All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» RP Player Ficha - Aria di Lut
Jornada em Baterilla Emptypor Samira Hoje à(s) 2:38 am

» RP Player - Ficha War [Pronta]
Jornada em Baterilla Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 11:21 pm

» Evelyn yae Göth
Jornada em Baterilla Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 11:21 pm

» [Ficha] NPC Kira
Jornada em Baterilla Emptypor Kira Ontem à(s) 10:22 pm

» [Ficha] Waiss
Jornada em Baterilla Emptypor Benisuzume Ontem à(s) 9:58 pm

» Criação de Profissão Personalizada
Jornada em Baterilla Emptypor Tomita Ontem à(s) 9:19 pm

» Ficha - Jonathan D. Lupertazzi
Jornada em Baterilla Emptypor Yrret Ontem à(s) 8:56 pm

» RP [Ficha] Kira
Jornada em Baterilla Emptypor Kira Ontem à(s) 8:22 pm

» Ficha de Chocho Kimiko
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:25 pm

» Elsa Volkerbäll
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:22 pm

» [Ficha] Crisbella Rhode
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:16 pm

» Crisbella Rhode
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 7:16 pm

» [FICHA] RyanLeTony
Jornada em Baterilla Emptypor Gal-Sal Ontem à(s) 5:46 pm

» [Ficha] Kidolegends
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:49 pm

» Mar K. Dominus
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:49 pm

» [Ficha] - Ágda Skyblazer
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:44 pm

» Ágda Skyblazer
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:44 pm

» [Ficha] Musashi Ryuken
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 3:26 pm

» [Ficha] Lenore Granhiert
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 1:09 pm

» Kaori Setsuna
Jornada em Baterilla Emptypor Mizzu Ontem à(s) 12:49 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Jornada em Baterilla

Ir para baixo 
3 participantes
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Shiori

Shiori


Imagem : Jornada em Baterilla EEEWL0c
Créditos : 28

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyTer Jan 17, 2023 7:05 pm



Jornada em Baterilla


Angelica Florald [Civil]

não possui narrador definido.
Aberta

_________________

Jornada em Baterilla YHVeK1M

Jornada em Baterilla VYrwji0
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySáb Jan 21, 2023 12:39 am




Ai ai, eu sinceramente nunca achei que esse dia chegaria, mas aqui estamos. Sharon tá com um problema urgente pra resolver sozinha, então acabou sobrando pra eu fazer todo o trabalho sozinha, algo que eu não tinha o menor costume de fazer. Eu sou Angelica, a herdeira da grande família Florald, era muito injusto que eu tava sendo forçada a trabalhar desse jeito! Eu não nasci pra esse tipo de coisa.

Eu demorei um tempinho pra aceitar a realidade de que ficar sem fazer nada só pioraria as coisas, então consegui arrastar meus passos pelas ruas. Meu trabalho era recrutar pessoas pro nosso pequeno grupo de caçadores de recompensa, assim, eles fariam todo o trabalho e eu apenas desfrutaria dos bons resultados. Essa era a ordem natural das coisas afinal de contas.

Andaria pela ilha até chegar em algum bar ou taberna, e ao entrar lá, imediatamente levantaria a voz e me dirigiria a todos os presentes. - Atenção rapazes! - Usaria um tom confiante e inspirador ao falar. - Eu sou Angelica, herdeira da grande família Florald. - Me apresentaria, sorrindo. - Vim aqui em busca de homens fortes e corajosos, dispostos a viajar comigo para caçar procurados. Piratas, ladrões e todo tipo de malfeitor que tenha uma recompensa por sua cabeça! - Gesticularia como se tivesse em um palco público, dando ainda mais ênfase às minhas palavras.

Também tentaria olhar nos olhos de cada um dos presentes de vez em quando, fazendo uma piscadela sedutora. - Quem de vocês que estiver disposto a viver uma vida de aventura, riquezas e prazeres inimagináveis, levante e erga sua bebida! - Concluiria assim o meu pequeno discurso, na esperança de que algum deles caia no meu papinho e aceite vir trabalhar pra mim. Caso isso desse certo, já seria o primeiro passo pra formação do meu grande bando de caçadores!

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyQui Mar 16, 2023 12:12 am


Era mais uma bela manhã na ilha de Baterilla. O sol ardente marcava o início do dia para a maioria da população, seus 25° às 9 horas não deixava ninguém se manter com preguiça: as crianças já estavam jogando bola na rua, os homens estavam indo para o trabalho e limpando a frente de seus estabelecimentos e as mulheres já preparavam a roupa no varal e as crianças para irem às compras. Para qualquer um aquela vista era encantadora, bom, talvez não para a protagonista de nossa história.

Angelica começava seu dia de forma nada típica do resto das pessoas, fazendo um grande esforço para caminhar pelas avenidas da cidade. Sua aparência chamava a atenção de vários homens que passavam por ali, mas sua atitude era um grande empecilho para a maioria deles e logo voltavam a seguir seu caminho. A jovem gostaria de poder fazer o mesmo, mas tinha uma missão para cumprir: recrutar membros para seu grupo de caçadores de recompensa.

As ruas da pequena cidade Kai pareciam infinitas para a pobre Angelica, porém depois de talvez não tanto esforço, seus olhos escarlate eram capazes de vislumbrar um bar que parecia ter bastante movimento. De fora o local era como qualquer outro, um grande estabelecimento feito de madeira escura com uma grande varanda na frente e uma placa indicando o nome do local, neste caso, "Taverna do Coqueiro", facilmente identificável. Adentrando pela pequena porta, era possível ver que o local apesar de humilde era muito bem cuidado. Tinham diversas mesas e cadeiras, com várias pessoas, especialmente homens, tomando suas cervejas e discutindo bem alto. Não havia uma bancada específica para o barmen, então era possível ver algumas empregadas servindo as bebidas e anotando os pedidos que eram feitos através de um pequeno cardápio. Parecia ser o local perfeito para conseguir quem Angelica procurava.

Ao entrar na taverna sua presença já chamava a atenção de alguns, mas depois de começar a falar, todos do bar paravam o que faziam para olhar na direção da bela mulher que fazia seu anúncio. O pedido de recrutamento era ouvido com atenção por todos os homens ali e muitos deles nem pensavam duas vezes antes de levantar e caminhar na direção de Florald. Até mesmo os rapazes que claramente nunca tinham entrado em uma briga estavam dispostos a ouvir os pedidos da moça. Tinha de todo tipo de macho para Angelica escolher: homens grandes e fortes, com grandes barbas e pouca roupa; homens pequenos, mas que carregavam armas letais consigo como facas; homens com cicatrizes de combate e de idade já avançada e claro, os garotos que não podiam conter a emoção de lutar por uma donzela bonita. — Estamos dispostos a ir até o inferno com você, moça! — dizia um dos homens bárbaros, bebendo com grande gosto sua cerveja e até deixando algumas gotas caírem no chão e no corpo de Angelica — Certamente é obra do destino nos conhecermos aqui hoje. Também estava pensando em virar caçador de recompensas hahahaha!! — ele não era nada convincente, claramente só estava atrás do corpo de nossa protagonista. Rapidamente, um objeto voador atingia o homem que a princípio ficava irritado, mas ao olhar melhor para quem arremessou, sua raiva era trocada por quase o mesmo sentimento que sentia com Florald, porém com um pouco mais de restrição.

Se Angelica olhasse na direção da pessoa que jogou o objeto não identificado, ela daria de cara com uma mulher se destacando muito de todos os marmanjos ali. Loira, alta, com um belo corpo e que praticamente não usava nenhuma roupa. Ela olhava para Angelica de forma interessada, mas não da mesma forma que os homens ali, era como se ela quisesse se divertir com a situação. — Então você está atrás de caçadores de recompensa, né? Posso entrar nessa brincadeira também? Não sou um homem infelizmente — ela dizia, com um sorriso irônico no rosto. A forma como a loira se comportava era diferente, pra dizer o mínimo, seus pés pareciam não sair da mesa em momento algum e a forma como ela falava ou sentava não era nada feminina. Ela logo tirava de seu cinto um cartaz de procurado e colocava sobre a mesa — Por acaso já estou em busca de um alvo, o que acha? Podemos ser parceiras? A propósito, esqueci de me apresentar, me chamo Jane, sou conhecida pela região como a atiradora mais rápida da ilha. Que tal? Não seria incrível ter essa belezura aqui no seu grupo? — falava empolgada.

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySex Mar 17, 2023 12:37 pm




O meu discurso tinha sido muito efetivo, e como eu mesma já tinha previsto, aqueles marmanjos estavam todos praticamente fazendo fila pra entrar no meu grupinho de caçadores. Naquele momento, o lugar inteiro tava focado em mim, eu era o centro das atenções e aquilo me deixava muito satisfeita, um belo sorriso convencido surgiu rapidamente no meu rosto.

Muitos dos voluntários eram tarados que claramente só estavam interessados no meu corpo, mas desde que seguissem minhas ordens, eu não me importava com isso. Pelo contrário, seria até mais fácil controlá-los pra que façam meu trabalho por mim. Antes que eu pudesse me dirigir novamente aos rapazes, algo inusitado aconteceu. Uma garota, provavelmente a única naquele lugar além de mim, se ofereceu para entrar na brincadeira.

Ela era uma loira moleca chamada Jane, e embora eu tivesse que admitir que ela era muito bonita, seus trejeitos não eram nem um pouco femininos. A moça explicou que também era uma caçadora de recompensas e revelou que já tinha um alvo, sugerindo uma parceria logo em seguida.

Dividir o pagamento das recompensas com alguém que não faria parte do meu grupo não era algo que me agradava muito, mas como essa seria a minha primeira caçada, talvez fosse inteligente levar a suposta “atiradora mais rápida da ilha” e ver o que dá pra aprender com ela. O fato dela já ter um alvo também contribuiu pra minha tomada de decisão, afinal, ir atrás de um criminoso do zero seria muito mais trabalhoso, e “trabalho” era uma das palavras que eu mais odiava na vida. Sem demora, andaria até onde ela estava sentada.

Colocaria as mãos na cintura antes de responder. - Interessante! Seria bom ter alguém com experiência por perto. - Fitava a loira com um olhar de curiosidade. - Seu nome é Jane né? Eu sou a Angélica. - Me apresentaria novamente em um tom amigável, tentando fazer com que ela simpatizasse comigo. - Eu não tenho nada contra a ideia de uma parceria, mas eu e os rapazes temos que saber de mais alguns detalhes antes de tomar uma decisão, não é mesmo? - Olharia para os meus recrutas ao falar isso, esperando que concordassem. Em seguida, voltaria minhas atenções novamente para Jane. - Precisamos saber quem é o seu alvo, o quanto ele vale, e como vamos dividir o trabalho e o dinheiro da recompensa. - Ao terminar de falar, cruzaria os braços enquanto aguardava uma resposta.

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyQui Mar 23, 2023 7:12 am


O sorriso no rosto de Jane ficava ainda maior conforme Angelica se apresentava e concordava com a proposta. Seus olhos brilhavam enquanto ela movia o cartaz na mesa na direção da jovem e em seguida levantava ele, fazendo com que todos no bar pudessem ver de quem eles estavam atrás. — Esse aqui talvez seja demais pros seus rapazes: Capitão Hornet, o saqueador — o cartaz mostrava um homem com aparência de cavalheiro, até burguês, com cabelos grisalhos e um terno cor de vinho, qualquer um poderia confundir o homem com apenas um nobre, exceto pelo fato que na imagem era possível ver uma faca em sua mão e sangue em um pano que parecia ser para limpar sujeiras. No cartaz é indicado sua recompensa: 4.000.000 berries — Ele é famoso por, como diz seu título, saquear pessoas de forma organizada com sua tripulação. Pouco se sabe sobre ele, mas a única certeza que temos atualmente é que ele está aqui nesta ilha e provavelmente não vai demorar a fazer seus movimentos. Não sei como você quer dividir a recompensa, eu preferiria metade pra mim e a outra metade pra vocês dividirem entre si, mas dependendo de como se saírem na captura do criminoso, eu posso ser benevolente e mudar isso. Não parece um trato ruim, né? — ela piscava o olho, quase de forma sarcástica, e em seguida se levantava, puxando uma pistola de seu bolso. Todos os homens ali reagiam com um pouco de medo.

Jane fazia seu caminho até uma das mesas, onde praticamente roubava um dos copos de cerveja e bebia um pouco, em seguida ia em direção para a saída da taverna. Ela girava sua pistola nas mãos e abria sorriso para todos que a olhavam. Alguns homens se encantavam, alguns ficavam com bastante medo, mas no geral, era inegável o carisma de Jane. — Baterilla é um lugar assustador. Normalmente nada acontece por aqui, mas quando acontece, é esse tipo de caso. Você não precisa aceitar se quiser, já vejo que os homens que você recrutou não são grande coisa mesmo. Se quiser, pode me acompanhar pela cidade, quero tentar encontrar o local que o Hornet vai atacar primeiro. — então, ela abria a porta e deixava o bar. Os rapazes que haviam se aliado a Angelica pareciam bastante irritados com o caso, cada um reagindo de forma diferente. Um deles se aproximava de Florald e resmungava — Ei chefe, não vamos deixar ela falar assim da gente, né? Vamos fazer ela pagar a língua! — ele dizia, se olhasse para trás veria que a grande maioria tinha a mesma reação. Eles estavam dispostos a provar seu valor, mesmo que fosse apenas raiva por terem sido chamados de "pouca coisa".

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyQui Mar 23, 2023 2:31 pm




Jane deu algumas informações sobre o alvo, um tal de capitão Hornet. A recompensa dele era de quatro milhões, o que pra mim não passava de uma merreca, uma esmola. Para um pobretão qualquer isso pode parecer muito dinheiro, mas não nada de especial pra alguém que vem de uma família de posses como eu, mas como essa era a minha primeira caçada, eu tava disposta a encará-la como um tipo de treinamento. A loira parecia ser um pouco atrevida, mas desde que ela fizesse seu trabalho, eu podia aturar os comentários engraçadinhos.

Eu realmente não planejava me esforçar muito nessa caçada, afinal era pra isso que eu tinha recrutado meu pequeno grupinho, mas mesmo assim talvez fosse uma boa eu ter pelo menos uma pequena arma de fogo só por desencargo de consciência. E claro, eu também não tava disposta a gastar pra obter tal item. - Certo, então tá decidido. Homens, vamos atrás da Jane! - Declararia, em um tom de voz inspirador. - Tenho certeza que vocês vão provar o seu valor. - Na verdade não era possível ter certeza disso, mas ainda assim daria a impressão que sim pra que os homens continuassem com moral alta.

- Mas antes de irmos, preciso de um favorzinho. - Colocaria as mãos na cintura, fazendo um sorriso encantador enquanto olhava para meus capangas. - Preciso de um revolver ou uma pistola, na verdade qualquer arma de fogo de pequeno porte serve. - Em seguida, faria um olhar sugestivo. - Eu ficaria muuuito agradecida se algum de vocês pudessem me dar uma, e quem for prestativo o suficiente pra quebrar esse galho vai poder se tornar o meu guarda costas pessoal. O que me dizem? - Perguntaria, usando minhas habilidades sociais para convencê-los, numa mistura de persuasão e sedução. - Pensem bem, quem conseguir o cargo vai ter o privilégio de estar sempre bem por perto de uma deusa como eu… - Finalizaria cheia de confiança, jogando meus belos cabelos negros pra trás.

Então esperaria que algum deles aceitasse minha proposta, caso vários deles aceitem, eu escolheria aquele que tivesse a aparência física mais forte e intimidadora. Em seguida, pegaria a arma e o coldre graciosamente, colocando-os na minha cintura. - Ótimo! Qual é o seu nome, querido? - Perguntaria para o escolhido, ainda sorrindo. - Tô contando com você pra me proteger daqueles piratas malvados. - Faria uma piscadela, e então voltaria meu olhar pra porta do estabelecimento. - Rapazes, vamos atrás da Jane! - Daria o comando, e então sairia de lá acompanhada dos meus capangas, andando na frente do grupo até onde a loira se encontrava na rua. Ao chegar nela, anunciaria minha intenções. - Decidimos aceitar o acordo, concordamos com seus termos Jane. - Estenderia a mão pra cumprimentá-la e fechar a parceria, usando um tom de voz diplomático. - E então, como vamos encontrar o lugar onde esse tal de Hornet vai atacar primeiro? - Perguntaria, e se fosse preciso, seguiria a loira até tal lugar junto do meu grupo.

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySex Mar 31, 2023 9:36 am


Com a saída de Jane da taverna e o pequeno rugido de fúria dos homens ali o local se tornava silencioso por alguns segundos. Um silêncio quase cômico, até que de repente Angelica fazia sua voz ser ouvida. Com suas palavras de confiança era como se os homens ali nunca tivessem sido ofendidos por ninguém na vida e ficavam tão alegres que eram quase como cachorrinhos quando a dona chama. Angelica, por outro lado, não parecia muito satisfeita e começava a pedir por uma arma de fogo que pudesse usar.

Os homens de olhavam e quase suplicavam uns aos outros que alguém tivesse alguma arma por ali. — Eu tenho cara de quem usa essas coisas? Olha pra mim! — o aparente homem mais musculoso do local reclamava — Nenhum dos mais novos tem nada? — era certamente uma confusão. Sim, de acordo com as expectativas, os homens presentes não pareciam gostar de resolver as coisas dessa forma e preferiam muito mais trocar socos entre si do que atacar a distância. Poderia ser dificultoso achar algum tipo de pistola no local. Porém, depois de muita discussão, um rapaz jovem conseguiu entregar para nossa protagonista sua arma.

O rapaz tinha cabelos vermelhos como o fogo e pele pálida como a lua. Seu porte não parecia ser particularmente atlético, mas seu sorriso era agradável de se ver. Ele aparentemente tinha entrado na cozinha enquanto todos discutiam e pego uma das armas escondido e todos conseguiam ver isso pois ele nem mesmo esperou dois segundos para anunciar que tinha adquirido a arma e a porta ainda estava prestes a bater atrás dele, semi aberta — Aqui está sua arma, minha rainha — ele dizia, fazendo uma pequena reverência com a cabeça — O nome é Wave, não vou lhe decepcionar!

Tendo adquirido a pistola e um guarda-costas, que poderiam ser considerados vários, Florald saía do bar. A cena conseguia deixar todos os cidadãos extremamente assustados e confusos, ao ver talvez mais de 20 homens seguindo uma mulher, quase como uma gangue. — E-eu vou contar para a Marinha! — um dos civis falava um pouco antes de correr na direção do quartel. Do lado de fora, olhando para o mar, estava Jane. Ela olhava para o mar com olhos um pouco melancólicos, sua mão na cintura, entretida com as ondas. De repente ela escuta a voz de Angelica e se vira, ficando também surpresa com a situação, mas feliz que ela tinha aceitado a oferta.

- Caramba, você realmente vai levar toda essa galera com você? Então tá. — ela dizia, antes de puxar um tipo de mapa da ilha que ela guardava consigo — Achar o Hornet não é difícil depois que ele começa seus atos, mas saber onde ele vai atacar normalmente é um problema. Ele as vezes parece não ter um padrão, mas eu consegui identificar algo: burgueses. Pode parecer óbvio que alguém faria isso, mas nesse caso em específico ele utiliza de sua aparência de nobre para passar despercebido pelas pessoas e atacar aqueles de maior riqueza. — ela então se viraria e apontaria direto para a grande torre que representava o quartel da marinha da cidade — O sujeito é bem rato, ele dificilmente vai atacar por aqui onde tem um posto da marinha. Talvez podemos encontrar algum capanga dele. O próprio? Não. Então acho que nosso primeiro objetivo é ir até a Kalani. Não é muito longe, mas seria bom garantir que olhamos tudo por aqui também. Alguma sugestão de onde ir? Eu particularmente quero visitar um restaurante de frutos do mar hihihi.

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySex Mar 31, 2023 10:43 am




Enquanto eu andava pelas ruas com meu grupo, percebi alguns civis ficando assustados com a nossa presença. Mas isso não me preocupava nem um pouco, afinal, andar em grupo não é crime em lugar algum até onde eu sei. Agora que meu acordo com Jane tinha sido oficializado, tava na hora de ir atrás do tal do Hornet. Segundo a loira, ele não trabalhava pessoalmente em locais onde haviam quartéis da marinha, o que significava que ele provavelmente estaria na cidade Kalani e aqui no máximo teriam subordinados do pirata.

Além disso, Jane também explicou que nosso alvo costuma atacar pessoas ricas usando sua aparência nobre. A caçadora falou que seria mais inteligente procurar nas duas cidades e que tava com vontade de ir num restaurante de frutos do mar. Bom, eu não sabia se era uma boa chegar num restaurante com essa gangue inteira nos seguindo, então decidi colocar eles pra trabalhar aqui mesmo na por enquanto. - Certo, então vamos fazer assim. - Voltei minhas atenções para os seguidores antes de continuar, usando o tom de voz que normalmente usava ao me dirigir a eles.

- Rapazes, quero que procurem por informações sobre esse tal de Hornet aqui na cidade. Se possível, encontrem algum subordinado dele e tentem descobrir o máximo possível sobre o chefe. - Colocaria as mãos na cintura, sorrindo. - Prometo uma recompensa pra quem descobrir alguma coisa!  - Esperaria a reação deles, e então faria uma risadinha antes de seguir em frente. - Eu e a Jane vamos investigar na cidade Kalani, quando terminarem a busca, nos encontrem lá. - Antes de terminar, me voltaria pro meu guarda costas. - Wave, você vem com a gente. - Daria o comando, afinal, caso alguma luta começasse, era uma boa ideia ter alguém por perto que possa servir de escudo pra mim.

Após isso, andaria com Jane e Wave até a cidade Kalani. - Não conheço muito essa ilha, não sou daqui. - Responderia a pergunta da loira sobre lugares para visitar. - Wave, você conhece algum bom restaurante de frutos do mar lá na cidade Kalani? - Perguntaria casualmente enquanto seguia o caminho.

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySáb Abr 08, 2023 11:44 am


Angelica não se preocupava com a atenção que chamava ao lado de seu esquadrão de confiança, porém era claro que não poderia viajar por aí com tantas pessoas, especialmente para restaurantes. Rapidamente a jovem mandou seus colegas se separarem e cada um buscar por informações, e aquele que conseguisse algo seria recompensado. Não é preciso falar que todos se espalharam tão rápido quanto uma folha de árvore sendo levada pelo vento. Wave era o único escolhido para ficar por ali.
- Claro, rainha. Sobre Kalani, eles não tem um restaurante específico para frutos do mar, porém é fácil de encontrar a lendária Pousada Malú. Deve ter algo lá — rapidamente a jornada até Kalani começava com o comentário de Wave, algo que chamava bastante a atenção de Jane.
- Pousada Malú, né? Eu ouvi falar que os preços dele são bem salgados e por isso a maioria do povo que vai lá são gente da classe alta — naquele momento era quase possível enxergar uma luz acendendo na cabeça de Jane. A mulher rapidamente começava a revirar seus bolsos em busca de grana — Ah não! Acho que tenho praticamente nada. Acho que vamos precisar entrar na pousada, é possível que o tal do Hornet apareça por lá! — ela dizia, seus olhos virando para direção de Angelica quase que fazendo uma súplica. Ela parecia ter um instinto bom para burgueses.

Por sorte as cidades ficavam próximas uma das outras e em pouco tempo eles conseguiam chegar em Kalani. O local era belo e parecia ter ainda mais pessoas do que na cidade anterior, dessa vez sendo possível ver pessoas nadando nas praias grandes do local, era possível ver ainda mais pessoas tomando banho de sol, algumas com um belo açaí, mas a grande maioria usava bikinis e shorts sem camisa. Era certamente uma cidade bem temática. Jane observava Wave e se questionava — Ei, não seria legal você trocar de roupa? Acho que eu e a nossa amiga aqui já estamos usando o correto, e você? — ela questionava com um sorriso sarcástico no rosto. Era claro o rosto envergonhado de Wave se formando e então ele parecia fazer um sinal de okay e saía para um dos locais da praia para trocar de roupa. A loira virava para o mar e abria os braços se espreguiçando — E aí? Vai querer fazer alguma coisa ou vamos direto para a pousada? Pode ser difícil de entrar lá se não tiver dinheiro o suficiente

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySáb Abr 08, 2023 1:52 pm




Wave, muito prestativo, recomendou um lugar chamado pousada Malú pra gente começar a procurar o Hornet. Jane em seguida comentou que os preços de lá são muito caros, dando a entender que era eu quem deveria pagar pela nossa pequena estadia lá. Eu não via problema nisso, afinal, eu  tava pra receber minha mesada e ela com certeza cobriria os nossos custos. - Não tem problema, deixa que eu pago. - Responderia, cheia de confiança. - É o mínimo que eu posso fazer depois que você deu tantas informações sobre o Hornet. - Além disso, claro, eu não ia recusar nunca uma visita a um lugar famoso como esse onde eu poderia desfrutar do conforto e da culinária tradicional de Baterilla.

Logo, nosso trio chegava até Kalani, que sem demora se mostrava ser uma cidade paradisíaca. Belas praias eram uma vista comum naquele lugar, e as pessoas andavam por aí com roupas de banho sem se preocupar. Devassa como era, eu não conseguia deixar de dar alguns olhares para os caras e moças mais atraentes que andavam por aí com pouca roupa, ficando levemente corada ao fazê-lo.

Por estarmos em um ambiente desse tipo, Jane sugeriu que meu guarda costas trocasse de roupa, e ele logo foi fazer isso. Em seguida, a loira perguntou se eu tinha alguma coisa pra fazer antes de ir até a pousada. - Preciso ir num banco pra sacar um pouco mais dinheiro. O que tenho comigo não deve ser o suficiente pra pagar essa pousada se ela for chique e famosa como vocês falam. - Explicaria, passando a mão pelos meus longos cabelos negros.

Assim que o ruivo terminasse de se trocar, partiria para o banco mais próximo junto dos meus dois companheiros. Como eu não era familiar com a ilha, perguntaria aos locais como chegar em tal lugar. Uma vez em tal estabelecimento, sacaria toda a minha mesada e guardaria junto do restante do meu dinheiro. - Tudo pronto. - Falaria, me voltando para Jane e Wave. - E então, vamo pra pousada? - Sugeriria, animada com a possibilidade de desfrutar um pouco da culinária daquele lugar enquanto procuramos pelo Hornet. E então, andaria junto deles até lá.

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySáb Abr 15, 2023 6:10 pm


A jovem Angelica tinha uma confiança admirável quando o assunto se tratava de dinheiro e as tentativas sorrateiras de Jane de fazer com que ela pagasse algo não foram mais do que uma leve massagem de ego para a herdeira. Pensando em ir para o banco pegar a ajuda de sua família, a jovem resolveu que iria esperar Wave voltar e isso se tornaria rapidamente um incomodo. O rapaz havia sumido completamente de vista e não parecia que iria voltar tão cedo, apesar disso, a garota ficava ali livre para olhar as diversas pessoas bonitas que passavam pela região, todas com seu charme próprio, e elas também paravam para olhar Angelica que era uma beleza até que exótica comparado a todos ali.

Tendo finalmente se passado tempo suficiente, Wave retornava. O rapaz agora estava sem camisa, revelando seu corpo levemente definido e com algumas ou outras marcas de briga, agora também usava um short simples verde que encaixava de forma engraçada com seu cabelo vermelho – Por onde você se meteu? A gente ficou esse tempo todo aqui esperando você! – Jane exclamava fazendo uma leve expressão de descontentamento. Vendo isso Wave fazia uma reverencia se desculpando – Ah é que eu não tenho costume de usar essas coisas. Fiquei envergonhado, e vai que a rainha não gostasse da minha aparência... – o olhar do garoto ia direto para sua líder, ele certamente esperava algum tipo de aprovação - Sei, tá bom então, vamos achar o tal do banco.

A busca pelo banco começava com eles tentando olhar ao redor, mas nada parecia lembrar algum. O próximo plano foi conversar com os civis do local para saber o caminho. Era interessante como nenhum deles negava os olhares que davam para Angelica, e Jane também não era muito deixada de lado. Alguns dos homens que praticavam o esporte local, o “surfe”, vieram ajudar e foram muito prestativos com as informações, queriam até mesmo guiar o grupo até o local. – Ei, garota dos cabelos pretos, que tal darmos uma saída por aí depois? Você parece do tipo que iria adorar a região – um deles dizia, um homem de altura média, mas com um bom físico e pele morena com longos cabelos dourados. Ele parecia ser bem popular com as garotas e Angelica conseguia sentir os olhares de raiva que ela estava recebendo.

Depois disso eles finalmente chegavam ao banco no qual Florald recebia sua mesada de 1.500.000 berries. Jane olhava aquilo com olhos brilhantes - Você realmente tem uma bela descendência hein. Com isso a gente consegue entrar na pousada tranquilamente, né Wave? – ela se virava para questionar. – Claro! Porém não sei se conseguiremos ficar muito tempo, pode ser que não vamos conseguir nada – ele era imediatamente recebido com um tapa nas costas que Jane desferia – Ah deixa disso!

Caso Angelica escolha ir diretamente para a pousada, esta seria bem fácil de se encontrar: Bem no centro da praia é possível avistar na distância o local próximo ao mar, um enorme local parecendo um tipo de pequeno palácio sobre uma plataforma de madeira que ficava suspensa a beira da água e eventualmente ficava acima de um pedaço do oceano. De frente com o mesmo, era fácil de entender porque era tão cara e porque era famosa.

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyDom Abr 16, 2023 5:35 pm




Jane parecia bem animada quanto a nossa ida pra famosa pousada da Malú. Wave, por outro lado, explicava que a quantia que eu retirei do banco talvez não fosse o suficiente pra ficarmos lá por muito tempo, mas como o nosso intuito, infelizmente pra mim, era procurar um criminoso e não passar uma temporada de férias relaxando lá, achei que uma curta estadia não fosse acabar sendo um problema pra gente.

Iria com o grupo diretamente até a pousada. Mesmo de longe da praia já dava pra perceber que era realmente um lugar super luxuoso, talvez até fosse uma propriedade que meus pais tivessem interesse em adquirir se viessem até essa ilha. De qualquer forma, entraria no local acompanhada de Wave e Jane e tentaria pagar uma diária para nós três, apenas caso o dinheiro fosse suficiente, claro. - Aqui estamos, agora onde é que a gente consegue aqueles frutos do mar que você tava falando antes? - Perguntaria pra Jane, animada. - Tenho certeza que o nosso alvo pode esperar um pouquinho. - Explicaria sorrindo, sem a menor disposição pra começar a trabalhar logo de cara.

Caso fosse de fato comer os famosos frutos do mar de lá junto dos meus dois colegas, aproveitaria o máximo da culinária local e apenas voltaria a tocar no assunto do trabalho quando a refeição tivesse chegado ao fim. Logo em seguida iria com o grupo até a praia ou piscina da pousada e sentaria em uma cadeira de plástico abaixo de um guarda sol, claro caso tais coisas estivessem disponíveis. Só quando estivesse bem relaxada tocaria no assunto do trabalho. Minha consciência dizia que eu deveria ajudar ao máximo na procura pelo Hornet, mas trabalhar era tãoooo chato! E eu já paguei pela nossa estadia na pousada, então eu merecia descansar um pouco, né? Quem em sã consciência desperdiçaria uma oportunidade dessas?

- Então gente, tá na hora de entrar em ação. - Falaria baixinho, mas em um tom determinado. - Wave, você pode acompanhar a Jane enquanto ela procura o nosso alvo aqui pela pousada. - Ordenaria, cruzando os braços. - Eu vou ficar vigiando esse local pra caso alguém com a descrição do nosso patife apareça. Quando terminarem a busca, podem me encontrar aqui. - Tentaria transformar minha pequena preguiça de trabalhar em um plano mais ou menos aceitável, na esperança de que Jane e Wave aceitassem e fossem fazer meu trabalho por mim. - E então? O que acham?

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySex Abr 21, 2023 7:10 pm


A aventura na tão famosa Pousada Malú começava diretamente na entrada. Antes de conseguir realmente adentrar no local era necessário, obviamente, pagar pela estádia. Ao abrir a primeira porta da pousada, havia um pequeno corredor com dois longos balcões e de cada lado, atrás dos balcão, tinham recepcionistas que trabalhavam no local. Ambas as moças pareciam simpáticas e abriam sorrisos para os recém chegados. — Boas-vindas a Pousada Malú, onde sua estadia vale ouro! — aquela parecia ser a recepção padrão, e imediatamente após isso elas davam folhetos que pareciam falar de tudo que se podia fazer na pousada além de só passar as noites. Tinha de tudo: piscina, surfe em uma parte da praia que eles tinham domínio sobre, festas, banquetes, serviços de quarto, saunas. O local era realmente completo. Na folha também mostrava o preço bem salgado do lugar: 500.000 berries por pessoa, por noite. Vendo o preço tanto Wave quanto Jane faziam caras de espanto e encaravam Angelica quase que como um anjo — Então? Vendo essa bela donzela em nossa frente, imagino que isso não deve ser nada — a atendente dizia.

Tendo pago o preço para finalmente chegar no salão principal, dava pra entender facilmente o motivo do preço. O salão principal era gigantesco, o chão, as paredes e o teto todos feitos com uma madeira escura com uma aparência ótima e de alta qualidade. O local espaçoso era cheio de mesas e poltronas para que pudessem ficar por ali mesmo, com um bar próximo ao centro. Ao olhar ao redor era possível ver que haviam vários caminhos para se tomar e até escadas para subir aos andares superiores. A iluminação inteira do local era a base de algumas velas e candelabros que a noite certamente dariam um efeito especial para a pousada. Nas paredes tinham alguns folhetos promocionais de atrações e outras coisas específicas do governo, como anúncios de marinheiros, ou recompensas de alguns piratas que Angelica poderia dar uma olhada depois. — Uau! É, o preço é bem caro, mas vale bastante a pena! — os olhos de Jane brilhavam em ver aquela luxuosidade. Wave era quem parecia desconfortável com aquilo, sem dar muitos motivos do por quê, talvez estar em um lugar tão impressionante deixasse uma impressão ruim nele — Só podemos ficar aqui por um dia, é bom acharmos o tal do Hornet rápido — ele dizia. O rapaz era, no entanto, rapidamente cortado com Florald anunciando o desejo por comer os frutos do mar antes mencionados. Era o que tinham ido fazer ali inicialmente. — É disso que eu tô falando! Sabia que escolher você colega seria uma ótima ideia! — exclamava Jane, enquanto chamava com as mãos um dos vários modernos que ficavam de guarda pelo salão. Em pouco tempo, eles eram levados para outra das salas do local.

A sala onde ficavam as mesas para comer era quase como a de um restaurante padrão. Era um local com diversas mesas espalhadas em que vários dos atendentes ficavam indo de cliente por cliente anotando seus pedidos e levando para o chefe que em breve trazia o que era pedido. Haviam alguns peixes em específico que precisavam ser pagos para comer mesmo que já tivesse sido pago a estadia, no entanto, a maioria do cardápio era de graça para quem tivesse tido a sorte de entrar ali. Rapidamente o trio escolhia um local para se acomodar, e Jane fez questão que fosse bem próximo da varanda que permitia vista para o mar, onde era possível enxergar os vários surfistas em sua prática do esporte. Era ótimo para quem gostava dos homens bonitos, apesar que também dava pra ver várias das mulheres nadando na praia e tomando sol. Em pouco tempo todos faziam seus pedidos e recebiam de tudo na mesa: Polvos, camarões, lagostas, moluscos e etc. Era uma refeição realmente perfeita para o local que se encontravam.

Após essa gloriosa refeição, seguindo as ordens da líder Angelica, todos foram dar uma olhada na piscina que ficava dentro da pousada. O local em si, dessa vez, não era nada especial e se tratava de uma piscina enorme com vários locais para tomar sol e/ou nadar. Florald rapidamente encontrava o local perfeito para ela, uma das cadeiras de plástico com um guarda-sol, perfeito para relaxar e ouvir o som das gaivotas e da água. O espírito da burguesa dizia a ela para nunca mais sair daquele paraíso. No entanto, os olhares de seus companheiros faziam com que ela tivesse que agir de alguma forma, afinal, já havia se passado pelo menos uma hora desde a entrada na pousada e eles não haviam feito progresso algum. Por sorte, nossa protagonista rapidamente deu a sugestão de irem procurar os culpados pela pousada enquanto ela ficava ali “esperando” o suspeito aparecer. Ambos Jane e Wave se olhavam por alguns segundos e um sorriso malicioso surgia no rosto dos dois  — Claro! Vamos nos separar, cada um procura uma parte da pousada e a gente tenta ver o que achamos, quanto mais rápido encontrarmos nosso alvo, melhor! — dizia a loira, enquanto o ruivo apenas concordava com a cabeça. Em extrema velocidade ambos saiam dali e iam em direções opostas. Era difícil dizer se realmente encontrariam algo.

Pouco tempo após eles saírem, coisa de 15 minutos, uma figura nova aparecia ali pela piscina. Era um homem de idade avançada, seus cabelos eram de cor de escura e ele parecia também estar usando de roupas pretas. Ele caminhava pela piscina, observando cada uma das pessoas ali, até olhar diretamente para Angelica e sem pensar duas vezes se aproximar dela. O homem carregava consigo uma maleta e uma bengala também de cor preta. Ele abria um grande sorriso antes de começar a conversar de forma leve e sutil com a garota — Boa tarde, minha jovem. Não pude deixar de notar sua bela aparência e que você se destaca bastante das pessoas do recinto. Me diga, você é de alguma família importante? Eu estou em busca de algumas parcerias para o meu negócio e achei que essa pousada seria o lugar perfeito para encontrar algum bom nobre! — ele então soltava um suspiro profundo e fazia um rosto de decepção bem claro — Infelizmente não tive sorte com nenhum deles. Talvez você seja a exceção, que tal? Eu faço negócios de viagens, a propósito — ele abria um sorriso simpático para Angelica, enquanto mexia sua bengala de um lado para o outro.

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
Yrret
Civil
Yrret


Imagem : Jornada em Baterilla Qrl1SSR
Créditos : 00
Localização : South Blue - Baterilla

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptySáb Abr 22, 2023 1:16 am




Jane e Wave logo concordaram em seguir meu plano e foram procurar o Hornet na pousada enquanto eu relaxava, digo, vigiava na área ao redor da piscina. O ambiente era maravilhoso, embora eu sentisse falta de poder ficar admirando os surfistas bonitões e as garotas de biquini lá na varanda do restaurante. De qualquer forma, eu decidi ficar por alguns minutos sentada antes de ir dar um mergulho na piscina. Mas infelizmente, eu não pude aproveitar por muito tempo. Pouco tempo depois da saída de Jane e Wave, um senhorzinho muito simpático me abordou. Ele se apresentou como um homem de negócios, mais especificamente algum tipo de agente de viagens. O senhorzinho logo disse que estava a procura de pessoas ricas e influentes, e então explicou que me abordou por achar que minha aparência era digna de uma donzela que vem de uma família importante.

Ouvir aquilo apenas me dava total certeza de que aquele senhorzinho era uma pessoa muito afiada, inteligente e de muito bom gosto, afinal, conseguiu ligar a minha beleza estonteante e presença magnífica com o fato de que eu sou sim a herdeira de uma poderosa família. Tudo isso em um só olhar. Eu tinha simpatizado imediatamente com ele. - É uma pena que o senhor não tenha tido sucesso em sua busca até agora. Mas não se preocupe, trago boas notícias. - Levantaria da cadeira de plástico, traçando meu cabelo com os dedos para fazê-lo esvoaçar ao vento enquanto continuava minha extravagante apresentação. - Meu nome é Angelica Florald, herdeira do Grupo Florald, um dos conglomerados mais influentes dos quatro blues. - Eu possuía uma expressão de puro orgulho no rosto enquanto falava isso.

Em seguida, colocaria as mãos na cintura antes continuar. - No momento eu estou no meio de um outro “empreendimento”, mas sendo magnânima como sou, posso abrir um tempinho pra ouvir o que o senhor tem a dizer. - Falaria com um sorriso esnobe. - Afinal, eu sempre gostei de viajar. Se a sua proposta for interessante, posso considerar levá-la aos meus pais. - Decidiria. Eu sabia que também precisava cuidar da investigação do Hornet, mas não fazia mal ouvir o que esse senhorzinho super gente boa tem a dizer, né? No fim das contas ainda tínhamos um dia inteiro pra cuidar disso. - Ah, sim. - De repente lembrava que ainda não havia perguntado o nome do empresário de viagens. - Como o senhor se chama?

Histórico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2106-angelica-florald https://www.allbluerpg.com/t2488-jornada-em-baterilla
Handa
Civil
Handa


Imagem : Jornada em Baterilla Kiryu-coco
Créditos : 23

Jornada em Baterilla Empty
MensagemAssunto: Re: Jornada em Baterilla   Jornada em Baterilla EmptyDom Abr 30, 2023 1:20 pm


Era fascinante o quão rápido o senhorzinho conseguia a atenção de Angelica. A mulher se tornava imediatamente orgulhosa ao ouvir as falas do homem sobre sua beleza e seu poder financeiro, algo que ela certamente parecia se vangloriar bastante. A jovem Florald levantava da cadeira e começava a falar em alto e bom sim, inclusive mexendo em seu cabelo, o que não só chamava a atenção do velho, mas de todos ao redor que tiravam um tempinho para ver o que aquela bela moça estava aprontando.

Seu sorriso contagiante fazia o senhor também sorrir bastante, especialmente ao ouvir que finalmente teria sucesso no que tinha ido fazer e este também estufava bastante o peito para responder Angelica — O Grupo Florald, né? Sim sim, certamente já ouvi falar desse nome. Isso é perfeito, minha donzela, poderemos fazer negócios como nenhum outro! — ele dizia enquanto abria sua maleta para pegar o que parecia mais um tipo de panfleto — Me chamo George, sou o principal encarregado da “George Way”, a empresa de viagens marítimas mais satisfatória do South Blue! — o panfleto mostrava uma grande embarcação com diversas pessoas nele, de variados tipos de corpos, enquanto na ponta tinha o senhor George fazendo uma pose caricata para aparecer mais agradável na imagem. — Então, antes de irmos para os negócios, eu acho que seria necessário nos conhecermos melhor, conhecer os negócios melhor! A noite, aqui mesmo na pousada, estarei dando um show especial e você estará 100% convidada para participar dele! — enquanto em sua empolgação ele agarrava nas mãos de Angelica e movia elas, seria fofo se não fosse um pouco incômodo. Após isso, ele parecia querer se despedir e seguir caminho, agora que tinha conseguido um cliente rico.

Com seu novo panfleto para sua coleção, a jovem Florald estava mais uma vez livre para fazer o que quisesse na pousada e seus dois companheiros não voltaram ainda. A piscina ainda estava bem fria e com o sol ficando cada vez mais forte conforme a tarde se aproximava, o clima não parecia mais propício para uma natação. As pessoas ali ao redor também pareciam ter se interessado por ela e algumas faziam olhares convidativos para a garota, tanto alguns homens quanto algumas mulheres.

Histórico:

Legenda:

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2117-mori-moriarty#22899 https://www.allbluerpg.com/t2118-livro-i-primeira-lamina#22906
 
Jornada em Baterilla
Ir para o topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: South Blue :: Baterilla-
Ir para: