Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21 ampor  Koji6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Ontem à(s) 11:23 pmpor  Sashaficha Aika KinOntem à(s) 10:50 pmpor  mestrej2° - De Dawn a Shells - Uma viagem para conhecimento.Ontem à(s) 10:39 pmpor  SaruNo Maidens?Ontem à(s) 9:38 pmpor  IzumiCap. 2 - Ascendendo às profundezasOntem à(s) 9:23 pmpor  VanKaoru KageyamaOntem à(s) 9:09 pmpor  Kaoru[Pedido de instrutor] - TaliyahOntem à(s) 9:00 pmpor  nothawaiian[TUTORIAL] - TaliyahOntem à(s) 8:56 pmpor  nothawaiianPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Ontem à(s) 8:46 pmpor  Van
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Las Camp
Página 5 de 5 Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Relembrando a primeira mensagem :

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet?

Aqui ocorrerá a aventura dos Marinheiros Rael Kronin, Ravena Mancini, Luciferanna Von Brilliant, Snow e Yura Kyoufu. A qual não possui narrador definido.

_________________



Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 WN4Utd7


Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 CSDlXWh
Créditos : 05


Trio - Marinheiros



Todos

Ravena agora parava para fazer algo simples, ela saia para comprar materiais, era algo que ela queria fazer, uma flor. No entanto, antes mesmo que ela saísse do QG, a Tenente havia parado ela.-Ravena, eu preciso que você comece a arrumar suas coisas, você foi requisitada para ir para o East Blue, o Capitão Falcon, quer você na tropa dele, vai ser uma missão de importância extrema, você está sendo movida nesse instante.- dizia a Tenente, nesse espaço de tempo, pouco antes dela ter voltado pra dar aula para Lucy.

Ela então se fosse questionada, diria.-Eu gostaria de manter você no esquadrão, mas são ordens que vêm de outras hierarquias então não posso fazer muito. Mas você vai poder crescer muito na marinha com essa oportunidade, e logo mais vai poder ir pra onde bem quiser, e pode voltar pra sua turma, até requisitar eles como parceiros.- era a maneira dela de fazer a garota se sentir melhor, ela não estava mentindo de forma alguma, realmente era verdade, no entanto ela sabia que isso poderia demorar a beça.

Nesse momento ela se moveu para fora do QG, encontrando facilmente o que ela buscava.-Aqui lápis, caneta, pincel, e lápis coloridos, pode usar as mesas se quiser.- e a mulher deixaria que ela desenhasse, e trabalhasse em torno do que queria, algo que com toda certeza ela faria, dedicando seu tempo a esse momento. Era ali que as coisas iriam acontecendo para a garota, uma chuva de emoções pesadas e desconexas com toda certeza iriam ser um grande vendaval de emoções guiando aquela mente.

Enquanto isso a Snow acompanhava as Aulas com a moça dos fantasmas quando a tenente então dava a noticia fatidica para eles, eles iriam ser transferidos para outro lugar.-Snow e Yura, vocês estão sendo requisitados pelo capitão Albardin, ele quer que vocês partam quase hoje na madrugada, direto para o South Blue, vocês irão fazer parte do esquadrão dele, é uma boa chance de fazerem a diferença.- Disse ela e se eles questionassem, talvez querendo ficar por ali, ou tendo outra coisa em mente sua reação seria parecida com a que teve ao abordar Ravena.

Ela logo começaria a falar da situação.-Vocês estão tendo, um desempenho elevado, e separar vocês em mais cadeias de comando é o mais benéfico. Quando atingirem certa patente vão ser livres, para agir por conta própria. Infelizmente, por hora, eu não tenho poder hierárquico para manter vocês comigo.- explicou ela, deixando claro que era algo que eles precisam fazer, o que poderia soar doloroso, mas ao mesmo tempo havia muito sentido em tudo aquilo, não era um corte e sim uma oportunidade.

Então de pois que a mulher voltou para sua sala, Luci a esperava para seus treinos, onde logo ela aprendeu com os ensinamentos, era um tanto demorado novamente, algo que levou algum tempo. Nesse momento, as duas estavam a horas aprendendo. A tenente sorriu ao final de tudo.-Foi um aprendizado bem conduzido, acho que você aprendeu bem como fazer tudo. Eu imaginei que estaria muito cansada ao final.- disse ela se esticando um pouco na cadeira também, esticando completamente os braços, onde os dois grandes airbags eram impulsionados para o ar.

Por fim, se despedindo da loira, deixando que ela pudesse seguir seu caminho, algo que ela certamente faria.-Não se preocupe, vocês estarão comigo por mais um bom tempo.- e era verdade, eles realmente iriam estar ali com ela por algum tempo, ou ao menos Rael e Luci, já que os outros iriam ser movidos para lugares diferentes, e ela não sabia disso no entanto, era verdade que agora apenas uma dupla restou ali, depois de tudo que eles tinham passado juntos a separação seria inevitável.

Enquanto isso acontecia, Rael testava a cadeira, se oferecendo como ajudante.-Mas é claro, vamo nessa então, vai dar tudo certo!!-Disse ele pegando os instrumentos e entregando pra ela poder tentar, e com isso os dois começaram a trabalhar nas cadeiras, era cansativo aprender o processo, mas certamente ele acontecia de maneira orgânica. Era algo que ela ia aprendendo.

No fim a cadeira tinha ficado boa e ele comentava sobre isso.-Ficou bom, acho que com isso já devo encerrar o trabalho por hoje, valeu pela ajuda moça!!- disse ele dando um sorrisão e levantando o polegar pro alto, onde naquele momento a loira desceu as escadas trazendo a sua capa de chuva, entregando para que desse baixa e convidando rael. Era dali que as coisas teriam de começar a acontecer, talvez as duas fossem ao banho, talvez não, a verdade é que, tudo estava muito tranquilo ali.

Histórico:


Legenda:


_________________

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 YHVeK1M

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 VYrwji0
Jean Fraga
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 0tSpN1S
Créditos : 05
Jean FragaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue

Por ela, eu ficarei contra o mundo!



Não... não! Não é possível que isso realmente seja verdade, — Você está brincando comigo certo? – Eu não podia acreditar que aquilo era real, porque o mundo agora, começava a conspirar contra mim? O que eu, tinha feito para merecer passar por isso?


Meus punhos se fechavam e meu olhar serrava, eu estava com as emoções a flor da pele, porém, lembrada do sutil sorriso de Rael, que momentaneamente me tirava do eixo, lagrimas escorriam pingando ao chão e eu limpava-as com o antebraço, prestando continência, falaria mais calma.


— Certo, existe uma luz no fim do túnel, existe ainda a chance deu me reencontrar com meus amigos, eu vou fazer isso! Eu... Eu devo fazer isso.


[...]


Chegando no quarto, me surpreendia com a presença de Rael, eu apertava os olhos com força, tentando diminuir a vontade de chorar, então para que ela não percebesse em um primeiro momento, me aproximaria rapidamente, abraçando-a.


— Eu... Eu senti tanta a sua falta... seu cheiro, seu toque, sua presença... que bom que está aqui agora...


Dizia enquanto estava deitada em seu ombro, desvencilhando-me do abraço, sentava sobre sua cama, dando breves tapinhas sobre a cama.


— Eu tenho algo para te contar Rael..., mas primeiro, conte o que você pretendia me falar...


Ouviria a história verdadeira de Rael, suas entrelinhas, compreendendo seu passado secreto, eu não ficava brava, na verdade esquentava meu coração perceber que ela tinha essa confiança em mim.


Eu tentava falar, gesticular, mas não conseguia, um forte nó travava minha garganta, inclinava se apoiando com os braços sobre os joelhos, olhando para meus pés, eu tinha que ser corajosa, eu tinha que ser destemida.


— A tenente Kat... ela veio me informar alguns minutos atrás que... eu, fui requisitada pelo Capitão Falcon, do East Blue, a ingressar em sua tropa... As regras vêm de cima e eu... eu não tenho o respeito suficiente ou muito menos a patente para recusar isso...


— Para falar a verdade, eu tinha feito uma surpresinha para você que queria te entregar em um momento mais feliz, porém no fim, será nas atuais condições...


Levantando brevemente, pegava debaixo do travesseiro o desenho, juntamente da flor, escondia atrás de mim e dizia, — Feche os olhos...


— Aqui, pode abrir... – Estaria com um joelho a frente e o outro apoiado no chão, entregava a ela uma linda rosa, — Você... me deu uma logo no primeiro dia que se conhecemos e bom, agora as rosas só me fazem lembrar de você...


Ficando de pé, entregava agora o desenho, — Eu fiz nesse meu tempo livre uma lembrancinha de mim... para que você possa sempre lembrar de mim.




Eu tentava ser forte, mas começava a chorar quando lia a frase juntamente da imagem, — Eu queria que tudo isso fosse diferente! Que o mundo não conspirasse contra nós...


Levaria minhas mãos as dela, — Você foi e sempre será... minha eterna Rael Kronin.


Mantinha-me em silencio, queria que Rael tivesse seu tempo para processar, mas para criar uma esperança dizia, — Eu prometo, eu prometo que quando eu tiver a autoridade suficiente para decidir onde eu fico, eu vou atrás de você! Eu me esforçarei para subir na hierarquia da marinha.


— Porque nosso futuro quem constrói somos nos e eu quero que nosso futuro seja juntas! Mas até lá... Não desista de mim, você sabe que quando eu falo que vou fazer algo, eu realmente vou.


Indo a porta, a trancaria ou com a chave, ou prendendo uma cadeira na porta.


— Está será nossa ultima noite juntas por enquanto... eu queria saber, a gente pode dormir juntas? Eu... eu só quero sentir seu calor, seu cheiro e dormir até que chegue o dia do nosso reencontro...


A ideia sendo aceita, eu fechava as cortinas, tirando minha roupa e ficando apenas com as roupas intimas, eu deitava, esperando a chegada de Rael.


Talvez aquela fosse nossa ultima noite, pelo menos por agora, então faria questão de aproveita-la ao máximo.


Acordando na manhã seguinte, levantaria lentamente sem causar barulhos e prontamente me vestiria recolhendo minhas coisas, assistir Rael dormir poderia ser meu passatempo preferido, mas o dever me chama e quanto antes eu chegue lá, mais rápido eu estarei novamente em seus braços.


Ia até a beira da cama, dando um sutil e caloroso beijo sobre sua bochecha, tirando da mochila, deixava minha blusa casual por entre seus braços, mais um item que ela poderia se lembrar de mim... assim destrancando e abrindo a porta, eu partiria para meu novo destino...




_________________

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 OAKySZI
Garota Cavalo
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 18207c75bc057d17d1e1360e089cd8c4
Créditos : 29
Localização : Las Camp - West Blue

Ken no Yuusha



Antes, na sala da Tenente, não conseguia deixar de segurar algumas pequenas gargalhadas com o comentário de Lucy — Shihishi… A nossa governanta sempre disse que se eu comesse doces demais ia ir tudo pro meu traseiro — dava uma pequena pausa olhando pra prova irrefutável — Talvez você só precise do alimento certo pra região que quer crescer. Se for o caso eu te ajudo a escolher roupas novas, gishishishi…

[...]


Mais tarde, era conveniente que a loira aparecesse com a mesma ideia do que eu, um belo e delicado banho — Me parece uma boa ideia — respondi sem pensar muito no assunto, apenas me despedindo de Marcus e partindo para o vestiário.


Parando pra pensar, já faziam quase dois dias que um banho não era tomado, e meu corpo clamava por um, pegar essas missões de longa escala tem essas desvantagens. Sentir a água quentinha esquentando a pele logo depois de um dia  ameno era relaxante, e o cheirinho de roupas limpas também.


Eu vou até o dormitório ver como está a Raven, te vejo mais tarde — diria à Lucy antes de voltar pro nosso quarto, que aparentemente estava vazio? Guardava minhas espadas debaixo da cama como no dia anterior, enquanto esperava por Raven que havia deixado seus livros por ali, chegava a folhear eles mas não entendia muita coisa. — Ela é mesmo bem inteligente…

[...]


Ao chegar da morena, eu me levantava com uma feição acolhedora no rosto — Bem-vinda de volta! — Brincava como se fosse uma esposa saudando seu marido que chegou do trabalho. Durante o banho e o tempo em que havia ficado sozinha, eu pensava sobre os acontecimentos da mansão, sobre minhas incertezas, e finalmente tomava uma decisão! Contaria a ela tudo e não deixaria os fantasmas do meu passado nos atrapalhar.


Calma calma, só estamos longe por meio dia Gishishishishi — comentei sobre seu abraço eufórico, no qual eu correspondia com afeto — Aconteceu alguma coisa? — Sua reação e palavras haviam me deixado preocupada, mas tendo meu espaço para falar, depois de juntar coragem, eu não me deixaria parar por inseguranças agora.


Certo… Você já sabe que eu fugi de casa e que minha família é de linhagem nobre… — Esfregava um antebraço com a outra mão enquanto demonstrando estar um pouco insegura — Meu nome completo é Rael Kronin, não é tão longo e elegante quanto o da Lucy, e isso é porque minha família é da mais baixa nobreza, não é incomum as outras casas de Illusia nos desprezarem e nossas finanças não são das melhores [...] Pra tentar contornar essa situação meu pai me arranjou um casamento com o herdeiro de uma outra família. Iria acontecer na semana passada e eu… Eu fugi um dia antes.


Dava uma pausa, queria observar sua reação antes de continuar.


Desde então me sinto um pouco mal… Por causa da minha atitude egoísta minha família vai se prejudicar muito, e talvez os meus pais nunca mais falem comigo, sinceramente o motivo de que eu não queria minha localização revelada não é o me medo de que eles venham me buscar mas sim o de abandono… Por isso que… Quando nos beijamos pelas primeira vez, e depois de novo, e aquilo na mansão… Eu não consegui deixar de me sentir culpada ao pensar que havia recusado um casamento, prejudicado minha família para ficar com outra garota, não consigo deixar de pensar que eu na verdade seja uma garota ruim, uma péssima filha.


Um de meus olhos lacrimejavam um pouco, e eu limpava com as costas das mãos, dando prosseguimento.


Mas eu realmente te acho especial, e eu gosto de você! Então decidi ser egoísta e não me culpar mais por isso — Dessa vez quem fazia o avanço era eu, que beijava Raven por um breve momento — Ravena Mancini, eu decidi que quero ficar com você!


Com término de minha fala, eu estava contente e satisfeita comigo mesma, porém aos poucos minhas inseguranças iam crescendo ao observar a aflição de Ravena — Eu disse algo errado? Alguma coisa te chateou? — Mas o problema não era exatamente eu, era na verdade muito pior, e ao saber as notícias da transferência, meu mundo simplesmente desabou — É brincadeira né? Raven isso não teve graça, eu acabei de me abrir com você — Era naquilo que eu queria acreditar, mas o rosto da morena demonstrava seriedade, e logo meu semblante se entristeceu.


Fechava os olhos tentando não chorar enquanto ela preparava sua surpresa, mas ver seu ato de carinho só me deixava mais triste em pensar que Ravena iria embora. Assim como ela, não suportava ouvir a frase escrita, entrando em prantos junto de Raven, a puxei em um abraço.


Eu… — Eu queria dizer para ela ficar, gritar para não ir, ou me oferecer para ir junto, mas logo me vinha à mente que mais uma vez, eu estava sendo uma garota má, estava sendo egoísta, da mesma forma que eu tenho meus sonhos Raven também possui os dela,  eu não posso atrapalhá-la. Era difícil engolir o choro, mas eu me esforçava para parar o máximo possível de lágrimas e transformar aquela careta triste em um sorriso.


Eu fico feliz que você foi reconhecida — me afastava um pouco do abraço, segurando ambos seus ombros e olhando bem seu rosto, queria gravá-la bem em minha mente — Sei que você vai se dar muito bem e ter um futuro brilhante, eu também farei o meu máximo para nos encontrarmos de novo dentro da organização — Por fim soltava seus ombros, ainda mantendo meu olhar fixo e intenso — Eu gosto de você Raven, e eu vou te esperar.


No resto daquela noite, eu concordava em dormimos juntas, e abraçadas daquele jeito eu aproveitava meus últimos momentos com Ravena, me mantendo de olhos fechados e em silêncio porém em claro a noite toda.


Sua idiota… — Diria baixinho depois que Raven já tivesse deixado o quarto — É claro que eu não conseguiria dormir… — Me afagava com sua camisa, começando a liberar todo o choro que havia segurando, me afogando em lágrimas até o ponto de adormecer.


Última edição por Garota Cavalo em Sex Abr 22, 2022 10:53 pm, editado 1 vez(es)
Scylla
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 NFaEX9G
Créditos : 05
Localização : Las Camp
ScyllaSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1207-luciferanna-von-brilliant#11238 https://www.allbluerpg.com/t1004-a-sailor-who-enlisted-because-she-didn-t-want-to-get-married

Twin Souls




O demorado banho era quase tudo que eu precisava naquele momento para recuperar após a longa missão. - Uma massagem depois daqui seria magnífica. - Jogava as palavras ao vento talvez Rael escutasse ou não, mas tenho certeza de que ela concordaria comigo. Assim dava continuidade ao relaxante processo sentindo a água escorrendo por toda a pele, logicamente cabelos excessivamente compridos estariam presos num volumoso coque. - Waaarrrrrrfff… - Soltava um loooongo e preguiçoso bocejo cobrindo parcialmente a boca com os dedos, em seguida coçava os olhinhos entreabertos de sono, típicos de alguém que só deseja comer e dormir, porém havia algo importante obrigando-me a continuar acordada.


Terminando de banhar-me iria até o quarto para vestir outro conjunto de uniforme dessa vez utilizaria um laço extra a fim de prender o cabelo num rabo de cavalo alto, estando devidamente trajada tendo o cuidado de deixar a farda bem esticadinha para não haver amassados eu caminharia até o refeitório. Se no cômodo houvesse papel tinta e pena de escrita eu os levaria comigo.


Pediria pela refeição disponível no momento de preferência com um copo de suco para acompanhar, escolheria uma mesa vazia e mais distante do fluxo de pessoas desejando ter paz e privacidade na medida do possível para poder escrever assim que terminasse de comer. Caso contrário teria de encontrar outro recinto vazio onde pudesse realizar a escrita dentro do quartel.


Se não houvesse encontrado os utensílios necessários para redigir a carta no interior do quarto eu mesma iria comprá-los em alguma papelaria próxima, pedindo informação a recepcionista caso não conhecesse nenhuma. Após realizar a compra iria pedir permissão para escrever no interior do estabelecimento.


Conseguindo os materiais e o local para escrever.



Olá meus mais preciosos tesouros, talvez será dia, tarde ou noite, me preenche o peito de ansiedade imaginar em que momento minhas palavras irão alcançá-las, ou quais expressões encantadoras serão desenhadas em suas faces, não é segredo que me parte o coração estar longe de vocês perdendo as histórias que estão a vivenciar.


Podem avisar a mamãe e papai que estou bem. Ainda estou no quartel Las Camp, mas diferente da última vez que lhes escrevi muita aconteceu em pouco tempo, em dois consegui concluir duas missões com um time, finalmente sinto que estou progredindo nessa nova vida, devo dizer que mesmo sendo conquistas pequena é tão imensa a satisfação, é impossível conter tanta alegria quando penso nesses feitos, começo a sorrir igual como quando estávamos em nossas infâncias, o entusiasmo faz o meu corpo tremer.


Eu finalmente conheci pessoas a quem posso chamar de verdadeiros amigos, até mesmo um falcão cheio de personalidade, e minha superiora é uma tenente muito atenciosa, eu realmente tirei a sorte grande com a transferência. Durante os dias eu sempre tenho acordado dentro do quartel, então deve ser um sinal de que a outra irmã de vocês tem se comportado.


Espero que algum dia vocês possam perdoar o meu egoísmo, podemos estar distantes fisicamente mas o laço que conecta nossos corações vai muito além do sobrenome ou relações de sangue, não há um dia que eu não pense em vocês, mas agora tenho certeza de minha escolha. Algum dia iremos nos reencontrar, nesse dia o mundo será um local mais gentil, um mundo que estou a moldar principalmente por vocês, então se me permitem ser um pouco mais egoísta, por favor, torçam por mim.


Daquela que sempre por vocês estará a zelar, quando a luz da primeira estrela os céus iluminar.



Ass: Luciferanna Zahara von Brilliant Éden.



Tuuuuudo certo, tirando as lágrimas amontoadas em meus olhos ficando até difícil enxergar e o semblante choroso de quem está prestes a berrar, excluindo essas coisinhas o resto tá perfeito. Restava então enxugar as lágrimas com os pulsos e me recompor até a tremedeira passar para então levar a carta até o correio. Colocando o destinatário como "Irmãs Zahara"


>><<



A noite eventualmente chegaria né? Pois é, e adivinha quem divide o corpo com uma pessoa que não descansa após não ter dormido direito e agora se encontra terrivelmente cansada a ponto de não ter forças para sair numa noitada? Euzinha aqui, óbvio. - Ohh vida… Só queria salvar umas almas do eterno sofrimento no inferno lhes causando uma indescritível dor em vida… - Desabafava estando a perambular pelo quartel dando algumas piscadas longas entre um passo e outro só desejando um travesseiro bem macio e fofinho para deitar. - E hoje nem vou conseguir sair para fazer compras com a Tanukizinha… - Era outra pesarosa lamúria, finalmente encontro alguém com gostos parecidos e estou demasiadamente cansada para fazer compras, e não haverá o amanhã, foda…


Hora de ir para o quarto mimir, já dei bastante tempo para o casalzinho ficar de melodrama e se despedir, viu como sou uma entidade cósmica legal? Mas chega, antes que elas recriem Sodoma e Gomorra no meu quartinho sagrado. Mas antes de dormir eu iria me despir ficando sentadinha na cama e começaria a espalhar o creme hidratante por todo o corpo, posso estar abatida? Posso! Me sentindo uma inútil por não estar exercendo minha razão de existir? Sim! Porém! Terei a pele macia, sedosa e perfumada, isso definitivamente melhora o humor de qualquer garota. - Boa noite, são não façam muito barulho… Ou pelo menos me chamem. - Me despedia simplesmente deixando o corpo cair na cama.


Óbvio que eu não ia conseguir dormir. .. Com uma sirene soluçando de tanto chorar na cama ao lado. - Arrrfff... Não era esse o tipo de barulho que eu esperava ouvir... Resmungava junto de um demorado suspiro, provavelmente a falta de sono amolecia o meu coração luminoso, pois jamais teria haver com o fato de eu ter me sensibilizado por Rael, isso jamais. - Burrinho, meu alazão. - Apanhava o livro e decidia ler para a marinheira do espadão sentando-me no colchão próximo aos pés dela, isso se houvesse alguma claridade vinda do luar, ou então apenas recitaria uma das histórias infantis de aventura que costumava contar para minhas irmãs humanas em Illusia, recitando e simulando as falas dos personagens com diferentes entonações, claro que dentro de minhas limitações, e quando Rael dormisse eu finalmente teria o merecido sono de beleza, afinal era essa minha única motivação, eu não gosto dessa garota de cabelos azulados nem um pouco entendeu? E não desenvolvi nenhum tipo de cuidado fraternal por ela, está claro?

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 CSDlXWh
Créditos : 05

INFORMAÇÕES BÁSICAS

Aventura:  Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet?
Participantes: Rael,
Luci,
Localização da Aventura: Las Camp

Rael

GANHOS

● Proficiência Lógica - Post 9 OK
● Proficiência Marcenaria - Post 10 OK
Desenho de Raven:
- Post 11 OK

PERDAS

● N/A OK

ALTERAÇÕES

● 15.578.000 B$ (Ficha) + 1.500.000 (Missão) = 17.078.000 B$ OK
● Uma Missão Feita. OK


RELAÇÕES

Ravena Mancini - Quando nossos olhos se cruzaram a primeira vez foi assim que entrei com tudo pela entrada do QG, dali viramos parceiras de alistamento, missão, quarto… E agora espero que algo a mais. É uma garota cheia de energia e aspirações assim como eu, logo de cara viramos amigas e ao longo do dia fui percebendo alguns sinais que talvez tivéssemos uma afinidade maior. Fiquei nervosa, achei que ela iria me rejeitar e me achar estranha por gostar de uma outra garota, mas o beijo naquela noite provou o contrário disso. Pouco após isso no entanto ela foi transferida para um mar completamente diferente, me deixando de coração partido, Ravena eu diria que foi minha primeira paixão e até hoje espero por ela, com muito carinho e afeto

PDV: 28.406
STA: 300
CONDIÇÕES: N/A Coração Partido V
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: 0/10 OK

EXPERIÊNCIA

Experiência: 380 OK


Luci

GANHOS

● Proficiência Lógica - Post 9 OK
● Proficiência Persuasão - Post 10 OK

PERDAS

● N/A OK

ALTERAÇÕES

● Uma Missão Feita. OK
● 755.000 (ficha) B$ + 1.500.000 (missão) = 2.255.000 OK
● Dois Usos do Creme de cabelo. OK
● Um uso do creme para o corpo. OK


RELAÇÕES

Players
●  Ele faz

STATUS

PDV: 15362
STA: 300
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: 0/10 OK

DIÁRIO DE BORDO

N EXISTE

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo: OK


EXPERIÊNCIA

Experiência: 380

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): Shiori - 6 Créditos (2 páginas + 4 jogadores extras + tamanha descrição de uma mansão)

Resumo:  Os Marinheiro Rael, Ravena, Luci, Snow, Yura foram enviados para fazer a proteção de uma mansão, a qual protegeram por um dia  e uma noite, a casa pertence a rica família Heinz que estava em viagem, apenas sua filha mais nova residia no local.

Apesar da grande tempestade que caia, os marinheiros fizeram um excelente trabalho conseguindo cumprir a missão com maestria. Eles são realmente novas estrelas em ascensão.

Opinião sobre a Narração:
Players:
Narrador:

_________________

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 YHVeK1M

Is it Wrong to pick up girls in a Marine fleet? - Página 5 VYrwji0