All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» RP Player Ficha - Aria di Lut
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Samira Hoje à(s) 2:38 am

» RP Player - Ficha War [Pronta]
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 11:21 pm

» Evelyn yae Göth
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 11:21 pm

» [Ficha] NPC Kira
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Kira Ontem à(s) 10:22 pm

» [Ficha] Waiss
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Benisuzume Ontem à(s) 9:58 pm

» Criação de Profissão Personalizada
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Tomita Ontem à(s) 9:19 pm

» Ficha - Jonathan D. Lupertazzi
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Yrret Ontem à(s) 8:56 pm

» RP [Ficha] Kira
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Kira Ontem à(s) 8:22 pm

» Ficha de Chocho Kimiko
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:25 pm

» Elsa Volkerbäll
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:22 pm

» [Ficha] Crisbella Rhode
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:16 pm

» Crisbella Rhode
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:16 pm

» [FICHA] RyanLeTony
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 5:46 pm

» [Ficha] Kidolegends
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:49 pm

» Mar K. Dominus
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:49 pm

» [Ficha] - Ágda Skyblazer
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:44 pm

» Ágda Skyblazer
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:44 pm

» [Ficha] Musashi Ryuken
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:26 pm

» [Ficha] Lenore Granhiert
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 1:09 pm

» Kaori Setsuna
Arquivo de Ficha - Reabertura Emptypor Mizzu Ontem à(s) 12:49 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Arquivo de Ficha - Reabertura

Ir para baixo 
AutorMensagem
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Arquivo de Ficha - Reabertura NiCMjdS
Créditos : 15
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Arquivo de Ficha - Reabertura Empty
MensagemAssunto: Re: Arquivo de Ficha - Reabertura   Arquivo de Ficha - Reabertura EmptyTer Jan 16, 2024 5:22 pm

Reino de Saakar



Nome: Reino de Saakar
Sistema de governo: Ditadura - Yonkou
Regente: Hulk Décimus III
Densidade populacional: Média
Religião: Nenhuma.
Clima: Verão / Primavera.
Temperatura média: 25 a 30º C de dia, 20º C de noite.
Geografia: A ilha possuí uma enorme extensão florestal juntamente com algumas elevações, sendo um ótimo lugar para viver. Grande quantidades de minerais, frutas, animais e árvores únicas, um lugar com ótimos recursos para sustentação de vida e prosperação do reino. A cidade cidade e suas muralhas ficam mais próximas do sul, onde há o porto. É possível avistar de longe o coliseu e as muralhas em volta, sem nem mesmo atracar na ilha, o que logo dá pra entender qual é a ilha.









Antes de se tornar civilizada, a ilha de Saakar era bastante odiada e temida por boa parte dos mares. Afinal, apesar de seus ótimos recursos, era extremamente difícil sustentar uma civilização. Com passar do tempo, dos nativos e viajantes, a ilha começou a se tornar algo próximo de uma cidade. Exceto pela falta de leis e pela grande quantidade de matança. O governo havia tentando tomar conta do local, em busca dos recursos, mas por razão da grande quantidade de piratas, saqueadores, caçadores, era impossível qualquer tratador de paz ou de posse.

Tudo mudou quanto Gouk Décimus I, pai de Hulk, instaurou muralhas na ilha e deu inicio a uma nova era. Sua força foi louvada e temida por muitos. Sua inteligência lhe fez criar o coliseu e a arena com intuito de amenizar as preocupações, tédio e crimes que fazia parte do cotidiano. Em poucas décadas a ilha mudou radicalmente, instalando diretrizes capazes de ostentar um reino extremamente rico e prospero, usando os recursos naturais da ilha como fonte de renda.

O governo temeu a magnitude que Saakar estava seguindo e tentou usurpar o trono com seus meios por baixo dos panos; falhando miseravelmente. Saakar não possuía nenhum vínculo com qualquer outro grupo, e os descendentes de Gouk acreditavam que a força do povo era a força da ilha, uma união em busca da sobrevivência e do crescimento e de que não precisavam ser capachos do governo ou da pirataria. Entretanto, o governo desesperadamente tentou outra vez frear o exponencial desenvolvimento antes que fosse tarde demais. Todavia, para a infelicidade deles, o atual Yonkou Drak Skarhall estava na ilha, mais precisamente: na arena. Graças a presença dele, e de sua força, os navios foram destruídos e os restante recuaram.

Impressionado com a força do pirata, irritado pelo ato da marinha, Hulk decidiu seguir sob a bandeira dos Piratas Indomáveis. Até porque, Drak foi o primeiro a marcar o maior numero de vitorias na arena conquistando assim o respeito e admirável de todos. Anualmente, Hulk faz um grande festival chamado de: Banquete da glória. Este evento marca a aliança e respeito que o povo de Saakar possui pelo Yonkou. Há diversos eventos especiais e muita comida e bebida por sete dias intermináveis. Desde a afiliação com Yonkou, Saakar floresceu ainda mais e atualmente é a cidade com os maiores eventos de lutas já vistos no novo mundo. Possuindo um exército de guardas extremamente habilidosos e doutrinados capazes de seguirem comandos sem questionar.
 


Grande Arena


A arena é o local onde todos lutam em busca de fama, dinheiro, gloria, tedio, entre outros desejos. Fazer seu nome é simples; basta vencer. Quantas regras existe lá? O público decide. Quanto mais regras e obstáculos, maior será o ganho, simples assim. Seu apresentador é carismático e bastante cativante, conseguindo fazer os telespectadores irem a loucura. Exatamente por isso incontáveis piratas, mercadores e apostadores vão para tentar ganhar muito dinheiro. Enquanto alguns almejam ficarem rico, a nobreza e realeza são vistos gastando torrentes de dinheiro. Afinal de contas, eles estão lá por diversão e para presenciar a carnificina. Há diversas lutas na arena, entre elas mano-a-mano; fera contra homem; grupo versus obstáculos. Muitas formas de gerar eventos com grande adrenalina é visto lá, exatamente por isto a arena é conhecida por todos os mares como: Arena Primal. Existe um painel com alguns nomes que detém o maior números de vitorias e, o top 1, está escrito o nome: Drak Skarhall, O Indomável. Atual Yonkou que possui filiação com a ilha e seu regente.

Coliseu Primal


No epicentro da ilha existe um enorme coliseu, tão alto quanto o céu e tão largo que toda sua estrutura leva horas para dar a volta. Qualquer um que possuir um alto índice de vitória pode permanecer dentro do coliseu com tudo pago, desde que esteja disposto a seguir 3 regras simples, primeira: jamais atacar alguém dentro do coliseu, principalmente os guerreiros participantes. Segunda: ser ativo no coliseu, isso significa lutar a cada 7 dias. Terceira: pagar um tributo para a cada vitoria para o atual regente Hulk. Não há regras quanto a jogos armados. No entanto, uma vez que o publico perceba isso e decida que a morte é sua única salvação, será um terrível problema para você dentro da arena. Exatamente por isso poucos tem a ousadia de vender a luta, apesar de que sempre há mentes bem astutas para tais artimanhas. Contudo, a grande maioria que luta na arena possui grande honra.

Dentro do coliseu você pode ter a vida de um rei, mas para chegar lá, há inúmeros andares que são quase infinitos. Você começa com Status “lixo” e pode chegar até o Monarca. Existe um total de 7 Monarcas que reinam, mas apenas 3 deles reinam na arena, o que significa que há 5 vagas atualmente. São conhecidos como Monarca da destruição, Monarca do Desespero, Monarca da Morte. O epiteto é dado quando se conquista o Status e para se conseguir a somente duas formas: primeira ocupando o cargo após 10 vitorias e, segunda, derrotando um dos Monarcas. Todavia, para conseguir uma luta com eles é necessário pelo menos 7 vitorias consecutivas. O que parece ser algo fácil, mas poucos até hoje conseguiram.

Uma vez com o Status de Monarca as pessoas lhe idolatraram como um guerreiro divino. Comida e bebida sera algo inesgotável. Quartos de luxo e companheiros para passar a noite serão algo de sobra. Sua vida será repleta de riquezas e luxos, mas com um custo equivalente. Muitos guerreiros poderosos que se endividaram dentro da arena, por razão de haver a taxa de tributo, são absorvidos para a guarda especial montada para dirigir e gerenciar o dia-a-dia. Exatamente por isso os Sentinelas são bastante poderosos e dificilmente os guerreiros infligem as leis do atual regente.

Residencial


O residencial é composto por inúmeras casas bem arquitetadas e construídas para todo tipo de raça. Especialmente feitos para acomodar o máximo de público possível, principalmente por se tratar de uma ilha que atrai turistas e apostadores como moscas na bosta. O coliseu está no centro do residencial, acabando atraindo boa parte dos olhares. No entanto, pessoas com proficiência em arquitetura, construção naval, verá o quão bem construídas as casas são, mostrando que não se trata de uma ilha de bárbaros, mas sim de uma ilha de eventos lucrativos. Apesar da alta população, ainda existem casas disponíveis para suportar mais pessoas se necessário. No entanto, ainda existem mais vagas dentro do coliseu especialmente feitas para Reis, nobres e entre outros convidados com extrema importância. Inclusive sendo a moradia do atual Regente. A cidade toda é cercada por enormes muralhas bem fortificas e construidas para suportar até mesmo altos canhões pesados da marinha; ou de outros agressores. Exatamente por isto poucos tentam invadir na base da força, já que, além das muralhas existe os Sentinelas bem treinados e doutrinados. No entanto, o principal motivo de haverem muralhas tão altas e espessas é pelo fato de feras habitarem o lado externo da ilha; na floresta nebulosa. Estas mesmas feras são usadas no coliseu para eventuais eventos, por este motivo o atual Regente não as matou, deixando livre e as usando quando necessário.

Floresta Nebulosa


A ilha é extremamente grande, pois, o lado externo é três vezes maior que toda extensão interior de Saakar. Havendo feras vorazes e letais. Entretanto, com passar do tempo, aprenderam a respeitar guerreiros com espíritos destemidos e ambiciosos. Basta um olhar das feras e elas verão sua alma como nenhum outro ser vivo verá, sendo impossível engana-las; apesar de ainda ser bem possível derrota-las. A floresta durante a noite é repleta por uma neblina de cor escura que provem de algumas peculiares árvores chamadas de: Nébulas. Estas árvores são usadas para criar estruturas mais resistentes que madeira, como também as atuais casas do residencial de Saakar. É facilmente reconhece-las pelo fato de sua cor ser em um tom negro, sempre guarnecidas por bestas em razão do caule de suas seivas serem bastante relaxante.

Porto de Saakar


O porto de Saakar fica algumas centenas de metros das muralhas e, por razão de fazer parte do habitat das feras, é sempre possível ser atacado durante o trajeto. O que dificulta bastante o acesso à cidade para turistas, convidados. No entanto, já mostrando o nível de dificuldade que a ilha prove em seu todo. Isso atiça os nobres e ricos a desfrutarem logo de cara de eventos únicos e cativa os piratas a conseguirem chegar nas muralhas da cidade, até porque esse era seu objetivo. Aqueles que são devorados no trajeto, na opinião do atual regente, são nada mais que alimento para a vida da ilha. A frase favorita do Regente é: “A ilha se alimenta do fraco ou o forte se alimenta da ilha. Isso é o fundamento de Saakar.” Apesar desses acontecimentos, existe um caminho trajado com pedras bastante bonitas e um porto bem estruturado. Existem poucos sentinelas que ficam de escolta lá, e os que ficam possuem astucia para não serem devorados pelas feras. Afinal de contas, apesar de serem mais fortes e poderem mata-las... é estritamente proibido matar qualquer criatura que faça parte da arena; o que resulta em uma porcentagem de 90% das bestas que habitam lá. Contudo, na hipótese de isso acontecer é bastante simples: basta assumir o lugar da besta e vencer uma luta para ter sua liberdade. Afinal de contas, a acima da morte à a liberdade.


Hulk Décimus III

Descrição: Terceiro regente na monarquia de Saakar, dito como o mais viril e forte da sua linhagem. Hulk é um homem que possui por volta de 4 metros de altura, sendo um humano extremamente alto. Ele é justo, honrado, mas também um bárbaro quando necessário. É viciado em apostar, seja o que for, onde for, com quem for, ele tem prazer pelo resultado desconhecido. Entretanto, não é com qualquer um que ele decide desfrutar de um bom jogo, mas sim com quem ele ache digno. É um homem bastante sagaz e valente, teimoso e bastante beberrão. Tem mania de chorar bastante quanto chega ao ápice da bebedeira, podendo ficar até mesmo violento. Contudo, grande parte do povo respeita sua força e capacidade de liderança. Ele é um homem simples, apesar de sua riqueza. Ele usa roupas de pelagem animal e uma coroa com chifres que descende desde o primeiro patriarca de sua familia.

Existem muitos serviços em volvidos com os eventos da ilha, além dos serviços básicos da ilha como tavernas, loja de armas e entre outros. Tudo é passado para ele e tudo permitido, desde que pague os impostos e tributos. Afinal, bondade não gera riqueza, mas sim determinação, esforço e ambição. Ele não é do tipo que anda com guardas o tempo todo, pois, confia em sua força. Entretanto, é visto algumas vezes sendo escoltado de longe por alguns membros com habilidades especiais. Muitos boatos dizem que foram escolhidos a dedo e que seus nomes já estiveram no coliseu como bravos guerreiros.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Arte Marcial: Décimus:


Aslan, Encouraçado

Descrição: Atual capitão dos Sentinelas, Aslan é um homem bastante recluso e de poucas palavras. Ele sempre está vestindo uma armadura e enorme espada de dois gumes bastante extravagantes e expressa um rosto sério sempre. Se tornou o capitão da guarda de Saakar após largar o exercito revolucionário. Dizem que sua recompensa beira aos 500 milhões de berries. Corajoso, esperto e impassível, este é Aslan conhecido como: Sentinela Encouraçado. Todos os guardas o respeitam e o povo se sente seguro quando o guarda está caminhando pelas vielas. Afinal, mesmo sendo o principal Sentinela da ilha, graças a autoridade do regente, ele é sempre visto andando pela cidade.

Nível: ??
Estilo de Luta:
Sentinela Arm:


Vexa, O Apresentador

Descrição: Ninguém sabe ao certo quando Vexa chegou na ilha, ou quem exatamente ele é, exceto o próprio regente da cidade. Todos conhecem ele como o atual apresentador da Arena Primal. Possui um grande carisma e uma incrível habilidade de conquistar o público. Sua lábia é sem igual e as lutas, se não fosse por ele, certamente perderiam um pouco de seu brilho. Sua aparência é mirrada e sua aparência bastante incomum, mas para todos que estão acostumado na Arena certamente não há nenhum problema com isto. Vexa é agitado, ansioso e bastante ardiloso. A maioria dos lutadores o subestimam por seu porte ou por seu caráter. Entretanto, quem conhece bem Vexa sabe que ele é um ator, e atua sempre. Parecer fraco e ter medo dos competidores cativa o povo e faz o sangue deles ferver: pensando que o apresentador pode morrer a qualquer momento durante sua narrativa. Porém, Vexa não é alguém fraco, apesar de seu pequeno físico, ele sempre está carregando consigo sua trombeta ao qual usa para narrar os eventos. Este equipamento, criado por ele mesmo, é capaz de amplificar sua voz por toda arena; até mesmo usando como uma ferramenta de combate. Ele admira lutadores fortes e idolatra seu serviço, podendo fazer até mesmo de graça. Ele respeita o regente e admira os monarcas tanto que quase sempre fala deles, seja em uma conversa banal, uma música ou quando está em serviço.
Nível: ?
Estilo de Luta:
Killer Musiker:


Hiela, Monarca da Destruição

Descrição: Não se sabe muito da história de Hiela, apenas que sua familia veio de fora por volta de uma década atrás. Seu clã é conhecido por usar a arte marcial: Slash Fire. Sendo ela a maior prodigio de toda sua familia. Quem não se encantar com a beleza exuberante de Hiela, dita como uma das mulheres mais fortes em Saakar. Ela é uma lutadora incansável e bastante entusiasmada. Atual monarca, desfruta dos prazeres que o Coliseu lhe proporciona já alguns anos. Hiela é egoísta, orgulhosa e bastante louca. Ela parece um poço sem fundo quando o assunto é bebida, apesar de ser bastante resistência ao álcool, uma vez que fica embriagada ela quer sair na porrada com todo mundo. Isso custou muitos conflitos e muita dor de cabeça para Aslan, o capitão das Sentinelas. Contudo, o maior motivo da bebedeira de Hiela é pela sua paixão em Aslan, tentando sempre chamar atenção dele. Porém, o homem não tem interesses amorosos, principalmente com ela que causa confusão. Hiela chegou por volta de uma década atrás, era nova e logo se adaptou ao estilo de vida em Saakar. Entretanto, ela é independente e mora no coliseu desde que assumiu seu posto como “Monarca da Destruição.” Hiela ama lutar, adora sentir ser desafiada e desafiar os fortes. Ela ama ainda mais o dinheiro e, uma coisa interliga a outra, fazendo com que ela permaneça lá sempre. Raramente verá ela andando na cidade, exceto se for para comemorar uma vitória e encher a cara de cerveja. Além disso, Hiela possuí objetivo de ser a guerreira com mais vitórias na Arena, apesar de estar no top 10, ela é a terceira.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Sunshine:
Akuma no Mi:
Senkō Senkō no Mi:



Tora Baraghan, Monarca do Desespero

Descrição: Tora é um pirata renomado conhecido anteriormente como Tora, Testa de Aço, que acabou parando na ilha por motivo de seu navio ter naufragado em uma violenta tempestade. Ele é um ex-condenado que acabou preso na Arena por virtude de ter matado uma das bestas da floresta até que pagou sua dívida. Um tritão bastante poderoso que, sem um destino especifico, permaneceu vários anos lutando na arena com objetivo de arrecadar fundos para ir embora. Entretanto, foi conquistado pela fama que ganhou e pelas mordomias que o Coliseu proporcionou. Ele ainda tem objetivo de ir embora, mas até lá desfruta de tudo que lhe é servido. Ele é bastante mal-humorado e vingativo. Pouco se sabe mais sobre ele, pois, ele só sai de dentro do coliseu para participar das lutas, fora isso ele está sempre lá dentro no seu luxuoso quarto.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Karate Iron Triton:


Madog, Monarca Truculento

Descrição: Madog é um Oni bastante asqueroso e repulsivo, o pior tipo que existe por assim dizer. Suas lutas são pura brutalidade e sem um pingo de honra. Possui por volta de 10 metros e seu vocabulário é bastante limitado, sendo bastante burro. Ele foi desafiado pelo Regente a lutar e vencer 100 lutas e desde então ele está no coliseu. Ele tem mais derrotas que vitorias e está longe de alcançar sua meta. Suas derrotas mais ocorreram por manipulação por causa do seu baixo intelecto que em si por nocaute. Todavia, todas suas vitóritas levaram seus inimigos a serem mortos, triturados ou esmagados por motivo de sua selvageria. Madog é considerado uma arma de matar sem um pingo de hesitação. Ele mata qualquer um que ele não gostar, como também pode se tornar amigo de quem gostar. Uma criatura simples.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Truculento:


Abgail Velahar, Monarca da Morte

Descrição: Abigail foi uma incrível assassina durante sua juventude, dita como a mais prodígio de seu clã: os Velahar. Qualquer um que contrate um mercenário digno, deveria conhecer este clã que se lastrou pelos mares do novo mundo. Sem vínculo, sem afiliação e sem sociedade, os Velahar viviam e serviam quem pagava mais. Eles eram doutrinados assim; a serem maquinas de matar sem ninguém ver, talvez por isto poucos sabem deste clã nos tempos de hoje em dia. No entanto, Abigail se apaixonou por um comerciante e desertou seu clã fugindo para o alto mar. Com passar do tempo, ela teve dois filhos adoráveis e se torno uma excelente esposa ao qual ajudava seu marido a comercializar joias. Todavia, em busca de vingança seu clã a encontrou e saqueou o navio em que ela e sua família estava. Infelizmente seu marido e filhos foram mortos como consequência de seus atos. Ela estava prestes a tirar sua vida até que recordou das palavras de seu marido: “Viva e seja você mesmo.” Ele sempre dizia isso, sem a culpar durante o leito de sua morte. Algum tempo depois, Abigail parou na cidade de Saakar e em uma espécie de penitencia ela pisou na arena onde busca incansavelmente alguém para tomar sua vida. Entretanto, todos pereceram diante seu instinto assassino que floresceu e evoluiu com fúria ao passar dos anos. Ela foi chamada de Monarca da Morte pelo motivo de todos seus adversários morrerem. Dito como a mais fraca fisicamente entre os monarcas, mas a mais perigosa entre eles. Ela usa seus recursos para ajudar as crianças de Saakar, que não são muitas, mas que precisam ser orientadas. Ela é tímida, quieta, impassível e protetora quando necessário. Incrivelmente impiedosa e mortal, por muitos temerem ela, acaba usando um manto para sair durante seu tempo livre.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Poison Slash:
Arma Lendária:
Adaga da morte:


Fausto Ordgam

Descrição: Existem muitas tavernas em Saakar, mas poucas que conseguem lidar com piratas, caçadores, entre outros que causam desordem. Faustos é o dono da melhor Taverna da cidade: Warriors Bar; e o único taverneiro mestre conhecido por ter feito parte do grupo de monarcas de Saakar, abdicando deste posto após um grava ferimento e assim realizando seu sonho: abrir uma renomada taverna. Ele é um homem justo, calmo e bastante amigável. Um informante; se souber pagar o preço e aliado: se souber conquistar sua afeição. As melhores bebidas se encontram em sua taverna por motivo de serem produzidas pessoalmente por ele. Ele possui algumas beldades como garçonete atendendo e quem conhece sua reputação não ousaria importunar as moças. Seus preços são razoáveis e ele adora ir a arena ver os eventos que ocorrem toda semana. Ele é um dos poucos que conheceu pessoalmente o regente anterior, pai de Hulk, apesar de não aparentar o homem possui mais de 70 anos. Exatamente por isso o atual regente tem grande apreço e respeito pelo taverneiro.
Nível: ??
Estilo de Luta:
Druken Master:


Madeira Nebulas:

_________________

Arquivo de Ficha - Reabertura 9TgJxPb
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Arquivo de Ficha - Reabertura NiCMjdS
Créditos : 15
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Arquivo de Ficha - Reabertura Empty
MensagemAssunto: Re: Arquivo de Ficha - Reabertura   Arquivo de Ficha - Reabertura EmptyDom Jan 28, 2024 12:07 am

Reino de Targaryan



Nome: Reino de Targaryan
Sistema de governo: Ditadura - Yonkou
Regente: Elara Targaryan
Densidade populacional: Alta
Religião: Amaterasu - Deusa do Sol.
Clima: Verão / Outono.
Temperatura média: 30 a 20º C de dia, 17º C de noite / 18 a 10 de dia, 7 a noite durante o Outono.
Geografia: Situada em uma enorme ilha com florestas, rios, montanhas e relevos, a cidade central está instalada próxima da orla. Havendo um porto muito bem equipado e com uma extensão acoplada que segue mais adentro do reino; muito bem guarnecido. Uma cidade bastante desenvolvida, por outro lado existem algumas vilas mais pobres vários quilômetros da cidadela. Dentro do reino a locais mais altos como uma igreja, centro de treinamento de soldados e por fim... o castelo da atual rainha.









Originalmente construído a centenas de anos atrás, pelo primeiro rei Rhaeggar Kariel Targaryan, emergiu um reino bastante pobre e muito humilde. Graças ao enorme carisma do rei, rapidamente o reino se expandiu e floresceu com dignidade e justiça. Não demorou muito para o governo propor uma filiação com o reino, o que surgiu uma união honrada por ambos; pelo menos assim Rhaeggar acredita.

Com passar das décadas, o rei percebeu a injustiça do governo em alguns parâmetros e determinou-se a desunir seu vínculo com a instituição governamental. No entanto, para honrar o contrato de 100 anos que havia formado, infelizmente ele teria que passar para seu primogênito. Rhaeggar possui apenas um filho, chamado de Egar Targaryan. Egar não possuía o carisma de seu pai, mas por outro lado havia crescido nele uma inteligência bastante louvável. Com isto, Egar conseguiu provas para quebrar o contrato com o governo. No entanto, foram queimados em alguns “acidente” por acaso.

A inteligência de Egar era tamanha que, apesar as artimanhas do governo para inibir as provas, o rei usufruiu de contatos, mercenários e seus soldados com proposito de juntar um exército rapidamente. Decidiu mandar embora o capitão da marinha juntamente com seus soldados que se encontravam instalados no quartel. A força que o rei havia juntado era mais do que suficiente para garantir a expulsão dos mesmos. Entretanto, o governo levou isso como um ato de desonra e mandou reforços para penalizar o rei de sua atitude.

Egar era muito inteligente e astuto, preparado para tais meios, o rei acabou afiliando a uma célula revolucionaria que lutava contra estes atos injustos da marinha, que publicamente pareciam ser justos, mas em sua maioria não eram. O ataque da marinha havia sido antecipado e falhado miseravelmente. Com a queda de seus planos, e ao perceber o quão prevenido Egar estava com informações, milícia e recursos, o governo decidiu esperar.

Os anos passaram e Egar veio a falecer, mas não antes de ser pai de dois filhos, deixando o trono para seu filho mais velho: Galaher Targaryan. Justo e horando, Galaher era uma obra de cavaleiro em todos seus aspectos. Mimado, porem educado. Horando, porem justo. Orgulhoso, porem caridoso. Galaher era sem duvidas um homem idolatrado e amado acima de todos os outros. Diferentemente de seu irmão mais novo, Lawter Targaryan. Introvertido, tímido, mas incrivelmente ardiloso. Ele não havia herdado nada de seus antecessores, exceto um fervoroso desejo de ver o reino crescer ainda mais.

Lawter não ambicionava o trono, como muitos achavam, muito pelo contrário. Ele queria que seu irmão fosse o Sol e ele a Lua, onde ambos dividem o mesmo espaço em busca de um perfeito equilíbrio. Galaher foi alvo de incontáveis tentativas de assassino, já que, o governo havia novamente se movimentando e postos seus peões em busca de retaliação pelo passado. Contudo, Lawter estava sempre pelas sombras protegendo seu irmão e sendo o mau necessário. Contudo, certa hora, Galaher acabou sendo assassinado por uma amante que havia sido coagida. Deixando três filhas. Elara Targaryan, Aryan Targaryan e Belta Targaryan. As princesas eram uma mais linda que a outra. Prevendo a morte do Rei, Galaher, e o estado emocional de Lawter, o governo mandou um grupo da CP9 dar um fim a toda família real. E iriam conseguir, senão fosse a intrusão de um grupo pirata. Nesta época, algumas décadas atrás onde Drak estava em ascensão, ocorreu de ele ter atracado na ilha em busca de reabastecer o navio. Talvez por destino, acaso ou sorte, Drak estava no lugar certo na hora certa onde percebeu Elara fugindo do castelo entre as vielas do reino.

O primeiro contato de Elara com Drak foi inusitado e bastante intimidador a jovem, porém, Elara foi a única das filhas de Galaher que poderia se dizer um prodígio. Nasceu com um intelecto tão alto quanto seu antecessor, um carisma tão cativantes quanto o primeiro rei e uma visão de como o reino poderia ser melhor.

O desespero faz o momento, é um ditado interessante em que Elara pode desvendar pela primeira vez. Afinal de contas, acabou colidindo com um dos Piratas mais temido do novo mundo. Drak e Nero decidiram ajudar a garota sem saber quem ela era ou sem esperar nada, apenas por capricho dele. A batalha contra CP9 durou muitas horas, muito caos e matança. Resultado final: vitória dos Piratas indomáveis.

Os priatas haviam ido embora, sem muitas formalidades, mas o impacto de ter salvado Elara e das palavras de Drak para ela, certamente carrega consigo para o resto da vida: “Garotinha... não deixe seus sonhos serem tomados por estes merdas. Até uma próxima vez, Tarararara!”

Uma década depois, Elara fez seus 21 anos e subiu ao trono, sendo ajudada por seu tio e apoiada pelas irmãs. Seu pai era idolatrado, mas morreu antes de fazer algo ao reino. Desta forma, Elara se tornou Rainha e uma mulher bastante intensa e imponente. Ela não era boazinha, mas também não uma tirana. Ela conseguiu atingir o equilíbrio entre estes dois pontos que é algo extremamente difícil.

O reino então cresceu e floresceu, até que em um momento o grupo pirata foi chamado pela Rainha. Um banquete extremamente rico em comida, bebida e divertimento foi servido para os piratas e para o povo, que não tinha medo deles, já que, Elara estava habituando-os com os piratas que iam e viam no reino. Os que tentavam saquear e causar confusão eram detidos pela forte guarnição, outros convencidos pela inteligência e carisma da mulher. Por outro lado, os que vinha em paz e apenas visitar o reino e comprar recursos eram tratados com dignidade e sem um pingo de discriminação. Por sinal, era um crime discriminar piratas, revolucionários e até mesmo raças.

A rainha quando subiu ao trono, formalmente, já havia conquistado seu povo muito antes. Ao longo de sua adolescência, ela havia construído vínculos com outros reinos, com comerciantes estrangeiros e assim adquiriu muitos recursos e um reino prospero com um povo bastante organizado e muito bem direcionado. Todavia, inimigos surgiram e os que não seguiam seus princípios acabavam banidos do reino. Com passar do tempo uma vila acabou emergindo ao noroeste, sendo chamada de Vila dos Renegados. Eles não foram mortos, mas sim banidos por suas ações e dizeres, perdendo os benefícios e bençaos do reino.

 


Castelo Real


O castelo fica em um penhasco acima da cidade, desde sempre. É dito que ele foi construído pelo primeiro Rei com intuito de sempre estar atento com possíveis ataques inimigos, além de ter uma visão ampla de seu reino. É uma construção belíssima com estatuas, túmulos de honras e locais para eventos em homenagem aos regentes e aqueles que são reconhecidos por eles. Para adentrar basta passar pelo enorme portão e subir por uma longa escadaria até que por fim poderá ver o enorme jardim com um pequeno lago e o salão logo a frente. O castelo real comporta diversos quartos, cozinhas e um salão de eventos. Há também um palanque em cima do enorme portão cujo é acessado apenas pelo lado de dentro, servindo de um ponto para discursos e manifestos dos reis em busca de amenizar as preocupações de seu povo ou alegrar com novas notícias. Sobre as laterais do castelo, em uma cascata continua, há uma vertente de água natural que despenca para dentro da cidade. Sendo usava especificamente para gerar energia ao povo com hidroelétrica muito bem construída em busca de conforto; além de ser um ótimo lugar para tomar um banho gelado, senão fosse proibido é claro.

Igreja Amaterasu


A igreja de Amaterasu foi construída quase ao mesmo tempo que a cidade. Foi desenvolvida em busca de aconselhar o rei e ajudar os desesperados, pois, haviam muitos conflitos naquela época. Aceita por todos, desde sempre, a igreja atualmente serve como um refugio para aqueles sem rumo na vida. Ela emprega e da alimentos aos pobres, não que exista muitos deles, mas é possível sempre ver os necessitados vagando pela noite. Por mais que a rainha seja generosa, é impossível atingir todos o seu povo e ainda tem aqueles que negam e vivem por seus desejos obscuros. Então a igreja existe como balança para auxiliar até mesmo nas sentenças de expulsão, exilio e até mesmo morte. O atual líder da igreja, Padre Erick, é um homem que sempre está disposto a mediar conflitos entre clãs, empresas e até mesmo os nobres, possuindo um grande carisma e uma lábia provinda de sua fé.

