Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

II - Deuses Entre Nós

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
76
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
II - Deuses Entre Nós Qui Ago 04, 2022 11:39 pm
Relembrando a primeira mensagem :



II - Deuses Entre Nós


[Pirata]Liu Feng

não possui narrador definido.
Fechada

_________________



 II - Deuses Entre Nós - Página 2 HGWnxh1

Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Seg Ago 22, 2022 4:58 pm

II - God Among Us


Difícil seria para mim deixar ela tomar conta de tudo, meu primeiro instinto era tira-la de cima de mim, porém não o fazia, confiava em minha aliada e agora, meu complemento.

Sorria correspondendo o gesto, respirando e soltando com calma, ia relaxando, deixando que ela fizesse o que propunha, a vista dali era privilegiada e aproveitava para ver o corpo magistral de Noi.

Puxava o ar com força conforme sentia seus toques, dali, posicionava uma mão atrás de sua orelha, fazendo uma leve caricia que ia se transformando em um aperto.

Conforme a coisa ia se esquentando, o movimento que fazia de ida e vinda com a mão ia aumentando e jogava minha cabeça sobre o travesseiro, olhando para o teto brevemente.

Lentamente afastaria meu corpo, agora empurrando-a contra a cama e ficando acima dela, — Receba! – Dizia com animado antes de inserir meu membro em Noi.

Sentia-me confiante e ia aumentando a força/velocidade conforme íamos se empolgando, enquanto movimentava meu quadril, não deixaria de enche-la de beijos sobre o pescoço.

A minha respiração iria ficar mais ofegante, apertando-a com minhas mãos sobre seu quadril, morderia os lábios dela entre os beijos quentes que dava.

Noi era minha, talvez ela só não soubesse disso ainda, afastando-me, sentaria na ponta da cama, dando fracos tapas sobre minha coxa chamando-a para vir até mim.

Assim acontecendo, após se encaixarmos como um só, levaria minhas mãos até a bunda da medica, fazendo o trabalho de ajudar na movimentação. Por fim, beijando agora seu peitoral e lentamente beijando seus peitos.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Seg Ago 22, 2022 5:39 pm




Liu Feng aceitava com prazer as caricias daqueles quentes lábios que agora estavam ocupados com algo em sua boca, ela parecia gostar do que fazia e com certeza ele também apreciava o gesto

Ela recebia o seu carinho e quando era segurada pelos cabelos e movimentada ela correspondia acelerando o movimento, Liu relaxava sua cervical e olhava para o velho teto de madeira do local que iria passar a noite.

Ele afastava seu corpo e então ficava por cima de Noi novamente, ela limpava sua boca e mordia os lábios, o homem dragão se preparava para encaixar e então começar de fato o que eles queriam ali.

Ela se assustava levemente com a fala de Liu e então dava uma leve risada quase como que uma piada interna, mas começava a se contorcer de prazer por finalmente se sentir “cheia” com o que queria.

A medida que ele ia aumentando os gemidos de Noi saiam mais fortes também, ela o prendia com suas pernas na cintura, não o deixando escapar nem mesmo que por um instante, o que dificultava a vida de Liu para não acabar com a diversão ali mesmo.

Da mesma forma que Liu a beijava ela o fazia também, seu peitoral, pescoço, bochechas e boca, seus lábios eram macios assim como o seu corpo, o beijo dos dois encaixava tão bem que eles ficavam ainda mais excitados.

Feng mudava de posição a deixando com um gosto de quero mais, sentado na ponta da cama ele a chamava, então de quatro ela engatinhava até ele rebolando bastante seu quadril, ela montava nele e novamente estavam conectados.

Ela subia e descia inicialmente lentamente, e aceitava com prazer os beijos de Liu enquanto apertava sua cabeça contra seus seios e fazia um leve carinho em seus cabelos, ela levantava a cabeça do homem e então dizia:

— Se eu soubesse que iria ser tão bom eu teria feito isso antes...

E o beijava com intensidade, o momento estava tão bom que o relógio passava tão rápido que os dois nem podiam notar que já era tarde da madrugada naquele momento, mas acordar cansados no outro dia com certeza valeria a pena.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 476de49722ecbc8134e71335cf27da48

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Ter Ago 23, 2022 10:54 pm

II - God Among Us


Por meio das pequenas frestas na cortina, conseguia ver pingos de luz adentrando no quarto, o tempo havia passado mais do que o imaginado, mas fazia sentido, Noi era tão intrigante que fixava minha total atenção.

— Não se preocupe, essa não será a última também DraDraDra – Animado levantaria, ficando de pé e a segurando com meus braços, faria com as mãos e o quadril, o movimento em conjunto, indo e voltando conforme me focava em olhar em seus olhos.

Apoiava meu rosto sobre seu ombro e então dizia num tom baixo, — Eu vou te levar as alturas, talvez você até consiga encostar nas estrelas... – E assim, continuava.

Minha estamina ia se esvaziando e eu sentia o fim próximo, por isso, me dedicaria ao máximo até o fim para vê-la chegando no ápice do tesão.

E ao fim, lentamente soltá-la-ia sobre a cama, sentindo meu corpo todo quente e exausto, eu logo deitaria ao seu lado, — Amanhã será um grande dia e nada melhor do que esse remédio para dormir... durma Noi, porque amanhã será tão intenso quanto hoje.

Me despedindo, deitaria a puxando até mim, fazendo a conchinha maior, demorava pouco até que caísse no mais profundo sono e tão rápido quanto isso, era minha chegada na prisão de Isshin.

Como sempre, aquele quarto com dimensões infinitas, deitado sobre uma cama centralizada no meio, ainda que escuro, conseguia ver tudo, as incontáveis escadas que levavam a destinos incertos.

Era quando surgindo da sombra, ele aparecia, eu sorria de forma debochada, dizendo, — Você estava vendo o espetáculo de antes?! – E era ao fim destas palavras que sentia uma fisgada no coração.

— Você acha que está no direito de fazer brincadeirinhas? Moleque idiota... — Seja rápido e me diga o que você quer... eu preciso voltar a dormir.

Outra fisgada era sentida e palpava com força acima do meu coração, — Eu quero que você lembre que temos um pacto, temos um objetivo maior.

— Veja bem Isshin, tudo que é feito, é pensando no fim dessa história, agora deixe-me dormir se quiser que eu conquiste Penglai de volta... Velho caduca.

A cama ia se desfazendo e eu ia caindo naquele buraco escuro sem fundo, aos poucos entrando naquele lugar desconhecido, tudo ficava preto e então, voltava a dormir como antes de chegar aqui.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Qua Ago 24, 2022 10:51 pm




Com os raios de luz entrando no quarto e a fala de Liu Feng, Noi sorria e se apertava nele quando se levantava, podia ver que aquele era o momento de ápice para os dois, ela olhava em seus olhos e o beijava.

Com a cabeça encostada no ombro dela sussurrando em seus ouvidos Noi ficava fraca com o prazer, mas o respondia de forma a altura.

— E você vai para o céu comigo.

Liu podia sentir que ela tinha uma técnica e sentia tudo mais apertado, os dois depois de aumentarem muito o ritmo chegavam aos seus limites e finalmente ficavam fracos depois de tanto exercício.

Os dois caiam sobre a cama cansados porem muito satisfeitos, Noi fazia um carinho em seu rosto enquanto escutava o que ele tinha a dizer e concordava positivamente, ela parecia tão cansada que apagava quase que em segundos.

Liu a abraçava e tão rápido quanto ela caia no mundo dos seus próprios sonhos, um mundo tão real quanto a realidade para ele.

Isshin como sempre estava com aquela decrepita aparência velha e surrada, digna de um dragão uma vez já caído, mostrando seu pacto ele lembrava Liu de algo obvio, o seu juramento de conquistar sua terra, um dia Panglai seria sua, ou melhor, deles.

Quase que mandando o velho dragão calar a boca, finalmente Liu iria descansar e cair novamente no sono, em um local onde agora sua mente não podia pensar por si só, no profundo mundo dos sonhos.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Tumblr_llpjr6AaLu1qkxgupo1_500

Os dois dormiam calmamente quando Liu acordava em um susto, um barulho alto no andar acontecia, parecia que Noi ainda estava dormindo, mas como tudo estava em silencio o pirata podia escutar o que era dito.

— Achem aquele pirata maldito, ordens do Sargento!

Provavelmente Liu teria alguns segundos antes que eles achassem seu quarto, o problema é que seu grupo ainda dormia profundamente, e agora como seria? Lutaria com quantos se sabe lá marinheiros ou fugiria para lutar um novo amanha?

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Qui Ago 25, 2022 10:31 pm

II - God Among Us


Espantado acordava um pouco desnorteado com as poucas horas dormidas, mas a fala vinda do corredor me trazia o norte da situação.

Bocejava com calma, levantando da cama, vestiria minha roupa e pegando minha katana, só então chamando Noi, daria três empurrãozinhos sobre sua bunda e dizia.

— Acorde Noi! Temos visitas e não são seus clientes... São aquelas baratas nojentas... Logo cedo e eu, Liu Feng tendo que cuidar insetos... Argh... – Emburrado iria até a porta, abria com um sorrio de orelha a orelha, com semi abertos.

Mas tal feição mudaria completamente, eu tinha repulsa dos marinheiros e se pudesse, mataria cada um deles com minhas mãos, por isso, meu rosto ia se fechando.

Assim, a primeira coisa que faria seria desembainhar a katana com velocidade suficiente para já aproveitando do movimento, tentar cortar uma ou até ambas mãos do marinheiro a frente.

Finalizando, iria estocar a katana em sua barriga e em seguida, o jogaria no corredor.

Notando que Noi estava acordada, diria, — De um jeito de acordar Alduin, temos que sair daqui! – Sorrindo, passaria pela porta, ficando de frente para o corredor olharia quantos marinheiros ali tinha e caso notasse algum armado, com minha prontidão, dispararia para dentro do quarto, ainda mais se a arma fosse de media longa distância.

Botaria somente a ponta da katana para o corredor, tentando ver em seu reflexo a posição dos marinheiros, analisando suas armas e fardas, queria checar se havia algum oficial ali.

Olharia também o cômodo que estava, talvez conseguisse mudar a rota usando da saída que a janela me daria, talvez indo até o quarto de Alduin pelo telhado.

Caso marinheiros começassem a entrar no quarto, usaria da katana para ceifa-los, cortes na garganta e tendo a movimentação debilitada pelo espaço pequeno, partiria para o bom e velho, soco e chute.

Acertando em pontos de pressão e usando minha katana ou antebraços para me proteger de golpes na parte superior do meu corpo, enquanto que para golpes inferiores, levantaria um dos joelhos bloqueando, ou saltando por cima se possível.

Sendo pego por agarrões, usaria da pura força bruta para impedir a tentativa, me sentia mais forte do que a ultima vez em que lutei e por isso queria também testar meus limites.

Havendo marinheiros armados, jogaria objetos sobre seu rosto, dificultando a visão e então faria o máximo para me aproximar, incapacitando o uso de armas de fogo.

Perguntava para mim mesmo onde estaria Galzo, queria encontra-lo novamente, mas talvez não agora, num momento mais privativo, onde pudesse ter um confronto digno com ele.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Seg Ago 29, 2022 5:19 pm




Noi acordava em um susto com os toques de Liu em sua bunda, ela começava a se vestir enquanto o homem resmungava o que teria que fazer logo cedo pela manhã, mas matar marinheiro não era algo tão ruim assim para ele....

O rosto de Feng que antes demonstrava um sorriso de excitação agora esbanjava uma feição seria e nada benevolente com seus inimigos, eles subiam a escada em direção ao corredor que ele estava para o encurralarem, mas será que ele seria o que ficaria em uma armadilha?

O primeiro marinheiro infelizmente não tinha nem mesmo chance, estava desavisado olhando para seus próprios pés para não tropeçar nos degraus da escada e isso o custou suas duas mãos para o veloz saque da katana de Liu.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Giphy-downsized-large

O movimento era tão rápido que ele sentia primeiro a estocada em seu estomago e só depois percebia que havia perdido seus membros enquanto tentava segurar o golpe de Liu, o homem morria pálido ainda em choque.

A queda do corpo fazia com que os outros fossem demorar um pouco mais para subir já que agora os degraus estavam encharcados de sangue, enquanto isso Feng dava uma ordem a Noi que imediatamente corria em direção ao quarto de Alduin.

Usando a lamina de sua Katana Liu podia ver o andar de baixo e quantos marinheiros tinham, de fato eram muitos, mas todos soltados, o único que se destacava era um homem que até percebia a técnica que o pirata estava usando, ele parecia um cabo ou talvez até sargento.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Aef1dd0a857480772ea57bb44c3381a2

La do andar de baixo ele gritava para que eles todos pudessem ouvir.

— Então você também é um espadachim hm? Hiehiehiehiehie! O sargento Galzo vai ficar feliz quando souber que eu peguei você e ele nem precisou do trabalho de vim aqui!

Os marinheiros em fila iam em direção ao quarto que o Liu estava, o homem de cabelos vermelhos ia logo atrás lentamente apenas os acompanhando, em um curto espaço de tempo ele podia notar que poderia sair pelas janelas se Alduin se apertasse.

Os marinheiros agora estava cara a cara contra Feng, por sorte o quarto era grande então podia se movimentar bem com sua Katana, os três primeiros eram tão lentos comparados a lamina mortal do dragão que morriam sem conseguir nem sentir o medo da morte.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 111142

Usando toda a katana ele batia e se esquivava de agarrões e golpes com laminas dos marinheiros com facilidade, ele estava muito mais forte do que antes, Liu estava cada dia mais forte e mais próximo de seu objetivo.

— ESPEREM! Saiam da minha frente seus inúteis! Hiehiehiehiehie, ele é meu, cuidem dos outros!

O tempo parecia que parava, a janela que agora abria pelo vento forte trazia algumas folhas lá de fora, e caiam no sangue vermelho escuro esparramado pelo chão, a feição do samurai marinheiro mudava, quase que como uma nova personalidade.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 0a7e2e82a208c08f4c180ac4e960e68a

Ele sacava sua lamina e corria em direção a Feng que também se preparava para se defender bem de seu corte! Porem... essa não era a intenção do marinheiro, um chute muito forte era acertado no queixo do pirata o que o fazia ser arremessado para o telhado quebrando todas as telhas do quarto.

O homem vinha logo atrás saltando com força, Liu estava deitado nas telhas mas podia perceber que todas elas estavam instáveis, o único lugar de apoio seria o meio delas, o que era difícil já que o formato do telhado parecia um triangulo.

Ele talvez poderia apenas pular e descer, mas não sairia ileso da queda, o marinheiro o esperava já equilibrado naquela fina construção mais resistente do telhado, uma luta em linha reta para dois homens que usam Katana, apenas os melhores poderiam enfrentar algo assim, Liu estaria pronto para isso?

— Vamos pequeno pirata, me mostre o que você tem Hiehiehiehiehie! Mas cuidado, sua mãe nunca disse que crianças não devem brincar com laminas? HIEHIEHIEHIE!

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Ter Ago 30, 2022 8:33 pm

II - God Among Us


Um sorriso eufórico ia se aumentando em meu rosto conforme eu acabava com os vermes a minha frente, o sangue que respingava em meu rosto era prova da dor que acometia neles.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 363b75287d2a50a64edbca351abd5d4b

Apreciava minha capacidade de ceifar aquelas almas e conseguia notar que não faltariam marinheiros para eu me divertir, quando uma voz destoante das demais se propagava

Galzo... O outro lado da moeda, a justiça, aquele que fiz de pateta, forçando-o a seguir o meu plano, gargalharia de forma espalhafataria conforme ouvia aquilo.

Os próximos que entravam no quarto eram como a entrada pré prato principal e pouco duravam em minhas mãos, sentia-me mais confiante e começava a entender onde minha força se encontrava.

Via finalmente a minha frente alguém que se diferenciava daqueles porcos, inicialmente não dava muito valor a ele, mas era quando sequer tinha reação e era jogado para o telhado que notava que a brincadeira havia se tornando algo mais sério.

Levantando-me ficaria no meio delas, resmungava sabendo que com aquele pouco espaço dificilmente conseguiria lutar, mas ia surgindo uma ideia em minha mente, para conseguir executa-la, precisaria primeiro cansar ele.

