Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Operação FireflyHoje à(s) 6:31 pmpor  WeskerO Bando da Rainha CaolhaHoje à(s) 5:18 pmpor  ShiroIII - Death or ParadiseHoje à(s) 5:16 pmpor  Lyosha[P.D.N] Liu Feng - Marciano aceitou narrarHoje à(s) 4:33 pmpor  Jean FragaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 4:27 pmpor  SubaéCriação de AventurasHoje à(s) 4:23 pmpor  SashaI - Anjo CaídoHoje à(s) 4:20 pmpor  SashaLiu FengHoje à(s) 3:22 pmpor  Jean FragaCap. 2 - Ascendendo às profundezasHoje à(s) 2:47 pmpor  Van四 - Morte e SangueHoje à(s) 2:37 pmpor  Koji
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 7 de 7 Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Mazushi: Por um punhado de berries Qui Maio 13, 2021 7:01 am
Relembrando a primeira mensagem :

Mazushi: Por um punhado de berries

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Civis Yu Wei, Ren & Izzy. A qual não possui narrador definido.

_________________

Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Van
Ver perfil do usuário
Imagem : Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 Q4frd31
Créditos : 22
VanPirata
https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138

NARRAÇÃO


As horas passavam na biblioteca rapidamente. Nem parecia que ele havia neutralizado um procurado, lavado as roupas e tomado banho. O interesse no aprendizado fazia o tempo passar de maneira veloz e assim concluiu com facilidade o ensino, já animado para o próximo.

O espaço de aprendizado da universidade era referência no assunto e não faltavam materiais de estudo e Nostrade aproveitava ao máximo. A importância de um espaço de ensino gratuito era muito apreciada e pouco valorizada. Somente uma boa educação é capaz de aumentar o índice de qualidade humana em uma sociedade justa e democrática.

Mais do que conhecer, era importante direcionar o campo de estudos para evitar o acúmulo de informações em detrimento ao conhecimento. Desta forma, os doutores não são pessoas de conhecimento amplo e sim especializado em uma determinada área. Diferente de sistemas operacionais, o cérebro racional - seja humano, homem peixe ou outra raça humanóide inteligente - possui limites e respeitá-los é importante no desenvolvimento.

O caçador parecia entender este conceito como a palma de sua mão. Palma esta que aprendeu a função ao estudar Anatomia Humana. Agora ele tinha um objetivo completamente distinto, contudo, igualmente importante em sua jornada de vida como Caçador de Recompensas e sem muita demora encontrou o setor sobre construção bélica.


Yohan Mikaratsu:

Draken Nostrade:

_________________

Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 SV0Tlmo
OverLord
Ver perfil do usuário
Imagem : Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 EzhD8ov
Créditos : 13
Re: Mazushi: Por um punhado de berries Sab Abr 30, 2022 11:08 pm
Mazushi
Por um punhado de Berries




Havia já lido um livro, o de anatomia, mas ainda buscava um segundo para ler, tanto para matar tempo, quanto para aprender alguma coisa que pudesse ser útil nas caçadas futuras. Seu segundo livro era encontrado no setor sobre construções bélicas, agora procuraria aprender em como criar munições, algo necessário para um atirador. Após chegar naquele setor, Nostrade pegava o livro sobre projéteis e retornava para a mesma mesa de antes e então, abria o livro.

~Início do Aprendizado de Projéteis~

A base do livro era em lhe ensinar em como criar munições diferenciadas, não apenas projéteis comuns, mas balas com efeitos diferentes. Balas que podiam se fragmentar no impacto, ponta de uma flecha que poderia ficar cravada no alvo, mas para isso, precisaria saber como criar uma flecha, visto que aquele livro não era sobre corpo de uma flecha, mas sim em como criar projeteis diferenciados. *Uhm, pelo que estou entendendo, se eu procurar outros livros, talvez sobre química e venenos e eu somar com o que aprendi com esse livro, conseguirei criar balas envenenadas, até mesmo que possam queimar, eletrocutar ou congelar ao impacto..* O jovem prodígio continuaria a folear aquele livro, absorvendo tudo o que era capaz sobre como forjar balas e pontas de flechas personalizadas. *No futuro, poderei forjar munições especiais para usar contra os meus alvos, cada munição para um determinado momento e situação, não desperdiçarei as balas para qualquer um e à toa.* O caçador de recompensas novato então continuava a folear aquele livro, até que o mesmo tivesse lido todo.