Cidadela


A cidade é um local amplo muito bem construída e desenvolvida se estendendo por toda orla da ilha ao sul, ocupando um espaço adequado e bem guarnecida com suas construções. As casas são feitas de tijolos enquanto construções mais magnânimas como o castelo, a igreja e o porto central são revestidos de concreto e aço reforçado. Existem muitas casas e banhos quentes, por razão da abundante quantidade de água que o reino possui. Existem muitas tavernas, hotéis, centros de pesquisas e comércios com todo tipo de produto que possa existir pelos mares do novo mundo; talvez com algumas exceções. Todavia, é um comercio muito bem adaptado e polido para que possa oferecer de tudo um pouco, para qualquer raça ou grupo.

Porto Central


O porto foi o local que deu origem a todo restante da cidade, exatamente por isso é visível uma parte dele se estendendo reino adentro. Ainda que boa parte dos navios atraquem na parte externa, há aqueles que são autorizados a navegarem para dentro da cidade podendo atracar mais próximo do centro e favorecer de certa forma. Isso ajudou bastante nas descargas de mercadorias como também nas vendas, por esta razão a rainha deu total controle para o guarda chefe avaliar e liberar quem fosse digno e/ou benéfico ao reino. Desta forma, evitando possíveis ameaças. De certa forma, o porto é a alma do Reino Targarya e apesar de não haver guardas da marinha, existe uma guarnição muito bem treinada e muito bem preparada para proteger o porto e a cidade 24 horas do dia. Tudo isso é claro graças ao guarda chefe.

Base Revolucionária


A base revolucionária é liderada por Jack, lobo branco. Sendo em um território subterrâneo cuja a entrada poucos sabem. Não há muitos revolucionários, mas certamente o suficiente para ocupar um espaço de centena de metros. Ela foi construída a partir de uma fenda das montanhas que se alastrou do outro lado do relevo, sendo fácil a construção e camuflagem da base. Caso se deparem com a entrada, ou descubram, existe uma senha que é pedida sempre ao bater na porta da entrada como medida de segurança. No entanto, é apenas por precaução. Afinal de conta, não á quartel da marinha ou base do governo para importuna-los. Então eles mais ficam envolvidos em assuntos externos do que em si internos.

Vila dos Renegados


Alguns anos atrás Caim foi o primeiro homem a ser isolado do reino, pois, por piedade Elara decidiu não sentenciar o mesmo a morte, já que, ele serviu durante muitos anos como guarda real. O motivo de seu exilio foi por ele ter aceitado suborno, mesmo que sem intenção. Ainda que Caim até hoje desconheça que foi manipulado por Gareth, ele como um homem justo e honesto decidiu aceitar sua punição e criou uma pequena vila próxima das montanhas do norte. Desta forma, Caim começou a receber alguns semelhantes e em pouco tempo criou um assentamento conhecido como: Vila dos Renegados. Ele foi conseguindo mão de obra e gerenciando a vila como líder até predominar vários hectares. Sua renda está no plantio e mão de obra dos ferreiros, conseguindo tirar seu sustento disto. Todos os exilados, ou renegados como alguns dizem, são marcados por uma marca ao custo de sua vida e estadia na ilha; ficando eternamente exilado e marcado para saberem de sua punição. Esta foi uma forma que a rainha conseguiu chegar poupando a vida por um erro após muito ajudarem o reino a florescer. A vila é bastante pobre e simples, porém, o suficiente para viverem tranquilamente. Ainda que Caim não guarde nenhum rancor de Elara, ele certamente tem profundo ódio por Aldebaran, algum tipo de rixa inimiga muito antiga.

Banco Atlas


O banco é o maior, e único, que reside dentro da cidade. Acabou ficando mesmo com a expulsão do governo a vários anos atrás. Não existe um chefe especifico, pois, é um local que mais serve para mercantes do que em si para a rainha. Já que, a fortuna dela fica em sua posse. Desta forma, Elara permitiu que o banco permanecesse neutro em prol dos entregadores usufruírem uma vez que atracam no reino.


Elara Targaryan

Descrição: Elara, atual rainha, é uma jovem com apenas 20 anos de idade que subiu ao trono pouco tempo atrás. Apesar de nova, ela já pensava como uma futura rainha muito antes de subir ao trono. Inteligente, astuta e muito carismática, Elara herdou tudo que tinha direito em termos de mente e corpo, pois, é tão hábil nas palavras quanto na espada. Pode-se dizer que existam poucas pessoas que a odeiem, de fato, e muitos a consideram um gênio. Ela possui uma beleza estonteante, podendo encantar os fracos de coração em um único encontro. Ela é gentil, mas ríspida. Compassiva, mas resoluta. Ela é uma mulher justa e criada com doutrinas cuja se inspirou com os primeiros de sua família. Ela ama seu povo e faz de tudo por eles, principalmente em cuidar de suas irmãs.
Nível: ??
Haki: Armamento, Observação e Haki do Rei.
Akuma/Meitou:
Pendragon:
Estilo de Luta:
Esgrima Targaryan:


Aryan Targaryan

Descrição: A segunda mais velha, Aryan, é uma donzela em termos de elegância e finesse. Ela é educada e muito conversadora, bastante apegada ao templo Amaterasu e a fé. Ela é bastante justa, mas um pouco frigida demais. Ela acredita que o que acontece, deve acontecer perante a escolha e autorização de Amaterasu. Então por isto, ela não se mete nos negócios do reino, sendo mais um símbolo de pureza e convicção do que uma monarca em si. Ela possui uma aparência elegante e tão bela quanto sua irmã mais velha. Se existe algo que Aryan odeia, é os descrentes. E ela não mostra um pingo de compaixão para estes em si, diferentemente do restante.
Nível: ??
Haki: Nenhum.
Estilo de Luta: Não


Belta Targaryan

Descrição: A caçula das irmãs, filhas de Galaher, Belta é uma jovem de apenas 16 anos de idade. Ela é fofa quase com cara de santa... senão fosse sua personalidade extremamente mimada e furiosa. Qualquer um que veja ela de longe, acredita na inocência dela. Entretanto, pode ter certeza que ela é culpada de muitas coisas; inclusive de importunar suas irmãs. Ela é astuta, mas burrinha se comparada as suas irmãs. Seu charme já lhe salvou muitas vezes. Metida, convencida e ela adora se meter em confusão. Ela tem admiração pelos piratas famosos, como Drak que salvou seu reino anos atrás.
Nível: ??
Haki: nenhum
Estilo de Luta: Nenhum


Lawter Targaryan, O Conselheiro

Descrição: Irmão mais novo de Galaher, Lawter, é um culto homem que beira seus cinquenta e poucos anos. É honesto, diligente e bastante astuto, atuando como uma engrenagem eficiente para que o reino prevalece prosperando; assim como seu falecido rei desejava. Com a morte do rei, Lawter assumiu por apenas alguns anos o trono do reino Targaryan, mas logo passando para a primogênita Elara. Ele acredita que é mais eficiente atuar pelas sombras, como um suporte, do que diretamente como rei. Ele está sempre tentando resolver os problemas da ilha, não passando certos eventos obscuros com objetivo de poupar a rainha, já que, ela está sempre voltada nas transições e negociações com mercadores. Lawter é um visionário, mas diligente o suficiente para calcular seus passos, evitando assim de tropeçar em algum “problema” dentro do reino; um bom exemplo disso seria o submundo que lá reside. O conselheiro por mais que aconselhe e fique em cargo de 70% das tarefas em lidar com gentalhas e pepinos, algumas coisas ele faz vista grossa, por razão de acreditar ser benéfico ao reino mais à frente.
Nível: ??
Haki: Observação e Armamento
Estilo de Luta:
Gun Fire:



Orsted Crowle, Flash Rubro

Descrição: Orsted é um homem que está sempre vestindo terno vermelho com preto. Ele é quieto e possui uma presença extremamente silenciosa. Seria impossível ouvir seus passos, podendo apenas sentir sua presença com habilidades do haki e/ou semelhantes. Talvez confundiria com um assassino; o que não estaria errado. Crowle foi acolhido por Elara para servir como guardião de suas irmãs, ele está sempre a serviço e não se importa disso. Ele possui uma equipe competente de alguns membros cuja nem mesmo a rainha conhece e eles só obedecem diretamente a ele, apenas por precaução e medidas de segurança. Ele é habilidoso e destemido, escurando apenas as ordens da rainha e das princesas, ninguém além delas é capaz de dar ordens a ele. A conduta dele é nunca enfrentando alguém mais forte que ele, pois, ele acredita que o dever é acima de qualquer desejo de lutar contra alguém que não possa vencer. Está sempre fazendo os caprichos das princesas, mas muito mais da caçula do que das mais velhas; quase sempre acompanhando a menor entre as três. Ele é um homem de poucas palavras e possui um olhar frio e impiedoso, além de uma excentricidade difícil de explicar.
Nível: ??
Haki: Armamento e Observação.
Akuma/Meitou:
Sonic Sonic no Mi:
Estilo de Luta:
Sonic Style:


Aldebaran Kartios, Vanguarda Infernal

Descrição: Conhecido como: Vanguarda Infernal, Aldebaran, é o líder dos guardas do reino de Targaryan e um resiliente combatente. Escolhido a dedo por Lawter e pelo antigo Rei: Galaher. Ele é bastante orgulhoso e rígido com regras e regulamentos, seguindo afinco as normas e diretrizes que o reino detém. Ele atua como capitão da milícia a muitos anos, servindo a décadas ao reino. Dizem que ninguém maneja uma espada como ele, pois, ele treina todo santo dia mil movimentos frontais de espada, uma doutrina que ele segue desde novo. Poucos piratas puderam desafiar a força desse homem ou até mesmo ganhou seu respeito, mas ele como um homem e como um guerreiro de sangue, respeita aqueles que desbravaram os mares e conseguiram navegar por longos anos. No entanto, isso não é motivo para quebrarem as regras do reino ou causarem confusão, principalmente no porto onde ele sempre está de vanguarda inspecionando os navios e mercadores que todo dia chegam e vão embora. Ele é irmão gêmeo de Gareth, mas ninguém sabe o motivo de não se falarem a tantos anos. Alguns especulam dizendo que foi por motivo de uma briga familiar, mas ninguém sabe ao certo. Aldebaran mantem as rédeas no porto e escolhe a dedo seus guardas, priorizando mais caráter do que força e está sempre vestindo sua armadura: até mesmo durante o sono. Ele acredita nas regras e não perdoa aqueles que tentam burlar ou destruí-las, exceto a rainha e as princesas por motivo de serem da realeza.
Nível: ??
Haki: Armamento e Observação.
Ruptura de Limites: Caminho Interior - Nível 3.
Estilo de Luta:
Vanguard Blade:


Gareth Kartios

Descrição: Gareth é um homem bastante ardiloso, talvez o câncer do reino de Targaryan. Afinal, ele é o líder da máfia, do submundo, assassinos, trombadinhas e qualquer outro que faça qualquer merda dentro de seu próprio “reino”. Pelo menos assim ele acredita. Ele é respeitado como um nobre burguês que desfruta de uma boa vida, pelo menos isso é o que passa aos olhos do povo e da rainha. Mas por baixo dos panos, Gareth é aquele que move as peças no submundo; principalmente o fornecedor dos revolucionários que possuem base próximo do reino. Sua força é louvável, mas de longe se compara a seu carisma e inteligência. Ele gosta de jogar xadrez na vida real movendo as peças no tabuleiro como se realmente fosse real. Ele é bastante orgulhoso, narcisista, egocêntrico e viciado em doces. Ele possuiu um grupo que usufrui de certos pontos que passam despercebidos no reino para negócios ilícitos. Ele pode prover qualquer coisa que você desejar... desde que esteja disposto a pagar ele. O mais interessante de Gareth é que nem sempre ele cobra em dinheiro, sendo mais um fornecedor de acordos e cobrador de favores. Afinal de contas, ele comeu uma Akuma no Mi que lhe dá habilidades especificas para isso. Ele ama seu irmão, por mais que não admita e fale mal de Aldebaran, ele é o único que pode fazer isso... podendo matar facilmente qualquer um que ousar falar mal de seu irmão gêmeo.
Nível: ??
Haki: Armamento e Observação.
Haki:
Keiyaku Keiyaku no mi:
Estilo de Luta:
Cutt Boxing:


Rox, Avaliador Mestre

Descrição: Rox é um Mink-lobo de pelagem azul clara e expressões amigáveis. Sua posição e reputação são bem conhecidas em Targaryan, afinal de contas, ele é o principalmente avaliador de joias, armamentos e qualquer outra coisa que tenha valor no mercado; se quiser saber valor, material, tudo sobre seu produto, basta chamar esse homem. Ele é bastante discreto e bem simpático. Faz poucos anos que ele está trabalhando no reino Targaryan, mas já fez seu nome por sua incrível aptidão para avaliações, se tornando uma peça chave para reconhecer falsificações e/ou obras de arte perdidas. Rox adora beber e todas as noites é fácil saber onde ele está: em qualquer taverna que possa conter uma bela dama. Afinal, o mink é um galanteador nato e desenfreado.
Nível: ??
Haki: Observação e Armamento.
Estilo de Luta:
Wolf Light:
[/spoiler]


Mya Dragfol

Descrição: Por volta de dez anos atrás, Mya, chegou como uma jovem Oni perdida após seu navio ser roubado em pleno mar. Por sorte, ela conseguiu chegar no Reino Targaryan e foi acolhida pela igreja Amaterasu. Por esta razão, todos os dias é visível a mulher fazendo uma caminhada enquanto ora e passa as manifestações de sua doutrina. Ela fez um voto de fazer isso até o fim de seus dias como agradecimento ao Padre que acolheu ela. É uma mulher bela, apesar de sua raça. Sua presença é intimidadora para todos que desconhece ela. No entanto, para quem conhece e está acostumado até gosta da jovem. Apesar de não parecer, Mya é extremamente forte e muito resiliente. Por está razão, ela é uma das poucas pessoas que explora toda a ilha em busca de averiguar os arredores e proteger a vila de qualquer ataque; principalmente da marinha ou pirataria.
Nível: ??
Haki: Armamento e Observação.
Estilo de Luta:
Horns Combat:


Jack Rivia, Lobo Branco

Descrição: Atual líder da célula revolucionaria, Jack, é um homem de temperamento calmo e bastante calculista. Ele montou uma base na ilha muitos anos atrás em busca de combater as ações da marinha, já que, ele era um antigo ferreiro que trabalhava na cidade. Conhecido da atual Rainha, ao qual ele possui um amor latente desde novo, Jack tem como fundamento ajudar o reino a ser livre da tirania do governo e de terceiros também, até mesmo viajando para lidar com problemas em outros reinos se necessário, mostrando que possuí conexões com outras bases e certa influência. Exatamente por isto ele odeia que o reino tenha vinculo com o atual Yonkou: Drak. Odeia ainda mais o pirata por saber que a Rainha tem grande afeto e admiração pelo mesmo. Por esta razão, e outras, ele construiu uma base solida subterrânea com objetivo de recrutar pessoas semelhantes a ele. Ficou conhecido como Lobo Branco por razão de suas habilidades especiais, já que, é um usuário de Akuma.
Nível: ??
Haki: Armamento, Observação e Haki do Rei.
Akuma/Meitou:
Neko Neko no Mi: Modelo Leopardo das neves:
Estilo de Luta:
Double Blade Revolt:
[/spoiler]


Caim, O Renegado

Descrição: O primeiro renegado, Caim, ficou vários meses tentando decidir o que faria da vida. Afinal de contas, ele apenas entendia em como ser um guarda real. Mas com tempo, e ajuda de outros exilados, Caim começou a desenvolver um assentamento até que se tornou uma vila. Ainda que não aja muitas pessoas, é um local que ele possui orgulho em chamar de casa. O plantio da o sustento e os ferreiros criam equipamentos e armamentos em busca de arrecadar dinheiro suficiente para despesas extras. Caim é um homem honrado e sossegado. Decidiu aceitar sua punição e não olhar mais para trás. Ele possui contato com os revolucionários que tentavam recruta-lo, mas sempre negava as ofertas. Ele tem uma rixa antiga contra Aldebaran, mas só fala disso quando está bêbado; o que é raro, mas não impossível. Ele preza pelos que aceitaram, por vontade própria ou não, a punição em ser exilado e viver aos arredores da ilha. Muitos chamam ele de Pai, ou de fundador mestre. Ele tem afeição por todos e é um bom líder todos os dias.
Nível: ??
Haki: Observação e Armamento.
Estilo de Luta:
Jissai Shougeki:
Ruptura de limites: Caminho interior - nivel 3.



Erick Waltoth

Descrição: Erick é um homem sucinto e bastante comunicativo. Apesar de sua aparência mirrada e velhice, suas palavras são inspiradoras e seu carisma cativante. Ele é um homem de mente aberta, mas não aceita nenhuma outra religião a não ser a de Amaterasu. Ninguém sabe ao certo quanto tempo faz que ele assumiu como padre, desde o anterior, mas desde que assumiu o posto a igreja expandiu e alavancou, já que, estava em declínio a muitos anos. Aryan quase sempre está lhe dando suporte, seja para o que for. Ambos têm respeito profundo um pelo outro e atuam para ajudar o reino a prosperar amigavelmente. Erick é um homem sincero, resoluto e bastante persuasivo. Suas palavras são cultas e seu temperamento é calmo. Ele não tem preconceitos de raças, grupos ou religiões, afinal ele não é um fanático louco. Ele tem inteligência para entender a vontade de cada um, mas sempre tenta dialogar para trazer sua religião ao centro de tudo. Ele recebe ajuda da rainha para manter a igreja ativa, não cobrando nada de ninguém e sempre prestando auxilio medico, comida, serviço e tarefas, entre outras necessidades para os mais pobres.
Nível: ??
Haki: Observação.
Estilo de Luta:
Oratory:


Submundo:

_________________

Arquivo de Ficha - Reabertura 9TgJxPb
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
Blindao
Comodoro
Blindao


Imagem : Arquivo de Ficha - Reabertura NiCMjdS
Créditos : 15
Localização : Segunda Rota ~ Lotda

Arquivo de Ficha - Reabertura Empty
MensagemAssunto: Re: Arquivo de Ficha - Reabertura   Arquivo de Ficha - Reabertura EmptyDom Fev 04, 2024 1:35 pm


_________________

Arquivo de Ficha - Reabertura 9TgJxPb
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t296-thorkell-dragnar-godheim https://www.allbluerpg.com/t1057-4-capitulo-gigantorines-em-altai
 
Arquivo de Ficha - Reabertura
Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Além do game :: Área Off-
Ir para: