Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Grupo 8 - Akira, As, Ren

Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Shiori
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 EEEWL0c
Créditos :
67
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
Grupo 8 - Akira, As, Ren Ter Nov 08, 2022 10:24 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Aqui ocorrerá a Batalha dos Participantes: Shimizu D. Akira, As E. Volkerball, Ren

Fichas do Grupo:

_________________

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 YHVeK1M

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 VYrwji0

Narrador De Eventos
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 350x120
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Grupo 8 - Akira, As, Ren Sab Nov 19, 2022 10:44 pm



~Cerebro e Esporos~

Graças a Sirius, sutis alterações eram imperceptíveis pelo ambiente. No entanto, desta vez o ambiente se mostrava muito mais agressivo que momentos antes. Uma borrifada violenta entre os cogumelos levantavam uma cortina de poros em variadas cores; era até bonito de se ver, exceto pela sua letalidade. Os poros infligiam tanto Às quanto Ren, já que, eram as únicas na superfície. Por sinal, Akira estava se preparando para cavar sua fuga daquela zona grotesca que ele havia parado. Como sempre, o carismático rapaz era bastante criativo.

Com o suporte de Sirius, Volkerball tentava identificar o que havia causado aquele impacto. Em um processamento um tanto quanto lento, era possível ver que o sistema diria que a colisão seria por meio de uma rajada psicosonica extremamente poderosa. Afinal, havia até mesmo afetado a caçadora que detinha um corpo bastante único.

A caçadora falava em voz alta para sua aliada, chegando a fazer o Devorador de Mente expressar um rosto irritado, mas logo soltando uma risada cínica. – Uh-huhuhuh! Quanta asneiras. Ele diria enquanto seus tentáculos serpenteavam seus ombros e estavam se preparando para seus próximos movimentos.

Às estava centrada, diligente e usufruía de suas habilidades natas para se mover entre a floresta e evitar o campo de visão, o que seria tolice em razão das habilidades mentais do Devorador e isso Sirius notaria mais tarde. Entretanto, por não saber, ela arriscava a tática e manifestava seus hakis em prol de reforçar seus atributos físicos, uma sábia decisão de fato.

Enquanto isso, Ren manifestava uma aura elétrica de altura notável. Chegando até mesmo fazer o devorador arregalar os olhos. – Que forma mais peculiar, para uma mera humana-felina. Ele em si não estava assustado, mas com certeza seu intelecto que armazenava uma larga quantidade de informações sentira que ser alvejado por aquilo não seria nem um pouco agradável. Exatamente por isso a mulher atraia a atenção do adversário, sendo algo bom ou não.

A Mink estava tentando acompanhar os movimentos de sua aliada para disparar uma rajada elétrica e eletrificar o corpo cibernético da caçadora, porém, perdera de vista a mulher por razão de sua estupenda mobilidade pelos ganchos entre os cogumelos e arvores do ambiente. Inclusive, seria nesse momento que Ren sentira seu corpo envenenado e bastante afeto pela toxina, tal ponto que seus olhos chegavam a ficar nublado. Afinal de contas, a felina também estava atordoada pelo golpe outrora do devorador.

A caçadora achava que o inimigo estava com suas defesas baixas, e ele havia feito isso exatamente para instigar o ataque do seu oponente. Uma estratégia bastante sagaz e ardilosa, por sinal. – Pobre criatura, lhe darei um fim adequado, agradeça minha generosidade. Ele diria de forma arrogante e imponente. Em seguida, teleportava para as costas de Ren, que havia disparado seu raio com bastante dificuldade.

O devorador havia enganado a Mink, fora o fato de sua mente estar atordoada e seus sentidos intoxicados pelo veneno ambiental, ele demonstrava estar desprotegido, mas não estando de fato. A forma em aura ainda prevalecia com tenacidade, apesar de tudo. Contudo, dois ataques atingiam em cheio a felina por de baixo da terra, evitando assim sua forma elétrica nociva, e então por fim, o devorador usufruía sua técnica “Colapso Nervoso”. O tentáculo era recheado com poder psíquico que atingia em cheio Ren e a lançava a uma longa distância, ainda que não houvesse força para empurrar, a onda psíquica gerava um estrondo e um poder ofensivo bastante peculiar e divergente do que a Mink conhecera, exatamente por isso ocorria um rompimento com ar e lançava como um boneco sendo puxado por cordas.

Apesar do ímpeto e da resiliência da felina, o ataque havia consumido ainda mais seus sentidos, aumentando seu estado de atordoada e ainda impondo um nível alto de medo. Tal fato é, que era possível ver o maior medo no fundo de sua alma, talvez nem mesmo ela conhecesse..., mas seria possível agora ver.

Ren havia sido alvejada em poucos instantes, mas suficiente para centrar a atenção do devorador durante o tempo que Às tentava pega-lo desprevenido. Se houve alguma possibilidade com isso, jamais saberíamos, por razão de que... ele estava ciente da caçadora em seu encalço. Apesar de estar ciente, a agilidade da caçadora era veloz a ponto de dificultar a reação do oponente.

A caçadora havia tentando dar suporte para sua aliada, mas tempo lhe faltou. O predador daquele evento então fintava a mulher cibernética e quando desferiu seu tentáculo no corpo para atacar, usufruindo de sua leitura de pensamentos e intelecto avantajado, fintou Às e então com seu corpo nublado, se esgueirava para as costas da caçadora, após ser golpeado de raspão no tronco.– Uh-hu! Achas que enganará a mim?! Sou o ser supremo! Nada e ninguém pode me derrotar. Trema diante o Devorador de Mentes! A criatura então apanhava com seus dois tentáculos a cintura de Às e com um apertão, severo e bastante destrutivo, ele disparava uma rajada mental que infligia um poderoso dano a queima roupa na mente de Volkerball.

O ataque havia atordoado severamente a caçadora, não foi pior pelo fato de que seu aliado surgiria das cinzas em meio as terras para voltar a batalha, atraindo a atenção do devorador. O tritão havia usufruído de sua técnica em conjunto de suas habilidades para romper as camadas de terra e ser impulsionado pela água com objetivo de retornar a superfície. Akira acabava usando sua técnica de uma forma não tradicional, não sendo muito efetiva por razão de estar usando um trampolim aquático meio fora de eixo, mas suficiente para cobrir o necessário.

O devorador de mentes estava inicialmente tapando o buraco, mas teve seu foco nos inimigos a sua frente, deixando o tritão sucumbir com a terra. Contudo, ele não sabia da maestria aquática que o tritão detinha. Claro que ele havia analisado a manipulação, mas jamais imaginou que o garoto possuía tamanho domínio. – Hunf. Vamos dar um fim nesse pássaro. O jato de água do tritão rompia as terras dentro do buraco, fazendo-o ver novamente o céu. No entanto, logo sendo acometido pelos poros venenosos do ambiente.

Todavia, as habilidades curativas do tritão e sua tenacidade lhe permitiram alvejar o Devorador de Mentes. O voo rápido encurtou a distancia entre o oponente e Akira, mas uma colisão de ambos os lados ocorria; Akira com seus braços cobertos com Haki e os tentáculos da criatura que colidiam e então aplicava a habilidade “Raio Enfraquecedor” ao qual não era tão poderoso ofensivamente, mas com certeza perturbava a sinergia do corpo do tritão.

A colisão era devastadora, tão demolidora que o Devorador era jogado a vários metros de distancia até colidir em um dos espessos cogumelos coloridos. Shimizu por sua vez, era refletido e jogado para trás até quebrar alguns cogumelos e ser arrastado pela terra até bater sua cabeça em outro cogumelo. A força de ambos gerava uma massa de ar e um estrondo aterrador, destruindo boa parte do centro de combate e jogando detritos como terra, pedras, cogumelos e raízes para todos os lados.

A situação estava na seguinte forma: Ren estava bastante aturdida. Às sentia suas costelas parecendo estarem trincadas, mas talvez só fosse a dor elevada. Enquanto Akira sentia seu corpo fraquejar, não por danos ou ferimentos, afinal, isso seria difícil acontecer uma vez que suas habilidades eram excepcionais nisso. Todavia, aquele esquisito raio deixava seus músculos e sua disposição bastante reduzidas, provavelmente tudo estava acontecendo conforme a estratégia do devorador, ou seria meramente acaso? De qualquer forma, a criatura não imaginou que o tritão conseguiria sair de sua jaula. Mas isso não mudaria seus planos. No final, o Devorador desejava corromper as mentes de seus inimigos e consumi-los por completo.


Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 D1a7fb8829cffcef5fafd05e97f9afac

Devorador de Mentes:

classes escolhidas:

Turno 3:


OBS:
Yami
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 Giphy
Créditos :
46
Localização :
Alabasta - 7ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t2089-hellhounds-6-sands-and-tears
Yami
Avaliador
Re: Grupo 8 - Akira, As, Ren Ter Nov 22, 2022 11:07 pm

Masmorras e Dragões
- Falas | ~ Pensamentos

PDV: 103.380/103.380 +
STA: 2.236/2.400
CONDIÇÕES: N/A



GHYAHAHAHA! E não é que o sujeito sabia bater? Erguia-me meio atordoado em meio ao oceano de esporos no qual estávamos submergidos agora. Tossia seco, sentindo a garganta fechar, mas as chamas pareciam queimar rapidamente o sentimento de agonia. — Se Às e Ren ficarem perto demais desse cara… A situação não vai ficar boa. Preciso ser o escudo delas. — Talvez o espírito do guerreiro de armadura brilhante havia me tomado, mas precisava agir rápido se realmente fôssemos querer sair vitoriosos daquilo tudo. Ao menos, sabia que se ele pudesse sangrar, poderia morrer.

Precisava aproveitar da queda da criatura para nos recuperar o mais rápido possível, e por isso não perderia tempo em utilizar do Soru para intensificar minha investida por todo o caminho no qual eu havia sido lançado, saltando logo em seguida para engatar num voo em velocidade máxima na direção dos demais. Já perto de Às e Ren, me colocaria na frente das duas, intensificando as chamas em mim e nelas (Combustível Etéreo), de modo a afastar toda e qualquer mazela que estivessem sofrendo. — Se quisermos lidar com esse cara, precisamos agir juntos… Reparam como ele tenta nos manter longes um do outro? — Comentava, observando o cabeça de polvo à distância. — Consegue distraí-lo? — Comentaria para Ren, olhando para minha irmã em seguida com um sinal de afirmação na cabeça, sabendo que seria hora de agirmos rápido. — Todos juntos dessa vez. — Mencionaria isso, ao mesmo tempo em que ativaria a Aura Devota, capaz de aliviar ainda mais os efeitos que estavam sob elas e, também, mitigar todos os ferimentos que chegassem até elas nos próximos instantes.

Durante aquele breve intervalo, poderíamos ter sido interrompidos com algum ataque à distância, momento no qual eu agiria antecipadamente ao me precaver com o Haki da Observação, em conjunto com o Kami-e, para facilitar uma ágil esquiva de seu ataque. Em seguida, independente da esquiva anterior, iniciaria uma corrida direta em sua direção, mantendo minha irmã e a Mink protegidas logo atrás de mim e de minhas asas flamejantes. Naquela circunstância, estaria avançando como a ponta da lança em sua direção e, também, como seus escudos, buscando evitar por completo que fossem feridas novamente enquanto eu estivesse por ali.

No último instante, após captar toda a reação do inimigo com nosso avanço, mudaria o trajeto se necessário fosse ir atrás dele, uma vez que ele já havia demonstrado uma capacidade de teleporte peculiar. Além do mais, se fosse para me prender de novo naquela gaiola, que ao menos fosse com as outras, de forma que poderíamos escapar com maior facilidade se estivéssemos todos reunidos. Mas de qualquer maneira, avançando em sua direção após todas as probabilidades, saltaria um pouco antes de alcançá-lo com um bater de asas, deixando o caminho livre para que Às e Ren avançassem com o caminho livre. Ao mesmo tempo, eu contornaria-o por cima, a ponto de me situar logo atrás de sua cabeça, momento no qual efetuaria o Geppou para mudar rapidamente minha trajetória em sua direção. Naquele instante, estaria acumulando uma quantidade razoável de água ao redor de meu punho, preparando um golpe mais impactante em breve.

Com o avanço ágil, esperando que minhas aliadas o golpeassem pela frente, eu viria atacando-o por trás com um poderoso chute contra sua nuca, cravando as poderosas garras contra sua carne ao mesmo tempo em que expelia a água de seu corpo e o queimaria com aquelas chamas divinas de Paladino. Ainda aproveitando o momentum, bem como ao notar como ele iria se defender, realizaria um rápido giro com meu corpo, ainda no ar, para agora me jogar mais próximo de suas costas. Dali, efetuaria um soco direto contra suas costelas, utilizando toda aquela água acumulada para destruí-lo de dentro para fora. — Seikenryū: Umidaiko! — Expressaria, deixando que toda a força do ataque fosse projetado adiante.

Ainda que fosse golpeado, arremessado para longe ou perdesse algum ataque planejado, não interromperia meus avanços contra ele com tudo o que eu tinha. Seus ataques eram ardilosos, e geral males que eu jamais havia sentido em minha pele, mas por hora aquelas malditas chamas eram capazes de me manter íntegro, e precisava me apoiar nelas se quisesse ganhar aquele combate. Por isso, sem tempo nem para recuperar o fôlego, para que meu inimigo também não o fizesse, me aproximaria do Devorador com uma abordagem quase bestial, muito diferente do estilo mais suave e elegante que costumava efetuar.

Dessa vez, com punhos erguidos e água me rodeando como satélites naturais, avançaria contra o adversário realizando pequenos jabs no ar, de modo a provocar um disparo ágil de água na direção do mesmo, focando em áreas particularmente desprotegidas e frágeis de sua anatomia. Seria uma sequência ágil e, apesar do grande potencial destrutivo, aparentemente inocente, mas no instante em que a água fosse espalhada ao seu redor após atingi-lo ou após uma defesa bem sucedida, eu moldaria a mesma água para que ela subisse por debaixo de seu queixo de tentáculos, usufruindo de um ponto cego para um golpe direto contra sua cabeça.

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 767

Em caso de teleporte entre os jabs e o ataque surpresa, não precisaria me preocupar tanto. Sendo capaz de extrair água de qualquer lugar, até mesmo da vegetação e do ar, eu seria capaz de extrair a umidade do chão para atacá-lo onde quer que ele fosse. Por isso, independente de suas artimanhas e possibilidades que viessem a ocorrer durante a execução dos ataques, a prioridade seria me manter o mais perto possível das meninas e, mesmo caindo, me reerguer para retomar os avanços contra ele, não deixando espaço para que pudesse nos analisar novamente ou retomar o fôlego perdido.

Técnica Utilizada:

Habilidades Paladino da Devoção:

Formas Zoans:


_________________

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 V8upj2D

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 YDNzcDa
Às
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 BcOqz4N
Créditos :
21
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists
Às
Designer
Re: Grupo 8 - Akira, As, Ren Dom Nov 27, 2022 1:02 am



»» D&D ««

- Às Volkerbäll -


♠


A abordagem por mais veloz que tenha sido não era a ideal, muito menos a mais efetiva. As reações daquela criatura não pareciam seguir as reações baseadas na percepção do Haki, mas sim de algo bastante similar e como se não bastasse tais nuances que já tornavam o embate bastante complicado o local por inteiro parecia se voltar contra nós, disparando um pólen venenoso o qual nem eu e muito menos Ren éramos capazes de evitar. Sirius alertava-me dos perigos a cada segundo investido naquele ataque, fosse a determinação de que era atacada por golpes de energia psíquica, até mesmo a confirmação de que talvez o ‘devorador de mentes’ estivesse de fato lendo a mente de todos nós e assim, sempre se colocando em vantagem tática, cobrindo com bastante eficiência suas fraquezas.

Havia por pouco conectado meus ataques, mas era contida em meio a investida e sofrido um golpe a queima roupa, tão poderoso quanto o que havia sofrido anteriormente. - Merda! - praguejava, tentando recobrar meus sentidos, mas notando que demorava um pouco para recobrar plenamente minha condição física. De relance podia notar que Akira voltava a se juntar à luta, surpreendendo nosso inimigo com um investida poderosa. - Sirius, consegue criar um protocolo emergencial? - sussurrava, em meio a tentativa de recolocar-me de pé, com Akira a atrair a atenção da ameaça. Deixava um comando pré-estabelecido de maneira silenciosa, antes de ouvir a voz de meu irmão. - O desgraçado lê mentes, pensar demais também não vai ajudar. - respondia ao ruivo, concordando com a estratégia mais óbvia, focarmos tudo em uma ofensiva mútua. Embora não soubesse a real condição de Ren para o combate, com Akira ao meu lado não precisaria pensar muito, nossa coordenação já era boa o suficiente para agirmos meramente por instinto.

Deixaria o ruivo tomar a ofensiva, usando meu Haki de Observação para aumentar meu grau de atenção para um eventual golpe a distância do devorador ou mesmo de um súbito deslocamento do mesmo, utilizando do Kami-E para evadir-me rapidamente de tais situações para que assim pudesse usar o Soru para ganhar mais distância e tempo para recuperar-me. No entanto, caso o ruivo conseguisse puxar imediata atenção, avançaria junto dele, mantendo o Haki somente para evitar ser atingida ou surpreendida por golpes que por ventura o ruivo preferisse desviar. Sabendo bem como meu irmão combatia, usaria Orion para me prender a seu tronco e puxar-me, sabendo que tal ação não prejudicaria seu avanço. Usaria o seu bater de asas para então avançar bruscamente com o Soru, usando o rokushiki em conjunto ao mecanismo para maximizar minha velocidade e assim saltar na direção do devorador no exato momento que Akira saltasse, nem que para isso tivesse de atravessar as chamas azuis, com o punho imbuído com o Haki de armamento para conectar um poderoso direto contra a face da criatura. Com Orion preso a Akira, deixaria meu irmão circundar a criatura para que assim eu usasse o Kami-E para igualmente circundar nosso oponente, para que assim conseguisse amarrá-lo com o cabo, numa tentativa de restringir momentaneamente seus movimentos, imbuindo o mecanismo com o Armamento para que não fosse tão fácil assim sair dele.

A partir daquele momento, deixaria Akira partir com tudo para cima da criatura, enquanto eu movia meu corpo em um gingado característico de boxeadores, usando minha observação para evadir-me de seu raio de visão, acreditando que seus golpes psíquicos se baseiam no contato visual para que pudessem ser usados de maneira efetiva. Com meus companheiros vindo ao ataque em conjunto, aguardaria suas investidas para sincronizar meus movimentos, especialmente com o ruivo. Se notasse que Akira erraria seu ataque, colocaria minha mão na frente do golpe, não apenas absorvendo seu impacto como também aproveitando da água que ele usava para potencializar meu karatê tritão e assim desferir poderosos socos na região da cabeça da criatura. Não apenas focaria no entanto, em absorver os golpes de meus aliados, se o Devorador de mentes usasse seus tentáculos, usaria de Altair para absorver o impacto com uma das mãos e direcionar o dano absorvido com a outra, fosse com um gancho poderoso ou um golpe “martelo”, usando e abusando das características do meu Armamento para maximizar o dano causado.

No entanto, caso o Devorador conseguisse me golpear com força o suficiente para me arremessar longe ou derrubar-me, levantaria outra vez, removendo Orion de Akira e usando o outro gancho para me prender ao inimigo a uma distância curta e assim evitar de ser jogada longe ou mesmo para que conseguisse puxar-me de volta a batalha, conciliando outra vez meus ataques junto ao do ruivo. Caso sentisse que os tentáculos seriam um perigo grande demais, usaria “A luz que protege” para aumentar minha resistência e potencializar a cura que recebia junto as chamas de fênix. - Você não vai para longe tão fácil assim!











Spoiler:



Histórico:






_________________

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 Z0zQdpF

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 ZaT0xpq
Narrador De Eventos
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 350x120
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Grupo 8 - Akira, As, Ren Ontem à(s) 8:07 pm
A floresta fúngica solta esporos violentos que envenenam as pessoas presentes nela. A chuva é tão grande que nuvens tomam os céus, o ar inteiro é poluído por centenas de pequenos esporos que parecem uma névoa rosa.

1 a 20: Os cogumelos não disparam esporos.
21 a 60: Eles começam a acumular esporos para disparar, +20 para o resultado do dado do próximo turno
61 a 80: Os fungos disparam uma grande quantidade de esporos que envenenam todos os presentes causando o efeito Envenenado II.
81 a 100: Os fungos disparam uma tempestade que domina o ambiente por todo o turno causando Envenenado III.

Quantidade aleatória (1,100) : 26
Narrador De Eventos
Imagem :
Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 350x120
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Grupo 8 - Akira, As, Ren Ontem à(s) 9:51 pm



~Cerebro e Esporos~

Durante o tempo em que o devorador estava distante, logo após a colisão, Akira voava em direção a seus aliados e então lhes dava suporte com suas chamas curativas conciliando com sua aura devota. O tritão aproveitava para combinar um plano com suas parceiras.

O ataque viria combinado pelos caçadores, exceto por Ren que parecia ainda estar confusa e debilitada; apesar de que Akira havia usado seu combustível para curar e neutralizar parte dos efeitos. De qualquer forma, os dois caçadores tomavam a frente e investiam contra a criatura que estava começando a flutuar do chão. – Tolos, tolos, tolos. Resistam, implorem ou fujam... o resultado final ainda será o mesmo! Suas mentes serão minhas. Uh-huhuhu. O devorador estava nervoso e aborrecido pelos intrusos estarem persistindo tanto.

Seus tentáculos percorriam o terreno em busca de atingir os oponentes, mas Akira usufruía do Kamie combinado com haki da observação mesclando com esquiva voláteis para evitar os tentáculos, Às também seguia a mesma onda, apesar de seu haki da observação não ser tão potente quanto de seu parceiro, ela possuía Sirius que era uma mão na roda. Contudo, os tentáculos atingiam em cheio Ren que voava para longe acertando vários Cogumelos até parar a centenas de metros de distância.

Ocorreu a oportunidade de Akira voar e usar o Geppou para auxiliar suas manobras ao mesmo momento que os ganchos de Volkerball agarravam em seu corpo e ela o usava como uma forma de se impulsionar, agregando suas habilidades Rokushiki para potencializar e ainda desferir um poderoso ataque imbuído com Haki, o que dava certo.

O devorador de mentes estava para contra-atacar, mas foi quando Às usou seus cabos para restringir os movimentos do oponente, gerando a oportunidade para Akira apanha-lo pelas costas com um ataque combinado. O chute teria causado um dano terrível, exceto pelo fato de que a força do tritão estava reduzida pelo raio enfraquecedor. Todavia, o tritão atingirá uma técnica que liberava uma rajada de água nos tentáculos e rosto disparando para o céu. Esse ataque teria sido terrível, senão fosse é claro sua força reduzida.

A criatura então começava a se enfurecer, apesar de seu incrível nível intelectual, a cólera estava acumulando e seria liberada a seguir. – Pobre criaturas que desejam a morte, eu vou lhes conceder..., mas não antes de consumir suas mentes! O devorador proferia e então ele manifestava uma aura enegrecida e liberava uma onda de dano em área. – Dedo da morte!

A área era afetada por uma energia negativa capaz de causar um estado “necrótico” que nem mesmo os poderes de Akira conseguiam curar, sentindo seus corpos diferentes por causa dos danos. Eles até podiam escapar, mas como o ataque havia sido em área, ambos eram acometidos pela explosão enérgica. – Vocês sentiram o terror! Eu sou uma calamidade que consumira seus espíritos! Ele dizia ao tempo que uma outra onda era acumulada por alguns instantes e mesmo que os caçadores tentassem correr, seriam atingidos pela explosão negra.

- ONDA DA MORTE!!! Ele gritava então uma erupção negra se espalhava por vários e vários metros, destruindo cogumelos medianos e corroendo os maiores. O dano necrótico era tamanho que chegava a empurrar os caçadores a uma certa distância, enquanto seus corpos tremiam pela necrose que em poucos segundos dissiparia, mas não antes de deixar um dano considerável.

Contudo, os caçadores logo se colocavam de pé e investiam contra o devorador, que ficava se perguntando: como eles ainda estavam de pé. Uma pergunta que poderia parecer simples, mas para uma mente tão sábia era algo complexo de se assimilar.

Akira investia com jabs para acertar uma sequencia de um hit enquanto Às visava dar suporte para o aliado. Os golpes combinados davam certo, mas logo seriam frenados por outra manifestação de poder do devorador. [color=#D2691E]– JÁ CHEGA! Ele pisava no chão e então uma onda mágica surgia e causava um estado de lentidão. – ZONA NULA! O ataque não parava aí, pois, logo ele gerava uma torrente de relâmpagos em área circular que atingira em cheio os caçadores.

O ataque havia causando uma destruição em massa que erradicava quase todos os cogumelos e detritos próximos em razão da batalha. A distancia entre os caçadores e o devorador era pouco menos de 20 metros, já entre Ren e eles era mais de 100 metros. – Huff... Huff... Pela primeira vez o devorador mostraria expressões de cansaço enquanto seu corpo estava coberto de hematomas. Afinal, ele era poderoso, mas sua resiliência física não era seu forte, ainda que detivesse uma armadura fisiológica capaz de suportar parte dos danos. Ele estava começando a sentir os efeitos da desidratação causado por Akira, mas logo usava sua capacidade em "restauração de estado" para neutralizar a condiçao; ainda que acabou sendo aplicado um pequeno atordoamento.

Grupo 8 - Akira, As, Ren - Página 2 D1a7fb8829cffcef5fafd05e97f9afac

Devorador de Mentes:

classes escolhidas:

Turno 4:


OBS: