Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Perpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 9:02 ampor  MakaRegistro de PhotoplayerHoje à(s) 5:40 ampor  RyomaRenHoje à(s) 5:30 ampor  Ryoma[Criações] - RenHoje à(s) 5:29 ampor  RyomaZaynHoje à(s) 5:26 ampor  RyomaAgatha HarknessHoje à(s) 5:20 ampor  RyomaAnnabelle Petit BarozziHoje à(s) 5:17 ampor  Ryoma''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  Ryoma[Criações] - ''Sir'' Douglas WhitefangHoje à(s) 5:04 ampor  RyomaJoe SinsHoje à(s) 5:01 ampor  Ryoma
 :: Oceanos :: Blues :: East Blue :: Shells Town
Página 2 de 2 Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Livro I - A Caminhada - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Livro I - A Caminhada Dom Maio 23, 2021 10:53 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Livro I - A Caminhada

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Mayumi Emi. A qual não possui narrador definido.

_________________

Livro I - A Caminhada - Página 2 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Faktor
Ver perfil do usuário
Imagem : Livro I - A Caminhada - Página 2 C9n8Zcx
Créditos : 18
Localização : Sirarossa
FaktorCivil
https://www.allbluerpg.com/t1048-john-adam#9946 https://www.allbluerpg.com/t1051-pra-sempre-e-muito-tempo#10727
Re: Livro I - A Caminhada Qua Ago 04, 2021 3:31 pm




Livro I - A Caminhada

- Mayumi Emi | 8 -

- Falas. | ~ Pensamentos. | Técnicas

~ Por que ele tem que ser um Cozinheiro tão bom?... ~ Me indagava em meus pensamentos enquanto comia aquele delicioso ensopado que havia sido posto em minha mesa. ~ Essa é a melhor comida que já comi desde que me conheço por gente… Bom, consegui prová-la ao menos uma vez, acho que nas minhas circunstâncias isso é um prêmio. ~ Viajava em meus pensamentos, porém havia me desligado do universo e ele agora me chamava com as falas de Kurenai. - A- Ah, desculpe, tava viajando aqui. - Terminando minha fala com uma leve risada. - Kurenai certo? Muito obrigado pela cerveja, pela refeição e por me ajudar agora com Kuro. Eu gostei da senhora. - Diria a mesma antes que se afastasse da cozinha, me deixando a sós com o meu procurado.

- Kunio… - Neste momento, toda a pressão que estava passando antes era esmagada por uma totalmente diferente, esse sentimento de adrenalina e o nervoso que dava ao dirigir minhas falas para aquele homem era novo porém o que mais me incomodava seria a discussão que poderia acarretar dentro do local, pois quanto ao meu trabalho, eu estava 100% confiante e determinada a fazê-lo. Primeiramente, observaria o ambiente ao meu redor pra verificar e me certificar de que apenas Kunio estivesse ali pra me ouvir, se por acaso tivesse mais pessoas, me aproximaria do mesmo calmamente. - Eu preferiria conversar com você a sós. - Diria relativamente alto o suficiente pra os que estivessem ali pudessem ouvir e talvez se tocar. - Podemos ir a um lugar mais vazio? Eu só quero lhe oferecer uma proposta. - Continuaria caso os que estivesse ali não se tocassem e não nos dessem licença, visando levar Kumo para um canto mais vazio. Mas caso só tivesse o mesmo no ambiente, começaria a caminhar lentamente em sua direção, com meus braços para trás segurando um de meus pulsos com a outra mão. Então em poucos segundos encheria meus pulmões de ar, fecharia meus olhos e respirar ia calmamente, buscando foco e concentração para continuar meu plano da melhor forma possível. - Muito bem. Eu sei que você é um Pirata Procurado, e também sei que o valor por sua cabeça é bastante para fazer as pessoas quererem te caçar, e por isso mesmo eu queria lhe oferecer uma proposta. Meu pai- - Enquanto conversa com o mesmo, tentava me manter em uma postura ereta, expressão fria e até mesmo um pouco intimidadora, porém quando citasse meu pai em meio ao meu breve discurso, um misto de sentimentos passava em minha cabeça como flash backs, relembrando todos os momentos que havíamos passados juntos quando era criança. ~ Droga, ainda não consegui passar essa fase da minha vida… Foco! Eu tenho outros assunto pra resolver. ~ Buscava me recompor rapidamente, voltando a falar. - Bem, meu Pai está querendo recrutar pessoas como você, para fazer um trabalho que envolve bastante dinheiro e até mesmo reputação. E caso a Marinha seja o problema, temos planos para isso também… Eu gostaria de poder conversar melhor com você em um lugar mais apropriado, se você puder me acompanhar para o lado de fora. - Falaria para o mesmo me virando de costas e começando a caminhar em direção a porta.

A situação parecia estar controlada, não sabia como Kunio agiria porém eu havia tentado e me esforçado o máximo para que pudesse me manter nessa mentira, então esperaria as próximas ações de Ige para podermos continuar, se o mesmo pudesse sair um pouco do trabalho, caminharia com ele até o lado de fora do bar procurando um beco próximo e vazio para nossa conversa. - Qualquer dúvida ou pergunta que tiver, sobre o trabalho pode ser respondida por mim, porém os planos só após o término de nosso acordo. - Diria enquanto íamos andando. Entretanto, se fosse inviável para o mesmo dispor de seu tempo naquela hora para podermos dialogar melhor, iria me dirigindo em direção a porta da qual havia entrado para a cozinha enquanto falaria ao mesmo: - Bom, sem problemas então, eu vou esperar você terminar seu trabalho. Quando sair me avise. - E assim voltaria a minha mesa, tentando transparecer estar fria e calma, porém estava bem nervosa. ~ B-Bom, acho q-que a pior parte já passou. Espero que ele não desconfie de nada, vai ser um problema ter que lidar com tanta gente… ~





Personagem:

Objetivos:


_________________

Livro I - A Caminhada - Página 2 SXpm91z
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Livro I - A Caminhada - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Livro I - A Caminhada Dom Ago 15, 2021 2:00 am

Livro I - A Caminhada



O homem não parecia ter sentido de Mayumi a ameaça que um caçador costumava transmitir. O homem coçava sua barbicha com tranquilidade, enquanto mastigava um pouco de sua refeição. A cozinha estava vazia e, por estar tão bem arrumada e limpa, indicava que o homem era um cozinheiro muito bem organizado, sendo capaz de preparar toda a refeição e ainda arrumar tudo sem precisar de auxiliares. Era quase uma pena ter seguido esse caminho de crimes e obrigar a jovem caçadora a seguir por aquele caminho. — Vamos, desembucha logo. O que quer de mim? — Ele notava a hesitação pela falta de experiência de Emi, talvez por estar relutante em caçar alguém que não apresentava um perigo real.

No instante em que a jovem começava a mencionar sobre ele ser um pirata e saber exatamente da recompensa por sua cabeça, ele mudava totalmente de expressão, com um olhar muito mais fixo na caçadora do que anteriormente. Dava para entender com clareza de que ele começava a agitar seu cérebro para uma possível ação por parte de Mayumi, mas ela prosseguia com sua ideia, até hesitar ao relembrar de seu familiar. Sua postura intimidadora, entretanto, não ajudava em nada transmitir a ideia para convencê-lo que ela estava ali para ajudar. Durante a hesitação de Mayumi, Kunio dava um rápido passo pro lado e puxava um par de facas de cozinha, grandes o bastante para fatiar uma pessoa ao meio. — Se está vindo por causa de minha recompensa, não vá achando que vou me entregar sem lutar, garota. — A forma como ele segurava as adagas era de uma pessoa experiente, utilizando dos seus talentos em cozinha para algo mais mortal.

Entretanto, a conversa prosseguia, com agora Mayumi tentando dar a ideia de que pretendia ajudá-lo. A adaga ainda estava apontado para a menina, que sabia que não havia surtido muito sucesso em tentar convencer o rapaz. — Qualquer assunto que tiver que tratar comigo, pode ser bem aqui, onde tenho acesso aos meus utensílios. Não vou pra um lugar que possa ter um grupo de caçadores me esperando. — Ele dizia, mas ainda sem partir para cima. Se Mayumi tivesse alguma ideia melhor para convencê-lo, precisava ter em mente de que o homem já estava na defensiva e desconfiado o bastante para não seguir cegamente uma proposta tão boa assim… Seria necessário usar os instintos e uma boa estratégia se quisesse aquela caça sem que causasse um grande caos.

Mayumi Emi:

_________________

Livro I - A Caminhada - Página 2 V8upj2D

Livro I - A Caminhada - Página 2 YDNzcDa
Faktor
Ver perfil do usuário
Imagem : Livro I - A Caminhada - Página 2 C9n8Zcx
Créditos : 18
Localização : Sirarossa
FaktorCivil
https://www.allbluerpg.com/t1048-john-adam#9946 https://www.allbluerpg.com/t1051-pra-sempre-e-muito-tempo#10727
Re: Livro I - A Caminhada Dom Ago 22, 2021 2:50 am




Livro I - A Caminhada

- Mayumi Emi | 9 -

- Falas. | ~ Pensamentos. | Técnicas

- Q-Que? Atrás da sua recompensa? HaHaHaHaHaHa! Se quiséssemos mesmo sua recompensa, não estaria aqui tendo um conversa civilizado com o Senhor. Meu -, meu chefe não brinca em serviço, muito menos quando é um assunto importante. Quanto a faca… poderia ser mais sofisticado. - Diria como resposta às ações de Kunio, que além de estar me apontando uma faca, tinha motivos mais do que suficientes para desconfiar da minha proposta… ~ Mas que drooga, eu estraguei tuudooo. - Bad vibes - Não sei como contornar isso, o que eu posso dizer agora? Se eu tiver que lutar aqui, vai ser um saco, ele estará duplamente em vantagem… ~ Realmente tudo estava indo água abaixo, e eu precisava mudar a situação, então minha única opção era dar minha cartada final. - Muito bem, o que você almeja? Ser rico? Reconhecimento? Eu não sei se comentei, mas a proposta mínima como pagamento para os serviços dos quais "vocês" realizariam é de 9.500.000 ฿S, presumo que seja bem mais do que você vale né? Terão "ajuda" em qualquer lugar que estiverem dos Blues… Sinceramente, eu não queria ficar perdendo meu tempo por aqui, então vou fazer você pensar melhor: Você é um Pirata Procurado, se não for pego hoje vai ser pego a qualquer dia, cada dia mais Marinheiros e mais Caçadores vem surgindo, agora não é sempre que uma proposta de trabalho como este aparece. Se seu problema é suas armas, leve quantas quiser, e se te faz sentir mais à vontade, provavelmente conseguirá ver um dos nossos recrutas também. -

A minha última esperança estava naquelas palavras, ele precisava concordar em vir comigo para que tudo desse certo, porém a esse ponto talvez fosse impossível tentar levar tudo na conversa… Eu posso ter estragado tudo, porém se eu não tivesse tentado eu não poderia me orgulhar do meu trabalho. - Você é um pé no saco, não vou ficar enrolando e perdendo mais tempo com você, eu já te apresentei a proposta, e tenho mais dois Procurados desta ilha para encontrar. Vai vir ou não? - Agora era dada a largada para minha missão; a partir deste momento, eu não poderia mais cometer erros. ~ Ele não tem cara de quem iria cair em uma desculpa dessas, porém… Droga, eu precisava me preparar, porém qualquer passo em falso pode ser crucial. ~ Depois que concluísse minhas ações, iria me dirigindo até a porta da cozinha onde então esperaria pela resposta do Pirata.





Personagem:

Objetivos:


_________________

Livro I - A Caminhada - Página 2 SXpm91z
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Livro I - A Caminhada - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 04
Localização : Alabasta - 7ª Rota
YamiAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t1413-hellhounds-5-darude-sandstorm
Re: Livro I - A Caminhada Sab Ago 28, 2021 10:19 pm

Livro I - A Caminhada



A tensão era tanta que seria possível cortá-la com a navalha que Kunio segurava, e a risada dada por Emi poderia ser mais interpretada como uma risada de nervosismo do que de sarcasmo. — É o que você diria. Tem marinheiro e caçador por aí se achando muito esperto achando que vai resolver as coisas na lábia. — Ele comentava, apontando a faca ainda mais para frente em um tom ameaçador. Era preocupante imaginar que, se elevasse um pouco mais o tom de voz, isso com certeza chamaria atenção das pessoas do lado de fora.

Entretanto, o assunto era contornado com a última das alternativas. Se Emi quisesse realmente pescar um peixe grande, precisava de uma isca condizente. — Só quero minha liberdade, e sair dessa ilha cheia de cães. — Ele dizia, com uma clareza de que quando mencionava “cães”, ele se referia aos marinheiros. E, dessa maneira, Emi acabava conseguindo conduzir a situação para algo mais atrativo para o mesmo, dando para notar isso com ele abaixando aos poucos sua adaga.

Ele suspirava, ainda muito suspeito enquanto observava bem o rosto de Mayumi. — Bem… Você não parece como um dos “cães”. Se fosse uma caçadora, estaria esperando eu sair daqui pra me abater em algum beco escuro… Muito bem, vamos ver o que tem para me mostrar. Se conseguir me tirar daqui, já vale o risco. — Ele dizia, erguendo a adaga para demonstrar que ainda assim estaria armado, encaixando duas delas em coldres presos em sua cintura. Antes de sair, Kunio olhava para trás e falava em tom mais alto, esperando que Kurenai o escutasse. — Vou dar uma volta, bruxa. Se eu não voltar até o fim do expediente, já sabe. — Dizia enquanto tirava seu avental para ficar apenas com suas roupas comuns.

Dessa maneira, ele seguia para o lado de fora do restaurante por uma porta aos fundos, por onde as mercadorias entravam diretamente para o estabelecimento. Era um beco relativamente simples, sem muita sujeira ao redor para tornar o lugar desagradável. Com as mãos no bolso, Kunio se aproximava e encarava de perto a menina, ainda atento com qualquer ação precipitada. — Muito bem, para onde então? E o que exatamente eu terei que fazer? — Ele dizia, pronto para fazer qualquer coisa que fosse lhe tirar daquela ilha cheia de gente querendo sua cabeça presa numa estaca.

Mayumi Emi:

_________________

Livro I - A Caminhada - Página 2 V8upj2D

Livro I - A Caminhada - Página 2 YDNzcDa