~Fim do Aprendizado de Projeteis~

E então, a leitura era finalizada, o mudo se levantava da cadeira, segurando o livro com a mão direita, que horas eram? Draken então caminhava até o setor de construções bélicas e colocaria o livro na prateleira correta e por fim, caminharia para fora da biblioteca, como sempre, analisando o local e as pessoas de lá, se tivesse alguém na biblioteca, é claro. Na porta, olharia para o céu e então, daria um passo para fora. *Será que terá alguma loja aberta?* Visto que um daqueles marinheiros havia lhe dito para ir no porto, Nostrade caminharia até o local dito pelo soldado, algumas horas atrás e lá, analisaria as lojas para ver se teria alguma aberta e funcionando. Caso encontrasse alguma, o mudo entraria no estabelecimento e mostraria o papel, no qual escreveria: – Boa noite. Gostaria de comprar uma caneta e um bloco de notas. Caso fosse questionado, sendo argumentado de que o assassino estava em posse de uma caneta e papel, responderia: – Esse papel não vai suprir para sempre e essa caneta, nem minha é.

Quando o(a) vendedor(a) trouxesse o bloco de notas e a caneta, esperaria que fosse anunciado o preço para então, pagar a pessoa devidamente e ainda usando os pertences antigos, perguntaria: – Você vende isqueiro? Se não, sabe de alguma loja? Se sim, quanto? Caso fosse positivo, pagaria o preço e colocaria o isqueiro no bolso direito interno do terno, junto com o maço de cigarro. Caso não vendesse lá, iria até a próxima loja, a que vendesse e repetiria o processo do pedido do isqueiro e de onde guarda-lo. Após tudo aquilo, o tempo na biblioteca e as compras, o jovem retornaria para a casa de Yohan, precisaria tirar um cochilo para que pudesse recomeçar a sua rotina no dia seguinte, pesquisando por novos alvos. Como já havia ido para a casa dele uma vez, Draken sabia aonde ficava e por isso, ia até lá. Uma vez lá, adentraria na casa pela porta e depois, fecharia ela. Procuraria a cama da casa e se deitaria lá, um cochilo seria bom para relaxar o corpo e a mente, após todo aquele dia corrido.








Histórico:

Legenda:

Objetivo:

_________________

Van
Ver perfil do usuário
Imagem : Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 Q4frd31
Créditos : 22
VanPirata
https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Re: Mazushi: Por um punhado de berries Sex Maio 13, 2022 12:35 pm

[justify]
NARRAÇÃO
[font=Trebuchet MS]

Um dia proveitoso. Não havia descrição melhor para o momento do mudo. Ele capturou um procurado, conseguiu uma arma, aprendeu novas habilidades e até mesmo um isqueiro estava em sua posse. Como diria Ice Cube: Today was a good day.

O caçador agora podia descansar e se preparar para um novo amanhecer. O que ele fará? Procurar um novo alvo, aprender outra habilidade, fazer novos amigos? Só o tempo dirá!

Avaliador escreveu:


Over

GANHOS

● Isqueiro, bloco de notas e caneta novos (será entregue no último post) OK
Isqueiro:
Caneta:
● Revolver antigo (post 19) OK
Revólver:
Bloco de Notas:
● Recompensa Procurado Luke 5 milhões (mas após os descontos e divisão 1.875.000) (Post 19) OK
● Proficiência Anatomia (Post 21) OK
● Proficiência Projéteis (Post 22) OK


PERDAS

● N/A

ALTERAÇÕES

● Berris: 200.000 > 1.700.000 OK
● Procurado de maior valor: 5 Milhões (Luke) OK

NOTA FISCAL

● 1.875.000 - Recompensa do Luke (depois da divisão e descontos) OK
● 20k - Limpeza de roupas OK
● 25k - Bloco de notas, caneta e isqueiro OK

RELAÇÕES

● Não Fez OK

STATUS

PDV: 100% OK
STA:  100%  OK
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: Vício: 05/15 OK

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:
Espaço de ocupação: 0/8

EXPERIÊNCIA

Experiência: 528 EXP



Wild Ragnar

GANHOS

● 500.000 (Madame Morgana)OK
● Kukri (Post 15) OK
Kukri:
● Revolver (post 15) OK
Revólver:
● 1.975.000 - Recompensa do Luke (depois da divisão e descontos) OK

PERDAS

● N/A OK

ALTERAÇÕES

● Berris: 0 > 2.475.000  OK
● Procurado de maior Valor: Luke, 5 milhões OK


NOTA FISCAL

● 1.975.000 - Recompensa do Luke (depois da divisão e descontos) (post 19) OK
● 500.000 (Madame Morgana) (Post 6) OK
● Kukri (Post Cool OK
● Revolver (post 15) OK

RELAÇÕES

● N/A OK

STATUS

PDV: 100% OK
STA: 100% OK
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: Vício: 02/15 OK

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:
Espaço de ocupação: 0/8

EXPERIÊNCIA

Experiência: 557 EXP

Quantidade de turnos do(s) Narrador(es): Milabbh: 01 (+01 turno pra conta)
Yami: 00 (+2 Turnos pra Conta)
Deep: 02 Créditos (+1 Turno pra conta)
Van: 02 Créditos


Opinião sobre a Narração:


Narradores:
Jogadores:

_________________

Mazushi: Por um punhado de berries - Página 7 SV0Tlmo