Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

Capo de Tutti Capi

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte
Achiles
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 Bf3w3iH
Créditos :
12
Localização :
Lvneel - North Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18382
Achiles
Avaliador
Capo de Tutti Capi Seg Maio 16, 2022 11:39 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Capo de Tutti Capi

Aqui ocorrerá a aventura fechada do(a) Civil Ren. A qual não possui narrador definido.

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Sab Jun 18, 2022 11:03 pm




Legenda


Narração.
"Pensamentos".
-Falas.


Post - 08



- Deixa que eu fico com o primeiro turno, não tô com tanto sono. - Falaria para Bell, enquanto cruzava meus braços. Ao prestar atenção em Izzy, percebi que ela realmente não parecia estar lidando muito bem com aquela situação toda, seus olhos tendo demonstrado uma tristeza profunda que eu não via com muita frequência. Ela era minha irmã mais velha, e vê-la dessa forma não era algo que me deixava muito confortável, mas no momento, ainda mantive a conclusão de que continuar o serviço e concluí-lo assim que possível era a melhor forma de fazer Izzy possivelmente esquecer logo desse problema e seguir em frente. Nosso passado ainda claramente assombrava bastante minha irmã, e talvez ela apenas conseguisse se livrar de vez desses sentimentos quando finalmente pudesse ter sua vingança.

Fiquei imaginando que talvez fôssemos ter um problema ainda maior caso o comprador de Sakura seja um babaca e mostre que vai maltratá-la logo de cara na frente da minha irmã. Isso com certeza não seria bom para os negócios, e com certeza minha carreira sofreria se ela atacasse o comprador ou libertasse a mercadoria. Depois de pensar um pouco sobre o assunto, resolvi unir o útil ao agradável e pedir pra Izzy e Mariabell fazerem juntas um reconhecimento de Hoxter enquanto eu prosseguiria sozinha com a entrega. Assim, eu senti que o serviço teria mais chances de dar certo. Fiz uma nota mental para não esquecer disso.

Ao fim do meu turno, já um pouco sonolenta, acordaria Mariabell com algumas cutucadas. Uma vez que ela já estivesse pronta, eu sentaria no chão e tentaria pegar logo no sono. O dia de amanhã prometia ser bem longo e interessante, e eu com certeza precisaria estar no máximo de minhas habilidades para ter certeza de que as chances de eu me dar bem eram as maiores possíveis. Afinal, eu sentia que minha carreira no submundo do crime da Grand Line estava apenas começando.





Histórico:

Arma:

Objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Seg Jun 20, 2022 12:52 pm

- Deixa que eu fico com o primeiro turno, não tô com tanto sono. -

A maneira de demonstrar seu carinho pelas companheiras era ser uma excelente companheira. Ao assumir a posição de sentinela no primeiro turno, mostrava seu lado altruísta para com as nakamas. Leguin jogou um beijinho no ar e deitou-se dormindo logo em seguida. Acompanhada, mas ao mesmo tempo solitária, a mink refletiu sobre os sentimentos demonstrados por sua irmã mais velha. Izzy nasceu primeiro e na teoria deveria ser a mais madura, porém, Ren conhecia o lado sensível de sua irmã e tentava lidar da melhor maneira possível, definindo uma linha de atuação para a entrega, inclusive.

Alheio aos pensamentos da protagonista, sakura, assim chamada pela agente, dormia de olhos abertos sentada com as pernas próximas ao tronco. Em poucas horas, sua vida mudaria novamente e a sedutora gata sabia disso.

As horas passavam e Maria foi a primeira a acordar, pegando o posto de sua colega. Novamente, houve uma mudança de posto com Izzy, cujo despertar se deu devido a uma necessidade de usar o banheiro. Como num piscar de olhos, a noite foi embora e o dia amanheceu forte e quente. O responsável por despertar e comunicar todos os presentes foi o navegador X. Simpático, fez questão de falar que estavam prestes a embarcar e que deveriam se arrumar e não esquecer nada.

Se Ren saísse e fosse para o convés, poderia ver a próxima ilha: República de Hexter. Diferente do imaginado, não era uma boa visão. Pelo contrário, como toda cidade industrializada, havia um clima ruim, cinzento e escuro por toda a ilha. A poluição é visível e a qualidade de vida não parece ser das melhores.

Izzy: Chegamos, irmã!  

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Seg Jun 20, 2022 1:48 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 09



Fui acordada pelo navegador, o tal do X, que nos avisou que já estávamos bem perto de chegar ao nosso destino: a República de Hoxter. Faria um suspiro ao ouvir aquilo, afinal, significava que o serviço estava mais próximo do fim. Depois de alongar um pouco meus braços, cumprimentaria as outras presentes no recinto, inclusive Sakura. - Bom dia, garotas! - Falaria, sorrindo, enquanto ficava de pé. - Acho que precisamos deixar algumas coisas já decididas antes de desembarcarmos na ilha. - Cruzaria os braços antes de continuar a falar.

- Como se trata apenas de um serviço de entrega, vocês duas não precisam vir comigo. - Olharia para Izzy e Bell. - É melhor vocês duas irem fazer um pequeno reconhecimento da ilha enquanto eu cuido dos negócios. Nosso ponto de encontro pode ser a área do porto onde vamos desembarcar. - Faria mais um leve suspiro antes de concluir o raciocínio. - Ao pôr do sol, voltaremos todas pro ponto de encontro pra decidirmos qual vai ser nosso próximo passo. Se alguma de nós não aparecer, é porque algo deu errado e precisamos ir procurar a sumida. - Viraria de costas. - Todas de acordo?

Ao terminar aquela pequena conversa com minhas companheiras, imediatamente iria para o convés junto com Sakura, sempre prestando muita atenção nos movimentos dela. Lá, já seria possível enxergar a República de Hoxter, que aparentemente era uma ilha bastante diferente de Hasagt Altai, minha primeira vista dela sendo a de uma enorme cidade com um pesado clima industrial. Não era a vista mais bonita ou inspiradora de todas, mas com certeza ganhava da enorme fazenda que era a ilha anterior. "Esse lugar dá a impressão de ter um clima mais pesado que o de Sirarossa..." Pensei, lembrando da ilha que há pouco tempo era meu lar. "Bom, é melhor colocar uma roupa mais adequada para esse tipo de ambiente." Assim que tivesse a chance, vestiria meu paletó, não querendo chamar muita atenção pela ilha ao andar por lá mostrando muito do meu corpo.

Além de ficar bastante atenta a qualquer movimento inusitado vindo de Sakura, estando pronta para segurá-la com minhas mãos em uma possível tentativa de fuga, também ficaria bem atenta aos outros membros daquela tripulação que eu tinha tido contato: Zero e X. Caso receba alguma ordem para ajudar no desembarque do navio com alguma coisa, o faria, afinal, chegar o mais rápido possível em Hoxter também era de meu interesse. Caso isso acontecesse, pediria que Mariabell tomasse conta da escrava enquanto eu estivesse ocupada.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Ter Jun 21, 2022 4:30 pm

A aparência de Hoxter não era das melhores, assim como a expressão no rosto de Izzy. Ciente de possíveis problemas futuros, Ren mostrou sua sagacidade ao dar ordens preventivas. Afastou Izzy e Mari da cena desagradável, absorvendo todo o impacto emocional sozinha, enquanto encheu as duas de possibilidades ao dar liberdade para passear pela ilha.

- Todas de acordo? - Perguntou após explicar os planos e obteve sinais positivos com a cabeça das associadas.

Interrompendo a cena, surgiu o agente Zero. Indiferente, como usual, ele era o primeiro a descer da embarcação e cumprimentava uma dupla que esperava pela mercadoria. Mari e Izzy desceram logo em seguida já seguindo apressadas para longe dali - especificamente Izzy era quem apertava o passo. A ladra desceu com a mercadoria de bela aparência e entregou para a dupla.

Capo de Tutti Capi - Página 2 00-featured-gisuke-sasaki-hated-anime-dark-screenshot
Capo de Tutti Capi - Página 2 Image-asset

Zero: Esses são Malac e Gustaf. A escolta está devidamente encerrada. Adeus!

E assim o koala voltou para a embarcação e deu ordens para iniciar a partida após terminarem o embarque e desembarque dos suprimentos. Não era possível saber quando partiriam, algo que Ren deveria perguntar se desejasse saber. Enquanto isso, Malac, com seus olhar vil, tocava todo o corpo de sakura como se avaliasse um pedaço de carne. Gustaf ajeitou os olhos enquanto observava os arredores.

Malac: Ohh, excelente… Certeza que o nobre Enrico Salvatore irá adorar…

Gustaf: E você receberá muito dinheiro.

Malac: Investimento, meu amigo… Investimento… Não é sempre que podemos agradar um amigo de tenryuubito. Agora é encontrar aquela… especialidade.

Ambos sorriram enquanto olhavam diretamente para a Artista e, por fim, pegaram a pequena pelo braço, andando para fora do ambiente. Puxando assunto, o navegador X surgia ao lado da mink.

X: Esse pessoal do contrabando… Não tem escrúpulos algum… Tome cuidado!

Parecendo estranhamente preocupado, o rapaz voltou-se para a embarcação, ajudando a carregar as caixas. Depois de muito tempo, Ren estava sozinha e solitária. O que ela fará agora?

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Ter Jun 21, 2022 4:58 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 10



Conforme havíamos decidido, Izzy e Bell logo saíram e vista ao irem fazer o reconhecimento da ilha enquanto eu ajudava na entrega da mercadoria. Por sinal, entrega essa que ocorreu com muito mais facilidade do que eu havia imaginado. Nada de marinheiros colocando o nariz, piratas tentando roubar a mercadoria ou outras famílias querendo se meter nos negócios. Isso era bom, significava que eu ia conseguir receber meu pagamento o quanto antes, e também finalmente poderia deixar de me preocupar com minha irmã perdendo o controle por pena da escrava. Falando em pagamento, notei que aqueles dois velhotes que levaram Sakura não me pagaram nada, então assumi que o custo dos meus serviços seria arcado por Zero, o coala. Assim que possível, caso o barco ainda esteja atracado, iria até lá em busca daquela figura tão singular.

“É bom que aquele coala não esteja pensando em me dar um calote, porque se ele não me pagar eu vou ser obrigada a arrancar aquela pelagem dele e vender como um tapete exótico.” Pensei, com um sorrisinho sádico. Eu poderia ser uma pessoa bastante tranquila as vezes, mas eu já tinha muita experiência no submundo do crime, e sabia exatamente como lidar com quem contrata um serviço e não paga. Já vi meus colegas de Sirarossa arrancando unhas de clientes nessa situação, mas eu não era tão boazinha, afinal, causar dor era algo que eu fazia com todo o prazer do mundo.

Caso não encontrasse Zero de primeiro, perguntaria para os outros tripulantes onde ele estava, e se ele estivesse ao meu alcance, o abordaria. Se ele nao estivesse no navio, falaria com o navegador. - Oi, a entrega já foi feita. - Falaria sorrindo como de praxe. - Como fica a qestão do meu pagamento? - Perguntaria em seguida, primeiramente tentando lidar com a situação sem precisar causar desconforto dentro da nosssa organização criminosa. Se eu receber o pagamento normalmente, faria mais uma pergunta no mesmo tom. - Só uma última coisa, você conhece algum superior nosso aqui na ilha que possa me passar mais serviços?

Se por acaso ele falar que não vai me pagar, faria minha última tentativa de lidar com a situação de forma diplomática. - Então com certeza você sabe me dizer quem ficou responsável por me pagar, certo? Cê sabe bem que não existem serviços grás no nosso ramo de trabalho. - Tentaria continuar com um semblante amigável, embora por dentro não estivesse nem um pouco feliz com aquela enrolação para me pagar. Eu não gostava de ser feita de otária.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Ter Jun 21, 2022 5:29 pm

Missão concluída, hora de receber o que era de direito. Ren era gananciosa e não deixaria um segundo passar sem a remuneração. Sua mente focou imediatamente nos berris e buscou por Zero a fim de obter sua pratinha. Entrou no navio e perguntou pelo koala, obtendo a informação através de olhares comedidos.  

- Como fica a qestão do meu pagamento? -

O agente então puxou de seu bolso um paco com o valor da missão, porém, antes de entregar fez questão de explicar algo.

- Aqui está, 7.500.000… Eu tirei 250 mil para cobrir as despesas com a viagem. Era para ser 300 mil, mas fiz um desconto para o pacote ficar bonito.

- Só uma última coisa, você conhece algum superior nosso aqui na ilha que possa me passar mais serviços? -

- O que acha que eu sou? Informações têm valor. Vou quebrar seu galho… Quem mais se aproveita dos serviços do seu distrito? Você é famosa… Procura um lugar desses que será reconhecida.

E virou-se de costas, fechando a porta atrás dele em sua sala particular. O que a jovem fará agora?

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Ter Jun 21, 2022 11:50 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 11



Após ter recebido meu pagamento, eu imediatamente sairia andando do barco de Zero, feliz por finalmente ter me livrado de toda aquela dor de cabeça. Agora, restava apenas esperar a volta das minhas companheiras que tinham ido fazer um pequeno reconhecimento daquela ilha/cidade tão grande que era Hoxter. Cruzaria os braços e esperaria ali mesmo no porto, aguardando a chegada do pôr do sol, que foi quando nós tínhamos combinado de nos reencontrarmos. Torcia para que as duas tivessem achado algum lugar onde nós pudéssemos receber serviços, seria perfeito, por exemplo, se elas dessem de cara com um estabelecimento ligado ao distrito da luz vermelha. Com certeza eu conseguiria serviço facinho em um lugar assim graças ao meu renome.

De qualquer forma, eu não tinha muito mais o que fazer ali além de esperar. Aguardaria pacientemente o horário combinado, e caso as duas aparecessem, eu logo as abordaria. - A mercadoria está entregue e o pagamento já foi feito. - Explicaria, colocando as mãos na cintura. - E então? O que acharam da cidade? Imagino que cê gostou daqui bem mais daqui do que de Hasagt né, Bell? - Questionaria as garotas em um tom bem humorado, curiosa para saber quais eram as impressões que elas tiveram daquele lugar. Caso ainda não tivessem tocado no assunto, eu faria mais uma pergunta. - Cês acharam algum lugar onde a gente pode pegar mais uns serviços? - Falaria em um tom casual. Se a resposta for sim, eu abriria um sorriso de satisfação antes de congratulá-las. - Bom trabalho! - Daria um tapinha nas costas das duas, e então me viraria para a cidade - Vamos indo então? Temos que arranjar logo um lugar pra ficar, aquela viagem foi beem cansativa. - Sugeria, animada. Esperaria que Izzy e Bell me guiassem até o tal local. Enquanto andava, tentaria prestar bastante atenção nas ruas de Hoxter e seus estabelecimentos.

Se por acaso as duas não tenham conseguido encontrar um lugar assim, eu faria um pequeno suspiro de desapontamento e reviraria os olhos. - Certo, mas a gente ainda precisa arrumar um lugar pra ficar. - Falaria, um pouco frustrada enquanto me virava para a cidade. - Vamos, nesse horário deve ser mais fácil de notar algum canto que tenha interesse de contratar nossos serviços. - Faria um gesto de "vem cá" com o dedo indicador para que as duas viessem comigo, e então começaria a andar em direção a cidade. Procuraria por alguma rua ou bairro comercial que tenha locais de entretenimento para pessoas mais ricas, que geralmente eram o público alvo do meu distrito, e caso achasse algum lugar assim, imediatamente procuraria a casa de massagens mais próxima. Para evitar me perder na cidade, tentaria contar tanto com orientações das minhas companheiras quanto possíveis perguntas para transeuntes sobre o local que eu procurava. Se por acaso elas não aparecessem no porto na hora combinada, eu esperaria até o cair total da noite antes de fazer qualquer outra coisa.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Qua Jun 22, 2022 3:59 pm

O ditado “dinheiro não traz felicidade” nunca foi dito por alguém que nunca o teve. Para pessoas abastadas e nunca necessitadas, a riqueza era algo simples e outros problemas - a maioria emocional - tinham um impacto maior. Basta ver o nível social da maioria dos suicidas. Pobres não se matam, eles lutam até não poder mais. É o exemplo mais puro da máxima “Tempos bons fazem homens fracos…”.

Ren, por um breve instante, sentia-se na vibe de uma pessoa com riqueza. O dinheiro adquirido era alto o bastante para ver uma luz no fim do túnel para com o seu passado e tal sensação a fez relaxar para os perigos do mundo. O que valia mais do que berris?

O tempo passou, a pouca luz natural foi embora e uma escuridão esquisita tomou conta da ilha. As nuvens de poluição deixaram o local ainda mais tenebroso, parecendo uma cena de filme de terror feito pelo Zé do Caixão. Para completar a cena de suspense, nenhuma das suas companheiras chegaram. Ren esperou e esperou, os poucos restaurantes perto do porto já estavam em seu auge noturno. Inclusive, a própria mink sentia a fome começar a tomar conta do seu corpo depois de um dia inteiro sem se alimentar.

Enquanto aguardava, dois associados passaram por ela em direção ao navio que estava prestes a sair e - levemente alcoolizados - falavam alto sobre o que acabara de ouvir. - Eu sabia o perigo de trabalhar para o distrito, mas atacar os próprios associados… Tenho pena delas… - Ao que o outro respondeu - Humpf, é um capodecina, ué… Não tem o que fazer. Só obedecer… - E seguiram caminhando até o barco.

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Qua Jun 22, 2022 5:41 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 12



A demora na chegada de Izzy e Bell significava que algo com certeza estava errado. Imediatamente fiquei bem preocupada, pois não esperava que isso fosse acontecer. De qualquer forma, aquelas duas eram muito próximas de mim, eu tinha que descobrir o que raios estava acontecendo o quanto antes. Eu não podia deixar que alguém fizesse mal a minha irmã e minha velha amiga, não importa quem fosse. Pensei em ir sozinha até a cidade atrás das duas, mas antes que pudesse fazer qualquer coisa, ouvi dois aparentes associados do submundo conversando enquanto iam em direção a um navio.

Eles falaram sobre um capodecina ter atacado associadas, algo que rapidamente capturou minha atenção. Não podia ser coincidência eles estarem falando disso no mesmo dia em que Izzy e Bell desapareceram. Existia sempre a possibilidade deles estarem falando de outras associadas, mas nessa altura do campeonato eu achava isso bem difícil. Estava na hora de tentar extrair algumas informações daqueles dois, ao menos eles com certeza conseguiriam me apontar na direção correta. Eu não me importava se quem fez isso foi um capodecina, quem mexe com aquelas duas mexe comigo, e quem mexe comigo acaba virando um cadáver dilacerado e cheio de marcas de mordida. Ao andar, evitaria olhar na direção da lua, afinal, no momento não tinha motivo para usar minha forma Sulong.

Rapidamente me aproximaria daqueles dois, uma expressão amistosa no rosto. - Boa noite, rapazes. - Cumprimentaria, colocando as mãos na cintura. - Sou Ren, mercenária do distrito da luz vermelha. - Me apresentaria com um sorriso, esperando que me reconhecessem. - Ouvi vocês falando sobre um capodecina ter atacado associadas, por que não me dão mais detalhes? - Primeiramente perguntaria de forma diplomática. Caso perceba que eles estão tentando me enrolar ou se recusando a responder, insistiria mais um pouco, tentando persuadi-los com minhas língua de prata. - Se vocês me fizerem esse favorzinho, prometo usar minha influência para fazer os superiores promoverem vocês mais rápido. E além disso, dou minha palavra que ninguém vai ficar sabendo que vocês me deram essas informações. - Tentaria convencê-los olhando nos olhos dos dois, me aproveitando da ganância, que era o motivador de boa parte dos membros do submundo do crime. Eu não tinha meios diretos de honrar essa promessa, mas como era uma ótima atriz, provavelmente conseguiria vender aquilo de forma convincente.

Se a persuasão não funcionasse, tentaria a lábia. - Sabe, faz muito sentido vocês terem tanto medo de um capodecina. Mas eu e essas associadas estamos aqui em uma missão dada pelo próprio subchefe do distrito. Por que acham que alguém renomada como eu colocou os pés aqui? - Mentiria, usando minhas capacidades de atuação ao máximo. - Será mesmo que faz sentido ficar do lado de um capodecina ao invés de um subchefe? Pensem nas oportunidades. - Faria uma pequena pausa antes de concluir. - E na segurança. - Essa seria minha última tentativa de lidar com aquilo diplomaticamente, antes de ser forçada a tomar atitudes mais drásticas para com esses dois…





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Sab Jun 25, 2022 12:40 am

A possibilidade da perda de sua família afetou Ren. Não sentia a menor emoção por outros, ignorando inclusive a dor da garota que ela mesma apelidou de sakura, porém, quando suas nakamas estavam em perigo, tudo mudava de forma. Ela faria de tudo para manter as duas a salvo. Engolindo a saliva seca de preocupação, ela se meteu na conversa da dupla que inicialmente teve uma atitude mais maliciosa com a mink - principalmente por seus atributos físicos.

- Que delícia de gatinha… Quer tomar um leitinho?

Entretanto, como um banho de água gelada, a sobriedade os atingiu ao ouvir falar sobre a capodecina. Os olhos arregalados eram a prova de que estavam falando demais e poderiam pagar por isso. A primeira atitude da dupla foi tentar disfarçar e mudar o assunto, mas Ren era persuasiva e sedutora. Bastou alguns chamegos e acabou conquistando os rapazes facilmente.

- Tá, tá… Olha só… Não foi eu quem te falou, mas a capodecina do distrito do contrabando ficou sabendo de um amigo do nobre que estava disposto a pagar 50 milhões por seres de outras raças. Parece que eles acharam uma. Mas ela não tava sozinha, aí teve briga e agora as duas viraram mercadoria.

Enquanto um era mais falante, o outro apenas assentiu com a cabeça. Por fim, para completar a informação, o associado informou o local em que elas poderiam estar. - Só tem um lugar nessa ilha capaz de abrigar alguém poderoso como um nobre e é no hotel belucci. Lá tem uma boate, talvez consiga mais informações. Se alguém vier falar de ti, eu vou negar até a morte que te falei algo, ouviu?

E apressado, a dupla voltou para dentro do barco que finalmente soou um tipo de buzina sinalizando a partida iminente. O hotel era um grande ponto turístico da ilha e bastante movimentado. Para alguém do submundo, era um ótimo lugar para se infiltrar. O que ela fará agora?

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Sab Jun 25, 2022 4:17 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 13



Pelo visto, a situação era bem complicada. Izzy e Bell acabaram virando “mercadoria” e quem estava por trás de tudo isso era uma capodecina do distrito do contrabando. Ironicamente, era algo bem parecido com o que eu e minha irmã passamos quando mais jovens. A diferença é que agora existia um fator muito importante presente nessa equação: eu tinha poder para fazer alguma coisa. Eu estava ciente de que se colocar no caminho de uma capodecina, mesmo que de um distrito diferente, poderia ser ruim para minha carreira, mas sinceramente, minhas companheiras eram mais importantes do que isso e sempre tinham outras formas de eu me livrar daquele otário do Barzini além de subir na hierarquia do mundo do crime. Como sempre, primeiramente eu iria tentar resolver as coisas diplomaticamente para evitar qualquer futura dor de cabeça, mas se tivesse um só arranhão em qualquer uma das duas, então… É bom que o imperador do distrito do contrabando já tenha alguém em mente para assumir a vaga que logo logo seria aberta. Parte de mim até mesmo torcia para que isso acontecesse, afinal, era sempre mais prazeroso pra mim satisfazer meu sadismo e sede de sangue com alvos que eu odeie.

Conforme indicação daqueles dois associados, entraria na cidade em busca do Hotel Belucci. Para evitar me perder no caminho, sairia perguntando para os transeuntes qual era o caminho certo para o hotel, também tentando me lembrar do caminho de volta para o porto. Meu plano era ir diretamente até a capodecina, já que eu como também membro da organização, provavelmente teria mais acesso a ela do que a algum nobre. Novamente, evitaria olhar diretamente para a lua já que não fazia muito sentido eu entrar em forma sulong nesse momento. Caso encontre alguma barraquinha de comida barata no meio do caminho, pararia e comeria algo rápido, tipo um sanduíche ou macarrão instantâneo, só pra passar logo a fome e eu poder me preocupar apenas em achar aquelas duas. Claro, não esqueceria de pagar o valor da comida. Também ficaria bem atenta para qualquer presença hostil, afinal, eu também era uma mink e podia muito bem ser atacada pela turminha que pegou Izzy e Bell. Buscaria ao máximo me proteger de emboscadas ao evitar entrar em becos e outros lugares com poucas pessoas.

Ao encontrar o Hotel Belucci, eu imediatamente tentaria entrar na tal boate, caso precise pagar alguma coisa, o faria para evitar atrair atenção indesejada. A todo momento observaria o local na busca de pessoas com “aparência” de serem parte do submundo, usando o que aprendi na minha profissão de ladra. Caso parecessem figuras de autoridade no mundo do crime, melhor ainda. Caso encontre alguém assim, imediatamente iria até a pessoa e a abordaria. - Boa noite, quero falar com a capodecina do distrito do contrabando que cuida do território da ilha. Tenho negócios urgentes pra resolver com ela. - Seria direta, curta e grossa, no intuito de surpreender a pessoa. Mas ainda com o meu típico sorrisinho amigável (falso) no rosto. Eu poderia tentar usar a mesma estratégia que usei nos dois associados do porto, mas estava estressada demais pra fazer isso no momento. Já esperando uma reação negativa do meu interlocutor, imediatamente insistiria. Eu já tava mal humorada e com pouca paciência graças ao sequestro das garotas, não estava afim de jogar joguinhos.

- Meu nome é Ren, sou uma mercenária do distrito da luz vermelha. Tem certeza que é uma boa ideia não fazer o que eu tô pedindo? - Perguntaria, cruzando os braços, no intuito de fazer a pessoa tirar suas próprias conclusões, ainda forçando um sorriso e tentando ao máximo não perder a paciência. Se ele realmente não puder me dizer onde posso encontrar meu alvo ou não tenha como fazer esse encontro acontecer, eu faria mais uma pergunta. - Então ao menos me diga qual é o nome da nossa capodecina em questão. - Usaria o mesmo tom de voz.  Caso não encontrasse ninguém que parecesse ser membro do submundo, esperaria no local até que alguém assim aparecesse.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Sab Jun 25, 2022 9:18 pm

A confirmação de seus piores temores só aumentou a ansiedade na Mercenária. Novamente, o passado mostrava-se cada vez mais presente em suas vidas. Se Ren estava se sentindo mal, imagine sua irmã que já não estava bem após o serviço com sakura? Acumulando o ressentimento, a ladra atingiu o ponto mais alto em sua determinação, riscando qualquer sinal de hesitação em seu coração e colocou-se no caminho para o hotel citado anteriormente.

Durante o trajeto, tomou as devidas precauções para não ter problemas desnecessários. Atentou-se aos arredores, evitou a luta, gastou 20 mil berri em alimentação e pediu informações sobre o local desejado enquanto tentava decorar o trajeto feito. Como diria Sun Tzu, no livro a Arte da Guerra, um general que conhece as próprias forças tem no mínimo 50% de chances de vencer. Os outros 50 dependem do conhecimento acerca do adversário. Assim sendo, a artista evitou ativar sua forma sunlong, alimentou-se e manteve a prontidão. Atitudes estas comprovando o quanto ela se preparou. A segunda metade da vitória dependia de seu alvo.

A ausência de informações só não era pior do que desinformações. Saber pouco era muito melhor do que saber errado. Portanto, conhecer a localidade já lhe garantiu alguns passos na direção certa. E assim, ela caminhou até finalmente chegar no hotel. Um bom tempo havia se passado e o horário de jantar tinha dado lugar ao horário da badalação noturna. Bebidas, fumo, sexo… O primeiro andar da construção era uma grande boate naquele momento e não era para qualquer um. Ao tentar entrar, foi informada de uma taxa de entrada de apenas 100 mil berri. Uma quantia absurda apenas para entrar em um local cujo consumo deve ser tão caro quanto. Essa informação deixava claro que Ren não estava lidando com ralé e precisaria tomar muito cuidado.

Capo de Tutti Capi - Página 2 08372db177b3bde1453c5a8a8ccbddf1

No interior da boate, a Mercenária buscou pessoas cujo perfil entregavam sua posição no submundo. Para sua surpresa, praticamente todos ali pareciam pertencer. Alguns mais, outros menos, mas todos pareciam. Eventualmente, ela escolheu um que aparentava bastante e estava acessível, chamando sua atenção.

Capo de Tutti Capi - Página 2 B240b5038a3484f580b4d5b73651136a

- Boa noite, quero falar com a capodecina do distrito do contrabando que cuida do território da ilha. Tenho negócios urgentes pra resolver com ela. -

O mafioso a fitou diretamente nos olhos enquanto fumava seu cigarro e estendeu a mão esquerda, momento este em que um rapaz ao seu lado repousou um copo de uísque sobre ela. Este mesmo jovem abriu um caderno de anotações e folheou rapidamente, parando em uma página e a mostrando para o mafioso.

- Oh… Mercenária também, é… Se está procurando um superior direto, boa coisa não é. Na minha experiência, só se procura um superior direto sem conhecê-lo por dois motivos: Matá-lo ou pedir clemência. A gata aí não tem olhos de preocupação…

- Meu nome é Ren, sou uma mercenária do distrito da luz vermelha. Tem certeza que é uma boa ideia não fazer o que eu tô pedindo? -

- Heh, eu tenho uma boa ideia de tudo… Quando se é das Informações, aprende-se que conhecimento tem o seu valor.

Ele voltou a dar um gole no uísque e entregou o caderno ao assistente que acendeu um cigarro e deu para o chefe fumar.

- Então ao menos me diga qual é o nome da nossa capodecina em questão. -

- Tsc… Teimosa… Agatha Kuroda é o nome da pessoa que você procura… Antes de ir, um aviso… Cuidado ao olhar para o abismo… Ele pode olhar de volta!

O mercenário então apontou para uma mesa exclusiva ao lado do palco, cercada por dois seguranças grandes e com cara de maus meninos. Na mesa, uma linda jovem de cabelos negros como a noite e uma franja logo acima dos olhos, observava o show. Aos seus pés, um homem por volta de 40~50 anos massageava os seus pés - enquanto ele estava pelado, suado e com lágrimas nos olhos. O que Ren fará agora?

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Dom Jun 26, 2022 4:44 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 14



Enfim eu tinha conseguido as informações que procurava, e Agatha Kuroda, a capodecina responsável pelo rapto de Izzy e Bell estava bem ali na minha frente. Era uma moça com longos cabelos negros, que por sinal estava tendo os pés massageados por um homem de meia idade que não parecia nem um pouco feliz com seu trabalho. De qualquer forma, eu não me importava com nada disso, estava aqui pela liberdade das minhas companheiras e nada mais. Sem perder tempo, andaria até onde ficava a mesa de Agatha Kuroda e começaria a falar imediatamente ao chegar lá, caso fosse parada por um dos seguranças antes disso, falaria mais alto para que ela pudesse me escutar à distância.

- Agatha Kuroda, temos negócios pra resolver. - Declararia, com uma expressão nada feliz no meu rosto. - Meu nome é Ren, sou uma mercenária do distrito da luz vermelha. - Me apresentaria, colocando a mão esquerda na cintura. - Vim de Hasagt Altai com duas associadas para fazer a entrega de uma mercadoria. Tudo estava indo muito bem, até eu receber a notícia de que elas foram atacadas e capturadas pelos seus homens. - Continuaria, ainda tentando ser educada mas sem fazer nenhum esforço para sorrir. - Como nós duas temos algo em comum, sendo mulheres na hierarquia da nossa organização, resolvi dar o benefício da dúvida e concluí que tudo não deve ter passado de um grande mal entendido. - Tentaria convencê-la usando minhas habilidades de discurso. - Então resolvi vir aqui conversar diretamente com você e explicar a situação pra gente poder resolver isso tudo na base da conversa. - Faria um pequeno suspiro. - Vou direto ao ponto: Izzy e Mariabell Leguin, quero que as liberte imediatamente.

Como havia decidido antes, tentaria primeiramente resolver tudo de forma diplomática, mas parte de mim torcia para que Kuroda não aceitasse fazer isso logo de cara. Já fazia algum tempo que eu não colocava as garras em um inimigo para satisfazer minha sede de sangue, e aquela parecia ser uma oportunidade de ouro. De qualquer forma minhas companheiras seriam salvas, e eu ainda teria a chance de me divertir um pouco. Se por acaso ela não aceitar soltar minhas companheiras, enfim eu faria um sorrisinho sádico. - Acho que você não entendeu a gravidade da situação, Kuroda. - Se possível, a olharia nos olhos ao falar. - Você tem duas escolhas, ou solta minhas companheiras, ou é guerra. - Falaria em um tom completamente sério. - Vou atrás das suas operações aqui na cidade, e quando eu terminar com elas você não vai ter dinheiro nem pra comprar papel higiênico. - Faria uma pequena pausa antes de continuar. - Acha mesmo que vale a pena arriscar todo o seu império por um mísero pagamento de 50 milhões e a satisfação de um nobre qualquer? - Questionaria, usando um tom confiante, mostrando que estava ciente de todos os detalhes da situação, tentando assim persuadi-la e fazer com que ela tire suas próprias conclusões. Restava agora saber como iria reagir Agatha Kuroda.

O ideal seria eu não enfrentar Agatha naquele lugar, afinal além de muito lotado eu estava em uma tremenda desvantagem, já que estávamos provavelmente cercados por homens dela. De qualquer forma, eu não achava que ela fosse me atacar aqui em aberto, por isso não teria o menor receio em falar aquelas coisas bem na cara dela. Além disso, eu tinha confiança de que conseguiria escapar mesmo que fosse atacada naquele ninho de cobras, afinal, alguém furtiva como eu realmente não seria fácil de se detectar durante a noite e ainda mais em uma selva industrial como Hoxter. Enfim, ficaria atenta para qualquer possível ataque ou atitude hostil vinda de Agatha ou alguma outra pessoa na boate. Caso percebesse algum ataque vindo em minha direção, tentaria rapidamente bloqueá-lo colocando minha nekote bem na frente dele. Em seguida, tendo tido sucesso nisso ou não, imediatamente usaria meu eletro para retaliar, desferindo uma poderosa onda de eletricidade bem no peito do atacante usando minha mão esquerda.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5
Van
Imagem :
Capo de Tutti Capi - Página 2 350120fla
Créditos :
22
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t641-boris-skalovski#4055 https://www.allbluerpg.com/t623-porradaria-confusao-e-fuga-1#4138
Van
Pirata
Re: Capo de Tutti Capi Ter Jun 28, 2022 8:46 pm

Ao receber a informação desejada, a Mink mostrou novamente sua determinação e partiu em direção a captora de suas amigas sem hesitar. Ignorou os conselhos de um mercenário e sequer agradeceu pela informação. Em sua mente, só havia o desejo de resgatar suas preciosas companheiras e nada mais. Ciente dos seguranças da superior, Ren aumentou seu tom de voz e ignorou a presença deles que apenas a contiveram para que não se aproximasse.

Apresentou-se e explicou pausadamente quem era e o motivo de estar ali naquele momento com a esperança de que fosse tudo um mal entendido e fosse resolvido rapidamente. A artista continuou usando de sua conhecida persuasão para de maneira lógica e bem dita conseguir atingir um possível senso comum no seu alvo. Por alguns segundos, todo o ambiente parou para prestar atenção no desenrolar, tanto pela aproximação abrupta quanto pela pessoa que falava.

- Vou direto ao ponto: Izzy e Mariabell Leguin, quero que as liberte imediatamente. -

Pela primeira vez desde que a interação havia começado, Agatha deixou escapar uma expressão em seu rosto indiferente. Pelo visto, a frase dita pela recém-chegada soou como uma sentença e pareceu despertar o interesse de Kuroda. Por dentro, a mink começava a desejar por um possível confronto, tanto pela ausência de batalhas recentes quanto pela raiva acumulada.

- Você tem duas escolhas, ou solta minhas companheiras, ou é guerra. -

Ao terminar de falar “guerra”, sentiu um soco vindo com tudo em sua direção, momento este em que ela bloqueou com sua garra e prontamente revidou com um eletrochoque, derrubando um dos seguranças de Agatha e causando um pequeno tumulto na boate. Pessoas fracas e/ou nobres começaram a fugir e somente os corajosos ficaram para assistir aquele embate interessante.

- Acha mesmo que vale a pena arriscar todo o seu império por um mísero pagamento de 50 milhões e a satisfação de um nobre qualquer? -

- Tsc, já me cansei dessa palhaçada toda… Por que uma merda de uma simples mercenária acha que pode se meter nos meus negócios, me ameaçar e achar que vai ficar tudo bem? -

Ren podia sentir a pressão exalada por Kuroda. A diferença de níveis era evidente e a capodecina não estava naquela posição à toa. A morena pegou a katana com a mão esquerda segurando no meio dela, mas ainda mantendo a mão direita longe da empunhadura.

- Por você ser uma mulher e colega… Eu te darei duas escolhas, assim como você me fez: você me paga 50 milhões e eu solto as duas, até porque uma delas só foi capturada por ter se intrometido ou você faz uma missão para mim, eu solto as duas e ainda te garanto uma promoção com os meus contatos no distrito da luz vermelha.

A capo então encostou com a mão destra no cabo e se Ren a fitasse diretamente nos olhos, poderia ver uma aura assassina imensamente poderosa, como se um shinigami estivesse lhe controlando e desejando sua alma. - Não tem terceira opção, qualquer coisa além disso é… Morte!

Capo de Tutti Capi - Página 2 Anime-Manga-Know-Your-Meme

A artista poderia sentir calafrios por todo o corpo, sentindo na pele o quão ameaçadora era a espadachim. O que ela fará agora? Embora tenha derrotado facilmente um dos seguranças, a ideia de fazer o mesmo com Agatha estava fora de cogitação. Estava em menor número, afinal, todos ali na boate a conheciam e eram aliados em potencial. Para completar, num ambiente hostil e desconhecido, cujas rotas não estavam devidamente decoradas.

Terry:

_________________

Capo de Tutti Capi - Página 2 SV0Tlmo
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
01
Localização :
Hasagt Altai - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t1767-capo-de-tutti-capi
Terry
Mercenário
Re: Capo de Tutti Capi Qua Jun 29, 2022 3:07 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 15



A intenção assassina emanada por Agatha era, sem dúvidas, a mais intensa que eu já havia sentido em toda a minha vida. Os calafrios que eu sentia no corpo apenas por estar na presença da capodecina eram suficientes para indicar claramente que a força da minha oponente era maior do que a minha. No meu interior, eu estava de fato assustada com aquilo tudo, não tendo esperado que o poder da espadachim fosse tão grande. Eu havia cometido um erro de cálculo, e caso ela decidisse me atacar junto com seus homens ali mesmo, eu estava certa de que minha maior chance de sobrevivência seria uma fuga desesperada. Não é porque eu consegui derrotar um capanga qualquer dela que eu teria alguma chance contra Kuroda e mais todos os outros que sobraram. Normalmente eu costumava subestimar meus oponentes, mas isso era quando eu não tinha certeza de quem era mais forte, e nesse caso atual, a diferença já tinha ficado clara.

Embora eu estivesse sim com medo, eu também estava ciente de que no mundo do crime não é muito sábio demonstrar fraqueza na frente de colegas, sejam subordinados ou superiores, rivais ou aliados, por isso eu tentaria ao máximo usar meus conhecimentos de dramaturgia para fingir não estar assustada e disfarçar o meu medo o quanto fosse possível. Tentaria me manter aparentemente séria na face das falas de Agatha, embora não tivesse certeza que ela iria cair nessa. Caso não conseguisse, recuaria um passo para trás instintivamente, tremendo e engolindo em seco ao observar a superior. Pensando em mil maneiras de escapar com vida daquela sinuca de bico na qual eu havia me metido.

Das opções dadas pela capodecina, nenhuma de longe era a solução ideal para aquele problema, afinal, eu não tinha 50 milhões para fazer o pagamento à vista e o tempo que eu levaria para fazer uma missão poderia dar margem para que Izzy e Mariabell fossem maltratadas, embora a perspectiva de receber uma promoção fosse bastante tentadora. Normalmente eu não teria aceitado aqueles termos, e teria partido ali mesmo para o ataque contra a capodecina. Mas dessa vez a situação era diferente, e por mais que eu quisesse bastante ter uma luta onde eu pudesse satisfazer meus desejos sádicos, dessa vez o medo foi muito mais forte. Eu sabia que não tinha a menor chance de vencer naquele contexto, e se eu fosse derrotada, na melhor das hipóteses eu viraria mercadoria junto de minhas companheiras, e no pior, morreria. De qualquer jeito, Izzy e Bell continuariam presas.

Só o fato de eu ter conseguido chegar até aqui nas “negociações” sem ter sido atacada por Agatha depois de ter falado tudo aquilo já era uma conquista beem grande, e depois de ter sentido toda aquela pressão eu realmente não queria testar os limites da minha sorte. Estava claro que o melhor caminho era aceitar fazer aquele trabalho pra ela. Faria um longo suspiro ao terminar de ouvir as falas da capodecina, tentando ao máximo recuperar toda a compostura antes de falar qualquer outra coisa pra não passar vergonha e demonstrar medo na frente de todas aquelas pessoas. - Eu sabia que você seria uma pessoa razoável, Agatha Kuroda. - Responderia, em um tom cauteloso, enquanto tentava forçar um sorriso. - Vou aceitar fazer o serviço, já que meu intuito principal é libertar aquelas duas e não comprar briga com o distrito do contrabando. Foi mal aí pelo tumulto que acabei causando. - Continuaria o raciocínio ao dar uma olhadinha por guarda que eu havia derrubado, fazendo de tudo para desescalar a situação. - Afinal, do que se trata esse serviço? - Perguntaria colocando as mãos na cintura, para então esperar a resposta dela.

Embora estivesse pronta para ouvir o serviço, eu não podia esquecer que estava lidando com demais criminosos e ainda existia a possibilidade de tudo aquilo ser uma grande armadilha, e por isso eu me esforçaria para manter a guarda levantada durante todo o tempo. Ficaria bem atenta para mais possíveis ataques vindos de Agatha ou dos guardas, e caso conseguisse enxergar mais algum golpe vindo em minha direção, ao invés de novamente bloquear com a minha nekote, eu tentaria esquivar dando saltos da gata para os lados, tomando cuidado para não ser encurralada, no intuito de evitar a previsibilidade dos meus movimentos.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Capo de Tutti Capi - Página 2 UNCo9W5