Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Registro de PhotoplayerHoje à(s) 4:29 pmporRyomaCapitulo III — SolstícioHoje à(s) 4:17 pmporRyomaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 4:05 pmporSasha6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Hoje à(s) 3:49 pmporSasha[FP] Radgar ValrakHoje à(s) 3:41 pmporYami[FP] Radgar ValrakHoje à(s) 3:40 pmporRadgarI - Anjo CaídoHoje à(s) 1:42 pmporKiraCidade do Pecado, 罪市Hoje à(s) 12:50 pmporNekkyotoCréditosHoje à(s) 12:40 pmporKira[TUTORIAL] - GrimHoje à(s) 12:23 pmporNekkyoto

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3
Kenshin
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Ahri
Créditos :
36
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Kenshin
Desenvolvedor
Relembrando a primeira mensagem :

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!

Aqui ocorrerá a aventura dos Marinheiros Thorkell Dragnar Godheim e Pippos Vitaminado. A qual não possui narrador definido.

_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


Rainbow
Cat

Dentre os muitos solsados e sargentos que treinavam ali, Pippos se interessou pela técnica ao qual se fez  um destaque muito grande em seus olhos, pois como havia acabado de aprender acrobacia, as possibilidades eram titânicas, havia um mundo de coisas que ele poderia fazer mesmo que a ideia fosse apenas um pulo duplo no ar.

Quando aproximou-se, poderia ver que a responsável por ensinar, tratava-se de uma moça baixinha mesmo para padrões humanos, deveria ter por volta de 1.43 m de altura, que não aparentava ter qualquer físico privilegiado ou algo do tipo. -  Você é novo por aqui?- Perguntou a moça esperando pela rua resposta, e quando ela aconteceu ela teria dito - Faz sentido… Bom, o quanto você sabe sobre o termo Rokushiki?  Apesar de parecer algo impossível, na verdade não passa da exploração do potencial do próprio corpo.- Ela teria dado um sorriso exibindo dentes afiados bem bonitos.


- É provável que tenhamos de trabalhar algumas coisas antes de você começar, apesar de termos muitos soldados novatos, o treino deles já se estende desde a admissão na maior parte dos casos. - Ela comentou oferecendo guiá-lo  e esperando suas dúvidas, para que pudesse saná-las.

Histórico:


_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh

Pippos
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento




3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Shuuma10

Rokushiki?!
Muito interessante...


3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!
O Thork maldito basicamente confessou que ele quem havia feito toda essa brincadeira idiota! Apesar de não ter provas físicas, era inquestionável como ele não conseguia deixar de ser idiota, VITATA. De qualquer modo, com a sua experiência inquestionável, eu precisaria pedir alguns conselhos sobre esses treinamentos com a canhota, afinal, apesar de eu já estar apresentando bons resultados com essa minha mão menos eficiente, eu precisaria ouvir um pouco mais, vindo da voz da experiência.

Eram dicas e conselho formidáveis, a Ambidestria não era apenas saber mexer uns martelinhos com a mão esquerda. Nada disso! Era a capacidade de tornar iguais as minhas maestrias em ambos os lados, não apenas uma mão ou mobilidade dos braços, mas sim, melhorar as pernas. Mas eu sequer uso os pés em combate? Isso era o que eu imaginava antes de ouvir o Thork, mas as pernas também são fundamentais sim, em um combate, para melhor definir qual seria o melhor ângulo para efetuar uma martelada, eu precisaria definir o pé base para apoiar a abertura do arco, havia tudo sido plenamente fundamental. Verídico, o meu parceiro realmente tinha conhecimentos de sobra, VITATA. Todavia, eu ainda precisaria voltar minha atenção àquelas inacreditáveis habilidades.

Considerando todos os pontos que por ali se destacavam, estava bem claro que cada uma daquelas inimagináveis técnicas eram até mais do que eu jamais havia esperado. Óbvio que meus olhos brilhavam só pela insana capacidade de poder voar e saltar mais de uma vez nos céus, algo que, sem dúvida, aliado ao recente aprendizado de acrobacia que tive, era mais do que perfeito! Eu sequer conseguia me expressar muito bem, enquanto imaginaria as tamanhas possibilidades de técnicas que poderiam ser desempenhadas por um ser divino como eu.

Meus olhos pareciam brilhar de emoção para as diversas possibilidades de técnicas que eu poderia desenvolver utilizando a Acrobacia aliada a esses belos saltos duplos. Além de ganhar cada vez mais impulso com movimentos Pippesados! Fascinante...Mas diversas dúvidas girariam em torno da minha cabeça: Então será que é por isso que a Marinha é tão temida na Grand Line? Eles podem possuir habilidades inimagináveis como essa?!Analisei as possibilidades para justificar essas insanidades.

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Raw

De qualquer modo, uma jovem logo parecia se aproximar de mim, talvez para melhor me explicar a respeito dessas fantásticas habilidades, ou apenas mesmo por admirar meus belos músculos. Quando comecei a exibir o meu Double Biceps, para tentar impressioná-la, à medida que melhor via sua aproximação, ela parecia cada vez menor. Era uma criança?! Era tão pequenina e magricela que até me fez arregalar bem os olhos e prestar atenção em suas palavras que a mim eram bem questionáveis: – Err... sim, estou aqui em Altai há pouco tempo.Suspirei enquanto comecei a analisá-la melhor para tentar entender se ela tinha alguma patente formidável acima ou algo desse gênero. – O que eu sei de Rokushiki?! VITATA! Isso é alguma espécie de animal sagrado nesse lugar? Já estou sabendo que vocês possuem uma cultura bem firme para com os bixos, como se eles fossem assim quase tão...Exibiria bem os músculos de meu peitoral para tentar fazer uam comparação: – Divinos.Esclareceria.

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Bodybuilder-anime-anime-holy

Ouvindo a continuidade de sua prévia explicação, eu manter-me-ia fascinado: – Exploração do potencial do corpo? Como alguma forma louca de melhorar as capacidades físicas com elas atingindo o seu máximo?! Incrível!Era fascinante! Se era capacidades possíveis a qualquer humano comum, eu estava no lugar certo e na hora certa, VITATATA! – É incrível o fato de vocês já treinarem bem os soldados desde o começo, mas você não acredita que isso também pode ser perigoso para a Marinha? Alguém que acabou de ser admitido pode não consumar sua empatia com a defesa da justiça. E se alguém mal aprende essa técnica de saltar no ar e depois desiste de continuar na Marinha? Isso é em problemático.Concluiria a primeira de minhas dúvidas.

Mas, depois de ouvir bem sua explicação, concordaria: – Entendo.Mas suspiraria para pegar um fôlego bom para começar uma dúvida bem interessante: – Falando nisso, eu só pude presenciar essa habilidade de saltar no ar, mas você fala como se fossem “Habilidades”Fária o gesto de aspas com minha mão esquerda: – Por acaso existem outras dessas habilidades loucas e íntegras?A questionaria, pois se já era loucura ter o poder de voar, imagina se houvesse, sei lá, qualquer tipo de habilidade que fazia o usuário disparar sem nem ter uma arma de fogo, VITATATA!

Era óbvio de que eu ficaria bem surpreso com as respostas que ela tivesse a me dizer, não importava, habilidades como essa de voar seriam insanas e bem equiparáveis a esta, então era óbvio que, no mínimo, eu ficaria também bem impressionado, isso se realmente houvessem mais habilidades desse gênero.





Histórico:

Objetivos:

Personagem:





Vitaminado Pippão


_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


Rainbow
Cat

A reação de Pippos e sua conclusão acabou por fazer a treinadora no momento acabar rindo um pouco pelo modo como o ruivo era bem puro e inocente quanto aquilo - Não não , os Rokushikis são técnicas desenvolvidas pelo governo mundial capazes de exceder o limite do corpo. - A moça teria levantado o dedo enquanto explicou a ele, não demonstrando nenhum desdem por ele não conhecer nada daquilo, era natural afinal.

- Sua preocupação é fundamentada, apesar de os soldados que vem para cá já serem pessoas que já apresentaram de alguma forma o seu valor, apesar da origem sempre existiram e vão existir pessoas capazes de chegar ao mesmo resultado e isso inclui piratas. - Ela então suspirou e tomou um pouco de ar antes de continuar - É por isso que é tão importante que estejamos preparados, mesmo os que tem mais dificuldade tem um papel e em grande número, mesmo o mais fraco soldado pode derrotar um oponente desproporcional. - Com a explicação dela também teria sido possível entender o porque era tão assustador mexer com a marinha na Grand line, os números… Poderiam sobrepujar mesmo um oponente genial pela cordenação.

- Sim, eu não posso te demonstrar todas elas, já que há uma que apenas agentes do governo são capazes, mas posso te mostrar muito bem.- Então ela teria perguntado - Que tipo de habilidade é o que lhe trás mais interesse? Você é um atacante, alguém resistente ou um bom defensor? Assim eu penso em que ordem te apresentar e posso começar também a lhe preparar.- Ela criou mais um passo antes de seguirem com aquilo, enquanto os demais continuaram o seu treino mesmo sem ela mandar.


Histórico:


_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh

Pippos
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento




3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Shuuma10

Rokushiki é um desenvolvimento das capacidades físicas?!
Fascinante!


3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!
Chegou, inclusive, a ser bem engraçado a como eu parecia ser bobo demais por não ter uma prévia noção do que eram, de fato, os Rokushikis, mas despertava muito mais além todos os meus interesses o insano fato de poder exceder limites da capacidade do corpo, algo que, faria todo o sentido para mim, claro, o fruto de uma vontade divina! O semideus mais pleno e robusto destes mares abaixo dos céus. – Entendo, VITATATA!Gargalhei bobamente pelo fato de ser ridículo eu acreditar que havia palpitado ser o nome de um animal.

Mas à medida que nosso diálogo se prolongou, eu fiquei bem surpreso: – Você diz que podem haver piratas com esse tipo de habilidade?! Então eu tenho certeza de que preciso aprendê-las e me preparar para ficar cada vez mais forte! Com certeza eu preciso melhorar minhas habilidades.Enfatizei, mas logo respondi conforme o que me fora solicitado: – Para falar a verdade, eu me considero como um pouco de cada coisa, VITATA.Suspirei um pouco enquanto coçava a cabeça com a mão esquerda.

Não sei se você conhece bem o meu parceiro para enfrentar o mal, o Thorkell, mas sim, ele já tem tudo bem definido em suas metas e atributos físicos, ele sim vai ser mais voltado para ser uma muralha, ou como você falou, um cara bem parrudo e resistente, VITATA. Eu, por outro lado, vou tentar sempre compensar os atributos faltantes nele, sabe? Serei mais o atacante e, ao mesmo tempo, um bom defensor, pois tentarei suprir no que faltar em nossa impecável dupla.Suspirei. – UffsSuspirei novamente para tentar acalmar o pouco o meu corpo, pois acredito que falei coisas demais em pouco tempo.

Cocei mais uma vez a cabeça, pois talvez meus interesses e aprendizados não ficassem muito claros, VITATA. – Eu sei que ter o domínio de todas essas habilidades pode ser algo bem complicado mesmo, mas eu ainda fico bem curioso, pois, como você disse, claro que eu não conseguirei aprender todas, mas eu já gostaria de saber a melhor a respeito de cada uma, sabe? VITATA.Gargalhei pois, dessa forma, e conhecendo bem todas as possíveis especializações, eu poderia saber melhor em quais tipos específicos de habilidades eu teria uma maior intenção de me especializar.

Pela pergunta que ela havia me feito, obviamente fiquei muito interessado nos diferentes tipos de habilidades de possível desenvolvimento corporal, pois ela falou ‘Atacante, Defensor e Resistente’, ou seja, seria bem provável que houvessem diferentes tipos de habilidades que melhor se relacionassem com cada estilo, então, claro, com minha dúvida sobre qual seria o meu melhor estilo, seria fundamental conhecer cada um dos tipos de técnica antes.

D[emonstrei uma posição mais determinada e serena, pois estávamos falando da possibilidade de um semideus, como eu, desenvolver suas habilidades e tornar-se ainda mais impecável, não é?! VITATATA. Era óbvio que eu estaria ansioso e empolgado: – Olha, falando nisso, eu gostaria de conhecer um pouco mais sobre as habilidades ofensivas, e na sequência defensivas, para concluir com as mais resistentes.Eu não sabia ao certo a quantidade de cada tipo de habilidade, então logo falei tudo no plural, VITATA. Mas, claro, era esperado que estivéssemos falando de apenas uma técnica de cada tipo, mesmo eu achando que essa de salto no ar, já se encaixaria tanto como defensiva, como ofensiva. Mas, de todo modo, meus olhos ainda brilhariam aguardando uma melhor explicação a respeito dessas habilidades.


Histórico:

Objetivos:

Personagem:





Vitaminado Pippão


_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


Rainbow
Cat

A loira respondeu ao ruivo - A Grand Line carrega muitos perigos.- Ela fechou os olhos ouvindo o que ele tinha a dizer até que pra ela havia algo que não fazia sentido, e não havia forma delicada dela fazer a pergunta dela - Você luta a pouco tempo?- Era um tom sério e não de escárnio, onde esperou a resposta explicando o que o rapaz dissesse pra explicar o motivo de sua pergunta - Não são todos que conseguem entender quais são suas maiores forças ou fraquezas mas, alguém que lute com frequência ou tenha lutado muito em sua vida, geralmente consegue dar uma melhor direção por saberem que não há como ser perfeito em tudo, algo que novatos com forças muito acima da média geralmente se deixam enganar. -

Ela teria então colocado a mão sobre o rosto fazendo um sinal de negativo então com a continuação da explicação de Pippos ela teria sorrido e dito - É isso, exatamente isso que eu precisava, que você pensasse em uma direção os Rokushikis são técnicas que abrangem todo tipo de lutador mas, saber qual você seria mais apto te levará muito mais longe do que ser aleatória.- A marinheira comentou, dando alguns passos, contornando Pippos, com a mão no queixo.


- Bom, os Rokushikis geralmente usados de forma ofensiva são Shigan e Rankyaku, a habilidade do Shigan é uma habilidade de foco, onde você concentra toda a velocidade e força de seu corpo em um único ponto, criando verdadeiramente um golpe perfurante como uma pistola com a ponta de um dedo. - Ela teria explicado fazendo o movimento contra o chão, perfurando um ponto limpo em uma velocidade que Pippos sequer pode acompanhar.


Ela então teria dito - Rankyaku envolve as pernas, dando a elas a capacidade de lançar ondas cortantes de movimento através da pressão exercida no ar pelo seu movimento. Quanto melhor você for menos energia terá de dispor e menor será o movimento. - Ela teria dito dando um backflip chutando o ar, onde uma linha azulada cortante poderia ser observada correr por um bom tempo antes de se discipar.

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Guile-flash-kick

- Há habilidades de mobilidade, como Geppou e Soru, esta habilidade de usar o ar como uma extensão do chão que você viu é o Geppou, ou passo lunar como alguns chamam. O Soru trata-se da habilidade de se mover quase como um teleporte, ao utilizar de chutes contra o chão para impulsão.- Desta vez ela não demonstrou, sem que fosse pedido, explicando então os defensivos - Tekkai e Kami-e são de naturezas opostas, Tekkai te tornará uma muralha, tal como seu amigo, o Kami-e por outro lado? Te tornará flexível e capaz de dobrar seus ossos e juntas de forma natural sendo capaz de afinar seu corpo como o papel. - Ele então teria concluído - A forma base, é apenas o inicio, e essas habilidades podem ter uma função diferente da que fora projetada a depender do usuário… Se você desejar, posso te colocar na direção pra ser possível preparar o seu corpo, sua mente e usar do máximo do seu potencial.- A garota teria dito com um olhar de quem havia visto alguém com muito potêncial mas, precisando de uma direção.

Histórico:


_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh

Pippos
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento




3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Shuuma10

Rokushiki e seus diferentes tipos de habilidade...
Em quais eu devo focar?


3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!
Mediante todos os meus questionamentos, a jovem em questão logo me fez uma pergunta bem inesperada: – É... pra falar a verdade, eu passei bons anos da minha vida apenas sendo um Ferreiro no North Blue, mas, como o fruto de uma vontade divina, eu decidi me empenhar no encargo da Justiça!Deixaria meu grande martelo com sua base no chão para logo exibir bem o músculo dos meus bíceps. – Talvez esses músculos ainda precisem sim de mais experiência amassando alguns fracassados...Esclareceria.

Ela não demorou para ainda salientar a respeito desses novos tipos de jovem que, de cara, têm muita força e acabam por se enganar acreditando que é possível ser perfeito em tudo. Em minhas convicções eu até que poderia me considerar perfeito por ser divino, mas nada envolvesse meu poderio, pois, obviamente, eu quero sempre melhorar para, algum dia, tornar-me o ser mais forte da Terra! Afinal, eu sei que preciso limpar o mundo desses pífios fracassados que apenas pensam em fazer o mal.

A jovem em questão não demorou para concordar comigo à respeito do direcionamento, e, assim, decidir melhor para onde eu deveria focar os meus treinamentos, mas fora até engraçado o fato dela me rodear com a mão no queixo, talvez tentando melhor analisar meu corpo, VITATATA! Mas ela logo começou a fazer-me uma explicação das técnicas mais ofensivas, e começando pelo Shigan, ela esclareceu que seria como tornar o corpo íntegro como uma pistola. Wow! É exatamente o que eu estava imaginando não ser possível... tudo bem que não dispara, mas tornar o dedo como uma arma branca que dispara é ainda bem insano.Analisei, mas vê-la explicando e executando essa técnica de forma bem ágil no solo apenas me fez ter uma certeza: – Ela é forte. Muito forte, para falar a verdade.Palpitei, mas com muita convicção.

Ela não demorou muito para começar a explicação de uma segunda habilidade também ofensiva: o Rankyaku. Era uma espécie de onda cortante capaz de ser lançada pelas pernas. – Fascinante...Nao conseguia acreditar direito para entender cada uma dessas insanas capacidades possíveis ao corpo humano. Como?! Era muito ilógico, eu ainda estava bem surpreso, abismado, sei lá a palavra, até para pensar nisso agora eu sequer estava conseguindo.

Ajovem não se conteve para prosseguir e ainda citou habilidades excepcionais de mobilidade, havia aqueles incríveis saltos no ar, que eu havia visto anteriormente e pareciam alguns impulsos em terra firme, para alavancar ainda mais a velocidade no meio de uma luta. Algo que, inclusive, me deixaria de boca aberta enquanto estivesse a ouvir cada uma de suas belas explicações. Cara, já conseguiu se imaginar voando, Pippão?! VITATA! É inacreditável! Ou até mesmo ser tão ágil a ponto de se teletransportar no meio de uma luta! Puts, isso sequer tem comparação. Se eu tenho uma certeza, é a de que estou no lugar certo e na hora certa, VITATA.Pensei.

Boquiaberto estava, e boquiaberto eu continuei, pois eram habilidades extraordinariamente colossais e que não pareciam ter fim. Ela, por fim, orientou-me de mais duas habilidades, o Tekkai, era algo perfeito para o Thork, já o Kami-e, parecia poder me proporcionar uma flexibilidade inacreditável, coisa de conseguir contorcer meus ossos. Era inacreditável! Fascinante! – Eu mal consego acreditar, mas pode ter certeza de que se você quiser me instruir da melhor forma possível, eu estou muito interessado! Apenas tenho a vontade de poder ser moldado conforme os interesses da justiça!Deixaria clara toda a minha vontade de ser calcado e masterizado com o intuito de coincidir com atingir as metas do grupo o qual eu trabalhava.

De toda forma, aquela mulher era incrível, e conhecê-la em Hasagt, para mim, havia sido a melhor coisa, até então, pois ela teria a plena capacidade de tornar-me digno de ser reconhecido como o fruto de uma vontade divina que muitos ainda descreem. – Err... você é incrível e nada tenho a questionar, mas, com licença, mas qual é o seu nome? VITATATA! Muito prazer.Como que eu ainda sequer sabia sem nome? VITATATA! Mas essa mulher seria o meu marco para lembrar de Altai. – Apesar do Thork ser a muralha do role, eu ainda me interessei bastante por essa habilidade Tekkai. Essas de mobilidade que elevam ainda mais o impulso também me interessam bastante, falo do Soru e do Geppou. Também vale destacar que fiquei bem curioso com as possibilidades, para mim, a respeito do uso do Kami-e e do Shigan, falo de possíveis variações, pois se tem algo que pode saber de mim, é que quando eu me empenho em algo, eu me jogo de cabeça e vou até o fim, VITATA!Pontuei.

Eu ainda tinha a intenção de especializar mais pontos em mim, além dessas possíveis técnicas que já eram mais do que claras. – Como você sabe, estou sempre pronto para evoluir cada vez mais as minhas potencialidades, e, nesse sentido, acho que ainda pretendo treinar ainda mais as minhas capacidades físicas, sei que você talvez esteja ocupada treinando muitos novatos, mas se também estiver interessada em me treinar, estou aqui para o que der e vier, VITATA.Suspirei. – Eu venho treinando ambos os meus braços há um bom tempo, e, nesse sentido, tenho o pleno interesse em treinar ambidestria.Indicaria com o rosto bem determinado e sereno. – E, além desta capacidade, também acredito ter a intenção de desenvolver minhas habilidades em ameaça. É, sei que, talvez seja difícil não se intimidar com um grandão e fortão como eu, não é?Fiz uma pose de quem tem auto estima bem acima da média. – Mas sempre busco melhorar cada vez mais.Finalizei.

