Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
76
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] Dom Maio 22, 2022 12:45 am
Relembrando a primeira mensagem :

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]

Aqui ocorrerá a aventura aberta do(a) Piratas Joe Sins e Boris Skalovski A qual não possui narrador definido.

_________________



Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 HGWnxh1

Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Recompensa

A conclusão daquela missão secundária foi bem sucedida e satisfatória para a dupla de piratas. Boris havia enfrentado um forte oponente e certamente teria os seus feitos conhecidos pelo menos no Farol. O navegador sabia que para ser o maior espadachim do mundo precisaria ser conhecido e feitos como este eram fundamentais na construção de sua fama.

Boa noite… Acho que um copo só não será suficiente…  

Diria com um sorriso ao sentar-se junto ao dono do estabelecimento. Pegaria um cigarro e o acenderia para relaxar e aproveitar o momento. A adrenalina já deveria ter baixado e a tensão normalmente aumentava após uma situação crítica como a passada recentemente.

E então, senhor… pode me falar seu nome agora?    

Diria com um tom desafiador, embora respeitoso para com o homen da terceira idade. Sentia que merecia ganhar algo, mas não sabia o que exatamente.

Aproveitaria o momento para descansar a mente e o corpo. Assim sendo, perguntaria se havia algum lugar para dormir e sendo positiva a resposta, seguiria até lá após a comemoração no estabelecimento.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Aaaaaa11
Blindao
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 ZDZLMTU
Créditos :
07
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente

Narração
Aventura

Com o relaxamento surgia um sentimento de gratificação, atrelado a alguns músculos doloridos. O velho estava para guardar a garrafa de vodka, mas Boris comentava para deixar na mesa. – Pode me chamar de Asmodeus. Ele proferia seu nome logo servindo outra rodada para ele e para Skalovski.

O pirata teria perguntado sobre um local como hotel ou motel nas redondezas. O homem então respondia. – Há um pulgueiro no final da rua. Não é muito agradável, mas é mais barato que a bebida. Ele sinalizava com um movimento de corpo e então mandava mais um copo gargalo a baixo. – Espero ver seu rosto famoso nos próximos jornais. Ele diria com um sorriso empolgado, já que, havia testemunhado o retorno do navegador com a cabeça do caçador que havia feito uma baderna em sua taverna.

Após sair do bar e seguir até final da rua, Boris observaria um motel bastante precário. – Tsk. Mas que merda de lugar ein. Kid diria já irritado pela espelunca que iam ficar, mas ele sabia que era melhor que dormir na rua; talvez. – Para de reclamar cara, está querendo um hotel 5 estrelas por acaso? Jojo diria de forma ríspida durante o tempo que balançava a cabeça de forma negativa, já seguindo para dentro do pulgueiro pelo fato de estar exausto. Do lado do motel havia uma banca semelhante a uma livraria e do outro lado uma viela extensa.

O atendimento era uma merda, tanto quanto o local, mas o valor do quarto compensava. Era uma mixaria de 1.000 mil berris a noite. No entanto, como estavam em três seria três quartos por três mil. A atendente com rosto sujo e sem dente entregava uma chave para cada um, expressando um sorriso sedutor bem meia boca. – Bom descanso rapazes. Ela diria dando uma leve ajeitada no busto, ignorando sua gordura e feiura. – Se precisar é só chamar. Se me entendem. Ela movimentava as sobrancelhas de forma sensual ao mesmo tmepo que acenava com a mão de forma bem despojada. - Mas nem no inferno. Kid diria horrorizado com a cara de pau da mulher.

Quando o navegador viesse a adentrar no quarto, notaria um quarto com paredes de cimento rachadas e desfiguradas. Chão de madeira rustica, com pequenos buracos e um rangido bastante irritante. Baratas correndo de um lado para o outro e uma cama que até poderia dizer que era luxo, diante de tudo aquilo. O banheiro ficava no final do corredor de quartos, sendo compartilhado com todos que lá estivessem.

Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Kd8ijKy_d
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Novo objetivo  

A festa rolou e uma garrafa não foi o bastante. O homem da melhor idade enfim se apresentou e apontou uma espelunca onde poderiam passar a noite. Curtiram e relaxaram por algum tempo até enfim se retirarem.

