Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
I - Hoist the Colours!Hoje à(s) 6:59 pmpor  John SilverOperação FireflyHoje à(s) 6:31 pmpor  WeskerO Bando da Rainha CaolhaHoje à(s) 5:18 pmpor  ShiroIII - Death or ParadiseHoje à(s) 5:16 pmpor  Lyosha[P.D.N] Liu Feng - Marciano aceitou narrarHoje à(s) 4:33 pmpor  Jean FragaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 4:27 pmpor  SubaéCriação de AventurasHoje à(s) 4:23 pmpor  SashaI - Anjo CaídoHoje à(s) 4:20 pmpor  SashaLiu FengHoje à(s) 3:22 pmpor  Jean FragaCap. 2 - Ascendendo às profundezasHoje à(s) 2:47 pmpor  Van
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 2 de 2 Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
Princípios Sab Jan 15, 2022 12:10 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Princípios

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Marinheiro Matthew Carter. A qual não possui narrador definido.

_________________

Princípios - Página 2 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Matthew
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 120x120
Créditos : 09
MatthewSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1029-matthew-carter#9615 https://www.allbluerpg.com/t1032-principios
Re: Princípios Seg Jan 24, 2022 12:55 pm
As falas de Leshy ajudavam a acalmar o coração de Matthew. Saber que nada havia acontecido, que sua companheira estava bem e que suas escolhas não haviam prejudicado o andamento da missão transformavam seus pensamentos, trazendo mais tranquilidade e felicidade para os pensamentos do rapaz. “Ainda bem, nada aconteceu”.

- Leshy, mais uma vez, obrigado. Ainda que algo tenha passado, eu assumo os erros que acontecerem nessa missão. Você já segurou a barra por bastante tempo, sou muito grato à você. – Diria o rapaz, com um semblante focado e realmente mais tranquilo após a conversa com a marinheira.

A proposta que ela trouxe até ele, sobre fazer rondas, era rapidamente analisada pelo meio gigante. – Eu estou de acordo. Acho que só não devemos nos distanciar muito, no máximo duas, três quadras, para que se algo aconteça estejamos perto um do outro. Você já está com o apito, então, qualquer coisa, use ele também. Quem sabe eu também não ouço e vou ao seu encontro mais rapidamente. – Diria, buscando alertar os perigos e mantê-la focada em se proteger.

Assim, o rapaz aguardaria na ponte até que a marinheira retornasse, ficando atento a qualquer movimentação estranha. Caso ocorresse algum princípio de confusão ou atos suspeitos, o gigante interviria. – Posso saber o que está acontecendo aqui? – Falaria, impostando a voz e transparecendo sua feição mais séria. Se manteria sempre bem focado e faria o que fosse possível para perseguir e deter algum possível infrator.

No caso da volta de Leshy, o mesmo se despediria. – Tudo certo por lá? Agora é minha vez. Prefere ficar com o apito ou não? – Falaria. Independentemente de sair com o apito ou não, o rapaz faria a ronda. Caminharia lentamente, passando entre possíveis becos e vielas, analisando com atenção as pessoas e suas atitudes. Faria o mesmo que na ponte caso notasse algum suspeito, ou seja, iria confrontá-lo.
Matthew:
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Princípios Seg Jan 24, 2022 5:17 pm


Matthew - O Altruista



O rapaz comentava com a sua companheira que se responsabilizaria por o que acontecesse, e realmente, ele quem havia deixado a missão para trás, o que era justo para aquela situação, seguindo em frente com tudo que havia até então sendo planejado. A moça então sem se preocupar muito apenas disse.-Tá tudo certo. Só vai ser necessário a gente analisar melhor o que passou e não passou.- e assim, ela deu um sorrisinho partindo para sua ronda.

A ronda dela levou poucos minutos e ela voltou falando.-Por mim pareceu tudo limpo, mas dá uma observada também. pode levar o Apito.- E assim ela entregou de novo o apito pra ele, deixando que ele partisse na sua busca. Em analise tudo parecia certo, haviam pessoas de muitos tipo, mas nenhuma demonstrava ser suspeita, apenas parecia correto afirmar que todos estavam vivendo suas vidas ali. Se algo suspeito tivesse acontecido, já devia estar longe dali.

De qualquer forma, com a ronda terminada, ele voltou ao seu posto, e depois disso pouco aconteceu, o horário do almoço chegou e outros dois soldados vindos do quartel se aproximaram deles, dizendo.-A gente assume daqui. Não se preocupe. Podem voltar e almoçar, o Capitão Altrius mandou a gente assumir aqui.- Disseram com bastante firmeza, e cada um deles já ia se colocando do lado da ponte batendo continência como forma de cumprimento para os dois.

Os dois pareciam bem responsáveis. Estavam ambos fardados com fardas de mangas longas, certamente preparadas para o sol que iriam enfrentar durante o horário de meio dia. Ambos usavam boné da marinha e carregavam alabardas em suas mãos, provavelmente uma das armas mais treinadas no quartel para fazer posto de vigília. Talvez eles ainda fossem soldados, pelas roupas não dava pra ter completa certeza. Mas ao menos estavam ali na hora certa, onde os outros dois poderiam seguir e comer seu rango.

Leshy então esticou os braços pra cima, e se espreguiçou, e logo chamou o grandão para que fossem logo voltar, ela estava bem cansada também, já que ficou parada o tempo inteiro vigiando.-Vamo nessa grandão, que to com fome!- disse dando aquele sorrisão completo de canto a canto, era como se ela já sentisse o cheirinho da comida.

Histórico:


Legenda:


_________________

Princípios - Página 2 YHVeK1M

Princípios - Página 2 VYrwji0
Matthew
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 120x120
Créditos : 09
MatthewSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1029-matthew-carter#9615 https://www.allbluerpg.com/t1032-principios
Re: Princípios Qua Jan 26, 2022 10:12 pm
A companhia de Leshy estava sendo muito agradável para Matthew. Após terem passado boa parte da manhã juntos, ainda que os atos de bondade do rapaz tenham os deixados distantes por alguns momentos, o meio gigante sentia-se ainda mais confortável na presença da sua colega. Com a chegada dos outros marinheiros, que cobririam seus postos e traziam o prenúncio da tão esperada hora do almoço, o rapaz mostrava-se alegre. – HÔ HÔ HÔ, é isso aí, hora do rangoooo! – Dizia, realmente muito animado por estar indo almoçar, respondendo a chamada de Leshy.

Além disso, o rapaz estava contente por tudo ter dado certo até aqui. Ainda que gostasse de proteger a cidade e a justiça com sua força, os pequenos atos que realizou naquela manhã, somado a inexistência de conflito até ali, faziam com que Matthew se sentisse mais feliz, por acreditar que o mau, ainda que mais tentador e muitas vezes mais lucrativo, estava perdendo para o bem. “Espero que Sirarossa caminhe cada vez mais pelo rumo da justiça, da ordem e do bem”. Apesar de não conhecer tanto a cidade, o rapaz tinha ciência da influência dos mafiosos e dos malfeitores no dia a dia da ilha.

Ao longo do caminho rumo ao Q.G, Matthew continuaria conversando, tentando puxar assunto. – Mas então, faz tempo que você está aqui em Sirarossa? Também foi sua primeira missão? – O rapaz não queria emendar muitas perguntas em sequência, então também confessou algumas coisas. – Essa foi a minha primeira... Ainda bem que deu tudo certo, graças a você também. – E então esperaria que a marinheira respondesse, ouvindo-a atentamente.

Assim, quando chegasse ao quartel, Matthew iria até o refeitório, contando com a companhia de Leshy. – Bora comer aquele pratão, HÔ HÔ HÔ? – Diria. Se caso as pessoas responsáveis por servir a comida fossem conhecidas, o meio gigante as cumprimentaria com mais animosidade. – Opa, tudo bom? O quê que tem de bom hoje aí? Acho que agora não vai dar pra maneirar não, vai ter que ser aquela montanha de comida mesmo, HÔ HÔ HÔ! – Diria, ansioso para comer. Assim o faria, montando ou tendo seu prato montado com aquilo que estivesse disponível no refeitório.
Matthew:
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Princípios Qui Jan 27, 2022 1:59 am


Matthew - O Altruista



Tudo tinha dado certo e eles podiam voltar ao QG, a missão havia sido um sucesso inicialmente algo que com toda certeza era um começo verdadeiramente muito promissor para os soldados ali presentes. Eles começaram a voltar enquanto Matthew puxava assunto sobre isso.

A garota escutava sua pergunta, respondendo com simplicidade a ideia que lhe fora levantada em questionamento.-Não exatamente a primeira, mas oficialmente essa é a primeira. Já realizei mais de um trabalho pra marinha, mas ainda fora da organização.- sim, ela era alguem aparentemente bastante experiente no assunto.

Ela não explicava exatamente suas outras missões, ouvindo o que ele ia dizendo a mais sobre o assunto.-Foi uma missão bem simples até. Creio que o começo vai ser meio que desse jeito.- disse ela entrando na cantina junto dele, enquanto ele já se movia pra fila, dessa vez até que tinham algumas mesas ocupadas, ela o acompanhava.

