Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
76
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] Dom Maio 22, 2022 12:45 am
Relembrando a primeira mensagem :

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]

Aqui ocorrerá a aventura aberta do(a) Piratas Joe Sins e Boris Skalovski A qual não possui narrador definido.

_________________



Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 HGWnxh1

Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Desafio

Conhecimento é um tesouro inestimável, o único produto cujo conteúdo não se pode perder depois de adquirido. Um carpinteiro no bando era fundamental no avanço pela grande rota, afinal, mares ainda mais turbulentos estavam por vir e um navio danificado não aguentaria a viagem. Preparo era a arma de Boris para lidar com as adversidades, principalmente agora que estava desarmado.

Após a análise de Jojo, a dupla deixou a embarcação temporariamente e caminhou pelo local observando os arredores. Diferente do imaginado, o "farol" era um ambiente hostil e pouco receptivo. A sensação esperançosa e festiva que o navegador sentia, não era compartilhada pelos frequentadores. Seria o medo do inesperado? Desânimo? Difícil imaginar.

Algum tempo depois, encontraram um estabelecimento de nome chamativo e adentraram, novamente recebendo olhares negativos até que alguém falou diretamente com eles. Um humanoide rato os apresentou o ambiente, evidenciando a sensação anterior. Indiferente ao "alerta" recebido, Boris tinha outros objetivos e não se deixaria "engolir" tão facilmente. Seu sonho era grande demais para ser impedido aqui. Não por pessoas tão depressivas. Chamando atenção para si, o espadachim desarmado falou com a voz mais alta que conseguia - sem gritar - para que a maioria dos presentes pudesse ouvir, ainda com o cigarro na boca, dando uma tragada profunda antes.

Como vão, infelizes… Eu sou Boris e serei o maior espadachim do mundo. Procuro pessoas corajosas para me acompanhar. Quem se achar forte o bastante, só chegar na minha mesa. O RESTO…. Bem, o resto pode continuar com suas vidas de merda, tediosas e de cara feia.  

Após falar, voltaria sua atenção para o funcionário e pediria por uma mesa, onde sentar-se-ia com seu nakama para tomar uma cerveja e relaxar. Durante seu tempo com Joe Sins aprendeu que tavernas e bares tinham muito potencial em atrair confusões, mas também eram imãs de situações interessantes.

Na hipótese de alguém lhe interromper, chamar atenção ou puxar briga, o rapaz de cabelos brancos apenas daria um sorriso de canto de boca e olharia para Jones, o qual com sua aparência de homem-peixe já seria o bastante para afastar a maioria dos fracotes, afinal, tritões eram conhecidos por serem extremamente fortes e perigosos. Se ainda assim, insistissem, então eram tolos ou fortes e só tinha uma maneira de ver o seu nível: Boris o ameaçaria com o seu olhar e intenção assassinas. Se o alvo conseguisse suportar a ameaça, então teria a atenção do futuro maior espadachim.

Caso receba algum ataque, usaria suas habilidades com artes marciais para defletir os possíveis golpes recebidos, redirecionando as trajetórias para evitar ser atingido, garantindo assim sua integridade. Deixaria Jones fazer suas próprias defesas porque ele era forte demais.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



Boris era um jovem pirata do qual havia deixado todo e qualquer passado para trás partindo em busca de um dia se tornar o maior espadachim do mundo. Convicto de seus ideais e com uma determinação sem igual, o alvo pouco se importou com o comentário do mink e logo chamou a atenção de todos os presentes com um discurso cheio de pompa do qual silenciou todo o local, principalmente a música.

O mesmo silêncio se manteve por alguns minutos enquanto a dupla era direcionada até uma mesa vazia bem próxima a parede, e por todo o percurso todos que ali estavam observaram a dupla caminhar e se assentar em suas cadeiras. Ao finalmente se alocarem no local, a multidão apenas começou a rir da situação ignorando qualquer palavra dita por Boris, e assim a música, os jogos e toda a faladeira voltou a reinar naquela sala como se nada tivesse acontecido.

No entanto, um pequeno grupo de quatros pessoas trajando entre vestes de marujos a pomposas roupas sujas e molambentas de piratas, se aproximaram da mesa de Boris e Jojo puxando suas cadeiras ficando de frente para a dupla. Dentre os quatro haviam um meio-gigante, um tritão e dois humanos sendo o desdentado o aparente líder daquele pequeno grupo, sendo o que mais carregava uma expressão de deboche.

- O maior espadachim... BUHAHAHA! - Dizia o desdentado enquanto analisava o alvo de cima a baixo. - E como você vai fazer isso sem nem mesmo ter uma espada? BUHAHAHA! - Insultava o homem enquanto era acompanhado pelas gargalhadas do restante de seu grupo. - Me diz uma coisa. O que você já fez pra sair se achando desse jeito, ooo... “melhor espadachim do mundo”! BUHAHAHAHA! - As risadas entre o grupo continuavam. - Olha aqui rapaz, tá vendo aquele cartaz bem atrás de você? - Assim que Boris se virasse, veria um enorme quadro com uma grande quantidade de cartazes de recompensas, e bem acima de cada um deles haviam estrelas onde a quantidade era diferente para cada cartaz. - Aquele ali com aquele cara douradão! - Apontou para uma em específico que continha três estrelas e uma foto de um aparente enorme homem completamente dourado, e abaixo de sua foto o nome “Klaus Sunwizer” com uma recompensa de B$ 250.000.000,00. - Esse cara é o famoso “Bom de Guerra Dourado”, ele sim é um homem de respeito e que eu acredito que será poderoso! Ele dominou uma das ilhas mais perigosas da Paradise, e agora tem um exército mortal em suas mãos. Mas, e você? Ainda não fez porra nenhuma e vem aqui ficar se achando! Esse mar não é pra qualquer um rapaz! - Disse com certa rispidez cuspindo sobre a mesa desdenhando do jovem espadachim. - Por isso te faço uma proposta. Você e esse seu amigo tritão que parece ser bem forte se juntam ao meu bando, assim vocês terão a chance de continuarem vivos daqui pra frente. O que me diz? - Encerrou o rapaz fazendo sua proposta enquanto colocava suas pernas sobre a mesa as cruzando.   

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Novo alvo

A interação no bar aconteceu exatamente como previsto pelo psicólogo. O conhecimento em comportamento humano e estratégia o permitiam criar cenários com diversas variáveis para toda e qualquer interação, desde hipóteses positivas até mesmo as mais negativas. A confiança de Boris com certeza seria vista com desdém por pessoas inferiores e seria incômoda por egocêntricos donos de algum poder. Entretanto, Boris visava chamar a atenção de um terceiro grupo, o qual seria formado por pessoas realmente fortes. Estes não conseguiriam ignorar, mas também não debochariam de seu sonho, ou seja, seriam pessoas que evitariam contato direto embora tivessem interesse.

Entretanto, antes de conseguir identificar tais alvos, o sonhador de cabelos alvos foi interrompido por um grupo exótico cujas palavras não eram das mais positivas. Eles comentaram algo sobre valores de recompensa e usaram até um homem com grande valor como um exemplo. Aparentemente, esse Klaus era um ser caótico e dominador ao melhor estilo Joe Sins. Seria ele alguém que partiu para a grande rota há mais tempo que o moreno? Como o mundo seria se Sons agisse com mais rapidez e eficiência? Perdeu-se nos próprios pensamentos enquanto ouvia as palavras do bando que terminavam com um convite.

A ausência de uma lâmina não me impede de ser o maior espadachim. Elas são apenas ferramentas. Assim como vocês… O que acham de VOCÊS me acompanharem na jornada. Já que gostam tanto de rir, não seria nada mau ter um grupo de palhaços na jornada, não acha, Jonah? Ah, mas vocês conseguem pelo menos carregar caixas e puxar cordas? Dispenso gente inútil…  

Embora tivesse rebatido o tom debochado, Boris estava com um semblante sério, deixando ainda mais ácido os seus comentários. Diferente daquele bando, ele fez parecer que realmente estava dando uma oportunidade séria ao quarteto. Talvez Jones escapasse uma risada ou até mesmo gargalhada. O ponto importante era a presença de Skalovski e seu espírito ameaçador. Ele não passava a sensação de estar acuado, mesmo em menor número - e tamanho. Sua aura era confiante, tranquila e ao mesmo tempo ameaçadora como um Leão diante de hienas. Por mais que houvesse perigo, o rei da selva conseguia manter sua dignidade e imponência causando medo com um simples passo.

Na hipótese de uma bagunça iniciar, o espadachim sem armas teria de usar outras habilidades suas, as quais não tem o hábito, porém, estão lá. Todavia, olharia para o companheiro homem-peixe como se pedisse para ele resolver a questão. Não por ser pacifista ou ter algum tipo de medo e sim porque ninguém ali parecia portar uma lâmina e sem ter algo realmente interessante, Boris preferia não atuar, deixando a preguiça tomar conta.

Assim, continuaria fumando o cigarro acendido anteriormente e relaxaria o corpo nas costas da cadeira com as mãos atrás da cabeça bem à vontade. Contudo, se acabasse sendo atacado ou Jones não conseguisse dar conta dos adversários, seria obrigado a interferir mesmo contra sua vontade. Na hipótese de ser atacado, sua Prontidão o ajudaria a reagir e assim o faria com um salto para trás, seguido de um dash para frente com um chute frontal mirando o estômago de quem o atacou. Caso não desse certo, continuaria atacando desta vez com um combo de chute frontal, cruzado e gancho. À todo momento usaria suas habilidades corporais para esquivar de golpes recebidos, sempre com Dashs e rolamentos. Se possível, aplicaria mais golpes em quem estivesse perto, sendo chutes rodados ou socos diretos.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



Agindo de forma bem meticulosa, Boris seguia com seu plano mental ao lidar com as mentes piratas presentes naquele local. Enquanto tragava seu cigarro, o jovem espadachim permanecia em silêncio enquanto ouvia toda a conversa do homem que veio até ele, inclusive o seu convite. - Hahahaha! Vocês são uns caras bem metidos com todo esse blá, blá blá... - Comentou Jojo ao ouvir todo aquele discurso.

No entanto, Boris pareci um tanto quanto disperso da conversa enquanto pensava em um velho amigo, porém, dando sua clara e debochada resposta que acabara por não ser bem recebida. - O-o-o... o que? Você nos chamou de palhaço!? Seu merdinha! - No exato momento em que se irritou com a situação, o pirata ergueu sua mão direita retirando de seu coldre uma pederneira pronta para atirar na mesma hora, porém sendo completamente impedido por uma ação rápida de Jojo que em um instante já estava em cima da mesa desarmando o homem com um chute. - Vai com calma, coisa ruim. Não vai achando que isso aqui é bagunça. - Sua presença ameaçadora desfigurava em poucos segundos a face do pirata desdentado que expressava um pouco de medo, diferente do meio-gigante que na mesma hora preparou uma marretada com seus punhos cerrados contra Boris que percebendo da investida saltou para trás carregando a cadeira consigo para se desvencilhar do ataque.

A confusão iniciada até poderia ter chamado a atenção de todos ali, porém, na mesma hora em que o grandalhão atingiu o chão com aquele golpe, do outro lado da sala, especificamente na ao lado da porta de entrada, a parede fora completamente destruída por um corpo que atravessou todo o recinto destruindo qualquer coisa que estivesse a sua frente. As atenções agora estão voltadas para aquela enorme buraco na parede, causando um silêncio longo de aproximadamente 10 segundos, até mesmo o quarteto que arrumava confusão com Boris e Jojo estavam atentos ao dano imposto.

Do outro lado da sala, o corpo arremessado tentava se levantar enquanto tremia com toda a dor sentida, mal se podia ver o rosto e o corpo completamente desfigurado e cheio de cortes. Mas antes mesmo que ele pudesse realmente fazer algo, um rápido e vulto preto que poucos ali poderiam ver entrou naquele lugar liquidando completamente com a vida daquele homem. Aquele ser era extremamente rápido, tão rápido que aquela não parecia ser a única morte, pois na mesma hora duas longas correntes com lâminas em suas pontas balançavam pelo lugar, e uma delas ia exatamente na direção de Boris que, de relance, antes mesmo da lâmina o alcançar conseguiria ter um vislumbre da aparência daquele aparente matador.     

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Here comes a new challenger

Ações têm consequências, todos sabem disso. Boris não era exceção e ao agir de maneira arrogante, trouxe para si a revolta do quarteto que iniciou o combate sem hesitação. Para azar deles, o navegador não era o único cara forte na mesa e Jojo mostrou uma fração de suas habilidades ao chutar o palhaço para longe. Insistindo em retribuir a ofensa moral, desta vez foi o meio-gigante a atacar com uma marreta gigantesca, mas foi facilmente desviado pelo psicólogo. O sangue sequer teve tempo de esquentar quando um grande impacto chamou a atenção de todos, inclusive do bando de inferiores.

Quanta potência…

Era preciso muita força para conseguir causar um impacto tão violento com um corpo humano desses. A cena foi tão chocante que a briga de antes encerrou e agora um novo desafiante surgia, tal qual um boss secreto em jogos de luta. Ele era completamente diferente dos presentes e mostrou sua força ao mover-se tão rápido que poucos ali eram capazes de acompanhar. O corpo antes arremessado era eliminado pelo vulto negro cujas armas só ficaram visíveis ao virem de encontro ao dono da Herza.

Mas que…

Boris estava sempre pronto e isso o permitiu ver a aparência do oponente e suas armas. O fumante não ficou puto porque foi atacado. Não, isso era comum em bares. O que mais incomodou foi ver lâminas presas em correntes. Sim, aquele imbecil destruiu a estrutura de uma boa lâmina, usando-a como ponta de algum tipo de chicote. A vaidade do espadachim foi atingida diretamente. Aquela aberração não podia ser permitida. Não mesmo!

Tsc, como ousa fazer isso com essas lâminas?  

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Topo13

Mesmo sem motivos importantes para lutar, Skalovski sentiu o corpo esquentar como se o próprio sangue fosse ácido. Aquela ofensa não seria tolerada. Embora o desejo falasse mais alto, precisava analisar bem o cenário e formular estratégias para lidar com aquela ameaça. Primeiro por não ser um oponente fraco. Segundo porque o local estava cheio e por último, mas não menos importante: ele estava desarmado!

Há algum tempo desde a última vez em que lutou de mãos limpas. Não desejava fazê-lo novamente, porém, não havia como fugir. Jones tinha seu martelo - como um bom carpinteiro - e poderia lutar com sua capacidade total. Isso deixava Boris tranquilo para lutar sem se preocupar com o nakama. Com a mente mais calma, poderia dar o seu melhor sem hesitar.

Abusando de sua agilidade, o ex-loiro movimentar-se-ia pelo estabelecimento, correndo por entre as mesas e cadeiras buscando por ângulos bons para atacar enquanto tentava descobrir mais informações sobre o invasor e principalmente calcular suas capacidades físicas antes de atacar diretamente. Provavelmente outros clientes do bar acabariam atacando o matador de forma precipitada, afinal, ratos acuados atacam. Aproveitaria essas possíveis informações para aplicar ataques futuramente. Na hipótese de conseguir adquirir informações enquanto desviava de possíveis cortes recebidos, prepararia seu primeiro movimento, consistindo de dashs em diagonal para encurtar a distância e atacar o vulto. Antes disso, ficaria atento às lâminas que possam estar caídas no chão ou presas em corpos nocauteados. Se conseguisse obter uma, utilizá-la-ia. Caso precise lutar de mãos limpas, não o impediria. Seria um combate de agilidade e o navegador tinha boas chances ao seu lado. Aplicaria socos combinados com dashs enquanto fugia logo em seguida, o famoso bate e sai, nunca parando no mesmo lugar. Observaria atentamente as correntes, pois elas apontariam a direção futura das lâminas, algo que ajudaria a prever a movimentação ofensiva do oponente.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



Uma confusão era criada entre a dupla recém chegada e aquele pequeno grupo de piratas que iniciava toda a confusão. Uma discordância entre as duas partes gerava um conflito que começava a ser presenciado pelos demais presente no “Coiote Caolho”, porém, ao mesmo tempo em que um dos membros mais grotescos do quarteto pirata ameaçou um golpe devastador que fora facilmente evitado por Boris, um estrondo poderoso tomava conta do ambiente em que um vulto extremamente veloz surgia no salão principal liquidando o corpo que fora atirado até lá dentro.

O inimigo por sua vez executava uma brutal dança de correntes e lâminas pelo salão atacando quem estivesse próximo, e até mesmo conseguiu pegar alguns marujos desprevenidos que não conseguiam acompanhá-lo, mas não Boris. O alvo espadachim conseguiu acompanhar os movimentos de seu adversário enquanto corria pelo salão se esquivando entre mesas e cadeiras que recebiam todo o dano.

Aquele ataque parecia ter um foco amplo incialmente, visando atacar qualquer um que estivesse na sua frente, mas ao notar as habilidades de Boris, o inimigo sorriu e avançou contra o alvo notando suas excepcionais habilidades. Infelizmente para o matador não seria tão fácil atingir Boris, pois o espadachim além de conseguir igualar a sua velocidade, o mesmo era muito ágil conseguindo escapar dos cortes.

Apesar da sequência insana de golpes, haviam se passado poucos segundos desde que o ataque houvesse começado, e por hora ninguém se quer conseguia acompanhar, por conta disso nem mesmo atacavam. Boris por sua vez estava completamente atento aos movimentos de seu adversário notando que uma parte das correntes estava em volto nos dois braços de seu inimigo enquanto o mesmo as segurava balançando sua peculiar arma que claramente irritava o espadachim. Mas o matador não só se baseava nos manuseios das correntes, pois o mesmo tinha uma estrutura física bem avantajada, tendo talvez até mais força que Boris, e todos os seus golpes eram executados graças aos seus movimentos acrobáticos sobre as mesas.

Boris logo resolveu avançar com investidas rápidas em diagonais encurtando o espaço entre eles, e enquanto se aproximava contra seu inimigo, Boris notou a presença de uma cimitarra presa a um corpo já caído. Sem pensar muito, o espadachim retirou a lâmina tomando posse da mesma enquanto começava uma sequência de colisões entre suas lâminas. Boris ainda não conseguia atingi-lo, pois se aproximar de seu adversário se mostrava mais difícil do que o normal devido as correntes tomarem muito espaço e assim complicarem a aproximação do espadachim, porém, seu inimigo também não conseguia tocá-lo pelo mesmo acompanhar atentamente os movimentos das correntes prevendo assim de onde os ataques viriam.

Haviam se passado apenas sete segundos desde que aquele duelo havia se iniciado, e mesmo assim a batalha não aparentava ser encerrada com tanta facilidade, pois os dois combatentes mostravam estar em pé de igualdade.    

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Extravagante

O confronto entre os usuários de lâminas começou com Boris em desvantagem pela ausência de uma, mas abusando de seus atributos físicos, ele conseguiu se manter no combate enquanto avaliava o oponente até achar um tesouro perdido no local. Com uma lâmina em sua posse, podia atuar com toda a sua capacidade e assim o fez. As movimentações e trocas de golpes pareciam surreais para todos os presentes e o tempo parecia congelado. No lado de fora do bar, poucos segundos passaram. Dentro, minutos, talvez horas, corriam como numa pista de cem metros rasos.

"Não sei quem é esse, maldito, mas… Tsc, ele tem estilo!"

Reconheceu internamente o jeito Extravagante do adversário. Ele era forte, habilidoso e acrobático. Só as correntes incomodavam o espadachim, porém, era algo "admirável", pensou enquanto vomitava ao cogitar esse adjetivo.

Nada mal, nada mal…

Acenou positivamente com a cabeça deixando claro o respeito conquistado. Embora não soubesse o nome de seu novo rival, já o tinha como alguém forte e respeitável na sua memória. Desta vez, não tinha uma lâmina poderosa para lhe ajudar e não precisava. O tempo de viagem até o farol foi gasto treinando sua capacidade física para que não precisasse mais depender de uma katana. Sim, Skalovski percebeu que para ser o maior espadachim do mundo, ele precisava ser bom com qualquer uma, inclusive lâminas frágeis. A verdadeira força seria capaz de superar as fraquezas de suas ferramentas e extrair cem por cento de suas capacidades.

A lâmina levemente curvada não seria desperdiçada nas mãos do navegador. Era hora de atingir o ponto máximo. Usando a estrutura diferenciada da cimitarra, Boris aproveitaria seu ângulo para efetuar ataques mais potentes com movimentos giratórios. Aplicaria o efeito "chicote" com seu corpo, iniciando o golpe na sola dos pés e expelindo a energia acumulada na lâmina. Ao melhor estilo Tanjiro, Boris usaria sua agilidade para rodar e atacar, desta vez com mais potência para dificultar bloqueios e esquivas. Logo após os golpes, voltaria a pisar no chão e ainda aproveitando a força gravitacional gerada pelos giros, usaria para impulsionar em um novo dash e um novo ataque. A estratégia mudou. O homem de cabelos alvos estava no modo pressão sufocante, encurtando a distância em todo o momento. Se o matador desejava usar correntes, então pagaria o preço de sua desvantagem. Sem ter como balançar ou se mover livremente, suas correntes não teriam como gerar força o bastante e isso certamente diminuiria o poder de corte das lâminas. Isso não tinha a ver com conhecimento físico ou até mesmo marcial e sim de Espadas. Ser um espadachim era entender todos os aspectos que formam um usuário. Desde a importância de uma boa pegada até os mais variados tipos de corte e para ser o maior do mundo, não bastava saber cortar. Boris estudou a fundo e seu oponente estava prestes a entender o motivo dele ser tão vaidoso quanto a isso.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



O tempo para aqueles dois espadachins parecia andar lentamente, os dois por questão de segundos sentiam a adrenalina tomar os seus corpos os levando ao máximo de seus esforços físicos, e a troca de olhares apresentava o respeito que os dois tinham entre si. Aquele era um verdadeiro duelo entre monstros que muito provavelmente estavam indo além de suas reais habilidades atuais, o foco que eles mantinham era de se invejar.  

Boris incialmente estava em desvantagem, pois não tinha em sua posse uma lâmina para confrontar o inimigo a sua frente, porém, a aproximação de uma Cimitarra que estava por ali fez com que o jovem espadachim pudesse encarar seu inimigo de igual para igual. Mas dessa vez, o alvo foi muito mais incisivo, onde surpreendeu seu adversário com golpes giratórios, uma incrível coordenação entre o seu corpo e a espada que o faziam tornarem um só como uma afiada roda que bloqueava e rebatia os movimentos nada ortodoxos das correntes do matador a sua frente.

Contudo, o navegador sentiu que era hora de tomar as rédeas da situação e então começou a avançar com uma pressão absurda, encurtando cada vez mais a distância entre os dois, fazendo com que seu inimigo acelerasse o balançar de suas correntes. Mas Boris sabia da fraqueza a sua frente e não hesitou, e com uma investida ainda mais sagaz partiu para cima abrindo espaço ficando a poucos metros do assassino que, em um movimento de desespero quase que perdendo seu equilíbrio, conseguiu trazer uma de suas lâminas para perto e então bloquear a investida de Boris, porém, desta vez os dois estavam frente a frente, olho no olho, as duas lâminas se beijando em um frio e instigante prazer em cortar um ao outro. - Você é bem extravagante! - Disse o inimigo a sua frente enquanto parecia animado com aquilo.

No entanto, no mesmo momento em que a luta estava para ser retomada, um disparo pode ser ouvido, e naquele mesmo momento, tal tiro pegou o braço do matador de raspão o fazendo recuar na mesma hora. Na mesma hora, o espadachim retirou de um de seus bolsos duas bolinhas e as arremessou contra o chão, e assim que o tocaram explodiram, e uma enorme cortina de fumaça se levantou, fazendo o rapaz sumir na mesma hora enquanto suas lâminas adentravam aquela fumaça. Mas os disparos não cessaram, e após alguns segundos, a fumaça foi se dissipando enquanto era visível que o peculiar espadachim não estava mais ali.

- Aaaaah, mas que droga! - Uma voz um tanto quanto jovial surgiu do outro lado do salão. Um garoto de aproximadamente 15 anos de cabelo preto, vestindo um terno igualmente preto e segurando duas pistolas poderia ser visto, indicando que ele era o responsável pelos disparos anteriores. - Desgraçado, da próxima eu te pego! - Disse enquanto cuspia no chão do local completamente aborrecido. - Você aí, como se chama? - O rapaz agora direcionava a sua atenção para Boris enquanto estava bastante emburrado.

Agora que as coisas haviam se acalmado, era notável que o local estava completamente destruído, e além do corpo que fora jogado no começo de toda aquela bagunça, outros quatro corpos também aparentavam estar mortos. Aqueles que haviam sofrido algum dano, ou mesmo ainda estavam ilesos começavam a se irritar mais do que o normal com o ocorrido, como se já conhecessem o responsável pelo ataque. - Vamos, seu idiota! Me diga qual é o seu nome, e quem é você!? - Voltava a insistir o garotinho completamente enfurecido.   

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Pausa

O combate chegou no clímax quando Boris se apossou de uma cimitarra. Lutando em igualdade de armas, o confronto se intensificou e as margens de erro chegaram a zero. Quem errasse, morreria. Com esse peso, o piloto navegou pelo combate com a própria vida na ponta dos dedos, arriscando-se com movimentos perigosos e letais. No outro lado, o espadachim exótico abusava de suas correntes para quebrar o ritmo imposto pelo espadachim de cabelos brancos. Era um confronto de tirar o fôlego dos espectadores.

- Você é bem extravagante! -

É recíproco!

O sorriso no canto da boca surgia com a animação proporcionada pelo combate. Aos poucos, a raiva oriunda do uso de correntes transformava-se em adrenalina e excitação de enfrentar um usuário de lâminas tão diferentes. Ainda não o respeitava por quebrar séculos de tradição, porém, entendia que o mundo evoluiria todo dia e eventualmente encontraria pessoas distintas. A empolgação o ajudava a lidar com a pressão do combate, mas antes de partirem para o terceiro round, a luta foi interrompida por disparos.

Mas que…

Acuado, o matador fugiu em uma nuvem de fumaça. Não demorou até a fisionomia do atirador ficar evidente. Um jovem arrogante questionou o nome de Boris que inicialmente ficou calado devido ao choque do combate interrompido sem vencedor. Era como jogar um balde de água gelada em dois cães cruzando.

Tsc… Boris… Meu nome é Boris… e eu serei o maior espadachim do mundo!

Diria enquanto pegaria em um bolso o maço de cigarros junto ao isqueiro e acenderia um para ajudar a controlar o estresse pós-combate. Tragaria a fumaça profundamente, deixando-a tomar conta do seu pulmão antes de soltá-la vagarosamente pelo nariz e boca ao mesmo tempo. Guardaria a cimitarra entre o cinto e a calça vestida para facilitar o porte. Skalovski era o nome daquela arma e com certeza ninguém naquele estabelecimento diria o contrário, não depois daquele espetáculo.

E você?

Perguntaria já com a adrenalina cortada apenas para continuar a interação. A preguiça já estava tomando conta de sua moral. Antes de procurar um lugar para sentar, limpar-se-ia com as mãos e ajeitou as roupas e cabelos para ficar agradável e comportado. Gostava de estar bem vestido e com boa aparência. Em seguida, voltaria até onde estava a mesa anteriormente e a colocaria no lugar junto com uma cadeira e sentaria com as pernas cruzadas como se nada tivesse acontecido. Para o maior espadachim do mundo, situações como esta seriam bastante usuais, afinal, sua autoridade e habilidade seriam constantemente testadas.

Na hipótese de alguém tentar lhe interromper de alguma forma, usaria seu olhar intimidador para tentar suspender a ação de seu possível oponente. Seu objetivo no momento era descansar, comer algo e relaxar, além, é claro, de juntar mais nakamas. Talvez sua demonstração tenha conquistado alguns seguidores, pensou positivamente. Procuraria saber como Jojo estava, embora não estivesse preocupado com o homem-peixe, afinal, ele era tão forte quanto o navegador e ambos confiavam na capacidade um do outro.
Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



Aquele curto, mas intenso duelo de espadas fez com que ambos reconhecessem a força um do outro, onde um rápido e sucinto elogio foi trocado entre eles. Mas aquela luta tinha se encerrado tão rápida quanto havia começado, e tudo isso graças a interrupção daquele atirador misterioso que parecia estar bem irritado ao deixar o matador escapar.

- Melhor o que? Pouco me importa! Aquele desgraçado estava na minha mira, mas você resolveu intervir indo pra cima dele e isso acabou me atrapalhando. Eu ia finalmente pegar aquele arrombado. Mas você tinha que entrar no meu caminho! - O garoto parecia bem irritado e encarava Boris com certa fúria no olhar. Apesar de toda a agitação do garoto, o alvo apenas retirava um cigarro de seu bolso e o ascendia para tragá-lo e trazer um belo relaxamento para o seu corpo, afastando temporariamente o estresse daquela batalha. O rapaz vendo que Boris parecia não se importar muito com aquilo deu de ombros e puxou uma cadeira próxima a do Skalovisk. - Você nem ao menos sabe quem é aquele cara, não é? - Apesar de fazer aquela indagação, o garoto já sabia a resposta, pois era nítido que Boris era um pirata recém chegado no Farol.

Enquanto o rapaz retirava de dentro de seu terno um cantil de metal, onde daria uma bela golada logo em seguida, ao fundo as pessoas que estavam ali começavam a se apressar a sair daquele lugar, levando os corpos de antigos amigos que acabaram de encontrar o fim de suas vidas. Em contra partida, alguns funcionários começavam a limpar as coisas e recolher o que tinha de talheres, pratos, copos e taças, mesmo o que estava quebrado.

Contudo, a mesa em que Boris e o jovem pistoleiro estavam se mantinha ali sem se quer ser tocada, e aos poucos o local foi ficando cada vez mais vazio. Sem antes perceber, bem ao lado esquerdo do espadachim havia uma pilha de barris quebrado, e de baixo daquele amontoado de madeiras surgi Jojo, sem entender o que de tinha acontecido. - Wow! Que merda foi essa? - O braço direito de Jojo continha um corte bem raso, algo que ao menos inicialmente mantinha o homem-peixe ainda de pé sem problema algum, mas um tratamento seria inevitável mais tarde antes que as coisas pudessem piorar aos poucos. - Tsc. Eu vi aquele troço vindo na minha direção e só consegui colocar o braço na frente e evitar de perder a minha cabeça. Me desculpe Boris por ter sido fraco dessa vez... - O jovem tritão havia percebido que seu amigo espadachim havia lidado com a situação, e que em apenas um golpe fora completamente apagado, reconhecendo que ainda tinha um longo caminho a trilhar caso quisesse estar em pé de igualdade com Boris.

- Esse cara que acabou de atacar esse recinto... - Continuou o garoto após a sala estar quase vazia e limpa. - ... se chama Takeshi, Takeshi Isamune. Esse desgraçado é um caçador de piratas que apareceu por aqui faz umas três semanas, e nesse meio tempo ele levou consigo diversos piratas. Muita gente tenta capturar ele, mas o filho da mãe é cheio de truquezinhos como esse que você viu hoje quando ele fugiu. - Respirou bem fundo bem desanimado antes de voltar a falar. - Ninguém sabe onde esse cara se esconde aqui no Farol, e dificilmente ele deixa pistas. Fora em que vários momentos ele aparece do nada, assim como foi hoje. Ele então causa essa baderna toda, e leva a cabeça de algum pirata que ele puder. Principalmente se for o capitão do bando, já que normalmente são os que tem as maiores recompensas. - Terminou o garoto enquanto continuava a beber em seu cantil.  

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Realidade

A ausência de adrenalina aliada a fumaça do cigarro tragado por Boris o deixava em um estado letárgico quase inutilizado. A preguiça tomava conta do espadachim e naquele momento ele mal tinha forças para sequer falar. Entretanto, já tinha ajeitado sua aparência para ficar em sua melhor forma. Sentado à mesa, recebeu a companhia de um desajeitado e ferido Jojo que acabou derrotado e do recém-chegado pistoleiro.

Você perdeu uma boa luta. Hahaha… vem cá que eu te ajudo.

Usando seus conhecimentos em primeiros socorros, Boris ajudaria Jojo dentro do possível, seja estancando o sangramento ou fazendo suturas improvisadas com panos de roupa, adesivos ou cauterizando com o isqueiro e uma faca quente.

Sua preguiça sumia tão rápido quanto sua velocidade ao se tratar de seus companheiros. Sua lealdade era uma de suas características mais fortes. Uma outra característica importante em Skalovski era sua paciência em ouvir pessoas e assim ouviu o pistoleiro explicar sobre a situação.

Caçador? Tsc, não tem nada mais merda do que essa profissão. Não tem culhões para serem piratas e nem honra e disciplina para serem marinheiros. São um bando de pau no cu preguiçosos que só pensam em dinheiro. Que verme!

Era impossível controlar a frustração de ter reconhecido aquele adversário como alguém respeitável. Não, Takeshi não merecia qualquer consideração e se o enfrentasse novamente, a luta seria reduzida à execução. Sem prazer, sem adrenalina, apenas a motivação para derrotá-lo.

Se aquele cara era um caçador e você estava atrás dele… O que você é? Não se apresentou ainda.

Esperaria pela resposta. Talvez fossem informações interessantes. No mais, apenas observaria os arredores tentando achar algo interessante. Ainda tinha esperanças de encontrar mais seguidores para sua viagem após o belo combate apresentado. Talvez tenha impressionado algumas pessoas.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



O surgimento repentino de Jojo em meio a alguns destroços revelou que o tritão mal conseguira naquele momento acompanhar a investida do tal matador, e ver o corte em seu braço despertou Boris de sua preguiça para dar os primeiros socorros ao seu companheiro. Mesmo cuidando do rapaz, o espadachim não deixou de comentar sobre o ocorrido com ele, enfatizando muito bem o que o rapaz havia perdido.

Contudo, o jovem pistoleiro que ali estava começava a explicar para Boris quem era o indivíduo que havia atacado o local, e também sobre a sua fama naquelas últimas semanas. - Sim, é uma porra de um verme! - Concordou o jovem com o comentário feito pelo alvo antes mesmo do espadachim insistir mais uma vez em saber quem o tal pistoleiro era. - Ah, não me apresentei. Meu nome é Kid, ou melhor, “Death, The Kid”! É assim que me conhecem por aqui. Não sou pirata e nem... - Antes que Kid pudesse continuar, passos bem compassados poderiam ser ouvidos vindo direto das escadarias do Coiote Caolho.  

Com a interrupção daquela caminhada, Boris veria que o local estava completamente vazio e com todas as mesas recolhidas, além de toda a bagunça e destroços do acontecido anterior. Somente estavam ali o próprio espadachim, Jojo, Kid, dois empregados atrás do balcão, e a nova presença daquela sala no pé da escada. - Você fala demais... Kid! - A voz era rouca e velha, mas a pequena frase dita fez com que Kid ficasse branco repentinamente como se aquele timbre o cortasse como uma lâmina bem afiada.

A figura caminhava e passos lentos trajando um longo sobretudo de couro marrom, e por debaixo vestimentas sociais com coldre na altura de seu peito. Cabelos brancos como o do espadachim e barba igualmente da mesma cor, as rugas entregavam o cansaço e idade do homem que carregava em sua cabeça um grande chapéu com as mesmas características e cor de seu sobretudo. Mas o mais intrigante eram os seus olhos brancos como o leite que apresentavam a sua cegueira, porém, ainda assustador em suas expressões mais rígidas e grosseiras.

- Os dois aí! Estão fazendo o que parados? Vão atrás da porra de um carpinteiro e consertem a merda dessa parede, hoje! - Comentou o velho antes mesmo de se assentar na mesa e ficar de frente para Boris. O velho não o encarava, e constantemente mexia sua cabeça para os lados. - Então, foi você quem bagunçou todo o meu estabelecimento? - Disse o homem enquanto falava pausadamente. - Você parece ser mais um desses novatos cheios de marra, não é!? - Falou mais uma vez enquanto fazia sua pausa dramática. - Kid, me traga um uísque sem gelo. - O rapaz se direcionou na mesma hora até o balcão em busca da bebida pedida. - Um copo pra eles também, por favor. - Exclamou novamente o velho.

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Respeito

O diálogo finalmente engatou e a dupla parecia ter pensamentos parecidos quanto aos caçadores. Tal coincidência facilitou a interação e quebrou a tensão totalmente. Kid era o nome do jovem pistoleiro. Usando naturalmente seus conhecimentos com psicologia, Boris começou a quebrar o clima e obter informações do matador, porém, uma presença inesperada fez toda a tensão de antes voltar ao estabelecimento. Kid mudou sua postura e até os outros funcionários pareciam mais nervosos.

"Essa pressão… Parece até o meu avô quando demonstrei interesse em ser um agente do governo mundial."

Caminhando lentamente, o recém-chegado cuja aparência parecia a de Boris envelhecido, iniciou a prosa com a dupla de forasteiros enquanto se sentava a mesa com eles. A intuição do espadachim o alertava sobre a pressão do atirador e o navegador escolheu não provocar e ser o mais simpático possível.

Ah, sim… Sinto muito… Eu fico empolgado quando vejo a oportunidade de subir mais um degrau na busca pelo meu sonho. Eu sou Boris e serei o maior espadachim do mundo… este é meu companheiro Jojo… digo, Jones… O mínimo que eu posso fazer é pagar pela garrafa, senhor…

Não tinha como gastar todo o seu dinheiro com a reconstrução do local, mas pelo menos as bebidas poderiam ser colocadas em sua conta, principalmente agora que havia conseguido uma lâmina sem custo, embora estivesse longe de ter a qualidade almejada.

Embora estivesse sempre de prontidão, não demonstraria sinal algum de guarda alta, ou seja, estaria relaxado e a vontade para com a situação atual. Beberia o uísque assim que chegasse e continuaria tragando o cigarro aproveitando a companhia.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11
Toji
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350x120
Créditos :
21
Localização :
Felinolandia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2357-ajaw-jack-kiin https://www.allbluerpg.com/t2234p30-os-seis-caminhos#26207
Toji
Narrador



Boris via um reflexo envelhecido de si mesmo com a chegada daquele homem, e a pressão de sua presença tomava conta daquele lugar fazendo-o lembrar de um dos momentos de sua vida junto de seu avô que emanava aquela mesma pressão no ambiente.

Com a chegada do uísque, todos ali presentes começam a beber enquanto o velho retirava um charuto de seu sobretudo, e começava a tragá-lo durante a resposta de Boris. - Vaha... Vahahaha... esses jovens, todos cheios de sonhos. Você parece mais um desses garotos metidos a fortões que chegam aqui cheio de pompa! Vahahaha! - Comentou o homem enquanto erguia sua cabeça para soltar aquela enorme quantidade fumaça, para em seguida tomar um gole do uísque. - Ser tão poderoso é algo a se invejar. Não que eu acredite que você realmente consiga algo assim, mas... é de se invejar. - Continuava a falar enquanto repetia novamente sua mania ao fumar e beber. - Não se preocupe com a garrafa, ou os danos a essa espelunca. Eu pude notar lá de cima que você ao menos aguentou aquele filho da puta por algum tempo. - O velho então retirou um cartão de dentro de seu sobretudo e o pôs sob a mesa, empurrando-o até Boris.

- Eu tenho uma proposta para lhe fazer. Traga-me a cabeça desse caçador, e eu te darei uma boa quantia em berries. - Disse ao cruzar as pernas e os braços se apoiando as costas na cadeira enquanto seus brancos olhos pareciam perdidos naquele lugar. - Vá até o endereço descrito nesse cartão, e fale com “Quasimodo”, ele lhe dará uma espada descente, já que essa cimitarra está a poucos cortes de se quebrar. - O velho esperava que Boris aceitasse sua oferta, e caso o mesmo confirmasse, o homem se levantaria voltando a falar enquanto se afastava daquele salão. - Você e seu amigo tritão irão trabalhar com o Kid. Ele será o responsável por confirmar o sucesso desse trabalho! - O velho então se retirava do local deixando o trio novamente sozinho enquanto Kid dava de ombros pela falta de confiança de seu chefe em deixá-lo matar o caçador sozinho.

Legenda:
Narrador:
Histórico:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 94sfShl
Van
Imagem :
Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 350120fla
Créditos :
50
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t1799p15-porradaria-e-fuga-grand-line-drift-3#22686
Van
Pirata

Bônus

O tempo no bar corria diferente diante de uma boa companhia. Aquele homem na melhor idade era definitivamente uma versão mais velha de Boris. O gosto por fumaça refinou-se e do cigarro foi para o charuto. A postura e a confiança ainda estavam lá, além de um senso de lealdade muito forte. Ignorar as despesas por reconhecimento ao esforço no combate era típico de Boris.

"Parece que tô olhando o meu futuro… Será que terei uma companhia feminina ao meu lado?"

Terminou o cigarro e recebeu um cartão com indicações para algum tipo de estabelecimento onde encontraria uma lâmina à sua altura. A proposta era irrecusável, não só conseguiria uma nova arma como teria a chance de um novo embate com o oponente de antes. Concordou positivamente com um aceno de cabeça e levantou-se para se despedir.

Ainda não peguei seu nome, mas… obrigado pela oportunidade, senhor!

Em seguida, olharia para os companheiros na missão passando confiança. Era hora de partir.

Kiddo… Jojo… Hora de fazer uma visita ao Quasimodo e depois iremos nos divertir.

Partiria em direção ao endereço usando os conhecimentos de Kid para ajudar no trajeto. Chegando lá, apresentaria o cartão e entregaria a cimitarra. Caso lhe fosse perguntado que tipo de lâmina preferia, optaria por uma katana, porém, aceitaria qualquer tipo de lâmina que lhe oferecessem de bom grado. Caso tudo dê certo, pediria a Kid para liderar o caminho nas buscas pelo adversário.

Boris Skalovisk:

_________________

Porradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3] - Página 3 Aaaaaa11