Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Kites
Página 1 de 1
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus XqxMi0y
Créditos : 15
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Unos - Incipit Prologus Qui Maio 27, 2021 9:08 pm
Unos - Incipit Prologus

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Fragor S. Rugiet. A qual não possui narrador definido.

_________________

Unos - Incipit Prologus J09J2lK
Leona
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus 120x120
Créditos : 00
Re: Unos - Incipit Prologus Qui Jun 03, 2021 5:24 am




Unos - Incipit Prologus

- Fragor S. Rugiet -



Muitas coisas tiveram que acontecer para que eu estivesse aqui hoje, ser um macaco, ser criado por um velhote, perder uma Akuma no Mi no truco, ganhar um bastão e, sobreviver ao...inverno? Devo ter tido um sono muito pesado.

— Que horas são? — Bocejaria, antes de tentar verificar o horário pelas pequenas frestas da cabana de estrutura reforçada em que havia passado as últimas semanas. —  A resposta sempre é, hora de abdominais! — Deitaria e começaria uma pequena sequência de abdominais para dar início ao dia, costume que tinha desde que me entendo por macaco.

Bom, o velhote disse que me encontraria no fim de Grand Line, eu preciso aprender mais sobre ela, aprender sobre como a navegação nela funciona e, é claro, ficar muito mais forte... Mas seria um desperdício fazer isso sem aproveitar a viagem! Eu soube que as pessoas voam por aqui, voam! Eu tenho que ver isso com meus próprios olhos antes de navegar! Levantaria da minha pequena sessão de exercícios e sairia em direção a cidade, claro, se fosse dia, já que os ventos inviabilizariam a locomoção noturna. Se ainda fosse noite, esperaria o amanhecer. Procuraria informações sobre as "pessoas que voam" das quais os habitantes da ilha comentavam e me atentaria ao céu na tentativa de ter sorte o suficiente para ver uma delas. Caso eventualmente encontrasse alguém aterrissando, ou talvez alguém que parecesse acompanhar ou organizar suas movimentações, diria com um sorriso no rosto.

— Olá, olá! Antes que pergunte, sim, sou um homem-macaco-coisa-brutamontes-de-pelo-vermelho, mas não estou aqui para fazer nenhum mal, não mesmo! Sou apenas um macaco curioso querendo saber porque animais sem asas são capazes de voar por aqui, será que eu poderia tentar também? Eu tenho uma cauda, mas ela não gira rápido o suficiente para que eu levante voo...ainda...






Histórico:
Post: 01
Nome: Fragor S. Rugiet

Proficiências Acrobacia, Atletismo, Discurso, Estratégia, Física.
Qualidades: Mutação Aberrante: Cauda Hábil; Prodígio; Prontidão; Mãos Hábeis; Vigor.
Defeitos: Ambição: Tornar-se o Rei dos Piratas; Guloso; Infame; Extravagante; Preconceito; Atípico; Sensíveis ao Calor; Forma Sulong.
- Compulsivo: Fazer exercícios físicos. [00/10]
- Guloso [01/10]

Ganhos: N/A
Perdas: N/A
Localização: Ilha de Kites - North Blue

Objetivos:
- Diversão e Roleplay
- Começar o treinamento para a Qualidade: Ambidestro
- Subir para o nível 3
- Aprender as proficiências: Carpintaria e Marcenaria
- Ir para Minion ou Stevelty ao fim da aventura, o narrador pode decidir.
- Conseguir uma embarcação pequena com um NPC navegador(Não necessariamente possuí-la).
- Conhecer futura NPC companheira com PP de Bulma se possível.
- Descer na porrada com uns NPCs aí.
- Me tornar um Pirata.


Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus SFDBQPA
Créditos : 10
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Unos - Incipit Prologus Sab Jun 05, 2021 8:39 pm

Unos - Incipit Prologus



O ânimo do jovem mink acordava juntamente com os primeiros raios de sol, até mesmo antes de seu corpo despertar por completo. Alguns exercícios seriam o bastante para tirar a preguiça da noite bem dormida, deixando seu corpo pronto para seja lá o que lhe aguardava nas próximas horas. Por ser um novo residente na inóspita ilha de Kites, o mink sequer imaginava o que poderia vislumbrar ao abrir a porta, sentindo uma lufada de vento no instante em que fizesse tal ato.

Apenas de olhar para cima, Fragor conseguiria notar diversas figuras que assemelhavam-se a silhuetas de pássaros, mas ao observá-las melhor, notariam que se tratavam de pessoas em aparatos em formas de asas. Alguns utilizavam um equipamento mais sofisticado, demonstrando maior aerodinâmica nos movimentos, mas a realidade era que era difícil olhar para cima sem ver algum habitante circulando pelo ar.

Um pique até a cidade já indicaria para o jovem Mink de que sua raça não era algo comum de ser vista pelas redondezas como é pela Grand Line. Apesar de nenhuma reação hostil, as pessoas olhavam com curiosidade e, algumas, cochichavam entre si algumas palavras antes de virar o rosto. Por estar tão próximo do Porto Sul, rapidamente seria possível vislumbrar a capital de Eolia, vislumbrando a incrível tecnologia que o povo da ilha conseguiu elaborar. As construções ali eram totalmente reforçadas e Fragor conseguia entender o motivo por conta do vento intenso que ali havia, mesmo durante o dia. Além disso, gigantescos moinhos eram possíveis de serem vistos ao redor da grande cidade montanhosa, dando uma pista de onde eles tiravam toda a energia para movimentar o lugar.

Foi o momento ideal para chegar, pois assim que Fragor se aproximava, uma jovem senhorita acabava pousando ao utilizar um planador que assemelhava-se a um guarda-chuva. A delicadeza de seus movimentos fazia com que ela pousasse com graciosidade e ao observar o mink se aproximando, ela dava um grito fino e rápido de surpresa. — Er... Olá, senhor. Novo por aqui? — Apesar do susto, ela parecia estar perfeitamente bem com o fato de Fragor ser um mink, apenas tendo se surpreendido com a rápida abordagem. — B-Bem, se quiser saber melhor, talvez possa saber mais na Pista de Decolagem em Gaia. Não é tão longe daqui. — Ela apontava para o lado direito de onde estavam, dando para observar ao longe uma grande estrutura presa na montanha.

A estrutura possuía a altura de um prédio de oito andares e era possível visualizar diversas pessoas saltando de lá, apesar da distância. O vento que ali fazia era forte o bastante para impulsionar qualquer um para cima com força, permitindo que pudessem planar sem preocupações aparentes. — Não é difícil pegar o jeito, mas recomendo que vá com cuidado se for sua primeira vez. De qualquer forma, estou atrasada para o trabalho. Seja bem-vindo à Kites! — Com um sorriso tenro no rosto, ela abaixava a cabeça em uma saudação e ia andando com o passo apressado em direção a uma loja próxima dali, deixando o jovem Mink ainda estupefato com a loucura que era aquele lugar.

Fragor S. Rugiet:

Post: 1
Ganhos:
Perdas:
NPCs:

_________________

Unos - Incipit Prologus V8upj2D

Unos - Incipit Prologus YDNzcDa
Leona
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus 120x120
Créditos : 00
Re: Unos - Incipit Prologus Ter Jun 08, 2021 7:47 pm
@Leona escreveu:



Unos - Incipit Prologus

- Fragor S. Rugiet -



Um passo em direção ao exterior foi suficiente para comprovar a veracidade dos rumores, realmente haviam pessoas nos céus, nos céus! Não conseguia conter o sorriso ao contempla-las, que se alargou ainda mais ao conseguir informações com uma simpática habitante da ilha.

— A Pista de Decolagem, não é? Bom, é pra lá que eu irei... assim que arrumar algo pra comer — Podia ouvir meu estômago roncando, não ter comido nada pela manhã é um crime que ele não seria capaz de perdoar. — Deve ter algum lugar pra comer por aqui, vamos ver...

Percorreria a cidade em busca de um mercado, um restaurante, ou algo do tipo, no qual pudesse comer antes da minha primeira aventura na ilha, afinal, eu não sou eu mesmo quando estou de estômago vazio. Me espreguiçaria no caminho e manteria um sorriso no rosto, não havia ficado tempo o suficiente sem comer para que meu bom humor matinal fosse abalado. Também observaria com atenção as pessoas no céu, como suas mas se movimentavam, seus pés, o posicionamento do seu corpo, quais membros mantinham-se rígidos e quais membros se mantinham fluídos, aprendendo o máximo possível para o que obviamente estava fadado a tentar.

Caso encontrasse o local que eu e meu estômago, tanto procurávamos, iria até o balcão ou atendente que estivesse no local.

— Olá, olá! Bom dia! Antes que pergunte, sim, sou um homem-macaco-coisa-brutamontes-de-pelo-vermelho, mas não só isso, sou um homem-macaco-coisa-brutamontes-de-pelo-vermelho-com-fome disposto a pagar por uma refeição! Pode me trazer qualquer coisa que não venha de um animal com pelos e pegue o meu dinheiro! — Diria, procurando algum lugar para sentar após pagar caso fosse atendido e devorando a comida enquanto refletia sobre as possíveis observações que poderia ter tido ao observar as pessoas voadoras da ilha. Estaria pronto para a possibilidade de ser hostilizado, afinal já era notável que a escassez e raridade dos Minks não era exclusiva da Ilha de Torino, mantendo um sorriso no rosto — Vamos, vamos, eu quero comer uma refeição em paz e você quer fazer dinheiro vendendo comida, não seria bom para nós dois fazer negócio sem confusões?

Caso conseguisse realizar minha refeição, pediria mais uma para a viagem a guardaria para mais tarde após realizar o pagamento. Partindo em direção à Pista de Decolagem e procurando alguém que aparentasse vender um dos apetrechos que as pessoas pareciam utilizar para o voo. Na tentativa de adquirir um e conseguir informações sobre as regras da sua utilização, ou pelo menos de alguém que pudesse passa-las pagando o valor solicitado em seguida, é claro, se fosse coerente.








Histórico:
Post: 02
Nome: Fragor S. Rugiet

Proficiências Acrobacia, Atletismo, Discurso, Estratégia, Física.
Qualidades: Mutação Aberrante: Cauda Hábil; Prodígio; Prontidão; Mãos Hábeis; Vigor.
Defeitos: Ambição: Tornar-se o Rei dos Piratas; Guloso; Infame; Extravagante; Preconceito; Atípico; Sensíveis ao Calor; Forma Sulong.
- Compulsivo: Fazer exercícios físicos. [01/10]
- Guloso [02/10]

Ganhos: N/A
Perdas: N/A
Localização: Ilha de Kites - North Blue

Objetivos:
- Diversão e Roleplay
- Começar o treinamento para a Qualidade: Ambidestro
- Subir para o nível 3
- Aprender as proficiências: Carpintaria e Marcenaria
- Ir para Minion ou Stevelty ao fim da aventura, o narrador pode decidir.
- Conseguir uma embarcação pequena com um NPC navegador(Não necessariamente possuí-la).
- Conhecer futura NPC companheira com PP de Bulma se possível.
- Descer na porrada com uns NPCs aí.
- Me tornar um Pirata.


Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus SFDBQPA
Créditos : 10
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Unos - Incipit Prologus Dom Jun 13, 2021 1:36 am

Unos - Incipit Prologus



Ainda perplexo com os seus arredores, Fragor sabia que muito havia para ser explorado naquele lugar. As infinitas possibilidades que todas as ilhas forneciam para àqueles que estavam dispostos a dar tudo de si por uma boa aventura acabava por duplicar pelo fato daquela ilha ser tão genuína. A capacidade de voo era de exclusividade de poucas criaturas naquele planeta e, provavelmente após experimentar aquela experiência, seria algo difícil de desacostumar. Olhando para cima, tropeçando em uma pessoa ou outra, o Mink tentava decorar os padrões nas movimentações de pessoas e, se não fosse pelo seu intelecto acima da média, talvez tivesse fracasso naquilo, mas conseguia notar sim uma certa técnica em comum, mesmo que o tipo de instrumento mudasse de pessoa para pessoa.

Entretanto, o que era maior do que a curiosidade do jovem mink, era sua insaciável fome. Percorria pelas ruas e vielas de Kites com certa dificuldade, sentindo o intenso vento ir contra si diversas vezes. Acabava por notar que haviam caminhos que as pessoas utilizavam mais e estes não era tão difícil assim. Por ter uma proteção natural de pelos, acabava por não se incomodar com o frio que fazia, conseguindo circular com maior naturalidade do que as pessoas comuns. Estas pessoas, entretanto, vez ou outra se assustavam com a presença de um mink avermelhado, que chamava muita atenção por conta da tonalidade de sua pelagem.

Os caminhos acabavam levando-o até próximo de um restaurante que emanava um aroma maravilhoso. Uma enorme vitrine servia como um gigantesco aquário para uma coleção de lagostas e peixes ainda vivos, demonstrando um altíssimo nível para refeições de frutos do mar. Um garçom com um bigode bem fino e trajes elegantes acabava por se assustar com a presença do Mink, mas ajeitava a compostura no momento que notava se tratar de um cliente.

O local era bem ajeitado e, apesar da pompa, não era tão caro assim para investir numa boa refeição. Por não ter solicitado nada em específico, o servente acabava por trazer um prato de truta com molho de ervas, que aparentemente era o carro chefe do lugar. A refeição era extremamente deliciosa e, melhor de tudo, fresca. Uma pequena marmita era também ofertada ao rapaz com um pouco da refeição, totalizando tudo apenas em B$ 150.000, o que acabava não sendo tão caro comparado à experiência que havia tido por ali.

E a pista de voo, conforme havia sido indicado pela jovem atarefada, não era tão distante dali, mas quanto mais perto chegava do lugar, maior acabava se tornando a perspectiva de Fragor. Mesmo olhando para cima, parecia ser difícil visualizar o topo daquela gigantesca estrutura, onde diversas pessoas circulavam com seus equipamentos como se fossem gaivotas ao redor do mastro de um navio. Por sorte, havia um aparato interessante que erguia uma gigantesca plataforma para cima, poupando o Mink de ter que subir tudo aquilo escalando ou pelas escadas.

No topo, uma enorme vista panorâmica dava ao jovem uma bela noção da proporção daquela ilha. Apesar de grande por si só, eram extremamente altas suas montanhas e, dali, era possível ver outros dois núcleos populacionais ao redor da ilha, além de uma cadeia de montanhas mais elevada no centro da região. Ali dentro, além das enormes janelas reforçadas que davam a capacidade de enxergar tudo dali de cima, era possível ver diversos jovens entretidos em se equipar e saltar em queda livre. Todos pareciam experientes o bastante com isso, mas uma senhorita de cabelos castanhos aparentava estar preocupada logo atrás de um balcão, onde aparentemente eram deixados os pertences daqueles que estavam voando ali fora.

Seu olhar parecia atenta com todos que acabavam entrando pelo elevador e, como muitos acabavam indo direto para a pista e a ignoravam solenemente, ela continuava com sua expressão de tensão como se aguardasse respostas por algo. Logo atrás dela, havia uma entrada que levava a um corredor extenso, onde talvez fosse o local dos equipamentos que Fragor estava buscando.

Fragor S. Rugiet:

Post: 2
Ganhos:  
Perdas: 150.000 B$
NPCs:

_________________

Unos - Incipit Prologus V8upj2D

Unos - Incipit Prologus YDNzcDa
Leona
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus 120x120
Créditos : 00
Re: Unos - Incipit Prologus Dom Jun 20, 2021 5:29 am




Unos - Incipit Prologus

- Fragor S. Rugiet -



Barriga cheia e uma ideia de como voar, o dia realmente parecia ter começado da melhor forma possível. Finalmente havia chegado ao destino que traçara no início da manhã, a Pista de Decolagem! O topo parecia tão distante quanto as pessoas que sobrevoavam o local, mas a tecnologia da cidade poupara o esforço de algumas horas de escalada, algo que me deixou bem menos contente do que a maioria das pessoas esperaria. Ao chegar em frente ao corredor em que possivelmente eram guardados os equipamentos de voo, me deparei com a figura de uma garota que parecia guardar os pertences dos muitos aventureiros da ilha que excitadamente disparavam em queda livre do topo do local, trabalho que alguém como eu provavelmente nunca poderia realizar, deixaria tudo para trás para voar em poucos minutos, pude notar que ela estava visivelmente preocupada, ou talvez ansiosa? As pessoas saltando? Não, não deveria ser, alguém que trabalha ou vive em Kites por um tempo deve estar habituado à esse tipo de coisa, a resolução de algo? O estado de alguém? Isso me cheira como... molho? Não, isso é a comida. Isso cheira como... uma oportunidade.

— Olá, olá! Bom dia! Eu sou um novo visitante na ilha, eu gostaria de... — Interromperia minha fala, fitando seu rosto por alguns segundos — Ei, você está preocupada com algo? Você está com uma cara de que está abrindo uma casca de banana sem saber se ela está estragada ou não. Desculpe se estiver sendo intrusivo, mas se precisar de ajuda com algo, eu estaria feliz em fazê-lo em troca de algumas lições sobre o procedimento de voo, deduzo que as técnicas mais amplamente utilizadas podem acabar não sendo as mais adequadas para alguém como eu que sou, digamos, um pouco excêntrico — Deitaria e realizaria alguns rápidos abdominais, levantando logo em seguida — Mas, é claro, não irei tomar muito do seu tempo se não desejar intromissões, mas poderia ao menos me explicar como faço para comprar os equipamentos e encontrar um instrutor?.

Esperaria pela resposta da mulher, estando disposto a ouvir sua história caso a mesma desejasse compartilhá-la, mas ainda considerando a possibilidade da mesma desejar manter seus assuntos em segredo, apenas me dirigindo aos possíveis indicados por ela para realizar a compra dos equipamentos e a procura e contratação de alguém inteligente o suficiente para ensinar um macaco a voar!






Histórico:
Post: 03
Nome: Fragor S. Rugiet

Proficiências Acrobacia, Atletismo, Discurso, Estratégia, Física.
Qualidades: Mutação Aberrante: Cauda Hábil; Prodígio; Prontidão; Mãos Hábeis; Vigor.
Defeitos: Ambição: Tornar-se o Rei dos Piratas; Guloso; Infame; Extravagante; Preconceito; Atípico; Sensíveis ao Calor; Forma Sulong.
- Compulsivo: Fazer exercícios físicos. [02/10]
- Guloso [00/10]

Ganhos: N/A
Perdas: 150.000 B$
Localização: Ilha de Kites - North Blue

Objetivos:
- Diversão e Roleplay
- Começar o treinamento para a Qualidade: Ambidestro
- Subir para o nível 3
- Aprender as proficiências: Carpintaria e Marcenaria
- Ir para Minion ou Stevelty ao fim da aventura, o narrador pode decidir.
- Conseguir uma embarcação pequena com um NPC navegador(Não necessariamente possuí-la).
- Conhecer futura NPC companheira com PP de Bulma se possível.
- Descer na porrada com uns NPCs aí.
- Me tornar um Pirata.


Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus SFDBQPA
Créditos : 10
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Unos - Incipit Prologus Sex Jun 25, 2021 1:06 pm

Unos - Incipit Prologus



Apesar da excitação da situação, Fragor ainda assim possuía bastante empatia com o próximo, fato que acabava por levá-lo diretamente diante da recepcionista da pista de decolagem. A jovem garota loira olhava com tensão para a porta e, apesar do mink ruivo que cruzava por ali, não parecia ser mais interessante do que ver a resolução de seus problemas. No instante em que o símio se aproximou, a jovem acabava por dar um breve salto de surpresa, talvez por estar distraída demais para notar. — A-Ah... Olá se-senhor! — Ela parecia voltar o foco para a realizada, mas seu olhar preocupado ainda era constante. Quando perguntado a ela o motivo, ela levava uma das mãos até o olho, enxugando uma lágrima que teimava de sair. — [b]É a minha irmã... Ela saiu ontem a noite e não havia chego em casa quando saí. — Ela olhava por cima do ombro, em busca de algum rosto familiar, mas acabava se frustrando e suspirando meio receosa.

Ela engolia um seco, e então prosseguia. — Ela é a melhor piloto de planador dessa ilha. Costuma ensinar muito aos recém-chegados, mas ela não deu sinal de vida desde ontem... — Sua preocupação era palpável, mas ela tentava manter a pose neutra diante das pessoas que ali estavam. Rugiet notava que as pessoas sequer dirigiam-se a ela, indo direto para a pista de decolagem com seus planadores esquisitos e saltando sem nenhum tipo de receio para uma queda livre, sendo salvos pelas fortíssimas lufadas de vento que os arremessava para cima. — Mas se o senhor puder encontrá-la!!! Ela com toda a certeza poderá ensinar muito e te oferecer algum dos planadores. — A pontada de esperança se acendia em seus olhos, deixando Fragor até mesmo um pouco sem jeito.

A garota, animada, pegava um papel e começava a fazer algumas anotações. — Eu me chamo Mare, e minha irmã se chama Lilly. Ela disse que ia sair com uns amigos depois do expediente e disse que voltaria antes do anoitecer, afinal o toque de recolher precisa ser respeitado. — Talvez fosse novidade para Fragor sobre o tal "toque de recolher", mas a garota prosseguia como se isso fosse senso comum. — Se ela não voltou... Deve ter se abrigado em algum lugar. Talvez esteja em apuros. — Ela então entregava o papel com o nome de três pessoas, sendo Marshall, Alex e Olivia, respectivamente. Além disso, ela entregava uma pequena foto com a imagem de uma mulher mais esguia que ela, mas ainda assim era claro os traços de parentesco. — Esses são os amigos dela. Normalmente se reúnem pela praia ao Norte para beberem em um luau. Será que poderia ajudar, moço? Eu não posso sair daqui e deixar a a pista de decolagem vazia. — Sua voz infantilizada chegava a dar pena e, se o Mink tivesse um coração um pouco mole, talvez acabasse sendo impelido na ideia de buscar pela tal irmã perdida.

De qualquer maneira, ainda assim havia por ali tudo o que o Mink sempre havia sonhado. Apesar de Mare não aparentar ser de grande utilidade agora, diante de sua preocupação, ainda assim haviam equipamentos por ali que poderiam ser comprados ou alugados, e também pessoas experientes que talvez estivessem dispostas a ensinar uma coisa ou outra. Além disso, Fragor sabia que o melhor jeito de alcançar outras áreas na ilha era através daqueles planadores ou de teleféricos. A estação deles era possível de ser vista mais ao oeste dali, que apesar de não serem tão velozes, ainda assim era um meio de transporte seguro para alcançar as zonas cardeais de Kites.

Fragor S. Rugiet:

Post: 3
Ganhos:
Perdas: 150.000 B$
NPCs:

_________________

Unos - Incipit Prologus V8upj2D

Unos - Incipit Prologus YDNzcDa
Leona
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus 120x120
Créditos : 00
Re: Unos - Incipit Prologus Sab Jul 10, 2021 10:21 am




Unos - Incipit Prologus

- Fragor S. Rugiet -



A aposta em uma troca de favores parecia apresentar sinais de que daria frutos, caso conseguisse encontrar o trio desaparecido, teria um instrutor e a gratidão de uma das pessoas que trabalham no local e, é claro, a garota teria seus anseios resolvidos.

— Entendo, entendo! Bom, eu não tenho tempo a perder, tenho que aproveitar cada segundo antes do sol se por. Eu vou achá-los, você ganha uma irmã de volta e eu ganho uma instrutora... E um almoço se não for pedir muito! Uhuhumhumhumhumhumhum — Inala em baixo som — Hemhem— Inala — Hemhehehehemhe

Desceria do pico utilizando a mesma geringonça que utilizara para subir e partiria em direção à Praia, a qual procuraria enxergar durante a descida para uma caminhada de rumo menos duvidoso. Manteria a foto guardada após fita-la por alguns instantes, tentando captar as feições mais marcantes das pessoas nelas representadas. Caso chegasse, procuraria avaliar a situação do local, a distância tomada no percurso e possíveis abrigos improvisados que pudessem resistir à violenta ventania da cidade, atento para a possível presença de possíveis rastros dos desaparecidos. Portadores de bebidas, canecas, garrafas vazias, traços de vestes, tudo que pudesse ter sido deixado por deles, ou carregado pelo vento.

— Olivia! Você está por aí? Sua irmã e meu segundo almoço dependem de você apareceeeeer! — Clamaria, quase que apenas como desencargo de consciência, buscando observar a reação das pessoas ao redor, caso houvesse alguma.






Histórico:
Post: 04
Nome: Fragor S. Rugiet

Proficiências Acrobacia, Atletismo, Discurso, Estratégia, Física.
Qualidades: Mutação Aberrante: Cauda Hábil; Prodígio; Prontidão; Mãos Hábeis; Vigor.
Defeitos: Ambição: Tornar-se o Rei dos Piratas; Guloso; Infame; Extravagante; Preconceito; Atípico; Sensíveis ao Calor; Forma Sulong.
- Compulsivo: Fazer exercícios físicos. [01/10]
- Guloso [02/10]

Ganhos: N/A
Perdas: N/A
Localização: Ilha de Kites - North Blue

Objetivos:
- Diversão e Roleplay
- Começar o treinamento para a Qualidade: Ambidestro
- Subir para o nível 3
- Aprender as proficiências: Carpintaria e Marcenaria
- Ir para Minion ou Stevelty ao fim da aventura, o narrador pode decidir.
- Conseguir uma embarcação pequena com um NPC navegador(Não necessariamente possuí-la).
- Conhecer futura NPC companheira com PP de Bulma se possível.
- Descer na porrada com uns NPCs aí.
- Me tornar um Pirata.


Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus SFDBQPA
Créditos : 10
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Unos - Incipit Prologus Sab Jul 10, 2021 2:57 pm

Unos - Incipit Prologus



A risada maligna de Fragor, apesar de não ser a maior de suas intenções, fazia a mulher encolher seus ombros de receio. Ainda assim, era a maior aposta que ela poderia ter, então acabava por aceitar de bom grado a ajuda do mink desconhecido. — C-claro senhor. O quanto puder comer! — Diria, demonstrando que pagar por uma boa refeição ao seu salvador seria um preço pequeno pelo resgate de sua irmã.

E, assim, o símio acabava partindo em direção da praia indicada, olhando para a imagem da desaparecida com afinco para gravar bem suas feições. Quando alcançou a praia, notava que a areia se espalhava até boa parte das estradas próximas, tendo como causa os terríveis ventos que ali haviam. Ao mar, era possível notar diversos jovens praticando esportes radicais com o uso de paraquedas para impulsionar suas pranchas de surf.

Não era necessário tomar muito tempo de observação para perceber que haviam por ali diversas áreas onde jovens se reuniam para festejar. Era um canto mais isolado da praia, onde algumas rochas impediam o fluxo muito forte do vento. Ao redor, diversas garrafas e copos vazios, assim como bitucas de cigarro, eram possíveis de serem vistas, o que não era muito benéfico ao meio ambiente. — Ah, ontem eu vi alguns jovens por aqui. Eram um quarteto, né? — Um senhor de idade estava saindo de uma pequena canoa puxando uma rede farta de camarões. Sua expressão maltratada pelo tempo lhe dava um ar de sabedoria, e sua voz tranquila indicava bondade em querer ajudar. Fragor tinha em suas anotações que Olivia havia saído com outras duas pessoas, então quem seria a quarta? — Depois que o último apareceu, começou uma ventania danada, sabe? Aí eu acabei arrumando minhas coisas e indo embora. Se não me engano eles foram logo ali. — O homem apontava para um conjunto habitacional não muito longe da praia. Era um pequeno prédio de três andares, com diversas janelas reforçadas e pichações nas paredes. Não era um local muito bem cuidado, podendo ser inclusive ser confundido com algo abandonado… Mas seria lá onde Olívia estaria?

Fragor S. Rugiet:

Post: 4
Ganhos:
Perdas: 150.000 B$
NPCs:

_________________

Unos - Incipit Prologus V8upj2D

Unos - Incipit Prologus YDNzcDa
Leona
Ver perfil do usuário
Imagem : Unos - Incipit Prologus 120x120
Créditos : 00
Re: Unos - Incipit Prologus Dom Jul 18, 2021 3:56 am




Unos - Incipit Prologus

- Fragor S. Rugiet -



Ao encontrar um pequeno resquício de esperança de encontrar Olivia surgiu na costa na forma de um velho pescador que trazia um relato tão intrigante quanto preocupante. Um quarto membro no grupo de Olivia, que deveria ter apenas três pessoas, surgiu pouco antes da ventania começar e agora estão desaparecidos, teria ele os sequestrado, seria ele apenas mais uma pessoa comum que também foi pego de surpresa pela ventania? Poderia ele influenciar a ventania de maneira que três habitantes da ilha acostumados com ela acabaram sendo pegos de surpresa? São muitas as possibilidades, preciso de mais informações.

— Entendo, entendo! Obrigado por tomar tempo para me ajudar, se possível, poderia me dar mais algumas informações. Prazer, eu sou Fragor, como o senhor se chama? E se lembra da aparência desses indivíduos, pelo menos os seus traços mais marcantes? E no horário em que a ventania começou, o senhor ainda estava voltando para casa, certo? Teria a ventania começado mais cedo que o habitual?

Esperaria pela resposta do ancião, que serviria, naquele momento, como bússola para meus planos futuros, no curto prazo, ir até o local parecia a escolha mais óbvia a se fazer, compararia a descrição dada pelo senhor com a das pessoas na foto, buscando descobrir alguns traços básicos da aparência do quarto membro presente durante o luau. Agradeceria pela ajuda prestada e me dirigia ao suspeito local com cautela, rodeando-o aparentemente despretensioso por algum tempo, buscando reunir e decorar todas as possíveis saídas e entradas, possíveis guarda costas, e rastros que poderiam indicar que os jovens estariam de fato dentro do local. Na ausência de seguranças, adentaria o local e o percorreria em silêncio, em busca de rastros dos desaparecidos, caso encontrasse alguém cuja aparência não fosse da de um dos três na foto, diria:
 
— Olá, olá! Que bom encontrar você por aqui, eu soube que os três pé rapados que pediram pratos de truta com molho de erva e saíram sem pagar vieram pra cá depois de uma noite de bebedeira no luau, e uma delas ainda é aparentemente uma renomada instrutora de voo, da raiz aos frutos, nada escapa de estar parcialmente podre nessa ilha!






Histórico:
Post: 05
Nome: Fragor S. Rugiet

Proficiências Acrobacia, Atletismo, Discurso, Estratégia, Física.
Qualidades: Mutação Aberrante: Cauda Hábil; Prodígio; Prontidão; Mãos Hábeis; Vigor.
Defeitos: Ambição: Tornar-se o Rei dos Piratas; Guloso; Infame; Extravagante; Preconceito; Atípico; Sensíveis ao Calor; Forma Sulong.
- Compulsivo: Fazer exercícios físicos. [02/10]
- Guloso [03/10]

Ganhos: N/A
Perdas: N/A
Localização: Ilha de Kites - North Blue

Objetivos:
- Diversão e Roleplay
- Começar o treinamento para a Qualidade: Ambidestro
- Subir para o nível 3
- Aprender as proficiências: Carpintaria e Marcenaria
- Ir para Minion ou Stevelty ao fim da aventura, o narrador pode decidir.
- Conseguir uma embarcação pequena com um NPC navegador(Não necessariamente possuí-la).
- Conhecer futura NPC companheira com PP de Bulma se possível.
- Descer na porrada com uns NPCs aí.
- Me tornar um Pirata.