Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
II - Today, We continue our lives together under the same roofHoje à(s) 7:23 pmpor  ScyllaO Bando da Rainha CaolhaHoje à(s) 7:08 pmpor  OniI - Hoist the Colours!Hoje à(s) 6:59 pmpor  John SilverOperação FireflyHoje à(s) 6:31 pmpor  WeskerIII - Death or ParadiseHoje à(s) 5:16 pmpor  Lyosha[P.D.N] Liu Feng - Marciano aceitou narrarHoje à(s) 4:33 pmpor  Jean FragaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 4:27 pmpor  SubaéCriação de AventurasHoje à(s) 4:23 pmpor  SashaI - Anjo CaídoHoje à(s) 4:20 pmpor  SashaLiu FengHoje à(s) 3:22 pmpor  Jean Fraga
Página 1 de 2 Página 1 de 2 1, 2  Seguinte
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Onde Nascem os Sonhos Qui Mar 10, 2022 2:15 pm
Onde Nascem os Sonhos

Aqui ocorrerá a aventura do(s) Agentes Gar Wampus.. A qual não possui narrador definido.


Última edição por Sasha em Sab Mar 12, 2022 8:17 pm, editado 1 vez(es)

_________________



Onde Nascem os Sonhos WN4Utd7

Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Sex Mar 11, 2022 8:28 am
Gar arregalou os olhos, surpreso, e depois substituiu a expressão estupefata por um imenso sorriso brilhante. Maxuell havia acabado de lhe promover como inferência de suas três missões bem-sucedidas, e agora o felino era oficialmente um agente pleno cuja responsabilidades haveriam de aumentar; mas, principalmente, o dinheiro que ele viria a receber provavelmente se duplicaria – e para alguém tão apaixonado por cédulas quanto ele, isso era tudo que importava.

Valeu, senhor Max. – Agradeceu pouco antes de ser informado de que não perderiam muito tempo pelas pradarias extensas de Hasagt Altai. Gar não se importava, no entanto; havia se interessado pelas criaturas curiosas que pareciam viver naquela região, mas aventurar-se pelo mar lhe parecia divertidamente mais desafiador. – Para onde vamos? – Perguntaria ao seu superior, caso surgisse a oportunidade.

Desta forma, aproveitaria o breve descanso para refrescar-se com um pouco de água, se por ventura houvesse como fazê-lo, e subsequentemente se manteria a postos para executar as tarefas que lhe fossem delegadas; com zelo, tentaria desamassar o seu uniforme, caso fosse necessário, e ajeitaria a gravata a fim de sustentar ar organizado, procurando apresentar-se bem para quem fosse adiante na próxima missão.

Garfield estava agora na Grand Line, mas ele ainda pertencia à CP 3; isso significava que, apesar da sua recém promoção, ele se manteria, por algum tempo, nos degraus inferiores da hierarquização da organização.

Paradise estava sob a jurisdição da CP 5, portanto caberia a ele se manter diligente frente às ordens desses terceiros. Perguntou-se se seguiria com Maxuell até o próximo destino ou se uma nova figura surgiria para comandar a sua próxima empreitada.

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
nada a declarar.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 01.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.


ganhos:
  1. n/a.

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”;
adquirir proficiência “mecatrônica”;
obter informações sobre mika.
onde nascem os sonhos e o tempo nunca é planejado
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 9:39 pm


Gar - O Jovem Místico




O rapaz naquele momento agradecia para a figura superior e lhe questionava o destino ao qual lhe era esperado. A resposta dele era algo bem simples enquanto Gar ajustava seu uniforme desfazendo alguns amassados no processo.-Faremos uma viagem muito longa, recebi ordens pelo Den Den Mushi, para guiarmos esse container até Cactus, uma agente a mais irá conosco, sendo ela a responsável por essa missão.- comentou ele sobre a possível existência de mais um membro naquela empreitada.

Ele então começava a explicar como as coisas iriam ser e também já se organizava ali, ajustando a gravata, relógio e tirando o lenço do bolso que ele usava para tirar o suor de sua própria face, o dobrando e guardando ali denovo.-A agente que comanda a missão embarcou a alguns minutos atrás. Ela pode ou não entrar em contato conosco, mas devemos manter atenção. Nosso trabalho aqui é ficar de olho no container. Teremos de fazer muitas paradas e essa viagem vai durar em média dois meses.- comentou ele enquanto novamente o barco começava a se movimentar.

A partida era dada e com isso, eles estavam novamente em uma missão de viagem, o mundo os esperava então, era importante que eles fizessem todos os movimentos corretos e tivesse entre si alguma sinergia em suas obrigações.-Como antes vamos alternar em turnos de 4 horas cada durante o dia e 2 horas cada durante a noite. Assim podemos manter eficiência, mas também ter um tempo para relaxar.- Em resumo muito pouco tinha mudado naquele tempo, era algo simples e que até então não havia se mostrado um problema, porém isso não era desculpa pra baixar a guarda.

A brisa oceânica agora era uma delícia, Gar podia sentir aquela boa sensação de não estar mais em ilhas quentes, sua pele agradece, o vento tava realmente bem gostoso, a ponto de balançar os pelos do felino e os cabelos de Max. Tudo parecia correr perfeitamente nesses primeiros instantes de viagem.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 9:59 pm
Garfield não imaginou que a sua missão seria guardar um container ao longo de extensos 2 meses, razão que se traduziu em sua face como uma expressão de espanto. Perguntou-se o que haveria de ter dentro dele, e cogitou a possibilidade de tentar investigar; certaria surgiria a oportunidade de espiar em algum momento durante a viagem.

Não obstante, por enquanto ele estava mais interessado em descobrir quem seria a agente responsável pela missão. Maxuell havia-o alertado de que a estranha já estava entre eles, embora ela obviamente não fosse dada a apresentações formais; sequer havia aparecido para cumprimentá-los, o que deixou o felino ainda mais curioso.

Decidiu que, tão logo surgisse uma conjuntura oportuna, ele vasculharia a embarcação sob seus pés a procura da desconhecida, decidido a ignorar qualquer desejo de solitude em nome da boa e velha socialização. À luz da verdade, Gar era um serzinho demasiado tímido, mas ao mesmo tempo exageradamente curioso; por isso tendia a agir por impulso, antes que um turbilhão de seus pensamentos o congelasse no espaço.

Dessa forma, no momento em que lhe fosse outorgado um de seus preciosos intervalos, ele se aventuraria pelo navio a procura de novidades, botando-se de ponta cabeça como era do seu feitio, e se moveria por aí numa de suas práticas mais excêntricas. Gar sabia que, daquela forma, ele conseguiria fortalecer o seu braço esquerdo – já que depositaria todo o seu peso em suas mãos –, o que provavelmente deveria melhorar um pouco as suas habilidades com ele.

Outrossim, tão logo seus braços se cansassem excessivamente, inferindo em desequilíbrios ou forçando-o a parar o treinamento, o mink trocaria o exercício por um outro tão exótico quanto; com a perna direita flexionada para trás, o pé colado em se quadril, seguro em suas mãos, ele, literalmente, se deslocaria dando pulinhos de um lado para o outro, obrigando seu lado esquerdo a se desenvolver com mais precisão. Quando caísse, levantar-se-ia com naturalidade e repetiria a atividade, ignorando olhares ou possíveis julgamentos de transeuntes.

Faria os exercícios alternadamente ao longo dos descansos, aliando a atividade às buscas pela agente desconhecida que, ele imaginou, não deveria estar se escondendo dos demais tripulantes. Mesmo assim, resolveu que fingiria tê-la encontrado por acaso, caso viessem a se esbarrar em uma de suas rondas, dissimulando um semblante surpreso no ato.

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de treinar ambidestria.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 02.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. n/a.

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”;
adquirir proficiência “mecatrônica”;
obter informações sobre mika.
onde nascem os sonhos e o tempo nunca é planejado
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 10:30 pm


Gar - O Jovem Místico




O rapaz havia visto até onde sua curiosidade poderia lhe levar, um container, e até mesmo, a uma misteriosa mulher, mas naquele momento sua única técnica para chegar até isso era perambular. Em um primeiro momento isso funcionava, ele caminhava sobre as mãos enquanto ia passeando.

Mesmo que não tivesse encontrado ela, ele treinava seu braço opositor. Aos poucos sua vagabundagem dava frutos. Onde ele podia ver uma das portas abertas, daquelas que ele não pode entrar, ele via um rapaz lá dentro, esse parecia bem apessoado.

Seus cabelos eram de coloração prateada, e ele vestia roupas de serviço, usava um macacão de forja, e um avental, ele estava com algo azul sobre a mesa, um desenho que parecia montar algo complexo naquele momento. Tudo indicava que se tratava de um projeto de arma ou coisa similar.

Ali dentro era com toda certeza a forja do barco, ele via martelo e bigorna ali, e também a caldeira, foles, e vários outros instrumentos, era bem mais apertada que a do Quartel que ele tinha visto antes. Mas ela parecia ter também instrumentos mais adequados no fim das contas.

A sala era bem rústica, e tinha uma aparência diferente para aquele barco, a questão era que, ali parecia ter sido preparado para ser um ambiente que acabaria sendo submetido a constantes sujeiras. Claro, ainda era bonito, o candelabro no teto tinha um formato retangular, parecendo as lanternas de Kano, era bem diferente, talvez algo do homem ali dentro.

O piso era de madeira bem grossa provavelmente pra aguentar as quedas dos martelos, e coisas do tipo, mas também pra facilitar o conserto, seria muito mais complicado consertar cerâmica, ou cimento, ou mesmo o barulho que o metal faria nessa situação. A sala parecia ter bom isolamento acustico, o que explicava Gar até então nunca ter ouvido nada vindo dali.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 10:43 pm
Ele se movia sobre as suas mãos com cada vez mais habilidade, plantando bananeiras aqui e ali para forçar o desenvolvimento de sua destreza com o corpo todo. Garfield estava empenhado em aprimorar a sua ambidestria, portanto lhe parecia razoável esforçar-se a cada pequena janela que conseguisse em seu tempo curto.

Arrgh! – Exclamou de repente ao perder o equilíbrio, rolando pelo chão. Sentia as fibras de seus músculos doerem como inferência da prática repetitiva, ciente de que seus braços, especialmente o esquerdo, exigiam um descanso necessário para recuperar as suas forças; por isso aproveitou o momento para trocar o exercício uma vez mais, puxando a sua canela direita para trás, apertando-a contra a coxa num aperto firme.

Moveu-se pelos corredores luxuosamente ornados do navio sem deter um destino certo, limitando-se a passear por aí como se não fosse mais do que um mero turista exageradamente espalhafatoso. Gar não se importava com o julgamento de terceiros; pelo contrário, sorriria simpaticamente para qualquer transeunte com que cruzasse, fingindo não ouvir possíveis comentários maldosos e não ver olhares discriminatórios.

Não obstante, não demorou para que o novo exercício resolvesse cobrar o seu preço, e o felino sentiu o quadríceps queimar internamente como resultado do esforço. Gar entendeu que o músculo havia fatigado, e que não demoraria para que cedesse tal como acontecera com seu braço. Mesmo assim ele insistiu, instigando suas fibras até a falha, e só parou quando a gravidade agiu sobre seu corpo, puxando para baixo numa queda esperada.

Ainda não está bom. Preciso insistir mais. – Concluiu em voz alta, perfeitamente ciente de que não poderia se contentar apenas com metade de um resultado. Obrigou-se a se por de pé uma vez mais, disposto a reiniciar o treinamento o quanto antes, mas finalmente se deu conta de onde havia ido parar.

Não muito longe de onde estava, ele avistou um portal entreaberto por onde vazava uma cascata de luzes quadriculadas. Gar inspirou profundamente, procurando sentir os aromas que viriam lá de dentro, e rapidamente reconheceu o cheiro característico do ferro e do carvão; o mesmo que havia sentido em Sirarossa, quando Estela lhe ensinara a arte da forja.

Curioso como era, ele se deslocou naquela direção, trocando passos silenciosos como consequência de sua furtividade natural; esgueirou-se para o interior, movendo-se pelas sombras, e posicionou-se onde ele acreditava ser o ponto cego do homem que encontrara no cômodo. Estudou-o por um momento, observando seus cabelos de prata e as suas roupas grossas, satisfeito por agora conseguir avaliar a qualidade do tecido.

–  O que cê tá fazendo? – Perguntaria de supetão tão logo seus olhos deitassem sobre o material azul disposto à frente do estranho. Usaria a sua visão privilegiada para estudar os desenhos, procurando identificar os detalhes que pudessem denunciar o tipo de projeto que viria a ser aquele. – É uma arma? – Perguntaria, genuinamente interessado e pouco preocupado se viesse a soar demasiado invasivo.

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de treinar ambidestria.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 03.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. treino de ambidestria » post 02;

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”;
adquirir proficiência “mecatrônica”;
obter informações sobre mika.
ONDE NASCEM OS SONHOS E O TEMPO NUNCA É PLANEJADO
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 11:23 pm


Gar - O Jovem Místico



O garoto era insistente em seu treino, e quando ele via estar cansado acabava por insistir em continuar, realmente era dedicado aquilo aparentemente. Mas não se tratava apenas do treino quando ele se movia pelo barco, o ponto principal, era o rapaz de cabelos prateados.

Ele não demorou para ver que ele fazia algo diferente, e indagar do que se tratava, a princípio o homem ali dentro fez uma expressão de surpresa ao ver o felino perguntar algo daquele grau, o que fazia o rapaz entender que ele tinha algum conhecimento no assunto, mesmo que talvez básico.

Então um sorriso se formou no rosto dele, até porque ele parecia interessado no rapaz, afinal, nem sempre dava pra se conversar sobre criação de armas, ou fazer projetos, e além de tudo Gar não parecia alguém ofensivo, sua aparência comprava alguns pontos facilmente ali.

Então recebendo o garoto ali ele falava.-Sim, quer ver mais de perto? Venha cá.- E ele deixaria que o rapaz se aproximasse e visse os detalhes, era uma blueprint, com diversos detalhes e mecanismos, aparentemente separados, cada um deles era um projeto. E juntos eles formavam um conjunto que parecia um tipo de manopla, mas com canhões nos dedos, algo assim.

Ele então explicava os detalhes de cada parte, começando pelo tubo e por um componente estranho em formato de concha.-Vê isso aqui, essa parte é a responsável por ligar todos esses tubos, o tubo maior encaixa na parte de baixo perto do pulso, e ele distribui calor pra manopla por eles.- explicou ele sobre a primeira parte que estava ali, era realmente interessante mas não tanto quanto o que vinha depois.

Aquela informação iria ser algo novo para Gar, pois talvez ele não tivesse conhecido aquela tecnologia. E empolgado o homem de cabelos prateados logo começava a falar sobre o assunto novamente.-Mas você deve estar se perguntando o que gera o calor? É essa belezinha aqui essa concha é um Dial, mas especificamente um Heat Dial, bem, eu ainda não tenho ele então… Eu teria de conseguir um. Mas com apoio da CP provavelmente não vai ser difícil, só devo ter de pagar o preço de obtenção. - Terminava ele de explicar essa parte, finalmente chegando a o funcionamento final dessa tal manopla.

Ele começava a falar logo assim que completava a história do Dial.-Então ela serve pra duas coisas esquentar a manopla, e soltar rajadas de vapor quente pelos dedos, é uma forma de melhorar um pouco mais ela.- Terminou de explicar todo o funcionamento agora, o que poderia levar o rapaz a imaginar que essa era a Tal mecatrônica, que sua antiga tutora de forja falava.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Sab Mar 12, 2022 11:54 pm
Os olhos de aquamarine se mantinham deitados sobre o desconhecido, alternando entre ele e a curiosa peça azulada à sua frente, sempre interessados. Garfield se atraia facilmente pelo que não conhecia, por isso se aproximou de imediato quando assim fora convidado a fazê-lo. Alheio a qualquer sinal de possível perigo, ele desconfiava que o rapaz ao seu lado não lhe representaria qualquer problema, razão que o permitiu abaixar a guarda para se dedicar exclusivamente ao que lhe era falado.

Foi com felicidade e esmero que Gar escutava o monólogo do cidadão, atento a cada uma de suas palavras como se elas estivessem revestidas de ouro. Mais que isso, o mink notou a empolgação repentina do rapaz frente à oportunidade de dissertar sobre o assunto, e Garfield se sentiu alegre por isso; ele adorava ouvir pessoas falarem sobre coisas pelas quais elas são apaixonadas, pois sentia que isso aquecia seu coração.

O estranho fez questão de lhe explicar minuciosamente cada peça, função e engrenagem dos detalhes de sua projeção, exemplificando conceitos, tecendo hipóteses, falando de probabilidades que Garfield nunca antes havia ouvido falar. Mas o gato entendeu, ainda assim, sobre o que se tratava o conceito geral do assunto abordado, e abriu um sorriso largo com a ideia que lhe saltou da cabeça.

Isso é mecatrônica, né? Por que não me ensina isso? – Perguntaria, expondo uma personalidade tão afoita quanto à do seu interlocutor; Garfield pretendia demonstrar todo seu entusiasmo genuíno ao tratar da possibilidade, na tentativa de convencer o outro a lhe passar seus conhecimentos. – Eu sei um tanto sobre metais e tecidos, mas é a primeira vez que me esbarro com conceitos tão complexos. Seria maneiro demais aprender esse negócio.

Deixou então que seu olhar caísse sobre o projeto, analisando-o profundamente; parecia ser uma manopla cuja finalidade era de fato o combate, mas usava um artifício ainda estranho para Gar. Observou os detalhes, procurando entender como se encaixava o Dial naquela conjuntura, e então voltou-se novamente para o homem ao seu lado.

Esse lance de soltar vapor pela arma é muito massa. Eu realmente quero aprender a fazer algo assim. – Insistiria, determinado a fazer com que o desconhecido cedesse, caso ele viesse a demonstrar alguma resistência. Igualmente, se Garfield fosse capaz de convencer o rapaz a ensiná-lo, ele iniciaria os estudos sobre o assunto imediatamente.

APRENDIZADO: MECATRÔNICA

Obtendo a concordância do sujeito, o gato se manteria atento aos ensinamentos que lhe seriam passados. Ouviria diligentemente todos os ensinamentos teóricos, tomando notas mentais de tudo que julgava ser importante para a ocasião. Ao lado do homem, ele o acompanharia manusear algumas peças pelo ambiente enquanto se mantinha interessado nas explicações, repetindo os movimentos que lhe seriam ensinados sempre que assim lhe fosse permitido fazer.

–  Tem alguma lógica para a escolha de peças? – Perguntaria, curioso, enquanto observaria o instrutor montar um projeto mais simples como demonstração, procurando manter os dedos ansiosos sob controle. Decerto Gar estaria disposto a fazer algo por conta própria, mas igualmente estaria ciente de que ele ainda não detinha as habilidades necessárias para isso.

Por isso ele se manteria resguardado ao seu papel de aprendiz, acompanhando todo o processo através dos discursos de quem lhe ensinava, e só se permitiria iniciar um projeto quando o seu professor o julgasse apto. Desta forma, quando recebesse autorização para tentar reproduzir tudo que lhe era ensinado, ele assim o faria, avançando gradualmente a fim de evoluir adequadamente.

Acho que preciso de uma pausa. – Anunciaria em meio ao processo, lembrando-se de que ainda detinha uma missão a cumprir dentro daquele navio. – Eu tenho que trabalhar, sabe? Preciso vigiar um container que tá aqui no barco. Você se importa se eu voltar um pouco mais tarde para gente continuar? – Inquiria tão logo explicitasse a sua situação. Garfield não detinha precisão temporal suficiente para determinar quanto tempo havia se passado desde que chegara àquele ambiente, mas sabia que, provavelmente, precisaria retornar para as suas funções imediatamente.

Talvez você possa me emprestar algum livro para eu estudar um pouco enquanto isso... – Sugeriria, esperançoso. Pegaria o livro e deslocar-se-ia até o container, onde o folhearia a fim de absorver um pouco mais dos conhecimentos teóricos; mas se não o obtivesse, ele repassaria mentalmente tudo que havia aprendido até então, procurando fazer novas conexões dedutivas a fim de chegar com ideias autoriais para apresentar ao seu professor no turno seguinte.

Voltaria então para a forja do navio a fim de continuar a aprendizagem, dedicando-se à mecatrônica durante todos os seus intervalos. Garfield haveria de entender que aquela disciplina exigiria longos dias para ser inteiramente compreendida, e mais alguns outros para que fosse capaz de aplicá-la perfeitamente em criações práticas.

APRENDIZADO FINALIZADO

Muito obrigado por tudo que me ensinou. – Agradeceria quando finalmente percebesse ter extraído todo o conhecimento possível do rapaz. – Mas ainda sinto que tá faltando algo, sabe? Tipo, tem uns conceitos que eu ainda não entendi muito bem, e parece que ainda há um montão de cálculos que eu ainda não sou capaz de fazer. Tá difícil prever o resultado de algumas coisas...

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de aprender mecatrônica.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 04.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. treino de ambidestria » post 02;
  2. treino de ambidestria » post 03;

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”;
adquirir proficiência “mecatrônica”;
obter informações sobre mika.
ONDE NASCEM OS SONHOS E O TEMPO NUNCA É PLANEJADO
cactus

_________________

Morgan
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 7:52 am


Gar - O Jovem Místico



Gar apesar de não entender toda a profundidade da conversa, ele parava pra pensar sobre aquele assunto, era algo que não dava pra deixar apenas passar então ele logo questionou sobre aquilo querendo saber se se tratava de mecatrônica. -Sim, posso te ensinar eu uso a mecatrônica pra poder projetar, mas também uso física, para poder ajustar o sistema corretamente.- e com isso o aprendizado começava, era um aprendizado complicado, pois eram muitos pequenos detalhes a se aprender, sendo que o rapaz lhe emprestou até mesmo um livro para que ele conseguisse fixar o conteúdo.

Levava três horas até que Gar conseguisse absorver a base do que lhe foi passado. Então ele mesmo percebeu que algumas coisas estavam faltando naquele aprendizado, provavelmente era a tal da física, algo que rapidamente o moço de cabelo prateado começou a explicar.-Pra isso eu preciso te ensinar mais alguns conceitos. Digo, Física nesse caso.- disse ele fazendo uma pausa e colocando outro livro na mesa, onde ele mostrava algumas ideias para o garoto.

Então introduziu o conceito básico para o rapaz, do que se tratava.-Em síntese eu uso a fisica para prever como objetos vão se comportar em determinadas situações, claro, saber o deslocamento de uma massa de ar, tendo seu ponto de partida e um referencial, é um exemplo disso.- então ele mostrava no livro um exemplo que falava sobre velocidade e vetores, e mostrava a o funcionamento da gravidade, em um cenário onde uma bola era solta em uma ladeira, ela vai rolar, por consequência.

Então ele completava o assunto após mostrar o livro e algumas imagens.-Então a física é isso, entender como o mundo funciona, tanto na teoria, como atravez de calculos praticos. Está pronto pra aprender mais sobre isso?- ele parecia realmente empolgado com o assunto, analizando o que se tratava aquela situação, Gar podia embarcar em mais uma jornada pelos livros.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 8:45 am
Garfield conseguia absorver perfeitamente os ensinamentos que lhe eram passados, dedicando-se exaustivamente a todos os pormenores inerentes à mecatrônica. Investigava profundamente cada instrução que lhe era passada, aproveitando-se ao máximo de seu instrutor para preencher todas as lacunas que ainda existiam em seu conhecimento. Infelizmente, as limitações de Gar ainda eram demasiadamente evidentes frente ao assunto em que trabalhavam, mas o rapaz de cabelos platinados pareceu identificar imediatamente o que faltava lhe ensinar.

Física? Acho que já ouvi falar. – Comentou, pensativo, enquanto escutava diligente as explicações de seu instrutor. Mantinha afinco sobre as tarefas que já dominava, conectando fios, apertando parafusos, juntando peças a fim de montar pequenas máquinas de funcionalidade simplória. – Bom, bora lá estudar mais um pouco sobre isso então.

APRENDIZADO: FÍSICA

Atento ao objeto que se encontrava nas mãos de seu professor, o felino acompanhava o longo dedo do homem deslizar pelas escrituras contidas no livro, ouvindo atentamente cada explicação minuciosa que lhe era outorgada durante o processo. Havia fórmulas e cálculos que o ajudariam a prever as relações basilares que regiam o mundo, ao mesmo tempo que o permitiriam interpretar causas e feitos a partir da teoria contida na física clássica.

Procurava entender os conceitos inerentes a assuntos como ondulatória e termodinâmica, explorando profundamente o teor dos livros que lhe eram apresentados. Vez ou outra, indagava seu instrutor sobre conteúdos que não conseguia compreender perfeitamente, tirou duvidas pontuais enquanto procurava aplicar o que aprendia ao que já dominava dentro da mecatrônica.

Garfield não saberia dizer quanto tempo se passara desde que se debruçara sobre os alfarrábios, mas tinha consciência de que haveria de ter passado – pelo menos – algumas horas. Cedo ou tarde, precisaria retornar uma vez mais à sua missão, uma vez que seu intervalo não era eterno. Pediria novas pausas ao seu instrutor, onde se retiraria temporariamente das forjas em busca de suas obrigações e retornaria repetidas vezes até que adquirisse um bom domínio sobre o que havia se proposto a estudar.

APRENDIZADO FINALIZADO

Não acredito em tudo que aprendi com você. – Proferiria por fim, fechando o livro à sua frente. Voltar-se-ia ao homem ao seu lado e faria uma mesura respeitosa para ele, curvando-se exageradamente a fim de demonstrar o quão grato estava pelo tempo que o estranho havia despendido naquele aprendizado. – Você não precisava me ensinar, mas mesmo assim cê topou. O que posso fazer para te agradecer?

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de aprender física.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 05.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. treino de ambidestria » post 02;
  2. treino de ambidestria » post 03;
  3. aprendizado: mecatrônica » post 04;

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”;
adquirir proficiência “mecatrônica”; ✗
obter informações sobre mika.
ONDE NASCEM OS SONHOS E O TEMPO NUNCA É PLANEJADO
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 10:51 am


Gar - O Jovem Místico



O segundo aprendizado era um pouco mais tranquilo que o primeiro, apesar de também ter um alto grau de complexidade, os conhecimentos adquiridos até ali ajudavam Gar a conseguir resultados. No fim, depois de todo aquele tempo gasto ali, o felino se sentia bastante grato pelo que aprendeu e não exitou em demonstrar isso, agradecendo e se curvando.

O homem de cabelos prateados se surpreendeu com aquilo, ele não tinha chegado a muitas conclusões como aquela, onde a pessoa que aprendia se mostrava tão grata, ele não sabia exatamente como reagir, então ele por alguns segundos apenas contemplou a situação retomando a compostura.

Ele logo dizia.-Bem, hoje eu te ajudei e amanhã pode ser você a me ajudar, sabe uma mão lava a outra. Não tenho nada em específico que eu deseje, mas tenho certeza que quando ajudamos alguém um dia esse favor volta pra gente.- ele dizia isso exibindo um sorrisão no rosto, parecia realmente animado com o que tinha acontecido.

Ele então prosseguiu falando sobre o assunto.-[color=orange]Sempre é bom ter pessoas no governo que se interessem em projetar armas melhores, e criar objetos incríveis. No fim todos ganhamos um pouco não acha? Um dia tenho certeza que vai me retornar esse favor[/collor]- disse ele piscando o olho para o rapaz em um gesto de confiança naquele momento afinal conhecimento é uma arma, e pode ser usada pra todo tipo de coisa.

Nesse momento Maxuell era quem aparecia por ali, chegando pela porta à procura de Gar.-E aí garoto. Tá no seu turno agora, vim te procurar. Preciso de você atento no container, tenho uma ligação importante.- Disse ele com seriedade em relação ao rapaz naquele instante. Parecia que a troca de turnos dessa vez realmente tinha algum sentido de urgencia.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 11:21 am
Havia algo no homem que despertava o interesse de Gar; ele detinha um jeito sereno e compassivo, demonstrando nada além da mais pura boa vontade em ajudar o próximo. Garfield achava tal fato curioso; vindo da rua e convivendo diariamente com a agressividade, o felino havia aprendido a ser oportunista por natureza, mas à sua frente se encontrava uma pessoa genuinamente boa cuja explicação para o auxilio parecia ser o mais puro altruísmo.

Pó’deixar que eu vou fazer tanta coisa bacana, que você vai ouvir falar de mim por muito tempo. – Proferiu num gesto presunçoso. O mink riu gostosamente, divertindo-se com a própria piada, e balançou a longa cauda de um lado para o outro. – Então eu fico te devendo uma. Me mande uma mensagem se precisar de ajuda para conseguir o tal do dial. – Continuou, sem deixar claro como ele poderia ser útil nesse sentido.

Não obstante, pouco tempo depois fora a vez de Maxuell surgir pelas fornalhas, anunciando o próximo turno do felino. Garfield o fitou com seus grandes olhos aquilinos, intrigado com a situação; aquela era a primeira vez que Max se dava ao trabalho de ir buscá-lo para o trabalho, o que demonstrava certa ansiedade até então não compartilhada. Haveria de ter acontecido alguma coisa, Gar deduziu, por isso se pôs a segui-lo imediatamente para onde guardavam o container.

Virou-se uma última vez para se despedir de quem tanto havia lhe ensinado, e olhou uma última vez para o ambiente em que passara tantos dias; a grossa madeira que revestia o chão, o candelabro opulento suspenso sobre suas cabeças, que derramava luzes bruxuleantes por todos os lados, e o calor das fornalhas que agora lhe era tão familiar. Garfield entendeu que levaria boas memórias daquele lugar pelo resto de sua vida.

Aconteceu alguma coisa, senhor? – Indagaria à Max se por acaso ficassem sozinhos, demonstrando ao mesmo tempo curiosidade e preocupação. O gato havia aprendido a se importar com o seu superior como inferência de tantos meses de convivência, e lhe parecia natural expor certo cuidado perante ele. – Há algo que eu possa fazer?

Aguardaria diligentemente para atender aos pedidos de Maxuell, se assim lhe fosse requisitado. No entanto, caso recebesse negativas para seus questionamentos, ele assentiria e se concentraria no seu serviço, colocando-se ao lado da grande caixa metálica que deveria proteger. Outrossim, como se manteria naquela mesma situação por um longo tempo, Gar aproveitaria para treinar um pouco mais a sua ambidestria.

Desta vez, no entanto, ele simularia um pequeno combate com algum amigo imaginário. Usaria o braço esquerdo para socar o ar várias vezes seguidas, controlando a velocidade e a precisão de cada golpe, procurando acertar pontos específicos no espaço à sua frente. Repetiria o exercício até sentir o seu braço começar a ceder, o que haveria de indicar uma fatiga muscular, e iniciaria subsequentemente uma sequência com o membro inferior.

Usaria a perna esquerda para executar chutes cada vez mais precisos, alternando o ponto de impacto para aperfeiçoar a sua destreza com ela; flexionando-a algumas vezes mais, outras menos, ele calculava o tamanho do arco a depender do local em que supostamente teria acertar no seu alvo. Moveria seu corpo a fim de tentar chutes mais curtos quando imaginasse atingir a coxa ou a canela do seu alvo fictício, assim como alongaria todo o membro quando procurasse acertar um pescoço ou uma cabeça; este último movimento, no entanto, o faria desequilibrar-se frequentemente, obrigando-o a reiniciar a sequência mais vezes.

Pararia o treinamento sempre que sentisse todo o seu corpo extremamente fatigado, mas não demoraria para retornar a ele quando voltasse a se sentir mais disposto e quando não houvesse mais nada para fazer. Outrossim, sempre que o navio atracasse em algum porto, a fim de reabastecer, ele procuraria por Maxuell em busca de novas ordens, ciente de que poderia haver novas obrigações ao longo das ilhas que viessem a visitar.

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de treinar ambidestria.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 06.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. treino de ambidestria » post 02;
  2. treino de ambidestria » post 03;
  3. aprendizado: mecatrônica » post 04;
  4. aprendizado: física » post 05;

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”; ✗
adquirir proficiência “mecatrônica”; ✗
obter informações sobre mika.
ONDE NASCEM OS SONHOS E O TEMPO NUNCA É PLANEJADO
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 4:20 pm


Gar - O Jovem Místico



O rapaz a princípio concordava com seu professor, aceitando a demanda que ele colocava, claro que ainda ficava ali uma dívida em aberto, que poderia ser traga de volta em algum momento, ou se pagar pelo tempo, um acordo talvez um tanto preocupante, ma que apenas era interrompido pelo outro agente responsável.

Gar se preparava para ir ao container, mas não antes de questionar o que havia acontecido nesse meio tempo, e a resposta de Max era talvez frustrante, porque ele não tinha ali um resultado exato.- São informações importantes provavelmente, eu não sei ainda o que irei receber, mas fui contactado e preciso de um tempo para poder me comunicar.- e nisso ele saia, deixando o rapaz sozinho no local.

Ali o felino voltou a realizar seus treinos de Ambidestria. Onde agora ele fazia o que poderia ser chamado de shadow sparring. Testando sua habilidade corporal do seu lado pouco usual agora em combate. Aquele tempo passava rápido, até onde ele tinha o resto do seu dia ali. Os dias da viagem começaram a avançar.

A viagem era tranquila, onde eles iam fazendo uma parada dentro de cada dez dias que a embarcação andava, tendo feito até ali 3 paradas, já que haviam se passado 30 dias até então, a alimentação desses dias era bem consistente.

Gar poderia perceber que a qualidade em si não era mais de cunho nobre como quando eles estavam transportando o empresário e sua filha, agora ela era mais similar a ração de de sobrevivência, feita pra aguentar muitas horas entre elas, onde o felino podia comer de 6 em 6 horas a cada pausa de seu trabalho.

Vigiar o container a cada dia era um trabalho árduo, e foram 30 dias muito cansativos principalmente a última parada, onde eles tiveram agora nessa terceira parada uma demora maior para recarregar, levando ali a um trabalho braçal, devido a falha de um dos instrumentos que eles usavam pra carregar o navio, eles tiveram de ir na base dos carrinhos de mão enquanto isso era consertado.

E isso fazia com que Gar e Max tivesse de redobrar os cuidados nesse tempo, até o navio partir novamente para mais uma grande jornada por muitos dias no oceano. As paradas eram provavelmente as mais estressantes a cada passo da viagem, pois era nesse momento que o trabalho dos dois aumentava, e também onde a vigilancia era extrema.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0
Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos UqAcZBh
Créditos : 19
LiebeAgente
https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Re: Onde Nascem os Sonhos Dom Mar 13, 2022 6:12 pm
Os longos dias se transformavam em semanas, e as semanas não tardavam sem transformar em meses; por todo esse tempo, Garfield alternava seus treinamentos com a vigília que lhe havia sido delegada, dedicando-se com afinco em cada uma de suas obrigações. Passava a maior parte dos seus momentos sozinho, uma vez que seus turnos eram opostos aos de Maxuell, e a agente que haveria de supervisionar a missão ainda não havia dado as caras, e por isso procurava atividades que pudesse executar sem auxílio de terceiros.

Mesmo assim, houveram contextos em que a sociabilidade se fez necessária, e Garfield se viu rodeado de outras pessoas sempre que alcançavam uma nova ilha em sua rota. Não detinha autorização para se aventurar em demasia, no entanto; na maior parte das vezes, limitava-se a esticar as pernas nas docas antes de voltar para as águas escuras do oceano, e sempre precisava manter-se atento ao container que deveria guardar.

A comida racionada também não ajudava a deixar a viagem mais iluminada, muito porque a alimentação era baseada em ração militar. Em verdade, viajar com um magnata do ramo gastronômico havia lhe acostumado mal; trocar um bife suculento por barras de proteína haveria de lhe causar algum trauma. Igualmente ele não se sentia à vontade realizando trabalhos braçais; achava um absurdo exigirem dele auxilio em alguns dos carregamentos, quando sua função como agente era alhures de qualquer coisa parecida com àquilo.

Fato era que como um bom gato, Garfield não gostava de pegar no pesado sem que possuísse uma boa razão para isso, mas obrigou-se a interpretar seu papel serviçal quando assim lhe era ordenado. Maxuell parecia acumular cargas de estresse tanto quanto o felino, por isso Gar havia decidido logo cedo que não o importunaria com as suas reclamações.

Dessa forma, quando não estava cooperando com os afazeres gerais do navio, ele voltava a dedicar-se exaustivamente ao seu treinamento de ambidestria, revezando as simulações de combate com as caminhadas apoiadas na perna esquerda. Mas resolveu inovar em uma das ocasiões, e tentou fazer malabarismos utilizando seu lado canhoto como apoio principal.

Garfield era um acrobata admirável, portanto resolveu utilizar tal habilidade na prática de sua ambidestria; executava piruetas e cambalhotas apoiando-se principalmente no braço esquerdo, o que o levou a rolar pelo chão desajeitadamente em mais de uma ocasião. Fazia flexões prolongadas evitando recorrer à sua destra, assim como praticava com seu chicote constantemente, estalando-o pelo ar com a sua mão esquerda. A Fita Prateada era a sua arma preferida, e o mink não se cansava de admirá-la serpentear ameaçadoramente pelo vazio.

Paralelamente aos treinos, ele se esforçava ao máximo para não vacilar durante as suas guardas. Afiava seus sentidos em busca de intrusos ou meros movimentos suspeitos próximos ao container, mas o Destino sempre lhe presenteava com rondas tranquilas. Por isso Gar não hesitava em ajoelhar-se todas as noites como agradecimento aos deuses pela boa viagem que fazia, orando para que eles o protegessem de maus agouros. A superstição era, afinal, elemento intrínseco à sua personalidade de credulidade fácil, mesmo que ela se desdobrasse num leque de demonstrações nem sempre tão ortodoxas como meras orações.

「 C O N S I D E R A Ç Õ E S 」
tentativa de treinar ambidestria.

「 H I S T Ó R I C O 」
post: 07.
nome: garfield wampus.
aparência atual aqui.
capital: ฿ 5.350.000.

ganhos:
  1. treino de ambidestria » post 02;
  2. treino de ambidestria » post 03;
  3. treino de ambidestria » post 06;
  4. aprendizado: mecatrônica » post 04;
  5. aprendizado: física » post 05;

perdas:
  1. n/a.

ferimentos:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar 1 missão;
treinar qualidade "ambidestria";
adquirir proficiência “física”; ✗
adquirir proficiência “mecatrônica”; ✗
obter informações sobre mika.
ONDE NASCEM OS SONHOS E O TEMPO NUNCA É PLANEJADO
cactus
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Onde Nascem os Sonhos CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Onde Nascem os Sonhos Seg Mar 14, 2022 12:51 pm


Gar - O Jovem Místico



As paradas eram realmente incômodas para o felino, principalmente pela longa duração da viagem e os trabalhos braçais que teve de fazer em uma das vezes, ele ainda tinha agora rações de soldado, o que era algo mais barato, e por vezes era de se imaginar a razão era seu baixo cargo ainda comparado a região.

Entretanto estava de barriga cheia, mesmo que não fosse luxo, estava bem alimentado. Por fim, ele aproveitava mais alguns dias para realizar seus treinos, mais especificamente dez dias antes de fazerem mais outra parada. Dessa vez não havia a necessidade de trabalho braçal eles já haviam resolvido parte do problema.

Enquanto isso, os dias continuavam passando depois da partida, e então era mais uma parada em 10 dias, e depois outra, com mais dez dias passados, as noites foram cansativas, houveram chuvas fortes que obrigaram Gar e Max a ajudar na manutenção do navio.

Em alguns momentos mesmo com a tripulação faltaram homens e os dois tiveram de sair para cuidar das velas, fazer com que elas fossem pra a direção correta, algo que novamente não havia sido nada normal. Eram momentos de aventuras, e então agora faltavam apenas 6 dias de viagem. Onde tanto tempo passou nada como sentir que estava acabando finalmente.

E finalmente a mulher em questão se apresentou para Garfield, o objeto que a muito foi objeto de sua curiosidade entrou no container. Era uma alta moça loira, com cabelos bastante longos que desciam abaixo de seus quadris. Seus olhos azuis lembravam a cor dos céus em dias claros. Suas curvas eram bem notáveis e eram claramente bem favorecidas pelo seu terno.

Onde Nascem os Sonhos 3c137a465e7baab0d8c4cf8afeccec3e

Ela assim que entrou cumprimentou os dois que ali estavam, com sua ata embaixo do braço ela dizia.-Oh, bom dia garotos. Imagino que esse aqui seja o Gar. O garoto que você trouxe dos Blues estou certa?- Disse olhando pro proprio felino, esperando uma resposta vinda dele. Ela talvez tivesse ido ali falar algo importante, mas começou tudo com uma conversa amigavelmente simples.

Histórico:


Legenda:


_________________

Onde Nascem os Sonhos YHVeK1M

Onde Nascem os Sonhos VYrwji0