Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

I - Uma dívida familiar

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
24
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
I - Uma dívida familiar Seg Mar 28, 2022 11:22 pm
Relembrando a primeira mensagem :

I - Uma dívida familiar

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Ichiji Tekina Kachi. A qual não possui narrador definido.

_________________



I - Uma dívida familiar - Página 4 9g2joTh


Noskire
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 350x120
Créditos :
05
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Civil
Re: I - Uma dívida familiar Seg Maio 23, 2022 7:01 pm


Simbolo
Uma dívida familiar
Akane Nanami





A cada segundo pareciam pisar mais e mais no meu pé! A porra daquela ilha estava contra mim? Que diabo de lugar esquecido pela deusa era aquele? Minha paciência, não conhecida por ser grande, já estava no limite, mas usar minha pequena como refém foi a última picada! — Morra! — Diria, simplesmente, avançando e preparando-me para obliterá-lo com a minha técnica:

Saisho no Kiba: Hebi Feinto!

Acertaria-o sem pena, pois estava irada e sabia que minha pequena confiaria em mim. Sem contar que, pelo primeiro movimento ser uma finta, aquele babaca covarde provavelmente tentaria usar minha pequena como escudo, o que aumentava ainda mais a minha fúria, mas a deixaria a salvo ao mesmo tempo que o deixaria exposto ao ataque, ou ao menos assim imaginava.

Conseguindo joga-lo para longe, novamente soltaria minha clava e daria prioridade a minha pequena, que talvez fosse jogada para cima durante o impacto. Usaria ambas as mãos e até mesmo o corpo, se necessário, para poder pegá-la no ar e evitar que ela se machucasse ainda mais, mesmo se para isso eu mesma tivesse que me machucar no processo. — Opa, a peguei, pequenina! Não a soltarei mais! — Daria um sorriso para a pequena e, segurando-a gentilmente com a mão esquerda, buscaria a minha clava com a destra e seguiria Erisha, acertando com a arma a cabeça de qualquer um dos trastes que estivesse em meu caminho, estando ele acordado ou não.

Primeira Presa: Finta da Cobra:

Histórico
» Nome: Akane Nanami
» Profissão: Carpinteira
» Proficiências: Alvenaria, Arquitetura, Carpintaria, Doma e Marcenaria.
» Qualidades: Atraente (1), Criativa (2), Destemida (1), Matriarca (R), Prodígio (2) e Vigor (R).
» Defeitos: Exótica (R), Herança Genética (R), Indisciplinada (2), Inimiga (1), Misandria (R), Supersticiosa (1) e Vaidosa (2).
» Extras: Pequena cobra (Lienne) e Clava

» Posts: 9
» Ganhos: Roupas novas, Aprendizado Adestramento (post 4).
» Perdas: - x -
» NPC's: Erisha
» Ferimentos: - x -


Objetivos
» Ganhar bastante berries
» Comprar um navio pequeno e abastecê-lo para viajar até a próxima ilha
» Aprender Adestramento e Escudista
» Conhecer o Kekzy
» Dominar o mundo
» Não morrer

Aventure-se!
agente
Kekzy
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 53866911
Créditos :
07
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Kekzy
Narrador
Re: I - Uma dívida familiar Qua Maio 25, 2022 6:54 pm
Simbolo
Uma dívida familiar
Ichiji Kachi





Minha dupla com Akane conseguia suprimir os inimigos, de modo que mais um caia sob nossa investida. A mulher agia feito uma genuína bárbara, batendo enfurecidamente no que estava à sua frente. Se fosse seguir seus passos, não acreditava que teríamos um bom resultado. Por isso, coordenar meus movimentos com ela era o melhor que podia fazer para suprir as brechas e aproveitar as oportunidades caóticas que ela criava. Tínhamos chegado no ponto que acreditava que tudo fluiria bem, pois já tínhamos saído da desvantagem.

Acabar bem... era cedo demais para pensar nisso! Uma explosão?! Isso era um blefe? Era difícil dizer, mas de toda forma, não acreditar poderia nos custas as nossas vidas, enquanto acreditar apenas retardaria o resultado, pois ainda continuaríamos cercando o entreposto mesmo após deixá-lo. — Vamos recuar! - exclamaria para Akane. O plano era correr para a saída mais próxima, provavelmente por onde a Kuja tinha entrado. — Você vem comigo! - se sentisse que tinha tempo hábil para chegar ao lado de fora em trinta segundos, arrastaria comigo o boxeador baleado. — Não resista ou será pior para você! - alertaria, pois se apresentasse resistência, apenas o largaria ali.

Naqueles breves momentos, antes de sair, julgaria se Erisha não precisava de ajuda para deixar o local, de modo que dispararia mais vezes contra os inimigos próximos a ela se fosse necessário, no intuito de retardá-los e criar uma oportunidade para que a médica fugisse. Por óbvio, raparia o pé dali em seguida e tão logo possível, procurando uma cobertura para me proteger após sair do local, pois sabia que os escombros poderiam voar para as proximidades. — Aqui! Se proteja! - alertaria Akane e/ou Erisha. Seishin estava longe, de modo que acreditava estar a salvo e fora da área de efeito da explosão, mas se o avistasse gritaria para ele. — SE PROTEJA! - gritaria bem alto, para que escutasse.

Todo esse tempo contaria os trinta segundos mentalmente, precisos ou não, o importante era ter uma noção da passagem do tempo. Isso iria me dar um parâmetro para me certificar se era um blefe ou não. Se a explosão não acontecesse, imediatamente correria para a entrada/saída que julgasse estar desprotegida. Seishin conseguia dar conta da lateral. Erisha tinha entrado por um lado, Akane de outro. Se elas tivessem saído pelo mesmo local que entraram, todas as rotas de escape estariam guardadas, mas se não tivessem, eu supriria esse papel, entrando em combate novamente contra um possível fugitivo, com a mesma abordagem e golpes de outrora.

Por fim, acontecendo a explosão, me recuperaria do abalo, me aproximando dos escombros em busca dos corpos. — Vamos reuni-los aqui do lado de fora e vemos o que fazemos com eles. Será que algum sobreviveu? - indagaria. Após possivelmente reunir os corpos, procuraria alguma coisa para cobri-los. — Você tem uma boa relação com a marinha, é melhor você explicar o que ocorreu, afinal eles que te contrataram indiretamente - sugeriria a Erisha. Apesar dos Kachi estarem por trás disso, como tinha escutado, a marinha que tinha intermediado a caça ao contatar a caçadora de recompensas. — É uma pena, a cabeça deles valeriam mais se tivessem vivos - comentaria, para as eventuais casualidades.

Restaria resolver os trâmites legais, o que faria junto aos demais, principalmente Erisha, por já ser uma caçadora de recompensas oficial. Aproveitaria a oportunidade para aprender com ela. O que mais me interessava nisso tudo era que tinha me aproximado dela e, também, do dinheiro que esperava ganhar. — E então, quanto ganhamos nisso? - questionaria, com os olhos crescendo em cifras.


Controle


Personagem: Ichiji Tekina Kachi
Nº de Posts: 19

Profissão: Arqueólogo.
Proficiências: Avaliação, Criptografia, Disfarce, História e Investigação.

Qualidades: Garras e Presas, Furtividade Natural, Idioma Silvestre, Mestre em Haki [Inativo], Prodígio e Audição Aguçada.
Defeitos: Preconceito, Atípico, Sensível ao Calor, Forma Sulong, Dívidas, Inimigos, Paranoia e Vaidoso.

Ganhos: B$ 30.000; Perícia - Sociologia (Post 14).
Perdas:

NPC's: Erisha Ergarth, Salvatore Nava, Rosa Nista, Seishin Kashu, John Dillinger e George Orwell.
Extras: Compulsivo [1/10]


Off





Sorria!
agente

   




Última edição por Kekzy em Qua Jun 15, 2022 8:27 pm, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Tirei o quote que esqueci)
Mizzu
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 TWCgYuI
Créditos :
59
Localização :
West Blue - Reino de Illusia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Mizzu
Civil
Re: I - Uma dívida familiar Seg Maio 30, 2022 10:54 pm
Post 19
Narrador
Kekzy
Noskire
18:46
15ºC
Uma dívida familiar
Como se paga uma divida, com dinheiro ou com sangue?

O caos se instaura, aos poucos todos dentro daquele estabelecimento começavam a entender que aquele boato ou blefe sobre uma bomba não era falso, até mesmos os capangas que estavam tomando conta daquele lugar ficaram angustiados ao ver que um dos seus colegas quebrou o protocolo, e assim acionou o que seria a última opção daquele grupo para sair de vez do encalço da família Kachi. ~ Seu merda, não quer ir sozinho para o inferno, ne! ~ Disse o capanga que estava com a cobra nas mãos, mas logo em seguida via seu equilíbrio cair quando o outro espadachim se apoiava nele, após o empurrão que o mesmo levava de Erisha. A cobra ia ao ar, no ato de manter o equilíbrio e não cair naquele chão junto com seu colega, deixando os mesmos desprevenidos, ele apenas jogava a cobra ao ar e se apoiava num criado mudo próximo.

A jovem ruiva não via outra opção, mesmo antes de tentar iniciar sua investida com todo ódio para cima do capanga espadachim, ela soltava sua clava no mesmo momento em que via a cobra subir aos céus, com um grande pulo apoiando a palma da mão sobre a outra, ela conseguia alcançar a cobra, porém caía de peitos para o chão daquela sala ficando totalmente indefesa deitada no chão. Os espadachins logo que se equilibram seguiam para o que seria a saída daquele local na direção da exportação, porém ao ver aquela inimiga logo a sua frente ao chão, poucos segundos seriam rápidos para acabar de vez com aquela vida que já havia causado inúmeras baixas para o grupo, assim os dois sem pensar duas vezes tentavam cravar suas espadas nas costas daquela ruiva, só que não contavam que Erisha não iria deixar isso passar barato.

No exato momento que a ruiva maior avistava a sua xará cair ao chão, ela não pensava duas vezes voltando do que seria sua rota de fuga pela recepção para ajuda a garota. Erisha que por sinal era uma otima espadachim, repelia o ataque daqueles dois espadachins, os lançando na direção da parede lateral daquela sala, ficando a dupla de espadachim próximos a parede dos banheiros e a parede entre aquele lugar e a area externa. ~ Vão vocês dois, vou tentar segurá-los ao máximo que der. ~ Disse a ruiva enquanto olhava de canto de olho para Ichiji e também para Akane que estava ao chão.

Ichiji por sua vez já havia falado que era momento de recuar, porém enquanto tentava se solidarizar com o boxeador que estava ao chão, o mesmo segurou sua perna com força, mesmo quase que nocauteado, ele parecia querer utilizar suas últimas forças para não deixar o mink sobreviver ao que seria aquela explosão, porém logo ichiji perceberia que aquilo nada mais era que um plano, mais ao fundo estava o outro capanga que havia sido dilacerado logo cedo pelo herdeiro dos Kachi, o mesmo parecia não ter mais fôlego ou forças para nada, arriscando o que seria sua última chama de vontade enquanto elevava uma pistola que o mesmo tinha apontando para Ichiji, o mesmo tremia, não firmava a mira, porém o outro capanga segurava a perna direita de Ichiji com força esperando pelo ataque do atirador, ambos tinham apenas mais um movimento antes de apagarem e parecia que eles já haviam escolhido como iria utilizar aquela chama.

Noskire
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 350x120
Créditos :
05
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Civil
Re: I - Uma dívida familiar Ter Maio 31, 2022 5:50 pm


Simbolo
Uma dívida familiar
Akane Nanami





Nada saía como o planejado, mas não podia dizer que era uma surpresa, pois isso já havia virado o padrão desde que havia desembarcado naquela ilha! Recuperando a pequena e a colocando na minha nuca, me levantaria e buscaria pela minha clava. — Se segura, pequena, só mais um pouco! — Recuperando a minha arma, iria até o lado de Erisha e assumiria novamente uma postura de combate. — De jeito nenhum irei lhe deixar para trás! Se formos para cair, cairemos juntas!

Apesar da fala, analisando rapidamente os arredores e vendo a situação do homem-gato, vi que ele estava numa situação ainda pior do que a nossa. "Homens…" Pensei e, embora sentisse quase uma dor física por fazer isso, diria à ruiva: — Segura eles por um segundo! — Me virando, desceria a clava na perna do homem caído, o mesmo que segurava a perna do mink, esperando que a dor o fizesse soltá-lo. — De nada! — Diria antes de correr de volta para onde estava Erisha. Caso o mink estivesse longe demais de onde estava, desistiria da ideia e o deixaria à própria sorte.

Já com Erisha, usaria da minha criatividade para juntar os dois objetivos — atacar e recuar — num único movimento e, ficando um passo atrás dela, diria: — Recua! — Caso ela não viesse logo, a puxaria pelo colarinho da sua armadura, jogando-a para atrás de onde estava. Com o provável avanço dos dois inimigos, giraria a clava num movimento exagerado a minha frente, mais para assustá-los do que para acertá-los de fato, embora não fosse achar ruim se jogasse-os longe. — HAYAAAH! — Gritaria para dar mais ênfase ao ataque e, conseguindo fazê-los hesitar ou recuar, seria a minha vez de recuar e deixar que Erisha segurasse os dois sozinhas. — Recua! — Gritaria para ela novamente, após fixar minha base e me preparar para acabar com qualquer um que entrasse em meu alcance.

Repetiria o processo até conseguirmos fugir ou até que a suposta explosão nos impedisse de continuar. Caso conseguisse acertar e nocautear um deles, gritaria para o outro: — Vai desistir ou quer morrer também?! — Na esperança que este fugisse que o traste do atirador inútil lá fora o capturasse!

Histórico
» Nome: Akane Nanami
» Profissão: Carpinteira
» Proficiências: Alvenaria, Arquitetura, Carpintaria, Doma e Marcenaria.
» Qualidades: Atraente (1), Criativa (2), Destemida (1), Matriarca (R), Prodígio (2) e Vigor (R).
» Defeitos: Exótica (R), Herança Genética (R), Indisciplinada (2), Inimiga (1), Misandria (R), Supersticiosa (1) e Vaidosa (2).
» Extras: Pequena cobra (Lienne) e Clava

» Posts: 10
» Ganhos: Roupas novas, Aprendizado Adestramento (post 4).
» Perdas: - x -
» NPC's: Erisha: Ruiva espadachim que caça piratas e parece interessante.
» Ferimentos: - x -


Objetivos
» Ganhar bastante berries
» Comprar um navio pequeno e abastecê-lo para viajar até a próxima ilha
» Aprender Adestramento e Escudista
» Conhecer o Kekzy
» Dominar o mundo
» Não morrer

Aventure-se!
agente


Última edição por Noskire em Qui Jun 16, 2022 5:51 pm, editado 1 vez(es)
Kekzy
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 53866911
Créditos :
07
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Kekzy
Narrador
Re: I - Uma dívida familiar Qua Jun 15, 2022 8:46 pm
Simbolo
Uma dívida familiar
Ichiji Kachi





Tão persistentes! Entendia o motivo deles terem trabalhado para a minha família. Essa era uma qualidade muito desejável nesse ramo, pena que erámos oponentes! — Tsk, é uma pena que tenhamos acabado assim, quando podíamos estar do mesmo lado! - comentaria. Era verdade, se eles tinham se oposto aos Kachi, tínhamos um objetivo em comum. Entretanto, para eles, eu ainda estava do lado dos Kachi, apesar de não estar. Quem diria que ao tentar golpear minha família, acabaria golpeando potenciais aliados. Hunf, ao menos não teria traidores ao meu lado. Era hora de cuidar da sujeira.

Uma pena! - prepararia a minha pistola para atirar a queima roupa no homem que segurava a minha perna. Todavia, logo notei que o outro também apontava a arma para mim. Droga! Muito persistentes! Grunhindo os dentes, me agacharia rapidamente, no fito de evitar o tiro, manobrando meu corpo como desse, mesmo com a perna travada. Ao mesmo tempo, dispararia um último tiro contra o homem que me imobilizava. Assim, ele soltaria minha perna e o caminho estaria livre para correr, o que faria imediatamente, usando meu braço de escudo contra novos possíveis disparos. Também tentaria me esquivar de um possível outro disparo me inclinando, mas não perderia tempo, o objetivo era sair dali, se saísse com um projétil no braço, mas com vida, estava no lucro!

Por óbvio, raparia o pé dali em seguida e tão logo possível, procurando uma cobertura para me proteger após sair do local, pois sabia que os escombros poderiam voar para as proximidades. — Aqui! Se proteja! - alertaria Akane e/ou Erisha. Seishin estava longe, de modo que acreditava estar a salvo e fora da área de efeito da explosão, mas se o avistasse gritaria para ele. — SE PROTEJA! - gritaria bem alto, para que escutasse.

Todo esse tempo contaria os trinta segundos mentalmente, precisos ou não, o importante era ter uma noção da passagem do tempo. Isso iria me dar um parâmetro para me certificar se era um blefe ou não. Se a explosão não acontecesse, imediatamente correria para a entrada/saída que julgasse estar desprotegida. Seishin conseguia dar conta da lateral. Erisha tinha entrado por um lado, Akane de outro. Se elas tivessem saído pelo mesmo local que entraram, todas as rotas de escape estariam guardadas, mas se não tivessem, eu supriria esse papel, entrando em combate novamente contra um possível fugitivo, com a mesma abordagem e golpes de outrora.

Por fim, acontecendo a explosão, me recuperaria do abalo, me aproximando dos escombros em busca dos corpos. — Vamos reuni-los aqui do lado de fora e vemos o que fazemos com eles. Será que algum sobreviveu? - indagaria. Após possivelmente reunir os corpos, procuraria alguma coisa para cobri-los. — Você tem uma boa relação com a marinha, é melhor você explicar o que ocorreu, afinal eles que te contrataram indiretamente - sugeriria a Erisha. Apesar dos Kachi estarem por trás disso, como tinha escutado, a marinha que tinha intermediado a caça ao contatar a caçadora de recompensas. — É uma pena, a cabeça deles valeriam mais se tivessem vivos - comentaria, para as eventuais casualidades, lambendo a palma da mão enquanto sentaria ou me escoraria em algum lugar. Hmmm, quão bom era resolver tudo, sentiria uma enorme satisfação em completar aquela jornada.

Passaria as próximas horas ou dias resolvendo as pendências relacionadas à recompensa, o que faria junto aos demais, principalmente Erisha, por já ser uma caçadora de recompensas oficial. Aproveitaria a oportunidade para aprender com ela. O que mais me interessava nisso tudo era que tinha me aproximado dela e, também, do dinheiro que esperava ganhar. — E então, quanto ganhamos nisso? - questionaria, com os olhos crescendo em cifras, já de olho em minha parte. Tinha sido uma empreitada intensa, e eu estava pronto para mais!


Controle


Personagem: Ichiji Tekina Kachi
Nº de Posts: 20

Profissão: Arqueólogo.
Proficiências: Avaliação, Criptografia, Disfarce, História e Investigação.

Qualidades: Garras e Presas, Furtividade Natural, Idioma Silvestre, Mestre em Haki [Inativo], Prodígio e Audição Aguçada.
Defeitos: Preconceito, Atípico, Sensível ao Calor, Forma Sulong, Dívidas, Inimigos, Paranoia e Vaidoso.

Ganhos: B$ 30.000; Perícia - Sociologia (Post 14).
Perdas:

NPC's: Erisha Ergarth, Salvatore Nava, Rosa Nista, Seishin Kashu, John Dillinger.

Código:

[b]Erisha Ergarth:[/b] Conheceram-se por meio de Seishin, pois é amiga dele. Atualmente tenta se aproximar da ruiva e médica por interesse, uma vez que ela é a sua ponte para Rosa Nista. Concordou em fazer uma caçada com ela por ser um bom negócio, mas não confia nela, atento para caso ela passe a perna nele.

[b]John Dillinger:[/b] Um golpista que passou a perna em Ichiji, nutre raiva por causa disso, mas simpatiza com o homem sonhador que perdeu o seu lugar na família Nava, assim como o próprio rapaz perdeu o seu na família Kachi. Por isso dá um desconto a ele, ainda que queira revidar de alguma forma o golpe que sofreu - significa que pegará mais leve com ele.

[b]Rosa Nista:[/b] Uma ruiva incomparável, que passa a sensação de rosa recém colhida. Só a viu de relance e não possui relação com ela, mas precisa se aproximar dela para cumprir uma tarefa do Salvatore Nava.

[b]Salvatore Nava:[/b] O chefão de Sirarrosa, bastante carismático e igualmente perigoso. Possui uma conversa leve e convincente, o que deixa Ichiji bastante desconfortável, pois sabe que as palavras cuidadosamente escolhidas podem esconder as intenções. Está tentando se aproximar do homem para conseguir dinheiro, mas talvez não tenha sido uma boa escolha. Tem bastante receio dessa relação.

[b]Seishin Kashu:[/b] Um rapaz loiro que o ajudou em um momento difícil. É a sua ponte para Salvatore Nava. As circunstâncias os aproximaram bastante, mas ainda permanece a barreira da desconfiança pela relação ser nova. Bons parceiros que se ajudarão, mas sem se comprometer por completo.



Extras: Compulsivo [5/10] -> [0/10]


Off

Tive que dar uma repetida no post pra poder finalizar direitinho



Sorria!
agente

   


Mizzu
Imagem :
I - Uma dívida familiar - Página 4 TWCgYuI
Créditos :
59
Localização :
West Blue - Reino de Illusia
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Mizzu
Civil
Re: I - Uma dívida familiar Dom Jun 26, 2022 1:19 pm


Já era noite, a luta dentro daquele entreposto entrava em seu ápice, faltando apenas mais 15 segundos para aquela explosão realmente acontecer o trio de aventureiros ainda estavam dentro do estabelecimento, até que Seishin percebeu que estava quieto demais para ele estando de fora do lugar, e ao se aproximar um pouco mais da entrada da exposição, o trio saia rapidamente em conjunto como se estivessem sido expulsos, o susto que o jovem loiro levou foi tanto que o mesmo quase que disparou contra o grupo, porém logo atrás uma dupla de espadachins estava na perseguição do trio, mas logo eram contidos com dois disparos de fuzil na direção dos mesmos que os faziam dar um pequeno passo para trás como forma de esquiva, e essa foi a cova deles, o entreposto desabou.

~Seishin ajude aqui!~ Disse Erisha enquanto havia sido arremessada para um pouco mais longe da entrada após a explosão, não só ela quanto também Ichiji e Akane. ~ O que aconteceu lá? ~ Perguntou o loiro, porém apenas era respondido com uma resposta fria e rápida da ruiva. ~ Não precisava você atirar naqueles dois, eles já haviam se rendido, agora a recompensa por eles vai ser menor! Veja se ainda tem algum vivo pelos escombros eu vou cuidar desses dois! ~ Disse a médica que mesmo machucada seguia para auxiliar a dupla de novatos, dupla essa que estava bastante machucada, com cortes, inchaços e arranhões, porém nada tão letal.

Após alguns minutos o loiro retornava informando que não havia nenhum sobrevivente, assim entristecendo aquele grupo que sabia que iria receber menos por todo aquela caçada. ~ Tenha calma, eu vejo o que faço. ~ Disse Erisha tentando responder o jovem mink. ~ Consegue retirar os corpos dos escombros? ~ Perguntou a ruiva para o loiro, porém logo era respondida com um gesto negativo. ~ Merda! ~ Bradou ela enquanto ainda com dificuldades se levantava e seguia para os escombros dos lugar. Após avistar um saco de lixo que estava proximo ao lugar, a mesma teve uma ideia um tanto que inusitada, e quando o grupo menos esperava a mesma vinha com um saco bastante cheio, como se estivesse levando varias bolas para um treino de futebol. ~ Não tive outra escolha os corpos estavam presos! ~ Disse sem muita emoção ou empatia, realmente a caça era algo que movia a mesma mudando até sua personalidade em alguns momentos.

O saco estava agora com Seishin, enquanto o trio machucado tentava se reerguer, eles seguiam para o posto central da marinha fazendo assim a ruiva adentrar ao mesmo com aquele saco, antes é claro pegando algumas informações da dupla de prospectos a caçadores de recompensa. Alguns minutos se passaram e a mulher voltava com três envelopes fechados, entregando para cada um o devido envelope, a mesma dava uma respirada longa enquanto cheirava o envelope que estava em sua mão. ~ Pronto, caçada feita! Aqui estão a parte de vocês quanto a recompensa, como falei eu sempre dou meu jeito, 5 milhões para cada, agora eu vou gastar meu dinheiro ~ Disse enquanto começava a caminhar para o que seria o local mais movimentado e luminoso da ilha. ~ Seishin, leve esses dois para algum posto médico, acho que eles devem ter uma atenção a mais quanto aos ferimentos. E outra! Agora vocês dois são oficialmente Caçadores de recompensa, cadrastei suas informações no posto da marinha!~ Falava ainda de costas enquanto acenava com a mão dando xau, ela so estava usando o grupo para realizar seus interesses que era caçar.

aval: