Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 2 de 5 Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 25
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Relembrando a primeira mensagem :

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Takeshi Isamune. A qual não possui narrador definido.

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 J09J2lK

Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CTfWi4D
Créditos : 05





Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune

O rapaz caminhava até o quartel general, sendo ajudado pelos dois homens que Nagashima havia mandado, os três caminhavam tranquilamente pelas ruas, Takeshi demonstrava toda a sua superioridade para aqueles que o observavam, enquanto os dois armários se mantinham quietos.

Ao chegar no quartel general, o homem era atendido pelo panda, que ao olhar para o mesmo dizia.-Ora! Realmente foi rápido! Bom, pode deixar eles comigo. Dizia o panda pegando os dois capturados e então concluindo.-Aguarde aqui que vou pegar o dinheiro referente a captura dela. E então o panda puxava uma gavetinha em seu balcão, retirando o dinheiro e entregando ao rapaz.

Ao receber sua grana, o garoto resolveu aplicar uma fuga, pedindo a localização de um banheiro, e pretendendo usar disso para fugir dali, deixando os dois homens para trás. Ele obtinha a localização que procurava e seguia até lá, porém, não encontrava uma saída diferente da entrada principal, o que o mostrava que teria de voltar.

Os seguranças estavam parados na parte de fora do Q.G, por onde eles haviam chegado, e assim, Takeshi teve de voltar, tomando seu caminho pelo portão principal. O rapaz então começava a falar alto, buscando alguém que conhecia e então dispara em velocidade, tentando deixar os dois homens para trás. Porém, ao contrário do que ele achava, os homens não o seguiram, e apenas ficaram observando o mesmo correr como um louco pelas ruas.

Quando ele olhasse para trás, perceberia isso, e também que um deles falava ao telefone, não demorando muito, um carro preto parou na frente dos dois, onde os mesmos entraram e dali sumiram, sem deixar nenhum tipo de explicação. Na verdade, os dois já haviam cumprido o seu papel, ajudar o rapaz a levar os presos, e o que seria feito depois disso, era de total decisão de Takeshi, deixando claro que eles não eram da centelha.

Porém, em meio a isso, o rapaz corria pelos becos desesperado, buscando despistar aqueles que não estavam o perseguindo, e em meio a tudo isso, ele encontrou uma loja de reparos de roupa, na qual entrou de forma súbita, deixando qualquer tipo de educação do lado de fora.

Um dos alfaiates o olhava de cima a baixo, como se fizesse pouco do rapaz, deixando em sua face o semblante de desprezo. É isso o que se ganha por não dar nem um boa tarde. E ali, o homem perguntava o que ele queria.-O que você deseja garoto? Já vou logo avisando que não fazemos caridades por aqui! Olhava para o rapaz como se estivesse sentindo nojo de alguma coisa.

Takeshi por sua vez pediu ao homem por reparos em suas roupas, e o mesmo o pediu para que ficasse apenas de cueca e desse as roupas em suas mãos, mas antes de começar o trabalho ele o olhava com desdém e perguntava.-Você pode pagar por isso, não é? Se tentar me enganar eu vou rasgar essa roupa toda e você vai sair daqui apenas de cueca. Concluía esperando uma resposta do rapaz para que continuasse com o trabalho.

O jovem deixava claro que poderia pagar sim, e assim o homem continuava o trabalho de reparo, e em poucos minutos, toda sua roupa estava pronta, parecendo como nova. Porém, talvez para Takeshi o problema maior poderia começar agora, pagar!

O homem o olhava e antes de lhe entregar as roupas dizia o valor.-Então, meu querido pé rapado, o valor das três costuras ficou em 150 mil berries! Vai pagar ou vai ficar sem roupas? Concluía o homem, esperando a resposta do rapaz. Nesse momento, Takeshi tinha que tomar suas decisões, ele pagaria as roupas? Ficaria sem? Ele tinha que decidir, assim como faria quando saísse dali.

O cartão de Nagashima ainda estava em seus bolsos, claro, se ele não tivesse o jogado fora, e agora cabia a ele decidir se iria pagar por aquilo, ou se ficaria sem suas roupas e o cartão do homem que podia mudar sua vida.




Histórico:

Número de Posts: 3
Ganhos:
Corrente Ponta de Lança- (Categoria Profissional)
Duas espadas - (Categoria Profissional)
1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
Perdas:
800.000 B$ Por duas espadas - (Categoria Profissional) / 300.000 B$ Pela corrente - (Categoria Profissional)
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Corte de raspão coxa direita. [2/2]
Corte na costela lado direito. [2/2]
Corte no braço esquerdo. [2/2]
Objetivos:
N/A

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune




Capítulo I

O Espetacular Takeshi Isamune




Antes mesmo da fuga iniciar, minha mente já gozava com a excitação de driblar mais uma vez os homens da Centelha. Estava ciente que ela só iria descansar quando acabasse com minha vida, e claro, me fazer pagar todo o débito antes disso. Enquanto corria a fim de despistar os homens, olhei para trás uma última vez, visando ter uma noção da distância que abri daquela dupla – O quê? Desistiram? – Indaguei em voz alta, mas, sem diminuir o meu ritmo – “A Centelha desistindo? Isso é mesmo possível?” – Questionei mentalmente enquanto continuava mantendo o ritmo.

De qualquer forma, meu objetivo principal foi concluído, já que estava livre das amarras daqueles homens. Ao entrar na loja de reparo não fui muito bem recebido, um homem carregando desdém vinha falando comigo de maneira desagradável – Pagar? Acha que está falando com quem? Eu sou o incrível Takeshi Isamune! – Falei com um olhar sério, mantendo a grana presa na cueca, para ele poder ver. De qualquer maneira, aguardei que o infeliz ajeitasse minha roupa que aqueles três destruíram. Nesse meio tempo, busquei por um espelho naquela localidade, para que pudesse admirar essa beleza natural que Deus me deu – "Dá para ganhar mais um pouco de massa magra em Takeshi?” – Pensei virando de um lado para o outro, realizando algumas poses que ressaltam diversas partes da musculatura.