As moças da cantina eram bem receptivas nesse momento, já respondendo ele.-Arroz branco, com sushi, e também temos alguns sucos, goiaba, uva, morango, laranja e um de manga. Na outra bandeja tem também ervilha e milho separadas, e batata doce pra quem gosta, e caso não coma sushi tem frango também.- era um cardápio bem eclético, e Leshy ia se servindo acompanhando ele.

Onde a moça iria sentar em conjunto ali, comendo na mesma mesa, e quando terminassem, ela sairia também em conjunto, onde o capitão os encontrou novamente.-Depois de um banho, me encontrem em minha sala, para fazerem o relatório da missão. Irei delegar mais uma missão pra vocês ainda hoje.- disse ele deixando que eles seguissem com as ideias que tinham até a hora de ir na sala dele.

Histórico:


Legenda:


_________________

Princípios - Página 2 YHVeK1M

Princípios - Página 2 VYrwji0
Matthew
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 120x120
Créditos : 09
MatthewSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1029-matthew-carter#9615 https://www.allbluerpg.com/t1032-principios
Re: Princípios Sab Jan 29, 2022 2:19 pm
Já no refeitório, o rapaz decidia o que ia comer. – Batata doce e frango que é pra ficar grandão, HÔ HÔ HÔ! – Falaria, continuando. – Pra alguém do meu tamanho, acha proteína e carboidrato pra sustentar os músculos! – Encerraria a falar, terminando de encher seu prato com uma quantidade muito além do padrão para humanos de tamanho normal. O rapaz, apesar de ter um coração puro, havia passado um bom tempo acampado numa floresta, então seus modos não eram tão refinados.

Entre uma garfada e outra na batata doce, uma mordida generosa no frango, Matthew continuaria conversando. – Eh, commu era exxis servixos pela Marinhaan? – Falaria, com a boca ainda cheia. Ouviria sua companheira atentamente, enquanto deglutiria com muito vontade os alimentos. Enfim, nessa refeição o rapaz já não estava tão receoso em encher o bucho, mesmo que para ele, com a quantidade de comida necessária para isso, fosse algo difícil.

Assim, finalizando o almoço, via a presença do capitão Altrius, que já indicava à eles a existência de uma próxima missão, indicando para tomarem um banho e estarem asseados para se apresentarem ao próximo serviço. Desse modo, Matthew falaria para Leshy, se despedindo momentaneamente de sua companheira. – Vou indo lá banhar! Daqui a pouco a gente se vê! Quem chegar primeiro aguarda o outro, pode ser? – Acenaria, já se retirando do refeitório e se dirigindo ao vestiário masculino do Q.G.

Encontrando o local, o rapaz se certificaria de guardar sua roupa no armário, ou havendo a possibilidade de pegar novas vestimentas, colocaria as já usadas no cesto de roupas. Feito isso, encontraria um chuveiro que pudesse servir ao seu tamanho, mas caso não encontrasse, faria o possível com que achou, rapidamente passando o sabonete pelo seu corpo e se enxaguando em sequência. Não queria demorar muito, então apenas aproveitava a água do banho para relaxar um pouco. “E agora, qual será a próxima missão? Prender bandidos, lutar contra piratas, salvar inocentes? Aaaaaa, tantas possibilidades... como é bom estar na Marinha!”.

Saindo do banho, Matthew iria em direção a sala do capitão. Aguardaria Leshy para então entrar. Caso a mesma estivesse lá, o rapaz falaria. – Que rápida hein! Pode fazer as honras? – Diria, incentivando que ela fosse a primeira a entrar e se apresentar. Faria o mesmo em sequência. – Com licença, capitão. Soldado Carter se apresentando! – Diria, realizando uma continência e se colocando em pose de “sentido”, com as pernas juntas, tronco ereto e peito estufado e o braço esquerdo alinhado ao lado do corpo, aguardando a resposta de seu superior.
Matthew:
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Princípios Dom Jan 30, 2022 7:57 am


Matthew - O Altruista



O rapaz estava animado, com a quantidade de fibra que ele podia por no seu prato, era verdade que ele podia comer bastante, e enquanto isso ele questionava a albina, sobre as ideias que ela tinha citado mais cedo, algo que realmente era uma curiosidade que poderia ter ficado, ela não demorou a responder já dizendo.-Bem, eu trabalhei servindo por fora, fiz dois assassinatos de piratas que tinham certa influência em umas ilhas específicas, mas o governo não podia interferir, por que eles eram “Amados” pela população.- explicou ela de modo mais básico, dando uma mordida em sua coxa de frango violentamente.

ela não tinha modos à mesa, comendo grandes quantidades de uma vez, praticamente enfiando metade da coxa na boca, e mastigando as batatas em conjunto e dando duas colheradas na comida, mastigando pouquíssimas vezes e engolindo.-A marinha tem uma imagem pública a manter, e a agente responsável pelo lugar, tinha outra missão, por que ela não podia cortar relações com o submundo, tinham informações preciosas lá. De qualquer forma, era um trabalho sujo, então eu fui e fiz. Depois disso tudo seguiu normalmente.- e logo ela voltou a comer, de modo a ficar bastante tranquila mastigando.

Ela parecia gostar muito do suco também, já que sempre que dava um gole ela sorria em seguida, um suco de uva que ela parecia amar de coração.-A outra foi uma missão suicida, me jogar contra o bando Red Flag, em um colapso, pra segurar eles e evitar que um prédio fosse tomado antes da marinha chegar, por estar perto do local. Eu colidi com eles, e acredito que pensavam que eu fosse morrer!! Mas não morri. No entanto, perdi meu olho.- Ela levantou o tapa olho mostrando que havia apenas escuridão ali. E realmente ela não tinha órbita, algo que realmente poderia ser bastante estranho num primeiro momento.

Ela então voltava a explicar o que aconteceu na luta contra a Red Flag, mas não antes de dar mais varios goles de suco e praticamente limpar o prato, bastante empolgada por comer.-Eu consegui lutar contra o bando todo, eram 8 homens, mas eu consegui segurar eles, entretanto, tive meu pulmão perfurado por uma costela quebrada. Pena direita comprometida. Braço esquerdo completamente quebrado. E quando estava quase morta, eu vi tudo devagar, como se estivesse em câmera lenta, então em um surto de velocidade BAAA- dizia fazendo o som com a boca sobre o impacto que ela lembrava, apesar de esse som não ter certamente nada haver com o som da espada dela, o que trazia certo tom cômico.

Então ela que tinha terminado de limpar o prato, deixando ele sem nenhum pingo de comida, bebeu o resto do suco, em um gole só continuando.-Com um impulso cortei a cabeça do capitão Red Flag, todos viram a cabeça dele lentamente sendo separada do corpo, então o bando fugiu, mas o cara não era um amador, ele viu meu dash, e meu olho ficou na ponta da lança dele!! Depois disso acordei num quartel, e fiquei muito tempo pra me recuperar.- Ela realmente era uma mulher com muitas experiências de vida, que poderiam verdadeiramente chocar, o que mais ela tinha visto? Seja o que for, nada parecia ser algo simples.

Então tendo terminado de comer ambos sairam, viram o capitão e Matthew logo combinou com ela de quem chegasse primeiro esperava, algo que ela assentiu com a cabeça dizendo.-Certo grandão, nos vemos na frente da sala do capitão.- e assim a imagem de Leshy aos poucos se desfazia ao dobrar o corredor. O rapaz rapidamente foi para o banho, descartando sua farda suja no cesto e se lavando corretamente. Certamente era essencial, depois de tanto tempo que eles passaram no sol.

Então limpinho ele trocava o uniforme por um em perfeitas condições lavado e muito cheirozinho. Ele então animadão começou a voltar para a sala do capitão, muitas possibilidades corriam em torno de sua missão. E já frente a porta ele via Leshy que estava parada lendo um pequeno livro de bolso concentrado. Vendo o rapaz, falar com ela, ela logo foi entrando junto dele, onde como havia dito pra ela se apresentar primeiro, ela falava um informal.-E ae cara, é pra mandar o relatorio?- então depois de já ter agido daquele seu jeito relaxado ela se corrigiu.-Soldado Leshy- e esperava o grandão falar.

Ele se apresentava de uma maneira mais correta, enquanto o capitão logo deu uma risada por conta da maneira que a mulher se portava, mas logo voltou a explicar.-Muito bem, me digam, como foi a missão?- Leshy tomou a frente começando a explicar o que havia acontecido.-Nada aconteceu durante todo o expediente. Apenas pessoas comuns atravessaram a ponte.- disse afirmando.

Enquanto isso, o capitão pegava dois envelopes bem recheados, onde ele contava algo dentro deles. Logo entregou um para o grandão e outro pra albina.-Muito bem, essas são as gratificações, salário pela missão. Aí tem um milhão e quinhentos milhões de berries.- ele dava um tempo para que eles pudessem contar se quisessem, algo que a moça fez, levando alguns instantes pra conferir tudo.

Então depois disso o Capitão vendo a moça completar, ele logo iniciava sua fala.-Bem, a missão nova de vocês é o seguinte, vocês tem de proteger a Pousada Balkan. Houveram recentemente três invasões de quartos, das quais não levaram nada. E dois furtos. Algo estranho vem acontecendo lá. Essa missão será mais longa e perigosa, então quero que vocês façam o seguinte.- E assim ele escreveu num papelzinho fazendo sua assinatura no final.

Era uma requisição de arma que eles poderiam usar para pegar boas armas ali no quartel.-Vocês terão de ficar o resto da tarde e a noite na Pousada, então a dona vai fornecer a janta de vocês e um lanche também. Mesmo assim peguem duas barrinhas alimentícias, na cantina, e levem pra caso alguma fome vier antes desses horários. Outra coisa se precisarem de mais armas, peguem elas no arsenal, esse papel que estou entregando a vocês lhes agiliza o processo.- e com isso entregava o papel com a requisição de comida de emergência, garrafas de água de emergência, e claro, o que não podia faltar a arma se eles quisessem.

Por fim ele entregava um mapa para Leshy, dizendo.-O local está marcado no mapa então vocês não devem ter muitas dificuldades para chegar até lá. Alguma duvida?- e assim ele encerrava as questões que tinha com aqueles dois.

Histórico:


Legenda:


_________________

Princípios - Página 2 YHVeK1M

Princípios - Página 2 VYrwji0
Matthew
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 120x120
Créditos : 09
MatthewSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1029-matthew-carter#9615 https://www.allbluerpg.com/t1032-principios
Re: Princípios Dom Jan 30, 2022 1:17 pm
A interação com Leshy durante o horário do almoço havia sido realmente bastante esclarecedora para Matthew. O rapaz havia ficado extremamente concentrado na história de suas missões antes de entrar na Marinha, repleta de mortes, adrenalina e ferimentos. A falta de um olho em sua companheira e as demais lesões que sofreu faziam com que o meio gigante fosse construindo cada vez mais uma imagem bem durona e resiliente de sua companheira. – Caraca Leshy... para todos os sentidos, você é mesmo uma guerreira! – Dizia, com um semblante sincero, colocando em seu tom de voz e em sua feição um misto de admiração com espanto pelos atos que trouxeram a garota até ali. “E eu achando que lutar contra um urso era uma história empolgante pra se contar... Espero que durante as missões eu crie mais histórias para contar!”.

Após o almoço, já de banho tomado e com roupas limpas, o rapaz se encontrava com Leshy frente a sala de Altrius. A apresentação dela para o capitão trazia até que um clima cômico, diferente do que Matthew estava acostumado nas interações com seus superiores. Ao serem questionados sobre os acontecimentos da missão, o marinheiro apenas consentia, balançando a cabeça positivamente após as falas da marinheira.  Logo após isso, o capitão rapidamente entregava envelopes volumosos à cada um deles. A explicação era rápida, enchendo os olhos de Matt. Ainda que sua motivação não fosse o dinheiro, estar sendo pago por concluir sua primeira missão com êxito tornava todo aquele momento ainda mais especial. O rapaz nem iria conferir o dinheiro, apesar de observar sua companheira o fazendo. – Obrigado, capitão! – Se limitaria a dizer isso, ainda um pouco atônito com a quantia e com o simbolismo de tudo aquilo. “É muito dinheiro... vai dar pra comer bem, comprar umas coisas boas. Caraca, é muuuuito mais do que eu tenho hoje comigo!”.

Entretanto, as próximas falas de Altrius traziam um clima mais austero ao ambiente, pelo menos na percepção de Matthew. Suas explicações sobre a próxima missão, de proteção a uma pousada que foi alvo de furtos e invasões, esquentavam o sangue guerreiro do meio gigante. “Longa e perigosa” soavam para o rapaz como “proteger inocentes e deter bandidos”, algo que o rapaz esperava fazer desde que cultivou o desejo de entrar na Marinha. Recebendo da mão de Altrius o papel que concedia à eles o direito de obter uma arma do arsenal da organização, o capitão continuava explicando como seria dinâmica, até questioná-los sobre a existência de alguma dúvida. – Entendido capitão! Em relação a missão, tudo certo! Tenho apenas uma dúvida... o apito, o senhor quer que eu o devolva ou continua conosco caso algum imprevisto aconteça? – Essa seria sua única pergunta, aguardando a resposta do superior para então sair, com ou sem o apito.

Assim, saindo da sala, diria à Leshy. – Eu preciso ir lá no arsenal pegar uma soqueira. Não sei se você precisa de mais armas, mas... se precisar eu pego pra você e você pega os mantimentos pra gente, o que acha? – Diria, apenas esperando que a companheira entregasse seu papel para ir retirar a arma para sua companheira, procurando agilizar os processos. – A gente se encontra lá na frente, beleza? – Perguntaria, já indo em direção ao arsenal. Quando chegasse lá, pediria ao oficial responsável a arma solicitada por Leshy, se necessário, e faria o pedido da sua arma. – Opa, beleza? Aqui a requisição de arma assinada pelo Capitão Altrius... eu gostaria de um par de soqueiras pra essas mãozonas aqui, por favor! – Falaria, levantando a mão para demonstrar o tamanho aproximado que a soqueira deveria ter. Retirando sua arma e porventura a de Leshy, agradeceria o oficial do arsenal e iria em direção à entrada do Q.G. Quando avistasse sua companheira, diria. – Tudo certo pra gente ir? – Perguntaria. – Então é isso, vamos até a pousada Balkan! – Bradaria, num misto de bravura e empolgação, enquanto esperaria que Leshy os guiasse através do mapa.
Matthew:
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Princípios Dom Jan 30, 2022 2:22 pm


Matthew - O Altruista



O rapaz tinha ficado interessado naquela história da moça de cabelos brancos, ela realmente tinha vivido muito, e claro, todo aquele dia, estava rumando bem, um bom banho, uma boa missão, recebeu o salário. Até o ponto que finalmente o rapaz tinha todas as informações que precisava, apenas questionando o capitão sobre o apito.-Leve por enquanto.- completou respondendo, e depois disso ambos saíram da sala.

Ele logo combinava com Leshy para que eles tomassem caminhos diferentes, e ela pegasse apenas os suprimentos e se encontrassem depois.-Entendi, eu não preciso de mais armas, irei direto para a cozinha, logo mais nos vemos então, boa sorte no arsenal.- disse ela já acenando e indo pra cozinha deixando que o rapaz seguisse seu caminho para o Arsenal.

Ele tranquilamente chegou até o lugar, onde foi atendido por um rapaz alto uniformizado, ele media quase 3 metros, mesmo assim, parecia pequeno perto de Matthew.-Entendi, uma requisição de arma do capitão, bem, pode entrar, pegue o que precisar daqui. As armas ficam descendo as escadas.- E assim que ele descesse poderia ver tanto Manoplas, Quanto machados, Soqueiras, Espadas, Lanças, Pistolas, Martelos, Chicotes. Era um arsenal bem vasto.

Todas armas de boa qualidade e organizadas em mesas, presas nas paredes algumas nos baús, ele podia escolher as armas que precisava, então poderia assim, ter uma Manopla, e se quisesse uma arma de Bárbaro, um martelo, machado ou similar. Algo que poderia complementar ainda mais seu combate. Ele demorava um pouco mas logo via soqueiras para seu tamanho, eram grandes e encaixavam perfeitamente, haviam alguns machados grandes que também poderiam ser usados.

Ele então estava pronto, falava com o homem, para que ele desse baixa, falando que gostaria das soqueiras grandes para suas mãos.-Certo, darei baixa nas armas, deixe apenas eu ver corretamente o serial. Pronto.- disse ele dando baixa no que o rapaz tivesse escolhido.

E por fim, o gigante seguiu pra o lado de fora, onde Leshy já o esperava. A garota estava tranquila ali, e logo que ele a chamava ambos partiam, com ela confirmando que estava tudo pronto.-Sim, vamos nessa.- E assim eles partiram pro local, uma caminhada de mais ou menos 40 minutos até o ambiente, o que explicava por que eles iam jantar lá, e também ter um quarto para descansarem se fossem variar as vigílias. Mas logo depois de algum tempo eles viam finalmente a pousada.

Era uma grande mansão com diversas portas espalhadas por sua extensão, na chegada ele via um rapaz tentando pregar uma placa sobre uma escada, algo normal, mas logo ele via a placar começando a cair, e o cara gritando.-MEU DEUS!!! QUE DESGRAÇA, QUASE TRÊS HORAS DE TRABALHO PRO LIXO!! - mas Matthew tinha tempo pra conseguir ajudar, se ele fosse rápido conseguiria segurar a pesada placa de madeira antes que ela fosse ao chão e talvez quebrasse.



Histórico:



Legenda:


_________________

Princípios - Página 2 YHVeK1M

Princípios - Página 2 VYrwji0
Matthew
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 120x120
Créditos : 09
MatthewSoldado
https://www.allbluerpg.com/t1029-matthew-carter#9615 https://www.allbluerpg.com/t1032-principios
Re: Princípios Ter Fev 01, 2022 10:36 am
Vendo as armas do arsenal e olhando para os machados, tão apreciados pelo rapaz, ele pensou. "Será que eu consigo pegar esse machado... Olha a lâmina, que belezura". Enfim, decidiu tentar. - Oficial, eu posso ficar com o machado também? - Perguntaria. Caso conseguisse o machado, se certificaria de pegar um equipamento que permitisse pendurá-lo nas costas, algo como um colete/cinto feito para esse suporte. Já com suas armas devidamente guardadas, seja lá qual fossem, o rapaz caminharia até a saída do Q.G, onde já podia avistar sua companheira. Durante a caminhada que se seguiu, o meio gigante aproveitava o tempo para refletir um pouco sobre os momentos de sua vida até então. “Primeira missão feita... quem diria hein, William. Você conseguiu me transformar, de refugiado a oficial da Marinha. Obrigado...”. Pensava, enquanto lembrava da figura de William Carter, basicamente seu pai adotivo e mentor de quase tudo que Matthew sabia e valorizava.

A caminhada era realmente longa, então o rapaz continuaria na sua missão interna; a de socializar bastante com Leshy. – Então, acho que você já me contou bastante da sua história. Quer ouvir um pouco da minha? – Caso a resposta fosse afirmativa, o rapaz continuaria. – A minha não é tão interessante quanto a sua, mas, acho que dá pro gasto... eu tenho poucas lembranças da minha infância, tenho memórias bem vagas da minha mãe e do navio em que estava sendo mantido como um contrabando humano. E foi aí que tive o primeiro contato com a Marinha... – O rapaz pausava, fitando com orgulho a farda e o símbolo que estava vestindo. – Os marinheiros entraram no navio e então começaram a guerrear com os contrabandistas, tentando salvar o máximo de gente possível. Apesar de ser pequeno, eu acho que já entendia o que era bondade e maldade. E então eu vi que um dos caras que mais foi mau comigo no navio estava tentando acertar um marinheiro pelas costas e eu o protegi, defendendo o golpe. Foi o suficiente pra o marinheiro querer me adotar daquele dia em diante. William Carter, ex-tenente, meu mentor. – Diria, agora com a voz um pouco já embargada e fitando um horizonte distante.

O rapaz estava pronto pra continuar, até que observava que a pousada estava aparentemente próxima pela indicação do mapa. Além disso, a cena de um rapaz tentando pregar uma placa com uma certa dificuldade chamava sua atenção e interrompia sua história. Ao ouvir a manifestação do homem sobre seu empenho naquela placa, e estando próximo o suficiente para ajuda-lo, Matthew agiria no auge de sua agilidade e envergadura para alcançar a placa. O marinheiro era grande e forte o suficiente pra aguentar mais de meia tonelada, então acreditava ser capaz de evitar que aquela placa se espatifasse no chão. Assim, estendendo seus braços, buscaria agarrar com firmeza a placa, buscando também não pressionar com força, afinal, não queria destruir o fruto de horas de trabalho do cidadão.

Com êxito, ele buscaria devolver a placa ao rapaz. – Tá na mão, amigão! Se precisar de ajuda, eu posiciono a placa onde você quiser então você coloca os pregos. – Falaria, e faria o que falou caso o rapaz aceitasse a ajuda. – Mas então, creio que aqui seja a Pousada Balkan! Sou o soldado Matthew Carter, e essa é minha companheira. – E assim daria o tempo para que Leshy também se apresentasse, se quisesse. – Estamos aqui para proteger a pousada, pode contar conosco para defender sua propriedade e seus clientes! – Diria, num tom de voz confiante. – Acredito que seja bom que você nos apresente a estrutura da pousada, pra podermos conhecer melhor o que vamos defender. Pontos de entrada e saída, sótão, os arredores da propriedade, coisas que precisamos saber pra estruturar a nossa defesa, pode ser? – Diria.

Apesar de não ter experiência nessas questões de proteção urbana, o período em que passou nas florestas de Derlund ajudaram o garoto a entender alguns pontos vitais sobre proteção de ambientes, para sua própria sobrevivência. Assim, caso permitido, o marinheiro ficaria atento aos detalhes da pousada, tentando analisar também o perímetro, ruas ou outros imóveis que pudessem facilitar as invasões, ou seja, pontos críticos que precisariam de mais atenção. Feito isso, conversaria com Leshy. – Se você quiser descansar agora, acredito que não há problemas. É até bom que um de nós esteja dentro da mansão, conhecendo os clientes e estando mais próximos deles caso algo aconteça lá. Eu posso começar aqui fora, sem problemas! – Falaria, deixando a sugestão para que a marinheira começasse descansando enquanto ainda era relativamente cedo, acreditando ainda não ser o momento de mais perigo para a pousada. No lado de fora, Matthew apenas ficaria atento aos pontos de acesso à pousada, tentando fazer caminhadas por toda a extensão do lado de fora da mansão onde houvesse possibilidade de entrada e saída de pessoas.
Matthew:
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Princípios - Página 2 CSDlXWh
Créditos : 05
Re: Princípios Qua Fev 02, 2022 4:03 pm


Matthew - O Altruista



O rapaz ao ver os Machados havia ficado realmente animado, ele gostava mesmo dos tais machados. Tendo logo questionado se poderia levar eles, algo que o homem cuidando do Arsenal rapidamente aceitou.-Sem problemas, quando precisar trocar de armas pode vir aqui ao arsenal. O quartel sempre fornece armas novas para todos lutarem da melhor forma.- ele disse isso bastante sorridente quando deu baixa no machado e na soqueira.

Então no caminho o rapaz ia conversando com Leshy, questionando se ela gostaria de ouvir sua história, algo que ela simplesmente concordou, sem muitos problemas, ela particularmente não teria provavelmente perguntado. Mas não se negaria a ouvir a história, afinal podia vir coisas muito interessantes de alguém como ele, e ela gostava de histórias.-Pode ser sim!! O que se passou na sua vida grandão?- Ela imaginava ele com uma tanga de texugo…

Sim, ela imaginava ele com uma tanga de Texugo carregando troncos de árvores e parando vazamentos em barragens, salvando uma vila, ou talvez lutando montado num urso gigante contra um exército inimigo. Pelo tamanho dele, era esse tipo de ferocidade que ela imaginava. Mas quando ele começava a contar na verdade era um tanto triste, ele havia sido capturado e salvo por marinheiros, como uma pessoa normal, ele parecia ter sofrido muito.

Aquilo a surpreendeu, mas antes que ela fizesse algum comentário a placa tava caindo, e rapidamente o garoto parou a história avançando de uma única vez e a segurando, evitando que ela caísse, algo pelo qual o trabalhador ficou completamente agradecido.-MUITO OBRIGADO GAROTO!! Esse foi meu trabalho de horas se eu perdesse ia começar do zero.- e ele até dava um abraço no marinheiro ainda de cima das escadas.

E logo ele aceitou a ajuda do grandão para que ele segurasse a placa, fazendo um movimento positivo com a cabeça, isso tudo antes das apresentações é claro, a placa foi pregada e ele terminou o que estava fazendo. E só então as apresentações começaram onde o rapaz flou primeiro seu nome e função enquanto Leshy apenas disse.-E ae- mas o trabalhador não se importou muito já dizendo.-Obrigado pela ajuda e eu me chamo Tadeu. Porém não consigo ajudar muito vocês nessa, eu só conheço a pousada por fora. Só cuido dos jardins e as vezes sou contratado pra fazer placas como essas e similares. Mas, a dona está logo ali dentro só falarem com ela.- E assim ele apontava pra mulher atrás do balcão. Onde os dois adentraram no lugar.

Dessa vez falando com a pessoa certa o rapaz novamente pedia para que eles pudessem ver toda a pousada, algo que a mulher logo respondiam.-Bem vindos, eu vou pegar as chaves e vou levar vocês pra verem tudo.- Então assim ela fez, guiando eles por toda a extensão, iniciando por subir as escadas e mostrar os corredores e todos os quartos, Também a grande varanda que tinha na parte de cima, que era quase como uma ponte de madeira, que circulava toda a zona do teto da mansão.

Ela era bem cercada, com cercas altas de madeira, e as janelas davam nela, podendo talvez ser um dos pontos de fuga, já que em uma das partes da ponte tinha uma arvore gigantesca, um tipo de pinheiro. Que atingia uma altura até mais alta que a Pousada. Os quartos eram bem padronizados, tendo camas beliche nos de solteiro ou camas de casal nos outros. E sempre eram munidos de guarda roupas, e pequenos criados mudos.

As janelas davam para essa parte de fora que era como uma ponte, que também tinha acesso por uma porta na lateral era onde a galera saia pra ver a lua, fogos e coisas assim. Então tendo visto tudo ali, a mulher completava o que tinha a dizer.-Essa é a pousada- disse já deixando eles agora decidirem o que fazer.

A marinheira ouvindo a sugestão respondia.-Não sinto sono no momento, então não seria capaz de dormir.- disse bem segura de suas palavras naquele momento, não havia como ela dormir sem sentir a necessidade.

Histórico:



Legenda:


_________________

Princípios - Página 2 YHVeK1M

Princípios - Página 2 VYrwji0