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 1*pu9rjDs8HtjpAyQmvTG-8w


Histórico:

Objetivos:

Personagem:





Vitaminado Pippão


_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


Rainbow
Cat

Com tudo que era dito a marinheira respondeu - Reines Pivot . Ela teria visto também quais eram os interesses do ruivo e com isso teria dito - Você tem tentado melhorar a ambidestria certo? Há algo fundamentalmente errado que te impede de ir mais pra frente pelo jeito.- Ela então estralou os dedos os colocando pra frente e se alongando.

- A ambidestria não é apenas sobre usar os dois braços mas os dois lados do corpo em igual qualidade, isso inclui os membros inferiores. - Ela teria comentado levantando um dos dedos, antes de continuar - Mas, antes de seguirmos com o treino pra te ajudar com a ambidestria, quer trabalhar com sua capacidade de se impor? Me surpreende muito que você não consiga ser ameaçador com todo esse tamanho na verdade.- Ela teria esperado pela resposta do gigante.
Histórico:


_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh

Pippos
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento




3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Shuuma10

Primeira etapa: Treinar Ameaça!
Sim, eu sei que sou colossal...
Mas ainda preciso aprender alguns pontos.


3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!
Diante de minha fundamental pergunta, havia sido um prazer conhecê-la, a irrefutável Reines Pivot, quem ainda teria muito a me ensinar e tornar-me capaz de conseguir chamar a atenção dos comuns humanos pelas redondezas que pareciam sequer me consagrar como, devidamente, eu merecia. Mas tanto faz, sei que ser reconhecido como o auge sempre foi uma de minhas metas, mas eu também plena conformidade de que tal feito é um processo medido em um longo prazo. Mas, de todas as formas, eu tenho certeza que esse mar ainda irá me reconhecer!

Treinamento ~ Ameaça

A Reines logo veio até mim, convicta em me ajudar com todos os meus problemas, que mulher! Mas começando pela habilidade de se impor em frente aos outros. É, talvez isso fizesse até parte de eu não ser muito reconhecido, pois a maneira ou a forma que me enxergam não é muito firme. Tudo bem que eu me considero um ser divino e digno de toda a honra e respeito de todos, mas parece que as pessoas sequer me idolatram ou eles não me consideram digno dessa honra. Puff, típicos inocentes, mas não se preocupem, eu, o semideus benevolente, ainda os irei proteger!Pensava, em um típico monólogo mental.

A loira parecia até ficava impressionada com o fato de eu não ser assim tão intimidador, com todo o meu tamanho e essas toneladas de músculos. Até eu mesmo ficava desconcertado ao falar isso. Acredito que seja mais pela forma de como lidar e se impor em frente a diversos tipos de situações, sei lá, as vezes me considero até meio pacífico demais, mas, de qualquer forma, agora eu estaria em perfeitas condições de melhorar na hora de impor e de traçar comandos em geral. – Bem, eu sei que sou incrível e visivelmente demais, VITATA, mas eu gostaria de aprender melhoras formas de me comportar e de me impor. É, eu sei que ameaças são um pouco além da conta, mas já aprendendo essa capacidade, eu terei plenas condições de encontrar um meio termo.Pontuei a justificativa pelo meu interesse nessa poficiência.

Ela não demorou para logo indicar que o princípio fundamental da ameaça era o medo, e, nesse caso, me impor de forma séria e plena seria essencial. – O primeiro ponto é ser firme no olhar. Seu olhar é a chave para se consagrar uma ameaça. Em uma intimidação você deve tê-lo firme em seu alvo, não importa se vai ser mediante alguma brincadeira com fluidez de risada ou não, mas seu olhar precisa ser fixado em quem você quer ameaçar.Reines foi firme em pontuar essa questão no momento exato em que eu estiver com o intuito de me impor em frente a alguém.

Seguindo esse primeiro passo, evoluímos para a segunda etapa: – Como segundo passo, têm-se a forma de confrontar o seu alvo? Mas como assim, Pivot? Simples, você não pode bobear em suas falas, precisa ser íntegro e direto, sem essas tuas embolações que eu já pude notar na hora em que falas. Além da necessidade de ser tão firme e íntegro nas falas como na dedicação com o olhar em teu alvo.Obviamente ela acabou por notar em tampouco tempo bons pontos que eu acabo por me atrapalhar e, realmente me enrolar. – Puts, entendi.Respondi de imediato, já reconhecendo alguns desses erros.

Depois ela pôde prosseguir com a parte final, a qual envolvia a razão pelo qual a ameaça servia: – A ameaça sempre terá um único propósito. Talvez causar medo, ou, de fato, intimidar e ter a cooperação de alguém motivada por ela.ELa esclareceu essa habilidade de todas as formas possíveis, podendo, assim, eu estar bem mais instruído a como me impor. – Agora quero que você pratique. Ei, Josh, vem cá.Eu não sabia bem quem seria Josh, mas esperava que não fosse ninguém já muito difícil de ser intimidado, VITATA. – Sim, senhora!Exclamei.

Em pouco apareceu um magricelo baixinho e dentuço. VITATATA! Vai ser fácil.Pré-supus. Quando ele se aproximou, a Reines apenas fez o gesto com a cabeça e os ombros, indicando que eu deveria fazer alguma coisa. De início fiquei sem saber por onde começar: – Err...Olhei fixamente para os olhos do soldado e tentei o questionar com imponência: – Vamos, soldado, diga agora seu nome, idade e melhores atribuições feitas na marinha até hoje!O soldado olhou para mim com uma cara de paisagem, e começou a responder na maior lentidão possível: – Ah... Como viu, eu me chamo Josh. Eu fiz aniversário recenteEle começou a responder de forma lenta e até bem desorganizada, quando se tratava de uma ordem superior.

Relembrando todos os argumentos e ensinamentos previamente feitos, eu precisava mudar a minha forma de abordagem para com esse soldado lento e bem despreocupado. Aumentei meu tom de voz e o questionei: – Você é surdo?! Eu te perguntei para ser mais claro e rápido! Nome, idade, e seus principais feitos! Seja rápido e não me faça quebrar esses seus dentões antes! Tem cinco segundos... Cinco...Me impus de forma mais segura e elevei meu grandioso martelo, para indicar ainda mais a forma que eu utilizaria para efetuar a tal ameaça. – Josh Heish, vinte e quatro anos, recém ingressei na marinha!Deu para vê-lo suar de nervoso em meio a suas falas. – Obrigado, soldado! Dispensar!Ao fim, concentrando-me bem e entendi o ponto principal inserido nessa arte de me impor.

Depois, por um lado, até deu pena do tal Josh pela forma que eu o abordei, já que isso parecia ser meio contra alguns de meus princípios de ser carismático à ponto de ter patentes inferiores trabalhando para mim pelo gosto e não por obrigação. Mas era óbvio que, às vezes, eu precisaria me impor o suficiente para garantir um melhor controle nas atividades dos soldados, pois se eu não o tivesse feito, ele estaria enrolando até agora e ainda não teria concluído o que solicitei, VITATA. – Muito obrigado, Reines! Primeira etapa concluída!Agradeceria pelo auxílio na instrução dessa bela perícia.

Fim

Ao fim, eu não estava em hora para descansar, e precisava correr para com minhas obrigações, e ainda tinha o dever de treinar minha eficiente canhota. – Sim, Pivot, por acaso você teria mais alguma dica capaz de melhorar cada vez mais o uso tanto do meu braço esquerdo como o de meus membros em geral?Ela já havia me fornecido muitas dicas, assim como o Thorkell, mas tentaria confirmar se ainda poderia haver algum tipo de sugestão ou forma de melhorar ainda mais o treinamento dessas habilidades, senão eu já estaria pronto para começar. – Muito obrigado! Irei começar agora!Finalziaria, já pronto para dar início a um mais um bom treinamento.


Histórico:

Objetivos:

Personagem:





Vitaminado Pippão


_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


Rainbow
Cat
Após o treino para que pudesse aprender a ser mais ameaçador, Reines havia dito a Pippos - Certo, espere um minuto. - Ela então teria se dirigido até um dos baús que haviam a disposição dentro da área de treinamentos, e havia voltado carregando uma esfera consigo, pela coloração, era fácil ver que era feita de algum metal então deveria ter algum peso.

- A proposta é simples, primeiro você vai praticar a coordenação de braço em mãos, faça sessões jogando essa esfera pra cima 10 vezes com cada um dos braços, você vai saltar e cair sempre com sua perna não dominante, se cair, se levante usando apenas a perna não dominante como apoio, pode usar os braços nesse caso.- Ela havia explicado a proposta que inicialmente poderia parecer simples mas, tinha fundamentação para que ele aprendesse a entender a transição entre os lados de seu corpo, como ele havia treinado acrobacia, seu corpo estava mais flexível mas, havia ainda espaço para melhorar em relação ao lado não dominante.

Quando ele fizesse a primeira sessão ela teria dito - Repita, agora jogando o mais alto que conseguir, saltando também o mais alto que conseguir pra pegar no ar Ele poderia sentir que a bola tinha algum peso, provavelmente 2 quilos mas, a ideia de Reines não terminava por ai, ela ainda iria além.

- Certo, quando repetir sem ter dificuldades vamos pro próximo passo, aplicação pra combate.- Ela teria dito esperando a resposta do ruivo onde teria dito - Me empresta a bola e se afaste. E quando ele entregasse ela diria - Eu vou jogar contra você, várias vezes, primeiramente só contra a parte do torso e frontalmente, depois vou atacar você pela frente e lateral, você só pode usar o braço não dominante…. Quando eu ver que esta preparado mirarei baixo e você usará apenas a perna pra bloquear…. Pronto? - Havia proposto ao fim.

Histórico:


_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh

Pippos
Imagem :
3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 350x120
Créditos :
16
Localização :
Dragora
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t352-pippos-vitaminado#1055 https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Pippos
Sargento




3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Shuuma10

Treinamento de Ambidestria
Finalmente cheguei à parte final!


3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line!
Em meio ao sucesso no treinamento anterior, não custaria nada pedir alguma sugestão ou dica para meu treinamento de Ambisdestria. A Reines parecia estar com a disposição total para me ajudar hoje, fabuloso, VITATA. Com sua maestria e eloquência, ela foi simplista e apenas pediu para que eu aguardasse um pouco. – Com certeza!Destacaria meu compromisso, efetuando uma continência. Tudo bem que eu sequer sabia sua patente, mas era bem esperado que fosse superior, por toda a sua vastidão de conhecimentos e habilidades.

Treinamento ~ Ambidestria

Com muita paciência e gratidão, eu esperei a aproximação da mesma para que ela pudesse me dar algumas dicas ou quaisquer que fossem os conselhos. Tudo bem que eu já tinha um bom planejamento em mente, afinal, com as dicas dela e com as do Thork, eu já seria capaz de elaborar um bom treinamento, VITATA. Pude vê-la indo até algum baú. Ah, ela deve ter ido pegar muitos pesos para eu colocar em meus membros canhotos, VITATA.Ao menos era o que eu esperava. Todavia, do tal baú, ela retirava uma espécie de esfera metálica. Coloquei minha mão direita no queixo e me pus a pensar em qual seria a atividade. Talvez ela lançaria para eu rebater com o braço esquerdo? Eu fiquei bem confuso.

De início ela me deu algumas instruções para umas atividades esquisitas e inesperadas, mas que pareciam treinar com maestria ambos os meus membros. – Ok! Irei começar.De início segui as suas instruções e logo comecei a lançar para cima a tal esfera com o meu braço esquerdo, tudo para logo me livrar da parte mais difícil que seria a canhota, VITATA. Partindo desse ponto, logo lancei para cima e, em seguida, saltei levemente para alcançar a tal esfera no ar e também pegá-la com minha mão canhota. Mas no momento do pouco, faria questão de executar da maneira que havia aprendido anteriormente no treinamento de acrobacia, pousando levemente com a ponta dos pés, mas, nessa situação, seria apenas com o pé esquerdo.

À princípio esta atividade estava tranquila, e, para falar a verdade, nem cogitei o fato de lançar para cima para executar os movimentos com a mão direita, afinal, o que eu estava querendo treinar era o lado esquerdo. Mas, pensando melhor, eu deveria executar cada passo conforme ela havia me instruído, afinal, ela já deve entender o propósito de cada uma dessas atividades. Assim que finalizei o lado esquerdo, logo comecei a fazer o lançamento com a mão direita, mas, por um leve descuido, acabei também pousando delicadamente com meu pé esquerdo de forma descuidada, e tropeçando um pouco mas ainda permanecendo de pé, afinal, já tinha um tempo em que eu estava treinando esse meu lado, mas ainda não era tinha tanta maestria como com minha perna direita. – Eita...Soltei, mas nada que fosse me desanimar, afinal, apesar de tudo, eu ainda havia conseguido permanecer de pé.

Assim que finalizei, ainda almejei dar uma melhoradinha no treino e executar mais três vezes de cada lado, mas, dessa vez, executaria movimentos revezados, onde começaria: Mão Esquerda, Mão Direita, Mão Esquerda... até concluir os seis lançamentos e os seis pousos. – É, achei que seria mais simples, mas foi um bom treino de pouso, VITATA.Falei, achando que o treinamento já havia encerrado, mas nada disso! Ela logo indicou uma continuação em que eu deveria lançar o mais alto que pudesse, para, em seguida, saltar o mais alto e tentar alcançar a tal esfera. Eu faria questão de continuar os lançamentos com o revezamento, e nesse caso, tentaria lançar com a minha maior força possível, onde tentaria fazer a esfera lançada pela mão esquerda alcançar a força lançada pela mão direita. Admito que elevar as alturas fariam tanto a esfera tornar-se um pouco mais pesada quando eu a agarrasse, como a queda talvez tornar-se-ia mais perigosa, pois, devido ao meu grande tamanho e a altura elevada possível a ser alcançada, proporcionariam uma grande queda permitida pela força peso contida na gravidade.

De antemão, eu faria questão de tentar utilizar a acrobacia a meu favor e rodopiar um pouco para estabilizar o movimento e ter a força do vento como uma aliada para diminuir a força da queda. Tudo para, ainda possibilitar o meu pouso em eficiência com o pé esquerdo. Executaria esses movimentos de tentar alcançar a altura máxima mais duas vezes de cada lado, para tentar assumir um bom controle nesse tipo de situação. Mas, caso eu ainda sentisse qualquer tipo de dificuldade na execução desses movimentos, continuaria a executá-lo até me sentir mais seguro com esse exercício.

Em um instante ela logo me pediu a bola metálica e solicitou mais distância. – Claro! Toma aí.Indagaria ao jogar para ela o tal objeto metálico e logo dar um salto para trás, para aumentar a distância entre nós. – Ué?! Jogar contra mim? Como vai ser isso?Questionei, tentando esclarecer a pequena dúvida. Mas logo entendi que ela lançaria a esfera contra mim: – Ah, entendi, esquece, VITATA!Salientaria. – Vamos! Estou pronto.Diria.

A minha treinadora iniciaria a fazer alguns lançamentos contra mim e a meu belo torso, até então seria algo tranquilo, bastava utilizar meus bem preparados reflexos e tentar a aplicar cada uma dos bloqueios necessários com o braço esquerdo. Ao menos, no reflexo, eu podia me gabar de que seria capaz de executá-los com firmeza. Todavia, eu ainda teria que me cuidar, pois com essas habilidades de rápida mobilidade, como o Soru e o Geppou, eu precisaria ficar bem atento e tornar meu braço esquerdo bem móvel para me adaptar e me proteger onde necessário. Todavia, de início, seria mais simples em meu torso, mas eu ainda precisaria tomar bastante cuidado com lançamentos, também, com o passar do tempo, em minhas laterais, pois precisaria ficar bem de olho.

Atencioso como nunca, tentaria sempre ficar bem atento para as direções que ela estivesse disposta a se mover. Ao menos, ela não havia indicado lançar em minhas costas, mas mesmo assim, eu ficaria bem preparado, tentando girar o meu corpo, conforme a direção que eu a avistasse seguir, para que, assim, garantisse a proteção completa de meu torso.

Na parte final do treinamento, ela havia indicado que também poderia vir aplicar lançamentos contra minhas pernas, e, nesse sentido, tentaria continuar acompanhando meu torso conforme a direção que ela estivesse a se mover, tudo para, quando eu notasse alguma esfera vindo mais na parte de baixo de meu grande corpo, eu pudesse bloquear com uma firme joelhada direta, com a perna esquerda, na esfera que estivesse a vir. Aproveitando de minha extensa resistência corporal. Era provável que esse treinamento levasse horas, pois, haviam muitos pontos a serem treinados, mas, em seu fim, eu, obviamente, estaria exausto.

Fim

Obviamente, como pontuado previamente, eu deveria estar muito, mas muito cansado mesmo. Lançar-me-ia ao solo, para tentar, nem que fosse por um pouco, ter um pleno descanso por alguns minutos. – Para quem achava que seria um treino simples com uma bolinha, VITATATA!Gargalhei, mas, sem dúvidas, tudo era o preciso resultado de um bom treinamento bem feito, não é? VITATA. Para tranquilizar cada músculo exausto de meu corpo, o meu próximo passo seria me levantar daquele sujo solo e logo virar uma boa dose da minha bela garrafa de rum. E, claramente, aquela bebida de cor marrom para laranja, seria formidável para aliviar toda a minha tensão muscular, e ainda acalmar meu corpo com muita eficiência. Ahh... essa queimação. Tão bom..Pensei com calma.



Histórico:

Objetivos:

Personagem:





Vitaminado Pippão


_________________

3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 Zx5fIGC

Narração
Pensamento
Fala

Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
28
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B


- Uma rosa? Para, assim você vai me deixar corada hehe.- Teria dito a ‘moça  que também se apresentou - Me chame apenas de Lily, eu sou uma soldado recém admitida no sistema de recrutamento.- Teria sido a sua apresentação  esticando a mão para cumprimentá-lo. Thork poderia perceber o quão pequena era a mão e o quão delicada se comparada a sua no cumprimento, mas seu aperto de mão era bem firme.

- Eu sempre pude usar essa habilidade mas só aqui eu descobri que ela fazia parte de um conjunto de habilidades…. Meu corpo ainda não esta pronto pra aprender mais outras… Enquanto isso eu aprimoro o que eu sei. Ela comentou, então explicando - Chamam de Tekkai, ou corpo de ferro. Mesmo alguém como eu é capaz de se tornar uma fortaleza imóvel e evitar danos com essa habilidade… Ainda dói se a pessoa for forte.- ela comentou dando um grande e largo sorriso exibindo caninos afiados.

- Um duelo? Claro,  pegue uma arma de treinamento se você usa alguma e podemos nos divertir! Comentou bem animada, mostrando ser alguém que amava combates.


[quote="Chesire"]
Avaliação - Thorkell

Alterações

Thorkel

Ganhos:
Baby Den Den Mushi(Emprestado) OK
1 missão: 7.500.000 ฿S; ( Liderar um grupo de soldados em uma operação) OK
Pericia Alvenaria OK
Treino de ambidestria ( Atualmente  esta 2/3) Alterado = Ambidestria Adquirida

Perdas:
N/A

Relação de Personagens:

N/A

Localização Atual:  Hasagt Altai


Experiência: 280


Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es):Sasha ( 10posts) [será creditado quando o segundo jogador da aventura for para avaliação]

Opinião sobre a Narração:   Aventura padrão, divertida, não há muito o que comentar, fizeram um bom trabalho.

.

Informações

Nome e Link da Aventura: 3º CAPÍTULO: MONSTRORINES NA GRAND LINE!
Nome e Ficha dos Participantes:
Pippos Vitaminado
Localização da Aventura:
Hasagt Altai

Alterações

Pippóide

Ganhos:

Perícia Acrobacia ~ Post 7 OK
Perícia Ameaçar ~ Post 14 OK
Treinamento de Ambidestria ~ Post 15 ( atualmente esta em 2/3) Alterado - Treino de Ambidestria concluído. Ambidestria adquirida.
Missão e salário  referentes ao cargo ( Missão de gerenciar um grupo de soldados em operação) Alterado - Salário: 7.500.000 B$

Perdas:
N/A

Relação de Personagens:

N/A

Localização Atual:  Hasagt Altai


Experiência: 400



Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): Sasha - 4 Créditos


Opinião sobre a Narração:  A mesma zoeira característica do Pippos seguindo o personagem, a narração está boa, continue assim. Não há muito a ser dito sobre a narração, talvez elaborar um pouco mais esses posts e dar um cenário mais bem detalhado melhorasse a qualidade deles. Na próxima avaliação, por favor, colocar o valor referente ao salário.

_________________



3º Capítulo: Monstrorines na Grand Line! - Página 3 9g2joTh