Cento e cinquenta mil? – Indaguei com um olhar incrédulo, três rasgos custaram isso tudo? A linha dele é feita de ouro? Calma Takeshi! Se fazer merda – Tsc, pelo visto a roubalheira não acontece só por parte dos criminosos. – Bradei entregando o valor para o ladrão, pegando minhas vestes rapidamente – Tá, tá. Quero saber não, paguei para você fazer o serviço, não para ouvir sua ladainha. – Diria se de alguma forma ele tentasse retrucar minhas duas frases iniciais, sem tempo para putaria irmão. Estando cinquenta mil berries mais pobres, me preparei para sair daquele recinto capitalista, carregando em mãos o cartão dado pelo homem de antes – Vamos ver então, quem é você? – Diria em voz alta, lendo o cartão buscando um pouco mais de informações sobre ele, principalmente, um possível endereço onde seria possível encontrá-lo posteriormente.

Iniciei uma caminhada de maneira tranquila, as armas estavam em seus devidos lugares, assim como a corrente que prendi no lado esquerdo da cintura, para que pudesse eventualmente pegá-la em um rápido movimento. Meus passos eram lentos e longos, olhava algumas vezes para trás, só para ter certeza que não estava sendo seguido por ninguém de aparência suspeita. Me mantive atento às facetas ao meu redor, buscando a minha próxima vítima, principalmente aquele homem-rinoceronte do cartaz, o mais simples de achar em meio a uma multidão – Yare-yare. Vamos encontrar informações. –Falei baixinho, apenas para incentivar-me a continuar no ritmo de antes, já que meus objetivos não seriam alcançados sozinhos.

Em meio a caminhada, busquei varrer os estabelecimentos com meus olhos, na tentativa de encontrar um lugar interessante para matar a fome. Não procurava por um barzinho de segunda, nem mesmo algo de ponta, um estabelecimento que ficasse no meio-termo entre esses dois extremos. Ao encontrar entraria sem pensar duas vezes, analisando aqueles no interior sempre que tivesse uma oportunidade, buscando por um procurado ou até mesmo uma faceta conhecida em Sirarossa – Senhor (a), desce uma cerveja. – Diria ao chegar no balcão, dando um “pequeno” tapa no balcão, para chamar a atenção do atendente – Tem algo para comer também? Se tiver carne, frango ou peixe, desce suas porções. – Concluiria o pedido enquanto daria uma olhada ao redor novamente, tendo uma real noção do ambiente a minha volta.

Na primeira oportunidade que tivesse – seja antes, durante ou após comer/beber – perguntaria ao atendente – Amigo, você conhece algum Nagashima? – Mostraria o cartão – Creio que ele tem uma oferta para mim, mas, não conheço a peça muito bem. Parece ser alguém importante, estou certo? – Ficaria atento às suas possíveis respostas e ao que acontecia ao meu redor, não queria ser pego desprevenido por nada. Por fim, degustaria da bebida e provável alimentação de maneira tranquila.


Legendas:
Fala
"Pensamento"

Takeshi Isamune - Histórico/Objetivos:
Número de Postagens: 06

Ganhos:

    √ 1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
    √ Corrente Ponta de Lança - Categoria Profissional - POST 04
    √ 2x Espada Curta - Categoria Profissional - POST 04
    √ 1.500.000 B$ - Recompensa por Ravena Corsa - POST 06

Perdas:

    × 800.000 B$ - Compra das duas espadas - POST 04
    × 300.000 B$ - Compra da Corrente - POST 04
    × 150.000 B$ - Reforma na Vestimenta - POST 06


Ferimentos:

    Corte de raspão na coxa direita - 02/02
    Corte no lado direito da costela - 02/02
    Corte no braço esquerdo - 02/02


Objetivos da Aventura:

    Aprender Proeficiencia: Química [ ]
    Acumular 5.000.000 B$ [ ]
    Adquirir: 01 Par de Espadas
    Adquirir Itens:
    Granadas de Fumaça [00/05]
    Granadas de Luz [00/05]
    Granadas Explosivas [00/05]
    Mochila Grande [00/01]
    Garrafas de Álcool [00/05]
    Pedaços de Pano [00/05]
    Isqueiro [00/01]


Objetivos Gerais:

    Conhecer a Grand Line [ ]
    Conhecer Amigos [ ]
    Conhecer o NPC Acompanhante [ ]
    Conhecer os Seguidores [ ]
    Treinar Qualidade: Patrono (03) [ ]
    Acumular 1.000.000.000 B$ [ ]
    Ter Grandes Feitos [ ]
    Ser Livre [ ]


Informações do Personagem:

Photoplayer: Tengen Uzui - Kimetsu no Yaiba
Aparência Atual: Aqui

Qualidades:

    Abastado
    Ambidestro
    Experiência em Combate
    Mestre em Haki


Defeitos:

    Ambição
    Extravagante
    Dívida
    Inimigo
    Narcisista


Proficiências:

    Acrobacia
    Farmácia
    Herbalismo
    Primeiros Socorros
    Toxicologia


Estilos de Combate:

    Artista Marcial
    Chicoteador
    Espadachim


Status:
PdV: 2.600
STA: 100

Força: 140 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 169 [Regular]
Reflexo: 401 [Hábil]
Constituição: 10 [Regular]
Agilidade: 285 [Regular]

Técnicas/Habilidades:


    Nada por enquanto






_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CTfWi4D
Créditos : 05





Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune


O rapaz corria como uma lebre, dando distância dos dois homens rapidamente, e quando olhava para trás para ver o quão distante estava, ele percebia que os homens não o perseguiam, ficando incrédulo com o que estava vendo.

O rapaz se indagava do porquê aquilo acontecia, porque a centelha havia simplesmente desistido? Será por que eles não são da centelha? O rapaz continuava a caminhar, e chegava até a alfaiataria, onde recebia o seu pedido a pronta entrega, mesmo que reclamasse do valor, e ao ouvir sua reclamação, o homem o respondia.-Se achar melhor, da próxima vez você pode comprar um kit de costura e costurar você mesmo! Humf Diria o homem com seu nariz empinado  e o olhando de cima para baixo, virando de costas e fechando a porta de sua loja, mantendo seus trejeitos enquanto falava com o rapaz, típico de um costureiro.

Após isso Isanume seguia seu caminho, o rapaz parecia cansado e nada melhor do que bebida e comida para que ele ficasse melhor, e após caminhar um pouco, conseguia finalmente encontrar um barzinho, onde entrou e se sentou no balcão, chamando a atenção do atendente para si.

O rapaz antes de pedir sua comida e bebida, perguntava ao homem sobre um tal de Nagashima, o mesmo o olhava de rabo de olho, como se quisesse que ele antes pedisse algo, e depois pedisse informações. O jovem então percebia e pedia suas porções de carne e uma bebida gelada, sendo entregues prontamente pelo homem no balcão. O bar a sua volta era de uma visão normal, haviam algumas pessoas, algumas sentadas em uma mesa à direita, e mais duas sentadas na da esquerda, no balcão, Isamune e mais dois homens que estavam quase bêbados, um bar simples, sem muita coisa para se observar.

Ao entregar, o homem do outro lado falava.-Bom, Nagashima é um homem poderoso, possui bastante influência pela cidade, e é um homem de negócios, se é que me entende. Ele é dono das empresas Hydra, se ele tá te procurando, só pode significar duas coisas. Ou você deve algo a ele, e ele quer te cobrar, ou ele apenas deseja te conhecer, e talvez te dar um trabalho… Você é o tipo de cara que trabalharia para esse homem? Dizia o homem em tom natural, já que não havia problema com alardes ou algo do tipo.

Com as informações em suas mãos, restava agora a Takeshi, tomar sua decisão, ir ou não? Ele não precisava correr, podia comer à vontade e descansar se quisesse, mas só cabia a ele seguir ou não até onde estava o homem.




Histórico:

Número de Posts: 4
Ganhos:
Corrente Ponta de Lança- (Categoria Profissional)
Duas espadas - (Categoria Profissional)
1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
Perdas:
800.000 B$ Por duas espadas - (Categoria Profissional) / 300.000 B$ Pela corrente - (Categoria Profissional).
150 mil berrie - Costura nas roupas.
100 mil berries - Comida e bebida no bar.
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Corte de raspão coxa direita. [2/2]
Corte na costela lado direito. [2/2]
Corte no braço esquerdo. [2/2]
Objetivos:
N/A

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune




Capítulo I

O Espetacular Takeshi Isamune




O rapaz que costurou minhas roupas, continuou a falar com um ar de superioridade - "Aquele idiota, vou lembrar da cara dele. A vida vai cobrar, eu tenho certeza!" - Pensei enquanto estava no bar, degustando da minha comida e vendo o atendente falar apenas após realizar o meu pedido. Cadê a empatia e a solidariedade em Sirarossa? Pelos Deuses! Bom, pelo menos consegui informações sobre Nagashima, ele era realmente um homem importante e o pior, ele estava interessado em mim? Bati em alguém que não devia? Não, eu não briguei nesses últimos tempos.

Fiquei observando o entorno por mais alguns momentos, nada de interessante, nem mesmo uma mulher? Talvez um cara? Não era como se eu tivesse muitas preferências. Revirei meus olhos imaginando as peripécias que podia estar fazendo naquele momento, entretanto, ao mesmo tempo reclamava mentalmente comigo mesmo - "Porra Takeshi, não! Foco, dinheiro, Nagashima, dinheiro, sair daqui." - Algumas ordens e objetivos vagavam pela minha mente - Meu nobre, você sabe onde posso encontrar Nagashima? - Indaguei arrancando um pedaço de carne, mastigando com a boca meio aberta, não era um homem de muita educação quando estava relaxado.

Caso fosse necessário pedir mais comida para que ele passasse as informações, aproveitaria para efetuar um pedido inteligente - Tem algo pra viagem aí? Qualquer coisa bora mais uma porção de carne para viagem. - Bradei com um olhar tranquilo, mas, torcendo para que ele falasse sem que fosse necessário desembolsar uma quantia maior para isso. Por último, se tivesse a informação sairia dali carregando minha comida pra viagem - ou não -, mantendo meus olhos atentos enquanto vagava pela rua, buscando aquela figura animalesca do cartaz ou o outro rapaz diferenciado, unir o útil ao agradável, não é mesmo?

Ao chegar no lugar optaria por observar de longe, buscando identificar se era um lugar chique ou brega. Quantas pessoas estavam ali? Muita segurança? Muitas pessoas entrando ou saindo? Era um restaurante? Bar? Uma empresa? Que caralhos era Hydra? Enfim, observar como um gavião seria minha ação, de longe, mantendo uma distância segura.

Legendas:
Fala
"Pensamento"

Takeshi Isamune - Histórico/Objetivos:
Número de Postagens: 07
Dinheiro Atual: 1.650.000 B$

Ganhos:

    √ 1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
    √ Corrente Ponta de Lança - Categoria Profissional - POST 04
    √ 2x Espada Curta - Categoria Profissional - POST 04
    √ 1.500.000 B$ - Recompensa por Ravena Corsa - POST 06

Perdas:

    × 800.000 B$ - Compra das duas espadas - POST 04
    × 300.000 B$ - Compra da Corrente - POST 04
    × 150.000 B$ - Reforma na Vestimenta - POST 06
    × 100.000 B$ - Comidas e Bebidas no Bar - POST 07


Ferimentos:

    Corte de raspão na coxa direita - 02/02
    Corte no lado direito da costela - 02/02
    Corte no braço esquerdo - 02/02


Objetivos da Aventura:

    Aprender Proeficiencia: Química [ ]
    Acumular 5.000.000 B$ [ ]
    Adquirir: 01 Par de Espadas
    Adquirir Itens:
    Granadas de Fumaça [00/05]
    Granadas de Luz [00/05]
    Granadas Explosivas [00/05]
    Mochila Grande [00/01]
    Garrafas de Álcool [00/05]
    Pedaços de Pano [00/05]
    Isqueiro [00/01]


Objetivos Gerais:

    Conhecer a Grand Line [ ]
    Conhecer Amigos [ ]
    Conhecer o NPC Acompanhante [ ]
    Conhecer os Seguidores [ ]
    Treinar Qualidade: Patrono (03) [ ]
    Acumular 1.000.000.000 B$ [ ]
    Ter Grandes Feitos [ ]
    Ser Livre [ ]


Informações do Personagem:

Photoplayer: Tengen Uzui - Kimetsu no Yaiba
Aparência Atual: Aqui

Qualidades:

    Abastado
    Ambidestro
    Experiência em Combate
    Mestre em Haki


Defeitos:

    Ambição
    Extravagante
    Dívida
    Inimigo
    Narcisista


Proficiências:

    Acrobacia
    Farmácia
    Herbalismo
    Primeiros Socorros
    Toxicologia


Estilos de Combate:

    Artista Marcial
    Chicoteador
    Espadachim


Status:
PdV: 2.600
STA: 100

Força: 140 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 169 [Regular]
Reflexo: 401 [Hábil]
Constituição: 10 [Regular]
Agilidade: 285 [Regular]

Técnicas/Habilidades:


    Nada por enquanto






_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CTfWi4D
Créditos : 05





Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune

O rapaz começava a comer sua refeição, e logo tinha suas informações, o homem explicava tudo o que sabia, e quando Takeshi o fazia mais uma pergunta, o homem o respondia de forma tranquila e imediata.-Oh, bom, em uma de suas empresas, certamente você saberá quando encontrar o prédio deles. Concluía deixando o garoto terminar sua refeição.

Enquanto comia, ele se perdia em seus devaneios, e logo terminava a sua refeição, deixando o estabelecimento, seu caminho agora era as empresas Hydra. O jovem não sabia o que encontraria, um bar, um restaurante, uma empresa? Afinal o que caralhos era a Hydra? Será que haveria muita segurança? Muita gente passando de lá pra cá? Talvez, e assim o rapaz seguia rumo ao local.

Após caminhar algum tempo, ele se deparava com uma grande construção, era um prédio, vidros espelhados, estrutura negra, e em seu logotipo, uma hidra de 7 cabeças. Uma figura imponente, que mostrava o que poderia ser a força da empresa, talvez as cabeças significasse algo, ou era apenas algo que dono gostava e achava interessante.

O rapaz perceberia que na entrada não haveria muitas pessoas passando para lá e pra cá, haviam dois homens na porta, um de cada lado de uma porta que abria quando você se aproximava, os dois homens eram bem parecidos fisicamente com os dois seguranças que o ajudaram anteriormente, talvez fosse um pré requisito se parecer um guarda roupas, para ser um segurança naquele lugar.

A decisão de entrada era do rapaz, Isamune agora tinha que tomar sua iniciativa, entra? Não entra? É uma armadilha? Talvez a centelha esteja por trás disso tudo? Não sabemos, vamos esperar que nosso herói se decida sozinho, e vamos descobrir juntos.




Histórico:

Número de Posts: 5
Ganhos:
Corrente Ponta de Lança- (Categoria Profissional)
Duas espadas - (Categoria Profissional)
1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
Perdas:
800.000 B$ Por duas espadas - (Categoria Profissional) / 300.000 B$ Pela corrente - (Categoria Profissional).
150 mil berrie - Costura nas roupas.
100 mil berries - Comida e bebida no bar.
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Corte de raspão coxa direita. [2/2]
Corte na costela lado direito. [2/2]
Corte no braço esquerdo. [2/2]
Objetivos:
N/A

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune




Capítulo I

O Espetacular Takeshi Isamune




A comida estava boa e o papo com o atendente rendeu algumas informações interessantes. Aparentemente, Nagashima não fazia parte de Centelha, cometi um pequeno equívoco, entretanto, espero que não seja passível de julgamento por sua parte. Não, não sou uma pessoa paranoica, mas a Centelha tem tentáculos em diversas regiões – “Acho que não, mas será que não são associados deles? Enfim, não posso perder uma oportunidade como esta, já que pelo jeito irá me render uma grana interessante.” – Pensei enquanto caminhava pela rua buscando pelas empresas do homem. Apertei as bandanas em minhas mãos, precisava de algo melhor para elas, mas isso é assunto para uma oportunidade.

Encontrar o chamativo prédio não foi um trabalho difícil, sua tonalidade escura e o símbolo nada convencional, mostravam que Nagashima tinha personalidade, isso é, se ele for o dono de tudo aquilo – Isso não é preto demais? – Indaguei olhando de longe a arquitetura do lugar, até mesmo os vidros tinham suas particularidades – Parece mais um bordel, esses ricos são todos estranhos! – Pontuei com um sorriso no rosto. Era verdade, parecia que os mais ricos lutavam entre si para ver qual era o mais diferente. Permaneci observando por alguns momentos na esperança de ver algo suspeito, todavia, parecia ser uma preocupação infundada, já que nada ocorreu pelo tempo que permaneci ali. Uma coisa me chamou atenção, a dupla de seguranças carregavam as mesmas características daqueles que me acompanharam até o Quartel General da Marinha. Por que gente rica pensa que músculo é tudo? Parecia que grande parte dos seguranças foram feitos em uma máquina de Xerox, coisa ridícula, por isso sempre acabam morrendo.

Perigoso? Sim. Mas dou meu jeito. – Falei em alto e bom-tom, respirando fundo em seguida e iniciando a caminhar em passos largos. Diferente da correria de antes, meus movimentos eram dotados por uma calma inigualável, era como se um lorde distante estivesse indo na direção daqueles dois brutamontes. Mentira, não é para tanto. Mantendo meu corpo ereto, escápulas encaixadas e o peito levemente estufado, afinal, não preciso ter músculos exagerados que nem aqueles dois armários para parecer imponente. Minhas armas estavam em seus devidos lugares, prontas para o combate, se assim fosse necessário. Meu olhar era firme e confiante, já não tinha passado uma primeira impressão agradável, daria um jeito nisso depois, preciso tentar mudar essa visão inicial desde já – Nagashima está? – Indagaria aos seguranças mantendo uma distância de um metro e meio deles – Ele me entregou esse cartão algum tempo atrás, acredito que seja do seu interesse falar comigo. – Continuaria mantendo a seriedade em minhas palavras. Se por acaso minha entrada fosse barrada, olharia de maneira ainda mais séria para o segurança, sem exalar nenhum tipo de ameaça – Pode chamá-lo até aqui? – Manteria a inércia, observando os trejeitos dos seguranças, atento a qualquer movimento brusco.

Conseguindo entrar no prédio, teria como primeira ação a mais padrão de todas: observar o lugar. Quantas pessoas estavam ali? Estavam armadas? Mesas? Cadeiras? Aquele era o hall principal e seria necessário falar com alguém da recepção? Consigo encontrar Nagashima ali mesmo? Necessitava ter essas perguntas respondidas para dar meu próximo passo, indo em direção ao próprio homem ou até a recepção – ou alguém que aparenta trabalhar aqui – Onde encontro Nagashima? – Diria com um sorriso, mostrando toda a arcada dentária esbranquiçada e nas melhores condições – Certo! Valeu. – Responderia à pessoa em questão, sendo indicado a esperar ali ou ir até outro andar. De qualquer modo, faria de tudo para encontrar o homem, perguntando a terceiros ou aguardando sua chegada.

Sinceramente, eu odeio esperar. Porém, como dito anteriormente, se fosse necessário faria isso. Por mais chateado ou irritado que pudesse estar, no momento que visse a figura que procuro, daria um sorriso ainda mais largo – Opa! Senhor Nagashima. – Acenaria para captar sua atenção, indo rapidamente em sua direção – Foi mal por antes, posso explicar os motivos que me levaram a não confiar em seus homens. – Direto e reto, não sabia quais eram suas intenções e já queria cortar o mal pela raiz, se ele não quisesse mais papo, não tentaria abordá-lo duas vezes. Porém, se fosse receptivo, continuaria o falatório – Tenho alguns inimigos, como qualquer ser humano. Então, achei estranha sua abordagem no meio da rua. – A sinceridade era algo que utilizava em momentos pontuais, não, isso não me faz um mentiroso, eu apenas não gosto de demonstrar minhas intenções de qualquer jeito.

Ouviria as palavras do homem demonstrando atenção, buscava encontrar em meio a suas palavras, quais eram seus objetivos – E então, qual seu interesse em mim? – Indagaria se o mesmo fizesse muitos rodeios, tempo é dinheiro meu amigo, desembucha logo aí!


Legendas:
Fala
"Pensamento"

Takeshi Isamune - Histórico/Objetivos:
Número de Postagens: 08
Dinheiro Atual: 1.650.000 B$

Ganhos:

    √ 1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
    √ Corrente Ponta de Lança - Categoria Profissional - POST 04
    √ 2x Espada Curta - Categoria Profissional - POST 04
    √ 1.500.000 B$ - Recompensa por Ravena Corsa - POST 06

Perdas:

    × 800.000 B$ - Compra das duas espadas - POST 04
    × 300.000 B$ - Compra da Corrente - POST 04
    × 150.000 B$ - Reforma na Vestimenta - POST 06
    × 100.000 B$ - Comidas e Bebidas no Bar - POST 07


Ferimentos:

    Corte de raspão na coxa direita - 02/02
    Corte no lado direito da costela - 02/02
    Corte no braço esquerdo - 02/02


Objetivos da Aventura:

    Aprender Proeficiencia: Química [ ]
    Acumular 5.000.000 B$ [ ]
    Adquirir: 01 Par de Espadas [✓]
    Adquirir Itens:
    Granadas de Fumaça [00/05]
    Granadas de Luz [00/05]
    Granadas Explosivas [00/05]
    Mochila Grande [00/01]
    Garrafas de Álcool [00/05]
    Pedaços de Pano [00/05]
    Isqueiro [00/01]


Objetivos Gerais:

    Conhecer a Grand Line [ ]
    Conhecer Amigos [ ]
    Conhecer o NPC Acompanhante [ ]
    Conhecer os Seguidores [ ]
    Treinar Qualidade: Patrono (03) [ ]
    Acumular 1.000.000.000 B$ [ ]
    Ter Grandes Feitos [ ]
    Ser Livre [ ]


Informações do Personagem:

Photoplayer: Tengen Uzui - Kimetsu no Yaiba
Aparência Atual: Aqui

Qualidades:

    Abastado
    Ambidestro
    Experiência em Combate
    Mestre em Haki


Defeitos:

    Ambição
    Extravagante
    Dívida
    Inimigo
    Narcisista


Proficiências:

    Acrobacia
    Farmácia
    Herbalismo
    Primeiros Socorros
    Toxicologia


Estilos de Combate:

    Artista Marcial
    Chicoteador
    Espadachim


Status:
PdV: 2.600
STA: 100

Força: 140 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 169 [Regular]
Reflexo: 401 [Hábil]
Constituição: 10 [Regular]
Agilidade: 285 [Regular]

Técnicas/Habilidades:


    Nada por enquanto






_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CTfWi4D
Créditos : 05





Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune

O rapaz finalmente tomava sua iniciativa, e não, dessa vez ele não optou por sair correndo, e caminhou até as empresas de Nagashima, ao chegar, ele tinha as suas próprias conclusões do que aquele lugar parecia, mas um bordel? Bom, sigamos. O rapaz conseguia ver os homens na porta, e nisso ele tinha razão, por que os ricos acham que brutamontes são melhores para fazer segurança? Bom, talvez o próprio Nagashima poderia responder quando eles se encontrassem.

Isamune se aproximava dos homens, mantendo a sua postura, peito estufado, olhar firme e confiante, e assim parava frente aos dois, logo os indagando sobre seu chefe. Os homens não esboçaram nenhuma mudança de comportamento e nem suas faces mudavam, como se eles não ligassem para o garoto em sua frente.

E logo, um deles puxava um rádio do bolso, era um caracol de comunicação, e assim ele se afastava alguns metros do garoto enquanto falava no mesmo, Takeshi não conseguia ouvir o que ele dizia, e após alguns segundos o homem voltava parando frente ao garoto.-O chefe vai falar com você, é por aqui! Dizia o homem entrando pela porta elétrica do lugar e ao que parecia, seria o seu guia até o chefe de tudo aquilo.

O homem apenas andava, deixando Isamune o seguir, ele não falava, não demonstrava nada, nem esboçava mudanças de comportamento, era como se fosse um robô, apenas seguindo ordens e fazendo tudo o que era programado para fazer. O rapaz poderia observar todo o local por onde andava, haviam pequenas mesas de vidro, e sofás bem confortáveis em volta das mesas, como se fosse um lugar para descansar, enquanto esperavam, algo como uma recepção.

Ele poderia notar a presença de mais homens, armados, não armados, e alguns até diferentes dos brutamontes, tinham porte menor, mas pareciam ser tão competentes quanto os armários. Haviam outras pessoas no local também, pessoas como Takeshi, talvez mercenários como ele?

Conforme ele avançava, ele percebia que o lugar era bem grande, os elevadores eram feitos de vidro e todos podiam ver dentro deles, e ao entrar, eles seguiam por um desses até o 7° andar, onde Nagashima se encontrava. 7° andar referente as sete cabeças da Hydra? Realmente os ricos tinham gostos diferentes.

Não demorava muito e eles chegavam a uma sala, a mesma tinha uma porta de correr, que assim como a da entrada, se abria com a presença de alguém frente a ela, a porta era de vidro, mas parecia ter insulfilm, deixando a mesma negra, sem dar visibilidade para dentro da sala do homem. Em seu centro, um símbolo gigante da Hydra, assim como na entrada, o símbolo era vermelho, mostrando sua imponência.

Spoiler:

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Caf8c2d6ff3a9d2f2ee18b55bb5fee81

Ao se aproximar, a porta se abria dividindo a Hydra ao meio, e logo ele poderia ver uma sala bastante grande, sofás nas laterais, algumas estantes com livros, e ao fundo, uma grande mesa, larga, feita de madeira, bem adornada, e atrás da mesma, uma cadeira preta, virada de costas, como se quem estivesse sentado, observasse a janela que havia logo atrás.

Takeshi poderia ver uma fumacinha saindo por cima da cadeira, era sinal de que realmente tinha alguém ali sentado, a sala só contava com a presença daquela pessoa, do segurança e Isamune que estavam dentro da mesma, logo quando entraram, uma voz era ouvida, e então dizia.-Obrigado por trazê-lo Flint! Pode ir, eu cuido do restante. Diria a voz em um tom calmo e amigável com o segurança, que fazia uma breve reverência e se retirava da sala deixando apenas os dois ali dentro.

Antes que Takeshi dissesse algo, o homem falaria.-Achei que você não viria… Deixou meus homens para trás e saiu correndo, sei que deve ter seus motivos, então, o que importa é que você decidiu vir. Diria o homem mais uma vez, virando sua cadeira e ficando de frente para Isamune.-Seja bem vindo, Takeshi Isamune! Essa é a Hydra! Concluiria o homem deixando o rapaz falar.

O mesmo se explicava, dizendo os motivos de ter feito o que fez anteriormente, Nagashima não dizia nada, e apenas o ouvia, e quando o mesmo terminava, ele começava a falar novamente.-Eu teria feito o mesmo, isso mostra que você é inteligente, pelo menos. Diria em um tom tranquilo e mais descontraído, e logo continuava.-Eu quis que você viesse aqui, pois tem interesses que se contrastam com os meus, sei que você tá caçando alguns criminosos, assim como Ravena Corsa, sei que está atrás de Mien Oki, o homem rinoceronte, e de Hanzo Moguma. Diria ele em tom arrastado e calmo.

Logo, ele olhava para o rapaz e completava.-Quero que trabalhe para mim, nós temos os meios e os métodos para lidar com esses homens, e claro, nós vamos patrociná-lo, digamos assim, para fazer esse trabalho em nome da Hydra. Em outras palavras, queremos que você se una a nós, podemos ajudá-lo com o que precisar, desde dinheiro a o que você necessite e claro, será pago por isso de acordo. Diria o homem olhando fixa e diretamente nos olhos.

O rapaz havia acabado de receber uma proposta, tão direta quanto suas perguntas, o homem o olhava esperando uma resposta vinda dele, e agora só restava saber o que Takeshi faria.




Histórico:

Número de Posts: 6
Ganhos:
Corrente Ponta de Lança- (Categoria Profissional)
Duas espadas - (Categoria Profissional)
1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
Perdas:
800.000 B$ Por duas espadas - (Categoria Profissional) / 300.000 B$ Pela corrente - (Categoria Profissional).
150 mil berrie - Costura nas roupas.
100 mil berries - Comida e bebida no bar.
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Corte de raspão coxa direita. [2/2]
Corte na costela lado direito. [2/2]
Corte no braço esquerdo. [2/2]
Objetivos:
N/A

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune




Capítulo I

O Espetacular Takeshi Isamune




CARALHO! QUE PORRA É ESSA? Sim, essa foi a primeira coisa que passou pela minha mente ao ver toda a estrutura interna daquele prédio. Até a porra das portas eram fodas, eu PRECISO de uma dessas em minha casa. Se bem que, primeiro preciso ter uma casa, enfim, foda, muito foda. No primeiro momento quase perdi a compostura, toda a ambientação, o clima e os itens dispostos na região eram incríveis – “Caralho, bom que resolvi procurá-lo." – Pensei enquanto caminhava, sendo guiado pelo segurança. Aliás, finalmente pude ver outros tipos de seres vivos, que não fossem armários ambulante.

Com o passar do tempo tudo fez sentido, a simbologia do lugar estava ligada diretamente com a Hydra estampada orgulhosamente no lugar. Isso quer dizer que tinha mais de um líder? Talvez Nagashima fosse apenas um peão? Um Gerente local, talvez? Perguntas e mais perguntas ecoavam em minha cabeça, mas, estava animado em descobrir onde estava me metendo. Por um momento meu corpo gelou, a cada passo que dava memórias do passado voltavam – “A Centelha não foi algo parecido?” – Pensei. Ok, eles não são dotados desse estilo único, mas a ideia base da estrutura – do lugar – era a mesma coisa, bom, basta eu não pedir dinheiro emprestado e tudo fica bem, certo? E nem matar nenhum associado deles, é, acho que vai dar bom!

Oooooh! – Deixei escapar um som estranho ao ver o símbolo da Hydra no último andar, era realmente um espécime lendário e que carregava uma beleza única – “Será que eles tem um como Pet?” – Um questionamento besta surgia em minha mente, como poderia existir um animal daquele? A sala naquele andar era larga, repleta de itens que carregavam seus próprios requintes, típico de uma sala de gente rica. A introdução havia sido feita de maneira breve, explicações sobre minhas ações foram dadas e entendidas pelo homem – “Vem pra mim, dindin!” – Respirei fundo após fantasiar o que faria com a grande que aquela ricaço me daria. Suas palavras sobre minhas presas me fizeram arquear uma das sobrancelhas, afinal, como ele sabia? O sentido aranha tinha dado seu primeiro alerta.

Não me leve a mal. Seria incrível ter o apoio de algo tão grande quanto a Hydra... – Falei em um tom tranquilo, olhando a sala mais uma vez – Você é um homem influente, que esbanja dinheiro e até onde eu sei, dono de uma grande empresa. – Pausei por um momento, procurando um local para que pudesse sentar, fazendo isso em seguida – Porém, eu não trabalho para ninguém. – Meu olhar ficava ligeiramente mais sério, assim como minha voz e a “aura” ao redor de mim – Como um falcão não viveria preso em uma gaiola, eu não vivo preso a ninguém. – Segura essa metáfora fudida na caixa dos peitos – Eu posso trabalhar com você, uma parceria de ajuda mútua, onde os dois estão em patamares iguais. Agora ser um cachorrinho que nem o homem que me trouxe aqui? Isso não é do meu feitio. – Minhas palavras eram seguras, se tinha algo irredutível em minha vida, era a minha liberdade – Você tem homens que lhe obedecem, o que lhe fez se interessar por mim? Isso tudo está estranho demais pro meu gosto. – Falei enquanto ajeitava minhas vestimentas – Me explique seus objetivos, quer apenas mais um caçador de criminosos na sua folha de pagamento? Hipoteticamente falando, se eu aceitasse trabalhar em parceria com você, o que você ganharia com isso? – A palavra “chave” da frase, carregava uma maior ênfase – Essas são minhas condições, posso ser um parceiro de negócios, entretanto, deixo claro que farei aquilo que achar que devo, não o que você manda. Motivações precisaram ser ditas, se passar pela minha cabeça que pode estar escondendo algo, me terá como um inimigo. – Falei sem medo, estava pronto para tudo, independente das consequências. Minha liberdade não seria comprada ou negociada – E então o que me diz? Acredito que receba propostas do tipo diariamente, por isso, estou disposto a realizar um ou dois trabalhos, para você ver o meu real valor. Assim como verei o que a Hydra pode me proporcionar. – Meu corpo relaxou por alguns momentos, no conforto de onde eu estava sentado.


Legendas:
Fala
"Pensamento"

Takeshi Isamune - Histórico/Objetivos:
Número de Postagens: 09
Dinheiro Atual: 1.650.000 B$

Ganhos:

    √ 1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
    √ Corrente Ponta de Lança - Categoria Profissional - POST 04
    √ 2x Espada Curta - Categoria Profissional - POST 04
    √ 1.500.000 B$ - Recompensa por Ravena Corsa - POST 06

Perdas:

    × 800.000 B$ - Compra das duas espadas - POST 04
    × 300.000 B$ - Compra da Corrente - POST 04
    × 150.000 B$ - Reforma na Vestimenta - POST 06
    × 100.000 B$ - Comidas e Bebidas no Bar - POST 07


Ferimentos:

    Corte de raspão na coxa direita - 02/02
    Corte no lado direito da costela - 02/02
    Corte no braço esquerdo - 02/02


Objetivos da Aventura:

    Aprender Proeficiencia: Química [ ]
    Acumular 5.000.000 B$ [ ]
    Adquirir: 01 Par de Espadas [✓]
    Adquirir Itens:
    Granadas de Fumaça [00/05]
    Granadas de Luz [00/05]
    Granadas Explosivas [00/05]
    Mochila Grande [00/01]
    Garrafas de Álcool [00/05]
    Pedaços de Pano [00/05]
    Isqueiro [00/01]


Objetivos Gerais:

    Conhecer a Grand Line [ ]
    Conhecer Amigos [ ]
    Conhecer o NPC Acompanhante [ ]
    Conhecer os Seguidores [ ]
    Treinar Qualidade: Patrono (03) [ ]
    Acumular 1.000.000.000 B$ [ ]
    Ter Grandes Feitos [ ]
    Ser Livre [ ]


Informações do Personagem:

Photoplayer: Tengen Uzui - Kimetsu no Yaiba
Aparência Atual: Aqui

Qualidades:

    Abastado
    Ambidestro
    Experiência em Combate
    Mestre em Haki


Defeitos:

    Ambição
    Extravagante
    Dívida
    Inimigo
    Narcisista


Proficiências:

    Acrobacia
    Farmácia
    Herbalismo
    Primeiros Socorros
    Toxicologia


Estilos de Combate:

    Artista Marcial
    Chicoteador
    Espadachim


Status:
PdV: 2.600
STA: 100

Força: 140 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 169 [Regular]
Reflexo: 401 [Hábil]
Constituição: 10 [Regular]
Agilidade: 285 [Regular]

Técnicas/Habilidades:


    Nada por enquanto




_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13
Kira
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CTfWi4D
Créditos : 05





Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune

O rapaz mostrava toda a sua lábia e habilidades de negociação, Nagashima o olhava de forma séria, seus olhos cerrados o observava fixamente, como se não estivesse gostando nada do que estava ouvindo, e quando Takeshi terminava, ele tirava seu charuto da boca, abrindo um largo sorriso.-Foi exatamente por isso que eu escolhi você! Não parece alguém que simplesmente segue ordens, e pensa por si só, tem atitude e se impõe na frente de outros, não se importando quem sejam. O homem então colocava o charuto na boca novamente e logo levava suas mãos nos braços de sua cadeira, se levantando subitamente.

Aquilo talvez assustasse Isamune, já que ele estava em um lugar estranho e com pessoas que ele não conhecia. O homem se aproximava dele de forma calma e estendia sua mão para o rapaz.-Não se preocupe, acho que me expressei errado! Queremos que você “Trabalhe” para nós, mas apenas carregando o nome de nossa empresa, não nos deve explicações e nem nada do tipo. Diria o homem dando uma breve pausa e então continuava.

-Podemos fornecer a você muito mais do que só dinheiro, temos contatos em todos os locais que imaginar, nossa linha de informações é gigantesca, como pode imaginar. Vamos te fornecer localizações, onde, quando, e tudo o que tem a fazer, e decidir se vai ou não até tal criminoso. Concluiria o homem esperando uma resposta de Takeshi, talvez ele tivesse mais perguntas? Até o momento não sabemos.

Continua




Histórico:

Número de Posts: 7
Ganhos:
Corrente Ponta de Lança- (Categoria Profissional)
Duas espadas - (Categoria Profissional)
1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
Perdas:
800.000 B$ Por duas espadas - (Categoria Profissional) / 300.000 B$ Pela corrente - (Categoria Profissional).
150 mil berrie - Costura nas roupas.
100 mil berries - Comida e bebida no bar.
NPC's:
N/A
Ferimentos:
Corte de raspão coxa direita. [2/2]
Corte na costela lado direito. [2/2]
Corte no braço esquerdo. [2/2]
Objetivos:
N/A

_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 V5YJKwL

Pensamento
Fala
Extras
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune




Capítulo I

O Espetacular Takeshi Isamune




Eu não vou mentir, estava pronto para voar no pescoço daquele cara, fazê-lo de refém e sair dali levando alguns dos seus charutos! Sendo que eu nem gosto de fumar. Todavia, parecia que os planos daquele homem eram realmente semelhantes aos meus, não sei como ele vê a liberdade, mas, não atrapalhando a minha, já estava ótimo – Entendo. – Falei de maneira calma após a primeira rajada de palavras que saiu da sua boca. Um susto repentino, mas, que só mostrava o quão incríveis eram meus reflexos, já que no momento em que Nagashima ficou de pé, todas as células do meu corpo estavam prontas para o combate.

Escutei o resto do seu falatório, aparentemente era uma ajuda mútua das duas partes, entretanto, algo ainda me incomodava – Entendi tudo o que você falou, mas algo ainda me incomoda. – Bradei com um olhar mais sério – O quê você e a Hydra ganham com isso? A recompensa pelos criminosos? Isso não acaba sendo ruim pro meu lado, não acha? – Indaguei enquanto matutava algumas possibilidades, será que eles tinham alguma aliança com o governo? Um acordo para manter a paz nas cidades onde eles tinham negócios? Ou era algo mais comum? Apenas não queriam bandidos afugentando possíveis clientes? De qualquer maneira, aguardava a resposta do homem.

“Vamos testar o quão abrangente é essa rede de informações.” – Pensei, era óbvio que tentaria tirar alguma vantagem daquela situação – Se você não for mexer a minha recompensa, estou de acordo. Aliás, sabe o paradeiro do Rinoceronte? – Indaguei, ficando de pé em seguida, mostrando estar pronto para partir em direção a minha próxima presa – “Alguém atípico como aquele, certamente vai fazer meu nome ecoar por aí” – A visão da população clamando meu nome veio a minha mente, o sentimento de ser ovacionado era algo interessante, era algo experimentei apenas quando ajudei um bando de crianças perdidas.

Por um momento cogitei perguntar sobre a Centelha, mas não, ainda não era hora. Talvez em outro momento pudesse tentar descobrir um pouco mais sobre aquela organização que me perseguia, talvez, pudesse até mesmo destruí-la com a ajuda da Hydra, é algo que necessita de planejamento prévio, não posso ser descuidado – Me diga, após pegar o criminoso, devo trazê-lo para cá? Ou levar diretamente para a Marinha? – Talvez fosse uma pergunta besta, já que eles me ajudaram a levar Ravena para o QG – Talvez precise dizer que a Hydra me apoia? Ao entregar o bandido? Seja um pouco mais claro com relação a maneira que tudo funciona. – Questionei sentando na cadeira novamente, pra que eu tinha ficado em pé mesmo? Oxe, que viagem.

Continuei atento, ouvindo as palavras de Nagashima e conseguindo minhas explicações – “Por mais estranho que seja, talvez possa usar eles em benefício próprio. Afinal, isso pode facilitar minha vida.” – Pensei em determinado momento, ponderando todos os prós e contras daquela situação. Pelo jeito, vou testar essa parceria para ver sua funcionalidade, qualquer coisa eu pulo fora! Se quiserem vir atrás de mim, que venham.


Legendas:
Fala
"Pensamento"

Takeshi Isamune - Histórico/Objetivos:
Número de Postagens: 10
Dinheiro Atual: 1.650.000 B$

Ganhos:

    √ 1.500.000 B$ da Qualidade: Abastado - POST 01
    √ Corrente Ponta de Lança - Categoria Profissional - POST 04
    √ 2x Espada Curta - Categoria Profissional - POST 04
    √ 1.500.000 B$ - Recompensa por Ravena Corsa - POST 06

Perdas:

    × 800.000 B$ - Compra das duas espadas - POST 04
    × 300.000 B$ - Compra da Corrente - POST 04
    × 150.000 B$ - Reforma na Vestimenta - POST 06
    × 100.000 B$ - Comidas e Bebidas no Bar - POST 07


Ferimentos:

    Corte de raspão na coxa direita - 02/02
    Corte no lado direito da costela - 02/02
    Corte no braço esquerdo - 02/02


Objetivos da Aventura:

    Aprender Proficiência: Química [ ]
    Acumular 5.000.000 B$ [ ]
    Adquirir: 01 Par de Espadas [✓]
    Adquirir Itens:
    Granadas de Fumaça [00/05]
    Granadas de Luz [00/05]
    Granadas Explosivas [00/05]
    Mochila Grande [00/01]
    Garrafas de Álcool [00/05]
    Pedaços de Pano [00/05]
    Isqueiro [00/01]


Objetivos Gerais:

    Conhecer a Grand Line [ ]
    Conhecer Amigos [ ]
    Conhecer o NPC Acompanhante [ ]
    Conhecer os Seguidores [ ]
    Treinar Qualidade: Patrono (03) [ ]
    Acumular 1.000.000.000 B$ [ ]
    Ter Grandes Feitos [ ]
    Ser Livre [ ]


Informações do Personagem:

Photoplayer: Tengen Uzui - Kimetsu no Yaiba
Aparência Atual: Aqui

Qualidades:

    Abastado
    Ambidestro
    Experiência em Combate
    Mestre em Haki


Defeitos:

    Ambição
    Extravagante
    Dívida
    Inimigo
    Narcisista


Proficiências:

    Acrobacia
    Farmácia
    Herbalismo
    Primeiros Socorros
    Toxicologia


Estilos de Combate:

    Artista Marcial
    Chicoteador
    Espadachim


Status:
PdV: 2.600
STA: 100

Força: 140 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 169 [Regular]
Reflexo: 401 [Hábil]
Constituição: 10 [Regular]
Agilidade: 285 [Regular]

Técnicas/Habilidades:


    Nada por enquanto






_________________

Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Capítulo I – O Espetacular Takeshi Isamune - Página 2 EBEAdF4X4AYyK13