— Você não é Galzo... também imagino que não seja o velho Galzo, então... quem é você? Me de a honra de saber teu nome antes de ceifa-lo.

— Tenho planos para depois daqui, então não gostaria de perder meu tempo com porcos...


Frente a frente, meu rosto ia se fechando e ia concentrando toda minha atenção nesse combate, a partir de agora tentaria prestar atenção nas informações que conseguiria tirar de suas expressões, manias, trejeitos e até a entonação da voz, precisava entender quem era aquele a minha frente e nada melhor que começar conhecendo sua mente.

Notaria como ele reagiria as minhas falas mais soberbas e pouco preocupadas.

Mantendo sempre a guarda alta, levaria a Katana a minha frente, segurando com minhas duas mãos, a esquerda acima da direita, inclinando a lâmina para a diagonal esquerda.

Se ele tomasse a iniciativa, preparai-me para defender, sendo golpes diagonais, com um jogo de corpo, deslizaria o golpe pela lâmina de minha espada, afastando sua arma chutaria em seu peitoral para afasta-lo.

Em caso de golpes horizontais saltaria por cima, dando um chute sobre sua cabeça e me impulsionando para atrás dele, logo levantando a guarda e ganhando o espaço que ele havia percorrido.

Tomaria cuidado com os ataques verticais, usando da minha prontidão e dando um dash para trás, sempre checando quanto espaço ainda tinha de chão.

Ele já havia demonstrado muito mais cartas na mangá, então esperaria sempre até o ultimo segundo para decidir uma defesa, notando possíveis fintas ou mudanças de ataque, usaria da minha katana para defender os seus truques.

Não esperava agarrões, mas acontecendo, tentaria ceifar o membro que me seguraria.

Primeiramente queria entender como ele lutava, analisar o espaçamento de suas passadas, a sua postura de ataque e algumas das possibilidades.

Noi ou Alduin me chamando ou me vendo, eu apenas gritaria mantendo a concentração nele, — Abram caminho para fugirmos, chego em vocês assim que acabar com esse porco.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 D87bcc38e6a462d9aaef884aff7918d0

Numa postura mais ofensiva, levaria a katana acima de minha cabeça, inclinando levemente meu tronco a frente e então, respiraria trazendo todo o ar que conseguisse, só então esvaziando por completo, momento em que dispararia como uma bala de canhão em sua direção.

Inicialmente tentaria acerta-lo com um corte horizontal na altura do pescoço e sendo defendido, encaixaria um golpe desse mesmo ponto, com o bloqueio do golpe, giraria o pulso assim girando a katana e deixando-a invés de lado, de pé, assim aplicando uma estocada potente.

E não pararia por aí, acertando ou não continuaria nessa postura ofensiva, precisava exausta-lo para só então conseguir desarma-lo com facilidade.

Assim, iniciaria uma sequência rápida e sem pausa de golpes, em diagonais, verticais e horizontais, sempre ficando atento para me defender se preciso.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Qua Ago 31, 2022 2:34 pm




Levantando do telhado quebrado com uma forte dor no queixo Liu ia para o meio do telhado para que pudesse começar sua luta mortal com aquele marinheiro, que com certeza era bem mais forte que os outros de antes.

Com as perguntas e falas de Liu o homem sorria sadicamente, enquanto sacava sua espada e a colocava em frente de seu corpo.

— O sargento Galzo, que agora já é quase um tenente não precisa perder tempo com alguém insignificante como você hiehiehiehie! Meu nome é sargento Saki tente lembrar na vida após a morte hiehiehiehie!

O homem que antes estava em sua frente novamente parecia desaparecer para sua frente com tamanha velocidade, felizmente Liu estava preparado e conseguir defender o golpe com força.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 VsJL9Rh

Sua tentativa de o chutar para trás era falha pela velocidade de seus ataques ele não abria nenhum segundo de abertura, mas talvez assim sua técnica de o cansar funcionaria, a única coisa que Feng podia fazer agora era chocar sua espada com a daquele homem.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 InsidiousFavorableAlpineroadguidetigerbeetle-max-1mb

Um segundo era o suficiente e um golpe era encaixado no ombro do pirata, o corte por sorte não era tão profundo, mas isso o dava uma oportunidade de chutar o peito do homem para trás o que tirava seu ar brevemente.

Noi e Alduin pareciam ocupados demais em suas lutas para falar algo, mas a mensagem de seu capitão chegava para eles que confirmavam com um grito positivo, arrumando sua postura Liu se preparava para a ofensiva, Saki fazia o mesmo.

— Porco é? Vamos ver quem vira o churrasco de hoje hiehiehiehiehie!

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 3a17b4db49be7fe05cdb6efd6f7d0736

Os dois partiam um para cima do outro em uma investida poderosa, as telhas eram arrancadas por seus pés sendo fincados no telhado. Um golpe horizontal era feito por Liu mas era estranho, o homem deixava aquele corte o acertar sem nem mesmo se defender.

O corte não era muito profundo, ele tinha calculado a distância, e como o braço do pirata agora estava longe por já ter efetuado o corte ele tinha uma oportunidade, Feng podia ver as veias do homem se expandirem à medida que respirava e ele percebia que nesse momento a sua velocidade era aumentada.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 E450f428a6a0bafabe70237e963d1165

Um golpe em sua coxa era acertado dessa vez um pouco mais profundo, mas se algo era positivo nessa situação, é que agora Feng entendia como ele usava a sua técnica, o dragão tinha que se aperfeiçoar e ficar ainda mais forte para sair dessa.

Saki se virava de frente para ele agora, com um corte leve em sua garganta e uma leve falta de ar pelo chute e suas técnicas.

— É só isso? Arf arf... Ainda bem que o sargento não veio ver essa decepção, você no nível atual nem mesmo divertiria ele! Hiehiehiehiehiehie!

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Ter Set 06, 2022 2:38 pm

II - God Among Us




O meu primeiro sargento, bem que gostaria que fosse Galzo, mas esse a minha frente fazia jus a sua patente, diferente daqueles soldados de antes, a batalha era difícil e talvez, ele fosse o inimigo mais forte que havia enfrentado até agora.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 9032441ae07bd1f53176172fa7710f2a

Começava a ser rasgado por sua katana e ia sorrindo conforme sentia meu corpo se aquecendo e também sangrando, resmungava sentindo a dor dos golpes de Saki, ele era forte, mas minha ambição era muito maior que isso e não poderia morrer aqui.

— Você será lembrado por mim Saki, o primeiro sargento que eu matei! Sinta-se honrado por receber esse título... DraDraDra.

No breve momento em que ficávamos separados respirava fundo, ia ficando mais sério a cada momento e a sentir aquilo, a vontade assassina a minha frente não me assustava, ele estava lutando para valer.

— Se você não fosse um marinheiro nojento, um da raça daqueles que acabaram com minha ilha, eu adoraria sentar com você e tomar um saque...

— Mas chega de conversa fiada, eu tenho coisas mais importantes para resolver.


Precisava superar meus limites, quebrar os limitadores físicos e passar por esse demônio a minha frente, apertaria a katana com força e então tomaria a ofensiva.

Dispararia para cima de Saki trazendo minha katana a minha frente começaria a duelar com ele, dando golpes cada vez mais pesados e potentes.

Ficaria atento dessa vez nas pequenas aberturas que poderia deixar, fechando-as usando de minha katana para me proteger, bloquearia os golpes que conseguisse e se notasse que não fosse dar tempo, daria mortais e cambalhotas para trás me afastando.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 1d5e9a96e400e8eb0c6d979f532550c4

Como um demônio iria reduzindo nossa distância, tentando com os golpes leva-lo até a ponta do telhado, precisava retirar seu espaço de atuação e ampliar o meu.

Golpes da cintura para cima tentaria bloquear e golpes abaixo, tentaria esquivar pulando e me afastando.

Sabia da técnica que ele havia demonstrado antes, então caso durante um duelo, eles passasse por mim alternando nossas posições, tentaria agarra-lo pega gola da camisa e assim zerar a distancia entre nós, conseguindo aplicar o agarram, daria uma cotovelada num movimento horizontal sobre sua traqueia.

Conseguindo abrir uma brecha, não daria tempo para que ele recuperasse o folego, com toda minha velocidade de disparo e força desferiria um golpe diagonal que vinha debaixo subindo até seu ombro oposto.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Ter Set 06, 2022 9:35 pm




O marinheiro sorria com o golpe que havia dado, ele parecia orgulhoso de seu desempenho, mas Liu também parecia feliz, ele estava animado e sedento para que essa luta continuasse mais um pouco.

— Morto por você? Hiehiehiehiehiehie já perdeu tanto sangue que ficou louco? Você nunca vai me matar e quem dirá sair daqui com vida!

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Fdb66571434247ab04250c4ad6367722

O homem gritava e abaixava sua máscara finalmente, ele também parecia animado, afinal não era todos os dias que você encontrava alguém que era do mesmo estilo de luta que o seu, então isso aumentava a intensidade do combate.

Os dois respiravam enquanto estavam afastados, o suor e sangue escorriam pelos seus corpos e laminas, o vento era calmo e pacifico em uma manhã como aquela, mas a sua luta era intensa o suficiente para abalar a calmaria para longe.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 200

— Você acha que nós somos nojentos? Hiehiehiehiehiehie essa é uma boa piada, mas não somos nós que matamos os mais fracos por apenas diversão, se você estivesse preso eu tomaria uma bebida contigo, mas talvez eu tenha que te matar, nada pessoal.

Liu sabia que perder não era uma opção então partia para cima tomando a ofensiva como resposta para a sua situação atual, as katanas se chocavam quando ambos se aproximavam um do outro.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Gif2-4

Seus golpes aumentavam de velocidade e então uma luta mortal ficava real, um detalhe errado e um deles perderia sua cabeça instantaneamente, Liu ia se afastando, pulando, bloqueando os ataques do marinheiro, que cada vez mais parecia acelerar a luta.

Feng agora já sabia como o golpe dele funcionava, ele podia notar que em alguns milésimos de segundo antes suas veias saltavam e ele preparava uma contramedida, o marinheiro era agarrado pela gola e um golpe era desferido em sua traqueia.

Com o golpe a passagem de ar dele era comprometida e suas veias que estavam inchadas pareciam que iam explodir, ele ficava vermelho e uma oportunidade era criada, um golpe da cintura até o ombro do homem era desferido, e acertava em cheio.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 92751f8e6c8a92ae8ff2c392054d0100

O marinheiro era lançado para trás enquanto uma grande quantidade de sangue esguichava do corte, quando ele caia de costas no chão as telhas se quebravam, depois de ficar um tempo parado ele se sentava lentamente.

— Nada mal... cof cof

Uma bola de sangue era vomitada, ele limpava a boca com sua manga de sua roupa, mas algo não estava certo, ele estava rindo demais mesmo naquela situação.

— Hiehiehiehiehie cof cof, você não percebeu mesmo né?

Quando o marinheiro falava isso um gosto amargo da adrenalina subia, olhando ao redor Feng podia ver que o prédio estava completamente cercado, e seus amigos lá embaixo não estavam fazendo barulho já algum tempo.

— HIEHIEHIEHIEHIE COF COF, MEU PAPEL NUNCA FOI TE MATAR, E SIM TE DISTRAIR!

Vários atiradores pareciam posicionados em outros prédios, mirando em Liu, olhando para baixo ele podia ver Alduin e Noi sendo colocados em uma carroça com grades, essa visão com certeza deixaria o dragão em chamas.

Os dois que estavam praticamente presos olhavam para cima, seu capitão ainda estava livre, os dois pareciam ter esperanças em seus olhares, Alduin ainda tentava lutar mas era espancado por eles, Noi parecia que acreditava que Liu pensaria em algo.

Mas com tamanha inteligência que ele possui, ele podia notar algo, uma brecha entre os atiradores, ele poderia fugir por ali se corresse com toda a sua velocidade, mas teria que deixar seus companheiros para trás, pelo menos por enquanto.

O que faria o glorioso dragão guerreiro, correria por sua liberdade e a chance de uma emboscada em um novo dia, ou lutaria contra todos os marinheiros que estavam ali.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Dragon-63

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Sex Set 09, 2022 1:41 am

II - God Among Us




Soltava ao ar quando notava que o jogo havia virado para o meu lado, conseguia incapacitar Saki e agora, faltavam poucos movimentos para que pudesse mata-lo.

Porém mantinha-me parado no meu lugar, as risadas espalhafatosas dele indicavam que as coisas não estavam boas para mim, ou assim ele imaginava. Bom, fato era, ele estava certo.

Cercado, — Xeque-mate... – Um pequeno deslize foi suficiente para que eu acabasse nessa posição, havia me desligado e enquanto isso, o tabuleiro corria, rápido o suficiente para me deixar sem saídas.

A raiva ia consumindo-me e tudo só ia piorando, ver Alduin apanhar e incapaz de proteger Noi somente piorava as coisas, apertava com força minha katana e estava prestes a me jogar no emaranhado de marinheiros.

— LIU FENG!! DEIXE DE SER ESTUPIDO, NÃO ESTÁ VENDO? – A chamada de atenção era suficiente para que prestasse atenção no ambiente, logo encontrando uma possível rota de fuga.

— Fugir? Eu não posso fazer iss- ENTÃO VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA ABRIR MÃO DE TUDO? PENGLAI, SEU POVO LHE AGUARDA E VOCÊ VAI ACABAR COM TUDO POR CAUSA DE UMA PEQUENA DERROTA? ACORDE! ACORDE O DRAGÃO QUE ESTÁ ADORMECIDO EM VOCÊ.

— NEM SEMPRE BATER DE FRENTE É A MELHOR OPÇÃO, RECUE, SE PREPARE, MONTE UM PLANO, CONSIGA ALIADO E ENTÃO, VOCÊ PODERÁ SALVAR SEUS ALIADOS.

Isshin era naquele momento a consciência que faltava no corpo dominado pelo ódio de Liu Feng, ele estava certo, um dia serie um general e qual dos tipos eu desejo ser?

O general que toma as decisões pelo emocional e por muitas vezes acaba arriscando a sua vida e a dos outros? Ou o general estrategista, aquele que manipula e controla as coisas a sua volta para chegar na vitória?

Ao menos nessa ocasião, eu precisava ser o estrategista e por isso, olharia para Noi, ela era uma medica e talvez fosse entender o rosto que fazia, um rosto que a principio era cabisbaixo, mas que na verdade escondia um leve sorriso sádico, com os olhos pedia por paciência e então falava somente uma coisa.

— NÃO MORRAM!! EU NÃO PERMITO QUE VOCÊS MORRAM! – Olharia ao fim para Saki – Eu voltarei para pegar sua cabeça.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 0f7a86dd7f94067a365b369063ebe283

Sequer esperava qualquer tipo de resposta, com toda a minha velocidade dispararia pelo espaço que havia encontrado, com rolamentos e saltos, tentaria dificultar que os atiradores conseguissem me acertar e sempre que conseguisse uma cobertura, por ali seguiria.

Correria com toda minha vontade, começando um zigue zague dentre os becos, até que conseguisse desaparecer, só pararia de correr quando estivesse salvo.

Assim, buscaria durante a fuga, locais propícios para me esconder, principalmente algum hospital, postinho medico ou até mesmo uma clínica clandestina, o foco agora era tratar aqueles ferimentos que havia sofrido.

Se durante a corrida desse de cara com outros marinheiros, não pararia, correndo em sua direção fazendo zigue zagues, tentaria cortar suas cabeças com cortes precisos e rápidos, assim não perdendo tempo.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Sex Set 09, 2022 3:11 pm




Liu Feng era surpreendido, e em um minuto onde estava tudo bem, agora estava em uma situação de emboscada total, ele sentia um frio em sua espinha, o marinheiro dessa vez sairia vitorioso pelo visto.

A raiva fazia as veias do dragão expandirem, seu punho fechava em sua katana com força a preparando para jogar no meio de todos aqueles vermes que levavam seus amigos para a prisão.

Mas algo dentro dele não deixava isso acontecer com facilidade, alguém gritava dentro de sua cabeça com toda as forças, aquilo não estava certo, correr para viver e lutar um novo dia era a resposta mais inteligente, e mesmo consumido pela raiva, Liu também sabia disso.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Dragon-62

Feng pensava no futuro, ele tinha que ser um líder, um general de guerra aceita a vergonha e riscos pela vitória, ele jamais sendo um bom militar poderia se deixar abalar por suas emoções no campo de batalha.

O homem dragão olhava para seus companheiros, os dois apenas olhavam sem falar nada, ele não tinha certeza se eles entendiam, mas o aviso era dado, e Saki que agora já estava de pé olhava para sua resposta com um sorriso no rosto.

— Voltar? Sua cabeça já é minha hiehiehiehiehie! ATIREM NELE!

Em velocidade total Liu corria para a única abertura que havia visto antes, pulava, rolava e em disparada pulava de um lado para o outro em zigue e zague, mas com tantos tiros era impossível sair ileso.

Um tiro na perna e um de raspão no ombro eram acertados na carne do pirata, a dor era aguda e fazia sua velocidade diminuir consideravelmente, mas seu instinto de sobrevivência latejava em sua cabeça, ele tinha que viver para poder matar aqueles que pegaram seus companheiros.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 Sniper-anime

Sendo perseguido e correndo após um tempo e já longe do local da emboscada, Liu se sentia muito cansado, talvez fosse a perda de sangue, mas lutar naquelas condições com certeza seria difícil, mas algo parecia dar certo para ele.

Uma moça abria uma porta em um beco, ela chamava Liu, os marinheiros ainda não tinham visão daquilo então era a abertura perfeita, a entrada levava para uma casa que parecia abandonada.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 9dbdb8ffadd0ad291a90844f2bde39e7

O outro lado do beco também seria fechado por mais marinheiros então parecia ser a única escolha viável para ele no momento, e se assim desejasse e entrasse no local, ele inicialmente não veria muita coisa, já que a diferença de luminosidade do claro para o escuro não deixava o enxergar.

A medida que seus olhos acostumavam ele ia podendo ver aos poucos o que tinha dentro da casa, vários homens e apenas ela de mulher, mas alguém parecia ser o líder desse local estava sentado descansando uma laranja

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 605520

— Ora ora ora, o que nós temos aqui, parece que Mercy trouxe um animalzinho para casa rapazes hahahahahahaha.

Todos os outros homens também começavam a rir, Liu podia ver que a moça se encolhia levemente como se estivesse envergonhada e receosa, o pirata soltava a espada e caminhava até Feng.

— Você não é o novato que dias atrás estava fazendo uma bagunça por aí? 5 milhões em sua cabeça certo pouca sombra?

Ele voltava a se sentar e então mordia a laranja com casca e tudo, o suco escorria por sua barba e rosto e então pingava no chão lentamente.

— Pelo visto você também teve um problema com a marinha pelo o que eu posso ver, eles ainda estão te caçando lá fora, 5 milhões nunca vem mal, não vem mal mesmo... Mas eu posso querer fazer um acordo com você.

Ele jogava um pano velho e sujo para que Liu pudesse estancar suas feridas e continuava a comer.

— Alguns dos meus homens foram presos recentemente, mas resgatar eles, não seria fácil só com a minha tripulação.... Então que tal você me ajudar novato? Claro que isso não é so um pedido...

Ele apontava com sua lamina para a porta enquanto dois de seus homens seguravam a maçaneta quase como se quisessem abri-la, Liu estava em uma situação muito complicada e qualquer ação que tomasse poderia ser muito complicada caso o pirata não gostasse da resposta.

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Ter Set 13, 2022 7:54 pm

II - God Among Us




Não conseguia esconder a dor que sentia quando era alvejado, porém não podia parar, eu devia continuar seguindo em frente, matando, roubando e destruindo ilhas, provando-me a cada inimigo derrotado que estou mais perto de conseguir alcançar meu objetivo final.

E como uma ajuda dos céus, uma moça com asas angelicais aparecia de uma casa abandonada, não perdia tempo logo me jogando para dentro e saindo da rua, ficar lá com todos aqueles machucados podia ser pedir para morrer.

Mas quem disse que o caminho seria fácil? Ou que as coisas conspirariam para meu lado? Caia numa armadilha e ia entendendo isso conforme notava os outros homens ali presentes.

Em especial o pirata com a laranja na mão era o que se diferenciava entre eles, fechando meu olho direito e deixando que o ‘olho do dragão’ agisse por mim, sentia sua aura que dominava o cômodo.

Sabia das minhas condições e com um peixe grande daqueles a minha frente, o melhor seria inicialmente ouvi-lo. E assim fazia, lutar ali seria um ataque suicida.

Ainda assim, ficava inicialmente arrisco, ele podia me entregar para a marinha e isso seria o fim do mundo, começava a me preparar para entrar em combate, mas surgia uma saída, um acordo como dito por suas palavras.

Pegando o pano e estancando a ferida que notasse ser a mais problemática, ouviria o resto de sua proposta, ainda que não fosse a melhor, quem sabe conseguiria salvar assim meus companheiros, matar aquele sargento desgraçado e por fim, por meu nome nessa ilha.

— Eu aceito. – Era rápido na resposta, poupando o folego para o que iria falar em seguida – Dois dos meus companheiros foram capturados e eu inevitavelmente teria que salva-los, DraDraDradra... parece que nossos caminhos se encontraram... não é mesmo capitão...? – Buscava conseguir saber seu nome com a deixa que abria.

— Me chamo Liu Feng – Estendendo a mão o cumprimentaria – Com uma tripulação grande como a sua, quantos milhões você deve valer? Dez? Vinte?

— Enfim, obviamente não conseguiria ser útil com todos esses machucados então se tivermos de bem, você teria alguém que poderia cuidar disso?

Encostando as costas na parede, soltaria meu corpo escorregando até o solo, queria poupar o máximo de forças e então faria uma nova pergunta.

— Vocês já têm algum planejamento de como querem fazer isso? E quantos exatamente nós somos? – Voltaria ao silencio de antes, ouvindo tudo que fosse me falado.

Voltava meu olhar na celestial, a única mulher ali e aquela quem me capturou, ela parecia ter seus segredos e por algum motivo, eu me sentia na vontade de conhece-la melhor.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI
Ex-Panda
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 13992c4e51a6ce1e4300d4e366dd4e4a
Créditos :
23
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1611-zayn#17239 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue#16916
Ex-Panda
Pirata
Re: II - Deuses Entre Nós Qua Set 14, 2022 4:23 pm




Liu Feng entendia que sua situação não era a das melhores, até mesmo um imperador tem de abaixar sua cabeça as vezes para a melhor chance de sobrevivência, ele notava com facilidade que aquele homem com a laranja na mão era muito forte o mais forte daquela sala com certeza.

Feng aceitava o acordo e estancava a sua ferida com o pano velho dado pelo capitão do bando pirata.

— Acho que você entendeu como sobreviver bem rápido em hahahahahahaha, bom acho que era o destino nos encontrarmos mesmo, sua ajuda vai ser boa novato...

— Rato! Cuide dele, ele está bem ferido, depois durma até de noite e nos conversamos novamente, se você tentar fugir dessa casa eu mato você entendeu?


Rato o puxava quase o carregando para um quarto um pouco mais limpo, uma cama velha e meio quebrada de madeira se encontrava por lá, ele o jogava lá em cima e pegava sua caixa de “ferramentas”

— Eu não tenho anestesia e os marinheiros estão lá fora, é melhor você não inventar de gritar como uma garotinha agora entendeu? Shieshieshie.

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 3fb50b13a081ec0d15a213b13f1de666

Depois de algumas horas de tratamento e algumas pequenas cirurgias Liu estava mentalmente e fisicamente muito cansado, tão cansado que não conseguir nem se mexer direito, mas agora a celestial de antes entrava no cômodo com alguma comida para ele.

— O capitão mandou eu trazer comida...

Ela falava olhando para baixo andando calmamente até a cama, colocava a bandeja do lado de Feng, e se sentava em uma cadeira velha do lado de onde Liu estava, esperando que ele comesse para recolher tudo e o deixa-lo dormir, ela olhava para a janela quase como se estivesse livre lá fora.

Histórico:

Considerações:


_________________

Zayn & suas gostosas!
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 YTpeD1K
Jean Fraga
Imagem :
 II - Deuses Entre Nós - Página 2 FaqI0wB
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t2047-ii-deuses-entre-nos#21998
Re: II - Deuses Entre Nós Seg Set 19, 2022 6:35 pm

II - God Among Us



Guardava minhas energias, apenas ouvindo as ultimas palavras do pirata antes que fosse carregado para outro cômodo, lá, poderia descansar e me recuperar do embate anterior, havia conseguido ganhar mais um dia de vida e isso era crucial para o futuro.

Mas não gostava daquele pirata, ele não parecia ser o mais bonzinho e seu jeito me da nojo, já começando a imaginar quando iria ceifa-lo, era tão engraçado imaginar isso analisando minha situação que dava pequenas risadas e então falava com o suposto medico a minha frente.

— Me tirando dessa situação eu não tenho com o que reclamar DraDraDra... – Ria de nervoso e nas próximas horas, tentaria ao máximo não fazer barulhos, precisava daquele tratamento e não queria acabar com a chance que tinha.

Era vergonhoso para mim estar naquela situação, tendo que viver da bondade dos outros, eu não queria mais sentir isso, NÃO, eu não vou mais passar por isso, nem que para isso eu tenha que ter um exercito tão grande que somente os mais fortes iram se aproximar de mim.

Ele parecia acabar e minha energia era tão baixa que não conseguia nem o agradecer, quase desmaiando notava a entrada da garota que antes me capturou.

A celestial conhecida como Mercy aparecia, eu tentaria apoiar as costas na parede e então pegar a bandeja, inicialmente somente comeria, sem dizer nada.

Notando o olhar de liberdade que a moça tinha ao ver o exterior, lembrando como ela havia sido tratada e sendo a única mulher, algo de errado com certeza não estava certo.

— Mercy, não é? Pelo o que você passou para chegar até aqui? A resposta para essa pergunta é o que eu busco descobrir.

— Obrigado por ter me “salvado” mais cedo, mesmo que talvez esta não tenha sido a intenção, eu estaria morto uma hora dessas se não fosse você.


Uma pulga atrás da minha orelha surgia e então, faria o teste com ela, fechando meu olho direito e deixando que o esquerdo fizesse seu trabalho, me assustava, até mesmo engasgando com a comida.

— N-Noi?! – Ainda que na minha visão mais fraca que qualquer um nesse cômodo, sua vontade se sobressaia entre as demais, era uma aura ainda que acanhada, muito quente, quente o suficiente para mim momentaneamente me assustar.

Mas logo surgia um sorriso em meu rosto, encontrava mais um, — Mercy, A Dragoa da Dualidade, curtiu? DraDraDra... – Acabava de comer entregando a bandeja a ela, nosso futuro era mais entrelaçado do que imaginava, mas por hora, precisava urgentemente dormir.

— Nossa história está apenas começando mocinha... até logo. – Dado o cansaço e após ter comido, iria fechando meus olhos até que finalmente e não depois de muito tempo, adormecesse.
Dados:
Objetivos:




_________________

 II - Deuses Entre Nós - Página 2 OAKySZI