O local era horrível, mas pelo preço até que estava bom. Tinha até uma refeição disponível, embora não tivesse a melhor das aparências. O quarto tinha até baratas, porém, o cansaço e a necessidade de descanso falavam mais alto, certo!? Errado!

Tsc… Nem pensar!  

Boris era um homem vaidoso e não tinha condições de repousar em um ambiente sujo e feio. Mas na ausência de algo melhor, ele faria o que podia ser feito que era limpar e organizar o ambiente. Assim sendo, procuraria a idosa para pedir ajuda - não a sexual, é claro - e pegaria uma vassouras e panos para limpar o quarto.

Começaria pelo teto, tirando o máximo de poeiras e sujeiras, seguindo para as paredes, depois móveis, porta e cama até finalmente chegar no chão onde juntaria os resíduos em um canto e tentaria catar com materiais à sua disposição. Usaria os panos para limpar ainda mais e deixar o cômodo o mais confortável e limpo possível. Só então, deitar-se-ia na cama com a katana nova ao seu lado para relaxar.

O tempo gasto na arrumação também servia para pensar no próximo passo. Sentia a necessidade de aprender algumas coisas. Precisava conhecer mais do mundo e se preparar melhor. Quanto menos surpresas tivesse, mais chances de êxito.

No dia seguinte, voltaria ao bar e convocaria novamente pessoas corajosas para lhe acompanhar em sua jornada. Havia feito antes, mas sem reconhecimento, todos o ignoraram. Agora que sua fama no Farol era conhecida, poderia tentar e talvez conseguir alguns seguidores para aumentar o tamanho de sua tripulação rumo a grande rota.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Aaaaaa11
Blindao
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 ZDZLMTU
Créditos :
07
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente

Narração
Aventura

Dizem que um homem de verdade não se apega a futilidades e detalhes, mas Boris era a prova de que isso era meramente um ditado. Afinal, o mesmo homem que momentos atrás havia derrotado um caçador e decepado sua cabeça para levar como prêmio a Asmodeus, era o mesmo que ficava anojado com estado do quarto e se propusera a limpa-lo para ter uma sossegada noite de sono; isso em sua mente, já que, a noite seria tranquila o quarto estando limpo ou não.

A mulher teria dado os utensílios e o vaidoso navegador colocaria a mão na massa ao fazer uma boa faxina no cômodo. Era quase possível ver um brilho sobre a madeira. Durante o tempo dedicado a arrumar o quarto, Skalovski aproveitava para determinar seus próximos passos. Matando dois coelhos em uma cajadada só.

A noite havia passado rápido e o descanso havia recuperado as energias do grupo de piratas, Boris, Jojo e kid. Após pagar pela hospedagem, a gorda teria dado um sorrisinho para Kid. – A noite foi ótima chuchu. Espero te ver outra vez. Ela diria balançando as sobrancelhas. – Tsk. Nem perguntem. O atirador diria expressando o rosto corado, quando Jojo tentava segurar o riso para não puxar treta logo de manhã. A necessidade faz a urgência, afinal.

O espadachim teria voltado ao bar com objetivo de recrutar mais gente para o bando. – Isso vai ser perda de tempo. Kid diria meio ranzinza pela manhã. – Nunca se sabe, cara. O tritão diria dando de ombros, já que, talvez tivessem sorte. Até porque Boris agora já tinha um pouco de reconhecimento, assim ele achava pelo menos.

Ao chegar na taverna, era perceptível que estava aberta. Mesmo que fosse ainda cedo para um bar daquele tipo. Logo que adentrava, notava que haviam alguns bêbados e familiares indo buscar uns dos mesmos. – Bom dia vivente. Asmodeus diria enquanto arrumava algumas cadeiras e mesas. – Do que precisa? Ele perguntava para Boris que poderia tentar recrutar os bêbados que lá estavam, mas não era a melhor das ideias. Até porque... seria bem improvável que alguns deles prestasse atenção.


Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Kd8ijKy_d
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Convite  

A vaidade presente na personalidade do rapaz de cabelos brancos o fez atrasar seu descanso ao trabalhar por outras pessoas limpando o próprio quarto. O tempo gasto, entretanto, fazia-se necessário para que o tal conseguisse relaxar completamente e ter um descanso profundo.

No dia seguinte, cenas lamentáveis foram presenciasse, porém, Boris tirou da sua mente e fingiu ter sido uma alucinação coletiva. Algum tempo depois, o trio estava no bar onde o líder pretendia encontrar novos companheiros para lhe ajudar na viagem, porém, acabava notando que não seria tão proveitoso assim ter bêbados como seguidores.

Onde eu conseguiria encontrar pessoas livres e com vontade de rodar o mundo?  

Perguntou em voz alta para ouvir o máximo de opiniões possíveis. Ouviria as respostas e seguiria suas dicas. Iria até os locais indicados e apresentar-se-ia para os presentes exalando confiança e com a voz firme.

Atenção, pessoas livres… Eu sou o Boris, o futuro maior espadachim do mundo… Estou buscando por pessoas corajosas e com vontade de viajar pelo mundo e viver muitas aventuras...  

O objetivo não era encontrar pessoas fortes. Já tinha Jojo para lhe ajudar nesse quesito. O foco no momento era encontrar um volume grande de pessoas para ajudar na navegação, interação e também passar sensação de força por maioridade numérica - além, é claro, de ajudar na luta contra possíveis grupos grandes de adversários.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Aaaaaa11
Blindao
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 ZDZLMTU
Créditos :
07
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente

Narração
Aventura

Sendo acometido pela deplorável cena dos bêbados, Boris acabou não perdendo tempo em tentando recrutar aquelas amebas. Por outro lado, tentou conversa com seu grupo com intuito de ver qual local seria mais apropriado para recrutar mais pessoas. Kid cruzava os braços e não falava nada, mas Jojo respondeu de bom grado. – A noite é mais provável ter alguns candidatos do que esta hora. Mas não sei não se vai ter muita gente nessa pequena ilha. O tritão proferia de forma sagaz, já que, o Farol era um ponto de rápida passagem.

Era possível tentar contratar mercenários, alguns piratas meia-boca. Mas com a recompensa atual de Skalovski ele mesmo era considerado um. Afinal, a maioria dos piratas tinha no mínimo uns 20 milhões pela sua cabeça. No entanto, a recompensa em si era mais para dizer o nível de “perigo” que um pirata representava, não necessariamente sua força. Boris era a prova de que não precisava ter uma recompensa alta para ser forte; vice-versa.

De qualquer forma, o navegador não estava procurando especificamente por pessoas fortes, mas sim aliados que pudessem auxilia-lo durante suas viagens. Contudo, de manha cedo seria complicado achar algum lugar que pudesse providenciar os desejos do espadachim. Talvez fosse uma oportunidade de ele passar o tempo refinando suas pericias e conseguindo um Log pose para suas futuras viagens.

- É melhor voltar mais tarde. Agora só tem os bucha. Asmodeus diria enquanto tirava a garrafa de um dos alcoolatras la dentro, logo chutando-o para fora da taverna como se já estivesse acostumado com isso, provavelmente sim. Afinal, Asmodeus era bem conhecido no Farol.

Boris andando pela cidade, caso fosse se separar do grupo, chegaria em um estabelecimento cujo proprietário notaria o espadachim. Era um historiador e ele gostava muito de falar sobre histórica, talvez Boris aprendesse algo com ele, se desejasse.

Histórico:


OFF:


Última edição por Blindao em Sex Out 28, 2022 9:20 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Kd8ijKy_d
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Aprendizado  

O tempo gasto na taverna pela manhã não foi dos mais frutíferos. Tanto Kid quanto Jojo mostraram-se contra a ideia de convidar bêbados para a tripulação e a proposta mais interessante foi a de aparecer no período da noite. Sem argumentos, Boris acatou a ideia e resolveu aproveitar o tempo disponível, mas não sem antes dar ordens aos colegas.

Uma coisa faz sentido, essa ilha é pequena demais para os nossos objetivos… Precisamos navegar para longe daqui e ele pode nos ajudar.  

O navegador lembrou do pedido do senhor de cabelos brancos, Asmodeus. No momento, nenhuma recompensa específica foi mencionada, contudo, a versão de Boris mais velha disse que o espadachim não se arrependeria. Logo, as chances dele poder ajudar com o próximo passo eram altíssimas.

Delegando essa parte, Boris deixaria o grupo e seguiria em uma mini-aventura solo pelo Farol.

_ Aprendizado História _

Durante sua caminhada, Boris encontrou um pequeno estabelecimento que lembrava muito uma livraria. Ao adentrar, encontrou um homem de óculos redondos e aparência inofensiva. O pirata passava pelos livros olhando suas capas como se esperasse encontrar algo interessante mesmo sem saber o que era.

_ Ei, garoto… Para quem não sabe onde ir, qualquer caminho serve!

_ Eu sou navegador… Já ouvi essa antes.

_ E que tal "aqueles que não conhecem o passado, tendem a repetir os mesmos erros"?

_ Conhecer o passado… Isso é… O senhor acabou de me mostrar um caminho interessante.

Boris então começou a pegar livros antigos nas prateleiras e os colocou sobre uma mesa. Abriu o primeiro e começou a ler, mas foi interrompido pelo atendente da loja que tirou o livro de sua mão.

_ Espera, eu posso pagar e…

_ Não é isso… Esse e estes aqui não servem. São livros modificados pelo governo mundial. Leia estes!

Intrigado, Boris iniciou uma série de perguntas sobre o passado do mundo e a interferência do governo no poder. Sem perceber, horas começaram a passar enquanto o navegador absorvia o máximo de informações possíveis. Ele aprendeu sobre ponegliphs, reinos antigos, tenryuubitos, ilhas do céu, ilha no fundo do mar, entre outras coisas que pareciam impossíveis de acontecer.

Os conhecimentos eram tão absurdos que Skalovski fazia pequenos exercícios para fixar os conhecimentos. Entendeu a união dos quatro blues e o motivo da montanha reversa, a existência do calm belt e a existência de peixes colossais. Tudo era muito novo e fascinante, principalmente a ilha dos gigantes e especificamente a dos samurais. Esta última sendo um grande objetivo em sua meta. Só seria o maior espadachim do mundo se fosse capaz de vencer todos os samurais desta ilha.

Por fim, aprendeu sobre uma ilha chamada Dragora onde grandes lâminas lá eram feitas. Por ser relativamente perto do farol, acrescentou isso em sua lista de metas. Com bastante conhecimento acumulado, era hora de agradecer e pagar, porém, o dono da loja não aceitou. Apenas pediu para que Boris não se deixasse corromper pelo governo e continuasse livre. Mas mal sabia ele que o maior espadachim do mundo não tinha a ver só com força e sim liberdade. Ser o mais forte era ser o mais livre e desimpedido do mundo.

_ Fim do aprendizado _

Sairia do local e voltaria a andar pelo farol olhando tudo com novos olhos.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Aaaaaa11
Blindao
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 ZDZLMTU
Créditos :
07
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente

Narração
Aventura

As palavras do navegador eram sinceras e logo fez o velho do bar lembrar da recompensa. – Volte mais tarde garoto, lhe darei seu prêmio. Ele diria enquanto resolvi o dilema dos bêbados. Neste meio tempo, Boris se separava do grupo com intuito de desfrutar do tempo. Kid e Jojo também seguiria a mesma vibe.

O espadachim teria encontrado um local onde pode passar suas horas livres aprendendo sobre História, pelo menos uma parte dela. Afinal, História era uma especialização vasta nos mares. Contudo, o tempo lá instruído pelo atendente que adorava falar sobre, certamente fora bem gasto.

Uma vez saído de lá, o por do sol estava sutilmente emergindo no horizonte. O que significava que Boris teria passado uma boa quantidade de tempo lá. Por sinal, seu estomago chegava até mesmo emitir fome.

O tritão companheiro de Skalovski estava adentrando no bar de Asmodeus outra vez, talvez procurando por Boris. Entretanto, Kid não estava com ele. Talvez estivesse perdido em algum local do farol. De qualquer forma, se o navegador fosse até a taverna encontraria Jojo batendo um rango. [color=#009900]- Oi Boris se estiver com fome tem pra você também. O tritão diria enquanto parecia esfomiado.

O tritão acenava para o espadachim cujo podia ir até a mesa onde estava seu amigo jantando. – Voltou então pela sua recompensa rapaz. Asmodeus diria enquanto servia outro prato para Jojo. – Tome. Ele diria ao entregar um papel com um nome escrito e um endereço no mesmo. – Quem controla os Log Pose no Farol é o Faust. Entregue esse papel e ele saberá que foi indicação minha. A recompensa poderia não ser bem o que Boris imaginava, mas sem duvidas seria de extrema importância.


Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Kd8ijKy_d
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Recompensa

O tempo investido no aprendizado acabou consumindo fisicamente o espadachim. O cérebro acabou consumindo muitas calorias e fez com que sua barriga começasse a reclamar. Rapidamente, Boris olhou ao redor para ver se alguém tinha escutado, afinal, tal cena seria motivos de vergonha para alguém vaidoso como ele. Precisava estar sempre bem vestido e bem visto. Ter fama de esfomeado não combinava com sua personalidade, pensou.

Satisfeito mentalmente, era hora de saciar sua vontade física e voltou a taverna, local onde já tinha transformado em um porto seguro e tinha certeza de que encontraria alimentos. Ao chegar, foi recepcionado por Asmodeus e Jojo. A recompensa acabou sendo outra indicação, desta vez para o log pose. O conhecimento como navegador e o recém-adquirido em história o fez entender a importância daquela bússola rapidamente.

Excelente… Obrigado, senhor…

Respondia com respeito e reverência antes de atacar os alimentos disponíveis. Comeria até se saciar, mas sem exageros. Por fim, chamaria Jojo e partiram em direção a Faust com a referência.

Se conseguisse encontrar Faust, apresentar-se-ia e entregaria a indicação de Asmodeus. Caso fosse perguntado, contaria sua história e seus objetivos, deixando claro sempre sua grande determinação. Na hipótese de obter o log pose, Boris o usaria pendurado no pescoço, pois, como espadachim não podia ter algo em seus pulsos. Seus movimentos com certeza fariam arrebentar a pulseira ou até mesmo destruir a bússola. Portanto, o peito era o local mais seguro em seu corpo. Aproveitaria também para verificar onde estaria apontado e qual seria a direção da próxima viagem.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Aaaaaa11
Blindao
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 ZDZLMTU
Créditos :
07
Localização :
Segunda Rota ~ Lotda
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Tenente

Narração
Aventura

Faust estava sentando em uma cadeira lendo um jornal ao qual reportava os últimos acontecimentos nos Blues e na Grand Line. Boris ao avistar o homem, após receber a descrição do mesmo por Asmodeus, podia identificar o velho homem próximo do enorme farol. Quando se aproximou, logo notou um anuncio estampado ao qual reportava o pirata que estava fazendo um grande alvoroço na Grand Line, seu nome estava em destaque: “Klaus Sunwizer.”

- Hunf. Esses pivetes de hoje em dia acham que estão com tudo. O velho homem estava um pouco razinza e parecia não ter notado a presença de Skalovski, porem, ele havia notado, apenas não teria olhado para o espadachim. – Diga logo de uma vez o que você quer. Ele diria enquanto folheava o jornal tranquilamente.

Quando o navegador apresentou o papel, Faust ergueu uma de suas sobrancelhas, suspirou por alguns instantes e então apanhou o papel. – Uhnn. Ele lia e coçava a cabeça enquanto julgava o conteúdo lá escrito.

Faust então suspirava, meio desanimado, mas logo fechava seu jornal e amassava o papel apanhado. – Certo. Parece que Asmodeus ficará me devendo uma... bom, a conta já está alta, então o que é mais uma. O velho diria enquanto andava até um baú próximo do farol e então apanhava o objeto que era o Log Pose. – Aqui está sua recompensa por ter ajudado o cabeça de bagre. Faust então jogava para que o espadachim apanhasse.

Faust gostava de fazer desafios aos piratas que desejavam o log pose, mas uma vez que outra acabava tendo que dar por razão de que Asmodeus recebia ajuda, como no caso de outrora. Exatamente por isso o velho ficava irritado por perder uma oportunidade de arranjar algum atrito com pirata.

De qualquer forma, ele voltava a sentar na cadeira, abria o jornal e retornava a ler, após falar para Boris. – Boa sorte... arruaceiro. Dito isto, Boris poderia ver a rota que o log estava apontando, pois, nem todos eram iguais e sempre era um mistério para qual lado estaria apontando. Afinal de contas, haviam 7 rotas rumando para o novo mundo.

Avaliação:


Última edição por Blindao em Ter Nov 08, 2022 9:36 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Kd8ijKy_d
Lyosha
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 AO7UjML
Créditos :
80
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1056-lyosha-bulgakov#10148 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18228
Lyosha
Administrador
O membro 'Blindao' realizou a seguinte ação: Rolagens


'Sorteio da rota' :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 Unknown

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 5 H4KRIvB