All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 4:20 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor ~ºLiaº~ Qua Abr 10, 2024 4:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» Zulkras
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Wheeler Sheyde Qua Abr 03, 2024 1:48 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm

» Blum Murphy
 Faísca Exordial - Página 5 Emptypor Blum Ter Abr 02, 2024 12:48 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

  Faísca Exordial

Ir para baixo 
5 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Kenshin
Desenvolvedor
Kenshin


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 VB1QKO4
Créditos : 75

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptyQua Nov 03, 2021 9:15 am

Relembrando a primeira mensagem :

Faísca Exordial

Aqui ocorrerá a aventura do(a)Revolucionário Uzz H. Khatton. A qual não possui narrador definido.

_________________

 Faísca Exordial - Página 5 J09J2lK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada

AutorMensagem
Midnight

Midnight


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 PA8ijUL
Créditos : 05

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 5:41 pm

Revo Nation
G
lowr estava completamente certo na sua colocação: estávamos ridículos naquele uniforme, tanto que não conseguia segurar uma pequena risada ao vê-lo externalizá-lo aquilo. De fato, parecíamos como dois velhotes que passaram da idade de trabalhar, talvez com um bico para conseguir uma graninha para a pinga. Não era de se estranhar que o marinheiro inclusive estranhasse como nós estávamos, entretanto graças ao Oficial a passagem fora tranquila, bastou continuar calado e o outro fazia o papel do diálogo, passávamos pela primeira defesa e eu agradecia internamente a qualquer divindade pelo marinheiro em questão não ser Nagare. – Não se preocupe, você foi bem. Dizia a um tom quase inaudível, um sussurro entre os lábios um pouco mais brancos pela tensão. Sentia nesse momento até o músculo da mandíbula mais rígido do que o normal, de fato essas missões disfarçadas me faziam ficar mais tenso do que no combate, realmente não tinha nascido para o teatro.

Já dentro do terreno, começava a buscar as chaves conforme o outro indicava, inicialmente colocava meu corpo a frente, cobrindo a fechadura, tentava uma, nada, sentia a mão tremer, duas, ainda nada, e rangendo os dentes buscava entre as chaves, trazendo mais perto do rosto as chaves e buscando sinais de desgaste, achava uma candidata e por fim ”klanck” a trava do armazém nos dava a boa notícia. Respirava aliviando o estresse, aquela ação toda deveria ter durado cerca de um minuto, mas pareceram dez. “Estou ficando velho para isso.”

Então, adentrava ao armazém, caixas e mais caixas espalhadas, por onde deveria começar? Batia a mão contra o macacão, nada, buscava em bolsos internos, negativo, não havia nenhum papel indicativo, o que talvez significasse que aqueles homens já tinham um combinado de onde estava a carga, passava-me por um instante uma ideia de voltar lá e perguntar, mas não, não faríamos mal a nenhum civil, jamais. Eu não dormiria com essa culpa.

Restava-me apenas minhas próprias habilidades, analisava de um lado a outro e então pensava em como poderia resolver isso, fechava os olhos e então percebia que talvez tenha achado a resposta. O Chumbo Branco apesar de tudo era um metal, metais no geral tinham um cheiro bem forte, destoante do restante, e se havia uma coisa em que eu era bom era no olfato. Sendo assim, respirava profundamente naquela sala, tentando tal como um sommelier distinguir as notas que encontrava naquele ar.

Logo, se encontrasse notas que memoravam o metal prosseguiria para o local, tentando sentir o cheiro intensificar-se, talvez conseguiria lembrar alguns metais de cabeça, difícil, então não seria estranho errar a caixa e encontrar outro metal, porém bastasse seguir essa trilha. Achando a caixa correta, daria um leve assobio para o superior, em um tom mais baixo, esperando que me seguisse. – Vamos carregar com algum carrinho. Procuraria algum carrinho ou forma de levar aquelas caixas, qualquer coisa que ajudasse e então antes de sair olharia novamente para Glowr. – Então, vamos seguir com o plano? Você finge que esqueceu os papeis, enrolamos e ai vou tentando trocar as caixas?

Agora, se não encontrasse o metal pelo cheiro, não restaria outra opção se não andar pelo depósito. Primeiro ponto era que a caixa possivelmente estaria em um patamar mais baixo, era pesada e por isso colocar o objeto no alto era uma terrível ideia até para carregadores desocupados. Afinal, se pensar apenas no peso, era como carregar uma caixa com batatas, extremamente pesado e uma péssima ideia deixar nas prateleiras de cima. Procuraria então por caixas mais a nível no chão e caso achasse um objeto para ajudar na abertura(tipo um pé de cabra) usá-lo-ia para abrir mais rápido o recipiente e averiguar o que estava dentro até tentar achar a carga prometida.


+ LEGENDA: - Falas "Pensamentos
HistóricoPost: 27
Nome: Askrad Novrdant
Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinário | Preparo | Degustação | Pesca | Caça
Qualidades: Adaptável | Prodígio | Olfato Aguçado | Afinidade com Haki
Defeitos: Perfeccionista | Ambição | Heroico
Ganhos - 1 Kit de Utensílios
- 1 Kit de Culinária
- 1 Espada Clássica

Perdas: -
Localização: North Blue - Ilha Flevance
Objetivos
  • Encontrar a base revolucionária.
  • Conseguir Armas.
  • Conseguir utensílios de cozinha
  • Completar 3 Missões. (2/3)
  • Ir para Lvneel



Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t912-askrad-novrdant#7749 https://www.allbluerpg.com/t908-faisca-exordial
Kekzy
Narrador
Kekzy


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 53866911
Créditos : 46

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 6:05 pm




Já dentro do armazém, a dupla de infiltrados começava a agir. O cozinheiro tinha uma solução para o problema, utilizando de seu olfato privilegiado para discernir a localização do metal. E isso realmente era possível, tendo em vista que não só tinha visitado uma mina de extração de chumbo branco, mas também tinha lidado com pessoas que cheiravam ao minério. Inclusive, a doença tinha um cheiro semelhante ao minério. Se pensasse um pouco, era o cheiro do veneno que aflorava os sintomas. E assim, respirando profundamente e resgatando sua memória, era como se um caminho surgisse, como um leve caminho de fumaça branca que guiava até alguns caixotes mais pesados ao canto. Realmente estavam na superfície, assim como Novrdant previu.

Conseguiu alertar Glowr que tinha sido bem sucedido, impressionando o homem. — Como sabe que são essas? - indagou. Apesar da dúvida, ainda ajudou a colocar os braços do "carrinho de mão" abaixo do caixote. Era uma forma mais fácil de transportar as caixas até o porto. — Certo, irei ganhar tempo - comentava, vendo que dois marinheiros apareciam no portão de entrada do armazém, mas sem adentrar o local. — Dê um jeito de trocar a numeração, tudo que identifica as caixas - sussurrava, antes de ir em direção aos marinheiros.

O alerta do seu parceiro abria os olhos de Askrad para a questão, pois cada caixote de madeira possuía um número de identificação pintado em tinta vermelha na caixa. A saber, os das três caixas que carregavam chumbo branco eram AS-113, AS-123 e AS-133. Se observasse bem o local, encontraria numerações semelhantes em outras caixas, que iam desde a AS-11 até a AS-155.

Sobre a estrutura do local, além da área de armazenamento, Askrad poderia vasculhar ao redor e encontrar outras salas menores, que seriam a sala de ferramentas e a sala de administração, a primeira aberta, enquanto a outra estaria fechada. Na área de ferramentas poderia encontrar algo útil para suprir alguma necessidade, enquanto na sala de administração poderia encontrar informações sobre as cargas se achasse necessário.

Lá fora, os marinheiros aguardavam para realizar a escolta, enquanto Glowr cumpria a função de ludibriá-los para que não levantassem suspeitas pelo pequeno atraso. Lá na frente, no porto, os caixotes passariam por uma verificação antes de serem despachados para a embarcação destinada.


Controle


Personagem: Askrad Novrdant
Nº de Posts: 27 (21 Kek)

Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinária, Preparo Degustação, Peça e Caça

Qualidades: Adaptável, Olfato Aguçado, Afinidade com Haki e Prodígio.
Defeitos: Perfeccionista, Heroico e Ambição.

Ganhos: Kit de culinária; Missão (2x); Espada Básica (post 25)
Perdas:

Carteira: B$ 250.000

NPC's: Dr. Shiroi, Nagare Kaeru, "Fuun", Dr. Klaus Baxter, Tenente Dickens Ashton; Kurai Mori no Musu; Uzz; Dr. Yohann Strauss; Oficial Glowr.
Extras:


Off


Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Midnight

Midnight


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 PA8ijUL
Créditos : 05

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 6:25 pm

Revo Nation
P
elos deuses! Pelo menos uma vez minhas habilidades tinham sido o suficiente para ganhar tempo, agradecia profundamente e internamente pelos meus tempos na cozinha, talvez meu olfato, que hora minha benção hora minha perdição, era meu salvador. Não à toa que respondia o superior indicando com o dedo para ponta do meu nariz. - Um bom cozinheiro precisa ter um bom olfato. Dizia com um sorriso zombeteiro no rosto.

Agora tinha um problema maior, conforme Glowr falava, cada caixa ali era numerada, o que seria um problema já que em algum momento deveriam checar a numeração, sendo assim, restava procurar algum jeito de alternar. O primeiro impasse seria com os papeis, afinal se alterasse os números deveria ter algum documento ali, passava o olhar e reparava a sala com um toque administrativo, deveria ser lá. Andava um pouco em sua direção, porém seria quase impossível arombá-la na força bruta, já que os marinheiros notariam de primeira. Sendo assim, teria que usar algo mais delicado, andava rapidamente pelo ambiente e notava uma sala de ferramentas, adentrava e então começava a procurar por algo para arrombar a fechadura, uma chave, pé de cabra, martelo, qualquer coisa que me permitisse estourar aquela trava. Seguia com o instrumento, caso o achasse e tentaria desesperadamente fazer esse trabalho. Se conseguisse entrar, ia de imediato atrás dos papeis, deveria ter um arquivo ou algo assim, buscaria pela correspondência do número das caixas o quão antes, mas a busca seria exatamente pelas seguintes correlações: AS-118, AS-128, AS-138.

Os critérios eram simples, primeiro que esses papeis estivessem lá, em segundo que eles fossem cargas que não o Chumbo branco, caso contrário teria que reiniciar a busca, procurando por alguma numeração que não correspondesse ao minério.

Então, achado os papeis, prosseguiria para a sala de ferramenta onde buscaria o pote de tinta vermelha, se eles eram numerados, com certeza a tinta estaria ali e achando-a voltaria as caixas, preenchendo os números como podia. Afinal, do 3 ao 8 a diferença era pouca e a chance de causar uma diferença grande na hora de completar a tinta era menor, não era o melhor artista, fato, porém esperava que com os treinamentos de finalização de pratos delicados, talvez teria ganho alguma habilidade nas artes em especial na tinta. Ao terminar, guardaria os papeis dentro do macacão e prosseguiria com o carrinho para fora do galpão sem falar nada.

Agora, se não desse para arrebentar a porta da forma deliciada, primeiro buscaria achar a chave na sala de ferramentas, e se não encontrasse, restaria apenas derrubá-la com um chute forte e seguir com o plano, esperando que os marinheiros não notassem.




+ LEGENDA: - Falas "Pensamentos
HistóricoPost: 28
Nome: Askrad Novrdant
Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinário | Preparo | Degustação | Pesca | Caça
Qualidades: Adaptável | Prodígio | Olfato Aguçado | Afinidade com Haki
Defeitos: Perfeccionista | Ambição | Heroico
Ganhos - 1 Kit de Utensílios
- 1 Kit de Culinária
- 1 Espada Clássica

Perdas: -
Localização: North Blue - Ilha Flevance
Objetivos
  • Encontrar a base revolucionária.
  • Conseguir Armas.
  • Conseguir utensílios de cozinha
  • Completar 3 Missões. (2/3)
  • Ir para Lvneel



Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t912-askrad-novrdant#7749 https://www.allbluerpg.com/t908-faisca-exordial
Kekzy
Narrador
Kekzy


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 53866911
Créditos : 46

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 6:50 pm




Com o seu plano arquitetado, Askrad nem cogitava perder tempo tentando abrir a porta da administração com uma das chaves do chaveiro que conseguira do funcionário do armazém. Na sala de ferramentas, conseguia por as mãos em uma ferramenta similar a um pé de cabra, mas mais fino, o que era melhor para quem tentava não ser percebido. Com ele arrombava a porta da administração, fazendo bastante barulho. Por sorte, não se tinha uma visão direta de onde os marinheiros estavam para a porta, em razão das diversas estantes de caixas. Lá na frente, Glowr tinha que cobri-lo. — QUANTAS VEZES EU FALEI PARA TRAVAR O CARRINHO E NÃO DEIXAR A CAIXA CAIR!! - gritava para dentro do galpão, virando-se para os marinheiros em seguida. — Ele é novo aqui, apesar da idade, desatento como uma andorinha - desconversava em tom de resmungo. "O que diabos ele está fazendo?!" - Glowr pensava, nervoso.

Lá dentro, Novrdant buscava pelos papeis referentes às caixas AS-118, AS-128, AS-138. As condições para a execução do seu plano eram atendidas, visto que essa numeração pertencia a outras mercadorias que não o chumbo branco, bem como já possuía documentação, a qual era guardada consigo. De volta à sala de ferramentas, encontrava a tinta vermelha utilizada na demarcação das caixas, como esperado. O seu plano continuava com um toque de pintor, adulterando os números contidos nas caixas. O que era AS-113, AS-123 e AS-133 se tornava AS-118, AS-128, AS-138. Não tinha muita dificuldade, mas a pintura falsificada não era perfeita; não era grotesca, no entanto, pois não exigia tanta habilidade, apenas um controle manual mais preciso. As necessidades imediatas seriam resolvidas, mas havia um porém no plano, o qual Askrad não tinha considerado.

Com as caixas empilhadas no carrinho, Askrad ia empurrando-o lentamente, em um ritmo usual. — Você não quebrou nada, não é? Deixe-me ver aqui! - Glowr se aproximava do carrinho após repreender o companheiro, ainda na atuação. Ao olhar atentamente para a pintura, ele percebia a falsificação, mas porque tinha visualizado ela originalmente há pouco. Ficava apreensivo, pois percebia que era possível desvendar a farsa com atenção, mas também existia margem para que passasse despercebido. Uma troca de olhares com o aliado era o suficiente para transmitir essa sensação. — Estão faltando as outras caixas - comentava, olhando severamente para Askrad, verdadeiramente o repreendendo. — Bem, você fez certo, é melhor garantir que elas não caiam e pegar outro carrinho, pegue um novo e coloque as caixas restantes em cima. Essas irão para uma embarcação, essas para outra, entende? São duas remessas - advertia, disfarçando o erro com conversa fiada, ordenando que o revolucionário voltasse e trouxesse as caixas restantes.


Controle


Personagem: Askrad Novrdant
Nº de Posts: 28 (22 Kek)

Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinária, Preparo Degustação, Peça e Caça

Qualidades: Adaptável, Olfato Aguçado, Afinidade com Haki e Prodígio.
Defeitos: Perfeccionista, Heroico e Ambição.

Ganhos: Kit de culinária; Missão (2x); Espada Básica (post 25)
Perdas:

Carteira: B$ 250.000

NPC's: Dr. Shiroi, Nagare Kaeru, "Fuun", Dr. Klaus Baxter, Tenente Dickens Ashton; Kurai Mori no Musu; Uzz; Dr. Yohann Strauss; Oficial Glowr.
Extras:


Off


Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Midnight

Midnight


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 PA8ijUL
Créditos : 05

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 7:11 pm

Revo Nation
M
etade do plano já tinha ido, conseguia achar os papeis com êxito, o que era muito bom, por outro lado, e Glowr estava certo nisso, tinha que resolver a segunda parte da carga, afinal eram dois navios, um dos nosso e um dos deles. Bom, de todo modo, não tinha muito o que fazer, afinal se levantasse todas as cargas ali com certeza teria derrubado elas, era forte, mas não habilidoso com aquilo. Sendo assim, seguindo o papel da persona, assentia com a cabeça para o oficial voltando ao armazém.

Ali, ia rapidamente para a sala de administração e começava a buscar os documentos contrários, ou seja, os com o verdadeiro chumbo branco, AS-113, AS-123, AS-133. Eles seriam as provas necessárias para passarmos ilesos e encontrando-os daria uma breve olhada certificando-me do declarado no documento. Após isso, bastaria a segunda parte, iria para a parte de ferramentas e buscaria um instrumento para lixar a tinta da caixa, qualquer coisa que conseguisse fazer isso, um instrumento mais fino para tentar evitar causar estragos maiores na madeira e deixar evidente a manipulação. Então, assim que o achasse, seguiria até a caixa, as de numeração AS-118,AS-128 e AS-138, fazendo então o trabalho contrário a da outra vez, reduzindo os números para AS-113,AS-123 e AS-133, respectivamente. Certificar-me-ia que o peso delas estava pelo menos condizente e caso não estivesse, teria então de encenar o peso das caixas quando fosse descarregar no navio, oferecendo-me para descarregá-las.

Com o trabalho feito, colocaria as caixas no carrinho e logo voltava a cena de outrora. Entretanto, se nesse meio tempo não achasse os documentos, buscaria então o de algum que o chumbo branco ( ou algum apelido que levasse a isso) declarado e tentaria manipular o número de alguma caixa mais pesada para a devida caixa.

Logo, se os marinheiros perguntassem, apresentaria os devidos papeis ao soldado esperando que ele não resolvesse encrencar e procurar o conteúdo. E se tudo desse bem, seguiríamos até o porto onde lá buscaria primeiro carregar, ou fingir, carregar a caixa falsa pesadamente, como se estivesse carregando um monte de minérios. – Para onde? Falaria brevemente para os marinheiros procurando o navio indicado, tentando fingir que estava com pressa e assim iniciaria o descarregamento.

+ LEGENDA:  - Falas   "Pensamentos
HistóricoPost: 29
Nome: Askrad Novrdant
Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinário | Preparo | Degustação | Pesca | Caça
Qualidades: Adaptável | Prodígio | Olfato Aguçado | Afinidade com Haki
Defeitos: Perfeccionista | Ambição | Heroico
Ganhos   - 1 Kit de Utensílios
- 1 Kit de Culinária
- 1 Espada Clássica

Perdas: -
Localização: North Blue - Ilha Flevance
Objetivos
  • Encontrar a base revolucionária.
  • Conseguir Armas.
  • Conseguir utensílios de cozinha
  • Completar 3 Missões. (2/3)
  • Ir para Lvneel




Última edição por Midnight em Sáb Jun 18, 2022 9:30 pm, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t912-askrad-novrdant#7749 https://www.allbluerpg.com/t908-faisca-exordial
Kekzy
Narrador
Kekzy


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 53866911
Créditos : 46

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 8:48 pm




Suprindo o problema como podia, Askrad rapidamente planejava seus próximos passos. Se já possuía os documentos da mercadoria falsificada, agora restava pegar os documentos da mercadoria original, além de levar as caixas da matéria-prima para o porto. Tendo isso em mente, o revolucionário voltava para a sala da administração e preparava a papelada, a qual evidentemente não catalogava a carga como sendo o chumbo branco, mas apenas uma mera remessa de minérios.

O mais importante, no entanto, era pegar os caixotes e refazer os números. Dessa maneira, a carga falsificada iria para o navio original, enquanto a carga original iria para o navio "falso", sendo desviada para os revolucionários. Para alcançar esse objetivo, o homem sagaz coletava as caixas AS-118, AS-128 e AS-138, essas que possuíam os mesmos números das caixas falsificadas, mas eram as originais. Raspando a madeira com uma lixa que encontrara na sala de ferramentas, a aludida codificação se tornava AS-113, AS-123 e AS-133, a mesma numeração original das caixas de chumbo branco. Dessa forma, o falso se passaria pelo verdadeiro junto aos documentos.

Tudo parecia em ordem após lidar com o problema, de modo que Novrdant colocava as caixas no carrinho de mão e as levava junto às outras. Ao chegar, Glowr trocava olhares. — Está tudo certo? Se não estiver, estamos encrencados - falava casualmente em voz alta, mas com uma mensagem subliminar que apenas Askrad podia compreender. Se fossem descobertos, estariam sozinhos no meio de diversos marinheiros.

Dessa vez, ambos partiam em direção ao porto, seguidos pela escola de marinheiros. — Se ele tentar olhar, tente enrolar com conversa fiada, faça perguntas. Se enchermos o saco dele, ele irá querer se livrar de nós e não fará uma inspeção bem feita - Glowr sussurrava, trocando dicas com o companheiro. Vez ou outra distribuía olhadelas para trás, a fim de ver o quão perto os marinheiros estavam.

Ao chegar no porto, era notório qual era a embarcação que deveriam despachar a mercadoria, tendo em vista os marinheiros posicionados próximos a ela. Além disso, era possível ver um homem de terno na proa da embarcação, observando a situação à distância. — Para lá - o oficial orientava, conduzindo o carrinho na direção correta. — Bom dia, essas são as cargas agendadas para esse horário. - olhava para Askrad, gesticulando com a cabeça para que resolvesse o assunto, visto que carregava os caixotes. — Documentos, por favor, deixe-me checar... - o Cabo da marinha solicitava, se aproximando das caixas. Quando os documentos fossem passados para ele, conferiria os números. — Hmmm... parece tudo em ordem - dizia. Ao olhar para o convés, vendo o homem de terno, ele prosseguia. — Deixem-me checar o conteúdo... - no instante seguinte o homem de terno sumia de vista. Daria trabalho abrir a caixa parafusada e parafusá-la novamente, razão pela qual o marinheiro não estava muito adepto da ideia.


Controle


Personagem: Askrad Novrdant
Nº de Posts: 29 (23 Kek)

Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinária, Preparo Degustação, Peça e Caça

Qualidades: Adaptável, Olfato Aguçado, Afinidade com Haki e Prodígio.
Defeitos: Perfeccionista, Heroico e Ambição.

