Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

Ren na Grand Line

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
45
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Ren na Grand Line Ter 25 Jan 2022, 12:14
Relembrando a primeira mensagem :

Ren na Grand Lin

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Ren. A qual não possui narrador definido.

_________________



Ren na Grand Line - Página 2 9g2joTh


Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Seg 07 Fev 2022, 10:07




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 8




A batalha continuava. Embora eu tivesse conseguido acertar um golpe no Torres, a essa altura do campeonato eu já começava a sofrer os efeitos daquele confronto prolongado. Tomei um chute no queixo e por pouco defendi um soco super forte, que ainda assim me causou fraqueza nos braços. A dor já era bem grande, e meu inimigo estava bem menos ferido, mas mesmo eu não tinha motivos para desespero, afinal, eu ainda tinha algumas cartinhas na manga. “Acho que vou precisar usar aquele golpe…” Pensei, ofegante, enquanto colocava a mão esquerda no meu queixo que doía bastante. “Mas será que vai ser o suficiente pra penetrar a defesa dele?” A defesa de Torres era muito forte, e eu já percebia que não seria fácil perfurá-la usando meios convencionais. Eu precisava ser mais criativa. Foi aí que uma ideia beem interessante me veio à mente. “Pensando bem, todo homem tem um ponto fraco…” Mais um vez um sorrisinho diabólico se formava em minha face. “Um ponto fraco bem específico.”

- Que nada, se não fosse pelos seus coleguinhas eu já teria vencido. E convenhamos, né. Você tá beeeem longe de ser um caçador forte. - Falaria pra ele, em um tom de deboche, tentando usar minha lábia para tirar o Torres do sério. - Você é um caçador de quinta categoria liderando um grupo de sétima, é a mais pura verdade.- Reviraria os olhos. - Afinal, onde já se viu um grupo de caçadores de recompensa precisar entrar no mercado de escravos pra pagar as contas no fim do mês? Fala sério! - Daria de ombros. - Mas agora que somos só nós dois, vamos ver quanto tempo você aguenta. - Dava uma risadinha antes de continuar. - Só lembra que gatas como eu tem nove vidas, você só tem uma. - Finalizava, começando a me concentrar para desferir minha técnica mais poderosa. Após me concentrar por esses dois pequenos segundos, avançaria na direção do Torres para só então colocar muita força nas pernas e dar um grande salto no ar, me aproveitaria do momentum para começar a girar meu corpo em altíssimas velocidades. Ao mesmo tempo, liberava o electro ao meu redor, envolvendo meu corpo inteiro em uma poderosa eletricidade. - Tsūga!!! - Gritava, enquanto me jogava girando na direção do meu inimigo, tal como uma broca humana eletrificada pronta para retalhar ele sem piedade. Meu alvo, por enquanto, era o torso do Torres. Mas por mais que aquela técnica causasse danos enormes a quem por ela fosse atingido, eu já esperava que alguém do calibre do meu inimigo conseguisse bloqueá-la ou esquivá-la. Na verdade, meu Tsūga não passava de uma distração.

Acertando a técnica ou não, eu imediatamente continuaria minha ofensiva, dessa vez focando no meu verdadeiro alvo já que havia diminuído a distância entre nós com a técnica anterior. Assim que tivesse a oportunidade, uma vez em distância corpo a corpo do meu inimigo, eu o olharia nos olhos para dar a impressão que estava prestes a atacá-lo novamente na parte superior de seu corpo, porém, rapidamente abaixaria até ficar na altura de suas “partes baixas” e pegá-lo de surpresa, então, imediatamente usando todas as minhas forças na mão onde usava minha nekote, eu desfereria um poderoso golpe com as garras metálicas da minha arma, tentando cravá-las bem fundo no local de onde futuramente poderiam os filhos daquele celestial, no intuito de destruir todo aquele aparato. Usaria toda a brutalidade possível, até mesmo na retirada das minhas garras que seria rápida e dolorosa, e como se não bastasse, ainda dispararia uma descarga de eletricidade no mesmo local, e no maior nível de poder que eu conseguisse naquele momento. Mas a minha ofensiva não parava por aí, com a minha mão livre eu tentaria, ao mesmo tempo do ataque nas bolas, desferir um violento arranhão na canela de Torres, para que eu conseguisse dificultar sua movimentação. Ao fim disso, usaria toda a minha velocidade para rolar para trás e terminar com um salto na mesma direção, na intenção de me afastar bastante do meu alvo.

Se notar que ele está vindo me atacar, tomaria muito cuidado ao observar a trajetória dos seus movimentos, fazendo de tudo para não ser atingida novamente. Caso percebesse que estava prestes a receber um dos poderosos socos ou chutes de Torres, eu imediatamente me jogaria no chão para evitá-lo e voltaria a avançar, caso notasse que isso não adiantaria, rapidamente faria um rolamento para um dos lados, mais especificamente o lado oposto ao ataque. Também usaria a mesma tática de rapidamente tirar meu corpo, ou partes dele, da trajetória de golpes do Torres. Se necessário, faria essas movimentações de formas alternadas para evitar ataques consecutivos. Se percebesse que não seria capaz de desviar, tentaria o bloqueio. Colocando os braços na frente do rosto ou de qualquer que fosse a área que fosse receber o impacto, ou caso isso não fosse possível, tentaria desferir um forte arranhão com a minha nekote contra o próprio ataque inimigo, na intenção de defletir o ataque ou apará-lo, mudando sua trajetória.

Também ficaria atenta à possibilidade de ele tentar me prender ou me agarrar. Caso ele conseguisse, eu imediatamente soltaria nele a maior descarga de eletricidade possível naquela hora, e como se não bastasse usaria toda a força disponível nas minhas poderosas mandíbulas para morder o corpo dele aonde quer que eu conseguisse, tentando até mesmo arrancar um pedaço se possível. Conseguindo isso ou não, seguiria tentando meu contra ataque com um golpe perfurante usando as garras da mão equipada com a a nekote na parte inferior da barriga dele, em seguida, retiraria a mão usada no golpe interior e faria um último arranhão, dessa vez mirando o rosto, mais especificamente os olhos. Assim que minhas garras fizessem contato com o corpo de Torres, imediatamente tentaria liberar mais uma descarga de electro contra ele, usando minhas garras como condutores, assim como já tinha feito no passado.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Jean Fraga
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
15
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: Ren na Grand Line Qua 09 Fev 2022, 19:32

Golpes Sujos


REN NA GRAND LINE




Algumas farpas eram trocadas entre os dois, que já naquele momento estavam ofegantes, com o ápice da luta prestes a chegar, — Você sabe que o que diz não é verdade garota... Os escravos são apenas uma renda a mais...

Falando, Torres andava para trás, pegando no chão, perto da entrada da barraca, um pedaço longo de algo metálico, que apertando um botão, se abria virando um longo arco, juntamente desse, ele pegou uma aljava com flechas.

— Afinal... artes marciais sequer são meu ponto forte... Heheheh – O silencio tomava o ambiente, parecia que tudo se potencializava, provavelmente sendo feito da adrenalina, Ren sentia o cheiro da água salgada mais presente, o som das ondas parecia mais altos apesar de mantê-la concentrada e o sol que rachava os céus parecia mais forte.

Ela começava um avanço, saindo do solo com um salto e girando, sua técnica parecia acertar perfeitamente Torres que até tentava defender usando o arco, este que voava de sua mão, sendo assim, era atingindo de raspão, já que ele com um dash lateral, conseguia sair do caminho do ataque, ainda assim, o golpe com eletricidade e pelo caçador estar levemente molhado, causada um dano considerável.

Manter a distancia curta seria o melhor para o fator do arco, mas não seria bom para o lado marcial do inimigo, ainda assim, desconcentrado pelo golpe explosivo e rápido de antes, ele não tinha tempo para se proteger do ataque que viria.

Ela era esperta e usava sua linha de visão para ganhar uma vantagem, Torres levantava os braços defendendo o rosto, mas o golpe tinha outra região de foco, ela abaixando e dando um gancho de baixo para cima com sua nekote tentava acertar as partes do seu adversário.

O problema era, a armadura que ele vestia era mais forte ali, ainda assim, perfurada pela manopla ela conseguia acertar parcialmente o golpe, ele gritava demonstrando sua dor e pela guarda baixa da garota naquele momento, tomava um chute pesado no rosto, que certamente deixaria difícil que a mink dormisse do lado esquerdo do rosto.

Não parando por ali, ele usava o rosto dela como impulsão e no ar, puxava o arco por uma arma interligada entre ele e o pulso, sacando flechas da aljava, disparava três de forma conjuntas, com trajetórias uma mais aberta que a outra, sendo a do meio a mais centralizada em Ren as outras cobrindo espaços de fuga.

A moça rolava para trás e saltando desviava das laterais, mas a flecha central acertava seu pé, especificamente bem no meio, prendendo-a momentaneamente no chão.

O rosto de Torres já podia ser uma grande vitória, o ultimo golpe mesmo que parcialmente havia deixado sentindo muita dor e o golpe no torso sangrava muito.

— Eu gosto de lutas assim... Onde sinto a morte bem de perto, ela me da forças para continuar! – Realizando um dash e saltando para cima da mink, com o arco segurando por duas mãos ele sacava uma flecha e a arremessava, mas ela ia lento, facilmente Ren desviava, descobrindo que aquilo era uma distração.

Ele chegava logo em seguida com o chute bem centralizado entre os peitos da mink, que sentia seus ossos novamente tremerem, seu pé preso no chão complicava as coisas, mas ele não sairia impune, antes de recolher a perna.

A garota descontava arregaçando a canela inteira do caçador que caia ficando de joelhos e sangrando muito, ele até levantava, mas usava o arco com uma bengala, demonstrando que não conseguia ficar de pé.

O Fim da luta parecia próxima e o último round havia sido vantajoso para Ren, de fundo, Izzy parecia ter acabado de derrubar os homens, já que ela sentava esperando que sua irmã acabasse, sua confiança na irmã era suficiente para nunca acreditar que ela poderia perder.



Info Ren:







_________________

Ren na Grand Line - Página 2 OAKySZI
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Qui 10 Fev 2022, 00:41




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 9




Mais uma fase da batalha havia se passado, e mais uma vez tanto eu quanto meu inimigo tínhamos sofrido danos. Quanto mais o combate se prolongava, mais o sadismo dentro de mim aumentava a minha vontade de causar o máximo de dor possível naquele homem. Deveria ser eu, e apenas eu, a me banquetear na dor de Torres. Ninguém mais. Apesar disso, os ferimentos que eu havia sofrido haviam sido também beem significativos. Eu, por exemplo, havia sofrido sérios danos na perna e estava com uma flecha me prendendo ao chão. E esse era apenas um dos incontáveis ferimentos que eu havia sustentado. Obviamente, a dor era imensa, e ela estava presente em quase todo o meu corpo. Pra mim era claro que eu precisava terminar aquele confronto o mais rápido possível, já que eu não tinha certeza se conseguiria continuar por muito mais tempo. Por outro lado, notava que Izzy havia terminado de derrotar o restante do grupo de caçadores. Ótimo.

- Ora ora, parece que agora somos só eu e você, chefe. - Comentaria ofegante mas ainda em um tom de sarcasmo, me esforçando para falar enquanto suportava aquela dor imensa. - Bem romântico, você não acha? - Brincaria, enquanto ao mesmo tempo usava minhas garras das mãos para desprender o meu pé ferido no chão. Após isso, ficaria de pé me apoiando apenas em um dos pés, tentando ao máximo manter o equilíbrio. - Shunko! - Novamente ativaria aquela minha técnica, no intuito de aumentar meus poderes pra causar mais dano naquele mané. Sem perder mais um segundo, porém, voltaria a avançar em uma só perna, usando toda a minha velocidade, na direção de Torres. Caso ele volte a atirar flechas contra mim, começaria a avançar em zigue zague para confundir sua pontaria, usando todos os meus reflexos para me esquivar sendo dando pulos para os lados ou retirando meu corpo da linha de trajetória dos ataques dele. Se percebesse que não era possível bloquear, tentaria bloquear as flechas as acertando com poderosos arranhões usando a minha nekote.

Durante todo o tempo, prestaria bastante atenção em Torres e em todos os movimentos de seu corpo, como uma predadora observando sua presa. Meu objetivo era buscar um ponto fraco, ou uma situação onde sua guarda ficasse baixa para que eu pudesse atacá-lo lá e maximizar os danos. Também ficaria bastante atenta a possíveis fintas vindas dele, lembrando-me sempre de parar o golpe e esquivar rapidamente pulando para os lados caso perceba que ele estaria fazendo uma finta. Uma vez que estivesse novamente próxima a ele, aproveitaria que estávamos ambos feridos e, ao invés de tentar iniciar com arranhões aleatórios, caso tenha descoberto o ponto fraco ou a guarda baixa dele, aproveitaria isso e atacaria com uma poderosa e precisa estocada usando minha nekote exatamente naquele local.

Se por acaso não tivesse conseguido achar tal fraqueza no meu adversário, ao chegar em distância corpo a corpo, faria algo que julguei ser bastante inesperado: soltaria uma cusparada bem no rosto do meu inimigo, na intenção de pegá-lo de surpresa e desorientá-lo, fazendo assim com que abra sua guarda tão fechada, me possibilitando melhores chances para ataques bem sucedidos. Com isso tendo tido sucesso ou não, eu continuaria minha sequência de ataques furiosos, dessa vez desferindo nele um forte arranhão usando a nekote bem na outra perna dela, aquela que ainda estava inteirona, buscando dilacerá-la, e então contiuaria atacando, mas dessa vez miraria o seu pescoço, onde eu desfereria uma estocada usando minhas garras da mão oposta, no intuito de destruir aquela área tão vital para o corpo. Ao mesmo tempo de tudo isso, caso minhas garras falhem, eu aproveitaria a curta distância e dispararia contra Totres uma poderosíssima descarga de electro, usando todas as minhas energias restantes.

Caso ele tente continuar me atacando com seus socos e chutes, eu, já tendo recebidos vários golpes desse tipo vindos dele, tentaria antecipar de onde viriam seus movimentos e onde em mim ele estava mirando, para que assim eu conseguisse esquivar e/ou bloquear mais efetivamente. A preferência era sempre da esquiva, tentaria usar todas as minhas habilidades para evitar ir de encontro aos ataques físicos de Torres, retirando meu corpo rapidamente de suas trajetórias e fazendo saltos para os lados opostos. Caso perceba que um bloqueio seria necessário, usaria o meu braço equipado com a nekote para tentar segurar o ataque dele fazendo-o se chocar com meu próprio ataque, para isso, faria um forte arranhão mirando bem no golpe dele usando minha arma, o intuito era aparar o movimento, e eu faria isso quantas vezes fossem necessárias. Mesmo que não conseguisse antecipar os golpes dele, eu ainda tentaria me defender. Caso ele me agarre ou até consiga tocar em mim, eu imediatamente abriria bem a boca e começaria uma brutal série de mordidas contra Torres, morderia os seus braços com toda a violência possível, o sadismo aflorando em minha mente ao fazer isso, e depois, tendo tido sucesso ou não, tentaria morder outras partes de seu corpo próximas da minha boca, tentando de tudo pra ganhar, só para em seguida eu disparar contra ela mais uma grande carga de electro, usando todo o resto das minhas forças.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Jean Fraga
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
15
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: Ren na Grand Line Ter 15 Fev 2022, 00:52

O fim


REN NA GRAND LINE




O ponto máximo se aproximava, o grande confronto que ali acontecia era brutal e a madeira do convés já tinha perdido sua forte cor marrom, para o sangue que pintava tudo como uma arena de guerra.

— Hehehe parece que os lixos que andavam comigo não aguentaram sequer sua irmãzinha... – Ele tossia, escorrendo sangue pela boca do caçador – Como um bom fim de livro creio eu... – Um sorriso sarcástico batia com a expressão vinda da mink.

O silencio novamente retornava, mas que nesse momento era intercalado com uma respiração ofegante vinda de ambos lados, Ren soltava seu pé preso a madeira do chão, preferindo por não piorar o estado do machucado, ela ficava apoiada somente com um pé.

Sua técnica podia ser de grande ajuda naquele momento, por instantes ela sentia o peso ficar mais leve, as dores se esvaziarem, a fadiga sumir e com toda sua velocidade fazia um forte avança até torres.

Este que pelos danos sofridos, sabia que lutar a distancia seria o melhor, ponto quebrado pela rápida aproximação da moça, ainda assim, ele conseguia atirar cinco flechas, nenhuma acertando a inimiga.

Ren notava que o buraco na armadura de Torres, que se abriu com as garras dela, era um ponto vulnerável e que o capitão pouco parecia se importar, tal analise comprometia um pouco as esquivas da jovem, que era forçada a bloquear com sua nekote, que destroçava a flecha.

O caçador sorria, talvez aceitando o que lhe esperava, parando logo a frente dela, Ren com um movimento de ombros, acertava com uma estocada de baixo para cima, exatamente o local com o buraco na armadura.

Ela chegava a levanta-lo alguns centímetros do chão, com a nekote perfurando-o profundamente, com rápidos ataques, agachava acertando agora a junta do joelho ainda em bom estado, que arrebentava a armadura mais mole e furava os tendões de tal membro.

Ele caia de joelhos no chão e com os braços para baixo, jogava o pescoço para trás, olhando para o sol que ia sumindo atrás de uma grande nuvem, uma explosão de sangue acontecia para todos lados, quando Ren abria um buraco na garganta de seu inimigo, que caindo para trás, parecia se afogar com o próprio sangue, aos poucos... morrendo conforme uma leve e fina chuva começava.

Era o fim daquele embate, que não havia sido fácil, Ren havia ganhado, mas a que custo? Assim, ela também já exausta caia no chão, sentindo o corpo aos poucos se acalmando, sua irmã logo se aproximava segurando-a.

— Ren!! Você conseguiu... não exatamente como queríamos..., mas, você conseguiu! – Abraçava a irmã com certa força e segurando a felina pelos braços, continuava – Você está bem? Vamos, vou te levar lá pra dentro...

Segurando-a nos braços, Izzy carregava Ren para dentro do barco, tirando-a daquela chuva que começava, conforme descia as escadas, ela explicava a situação, — Eu acabei com os tripulantes, poupando somente o navegador, seu assistente e o cozinheiro, eles apanharam bastante, mas eu prometi que se chegássemos na ilha, eles sairiam vivos... suprimentos agora tem de sobra... já que a comida de antes agora será para quatro pessoas... – O rosto da Izzy confirmava que aquilo não passava de uma mentira.

— Vou cuidar de você, mas ficarei na cabine com eles para ter certeza que não vamos ter problemas e... você tem que decidir o que faremos com os escravos que eles vinham transportando.

O essencial era dito naquele momento, botando-a sobre uma cama, a irmã da guerreira, com muito cuidado e carinho, limpava as feridas de forma superficial, por sorte havendo só a flecha como pior problema.

— Por enquanto... deixe a flecha aí, quando chegarmos encontraremos um medico para cuidar de você... eu já apareço... vou verificar como estão nossos reféns...

Os próximos dias seriam calmos apesar de que, Ren tinha noites complicadas, as dores eram fortes, mas nada fatal, a flecha ali estacada, permitia que ao menos uma hemorragia começasse e piorasse, sentindo que logo chegaria no destino, faltando saber como chegaria lá sem parecer suspeito e o que faria com os escravos.



Info Ren:







_________________

Ren na Grand Line - Página 2 OAKySZI
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Ter 15 Fev 2022, 09:34




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 10




Finalmente a batalha havia chegado ao fim. Embora a vitória tivesse sido minha, e eu tivesse tomado bastante prazer em arrancar a vida do Torres e causar todo aquele sofrimento nele, eu havia ficado extremamente ferida e não dava pra ignorar isso. Na real, aquela com certeza havia sido a batalha mais difícil da minha vida até agora. Nunca antes eu tinha saído tão machucada depois de uma briga, a dor era imensa, quase insuportável, e estava bem claro que eu precisava urgentemente de um médico. “Pelos menos meu rostinho continua mais ou menos intacto.” Forçaria um sorriso ao pensar nisso, satisfeita por não ter recebido nenhum dano grave na minha face, afinal, minha beleza era uma das minhas armas mais poderosas.

Eu sempre ouvi histórias sobre os horrores da Grand Line, sobre como ela era um mar mais forte que todos os outros e apenas os mais fortes conseguem navegar nela sem perder a vida. Eu sempre achei que isso não passasse de um baita exagero já que quando era mais nova atravessei esse mar junto daquele bando pirata, mas só agora tô percebendo que só pensei isso na época porque fui escoltada por eles, se não fosse isso, eu com certeza não teria sobrevivido. Lentamente caía em mim a ficha de que daqui pra frente, tudo indicava que todas as batalhas seriam no mínimo tão difíceis quanto minha luta com o Torres e seu grupo, e eu, com todos esses ferimentos, havia apenas recebido uma amostra grátis do que aquele mar tinha a oferecer.

Apesar disso, eu não tinha tanto medo. No fim das contas, eu tinha derrotado esse grupinho de caçadores e eu não tinha motivos pra pensar que perderia alguma outra luta no futuro, por mais difícil que ela fosse. Eu era beeem confiante nas minhas habilidades, e desde que não pisasse na bola durante alguma outra luta, imaginava que não estaria correndo algum grande risco. Mas no momento eu tinha problemas mais sérios no presente, então era hora de deixar o futuro um pouco de lado. Izzy, em uma ótima jogada, conseguiu convencer alguns membros sobreviventes do grupo a navegar o barco até a próxima ilha, tendo feito a promessa de que eles poderiam sair vivos. Sem muita escolha eles acabaram aceitando, porém, eu sabia que eles também teriam que morrer de todo jeito, afinal, minha missão era matar todos. Caso minha irmã aparecesse no quarto para verificar como eu estava, eu imediatamente a lembraria, em um tom profissional. - Mana, lembra que nossa missão é matar *todos* os membros do grupo do Torres. - Faria uma pequena pausa antes de continuar a falar. - Antes da gente chegar na ilha, como eu não estou em condições de lutar, você precisa dar cabo dos tripulantes sobreviventes. - Além disso, eu tinha outro assunto rápido pra tratar com ela. - Sobre os escravos, a gente não tem nenhuma ordem sobre o que fazer com eles, então é melhor só deixar eles aí e irmos logo pra ilha atrás de algum médico. - Então, finalizaria. - Quando eu estiver mais recuperada, a gente procura um den den mushi em algum bar pra ligar pro chefe e dar a notícia de missão completa. - Com isso, terminaria minha fala. Passaria o resto do meu tempo repousando naquela cama, evitando fazer muito esforço para que meus ferimentos não piorassem. Caso não aparecesse mais nenhum contratempo, ficaria daquele jeito até chegar na próxima ilha.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Arthur Lancaster
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ren na Grand Line Sex 18 Fev 2022, 00:52




»» Ren na Grand Line««

- Post 10 -


Ж

Depois que a luta se encerra, as coisas no barco se acalmaram bastante, nos dias que se seguiram os tripulantes restantes não tinham opções a não ser servir sem resistir, afinal mesmo que debilitadas pelos ferimentos as irmãs minks se mostraram incrivelmente fortes ao saírem vitoriosas, e não seria fácil se opor se agarrando a esperança de uma promessa duvidosa.

- Ren!! Chegamos, você consegue se levantar? - Izzy invadia o quarto em que nossa mafiosa repousava se recuperando. - Algumas horas atrás joguei todos os corpos no mar para não chamarmos atenção. - Ela a ajudava a se levantar, então concluia. - Fiz o trabalho sujo de limpar toda a bagunça e controlar a situação, sobrando apenas o navegador para não afundarmos antes de descer do barco, na próxima você me deve uma. - Ela piscava gentilmente para sua querida irmã.

Saindo do quarto, era possível avistar o sol poente manifestando uma linda pigmentação laranja no céu, a maresia fresca infligia quem estivesse no local, a cerca de pouco mais de mil metros era possível ver pequeno porto da ilha sem muitas movimentações provavelmente indicando que a cidade fosse onde se concentrasse as pessoas, a mesma era possível ser vista mais de longe mais para o meio da ilha.

- Para onde seguimos agora? Vamos deixar a carga no barco mesmo? - Sua irmã se mostrava ansiosa para os próximos passos. - E mais importante o que fazemos com o navegador?

O homem estava tremendo de medo, era o único remanescente do grupo de caçadores. - Misericórdia eu imploro! Não me mate! - Ele de joelhos implorava por sua vida. - Posso fazer o que você quiser, ser seu escravo pessoal, mas por favor não me mate.






Histórico:





_________________

Ficha

Ren na Grand Line - Página 2 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Sex 18 Fev 2022, 03:18




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 11




Embora a dor dos meus sérios ferimentos ainda incomodasse bastante, a visão de terra firme logo melhorou bastante o meu humor. Com um sorriso de satisfação aparecendo rapidinho em meu rosto ao perceber que a viagem chegava perto do fim, sabendo que eu estava tão próxima da vitória. Finalmente, depois daquele tempo interminável que estive naquele serviço, eu iria colocar um fim na história do grupinho de caçadores do Torres e dar as boas notícias aos meus superiores. A execução não foi feita totalmente do jeito que eu queria, mas mesmo assim consegui sair por cima, e estava bastante satisfeita com os resultados finais, a despeito do estado em que meu corpo se encontrava. Afinal, não dá pra se ter tudo que você quer na vida, né?

Izzy logo me fez duas perguntas, as quais eu já tinha a resposta pronta fazia um bom tempo. - Vamos decidir tudo quando chegarmos na ilha. - Responderia. Após o barco atracar, chamaria todos os tripulantes restantes da caravela que não eram escravos para conversar dentro do meu quarto no navio e fecharia a porta. - A "mercadoria" não é importante pra gente, pode deixar ela aí mesmo. - Daria de ombros ao falar isso. - Nossa missão é apenas exterminar o bando. Por sinal, isso inclui o navegador. - Faria então um sorrisinho amigável para ele, afinal, eu não tinha motivo para sentir qualquer tipo de ódio por alguém que era tão inofensivo. Para mim, ele não passava de um elemento qualquer que fazia parte do trabalho. - Desculpa amiguinho, como eu já tinha dito antes pro seu chefe, não é nada pessoal, apenas negócios. - Então me voltaria para Izzy, minha expressão estando bem neutra, sem um pingo de remorso. - Izzy, mate-o.

Agora, era hora de procurar um médico na ilha. Quanto mais rápido eu me recuperasse, mais rápido eu poderia dar as boas notícias para o chefe, pegar meu pagamento e embarcar no próximo serviço, então, minha primeira prioridade no momento era achar alguém que entendesse de medicina naquele lugar. - Izzy, vamos atrás de um médico. - Falaria, em um tom casual. - Quanto mais cedo eu me recuperar, mais cedo a gente pode continuar em frente. - Embora eu fosse bastante confiante em minhas habilidades de luta, essa última batalha havia me mostrado que os desafios da Grand Line seriam bem mais complicados, e eu não podia arriscar entrar em alguma briga com o meu corpinho todo esbagaçado. Por mais forte que eu fosse, eu não era invencível de forma alguma. Ao chegar na ilha, deixaria o barco onde ele estava e iria com Izzy até a cidade. Chegando lá, procuraria alguma clínica onde eu pudesse tratar meus ferimentos, ficando de olhos abertos para placas, letreiros e perguntando para transeuntes se necessário. Caso encontre algum lugar assim, iria até lá. Se por casos eu estivesse com dificuldade para andar sozinha, me apoiaria nos ombros da minha irmã.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Arthur Lancaster
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ren na Grand Line Sex 18 Fev 2022, 21:32




»» Ren na Grand Line««

- Post 11 -


Ж

Crueldade? ou talvez Profissionalismo? independente de qual seja a melhor forma de definir a dupla, a missão se encerrava ali com um simples sacar de espadas, e a pobre cabeça do navegador rolava pelo chão, ele era o único que Izzy havia poupado para conseguirem atracar sem dificuldades.

- Claro, vamos sim se apoie em mim e vamos com calma. - Ela fornecia os ombros para você. - Quando você ficar melhor vamos pegar outra missão. - Um sorriso singelo emanava em seu rosto, a empolgação por aventuras era algo compartilhada por ambas.

Havia uma pequena estrada, que ligava o porto até a robusta cidade, o céu se escurecia e a lua se mostrava acompanhada de inúmeras estrelas, uma pena não conseguirem apreciar a bela paisagem de Altai, a caminhada por mais que pesarosa pela dor em contínuo movimento, não apresentava dificuldades.


Chegando na cidade, por sua vez, a mesma não era muito desenvolvida, a maioria das construções eram cabanas feitas de fibras, com poucas um pouco mais desenvolvidas sendo feitas de pedra ou madeira.

Por esse estilo de construções, placas e letreiros não era muito comuns restando não muita mais opções a não ser a comunicação. Izzy começava a perguntar às pessoas sobre algum lugar onde podem cuidar de você, e não demorou muito para ajudarem. - Tem um médico que atende na rua debaixo. - Uma senhora que cuidava de seu neto indicava.






Histórico:





_________________

Ficha

Ren na Grand Line - Página 2 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Sex 18 Fev 2022, 22:24




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 12




Eventualmente, descobrimos que tinha um médico atendendo em uma rua próxima de onde eu e Izzy estávamos. - Obrigada! - Falaria, em um tom amigável para a senhora que nos deu aquela informação. - Mana, é pra lá mesmo que a gente vai. - Decidia, para então começar a andar na direção da tal rua de baixo indicada pela idosa que cuidava de seu neto. Ao chegar lá, continuaria procurando o local exato onde o médico atendia da mesma forma que tinha feito até aqui. Evitaria sempre olhar na direção da lua para não entrar em minha forma Sulong. Apesar disso, percebi que o céu estava bem estrelado, o que tornava aquela uma noite bem bonita. “Que noite bonita, bem diferente da maior parte das noites naquela ilha...” Pensava, refletindo sobre o meu passado.

Caso ache o recinto, andaria até lá com um pouco de pressa. Se por acaso a porta estivesse fechada, daria algumas batidas nela até que alguém viesse responder. Caso ninguém venha, eu tentaria falar bem alto: - Tem alguém em casa? - E então aguardaria por mais um tempinho. Ao conseguir falar com alguém responsável pelo local, eu imediatamente já começaria a me explicar. - Olá, fiquei sabendo que um médico atende aqui. - Tentaria fazer um sorriso diplomático enquanto falava, embora ainda estivesse sofrendo de dor. - Eu acabei me envolvendo numa briga e saí bastante ferida, preciso de tratamento. - E claro, antes de finalizar a fala daria o último e mais importante detalhe. - Sim, eu tenho dinheiro.

- Alíás, meu nome é Ren, e essa é a minha irmã Izzy. - Se conseguíssemos fechar negócio, eu logo nos apresentaria para ele, fazendo uma piscadela amigável com o olho direito ao terminar a fala. Com o médico aceitando me tratar, seguiria as instruções dele e faria tudo conforme requisitado por ele para ajudar em seu trabalho. Evitaria falar qualquer outra coisa, exceto se ele me perguntar. Se por acaso ele pedir algum pagamento adiantado, eu pagaria tranquilamente caso tivesse dinheiro suficiente para isso. Já na possibilidade de ele recusar o tratamento ou meu dinheiro não ser suficiente pra arcar com os custos, eu daria de ombros frustrada, e então sairia dali junto com minha irmã mais velha para continuarmos nossa busca por um médico, dessa vez algum que se encaixe melhor nas nossas circunstâncias.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Arthur Lancaster
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ren na Grand Line Sab 19 Fev 2022, 14:01




»» Ren na Grand Line««

- Post 12 -


Ж

Descendo a rua, era possível encontrar uma pequena casinha rústica, ela se destacava por ser de pedra com madeira, em cima de sua porta uma pequena placa com um menor símbolo vermelho clássico relacionado a medicina.

Pobre da porta que era quase que espancada, para alguém sair de dentro, e depois de muito tempo, um senhorzinho baixinho mas com um corpo atlético para sua idade. - Tô na minha pausa, volte mais tarde. - Antes de mais nada Izzy se prontificou a tomar a iniciativa. - Não podemos esperar até amanhã, não tem mesmo como atender hoje?

Quando você tocasse no assunto de dinheiro, ele mudava de expressão completamente. - Hmm vai sair um pouco mais caro! - E como se seus olhos se abrissem, ele claramente começava a admirar as belas curvas das irmãs.

- Gostos… Digo Venham então. - Suas bochechas se rosavam.

O espaço da sala era pequeno com uma pequena cama, onde ele indicava para você se deitar - Brigou contra um exército? Quantas feridas. - Ele comentava enquanto pegava alguns esparadrapos. - Apesar que, como já faz algum tempo desde que eles aconteceram, já estão praticamente curados.

Os primeiros socorros eram feitos, algumas faixas eram colocadas, junto com uma pequena costura no pé para fechar a ferida. - Prontinho, fica apenas 1200000 berries e um beijo na minha bochecha. - Ele sorria empolgado com a segunda parte do pagamento.






Histórico:





_________________

Ficha

Ren na Grand Line - Página 2 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Sab 19 Fev 2022, 15:02




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 13




Por sorte, conseguimos achar o médico com uma certa facilidade. Se tratava de um velho baixo e bem pervertido. Ele logo tratou meus ferimentos e fez seu preço, um pagamento em berries e um beijo na bochecha. “Que velho tarado.” Pensei, com uma certa surpresa em meu semblante ao ouvir aquilo. Eu não o julgava por ter aquele desejo, especialmente comigo estando ciente de que era beem bonita, apenas achei engraçado a cara de pau dele em pedir aquilo assim para uma cliente sem um pingo de vergonha na cara. Enfim, eu gostava mais de caras bonitões, mas como não queria criar mais confusão sem necessidade no momento, dava pra eu lhe dar o beijinho sem maiores problemas. Não é como se eu já não tivesse ficado com homens mais feios.

Faria um sorrisinho sugestivo e logo me aproximaria do médico, dando-lhe um beijo na bochecha. - Muito obrigada, doutor. - Depois disso, faria mais uma piscadela para ele e então colocaria a quantidade em dinheiro que ele me cobrou em cima da mesa. Feito isso, faria um sinal de “vem cá” com os dedos na direção de Izzy. Estava na hora de sairmos do local para relatar o sucesso da missão para o meu chefe. Sairia do consultório de volta às ruas. Apesar do tratamento, meus ferimentos ainda não haviam se curado totalmente, então era uma boa ideia não me meter em qualquer tipo de confusão por enquanto. No passado, o método que eu sempre havia usado para entrar em contato com meu chefe de Sirarossa tem sido ligar para o seu número usando o den den mushi de algum bar ou taverna. Depois disso, normalmente recebo novas ordens ainda na mesma ligação.

Assim como fiz com o consultório do médico, estava na hora de sair às ruas a procura de algum estabelecimento que me permita usar seu den den mushi. Novamente sairia em busca de placas e, se não tivesse sucesso, perguntaria aos transeuntes sobre a localização do bar ou da taverna mais próxima. Como da outra vez, evitaria ao máximo olhar na direção da lua. Caso encontre tal lugar, adentraria o recinto e logo me dirigiria a um dos responsáveis do local. - Oii, tô precisando fazer uma ligação no den den mushi. - Usava um tom suave e amistoso. - Quanto custa? - Caso tivesse dinheiro suficiente para tal, pagaria e imediatamente discaria o contato do meu chefe no aparelho. Esperaria ouvir a voz dele atendendo antes de falar qualquer coisa, apenas para garantir que estava falando com a pessoa certa. Ao confirmar que se tratava da voz dele, eu começaria a falar: - Chefe, está feito. - Como das outras vezes, isso deveria ser o suficiente para ele entender que a missão havia sido concluída. Agora, restava a mim esperar qual seria a resposta dele.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Arthur Lancaster
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ren na Grand Line Ter 22 Fev 2022, 00:48




»» Ren na Grand Line««

- Post 12 -


Ж

O Velhinho ficava com o rosto mais vermelho ainda, para quem via a cena era no mínimo cômico, quanta empolgação por um simples beijo, para Ren uma aspirante a figura infame do submundo isso era algo comum, usar seus encantos em homens de pouco auto controle.

Sem demora, ambas saiam do hospital ou projeto disso em busca de um lugar onde pudessem usar um den den para se comunicar com seu patrono. As ruas estavam desertas, depois de algumas voltas sem encontrar alguma alma que pudessem lhes guiar, um som peculiar começava a alertar os sentidos da mink.

Se aproximando era possível ver uma espécie de taberna sem dúvidas uma das construções mais complexas da ilha, o lugar era simples feito de madeira mas bem aconchegante, o calor era emanado de uma lareira deixando o ambiente mais gostoso ainda, várias pessoas estavam ali de diferentes classes sociais.

Ren na Grand Line - Página 2 421da95fb67b0e23ae92081c204c92f5

- Puxa querida hoje é o seu dia de sorte! - Um lindo garçom a atendia. - A Marinha nos doou um hoje mesmo, tome uns drinks e fica por conta da casa. - Ele piscava para ela e então saia de cena.

Se ambas estivessem atentas às conversas alheias do bar poderiam escutar, um homem claramente bêbado falando com um amigo. - Ouvi dizer que o clã Bumbugur pretende fazer grandes negócios essa semana. - Logo depois disso o homem brandava mais algumas palavras irrelevantes, e se deitava quase inconsciente por conta da bebida.

Já na ligação… - Perfeito, fique na ilha por um tempo, um associado irá lhe encontrar amanhã e lhe apresentar os próximos passos. - Um Silencio se instalava e então o den den sinalizava o final da ligação. - Ka-cha.





Histórico:





_________________

Ficha

Ren na Grand Line - Página 2 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Ter 22 Fev 2022, 03:29




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 14




Com as novas instruções recebidas, tudo o que eu precisava fazer agora era esperar. "Bom, acho que tava mesmo precisando de um descanso depois daquela missão tão longa." Pensei, enquanto me voltava para Izzy. - Acho que vou ficar aqui por um tempinho e tomar algumas. - Claro que quando eu dizia "ficar um tempinho", na verdade eu tava querendo dizer que ia passar a noite inteira, afinal, eu não tinha nem mesmo um lugar pra dormir naquela ilha. E eu já tinha caído no sono em locais piores do que aquele, uma mesa ou balcão de bar não eram nada. - Merecemos um descansinho depois daquele tempo todo viajando naquele barco sujo. Que missão foi aquela! - Comentava, revirando os olhos ao relembrar toda a experiência. - Aquele Torres era um pé no saco! Além do mais, "Peppa" e "Pippa"? Sério que o chefe não conseguiu pensar em nomes melhores? Ou será que ele só tava querendo sacanear a gente mesmo? - Eu me perguntava, levemente contrariada com aquilo. Bom, de qualquer forma, não adiantava ficar remoendo aqueles assuntos velhos. O que estava feito, estava feito. Não pediria explicitamente para Izzy ficar no bar comigo, afinal, estávamos em um momento de descanso, e se ela quisesse ir fazer alguma outra coisa, eu não tinha problema algum aquilo. Aliás, eu até já tinha uma outra pessoa em mente que  talvez pudesse me fazer companhia.

Assim que pudesse, me voltaria novamente para o garçom bonitão, fazendo um sorrisinho de gratidão. Se possível, sentaria de frente para balcão do bar, ou em uma mesa vazia se possível. - Obrigada por ter me deixado usar o den den mushi, você é um amorzinho! - Usaria um tom bem amigável, além de soltar uma piscadela. - Pode me ver uma garrafa de rum? - Pediria, cruzando as pernas. - Acho que vou ficar mais um tempinho por aqui… - Olharia nos olhos dele com um olhar sugestivo, tentando perceber se ele seria receptivo a um possível flerte. Interesse eu tinha de sobra. Caso notasse que não havia correspondência, apenas tomaria minha bebida em paz até o amanhecer, e claro, pagaria minha conta sem reclamar.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5
Arthur Lancaster
Imagem :
Ren na Grand Line - Página 2 20200413-venom-3-scaled
Créditos :
05
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t362-arthur-lancaster-cavendis https://www.allbluerpg.com/t866-vol-4-a-vinganca-pelo-massacre#7213
Re: Ren na Grand Line Qua 23 Fev 2022, 00:38




»» Ren na Grand Line««

- Post 13 -


Ж

Já dizia um sábio qualquer, a calmaria precede o caos, mas seria isso mesmo? ou apenas um descanso comum para após uma missão conturbada.

- Imagina, o prazer de te conhecer já valeu a pena.  - Seu sorriso era deslumbrante. - Uma mulher com bom gosto para bebida.

Ele fornecia uma garrafa cheia, e a colocava sobre a mesa, percebendo seu flerte, ele fitava seus olhos e então expressava. - Gostei das pigmentação de seus olhos, combina com sua beleza angelical. - Ele limpava alguns copos, e então se aproximava sussurrando em seu ouvido. - Logo mais meu turno termina, o que acha de levarmos sua garrafa de rum e sairmos para praia contemplar o céu estrelado?

Uma baixinha se aproximava puxando a orelha do galante garçom. - Ei você! Ainda não terminou seu turno. - Ela notava você e então sorria de forma gananciosa. - E você lindinha, ficou 200.000 berries.

Um tempo se passava, Izzy se juntava em uma mesa de jogos aproveitando seu tempo de descanso, seu copo se esvaziava juntamente com as pessoas por ali, horas se passavam e então Leônidas voltava. - E então quer aproveitar o restinho da noite?





Histórico:





_________________

Ficha

Ren na Grand Line - Página 2 D53b08482d797eb7a0e39d5577863c78b1b4d947

Bim sala bim

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Ren na Grand Line Qua 23 Fev 2022, 01:55




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 15




Izzy decidiu ir passar o tempo em uma mesa de jogos, e o garçom, cujo o nome eu ainda não sabia qual era, parecia bem interessado em me conhecer melhor. Minha experiência com homens era bem grande pra minha idade, e eu sabia dizer muito bem quando um deles começava a emitir esse tipo de sinal, e ainda tem o fato de que o garçom realmente não tava se esforçando para disfarçar suas intenções. Levantaria a sobrancelha, me divertindo com toda aquela situação. Aquele comentário sobre os meus olhos com certeza foi algo nem pouco discreto, ele obviamente estava correspondendo ao meu flerte sutil, até me convidou para irmos na praia juntos! Normalmente eu tinha que ser bem mais agressiva nas minhas táticas pra seduzir alguém, mas dessa vez eu não precisava nem tentar, e isso sinceramente era algo que me entretia muito.

Bom, sabe como é, né? Pelo visto, só tinha mesmo uma escolha interessante que eu tinha como opção para passar aquela noite de descanso e fazer ela ser minimamente interessante. Afinal, eu gostava bastante de flertes casuais, principalmente quando caras bonitos estavam envolvidos. Com certeza ir na praia com aquele gato era melhor do que passar a noite toda bebendo sozinha ou em má companhia. Então, depois de refletir um pouco, decidi que tinha chegado a hora de partir para a parte interessante. Depois dele fazer o seu convite, eu responderia após dar uma risadinha discreta. - Vamos, eu adoraria. - Falaria, com uma expressão sorridente. - Mas antes, a gente precisa pelo menos se apresentar direito. - Colocaria a mão esquerda na minha cintura antes de continuar. - Meu nome é Ren! - Tomaria a iniciativa, para então esperar a resposta.

Aceitaria também o convite de ir até a praia com a garrafa de rum. Ao sair na rua, tomaria muito cuidado para não olhar diretamente para a lua e acabar entrando na minha forma Sulong, pois por mais que eu tivesse controle total sobre ela, a transformação me cansava bastante e era quase certeza de que o coitado do garçom ia se assustar e me deixar sozinha de novo. De qualquer forma, ao chegar na praia, sentaria na areia e faria com os dedos um sinal de "vem cá" para que o garçom sentasse do meu lado. - Me fala mais sobre você. - Falaria, após tomar um gole de rum, provavelmente já meio alcoolizada. - Nasceu aqui na ilha mesmo? Qual a sua história? - Eu continuaria perguntando, na intenção de deixá-lo mais confortável comigo antes do flerte continuar, além da minha natureza curiosa e bisbilhoteira, claro. Caso eu percebesse que ele não estava ali pra conversar e queria ir direto para as vias de fato, eu rolaria os olhos, ao mesmo tempo fazendo um sorrisinho sugestivo no rosto, e então me aproximaria de sua face, lentamente e olhando bem nos seus olhos, colocando minhas mãos em seus ombros, para enfim dar nele um demorado beijo nos lábios. Se possível, ficaria lá até a manhã do outro dia.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Ren na Grand Line - Página 2 UNCo9W5