Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Página 1 de 2 Página 1 de 2 1, 2  Seguinte
Wolfgang
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang WGS5vdD
Créditos : 03
WolfgangDesigner
https://www.allbluerpg.com/t694-brina-britta#4763 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
[TUTORIAL] Wolfgang Seg Maio 31, 2021 8:38 am
Nome: Kéfera Nefertiti
Idade: 22
Raça: Humano
Gênero: Feminino
Localização: Petra Yuni
Estilo de Combate Básico: Ladino
Mão Predominante: Direita
Qualidade: Prontidão
Defeito: Ganancioso
Photoplayer:

[TUTORIAL] Wolfgang NaSZ75C
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Qui Jun 03, 2021 12:52 pm
TUTORIAL APROVADO

Bem vindo ao All Blue RPG, a partir de agora eu serei seu Instrutor, irei lhe ensinar o básico sobre o fórum. O primeiro post é seu e peço desde já que se atente a sua mini ficha para trabalhar bem suas qualidades e defeitos durante a narrativa. Qualquer dúvida que tiver pode mandar MP que irei responder o mais rápido possível. Segue abaixo algumas informações importantes:

● A ficha usada para o tutorial é exclusiva dele e não precisa ser reaproveitada na sua ficha oficial, que pode ser completamente diferente. Mas nada lhe impede de usar o mesmo personagem.

● O fórum parte da premissa de evitar ao máximo God Mode, ou seja, que o jogador, controle NPCs e cenários. Em resumo evite descrever coisas como “O sol estava forte”, “Era uma manhã fria”. Não é um problema você dizer que acordou ou que está em casa, porém evite criar coisas.

● Uma dica importante para todos é que apesar de não se poder narrar cenários, ou controlar NPCs você pode procurar coisas e interagir com elas colocando a possibilidade de encontrar tais coisas. Exemplo: “Iria levantar e ir até a geladeira da casa, procuraria dentro dela uma maçã e se encontrasse uma já metia aquela bela mordida”

● Recomendo que consulte o Guia de Narração, Guia do Novato e Guia de Combate. antes de realizar o primeiro post.

● Por fim, sempre atente-se ao post de seu Instrutor e as dicas que ele der com cuidado, elas podem ajudar muito você a se guiar no fórum.
Wolfgang
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang WGS5vdD
Créditos : 03
WolfgangDesigner
https://www.allbluerpg.com/t694-brina-britta#4763 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Qui Jun 03, 2021 1:47 pm
Kéfera amanhecia aborrecida, pois seus últimos trabalhos não haviam rendido muito dinheiro por conta da cruel concorrência em Petra Yuni. - Espero que hoje tenham um serviço melhor para mim. - pensava alto com uma expressão antipática. Deixaria sua tenda em busca do sujeito que sempre lhe dava uma missão em troca de boas recompensas. - Olá querido, tem algo para mim hoje? - perguntaria sem hesitar, caso o encontrasse. - Talvez um roubo, uma emboscada, ou quem sabe eliminar alguém... De preferência algo que renda um bom dinheiro, não estou disposta a perder meu tempo com mixaria. - alertaria com um tom debochado, mas ao mesmo tempo com seriedade, uma vez que poucas coisas a incomodavam mais do que estar com poucos berries em seu bolso e sentia urgência em multiplicar seus ganhos.

Assim que tivesse uma missão definida, a jovem ladina averiguaria o arsenal de sua tenda para ter certeza de que estaria devidamente equipada. Sabia que pela escassez de recurso era muito provável que encontraria somente uma faca simples, mas julgava o suficiente por confiar em suas habilidades. Caso não encontrasse nada, vestiria sua capa em busca de alguma loja de armas próxima, avaliando se havia alguma adaga dentro de seu orçamento. - Vou querer este daqui. - E separaria seu precioso dinheiro para fazer a compra. E enfim, estando preparada, Kéfera caminharia em Arosa em busca de seu objetivo.
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Sex Jun 04, 2021 7:28 pm


[TUTORIAL] Wolfgang DkI2H3
Narração

Era difícil acreditar quando Kéfera dizia estar sendo mal remunerada uma vez que era uma gananciosa e sempre queria mais e mais, mas façamos de conta que acreditamos e a desejemos que nunca lhe falte oportunidades de trabalhos. O sol no norte do deserto estava causticante, talvez a atitude mais inteligente a se tomar inicialmente seria se refrescar com um copo de água, o que ao menos amenizaria a sensação de calor. Aliás, ao sair de sua tenda, você poderia testemunhar miragens no horizonte devido ao calor intenso do dia, o que dizia para manter sempre os pés no chão.

Kéfera não encontrou dificuldades ao localizar o seu agente, uma vez que o ponto de encontro ficava no mesmo lugar de sempre, em uma tenda que vendia comidas marinhas.

— Você está ficando descuidada, moça. — O homem em questão usava um chapéu com delineado de ouro e sua principal característica. Suas vestimentas eram escuras e com o mesmo detalhe dourado apresentado em seu chapéu, além de duas ombreiras que prendiam sua grande capa. Ele fumava um cigarro, talvez o de número trinta em um curto intervalo de tempo.
— A ganância mata a alma e envenena. — Nesse instante ele fez uma breve pausa. — Ou seria a vingança? Ah! Que seja. — Mostrava um pouco de sua personalidade.

A região comercial estava bem movimentada naquela manhã. Os residentes naturais da ilha, com maior resistência ao seu clima, tinham o privilégio de assim como a ladina, usarem poucas peças, diferente dos turistas ou recém-chegados, que usavam em sua maioria longos casacos e inclusive protetor para os olhos.

— Sente-se, vamos conversar. — Sosuke batia no estofado de um banco para que Kéfera se sentasse e sinalizava para o atendente, que trazia um copo de água e uma bandeja com trutas tostadas.
— Me preocupa que você tenha emendado uma missão atrás da outra. Sua assinatura já está ficando exposta, eu tenho recebido consultas e tenho estado em uma posição desagradável. — Expressava relutantemente acompanhado de um duradouro suspiro.
— Esse é o ultimo trabalho que eu te darei e depois não quero vê-lá mais por aqui pelo próximo mês, até que a poeira abaixe, estamos conversados? — Alertava o homem. — Uma companhia de nome Sólida Yuni Ltda está construindo um Oasis em Salar de Luliwa, pertencente ao clã menor Shigenobu. — Ele dava o último trago em seu cigarro e o descartava. — A sua missão é encontrar e roubar o projeto da construção, não importe quantas vidas você tire, o projeto deverá chegar intacto ao seu destino. Tenho um infiltrado dentro do negócio e a senha para contatá-lo é Rubi. — Assentia com a cabeça para que você soubesse que estava liberada.

Em sua tenda, os recursos disponíveis e que poderiam ser úteis nessa missão eram uma quantia de 250.000 ฿S em dinheiro e uma adaga nova, de 19 centímetros de lâmina, com um total de 35 e espessura de 2 milímetros, enrolada em um pedaço de couro e presente do seu agente para essa última missão.

Considerações:

Olá! Primeiramente quero registrar as minhas boas-vindas, espero que você desfrute do fórum e se divirta em primeiro lugar. Sobre o post, fiquei satisfeito com o que vi inicialmente, claro e sucinto, mantenha o nível e não teremos problemas.

Wolfgang
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang WGS5vdD
Créditos : 03
WolfgangDesigner
https://www.allbluerpg.com/t694-brina-britta#4763 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Ter Jun 15, 2021 5:20 pm
- Kyhihi, medroso como sempre. - a jovem ria ao notar a preocupação de Sosuke. - Eu sei o que estou fazendo, pode ficar tranquilo. - Kéfera ouvia atentamente a todas as informações, não parecia ser nada muito diferente de algo que já fizera no passado e por isso se mantinha tranquila. O pagamento não poderia ser ruim, e o equipamento parecia ser o suficiente para executar a tarefa. - Sólida Yuni Ltda, Shigenobu, Oásis, Luliwa, Rubi. - repetia para si mesma os tópicos. - Certo, Sosuke, você sabe que pode confiar em mim. Trarei este projeto o quanto antes. Se cuida. - despedia-se sorrindo com um gesto.

A ladina não perderia tempo e seguiria pelas ruas em busca da companhia. Esse tipo de lugar não costumava ser difícil de achar, pois as empresas de mineração eram as mais prósperas e luxuosas de Petra Yuni, e Kéfera buscaria em sua memória a localização da sede da Sólida Yuni Ltda que possivelmente estaria no meio de Arosa. Uma vez que a encontrasse, discretamente analisaria a uma distância segura como era a movimentação de operários, com que frequência saíam, a divisão de turnos e principalmente, se aparentava ter alguma entrada alternativa. Era importante constatar que o projeto se encontrava ali, ou se já fora levado para o meio do deserto para auxiliar na construção. De qualquer forma, as chances de haver uma cópia guardada ali em algum lugar não deixava de ser alta. A jovem esperaria o tempo que fosse para coletar as informações desejadas, mesmo que anoitecesse, o que na verdade poderia a favorecer.

Assim que julgasse seguro e constatasse que o lugar estivesse vazio, Kéfera escalaria as paredes e muros próximos da companhia, de maneira mais silenciosa o possível e sempre avaliando com cuidado se alguém estava próximo. Dessa forma, buscaria por uma janela ou algo que a permitisse se infiltrar sem causar barulho ou danos. Uma vez dentro da propriedade, iria se esgueirar silenciosamente pelos corredores, mantendo-se sempre próxima de algum lugar para se esconder se alguém se aproximasse. Em último caso, manteria a adaga firme em sua mão direita caso fosse necessário apunhalar alguém para se defender. A princípio, seu objetivo seria encontrar alguma sala que pudesse ter projetos, apesar de não ter muita certeza de como isso se pareceria.





TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Qui Jun 17, 2021 10:26 pm


[TUTORIAL] Wolfgang DkI2H3
Narração

Após atravessar o deserto de Petra Yuni em meio ao calor causticante que fazia, Kéfera finalmente começou a ver os primeiros indícios da civilização de Arosa. As pernas pesadas, as roupas encharcadas de suor e a garganta seca eram só algumas das dificuldades encontradas após ter feito praticamente uma viagem inteira do Norte ao Sul. — Hey seu ladrãozinho de merda, volte aqui. — Balbuciava uma mulher recém assaltada. Aliás, os saqueadores estavam por todos os lados, espreitando nas esquinas e nas sombras e nenhuma novidade aquela ser a primeira cena assistida pela ladina logo em sua chegada. Manter a atenção redobrada era um importante requisito para se passar sem sustos naquela região.

O prédio que Kéfera procurava não era necessariamente em nome de Sólida Yuni Ltda, afinal esse era apenas o nome escolhido pela família Shigenobu para abrigar o empreendimento em questão. Mas ela foi capaz de se lembrar graças a uma missão e outra que fizera por Arosa o endereço do clã em questão.

O prédio de dois andares tinha um formato de círculo e o segundo andar era do mesmo tamanho do primeiro, que foi construído exatamente em cima do piso abaixo dele. Com um olhar mais estratégico poderia observar que o telhado era baixo e arredondado e coberto com telhas vermelhas. Duas chaminés grandes em ambos os lados do telhado poderiam permitir a entrada ao prédio com algum esforço. Algumas janelas grandes permitiam que a luz entrasse suficientemente para os cômodos abaixo do telhado.

O prédio parecia ser bastante protegido, com seis funcionários guardando a entrada do local, três em cada esquina e outras duas pessoas no telhado. Aquela construção dominava praticamente toda a rua, de ponta a ponta, e os estabelecimentos vizinhos pareciam servir bem aos interesses daquelas pessoas.

— Com licença, moça, talvez queira um copo de água ou algum fruto do mar para saciar a fome. — Apresentou-se um dono de comércio na rua à frente do endereço. Sua barraca tinha não mais do que meia dúzia de clientes, inclusive dois deles acabavam de vir de dentro do endereço. Poderia ser uma boa maneira de se passar despercebida e fazer o trabalho de reconhecimento.

Quatro horas já haviam se passado e o calor agora era amenizado com o aumento dos ventos. Nesse tempo a segurança do cercado em nada diminuiu, sempre que os guardas do telhado se retiravam outros dois se apresentavam prontamente para suprir aquela carência e na entrada era a mesma coisa. Foi quando o horizonte começou a ficar predominantemente laranja que uma dezena de trabalhadores e uma espécie de dromedário estacionaram nos limites do portão do prédio.

De cima do animal saiu um homem de terno e chapéu longo com um tubo telescópico comumente usado para carregar documentos mantido embaixo do braço direito. Aquela multidão de trabalhadores começou a se dividir, provavelmente estavam retornando do último turno e se dirigiam para suas casas. Com a dispersão dos trabalhadores, o homem com o telescópico se dirigiu até o comércio do gentil homem de antes que ofereceu abrigo para Kéfera, parecendo contrariar os guardas do clã que esperavam que ele entrasse.

— Desce uma dose de whisky que o dia hoje foi pesado. — Pediu o homem, deixando o seu telescópico na cadeira ao lado e também causando algum alivio. — Isso é o que eu acredito que seja? — Perguntava o atendente, mostrando existir alguma intimidade entre eles. — Mestre Kido vai ficar louco se isso desaparecer, se eu sou você antes de ingerir álcool prestaria contas. — Sugeriu. — Desde quando você passou a ser o meu conselheiro? Traga-me logo a bebida e pare de encher meu saco. — Rebateu o construtor. Nesse instante saíram do interior do cercado e atravessaram a rua dois membros do clã Shigenobu e começaram a brincar com o telescópico.
 

Considerações:


Wolfgang
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang WGS5vdD
Créditos : 03
WolfgangDesigner
https://www.allbluerpg.com/t694-brina-britta#4763 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Sex Jun 18, 2021 12:48 pm
- Sim, é claro. Um drink de tâmara e um filé de truta cairia bem agora. - Após travar uma longa e perigosa travessia pelo deserto, uma boa refeição e bebida revigorante para se hidratar era mais que o necessário, e portanto Kéfera se mantinha naquela barraca usando o dinheiro dado por Sosuke. Não somente para repor suas energias, mas também parecia um excelente local para se manter disfarçada enquanto fazia seu estudo. Logo constatava que subestimara a companhia, uma vez que os protocolos de segurança eram claramente rígidos, haviam poucas entradas possíveis e ao longo do dia o sucesso da missão parecia cada vez mais comprometido.

Se existe alguma divindade que protege os ladrões, certamente dedicou sua bênção para a jovem ladina neste dia. "Isso seria... o que eu estou pensando?" o homem que entrara carregava consigo um tubo semelhante ao de instrumentos de astronomia, mas também se assemelhava com tubos usados para guardar projetos de arquitetura. De fato, seria muita coincidência, a mulher reconhecia que não era um sujeito qualquer, notavelmente pertencia ao clã que comandava a Sólida Yuni Ltda e as menções do comerciante deixava claro que aquele objeto não era meramente um equipamento astronômico. Kéfera rapidamente conectava os pontos, algumas conexões faziam sentido, porém ainda parecia muito absurdo que a sorte a favorecesse tanto. "De qualquer maneira, preciso agir rápido" Era uma oportunidade única e mesmo que não fosse precisamente o que a ladra estava procurando, o cilindro parecia guardar algo precioso e isso aguçava seu lado ganancioso.

Naquela noite, não parecia ter muita gente na rua, exceto pelo sujeito do tubo, o comerciante e os dois membros do clã Shigenobu que examinavam o suposto telescópio. Precisava ser agora, não haveria outra ocasião melhor.

Kéfera se aproximaria lentamente dos homens, e aproveitando-se da distração deles com o objeto, utilizaria seu impulso de prontidão para rapidamente sacar sua adaga e tentar desferir uma apunhalada direta nas costas do mais próximo deles, e sem perder tempo para aproveitar o fator surpresa, atacaria o outro com um golpe aberto horizontal, apenas para afastá-lo e agarrar rapidamente o tubo. - Sinto muito rapazes, mas isso é meu.- Caso não os atingisse como gostaria, ainda assim tentaria roubar o objeto arrancado-o das mãos dos homens e por fim, correria.

Assim que tivesse o objeto em mãos, a ladina utilizaria de toda sua agilidade para correr pelas ruas de Arosa. Sem olhar para trás, faria o máximo possível para despistar possíveis perseguidores, enfiando-se em ruelas e becos que conhecesse bem. Saltaria sobre obstáculos, abaixaria para não ser atingida por possíveis vigas e manteria-se atenta para se certificar de que não estivesse mais sendo seguida. Enfim, faria o que sempre fez por anos para não ser pega. Quando fosse seguro, a jovem checaria o conteúdo do tubo para ter certeza do que se tratava.
Spoiler:
off: meua migo eu jurava que já tava na cidade, por isso não me preocupei muito em fazer a travessia pelo deserto, senão eu teria tido essa preocupação. obrigado por não arrancar uma perna minha e vamo que vamo. <3
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Seg Jun 21, 2021 9:21 pm


[TUTORIAL] Wolfgang DkI2H3
Narração

Com uma excelente leitura de campo, Kéfera efetuou com sucesso o roubo e agora sangue respingava de suas mãos. Aqueles que testemunharam a ação gritaram palavras como "pega a ladra" e "socorro", deixando para trás uma imagem não tão boa de nossa protagonista. Com a sua experiência a ladina tratou de se evadir por trás das barracas, alguns poucos telhados e o próprio vento a ajudava ao levantar a poeira de terra dificultando assim os seus perseguidores e cobrindo os rastros que poderiam ter ficado para trás.

Foi quando ela adentrou àquela região com varais estendidos entre uma construção e outra, varias peças de roupa estendidas e vasos de cerâmica e galinhas por todo o canto. Os pouco aldeões que a avistaram nada fizeram para tentar contra sua vida, pelo contrário, davam de ombros, mas não era bom que confiasse demais neles. Encontrando abrigo atrás de uma rua vazia, com as janelas fechadas Kéfera pôde finalmente encontrar um momento de tranquilidade. Ali, ao abrir o telescópico ela tomou conhecimento do aparelho telescópio que dava origem ao nome e alguns documentos complementares, entre eles o projeto do Oasis a que estava se submetendo todos os ossos do oficio. — Bang-bang! Clap-Clap! — Mas antes que pudesse se aprofundar em sua leitura ouviu barulhos de tiros e macetadas se chocando contra crânios que a fizeram se colocar em prontidão novamente.

— Nós a pegamos. — Vindo da entrada norte da rua um homem alto, por volta dos dois metros de altura, de constituição física avantajada, loiro e aparência bronzeada, resultado de anos vivendo sob o mesmo sol. Ele usava uma espécie de macacão com as abas aberta e uma camisa branca, uma boina e com um taco de baseball na mão direita com aproximadamente 70 centímetros de comprimento batia na palma da mão esquerda, como se quisesse amedrontar o seu alvo. Pela entrada sul, inicialmente o que parecia ser visto como um homem ensanguentado, sua queda revelou um anão com dois revólveres em mãos. Fumaças saindo da boca do cano denunciavam que ele havia acabado de efetuar os disparos que findaram a vida daquele sujeito e muito provavelmente membro do clã Shigenobu.

— Muita calma nessa hora, podemos ser amigos ou muito hostis, a decisão está em suas mãos. — Disse o anão apontando com o revólver da mão direita para o alto. Se Kéfera olhasse para a direção apontada, poderia ver que dois outros homens, cada um em um suporte, não deixavam muitas opções de saída. — Nós somos os irmãos Watari. — Apresentou o anão. — Sim! Nós somos os irmãos Watari. — Repetiu o outro, como se sobrasse músculos e faltasse cérebro. — Esses homens estavam fechando o cerco contra você quando nós os avistamos e achamos ser um bom cartão de visitas te salvar, interprete como um sinal de boa fé. — Prosseguiu o anão. Fora aquele corpo, muitos outros haviam sido derrotados pela vizinhança. — Parece que você tem algo de valor para muitas pessoas, então seja uma boa menina e passe logo para cá, tudo bem? Nós garantiremos que você saia com vida daqui. — Propôs o anão.  

 

Considerações:

Estou satisfeito com o que vi até agora, por isso inseri o tão aguardado post de combate. Reafirmo a necessidade de se ler o Guia de Combate e estarei a disposição para te ajudar com alguma necessidade que houver. Bom post!

Wolfgang
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang WGS5vdD
Créditos : 03
WolfgangDesigner
https://www.allbluerpg.com/t694-brina-britta#4763 https://www.allbluerpg.com/t697-quem-liga-para-karate#4784
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Ter Jun 22, 2021 7:49 pm
A adrenalina de uma fuga seguida de um roubo bem sucedido causava uma sensação que sustentava um dos motivos que a mantinha no crime. Kéfera furtara o objeto e não havia sido muito difícil despistar os membros do clã, e finalmente alcançou um lugar supostamente seguro para examinar seu prêmio. - Kyhuhu o que temos aqui? - parecia ser exatamente o que procurava, alguns projetos referentes ao tal Oásis. Poucas missões haviam sido tão fáceis como aquela, apesar de tomar quase seu dia todo, agora sabia que restava voltar até Sosuke e receber seu tão almejado prêmio.

O encanto com seu novo tesouro a distraía por alguns segundos, estes cruciais e quase a colocaram em um perigo ainda maior. "Hnf... bandidos de segunda categoria." Analisava-os dos pés a cabeça e tirava sua conclusão. Ladrões que dedicavam suas vidas para roubar ladrões, eram os piores tipos, pois esperavam que alguém mais competente fizessem todo o trabalho por eles. Apesar disso, a ladina não podia julgá-los, uma vez que já havia feito isso várias vezes.

- Ora ora... vocês sabem que não precisa ser assim, certo? Todos podemos sair ganhando com isso. - dizia, estando sempre atenta aos movimentos dos homens e mantendo o tubo perto de si. Queria a atenção deles, o que poderia ser muito fácil se tratando da natureza dos bandidos, mas temia que o pequeno não caísse facilmente em sua lábia. - Isso faz parte de algo muito maior, é apenas um fragmento de um projeto que isolado não passa de um punhado de papéis inúteis, e eu sei onde conseguir o resto. Sem mim vocês nunca saberão onde encontrar, e juntos podemos extrair o valor máximo deste... tesouro. - enquanto falasse, Kéfera caminharia lentamente, gesticulando com cuidado para buscar convencer os sujeitos e baixar suas guardas. Procuraria fazer isso até reduzir sutilmente a sua distância em relação ao atirador. - Ou então...

E antes que pudesse concluir sua frase, rapidamente a gatuna faria um movimento com a perna para atirar areia na direção do rosto do anão - que por conta da sua estatura, não seria muito difícil - ao mesmo tempo que jogaria o peso do seu corpo para o lado para desviar de um possível tiro. Em seguida, dispararia com sua prontidão na direção dele, já sacando a adaga a empunhando na altura do peito para o atingir com um golpe diagonal de cima para baixo e repetiria o gesto para desferir um segundo golpe de baixo para cima, buscando o imobilizar ou desarmar assim que o combate iniciasse.

Sem perder tempo, Kéfera correria na direção do seu segundo alvo. Por mais forte que parecesse, o grandão também aparentava ser extremamente lerdo, e pensando nisso a sua estratégia seria correr em volta dele, abaixando-se e se mantendo em movimento sempre para desviar de possíveis golpes, socos ou até mesmo de disparos que os homens no alto pudessem desferir, uma vez que não conhecia a natureza de suas armas e poderiam facilmente ser pistolas.

Após tentar cansá-lo um pouco, a ladina saltaria para o lado contrário na tentativa de confundi-lo e então o atacaria com uma estocada na altura da perna, preferencialmente na coxa, para dificultar seus movimentos, e com isso, poder fugir com mais facilidade.

Sim, sua estratégia era simplesmente criar um espaço que permitisse sua fuga, pois sabia que não precisaria lutar contra os bandidos, uma vez que já tinha algo bastante valioso consigo e quanto antes saísse dali, melhor. Portanto, se tudo corresse conforme o desejado, a mulher correria o mais rápido possível pelas ruas, novamente numa tentativa de despistar os irmãos, e sobretudo os ladrões do alto.

Caso fracassasse em algo, Kéfera se manteria em posição de atenção, mantendo a adaga firmemente na altura do peito com a lâmina voltada para seus agressores, focando em desviar de possíveis projéteis com saltos e rolamentos se necessário.
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Wolfgang OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Wolfgang Qui Jun 24, 2021 8:37 pm


[TUTORIAL] Wolfgang DkI2H3
Narração

Endossando o discurso de que quando a saliva acabasse, deveria se apoiar na pólvora, ou no caso dela, o fio de sua lâmina, Kéfera permitiu que os seus adversários acreditassem por um momento que alguma espécie de acordo estava para nascer daquele encontro. — Isso, traga para o papai aqui. — Balbuciou o anão, que não contava que sofreria com um golpe tão baixo como aquele. Ao dar ao anão o gosto que o acordo se desenrolaria sem sustos, Kéfera provocou com a sua perna uma rajada de areia que cobriu o rosto do seu adversário que veio consequentemente a atingir os olhos. — Irmão. — Com os olhos fechados e a mão esquerda sendo guiada para tirar a poeira impregnada em seus olhos, o anão deu três tiros sem direção contra Kéfera, que respondeu tirando o seu corpo da mira dos tiros. Em um golpe de misericórdia, Kéfera formou com sua adaga um corte em formato de X no peito do anão que o derrubou.

Confiante com a vitória parcial obtida, a gatuna investiu contra o brutamonte a sua frente que poderia observar estar furioso. Ele espumava de raiva, a sua pele antes bronzeada agora era vermelha como um pimentão e você poderia jurar de pés juntos ter visto fumaça branca sair do seu nariz, o diafragma batia tão forte que parecia querer rasgar o seu peito. — Eu não vou te perdoar por isso. — Ao ler a estratégia de Kéfera em correr em círculos, com ele no epicentro, o grandão respondeu com uma investida na direção contraria e com a sua arma realizou um arremate horizontal, com o taco estendido, que acertou em cheio o tronco esquerdo de Kéfera. O golpe foi forte suficiente para envergá-la com uma dor pulsante na região atingida, que aumentava em intensidade a cada segundo, como se o lado esquerdo do seu corpo pedisse por descanso.

O brutamonte por sua vez parecia estar fora de si, com as órbitas dos seus olhos totalmente brancas. Mimicando a estratégia da gatuna, ele batia com a ponta do seu taco no terreno com força capaz de levantar uma parede de poeira separando os adversários. — Eu não quero só te matar, como quero fazer disso um jogo. — Disse o brutamonte, criando aquela situação adversa.  
 

 
Considerações:

Gostei do que vi no lado ofensivo, senti um pouco de falta no lado defensivo, apenas, que é importante para correr o menor risco possível, mas em resumo me deixou empolgado. Mantenha o nível nesse próximo post e eu só devo vir com a avaliação final. Prossiga!