Ganhos: Kit de culinária; Missão (2x); Espada Básica (post 25)
Perdas:

Carteira: B$ 250.000

NPC's: Dr. Shiroi, Nagare Kaeru, "Fuun", Dr. Klaus Baxter, Tenente Dickens Ashton; Kurai Mori no Musu; Uzz; Dr. Yohann Strauss; Oficial Glowr.
Extras:


Off


Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Midnight

Midnight


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 PA8ijUL
Créditos : 05

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptySáb Jun 18, 2022 9:40 pm

Revo Nation
A
troca de caixas ia bem melhor do que o esperado, a localização dos documentos tinha sido bem mais rápida pela já familiaridade com o lugar e também achar as caixas em questão já não era tão difícil. Bastou pegar nos instrumentos necessários, um pouco de esforço aqui e ali e como em um movimento de penas: voilá, estava pronto.

Seguia então rumo ao oficial e depois prosseguíamos com o caminho e a escolta até o porto em questão, ouvia bem o recado que Glow passara, e era fato, tínhamos que tentar ser discreto e enrolá-los o máximo possível, caso contrário estaríamos já derrotados e com certeza sentenciados à morte. Não respondia, mas continuava olhando o caminho conforme prosseguíamos com as caixas.

Passado algum tempo chegávamos então no tal porto, de fato o Governo tinha bastante interesse no Chumbo Branco, ainda mais que suas cobaias haviam sido movidas para Lvneel, possivelmente estariam levando todo o aparato necessário para a pesquisa lá, incluindo a matéria prima, realmente era um bando de desgraçados, usavam recursos que deveriam proteger as pessoas para o que? Proteger estudos de uma arma sem proposito nenhum as pessoas se não provocar dor.

Ao chegar no local, apressava-me em pegar a caixa e ouvia o que o outro dissera, sem delongas caminhava para perto do barco e na encenação deixava a caixa lentamente no chão, como se estivesse carregando mais de dezenas de quilos no braço. Entregava os papeis e logo ouvia a indagação sobre o conteúdo, era a hora de intervir e bom, nisso todo bom falador tinha uma arma secreta: o falatório.
- Sabe senhor, é bem, como posso dizer, vai dar um trabalho de colocar os pregos de volta não? Além disso, provavelmente alguma outra carga perto derramou algum óleo e a caixa tá bem engordurada na base, o senhor com certeza vai sujar seu belo terno se tocar nisso. Falando isso me aproximava um pouco mais dele. – E falando no terno, que loja o senhor comprou? É muito bonito, parece até feito por um grão artesão, eu com certeza ficaria bonitão nesse, talvez até minha mulher tivesse ficado comigo usando ele. O senhor é casado? Dizia já ficando no campo de visão do homem entre ele e a caixa, quase a sua frente. – Eu tive esse problema sabe? Minha companheira me largou por outro cara porque ele era bonitão sabe? Roupa bonita, trabalho bom, tinha um dinheiro legal também. Falava passando a mão no rosto como se estivesse limpando o choro. – Só de lembrar dela...e pensar que ela me prometia que ficaríamos juntos para sempre, aquela história sabe? E eu acreditei, o que eu faço senhor? Pode me ajudar a prendê-la? Sabe, agora carrego a vergonha por conta dela, O QUE FAÇO?
Perguntava quase desesperadamente naquele falso teatro e internamente pedia perdão um milhão de vezes para Namie, já que seu nome por si só e sua menção eram sagrados.

+ LEGENDA: - Falas "Pensamentos
HistóricoPost: 30
Nome: Askrad Novrdant
Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinário | Preparo | Degustação | Pesca | Caça
Qualidades: Adaptável | Prodígio | Olfato Aguçado | Afinidade com Haki
Defeitos: Perfeccionista | Ambição | Heroico
Ganhos - 1 Kit de Utensílios
- 1 Kit de Culinária
- 1 Espada Clássica

Perdas: -
Localização: North Blue - Ilha Flevance
Objetivos
  • Encontrar a base revolucionária.
  • Conseguir Armas.
  • Conseguir utensílios de cozinha
  • Completar 3 Missões. (2/3)
  • Ir para Lvneel


NPC’s

  • Glowr: Oficial do exército que designou as missões para Askrad. Encontrou-o nas Minas de Flevance quando estava afetado pelo Chumbo Branco, deu a ele uma refeição e foi nesse momento que ele se identificou e passou suas ordens. O loiro considera o superior como um bom amigo e admira-o pelas suas habilidades intelectuais.

  • Fuun: Amigo de Nagare, primeiramente conheceu o jovem através do marinheiro e usou sua identidade para se infiltrar no Hospital. Depois resgatou-o do laboratório e conversou com o mesmo, vê-o como um bom rapaz, não serve para a luta, mas tem vontade pela causa.

  • Dr.Shiroi: Médico no hospital de Flevance, descobriu a verdadeira identidade do revolucionário durante sua farsa no estabelecimento. Também é uma Agente do Governo disfarçado. Entretanto, ao ouvir sobre o laboratório rebelou-se e decidiu ajudar Askrad em sua missão. Após a incursão no laboratório tornou-se informante do Exército Revolucionário.

  • Nagare Kaeru: Soldado da marinha que o revolucionário conheceu durante sua infiltração no laboratório, ainda que seja da força oposta a sua, o loiro reconheceu a bondade nele, considera-o uma boa pessoa, ainda que não tenha conseguido conversar com ele depois do incidente do laboratório.

  • Dr. Yohan Strauss: Chefe da pesquisa sobre o Chumbo Branco, alvo principal de Norvdant. Seu paradeiro é desconhecido, ainda que se suspeite que esteja em Lvneel junto das cobaias, principal fonte de conhecimento sobre o projeto e principal ameaça quanto a esse tema.

  • Dr. Klaus Baxter: Referência do Hospital de Flevance, não chegou a conhecê-lo, apenas ouviu seu nome.

  • Tenente Dickens Ashton: Tenente da marinha, viu-o durante a infiltração no laboratório, provavelmente um dos responsáveis pelas tropas na ilha de Flevance.

  • Kurai Mori no Musu: Agente do Governo sênior, foi morto em combate por Glowr e Askrad. O loiro não conhecia muito dele, apenas que era o nêmesis de Glowr.

  • Uzz: Jovem celestial revolucionário e de baixa patente. Foi o alvo de resgate da primeira missão de Norvdant, conseguiu resgatar o alvo com vida, porém o mesmo foi cobaia do experimento de uma nova versão mais concentrada do Chumbo Branco e agora sofre com as consequências da doença, talvez incapaz de deixar Flevance ou de lutar pela causa novamente.


Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t912-askrad-novrdant#7749 https://www.allbluerpg.com/t908-faisca-exordial
Kekzy
Narrador
Kekzy


Imagem :  Faísca Exordial - Página 5 53866911
Créditos : 46

 Faísca Exordial - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Faísca Exordial    Faísca Exordial - Página 5 EmptyQui Jun 30, 2022 9:37 pm




Seguindo as dicas de Glowr, Askrad jogava tanta conversa fiada quanto podia para impedir o marinheiro de abrir a caixa. Gordura na caixa? Eu sou um marinheiro, por que teria medo de me sujar? Terno? Você considera isso um terno? Essa é só mais uma roupa da marinha, posso pegar outras quinhentas no QG! Irá dar trabalho por tudo no lugar? É verdade… odeio esse tipo de inspeção. Sua mulher o deixou? Hahaha, com certeza ser um marinheiro te ajudaria a conquistá-la, uma farda dessa faz de tudo! Casado…? Não… ainda não… ainda não encontrei a mulher certa! Amigo, eu não quero saber da sua vida! Pare de- ela também te deixou? Porra, cara, você acreditou?! Ajudar a prendê-la? Que diabos você está pensando?! Chifre não é crime, mas é vergonhoso mesmo… o que você faz? … Ah, seu eu soubesse…

Tudo isso passou pela mente do Cabo, mas este não disse uma palavra, apenas mudando sua expressão facial para Askrad conforme ele metralhava perguntas e suas histórias de vida. — Ahhhm… vão, vão, e boa sorte - com uma face consternada, gesticulou exageradamente com a mãos após se certificar que o homem de terno não estava mais na proa do navio, assistindo-os de longe. — Descarreguem ali e deixem que os soldados farão o resto - dizia, mostrando o caminho e dispensando os revolucionários disfarçados.

Quando por fim colocavam os caixotes no local e davam de costas para sair dali, Glowr trocava olhares mais uma vez com Askrad. — Você viu o homem lá em cima? - indagou, fazendo referência à figura que tinha visualizado na proa. — Com certeza era um agente do governo, teriamos problemas se ele continuasse ali - comentou, soltando um suspiro aliviado. — Vam- - antes que pudesse completar a frase, de soslaio conseguia visualizar no final da rua os civis que tinham desacordado anteriormente. — Apresse o passo e vamos dar o fora daqui! - exclamou, acelerando o ritmo, antes que uma confusão eclodisse.

Assim terminou a primeira leva de missões do novato Askrad Novrdant. Os próximos dias guardariam duas surpresas muito especiais para o revolucionário. Antes da primeira, no entanto, podia descansar, merecidamente; e até a última, tinha algumas semanas.


Controle


Personagem: Askrad Novrdant
Nº de Posts: 30 (24 Kek)

Profissão: Cozinheiro
Proficiências: Culinária, Preparo Degustação, Peça e Caça

Qualidades: Adaptável, Olfato Aguçado, Afinidade com Haki e Prodígio.
Defeitos: Perfeccionista, Heroico e Ambição.

Ganhos: Kit de culinária; Missão (3x); Espada Básica (post 25)
Perdas:

Carteira: B$ 250.000

NPC's: Dr. Shiroi, Nagare Kaeru, "Fuun", Dr. Klaus Baxter, Tenente Dickens Ashton; Kurai Mori no Musu; Uzz; Dr. Yohann Strauss; Oficial Glowr.
Extras:


Off







Midnight

GANHOS

● Espada Básica (Post 25) OK
Arma Básica:
● Kit de Cozinha (Post 3) OK
Kit de Cozinha:
● Missão 1 - Investigar a situação no Laboratório Stairs/Participar de distrações (Post 5 - 20) OK
● Missão 2 - Resgatar Uzz/Liberar escravos (Post 5-20) OK
● Missão 3 - Prejudicar atividades do GM/Desviar uma remessa de chumbo branco que seria usado para pesquisas imorais/Ajudar o superior a realizar missões (Post 22-30 - postarei no último a conclusão de tudo) OK

PERDAS

● N/A OK

ALTERAÇÕES

● Missões: 0 -> 3 OK
● Recompensa: B$ 0 -> 2.100.000 B$ OK

NOTA FISCAL

● Ficha atual: B$ 15.250.000 ฿S OK
● Acréscimos - missões: +B$ 3.375.000 (3x 1.125.000 ฿S - salário Associado) OK
● Resultado final: B$ 18.625.000 OK

RELAÇÕES

Glowr: Oficial do exército que designou as missões para Askrad. Encontrou-o nas Minas de Flevance quando estava afetado pelo Chumbo Branco, deu a ele uma refeição e foi nesse momento que ele se identificou e passou suas ordens. O loiro considera o superior como um bom amigo e admira-o pelas suas habilidades intelectuais. OK

Fuun: Amigo de Nagare, primeiramente conheceu o jovem através do marinheiro e usou sua identidade para se infiltrar no Hospital. Depois resgatou-o do laboratório e conversou com o mesmo, vê-o como um bom rapaz, não serve para a luta, mas tem vontade pela causa. OK

Dr.Shiroi: Médico no hospital de Flevance, descobriu a verdadeira identidade do revolucionário durante sua farsa no estabelecimento. Também é uma Agente do Governo disfarçado. Entretanto, ao ouvir sobre o laboratório rebelou-se e decidiu ajudar Askrad em sua missão. Após a incursão no laboratório tornou-se informante do Exército Revolucionário. OK

Nagare Kaeru: Soldado da marinha que o revolucionário conheceu durante sua infiltração no laboratório, ainda que seja da força oposta a sua, o loiro reconheceu a bondade nele, considera-o uma boa pessoa, ainda que não tenha conseguido conversar com ele depois do incidente do laboratório. OK

Dr. Yohan Strauss: Chefe da pesquisa sobre o Chumbo Branco, alvo principal de Norvdant. Seu paradeiro é desconhecido, ainda que se suspeite que esteja em Lvneel junto das cobaias, principal fonte de conhecimento sobre o projeto e principal ameaça quanto a esse tema. OK

Dr. Klaus Baxter: Referência do Hospital de Flevance, não chegou a conhecê-lo, apenas ouviu seu nome. OK

Tenente Dickens Ashton: Tenente da marinha, viu-o durante a infiltração no laboratório, provavelmente um dos responsáveis pelas tropas na ilha de Flevance. OK

Kurai Mori no Musu: Agente do Governo sênior, foi morto em combate por Glowr e Askrad. O loiro não conhecia muito dele, apenas que era o nêmesis de Glowr.

Uzz: Jovem celestial revolucionário e de baixa patente. Foi o alvo de resgate da primeira missão de Norvdant, conseguiu resgatar o alvo com vida, porém o mesmo foi cobaia do experimento de uma nova versão mais concentrada do Chumbo Branco e agora sofre com as consequências da doença, talvez incapaz de deixar Flevance ou de lutar pela causa novamente. OK

STATUS

PDV: 100% OK
STA: 100% OK
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A


DIÁRIO DE BORDO

NÃO TEM

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:
Espaço de ocupação: 0/8

EXPERIÊNCIA

Experiência: 720

Quantidade de turnos do(s) Narrador(es): @Kekzy 4 Créditos + 4 Turnos para conta.

Opinião sobre a Narração:
Narradores:
Jogador:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t1432-ichiji-tekina-kachi#14870 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
 
Faísca Exordial
Ir para o topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance-
Ir para: