Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Ren na Grand LineHoje à(s) 3:06 ampor  TerryProjetinho Fellas: O Vasco Sobe, Volta RibamarHoje à(s) 2:38 ampor  Masques[ Tumba - 1º Andar] Minks do BarulhoHoje à(s) 2:24 ampor  TerryCréditosHoje à(s) 1:47 ampor  PepeWorld Legacy ScarsHoje à(s) 1:45 ampor  Pepe I - Fool me onceHoje à(s) 1:23 ampor  Lyosha[ Tumba - 1º Andar] Os bons de guerraHoje à(s) 12:52 ampor  Kira[Tumba - 1º Andar] Casal da pohaHoje à(s) 12:03 ampor  Deep1º Caneco - Bottoms Up!Ontem à(s) 11:55 pmpor  MakaOperação G.R.E.T.A.Ontem à(s) 11:44 pmpor  Vincent
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 2 de 3 Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 64
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Capitulo I: Cuidado com a meia noite! Sab Dez 11, 2021 9:47 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Capitulo I: Cuidado com a meia noite!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Agente Agatha Harkness. A qual não possui narrador definido.

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Bcd0c81e7f7f9f4619725e28c935288e

_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13

Ryoma
Ver perfil do usuário
Imagem : a
Créditos : 45
Localização : Sirarossa
RyomaAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite
When all hope bleeds out

A bela aparência não impediu a raposa de mostrar um lado assustador, algo que Hany estava bem acostumada, mas nunca presenciou em terra pelo contato mínimo com outros seres. "Ela é bem diferente, me lembra minha mãe de um jeito estranho." Só o pensamento passageiro sobre a mãe fez a pequena acalmar-se, respirando fundo antes de virar-se para sua refeição que chegara. – Valeu, aproveitarei bem. – direcionava tais palavras ao atendente. – Hora do lanche. – lambia o lábio  inferior antes de mostrar um largo sorriso. Tudo parecia perfeito, era uma refeição leve para começar o dia, especialmente num lugar daquele nível. O calor e toda a tensão de antes a fez beber primeiro um pouco do suco, resolvendo partir pro restante logo em seguida, mas sendo impedida pela figura da raposa lhe abordando com um papo diferente. O normal seria ignorar ela, mas pela cena anterior, essa atitude talvez fosse um problema. – Shaa, claro que pode. – dizia tranquilamente, retribuindo sorriso. – Gosto de quem não quer me controlar, não preciso que me digam onde posso ou não ficar. – terminava voltando a atenção à comida, pegando um grande pedaço da carne e o levando ate sua boca. Devorar algo tão pequeno foi fácil, repetindo o processo até acabar completamente com a carne.

A pergunta estranha acabou deixando ela um pouco confusa. – Bem... Eu sou uma predadora! – falou com convicção, até mesmo dando uma leve batida no peito. – Das melhores! Sou parte tubarão, como pode ver... – complementava as palavras ao mostrar os dentes afiados e balançar sua cauda de forma mais visível. – O nome é Hany, mas pode me chamar do que achar melhor, nomes não importam tanto assim. – dizia sem nem mesmo olhar para a raposa, era estranho encarar ela, ainda mais com comida bem na sua frente. A pequena apenas avançou pro salmão e o acompanhamento, comendo sem parar enquanto dava breves olhadas para sua companheira de conversa, respondendo-a de boca cheia mesmo. – Agatha... Goxtei de como tra-tratou daquele verme, eu tava com vontade de morder ele, mas... n-não queria me meter num assunto pessoal... – ela não estava com medo de nada, mas era claro em seu olhar que algo a preocupava sobre aquele assunto, como se não fosse bom se envolver nisso. – Meu chefe ia ficar chateado e... eu gosto da voz dele, não ia ser esperto morder ele aqui. – a última parte foi dita baixinho, apenas para Agatha escutar, como se fosse um segredo. O olhar da garota-peixe partiu da raposa para as outras pessoas no bar, tentando ser discreta, claramente não tendo sucesso nisso.

Achei que o lugar ia ser mais agitado, vai ver é o horário. – de todas as histórias que mamãe a contou, Hany nunca imaginou que encontraria uma pessoa normal como Agatha em tabernas, no meio de tantos vermes e pessoas bêbadas gritando por aí. Ela foi realmente a maior surpresa, tornando-se o segundo ponto alto, além da comida, que estava interessante. "Já comi melhor, mas os lugares eram melhores também." Esperar algo melhor que aquilo ali era um sonho distante, os lábios dela eram lambidos até estarem limpos e logo os pratos onde a comida tinham chego iam sendo ajeitados de forma mais fácil para serem carregados de volta à cozinha. – Vai servir por dia... Quanto ficou? – questionaria o atendente, entregando a quantia dita por ele sem reclamar muito. Com ambos os braços esticados para cima a pequena respirava fundo, dando uma breve olhada pra baixo, percebendo que seus pés não tocavam o chão, como sempre. "Banco alto." Aquela era uma cena normal em sua vida, nunca seria aceitável na cabeça dela, mas aconteceria sempre, pois ela não mostrava nenhum sinal de estar crescendo. – É tão bom sair de casa, mamãe se preocupava demais. – murmurava com uma leve tristeza lá, no fundo, suspirando um pouco antes de pousar o olhar em Agatha mais uma vez. – Desculpa... Erhm... Estávamos falando do quê? – os lábios dela formavam um sorriso, claramente divertindo-se mesmo após o acontecimento de antes.

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 1V38tVP

Histórico:
Roupa: tubas🦈
Posts: 3
Nome: Hany Drezat
Money: 200.000 B$ (No Bolso) | 2.525.000 B$ ฿S (No Banco)
Ganhos: '
Perdas: '
Relações: '
Ferimentos: '
things Profissão: Arqueóloga.
Estilo de lutinha: Karatê (Peixe) e Lanceira.
Proficiências: Avaliação | História | Investigação | Criptografia | Briga.
Qualidades: Nadadora Nata | Arcada Removível | Meiga | Prodígio | Atraente | Destemida | Voz melodiosa.
Defeitos: Atípico | Segregação | Sadista | Dívidas | Insônia | Extravagante | Compulsiva (Morder).
Objetivos:
- Dinheiro
- Talvez aprender umas proficiências.
- Trabaiar
Hooligan
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 2e2Gwni
Créditos : 05


Tranquilamente a busca havia sido concluída, muito por conta de uma boa memória ou forte intuição, mas com méritos ao bom samaritano que me apontou com certeza a localização do quartel. Ao chegar pude prestigiar lindas estruturas que excederam minha expectativa, não imaginava que o lugar pudesse ser tão agradável, ao julgar só pude concluir que por ali havia uma boa estrutura e organização. Conseguindo adentrar sem problemas, o primeiro indivíduo que eu avistei novamente traçava meu rumo e a partir das suas informações consegui chegar ao local de alistamento. Agente Sênior Will era o superior e responsável pelos alistamentos. - Olá! Estas seriam minhas únicas palavras antes de começar a preencher o formulário que o homem havia disponibilizado.

Após finalizar, sinalizaria para o agente. Não era um desafio preencher tudo corretamente e não havia motivos para omitir quaisquer informação já que meus pais faziam parte do grupo. Além do formulário, surgiram alguns questionamentos que não excitei em responder. - Meus objetivos são simples, meus pais fazem parte da organização e chegou a minha hora de protagonizar uma empreitada. Diria enquanto ficava mais entusiasmado ao falar das atividades que eu gostava. - Além do combate eu também sou um entusiasta da Arqueologia, sou muito bom em desvendar qualquer mistério e isso também contribuiu com a minha vontade de fazer parte disso tudo. Faria uma pequena pausa para respirar, e então...será que eu continuo falando? Bem o homem na minha frente provavelmente seria meu superior, logo... - E tem também os Poneglyphs, bem, isto é um pouco recente mas fazem parte da minha ambição. Como eu disse sou um entusiasta na área de descobrir a verdade. E essas seriam as últimas informações que daria para esclarecer a linha de ação que iria seguir.

- Eu estou disposto a realizar qualquer missão, entretanto tenho certeza de que se esses mistérios e enigmas estiverem envolvidos eu serei o agente mais capacitado para executá-la. Além de mais motivado. Comentaria, com o olhar fixado no estranho Will. - Há ainda algumas habilidades que eu gostaria de adquirir antes de cutucar esse novo mundo e creio que aqui eu poderia trabalha-las muito bem. Assim me colocaria a disposição do homem.- Mas que mal lhe pergunte, eu preciso fazer mais alguma coisa para o alistamento?. Indagaria mas logo em seguida daria continuidade aos questionamentos. - Será que este quartel general teria alguma biblioteca para pesquisas e aperfeiçoamentos? Apenas uma curiosidade, e então...- Se isso for o suficiente gostaria de me colocar a prova e começar a trabalhar o mais rápido possível...Senhor! Aquelas formalidades que meu pai havia me ensinado deviam funcionar para algo, não que eu achasse idiota, na verdade era indiferente.

Desta forma, naquela sala me colocaria sob as ordens do meu superior imediato, caso estivesse ali ou não, aguardaria o Agente Will tomar alguma decisão, me apresentar uma ordem ou qualquer processo interno se minhas respostas fossem do seu agrado e o alistamento estivesse concluído.



Histórico
Nº de Posts: 2
Ganhos: N/A
Perdas: N/A

Relacionamentos: N/A

Observações: N/A


Objetivos

  • Alistar-me no governo mundial.
  • Aprender a perícia geografia e ocultismo (Por ser prodígio posso aprender mais de uma perícia nos níveis ímpares).






_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Xd4Aa45
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 44
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite





Capitulo I: Cuidado com a meia noite!

A situação com o babaca parecia ter se resolvido rápido demais. “Patético!” Pensava vendo o suor frio escorrendo pelo seu rosto enquanto o confrontava, esse ai certamente não aguentaria alguns segundos de luta. - Não perco por esperar! Respondia finalizando a conversa aquela clara ameaça vindo pelo mesmo.

Assim ele e seus amigos saiam do estabelecimento me deixando em paz e livre para poder ter uma boa conversa com aquela estranha garota do cheiro diferente. Conforme me aproximava da garota percebia a chegada de novas pessoas ao local, um tanto animadas, parecia ter sido um dia bem movimentado para eles.

A previa da conversa com a menina era bem animadora, assim que ela permitiu me sentar, puxava uma das cadeiras logo a sua frente e em seguida me sentava balançando minhas caldas suavemente. Não estava ali para fazer rodeios então ia direto a minha pergunta, o cheiro da mesma tinha intrigado, e saber oque ela era poderia facilitar a identificação de pessoas parecidas com ela num futuro.

Assim que a mesma falava sobre ser uma predadora aquilo me fazia dar uma breve gargalhada. - HAHAHAH MAMA MAMA! Levava minha mão direita até a boca abafando a minha gargalhada enquanto minhas caldas balançavam mais rapidamente. Logo mais a garota revelava sua natureza, uma meio tritão, minha cara de surpresa podia ser vista pela garota. - Isso explica o cheiro salgado… Soltava analisando a garota.

Hany era o nome da garota, tinha uma frase bastante interessante sobre nomes, mas aquilo vinha da crença da mesma, de onde eu vinha nomes tem poder, e pronunciar o nome certo na hora certa poderia me dar forças para lutar. “Há quem diz que o nome é o núcleo da magia!” O pequeno devaneio veio enquanto via a pequena garota abocanhar sua comida.

Com as apresentações feitas a garota então continuava sua refeição, a pesar da falta de bons modos não era eu que iria incomodá-la, se a mesma se via como uma predadora, incomodá-los em meio a sua refeição poderia ser algo bastante prejudicial se assim posso dizer. - Lido com esse tipo de gente o tempo todo, na maioria das vezes eles são que nem pequenos cachorros ladram mas não mordem, mas quando alguns tentam bancar o machão… Levantava brevemente a mão esquerda juntando uma pequena quantia de energia o suficiente para a pequena garota ver. - Nada que uma pequena terapia de choque não de conta! Dava um sorriso.

- Desculpa interromper sua alimentação, minha curiosidade era pelo fator de nunca ter visto uma meio tritão pessoalmente, são bem raros, devido a segregação idiota! Levava o meu copo a boca tomando mais alguns goles da minha bebida, a vida da garota parecia ser bastante interessante, o momento de devaneio da mesma me deixava intrigada com um sorriso no rosto. - Esse seu chefe parece ser alguém severo se ele não ia gostar de você matando idiotas como esses, os meus não ligariam de dar um sumiço nesse tipo de gente, talvez só uma pequena papelada para preencher, mas alias… você trabalha com oque? Perguntava ao ver que a mesma tinha sua atenção de volta a mim.




Histórico:
Nome: Agatha Harkness
Número de Posts: 4
Ganhos:
N/A
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
N/A

_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 J09J2lK
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 64
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Trio do Caos



Kenshin e Ryoma

A pequena Hany fez sua refeição com tranquilidade, tendo algumas observações sobre o ambiente que estava inserida, algo que ia totalmente contra suas expectativas. A conversa com Agatha ocorreu de forma orgânica e logo a agente entendeu o motivo daquele odor, realmente, alguém da espécie da jovem era algo raro de se ver por aí. Explicações foram dadas e outros questionamentos foram feitos, enquanto o público da Taberna aumentava gradativamente com o passar dos minutos.

Cento e cinquenta mil! – Falou o atendente com um sorriso no rosto que rapidamente pegou o valor das mãos da garota. Mais pessoas chegavam no lugar e o ambiente tranquilo mudava com o aumento de existências no ambiente, se tornando algo mais palpável as expectativas de Hany, que notava uma certa balbúrdia vindo das mesas dispostas no lugar. Um pequeno grupo se formou, homens velhos e fedidos bebiam aos montes, secando as garrafas de puro álcool. Alguns olhares eram direcionados a dupla, sendo eles um misto de curiosidade e preconceito, parecia que em todo lugar existiam pessoas de mente fechada e com caráter duvidoso – DESCE MAIS DUAS...HIC... QUENTES PRA NOIS AI! – Gritou um do bêbados na mesa próxima da dupla, deixando escapulir da sua boca um pouco da sua saliva, que voavam atingindo a mesa onde Hany e Agatha estavam – Para de cuspir animal! – Gritou um rapaz de outra mesa, nitidamente desconfortável com a presença daqueles homens.

Por alguns segundos a tensão permaneceu no ar, no entanto, com a chegada da nova leva de bebidas, os cachaceiros voltaram suas atenções à própria mesa. De qualquer forma, a conversa entre as garotas parecia que não teria fim, sendo a Mink responsável por continuar o falatório. O ambiente como supracitado estava de certa forma caótico, forçando a dupla a falar em uma entonação maior e/ou talvez um pouco mais próxima uma da outra, já que os barulho impedia a conversa tranquila de antes.


Hooligan

O jovem aspirante a Agente respondeu desenfreadamente as perguntas do seu superior, que à medida em que ouvia as respostas, esboçava um sorriso largo em sua face – Perfeito! – Pontuou o homem batendo com sua mão fechada na mesa – É de pessoas como você que o governo precisa! Ótimo que decidiu seguir o caminho da sua família, uma perfeita colocação e proatividade. – Continuou o homem entusiasmado com as palavras da figura à sua frente – Você está mais que aceito na nossa organização, seja bem vindo ao Governo Mundial! – Disse ficando de pé e estendendo a mão para seu novo subordinado – Primeiro você precisa de um uniforme, seguindo o corredor que o trouxe aqui, volte a recepção principal e entregue esse formulário ao atendente, ele irá te guiar ao local onde você poderá pegar alguns itens necessários para a sua jornada daqui pra frente. – Pausou por alguns segundos a sua fala, entregando o formulário para o homem à sua frente.

E sim, nós temos um anexo voltado a conhecimentos teóricos no centro da cidade, é um prédio cinza com a bandeira do governo em seu topo. – Pausou novamente recuperando o ar – Não sei o que pretende lá, no entanto, logo após terminar preciso que retorne ao Quartel General para sua primeira missão. – Conclui o homem. Por fim, caso a figura saísse do lugar e seguisse as ordens do seu superior, seria levado pelo recepcionista até uma outra sala, uma espécie de estoque – Bem vindo, um novato, certo? Do que precisa? – Indagou uma figura feminina com longos cabelos ruivos, ela estava vestindo o uniforme padrão da marinha, de cor cinza. O interior do ambiente contava com um grande balcão de madeira, logo atrás do balcão uma espécie de grade com densas barras de ferro existiam, protegendo todos os recursos do governo naquele quartel. Era visível ao jovem uma série de armas de diferentes tipos, assim como outros objetos de utilidade para os agentes.

Por fim, a criatura estava momentaneamente livre para partir em direção ao anexo, vestindo orgulhosamente o uniforme cinza dos Agentes, que não era tão bonito assim, para lhe ser sincero.


Histórico:
Kenshin:

Posts: 04
Dinheiro: 4.200.000 B$
Ganhos:

  1. Manto com Capuz - Roupa de Gala - POST 01
  2. Manto com Capuz de Qualidade Simples (04) - POST 01

Perdas:

  1. 1.150.000 B$ - Roupas POST 01

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave


Ryoma:

Posts: 03
Dinheiro Total: 2.725.000 B$
Dinheiro em Mãos: 200.000 B$
Ganhos:

  1. Nada

Perdas:

  1. 2.525.000 B$ - Colocado no Banco - POST 1
  2. 150.000 B$ - Pagamento pela refeição - POST 03

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave


Hooligan:

Posts: 02
Dinheiro Total: 250.000 B$
Ganhos:

  1. Alistamento no Governo Mundial - Agente Júnior - POST 02

Perdas:

  1. Nada

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave



Legenda:

Personagens Comuns - Atendentes, Civis, Marinheiros, Agentes, Nobreza, Moradores de Sirarossa e outras Ilhas.

[b] Aparência

Atendente
Homem que abordou Agatha




_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Ryoma
Ver perfil do usuário
Imagem : a
Créditos : 45
Localização : Sirarossa
RyomaAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite
When all hope bleeds out

Para um lugar tão baixo como aquele o valor da refeição pareceu salgado, alguns reclamariam, mas Hany não ligava para preços quando se estava comendo. Qualquer refeição minimamente satisfatória merecia o devido pagamento, caro ou não, pouca importava. Simplesmente feliz de poder pagar por uma refeição, deslizando o dinheiro no balcão sem muita demora. "Isso aqui ta finalmente ficando bom." Olhar a taberna se tornar movimentada e animada a encheu de alegria, tudo aquilo começava a se encaixar bem com tudo que sua mãe tinha lhe dito, fazia muito sentido após ver pessoalmente. – É, alguns merecem até coisa pior. – ver aquele tipo de poder vindo da raposa a deixou intrigada, principalmente por não ter conhecido tantos da raça dela até então. Parecia uma aventura cada dia de sua vida, com diversas emoções, explorações e novos conhecimentos que ia adquirindo agora que realmente tinha liberdade para tal. – Comer é muito bom, não consigo parar, eu que peço desculpa. – dizia até rindo um pouco.

A chegada de mais pessoas também fez o barulho aumentar, então a pequena resolveu aproximar-se da grande raposa, falando levemente mais alto, porém de um lugar mais próximo para não ter que gritar e deixar todos escutarem a conversa. – Sei como é, também não vejo muita gente igual a Agatha por aí, mas o meu caso é especial. O pessoal da ilha não gosta muito de mim, fui criada meio escondida, então pouca gente sabia da minha existência. – a pausa surgia no momento em que ela começava a pensar de leve, colocando uma das mãos no queixo, imaginando se existiam outros como ela, filha de um homem-peixe com uma humana. – Talvez tenham outros, mas eu acho complicado... Quem iria assumir a filha de um peixe? Acho que só minha mãe teve coragem disso. – aquele papo só a lembrava da quantidade de problemas que isso causou, todas as pessoas que machucou e como viver depois dela não estar mais presente mudou a pequena garota-tubarão. "E ainda tem aquela dívida..." Tudo isso a levou ao trabalho, algo que normalmente não se deve dizer, mas Hany estava tão envolvida na conversa que deixou escapar de leve. – Loki é um cara legal... O problema dele tá em ser tão focado no trabalho. – um homem tão bonito e tão focado, realmente interessante. – Shaar... Meu trabalho é seguir os pedidos do chefe, faço diversas coisas diferentes... De certa forma eu trabalho no cassino, mas também não é isso... – como explicar algo que nem ela entendia direito? Dizer na lata que servia um chefe do submundo parecia ousado, talvez até demais para a grande predadora.

Bom, é algo diferente. Não diria que é exatamente bom, mas ao menos me paga bem. Pra uma pessoa com dívidas, qualquer coisa eu to aceitando. – terminava de falar com um sorriso de canto, saltando do assento em que estava para esticar o corpo inteiro. – Chamar muita atenção pro nosso trabalho parece cansativo, então tento me segurar, dar mais trabalho pra um homem que só trabalha me deixaria incomodada. – ficar gritando não era exatamente interessante, ainda mais num lugar com tantos bêbados fedidos, fazendo a pequena já pensar em sair do lugar. – Isso aqui ficou muito barulhento, já terminou? – questionava sobre a bebida, apontando com a mão esquerda. Com a resposta positiva, Hany indicaria a porta para poderem sair do lugar e conversarem mais tranquilamente ou apenas se despedirem, imaginando que ambas tinham coisas para fazer. Já com uma resposta negativa a situação permaneceria igual, sem se mover muito de onde estava, aguardando Agatha decidir. Das duas formas a garota-peixe ainda queria conversar um pouco. O trabalho podia esperar. – Agatha, você trabalha em algo legal? Alguém do seu estilo e personalidade seria uma boa parceira, até o chefe gostaria de ti... Me observando. – parecia um convite, mas não era bem isso. Toda essa fala se encaixava mais num elogio na cabeça dela, ou apenas um comentário solto por ali que não significava muito no fim de tudo. Vendo seu histórico de parceiros, a raposa realmente seria melhor, só não dá para saber se Loki realmente gostaria dela. Uma pessoa de personalidade forte talvez fosse o pior para Hany na visão do chefe, que parecia preferir alguém com mais idade que ela e com uma abordagem mais segura, um líder, uma pessoa que consiga controlar e guiar a pequena predadora pelo caminho correto. "Shaa, como se existisse algum ser nesse mundo que consiga me controlar." Imaginar alguém melhor, mais forte e maior era claramente impossível.

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 1V38tVP

Histórico:
Roupa: tubas🦈
Posts: 4
Nome: Hany Drezat
Money: 50.000 B$ (No Bolso) | 2.525.000 B$ ฿S (No Banco)
Ganhos: '
Perdas: - 150.000 B$ (Refeição)
Relações: - Agatha (Player): ...
Ferimentos: '
things Profissão: Arqueóloga.
Estilo de lutinha: Karatê (Peixe) e Lanceira.
Proficiências: Avaliação | História | Investigação | Criptografia | Briga.
Qualidades: Nadadora Nata | Arcada Removível | Meiga | Prodígio | Atraente | Destemida | Voz melodiosa.
Defeitos: Atípico | Segregação | Sadista | Dívidas | Insônia | Extravagante | Compulsiva (Morder).
Objetivos:
- Dinheiro
- Talvez aprender umas proficiências.
- Trabaiar
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 44
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite





Capitulo I: Cuidado com a meia noite!

Para um lugar que até alguns segundos atrás estava tão animado quando um velório, as pessoas que tinham chegado ao local davam verdadeiramente a alma ao lugar. O barulho era tanto que não tinha oque se preocupar com pessoas escutando nossa conversa, mas aquilo não me preocupava, a conversa seguia de forma tão tranquila e natural que me fazia lembrar de uma época um pouco mais simples. “Ela me lembra a Sasha!” Pensava enquanto sorria com o comentário sobre a comida, a garota tinha tamanha simplicidade que me fazia me sentir muito confortável perto da mesma.

- Nem eu vejo muitos Minks nessa ilha, não que isso seja ruim… Falava olhando de relance para as pessoas festejando, balançava uma das minhas caldas para que acariciasse minha mão direita. - Não são muito diferentes do restante do mundo, vivemos em uma sociedade que sofre tanto de preconceito, tritões, meio tritões e minks, e acabamos por sermos abandonados por nossos semelhantes! Levando o copo com a última golada da bebida que estava tomando. - Pensa assim, ao menos sua mãe encarou o mundo para cuidar de você! Já os meus pais… Interrompia minha fala, apesar de gostar da garota era muita informação para ser jogada assim.

Assim o assunto seguia de forma tranquila, sabia que quase tudo naquela ilha tinha dedo do submundo, então era difícil não presumir que os tais trabalhos ditos pela garota poderiam vir de tal “lugar”. “Ainda mais se tratando do cassino!” Pensava colocando o copo em cima da mesa, a garota não aprecia ser uma ameaça, não como o submundo do crime era apresentado para mim, talvez a mesma esteja apenas se fazendo? Difícil identificar, a simplicidade da garota fazia meus instintos ficarem um pouco mais embaralhados. - Terminei sim! Respondia colocando o dinheiro da bebida em cima da mesa. - Vamos caminhar! Respondia a pergunta da garota sobre a gente ir para um lugar  mais calmo.

- Você parece ter se encontrado bem no trabalho que encontrou! Respondia assim que saia do estabelecimento, dava um sorriso a garota, era meio difícil de pensar que alguém com a idade dela já podia estar com dívidas. “Porem depende do tipo de dívida!” Pensava ao passar a mão direita pelos meus cabelos, existiam tantos tipos de dívidas, mas pelo que a garota falou era realmente monetário.

Caminharia lado a lado da pequena Hanny escutando a pergunta que a mesma tinha a fazer, bom era algo que já esperava visto que o assunto estava ali. - Ah! Soltava levando a mão esquerda até o queixo, enquanto olhava para o céu pensando no que exatamente responderia para a garota.

- Trabalho para o governo! Bom não via problema em ser direta, a final o governo tinha tantos braços por ai que eu poderia ser apenas uma simples analista. - Muito obrigada, mas assim como você eu tenho uma dívida… Bom não posso sair do meu trabalho! Falaria enquanto caminharia suavemente, caso estivéssemos passando por alguma ponte, pararia colocando minha mão em cima do parapeito da mesma. - Mas sinto que não será a primeira e única vez que iremos nos encontrar Hahaha! Dava uma breve gargalhada, me virando para a pequena tubarão.

- Você me lembra um pouco minha irmã! Levava a minha mão direita até a cabeça da garota e em seguida a acariciando, dando um grande sorriso para a garota. - Vamos nos encontrar novamente, isso eu tenho certeza, antes de sair dessa ilha irei te procurar, mesmo não trabalhando juntas, vamos fazer uma viagem, conheço um lugar no qual vai adorar as comidas HAHAHAH MAMA MAMA! Com a gargalhada afastava minha mão.

- Bom, tenho de ir, tenho negócios a tratar, até mais pequena predadora! Com uma piscada do olho direito me viraria e assim seguiria para de volta ao Quartel da marinha com o intuito de encontrar os demais agentes.




Histórico:
Nome: Agatha Harkness
Número de Posts: 5
Ganhos:
N/A
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
N/A

_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 J09J2lK
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 64
FormigaDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Trio do Caos



Kenshin e Ryoma

A conversa entre as duas existências ocorreu de certa forma tranquila, por mais incômodo que o barulho fosse, não chegava a atrapalhar de fato a interação entre as duas. A pequena Hany falou um pouco do seu trabalho, de maneira um pouco receosa, escondendo os detalhes da coisa, mas para alguém tão astuta quanto a selvagem, aquilo não era problema. As entrelinhas foram lidas por Harkness, que logo entendeu que se tratava do submundo e sabia o quão abrangente era aquela veia pulsante em Sirarossa, sendo por sua vez, direta em suas respostas. A saída da dupla da taberna se deu tranquilamente, vendo que mais e mais pessoas entraram no lugar, ao ponto do atendente nem mesmo ter tempo ou nem sequer se lembrou, se cobrar a bebida tomada pela Agente.

A rua estava como sempre, um movimento significativo acontecia por ali, pessoas circulavam de um canto ao outro, carregando sacolas com compras e afins. A pequena ponte encontrada foi local escolhido para separação da dupla, mas claro, Agatha por sua vez deixou claro que obrigaria o destino a entrelaçar aquelas duas figuras de raças exóticas novamente, ainda mais vendo o reflexo de Sasha nos trejeitos do pequeno tubarão. A selvagem partiu em direção ao quartel general da marinha, visando encontrar com o restante dos membros da missão de hoje a noite, algo notável também – para as duas – era a passagem de tempo, que aconteceu organicamente, mas ainda era dia em Sirarossa.

A garota marítima permaneceu por ali, vendo a selvagem se afastar gradativamente e sumir em meio às pessoas que transitavam pela região, para onde ela iria? Voltaria até Loki em busca de mais trabalho? Talvez fosse comer novamente em algum outro lugar? Já Aghata não demorou mais que alguns minutos para retornar ao quartel principal da marinha na Ilha, uma espécie de mansão reestruturada para atender os requisitos mínimos do lugar. Uma dupla de marinheiros estavam apostos logo na entrada principal, fazendo a segurança do lugar e não barraram a entrada da garota. O interior estava ligeiramente monótono, pelo menos a parte que se dizia respeito aos marinheiros.

Não demorou para encontrar algumas figuras conhecidas, alguns membros que fariam parte daquela missão que ocorreria em mais algumas horas – Agente Agatha! Os convites já estão aqui. – Falou Alex mostrando os pequenos envelopes amarelos em cima da mesa, todos com uma espécie de brasão cravado em sua estrutura – Foi complicado…. acabei conseguindo apenas três. – Concluiu o rapaz com um pequeno sorriso no rosto, nitidamente feliz por ter conseguido concluir com louvor aquela etapa em prol do plano da selvagem. Não demorou para que Laila surgisse carregando uma mochila de tamanho médio – Os explosivos já estão aqui também. – Falou a mulher colocando com cuidado em cima da mesa. Falando no ambiente, Harkness encontrava Alex e posteriormente Laila em uma sala de proporções confortáveis, com uma grande mesa redonda de madeira em seu centro, tendo seis cadeiras dispostas circularmente. O lugar contava com alguns armários simples, com comida e um balcão para preparo de alimentos com maior detalhamento, assim como uma geladeira e um fogão simples – Sabem do restante do pessoal? – Indagou a mulher dos explosivos puxando uma cadeira para sentar – Aqui tem explosivo o bastante para jogar tudo pro ar, teremos cerca de cinco minutos ou um pouco menos para sair do navio, isso é, se quiser que eu coloque para explodir com base no cronômetro. – Finalizou a bombinha.


Histórico:
Kenshin:

Posts: 05
Dinheiro: 4.200.000 B$
Ganhos:

  1. Manto com Capuz - Roupa de Gala - POST 01
  2. Manto com Capuz de Qualidade Simples (04) - POST 01

Perdas:

  1. 1.150.000 B$ - Roupas POST 01

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave


Ryoma:

Posts: 04
Dinheiro Total: 2.725.000 B$
Dinheiro em Mãos: 200.000 B$
Ganhos:

  1. Nada

Perdas:

  1. 2.525.000 B$ - Colocado no Banco - POST 1
  2. 150.000 B$ - Pagamento pela refeição - POST 03

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave


Hooligan:

Posts: 02
Dinheiro Total: 250.000 B$
Ganhos:

  1. Alistamento no Governo Mundial - Agente Júnior - POST 02

Perdas:

  1. Nada

Ferimentos:

  1. Por enquanto ta suave



Legenda:

Personagens Comuns - Atendentes, Civis, Marinheiros, Agentes, Nobreza, Moradores de Sirarossa e outras Ilhas.

[b] Aparência

Atendente
Homem que abordou Agatha




_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Ryoma
Ver perfil do usuário
Imagem : a
Créditos : 45
Localização : Sirarossa
RyomaAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite
When all hope bleeds out

Claro, trabalhar no submundo estava longe de ser o melhor para uma criança, mas essa era a única opção que daria dinheiro rápido e sem muito questionamento ou trabalho extremamente pesado. Caçar pessoas parecia interessante, talvez até fosse, sua mãe fez isso e se deu levemente bem. "Só teve que gastar tudo para me proteger..." O crime é mais quieto, menos perguntas e ainda ajudam se algum idiota vier a cobrar. Muitos diriam que é um caminho horrível. Talvez seja, mas ao menos ela tinha uma saída de lá sem reclamarem muito caso quisesse mudar de vida. Algo bem diferente da raposa na frente da garota-peixe. – Uuh... O governo né. É melhor não tentar sair mesmo, esse pessoal é meio biruta. – dizia isso tentando parecer a maior conhecedora do que o governo era. Mesmo a mãe dela não tinha tanto conhecimento, como diabos ela saberia? Era apenas uma ideia que tinha por ler e escutar coisas por aí, muita gente gosta e muita gente odeia, difícil saber qual das histórias é verdadeira.

Oh! Sua irmã deve ser incrível se eu lembro ela. Eu tenho um irmão, ou tinha, já não sei mais. – até para ela era uma dúvida se o irmão ainda existia, alguém que nem mesmo sua mãe falou muito, deixando bem vago onde ele estava, aparecendo bem pouco e sem nenhuma foto por aí. – Bom, sendo da minha família, deve estar vivo e mostrando seu poder por aí. – falar isso a deixava com um largo sorriso, sentindo-se feliz por lembrar a irmã de Agatha, algo assim normalmente é bom, quando os parentes te tratam bem ou algo do tipo. "Não seria ruim ter uma irmã." Parecia melhor que um irmão desaparecido, mas ainda era só uma ideia interessante que não seguiria adiante por hora. – Viagem? Comida? É claro que eu vou, nunca dispenso um rango grátis e uma viagem divertida! – o carinho era agradável, inclinando-se ao toque como se quisesse mais. – Tenho que trabalhar também, espero que o nosso encontro não demore muito, anda sendo complicado achar alguém legal pra dar umas saídas. – com um último sorriso a pequena acenava para a raposa. – Até outra hora. – os grandes olhos da pequenina observavam sua companheira de conversa desaparecer no meio de tanta gente nas ruas de Sirarossa, liberando-a para finalmente focar em outra coisa.

Ir direto ao cassino ou comer mais alguma coisa? Era uma dúvida real que não durou muito tempo, tendo sua resposta assim que colocou a mão nos bolsos e checou a quantia que ainda possuía consigo. – Shaaa... É melhor ir lá mesmo. – em passos rápidos e decididos a grandiosa garota-tubarão seguiu na direção do Cassino, onde seu chefe, Loki, provavelmente a esperava. "Com o governo trabalhando por aqui, acho melhor evitar alguns trabalhos por agora. O chefinho não me botaria numa furada, sei que ele gosta de mim." Loki a trair? Impossível, o homem era tão doce com a estranha garota vestida de tubarão. Conversar com o homem botaria qualquer dúvida no fundo do poço, ninguém escolheria ser um inimigo da pequena, o verme agressor teve um fim digno que até mesmo foi registrado por aí. "Seria uma pena, mas eu morderia ele com gosto." Pensar em morder já a fazia abrir a boca de leve, lambendo os dentes/lábios com cuidado. – Opa, como tá o movimento por aqui? – a pergunta seria direcionada à pessoa que recepcionava na entrada do cassino, ou simplesmente o primeiro funcionário que ela visse pelo caminho. – Hmm, preciso ver o chefe, nos falamos melhor outra hora. – escutando a respondendo à pessoa rapidamente, direcionando-se então para a sala nos fundos, aquela mais chamativa que tinha o nome da pessoa que distribuía os serviços, tendo também, algumas vezes, um guarda do lado de fora.

Loki tá por aqui? – a pergunta era idiota, ele sempre estava lá, mesmo quando devia descansar, mas era melhor ter uma interação com quem estivesse na porta, isso se houvesse alguém lá. – Tô atrás de um trabalho, faz uns dias que não faço nada. – direto ao ponto, aguardaria a autorização para entrar. Havia a possibilidade de a entrada estar sem ninguém, permitindo que a pequena desse duas batidas na porta, anunciando sua chegada. – É a Hany, posso entrar? – diria com entusiasmo, aguardando ansiosa o momento de abrir a porta e encontrar quem estivesse por lá. No escritório a pequena se sentaria em algum lugar, anunciando então suas intenções. – O din din tá em falta e também ando precisando de algo pra passar o tempo. Tem algum serviço que eu possa fazer? – não ter muitos conhecidos na ilha, ser uma garota-peixe e ter sido criada quase que numa prisão a fez ser solitária. Poucos amigos, poucas pessoas que gostavam de uma pequena garota que tinha partes de tubarão pelo corpo, tudo isso resultava em poucas oportunidades de saída com alguém para passar o tempo. – Andou descansando bem? – questionaria o homem sorrindo, fazendo esta pergunta apenas se a pessoa ali fosse realmente Loki que ela conhece. Com um sorriso no rosto e sentando-se de forma relaxada, Hany aguardaria alguma resposta sem parecer ligar muito no geral, puxando a manga direita das vestes pra cima deixando o braço direito a mostra.

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 1V38tVP

Histórico:
Roupa: tubas🦈
Posts: 5
Nome: Hany Drezat
Money: 50.000 B$ (No Bolso) | 2.525.000 B$ ฿S (No Banco)
Ganhos: '
Perdas: - 150.000 B$ (Refeição)
Relações: - Agatha (Player): ...
Ferimentos: '
things Profissão: Arqueóloga.
Estilo de lutinha: Karatê (Peixe) e Lanceira.
Proficiências: Avaliação | História | Investigação | Criptografia | Briga.
Qualidades: Nadadora Nata | Arcada Removível | Meiga | Prodígio | Atraente | Destemida | Voz melodiosa.
Defeitos: Atípico | Segregação | Sadista | Dívidas | Insônia | Extravagante | Compulsiva (Morder).
Objetivos:
- Dinheiro.
- Aprender: Geografia, Lógica ou Sociologia.
- Trabaiar pro submundo.
- Fazer um trabalho de civil comum.


Última edição por Ryoma em Qui Jan 13, 2022 7:57 pm, editado 1 vez(es)
Hooligan
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 2e2Gwni
Créditos : 05


Uma ótima primeira impressão que a organização passava para mim, certamente estava cercado e pessoas muito bem centradas e focadas em seus ideais, além disso minha intenções pareciam agradar os meus novos companheiros. Sem demora com meu formulário em mãos retornei à recepção onde Will havia me mandado e lá deixei o papel com todas informações ao meu respeito, que foram solicitadas. Seguindo para o próximo local, havia uma mulher responsável por me disponibilizar s equipamentos necessários para a minha empreitada. - Eu preciso apenas de um uniforme por enquanto...Agradeço! Após vestir-me em um local apropriado seguiria para fora do quartel general.

~ Aprendizado de Proficiência: Geografia ~


Conforme orientações de Will, seguiria em direção ao centro da cidade em busca do anexo onde conhecimentos teóricos eram o foco e serviço. - Vim sob ordens do Agente Will, estou procurando informações e conteúdos geográficos no geral, sabe onde eu posso encontrar? Indagaria dando um "carteirasso" em nome do meu superior. Iria de encontro ao primeiro agente que visse e em um segundo momento procuraria algum que tivesse a função de bibliotecário ou algo parecido. Gostaria que ele me designasse para o setor que que eu estaria procurando e por lá começaria a fuçar por tudo em busca de arquivos e livros que remetessem à geografias globais e específicas do nosso mundo. Por um breve período ficaria lendo e agraciando as ilustrações que contribuíssem com o meu conhecimento, é claro que ser um prodígio e lembrar de tudo que vejo facilitaria o trabalho. Ficaria pelo local até que julgasse estar pronto para dar uma aula sobre Geografia, claro que não me estenderia muito pois tinha afazeres. - Terminei por agora, volto em uma outra oportunidade. E me despediria daqueles que me acolheram.

~ Fim do Aprendizado de Proficiência: Geografia ~


Com um pouco de pressa retornaria ao quartel general do governo onde havia me alistado anteriormente, procuraria pelo Agente Will nas salas onde eu já teria conhecido e finalmente me apresentaria. - Agente Will, estou pronto para a missão que o senhor havia comentado anteriormente. Uniformizado e com a moral elevada aguardaria as instruções do homem. Ouviria atentamente tudo que ele teria para falar, não gostaria de cometer erros. Se houvesse algum memorando com informações sobre as tarefas, pegaria o mesmo e leria até decorar todas suas informações. - Estou pronto para dar continuidade, aguardo ordens. Me colocaria a disposição do agente ou de qualquer equipe ou indivíduo que fosse assumir as atividades comigo. Seguiria as ordens e orientações expressas para qualquer localização. Não tinha muita noção de como seria o trabalho, então observaria aqueles ao meu redor até que estivesse habituado com minhas novas função. Toda via se estivesse sozinho, bom, eu iria desenrolar de qualquer forma.


Histórico
Nº de Posts: 3
Ganhos: Cargo de Agente Júnior no Governo Mundial; Perícia Geografia.
Perdas: N/A

Relacionamentos: N/A

Observações: N/A


Objetivos

  • Aprender a perícia ocultismo.
  • Saber um pouco mais sobre o Poneglyph Instrucional do West Blue.







Última edição por Hooligan em Ter Jan 18, 2022 5:58 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 Xd4Aa45
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 44
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite





Capitulo I: Cuidado com a meia noite!

Sentia algo diferente vindo da pequena mestiça, a conversa com ela me dava uma paz interior que só atingia quando estava com Sasha. “E Pensar que encontraria alguém assim tão longe daquele lugar…” Pensava quando me despedia da pequena garota, aquele momento não podia me dar o luxo de me distrair mais, com uma grande missão vindo pela frente, tinha de retomar ao Quartel para terminar os preparativos.

“Tenho quase certeza de que ela trabalha para o submundo, mas não aparenta ser um perigo!” O fator de que ela esteja trabalhando com o provável inimigo, me deixava com um pé atrás, mas ela estaria com eles para sanar a dívida dela, não por questões mal caráter. - Ao menos eu acho…

A caminhada pela cidade seguia de forma tranquila, como de esperado as ruas estavam ligeiramente cheias. “Não vou ficar pensando nessas coisas agora, voltar ao foco da minha missão!” Pensava enquanto passava por um grupo de pessoas e assim conseguia seguir em direção ao quartel da marinha.

Como de costume o lugar estava tendo sua vigia por alguns marinheiros, passava por eles sem prestar muita atenção em quem estava com aquele turno, a final não era do meu respeito quem estava fazendo o trabalho braçal, a marinha anda mais era do que a cara publica do governo, então eles tinham de manter as aparências. Assim que adentrava um pouco mais a dentro, Alex já aparecia vindo em minha direção dando boas notícias. - Ótimo! Respondia olhando para os envelopes em cima de uma mesa.

- Não tem problema, a ideia é apenas alguns adentrarem no lugar como convidados! Respondia me aproximando da mesa, olhando para os convites, levava minha mão direita em direção a eles e encostava uma das minhas garras dando alguns toques com a mesma. - Vamos entregar um para o Leo e um para a Akagi, o terceiro deixarei guardado caso precisemos! Respondia pegando os envelopes e entregando para Alex.

Em seguida escutava a garota falar sobre os explosivos, naquele momento, caminhava lentamente pela sala me sentando em uma das cadeiras da grande mesa. - Quero que diminua a potência dos seus explosivos! Falava recostando minhas costas e colocando meu cotovelo direito no braço direito. - O intuito deles é destruir as rotas de fuga dos nossos alvos, um deles você vai plantar na sala de máquina o suficiente para fazer a embarcação parar de se mover! Com um tom bastante sério analisava a situação como um todo.

- Akagi e Leo devem estar prontos o quanto antes, eles são os primeiros a entrar em ação se infiltrando na festa, já o restante de nós precisamos estar prontos para poder seguirmos a embarcação quando estiver escuro, assim podemos nos aproximar furtivamente e assim invadir para que Laila plante as bombas! Analisava precisamente oque precisaria para concluir a missão, ainda faltavam horas para podermos iniciar.

- Para essa missão preciso aprender melhor algumas coisas! Falava me levantando olhando na direção de Alex. - Vou na ala médica, preciso aprender melhor sobre o corpo humano, para melhorar minhas técnicas de combate! Dando alguns passos em direção a saída da sala, me viraria novamente para Alex. - Bom, se não precisar mais de mim, sabem onde me encontrar! Com um sorriso no rosto, sairia indo em direção a enfermaria do quartel.

Aprendizado Proficiência: Anatomia Humana
Assim que chegasse na enfermaria procuraria por alguém que fosse capaz de me ensinar Anatomia Humana, ficaria ali o tempo necessário para poder aprender a devida proficiência, prestaria atenção em toda a teoria passada pela pessoa que iria me ensinar, e em seguida faria todas as praticas que a mesma mandasse, assim tentando dar o meu máximo para poder saber mais sobre o corpo humano.



Histórico:
Nome: Agatha Harkness
Número de Posts: 6
Ganhos:
N/A
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
N/A

_________________

Capitulo I: Cuidado com a meia noite! - Página 2 J09J2lK