Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Criação de AventurasOntem à(s) 11:33 pmporShioriII - Procura-se um BobôOntem à(s) 11:32 pmporShioriBad KarmaOntem à(s) 6:56 pmporMendoncaÚltimo Baile Antes da GuerraOntem à(s) 6:00 pmporMendoncaLolo BanditoOntem à(s) 4:41 pmporVrowkÉmile SixthornnOntem à(s) 12:13 pmporGrenyAlvorecerOntem à(s) 10:21 amporAuroraCaitlyn G.Ontem à(s) 7:49 amporAchilesCap. 6 - TerritorialOntem à(s) 12:30 amporDeepCausamortis I - Damnatio.Sab Fev 04, 2023 9:52 pmporShiori

3 - Don't Stop Me Now

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
Shiori
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 EEEWL0c
Créditos :
24
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
3 - Don't Stop Me Now Qui Out 13, 2022 9:11 pm
Relembrando a primeira mensagem :



3 - Don't Stop Me Now


Ivana Tsana [Pirata]

Não possui narrador definido.
Fechada

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 YHVeK1M

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 VYrwji0

Ryanletony
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t997-ivana-tsana#9247 https://www.allbluerpg.com/t2223-3-don-t-stop-me-now
Re: 3 - Don't Stop Me Now Dom Dez 04, 2022 11:59 pm
A cada pisão, Ivana se sentia mais tranquila ao saber que o velho babão não sairia dali se não para ser enterrado a sete palmos da terra, ao ver o agente esborrachado sob seus pés, finalmente pôde aproveitar alguns segundos de tranquilidade, mas só esse curto período mesmo, pois assim que ouviu os gritos, a garota falou com a parceira: — Julie! Os "omi" tão lá fora, vamos dar no pé!

A grandona agarraria a amiga para facilitar a fuga. — Se segure no meu pescoço, que eu vou correr! — Dizia a Tsana, mas antes, ela resolveu dar uma palavrinha com a funcionária do banco que lhe dera o dinheiro:— Olá, bonitona, você se importaria de nos mostrar a porta dos fundos? Digo, a do banco, mas se você quiser mostrar a sua, seria bom também. — Falava a meia-gigante tentando seduzi-la apertando as laterais de seus seios para realçar seu grande busto para manipulá-la e obter a informação de uma possível rota de fuga que fosse menos vigiada do que a da frente estava.

Quer ela ajudasse ou não, Ivana daria uma mensagem antes de sair: — Ah! Quando perguntarem a vocês quem roubou esse banco, digam que foi Ivana Tsana, a pirata da bunda gorda! — Se exibiu a loira dando um tapa nas próprias nádegas e depois segurando uma das bandas para provocar os funcionários lesados por ela. Assim que saísse do recinto, a grandona fugiria do local ignorando os marinheiros, atropelando os que ficassem em sua frente e tentando despistá-los, assim que conseguisse, voltaria para o hotel junto de Jules.

Quando chegasse no quarto, a Tsana se deitaria na cama cansada de tudo que as duas passaram nas últimas horas, a meia-gigante tiraria o dinheiro guardado em sua calcinha mais o que ela tinha juntado trabalhando nos dois últimos dias e falaria para a amiga: — Separe para mim os 20 milhões para construir o barco e devolve o resto para mim, eu vou fazer uma lista para você com o que é para comprar de materiais e ferramentas, já eu vou dar uma passadinha numa biblioteca e comprar uns livros que eu vou precisar, pode ser?
Histórico :

_________________

"Fat Bottomed Girls, you make the rocking world go round"


3 - Don't Stop Me Now - Página 3 UCGtrMw
Faktor
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
9
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: 3 - Don't Stop Me Now Ter Dez 06, 2022 9:22 pm

Don't Stop Me Now | Post - 02

Talvez, a imagem que "O Chefe" havia me passado era apenas de alguém que tentava ganhar a vida nesse submundo do crime mas não tinha alcance suficiente, pelo menos não ainda, porém pude perceber de primeira mão o real tipo de pessoa que "ele" era. Recusava o charuto que me havia sido oferecido e continuava a proposta, começando a me questionar se tinha feito a escolha certa ao vir falar com ela. Sentir sua respiração tão perto de meu rosto, o jeito que ela estava agindo, todas as suas gargalhadas… Tudo parecia de certa forma muito intenso naquele momento, não passou pela minha cabeça que ela fosse uma pessoa tão intensa e isso só me traziam mais preocupações quanto ao rumo que a conversa tomaria. - "O que torna alguém forte?... Recentemente tenho pensado bastante nisso…" - As conclusões do Chefe escalaram cada vez mais, não sabia se era apenas uma insanidade ou paixão pela adrenalina, mas não esperava conhecer esse lado dele, muito menos tão de perto…

A essa altura do campeonato não me espantava ela ter aceitado a proposta, estava mais surpresa com esse seu "lado" do que com sua resposta em si. - Que bom que ac-... - Por algum motivo imaginava que as coisas já estavam resolvidas, contudo, a vida fazia questão de me lembrar que nada vem de graça. A primeiro momento, olhava séria e até um pouco irritada na direção do Chefe, tentando processar a condição imposta no meio da negociação, porém não levaria muito tempo até que um leve sorriso aparecesse em meu rosto e enfim eu começasse a me levantar. - Hahaha! Não sei se você se perdeu no meio da sua loucura, mas acho que ainda não estamos falando a mesma língua. - Deixava minha Lança encostada no balcão e começaria a me levantar, pegando o revólver no meio desse processo e dando alguns passos na direção do Chefe com um sorriso no rosto. - Deixa eu ver se entendi… Quer um "pequeno" teste de confiança certo? Engraçado falar isso nessa situação, já que nenhuma de nós se conhece… - Buscava parar bem na frente de sua cadeira, olhando diretamente em seus olhos. - Se você se vê no direito de pedir algo assim, eu me vejo no mesmo direito, afinal, somos ambas farinha do mesmo saco. Estava falando sobre loucura não é? - Falaria com ela ao mesmo tempo que tentava abrir o tambor do revólver para verificar suas munições, para que pudesse então remover cada bala de seu tambor até que restasse apenas uma, assim iria girar ele e fechá-lo. - Vamos lá, um tiro cada, depois fechamos o trato. Não vai agregar vai? -

Olhava na direção dela com um sorriso de canto enquanto apontava a arma para a minha a minha cabeça, não me preocuparia com ações e muito menos com as reações da mulher, não sabia o que esperar porém tinha certeza que ela não iria dar pra trás agora, não sou tão boa com pessoas mas vendo ela hoje, não me parecia o tipo de pessoa que recusaria esta última condição. - No fim, tudo de ruim que deveria acontecer vai acontecer… - Efetuaria o disparo, ainda com o sorriso no rosto e sem expressar medo, apesar de não ser a situação mais confortável, estava certa das minhas ações e mesmo tendo todos os motivos para não disparar, não queria me ver fugindo de algo novamente, devia isso a mim e a toda a minha família. - "Busquei tanto vê-los pelo menos mais uma vez… Talvez seja esse o momento que esperei…" -

Legendas:
- Falas.
- "Pensamentos."

Yuko Tsukumo:

Objetivos:

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 8EXjWKD
Noskire
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 Medium_item_724846_140d3890d6
Créditos :
20
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Rank E
Re: 3 - Don't Stop Me Now Ter Dez 06, 2022 10:28 pm

A dupla de ladras já estavam fora do banco, tendo sido arremessadas logo no início daquele combate pela andróide. Sendo assim, a gigante gritava para o pessoal lá dentro e começava a fuga, com os marinheiros em seu encalço. Jules se segurava com apenas um dos braços, o outro estando ferido, balançando de um lado para o outro a cada passo de Ivana, mas de alguma forma conseguiu evitar a queda durante todo o caminho.

Após algumas esquinas e vários metros de corrida, um mafioso bem inusitado veio saltando pelos tetos dos prédio e pulou para a rua, em um cruzamento alguns metros na frente da gigante. A ideia inicial da gigante era atropelá-lo, mas o mink não parecia querer enfrentá-la. Ao invés disso, ele apenas apontou para uma das ruas, como se quisesse guiá-la de alguma forma.

Indiferente, mesmo diante da grandalhona que crescia cada vez mais em sua direção, ele permaneceu lá, com o braço levantado e esticado. Ivana então dobrou a direita, deixando-o para trás. Os marinheiros que vinham mais atrás também dobraram a direita, mas não demorou muito para que eles parassem e ficassem vendo a gigante se afastar, sem fazerem mais nada. — Quem era ele? — Perguntou Jules, sem entender nada do que tinha acontecido.

Livres, seguiram de volta para o hotel. — Ok, mas primeiro precisamos cuidar dos nossos ferimentos. — Dizia, começando pelo seu próprio braço e depois seguindo para o braço da gigante deitada na cama. — Você precisa levantá-lo e deixá-lo a um metro da cama, eu não tenho como levantá-lo como faria com alguém do meu tamanho. — Ivana seguia as indicações da médica e a via lutando para escalar seu braço por um lado e descê-lo pelo outro diversas vezes, enrolando o ferimento com bandagens. — Cuidar de você é exaustivo! — Reclamava. — E não ria!

Terminando o tratamento, Jules se jogava na cama, pequenina ao lado da capitã. — Fomos muito imprudentes. — Lamentava, embora não houvesse culpa em sua voz. — Eu vou descansar um pouco e depois eu saio. Vou trocar de roupa e colocar um capuz ou algo assim. — Informava. — Mas não tem roupa que dê jeito para você, então se for sair, tenha cuidado!

~ x ~

Já no esconderijo do chefe, Yuko se via diante de uma situação bem complicada. A lanceira pegava o revólver e se aproximava da outra mulher, encarando-a e dando a entender que aceitaria o desafio. O chefe riu, na expectativa, mas quando Yuko abriu o tambor do revólver, o sorriso da mulher se desfez. Triste, ela meneava a cabeça negativamente. — Parece que você ainda não confia em mim…

Para a surpresa de Yuko, o revólver já estava sem balas, seria impossível ela se ferir com ele, mesmo se quisesse. — Você me faz uma proposta que, só em eu ouvi-la, eu já corro riscos... — Começou a falar, assumindo o seu eu antigo, o padrão conhecido por Yuko até então. — Se essa nossa conversinha chegar aos ouvidos de Salvatore, meus negócios serão a minha última preocupação. — Gesticulava de uma forma bem abrangente para as mercadorias espalhadas pela sala. — Você me pede para arriscar minha vida por você… — Esticando a mão esquerda aberta, pedia para que Yuko devolvesse o revólver. — E mesmo assim não consegue sequer confiar em mim? — Com a destra, puxava outro revólver, este estava preso na parte traseira da calça. — Então, como é que eu vou confiar em você? — Indagava, séria e ainda sentada. Yuko também pôde notar que esta era a primeira vez que o chefe falava com ela sem terminar a frase com docinho, amorzinho ou similar.

Ivana Tsana:

Yuko Tsukumo:


Turnos Narrador:
Van: 8
Sadakiyo: 5
Noskire: 2
Faktor
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
9
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: 3 - Don't Stop Me Now Qua Dez 07, 2022 6:29 pm

Don't Stop Me Now | Post - 03

- "Mas que porra…" - Olhar o tambor daquele revólver sem bala alguma era no mínimo surpreendente. Não sabia ao certo o que havia passado pela minha cabeça, agora a única coisa que a rondava eram as palavras da mulher que a cada frase pregavam ainda mais nossa breve relação pro caixão. - "Não acho que vá mudar muito o que eu tenho pra falar agora… Tudo poderia ter sido tão mais fácil… Que droga…" - Meu sorriso desaparecia a medida que ouvia cada uma de suas falas, lhe entregando o revólver e me afastando um pouco, até que sentaria novamente.

- Pelo visto sua empolgação foi por água abaixo. - Encostava na cadeira um tanto largada e segurava minha lança novamente. - Sabe o que impede você de me matar agora ou eu jogar essa Lança em você? Talvez pra você seja seu jeito estranho, no meu caso, eu sei que acabaria em uma situação bem chata... - Buscava por a lança deitada em meu colo e então apoiava ambos as mãos nela. - A questão é que, apesar de tudo, você não deveria confiar que todos que vierem aqui não vão apontar uma arma na sua cabeça ou coisa do tipo, do mesmo jeito que eu não confio em alguém que me manda apontar uma arma para a minha cabeça. - Olhava séria na direção da mulher, sabia que deveria tentar algo mais seguro nessa situação, mas no momento não estava mais me preocupando com a aliança. - Os Navas pra mim são a mesma coisa que nada, apenas um monte de merda ambulante. Tá bom, eles tem imenso poder na ilha, mas eu sinceramente não ligo mais. Se eu tiver que morrer, vou morrer do mesmo jeito então pra mim essa questão não fazia diferença, mas talvez estejamos ambas equivocadas… - Fechava meus olhos por um breve momento e suspirava, tentando processar tudo. - No fim, acho que não sou o diamante que você tanto contava, e nunca serei. Confiar nos outros vai ser sempre minha última opção, justamente por saber o quanto eu posso perder confiando em qualquer um… - Soltava novamente um suspiro, olhava pra ela buscando entender a situação, mas provavelmente eu já tinha cruzado um caminho sem volta.

- Bom, a conversa não tomou o rumo que imaginava e presumo que já não exista mais acordo da sua parte… - Ainda esperava que de alguma forma, as coisas voltassem a andar, apesar de não fazer a mínima ideia de como tudo iria prosseguir. - É uma pena, não queria que acabasse assim, mas pelo visto nossa relação já se abalou bastante… - Seguraria minha lança com a mão direita e encostava a ponta de seu haste no chão para me auxiliar a levantar, tentava não esperar demais para que não acabasse me decepcionando depois, porém estava ali para escutar o que ela tivesse pra falar, e caso as coisas realmente não dessem certo, me viraria de costas e começaria a caminhar para fora. - Foi um prazer… -

Legendas:
- Falas.
- "Pensamentos."

Yuko Tsukumo:

Objetivos:

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 8EXjWKD
Ryanletony
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t997-ivana-tsana#9247 https://www.allbluerpg.com/t2223-3-don-t-stop-me-now
Re: 3 - Don't Stop Me Now Qua Dez 07, 2022 9:33 pm
A fuga tinha sido cansativa e o fim da perseguição foi confuso para as garotas, quem quer que fosse aquele macaco de mais cedo, o importante é que estavam vivas e em paz, por conta de toda essa situação, Ivana não se importou com a opção da amiga de descansar, mas ela não tinha intenção de perder tanto tempo no quarto naquele momento. — Bom, de qualquer jeito, anota aí o que a gente vai precisar: uma tonelada e meia de madeira, cento e cinquenta metros de corda, ferramentas de marcenaria para o meu tamanho, pano o suficiente para dez velas quadradas e três velas grandes e um pouco de tinta. — Listava a carpinteira.

Então, mesmo com a cabeça a prêmio e se recuperando dos ferimentos, ela resolveu sair. — Não se preocupe, gatinha, se a mãe aqui afundou aquele velho babão, ela sabe cuidar de si mesma. — Diria a grandona tirando seiscentos mil berries do montante e saindo do quarto.

A Tsana não podia se disfarçar nem nada, então não se importava em andar chamando atenção, seu plano consistia em ir até a Universidade Nista, por onde havia passado há dois dias atrás e usufruir da biblioteca de lá para aprender algumas coisinhas que provavelmente usaria no resto da jornada e que estavam a incomodando desde mais cedo por não sabê-las.

Assim que chegasse e entrasse no local, Ivana buscaria por três tipos de livro: sobre metalurgia, pois queria aprender a forjar suas próprias armas e evitar problemas como o de mais cedo em que o Fred da Fred Armas havia praticamente lhe oferecido um pedaço de madeira bruto com algo proporcional a lâmina de uma faquinha na frente como se fosse uma foice de 8 metros; sobre mineralogia, para aprender com quais materiais conseguiria trabalhar e até mesmo extraí-los, uma meia-gigante mineira parecia até uma boa ideia para a grandona; e sobre dança, simplesmente porque dança é legal e ela tinha vontade de aprender pole dance por algum motivo.

Histórico:


Última edição por Ryanletony em Dom Dez 11, 2022 8:21 pm, editado 1 vez(es)

_________________

"Fat Bottomed Girls, you make the rocking world go round"


3 - Don't Stop Me Now - Página 3 UCGtrMw
Noskire
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 Medium_item_724846_140d3890d6
Créditos :
20
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Rank E
Re: 3 - Don't Stop Me Now Qui Dez 08, 2022 6:28 pm

Ivana pegava um pequeno montante de todo aquele valor arrecadado de formas legais e ilegais e partia para a biblioteca, deixando a pequena para trás. O caminho, por incrível que pareça, era tranquilo, sem marinheiros à vista, apenas a população e os mafiosos de alguma família.

A biblioteca já era um local conhecido para ela, então foi fácil encontrá-la. Suas pisadas causavam tumulto naquele ambiente sempre estático e silencioso, mas ao parar e se sentar num canto, o silêncio voltou a reinar no recinto. No caminho, conseguiu achar os livros que buscava: Metalurgia Básica e Ciência dos Materiais, Introdução à Mineralogia e Gemologia e Pole Dance: Mais que um amor, um desafio!.

~ x ~

O chefe ouvia as palavras de Yuko em silêncio e, quando a lanceira já se levantava para partir, dizia: — Espere. — Após um suspiro, levantou as palmas, com os revólveres sendo segurados apenas pelos seus polegares, e os devolveu aos seus respectivos coldres. — Entenda, eu provavelmente já penso em fazer isso antes de você nascer, amorzinho. — Se levantando, ela dobrava a sua cadeira e a colocava onde estava antes, andando até aquela que Yuko havia se sentado. — Você como aliada, seria ótimo. Mas se você desistir no meio do caminho… — Ela abria os braços, sem sentir a necessidade de completar a frase.

Os Navas tem dinheiro, fama e poder, é difícil ir contra isso a não ser que você tenha mais do que eles. Ou seja ao menos um pouco cucu! — Ela gesticulava com o indicador ao lado da cabeça naquele conhecido sinal de "doido". — Você disse que sairá da ilha, mas eu e os outros ficaremos. Se você quer só pregar uma peça infantil neles e fugir, se vire por conta própria. Agora, se quiser agir feito gente grande e atacar os Navas de uma forma que eles nunca mais poderão se reerguer, aí eu estou dentro. — Após um segundo de silêncio para que a última frase fosse compreendida por inteiro por Yuko, a outra mulher completava: — Mas antes terá que me provar que você é confiável.

Ivana Tsana:

Yuko Tsukumo:


Turnos Narrador:
Van: 8
Sadakiyo: 5
Noskire: 3
Ryanletony
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t997-ivana-tsana#9247 https://www.allbluerpg.com/t2223-3-don-t-stop-me-now
Re: 3 - Don't Stop Me Now Dom Dez 11, 2022 10:29 pm
Ivana resolveu pegar primeiro o "Pole Dance: Mais que um amor, um desafio!" para ler, não parecia um assunto tão complicado nem tão longo comparado aos outros, a grandona abriria o livro e ficaria de pé, tentando imitar os movimentos descritos em suas palavras e imagens, se tiverem.


Aprendizado - Dança


— "Se alongue antes para evitar câimbras e lesões" — Lia a Tsana fazendo um aquecimento básico esticando os braços e estralando os dedos. — "Pegue no poste com sua mão dominante", ok, isso é bem óbvio. — Comentou a pirata que agarraria um pilar, coluna ou o que quer que servisse para sua pequena prática. — "Deixe a perna mais próxima dele para sustentação e gire com a outra ao redor do poste" — Repetiria a loira performando um simples giro se enganchando na estrutura do prédio.

— "Passe a perna pelo poste e arqueie o corpo para trás" — Veria Ivana com a lateral do calcanhar enganchando no pilar e curvando suas costas o suficiente para enxergar o livro. — Esse é um exercício bom para iniciantes e ótimo para transição entre movimentos..." Ok, ok, vamos para o próximo... "Suspender o corpo", parece divertido. "Passe a perna pelo poste e segure-o com as duas mãos" — Leria a grandona enganchando a perna direita pelo peito do pé. — "Passe a outra perna no poste, suba as mãos e os joelhos, se prenda com as duas coxas e repita até chegar ao topo." — Recitaria a meia-gigante escalando
até o teto da biblioteca.

— Agora é só deslizar! — Lembraria a Tsana afrouxando as mãos e joelhos para descer de volta ao chão. — Vamos para o próximo... "Gire em torno do poste e se prenda nele apenas com as mãos". — Diria a loira circulando o pilar usando somente um pé de apoio. — "Pule no poste, se prenda nele com os joelhos e continue rodando". — Leria a pirata que saltaria para se prender na coluna e permanecer girando, pela conservação de momento angular, se ela se aproximasse do eixo de rotação, circularia mais rápido e o inverso se se afastasse, até que chegaria o ponto em que a garota de Las Camp pararia com aquela movimentação e pousaria de pé no piso da biblioteca.


Fim do Aprendizado


Ivana continuaria lendo mais movimentos até se cansar ou alguém reclamar com ela por estar dançando pole dance no meio de uma biblioteca. — Isso foi divertido, até me deu algumas ideias mais picantes para tentar, hihihi! — Riria a loira voltando para os livros que faltavam ela ler.
Histórico :

_________________

"Fat Bottomed Girls, you make the rocking world go round"


3 - Don't Stop Me Now - Página 3 UCGtrMw
Faktor
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
9
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: 3 - Don't Stop Me Now Ter Dez 13, 2022 2:03 am

Don't Stop Me Now | Post - 04

A frustração de sair dali sem nada e provavelmente com um novo alvo nas costas iam se estabelecendo cada vez mais em mim, até que ouvia enfim as palavras dela. Parava assim que a escutava, encostando minha lança no chão e me virando em sua direção, a visando com um olhar sério, mas que no fundo mostrava um certo alívio. - Já disse, e repito novamente, não vou desistir de ir atrás deles. Não se trata apenas de uma vingança, é algo mais pessoal pra mim… Só sairei dessa ilha quando tiver posto a reputação deles no chão. - Dizia, ainda seguindo com minha postura firme e um olhar fixo no dela. - Já entendi os riscos e já entendi a situação. Deseja uma prova? Então tudo bem, diga. -

Ansiava por sua resposta tanto quanto me preocupava com ela, não sabia o quão longe estaria indo apenas para uma aliança, porém não poderia fazer isso sozinha, então precisava assumir os riscos para concluir meus planos.

Legendas:
- Falas.
- "Pensamentos."

Yuko Tsukumo:

Objetivos:

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 8EXjWKD
Noskire
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 Medium_item_724846_140d3890d6
Créditos :
20
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Rank E
Re: 3 - Don't Stop Me Now Ter Dez 13, 2022 8:04 pm

Ivana fazia o impensável e começava a dançar pole dance no meio da biblioteca, chamando atenção de homens e mulheres, civis e mafiosos. O que diabos é isso?!" eles pensavam, encarando aquela apresentação amadora estupefatos. De uma forma ou de outra, a gigante continuou se balançando no pilar central da edificação por quase uma hora, até que algumas rachaduras começaram a surgir ao redor do topo do pilar e a loira resolveu pular para o próximo tópico. De preferência um que não desabe aquele teto em cima de sua cabeça.

~ x ~

A mulher encarava Yuko, matutando, sua expressão inexpressiva. Depois de um longo momento de silêncio, ela o quebrava com um suspiro. — Tudo bem, vamos iniciar o plano, então. — Ela meneava a própria cabeça em negação. — Por acaso você já tem algum? — Ouviria Yuko e, quando esta terminasse de falar, continuaria: — Também vamos precisar de mais alguns loucos. E eu já tenho alguns em mente… — Ela batia palmas duas vezes e os seguranças entravam no recinto. O chefe não dizia nenhuma palavra, apenas gesticulava com o indicador num movimento circular e ascendente, e os dois mafiosos começavam a organizar e guardar todas as mercadorias. O expediente daquele dia havia chego ao fim.

Ivana Tsana:

Yuko Tsukumo:


Turnos Narrador:
Van: 8
Sadakiyo: 5
Noskire: 4
Faktor
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
9
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: 3 - Don't Stop Me Now Seg Dez 19, 2022 1:30 am

Don't Stop Me Now | Post - 05

Olhava para O Chefe com uma expressão séria enquanto a ouvia perguntar sobre o plano. - Um plano… Bem, ainda não tive tempo para formular todos os detalhes… Mas a ideia era trazer o Chefão pra onde pudéssemos pegá-lo e acabar com o mal pela raiz… Tentar abalar o resto da estrutura não adiantaria, precisamos ir logo para a cabeça… - Levava uma de minhas mãos até minha boca, apoiando a mesma nela e parando um pouco para pensar e arrumar as ideias. - O Mozzafiato. A filha dele é dona de lá não é? Não acho que o cara com maior poder na ilha, deixaria sua filha ser refém de um "grupo qualquer". Se tivermos ela, pegamos ele. Bom, ele ainda pode destroçar todos na bala, mas vai estar pondo a filha nessa encruzilhada e eu garantiria a morte dela… - Não era a melhor pessoa pra bolar planos e nem estratégias, mas esperava que esse laço familiar fosse nos dar alguma vantagem nessa disputa. - Ainda não tá completo… Mas é isso que faremos pra pescar o peixe grande. Ainda precisamos organizar melhor tudo e nos preparar, como vamos manter contato neste meio tempo? Virei ao seu encontro toda vez? - Concluía minha ideia, mesmo que ainda estivesse bem crua e faltando um melhor planejamento, foi a melhor que tive. - "Mais loucos… Me pergunto o que será dessa aliança…" - Ouvia sua fala. - Bom, o máximo de pessoas que tivermos já vai ajudar. -

A mulher batia palmas após sua conclusão e rapidamente ambos os guardas entraram na sala e começaram a guardar as mercadorias. - Bem, pelo visto ambas temos mais coisas a fazer antes de começarmos o plano. Pode mandar alguma mensagem caso precise me informar de algo, eu devo aparecer no próximo ponto de vocês com o Frank novamente. - Mesmo que o foco principal agora fosse a realização do plano, ainda tinha algumas coisas pendentes para resolver, algumas que também envolviam o plano, por isso não planejava estender muito mais a conversa por ali. Segurava o haste da lança com firmeza enquanto começava a dar alguns passos na direção da porta, olhando para ela, lembrava de uma outra questão. - É verdade… Você teria algum ferreiro para me indicar? Preciso afiar o fio das armas, quero garantir que vão estar perfeitas para o confronto. - Viraria na direção da mulher novamente, agora com um leve sorriso no rosto e uma expressão mais animada e talvez um pouco preocupada por pedir mais uma ajuda a mulher. Ela tendo ou não uma recomendação para me fazer, iria me virar novamente para porta enquanto acenava com a mão, fazendo o típico "tchau". - Valeu por tudo, espero que tudo dê certo daqui pra frente. Precisamos que dê. - Terminaria, acenando para a mesma e começando a andar em direção a saída.

- "Quanta coisa pra uma só manhã… O que será que o Frank fez nesse tempo? Bom, primeiro preciso avisar ele de tudo… Acho que agora não temos mais volta…" - Eu podia esconder o quanto quisesse, mas a verdade é que só estava ali porque tinha certeza que o Frank estaria ao meu lado independente do que acontecesse, e essa era minha maior alegria e motivação. - Frank! Acho bom estar pronto, temos muito trabalho. - Começava a falar com ele, mesmo antes de sair do prédio, aumentava mais o tom e o volume para que conseguisse falar bem alto, esperando que ele notasse. Sairia do prédio como se tivesse ficado anos dentro da escuridão, a luz do Sol era reconfortante e sentir seu calor em minha pele me deixava mais viva. - Muito bem, vamos lá. Já resolvi as coisas lá em cima. - Falaria para Frank com um raso sorriso no rosto enquanto dava uns tapinhas em seu braço ou suas costas. Esperava que ele estivesse com o punk de sempre, e se estivesse, apenas olharia na direção do mesmo fechando minha expressão e assim apontaria a lâmina da lança na sua direção a uma distância razoável. - Se você vacilar, pode ter certeza que não vamos nos preocupar. Verei se suas conquistas são apenas fruto da proteção de meu irmão ou se vai realmente prestar para alguma coisa. - Voltava a minha postura normal, mudando novamente a expressão agora que voltava a andar com Frank. - Me diga, o que de bom saiu nesse meio tempo que ficou com o esquisito ali? - Planejava sair andando com o mesmo de volta para as ruas principais, ouvindo o que quer que ele dissesse antes de começar as explicações. - Certo… Acredito ter me resolvido com O Chefe, pelo menos no momento. Faremos uma aliança para acabar com os Navas, ela vai atrás de mais reforços pelo visto, e eu preciso fazer mais umas pesquisas. Precisava voltar na biblioteca, espero que tenha algum historiador por lá agora… - Abraçaria um dos braços de Frank enquanto íamos andando, e continuava as falas bem animada. - Acha que tem gente lá a essa hora? Inclusive, sabe que horas são? Preciso de um relógio… Enfim, também queria retomar ao Mozzafiato, não sei quanta informação poderia retirar do lado de fora, mas quero tudo possível… Só não tenho certeza se ir lá pra isso a essa hora seja a melhor escolha… - Me pegava um pouco perdida nas ideias, mas na verdade tentava tirar ao máximo o peso e a ideia de que iríamos travar uma batalha direta com eles, mesmo que ele seja minha motivação, envolver o Frank nisso me preocupa como nada jamais vai…

Caso descesse do prédio e o Frank não estivesse, olharia em volta em busca do Punk. - Onde a criança se meteu? - Perguntaria um tanto preocupada, mas sem demonstrar qualquer fraqueza na frente do homem. E se fosse o caso do mesmo não se encontrar, sairia andando na direção das ruas igualmente, tentando refazer nosso caminho, buscando qualquer coisa que me remetesse ao Frank. - "Péssimo time para sumir Frank… Péssimo." - Continuaria o procurando enquanto seguisse o caminho até que chegasse em alguma rua principal de Sirarossa. Bufando, daria uma olhada em volta, preocupada e irritada. - Belo dia… - Independente dos casos, seguiria em direção da biblioteca com ou sem o Frank, buscando o caminho mais rápido até a mesma.

Legendas:
- Falas.
- "Pensamentos."

Yuko Tsukumo:

Objetivos:

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 8EXjWKD
Ryanletony
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t997-ivana-tsana#9247 https://www.allbluerpg.com/t2223-3-don-t-stop-me-now
Re: 3 - Don't Stop Me Now Qua Dez 21, 2022 12:32 am
Ivana seguiu em sua busca por saberes específicos depois de quase comprometer a estrutura da biblioteca com seu pequeno espetáculo de dança, dessa vez, seria novamente um grande conhecimento prático, mas não daria para botar a prova naquele local e instante, então sem preocupações para ela e para o povo que aparecia no prédio. O segundo livro da sessão era o Metalurgia Básica e Ciência dos Materiais, ele dava detalhes das várias etapas da indústria do metal e explicitava diversos processos dela indo desde a extração, passando pela fundição, usinagem, extrusão e etc, até chegar na fabricação em si, mas havia uma sessão inteira sobre um desses tópicos que interessou a meia-gigante: o forjamento.


Aprendizado - Forja


Os primeiros parágrafos focavam em classificar os trabalhos pela temperatura em que eram feitos em três: forja quente, morna e a frio, a primeira tinha as vantagens de ter mais precisão e de ser mais rápida, além de não endurecer demais, o que acontece na fria, que busca aumentar a resistência do metal com tal endurecimento, o ferro e o aço quase sempre são forjados a condições entre 950 e 1250°C por conta disso. — Bem, se é assim, a quente parece mais interessante. — Comentava a Tsana consigo mesma.

Em seguida o livro falava da forja em matriz livre, a mais comum para ferreiros, ela consiste na icônica prática de martelar a peça contra a bigorna, seu nome é assim, pois não há nenhum molde limitando onde o metal pode fluir, dependendo do operador para modelá-lo e guiá-lo a seu bel prazer, sendo boa para trabalhos customizados e artísticos... — Acho que uma foice de 8 metros deve encaixar nessa descrição. As vantagens desse método é que fornece uma força maior e reduz a chance de buracos dentro, promovendo uma melhora na qualidade interna do material.

Um pouco mais para frente, a seção também falava da forja em matriz fechada, que, como o nome diz, trabalha com um molde para a peça, permitindo a deformação dela sob uma grande pressão apenas dentro de uma cavidade fechada, ou quase fechada, criando assim um limite para o material fluir, diminuindo o desperdício de metal, o texto então seguia com uma explicação sobre o design de tais matrizes e por fim levava a tabelas com informações sobre os materiais e como forjá-los, algo de extrema utilidade para a meia-gigante. — Acho que com isso eu consigo fazer tudo o que eu quero. — Falava a garota de Las Camp pensando em mil possibilidades.


Fim do Aprendizado
Histórico:

_________________

"Fat Bottomed Girls, you make the rocking world go round"


3 - Don't Stop Me Now - Página 3 UCGtrMw
Noskire
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 Medium_item_724846_140d3890d6
Créditos :
20
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Rank E
Re: 3 - Don't Stop Me Now Qui Dez 22, 2022 8:55 pm

Não, eu tenho uma ideia melhor. — O chefe ia até uma bancada, tirava algo de uma das gavetas e retornava, entregando nas mãos de Yuko. Era um pequeno den den mushi de terninho, a coisa mais fofa do mundo. O chefe não dava muita atenção para isso e, provavelmente, a jovem lanceira faria o mesmo. — Assim vamos poder nos comunicar mais facilmente.

Yuko pediu um último favor, no que a outra mulher abriu um leve sorriso. — Claro, eu vou com você, docinho. Só um momento. — Após aquela tensa reunião entre as duas, que quase havia acabado em guerra, o humor do chefe retornava ao padrão. Ela dava algumas ordens aos dois seguranças e pegava uma caixa de munição antes de partir. — Vamos. Eu conheço o cara perfeito e já iremos matar dois mafiosos com um tiro só! — Brincava, criando sua própria versão de um famoso ditado.

Saindo do prédio, Yuko era recebida pelos dois homens e pela cálida luz do sol. Frank estava encostado de costas na parede, esperando, enquanto que o punk estava de cócoras, embora desta vez acordado. Ao ver o chefe, Papito se levantou num pulo, gaguejando. — Vamos agir! — Avisava o chefe, para o surpresa do punk. Yuko, por sua vez, tentava intimá-lo com suas palavras. — Ih… Tua irmã tá tensa, irmão! — Respondia, de sobrancelha erguida para a lanceira, para o que Frank e o Chefe apenas riam.

Por sinal, Frank abaixava a cabeça num gesto de respeito e saudação para a outra mulher, que respondia de mesmo modo. — Parece que desta vez eu poderei lhe ver de perto durante a ação. — O mink sorria, estufando o peito, e respondia: — Espero não decepcionar! — A mulher gesticulava com a mão, como se isso fosse impossível, e a interação entre os dois terminava.

Yuko indicava querer seguir para a biblioteca, e era a vez do chefe erguer a sobrancelha. — Você não ia no ferreiro? — Dando de ombros, continuava: — Bem, se você não quer a minha companhia… — Ela fazia um biquinho, mas explicava para Yuko como chegar lá. — Se você for rápida, talvez nos encontremos novamente. Se não… — Ela fazia um gesto indicando para a garota ligar para ela, com direito a uma piscadela e um beijinho, antes de virar e seguir na direção contrária com Papito ao seu lado.

Sozinhos, os dois irmãos seguiam rumo a biblioteca. — Não muito, para ser sincero. — Respondia Frank. — Ainda estamos um pouco cansados por causa de ontem. — Ele coçava o couro cabeludo com a destra e dava um sorriso amarelo. — Mas mudando de assunto… O que você fez para o chefe lhe tratar daquele jeito? — Pela terceira vez em poucos minutos, Yuko via mais uma sobrancelha se erguer em sua direção, agora vindo do seu irmão canino. — Nunca vi ele tratar ninguém assim.

~ x ~

Enquanto isso, a loira gigante permanecia na biblioteca, devorando livros e mais livros e aperfeiçoando suas habilidades teóricas durante mais algumas horas. Desta vez, para a sua segurança e os demais, não estava ameaçando pôr a construção abaixo. Sentada num cantinho, ficou lendo as pequeninas letras naquele livro do tamanho de seu dedo. Como, você pergunta? Um mistério, eu respondo! Mas todos os gigantes conseguiam ler os pequeninos livros dos humanos. Talvez eles apenas tivessem uma ótima visão, quem sabe?

Por sinal, vez ou outra aparecia um dos pequeninos querendo passar de uma seção para a outra, mas com a gigante no caminho, essa simples tarefa era impossível. Com medo de seu tamanho e alguns já tendo escutado boatos sobre uma possível gigante ladra nas redondezas, os pequeninos davam a volta, deixando a gigante sozinha e sem atrapalhar a sua concentração, permitindo que sua leitura fluísse sem problemas.

Ivana Tsana:

Yuko Tsukumo:


Turnos Narrador:
Van: 8
Sadakiyo: 5
Noskire: 5
Ryanletony
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 350x120
Créditos :
13
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t997-ivana-tsana#9247 https://www.allbluerpg.com/t2223-3-don-t-stop-me-now
Re: 3 - Don't Stop Me Now Sab Dez 24, 2022 12:10 am
Ivana foi para o último livro, Introdução à Mineralogia e Gemologia, muito nele lhe interessava, estruturas dos minerais, tabelas com propriedades físico-químicas, uma tabela periódica e coisas assim, porém o que mais a prendia era um apêndice explicando a arte de minerar, refinar e até fundir metais, algo que já combinava com a última leitura dela sobre metalurgia e forjamento, poderia até ser algo que ela já tinha visto antes, mas ao menos complementaria o que a grandona já sabia.


Aprendizado - Mineração


O começo do capítulo se focava na prospecção, ou seja, como encontrar pontos para extrair minérios, com dicas para tal como procurar em áreas montanhosas perto de riachos, para lavá-los, e bosques, para ter madeira como combustível, se não só gemas e ouro podem ser extraídos, outra sugestão era de buscar veios, camadas de partes rochosas cristalizadas no solo, expostos na superfície e abrir trincheiras perto deles para investigá-los.

Depois o livro se foca na mineração subterrânea, descrevendo os tuneis e como devem ser projetados, seguindo a direção dos veios e grandes o suficiente para alguém passar, provavelmente um problema para a meia-gigante, mas paciência, em seguida, ele fala das ferramentas usadas, como picareta, capacete e essas coisas, então é dito como extrair ouro, prata e ferro, refinar e manufaturá-los e a parte metalúrgica também, terminando assim os estudos da Tsana.


Fim do Aprendizado


Finalmente a grandona poderia se levantar depois de passar muito tempo recolhendo conhecimentos diversos, seu objetivo inicial estaria de volta também, ela sairia da biblioteca querendo voltar para o hotel se encontrar com Jules, ou esperá-la caso não estivesse lá ainda, para perguntar se tinha comprado e encomendado as coisas para construir o navio e onde haviam deixado, para assim já rumar para iniciar a construção do tão esperado barco.
Histórico:

_________________

"Fat Bottomed Girls, you make the rocking world go round"


3 - Don't Stop Me Now - Página 3 UCGtrMw
Noskire
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 Medium_item_724846_140d3890d6
Créditos :
20
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1577-akane-nanami#16810 https://www.allbluerpg.com/t1440-i-uma-divida-familiar#14929
Noskire
Rank E
Re: 3 - Don't Stop Me Now Sex Jan 06, 2023 10:45 pm

Após horas e horas, a gigante terminava seus estudos e se levantava. Suas costas doíam devido ao grande peso frontal e também devido a posição mantida por horas, assim como suas pernas estavam levemente dormentes, mas nada que alguns alongamentos não resolvessem. Um humano velho e calvo lhe acenou uma despedida enquanto ela passava. Tsana tinha certeza de nunca o ter visto, mas ele parecia super animado ao vê-la. Talvez tivesse visto sua apresentação amadora de pole-dance mais cedo?

De forma ou de outra, a gigante tinha objetivos mais importantes e o deixou para trás, assim como a grande biblioteca cheia de pequeninos livros. Conforme andava, percebia o início do anoitecer, com o horizonte tingido de um misto de laranja e roxo. Também notava que não havia marinheiros. Não tinha visto sequer um durante a ida do hotel para a biblioteca e nem agora no caminho de volta. Após o azar daquele velho agente estar no banco, um pouco de sorte caía bem.

Chegou ao hotel e encontrou seu quarto vazio, tendo alguns minutos só para si. Cerca de uns trinta a quarenta minutos depois a grande porta se abriu e Ivana viu só a cabecinha de Jules passando pela entrada, no outro lado da cama. — Ah… Estou exausta. — Ralhou, esforçando-se para fechar a porta e depois subindo e se jogando de braços abertos e de bruços sobre a cama macia. — Que quentinha… — Dessa vez sua voz saiu mais suave, tranquila.

E aí, Ivana, não lhe vi! — A morena brincou, com um sorrisinho travesso. — Tudo certo. Também consegui alugar uma doca para você poder construir o navio lá dentro, sem ninguém lhe ver. — Disse, levantando um polegar, ainda com o rosto afundado nos lençóis. Se Ivana quisesse, ela explicaria direitinho o caminho do hotel para lá, caso contrário, mostraria o caminho quando as duas fossem juntas.

Eu vou tomar um banho, estou suada e cansada. — Disse, mas não se levantou. Depois de uns dez minutos é que ela conseguiu reunir a coragem para se levantar e seguir na direção do banheiro. — Eu odeio esse quarto. — Reclamou mais uma vez, passando pela porta que tinha umas cinco vezes a sua altura.

Ivana Tsana:

Yuko Tsukumo:


Turnos Narrador:
Van: 8
Sadakiyo: 5
Noskire: 6
Faktor
Imagem :
3 - Don't Stop Me Now - Página 3 B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
9
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: 3 - Don't Stop Me Now Seg Jan 09, 2023 9:52 pm

Don't Stop Me Now | Post - 06

- Esse jeito dela me dá nos nervos… - Deixaria escapar meus pensamentos após vê-la se despedindo. - Bem, acho que sou um diamante, agora talvez não um dos melhores, mas acho que é isso. - Respondia a Frank quanto à sua dúvida sobre o modo como O Chefe me tratava, levando minha mão ao queixo enquanto falava. - Talvez ela só esteja carente. - Concluiria minhas falas, voltando minha mão ao bolso e continuando a caminhada para a biblioteca.

- Bom, eu não planejo demorar tanto na Biblioteca, talvez uma hora, uma e meia… Enfim, acabando vou passar no ferreiro que O Chefe indicou para ajeitar minhas armas. Você está precisando de alguma coisa? Equipamentos médicos? Não sei se consigo arranjar uma arma muito boa pra ti agora, porém dá pra gente vê também se você quiser. - A essa altura já imaginava estar bem perto da biblioteca, a memória do local ainda estava bem fresca em minha cabeça então adiantaria o planejamento com Frank antes de chegarmos. - Se não quiser entrar e for fazer alguma outra coisa, podemos nos encontrar no Ferreiro ou passar onde você precisar. Se preferir ir agora também, te dou a grana e você compra o que for necessário, aí nós encontramos no ferreiro depois de qualquer jeito. - Botava a mão no bolso em busca da grana que me restava, não era muito, porém imaginava ser o suficiente para que ele comprasse o necessário. E se fosse realmente o caso de nos separarmos, me despedia com um sorriso no rosto e acenando ao mesmo. - Daqui a pouco a gente se vê. -

Independente da situação, continuaria meu caminho até a biblioteca para que pudesse dar logo um fim  aos meus compromissos por lá. Passaria na portaria dando um leve aceno a quem estivesse por lá, levantava a mão cujo carregava a lança de forma inocente, apenas a cumprimentando. - Boa tarde. - Por fim dentro, caminhava por ela em busca de algum pequeno grupo que achasse ter algum conhecimento histórico, cumprimentando a todos que passasse pelo caminho como educação, na esperança de que achasse a pessoa/grupo certo. - Boa tarde, eu estou querendo aprender um pouco mais sobre a história da ilha e do mundo num geral, na verdade estava na procura de alguém que pudesse me auxiliar nesse processo, mesmo que agora pelo começo. - Questionaria as pessoas ou grupos que achasse ter mais chances, mas se não desse sorte iria ao restante do público na biblioteca. - "Como que não tem algum amante de história, numa Biblioteca?!" -

Legendas:
- Falas.
- "Pensamentos."

Yuko Tsukumo:

Objetivos:

Obs:

_________________

3 - Don't Stop Me Now - Página 3 8EXjWKD