Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
II - Sombras em SteveltyHoje à(s) 5:45 ampor  KerigusVoice of the SoulHoje à(s) 1:38 ampor  YamiOperação T.N.C.T.O.N.I.Hoje à(s) 12:17 ampor  VincentMary Van TasselOntem à(s) 11:57 pmpor  KerigusSharp Teeth and Hard Fists.Ontem à(s) 11:25 pmpor  ÀsManae LiebeOntem à(s) 8:42 pmpor  RyomaCatherine Petit Barozzi Nero BellarosaOntem à(s) 8:36 pmpor  RyomaHizumy Mizushiro MayanOntem à(s) 8:35 pmpor  RyomaPedidos de CargosOntem à(s) 7:56 pmpor  Arthur LancasterAs Crônicas dos Scavenger: A Leoa, o Louco, e o MudoOntem à(s) 7:45 pmpor  Arthur Lancaster
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Stevelty
Página 8 de 9 Página 8 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 XqxMi0y
Créditos : 20
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
I - Não existe sombra sem luz. Qui Maio 13, 2021 1:06 am
Relembrando a primeira mensagem :

I - Não existe sombra sem luz.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Revolucionários Anne Redgrave, Lucy Von Kral e Mary Van Tassel. A qual não possui narrador definido.

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 J09J2lK

Kerigus
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 ZOitdTV
Créditos : 00
Re: I - Não existe sombra sem luz. Qua Set 08, 2021 6:04 pm
Mary Van Tassel


- Sabia que tinha alguma coisa errada com aquele filho da puta… - O velho sempre sabia de tudo e às vezes não me contava com a desculpa de que eu preciso aprender sozinha, ou ele estava sempre me enganando, mas bem até hoje deu certo, se não fosse por ele eu não sei onde estaria, provavelmente morta. - Tava precisando disso depois de tudo. - Falava sozinha acendendo um cigarro enquanto seguia o grupo de ex-escravos sendo guiados pelos revolucionários até o local seguro. Estava cansada e com uma certa dificuldade de pensar, já havia feito o que podia para salvar quem conseguisse salvar e não sabia se Anne e Lucy seguiram com a gente, mas eu precisava descansar e não tinha outro local para ir, e o mais importante eu não queria gastar mais meu dinheiro.

Chegando no local antes de comer procuraria o arsenal, precisava de uma espada, socos e chutes são bons mas nada melhor que um bom corte bem dado em alguém para resolver uma briga, e também tentaria trocar minhas luvas por um par de Botas de couro para quando precisar dar chutes eles causem mais dor. - Ei onde fica o arsenal? To precisando de uma espada. - Perguntaria para a mulher que nos informou sobre Zef, agradeceria a informação e seguiria para o local indicado. - Olá, to precisando de uma espada pra casos de combate mais complicados, e se possível gostaria de trocar esse par de luvas por um par de botas. As luvas são novas apesar da qualidade não ser lá essas coisas, eu comprei elas antes da última missão.

Conseguindo o que eu queria ou não, era hora de ir comer, estava cheia de fome e qualquer rango que tivesse ali eu iria devorar tranquilamente. Depois de comer era hora de dormir, queria ajudar mais os feridos mas não estava em condições de fazer nada depois do dia cheio que foi, então procuraria uma cama para me jogar e simplesmente apagar até o outro dia. Depois de acordar no outro dia café da manhã e direto para o local onde os feridos estavam, daria uma ajuda rápida antes de procurar alguém que possa me ajudar com aprendizados que sentia que me faltavam, um livro já era o suficiente para mim aprender o que precisava. Procuraria o que parecia ser o médico responsável para conseguir as informações. - Olá, precisava de uma ajuda rápida, onde posso conseguir livros sobre Farmacia e Herbalismo? Acredito que só me faltam esses conhecimentos de medicina para completar o que um médico precisa saber. - Recebendo a informação que queria iria até o local indicado e iria começar lendo o livro sobre farmácia.

Histórico:
Nome: Mary Van Tassel
Posts: 18
Vício: 00/10
Ganhos:
- 3 cigarros
- 5 Fósforos
- Luvas

Perdas:
- 60.000 berries (cigarros e fósforos)
-120.000 Luvas (Luvas)
- 2 Cigarros
- 2 Fósforos

Inventário:
- 3 Cigarros
- 3 Fósforos

Dinheiro: 190.000 berries

Qualidades:
- Versátil
- Ambidestro
- Impassível
- Afinidade com Haki
- Prodígio
- Atraente
- Voz melodiosa

Defeitos:
- Louca
- Dependência
- Furioso
- Improdutivo

Proficiências:
- Cirurgia
- Anatomia
- Primeiros socorros
- Toxicologia
- Diagnose

