Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
2 - Fat Bottomed GirlsHoje à(s) 4:36 pmporMakaIneel BitencourtHoje à(s) 4:35 pmporIneelCréditosHoje à(s) 4:25 pmporAntestorPerpétuos I - Malfeito FeitoHoje à(s) 3:07 pmporMaka[PEDIDO DE INSTRUTOR] - HOKIHoje à(s) 2:55 pmporLorin031O Bando da Rainha CaolhaHoje à(s) 2:53 pmporShiroIII - Death or ParadiseHoje à(s) 1:18 pmporLyoshaShimizu D. AkiraHoje à(s) 1:17 pmporYami[FP] Lucian YveltalHoje à(s) 12:49 pmporZenimaruSpear & Shield - 01Hoje à(s) 10:33 amporMinduim

Noturno Artificial

Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Achiles
Imagem :
Noturno Artificial - Página 2 Bf3w3iH
Créditos :
12
Localização :
Lvneel - North Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18382
Achiles
Avaliador
Noturno Artificial Sex Jun 03, 2022 9:58 am
Relembrando a primeira mensagem :

Noturno Artificial

Aqui ocorrerá a aventura Fechada do(a) Agente Morgan Morozova. A qual não possui narrador definido.

_________________

Noturno Artificial - Página 2 BhECXT7

Liebe
Imagem :
cave canem
Créditos :
28
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Liebe
Agente
Re: Noturno Artificial Qua Jun 22, 2022 6:42 pm
defense
our dreams
morgan morozova
artificial nocturne
Não verbalizou qualquer observação frente às tarefas que lhe eram delegadas, limitando-se a assentir afirmativamente para tudo que era falado. Morgan detinha um jubilo interior por ter seu pedido concedido, mas por fora tendia a não demonstrar afetações. Dessa forma, manteve-se indiferente ao se despedir temporariamente de seu novo chefe e seguiu até onde guardavam sua arma, onde procurou recolhê-la prontamente; de lá dirigiu-se, sem desvios, até o saguão principal do grande prédio.

Uma vez que encontrasse a recepção, resgatando da memória o caminho que havia feito quando chegara ali, o agente procurou por quem pudesse lhe entregar o caderno e a caneta solicitadas pelo seu superior; faria o pedido ao recepcionista especificamente, mas não se importaria de surrupiar os itens do balcão, se por acaso os visse – e se não fosse atendido prontamente.

Dessa forma, tão logo obtivesse o conjunto de escrita, Morgan visitaria o arsenal, onde requisitaria dois pares de algemas ao responsável pelo local; como terceira parada, surgiria na cozinha em busca de suprimentos em quantia suficiente para manter duas figuras grandes satisfeitas por período razoável.

Traçaria todo o itinerário em silêncio, evitando conversas frívolas e passantes interessados; sua voz soaria grossa somente ao requisitar seus pedidos, e limitar-se-ia a dispensar casualidades com um mero sorriso educado. Não era bom com palavras, embora fosse sujeito bem instruído, portanto não via sentido em gastá-las desnecessariamente quando o discurso e a prosa não lhe eram habilidades inerentes.

Finalizando os preparativos, procuraria pelo homem de cabelos platinados, interceptando transeuntes que pudessem lhe indicar o caminho ao seu escritório. Não o encontrando em lugar nenhum, Morgan se manteria próximo à saída do prédio, onde aguardaria pacientemente pela presença do segundo envolvido, que haveria de ouvi-lo falar no novo encontro que tivessem:

Estou pronto, senhor. – Anunciaria por fim. Caso tivesse em mãos a caneta e o caderno requisitados, os entregaria naquele momento, estendendo-os para o outro. – Também tenho um par de algemas extras, caso precise. – Findaria, se os itens estivessem, de fato, em sua posse.

「 R E G I S T R O S 」
「 H I S T Ó R I C O 」
turno: 08.

ganhos:
  1. ambidestria › 03 » t. 01, 05, 06.

perdas:
  1. n/a.

capital: ฿ 2.650.000.
extrato
  1. ฿ 2.650.000 › saldo inicial.
  2. ฿ 00 ↾.
  3. ฿ 00 ⇂.


ferimentos﹒condições:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar missões › 00 | 03;
treinar ambidestria › 03 | 04;
aprender persuasão, barganha e sedução › 00 | 03;
atualizar armas.
Hopeless and taken, We stole our new lives Through blood and pain, In defense of our dreams. We were the kings and queens of promise.
許されざる
CIPHER POL 2
cactus

_________________

Morgan
Shiori
Imagem :
Noturno Artificial - Página 2 EEEWL0c
Créditos :
26
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
Re: Noturno Artificial Qua Jun 22, 2022 10:06 pm



O rapaz não fazia questionamentos, ele prontamente seguiu as instruções caminhando primeiro até a recepção, o que não foi difícil, ele já havia ido lá quando chegou, então ele apenas fez uma caminhada com tranquilidade, onde quando chegou lá, não viu ninguém por perto, e passou a mão num pequeno caderninho e uma caneta, o caderno estava numa estante cheia deles, e a caneta num potinho de canetas.

Depois disso ele desceu ao arsenal onde foi atendido por um rapaz pequeno com mais ou menos um metro e sessenta e cinco centímetros, ele tinha um corte militar. E vestia uma farda padrão, na versão de regata, com o lencinho azul da marinha, ele escutava o pedido e logo respondia.-Certo, só preciso do seu nome pra dar baixa, poderia me dizer por favor?- disse ele esperando o nome do rapaz.

E quando ele dissesse isso, ele daria baixa, anotando na ata com nome do item, nome dele e tudo mais. Em seguida na cozinha, foi fácil pegar as barrinhas de cereal, que ficavam na parte de cima da prateleira mais a direita do local, e em seguida as águas, que estavam na geladeira ali perto. Com tudo organizado ele então voltou ao seu líder, e reportou ter conseguido tudo.

O Grisalho então começou a explicar.-Muito bem, agora me siga, vamos encontrar um possível informante, se mantenha atento.- e com isso ele pegava metade de tudo pra si, exceto as algemas que ele deixava ambas com Morozova. Saindo dali eles caminhavam pelas ruas de Lvneel, se afastando do QG a cada passo, aos poucos eles até mesmo deixavam a cidade.

Começando a andar em uma estrada de barro, o que poderia para muitos ser até assustador, já que bem, ele estava com um agente, mas era um homem totalmente desconhecido pra ele e se ele quisesse apagar o rapaz? De qualquer forma, antes que muitas mais dúvidas pudessem crescer, por conta das quase seis horas de caminhada, eles tinham chegado a um local, dava pra ver a floresta mas ainda não era ela, era um tipo de galpão no meio do nada.

O lugar era feito de madeira, toda envelhecida, estava em ruínas, metade do teto nem estava mais ali, devia ter desabado a anos, haviam muitos buracos nas falanges de madeira, e a metade do teto que ainda estava lá era segurado por uma única pilastra, havia na parte de trás que também era visível, já que eles estavam observando a casa por uma de suas laterais e ainda a distância, um tipo de porão, daqueles de portas duplas, feitas de madeira, essas não pareciam tão empoeiradas quanto o resto das coisas.

E era por isso que dava os indícios da provável passagem de outro ser por ali. Poderia ser apenas um galpão, ou realmente a moradia de outro ser humano. Mas ainda faltavam mais dados. Antes que eles estivessem perto o suficiente para fazer algum barulho audível a quem estivesse nas redondezas a explicação era iniciada.-Enquanto você estava preso, me informaram que um homem conhecido como “Gabiru”, vem por aqui de vez em quando, ele foi visto com alguém que batia com as descrições do homem visto por Calil. Eu irei invadir o lugar, e é provável que ele tente fugir, fique na porta e se alguém saltar de dentro você segura certo? Assim que estiver posicionado lá perto você me faz um sinal de cabeça e abro e salto lá dentro, irei parar de falar para evitar que nossas vozes cheguem a eles, estamos chegando perto.-Disse ele colocando uma questão simples nas mãos de Morgan, mas ainda de forma muito valorosa para a missão. E com todas as coisas.

Nesse ponto, ele podia ver claramente as duas portas do porão, elas eram de tamanho médio, passava dois homens por vez ali, e por isso ele devia querer surpreender o cara ou apenas aquilo era um teste pra ver o valor do seu tal aliado, ele então esperava Morozova se preparar para o plano ser posto em prática.

Histórico:

_________________

Noturno Artificial - Página 2 YHVeK1M

Noturno Artificial - Página 2 VYrwji0
Liebe
Imagem :
cave canem
Créditos :
28
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1598-morgan-morozova#17144 https://www.allbluerpg.com/t1602-a-voz-dos-silenciados#17206
Liebe
Agente
Re: Noturno Artificial Qui Jun 23, 2022 9:32 am
defense
our dreams
morgan morozova
artificial nocturne
Ao fim das pendências, Morgan não demorou para se deparar com seu superior, que, tão ligeiro quanto o próprio Morozova, já estava pronto para precipitar-se em busca de evidências. Morgan guardou ambas algemas na pequena bolsa que carregava, entendo que o par extra não seria utilizado pelo outro, e seguiu pelo percurso indicado, caminhando lado a lado com o homem platinado.

Por sorte, o segundo agente parecia ser igualmente avesso a conversas triviais, e o silêncio que preencheu a caminhada até o destino lhe soou confortável e bem-vindo. Seguiram por uma estrada marrom, desolada e lamacenta; Morgan torceu o nariz para o barro que lhe subia os sapatos, um pouco frustrado por sujar sapatos que lhe foram tão caros, e avaliou o outro em busca de explicações. Precisava saber se estavam perdidos após tanto tempo caminhando pelo vazio, mas o sujeito parecia confiante de que se mantinham no trajeto correto.

Um quarto de dia depois eles se depararam com uma floresta de mata densa, que parecia se estender para além do que os olhos humanos poderiam enxergar. Adentraram-na cautelosamente, e avançaram por entre as árvores em busca do que mais tarde Morgan descobriu ser um pequeno casebre de aparência precária. Analisando-o friamente, Morgan notou as deficiências transmutadas em madeira apodrecida e buracos por todos os lados, com uma imensa fenda substituindo o que antes deveria ter sido um telhado.

Escondida entre tanta degradação estava a entrada para o porão, suspeitosamente mais limpa que o restante da construção. Ali haveria de estar o suspeito denominado Gabiru, ao menos era isso que acreditava o responsável pela missão. Morgan detinha suas dúvidas, mas não expressou desconfiança enquanto se posicionava no ponto indicado pelo seu chefe. Seu papel na embosca haveria de ser simples: agarrar o sujeito que viesse a tentar escapar. Não obstante, Morgan não era dotado de agilidade suficiente para se meter em perseguições.

Por isso sua arma preferida era um chicote, utilizado por ele como um anzol. Desenrolou-o da cintura e o manteve firme entre os dedos dominantes, a atenção focada na entrada do porão. Precisava enlaçar a figura que possivelmente surgiria por entre as portas enquanto ela estivesse ao alcance de sua arma ou, Morgan bem sabia, ele dificilmente conseguiria alcança-lo numa fuga hipotética. Com a cabeça, fez a sinalização combinada; no semblante, um olhar frio dissimulava qualquer tipo de apreensão. E aguardou.

「 R E G I S T R O S 」
「 H I S T Ó R I C O 」
turno: 09.

ganhos:
  1. ambidestria › 03 » t. 01, 05, 06.
  2. algemas › 02 » t. 08.
  3. suprimentos › 0x | 0x » t. 08.
  4. garrafa d'água › 0x | 0x » t. 08.

perdas:
  1. n/a.

capital: ฿ 2.650.000.
extrato
  1. ฿ 2.650.000 › saldo inicial.
  2. ฿ 00 ↾.
  3. ฿ 00 ⇂.


ferimentos﹒condições:
  1. n/a.

「 O B J E T I V O S 」
realizar missões › 00 | 03;
treinar ambidestria › 03 | 04;
aprender persuasão, barganha e sedução › 00 | 03;
atualizar armas.
Hopeless and taken, We stole our new lives Through blood and pain, In defense of our dreams. We were the kings and queens of promise.
許されざる
CIPHER POL 2
cactus

_________________

Morgan
Shiori
Imagem :
Noturno Artificial - Página 2 EEEWL0c
Créditos :
26
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
Re: Noturno Artificial Qui Jun 23, 2022 3:08 pm



Com todo o tempo de caminhada, eles finalmente estavam preparados frente ao porão, e com isso, o chefe abria a porta e pulava lá dentro, e com isso demorava em torno de 40 segundos, quando de repente surgia as vistas um homem pequeno, corcunda, vestindo roupas velhas e rasgadas, todas mal costuradas e acabadas, com olhos amarelos enormes que exalavam maldade, assim como seu sorriso, de dentes pontiagudos. Nas suas mãos um tacape cheio de pregos que ele deveria usar para tentar agredir pessoas que lutassem contra ele.

Seu cheiro fétido invadia as narinas de nosso grandalhão, era um odor que se assimilava às águas de esgoto, uma podridão de fezes, urina e coisas a mais que poderiam ser lembradas por essa desagradavel característica. Sempre que ele movia as mãos e pés seus membros faziam um pequeno barulho, talvez pela forma do seu corpo, ou algum item que ele carregava. Era algo como Trecccc…. Treeecc…. Treeec… Um rangido certamente também irritante.

Noturno Artificial - Página 2 Igor

Ele aparentemente tinha extrema habilidade de salto, e pulava todo o lance de escadas indo pro céu, e aterrisando, a alguns centímetros da borda, ele estava certamente ao alcance do chicote, e dava um segundo salto gritando.-O gabiru é esperto!! Não vão pegar o gabiru!!- Disse ele com uma voz estridente e um tanto irritante, ela era uma voz envelhecida, trêmula, com um timbre irritante, ele viu Morgan e logo ele sabia que teria problema.

Pois o rapaz estava com o chicote preparado, então ainda no ar ele gritava.-GABIRU TE VIU!! Gabiru Percebe tudo!!- e quando ele pousava ele flexionou os joelhos se preparando pra pular denovo, era agora que entrava a necessidade de ação de Morozova, que tinha de começar a fazer os planos de contenção daquele homem pulga fugitivo.

E com isso estava ali saindo aos poucos tranquilo, subindo as escadas de mãos no bolso, o líder daquela missão, que não demonstrava preocupação. Dava pra se imaginar que realmente ele queria testar seu novo agente, e ver também quais as capacidades que ele iria exibir durante toda essa investigação, para o seu superior, apesar do nosso brucutu não saber disso, sua performance aqui diria muito sobre ele no final das contas.

Histórico:

_________________

Noturno Artificial - Página 2 YHVeK1M

Noturno Artificial - Página 2 VYrwji0