Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Criação de AventurasOntem à(s) 11:33 pmporShioriII - Procura-se um BobôOntem à(s) 11:32 pmporShioriBad KarmaOntem à(s) 6:56 pmporMendoncaÚltimo Baile Antes da GuerraOntem à(s) 6:00 pmporMendoncaLolo BanditoOntem à(s) 4:41 pmporVrowkÉmile SixthornnOntem à(s) 12:13 pmporGrenyAlvorecerOntem à(s) 10:21 amporAuroraCaitlyn G.Ontem à(s) 7:49 amporAchilesCap. 6 - TerritorialOntem à(s) 12:30 amporDeepCausamortis I - Damnatio.Sab Fev 04, 2023 9:52 pmporShiori

Zayn & suas gostosas!

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Shiori
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 EEEWL0c
Créditos :
24
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
Zayn & suas gostosas! Sab Set 24, 2022 8:09 pm
Relembrando a primeira mensagem :



Zayn & suas gostosas!


Aki Kurosawa [Pirata], Jhonny Jersen [Pirata], Ophelia Jester [Pirata], Zayn [Pirata]

Não possui narrador definido.
Aberta

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 YHVeK1M

Zayn & suas gostosas! - Página 4 VYrwji0

Mizuhara Air
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 A42922485f45b87fd488efe5b0c9bddd608e9395_hq
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Zayn & suas gostosas! Qui Dez 01, 2022 2:50 pm
Ira



Estenderia de volta a mão para a palhaça e apertaria a respondendo com um leve sorriso. – Eu não chamaria de empate, mas faça o que quiser... – Quando cortada pelo administrador do circo, ignoraria tamanha ousadia e desviaria meu foco para os membros do circo ao despejar um leve sorriso, empolgada com a situação. – Esse pessoal parece bem animado... -

Arregalava os olhos com a fala da palhaça já respondendo confusa com suas palavras. – Sair vivas daqui? Essa é uma situação arriscada? Quer dizer... Isso é um circo, apesar de estranhos, não parecem tão ameaçadores... – Olharia ao redor analisando rapidamente as pessoas daquele lugar e por mais que não tivesse tantas suspeitas, concluiria concordando com a garota. – Certo... Vou ficar de olho... Só quero ver esse tal bando mesmo... –

Na sequência, sorriria acompanhando a garota estranha até a carroça ao comentar com ela. – Então esse “circo” aqui é o lugar onde eles treinam e o show acontece em outro lugar? Talvez no circo que vimos antes... – Daria de ombros sem ligar muito, estava mais preocupada com como eram os outros intregantes do bando da garota. Onde se tivesse algum lugar para sentar na carroça, cruzaria as pernas e os braços tentando me ater a qualquer movimento estranho já que aquelas pessoas eram bem estranhas.

Caso houvesse alguém disposto a conversar na carroça, sorriria para a pessoa falando. – E então... Como funciona esse show? Confeço que eu to bem perdida... – Olharia para a palhaça e continuaria a conversa ao revirar os olhos de volta para a pessoa. – Eu to acompanhando essa pessoa, não gosto de estar perdida nesse tipo de situação, sabia? -


FIM DO APRENDIZADO

Histórico :
Objetivos:


Última edição por Mizuhara Air em Ter Dez 06, 2022 8:48 pm, editado 1 vez(es)
Aki
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 EiDhlj8
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1779-aki-kurosawa#18957 https://www.allbluerpg.com/t1586p30-morte-e-sangue#18995
Aki
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Ter Dez 06, 2022 8:37 pm


morte e sangue

Sobre a cobertura da joalheria mais rica, ela se move em silêncio taciturno



Horas e horas se passaram desde que Aki decidiu andar pelas ruas até encontrar alguém que pudesse ajudá-la, alguém que conhecesse o local exato do evento. E esse alguém finalmente apareceu. Era um homem de sobretudo com o jeitinho suspeito do submundo.

Já estava para desistir, pensou.

Analisou o homem de cima a baixo, e fixou o olhar no bueiro que se abria como uma passagem secreta de livro de fantasia.

Você demorou, querido — disse Aki. — Como esperei tanto para encontrá-lo, você não se incomodaria de me esperar um pouco, não é? Preciso resolver uma coisinha antes de entrar. — A voz com que Aki falava era manhosa.

Não posso deixar aquela atiradorazinha para trás. Pelo menos não ainda...

Aki virou-se para a direção da viela que havia deixado Jhonny, dando de ombros para o homem misterioso.

Já volto, paixão — falou, começando a dar os primeiros passos.

Então começou a caminhar até o beco. Apesar da pressa, andava com calma a fim de não chamar muita atenção das patrulhas que talvez ainda estivessem por ali. Buscou pelo caminho mais curto, lembrando-se perfeitamente de todo o trajeto que havia feito até o momento.

Assim que chegasse, encontraria a atiradora e sem muita conversa a puxaria.

Encontrei o evento — diria a ladra, enquanto guiando Jhonny no caminho de volta ao bueiro. — Segure o passo para não atrairmos os olhares da marinha.


Considerações
Tudo tentativa. Sugestão de roupa de gala: aqui.

Objetivos:
  • Conseguir dois punhais
  • Adquirir as proficiências Psicologia e Avaliação
  • Roubar umas joias
  • Matar marinheiros

Ganhos:
  • Nenhum, por enquanto




pdv: 11.130

sta: 400

ilhas organ





_________________

Aki Kurosawa
Oni
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 0g5XGJQ
Créditos :
19
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t693-sir-douglas-whitefang#4758 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Oni
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Sex Dez 16, 2022 12:02 pm



Post 04 do Oni.

Mizuhara e Ophelia

O conflito entre a palhaça e a aspirante a pirata certamente dava em empate. Aquela seria a única maneira de se ter certeza de que as duas haviam adquirido as proficiências adequadamente: que pudessem, ao menos, vergastar uma novata que tinha uma capacidade oposta, em metade das vezes.

Ophelia acusava a periculosidade aparente da carroça, mas continuava seguido. Mizuhara, por sua vez, se preparava para quaisquer movimentos estranhos. - Entãaaao.... Onde vai ser esse evento mesmo? - Perguntava a Palhaça, encarando a carroça.

Enquanto aguardava a resposta, Mizuhara percebia que não havia qualquer cavalo para puxar o veículo. Apesar disso, o mímico se encontrava sentado na cadeira do condutor, segurando cordas como se houvessem cavalos ali. Ele sorria e acenava para as duas, como se não houvesse nada de estranho.

- Para a maioria, a entrada vai ser por um bueiro que leva até a mansão. Como somos os organizadores, nós vamos direto de carroça até a mansão. - Dizia a domadora, entediada. Seu irmão se encontrava em transe, sentado ao seu lado no banco da enorme carroça, encarando o vazio.

– E então... Como funciona esse show? Confeço que eu to bem perdida... - Perguntava Mizuhara, já entrando na carroça junto à oalhaça e sentando-se. – Eu to acompanhando essa pessoa, não gosto de estar perdida nesse tipo de situação, sabia?

- Hmpf. Então não é como se fosse do submundo ou tivesse qualquer recompensa pela cabeça, hã? - Dizia em tom provocativo. - O show é simples: um espetáculo de luta. Depois, uma caçada. Mas da caçada nós não iremos participar.

Naquela enorme carroça cabiam diversos membros do circo. Os que mais chamavam atenção das duas, naquele momento, eram um anão e um homem com diversas queimaduras no corpo, nos quais elas não haviam reparado anteriormente.

De repente, a carroça começava a se mover. O som das rodas era arrastado e pesado, mas não era possível ouvir cascos ou relinchos de quaisquer cavalos.

Cerca de 20 minutos depois, todos chegavam até a enorme mansão onde ocorreria o evento.

Ao descerem da carroça, não encontravam cavalos. Apenas o mimico sentado no banco do condutor.

Caminharam pelo luxuoso jardim, que era bem perto do porto, descendo por uma espécie de mausoléu uma longa escadaria.

Ao chegarem lá embaixo, se deparariam com uma enorme arena subterrânea. Uma espécie de coliseu, com arquibancada circular, circundava uma arena. Entre a arena e a arquibancada havia um poço também circular de água, que dividia as duas.

Aguardando o começo do evento, havia cerca de duzentos membros do submundo, sentados nos bancos bem iluminados. - Podem sentar-se onde quiserem. - Falava mais uma vez a domadora, se afastando deles.

Aki e Jhonny

Quando Aki perguntava se poderia aguardar, o homem perto do poço de pronto se ofereceria a acompanhá-la. - As ruas estão perigosas, minha cara.

Por sorte, conseguiam encontrar com Jhonny. Ou melhor, graças à intuição da garota, que de alguma forma conseguia levá-la para o exato lugar em que a assassina começava a procurar.

Na volta, a maneira como o homem acompanhava as duas era estranha, mantendo-se sempre atrás delas, como se as vigiasse.

A percepção de perigo que a intuição de Jhonny a apontava tornava tudo ainda mais triste. Havia gastado 50.000 berries para ficar o dia inteiro pedindo bebidas apenas para disfarçar, para, ao final, se sentir refém de um estranho no caminho até o evento.

- Aqui. - O homem apontava novamente para o bueiro de onde saía a luz dourada.

No fim, as duas chegavam a uma enorme arena subterrânea. Uma espécie de coliseu, com arquibancada circular, circundava uma arena. Entre a arena e a arquibancada havia um poço também circular de água, que dividia as duas.

Aguardando o começo do evento, havia cerca de duzentos membros do submundo, sentados nos bancos bem iluminados.

Zayn

— EI que porra é essa? Como ele é igual a mim?? E mais importante? Eu sou tão bonitão assim? Hmm. - Dizia Zayn, caminhando bem para o centro da arena, vendo o Ceifador, que era idêntico a ele mas com dois olhos menos.

- Ei, que porrra é essa! Como ele é igual a mim?? E como eu sou tão feio?? - Dizia o homem choramingando.

— Não sei como você é tão parecido comigo ceifador, mas o que eu sei é que eu tenho que te derrotar para sair daqui, vou mostrar o porquê tem apenas um Zayn no mundo e ele sou eu!

- Eu não ligo se estou morto ou se estou vivo, com esse rosto horroroso que eu tenho! Mas não vou deixar nenhum feioso como você me matar! - Com seus quatro braços, o tritão segurava uma foice em cada.

Olhando nos arredores da arena, podia ver que ela estava completamente cercada por água, e, além da água, uma enorme arquibancada, no estilo de um coliseu, a circundava. Era possível ver uma imensidão na plateia.

Por trás da ponte pela qual havia chegado na arena, vários dos captivos com os quais Zayn havia dividido a cela carregavam armas. - Qual você quer? Por favor, é só dizer que jogamos! Se você vencer, estaremos livres!


TODOS

Bem no centro da arena, estavam Zayn e um tritão idêntico a ele, com apenas dois olhos a menos de diferença.

- MUITO BEM MUITO BEM... - Um anão de voz espalhafatosa começava a anunciar o evento através de um microfone . - BEM VINDOS À POSSÍVEL ÚLTIMA EDIÇÃO DO CIRCO BIZARRO DO SUBMUNDO... - Todos os ouvintes aplaudiam. - NESTA EDIÇÃO, EXISTE OU NÃO A POSSIBILIDADE DE PODERMOS NOS APOSENTAR E LIBERAR TODOS DO ZOOLÓGICO. - Enquanto a maioria na plateia aplaudia, alguns olhavam para os lados, um tanto quanto confusos. Zayn podia ver que os outros captivos comemoravam. - Bem, antes de tudo, tenho uma história para contar para vocês. Há muitos anos, como muitos já sabem, temos um contrato com um certo nobre. Nós sequestramos algumas pessoas e mantemos elas em cativeiro. De tempos em tempos, ele vem nos visitar aqui, nas Ilhas Organ, para comprar as que ele acha mais interessantes como seus mascotes, nos entregando rios de dinheiro. Isso possibilita a nossa atividade como circo itinerante, nosso grande disfarce. Todavia, algo de curioso aconteceu faz 5 anos. Uma certa profecia disse para o nobre que, caso encontrasse um poderoso tritão com olhos ímpares e quatro braços, teria uma tremenda sorte para o resto da sua vida. O mais próximo que conseguimos disso foi nosso grande lutador, o Ceifador. Só que há pouco tempo encontramos outro tritão, de cinco olhos, o que, segundo a profecia, garantiria ainda mais sorte! Se ele for capaz de vencer o nosso grande campeão em uma batalha até a morte e se provar o mais forte, então ganharemos dinheiro o suficiente para nunca mais precisar trabalhar! - A platéia berrava em êxtase. Todos estavam torcendo para Zayn. - Como agradecimento, chamamos diversos colaboradores nossos do submundo, a maioria Caçadores de Recompensa, assim como nós, para presenteá-los na nossa despedida. Aqui e agora, neste lugar, a proporção é de 5 caçadores para cada pirata. Não tem nada como dinheiro fácil, hã? Para os piratas convidados, sinto muito. Mas, enquanto os dois tritões estiverem lutando, haverá um péssimo jogo de pega-pega. Quem sabe, caso consigam sobreviver, não tenham como roubar alguns dos Caçadores e saírem felizes também. - O anão gargalhava. Os que estavam confusos com a menção ao zoológico, outrora, começaram a fazer expressões assustadas e pegarem em armas, olhando seus arredores. Ao mesmo tempo, o anão tirava um canhão de algum lugar e começava a entrar nele. Acendia o pavio e se atirava para longe.

Girava em direção ao mímico, que estava sentado calmo, de pernas cruzadas, junto aos outros membros do circo: O homem com queimaduras no corpo, a domadora e o seu irmão mink e a médica forte que havia encontrado Aki e Jhonny na loja, bem como cuidado de Zayn na prisão.

A luta havia começado e piratas e caçadores de recompensa começavam a embater por todos os lados.

Ao mesmo tempo, o Ceifador e Zayn se encaravam.

Mizuhara era a única segura, graças à falta de recompensa pela sua cabeça, mas precisava tomar bastante cuidado para não ser confundida com uma Caçadora de Recompensas por isso.

Históricos:

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 N7yl9g2

Zayn & suas gostosas! - Página 4 T7y7CNR
Mizuhara Air
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 A42922485f45b87fd488efe5b0c9bddd608e9395_hq
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Zayn & suas gostosas! Dom Dez 18, 2022 11:16 pm
Ira



Olhava para aquela situação boquiaberta... Enquanto uma gota de suor descesse pela minha testa levando em conta o momento tenso, com a sobrancelha trêmula comentaria com a palhaça. – Okay... Vocês conseguiram cair em uma armadilha no mínimo curiosa... Ririririri. – Colocaria a mão no ombro da palhaça e completaria. – Escuta, não quero me envolver e nem tenho motivos pra salvar vocês... Se sobreviverem a isso, depois a gente conversa... – Daria as costas e sairia andando com a mão levantada dando um tachauzinho e deixando a palhaça de lado ao rir da situação. – Riririri. –

Eu não tinha como me comunicar com Greg, então era melhor não chamar ele, ainda mais nesse tipo de situação. Mesmo assim, sentia uma aura de empolgação fazendo com que meu peito ardesse um pouco. – Droga... Você quer muito sair, né? Consegue sentir essa complicação acontecendo aqui, né? Greg? – Sabia que se eu ao menos tivesse alguma arma ou como me comunicar com ele, seria perfeito para deixar que o mesmo estravasasse.

Tentaria me sentar o mais próxima possível do mimico e de lá começaria a procurar por algumas coisas em meio ao caos. Primeiro, algum caderno e lápis ou coisa parecida... Sabia que muito provavelmente ia ter que liberar o Greg naquele lugar e era melhor dizer o que estava acontecendo. Segundo, procuraria por alguma forma de colocar fogo nas arquibancadas. Mesmo dizendo para palhaça que não ia ajudar, não queria perder a chance de encontrar algum grupo pirata para me aliar assim. Criar uma distração para tirar todos dali me parecia a melhor opção.

Se encontrasse algum caderno, escreveria sobre os piratas, meu plano e segurando o caderno, trocaria de lugar com Greg. Mas trocando ou não, o principal mesmo seria analisar alguma forma de incendiar a arquibancada, se houvesse alguma forma, fosse uma tocha, ou coisa parecida, iria até ela discretamente e me sentaria próxima, onde aguardaria alguma possível brecha para criar a distração para os com cuidado para não ser impedida.


FIM DO APRENDIZADO

Histórico :
Objetivos:
Ex-Panda
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
33
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Seg Dez 19, 2022 10:56 am
Zayn



O ceifador era igual a mim, na verdade uma versão abaixo é claro, mas se uma coisa que ele sabia fazer era me tirar do sério, como ele podia me dizer que nos éramos feios? Tínhamos literalmente a mesma aparência tirando os olhos.

— Seu fudido, eu realmente não gosto de você porra, mas ta tudo bem, logo mais você vai estar morto mesmo Oktopaspaspaspas!

Zayn & suas gostosas! - Página 4 885dc71e5e698815ef899d0e78b9c281

Começava a me alongar e me preparar para o combate, o ceifador também parecia que estava praticamente pronto para isso, mas tinha água ao meu redor, e com meu karate do tritão e sendo um tritão a vantagem seria minha!

Os prisioneiros me chamavam e me perguntavam qual arma eu iria querer, isso não poderia ficar melhor, já fazia tempo que eu não pegava em armas, a finalmente eu teria uma que eu realmente amo.

— Me de 4 manoplas e dois tridentes!

Pegaria o que eles tivessem para me dar, e me prepararia, mas a voz do locutor anão me distraia por um segundo, ele falava sobre a profecia já citada antes, e também sobre como eu ganharia rios de dinheiro se ganhasse.

— OKTOPASPASPASPASPAS eu já iria matar você de graça, mas agora ainda vou ser pago para isso? Eu não poderia estar mais feliz!

Pensando em como ele dizia que tinha piratas na arena pensava que talvez meu grupo também estivesse todo por aqui, então gritava algo alto o suficiente para talvez todos no coliseu ouvirem.

— MINHAS GOSTOSAS! SOBREVIVAM, EU VOU MATAR ESSE VERME NA MINHA FRENTE, TUDO O QUE VOCÊS PRECISAM FAZER É AGUENTAR ATÉ ACABAR!

Quando terminava de falar saltava na direção do ceifador e estocava ele com os meus tridentes em direções parecidas, mas não iguais para dificultar o bloqueio ou a esquiva dele, caso ele esquivasse ou bloqueasse usaria meus braços livres com as manoplas para dar um soco de tritão.

— SOCO DAS MIL ONDAS!

Usaria a umidade do ar para desferir um golpe que transferiria impacto em toda a área na minha frente e continuaria avançando em sua direção atacando sem parar não o deixando ter tempo para pensar.

Estava confiante em minha resistência então aguentaria seus golpes no peito, ombros e braços travando os músculos para ajudar no impacto e até com os cortes de suas laminas, estava animado.

Caso ele fosse realmente forte e conseguisse me lançar para a borda da arena eu usaria a água como minha aliada, usaria meu tridente para lançar um jato de água nos seus olhos e faria isso uma vantagem.

Quando ele estivesse cego começaria a socar com todos os meus braços socando sem parar seu estomago continuamente para dar o maior dano possível em um curto espaço de tempo, antes que ele abrisse seus olhos.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 FirstAlarmingAlpineroadguidetigerbeetle-size_restricted

Me afastaria depois e verificaria meus danos e os dele, respirava para recuperar meu folego e me preparar para mais porrada.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 NWk9Qsj

Histórico :
Objetivos:

_________________

Zayn & suas gostosas!
Zayn & suas gostosas! - Página 4 YTpeD1K
AoYume
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 Thumb-10
Créditos :
10
Localização :
Flevance - North Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1578-jhonny-jersen https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue
Re: Zayn & suas gostosas! Qua Dez 21, 2022 5:27 pm







If it's not about me...


9
Ao menos todo aquele dinheiro gasto por nada era menos irritante ao pensar que foi por conta da grandona que me deu uma brecha surpresa de conseguir algum investimento. Por outro lado os passos próximos e por trás do homem que vinha com Aki até mim não eram muito agradáveis. Algo em mim dizia que ele não era de confiança, e, bem, quem era nesse mundo? Ainda assim realmente era incômoda essa situação. - Se for para olhar, olhe para ela, não tem muito pra encontrar em mim. Resmungo segurando no limiar alguma calma para fazer uma piada grosseira, mas me conter apenas até este ponto.

Quando entrávamos o que tinha sobre meu olho era uma espécie de arena com um viés meio medieval com aquela água em volta, que, particularmente não sabia bem o propósito. Dava choque ou tinha uns peixes malucos assassinos? Bem, eu me inclinava para ver já que se era pra separar a arena dos demais um punhado de água parecia meio troncho. Não encontrando por mim mesma balbuciaria em outro resmungo. - Afinal, qual é a do car**ho da água? Estilo? Tem algo mágico que impeça alguém de pular de um lado pro outro como se isso fizesse algum sentido? Dou de ombros com a resposta ou não sendo obtida. Afinal, ela nem era tão relevante já que um pandemônio logo seria instaurado pelas informações do que parecia ser um anfitrião.

Arfo em desgosto sacando a arma cujas balas se dispersam em minha mão, já que com alvos mais próximos e numerosos, poder atingi-los e repeli-los era melhor do que tiros mais precisos ou mortais de imediato. O primeiro tiro porém não era exatamente em alvos, mas, na fonte de iluminação presente mais próxima de nós. Era o subsolo, à noite, e, certamente possuía iluminação artificial. Se o caos fosse maior era melhor com a desvantagem de número, e, se eu destruísse apenas as fontes de luz mais próximas eu criaria uma zona mais escura de penumbra onde nós estávamos enquanto o resto ainda estaria relativamente iluminado para que pudesse guiar meus disparos.

Um, dois disparos se fosse necessário para as luzes, atentando ao meu redor se alguém se aproximasse para tentar evitar, e, então, um novo disparo buscaria quem se aproximasse se para tentar afastar e ferir, principalmente àquele que nos guiou ali que devia ser o primeiro interessado. - O vadia de faca, fica por perto das minhas costas para eu não dar um tiro em você sem querer. Falava em um tom rude enquanto me movia para "acoplar" com ela. Se alguém tentasse se aproximar, tentaria desviar e atirar para empurrar eles para longe. Se notasse ou sentisse algum disparo, buscaria me proteger atrás das cadeiras ou outra superfície antes de disparar de volta, e, se a distância fosse muito longa alternaria de arma usando a pistola para tentar atingir o atirador agressor.

Não confiava na mulher comigo, mas, pelo que vi antes em combate sei que ela consegue se defender e contra atacar bem o suficiente para não me preocupar diretamente com ela - Não que eu faria de qualquer jeito.

>> Vestindo <<
Histórico:


Just die, i don't care!



_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 Thumb-1920-1219366
Milabbh
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 Cartas
Créditos :
00
Localização :
Ilhas Organ - East Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1609-ophelia-jester#17229 https://www.allbluerpg.com/t2189-zayn-suas-gostosas#24172
Milabbh
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Qui Dez 22, 2022 6:46 pm
Gostosas à Vista!
Nove
De pernas cruzadas, mantinha-me atenta aos arredores, prestando atenção no que era falado, apesar de demonstrar completo desinterese. Uma luta era citada e imediatamente meus pensamentos vagavam para meus companheiros, em especial Aki e Zayn, que fariam um incrível epetáculo de luta.

- Uma luta hein... - Exclamava para mim mesma, imaginando o tipo de evento para o qual estávamos nos dirigindo vagarosamente. Sendo bem sincera, só queria sair logo daqui e encontrar o pessoal. Não imaginava que o circo poderia ser tão desconfortável. - Argh, pessoas. - Suspirava em concordância com meu monólogo mental sobre as companhias presentes.

Quando chegamos, prontamente desembarquei da carroça, notando novamente a ausencia de cavalos. Ta aí uma ótima habilidade para treinar com ilusionismo, será que mímica faz parte? Enquanto caminhava pelo jardim, perdia-me em pensamentos, acordando apenas ao notar a mudança na iluminação.

Estávamos no subsolo, encarando uma arena. Quando minhas pupilas finalmente se acostumavam com a luminosidade, era atingida por uma informação preocupante. - BRIJELA! ZAYN!!! - Exclamava à plenos pulmões, na esperança de ser ouvida pelo amigo tritão, que se encontrava protagonizando a tal luta.

No entanto, independente dele, captava o final do discurso do anão mal encarado. A tal caçada era entre piratas e caçadores... - Pera, eu sou pirata! - Olhava ao redor, notando a comoção de pessoas pegando armas e começando  a ir atrás de alguém. Ao mau lado, uma pequena mão fazia pressão em meu ombro. - Ô vagabunda! Se for embora agora não precisa nem voltar!


Com raiva, girava em meus calcanhares e pensava no que fazer. Impaciente procurava por pilastras, cordas, panos ou qualquer coisa que pudesse ser escalada e, ao avistar, correria rapidamente até o objeto e o escalaria sem dificuldade. Lá de cima poderia atirar qualquer coisa para ferir ou matar os caçadores. No caso de uma corda ou tecido, usaria para me balançar, chutando todos no caminho, ou prendendo-os pelo pescoço com minhas pernas.

- I CAME IN LIKE A WRECKING BALL!!! - Cantava aos gritos a música sem sentido que havia ouvido um dia na vida. - Fica parada pra eu te acertar, puta! - Dizia enquanto balançava meu corpo na ponta da corda, mirando em algum caçador aleatório.

DetalhesFalas
*Histórico:
Ganhos:
Perdas:
Ferimentos:
HP: 2285/2600
*Objetivos:
- Aprender Proficiência Armadilhas
- Aprender Proficiência Avaliação
- Me divertir <3

@mm

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 YTpeD1K
Aki
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 EiDhlj8
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1779-aki-kurosawa#18957 https://www.allbluerpg.com/t1586p30-morte-e-sangue#18995
Aki
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Sex Dez 23, 2022 10:15 am


morte e sangue

Sobre a cobertura da joalheria mais rica, ela se move em silêncio taciturno



Lá estava ele, o roxão. De longe, Aki sorriu com os olhos ao vê-lo, e os lábios afiaram-se. O mais impressionante, porém, era que aquele amontoado de músculos cor de lavanda pareciam ter, agora, um concorrente à altura.

Mas não foi porque havia encontrado Zayn que a ladra deixou o ambiente passar despercebido. Não! Ela observou bem onde estava adentrando: o coliseu subterrâneo. Um aro de água circunscrevia a arena, separando-a das arquibancadas. E a quantidade de pessoas... eram muitas. Por onde olhava, Aki tentava calcular o número de cabeças.

E foi então que o cenário revelou suas verdadeiras garras. Depois das palavras travessas do mestre de cerimônias, um anão de voz escandalosa, a última Kurosawa se viu encurralada por todo tipo de gente que havia naquele lugar.

Aki semicerrou os olhos, arqueando levemente a postura enquanto recuava com passos cautelosos. Os olhos de vermelho intenso ziguezagueavam pelas pessoas que se aproximavam.

A atiradora inconsequente, Jhonny, chamou sua atenção.

Faz a boa, caolha — respondeu Aki, saltando para trás da garota.

Numa ação muito perspicaz, Jhonny atirou para cima, mirando as luzes. De imediato, Aki sorriu. Feito uma gata, seus olhos lampejaram quando a luz se apagou. Sentiu-se abraçada pelas sombras que se espalhavam por ali, mergulhando nas trevas onde poucos seriam capazes de enxergar — sendo ela um desses poucos.

"Nunca encare uma briga justa". Os ensinamentos do oficial Kurosawa ecoavam na mente da gatuna. "Uma assassina encurralada é uma assassina morta."

Aki tensionou os joelhos e saltou novamente. Tentou se agarrar ao teto, a qualquer estrutura que pudesse servir de apoio. No intuito de montar uma emboscada, ela se manteria firme nesse ponto alto até que alguém se aproximasse o bastante de Jhonny.

Como vulto sorrateiro a ladra despencaria envolvida nas sombras, caindo com os dois pés sobre o pescoço do oponente, fincando o salto pontiagudo na jugular da vitima. E já se articularia para executar chutes precisos contra os demais que se aproximassem juntos, mirando os pontos de pressão para ganhar a luta o mais rápido possível. Abusaria da escuridão a seu favor para atacar e esquivar, e jamais cruzaria a linha de fogo de Jhonny.

Se, no meio da luta, encontrasse algum oponente portanto qualquer espécie de lâmina —fosse faca, punhal ou adaga —, Aki agilmente se aprontaria para surrupiá-lo.


Considerações
Tudo tentativa. Sugestão de roupa de gala: aqui.

Objetivos:
  • Conseguir dois punhais
  • Adquirir as proficiências Psicologia e Avaliação
  • Roubar umas joias
  • Matar marinheiros

Ganhos:
  • Nenhum, por enquanto




pdv: 11.130

sta: 400

ilhas organ





_________________

Aki Kurosawa
Oni
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 0g5XGJQ
Créditos :
19
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t693-sir-douglas-whitefang#4758 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Oni
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Sab Dez 24, 2022 11:20 am



Post 05 do Oni.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 Eb4nDq0X0AAnJ-J?format=jpg&name=medium

(O cenário é como essa imagem acima, com a diferença de que tem água entre a arquibancada e a arena, tem uma corda de contenção separando a arquibancada da água e diversas pedras fosforescentes espalhadas pelo cenário para iluminar.)


Zayn

Pelo caos que se instaurava, Zayn podia perceber que ele era o único pirata para quem estavam torcendo.

Os prisioneiros do zoológico humano lançavam quatro manoplas e dois tridentes, assim como ele havia solicitado.

— OKTOPASPASPASPASPAS eu já iria matar você de graça, mas agora ainda vou ser pago para isso? Eu não poderia estar mais feliz!

- Além de feio você é burro? - Ria o Ceifador. - Ainda que você sobreviva, o que não vai acontecer, você será o alvo número um dos caçadores de recompensa do Circo Bizarro. Eles não vão te deixar levar dinheiro de ninguém. Você é que será o tesouro! - Exclamava o tritão. - Além disso, provavelmente vão cortar dois dos seus braços antes de te entregar. FEIOSOFEIOSOFEIOSOFEIOSO. - Gargalhava de forma vilanesca e bizarra.

Zayn saltava, os dois tridentes sendo carregados por braços dobrados, os musculos retesando-se, então dois ataques concomitantes, cada tridente para um dos lados, selando completamente os flancos do adversário e suas possibilidades de fuga.

— MINHAS GOSTOSAS! SOBREVIVAM, EU VOU MATAR ESSE VERME NA MINHA FRENTE, TUDO O QUE VOCÊS PRECISAM FAZER É AGUENTAR ATÉ ACABAR!

O Ceifador levantava suas foices, prestes a completar a resposta do embate, as lâminas prestes a se lamber, quando algo de estranho ocorria.

De um lado da plateia, as luzes simplesmente desapareciam.

Aki e Jhonny

Apesar de completamente mau humorada, como sempre, Jhonny tinha uma ideia muito perspicaz.

As mulheres estavam em absoluta desvantagem númerica, tendo que, cada uma, no mínimo, derrotar pelo menos cinco adversários se quisessem sobreviver. Isso caso os outros piratas conseguissem derrotar cinco cada um.

Por isso, observando o cenário, percebia que diversas pedras fosforescentes o iluminavam com bastante potência. Desta maneira, se aproximava de uma espécie de pilastra, que parecia mais uma parede que não chegava até o teto, onde havia uma sombra para as outras luzes. Desta posição, foi fácil destruir as únicas duas pedras fosforescentes que iluminavam o lugar com dois tiros.

Neste momento, avisava Aki para tomar cuidado, sem resposta.

Todavia, neste exato segundo, algo de inusitado ocorria.

- Eu te disse que as ruas estavam perigosas. - O homem que havia acompanhado as duas até o bueiro aparecia com uma faca em mãos. - Três milhões e meio. E aquela sua amiga por quatro milhões. Sabe o quanto é difícil para um Caçador como eu arranjar tanto assim em uma noite? - Ele gargalhva.

Estava muito próximo de Jhonny, pois a havia acompanhado. Perto demais para que ela o atingisse com um tiro antes de ser esfaqueada.  Uma pequena falha em seu plano, mas que poderia ser absolutamente fatal: e se alguém a tivesse seguido desde antes de ela terminar de destruir as duas fontes de luz? O efeito surpresa era devastador.

Apesar das sombras, era possível ver o sorriso do homem. Seu olhar malicioso e carregado de ganância prestes a obliterá-la a facadas, sob uma sombra escura enquanto os outros membros do bando estavam ocupados sobrevivendo. Um halo sombrio se acumulava nos olhos do homem, o que logo virava um jorro de sangue.

Aki descia da pilastra atrás de Johnny, pisando com seu salto alto diretamente no olho do caçador de recompensas. O som do seu pescoço partindo com o pisão se harmonizava com o do jorro de sangue de quando Aki tirava a agulha do sapato do seu rosto.

Com a faca do homem em mãos, acertava diversas estocadas nele para terminar o serviço. Pela facilidade com que penetrou sua carne e rasgou seus ossos, a faca era realmente boa e se adaptava bem à sua mão.

