Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Perpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 9:02 ampor  MakaRegistro de PhotoplayerHoje à(s) 5:40 ampor  RyomaRenHoje à(s) 5:30 ampor  Ryoma[Criações] - RenHoje à(s) 5:29 ampor  RyomaZaynHoje à(s) 5:26 ampor  RyomaAgatha HarknessHoje à(s) 5:20 ampor  RyomaAnnabelle Petit BarozziHoje à(s) 5:17 ampor  Ryoma''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  Ryoma[Criações] - ''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  RyomaJoe SinsHoje à(s) 5:01 ampor  Ryoma
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 2 de 5 Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Operation One - Cut or Shoot Ter Mar 01, 2022 9:18 am
Relembrando a primeira mensagem :

Operation One - Cut or Shoot

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Agentes Uzz. A qual não possui narrador definido.

_________________



Operation One - Cut or Shoot - Página 2 WN4Utd7


Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Seg Mar 14, 2022 12:19 am
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 08

O desenrolo nunca foi meu forte, tanto com aquela madame que antes eu achava simpática, quanto com aquele ferreiro bruto. Sabia que palavras nunca foram meu forte, mas custava nada tentar, porém novamente eu entendia o por que que meu codinome nos Comandos era “Assombroso” e não “Sortudo”. “Maldição, kkk…” Levo a mão a nuca novamente enquanto ouço mais uma pessoa mandar eu ir diretamente ao meu chefe, poderia ser o destino me dizendo o que fazer? Talvez, mas eu já estava convicto em minha mente que isso seria um equívoco.

agente

~ Se é assim, então vamos! ~ Digo um pouco baixo para mim mesmo, mas como um pensamento alto, em seguida saia daquele estabelecimento de forja. O rifle que eu havia escolhido nada mais era que um Winchester, sua precisão era boa, seu poderio de fogo também, mas o que mais me fazia gostar dele era seu saque rápido para efetuação de disparos, porém como nem tudo é flores, seu único problema era no processo de carregamento. Com uma bandoleira bem ajustada ao meu ombro direito, eu puxava o mesmo que estava preso em minhas costas, carregando as dez munições que o mesmo suportava, eu dava o golpe no mesmo, um simples ato de empurrar o guarda-mato e puxar o mesmo, assim deixando uma munição já na câmara pronta para o disparo. “Que comecem os jogos!” Penso enquanto começo a caminhar lentamente.

O tempo começava a passar, e a noite sempre foi minha eterna aliada, nunca fui daqueles de seguir diretamente para o combate, à espera de presa sair de seu habitat e assim eu abatê-la, essa era minha meta, sempre foi, porém agora eu respirava novos ares, novas ideias, novas rotinas, e tinha que me adaptar aquilo, mesmo não sendo muito meu agrado.

agente

“Isso nunca deu certo comigo.” Penso mais uma vez de forma pessimista, o sortudo, como havia falado antes, nunca foi eu, e um combate de frente poderia me acarretar vários problemas, mas eu não hesito por nenhum momento, mesmo que pessimista eu sigo no caminho que seria na direção onde aqueles ladrões estavam. Com o paletó na mão direita, eu tentava esconder o rifle em minhas costas jogando aquela roupa por cima do mesmo em minhas costas, claro que era uma ideia horrível, pois no momento que eu tentava esconder o rifle, meu coldre ficava a mostra, porém naquele momento eu não pensei sobre, apenas caminhei calmamente com a mão esquerda no bolso da calça e a direita segurando o paletó em minhas costas.

O mapa mental se formava em minha cabeça, tentava assim chegar o mais próximo possível do local e depois observar o mesmo. Me mantendo entre sombras e pessoas, se tivessem, eu tentaria ficar ao máximo fora da vista de muitos, com passadas silenciosas e curtas, mesmo que com aquelas ruas cheias de poças, eu não tinha a menor intenção de ser notado [Furtividade]. Ao chegar no local, procuraria algum lugar para me esconder, lugar esse que fosse de ótima vista para onde o alvo estivesse e assim o observaria, poderia durar poucos minutos como também algumas horas, eu queria me certificar de ficar atento a tudo que acontecesse ali, memorizando tudo que estivesse a certa da minhas ótima visão [Visão aguçada] [Memória Fotográfica], assim deixaria o paletó em algum lugar limpo e agradável, como dobraria as mangas da minha camisa branca social.
AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Seg Mar 14, 2022 11:01 pm
Narração - Mendonca


O rio fazia uma curva em certo ponto e ali, uma ponte ligava as ruas, de um lado, um bairro sujo, fedorento e com muitas pessoas famintas e do outro lado, um lixão, não oficialmente, era um terreno cercado com um muro natural de pedaços de tralhas, maquinários antigos e pedaços de barcos velhos, quase como uma pequena fortaleza de ratos e no meio dela, um casebre de paredes verdes.

O Agente estava do lado do bairro, ou seja, ele precisaria atravessar a ponte para chegar ao local, não havia portão e não parecia ter ninguém na ponte, com o sol se escondendo e a lua cheia subindo aos céus, as sombras começavam a tomar conta do ambiente. O casebre tinha paredes de madeira antiga, havia pequenas frestas entre as tábuas e lá dentro, podia ver sombras indo de um lado para o outro, não sabia quantas, era impossível dizer.


Vozes, risos e o barulho de bebidas eram audíveis se fizesse silêncio, ouvia-se também o rio correndo e os cachorros latindo, era somente uma noite comum em Sirarossa. O Agente Uzz, podia escutar vozes, mas não dizer quantas, era tudo muito nebuloso ainda, mesmo sua visão aguçada, não conseguia ver entre as tabuas.

Então, a porta dos fundos foi aberta, um homem saiu do local e foi urinar nos entulhos, segurava uma garrafa de rum em uma das mãos e estava visivelmente embriagado. o atirador poderia tentar alguma aproximação furtiva ou se aproximar oficialmente, afinal, aqueles homens não eram seus inimigos ou seriam afinal? Estava prestes a descobrir.



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Qui Mar 17, 2022 10:14 am
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 09

Já estava escuro, era a melhor situação para mim em uma campanha como aquela, porém eu não tinha os acessórios específicos, me faltava algo para abafar o som dos disparos, se fosse preciso ser furtivo, como também algo para enxergar melhor naquela escuridão, porém eu completaria a missão com o que tinha em mãos, um fuzil, uma pistola e uma faca, só isso me bastaria para acabar com aquela tarefa me dada, e era essa minha conclusão ao observar o cenário e o quanto ele conspirava contra ou a favor de mim.

O paletó já estava em mãos, usando ele para ofuscar a presença do fuzil nas minhas costas, agora eu não tinha mais o porquê de fazer isso. “Será que alguém rouba se eu deixar aqui?” Penso olhando um pouco melhor os arredores daquele bairro pobre. Dobro o paletó e o coloco em algum lugar menos sujo e escondido. Estico um pouco os braços, como também reviro um pouco o tronco, meu intuito ali era me alongar um pouco, ou melhor dizer, me espreguiçar. “É sortudo, nesse caso se o Sherlock estivesse aqui, as coisas seriam bem mais fáceis." Com os dog tags em mãos, eu relembro um pouco alguns dos meus companheiros mortos, assim em seguida puxo minha Luger do coldre. ~ É, ela tá ótima. ~Falo me referindo a pistola após golpeá-la e assim deixar com uma munição na câmara pronta para disparo, em seguida a coloco novamente no coldre. Puxo agora sim aquele rifle das costas, ainda preso na bandoleira, porém com uma amarração para fácil movimentação do mesmo, realizo o mesmo procedimento da pistola, empurro o guarda mato para frente e o puxo, se tivesse alguma munição na câmara a mesma seria ejetada, outra entraria e assim deixando a arma carregada, caso houvesse sim uma já na câmara e fosse ejetada, a pegaria e colocaria novamente no carregador do fuzil.

“Go!” Com o fuzil como minha arma primária, tomava posição de combate, um tanto mais agachado que o normal, com o fuzil mais próximo de mim e passadas rápidas eu sigo pelas sombras daquele lugar, como havia falado antes, a noite sempre foi minha aliada e era nesses momentos que eu utilizava dos meus fatores furtivos para avançar pouco a pouco ao objetivo [Furtividade]. Ao passar pela ponte de maneira rápida, logo avisto e ouço o que seria conversas, risos e até latidos, e isso não era bom. “Merda, cachorros!” Não tinha uma boa lembrança com tais animais, porém continuava a seguir, após a ponte diminuo minha passada, procurando fazer pouca zuada até mesmos nos passos, ia observando as frechas que as tábuas daquele lugar tinha, mas mesmo assim era difícil ter certeza de algo.

O planejamento para conclusão daquela campanha ainda estava sendo montado em minha cabeça, nunca fui o melhor em estratégias, porém me vangloriava em ser um prodígio em improvisar, e como o destino parecia se agraciar de mim naquela noite, a porta se abria e um homem embriagado saia. "Ótimo!" Penso enquanto já crio um plano improvisado automaticamente.

Nunca fui alto, um metro e sessenta e cinco para ser exato, isso sempre me ajudou em posições de combate com armas de fogo, agachado, porém não ao ponto de estar quase sentado, eu sigo pelos cantos mais escuros daquele lugar, sempre fatiando cada esquina e área aberta com a massa sincronizada com a alça do fuzil apontado para o lugar, não queria ser pego se surpresa por nada até chegar ao bêbado.

Tentaria me aproximar das costas daquele homem, com passos lentos e precisos, meu intuito era pegá-lo de surpresa sem fazer barulho. Me aproximaria ao menos uma distância de um metro da retaguarda dele, assim com a ponta do meu fuzil daria duas cutucadas rápidas na coluna do mesmo, cutucadas essas que eram quase como estocadas, com a intenção de machucar mesmo tanto a costela, quanto a própria coluna caso acertasse algum dos dois lugares. ~ Não se mova ou grite, senão você morre aqui e agora! Um tiro na sua coluna e você fica paraplegico! Mãos pra cima!~ Afirmaria em alto e bom som, porém tentava não dizer tão alto para não alertar possíveis outros inimigos. Assim que cutucasse o mesmo com o meu fuzil eu me afastaria sem que ele percebesse numa distância de uns dois metros e meio, para um atirador ficar muito próximo do seu alvo era a maior burrice possível, e assim não ficando a queima roupa do bêbado me dava a vantagem de reação maior que a dele.

~ Cadê o Johnny Dogs? Quem mais está ai dentro dessa espelunca? Desembucha antes que meu dedo comece a coçar e aperte o gatilho!~ Novamente afirmaria em alto e bom tom para o indivíduo não se fazer de lerdo ou surdo. Não hesitaria em atirar no mesmo a qualquer movimento brusco que ele realizasse, meus alvos seriam especificamente sua coluna, por já está mirando nela, e em seguida seu peito, realizando o famoso two taps, onde são dois disparos rápidos, totalizando quatro disparos, dois na coluna e dois no peito. Realizaria tal ação até mesmo quando o abordasse e o mesmo já nem esperasse ouvir minhas palavras e assim fizesse algum movimento que atentasse a minha segurança, como se virar rapidamente, tentar jogar aquela garrafa de bebida em mim, ou puxar algo de sua cintura ou do chão.
AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Qui Mar 17, 2022 5:49 pm
Narração - Mendonca


Quando o cano frio da arma de Uzz encostou nas costas do sujeito, ele não importou, estava bêbado demais para entender, ouviu palavras fortes e meio sonolento, se virou ainda segurando seu membro, urinando nos sapatos do Agente, que mostrava-se atento a qualquer movimento brusco. O homem demorou alguns segundos para entender onde estava e o que fazia, quem era aquele sujeito armado?

A bebida deixo sua mente nebulosa, mas nada como o cano negro de uma arma para dar juízo. O sujeito arregalou os olhos e soltou a latinha da mão - Quem? O que? - balbuciava ainda com as calças arriadas, completamente indefeso - Quem é você? - questionava confuso, visivelmente assustado, afinal, quem não estaria?

Nesse momento, Uzz escutou passos vindo de dentro da casa, uma voz melosa e rouca gritando - PERDEU O PINTO AÍ FORA, NIDEL? - aparentemente, alguém sentia falta do bêbado dentro da casa, o sujeito estaria lá fora. Outra coisa acontecia, um dos cachorros que ficavam dormindo no lixão ouviu vozes e estava se aproximando, ele logo via a cena e estranhava Uzz, o animal então começava a latir de forma raivosa e repetitiva.

O Agente agora tinha três problemas para resolver, havia um animal latindo alto e feroz, podendo alertar toda a vizinhança, o bebado com as calças arriadas em sua frente e a aproximação de uma nova figura em suas costas. O que faria?



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Sab Mar 19, 2022 4:01 pm
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 10

“Maldição” Por incrível que pareça nem sempre tudo saía como planejado, novamente a sorte não era minha amiga e de sapatos molhados eu estava naquele momento. O dedo chegava a ir no gatilho ao ponto de efetuar o disparo, pois ao se virar o bêbado já demonstrava perigo, porém o que ele fazia era simplesmente mijar sobre meus pés, me fazendo assim apenas diminuir a tensão gerada e me fazer pensar melhor. ~Seu merda!~ Afirmei ao ver que ele tinha mijado em meus sapatos.

Eu estava em maus lençóis, além de ter um cachorro bastante dócil e manso, para não dizer ao contrário, e também uma possível pessoa vindo ao nosso encontro, eu tinha aquele bêbado de calças arriadas em minha frente, eu tinha que pensar rápido em uma contra resposta, porém em um combate de curta distância poderiam acontecer x coisas que me prejudicassem, e era por isso que eu sempre optava por lutar a longa distância.

Ainda com o fuzil em mãos eu aponto para o rosto daquele bêbado, meus olhos fixaram os seus ao ponto de transparecer minha frieza perante aquilo. ~ Nidel né? Despiste ela ou vocês vão morrer aqui e agora! ~ Afirmo com bastante seriedade e rigidez, eu queria demonstrar que não estava mentindo em minhas palavras. ~ Cale esse cachorro também, ou eu vou calá-lo! ~ Novamente afirmo enquanto sigo meus olhos para o animal rapidamente e assim volto a encarar aquele bêbado.

~ Apenas quero saber sobre o Johnny Dogs! ~ Falo em voz firme porém baixa, não queria chamar atenção desnecessária, também não queria perder a postura de superior ali falando que eu não os mataria, apenas deixaria implícito que eu só queria tal pessoa.

Se por acaso aquele bêbado não aceitasse minhas ordens e apenas se mantivesse estático à espera de algo, eu não hesitaria em iniciar um combate. Primeiramente desceria um pouco a alça e maça do fuzil na direção do joelho do mesmo, esperaria pelo menos um segundo para que o mesmo esboçasse alguma reação, respiraria fundo e assim caso o mesmo continuasse inerte, apertaria o gatilho dando um disparo quase que a queima roupa em seu joelho, rapidamente me viraria para o cachorro dando alguns passos para aumentar a distância com o mesmo, posicionaria minha mira realizando dois disparos rápidos, procuraria mirar nas patas ou em algum lugar pouco fatal, porém se fosse o caso do mesmo estar muito próximo a mim, não pensaria nem duas vezes em acertar sua cabeça para assim cessar qualquer ataque contra mim.

Com o bêbado um tanto que impossibilitado ali, talvez, eu já havia chamado muita atenção para mim naquele momento, porém eu não poderia mais recuar sobre aquela ação, assim me fazendo apenas aumentar mais a distância para a porta daquela casa, e assim firmar o cano do fuzil na posição dali, mirando na cabeça da primeira coisa que passasse por aquela porta. ~ Mãos para cima! ~  Gritaria, assim que minha alça e maça encontrasse algum alvo em seu caminho, e se caso o mesmo não obedecesse, daria um disparo de advertência em algum lugar que não fosse atingir o mesmo.

~ Eu só quero o Johnny! ~ Afirmo ao fim de tudo mostrando minha real intenção, enquanto mantenho firme meu rifle na direção dos possíveis inimigos, sempre dando um passo ou dash para trás cada vez que os mesmos avançassem.

AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Seg Mar 21, 2022 9:46 pm
Narração - Mendonca


O que era para ser uma simples missão se mostrava aos poucos em um pesadelo. Com os sapatos molhados e o bêbado de calça arriada em sua frente, o Agente mostrava o resultado do seu treinamento. A calma em que demonstrava em suas ações era digno de aplausos, pois, com inimigos em todos os cantos, mostrou uma falha: Misericórdia. Nidel demorou um pouco, mas logo sua mente tomou forma e ele entendeu que estava rendido, os latidos do cachorro não paravam e a ordem de Uzz era cristalina.

O bêbado tinha uma decisão para fazer e escolheu rapidamente - Azulão … - assobia para o cachorro - Ataca! - sua voz mesmo tomada pela dormência da bebida, indicava perigo, o cachorro então rosnou e partiu em disparada. Uzz não viu outra alternativa, acertou o joelho de Nidel, fazendo o mesmo cair apoiando as mãos no chão, seu movimento foi perfeito, mas quando se virou para atirar no cachorro, o mesmo estava próximo demais e o tiro acertou apenas na orelha do animal.

O peso do cachorro jogou o Agente de costas, Azulão enfurecido, tentava morder o rosto do Agente, que tinha apenas seu fuzil impedido que isso acontecesse. Era possível sentir o hálito quente do cachorro e sua saliva pingava na face do jovem, aos poucos a situação parecia apenas piorar, Nidel se arrastava para longe da cena, gritando por ajuda - FELIX, FELIX SEU IMBECIL - gritou para dentro da casa - PEGA UMA ARMA E MATA ESSE MERDA AQUI - nesse tempo, o homem aparecia na porta e via toda a cena, seus olhos por pouco não saltam do rosto.

Felix correu para dentro da casa aos trancos e barrancos, avisando para quem estivesse lá dentro que havia um intruso no terreno. Não sabia quantas pessoas tinham ali, mas fora Nidel e Felix, havia mais algumas, isso era certeza. Uzz agora teria que agir rápido, Nidel se afastava para dentro da casa, ainda rastejando, Azulão babava e tentava arrancar seu rosto, o que faria em meio a tempestade que aquilo virou?



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Seg Mar 21, 2022 11:24 pm
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 11

A situação não estava nada favorável para mim, agora sim eu entendia o por que dos meus instrutores falarem sobre minha pior falha, ser piedoso, e foi por tal falha que aquele caos apenas tomava proporções cada vez piores. “Maldição!” Além dos meus sapatos estarem sujos de urina, agora eu estava ao chão com um cachorro quase que próximo a dilacerar meu rosto, sua baba quente pingava em mim e isso era realmente nojento, apenas fazendo assim meu fuzil separar meus olhos aos dentes do bixano.

Não penso em nenhuma outra coisa naquele momento, de uma coisa eu tinha orgulho, sempre fui calmo e frio em situações sobre pressão [Impassível], não era esse momento que tiraria essa minha virtude, assim logo tentaria colocar mais força em minha mão direita para deixá-la fixa segurando o fuzil, para assim não ser mordido, e em seguida retiraria aquela lâmina que a madame Tamissa havia me dado, sempre soube que a mesma seria útil, então com um saque rápido com minha mão esquerda no coldre, sem hesitar cravava a faca na cabeça do animal para cessar aquela agressão, e também a vida do mesmo. Caso não conseguisse, apenas faria o movimento inverso, segurando com a mão esquerda, e com a direita retirando a pistola e atirando na cabeça do bixano.

Me levantaria naquele mesmo momento, após ver o animal morto, limpava a faca e a colocaria novamente no coldre, caso a mesma fosse usada, averiguaria meu fuzil, o estado do mesmo da maneira mais rápida possível, apenas uma olhada rápida e um disparo novamente contra o cachorro, apenas para me certificar que ela estava funcionando, caso não, jogaria para as costas apoiada na bandoleira, e sacaria a pistola e a faca, ambas em cada mão, sendo a direita a pistola e a faca posicionada abaixo da pistola com a mão esquerda.

agente

“Aquele maldito não vai me escapar!” O ódio começa a tomar conta do meu raciocínio, eu realmente não queria matar ninguém, ou melhor, não queria que ninguém se ferisse, porém eles estavam pedindo por isso, e eu nunca recusaria contra-atacar uma injusta agressão. ~ Uhhhh… vou te pegar Nidel! ~ Falava suavemente, não tão alto, sabia que ele não iria longe com aquele joelho ferido, claro que eu entendi que reforços viriam, porém eu não poderia deixar isso passar. Retraindo o centro de gravidade do meu corpo, agachava novamente para posição de combate, armas sempre próximas ao meu peito, sendo o fuzil ou a pistola, joelhos semi flexionados, e tentaria me aproximar da porta daquela casa com cuidado, se a mesma estivesse aberta seria o melhor caso para mim, porém ela fechada seguiria para o lado e assim tentaria abrir a mesma com maior cuidado, não queria fazer zuadas ou alarmar alguem, tipo Nidel que se rastejava.  

Passando primeiro o cano da arma, caso avistasse Nidel logo em frente, não hesitaria em cessar com sua vida ali mesmo. Dois tiros no peito e um na cabeça, como padrão dos disparos da academia, respiraria fundo antes de disparar e soltava o ar após os disparos, tentava ser o mais certeiro possível, como também o two tapes (dois disparos rápidos) no gatilho era uma das habilidades mais treinadas por mim, e agora fariam efeito. Adentraria aos poucos aquele estabelecimento, apenas pararia para realizar os três disparos, e até um quarto caso o mesmo ainda se debruçasse vivo, e assim avançava um passo de cada vez olhando tudo ao redor daquela casa, até que achasse algum lugar bom para me abrigar e esperar vim os reforços daquele morto, ou até mesmo caso não houvesse lugar para avançar sem contato, ficaria próximo ao corpo, se estive morto, e apenas esperaria o avanço dos inimigos, atirando sem dó ou piedade um por um, até sobrar um ultimo para dar informações.

Se por algum acaso fosse surpreendido, utilizaria meu fuzil para disparar absurdamente contra qualquer ameaça, porém se a mesma estivesse muito perto, utilizaria do fuzil para me defender de qualquer ataque e assim com a mão esquerda puxaria a lâmina que eu possuia e desferia um golpe certeiro no peito inimigo, girando o punho na entrada e na saída para causar bastante estrago.

Abrigado, encostava um joelho ao chão para ter melhor apoio, com o fuzil em mãos eu miraria na direção que o “Felix” havia corrido, assim na direção que minha audição indicava, esperando qualquer inimigo que não se rendesse. ~ Se não se renderem irão morrer todos! Apenas quero o Johnny Dogs! ~ Afirmo novamente com um grito, poderia vazar minha localização para eles, porém eu queria demonstrar que eu não sentia nenhum pingo de medo deles.

AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Ter Mar 22, 2022 11:53 pm
Narração - Mendonca


Dois tiros rápidos nas costas de Nidel. A ar saia dos seus pulmões e o homem tinha sua vida ceifada, sem honra, sem glória, o fim digno de sua vida, pouco relevante. Lá fora, o cachorro também estava morto, a faca cravada em seu crânio, a lâmina era fina e velha, assim que encontrou algo sólido, torceu para o lado e ficou impossível tirá-la. Então Uzz estava dentro de uma casa desconhecida sem conhecimento de quantos inimigos o rodeava.

Era uma situação complicada, estava na cozinha, havia uma mesa redonda com muita coisas sobre ela, caixas de pizza, pratos sujos, copos vazios, talheres etc, a geladeira aberta mostrava uma enorme quantidade de cerveja, havia o fogão com panelas sujas e pia com muitos pratos e panelas, uma completa bagunça com um cheiro ruim.

Havia uma porta que levava para a sala, lá podia escutar alguns barulhos, sem poder distinguir quantas pessoas eram - Quem é você? - perguntava uma voz diferente - O que quer com o Johnny Dogs? - Uzz ainda estava na cozinha, podia escolher avançar para a sala e enfrentar o desconhecido ou conversar e dar oportunidade dos inimigos planejarem algo.

Havia o corpo no chão sangrando de peito para baixo. A porta dava somente para a sala, então havia apenas um único caminho para frente, podia tentar outra aproximação por fora se quisesse, mais por sua memoria, sabia que havia uma janela naquela parte do cômodo onde os inimigos estavam.



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Qui Mar 24, 2022 11:15 am
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 12

Tudo seguia como esperado, não era de hoje que a improvisação era a minha melhor tática, porém eu continuava na premissa que sempre dava certo. “Cpf cancelado maldito!” Penso eu ver aquele corpo já cair fedendo enquanto observo melhor o local e percebo algo estranho, uma bagunça surreal, fora a grande quantidade de pratos e talheres, fora as bebidas que eram vastas. “Acho que alguém torrou bem o dinheiro!” Penso novamente enquanto apoio meu joelho direito ao chão, em frente a porta de entrada da sala, enquanto estava na cozinha.

~ A casa de banhos dragão verde pertence ao governo mundial, roubando ela, vocês estão automaticamente roubando o governo mundial! ~ Um simples grito, transpareço não estar nenhum pouco com medo de quantos ou como eles estavam naquele cômodo, ameaças nunca foi o meu forte, mas minhas palavras eram claras, eles agora haviam se tornado inimigos do governo mundial e isso nunca foi uma boa escolha. ~ O dinheiro que foi roubado, devolvam e tudo voltará ao normal! Darei 10 segundos! ~ Novamente grito, em frente aquela porta qualquer coisa poderia aparecer, um contra-ataque deles, ou apenas uma simples rendição, nunca fui vidente para prever o futuro, logo sempre em prontidão a alça e maça de mira do fuzil estavam apostas, firmadas naquela porta, assim eu carregava projétil a projetil da arma deixando ela totalmente carregada.

Esperaria os dez segundos passarem, se eles entendessem a situação que estavam passando e de algum jeito se rendessem, esperaria para ver alguma reação quanto ao dinheiro, se por acaso eles aparecessem e pedissem trégua eu apenas abaixaria por pouco momento a mira do meu fuzil, porém ao avistar o dinheiro ou se o johnny dogs fosse identificado, não hesitaria em voltar a mira contra os inimigos e os alvejar dando dois disparos no peito em cada. Caso os mesmos não dessem sinal de vida, respiraria fundo, olharia ao meu redor para conseguir mais informações e também tentar montar um plano mais elaborado.

Miraria nos pontos de encaixe da porta com a parede, disparando contra o mesmo tentaria deixar aquela porta mais frágil possível, guardaria o fuzil em minhas costas, claro, entraria em um local menor, um fuzil seria um problema ali, assim colocando o mesmo nas costas com apoio da bandoleira, em seguida sacaria a pistola do coldre sempre verificando se a mesma estava carregada.

Não me intimidava, respirando fundo e firma eu corria na direção da porta e com um chute tentaria derrubá-la assim para surpreender quem estivesse dentro [Briga]. Com a porta caindo examinaria todo aquele cômodo rapidamente, com a minha Luger P08 empunhada nas duas mãos, dispararia contra os inimigos que estivessem mais próximos, sendo de dois a um disparos sendo sempre o maior para aqueles que tivessem mais próximos. Em um simples pulo, tentaria realizar um rolamento para um dos lados mais livres daquele estabelecimento [Acrobacia], sempre de maneira ágil logo voltaria a mira de minha arma para os outros possíveis inimigos, e a cada movimento bruscos dos mesmos, um disparo seria realizado contra eles como resposta.

Caso também fosse surpreendido, tentaria me esquivar recuando se possível, como também dando dashs juntamentes com disparos para cessar qualquer agressão contra mim.
AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Sex Mar 25, 2022 4:07 pm
Narração - Mendonca


O agente dava 10 segundos para que os ladrões devolvessem o dinheiro, mas tudo que ouviu foi uma risada alta do outro lado - Aquele velho disse isso? Ele nos devia e pegamos, esse dinheiro não pertence ao Canil do Governo - respondia também com firmeza e num tom zombeteiro, vendo que talvez o Agente tenha caído na lábia de um empresário malandro.

Não haveria negociação ao que parece, por isso, Uzz partiu para aquilo que seu treinamento lhe ensinou. Dando tiros nos encaixes da porta, viu que a mesma estava facil de derrubar, quando os tiros foram ouvidos, os homens nos outros quartos começaram a se mover, pareciam esperar pela invasão, que de fato ocorreu.

Entrando de forma ríspida, Uzz logo via cinco figuras no cômodo. Era um quarto improvisado com dois beliches e alguns colchões no chão, eles haviam feito uma pequena muralha com os beliches impedindo de avançar diretamente, de modo que pudessem atacar sem serem atacados. Uzz conseguiu cravar dois tiros em um dos homens, mas viu que sua situação estava para piorar.

Operation One - Cut or Shoot - Página 2 OMd43K

Não havia espada para rolamentos ou esquivas - Peguem o desgraçado - ouviu a ordem de um dos homens, usava oculos escuros e tinha um enorme cão negro tatuado no peito, estava sem camisa e usava apenas uma bermuda marrom e vestia botas amarelas. Foi uma saraivada, um tiro de doze pegou no peito do Agente que foi arremessado contra a parede, caindo novamente na cozinha. Outro tiro pegou em sua barriga na lateral inferior esquerda, próximo ao umbigo e outro tiro raspou seu rosto, onde também sangrava.

Caído na cozinha, sentia os estilhaços no peito, era uma bala que quebrava e se espalhava, atingindo uma área maior, aquilo iria arder bastante. Como os beliches estavam no caminho, os homens demorariam preciosos segundos para tirá-los da frente e chegar na cozinha. Uzz tinha caído no chão, estava zonzo e tudo que via era o teto. Dois homens iriam aparecer no buraco que ele havia criado e outro surgiria na porta, todos armados.



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Seg Mar 28, 2022 5:18 pm
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 13

Voar, voar? Subir, subir? Agora eu entendi uma das principais regras para campanhas de assaltos, nunca, jamais, em hipótese alguma, entre em um espaço desconhecido sem algo que disperse a atenção inimiga, e eu aprendi na prática aquela regra. O tempo passa devagar, talvez fosse aquela velha história de que quando está próximo a morte, sua vida inteira passa como um flashback em sua cabeça, porém eu não vi flashback nenhum, pior, eu vi algumas barricadas e armas voltadas para mim, como também um certo homem com poucas roupas e uma tatto no peito, o mesmo homem que desferiu um tiro de doze que me fez estar onde eu estava, no ar.

De costas para o chão, eu sinto meu peito formigar, e formigar bastante. “Porra!” Penso logo ao pôr a mão no peito e ver o sangue causado pelos estilhaços daquela munição. “Maldição , uma dose!” Irritado com aquela situação, como também por estar machucado, não só o tiro de dose havia me acometido, mais outros dois, um no rosto de raspão e outro na barriga, porém não era momento para vitimismo, ou covardia, eu já tinha alvejado dois ao entrar, faltavam mais três e eu não podia parar, não agora.

Não era de imediato que os inimigos apareciam, eu ouvi que um deles, o possível chefe, ordenava minha caça, porém toda aquela barricada os atrasa e isso era bom, ótimo por sinal, eu tinha uma mínima chance para contra-atacar, e sim, eu não desperdiçaria.

Ao chão eu olho ao meu redor, a calma sempre foi minha companheira e melhor ainda em momentos de tensão [Impassível], assim com uma mão sobre os ferimentos no peito, utilizava a outra para apoiar a pistola e assim começar a me levantar ao ponto de pelo menos ficar com um joelho ao chão semi agachado. ~ Venham desgraçados! ~ Grito ainda zonzo tentando fazer os inimigos perderem um pouco a noção de avanço, e virem diretamente sem pensar até a porta. Com um joelho apoiado no chão, tiro a mão que segurava o estrago feito pelos estilhaços em meu peito, assim puxando aquele fuzil que estava em minhas costas, apoiando agora o fuzil com uma mão e a pistola com a outra. “Porra de ambidestro!” Penso no mesmo momento ao perceber que minha mira não era lá das melhores na mão esquerda.

Como um bom destro, eu utilizava a arma que fosse mais útil no momento na mão boa, a pistola, enquanto a outra segura o fuzil carregado. Não tinha escolha, não poderia correr pois levaria tiro nas costas, como também não dava tempo para tentar improvisar algo, o que me restava era ir para cima, ou melhor utilizar da mesma tática que eles utilizaram comigo. ~ Morram! ~ Falo baixo, algo como um pensamento alto, ou um sussurro para mim mesmo. Tentaria disparar com a pistola onde estivesse mais inimigos, minha precisão era enormemente maior com a mão direita, assim se dois vinhessem pelo buraco que eu havia deixado, daria três disparos rápidos, precisos e cadenciados, mirando o rosto ou peito dos mesmo para acabar de vez com qualquer ataques deles, já a mão esquerda ao qual porto o fuzil, tentaria disparar o máximo de vezes possíveis mirando a porta, não tinha muita confiança na minha precisão com essa mão, por isso quanto mais eu disparasse, maior a probabilidade de acertar alguém naquela direção. Caso todos vinhessem de um lado só, eu teria acertado na loteria, a sorte teria me acometido mais uma vez, assim ficando mais fácil mirar as duas armas em um local só e descarregar as mesmas.

Firme e calmo, respiro fundo enquanto esvazio tudo em minha mente, esse seria meu maior momento de concentração e assim observando cada detalhe a minha frente [Visão Aguçada][Impassível], dispararia sem hesitação ou temor. Poderia acontecer dos disparos não terem efeito, ou eu conseguir errar todos, assim rapidamente tentaria me levantar, não me importaria com meus ferimentos, podendo piorá-los ou não, para assim correr para fora daquela cozinha ou me abrigar em algum lugar na mesma, deitando até mesmo ao lado do corpo de Nidel, deixando apenas o fuzil amostra para responder os disparos e me abrigando com seu corpo.

AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
Fuzil Whinchester.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Qua Mar 30, 2022 8:58 am
Narração - Mendonca


O agente Uzz sabia da sua situação, era ruim, o modo como subestimou os ciganos cobrava o preço através de uma bala espalhada pelo seu peito, pequenos grãos de chumbo que caso não fosse tratado logo, iria infeccionar e só quem sofreu com isso, sabe o quanto doi. Enquanto tentava organizar suas armas, ouvia os passos dos inimigos, que haviam derrubado a barricada de beliches e estava pronto para acabar com intrusos.

Dois homens apareceram no buraco, os tiros de Uzz acertaram, um dele pegou no ombro e outro acertou a bochecha do sujeito, nenhum tiro fatal, mas fez com a dupla do buraco recuasse. No outro lado, a rajada de tiros com o rifle foi um desastre, seu braço esquerdo não aguentou segurar a mira e os tiros subiram para o teto e seu braço por pouco não sofreu uma torção. O homem na porta era Johnny Dogs, sem camisa e com a doze em mãos, atirou no rumo do Agente, que sentiu alguns estilhaços acertar sua perna esquerda, nada grave, o grosso do tiro acertou o chão.

A fumaça dos tiros começava a tomar conta do local, o forte cheiro de pólvora e os gritos de desespero dos ciganos era a música de fundo. Dogs se escondeu novamente e começou a recarregar, era uma doze de dois tiros, então Uzz teria alguns segundos para agir. Os dois homens do buraco estavam feridos, mas não mortos. O atirador estava sem cobertura, havia a mesa na cozinha, mas ela foi quebrada com sua queda, a porta estava em suas costas, podia arriscar recuar para uma melhor posição, mas ficaria exposto.

Cada movimento que Uzz tentava, o sangue escorria com mais vigor do tiro que tomou na barriga, a camisa estava rasgada e coberta de sangue pelo tiro de estilhaço e seu rosto foi marcado com o rastro de uma bala. Atirar com as duas mãos se mostrou ineficaz, o que seu treinamento tinha lhe ensinado? Iria cair na sua primeira missão? Muitas questões que o novato teria que lidar, quem sabe a rendição fosse o melhor caminho. Entre o lixão e a lua cheia, uma sombra surgia, apenas o brilho do cigarro em seus lábios indicava sua presença.



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Qua Mar 30, 2022 3:54 pm
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 14

Render era uma palavra que eu não havia aprendido quando garoto, ver meus pais morrendo, meus amigos morrendo, e nenhum deles tinham sequer cogitado em se render, apenas reforçava minha ideologia que, render não era opção. O duelo inicia, era eu contra mais três inimigos, e talvez a sorte que cravada naquele dog tag não estava nada contente comigo. Dois haviam sido acertados, porém ainda vivos, e um terceiro nem sequer recebeu perigo, pior, com sua dose ele apenas atirou novamente me causando dano, mais leve que o que sofri no peito, mas dano é dano.  

Eu não tinha tempo para pensar, eram duas escolhas, recuar e pensar em algum plano, ou ir em frente e pegá-los de surpresa, porém como dito mais acima, recuar nunca foi minha opção, e era nesse gatilho em que eu atuava. Os tiros haviam cessado, eles pareciam estar recarregando, a pressão que aquele combate gerava não me incomodava em nada [Impassível], assim fazendo com que eu agisse por reflexo, ou improvisação. ~ Arg! ~ De joelhos eu me levanto da melhor forma possível, como também da maneira mais rápida possível. O fuzil que estava em minhas mãos já não estava mais, o ferimento em meu peito apenas sangrava cada vez mais quando eu o segurava, fazendo eu retirar a bandoleira e deixar a arma no chão, no mesmo movimento de me levantar, eu não queria perder tempo naquela ação. Ainda com dez munições, das quinze, no carregador, eu posicionava os dois punhos sobre a empunhadura da pistola, dando uma estabilidade maior e mais precisão para mim com a arma.

Todo esse movimento era rápido, sabia que eles iriam a qualquer momento voltar a atirar e assim que isso acontecesse eu estaria em maus lençóis, por isso não hesitava em agir, no momento em que aqueles três se cobrirem para recarregar ou se proteger, não media esforços em me levantar e correr na direção dos mesmos. Com a minha luger p08 em mãos, dispararia simultaneamente rápido em até seis tiros na direção da parede ao lado do buraco, o intuito era acertar os dois inimigos que já estavam avariados para assim acabar com eles de vez, aquela parede não parecia tão resistente pois eu mesmo já havia varado ela com meu corpo, então munições de 9mm poderiam varar e acertar aqueles dois, miraria claro nas possíveis direção em que os mesmos pudessem se abrigar, como abaixo do buraco e pelos lados.

Ainda correndo, sentiria cada vez mais meus passos pesados, porém não recuava o moral, mesmo que fosse desgastante e mais dolorido, eu continuava a correr na direção daquela sala, idéia louca, não? Porém eu queria surpreender aquele homem da tattoo, uma das regras para um bom atirador é sempre surpreender e nunca ser surpreendido, e mais cedo eu havia quebrado essa regra sendo surpreendido com um tiro de dose no peito, não podia deixar isso passar e era por isso que avançava. Próximo a porta, flexionaria minha perna direita, ao qual não estava com ferimentos, e assim a estendia utilizando o bônus no impulso que a mesma gerava para assim pular para dentro daquele cômodo, em um leve rodopio no ar [Acrobacia], ao passar a linha que dividia aquele cômodo para a cozinha, ficaria de costas para o chão, assim com as duas mãos na pistola, apontaria a mesma para o homem com a dose, tento pegar o mesmo ainda carregando sua arma, porém caso já estivesse carregada, tentava pegá-lo de surpresa para assim não ser alvejado.

agente

Um estratégia ousada por sinal, porém era a coisa mais rápida que vinha na minha cabeça naquele momento, assim quando Johnny Dogs entrasse no campo de visão da mira da Luger e de mim, eu daria dois disparos certeiros em seu rosto, tentaria é claro acabar com a vida daquele homem rapidamente devido a arma que o mesmo portava ser perigosa, e assim cairia no chão após disparar.

Caso os primeiros disparos contra a parede não fossem efetivos, e ao entrar no cômodo e disparar percebesse que os outros dois inimigos ainda estavam vivos, no chão puxaria minha arma para mão direita e descarregaria o resto das munições sobrando na arma contra os mesmos, sempre mirando nos pontos mais vitais para uma morte rápida.

Durante todo a ação sentiria um leve frescor de cigarro ao ar, porém nada que eu já não estivesse acostumado, por isso não me afetava em nada aquela fumaça que também se misturava com a fumaça das pólvoras explodidas pelos disparos, e mesmo que não fosse minha praia fumar, eu apenas ignoraria qualquer coisas que fosse sobre isso.

AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
Fuzil Whinchester.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender 2 Proeficiências.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente
Mendonca
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 9115b43788047938545d2ba18017928a
Créditos : 32
Localização : Stevelty - North Blue
MendoncaCivil
https://www.allbluerpg.com/t1237-gale-d-kay#11767 https://www.allbluerpg.com/t1239-o-proximo-nascer-do-sol
Re: Operation One - Cut or Shoot Sex Abr 01, 2022 9:28 am
Narração - Mendonca


Tiros cantavam como pássaros assustados dentro da casa. Uzz disparou seis vezes contra a parede e numa aposta cega, tentava acertar a dupla que estava do outro lado. Era impossível saber se teve ou não êxito, o eco das balas aos poucos parecia esconder os barulhos da casa, passos e a respiração dos personagens já faziam parte da cena. Se levantando, viu uma quantidade considerável de sangue escorrendo da parte inferior esquerda da sua barriga, o tiro havia atravessado o local, fazendo sangrar em dois lugares.

Sua movimentação era lenta, sua perna esquerda ferida atrasava sua ação, ainda que o êxito do seu salto acontecesse, não seria na velocidade que o Agente imaginava. Por sorte ou melhor, pelo seu treinamento, Uzz era mais acrobático que a maioria dos homens, saltou perfeitamente dentro do buraco que ele havia criado ainda que sem querer, girando seu corpo, disparou contra Johhny Dogs.

Um tiro acertou seu ombro e o outro não acertou nada, apenas atravessou a parede e trouxe a luz da lua para dentro. O tatuado gritava de dor e caia com a bunda no chão e as costas na parede. Uzz também caia sobre os destroços da barricada, um pequeno pedaço de madeira que por pouco não atravessou seu pescoço. Uma pequena nuvem de poeira e pólvora tomou conta do ambiente.

Johnny Dogs estava com sua escopeta no colo e quando viu seu inimigo caído nos escombros, apontou o cano ainda com fumaça saindo dele - Se tentar alguma coisa, eu vou estourar seus miolos - ameaçava, enquanto mostrava estar em vantagem - Eu já disse, o dinheiro que tem aqui é nosso, aquele sujeito te fez de otario, seu imbecil, fazendo você vir roubar algo que ele nos devia - A dupla da porta estava ambos caídos, mas os dois ainda respiravam, não estavam mortos, contudo, seus ferimentos eram graves.

O Agente começava a sentir sua visão ficar nebulosa, sentia uma sede que deixava sua garganta apertada, o sangue escorria do tiro próximo ao umbigo e descia pela cintura até o joelho, sua perna esquerda estava sem força e agora estava caido de costas nos escombros com o cano da escopeta em sua direção. Era uma bela situação de merda.



Histórico:
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operation One - Cut or Shoot - Página 2 JN4ZG4i
Créditos : 34
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Re: Operation One - Cut or Shoot Sex Abr 01, 2022 3:47 pm
Operation One
Operation One - Cut or Shoot - Página 2 W4NWjrl
Cut or Shoot
Post 15

“Foda-se” Penso enquanto vejo toda aquela situação de merda ao qual eu estava, meus ferimentos só pioravam, já não sentia mais a humidade em minha boca e aos poucos eu ia ficando cada vez mais pálido. Olho ao meu redor, não tinha cenário favorável algum ali, não podia me render, nem nos mais otimistas e bondosos inimigos me deixaram vivo depois da chacina que eu havia feito naquela casa, então só me restava uma opção, atacar.

Olhando nos olhos daquele homem, eu percebia que realmente tinha feito uma escolha errada, havia acreditado em um maldito de um cafetão, e pior, matado um grupo de pessoas que não fosse necessários para a conclusão da missão, realmente isso havia me atingido, não fisicamente, porém no meu interior, não era muito fã de matar inocentes, porém aquele grupo tinha armas e outras coisas, então poderiam ser inocentes para esse objetivo, mas para outros não, então novamente eu me respondia. “Foda-se!” Era a única palavra que vinha em minha cabeça, como já dizia o ditado, se está na chuva tem que se molhar, ou era algo parecido, eu já estava em todo aquele caos, bastante ferido e em desvantagem não enlouqueceria, a calma sempre foi minha eterna companheira, como também a ótima resistência em agir sobre pressão [Impassível].

A pistola ainda estava em minha mão dominante, pela minha contagem ainda tinha algumas munição no carregador até a próxima recarga, com o cano daquela dose a minha frente eu não via outra alternativa, tinha que acabar com isso aqui e agora, era eu ou ele, nunca que se eu me rendesse sairia vivo, porém já estava a quase um pé da cova. “Se for pra cair, eu vou cair atirando!” Penso enquanto demonstro um leve sorriso sarcástico para aquele que seria o Johnny Dogs.

agente

Como um exímio prodígio que era, e também utilizando minha enorme agilidade, eu tentaria rapidamente posicionar a alça e a massa da minha pistola na direção dos braços que seguravam a arma de fogo de Johnny dogs, com a experiência e também a minha pontaria, tentava retirar o que seria meu pior inimigo naquele momento, a dose, assim disparando rapidamente como em um reflexo para que o reflexo do meu movimento não ativasse o disparo daquela arma inimiga, ou se ativasse o mesmo fosse desviado devido ao meu disparo sair primeiro. Caso ao dar o primeiro disparo acerte a arma ou os punhos que segurassem a mesma, miraria o segundo disparo na posição do peito do inimigo, assim parando de vez a agressão dele contra mim. Caso não, apenas voltaria o segundo disparo novamente para retirar de cena aquela dose.

Tentaria assim me levantar da melhor maneira possível, sabia que estava totalmente machucado e quase que meio morto, porém se o ataque fosse concluído com êxito, de pé recarregaria a pistola e assim finalizaria todos os três inimigos naquele cômodo com o máximo de tiros possíveis até ter certeza que seus corações não batessem mais, porém se mesmo disparando contra a dose não tivesse o efeito desejado, tentaria utilizando minha mãos boas e minha perna boa, me impulsionar para o lado que me fosse melhor favorável com o intuito de me esquivar do possível tiro que viria da arma a minha frente, assim novamente tentando pular na direção do inimigo para diminuir a distância para ele e dificultar mais qualquer movimento com aquela arma de grosso calibre, atracando-o tentando dar cotovelados, joelhadas, socos e até coronhadas para conseguir sair vivo daquele local [Briga].


AtributosForça: 95 Regular
Destreza: 50 (+80) (+60) (+40) Regular
Acerto: 261 (+80) (+60) Hábil
Reflexo: 69 Regular
Constituição: 20 Regular
Agilidade: 235
InformaçõesEstilo de Luta: Atirador e Ladino
Profissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Briga, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
GanhosFaca de Combate Gasta.
Uniforme de Agente (Terno completo).
Óculos de sol.
Lenço com simbolo do Governo Mundial.
Fuzil Whinchester.
PerdasNenhuma.
RelaçõesNenhuma.
Objetivos na AventuraConseguir Um Terno (Uniforme).
Conseguir Uma Adaga/Faca.

Concluir 2 Missões.
Conseguir Um Silenciador (Projeto Extra).
Aprender as Proeficiências Adestramento e Doma.

perfil
HP: 2.800
SP: 100
Uzz
Agent jr
sangue
Mizzu Ackerman Blouse
Ação
~Fala~
"Pensamento"
caveiraadagagovernopistola

agente