Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
II - Sombras em SteveltyHoje à(s) 5:45 ampor  KerigusVoice of the SoulHoje à(s) 1:38 ampor  YamiOperação T.N.C.T.O.N.I.Hoje à(s) 12:17 ampor  VincentMary Van TasselOntem à(s) 11:57 pmpor  KerigusSharp Teeth and Hard Fists.Ontem à(s) 11:25 pmpor  ÀsManae LiebeOntem à(s) 8:42 pmpor  RyomaCatherine Petit Barozzi Nero BellarosaOntem à(s) 8:36 pmpor  RyomaHizumy Mizushiro MayanOntem à(s) 8:35 pmpor  RyomaPedidos de CargosOntem à(s) 7:56 pmpor  Arthur LancasterAs Crônicas dos Scavenger: A Leoa, o Louco, e o MudoOntem à(s) 7:45 pmpor  Arthur Lancaster
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance
Página 5 de 9 Página 5 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 XqxMi0y
Créditos : 20
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio Qua Jul 14, 2021 11:12 am
Relembrando a primeira mensagem :

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Klaus Sunwizer. A qual não possui narrador definido.

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 J09J2lK

Formiga
Ver perfil do usuário
Créditos : 2
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Relampago Kirinha


Joe recuperou o fôlego poucos segundos após as palavras de Klaus entrarem pelos seus ouvidos, sua expressão preocupada externada parte do sentimento que abalava o seu interior. Em meio as suas preocupações a que mais se destacava era para com sua irmã, já que, ele não sabia onde ela se encontrava naquele momento – E minha irmã, onde ela vai nos encontrar? – Questionou enquanto acompanhava Kira na descida em direção ao Porto – Aquele é o seu barco, sem dúvidas. – Confirmou Joe.

Falando de maneira mais específica desse último ponto, o lugar era basicamente um quadrado. Uma estrutura de concreto formava uma ponta, onde, por toda sua extensão, algumas caixas e similares se faziam existentes. Em cada quina, uma escada de ferro ligava a estrutura ao mar, como uma forma de ajudar aqueles que poderiam vir a cair nas águas calmas do porto. O único espaço ficava no canto inferior direito, tinha tamanho suficiente para que o navio da Gigante passasse sem tocar nas beiradas, mesmo com suas grandes proporções. Enquanto percorriam a distância necessária, puderam notar a presença de alguns homens dentro do barco de Astrid, pareciam sinalizar e conversar com uma dupla de marinheiros logo na beirada do Porto.

As ações de Kira eram simples, entretanto, seria difícil para ele passar da maneira que gostaria. No momento em que a dupla chegou nas proximidades do Porto, foram avistadas por um marinheiro que, em um grito, rompeu toda a calmaria do lugar. Os olhos dos marinheiros do lugar voltaram-se para Klaus, suas expressões sérias indicavam que eles não iriam facilitar para o homem. Um punhado com cerca de cinco soldados partiram para cima de Sunwizer, em suas mãos era possível ver duas variações de arma: três espadas e duas lanças. A investida do grupo mostrava uma sinergia única, dois deles atacaram de maneira perfurante – os lanceiros – visando atravessar o abdômen de Klaus com suas armas. Já os outros três atacaram juntos, dois pelas laterais com fortes diagonais e um pulando, descendo de maneira vertical para dividir a cabeça do futuro pirata ao meio. Enquanto tudo isso acontecia, um tiro foi ouvido, o alvo era Joe, que recebia a bala como Ronaldinho Gaúcho dominava a bola, no peito direito.

O homem foi ao chão no momento em que foi atingido, o atirador estava alguns metros à frente e apoiava sua arma em uma das caixas. Mas, ainda não havia acabado! Recarregou sua arma e estava pronto para atirar, seu alvo era Klaus, mas, um estrondo ecoou por toda área. Detrás da estrutura de madeira, uma espécie de galpão, surgiu a gigante empunhando uma espada tão grande quanto ela, em um único movimento partiu em dois o corpo do atirador – IRMÃO?! – Ela gritou furiosa, outros homens – marinheiros – que vinham correndo do outro lado do porto, foram interceptados pela fúria da gigante. Seus movimentos eram técnicos e ao mesmo tempo, carregavam um peso fora do comum – HOMENS! AJUDEM MEU IRMÃO E AQUELE HOMEM. – Ela balançou a cabeça indicando que o homem era Klaus.

A bagunça estava formada, além daqueles dois grupos de marinheiros. Um trio de homens desceu do barco esverdeado, não trajavam nenhum uniforme, entretanto todos estavam devidamente armados: Espada – Martelo de Guerra – Chicote. Um deles partiu para cima de Viola, o homem carregando o chicote lançou na direção de Astrid um rápido golpe, acertou próximo ao seu olho com facilidade. Os outros dois homens pareciam ir de encontro aos homens que desciam do navio da gigante. Uma luta generalizada estava ocorrendo no Porto e, por mais óbvio que possa parecer, só tende a piorar.


Spoiler:

Posts: 20
Ganhos:
Manoplas [Qualidade Profissional] - POST 06
Grevas[Qualidade Profissional] - POST 06
Perdas: N/A

Ferimentos:
Rasgo na Coxa Direita - 04/04 [CURADO]
Legenda:
Zé Picadinho
Marinheiros (Incluindo o Loiro Covarde)
Gigante Presa
Personagens aleatórios: Civis, comerciantes e etc

Aparência
Marinheiro que chegou no Búfalo.
Melinda - Mink Leão
Astrid - Gigante Aliada
Joe - Irmão de Astrid


_________________

Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 EBEAdF4X4AYyK13[/center]
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 CTfWi4D
Créditos : 05





1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

A situação parecia ficar cada vez pior, não importava o quanto corremos, as coisas sempre se tornavam ainda mais problemáticas. Ao chegar próximo ao porto, alguns marinheiros que estavam no local se colocavam a vir em nossa direção, eram cinco no total, dois usando lanças e três usando espadas.

Continuava a avançar e meu semblante carregava mais uma vez a vontade de prosseguir, passando por cima de qualquer obstáculo que entrasse no meu caminho, e logo, eu me via cercado, os lanceiros tentavam furar meu abdômen, e em velocidade, percebendo sua estocada. Contra o primeiro, eu dava um passo para o lado esquerdo, buscando sair da estocada de sua lança, e em meio a esse movimento de esquiva, aplicaria força nas pernas após as flexionar levemente, dando um curto salto na direção do inimigo e o golpeando de imediato, golpes certeiros e precisos em seu tórax e abdômen, de baixo para cima tirando o mesmo do solo antes de girar meu corpo em meu próprio eixo, e em meio a esse giro, trazendo meu punho fechado de encontro com a face do homem, buscando deixá-lo fora de combate.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 Garou-one-punch-man

Contra o segundo, eu aproveitaria da movimentação do meu corpo, já que não precisaria tirá-lo da inércia, pois o mesmo já estava em movimento, e aproveitando disso, me lançaria contra o segundo lanceiro, buscando nesse movimento veloz de ataque, sair da direção das espadas que tentavam me cortar, pelo menos por alguns segundos até que pudesse me voltar novamente a eles.

Um salto veloz em direção ao segundo lanceiro era feito por mim, como se fosse um animal encurralado entre a vida e a morte, abria meus dois braços como se fosse um louva-deus, e em meio a esse movimento, fazia minha perna se abrir, penetrando a defesa do homem, golpeando sua lança de dentro para fora, abrindo seus braços e impedindo que sua lança fosse útil para me golpear naquele instante.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 48b8661f4e3fba7783473702d54ad0a66f7ec7d3r1-540-304_hq

Porém, sabendo que ainda existiam mais três oponentes, eu não podia simplesmente parar o movimento ali, e logo, aproveitando o semi giro gerado pela abertura da perna no ar, puxaria meu corpo com força para o lado que havia acertado o braço do lanceiro, e com a outra perna o acertaria em cheio na lateral da cabeça, um golpe preciso e quase mortal, mas que se não matasse, poderia deixar o inimigo apagado por algum tempo. Mas não só isso, meu golpe era direcionado na direção dos espadachins, tentando acertar alguns ou algum deles usando o corpo de seu próprio companheiro em queda, para pelo menos atrapalhá-lo de me acertar.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 Baec0716b276e1cf3d5e98101008e92ff4881e31r1-540-304_hq

Isso me abriria espaço para reagir aos espadachins, que se um ou mais deles fossem acertados pelo homem em queda, me daria a oportunidade de me mover em velocidade, tocando meus pés no solo leve e suavemente, e assim que a ponta de um dos meus pés tocasse o chão, flexionaria os joelhos até o limite, me abaixando velozmente enquanto girava a outra perna sob meu próprio eixo, passando uma rasteira nos três espadachins, que possivelmente estariam bem próximos a mim com suas espadas.

Ao perceber se tinha ou não acertado um ou mais dos homens com espada, ergueria novamente meu corpo de forma veloz, pegando um deles antes de cair no chão, e o golpeando de forma brutal no rosto, de cima para baixo com um soco, levando sua cabeça até o chão, e assim o deixando lá, caído enquanto agora restavam dois inimigos, claro, se tudo tivesse dado certo e eu conseguisse derrubar os três primeiros.




Histórico:
Nome: Klaus Sunwizer
Número de Posts: 21
Ganhos:
Roupa de treinamento roxa.
Manoplas [Qualidade Profissional]
Grevas[Qualidade Profissional]
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Rasgo na Coxa. [4/4] (Curado)
Objetivos:
N/A

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Créditos : 2
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Relampago Kirinha


Na visão Ger da situação, Klaus e seus aliados estavam com grandez problemas. Astrid estava lidando com os marinheiros e o estranho homem que carregava um chicote, seus movimentos eram dignos de habilidades circenses eesus maestria com a arma igual. Os homens da gigante estavam sendo impedidos pela dupla, suas habilidades estavam no nível do oponente da gigante, se mostravam pessoas problemáticas. Dois dos homens de Astrid conseguiram em meio a batalha, arranjar o espaço necessário para darem fuga na direção de Joe, eles passavam alguns metros ao lado de Sunwizer.

Falando do nosso protagonista, mais uma vez era forçado a mostrar suas habilidades marciais, dessa vez perante cinco oponentes. Dada sua experiência em combate optou por uma estratégia simples, movimentar e lidar - de certa forma - com um de cada vez. O movimento conciso dos lanceiros não eram o bastante para acertar Klaus, que desviava lateralmente e tão rápido quanto seus movimentos defensivos se mostravam, eram seus movimentos de ataque, acertando o abdômen e face, seguidos por um giro que intensificou ainda mais a potencial do seu ataque.

Não parando por aí ele faltou na direção do segundo, que estava a poucos centímetros dele, no máximo um metro. Um chute e um giro seguido de outro chute foram os golpes utilizado pelo homem, a potência do seu golpe foi tamanha que encerrou a vida de mais um pai de família naquele momento. Entretanto, algo saiu do seu controle. A velocidade e agilidade dos espadachins foi além das expectativas, enquanto ainda estava no ar a dupla que vinha pelo solo acertou a região do seu abdômen, dois cortes limpos, mas, não conseguiram ter A profundidade necessária para dificultar as ações de Klaus.

Mesmo ferido ainda consegui dar prosseguimento as suas ações, no momento do avanço e rasteiraz atingiu dos dois espadachins que vieram ao chão. O terceiro alguns alguns metros atrás, com os joelhos flexionados rotacionando seu corpo, ficando de frente para Klaus. Os olhos do marinheiro foram capazes de ver as ações do inimigo declarado da marinha, aproveitou da rasteira para atingir um dos homens com um golpe pesado, lançando sua cabeça contra o solo maciço, ocasionando assim mais uma morte para sua conta. A dupla de espadachins se movimentaram, deixando Kira como uma presa encurralada no meio deles dois, ambos estavam cerca de dois metros meio para frente e para trás.

Ambos os homens mantinham seus joelhos flexionados e avançaram em seguida, o que vinha? Pelo que parecia um simples golpe horizontal por parte dos dois, mas, será que era só isso mesmo?

Spoiler:

Posts: 20
Ganhos:
Manoplas [Qualidade Profissional] - POST 06
Grevas[Qualidade Profissional] - POST 06
Perdas: N/A

Ferimentos:
Rasgo na Coxa Direita - 04/04 [CURADO]
Corte no Abdômen - Lado direito e esquerdo - 00/04

Legenda:
Zé Picadinho
Marinheiros (Incluindo o Loiro Covarde)
Gigante Presa
Personagens aleatórios: Civis, comerciantes e etc

Aparência
Marinheiro que chegou no Búfalo.
Melinda - Mink Leão
Astrid - Gigante Aliada
Joe - Irmão de Astrid


_________________

Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 EBEAdF4X4AYyK13[/center]
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 CTfWi4D
Créditos : 05





1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

A situação era complicada, cinco adversários com armas problemáticas o suficiente para me levar à morte, mas felizmente eu conseguia derrubar três deles. Porém, toda glória tem um preço, e ao estar prestes a executar meu próximo movimento, os dois espadachins restantes conseguiam golpear meu abdômen, o que mesmo não sendo um corte profundo, era algo que doía e tinha certo impacto.-Mas que merda… Espadas são sempre um problema extra. Comentava comigo mesmo, em um tom baixo enquanto levava uma das mãos sob um dos cortes, sem esperar resposta de ninguém à volta, apenas um pensamento em voz alta.

Agora eu tinha apenas dois oponentes, frente a frente os dois me encaravam e suas armas por si só pareciam ter mais presença do que os mesmos, eu pegava um pouco mais de espaço para analisar a situação de uma distância mais tranquila, mas eu sabia que não poderia permanecer longe, até porque, essa era a vantagem de uma lâmina, além de trazer ferimentos ainda piores em um combate despreocupado.-Vocês não param de vir não? Parecem baratas saindo dos ralos, estão em todos os lugares. Dizia de forma despretensiosa, e esperava ouvir ou não algo dos marinheiros, não que fosse mudar algo, mas eu precisava desabafar.

Com isso, a distância se fazia importante, vendo que em seguida os dois espadachins vinham com tudo, e em meio a esse tempo, eu notava que Joe havia sido atingido no peito por um disparo, o calor da luta era tanto, que só percebia a situação agora, ao ver os homens de Astrid vindo na direção do mesmo para o auxiliar.

A situação como um todo era uma merda, tinha mais gente ali do que formigas em um formigueiro, era luta para todo lado, mas eu não podia relaxar, não até eu derrubar pelo menos os dois à minha frente. Com isso, agora era hora de ir pra cima, os homens me mantinham como uma presa encurralada, um de cada lado, e logo avançavam.

Um deles vinha pela frente, o outro por trás, e assim eu percebia o que deveria fazer. Avançava contra o da minha frente, e quando estivesse próximo a sua zona de ação, moveria meu corpo em um semi giro lateral para a parte externa do braço que estivesse empunhando a espada, buscando me aproximar tanto, que deixaria meu corpo colado a seu braço empunhadura, desta forma, a movimentação de seu braço com a espada seria limitada, o deixando sem muito espaço para manobrar a mesma, e isso me daria uma vantagem no combate.

Logo, aproveitaria da movimentação e do giro, para usar o braço como um bonecos de treino de combate, que gira com seus braços abertos para você aprender a esquivar ou bloquear, porém, no meu caso, usaria isso para acertar com toda a força a face do homem com a lâmina, buscando derrubá-lo permanentemente ou deixá-lo atordoado o suficiente para que eu pudesse agir contra o segundo inimigo.

Aproveitando da movimentação, caso a mesma desse certo, puxaria o homem pela gola da blusa e o arremessaria contra o marinheiro que vinha pelas costas, isso seria apenas um modo de ganhar tempo de movimento, enquanto o homem precisaria se esquivar de seu companheiro voando em sua direção. Após jogá-lo, avançaria juntamente ao corpo do rapaz, usando o mesmo como um quebra vento e uma barreira visual, dificultando a reação do meu próximo adversário.

Aproveitaria disso para avançar de forma ágil, usando a mesma movimentação que usei no anterior, porém, não usaria o giro, me moveria de forma diagonal para a parte exterior de seu braço empunhador da espada, passando por baixo do mesmo e subindo repentinamente, jogando o mesmo para cima, tirando toda a mobilidade que ele teria com o braço e com a espada. Enquanto isso, meu punho viria em direção a seu estômago, acertando o homem com toda a força, buscando tirar seu folego e levantando o mesmo levemente do solo, e em seguida, um soco com o outro braço vindo diretamente em sua costela, e outro com o outro braço novamente, vindo como um gancho em seu queixo.

Isso poderia me dar a vitória momentânea para aquele embate, mas claro, ainda tinham muitos outros inimigos no caminho, e agora só me restava tentar abrir caminho para que pudéssemos levar Joe até o navio.




Histórico:
Nome: Klaus Sunwizer
Número de Posts: 22
Ganhos:
Roupa de treinamento roxa.
Manoplas [Qualidade Profissional]
Grevas[Qualidade Profissional]
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Rasgo na Coxa. [4/4] (Curado)
Objetivos:
N/A

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Créditos : 2
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Relampago Kirinha


Klaus estava putp com aquele rolê insano que estava inserido, marinheiros vinham aos montes semelhantes a baratas e/ou ratos. O trio parada dura que estava ali se mostravam ainda mais fortes que os marinheiros, mas, quem eram eles? Seu objetivo era claro, proteger o barco menor dos invasores, afinal, era assim que eles vêem Sunwizer e Cia.

De maneira clara, Klaus agora via a situação de Joe. Por sorte os homens de Astrid conseguiram realizar os primeiros socorros, por enquanto, provavelmente ele estava seguro. A dupla de marinheiros ignoraram quaisquer palavras que ouviram do futuro pirata, seus fofos atuais estavam em finalizá-lo em um movimento em conjunto, entretanto, Klaus não parecia permitir que tudo fosse tão simples assim. Seus movimentos eram precisos e inteligentes, ele novamente se mostrava hábil o bastante para tornar ineficientes - de maneira simples - os movimentos dos seus inimigos. Lançou o marinheiro na direção do aliado, não parando por aí, mas aproveitando a "sombra" e a lacuna de tempo que abriu entre a reação do marine perante a situação atual. Como esperado, o homem usou um movimento de esquiva, tentando limpar sua visão e focar novamente em Klaus.

O futuro Rei não daria tempo o bastante para o marinheiro se recompor, se moveu agilmente e em uma série de golpes, finalizou o homem após maceta-lo completamente, ele saiu vencedor - Precisamos chegar rápido no navio, não podemos mantê-lo estável aqui. Precisamos dos equipamentos que estão lá e da Astrid. - Um dos homens da gigante falou esbaforido, ele era novo, cabelos castanhos e olhos avermelhados - Ela vai ganhar, com certeza vai ganhar. - Disse confiante olhando em direção da gigante. Ela ainda estava em batalha, alguns marinheiros haviam caído perante sua espada, já outros continuavam ávidos na batalha, junto com o homem com o chicote.

Os homens capitaneados pela gigante estavam em mãos apuros, eles lutavam enquanto recuavam em direção a Klaus. Não por querer ajudar, mas, por ser a única opção que eles tinham naquele momento, afinal, a dupla oponente era forte o bastante para subjugar a vantagem numérica. O Espadachim era um homem loiro, alto e relativamente forte fisicamente. Um dos seus olhos era completamente vermelho, como se as veias estivessem sido rompidas em uma batalha anterior e manchado o branco do globo ocular. O segundo era a definição de força, o inimigo com um imenso martelo de guerra, nem sequer parecia humano, talvez fosse um descendente de um Deus ou algo do gênero. Seu cabelo estava enrolado, como uma espécie de coque samurai e sua armadura cobria parte do seu corpo.

A dupla caminhava na direção dos homens em meio a movimentos precisos, fortes e cruéis. A cada passo que davam um dos homens de Astrid perecia, eles não aparentavam ter o mínimo problema em acabar com os criminosos de maneira simples e direta.

Spoiler:

Posts: 21
Ganhos:
Manoplas [Qualidade Profissional] - POST 06
Grevas[Qualidade Profissional] - POST 06
Perdas: N/A

Ferimentos:
Rasgo na Coxa Direita - 04/04 [CURADO]
Corte no Abdômen - Lado direito e esquerdo - 01/04

Legenda:
Zé Picadinho
Marinheiros (Incluindo o Loiro Covarde)
Gigante Presa
Personagens aleatórios: Civis, comerciantes e etc
Homens de Astrid

Aparência
Marinheiro que chegou no Búfalo.
Melinda - Mink Leão
Astrid - Gigante Aliada
Joe - Irmão de Astrid
Inimigo. Om Martelo de Guerra
Espadachim Inimigo


_________________

Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 EBEAdF4X4AYyK13[/center]
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 CTfWi4D
Créditos : 05





1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

A situação começava a parecer que finalmente estava amenizando, mais dois inimigos abatidos e enfim o caminho parecia livre para seguir, porém, mais dois homens se colocavam em nosso caminho.-Cara, é sério que esses filhos da puta estão se envolvendo em uma briga que não é deles? Meu olhar se cerrava, e minha face se tornava mais séria do que antes, eu agora tinha um foco maior, algo que não tinha o porque estar ali, estava tentando nos atrapalhar.-Vão se arrepender do dia em que cruzaram meu caminho, me pegaram em um mau dia! Meu foco agora era apagar a existência daqueles a minha frente, não importava como.

Ao ver os homens vindo em nossa direção, um deles era loiro, um de seus olhos avermelhados, como se seu globo ocular estivesse completamente coberto de sangue, talvez tenha sido resultado do combate anterior que ele enfrentava? Isso não importava! O homem era um espadachim, e vinha em nossa direção parecendo ser alguém minimamente forte.-Pelo menos acho que finalmente vai ser um adversário digno. Minhas palavras eram ditas para apenas para expressar a minha insatisfação.

Era algo que eu dizia em um tom apenas para que eu ouvisse, porém, minha determinação e foco eram demonstradas em meu olhar, ao fixar meus olhos nos dois vindo em nossa direção, e ao invés de se afastar, eu caminhava de encontro aos dois.

A seu lado, um homem grande e forte, parecendo uma montanha de músculos, o mesmo carregava um martelo gigante, e ao meu ver, seria o adversário mais problemático de se enfrentar, devido a sua arma e estatura, não era algo que com os movimentos anteriores, seria fácil de se derrotar.

Em meu caminhar, eu focava nos dois homens, observando suas movimentações, e se tinham a intenção de nos atacar, provavelmente eles o fariam, mas eu observava para saber como o fariam.Lidar com o espadachim é até que tranquilo, o problema é o guarda roupas do lado dele… Acho que vou tentar acabar com o magrinho primeiro e depois vejo o que faço com o colossos. Meus passos eram firmes, e demonstravam que eu não era um qualquer, talvez eles já soubessem disso ao ver os marinheiros caídos no chão.

-Não sei quem vocês são, mas vejo que não são marinheiros… Não sei o que querem ou o motivo de estarem tentando algo, mas se realmente querem me enfrentar... Em meio a fala, eu agia, um movimento veloz, flexionando os joelhos e propulsionando-os novamente com força, me fazendo dar um leve salto a frente em direção aos homens.

Meu foco era no espadachim, seria um avanço curto e veloz o suficiente para encurtar a distância entre nós dois, um movimento rápido, suave, mas potente, um soco direto que ia em direção a seu peito esperando o contato, e ao conectar, tocaria meus pés no solo velozmente já saltando para uma outra direção. Usando assim, as habilidades de um boxeador em dar saltos curtos e velozes, mudando minha trajetória, para assim ter mais espaço para agir novamente.

Meu foco inicial era no espadachim, devido a sua maior mobilidade, visto que seu companheiro era grande e parecia bem pesado, certamente teria golpes poderosos e destrutivos para quem fosse acertado, mas sua velocidade poderia deixar a desejar.

Por isso, o loirinho seria meu foco, já que o mesmo poderia mais facilmente reagir a meus golpes, dando um melhor suporte ao grandão, já o contrário, seria um pouco mais difícil. Ao acertar o soco no peito do homem, aproveitaria da movimentação de mudança de direção, e faria um zig zag, um salto para mudar a trajetória, outro para avançar novamente em sua direção, aproveitando do primeiro movimento.

Em ambos os casos, eu estaria atento às movimentações do loirinho, com sua espada, já que o mesmo poderia ser alguém bem mais habilidoso, ele poderia certamente tentar defender o golpe, e caso tentasse bloqueado com a lâmina, quando eu estivesse próximo a ele, me agacharia de forma abrupta, para assim surpreendê-lo, e logo, giraria sob meu eixo, com uma das pernas estendidas, focando passar uma rasteira no homem.

Dessa forma, eu teria mais espaço para agir contra ele novamente, enquanto o mesmo estava desequilibrado e caindo. Caso desse certo, continuaria avançando, buscando evitar estocadas de sua espada, e cortes em diagonal, e aproveitaria dá chance para golpear o mesmo com força total, puxando sua perna em minha direção, e em seguida aproveitando disso para descer um soco de cima para baixo na face do homem, para assim me afastar novamente, e ter o foco em como agir mais uma vez.

Porém, caso o homem fizesse um movimento de esquiva, eu tentaria me mover para o lado contrário do mesmo, para manter a distância de sua lâmina, e ter tempo de reagir a algum possível movimento do mesmo contra mim. Assim, como o grandão e seu martelo, eu o evitaria a todo custo, me mantendo longe do mesmo, e prestaria atenção em seus movimentos, para que caso ele tentasse algo, eu pudesse reagir antes de ser tarde demais.

Essa era uma luta que eu sabia que não terminaria fácil, talvez eles fossem os inimigos mais problemáticos ali, porém, era um obstáculo que eu tinha superar a todo custo, se quisesse chegar até o navio e assim sair daquela ilha.




Histórico:
Nome: Klaus Sunwizer
Número de Posts: 23
Ganhos:
Roupa de treinamento roxa.
Manoplas [Qualidade Profissional]
Grevas[Qualidade Profissional]
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Rasgo na Coxa. [4/4] (Curado)
Corte no abdômem, lado direito e esquerdo [2/4]
Objetivos:
N/A

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Créditos : 2
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Relampago Kirinha


O clímax da aventura finalmente dava as caras, Klaus estava prestes a enfrentar a estranha dupla que surgiu no Porto. Sunwise se mostrava um tanto quanto descontente com a intervenção do trio em seus objetivos, ele tinha razão, eles não eram marinheiros e muito menos defensores da lei e da ordem, eram apenas mercenários - Estamos protegendo um certo "alguém", vocês se mostraram hostis o bastante para chamar nossa atenção. - O Espadachim respondia a Klaus, mantendo um sorriso largo em seu rosto.

Sem cogitar duas vezes o futuro pirata investiu, seu objetivo era finalizar o Espadachim por achá-lo mais fácil de finalizar ou talvez, não sentisse tanto perigo vindo dele, se comparado a máquina de músculos ao seu lado. O esperado por Klaus era que as ações rápidas viessem por parte do Espadachim, entretanto, algo surpreendente acontecia naquele momento. Sua investida era interceptada por um forte golpe, ele via o martelo acertando seu abdômen e lançando-o metros atrás, de maneira veloz e limpa - Todo mundo cai nessa, ninguém acha que ele é rápido! - Gargalhava ao terminar sua frente, puxando sua espada e empunhando com as duas mãos - Como todos os outros, você vai morrer hoje. - Falou o loiro preparando para uma investida, contudo, era acertado pelo corpo do seu aliado e caiu alguns metros para o lado, quase indo direto para o mar - Klaus! Deixe-o comigo. - Gritou a gigante loira, indo na direção do Espadachim que se colocava de pé rapidamente, investindo contra ela com uma expressão de fúria.

O robusto e musculoso homem caminhava na direção de Sunwizer girando seu martelo rapidamente, segurando pelo extremo do cabo, quase que deixando escapar pela mão. Em um movimento rápido ele saltou girando no ar, caindo na direção de Klaus visando acertar com o martelo em sua cabeça, finalizando de uma única vez com a vida do seu oponente.
Spoiler:



Posts: 22
Ganhos:
Manoplas [Qualidade Profissional] - POST 06
Grevas[Qualidade Profissional] - POST 06
Perdas: N/A

Ferimentos:
Rasgo na Coxa Direita - 04/04 [CURADO]
Corte no Abdômen - Lado direito e esquerdo - 02/04

Legenda:
Zé Picadinho
Marinheiros (Incluindo o Loiro Covarde)
Gigante Presa
Personagens aleatórios: Civis, comerciantes e etc
Homens de Astrid
Espadachim e Seu Grupo

Aparência
Marinheiro que chegou no Búfalo.
Melinda - Mink Leão
Astrid - Gigante Aliada
Joe - Irmão de Astrid
Inimigo. Om Martelo de Guerra
Espadachim Inimigo


_________________

Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 EBEAdF4X4AYyK13[/center]
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 CTfWi4D
Créditos : 05





1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

Meu avanço era interrompido pela montanha de músculos, que ia totalmente contra o meu raciocínio sobre ele ser o mais lento, seu martelo encontrava meu abdômen e me fazia voar alguns metros.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 AnnualScornfulAardvark-size_restricted

Seu golpe era bem poderoso, o que me fazia sentir o impacto do mesmo, ao finalmente ter parado de me locomover após a pancada, eu o olhava de forma séria, levando a mão direita ao abdômen por alguns, eu então cuspia no chão e retirava a mão limpando a poeira que havia sido levantada com o meu arremessar.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 370

Nesse momento, eu olhava para o homem e só via um trem praticamente atropelar o loirinho, o trem? Ele era nada mais nada menos do que Astrid, que passava com toda a força arremessando o magricelo em direção ao mar, o fazendo quase cair. A mulher pedia para eu deixá-lo com ela, e enquanto isso  o gigante vinha em minha direção, girando seu martelo como se fosse o próprio pinguim do Batman girando seu guarda chuva.-Você já quase o matou mesmo… Eu cuido do grandão! Eu começava a me preparar para uma luta mais séria, nesse momento eu não estava mais brincando, minha seriedade era nítida, meu olhar era arisco e intimidador, como se olhasse dentro da alma do homem.

Um foco ainda maior do que nos combates anteriores, afinal, aquele era um homem com proporções que eu ainda não havia enfrentado.-Bom, você mostrou que eu tava errado uma vez, agora deixa eu te mostrar contra quem você tá lutando. Ao observar que o homem vinha girando seu martelo e então saltava em minha direção rodando para me acertar de cima para baixo com o mesmo em minha cabeça, eu me moveria para frente, buscando sair do raio de impacto do martelo, e logo no mesmo passo que eu saia da direção do martelo, eu tombava meu corpo para um dos lados, visando o lado contrário ao que o homem empunhava seu martelo.


Nesse momento, daria um giro rápido em meu próprio eixo, e aplicaria um golpe certeiro nas vértebras torácicas do homem, um soco direto na parte de sua coluna, melhor dizendo, buscando causar o maior impacto possível, e com a maior força possível.

Esse movimento não era de fato para derrubá-lo, de jeito nenhum, era apenas para causar um pequeno incômodo, e assim conseguir saber o seu tempo de reação após sofrer um golpe. Após acertá-lo, me afastaria alguns metros para evitar seu martelo e logo que tivesse a visão e os dados dos seus tempos de reação, eu avançaria novamente, ainda mais feroz do que antes, mas agora para terminar com aquela luta.

E em uma explosão impetuosa de minhas pernas, eu avançava contra o grandalhão, mantendo meus olhos em suas mãos e martelo, e também em suas pernas. Ao estar próximo o máximo e então mudaria de trajetória duas vezes, uma para a esquerda, aplicando um giro em meu eixo e aproveitando da impulsão e da força do giro para aplicar um golpe em sua costela, um semi gancho que vinha de forma um pouco mais inferior ao inves de vir reto, buscando pegar suas costelas de cima para baixo, levantando-as com força o suficiente para quebrá-las ou trincá-las, caso fosse possível.

Após isso, me afastaria novamente e então avançaria, e por mais veloz e feroz que fosse meu avanço, ainda tinha um pingo de cautela, afinal, um golpe direto daquele martelo de novo poderia significar a morte. Me aproximaria o máximo possível do homem, observando cada movimento do mesmo e buscando analisar os tempos de reação, tanto para atacar, quanto para defender, e logo que estivesse em uma área na qual ele poderia me acertar com o martelo, eu trocaria de direção, jogando o peso do meu corpo para o lado no qual o homem empunhava seu martelo.

Como uma lâmina, lutar contra um martelo não era tão diferente, bastava evitar o ponto de colisão do mesmo. Movendo meu corpo assim, eu conseguiria sair do seu movimento primário com o martelo, e me colocaria em posição de contra ataque, e o peso do mesmo tornaria difícil do mesmo conseguir voltar o martelo contra mim novamente, deixando espaço o suficiente para que eu pudesse abusar a vontade.

A partir desse ponto, meu foco era único, aproveitando da queda lateral do meu corpo, rapidamente apoiaria minha perna mais a frente, e assim prepararia meu golpe, com força, precisão e bastante ferocidade, cada fibra do meu braço parecia responder a meu estímulo, contraindo cada uma delas, assim como as da minha panturrilha, que auxiliariam no impacto e força do golpe que seria executado com um semi giro.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 Tumblr_n7bg3xKFPV1qh2xylo2_400

Puxaria meu braço como se fosse uma arma disparando um tiro, impulsionando meu punho de forma veloz e potente contra a axila do homem, encaixando o punho na parte inferior da mesma e assim, golpeando a parte de seu ombro, buscando dessa forma deslocar o ombro do homem para impedi-lo de usar aquele martelo com as duas mãos, o que me daria uma vantagem e tanto no combate.

Porém, caso não fosse possível de eu acertar sua axila, eu golpearia sua costela mais uma vez, mas agora com um golpe ainda mais poderoso do que o anterior, e poderia finalmente destruir sua costela com um segundo golpe, caso o primeiro não tivesse o efeito necessário.

Em meio a tudo isso, eu estaria ligado nos movimentos do homem e seu martelo, e caso o mesmo tentasse me acertar com a arma, eu buscaria evitar suas investidas e ataques, me movendo sempre para sair do ponto de impacto do martelo, faria isso sempre me movendo para trás, pois me mover para um dos lados poderia resultar em um martelo mudando sua direção e me acertando de forma lateral, e eu não queria ser acertado por aquilo novamente.

A cada movimento de evasão, eu estaria sempre atento a seus padrões e tempo de reação e velocidade de cada golpe, buscando o tempo certo para assim penetrar sua defesa em uma investida cruel e impiedosa contra a muralha de músculos, por isso naquele momento, meus conhecimentos sobre noção exata de tempo eram bem úteis, e eu sabia que em um momento ou outro, eu encontraria a brecha necessária para finalmente o acertar de forma ainda mais forte e impiedosa.




Histórico:
Nome: Klaus Sunwizer
Número de Posts: 24
Ganhos:
Roupa de treinamento roxa.
Manoplas [Qualidade Profissional]
Grevas[Qualidade Profissional]
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Rasgo na Coxa. [4/4] (Curado)
Corte no abdômem, lado direito e esquerdo [3/4]
Objetivos:
N/A

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Créditos : 2
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune


Relampago Kirinha


Enfrentar um inimigo com aquelas proporções era algo novo para Klaus, para sua sorte Astrid havia derrotado o bicho piruleta com chicote, iniciando um ferrenho embate com o Espadachim, que mostrava força o bastante para aguentar uma troca de golpes com a gigante.

Sua estratégia inicial era conhecer seu oponente, lutar de maneira desesperada ou sem o mínimo de preparo, acabava podendo ocasionar em sua derrota. Moveu-se em linha reta, buscando atingir as costas do robusto homem e no momento do impacto, ele sentiu como se estivesse acertando uma parede de concreto, mas era apenas a musculatura acima da média do homem. Sunwizer notou que o tempo de reação do seu oponente era alto, já que o mesmo tentou acertar com o cabo do martelo, entretanto, o futuro pirata já havia tomado distância o bastante, saindo tranquilamente do alcance de ambos os golpes.

Tendo um pouco da noção do modo de lutar e tempos de combate, Klaus se preparou para uma investida real. Seus movimentos explosivos e junto com sua técnica afiada, ele buscou se manter em movimento enquanto o "gigante" visava desferir um golpe na diagonal, novamente de cima para baixo, visando acertar e acabar de uma única vez com aquele combate. Em meio aos movimentos, o futuro pirata buscou se posicionar no lado oposto ao golpe, tendo liberdade para realizar um golpe duro e em uma região com certa fragilidade: as costelas. O golpe conseguiu ser conectado de maneira selvagem, forçando o homem a levar uma das suas mãos até o local atingido, mostrando ter sentido o dano.

Por mais incômodo que fosse, ainda sim não era o bastante para parar o ímpeto do oponente. Movimentou seu martelo com maestria, sentado acertar Sunwizer que continuava em movimento, dificultando para seu algoz. Ele buscou realizar novamente um ataque, tendo a mesma estratégia que antes, buscando sempre ficar em um ponto onde não pudesse ser contra atacado e que também tornasse fácil acertar e recuar. Usando de todo seu corpo iniciou o golpe que culminaria no fim daquele embate, um golpe certeiro na região da axila. Isso é, se o seu inimigo não estivesse escondendo uma carta na manga.

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 Hajime-no-ippo-takamura

Veloz; essa era a definição das ações do gigante naquele momento, jogou todo seu corpo para trás, mantendo unicamente a firmeza em sua base. Em suas mãos? Seus punhos cerrados mostraram que ele abandonou a arma que empunhava. O golpe de Klaus passou acertando o "nada" e ele viu o punho grande do homem vindo em sua direção, ao girar sua cintura e usar a outra mão de apoio, ele desferiu um golpe forte o bastante para lançar Klaus alguns metros atrás. O futuro pirata pode sentir uma dor agoniante em sua face, era possível em comparação dizer que ser acertado pelo soco do homem, era duas ou três vezes pior do que ser acertado pelo martelo.

Sua testa sangrava, seu supercílio havia se rompido com a força do robusto homem. Sunwizer via o mesmo levantando sua guarda, parecia que no fim das contas seu real estilo de combate retratava o simplório Pugilismo. Colocou seu antebraço posicionado de maneira que protegesse sua costela, seus punhos fechados estavam na altura do seu queixo e ele mantinha os joelhos flexionados. Ele avançou como um trem, seus músculos estavam tensionados e ele corria de maneira rápida. Quando chegou perto do de Klaus, a surpresa foi ainda maior, seu oponente realizava uma sequência simples de Jabs, entretanto, dada tamanha velocidade parecia que um grupo de pessoas estavam desferindo aqueles golpes, era como se o punho do homem fosse uma metralhadora. Se Sunwizer não se esquivasse de maneira inteligente, seria massacrado com uma sequência de incontáveis socos, que acertariam a região do Tronco e sua face.

O resto dos combates continuavam a acontecer. Astrid estava enfrentando o Espadachim, já o resto dos seus homens, enfrentavam os marinheiros que haviam acabado de chegar.
Spoiler:

Posts: 23
Ganhos:
Manoplas [Qualidade Profissional] - POST 06
Grevas[Qualidade Profissional] - POST 06
Perdas: N/A

Ferimentos:
Rasgo na Coxa Direita - 04/04 [CURADO]
Corte no Abdômen - Lado direito e esquerdo - 03/04
Supercílio Aberto - 00/03

Legenda:
Zé Picadinho
Marinheiros (Incluindo o Loiro Covarde)
Gigante Presa
Personagens aleatórios: Civis, comerciantes e etc
Homens de Astrid
Espadachim e Seu Grupo

Aparência
Marinheiro que chegou no Búfalo.
Melinda - Mink Leão
Astrid - Gigante Aliada
Joe - Irmão de Astrid
Inimigo. Om Martelo de Guerra
Espadachim Inimigo


_________________

Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 EBEAdF4X4AYyK13[/center]
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : 1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 CTfWi4D
Créditos : 05





1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio

Minhas investidas não tinham o impacto necessário, porém, alguns golpes haviam se conectado, como o golpe nas costas e o soco nas costelas, onde mais pareciam ter afetado  o homem, porém, enquanto continuávamos o combate, a montanha de músculos se mostrava ainda mais resiliente.

Ao tentar acertar sua axila, o homem parecia ser realmente habilidoso no combate físico, jogando seu corpo para trás e assim se esquivando do meu golpe, se colocando em uma posição em que conseguia me acertar um golpe direto na face, que me arremessava para longe mais uma vez, fazendo minha testa sangrar e meu supercílio se romper, o que me gerava uma dor forte naquele momento.-Merda! Dizia enquanto a mão direita ao rosto, me mantendo agachado e com a mão esquerda em apoio no solo.-Esse me acertou em cheio, parece que o verdadeiro martelo finalmente apareceu. Concluía agora me levantando calmamente, ainda com a mão no rosto, e mantendo meus olhos fixos no homem.

O guarda roupas finalmente começava a avançar em minha direção como se fosse um trem desgovernado, ao se aproximar de mim, seus punhos começavam a se mover em minha direção, de forma a parecer que mais de uma pessoa estava me golpeando, diversos socos vinham como uma metralhadora que estava prestes a dilacerar meu corpo. Os movimentos do homem eram os movimentos de um pugilista, algo que eu conhecia bastante, e sabia como lidar, porém, ainda tinha sua tamanha velocidade, o que poderia ser um problema.

Ao analisar aqueles movimentos, eu não tinha como não me lembrar da menina marinheira que eu havia enfrentado anteriormente, a mesma havia utilizado um movimento parecido a esse.O famoso meteoro de pegaso. Porém, naquela situação em que eu me encontrava, eu não tinha o cavalo de madeira para executar o mesmo movimento, e com tamanha precisão, mas eu poderia adaptar esse movimento para tentar penetrar a sua ofensiva e assim conseguir uma brecha para acertá-lo.

Enquanto o homem se aproximava, eu daria um passo à frente, de forma convicta, enquanto meu punho se preparava para um golpe direto, porém, antes de entrar em sua área de golpes, eu me movia em queda para o lado esquerdo, como se estivesse desmaiando de fato, imitando até os olhos de alguém que estivesse apagando de verdade.

Essa queda, era um movimento que me deixaria longe da área na qual seus punhos acertariam, e assim, meus olhos se cruzaram com os do homem, e o que antes seria os olhos de um peixe morto, agora eram os olhos de uma fera sagaz e astuta, que começava a se preparar para um movimento ofensivo.

Usando quase que o mesmo movimento do homem, para impedir a queda, eu apoiaria minha mão esquerda no solo, e com isso, giraria meu corpo para o lado esquerdo, usando meu braço como a ponta de um peão, e com velocidade e toda a força que eu tinha, estendia minha perna, e passando uma rasteira por trás do mesmo, aproveitando sua movimentação frontal, sua guarda trazeira estaria aberta, e essa era a brecha que eu precisava.

Um sorriso se mesclava a ferocidade em meu rosto, algo como uma besta prestes a cravar suas garras em sua presa, o movimento seria limpo, forte e veloz, para tirar qualquer chance do homem tentar reagir, ao aplicar a rasteira, tirando os pés do homem do chão, eu aproveitaria da força do giro para me levantar como um tornado veloz e brutal, erguendo meu joelho contra a coluna do homem que estaria em queda.

Ao conectar a joelhada, meu punho direito estaria se preparando para atingir o homem de cima para baixo, e se ele pensava em ver algo, seria apenas uma sombra negra e seus olhos vermelhos se erguendo a seu lado, e descendo um golpe com o punho diretamente em sua face, como se fosse um machado descendo contra a lenha da floresta, um soco direto e forte, que só pararia de descer quando a cabeça do homem tocasse o solo e impedisse assim a movimentação do mesmo.

Quando finalmente estivesse caído, eu aproveitaria daquele momento para assim como com zé, puxar o segundo punho, que viria direto em sua face, e logo, começaria uma enxurrada de golpes de cima para baixo direcionados a sua face, buscando enfim fazer o homem apagar, fosse por morte ou por apenas estar inconsciente.

Porém, caso eu percebesse que o giro para a rasteira não seria eficaz, eu então continuaria com o movimento, porém, eu acertaria as suas articulações das pernas com um chute forte e sendo auxiliado pelo giro de corpo, dessa forma, faria o homem cair para frente de joelhos no chão e ainda girando, me levantaria, usando minha outra perna como apoio, como se fosse a ponta de um peão mais uma vez, e assim, aplicaria um chute em sua nuca com a parte da canela, um golpe poderoso e impiedoso, em um ponto que facilmente poderia fazer o homem apagar como se fosse uma lâmpada queimada.

Porém, caso esses movimentos fossem de alguma forma impedidos pelo homem, ou caso ele conseguisse mudar sua direção de forma tão veloz quanto aplicava os golpes, eu buscaria estar sempre atento para isso, e mesmo ao fingir a queda, estaria ligado para uma possível mudança de direção do homem, e assim, conseguiria mover meu corpo de forma ainda mais inclinada, entrando em um ponto cego do mesmo, e de difícil acesso ao golpe que ele pudesse tentar me dar, e assim, executaria os movimentos para terminar de uma vez com aquela luta.




Histórico:
Nome: Klaus Sunwizer
Número de Posts: 25
Ganhos:
Roupa de treinamento roxa.
Manoplas [Qualidade Profissional]
Grevas[Qualidade Profissional]
Perdas:
N/A
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Rasgo na Coxa. [4/4] (Curado)
Corte no abdômem, lado direito e esquerdo [4/4]
Supercílio cortado. [0/3]
Objetivos:
N/A

_________________

1v9 Kirinha Adventures - 2° Episódio - Página 5 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras