com isso? VITATATA!Estaria focado em ouvir bem suas direções e o essencial para que pudéssemos nos desenvolver ainda mais, para, claro, poder derrotar qualquer tipo de adversário, e quem sabe até esse tal Klaus.

E assim que me recordei desse detalhe, faria questão de puxar novamente esse assunto ao fim de ouvir e analisar bem as respostas referentes sobre o Haki. – Sim, Val, falando nisso, e o que você tem para nos aconselhar a respeito dessa história do Klaus? Podemos cair em cima e caçar esse maluco ou você teria algumas missões em prontidão para nos designar?A questionaria com a maior naturalidade, para que a mesma ainda pudesse melhor nos guiar a respeito de toda essa situação, afinal, não sabia se ela ainda teria algumas tarefas, como missões, para nós, e se ela ainda seria favorável com todo o nosso possível planejamento para o fim do combate do tal Klaus.

Ainda faria questão de intensificar minha vontade: – Talvez fosse mais interessante esperar o combate acabar, afinal, acredito que é uma peleja que vale o comando da ilha, e atacar o líder da ilha, talvez fosse forçar demais, pois estamos diante de um lugar o qual a força comanda, ou seja, se vamos até um líder, muitos o defenderão.Suspirei. – Mas como pude ver com meu mano...O agarraria pelo ombro. – Concordo que realmente perdemos tempo demais pensando em fazer algo e acabamos nos atrasando, e se você estiver de acordo, nós iremos!Finalizei com um estonteante sorriso ao fim.

Mas ainda faria questão de apontar com meu indicador esquerdo a cara desse meu mano cabeçudo: – Esse aqui ó...Hic.Solucei. Apontaria de um jeito que qualquer idiota entenderia de quem eu falava. – Esse mesmo, VITATATA! Ele sabe das coisas, VITATATA VITATATATA!Gargalhei.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! OdRR37N
Créditos : 47
Localização : North Blue ~ Flevance
BlindaoSargento
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“Grandes batalhas só são dadas a grandes Guerreiros”

O ímpeto gerado pelas minhas palavras eclodia uma poderosa chama no espirito guerrilheiro de Vitaminado, naturalmente me sentirá da mesma forma, sentindo infamar o desejo pela ascensão. No entanto, dado minha experiência de vida e minhas muitas viagens, sabia que seguir sem um plano era o mesmo que colocar os pés pelas mãos. Claro que o ímpeto é importante, mas há de ter seu momento para se abusar dele. De outra forma, será apenas um touro avançando desenfreadamente direto para o abismo, que por mais que seja forte e resiliente seu avanço será nada mais que um ato sem sagacidade.

O garoto pontuava sobre o duelo e salientava a estupidez em uma trapaça valendo o titulo de monarca da ilha. ~ Hah! Aí que você se engana, cabeça de rabanete! Proferia com intensidade. ~ Pessoas ambiciosas tendem a usar quaisquer meios para alcançar seus objetivos... e como estamos falando sobre o domínio de Dragora, ainda acha tão difícil assim não trapacearem em prol de sua vitória?! Arqueava uma das sobrancelhas e expressava um ar de lógica. ~ Sem contar que estarmos falando de piratas... honra para eles é nada mais que uma cueca suja que eles usam do avesso para mascarar o cheiro, Thororororororo! Enfatizaria minhas palavras colocando o dedo na cabeça e em seguida soltando uma bela risada.

Dado algum tempo, Valvatore começava a interagir e perguntar sobre dados pessoais. ~ Exatamente, sou de Elbaff. Todavia, já faz algumas décadas que fui exilado de lá. Comentaria de forma banal, apesar de que certamente criaria curiosidade sobre o motivo, ainda que não viesse a falar por hora.

~ Ei, ei, ei! Seu rabanete divino, tenha mais respeito sobre falar dos Gigantes Primordiais! Afinal, eles foram os primeiros a desbravar os mares e alcançar o topo do poder! Daria um sopapo na cabeça de Pippos de forma fraternal.

Valvatore seguia a falar, não entrando muito no assunto entre mim e Pippos, mas focando na conversa central. Logo então, a capitã abordaria o nome “Haki”, frisando a relevância do espirito e da força desta habilidade. ~ Hmm. Acho que já ouvi falar em algumas das minhas viagens, apesar de que faz uma pancada de tempo. Thororororo! Ponderaria meio pensativo até terminar rindo devido a memoria não ser das melhores. ~ Não se preocupe com esses detalhes, capitã, já nos fez um grande favor em nos trazer junto. Um homem deve perdoar uma bela mulher e agradecer por sua generosidade. Responderia a marinheira em razão de sua frase final, ao tempo que gesticularia com o dedo da mão de forma positiva, cortejando ela de forma indireta.

Em seguida Vitaminado começava a fazer uma enxurrada de perguntas, seja pela ansiedade ou excitação, o moleque estava fervendo. “Esse pateta nem se ligou que não deixou a mulher terminar de falar, Thorororo!” Coçava a barba enquanto olhava para Pippos e manifestava um largo sorriso.

~ Heh. Aquieta essa bunda aí, bro! Diria ao mesmo tempo que passava as mãos na testa e cabelo para retirar o excesso de suor devido a alta temperatura que Dragora possuía. ~ Se não me engano... Haki é uma habilidade que todo ser vivo tem, mas nem todos controlam! Não é isso mesmo? Ponderaria em conjunto de Valvatore e retornaria a falar. ~ É uma capacidade de usar o fluxo de energia espiritual para fortalecer os nossos corpos, ou algo assim. Coçaria a cabeça tentando relembrar de onde e de quando havia visto isso, mas falhando miseravelmente.

Após soltar um suspiro, olharia para a capitã e diria. ~ Parece ser algo difícil de doutrinar, mas nada é impossível para este corpo que foi abençoado pelos primórdios! Thororororo! Proferia com convicção e determinação. ~ Hmm. Talvez seja uma boa oportunidade de fortalecer nossas habilidades, sabe o que isso significa irmãozinho? Colocaria o braço por cima do pescoço de Vitaminado com intuito de camaradagem. ~ Tá na hora de um bom treino Hardcore para fortificar nossos corpos, hein! Thororororororo! Exclamaria com intensidade e exibindo um sorriso demasiadamente animado e entusiasmado.

“Tá na hora de botar pra quebrar! Nada melhor que um bom treino intenso para melhorar nossas habilidades. Afinal, se tem a possibilidade de estar subestimando nossos alvos, é só fazer um treino para ficar mais forte que eles!” Ponderaria brevemente comigo, até vir a questionar comigo mesmo. ~ Mas o que devo treinar primeiro? Diria em voz alta. ~ Começar com algo mais básico seria uma boa ideia, por exemplo aperfeiçoar os fundamentos dos Rokushikis... talvez melhorar o Tekkai e Shigan, já é um bom começo. Concluiria sem mais delongas. “Afinal de contas, os outros Rokushikis não parecem muito apropriados ao meu estilo de luta. Então nada mais óbvio que melhorar os mais uteis, do que os inúteis. Thororororo!”



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR



_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 2uAvx3T_d
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Narração

- Vocês são empolgados, gosto disso em vocês mas é, perguntei porque é mais comum que pessoas que tenham crescido na primeira ou segunda parte da Grand Line seja mais espertinha do que as pessoas que cresceram nos blues. - Ela puxou então uma de suas lâminas, mostrando bem para Pippos - Me diga você. - Ela teria dito isso e então com a outra mão apanhou uma folha de papel branca e o tingiu de negro com o haki - Normalmente se espera que a lamina corte o papel, não? - Ela então desceu a mão com o papel de modo que a metade da espada caiu sobre o chão como se ela tivesse cortado um pedaço de manteiga.

- Exatamente como Thor comentou, é uma projeção do espirito, pessoas com um espirito grande e poderoso são capazes de derrubar os outros apenas pela sua vontade, outros projetam eles como uma grande armadura, como um meio de flertar com o futuro ou até mesmo compreender profundamente o coração de algo ou alguém.- Ela então suspirou e comentou - Todos são capazes de usar essa habilidade mas, é uma habilidade dormente, ela deve ser desperta e o único jeito de forçar esse despertar é através de uma grande batalha ao qual te coloque no limite entre a vida e a morte ou que force a sua mente a um ponto que você se torne sensível ao seu espirito.. Ela terminou de explicar.


- Quanto a Klaus… Ele é um usuário de Haki experiente, colocar vocês contra ele seria os mandar para a morte no momento e… Por mais que me incomode, é como a ilha funciona, nós não temos autoridade pavimentada pelo governo para interferir na politica mas isso não quer dizer que há menos trabalho. - Ela enfim explicou o resto pros meninos dizendo - Que dor de cabeça… Então rapazes, eu tenho um informante que vai trazer algo grande pra gente até a noite, como é que é, querem treinar pra aliviar o stress até lá, querem que eu mande vocês em uma patrulha, como vai ser? Eu planejo um grande teste para a promoção de vocês mas para tal, vocês precisam me mostrar serem capazes de tomar suas decisões. - Ela deu a liberdade para que eles começassem a ser mais independentes ao escolher o que desejavam fazer, Valvatore não era inflexível também, na verdade era flexível até demais provavelmente.


Histórico:


_________________



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! WN4Utd7

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! OdRR37N
Créditos : 47
Localização : North Blue ~ Flevance
BlindaoSargento
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“Grandes batalhas só são dadas a grandes Guerreiros”

A capitã apreciava nossa presença, ainda que em grande parte fossemos audaciosas e indisciplinados de certa forma. Onde muitos superiores puniriam ou repudiariam tais atos eloquentes, por outro lado, Valvatore parecia estar bastante habituada; o que era algo bom.

Não tardou para a marinheira começar a explicar de forma detalhada as habilidades referente aos Hakis. Tal fato é, logo podíamos ver em primeira mão ao notar a mulher utilizar a habilidade de forma tão natural que era até estranho. ~ Ora, ora... estava andando ao lado de uma Leoa e não sabia, Thororororo! Parafraseava para a capitã enfatizando sobre a força da mesma ao tempo que olhava com as pupilas sedentas e vorazes. Afinal de contas, era quase impossível não imaginar uma batalha com ela, um duelo feroz e excitante.

Dado certo ponto, Valvatore comentava sobre as capacidades do tal pirata. Inclusive, frisava o domínio do mesmo com o Haki. ~ Hoo. Interessante... parece que esse bunda mole no fim é alguém digno de ser caçado, Kekekeke! Proferia coçando o queixo enquanto emanava uma risada bastante instigada pelo relato recém ouvido.

Após a narrativa da capitã, Valvatore então perguntaria sobre o que desejávamos fazer, mostrando que ela realmente se importava com nossas opiniões e vontades. “São poucos os capitães que exibem esse tipo de comportamento. Mas sem dúvidas são aqueles que jamais serão esquecidos.” Ponderava comigo mesmo, logo expressando um olhar de admiração pela nobre mulher.

~ Pois bem! Eu to empolgado para treinar essas fortalezas musculares, Thororororo! Apoiava as mãos na cintura e faria uma pose máscula. ~ Não sei se é o momento ideal para tentar despertar o Haki, já que parece ser algo mais trabalhoso. Mas sobre os Rokushikis acredito que seja mais prático melhorar a base primeiro e então avançar para uma construção mais consolidade. Abordaria o assunto sobre melhorar os fundamentos das habilidades da marinha através de uma comparação em Alvenaria. ~ Estava pensando sobre o Tekkai... por acaso conhece alguma forma de torna-lo ainda mais poderoso? Questionaria a capitã com intuito de extrair alguma ideia sobre a habilidade de tornar o corpo mais rígido que aço.

Havia a possibilidade de Valvatore saber, mas não dominar. Se ela pudesse me indicar algum mestre no Tekkai seria de grande ajuda. No entanto, seria mais fácil se ela mesma soubesse. Apesar de que não parecia ser muito a cara dela. ~ Ou talvez um perito com Shigan, seria útil ter variações dele. Lembro que vi usarem no quartel, apesar de que não me recordo o nome. Proferia quase que retoricamente, pois, era as duas habilidades em que mais me identificava.

Apesar de ter aprendido Soru e Geppou, pouco usava eles em comparação aos outros. ~ E você bro? Cruzava os braços e proferia para Pippos. ~ Porque não aproveita pra fortificar essa maria mole que tu chama de músculos, hein?! Thorororororo! Provocaria Vitaminado como de costume. “Conhecendo bem ele, certamente estaria mais interessado em tentar despertar o Haki. Mas se não melhorar suas aptidões base, vai ser o mesmo que tentar pescar um peixe com a boca.” Olharia para o garoto enquanto pensava se sugeriria que ele evitasse por hora tentar algo tão árduo, ou se deixava ele se foder só para aprender na dor. Afinal, o sentimento de dor é muito mais fácil de lembrar do que o de alegria.




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR



_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 2uAvx3T_d
Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! F9Uhwzf
Créditos : 16
Localização : Dragora
PipposSargento
https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Shuuma10

O Haki...
Como aprender essa fascinante habilidade?


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!
À princípio, a pequena Valvatore começou a discursar a respeito de uma remota crença convicta de que, como pessoas que nasceram na Grand Line já ter esse aprendizado desde novas. – Er.. me desculpe. Desde muito novo eu fugi de lá, então não pude ter muitos aprendizados desse feitio.Pontuei, não sendo assim tão específico, para não deixar a tona que o principal motivo de minha fuga da GL havia sido o bullying. Parece ser algo bobo, mas para mim não foi, e eu tive de remoldar minha mente e o meu espírito, para ressurgir como um ser impecável e divino.

Nesse sentido, eu acho que você pode contar como se eu não viesse da Grand Line, VITATATA!Brinquei. Mas ela logo chamou a minha atenção com um questionamento báscio: – Ué? Claro que a lâmina pode fatiar o papel, VITATA VITATATA!Gargalhei com firmeza, afinal, tratava-se de uma pergunta meio que óbvia. Mas a demonstração da mesma deixou-me boquiaberto. Como que um papel conseguiria cortar uma lâmina?!Indaguei, questionando fortemente em meus pensamentos.

Comentou a respeito de ser mais ou menos como o meu parceiro havia falado, ser alguma espécie de energia interior que pode ser projetada tanto em sua força como em excepcionais capacidades. – Fascinante!Apenas comecei a imaginar como o meu poder, a minha imponente força, poderia ser potencializada, tendo o domínio dessa habilidade que estava sendo demonstrada. Já imaginou ter esse poderio com o martelo, Pippão?! Insanamente incomparável, VITATATATA!Sorri, enquanto imaginava tal capacidade fluindo de mim.

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Uau-impressionado

Por outro lado, não era uma habilidade assim tão simples de aprender, pois, segundo a mesma, para despertar esse poder, seria necessário um colossal confronto, algo que talvez até me deixasse entre a vida e a morte. – Me deixar em uma situação entre a vida e a morte?!Esbravejei. – O problema é conseguir encontrar alguém que me deixe nessas condições, VITATATATA!Pontuei, exalando toda a minha confiança em seguida: – Difícil. Esses músculos divinos são incomparáveis, VITATATA!Brinquei, deixando o Lu Bu em minha frente, no solo, para flexionar meu Duplo Bíceps de frente.

Brincadeiras à parte, mas eu estava bem convicto de meu potencial, e, dificilmente, acreditava em ser capaz de passar por uma situação dessas, de extrema decadência, afinal, como o futuro ser mais forte deste planeta, eu não poderia chegar nem perto quase morrer em uma peleja. Mas logo comecei a raciocinar um pouco: – A não ser que acabássemos enfrentando um inimigo com essas habilidades... Isso seria bem complicado.Citei a possibilidade, imaginando como seria difícil enfrentar alguém com essas capacidades absurdas pontuadas pela Val.

Ouvindo bem as palavras da Capitã, deu para entender a razão de ser complicado enfrentar o tal Klaus por agora. – Então quer dizer que ele já tem muita experiência com isso? Essa parada de prever ataques e aplicá-los de forma mais intensa...Olhei para o Thork, para ver se o mesmo não concordaria comigo, mas ele parecia entender bem e pontuar que deveríamos nos esforçar e focar em um treinamento insano por agora, para ser capaz de bater de frente contra quaquer rival que tivesse essas habilidades.

Mas quando tento ser mais sério e focado com esse cara, ele faz questão de agir feito um idiota, VITATATATA! – Maria mole que chamo de músculos?! VITATATATATA! Você quem precisa treinar bem mais para ter músculos tão definidos e bem estruturados feito os meus, VITATA.Brinquei. – Eu irei conseguir antes mesmo de você, seu cabeçudo, VITATA! Nem que...Imaginei algo insano que ninguém seria capaz de fazer. – Nem que eu tenha que pescar um peixe com a boca, VITATATATA! E olhe que eu nem sei pescar.Brinquei. Pontuando uma possibilidade extrema, afinal, eu tinha planos para dar o meu máximo em tudo o que buscava.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Narração



Apesar dela ser muito mais nova, era visível que ela tinha mais experiência em algumas coisas, algo natural pra quem já trava batalhas na Grand line a alguns anos, especialmente ao pegar sua fama de pular de um campo de batalha para outro. - Eu entendo o suficiente de cada um dos Rokushikis, ensinar vocês algumas das especializações ou técnicas alternativas não seria desafio, vocês já tem uma base sólida. Ela então apontou para uma porta - Podemos ir pros fundos? Vamos soar de certo e não é a estrutura mais arejada do mundo. E então ela teria se colocado a frente dos dois os aguardando, nos fundos da casa, havia um muro que era mais elevado o suficiente para que lhes desse alguma privacidade, o campo era todo com uma espécie de tatame impermeável a céu aberto e se sentiriam ali mais a vontade do que lado de dentro.

- Talvez se sua ideia é usar o Tekkai, especializar no Utsugi possa ser uma arma válida, é uma técnica que usa da dureza do seu corpo como uma arma e atacantes podem levar o dano de volta ao atacá-lo.- Ela teria então feito uma demonstração ao enrijecer os músculos de seu corpo era possível entender que aquele era um Tekkai comum, no entanto ela fez uma expressão mais séria e então seria possível ver que seus músculos tornaram-se tão rígidos como algo que superava até mesmo o ácido, dava pra sentir que um golpe nela machucaria muito mais a mão do que ela sentiria. - Esse é o Tekkai Utsugi, é uma técnica que todo usuário de Shigan deve tomar muito cuidado, pois ela pode quebrar facilmente punhos apenas com sua força muscular concentrada. O que acha de começarmos com esse? Depois podemos partir para o Shigan Ban Cue, ao qual vou ensinar como aplicar a sua arma o Shigan hahaah. Ela comentou relaxando - E você Pippos, quer aprender algo? Posso instruir os dois ao mesmo tempo. Ela então aguardou a resposta.

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 9VTxJWg


Histórico:


_________________



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! WN4Utd7

Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! F9Uhwzf
Créditos : 16
Localização : Dragora
PipposSargento
https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Shuuma10

O fruto de uma vontade Divina!


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!
De imediato, aquela pequenina já mostrava parte de seu tamanho conhecimento, quem diria que ela já seria capaz de fornecer ainda mais treinamento a seres colossais como nós?! Não é nenhuma dúvida, claro, afinal, é por esse motivo que ela está numa patente bem acima, VITATA. Quero ser assim quando eu crescer, VITATATATATA!Brinquei com meus pensamentos.

Apesar de seu tamanho conhecimento, ela sabia bem que não adiantava muita conversa diante de nós, e o principal era seguir para a parte prática, e assim nos convidou aos fundos do âmbito em que nos escontrávamos. – Opa, VITATATA! Só se for agora! Bora, Casthorkello.Convidei meu mano, para que ele parasse de pensar em qualquer pífia ideia em sua cabecinha e logo me acompanhasse até os fundos, afinal, eu também não queria que ele ficasse para trás, VITATATA!

Por estranho que parecesse, ela parecia se colocar bem em nossa frente em um tatame bem programado para perpétuos duelos. De imediato, olhei bem para a nossa superior e imaginei: Ela realmente está pensando em se colocar contra a gente?! VITATA! Ela é uma Capitã, mas eu sou o fruto de uma vontade divina, o Vitaminado Pippão, VITATATA!Pensei, frutiferamente, indagando parte de meu egocentrismo que praticamente me colocava acima de tudo e de todos. Mas antes de qualquer coisa, ele logo pôs-se a falar mais algumas palavras para o meu parceiro a respeito de uma possível evolução no Tekkai. E, sem delongas, logo nos mostrou uma bela exibição dessa técnica, mostrando, fielmente, uma tensão bem árida no ar com a envolvência dessa fabulosa técnica. – Impressionante!Disse.

A pressão feita no ar era insana, e agraciar meus adversários com essa potencialidade seria o mínimo de minha intenção, VITATA. – Eu? Ei, pode, também, me ensinar o Tekkai? Apesar de termos um castelo aqui para tankar todo o dano, VITATA, ainda almejo aprender a aguentar um pouco mais de porrada.Pontuei. Já mostrando o quão útil me poderia ser essa habilidade, afinal, obviamente eu não era intocável, e poder aguentar melhor todos os danos seria mais do que formidável para mim.

Aprendizado ~ Tekkai

Eu faria questão de ouvir bem todas as informações que ela tivesse a me oferecer, além de, claro, também observar demonstrações práticas, afinal, observar a prática, para mim, fazia muito mais sentido de entender a execução da habilidade. Além de, claro, ouvir bem suas palavras, e procurar flexionar bem meus divinos músculos e deixá-los cada vez mais endurecidos, com a força bem empenhada nos mesmos.

Claro que, inicialmente, não seria nada fácil realizar a parte prática desse rokushiki, e , nesse caso, era bem provável que eu recebesse golpes e pancadas que realmente machucassem e, de fato, doessem, mas nada que fosse me fazer desistir ou dar um passo para trás. Apenas faria questão de flexionar o músculo com cada vez mais força, além de ouvir bem cada uma das dicas que me fossem fornecidas, afinal, poderia facilitar a minha parte prática, mas seguraria a dor com firmeza, e em qualquer caso de pergunta, faria questão de responder: – Nem doeu.Mesmo a minhas expressão facial entregando, que, claramente, eu havia sentido firmemente o ataque.

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Pilateiro-8

Continuaria a manter meu foco e minha determinação, para ir com determinação e foco atrás de meus objetivos. Eu sabia que, não importava quanto tempo me fosse necessário, pois com empenho, eu seria capaz de adquirir essa habilidade. Melhorando cada vez mais, e flexionando bem os meus músculos na hora da recepção de cada ataque, faria questão de tentar endurecer os meus músculos o suficiente para reduzir todo ou parte do golpe recebido. E assim seguiria por quanto tempo me fosse necessário, para aprender tal impecável habilidade, e eu apenas cessaria quando, de fato, a conseguisse dominar.

Fim

Tendo concluído o formidável treinamento, obviamente eu deveria estar com meu corpo um pouco dolorido, mas nada que fosse capaz de fraquejar esse meu corpo divino, e eu abriria um sorriso no rosto, como quem já estivesse pronto para outra, VITATATA! Pois já tinha muitos planos em mente, inclusive o aprimoramento desse Tekkai conforme visto previamente no treinamento do Thork.



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão



Última edição por Pippos em Dom Maio 08, 2022 3:20 pm, editado 1 vez(es)

_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! OdRR37N
Créditos : 47
Localização : North Blue ~ Flevance
BlindaoSargento
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“Grandes batalhas só são dadas a grandes Guerreiros”

Como de costume Pippos se enaltecia demasiadamente, não que fosse novidade. Já estava acostumado e não me exaltava mais por tais insinuações. De certa forma, essa fome por atenção e fama era algo com que eu me identificava, mesmo que de um jeito diferente.

Dado mais um tempo com a prosa, Valvatore se disponibilizava em nos instruir algumas novas habilidades dos Rokushiki. ~ Thororororo! Positivo, capitã! Vambora! Comentava animado e ansioso para começar o treino, logo seguindo a marinheiro junto do garoto até o paio que ficará atrás da base em que estávamos. Um local bastante útil para treinamento, além de espaçoso.

Valvatore aproveitou do momento para explicar, e exemplificar, a habilidade de Utsugi. “Um Tekkai aperfeiçoado que além de possibilitar defesa, retribui o ataque do alvo contra ele mesmo. Nada mal!” Ponderava comigo enquanto observava atentamente a forma corporal de Valvatore. “Heh. É um belo corpo, isso posso afirmar.” Apesar de não me distrair facilmente, as curvas da marinheira se mostravam um trabalho difícil de não cobiçar.

A marinheira havia comentado sobre outra habilidade, Ban Cue, está voltada para o Shigan. No entanto, por hora, centralizaria minha atenção nessa especialização do Tekkai. Afinal de contas, era a habilidade que mais apreciava entre todas as outras.

~ Aprendizado Tekkai Utsugi ~

As instruções por parte da capitã eram fáceis de compreender, pois, Valvatore era uma mulher que conseguia ser direta e franca sempre. Conforme seguia suas orientações, utilizando o Tekkai e buscando o aprimoramento na forma com intuito de atingir o Utsugi, a marinheira pontuava sobre a capacidade de tensionar os músculos além do extremo.

Conforme a marine instruía Vitaminado, seguia da minha parte tentando melhorar a forma da tensão muscular, se mostrando algo simples na teoria, mas complexo na pratica. “Quando manifesto o Tekkai, preciso atingir o pico máximo de tensão... então para atingir a nova forma preciso extrapolar isso, mas que seja algo natural no decorrer da luta.” Divagava comigo enquanto ouvia as instruções e de pouco-a-pouco, começava a alcançar a habilidade de Utsugi, mas não antes de pagar alguns golpes da marinheira para averiguar o estado em que estava.

Seja por minha alta tolerância a dor e resistência física, conseguia suportar os golpes de Valvatore sem muitos problemas. Mesmo que a força da nobre marine fosse elevada, ainda sim seria necessário uma grande quantidade para ferir estes gigantescos musculosos.

No processo do aprendizado a marinheira proferia sobre a principal função de Utsugi que seria retroceder o choque do impacto do Tekkai contra o seu alvo, o que era uma arma poderosa nas mãos de um sábio. Quando enfim havia compreendido, e me refiro sentindo na pele, como manifestar a técnica, conseguia ativar a habilidade perfeitamente, após um bom tempo em treino. ~ Tekkai Utsugi! O corpo havia atingido um novo patamar de dureza e devolvido a onda de choque do golpe da marinheira.

~ Fim do Aprendizado ~

Passava a mão na testa para retirar um pouco do suor que havia escorrido, mesmo com um alto vigor físico, efetuar diversas vezes o Tekkai exigirá uma concentração mental e física em demasia. – Fiuuss, foi mais cansativo do que imaginei. Thorororororo! Proferia e logo em seguida estalava o pescoço para liberar a tensão. – Acho que já peguei o jeito... e você também, hein. Diria para Pippos enquanto ostentava um largo sorriso no rosto. – E então, me fale um pouco sobre essa especialização do Shigan; Ban Cue?! Perguntaria para a marinheira com objetivo de ouvir dela a parte teórica e pratica em prol de continuar o treinamento, este mais centrado para o ataque.




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR



_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 2uAvx3T_d
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/


Narração


- Claro, se junta ai que eu ensino os dois. Comentou a capitã dando a ambos os marinheiros uma direção em um treino ao qual mostrou-se longo e bem cansativo para as três partes e então, como um ambiente aberto poderiam ver alguns fogos de artificio estourando no céu em um show de cores belo ao qual enchia o olho daqueles que olhassem com um sentimento bom.


- Uma comemoração, a essa altura? Não lembro de ter lido sobre algo assim…- O Show de luzes continuou por mais um tempo em espaços maiores de tempo até que cessou completamente, sentiam agora a temperatura um pouco mais alta algo natural para uma ilha cercada de uma formação vulcânica como eles estavam, uma batida na porta fora ouvida junto a um - Noticias urgentes, Noticias urgentes! O General Soren foi derrrotado! Lucerna tem um novo General!- Era o que todos eles ouviram boquiabertos pois pensavam estar completamente adiantados em relação ao plano de conquista por parte do Pirata mas não, a realidade é que ele já era agora um líder militar influente em Dragora e isso poderia complicar muitas coisas se fosse um homem mal intencionado.

Valvatore caiu de bunda no chão com a surpresa com a expressão meia de choque até que então levantou-se e respirou - Ta… Não era o nosso trabalho impedir que isso acontecesse mas é nosso trabalho impedir qualquer mal que possa ser feito a inocentes… Pippos, Thor, há algo mais que eu possa ensinar a vocês que vocês queiram aprender? Eu preciso de vocês prontos o quanto antes e quando digo prontos, não é só pela metade, quero vocês no potencial total, porque nós vamos avançar em território perigoso. - Ela explicou absorvendo aquilo da forma mais racional que podia dando a oportunidade para que terminassem os treinos antes de ela explicar a missão pra eles.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 9VTxJWg


Histórico:


_________________



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! WN4Utd7

Pippos
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! F9Uhwzf
Créditos : 16
Localização : Dragora
PipposSargento
https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai




6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Shuuma10

O fruto de uma vontade Divina!


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!
Estranhamente, uma série de lampejos que estouravam sem mais delongas pareciam pairar pelos céus. Algo que, obviamente, nos deixou sem reação alguma além de questionar do que se tratava. – Que merda é essa? Descobriram agora que um ser divino como eu está na ilha? VITATATATA!Enalteci todo o meu impecável ser, com uma brincadeira que até poderia ter um remoto fundo de verdade em minha mente.

A bela variação de cores, demonstrava uma bela harmonia, realmente tentando demonstrar alegria, festejo, e, como a própria capitã disse, uma comemoração. – É...PigarroÉ isso mesmo. Descobriram minha presença divina por essas bandas, VITATATA! Agora devem estar me considerando um divino dragão.Brilhei em meu expressivo egocentrismo. Mas mal deu tempo de haver alguma reação após minha fala, pois uma assombrosa notícia logo começou a pairar pela localidade.

A notícia era tão inesperada e complexa, que fez a Valvatore cair de bunda no chão. Logo aproximei-me o suficiente para oferecer-lhe ajuda para levantar. – Aquela maldita!Enfurecido fiquei, indignado com o fato da Chris não ter me informado quando o combate já estava para acontecer. – Meu contato sequer me deu alguma informação... Ou Chris não me considerou confiável o suficiente, ou nem ela mesmo sabia. Mas pela quantidade de fogos, é esperado que muitos tenham prestigiado essa épica batalha.Analisei.

De toda forma, agora eu precisava dar mais ouvidos ao que a nossa superior tinha a dizer. Ela queria nos ter como aliados em um potencial máximo, e isso era extremamente necessário nas condições atuais, afinal, sequer tínhamos alguma ideia exata de como, de fato, seria o governo desse Klaus. – Sobre haver algo a me ensinar, eu acredito que já aprendi de todos os Rokushikis que existem, então... ah, na verdade, faltou apenas um, aquele em que soltam uma espécie de lâmina com as pernas, você poderia me ajudar com isso?Destaquei.

Aprendizado ~ Rankyaku

À princípio, eu apenas ficava a imaginar e tentar desvendar o sentido em uma fantástica habilidade que permitia realizar cortes em longa distância com os pés. Obviamente que eu não era nenhum especialista com os pés em combate, mas precisamos estar sempre preparados para o que der e vier, VITATA. A Val não demorou para me dizer exatamente de quê se tratava essa habilidade, era o Rankyaku. Puta nome bizarro... mas é isso, né?Nao havia o que questionar, mas sua explicação foi bem sensata e suficientemente complexa.

A habilidade em questão visava utilizar a força do vento à seu favor, pois, dando um ataque bem elaborado, havia a possibilidade de utilizar o ar comprimido em forma de lâmina, para já executar um razoável e formidável corte. Isso mesmo, sem sequer precisar de alguma lâmina, punhal ou qualquer ferramenta desse gênero. Claro que fiquei fascinado com sua explicação. – Incrível! Mas como consigo controlar de forma plena essa capacidade de projetar uma lâmina?Claro que eu estava curioso, afinal, ter essa habilidade seria mais do que útil em situações adversas.

Conforme suas experientes informações, pude apreciar e compreender melhor a capacidade do uso dessa habilidade. O essencial seria ter o ar como um aliado, forjando o ar como parte de mim, algo que um hábil ferreiro como eu entenderia muito bem. O ar agora poderia ser moldado conforme meu interesse, ao menos era essa a lógica, e, aplicando a força e a técnica certa, eu teria a plena condição de projetar uma bela lâmina com um simples movimento de minhas pernas.

Ao menos seria essa a lógica, mas agora eu precisava entender o essencial na parte prática, afinal, ninguém aprende apenas com a teoria. Eu me dedicaria com total plenitude, demorando o tempo que me fosse necessário para captar com excelência a locução dessa habilidade. Tudo bem que não era uma forja de lâminas, como qualquer ferreiro saberia muito bem, mas era uma ideia bem próxima a esta, pois aplicando a força certa e manejando o ar impulsionado a meu favor, eu teria a formidável possibilidade de executar uma rajada de ar cortante: – Rankyaku!

Fim

Lógico que ao fim de mais um desgastante treinamento, eu estaria mais do que bem cansado, e comer algo ou tirar um cochilo seria muito bem vindo. – Ei, Val, tem mais algo para a gente comer? Acho que depois dessa, preciso, no mínimo, recuperar bem minhas energias, VITATATATA!Eu não sabia muito bem quanto tempo havia passado desde que eu havia começado a desenrolar aqueles dois treinamentos de Rokushiki, mas, seguindo essa lógica, era bem provável que já houvesse entardecido ou até anoitecido, o tempo voa quando a gente se diverte, VITATA.


6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Ver perfil do usuário
Imagem : 6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! OdRR37N
Créditos : 47
Localização : North Blue ~ Flevance
BlindaoSargento
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“Grandes batalhas só são dadas a grandes Guerreiros”

Pelo jeito Dragora seria arrastada por grandes mudanças, ou pelo menos a cidade de Lucerna. Afinal, o trono do líder havia sido conquistado por outro. ~ Hoo. Interessante. Comentava expressando um olhar bastante intrigado, e pressentindo que logo uma grande maré eclodiria em Dragora. ~ Parece que esse pivete no fim tem culhões, Thororororororo! Falaria de forma extrovertida, ainda que o sangue estiver borbulhando para enfrentar tal oponente.

Todavia, meu treinamento ainda não havia cessado. Valvatore estava um pouco abalada pela situação, mas tentaria amenizar as preocupações da bela mulher. ~ Acalme-se, capitã. Estendia a mão para ajuda-la a se por de pé, como um bom cavaleiro cortês. ~ Enquanto estes nobres músculos estiverem aqui, pode contar comigo! Thororororo! O olhar seria confiante e inabalável. ~ De certa forma... já era algo esperado, mesmo que com chances baixas, então não se preocupe muito com isso. Indagaria pelo fato de não me surpreender pela vitória do pirata. ~ Ainda ajudaremos o povo de Dragora, se preciso em alguma revolta ou desordem. Afinal de contas, a força é a justiça neste tipo de ilha. Thororororo! Gargalharia amigavelmente, tentando buscar um pouco mais de vinculo afetivo com a nobre mulher.

~ Aprendizado Shigan Ban Cue ~

O treinamento logo continuaria, já que, aproveitava da energia e disposição de Valvatore. Ainda estava com bastante energia, mesmo após desempenhar um foco mental e físico gigantesco. ~ Vamos então prosseguir com a tal habilidade que você comentou, sobre o Ban Cue?! Falava para a marinheira enquanto ouviria sua explicação sobre a especialização do Shigan.

A marinheira dedicaria um pouco de atenção e frisaria a eficácia do Shigan para romper e perfurar as defesas dos inimigos, tal qual seria uma capacidade de perfurar seus oponentes apenas com um Dedo. Disto já estava ciente à algum tempo. Já o Ban Cue não era diferente, era extremamente idêntico, a única diferença estava na aplicação, pois, ao invés de usar o dedo, a habilidade seria centrada no armamento do usuário.

Após empunhar minha lança, que estava dentro de minha fortaleza, trazendo-a para fora e segurando com uma de minhas mãos, começaria a por em pratica as palavras da capitã. Suas orientações estaria enfatizando a sensação que o Shigan trazia, e que era para eu aplicar na lança quando lançasse uma estocada; expandido sua potência penetrante.

Levaria algum tempo para começar a ver os primeiros resultados, ainda que em teoria fosse fácil entender, na pratica era o oposto. Entretanto, após diversas lançadas no ar, seria perceptível a formação do vento se tornar mais perfurante durante o estado final da lâmina contra o ar.

Seja por minha vasta experiência de vida ou sagacidade, bastasse algum esforço e dedicação para conseguir doutrinar os músculos para aplicar a especialização. ~ Shigan! Ban Cue! A lança romperia o ar e desceria contra o solo, gerando quase que imediatamente um buraco esférico devido a força de perfuração. Não era necessário nem aplicar muita força, pois, a habilidade entregava de fato sua função.

~ Fim do Aprendizado ~

Sem mais delongas, com fim do treinamento, havia olhado para Pippos que estava aprendendo outro Rokushiki. Já havia visto o Rankyaku outrora, mas não combinava muito comigo. Então por hora, estava mais propenso a bater um rango que aprender essa habilidade de lâmina com pernas. ~ Hah! Essa habilidade é bem boa pra fatiar legumes, combina bem com você... rabanete. Thorororororo! Havia cravado minha lança no chão e então cruzado os braços ao tempo que zombaria um pouco o garoto, como de costume. Não era como se menosprezasse o Rokushiki em questão, muito pelo contrário, era mais só para pegar no pé do garoto.

Já havíamos devotado um bom tempo para as artes marciais da marinha. Sentia meus músculos mais fortes, não que fossem fracos antes, mas o Pump após treino sempre trazia uma sensação fenomenal. “Criar arenas de combate, centros esportivos e campos de treinamento será algo bastante útil em meu reino.” Pensava comigo mesmo, quando enfim pudesse fundar minha nação, ansiava em construir vários locais diferenciados. Onde eu, e outros semelhantes, desfrutassem de duelos fervorosos, treinos intensos e esportes desafiadores.

Deixando de lado minhas ambições, por hora, centraria minha atenção a capitã e perguntaria sobre nossos próximos passos. ~ Acredito que uma boa refeição será suficiente para restaurar nossas energias. Mas antes disso, capitã... quais serão os nossos próximos passos? Digo, estou ansioso para saber em qual garganta devo direcionar minha lança! Kekekeke! Enquanto falaria, arrancava de forma violenta a alabarda do chão e com alguns giros no ar, terminaria colidindo sua haste no chão. Apesar de estar com fome, ainda existia muita energia latente em meu corpo e alma. Estava sedento por um combate entre os mais poderosos da ilha. “Se não fosse pelo respeito que possuo por Valvatore, certamente já haveria desafiado uma boa quantidade desses bunda mole.” Divagava brevemente comigo, durante o tempo que olharia para a marine e ouviria suas palavras.



6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! BDvW0tR



_________________

6º Capítulo: Gigantes versus Dragões! 2uAvx3T_d