Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Ren na Grand LineHoje à(s) 3:06 ampor  TerryProjetinho Fellas: O Vasco Sobe, Volta RibamarHoje à(s) 2:38 ampor  Masques[ Tumba - 1º Andar] Minks do BarulhoHoje à(s) 2:24 ampor  TerryCréditosHoje à(s) 1:47 ampor  PepeWorld Legacy ScarsHoje à(s) 1:45 ampor  Pepe I - Fool me onceHoje à(s) 1:23 ampor  Lyosha[ Tumba - 1º Andar] Os bons de guerraHoje à(s) 12:52 ampor  Kira[Tumba - 1º Andar] Casal da pohaHoje à(s) 12:03 ampor  Deep1º Caneco - Bottoms Up!Ontem à(s) 11:55 pmpor  MakaOperação G.R.E.T.A.Ontem à(s) 11:44 pmpor  Vincent
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Toroa
Página 1 de 1
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco XqxMi0y
Créditos : 44
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t985-capitulo-i-cuidado-com-a-meia-noite
Socos e Tiros - O Assalto ao banco Dom Dez 05, 2021 3:34 pm
Socos e Tiros - O Assalto ao banco

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Alfie B. Stanley. A qual não possui narrador definido.

_________________

Socos e Tiros - O Assalto ao banco J09J2lK
Alfie
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco E148db3d2ffee072b4e88b8b821f6461
Créditos : 00
Re: Socos e Tiros - O Assalto ao banco Seg Dez 06, 2021 11:30 am



»» Socos e Tiros - O Assalto ao banco ««

- Alfie B. Stanley -


Socos e Tiros - O Assalto ao banco Gun-1024


Um longo e pesado suspiro era dado após a última tragada de meu cigarro, jogava o resto de pituca fora imaginando onde eu poderia encontrar mais alguns maços de cigarro nessa nova ilha. Não era familiarizado com ela visualmente, mas havia ouvido várias histórias de John contando que começou seu bando nessa ilha e como amava assistir os Shows realizados na casa Weise e Lábele, ou correr pelas ruas da cidade.

Com uma certa calma, começaria a andar em direção ao núcleo da cidade, procurando por um objetivo claro, um banco. Olharia a minha volta prestando atenção sobre clima, as construções e as pessoas se estivessem na rua, mesmo com um objetivo claro obter informações era algo que aprendi desde cedo que é algo muito valioso, por isso deixaria meus sentidos aguçados sedentos por algo fora do comum, como uma conversa contando um acontecimento, ou uma ação duvidosa.

- There once was a ship that put to sea. - Cantaria empolgadamente com um sorriso em meu rosto. - And the name of that ship was the Billy of Tea.

Caso o sol ainda estivesse iluminando as ruas pelas quais andava, procuraria por alguém que pudesse me informar. - Pelos Deuses, estou perdido poderia me ajudar a encontrar um banco? Preciso abrir uma conta… - Abordaria quantas pessoas forem necessárias, agradecendo se me fossem uteis. - Que os Deuses lhe abençoe, muito obrigado. - Do contrário, torceria para encontrar placas ou alguma sinalização que me indicasse a localização do banco, andando pelas ruas bastante antes de desistir.

Encontrando o local, caminharia ao seu redor procurando por todas as entradas, a segurança de cada uma delas, qual a distância até o posto de milícia, e quantas pessoas estariam de guarda no estabelecimento, caso estivesse aberto entraria novamente atento olhando ao redor para ter a imagem clara do ambiente no futuro, mais uma vez procurando ver quantos seguranças haviam, por fim me dirigia a pessoa que estivesse atendendo.

- Poderia me ajudar? Gostaria de fazer um empréstimo com o banco e queria saber o que é necessário, e qual quantia vocês conseguiriam me emprestar. - Usaria de meu charme e lábia para encantar a pessoa com um sorriso gentil. - Uau você realmente sabe como funciona as coisas, trabalha a muito tempo nesse lugar?

Se porventura não encontrasse o banco depois de minhas buscas, procuraria por uma taberna, provavelmente sendo mais fácil de encontrar, procuraria por placas ou movimentações das pessoas. Quando estivesse no local, iria até o balcão e enquanto olhava discretamente as pessoas no local procurando identificar as mais fortes entre elas.

- Poderia me servir um copo de cerveja por favor? - Fitava os olhos da pessoa em que me atendesse e então sorriria. - Estou com sede hoje, então é provável que você ganhe uma boa gorjeta.






Histórico:
Post: 01
Nome: Alfie B. Stanley
Profissão: -x-
Proficiências: Ameaça, Briga, Labia, Sedução e Anatomia
Qualidades: Ambidestria, Atraente, Impassivel, Precisão temporal, Voz melodiosa, Prontidão e Hipoalogia
Defeitos: Divida, Apegado, Dependente, Ambição e Intolerância racial
Ganhos : -x-
Perdas: -x-
Vicio: 1/10
Localização:

Objetivos:
Principal
   - Assaltar um banco [ ]
   - Recrutar um medico [ ]
   - Recrutar um navegador [ ]
   - Aprender acrobacia [ ]


Secundario
   - Recrutar Cozinheiro [ ]
   - Recrutar Ladrão [ ]
   - Recrutar Cientista [ ]
   - Recrutar Lutador [ ]
   - Conseguir um soco ingles [ ]
  - Conseguir um barco [ ]


Opcionais
   - Iniciar Treinamento de barbaro [ ]
   - Pagar divida [ ]
   - Cartaz de Procurado [ ]




Poubelle
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco Jony_j10
Créditos : 00
Localização : Las Camp - West Blue
PoubelleCivil
https://www.allbluerpg.com/t895-pou-belle https://www.allbluerpg.com/t896-a-viagem
Era mais um dia lindo na pequena ilha de Toroa, pássaros cantavam ao longe, o sol brilhava firmemente no topo do céu aquecendo a terra e as pessoas nas ruas pareciam animadas por algum motivo. E em meio a tanta beleza, o jovem Alfie perambulava. Cantarolando  e andando despretensiosamente, o jovem fazia seu caminho até o Banco da ilha. Enquanto andava podia ver diversos panfletos colados em paredes, postes e árvores. Notícias sobre espetáculos, suas atrações e até mesmo anúncios de empregos, em um deles se lia claramente” Contrata-se assistente de palco. Sem experiência necessária. Procurar  Casa de Show Weise.”

O local que Alfie procurava não era difícil de se achar, pois diferente das belas e alegres construções ali presentes, o estabelecimento tinha uma arquitetura fria e acinzentada. Sem demora o jovem adentrar ao prédio. O lugar era grande  mas extremamente monótono, algumas filas de pessoas à espera de atendimento, funcionários trabalhando e levando documentos de um lado para o outro. As paredes possuíam uma cor branca sem quaisquer detalhes e nenhuma decoração podia ser vista. A área dos caixas se encontrava ao fundo do salão, na mesma direção que as filas de pessoas se dirigiam. Fora isso, o estabelecimento proporcionava um punhado de bancos para que os clientes se sentassem, nada fora do normal.

Logo na entrada um par de seguranças parecia observar os visitantes, com semblantes sérios a dupla vigiava a movimentação do local.Outros dois aguardavam a passagem para uma escada que provavelmente levaria ao segundo andar do prédio e apresentavam expressões fechadas assim como seus outros companheiros.Todos portavam pistolas em suas cinturas e aparentavam estar capacitados para as utilizar.Era certo que se qualquer pessoas visse causar problemas ali seriam recebidas de maneira agressiva.

Enfim, a vez de Alfie ser atendido chegava, e o menino caminhava para o balcão. Com sua voz suave e fala mansa o jovem indagava a atendente sobre a possibilidade de um empréstimo. A mulher que o atendia prontamente o respondia -Me desculpe senhor, mas empréstimos só estão disponíveis para clientes do Banco.- Sua voz era meiga e um sorriso simpático estampava seu rosto. -Se quiser abrir uma conta eu só preciso que me passe seus dados. E então podemos ver a possibilidade de fazer negócios com o senhor.- Falava calmamente. O jovem aspirante a pirata aproveitava a deixa para lançar seu charme. Usando do seu dom natural para o flerte, Alfie tentava puxar uma conversa com sua nova conhecida.

A menina corava ao ouvir as palavras de gracejo e respondia. - è só parte do meu trabalho senhor. Estou com o banco a três anos.- Soltando uma pequena e bela risada ela continuava -Sabe, o banco está procurando novos funcionários. Se o senhor precisa de dinheiro, tenho certeza que conseguiria o emprego.- Era claro o favorecimento da jovem para com o rapaz, quase como se estivesse encantada com a presença do mesmo.- Se interessar. É só falar com um dos seguranças perto das escadas, fale que a Mari te recomendou.- Dizia apontando para os dois homens posicionados à frente da escada.-Adoraria trabalhar com .- Antes que a jovem conseguisse terminar de falar uma voz a cortava.

-Senhorita Mari , por favor acelere com seus atendimentos. Você sabe que iremos fechar cedo hoje.- A voz vinha de um homem de terno atrás da menina, sua postura era impecável e sua voz era rouca mas gentil - Hoje a ilha terá um daqueles festivais circenses. Todas as casas de show terão espetáculos. A cidade vai ficar uma bagunça e não quero pessoas agitadas perambulando pelo banco.- Após falar tais palavras, o homem parecia finalmente reconhecer a presença de Alfie ali.Olhando o garoto de cima a baixo o homem falava -Perdão senhor, desculpe atrapalhar seus negócios.-E então partia Suas palavras eram gentis,mas seu rosto indicava que não tinha uma boa impressão do jovem.
Observações:
Eai, eu vou ser o seu narrador.
Eu não sei se você viu o topico de NPCs acompanhantes, mas tirando o um NPC pricipal o resto dos seus seguidores não vão dar nenhum bonus narrativo referente a profissões. Preciso que você escolha uma profissão que desejaria que seu npc acompanhante tivesse e podemos trabalhar com isso.
Outra coisa, so da para oficializar um npc no lvl 2 . Ja podemos começar a trabalhar a relação com eles apartir daqui, mas ele so ira para sua ficha depois.

Espero que corra tudo bem na aventura.Se possivel me chama no discord para conversarmos mais. Mascarenhas#4325

Historico:
Nº de Post Alfie: 01
Nº de Post Narrador:02
Ganhos: X
Perdas: X
Alfie
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco E148db3d2ffee072b4e88b8b821f6461
Créditos : 00
Re: Socos e Tiros - O Assalto ao banco Sex Dez 10, 2021 11:47 am



»» Socos e Tiros - O Assalto ao banco ««

- Alfie B. Stanley -


Socos e Tiros - O Assalto ao banco Gun-1024


Se houvesse um balcão ali, apoiaria o braço e então a cabeça sobre minha mão, virando um pouco meu rosto, indicando que estava admirando algo, ou nesse caso alguém, e não me importava de deixar isso claro, visto que ela parecia cair no meu charme. Então sorriria calmamente, enquanto a escutava atenciosamente.

- Um emprego? Se for virar seu colega de serviço claro que vou querer… - Fitaria seus olhos esperando uma reação positiva então prosseguiria. - A não ser que aqui exista alguma política dos empregados não ter algum tipo de relação.  - Piscaria para ela sorrindo. - De qualquer forma obrigado, irei falar com ele, o que acha de no final do expediente me levar para tomar um drink?

Me afastava da moça e ia em direção ao guarda. Com uma postura descontraída mas ereta dando a impressão que sabia me cuidar, mas não estava ali para causar problemas. - Bom dia senhor! - Exclamaria estendendo a mão para comprimentar.

- A Mari comentou que vocês estão precisando de empregados, gostaria de saber como faço para me candidatar a vaga. - Analisaria calmamente o homem à minha frente, sem demonstrar isso, procuraria entender suas reações e expressões, a fim de usar isso a meu favor no futuro.

Caso as coisas fluíssem bem, pela influência gerada pela indicação, aproveitaria a oportunidade para pedir um tour pelo lugar, se eu quisesse trazer um pequeno bando mais tarde, ou nos dias seguintes seria bom conhecer o lugar como a palma de minha mão. - Sendo assim, o senhor poderia me apresentar o lugar? Como funcionam as coisas e tudo mais por aqui? Pretendo ser o funcionário do mês então acho que conhecer aqui seria util. - Usaria de minha lábia a fim de esconder minhas reais intenções.

Se ele me desse essa oportunidade, novamente prestaria atenção, no ambiente, entradas, saidas, janelas, segurança, quantidade de atendentes, se houvesse algum sistema de alarme, o que havia no segundo andar… Buscaria fazer uma lista mental de tudo o que acontecesse e visse.

- Muito obrigado, quando posso começar? - Mostraria prontidão e animo para o serviço, esperando que ele me instruísse o que supostamente eu teria que faz e como faria.

Em todos os momentos, estaria atento também às movimentações de outras pessoas como os clientes, parecia se aproximar um show importante, poderia surgir uma oportunidade de conhecer novos integrantes de meu futuro bando pirata, ou pelo menos aproveitar as apresentações que meu mestre tanto falava.






Histórico:
Post: 01
Nome: Alfie B. Stanley
Profissão: -x-
Proficiências: Ameaça, Briga, Labia, Sedução e Anatomia
Qualidades: Ambidestria, Atraente, Impassivel, Precisão temporal, Voz melodiosa, Prontidão e Hipoalogia
Defeitos: Divida, Apegado, Dependente, Ambição e Intolerância racial
Ganhos : -x-
Perdas: -x-
Vicio: 1/10
Localização:

Objetivos:
Principal
   - Assaltar um banco [ ]
   - Recrutar um medico [ ]
   - Recrutar um navegador [ ]
   - Aprender acrobacia [ ]


Secundario
   - Recrutar Cozinheiro [ ]
   - Recrutar Ladrão [ ]
   - Recrutar Cientista [ ]
   - Recrutar Lutador [ ]
   - Conseguir um soco ingles [ ]
  - Conseguir um barco [ ]


Opcionais
   - Iniciar Treinamento de barbaro [ ]
   - Pagar divida [ ]
   - Cartaz de Procurado [ ]

Observações:

Eaaae meu bom, primeiramente obrigado por topar pegar minha aventura e espero que possamos nos divertir enquanto cria a história desse personagem, sobre os objetivos pode ficar tranquilo, desejo me envolver com o maximo de npcs possivelmente, e aprofundar todos os relacionamentos, mesmo não sendo companheiro preciso de seguidores para o bando(Confirmei com o Formiga e é possivel que tenha npc seguidor com profissão, contanto que não me aproveite dos bonus, ou seja posso recrutar um medico, e ele fazer um curativo em um machucado, mas não vai me render muita mais coisa que isso) como vou ir solo, provavelmente npcs vão ser essenciais nos meus rps, por exemplo nesse roubo que planejo, gostaria de levar pelo menos uns 5-6 npcs que sabem lutar para conseguir fazer um rp daora.

Por fim, gostaria de lhe perguntar sobre o ritmo, como podemos ver isso e de quanto em quanto tempo você pode postar e tals…




Poubelle
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco Jony_j10
Créditos : 00
Localização : Las Camp - West Blue
PoubelleCivil
https://www.allbluerpg.com/t895-pou-belle https://www.allbluerpg.com/t896-a-viagem
-Vou aguardar ansiosa por isso- Respondia a jovem recepcionista com o olhar inocente e o rosto corado.Terminando de flertar Alfie ia em direção a um dos seguranças e se apresentava apresentando sua mão para um cumprimento. O Homem por sua vez olhava seriamente para o rapaz e para a mão estendida sem demostrar qualquer sinal de que iria o cumprimentar. Porém quando o nome de Meri era citado um pequeno sorriso de canto de lábio  aparecia.- Por favor me siga- Dizia se virando e começando a subir as escadas. Chegando no andar superior os dois se encontravam em extenso corredor com múltiplas portas. Cada uma guardada por um segurança. Todos viraram seus olhos para a dupla mas nenhum deixava seu posto. Caminhando calmamente o homem levava Alfie até uma das portas, o sujeito parecia não dar muita atenção às perguntas de Alfie e apenas o escoltava o jovem até uma porta -Entre- dizia abrindo a mesma.-Tudo vai ser explicado aqui dentro-

Dentro do novo cômodo, onze pessoas podiam ser vistas. Figuras de todos os tipos podiam ser vistas. Homens magros, gordos, mal encarados e até sujeitos de aparências frágeis. Era realmente uma grande variedade de personalidades - Mais um candidato? Achei que todos estivessem aqui.- Dizia uma das figuras ali presentes. Descontentamento podia ser sentido  em sua voz. A figura, que trajava um terno e se encontrava diante dos outros dez sujeitos enfileirados, parecia estar no comando por ali. -Recomendação da Mari- Dizia o segurança que escoltará Alfie até ali. O rosto do homem de terno se tornava um pouco mais alegre com tal resposta  -Se é assim. Por favor entre na formação.- Dizia indo até uma mesa no canto da sala e pegando algumas pranchetas e distribuindo para os homens ali presentes.- Como dizia. Meu nome é Bil e sou o responsável pela contratação de hoje.Por favor preencham essas fichas. Como todos sabem,as vagas de hoje são para seguranças temporários e o salário é muito bom. Espero que possamos trabalhar juntos ao longo da semana durante o festival que ocorre na ilha. Peço que sejam bem sinceros nas suas respostas- Concluído a entrega dos objetos, Bil então parava novamente na frente dos onze homens.-Se tiverem qualquer dúvida, por favor perguntem.-

Só restava agora a Alfie preencher o formulário que lhe fora entregue, junto a prancheta em sua mão um lápis que poderia utilizar para escrever podia ser visto.Lendo o pedaço de papel  o jovem veria estas perguntas:

-Qual seu nome?
-Idade?
-Endereço?
-Se você fosse um animal, que animal seria?
-Seu maior defeito?
-Sua maior qualidade?
-Por que quer trabalhar conosco?


Observações:
Desculpa a demora e pelo post fraco. Tive que fazer um relatorio pra faculdade que pego um bom tempo. Normalmente posto a cada dois dias

Historico:
Nº de Post Alfie: 02
Nº de Post Narrador:02
Ganhos: X
Perdas: X
Alfie
Ver perfil do usuário
Imagem : Socos e Tiros - O Assalto ao banco E148db3d2ffee072b4e88b8b821f6461
Créditos : 00
Re: Socos e Tiros - O Assalto ao banco Qua Dez 15, 2021 12:00 pm



»» Socos e Tiros - O Assalto ao banco ««

- Alfie B. Stanley -


Socos e Tiros - O Assalto ao banco Gun-1024


Antes que pudesse me dar conta, estava em uma sala cheia de todo tipo marmanjos, e com uma prancheta na mão, mas antes que respondesse uma indagação vinha a minha mente. "Como uma atendente de caixa tem tanta influência sobre os guardas, e mais importante como vou tornar ela a minha primeira parceira?"

Sem mais delongas, deixava os pensamentos um pouco de lado e pegava o lápis para preencher o formulário, em situações futuras provavelmente seria interessante ocultar minha identidade até o momento do crime, mas meu nome ainda não era infame por isso não me importava em preencher corretamente.

-Qual seu nome: Alfie B. Stanley
-Idade: 21
-Endereço: Indefinido
-Se você fosse um animal, que animal seria: Um cachorro
-Seu maior defeito: Ambição
-Sua maior qualidade: Prontidão
-Por que quer trabalhar conosco: Arrecadar uma boa quantidade de dinheiro, para resolver problemas pessoais.

Entregaria o formulário quando pedissem, e então perguntaria. - Senhor Bil, poderia me contar mais sobre a segurança do festival? Sou novo aqui em Toroa, e esse vai ser o primeiro festival que irei. - Seria respeitoso, e usaria uma voz passiva e firme desejando uma resposta que me englobasse mais sobre a situação.

Em um estalo de sinapses, me dava conta de que tinha homens desempregados naquela sala, homens que poderiam adicionar força ao meu futuro bando, analisaria eles com calma e sutileza em busca de alguém ou um pequeno subgrupo que aparentava ser forte(s) e ganancioso(s).

- Prazer me chamo Alfie, você(s) é(são)? - Mediria suas ações com cuidado, e caso a abordagem fosse passiva. - Curte(m) uma boa luta? E uma grande quantidade de dinheiro? - Se mostrassem interesse, perguntaria calmamente. - O que acham de bebermos juntos qualquer hora?







Histórico:
Post: 02
Nome: Alfie B. Stanley
Profissão: -x-
Proficiências: Ameaça, Briga, Labia, Sedução e Anatomia
Qualidades: Ambidestria, Atraente, Impassivel, Precisão temporal, Voz melodiosa, Prontidão e Hipoalogia
Defeitos: Divida, Apegado, Dependente, Ambição e Intolerância racial
Ganhos : -x-
Perdas: -x-
Vicio: 2/10
Localização:

Objetivos:
Principal
  - Assaltar um banco [ ]
  - Recrutar um medico [ ]
  - Recrutar um navegador [ ]
  - Aprender acrobacia [ ]


Secundario
  - Recrutar Cozinheiro [ ]
  - Recrutar Ladrão [ ]
  - Recrutar Cientista [ ]
  - Recrutar Lutador [ ]
  - Conseguir um soco ingles [ ]
 - Conseguir um barco [ ]


Opcionais
  - Iniciar Treinamento de barbaro [ ]
  - Pagar divida [ ]
  - Cartaz de Procurado [ ]

Observações:

Pode ficar sussa, qualquer coisa chama meu irmão no discord que quando puder eu respondo.