Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Kris, a Incrível NinjaHoje à(s) 10:46 pmporFormigaNa busca por sinaisHoje à(s) 9:38 pmporOverLordOs Infernais - Um Tesouro Banhado em SangueHoje à(s) 8:30 pmporTerryCréditosHoje à(s) 8:22 pmporShiori~Voracity~Hoje à(s) 8:20 pmporShioriI know what I want and where I'm goingHoje à(s) 5:34 pmporAnthony DiorQuanto Vale o ShowHoje à(s) 4:40 pmporMendoncaRecomeçosHoje à(s) 3:08 amporFaktorIndicaçõesOntem à(s) 10:06 pmporKenshinCabras da Peste, Vol 5 - A face da desordemOntem à(s) 9:19 pmporFormiga

5º Capítulo: Ainda Altaizando!

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qua Mar 02, 2022 1:19 pm
5º Capítulo: Ainda Altaizando!

Aqui ocorrerá a aventura dos Marinheiro Pippos Vitaminado. A qual não possui narrador definido.

_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qui Mar 03, 2022 12:36 am




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10



4º Capítulo: Gigantorines em Altai!
O saboroso ar do descanso parecia me sombrear e trazer-me paz, mas, para ser mais específico, a sensação de sucesso e tranquilidade interior, pois eu havia conseguido fazer a minha parte dentro de uma excepcional missão. Como não parabenizar, tanto o Thorkastelo, como o genial plano surpresa envolvido para garantir a invesão dentro de um esconderijo inimigo?! VITATATA! Tudo bem que eu não posso falar muita coisa, afinal, eu não presenciei toda a feroz batalha que deve ter acontecido no interior da caverna, todavia, um único ponto ainda me deixava com a pulga atrás da orelha.

Toda a missão não giraria em torno da captura de um tal Ogedai? Quem caralhos é esse Andras? Ah, tanto faz, eu acabei ajudando em parte na conclusão da missão, mas, claramente, está claro que o meu adversário deveria ser algum insano com poderes bem majestosos. Como que uma pessoa teria condições de manipular o fogo?! E olhe que não teria nem esses poderes mágicos de Akuma no Mi. Mas estava claro, eu estava enfrentando um teste dos céus, os deuses estavam me de olho e mim e me acompanham com fervor, tanto que enviaram um ser celestial para testar minhas capacidades, VITATA. Admito, não foi fácil. O que mostra que os deuses não estão de brincadeira, mas eu estou aqui para ser testado quantas vezes acharem necessário! Eu tenho a meta de ser reconhecido como o último salvador da terra, o herói, o fruto de uma vontade divina, o Vitaminado Pippão!

Entre analogias à parte e indagações mentais, atualmente, eu, provavelmente, ainda deveria estar em alguma clínica para estar finalizando algum tipo de tratamento ou algo do gênero, mas eu sabia que não poderia ficar para trás. Claro que eu havia realizado um excepcional trabalho em derrotar o meu divino adversário, mas, ainda assim, eu fiquei ferido demais, algo que, sem dúvidas preciso trabalhar em melhorar minhas estratégias de combate e, defesa, claro. E, falando nisso, eu não posso ficar para trás, o Thork e o restante do pessoal deram tudo de si dentro de uma missão, enquanto eu fui trazido até aqui para uma recuperação.

Tudo bem que eu não sabia ao certo se a tal missão já foi, de fato, concluída, mas era provável que sim, e eu, acima de tudo, ainda preciso dar o meu máximo para ser capaz de, algum dia, crescer e tornar-me cada vez mais forta, afinal, eu, agora, estou na Grand Line, encarando inimigos excepcionais. Seguindo esse ponto, eu não possoficar aqui sentado esperando, senão, obviamente, ficarei para trás! E, eu, preciso sim ficar cada vez mais forte, além de ser digno de também crescer na marinha.

Caso houvesse algum médico ou responsável por essa área de tratamento de minhas queimaduras, eu logo faria questão de solicitar uma dispensa: – Err... com licença. Eu também sou quase um médico de carteirinha, VITATATA! Se vocês me disponibilizarem algum medicamento como pomada ou algum creme corporal para hidratar minha pele, eu agradeceria bastante e poderia fazer questão de dar continuidade ao meu tratamento. Muito obrigado.Sorriria, demonstrando simpatia e carisma, mas eu precisava dessa dispensa, depois de talvez receber alguns hidratantes corporais, pois eu precisava sair logo dali e dar continuidade a meus deveres como um hábil sargento da Marinha, pois eu não podia ficar para trás e precisava compensar a minha saída antes da hora na última missão.

-----------

Caminhando pelos corredores, eu ainda buscava qualquer que fosse algum superior à vista, pois todos os que eu já conhecia pareciam ter se ocupado bastante na última missão que eu sequer tinha certeza se ela já havia sido concretizada, mas caso eu encontrasse algum, ou até mesmo alguém com algum fardamento o qual eu poderia julgá-lo como superior, eu logo faria questão de me apresentar: – Olá! Sargento Pippos Vitaminado se apresentando! Atualmente eu busco muito pelo alvorecer da justiça e prezo muito pelo meu desenvolvimento neste grupo incrível. Desculpa estar te atrapalhando, mas eu gostaria de saber se posso te ajudar de alguma forma, pois quero muito realizar uma missão.Concluiria minhas ideias, fundamentando todos os possíveis pontos, enaltecendo minha convicção de evolução.

Mas caso não tivesse sucesso nessas buscas, ainda faria questão de me guiar um pouco no horário, para saber se ainda era dia, tarde ou noite, pois eu acordei de forma atacada e sequer prestei muita atenção nesses detalhes, mas caso fosse manhã, eu até podia pausar um pouco minha busca para me concentrar em ter um exímio café da manhã, buscando ovos, pães, leite, talvez carnes, diversas fontes de proteína em geral, tudo para tornar meus músculos cada ver mais revigorados e robustos. Ao fim de uma sadia e seleta refeição, logo continuaria minha busca para seguir os mesmos processos supracitados e buscar algum superior que precisasse de ajuda.

Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qui Mar 03, 2022 8:32 am


Narração

Pippos definitivamente estava extremamente cansado, pois inclusive perdera a comemoração e o grande banquete ao qual havia sido oferecido devido ao seu grande corpo, exigir também um grande descanso para que pudesse se recuperar, já na ala da enfermaria, quando pediu por uma pomada ou algo assim ele teria a resposta - Você deveria descansar um pouco mais, além disso, nós já passamos enquanto você descansava uma pomada super concentrada feita com ervas locais, é por isso que você não deve sentir dores pelas queimaduras que levou.- No entanto, pegue, tome uma vez ao dia e sem excessos. - Teria dito o médico jogando um saquinho com três pilulas grandes, perfeitas para um gigante.

Não levou muito tempo até que não se pudesse segurar mais o gigante por ali e com isso ele decidiu dar uma caminhada, onde poderia ver que seu tratamento havia mudado, as pessoas no corredor acenavam, mandavam um “ Aniki”/ Irmãozão e levantavam bebidas quando estavam segurando alguma, claramente o QG havia acabado de passar por uma festa e até mesmo Pippos poderia ter percebido isso por como as coisas estavam indo mais devagar.


Chegando no campo de treinamento é onde ele encontraria alguém ao qual pareceu que poderia pedir uma missão era um marinheiro jovem ao qual o olhou e comentou - Uma missão? Tem certeza disso?…. Bem, há uma missão mais tranquila de patrulha, não é grandiosa mas, não deve te atrapalhar na sua recuperação, nem te manter longe do QG por tempo demais, te interessa? - Perguntou o jovem olhando para o ruivo.

Histórico:


_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Sex Mar 04, 2022 9:23 am




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10

Essa comemoração foi boa mesmo, hein? VITATA!
Mas o dever me chama!


5º Capítulo: Ainda Altaizando!
Diante do meu atrasado despertar, eu já estava, de fato, em uma ala médica. Claro que, ansioso, eu já queria saber o que aconteceu com o restante do pessoal naquela perigosa missão o qual eu havia enfrentado o inimigo mais forte, e sozinho, VITATATA! Pedir já alguns medicamentos para eu me automedicar e já ter chances de sair daquele espaço eram mais do que necessário, pois, no fundo de tudo, eu sabia que não poderia ficar para trás! Recebendo alguns bons medicamentos para amenizar a minha dor, eu não pestanejaria depois de agradecer e sair da enfermaria.

Já caminhando pelos corredores, era possível notar uma tremenda diferença de como todos pareciam me tratar e olhar. Era a impressão de admiração e orgulho, o que me deixava ainda mais conciso na ideia de: Eu sabia, VITATATA! Claramente eu enfrentei o inimigo mais forte! Olha essa tamanha admiração por mim agora?! VITATA. Acho que, dentro de um QG, jamais fui admirado desta forma.Analisei confiantemente.

Até pude prestar bastante atenção em companheiros que pareciam levantar bebidas quando tinham em mãos. Eu sorriria com muito carisma à medida que deixava aquele puro ar de alegria balançar levemente minhas madeixas ruivas. Mais que merda! A missão deve ter sido um sucesso completo, e tivera, inclusive, uma bela festa de comemoração, arf... Eu queria já estar acordado para encher a cara, VITATATA!Pensei, estando um pouco triste com isso.

Mas, de todo modo, o clima do QG havia melhorado, para comigo, ao menos. E mediante uma sagaz busca, eu acabei por não encontrar ninguém com uma patente mais elevada, para poder me designar alguma importante tarefa. É... Parece que a festa foi boa mesmo, VITATATA! Ou os superiores desopilaram e aproveitaram um monte que hoje já estão ressacados, ou ainda estão em missão... Falando nisso, onde está o Thork e o restante do pessoal da missão no Thorkastelo?Coloquei a mão no queixo, enquanto refletia a respeito desse assunto.

Ainda incansável em minha busca, tentei meu último recurso, visando, talvez encontrar algum rosto mais familiar ali pela área de treinamentos. Minha gloriosa busca finalmente teve o seu fim. Não pelo fato de ter encontrado algum rosto superior familiar, mas havia um jovem o qual parecia apresentar uma patente superior. – Isso mesmo, VITATA! Se algum dia eu quiser ser reconhecido como o ser divino que eu sou, preciso me empenhar cada vez mais.O responderia de forma rápida.

Por incrível que pareça, até acabei recebendo uma resposta ainda melhor do guri em questão, pois ele falou ter uma até com um leve grau de periculosidade: – Se me interessa?! VITATATA! Pode contar comigo!Responderia de forma animada, enquanto logo posicionava meu grande martelo no solo para estralar bem meus dedos das mãos, dar alguns semigiros para alongar minha coluna e me agachar alguns instantes para fazer o mesmo com minhas pernas.

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Goku-alongando

Tudo bem que ele havia me falado que seria uma missão mais simples, o qual talvez não requeresse tanto esforço, mas eu precisava estar sempre pronto para o que quer que fosse acontecer. – Quando irei começar e onde será o lugar em que eu devo patrulhar?O questionei, de forma em que eu pudesse ficar mais ciente dos detalhes a respeito da referida missão. De todo modo, sentindo algum desconforto ou não, eu não conhecia muito bem o medicamento que o tal médico havia me passado, mas sabia que era um analgésico, e, conforme sua indicação, tomaria uma pílula por dia. Dessa maneira, logo faria questão de tomar a primeira no atual momento, mantendo as duas restantes guardadas no saquinho em meus acessórios.


Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Seg Mar 07, 2022 8:58 pm


Narração

Frente a uma possível missão de patrulha ao qual poderia ser mais tranquila então o rapaz teria dito - Eu soube que próximo a região portuária há a necessidade de mais algumas pessoas para dar uma checada nos arredores enquanto o transporte de abastecimento é feito, parece que vai haver uma grande viagem ou algo do tipo. Ele explicou a situação.

- Se apresente ao tenente Hashin, na região do porto procure por um rapaz de cabelos longos e negros, aparência selvagem, carrega consigo uma manopla quase tão grande quanto o seu martelo, coisa de doido. - Ele teria dito dando as instruções para que Pippos pudesse ir enfim atrás da sua missão.

Pippos tomou o seu remédio e assim logo mais se sentiria inteiro para continuar.

Histórico:


_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Seg Mar 07, 2022 11:13 pm




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10

Vamos seguir o caminhão certo!
Um passo de cada vez...


5º Capítulo: Ainda Altaizando!
Dentro de uma singela e tranquila conversa, o tal superior até me tracejou importantes detalhes para o prosseguimento de minha missão, realçando qual seria, agora, o meu próximo passo. – Cabeleira tão grando quanto o meu martelo Thor?! VITATATA! Ele deve ser bem cabeludo mesmo.Brinquei um pouco com a situação, mas não demorei para logo continuar: – Mas quanto à segurança das cargas de reabastecimento no porto, pode ficar tranquilo que eu estarei lá para dar o meu melhor e garantir a segurança desse espaço.Pontuei.

Ao ouvir ou pouco mais do direcionamento de meu superior: – Tenente Hashin? Pode ficar tranquilo, irei procurar o Cabeleira no porto.Destacaria, ainda brincando um pouco com a situação, mas, brevemente mantendo minha curiosidade a respeito de como seria esse indivíduo. Ter cabelos tão longos quanto minha colossal marreta? Bote cabelo nisso, VITATATA!

Ao tranquilizar um pouco mais de meus problemáticos sintomas de ardor, logo segui com firmeza até o porto, agradeceria pela ajuda e logo iria seguir com meus longos passos. E até balançando um pouco minhas madeixas ruivas e tentando imaginar o quão cabeludo seria o Hashin.

Chegando no sagaz porto, faria questão de tentar analisar bem possíveis barcos, ou quem quer que por ali também estivesse, claro, buscando também, uma cabeleira ambulante, ou um ser mais selvagem e mais peludo, como me fora descrito. Com meu senso divino, talvez não demorasse muito até que eu encontrasse o marinheiro em questão, afinal, ele já era bem único, e, assim, seguiria em sua direção.

Considerando que eu estivesse diante do tal cabeludo, logo o questionaria: – Hashin?Pois caso não fosse, eu ainda deveria procurar por mais cabeludos até encontrar o certo, e nesse caso pediria por perdão e continuaria em minha busca. Por outro lado, caso fosse ou eu o encontrasse, logo seria direto. – Então, Tenente Hashin, foi mandado aqui por ordenes superiores para auxiliá-lo e garantir uma melhor segurança no transporte de reabastecimento por aqui.Esclareceria o motivo da minha vinda até o mesmo.

Sua compreensão seria bem provável e esperada, afinal, eu, como o fruto de uma vontade divina, já seria mais do que útil para garantir a segurança de todo esse espaço ou o que quer que estivesse a ser trazido para cá. Mas prestaria bastante atenção em cada uma de suas palavras, afinal, ele, sim, me daria verdadeiras instruções de como funcionaria a missão e qual deveria ser o meu papel por aqui. Além disso, valia ressaltar que, enquanto estivesse a analisar bem suas instruções, faria questão de analisá-lo bem, tanto por sua cabeleira, quanto por como seria esse seu estilo diferenciado.


Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qua Mar 09, 2022 4:07 pm


Narração

Pippos não demorou para chegar no local, onde ele poderia ter visto o Cabeludo ao qual fácilmente seria identificável como Tenente Hashin, suas manoplas? Eram completamente desproporcionais ao tamanho de seu corpo, eram absurdas. - Oh, que bom rapaz, precisava mesmo de mais pessoal. Vamos lá, eu preciso que você fique de vigia aproveitando de seu tamanho na parte superior do barco, se você avistar qualquer movimentação suspeita, você tem o meu aval para agir antes de perguntar se julgar necessário. - Ele teria apontado para o local onde ele deveria ir.

Era uma missão bem simples, ele poderia ver que alguns soldados estavam carregando uma grande quantidade em alimentos e materiais de manuntenção pro navio e ele poderia te rajudado caso quisesse, lá acima um pequeno rapaz androgino o teria cumprimentado -Hoy! Veio fazer a patrulha também? É a minha primeira missão, você poderia me dar umas dicas? - Por ser claramente alguém muito novo, ficou claro também que era alguém que depositou nog iganta alguma admiração pela sua pipposidade aparente em suas proporções e também pela fama que espalhou-se em Altai sobre ele e Thor.

De cima, em um primeiro momento Pippos não notaria nada de anormal, restando a ele o tempo e talvez, pudesse estender a mão para alguém que o admira?


Histórico:


_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qua Mar 09, 2022 11:12 pm




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10

Missão em andamento...
Vamos nessa!


5º Capítulo: Ainda Altaizando!
Assim que avistei o superior cabeludo em questão, até que me desapontei um pouco, VITATATA. Imaginava um ser mais selvagem cheio de cabelo, afinal, ele tinha dito que era até maior que minha marreta, VITATA. De todo modo, eu logo deixei passar essa bobeira de pré-julgamento e logo prossegui com nossa fatídica conversa. – Se eu serei um bom reforço?! VITATATA, claro que sim! Pode contar comigo para o que precisar, senhor!Destacaria virtuosamente.

Quando ele designou minha função, eu logo analisaria bem o tamanho do barco, para que este pudesse suportar bem o peso desses grandes músculos divinos, mas caso fosse um barco bem desenvolvido e de razoável porte, que eu o julgasse capaz, logo faria questão de adentrar no mesmo para cumprir com meu dever. Mas antes de adentrar, ainda faria mais um questionamento: – Então, Tenente Hashin, como estamos diantes de possíveis ameaças à embarcação, e até mesmo possíveis roubos, quem, de fato, são os possíveis suspeitos? Por acaso algum rosto familiar? Ou quem sabe algum grupo conhecido?O questionaria apenas para ter uma base de que tipo de inimigos se tratavam, talvez minks, ou algum grupo diferenciado desse gênero, seria interessante satisfazer essa minha dúvida.

Já no interior da embarcação, eu logo faria questão de me estender bem para utilizar de meus hábeis olhos superiores para tentar julgar qualquer tipo de ato suspeito pelas redondezas, mas, pelo visto, nada por ali parecia comprometer a situação. Apenas pude identificar bem soldados carregando e seguindo com firmeza o seu dever, atuando como um belo profissional. Até seria interessante ajudar com todo esse transporte de caixas, mas eu tinha meu dever, assim como os soldados tinham o seu, agora, em uma patente superior, eu sabia bem das minhas obrigações e eu precisava manter o foco em analisar bem a doutrina dos soldados e qualquer tipo de ação suspeita que caminhasse por ali, e tentaria também analisar bem para onde as cargas estavam sendo transportadas, afinal, poderia haver alguém disfarçando de marinheiro.

5º Capítulo: Ainda Altaizando! 2678ca9684bff9fa8784781b4a5ec7bb-1

De todo modo, me manteria com o olhar fixo por aquele espaço, pois precisava utilizar de minha grande estatura a meu favor nesse quesito. Porém, um desconhecido jovem parecia se encantar com o meu radiante e incomparável brilho. É, parece que finalmente estavam a me reconhecer pela luz que emana de mim. – Ah, olá, pequenino, eu sou o Vitaminado Pippão, o fruto de uma vontade divina e mais forte ferreiro do North Blue! Ah, ainda vale ressaltar que sou o futuro ser mais forte deste planeta, VITATATA!O responderia com empenho e magnitude.

Analisaria bem esse pequeno, pois, apesar do incrível fascínio que eu proporciono, ele ainda estaria a tentar atrapalhar minha vigia, e, nesse sentido, tentaria analisar bem se algo estaria acontecendo de diferente enquanto o pequeno me abordava, pois esse ‘novato’ também poderia fazer parte de algum grupo, ou apenas veio na pessoa certa, mas na hora errada, pois podiam estar esperando qualquer tipo de distração em mim para começar a agir.

Mas, independente de qual fosse os casos se é que realmente fossem algo real, eu faria questão de manter minha análise bem atenta à medida que respondia pequeno, tentando fingir que estava distraído, mas, procurando, disfarçadamente, enxergar alguma coisa. – Você pede por dicas? VITATA! Eu tenho sim. Em primeiro lugar, você precisa traçar uma meta, sabe? Qual o seu propósito de vida? O meu é me tornar o ser mais forte deste mundo para poder ser facilmente reconhecido pela minha capacidade por qualquer um.Discursei, mostrando empenho e transparência em minhas palavras, mas tentando sempre utilizar de meu tamanho acima da média para sempre analisar bem a região, mesmo estando de dentro do barco.

Ainda faria questão de perguntar ao garoto: – Qual é o seu nome, moleque? Por acaso você alguma vez já pensou em qual patente máxima você almeja chegar na marinha, VITATA.Perguntei em um tom de brincadeira, até sorrindo um pouco, e, em qualquer sinal de carga sendo transportada de forma irregular, eu não tiraria o meu olhar de quem estivesse envolvido nessa situação.

5º Capítulo: Ainda Altaizando! 124c9f0d06fde4ee0a375ebe568e800622497685_00


Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão



Última edição por Pippos em Sab Mar 12, 2022 12:03 pm, editado 1 vez(es)

_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Qui Mar 10, 2022 1:33 am





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“A força de um guerreiro está na sua resistência”

Logo após aprender a arte do Oratório, aprofundando um pouco mais meu intelecto, já estava na hora de retornar meus treinos físicos. Apesar de almejar querer conquistar meu próprio reino, uma nação acima de todas as outras, ainda precisava lapidar minhas habilidades físicas. “Um guerreiro não precisa de motivos para brandir sua lança. Todavia, eu não era um guerreiro qualquer. Preciso de poder! Preciso tornar este corpo uma fortaleza impenetrável! Só a partir daí... poderei alcançar o cume da Marinha e criar meu próprio reinado.”

Divaga por alguns instante até começar a caminhar pelo centro de treinamento. ~ Será que o garoto ainda tá dormindo? Mas que moleque mais folgado! Thororororo! Já havia passado algum tempo que não avistava Pippos. ~ Hum... to achando que esse pivete foi numa missão sozinho. Que seja, enquanto isso vou aprender um pouco mais sobre os Rokushiki. Coçava a barba tentando avistar algum marinheiro(a) que estivesse treinando no local.

Caso houvesse avistado, o que talvez não fosse difícil visto que muitos doutrinavam seus corpos naquele quartel, visaria me aproximar de forma amigável. ~ Saudações camarada! Não lembro se chegamos a nos ver na missão do Andras, mas sou Sargento Thorkell. Expressaria um sorriso carismático e apoiaria as mãos na cintura de forma relaxada. ~ Pude perceber que está treinando as habilidades da marinha, Rokushiki... cheguei a aprender alguns, mas infelizmente não pude aprender todos por falta de tempo. Estaria disposto a dar umas dicas para esse velho aqui?! Thororororo! Falaria de forma persuasiva e não imporia e nem obrigaria o marinheiro(a) a ensinar, já que, esse tipo de coisa não fazia parte de minha índole; exceto em raras ocasiões.

Se houvesse achado um mestre de Rokushiki e estivesse disposto a colaborar, retornaria a dizer. ~ Heh! Aí sim meu galo! Vambora que estou precisando gastar umas calorias. Thororororo! Diria amistosamente ao tempo que bateria as mãos de forma animada. Caso o marinheiro(a) perguntasse sobre qual gostaria de aprender primeiro, responderia. ~ Pois bem, já aprendi e me acostumei com Tekkai e Shigan. Estou interessado naquele que possibilita flutuar em pleno ar e o outro que proporciona grande explosão de agilidade. Coçaria um pouco a barba meio pensativo, pois, não lembrava bem seus epítetos.

Agora com os poderes da Shiro Shiro no Mi, precisava ter em mente que cair dentro do mar seria morte certa; além de ser uma morte medíocre. Todavia, agora fazia sentido o motivo dos Rokushiki terem sido criados. Afinal, um usuário de Akuma utilizando os passos no ar poderá retardar uma possível queda no mar, ou semelhante. “Além disso, a outra habilidade que permitia se mover em alta velocidade me permitirá atacar mais rápido e mais preciso, o que é uma arma letal em uma batalha.” Pensava por um breve instante, logo retornando meus olhos ao marine a minha frente.




Histórico:


_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! 2uAvx3T_d
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Sex Mar 11, 2022 10:57 pm


Narração


O Tenente havia dito em resposta a Pippos - Quando chamamos uma escolta a intenção nunca é que precisemos lidar com algo na verdade mas a ilha chacoalhou bastante e ainda que pro nosso lado e ao nosso favor, há doidos que se tornam corajosos por pensar que também perdemos algo ao conquistar.-  O tenente comentou, deixando claro que o propósito do sargento era que sua mera presença pudesse ser a guarda para qualquer problema nem mesmo começar.

O trabalho de Pippos parecia que seria chato até que o pequenino talvez fosse aquele a temperar um pouco as coisas - Caramba, tudo isso? Havia alguma certa inocência no jovem rapaz, uma ingenuidade de alguém que ainda não fora manchado ou corrompido pelo mal.

- Uma meta? Hm…. Eu quero um dia me tornar um capitão! Ele repetiu em voz alta e logo ficou um pouco com as bochechas coradas, quase como se esperasse uma bronca ou mesmo uma risada e a ausência de uma o fez se sentir mais confiante.

- Eu sou Cleo Sphinx, eu por hora quero virar capitão! Quando eu virar capitão… Eu ainda não sei como vai ser, eu provavelmente vou ter muita experiência e mais ideias! O pequeno comentou abrindo novamente um sorriso bem largo, apontando o polegar ao próprio peito com algum orgulho.

Pelo andar da carroagem, logo mais  a missão de Pippos se encerraria e assim como haviam lhe dito era uma missão muito boa para alguém que queria trabalhar mas acabou de voltar de algo grande.



Thor



Thor enquanto caminhou pelo centro de treinamento teria visto alguns rostos familiares por lá, a Rosada que não faltava a um dia de treino, Reines e dessa vez até a capitã Valvatore, apesar de ela parecer no momento resolvendo alguma coisa no dendenmushi, sua expressão era zangada e sua boca estav atoda torcida de raiva, era como se uma aura de antipatia tivesse a cercando no momento.

Um Marinheiro de cabelos loiros era o homem da vez que pareceu ter chamado a atenção de Thor como parceiro de treino naquele momento o rapaz logo colocou-se em posição de continência enquanto comentou - Grande chefe! Que honra velo treinando.- Comentou em um tom animado e honesto.  

- Claro, eu não domino todos mas sou bom em alguns, você sabe qual você quer aprender? - O rapaz comentou com os olhos brilhando com alguma admiração - É como se os céus tivessem sorrido para nós! Geppou e Soru são  dois dos três melhores Rokushikis que eu melhor domino, o outro seria o Shigan! Vurahahahah. Ele comentou alongando-se e então perguntou

- Vamos lá grande Chefe, me diga qual você esta disposto a aprender primeiro? Independente da ordem o que você aprender em um vai te ajudar no outro. Ele comentou esperando uma resposta.


Histórico:

_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Sab Mar 12, 2022 1:42 pm




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10

Garoto gente boa!
Missão parece estar bem tranquila...


5º Capítulo: Ainda Altaizando!
Ao compreender a básica resposta do tenente, fiquei contente em ouvi-la, afinal, supus a presença de ainda haver algum grupo potencialmente perigoso em Altai que pudesse vir a trazer mais problemas pela região. Mas, de todo modo, uma precaução é sempre bem vinda. – Entendi. Mas pode contar comigo, senhor!O respondi com veemência, sempre pronto para lidar com qualquer tipo de situação, afinal, eu deveria mostrar a razão de estar por ali e garantir a minha presença divina naquela localidade.

Assim que discursei com ímpeto para mostrar àquele jovenzinho o quão amplos eram meus objetivos, ele ficou bem surpreso e, concenrteza, impressionado, VITATA. – Exatamente. Tudo isso, VITATATA! Não podemos traçar menos coisas quando já pensamos num amplo futuro bem mais à frente.Complementei, afinal, queria ensiná-lo de que nossas metas terão de sempre ser grandes.

Não espero menos de você, pequenino, VITATATA!Concordei com sua interessante meta inicial, até rindo pouco ao notar seu semblante meio corado por ter falado em voz alta. Claro que há pessoas que ficam tranquilas em estagnar numa patente como a de capitão, mas eu não. – E você não precisa ter vergonha, VITATA. Precisamos mesmo ser firmes em nossas metas e dane-se o que os outros podem pensar em relação a isso.Brinquei um pouco, mas sempre tentando encorajá-lo para que o mesmo não acabasse por ficar tímido ao traçar uma patente como a de capitão em sua meta, principalmente pelo fato dele ter entrado na Marinha cedo. – Algum dia, você pode até chegar a ser algo a mais do que isso, VITATA.

Ao ouvir sua nova meta, logo me animei com pomposidade ao ouvir sua expressão: – Boa, meu garoto, VITATA! Gostei de você.Baguncei seus cabelos com minha canhota e o elogiei, entendendo que era possível a presença de pequeninos com um futuro bem radiante em sua frente. – Muito prazer, Cleo. É esse o espírito que eu quero ver, VITATA! Nós precisamos ter muita confiança e determinação para alcançar nossos objetivos, não importa o quão difícil estes sejam.Eu realmente havia admirado muito esse moleque. Ele, mesmo em pouco, parecia já ter conseguido ganhar um pouco de minha admiração e de minha simpatia.

A missão parecia bem simples, simples até demais. Não sei se, ao ter minha presença por aqui, os bandidos ficaram com medos, o que é bem provável, VITATA, ou realmente o mal aqui de Hasagt já foi expulso. Quem sabe, não é? De toda forma, manteria sempre o meu posicionamento, para manter a guarda e vigiar bem aquele espaço. Tudo até que o tenente pudesse chegar até mim e indicar que a missão fácil havia sido bem sucedida. Mas isso, no caso, de não ter acontecido nada que pudesse despertar ainda mais minha curiosidade por aquele espaço.

Caso as coisas fluissme bem e não houvesse nada a mais de suspeito para acontecer e o Tenente viesse até mim para consagrar o sucesso da missão, eu apenas agradeceria e manteria minha posição com uma continência na forma de respeito. – Muito obrigado, senhor! Pode contar comigo para o que der e vier em próximos serviços.Agradeceria pela confiança em meu potencial para cumprir a vigia para trazer segurança àquele navio e às mercadorias. Mas, por outro lado, caso houvesse algum acontecimento suspeito, eu faria questão de analisar bem a situação e, exclamaria, de acordo com o que eu visse: – Ei! Você aí!Apontaria para o suspeito de fazer algo de errado no momento em questão.



Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão


_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Sab Mar 12, 2022 11:12 pm





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“A força de um guerreiro está na sua resistência”

“Heh? Grande chefe???” Ficava um tanto surpreso com a denominação vinda do marinheiro, mas optava por não comentar sobre. “Até que soa bem, Thororororo! Apesar de que preferia imperador ou rei.” Havia refletido por um breve instante, mas logo esquecendo o assunto e me centrando no que importava.

~ Aprendizado de Geppou ~

O garoto era simpático e bastante espirituoso, bem os tipos de marinheiros que desfrutam de tudo na vida. A criança parecia deter um lado um tanto ingênuo, talvez mal havia desbravado os mares. Todavia, era o tipo de rapaz que provavelmente viria ter apreço. Afinal de contas, a ingenuidade tem seu lado bom. ~ Thororororo! Então os céus sorriam para nós dois! Vamos começar com Geppou. Comentava sobre as habilidades da Akuma, já que, seria um perigo cair em alto mar. De qualquer forma, aprenderia Geppou e em seguida Soru, a ordem não era tão relevante. Acabaria escolhendo meio que instintivamente.

- Tudo bem então Grande chefe, pode me chamar de Light. O marine diria e em seguida começaria a explicar a parte teórica da técnica Rokushiki. – Essa habilidade permite aos usuários saltar no ar, conseguindo permanecer no ar por muito mais tempo do que o habitual. Um dos pontos fortes dessa técnica, é usar para atravessar grandes distâncias sem nunca tocar o chão, ou realizarem rápidos ataques aéreos. Existem variações ao combinar os Rokushikis, mas primeiro vou focar no Geppo. Light ponderaria e em seguida começava a saltar no ar, exemplificando o que havia dito até então.

– Enquanto a técnica em si proporciona várias vantagens, tanto dentro, como fora da batalha para o usuário, ele só tem uma fraqueza importante: uma vez que a sua utilização depende fortemente das pernas do usuário, restringi quaisquer partes principais de sua parte inferior do corpo, podendo perturbar de forma significativa. O marine atingia suas coxas com alguns tapas para reforçar sua explicativa. – Se o seu estilo de luta não depender muito das pernas, isso concede uma vantagem de luta extrema! Grande chefe é mestre na arte da lança, se dominar o Geppo poderá usar golpes a distância tanto terrestres como aéreos. O soldado parecia ser bastante analítico para com as formas do Rokushiki, além de saber do meu próprio estilo de luta. Não que fosse inesperado, já que, grande parte do quartel de lá já teria me visto durante a guerra ou treinando no Q.G.

~ Hoo. Interessante! Mas como exatamente eu manifesto essa habilidade? Abordaria o soldado com o fundamento básico para se utilizar o Rokushiki, já que, Tekkai usava a tensão muscular e Shigan a velocidade do dedo em penetração. – Certo, Grande Chefe! Você deve saltar como de costume, mas com uma velocidade mais rápida, não dependa tanto da força para não atrasar sua impulsão. Imagina que irá chutar o chão, como um boxeador usa suas esquivas através do direcionar dos pés. Mas diferente deles, sua força e impulsão serão sempre ao máximo. Ele terminaria de proferir ao tempo que saltava pelo ar e em seguida aterrissava no chão.

“Huum, não parece ser muito difícil pela elucidação. Entretanto... isso parece algo bem estranho de se fazer.” Pensava comigo logo após ouvir a interpretação do marinheiro. ~ Pois bem... então preciso chutar em alta velocidade com objetivo de causar uma explosão do ar para impulsionar meu corpo, isto?! Argumentaria, logo olhando para meus pés e levemente batendo os dedos no chão. – É isso aí mesmo, Grande Chefe! Não tem mistérios, Hehehe. Ele diria amigavelmente, logo me dando um pouco de espaço para começar o treinamento prático.

“Como que nunca pensei nisso? Durante um salto, tentar saltar novamente para impulsionar o corpo para outra direção!?” Divagava comigo, quase que rindo sozinho comigo mesmo, pois, era algo até fácil de compreender que nunca havia pensando antes. ~ Vambora então! Proferia tracionando as pernas e em seguida saltando para o alto com todas as forças. Nesse momento, tentaria novamente tracionar as pernas e movimentar elas para que eu fosse ainda mais alto. Entretanto para meu infortúnio, simplesmente nada ocorria e eu voltava ao chão.

Coçava a barba matutando o que havia feito de errado, mas sem saber exatamente o que. Por sorte, o perito estava atento e viria dar algumas dicas. – O salto foi top, Grande Chefe. Mas parece que você tem mania de sempre usar a força, mas você precisa usar a velocidade em explosão, e não a força. Tem parâmetros diferentes, sabe quando você tenciona seus músculos para dar um soco super potente. Você peca na velocidade para trazer todo seu poder latente. Mas se você fizer o inverso, socando com toda sua velocidade, pecará na força e no impacto. E, é exatamente isso que você precisa ter em mente quando utilizar o Geppo. No decorrer do treino, aquela mania permanecia quase que instintivamente, provavelmente fosse habito.

Dado algumas horas de treino, suavemente começava a sacrificar a força de impulsão para então gerar velocidade de impulsão, tanto que uma vez que outra conseguia saltar mais de uma vez no ar. – Isso aí mesmo, Chefe! Agora tente usar mais de uma vez. Light explicava de forma simples, mas bastante clara. Uma hora ou outra, caia de mal jeito, pois, era mais difícil fazer do que falar. ~ Thorororororo! Que desgraçada de badalo! Porém, não perdia o bom humor e carisma de costume, continuava espirituoso e até mesmo desfrutando do árduo treino.

Passando-se mais algum tempo, o uso da técnica começava a se tornar mais natural. Já conseguia saltar três, quatro e cinco vezes no ar. O tempo que meu corpo pairava no ar era incrível, quase tão incrível quanto ver um gigante correndo no ar. ~ Háh! Pelo visto to pegando o jeito da coisa! Thororororo! Proferia rindo, durante o tempo que saltava mais algumas vezes pelo ar até atingir uma distância... bastante elevada. ~ Bah! Acho que me empolguei demais! Thororororo! Diria tentando avistar Light, porém, parecia um grão de feijão. Quase nem escutava mais sua voz.

A visão naquela altitude era ainda mais incrível, pois, dava pra avistar toda a ilha, oceano e nuvens que ficavam no topo da minha cabeça. ~ Nada mal... uma visão digna para um treino. Comentava ao colocar a mão sobre a testa com intuito de diminuir a intensidade dos raios solares que era mais intensos.

~ Huh? Foi então que ao tentar usar novamente, parece que o limite havia chegado. ~ Agora fudeo!!! Começava a despencar brutalmente e isso certamente não era bom sinal. – Oh meu deus!!! H-heeee! CUIDADO, SE AFASTEM AGORA!!! O soldado começava a gritar ao notar que um gigante estava prestes a cair no quartel da marinha.

“Eu já ouvi isso em algum lugar!?” Pensava comigo sobre uma velha história de um garoto que havia subido em um pé de feijão e avistado uma ilha de gigantes. Enquanto isso, sentia o vento colidir no rosto, quase parecia uma massagem de tão agradável. ~ Puta merda, preciso dar um jeito nisso! Diria estando poucos metros de atingir o centro de treinamento... e provavelmente causar uma boa destruição e quebrar alguns ossos. Sinceramente não estava nervoso ou com medo, pois, já estava habituado a situações de merda. Por isso, mantive a calma e divaguei por um breve momento.

Antes de atingir o chão, havia tentando usar mais algumas vezes o Geppo, pois, já havia passado alguns minutos em queda livre e instintivamente conseguia impulsionar alguns chutes de cima, depois do lado e por fim por baixo, alinhando meu corpo e suavizando o ponto de minha queda; apesar de não evitar totalmente e gerar um grande estrondo pela força de impacto.

Mesmo havendo conseguindo usar o Geppo e diminuir a velocidade da queda, havia alterado minha forma para o Golem de Pedra. Uma defesa instintivamente, e exatamente por isso havia neutralizando qualquer dano, exceto o solo que havia aterrizado, pois, teria sido aprofundado pela colisão. ~ Thororororororororo! Essa foi por pouco, hein?! Diria retirando meus pés do chão, já que, teria sido cravados como pregos na madeira.

Havia desativava a forma Golem e sairia da cratera que teria causado. – Tá tudo bem Grande chefe? Light diria tossindo devido a cortina de fumaça que havia ocasionado. ~ Tudo na boa, relaxa aí garoto! Me empolguei um pouco, mas valeu a pena! Thorororo! Riria de forma relaxada ao tempo que batia em minhas veste para retirar o excesso de poeira e terra que havia respingado. – Você me deu um baita susto! Acho que a culpa é minha por não te dizer para ir muito alto, que poderia acontecer isso. O marine diria meio sem jeito, apesar de estar um tanto apavorado por quase causar um desastre sem à intenção.

~ Fim do treino ~

Era realmente uma habilidade muito útil, porém, deveria ter em mente que seu uso constante poderia acarretar em certas consequências, principalmente pela falta de total domínio da mesma. Mas de qualquer forma, era uma técnica bastante versátil para possibilitar maiores manobras de ataques ou evitar certas situações problemáticas, como essa que eu mesmo havia causado.




Histórico:

[spoiler= Objetivos]~ Aprender Geppo;
~ Aprender Soru;
~ Fazer 2 missões;
~ Desenvolver Liderança;
~ Obter nova Lança(Ecravopippos);

_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! 2uAvx3T_d
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
58
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Dom Mar 13, 2022 10:25 pm


Narração


Pippos
Como um todo o tempo passou e ele teria visto que de fato sua patrulha acabou por não ter nada de muito mágico ou mesmo emocionante mas, as vezes ter uma missão como aquela poderia fazer bem mesmo aos mais afoitos por aventura e quem sabe o que teria esperado por eles em uma próxima missão? Ainda havia a própria condecoração que eles haviam de receber pela missão anterior então o futuro que se reservou a eles era brilhante.

Cleo parecia inspirado pelas palavras do comparsa ruivo e teria lhe dito - Pode ter certeza vou me esforçar! É o que o pequeno teria dito e com isso o tempo passou

Hashin parecia nesse tempo ter conseguido uma ligação ou algo do tipo onde ele teria dito a Pippos - Estão esperando você no QG, é bom que você se apresente rápido. Considere a missão um sucesso. Recomendaram você se arrumar e então ir pro salão de cerimonias. É o que ele teria dito ao fim de todo o transporte.



Thor

O treino de geppou de gigantes certamente era uma emoção muito grande de se acompanhar afinal, de repente uma enorme massa poderia cair sobre você e ploft, fim de uma vida. E com isso um Rapaz loiro com cara de poucos amigos aproximou-se de Thor enquanto diria - Hey cara, vá se ajeitar, parece que seu amigo não só acordou como tava passeando por ai fazendo missão… Dor de cabeça do caralho viu… Enfim, Há uma proposta pra vocês dois ou algo assim, foi o que me pediram pra falar. -

E então em meio a marra e jeito agressivo ele teria comentado - Mas assim, te falar, não é atoa que o povo tava tudo pagando pau pra você, voltar de uma operação grande como aquela sem mortos? Te falar, é pra poucos.- E se perguntado sobre seu nome ele teria dito - Em breve Tenente Shisaki se tudo der certo, se eu te falar de onde venho vai estragar o lance, então bora, bora bora, vá se arrumar e vá até o salão de cerimonias. -



Histórico:

_________________



5º Capítulo: Ainda Altaizando! 9g2joTh

Pippos
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Seg Mar 14, 2022 11:33 pm




5º Capítulo: Ainda Altaizando! Shuuma10

Missão concluída! Perfeito.
Mas que reunião é essa?
Homenagem a algum ser divino como eu? VITATA


5º Capítulo: Ainda Altaizando!
A missão parecia preceder de forma tranquila e calma, de forma bem diferente como eu já era acostumado a lidar em cada um de meus deveres, mas, de fato, talvez minha presença, depois daquele último heroico feito tanto meu como do Thork cabeçudo, nos trouxe uma grandiosa fama por aqui, VITATATA! As coisas se mantiveram calmas e tranquilas, e ninguém seria louco de ir contra minha divina presença naquele ilustre âmbito. Todos finalmente estão reconhecendo minha presença divina.

Fiquei a idealizar mentalmente sobre todo o poderio de minha presença por ali, talvez até acariciando meu peitoral com minha canhota, como quem está se gabando de alguma coisa. Mas logo recordei que estava a conversar com o pequenino. – Ah, sim! Se esforce mesmo, VITATA. Algum dia quero vê-lo lutando com força e poder bem ao meu lado.Finalizaria com um ar amigo, onde, mais uma vez buscaria bagunçar seus cabelos.

Não demorou muito até que o Hashin surgisse, logo esclarecendo alguns rápidos pontos: De que a missão havia sido um sucesso, e, de fato, foi algo simples, mas fora o suficiente para garantir um pouco mais de meu crescimento nessa fantástica organização. – Estão me esperando no QG?! VITATA! Realmente me tornei alguém importante mesmo nessa ilha, hein.Brinquei com a situação, até que o vi me informando sobre precisar estar mais arrumado, ou seja, seria algo bem mais importante. Opa, opa...Mantive um certo receio pela falta de costume quando lidava com toda essa parte mais burocrática.

De toda forma, logo agradeceria ao Hashin por todo o processo da missão o qual eu sequer havia tido algum demasiado esforço, mas isso era bom, ao menos, só para variar um pouco, VITATA. Também precisaria me despedir do pequenino: – Ei, Cleo, continue se esforçando por aí, VITATA. Quem sabe não temos a sorte de nos encontrar denovo em outras missões, hein? A gente se vê por aí.Acenária como forma de despedida, mas logo seguiria as coordenadas, com meus largos passos, para me guiar novamente até o QG.

Assim que chegasse ao devido Quartel General, faria questão de logo me direcionar ao vestiário possível à meu grande tamanho, pois logo tinha a intenção de tomar um banho e procurar pelo vestiário vestes mais adequadas a um destemido Sargento. Mesmo que, para mim, isso ainda fosse algo minúsculo comparado à grandeza divina que eu tenho. Seguindo esse tracejo, logo faria questão de buscar vestes adequadas para proceder com um tranquilo banho para me higienizar e manter-me pronto para seguir até algum espaço em que estivessem a me procurar.

Procedendo com tudo que eu almejara fazer, logo buscaria algum superior para me indicar para onde eu deveria seguir e, além disso, com quem falaria, além de também questionar um pouco a razão de toda essa reunião. Caso em algum momento eu avistasse o Thorcaxi, logo faria questão de exclamar: – E aí, cara azeda! Como tu tá? Eu nem soube muito bem de como foi a tua missão com vocês lá dentro daquele esconderijo... eu apenas enfrentei o carinha de fogo do lado de fora, VITATA.

O questionaria apenas se fosse possível e eu não estivesse a chamar muito a atenção em meio à algum discurso de um superior. Mas, de fato, eu queria saber bem como o meu irmãozão de outra mãe estava, e se todos haviam conseguido liquidar com aquele problemático grupo por completo, mas era bem provável que sim, afinal, nós ganhamos muita fama nesse lugar desde a missão.


Histórico:

Objetivos:

Personagem:




Vitaminado Pippão

_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Blindao
Imagem :
5º Capítulo: Ainda Altaizando! ZDZLMTU
Créditos :
1
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente
Re: 5º Capítulo: Ainda Altaizando! Seg Mar 14, 2022 11:43 pm





~~ O Titã Bélico ~~

»» Sargento ««


“A força de um guerreiro está na sua resistência”

Havia terminado o treinamento de Geppo quando notei a aproximação de um soldado. Sua expressão carrancuda e mal humor eram visíveis, tanto que ele parecia bastante irritado por algum motivo. ~ Ora, ora... parece que temos um fedelho fedendo a leite aqui achando que é homem, Thororororo! Diria de forma extrovertida e folgada, havendo um pouco de hostilidade no olhar perante a petulância do garoto.

Todavia, o marinheiro parecia ser do tipo que era marrento, já que, ele viria me bajular a seguir. ~ Hah! A força de vontade de um verdadeiro guerreiro pode sobrepujar qualquer adversidade. Proferia de forma sagaz, expressando um sorriso carismático. ~ E você é? Perguntaria o nome do rapaz mesmo que talvez não fosse lembrar. Apesar de sua atitude grosseira, não possuía más intenções comigo.

De qualquer forma, estava me aborrecendo o jeito que ele se portava diante de mim. ~ Hoo. Interessante, futuro tenente então!? Muita audácia e ambição para alguém tão... pequeno. Thororororo! Mas admiro sua determinação. Falaria sem papas na língua enquanto fintava-o de cima, já que, pelo jeito o pivete precisava de uns tapa na bunda pra sossegar toda aquele marra dele. ~ Irei quando me for conveniente. Afinal, estou no meio de um treinamento especial. Agora se você não se afastar um pouco, pode ser envolvido durante a prática. Terminaria de proferir, mas desta vez expressando um rosto irritado. No fim, ignoraria o pivete e me centralizaria mais uma vez no treino do Rokushiki.

~ Treino de Rokushiki ~

Voltado minha atenção ao marinheiro Light, coçaria a barba e então proferia. ~ Pelo jeito vamos ter que dar uma acelerada no treinamento. Comentaria um pouco irritado com isso, mas logo esquecendo sobre. – Pois é, grande chefe. Mas agora vou lhe dar umas dicas do Rokushiki Soru! Ele será um pouco mais fácil para você entender na pratica. Ele diria enquanto posicionaria seu corpo para elucidar a habilidade.

– O Soru pode ser o mais fundamental dentre os Rokushiki, pois, ele possuí o conceito mais simples de se aprender e testar. Soru permite aos usuários se locomoverem em velocidades extremamente altas, a fim de evitar ataques, bem como para atacar com mais velocidade e mais poder. Light então usaria o Soru para se mover de um lado para o outro. – A aplicação dele é gerada a partir de um jogo de pés. Basicamente você chutará varias vezes o mesmo local em uma velocidade extrema que lhe permitirá encurtar a distância de um ponto ao outro, parecido com o Geppo, mas esse é mais em termos de precisão. Soru! O marinheiro usava algumas vezes para que eu entendesse a sua explicativa.

Conforme ele ia explicando e elucidando, seria fácil para mim compreender o conceito por detrás da habilidade em questão. ~ Hmm. Seria um movimento de impulsão, semelhante a um Dash, podendo alternar os pontos por meio de outros Dash acelerados? Questionaria Light para ver se realmente havia entendido. – Mais ou menos isso, grande chefe! O principal gatilho do movimento é usar a velocidade num mesmo ponto e assim gerar o impulso subitamente. Desta forma... Soru! Light usava mais algumas vezes, enquanto eu tentava lhe copiar através da abordagem narrativa dele.

O movimento inicialmente seria bastante estranho, era quase igual uma explosiva arrancada. Mas conforme continuasse o treinamento, polindo o que havia entendido e praticamente o conceito, não demoraria muito tempo para ter os primeiros resultados. Por sorte, a habilidade do Geppo já havia me facilitado o uso de movimentos rápidos e precisos.

Conforme a pratica continuasse já suando um pouco após tanto treino, começaria a notar que os movimentos mostrariam alta velocidade de locomoção. Apesar da distância ser pequena nas primeiras vezes, ela iria aumentando quanto mais eu exercitasse o movimento. O problema era quando tropeçava e caia durante a execução do movimento, chegando a fazer algumas cambalhotas. Mas nada que viesse me prejudicar, afinal de contas, o vigor físico era meu ponto forte.

Estava usando direto o Soru, nem andava mais, pois, era uma forma de fazer os músculos gravarem a sensação de usar o Rokushiki, tornando cada vez mais fácil seu uso. ~ Soru! Logo então eclodiria um movimento perfeito e com uma considerável distância entre mim e Light. – Boooa! Você já tá quase dominando a técnica, nada mal chefão! O marine diria enquanto expressava um largo sorriso.

Ainda que ocorresse um bom movimento, uma vez que outra, quase colidia com os outros marinheiros que estavam no campo de treinamento. ~ Opa, foi mal camarada! Thororororo! Falaria de forma amigável, logo usando novamente o Soru. Dado momento, o uso parecia normal. Era um movimento que agora quase que instintivamente fazia parte do meu ser, tão natural quanto os pelos de meu corpo.

~Uffs. Isso realmente me fez suar a camiseta, Thorororororo! Proferia ao retirar com a palma da mão o excesso de suor da testa e pescoço. – Você aprende rápido, grande chefe! Acho que é isso aí, já te ensinei tudo que podia. Sempre que precisar... é só me chamar! Ele diria ao esticar o braço e me cumprimentar amigavelmente. ~ Heh! Quem disse que os mais velhos não podem aprender com os mais novos, hein?! Diria de forma extrovertida enquanto retribuiria o cumprimento do marinheiro. –~ Agradeço sua ajuda, parceiro. Nos vemos por aí! Após agradecer e cumprimentar o garoto, daria um tapa no seu ombro e caminharia para dentro do quartel.

~ Fim do treino ~

Uma vez dentro do quartel após algum tempo, teria ido ao banheiro, tomado banho, trocado de roupas. Seria jogo rápido, mas era essencial para estar bem apresentável. Por fim, iria até a sala de cerimônia. “Puta merda! Não lembro onde fica isso.” Pensava comigo ao coçar a barba e então aborda um dos soldados mais próximo a mim. ~ E aí camarada! Sabe onde fica o salão de cerimonias? Me deu um branco, Thorororo! Proferia um pouco sem jeito, pois, confesso que apesar de estar já algum tempo no Q.G. de Altai, algumas partes do quartel haviam passado despercebidas.

Após ouvir o local, ou fosse levado pelo marine, acabaria me dando conta do motivo de ser chamado, cujo desconhecida. “Salão de cerimonias... será que vai rolar algum outro evento? Ou será que é algum tipo de reunião para outra missão?” Divaga durante o caminho, já que, ainda não sabia o motivo de ter sido chamado até lá. ~ Pelo menos o cabeça de rabanete vai estar lá, Thorororo! Proferia retoricamente enquanto expressava um sorriso amistoso. Afinal, a saudade em dar uma boa zombada do meu irmão caçula viria a tona.



Histórico:

Objetivos:

_________________

5º Capítulo: Ainda Altaizando! 2uAvx3T_d