Enquanto isso, Johnny lhe dava cobertura, de longe, atirando em dois Caçadores de Recompensa que se aproximavam das sombras, fazendo os dois tombarem.

Dali, as duas podiam ver a guerra entre os piratas e os caçadores se desenrolando. Aparentemente, havia um certo equilíbrio, uma vez que eram cinco caçadores de recompensa fracos contra um pirata com uma recompensa relativamente boa em cada conflito, para que os caçadores vencedores tivessem o máximo de lucro possível.

Entretanto, naquele ritmo, se não derrotassem pelo menos mais sete Caçadores juntas, estariam em uma desvantagem numérica cada vez maior.

Minutos antes, as duas haviam ouvido Zayn gritar para que sobrevivessem.



Mizuhara e Ophelia

A palhaça sorria frente ao caos, como era de se esperar.

Piratas e Caçadores de Recompensa se enfrentavam.

Bem ao seu lado, ocorria uma impressionante luta entre cinco caçadores espadachins e um pirata também. Foram cerca de 12 segundos até que o pirata morresse, levando apenas um caçador com ele, o que era um tanto quanto engraçado.

Logo após isso, Zayn gritava para que elas sobrevivessem.

E, neste momento, conforme os Caçadores se aproximavam dela, uma realização se formava em sua mente: ''Pera, eu sou pirata!''.

Neste momento, Mizuhara começava a correr. Entretanto, logo após isso, uma ânsia se formava em seu âmago, fazendo-a se contorcer com a sede assassina do seu irmão, que pedia para ser invocado.

Com os Caçadores de Recompensa espadachins cercando Ophélia e o cenário que transparecia Ria em fuga, a palhaça gritava que se ela fugisse não precisava mais voltar.

Neste momento, a multipersonalizada corria na direção do mímico, em busca de um caderno ou algo do gênero para que pudesse explicar tudo para o seu irmão.

Entretanto, ao se aproximar, percebia que o artista estava colocando as duas mãos no ar, na frente dela, ainda sentado.

Ele alisava as mãos para cima e para baixo, em uma linha perfeitamente reta, como se ali houvesse uma parede.

Então, a aspirante a pirata se chocou com tudo contra uma parede invisível, logo diante das mãos do mímico, o que fê-la tombar com tudo para trás, caindo de costas no chão.

Ophelia, por sua vez, buscava maneiras de tirar vantagem daquele cenário que compensassem a desvantagem numérica.

Correndo até a beira da arquibancada, quase caindo na água, encontrava a corda de segurança que impedia a plateia de cair na água. A corda passava por dentro de pequenas estruturas de pedra, que davam sustentação a ela. Um pedaço delas havia sido cortado na luta entre os espadachins. E, sendo perseguida pelos quatro caçadores, era sua única chance de se proteger.

Adentrando-se em uma dimensão acrobática na qual ninguém poderia alcançá-la, a palhaça se pendurou nessa corda, mergulhando no precipício e ressurgindo do outro lado, atrás dos piratas.

Com suas pernas, cercou o pescoço de um deles, retornando para o precipício com ele preso, arremessando-o na água.

Os outros espadachins se assustavam com aquilo, o que dava a Ophélia mais tempo para ressurgir do outro lado. - Fica parada pra eu te acertar, puta! - Com um chute no rosto, outro caçador era arremessado na água.

Seja lá quem fez aquela corda de segurança, não havia previsto o perigo que ela apresentaria nas mãos de uma pirata perspicaz.

Do lado de Mizuhara, entretanto, as coisas não iam bem.

Três caçadores de recompensa iam na direção dela, que estava encurralada entre eles e a parede invisível do mímico. Não haveria tempo nem meios de explicar nada para o seu irmão. Duas mulheres e um homem a encaravam. Uma das mulheres possuía um escudo, outra uma pequena foice e o homem tinha um soco inglês.



Zayn

Voltando ao instante em que algumas luzes haviam se apagado após o som de tiros, com os tridentes se projetando para selar as possibilidades de fuga do Ceifador e as foices se projetando contra as lâminas de baixo para cima, a luta entre os tritões prosseguia.

Para fugir dos paredões de aço que eram os tridentes, o Ceifador dava um passo para trás, e dobrava os braços em torno das hastes de ferro. Então, em um movimento preciso, erguia as foices para atingir o cabo das armas no meio, de forma a desarmar o adversário e fazer os tridentes voarem.

Entretanto, já era tarde e uma chuva de socos se projetava em sua direção.

Com os braços restantes, enquanto os outros ainda estavam no contratempo do desarme, usava as foices para defletir dois socos do oponente para os lados, aproveitando-se disso para cortar os antebraços. Aqueles cortes seriam o suficiente para fazer um lutador hesitar de dor, mas não Zayn.

Por isso, realmente era tarde, pelo que começou a receber diversos socos seguidos, que lhe quebravam o momentum para qualquer tentativa de contra-ataque.

Cambaleando para trás com os impactos consecutivos, apenas teve uma pequena margem para respirar quando se percebeu fora do alcance dos golpes.

Neste instante, com o rosto ferido e amassado, fez uma expressão como a de alguém prestes a rugir e começou a girar em torno de si, andando na direção de Zayn com os braços estendidos, cortando tudo ao seu redor com as foices.

O pirata recebeu diversos cortes na horizontal, como se enfrentasse um peão. Foi lançado para trás, mas não chegou a sair da arena.

Neste momento, entretanto, podia ver Ophélia arremessando dois caçadores de recompensa na água, se pendurando em uma corda.



Históricos:

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 N7yl9g2

Zayn & suas gostosas! - Página 4 T7y7CNR
Milabbh
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 Cartas
Créditos :
00
Localização :
Ilhas Organ - East Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1609-ophelia-jester#17229 https://www.allbluerpg.com/t2189-zayn-suas-gostosas#24172
Milabbh
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Dom Dez 25, 2022 5:40 pm
Gostosas à Vista!
Dez
Eu nao sabia se Zayn tinha me ouvido ou não, mas suas palavras gritadas me davam um novo ânimo, afinal, ele disse "minhas gostosas", então Aki e Jhonny também deveriam etar aqui.

Meu plano até o momento tinha dado certo. Consegui escalar uma corda e até mesmo jogar 2 caçadores na água. Um sorriso maníaco surgia em eu rosto enquanto fazia o que mais parecia ser uma rotina ensaida de show circense.

- Um pássaro? Talvez um anjo? Quem sabe até um macaquinho gracioso?! - Exclamava entre os balanços. - Não, senhores. É Ophelia, a contorcionista!!! - Com a corda segura em minha cintura, abria os braços e acenava para meu "público".

Ainda ali, erguida no ar, lembrava de algo: As gostosas! Rapidamente vasculhava o local com os olhos esmeralda até encontrar as moças, que facilmente poderiam contrastar com aquela multidão, esperava. Ao avistá-las, agarraria-me firmemente à corda de segurança, e com um embalo, jogaria meu peso até elas.

Pairando sobre as moças, tentaria erguer um caçador no ar usando meus braços, uma vez que a corda estivesse firme ao redor de meu corpo. De cabeça para baixo, ainda balançando em círculos ao redor delas e com um sorriso macabro no rosto, exclamaria em genuína felicidade. - Vocês estão vivas!!!! Estava preocupada. - Analisava a situação em que as moças se encontravam. - Qual o plano? A gente precisa ajudar brijela, ele ta lutando com o irmão dele lá!

Esperava o plano das duas enquanto tentava me livrar de mais alguns caçadores, usando chutes, socos e arremeços no processo. O objetivo era manter o maior número deles longe das moças enquanto não decidiam.

DetalhesFalas
*Histórico:
Ganhos:
Perdas:
Ferimentos:
HP: 2285/2600
*Objetivos:
- Aprender Proficiência Armadilhas
- Aprender Proficiência Avaliação
- Me divertir <3

@mm

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 YTpeD1K
AoYume
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 Thumb-10
Créditos :
10
Localização :
Flevance - North Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1578-jhonny-jersen https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue
Re: Zayn & suas gostosas! Ter Dez 27, 2022 4:35 pm







If it's not about me...


10
Não havia resposta sobre a água, então, por hora poderia supor que nada havia ali para efeito estratégico se precisasse... Bem, em verdade ainda assim não me arriscaria. As luzes apagam-se como os holofotes de um pauco, escuros ao invés de iluminados, apropriado para o espetáculo que ali aconteceria já que histórias sangrentas como aquelas são contadas sob escuro de um céu sem estrelas e não sobre a luz de pedrinhas irritantes.

O mais apelativo por atenção estava por ali, esbravejando valores quaisquer que deviam ser o valor por nós. Me pergunto qual está pra qual, e, se prefiro ser o maior ou menor. É meio irônico que sendo um ou outro eu valho mais dinheiro agora do que tive em minha vida de m**da inteira. - Foda-se? Balbucio enquanto as coisas densenrolam-se. Vejo a garota enfiar um salto pelo olho dele depois de uma investida bem próxima, logo depois alguns consigo alguns disparos cobrindo a piranha. O que é isso, agora somos amiguinhas? Bem, não me agrada ninguém tocar na minha presa, então por hora vamos manter assim... Uma aliada temporária... Ei, eu ouvi um grito do peixe uva? É, eu vi ele ali, espalhafatoso e gritando como sempre, mesmo de frente pro outro quase igual se não por suas armas e outros detalhes.

Não, não, sem devaneios.

Ao nosso redor havia uma luta relativamente balanceada, ao menos pelo número desproporcional. Era claro que precisaríamos matar ainda mais pessoas se desejássemos sair dali... Com alguma glória? Tentar fugir também era uma opção, mas, se o fizesse, seria sozinha e como uma medida para quando estivesse encurralada, se o estivesse. Então, sobre o problema imediato, reduzir a proporção dos caçadores, uma coisa me vem a mente de alguma forma meio lógica. Além de matar, aumentar o número de "piratas" parecia até melhor para balancear as coisas. - Ow piranha, usa o brinquedo novo pra me dar um tempo aqui.

Afivelando a arma na cintura saco a outra com maior alcance e poder de perfuração, me mantendo atenta ao redor ainda e sempre confiando em minha intuição para tentar ter tempo o suficiente. O disparo não alvejaria um lugar letal, com tanto movimento na arena era difícil, ao invés disso eu mirava na perna do tritão do que Zayn enfrentava visando derrubá-lo e conter sua mobilidade para que o nosso tritão pudesse finalizá-lo. Liberá-lo ao combate era justamente aumentar os números de "piratas" na batalha, reduzir em parte as proporções já que proporções alteram-se mais relativamente quando o menor número aumenta do que quando o maior número reduz.

É claro, não ficaria presa na ação desse tiro pois era uma arma mais longa e inapropriada para um combate de atrito e números. Se a assassina não tivesse conseguido me dar a cobertura e alguém chegasse seguraria a arma grande enquanto a devolvia às costas com a mão ruim, ao mesmo tempo com a boa buscaria golpear com a ponta dos dedos para neutralizar alguém que estivesse na distância ao mesmo tempo que tentaria evitar um contra ataque e me afastar, assim sacando novamente a arma mais apropriada.

Ophelia possivelmente chegava de uma forma meio teatral e isto também dava algum auxílio em questão de cobertura, apesar de eu não gostar muito da ideia de estarmos nos concentrando de mais. Assim como minha arma tinha efeitos que podiam retaliar mais de um alvo ao mesmo tempo, outros poderiam ter abordagens semelhantes. - O plano é não fique no caminho dos meus tiros e tente focar em matar os que usarem armas de fogo que eu foco nos que chegarem perto de nós. Principalmente se a arma for parecida com a minha que vai ser mais fácil de acertarem mesmo no escuro. Aponto para arma.

Observaria rapidamente se a assassina precisava de ajuda e quem estava em volta, além do que aconteceria com as pessoas que caíam no água em decorrência dos combates espalhados, já que se ela fosse de fato eficiente contra pessoas, ir para a arena poderia ser uma boa ideia se o tritão inimigo caísse. Por hora, faria o que já fazia antes, buscaria continuar afastando novos inimigos com disparos enquanto evito os ataques e dou alguma cobertura para Aki.


>> Vestindo <<
Histórico:


Just die, i don't care!




Última edição por AoYume em Ter Dez 27, 2022 10:01 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 Thumb-1920-1219366
Ex-Panda
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
33
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Ter Dez 27, 2022 9:59 pm
Zayn



A luta continuava, e ficava cada vez mais intensa, o ceifador era bom, ele conseguia desviar de meus tridentes com facilidade, a luz também sumia o que deixava as coisas um pouco mais difíceis para mim e para ele.

Aproveitando a oportunidade eu o socava várias e várias vezes repetidamente, o que com certeza o machucava, mas claro que eu não saia ileso, eu também recebia cortes consideráveis em meus antebraços.

Por sorte aquela dor não era nada! Eu havia sofrido muito mais na prisão onde havia nascido, algo assim jamais iria me parar, então eu continuava até que ele finalmente conseguia se libertar.

Rugindo em fúria ele começava a girar rapidamente como um peão, e eu era lançado para trás após receber vários cortes, eu quase saia da arena, mas ainda estava de pé e dentro da área do combate.

— Seu filho da puta, venha! Eu vou te mostrar o que um Karateca dos tritões pode fazer!

Batia meu pé no chão para me dar estabilidade, abaixava e diminuía meu ponto de gravidade, o local que nós estávamos lutando era úmido o que me ajudaria em meu próximo golpe, puxava todo o ar e então contraia cada musculo do meu corpo para dar um soco.

— SOCO DAS MIL ONDAS!

Zayn & suas gostosas! - Página 4 Bcbcb594ab8df4c29759ef37b8d9f5bb68e45a17r1-500-281_hq

Usando a umidade no ar eu causaria um impacto no ar que transferiria uma força o suficiente para lançar o ceifador que vinha como louco rodopiando em minha direção, e caso funcionasse eu correria quando o lançasse para longe.

Quando estivesse abaixo dele, saltaria e quando estivesse agora mais alto do que ele, o chutaria várias vezes em seu estomago e para finalizar daria um chute de cima para baixo com toda a minha força o jogando para o chão da arena.

— CHUTES DA MARE ALTA!

Zayn & suas gostosas! - Página 4 5EkQ

Caso eu não conseguisse fazer nada disso aproveitaria o tiro dado por Jhonny caso funcionasse e então estava na hora de começar a dançar com meu oponente, a dança de minhas rezas me fortaleceria contra o meu inimigo.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 2d7103253f270c2fc92b41bfc5bd3bf1

Me aproximaria dele dançando e então pararia seu giro caso ainda estivesse fazendo isso com meu peito, mas usaria a parte do cabo da foice para fazer isso, e então socaria seu queixo com um gancho usando meu karate do tritão.

Depois disso me afastaria e pensava no que fazer a seguir, também olhava para as arquibancadas para ver como as garotas estavam se saindo, depois de ver Ophelia na corda eu sabia que todas estava ali.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 NWk9Qsj

Histórico :
Objetivos:

_________________

Zayn & suas gostosas!
Zayn & suas gostosas! - Página 4 YTpeD1K
Mizuhara Air
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 A42922485f45b87fd488efe5b0c9bddd608e9395_hq
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/
Re: Zayn & suas gostosas! Qui Dez 29, 2022 9:58 pm
Ira



Eu estava encurralada, basicamente não tinha para onde correr. – Parede invisível? Parece coisa de outro mundo... É a tal da Akuma no Mi? Tsk... – Levantaria as mãos mostrando que estava desarmada e não reagiria enquanto encarasse aqueles três, já dando um leve sorriso ao dizer. – Okay... Eu não sou pirata e nem tenho uma recompensa pela minha cabeça, mas acho que vocês não tão pra conversa, né? Riririri. – Mesmo nervosa, daria risada daquela situação complicada. Sabia que poderia me entregar, mas esses caras não pareciam estar para brincadeira e provavelmente nunca mais veria a palhaça e os outros piratas até ser liberada pela marinha. – Acho que é a hora do Greg sair... Foi mal por te deixar sem explicações, irmão... –

De um segundo para o outro, em um piscar de olhos, não seria mais Mizuhara controlando aquele corpo, mas o Greg, já dando um sorriso sádico.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 BpkAFDRCUAAUJ3m

– Arara, onde aquela menina meteu a gente? Nem armas a gente tem... – Percebendo a parede do mímico e os três desconhecidos na minha frente junto do campo de batalha acontecendo de fundo, concluiria animado. – Acho que ela quer que eu tire ela dessa enrascada aqui... Talvez matar todo mundo? É isso Mizuhara? –

Respiraria fundo já me alongando, fazia tempo que não saia. Com isso, encararia os três ao dizer. – O que querem com a minha irmãzinha? Ela não é do tipo que se encrenca sozinha... Sabiam? – Dito isso, com algum deles respondendo ou não, sabia que a primeira coisa a se fazer seria conseguir alguma arma, era um campo de batalha, então provavelmente não seria difícil de achar alguma jogada pelo chão.

Olharia para os lados procurando por qualquer coisa que soubesse usar, de preferência uma foice ou alguma arma de fogo. Avistando qualquer uma que fosse, correria na direção da arma e a pegaria, ignorando qualquer ataque que fosse desferido contra minha pessoa. Eu sabia que o corpo da Mizuhara não era dos mais ágeis, mas ao menos era resistente, então provavelmente aguentaria até conseguir alguma coisa.

Se não visse nenhuma arma por perto ou estivesse realmente completamente encurralada sem conseguir sair de lá, sorriria para os três e correria na direção da garota segurando a foice, sendo que me jogaria com tudo nela enquanto tentaria tomar a foice de sua mão para usar. Mais uma vez ignorando qualquer ataque desferido contra mim e tentando resistir ao que quer que fosse. O objetivo principal naquele momento era conseguir alguma coisa para lutar.

Histórico :
Objetivos:
Aki
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 EiDhlj8
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1779-aki-kurosawa#18957 https://www.allbluerpg.com/t1586p30-morte-e-sangue#18995
Aki
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Sex Dez 30, 2022 9:50 am


morte e sangue

Sobre a cobertura da joalheria mais rica, ela se move em silêncio taciturno



Sangue! Como era bom tê-lo derramado sobre a roupa, espirrado sobre a pele, empoçado sob os pés. Para Aki, era uma sensação doce de prazer. Um gemido escapou dos lábios quando ela puxou, vagarosamente, o salto de dentro do olho do homem. Sem falar na faca que agora a ladra sopesava, jogando de uma mão para a outra, alternando entre cortes e perfurações, entre peito e abdômen...

Um lampejo acometeu os olhos do mais puro vermelho.

Aki então abandonou o corpo sem vida, percebendo que não havia mais prazer em esfolar um pedaço de carne já todo carcomido — mais para dilacerado, na verdade. Então ela olhou em volta, enxergando através do manto de escuridão que a cobria, os vários outros pedaços de carne que mantinham-se de pé e que até o momento não estavam carcomidos.

Esses ainda podem gritar!

A Kurosawa sorriu maliciosamente.

Jhonny chamou sua atenção.

Querida e odiada caolha — disse Aki com uma fúria controlada entre dentes —, não estrague o meu momento de diversão, a menos que queira perder seu olho de vez.

Para amenizar o clima, a circense surgiu com toda sua pompa, voando por cordas de um lado para o outro da arena. A atiradora sem humor ditou um plano qualquer. Enquanto que Aki, por sua vez, sequer deu ouvidos a ela.

Bom vê-la de novo, docinho — disse Aki para Ophelia. E para as duas: — Vamos salvar o roxão.

Numa ação obstinada, Aki voltaria a se esgueirar pelas sombras. Ela abusaria da furtividade felina que detinha para aproximar-se dos oponentes sem ser percebida. Chegasse pelos cantos, por cima, por trás, pelas pilastras... qual fosse a maneira que a gatuna encontrasse de pegar de surpresa um grupo de presas em potencial, ela o faria.

Munida pela lâmina de sua última vitima, a assassina contaria cada passo, estudaria cada movimento, antes de ceifar a primeira vítima. Com sorte, ela pegaria mais de um no mesmo golpe: um corte giratório com a faca em riste. Sem se delongar, partiria para o próximo, saltando pelas cabeças, apoiando-se sobre os ombros dos oponentes e beijando com o fio de sua lâmina as gargantas que encontrasse.

É, realmente, pensaria Aki, entre um salto e outro. Escolhi o vestido certo para a ocasião.

Conforme talhasse os inimigos, sangue espirraria cada vez mais sobre si, sobre a roupa; o que, para ela, não havia tanto problema, já que seu vestido era vermelho tinto.


Considerações
Tudo tentativa. Sugestão de roupa de gala: aqui.

Objetivos:
  • Conseguir dois punhais
  • Adquirir as proficiências Psicologia e Avaliação
  • Roubar umas joias
  • Matar marinheiros

Ganhos:
  • Roupa de Gala: referência; post 5
  • Faca; post 9




pdv: 11.130

sta: 400

ilhas organ





_________________

Aki Kurosawa
Oni
Imagem :
Zayn & suas gostosas! - Página 4 0g5XGJQ
Créditos :
19
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t693-sir-douglas-whitefang#4758 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Oni
Pirata
Re: Zayn & suas gostosas! Qui Jan 05, 2023 11:59 am



Post 06 do Oni.

Zayn & suas gostosas! - Página 4 Eb4nDq0X0AAnJ-J?format=jpg&name=medium

(O cenário é como essa imagem acima, com a diferença de que tem água entre a arquibancada e a arena, tem uma corda de contenção separando a arquibancada da água e diversas pedras fosforescentes espalhadas pelo cenário para iluminar.)



Mizuhara e Ophelia

Ophelia observava o cenário, mais uma vez se perdendo em pensamentos, como quando esqueceu que era pirata durante o jogo dos caçadores, momentos antes.

Desta vez, estava em busca das outras zaynzetes. Piratas e Caçadores de recompensa se enfrentavam ao seu redor, levantando fumaça e criando um barulho absurdo, o que tornava ainda mais difícil de encontrar as companheiras.

Entretanto, o que mais a chamava atenção era justamente o oposto. Uma zona sombria na arena, em que os Caçadores evitavam se aproximar. Um homem com o olho jorrando sangue tinha a metade inferior do corpo coberta pela penumbra, e, de tempos em tempos, era possível ver um flash de luz, como uma pistola disparando, que revelava a silhueta das suas outras duas companheiras. Ambas estavam exatamente no extremo oposto da arena, o que deixava a palhaça incerta sobre a sua capacidade de alcançá-las.

De qualquer foma, uma vez encontradas as companheiras, correu até a corda de segurança, pois aquela era a única forma de descobrir se as alcançaria daquela maneira, mas já era tarde.

Os dois espadachins que enfrentava haviam visto o que ela era capaz de fazer ao alcançá-las. Mas como ela seria capaz de lidar com eles sem aquele auxílio? Pensando nisso, os dois barravam o caminho até a corda com suas espadas.

Mizuhara, por outro lado, estava descansando nos confins da própria mente. Fechava os olhos e, quando os abria, o semblante sádico fazia o ar vibrar ao seu redor. Era Greg os encarando.

Os três caçadores que estavam contra ela hesitavam durante um instante, reavaliando a súbita mudança da oponente.

Isso dava tempo para o sádico observar o ambiente, percebendo que não haviam armas entre ele e os Caçadores.

Sem hesitar, corria na direção da mulher que usava a foice, mas a usuária de escudo aparecia em sua frente, girando o corpo em torno de si mesma e acertando Greg no rosto com o aço.

Cambaleando para trás, não teve tempo de evitar um poderoso cruzado do usuário da soqueira.

Com certeza de que o oponente desequilibrado pelos dois ataques não poderia reagir, o primeiro alvo dele, a mulher com a foice, saltou sobre o multipersonalizado com um ataque vertical. A lâmina partia o ar em dois com facilidade, chegando até a ponta da testa do adversário, fazendo um filete descer como um rio vermelho de sua testa.

Mas parou.

Era apenas um filete, um mero arranhão, pois o cabo da foice também estava sendo segurado por Greg. Os dois dividiam aquela arma, paralisando-a no ar. Aos poucos, ela se afastava da fronte do aspirante a pirata. Então, ela estava virada na direção da usuária da foice, descendo de maneira e deliciosamente torturante para o sádico, a cada segundo mais próxima da mulher que embatia de volta, até que adentrava o pescoço dela, que soltava a foice ao cair no chão.

Uma adversária com escudo e o outro com a soqueira o encaravam, completamente assustados.

Ninguém poderia imaginar que a capacidade de resistir a dor reverteriam um cenário que aparentava de completa derrota. Na verdade, era difícil acreditar que ele conseguira tal feito de reagir e roubar a arma da adversária quando deveria estar zonzo por duas poderosas porradas.

Ophelia se esquivava das estocadas das espadas, tentando encaixar chutes, socos e arremessos entre elas, mas sempre hesitando um instante antes. A luta de dois contra um não poderia ser resolvida com tanta facilidade, pois os ataques, além de tudo, pareciam sincronizados. Além disso, a vantagem dos usuários de espada, armas de média distância, se faziam valer frente a tentativa de luta corpo-a-corpo.

Teria de pensar muito mais para chegar ao extremo oposto da arena.

Ao menos, pelo pouco que poderia observar, Mizuhara parecia estar segurando as pontas e o número de Caçadores de recompensa caíra bastante.

De costas para a aliada, não tinha ideia de que na verdade era uma inimiga em potencial.



Aki e Jhonny

Jhonny, mais uma vez, ofendia a companheira, desta vez lhe pedindo cobertura.

Aki, hipnotizada em seu frenesi assassino, retrucava para não ser atrapalhada.

O manto de sombras as defendia, criando incertezas para os Caçadores que eram o suficiente para que eles fossem atrás de outros alvos.

De onde assistia, a pirata de vestido rubro reparava em uma pirata que estava conseguido segurar as pontas contra os inimigos. Utilizando-se de um florete e de uma pistola, a mulher ruiva esgrimia e conquistava distância o suficiente para atirar, diminuindo os cinco inimigos que a cercavam um de cada vez, até que estava lutando contra três.

Ao redor dela, outros piratas, por mais feridos que estivessem, haviam resistido, lutando contra um inimigo no máximo.

Apenas isso já era o suficiente para que Caçadores de Recompensa se acumulassem em torno das sombras, calculando quanto à vantagem de arricarem-se entrando nelas ou não.

Dois usuários de adagas penetravam a barreira de trevas. No flash seguinte, ambos haviam perdido as cabeças. Ou ao menos aquela era a impressão que era causada acidentalmente pelo jogo de luz, quando Aki cortava os pescoços de ambos.

Sem se importar muito, ela disparava em direção à pirata da pistola e florete, enfiando uma faca por trás de um dos adversários dela, dando tempo o suficiente para que ela matasse um dos outros dois com um tiro. - Ajuda entre piratas? Por essa eu não esperava. - Respondia, lutando contra seu inimigo restante.

Não possuía mais a sua proteção de sombras, por ter se afastado dela. Três dos cinco piratas restantes concentrados em torno das sombras agora iam em sua direção, deixando outros dois que se aventuravam nas sombras indo atrás de Johny.

A caolha, por sua vez, estava concentrada em mirar à distância com sua carabina a laser, na perna do Ceifador.

Outra pessoa, em seu lugar, estaria fechando um dos olhos para ter uma melhor noção sobre posicionamento e concentrar a mira. Mas aquela era uma das vantagens de ter um olho só.

De maneira relativamente rápida, atirou. Apesar de estar no escuro, mirava no centro da arena, foco de todos os holofotes. A bala rodopiando em diagonal descendente rumo ao que poderia salvar o seu capitão, enquanto dois inimigos espreitavam em sua direção, fora do seu campo de visão.





Zayn

O Ceifador prosseguia rodopiando, avançando cada vez mais, tirando o território de Zayn.

Não que isso importasse muito, pois, sendo um tritão, cair na água no máximo faria a arena mudar de lugar.

Pelo contrário, o que o adversário não poderia imaginar era que, por estar de costas para a água, Zayn estava em um lugar muito mais úmido. O que era perfeito para o que faria a seguir.

Ajeitando a postura logo após encarar o abismo, fixava o olhar novamente no inimigo, rompendo os limites musculares enquanto rugia, acertando um soco a sua frente com toda a potência.

De maneira lenta, diversas partículas de água se deslocavam contra o Ceifador, com o impacto espalhado o acertando em vários pontos diferentes, que somavam a força de um potente soco.

Mas, ainda, apenas um soco.

Tudo o que ocorria era que o giro do adversário diminuía, fazendo-o deixar de ser um vulto e ficar mais nítido. Uma de suas pernas pisava de volta com força no chão, as pontas dos dedos no princípio do movimento que o impulsionaria novamente em um rodopio.

Com piratas e caçadores de recompensa lutando ao redor, todos preocupados em seus próprios desafios, apenas os membros do Circo, no que aparentava ser uma área VIP, podiam ver o que ocorria, mas, ainda assim, com bastante dificuldade.

E, mesmo que alguém notasse, dentre eles, ficariam em silêncio. Pois o que ocorria a seguir poderia arruinar completamente a legitimidade do prêmio, que tinha de ser um tritão de quatro braços, cinco olhos e poderoso.

Poder esse que poderia ser desconsiderado, fazendo-o passar a valer nada, uma vez que, enquanto as pontas dos dedos dos pés do Ceifador o impulsionavam para voltar a girar, sua perna, que estava nítida graças à diminuição da aceleração proporcionada pelo Soco das Mil Ondas, era atravessada por uma bala, fazendo-o parar completamente.

Se aproveitando dessa paralisação repentina, Zayn saltava, acertando seus chutes da Maré Alta contra o rosto do inimigo, que se chocava contra o piso duro, soltando as foices.



Aki e Jhonny

A intuição de Jhonny disparava um alerta logo após seu tiro.

No escuro, com dois adversários invisíveis à espreita, a atiradora estava em apuros.

Isso porque logo após o seu tiro, o clarão causado por sua arma revelava sua posição para possíveis adversários.

E o mesmo não poderia ser dito sobre eles.

Um arrepio na nuca a fazia se virar para trás, mirando contra os dois com sua shotgun. Disparava rapidamente, logo após guardar sua carabina às costas.

O flash revelava ambos e a capacidade dispersiva de sua arma a permitia alvejar os dois, ainda que estivessem em posições diferentes, formando uma espécie de triângulo tendo ela como uma das pontas.

Um dos adversários, que pelo feixe de luz que se refletia se demonstrava sendo um espadachim, saiu voando longe.

Um segundo, mais corpulento, apesar do impacto, se movia pouco.

Então corria em direção a ela, acertando-a com tudo com uma sombra pesada que provavelmente era um martelo.

Arremessada pelo impacto do golpe, escorregava por sobre o chão, para longe das sombras, caindo até quase  a borda da arena, passando por debaixo da corda de segurança.

Com o corpo pendendo, podia dar uma boa olhada no problema que seria cair na água.

Em primeiro lugar, é importante destacar o óbvio: aquela arena havia sido feita para esperar uma luta entre dois tritões. Por isso, a água não servia para ser necessariamente um obstáculo, mas uma maneira de incrementar o combate. Em segundo lugar, cair na água enquanto humano, tendo as dificuldades de locomoção típicas de quem está na água, seriam o suficiente para tornar qualquer um um alvo fácil naquela caçada. Isso poderia ser observado nos adversários de Ophélia, que, apesar de Jhonny não saber que haviam sido derrubados por ela, via-os com dificuldade de voltar para o combate, lutando para não se afogar ao tentar subir os vários metros que os distanciavam das arquibancadas ou da arena.

Mas não tinha tempo de pensar muito. Seu adversário bárbaro, com o enorme martelo, saía sangrando das sombras, pisando pesado em sua direção, pronto para terminar de lançá-la.


TODOS

- INCRÍIIIIIIIIIVEEEEEEEEEEELLLLLLL!! - Gritava o anão. - Eu estava sem narrar durante todo este tempo pois não queria atrapalhar as lutas, mas é de se notar a extrema capacidade de Zayn! Que venceu o combate contra o nosso campeão!

O número de caçadores e piratas havia sido extremamente reduzido. As derrotas haviam se dado na proporção de 1 pirata derrotado para cada quatro caçadores.

Além disso, os caçadores que haviam sobrado estavam recolhendo piratas derrotados, com muitos estando ocupados.

Por isso, uma vez que Ophélia vencesse os dois adversários que faltavam, Aki vencesse os três que vinham em sua direção, Jhonny o bárbaro que a perseguia e Mizuhara os dois à sua frente, provavelmente estariam livres.

O capitão permanecia no meio da arena. Como ninguém mais estava nas sombras e as lutas haviam diminuído, podia ver o que acontecia com cada uma do seu bando, com as duplas posicionadas em opostos extremos da arena, sendo que Mizuhara estava próxima do Circo que organizou tudo.

Tudo estava estranhamente calmo do seu lado, mas se lembrava do que o Ceifador havia dito, sobre ele provavelmente ter de perder dois braços e virar bicho de estimação de um nobre uma vez que cumprisse todos os outros requisitos da ''profecia''.

Históricos:

_________________

Zayn & suas gostosas! - Página 4 N7yl9g2

Zayn & suas gostosas! - Página 4 T7y7CNR