Profissão:
- Médica



_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 34QBofs
Mephisto
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 XXLblef
Créditos : 21
MephistoAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t353-anne-redgrave https://www.allbluerpg.com/t383-i-nao-existe-sombra-sem-luz#1323
Re: I - Não existe sombra sem luz. Qui Set 09, 2021 2:46 pm
Missão 1


Depois de os ânimos acalmarem com aquilo tudo me aproximaria dele fazendo a requisição do que eu realmente precisava, médico pra mim e pra todos os ex escravos e uma refeição digna. Por que depois de toda aquela luta era isso que precisavamos além de qualquer outra coisa.-Bem, agora que a luta terminou, preciso de um medico pra tratar meu ombro e minha mão, e além disso outros podem estar feridos aqui, precisam ser examinados, a menina que eu trouxe por exemplo estava bem cansada, e pode ter sofrido danos caminhei com ela nas costas.- comentei de modo que pudesse explicar meu ponto de vista para seguir ele até o médico local, afinal a revolução devia ter seus próprios médicos pra ajudar no tratamento dessa galera na base.

Se esse fosse o caso, o seguiria até o local, guiando as pessoas comigo, pegaria a menina que eu carregava até ali colocando ela nas costas novamente, onde me abaixaria para ela subir e apoiaria suas coxas em meus braços inferiores dizendo.-Vamos todos, sigam-me, vamos tratar de vocês e alimentar todos!!!- e assim iria para o local assim que chegasse, minha primeira preocupação seria com a pequena em minhas costas a deitaria em uma maca, pedindo ao médico que a avaliasse primeiro, me sentando ao lado da cama.-Pode avaliar ela primeiro, quando o fizer, tenho um corte no ombro e um corte na mão.- disse me sentando em qualquer cadeira que tivesse por ali, ou no chão mesmo se não houvesse alguma, onde esperaria ser atendida.

Se o atendimento chegasse até mim tiraria a blusa pra que ele pudesse avaliar os cortes corretamente. Afinal seria uma merda avaliar isso com a blusa atrapalhando. Onde apenas esperaria que tudo desse certo nesse primeiro momento. Depois que ele fizesse os procedimentos adequados, iria esperar que os outros fossem tratados, enquanto iria agilizando a comida, levantando e indo até a cozinha da base.-Ei, galera, trouxe um pessoal que era ex escravos, queria que fizessem uma comida forte e bem nutritiva pra todo mundo será que rola?- disse dando uma piscadinha com o olho direito, imaginava que os outros revolucionários entendessem bem o que eu estava dizendo, afinal, estão aqui pela mesma causa que eu no fim das contas.




Historico:
Posts: 18
Ganhos:
- Mochila
- Corte no Ombro.

Perdas:
- 260.000

Vantagens & Desvantagens:
Qualidades:

• Ambidestro (1 Ponto)
• Prontidão (2 Pontos)
• Duro de matar (2 Pontos)
• Carismático (2 Pontos)
• Idioma Marítimo (Raça)
• Nadador Nato (Raça)
• Cuspir Tinta (Raça)
• Seis Braços (Raça)

Defeitos:

• Atípico (Racial)
• Discriminação (Racial)
• Segregação (Racial)
• Heroico (2 Pontos)
• Ambição (2 Pontos)
• Inimigo (2 Pontos)
• Extravagante (1 Ponto)

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 2sfsWNF
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 Giphy
Créditos : 38
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: I - Não existe sombra sem luz. Qui Set 09, 2021 9:56 pm
O encerramento de uma jornada

A inefetividade da aquisição de informações e o fato de haver pessoas infiltradas, certamente minariam a fé de qualquer desejo revolucionário, quando esta é a sua primeira impressão, em especial quando o oponente era tão grande quanto o próprio mundo, uma organização ao qual sua dimensão poderia ser mensurada apenas pelo tamanho dos sonhos, sejam eles piratas ou revolucionários, a balança sempre faria com que houvesse o equilibrio de forças.

Lucy, apesar da frustração, teria a sua Gigipsta, sua eterna companheira ao qual teria feito um gracejo ao qual lembrou muito um sorriso humano em sua resposta, o despertar tivera uma missão simples, se nutrir e nutrir sua companheira, se fosse apenas a pequena tontata, talvez sequer fosse notada mas, a ave próxima, fazia com que as pessoas a percebessem mais fácilmente, de modo que quando atendida, fora notável a surpresa do vendedor, visto que são raros, e com um sorriso, em meio as madeixas negras ao qual destacou dentes afiados e olhos inumanos, o mesmo teria servido tanto o pão, quanto o café em proporções humanas normais, não explorando o preço como o mesmo para dar-lhe menos.

Mary por outro lado tinha um objetivo, o arsenal, armar-se de forma descente, talvez fosse o melhor que ela poderia fazer no momento e com isso sua resposta teria sido - É por aqui, é a minha vez de trocar o turno, então já resolvo contigo por lá o que for.- comentou um rapaz ruivo com uma tatuagem chamativa na bochecha .

Vendo as demandas, o homem pegou um caderninho, checando a disponibilidade das coisas, em meio ao arsenal onde encontravam-se ao qual não era o mais cheio do mundo, haviam ali opções mas, eram mais limitadas e o responsável pelo arsenal sempre encontrava-se em uma batalha entre conseguir novos recursos e não deixar que um homem saísse despreparado. Ele suspirou, um pouco estressado,  então respondeu - Certo… Eu consigo fazer isso por você, mas devido ao grande número de recrutas e o pouco retorno… Não vou ter armas feitas por profissionais mas, são armas mais clássicas e comuns de se encontrar, estão novas e não vão te deixar na mão.- O ruivo então a guiaria para que escolhesse algo de seu agrado, onde quando fosse da escolha da moça, ele diria -… Preciso urgentemente falar sobre a aquisição de novos ferreiros pra causa...- ele resmungou deixando a ruiva  terminar o que tinha pra fazer.

Com isso, descansar e comer não fora desafio e pela manhã uma moça teria lhe instruído - Cara, tenta com a Milena, cabelos pretos e longos, tá cheia de curativo por conta da missão, perto dos assentamentos, não tem erro, ela é cheia dos livros.- Comentou a pequena cinza ao qual fácilmente se esqueceria na memória, até que Mary chegasse de fato  a encontrar a tal da Milena, que sem muito alarde pegou um dos livros que haviam ao redor de sua cama e esticou oferecendo o livro, sem dizer muito, voltando a própria leitura, que se fosse da curiosidade da ruiva, a veria lendo “ O conto do dragão do oeste Volume II”, o da própria ruiva no entanto? Seria o " Livro da farmacia moderna segundo o ponto de vista de um Javali feroz"... Definitivamente um livro que traria altas perspectivas diferenciadas para aprender, imprimindo na memória de qualquer um o conhecimento...



Enquanto isso, a preocupação da tritã, era extremamente válida, sendo guiada para a Ala hospitalar sem muita demora, haviam muitos leitos ocupados  e pessoas enfaixadas, podia-se supor que Zev havia mandado muitos novatos para missões suicidas antes de ser parado e o reflexo da falta de recursos era aparente por apenas uma médica, claramente exausta estar cuidando de tudo, o tratamento era no entanto apesar da falta de recursos  era bem humano, não havia nenhum maltrato ou falta no que faziam e o mesmo se daria na alimentação,  onde um sopão bem nutritivo era preparado e poderia levantar os espiritos de qualquer um ao fim do dia, algo que aos poucos até mesmo faria fácil esquecer dos problemas, por um sabor encorpado e forte, que carregava de algum jeito ainda a delicadeza dos vegetais utilizados.

histórico:


Posts: 02

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 HGWnxh1
Achiles
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 Da52343c7d1c5d679a3a8c0c40abf213
Créditos : 17
AchilesAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t342-lucy-von-kral#1009 https://www.allbluerpg.com/t383-i-nao-existe-sombra-sem-luz#1160
Re: I - Não existe sombra sem luz. Qui Set 09, 2021 11:11 pm
Lucy von Kral

Gigipsta decidia me acompanhar e isso não era um problema, na verdade, era até melhor e me deixava mais feliz, porém também atraia olhares de pessoas aleatórias que me incomodavam para um caralho! Principalmente porque muitos não eram de surpresa ou de beleza, muitos, com inveja de ter alguém tão formosa ao seu lado.

Independente do alimento, pagaria o valor adequado e pedido pelo atendente. – Agradeço! Até logo. – E então voltaria para as ruas cheias de vapor de Stevelty começando a minha procura por um Pet Shop onde poderia encontrar um alimento adequado para a minha glamurosa coruja. – Bom dia! Gostaria de alimento para coruja. – Diria, subindo no balcão do estabelecimento e já retirando do meu bolso a quantia certa para tal. – Aqui, Gigipsta. – Entregaria o alimento, com um sorriso no rosto, já pagando o estabelecimento no valor adequado para tal. – [color=#DDA0DD]Obrigado! Tenha um bom dia![/b] – Diria com um sorriso no rosto e saindo de tal.

Porém, aquele ainda não era o momento de voltar para a árvore já que a ardência do machucado em meu rosto ficava cada vez pior e como uma maneira de tentar prevenir qualquer infecção vindo daquele ferimento, era o momento de procurar por um médico adequado para isso.

Desta forma, prosseguiria pelas ruas procurando encontrar qualquer clínica médica por ali para facilitar o tratamento, ao chegar, daria os mesmos cumprimentos para a recepcionista como havia feito anteriormente. – Bom dia! Eu estou com um corte no rosto, posso ter uma consulta com o médico? – Comentaria, embora não fosse algo que realmente representava um perigo a minha vida, eu sabia bem como que ferimentos pequenos poderiam ficar piores a cada segundo.

Frente a frente ao médico, me sentaria na cadeira ou maca para poder ser atendida com maior tranquilidade e destreza. – Eu acabei caindo na rua e me machuquei. – Mentiria, porém não me importaria com os seus pensamentos ou qualquer pergunta que ele viesse a fazer decorrente da origem daquele machucado que provavelmente ele percebia que não era algo assim por não ser algo raspado e um corte de uma lâmina. – Vai doer? – Perguntaria, mostrando uma cara de triste em saber que provavelmente doeria ou arderia o meu ferimento.

De toda forma, era hora de voltar para a árvore com a minha doce coruja e após pagar pelo tratamento e consulta, partiria em direção as árvores mais uma vez onde eu tinha deixado. Naquele momento, eu queria apenas relaxar observando o céu e o movimento e era provável que a minha lindona que estava ao meu lado pudesse querer fazer o mesmo já que era um animal de origem noturna.

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 6F9DP52

Histórico:
Nome: Lucy von Kral
Posts: 19
Ganhos:
- 2 Adagas Clássicas (Post Nº 2 – Ferreiro)
- Machado Clássico (Post Nº 2 – Ferreiro)
- Proficiência: Forja (Post Nº2 – Ferreiro)

Perdas:
- 500.000 B$ (Adagas e Machado + Aula – Post Nº 2)
- 10.000 B$ (Café da Manhã – Post Nº19)

Dinheiro – Bolso: 4.750.000 B$

Inventário:
-

Qualidades::
- Mestre em Haki
- Prontidão
- Ambidestro
- Furtividade Natural
- Veloz
- Diminuto

Defeitos:
- Louca
- Apegada
- Dependência
- Bisbilhoteiro
- Ajustes
- Exótico

Proficiências:
- Adestramento
- Cavalgar
- Costura
- Doma
- Furtividade

Saúde:
- Corte na Bochecha (0/5)

Cor da fala: - Fala

Objetivos:
Comprar o meu par de adagas por um preço menor
Comprar item de saciar dependência
• Realizar duas missões
• Aprender Forja
• Encomendar a cela para Gigipsta

Dependência (Café) – 1/10




_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 B7iCY2j
Kerigus
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 ZOitdTV
Créditos : 00
Re: I - Não existe sombra sem luz. Sab Set 11, 2021 5:05 am
Mary Van Tassel


Enfim paz e tranquilidade para comer, dormir e comer de novo, Era tudo que eu precisava depois de todo aquele trabalho desgraçado que foi aquela missão, já tinha conseguido minha arma nova no dia anterior, e trocar o par de luvas por um par de botas foi outra boa aquisição. Agora era hora de dar uma estudada, precisava melhorar meus conhecimentos de medicina para ser capaz de resolver qualquer problema, ou lidar com situações mais complicadas onde os recursos são escassos o conhecimento de herbalismo pode salvar vidas. A mulher que me entregava o livro parecia bastante focada no livro que estava lendo, fiquei de certa forma curiosa mas não muito legal atrapalhar uma pessoa que está ocupada lendo, então procurava um local próximo e tranquilo para ler o meu livro em paz.

Aprendizado Farmácia

Farmacia era algo interessante, todo medicamento tem seu princípio ativo que é o que age no metabolismo da pessoa fazendo o efeito desejado de curar uma dor de cabeça por exemplo, junto disso vinha o conhecimento de que a maioria dos medicamentos são metabolizados no fígado fazendo com que a maioria dos danos causados por uso excessivo de medicamentos comece por ali. Claro esse uso excessivo é diferente de uma overdose, a overdose é uma grande quantidade de um medicamento utilizada de uma só vez, no caso do uso excessivo seria uma dosagem alta por um longo período tempo, fazendo com que o dano vá lentamente se acumulando até que ele seja um problema.

Além disso, alguns medicamentos podem fazer menos efeito ou demorar mais para ter o efeito dependendo do peso da pessoa, a dosagem acaba sendo muito importante por é com ela que a pessoa vai ter a quantidade correta do princípio ativo no seu organismo para ter o efeito correto do medicamento. Faz parte da dosagem, quantos comprimidos a pessoa vai tomar por dia, com esse controle e uma utilização regrada o paciente, mentam-se uma concentração considerada ótima do princípio ativo no organismo. Farmácia é isso, a arte de produzir medicamentos em concentrações eficientes e dosagens eficientes para que uma doença ou machucado seja tratado de forma eficiente e sem causar mais danos ao paciente.

Fim aprendizado Farmácia

Antes de seguir para outro livro, entregaria o livro de farmácia para a garota que me deu ele e então diria que iria comer alguma coisa antes de voltar e procurar um sobre Herbalismo. Depois de tanto tempo de estudo era necessário um certo descanso e comer era sempre bom para relaxar, então iria direto para a cantina comer algo leve um pão ou coisa simples, caso esteja na hora do almoço então comeria o que tiver para almoço no momento. Depois de tudo voltaria para a garota que me deu o livro e pediria novamente o sobre herbalismo.

Histórico:
Nome: Mary Van Tassel
Posts: 19
Vício: 01/10
Ganhos:
- 3 cigarros
- 5 Fósforos
- Katana
- Par de botas de couro

Perdas:
- 60.000 berries (cigarros e fósforos)
-120.000 Luvas (Luvas)
- 2 Cigarros
- 2 Fósforos

Inventário:
- 3 Cigarros
- 3 Fósforos

Dinheiro: 190.000 berries

Qualidades:
- Versátil
- Ambidestro
- Impassível
- Afinidade com Haki
- Prodígio
- Atraente
- Voz melodiosa

Defeitos:
- Louca
- Dependência
- Furioso
- Improdutivo

Proficiências:
- Cirurgia
- Anatomia
- Primeiros socorros
- Toxicologia
- Diagnose

Profissão:
- Médica



Última edição por Kerigus em Qua Set 15, 2021 8:59 pm, editado 1 vez(es)

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 34QBofs
Mephisto
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 XXLblef
Créditos : 21
MephistoAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t353-anne-redgrave https://www.allbluerpg.com/t383-i-nao-existe-sombra-sem-luz#1323
Re: I - Não existe sombra sem luz. Dom Set 12, 2021 3:06 pm
Missão 1


Depois de tudo o tratamento era algo tranquilo, mesmo que a médica estivesse trabalhando por muitas horas aqui, algo que apesar de notar eu acho que perguntar pra ela não era um bom caminho, afinal por que lembrar alguém cansado do quão cansado ele tá. Entretanto era por uma boa causa imaginava que como eu ela estaria feliz de lutar por isso.

Então por fim chegou o momento esperado do sopão, onde fui ajudando a distribuir os pratos, pegando pratos cheios e ajudando a levar para as mesas tanto pra servir os soldados, quanto para servir os resgatados, que até então estavam sendo mercadorias naquele ambiente tenebroso.

Não podia deixar de estar sorridente levando os pratos as mesas, sempre levando de 6 em 6 um prato em cada mão seria de utilidade pra eles eu creio, e desse modo quando todos estivessem servidos aí sim me sentaria junto deles, de preferencia buscaria a menina que carreguei nas costas por ali, onde me sentaria perto dela para comer.

Iria devorar o prato com ferocidade, e lamber ele pra não deixar nenhum resquício de comida, onde quando terminasse não me seguraria em dizer.-É por isso que estamos lutando!! Sabe, pode não ser uma comida granfina nem nada assim, mas é isso, liberdade!!- comentei levantando dali e afagando a cabeça de alguma das crianças que estivessem por ali e ajudando a cozinha.

Quando fossem entregando os pratos iria agilizando a louça, já que eu conseguia lavar 3 pratos por vez, três limpadores de louça numa mão e os três pratos na outra, isso podia dar uma acelerada no trabalho também. e quando finalmente tivesse recebido tudo, me deitaria a cama, indo pra o quarto, onde relaxaria por algumas horas, até o dia seguinte se possivel.




Historico:
Posts: 19
Ganhos:
- Mochila
- Corte no Ombro.

Perdas:
- 260.000

Vantagens & Desvantagens:
Qualidades:

• Ambidestro (1 Ponto)
• Prontidão (2 Pontos)
• Duro de matar (2 Pontos)
• Carismático (2 Pontos)
• Idioma Marítimo (Raça)
• Nadador Nato (Raça)
• Cuspir Tinta (Raça)
• Seis Braços (Raça)

Defeitos:

• Atípico (Racial)
• Discriminação (Racial)
• Segregação (Racial)
• Heroico (2 Pontos)
• Ambição (2 Pontos)
• Inimigo (2 Pontos)
• Extravagante (1 Ponto)

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 2sfsWNF
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 Giphy
Créditos : 38
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: I - Não existe sombra sem luz. Ter Set 14, 2021 2:47 pm
O encerramento de uma jornada

Nas grandes aventuras da pequena Lucy, procurar por um lugar que fornecesse alimentação para animais não era tão difícil, apesar de que considerando o tamanho de suas pernas, teria sido uma longa caminhada pelo número de passos, nada que fosse de fato cansativo. Um nome chamou atenção já na frente da loja que era cheia de gaiolas já na vitrine, que era de vidro. Dragoaria do senhor Nhark, junto a uma plaquinha que havia recostada sobre a porta escrita “ Pegue o seu alado e viva altas aventuras.”

Adentrando ao local, poderia ver passaros de pequeno porte e apenas ao fundo havia algo como uma grande águia, com um pedaço de couro que cobria a sua visão, próximo haveria um atendente, um rapaz extremamente androgino, ao ponto de que devido as roupas largas, a dúvida teria se feito ainda mais aparente, sendo uma pessoa que era muito, muito bonita independente de como você visse. - Bem vindo! exclamou em uma voz alegre, convidativa e bem suave. - Certo, vou ter a ração de insetos moídos por 40.000 a caixinha, tenho também alguns ratinhos criados pra alimentação, que com a pouca saída, estão na promoção de três por 10.000 berries, incluindo o pacote pra transportar, para sua amiga, é o que eu recomendaria.- com a venda concluída, se fosse os ratinhos a escolha, eles viriam em uma caixinha, muito parecida com a de uma caixa de anel, bem apertados mas, vivos.

Com tudo concluído, foram poucos passos que separaram de uma clinica popular, onde fora necessário esperar um pouco pelo atendimento, o recepcionista, escreveu algumas anotações, ao notar os ferimentos aparentes e deu um papelzinho com senha dizendo - Moça, como seu caso não é de extrema urgência, peço que espere chamar o seu número, próximo do consultorio 2.- Era uma voz mais cansada e lá, haviam muitos outros cinzas com variados níveis de machucados, doenças, mas que aos poucos foi se esvaziando.

Até que fosse chamada, trinta minutos se passariam e uma voz feminina foi a que lhe chamou pelo número 42. Quando chegou, veria que seria um consultório pequeno, havia pranchetas, uma mini-farmácia onde uma médica com aparência bem rebelde era a responsável por atender, sua expressão demonstrava cansaço e falta de paciência, mas sua atitude era bem profissional.

– Certo, tem mais algum lugar doendo?- Ela perguntou, checando com os olhos, separando algumas pomadas cicatrizantes e um pouco de alcool e gases pra fazer assepsia, onde com a pergunta ela teria respondido - Limpar a ferida vai arder, mas é sinal de que você esta sendo bem cuidada, a pomada vai dar um alivio depois e não vai arder mais.- Ela comentou de forma bem tranquila, onde poderia mostrar até mesmo um sorriso simpático que duraria pouco, onde quando fosse permitido ela faria o processo, que na real nem ardia tanto assim, a sensação de alivio era grande.

- É isso, quando for tomar banho, lave com bastante água e sabão, evita passar a unha que logo você tá nova… Deixe a porta aberta quando sair.- Ela teria dito, já anunciando o próximo número assim que Lucy saiu.


Enquanto isso em seu estudo, Mary teria uma experiência bem peculiar… O motivo? Não era capaz de entender a primeira metade de seu livro pois… SIM, estava em língua de porco! Cheio de Oinks Irrrr, e grunhidos escritos, de modo que poderia parecer até mesmo uma piada de mal gosto, até que a segunda metade contava com a tradução pra linguagem humana, tratava-se a história de que o autor era interessado em ensinar conhecimentos avançados a animais e… Até explicar que nariz de porco não era tomada, o cara já tinha deixado a sua literatura pronta. Com isso, teria ficado já separado o outro livro para quando ela quisesse ler e a cozinha, quando chegou, estava bem populada, tinha um sopão sendo oferecido e também pão, tanto para quem quisesse o comer com sopa ou mesmo com outro tipo de alimentação, lá também estava a tritã que trabalhou, junto a várias pessoas e olha, tava todo mundo muito mais animado.

Se propondo a ajudar nas louças, veria uma moça com olhos tão claros, que era quase inevitável não perguntar se ela era cega ou não, que era bem bonita e teria dito a Anne - Obrigada pela ajuda!- E então o verdadeiro inimigo do mundo, uma louça cheia de louça para lavar se apresentou como o verdadeiro desafio naquele momento, não havia chefão final mais terrível do que ter de esfregar os copos, pratos e panelas, mas será que nossa revolucionária teria alguma chance?

Mary, quando procurasse pelo seu livro de herbalismo, teria visto ele já separado em um canto pela garota, que agora já estava no volume seguinte do mesmo livro que ela estava lendo quando saiu, o titulo de seu livro de herbalismo? “ Herbalismo para idiotas, como até mesmo eu fui capaz de escrever um livro pra ensanar os semelhantes”, com uma imagem de um burrinho segurando uma mudinha de planta.

histórico:


Posts: 03

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 HGWnxh1
Mephisto
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 XXLblef
Créditos : 21
MephistoAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t353-anne-redgrave https://www.allbluerpg.com/t383-i-nao-existe-sombra-sem-luz#1323
Re: I - Não existe sombra sem luz. Ter Set 14, 2021 3:29 pm
Missão 1


A louça era um desafio como sempre complicado, mas com três pratos por vez eu podia acelerar o processo e por isso eu ia dar uma boa força pra todos ali. E quando finalmente terminasse de lavar tudo era hora de deitar pra descansar. Não iria precisar de muito apenas, iria deixar a louça na escorredeira pra que secassem ela, e então sair pro quarto.

Lá iria apenas deitar para poder dormir um pouco e descansar até o outro dia, afinal tinha sido um dia duro e não podia simplesmente deixar de descansar já que isso era o que me manteria de pé no outro dia. Fechando os olhos a escuridão tomava conta onde poderia finalmente repousar.




Historico:
Posts: 20
Ganhos:
- Mochila
- Corte no Ombro.

Perdas:
- 260.000

Vantagens & Desvantagens:
Qualidades:

• Ambidestro (1 Ponto)
• Prontidão (2 Pontos)
• Duro de matar (2 Pontos)
• Carismático (2 Pontos)
• Idioma Marítimo (Raça)
• Nadador Nato (Raça)
• Cuspir Tinta (Raça)
• Seis Braços (Raça)

Defeitos:

• Atípico (Racial)
• Discriminação (Racial)
• Segregação (Racial)
• Heroico (2 Pontos)
• Ambição (2 Pontos)
• Inimigo (2 Pontos)
• Extravagante (1 Ponto)

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 2sfsWNF
Achiles
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 Da52343c7d1c5d679a3a8c0c40abf213
Créditos : 17
AchilesAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t342-lucy-von-kral#1009 https://www.allbluerpg.com/t383-i-nao-existe-sombra-sem-luz#1160
Re: I - Não existe sombra sem luz. Ter Set 14, 2021 6:18 pm
Lucy von Kral

A médica era até mesmo um pouco gentil para alguém com uma aparência rebelde, porém, não me importava com uma dor a mais naquele ferimento já que queria que ele curasse sem realizar nenhuma cicatriz. Estava me sentindo satisfeita com o tratamento e por isso saia da clínica com um sorriso.

Passar um tempo com a minha coruja era tudo o que eu precisava naquele momento e eu não retirava minhas ofensas aos revolucionários por aquele gigante deslize que eles tiveram. Porém, ainda não estava pronta para começar uma nova missão e eu queria ter certeza que atenderia todas as minhas vontades antes de realizar qualquer uma novamente, além disso, queria procurar por aquele filha da puta do Zev que certamente estava envolvido em tudo isso e tinha certeza que não era apenas uma distração para a sua fuga.

Voltando a assuntos mais prazerosos e calmos, faria mais um carinho em Gigipsta após tê-la alimentado com os ratinhos, sorrindo para ela. – Eu, logo mais, estarei voando junto com você e será um dos melhores momentos. Já tenho em minha mente todo um projeto designado para isso e tenho certeza que nós fará bem mais feliz. – Dizia, sem demonstrar qualquer vergonha em minhas palavras. A Lady ao meu lado sempre foi minha fiel ouvinte e eu queria levá-la para ver cada estrela que há nesse mundo.

Dos meus bolsos, retiraria a quantia exata que tinha de berries e começaria as contá-las com as ponta dos dedos procurando verificar quanto que eu teria para gastar em meus projetos futuros e sorriria vendo que tinha uma quantia bem maior do que a que eu teria planejado em meus pensamentos. – Perfeito. – E a partir daquele momento, guardaria tudo novamente.

- Depois do almoço, eu trabalho. – Comentava e então deitaria no galho para aproveitar mais um pouco daquela manhã enquanto daria pequenos cochilos me sentindo confortável perto de minha amada.

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 6F9DP52

Histórico:
Nome: Lucy von Kral
Posts: 20
Ganhos:
- 2 Adagas Clássicas (Post Nº 2 – Ferreiro)
- Machado Clássico (Post Nº 2 – Ferreiro)
- Proficiência: Forja (Post Nº2 – Ferreiro)

Perdas:
- 500.000 B$ (Adagas e Machado + Aula – Post Nº 2)
- 10.000 B$ (Café da Manhã – Post Nº19)
- 10.000 B$ (Comida para o Pássaro)
Dinheiro – Bolso: 4.750.000 B$

Inventário:
-

Qualidades::
- Mestre em Haki
- Prontidão
- Ambidestro
- Furtividade Natural
- Veloz
- Diminuto

Defeitos:
- Louca
- Apegada
- Dependência
- Bisbilhoteiro
- Ajustes
- Exótico

Proficiências:
- Adestramento
- Cavalgar
- Costura
- Doma
- Furtividade

Saúde:
-  Corte na Bochecha (0/5)

Cor da fala: - Fala

Objetivos:
Comprar o meu par de adagas por um preço menor
Comprar item de saciar dependência
• Realizar duas missões
• Aprender Forja
• Encomendar a cela para Gigipsta

Dependência (Café) – 2/10

_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 B7iCY2j
Kerigus
Ver perfil do usuário
Imagem : I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 ZOitdTV
Créditos : 00
Re: I - Não existe sombra sem luz. Qua Set 15, 2021 8:58 pm
Mary Van Tassel


Apesar do livro ser um tanto um quanto estranho, os estudos foram interessantes e úteis, acredito que agora eu consiga lidar bem com tratamentos e acompanhamentos mais longos de pacientes que necessitem de cuidado mais específico por um tempo mais longo. - Quem é o louco que escreveu esse livro? Dá pra confiar nisso? - O comentário do velho era pertinente mas não tinha muito o que reclamar, se a especialista em livros me indicou aquele livro ele deve ter indicado ele para mais gente antes, e como não houveram problemas a parte importante do livro deve estar correta. - Bom, se a mulher lá que entende dos livros indicou ele deve se tranquilo…

Depois era hora de comer, eu tava afim de uma carne bem grande e gorda, mas tive que me contentar com sopa e pão, bem vida de revolucionário era essa o que fazia com que alguns sacrifícios se tornem necessários. Apesar de não ser um suculento bife, a sopa com pão estava gostosa e foi o suficiente para encher meu estômago. Depois disso era hora de voltar aos estudos e estudar herbalismo que era o que eu acreditava faltar para completar meus conhecimentos como médica, existiam outras áreas como psicologia que eu podia aprender, mas não eram áreas que me interessavam.

Aprendizado Herbalismo

Chegando no local o livro de Herbalismo já estava a minha espera. - Nome peculiar não? - Ele resolvendo o meu problema era o que importava. - Pois é… - Bem o livro parecia me dar as informações que eu queria e precisava, tudo sobre as plantas e ervas e suas peculiaridades. Ervas venenosas como por exemplo a Belladona que pode causar alucinações e delírio, mas ao mesmo tempo na concentração certa é capaz de ter uma função diurética e calmante, a questão é sempre acertar a concentração para não causar os problemas. Mas também existem plantas como a aloe, que possui uma capacidade de auxiliar na regeneração de tecidos, hidratando a pele e estimulando a regeneração da pele. São dois dos exemplos contidos no livro, que me fizeram unir o conhecimento de farmácia adquirido anteriormente facilitando na hora de produzir medicamentos.

FIm aprendizado herbalismo

Então agora com tudo que eu queria adquirir de conhecimento adquirido não há muito mais o que fazer. Entregava o livro de volta para a garota e agradecia pela ajuda. E saia do local esperando ser convocada para alguma outra missão, enquanto tinha tempo livre aproveitava um local tranquilo pela volta que possa relaxar em paz sem muito barulho e agitação.

Histórico:
Nome: Mary Van Tassel
Posts: 20
Vício: 02/10
Ganhos:
- 3 cigarros
- 5 Fósforos
- Katana
- Par de botas de couro
- Perícia Farmácia
- Perícia Hebralismo

Perdas:
- 60.000 berries (cigarros e fósforos)
-120.000 Luvas (Luvas)
- 2 Cigarros
- 2 Fósforos

Inventário:
- 3 Cigarros
- 3 Fósforos

Dinheiro: 190.000 berries

Qualidades:
- Versátil
- Ambidestro
- Impassível
- Afinidade com Haki
- Prodígio
- Atraente
- Voz melodiosa

Defeitos:
- Louca
- Dependência
- Furioso
- Improdutivo

Proficiências:
- Cirurgia
- Anatomia
- Primeiros socorros
- Toxicologia
- Diagnose

Profissão:
- Médica


Legenda:
- Eu
- Velho


_________________

I - Não existe sombra sem luz. - Página 8 34QBofs