Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Página 1 de 1
Ryanletony
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony 120x120
Créditos : 00
[TUTORIAL] - RyanLeTony Ter Nov 23, 2021 1:02 am
Nome: Tétis
Idade: 19
Raça: Meio-gigante
Gênero: Feminino
Localização: Las Camp - West Blue
Estilo de Combate Básico: Artista Marcial
Mão Predominante: Canhota
Qualidade: Atraente
Defeito: Depressiva
Photoplayer:
[TUTORIAL] - RyanLeTony EHqj-JNU4AAtUNH
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Ter Nov 23, 2021 9:37 pm
TUTORIAL APROVADO

Bem vindo ao All Blue RPG, a partir de agora eu serei seu Instrutor, irei lhe ensinar o básico sobre o fórum. O primeiro post é seu e peço desde já que se atente a sua mini ficha para trabalhar bem suas qualidades e defeitos durante a narrativa. Qualquer dúvida que tiver pode mandar MP que irei responder o mais rápido possível. Segue abaixo algumas informações importantes:

● A ficha usada para o tutorial é exclusiva dele e não precisa ser reaproveitada na sua ficha oficial, que pode ser completamente diferente. Mas nada lhe impede de usar o mesmo personagem.

● O fórum parte da premissa de evitar ao máximo God Mode, ou seja, que o jogador, controle NPCs e cenários. Em resumo evite descrever coisas como “O sol estava forte”, “Era uma manhã fria”. Não é um problema você dizer que acordou ou que está em casa, porém evite criar coisas.

● Uma dica importante para todos é que apesar de não se poder narrar cenários, ou controlar NPCs você pode procurar coisas e interagir com elas colocando a possibilidade de encontrar tais coisas. Exemplo: “Iria levantar e ir até a geladeira da casa, procuraria dentro dela uma maçã e se encontrasse uma já metia aquela bela mordida”

● Recomendo que consulte o Guia de Narração, Guia do Novato e Guia de Combate. antes de realizar o primeiro post.

● Por fim, sempre atente-se ao post de seu Instrutor e as dicas que ele der com cuidado, elas podem ajudar muito você a se guiar no fórum.
Ryanletony
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Qua Nov 24, 2021 12:17 am
A alta jovem estava sentada, com a testa colada aos joelhos, tinha saído de casa há um tempo e não sabia como tinha ido, mas não conseguia voltar, talvez nem queria na verdade, talvez aquele tempo fora pudesse chamar a atenção de quem passasse por ela, e quem sabe era o que a dama buscasse ou provavelmente não, parando para pensar, não parecia uma situação das mais agradáveis, todos a percebendo e notando o quão estranha e desengonçada era ela, vendo bem o ideal devia ser retornar ao lar, sem ninguém para a importunar ou tirar sarro.

Mas simplesmente não dava, cada músculo de seu corpo concordava, se resolvesse voltar agora, ficaria escancarado seu corpo vexaminoso, seu semblante choroso, seu jeito excêntrico de andar e tudo mais que ela julgava como rude, errado e/ou imperfeito; e mesmo antes de se lembrar desse detalhe, já não era uma opção se levantar, não havia ânimo nenhum para se mover, tudo parecia tão maior que ela, nada que fizesse parecia importar e aparentemente qualquer escolha que tomasse a levaria para as mesmas consequências.

Sua imobilidade era culpa da dor, não uma dor muscular, nos ossos ou em qualquer parte da perna ou do resto do corpo, sua angústia era algo mais profundo, mais abstrato, mais emocional, mas nada com que ela pudesse enfrentar ou soubesse resolver facilmente, na sua cabeça, ela precisava de alguma coisa, uma motivação ou coisa assim, o que quer que fosse ela só definia da seguinte forma:

— Um motivo para viver... — Pensava a grandona.
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Qui Nov 25, 2021 8:51 pm


[TUTORIAL] - RyanLeTony DkI2H3
Narração

Havia campos por toda parte, em cada colina e em cada encosta. Bastante solitária, as únicas companhias que a nossa protagonista tinha naquela manhã eram os veados e cavalos que brincavam e vagabundeavam nos pastos abertos e bem no centro dos campos havia uma estrada velha e poeirenta coberta de mato. Aquela era uma região bastante inóspita, cercada por extensas fazendas, o que permitia que Tétis acabasse buscando refugio nessa região.

Essa em especial era uma propriedade muito velha e aparentava estar abandonada. Um enorme estábulo abrigava dezenas de cavalos e os animais pareciam não se importar com a presença de Tétis. A cova enegrecida que recebeu a fogueira feita por Tétis na última noite ainda soltava o resquício das cinzas e fumaça. Uma pequena casa de hóspedes ficava ao lado da casa da fazenda principal como uma cópia em miniatura. A fazenda tinha uma sensação agradável, principalmente graças à brisa suave e aos sons da natureza ao redor.

Caminhando a passos lentos e com um cesto enorme pendurado através do seu antebraço esquerdo, um homem loiro levemente bagunçado, olhos azuis oceano e pele clara colocavam armava sobre o campo uma grande toalha dando origem a um piquenique. — Bom dia, flor do dia. — Esse era um rosto bastante familiar para Tétis, o rosto de Emmanuel, um rapaz muito agradável, uma excelente companhia e ávido por arte e literatura. — Não me diga que esta tendo uma de suas crises de novo? Eu ficarei extremamente ofendido. — Ele parecia ser muito sincero em seus sentimentos.

No piquenique que Emmanuel acabara de montar, uma variedade de alimentos. Pães comuns e recheados com goiaba, frutas como maçãs e uvas, suco natural de laranja e bolo para acompanhamento. — Então minha querida Tétis, você já pensou na oferta que eu te fiz? — Ele dava uma mordida em uma maçã enquanto esperava pela resposta da meio-gigante. — Está na hora do mundo conhecer a beleza e a simpatia que exala de você, a pessoa incrível que você é. Se você aceitar fazer parte do time de dramaturgia de Las Camp... Pense nas viagens que faremos capaz de cruzarmos os quatro Blues com o nosso espetáculo e sendo você a grande protagonista de tudo isso. Nos amores que descobriremos, nas amizades novas. — Insistia o jovem. Ao que parece, ele estava na tentativa de convencer a nossa protagonista já há algum tempo, será que dessa vez ele conseguirá amolecer o coração de Tétis?  
 
 

Considerações:

Olá, seja bem-vindo ao fórum!

Gostei do que eu vi, fez o arroz com o feijão, não deu brechas para que eu negasse o post. Eu senti que foi uma boa apresentação da personagem, deu pra ter uma noção legal sobre ela, só vi uma dificuldade ou a falta de proatividade em progredir por si mesmo, é algo que eu preciso que você trabalhe melhor para os próximos posts. Seja você o protagonista de sua própria história, sem ficar refém de narrador. Volto com mais feedbacks a partir do próximo.

Ryanletony
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Sex Nov 26, 2021 1:49 am
Tétis tentava esconder seu rosto do homem, não queria que seu rosto abatido o fizesse sentir pena, mesmo que toda aquela situação contradizia completamente tal ideia, a meio-gigante mantinha sempre um olhar completamente cabisbaixo enquanto ouvia mais uma vez a ideia do artista e, por incrível que pareça, lhe era confortável o pensamento de fazer parte de um grupo e de possivelmente ser exaltada nessa empreitada, o sim percorria por seus neurônios com certa intensidade, mas isso não fora o suficiente para quebrar o marasmo dela.

O silêncio dela imperava dado o tempo em que a grandona julgava se queria aquilo mesmo e, em caso afirmativo, se seria uma boa ideia, ponderando bem cada situação e possibilidade que pudesse lhe aparecer e destruir tão fantasia, além disso tudo, Tétis tinha dificuldade em responder, mesmo que para negar, simplesmente fazê-lo do nada seria muito repentino. Ocorreria bem mais fácil se ele perguntasse mais uma vez, mas e se novamente não tivesse coragem e segurança o suficiente e voltasse ao mesmo dilema? Após se debater com tais questionamentos internos por minutos, finalmente surgiu o mínimo de iniciativa para que pudesse respondê-lo:

— Eu não sei, não, Emmanuel... — Ela disse ainda tentando se esconder do olhar do homem. — Eu não sou bela como você disse, eu sou feia, eu sou desajeitada, uma aberração inútil, se eu for, o máximo que acontecerá é eu ser confundida com uma palhaça, já que certamente vão tirar sarro de mim só de eu pisar no palco! — Dizia a meio-gigante obtendo um tom de revolta misturado com amargura que aumentava a cada palavra. — É muito melhor ficar assim, sozinha e triste, mas sem ninguém para me machucar e piorar tudo!

 Com esse pequeno desabafo, Tétis se levantou incomodada com aquele momento de indecisão e insegurança, seus olhos principiavam um momento de choro, e mais agora que nunca, ela não queria expor aquilo perto do rapaz, pois seria ainda mais doloroso se ele a encontrasse em um momento de fraqueza pior do que ela já estava.
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Ter Nov 30, 2021 8:22 pm


[TUTORIAL] - RyanLeTony DkI2H3
Narração

A situação de Tétis estava tão feia que ela nem mesmo tocou na comida feita por Emmanuel. — Eu não aceito não como resposta. Você precisa comer para ficar forte, essa é a regra. — Insistia o homem. — Venha comigo pelo menos conhecer a estrutura da academia e as pessoas envolvidas no projeto. Eles estão muito empolgados com a possibilidade de você emplacar na nossa peça e os próprios diretores vêem com bons olhos a questão financeira. Eles acreditam que você pode atrair muitos patrocínios e nós servirmos como uma ferramenta de dialogo entre dois ou mais Reinos. — Continuava.

Nesse instante surgiu em campo um terceiro integrante. Aquela era uma menina de pele clara e baixa estatura com cabelo curto platinado e uma espada na linha da cintura. Ela usava uma roupa semelhante à de um pirata, constituindo em um chapéu rosa de pirata com uma bandana amarela amarrada em volta da cabeça, um espartilho vermelho com duas mangas de bispo brancas em ambos os braços, uma blusa rosa com um cinto de faixa marrom e botas rosa compridas. — Blablablabla blablablabla. — Ela se apresentava para os demais. — Mas que papinho mais chato. Atuar? Isso é construir diferentes personagens? Pra diferentes situações? E a liberdade e a natureza das pessoas, onde ficam? — Contestava. — É por isso que eu, Rose Lefay decidi ser uma pirata, pois não existe uma carreira mais livre do que essa e acabei logo no início de minha jornada ouvindo sobre essa meia-gigante solitária e de personalidade triste. Decidi então que vamos mudar esse cenário, aceite ser minha companheira, evolua ao meu lado e nunca mais derrame uma lagrima. — Emendava.

— Mas é claro que ela não deve aceitar essa oferta. Piratas são escorias da pior espécie. — Intervinha o ator. — Como é que é seu frutinha? Quer mesmo arrumar uma briga comigo? — Rebatia a pirata, cerrando os punhos em sinal de raiva. — Vamos, diga logo que vai aceitar o meu convite e dispense-a logo. — Emmanuel começava a se exceder.

Para uma pessoa aparentemente tão solitária, algo em Tétis atraia as pessoas. Talvez fosse o seu tamanho ou a sua graça natural, fato é que agora ela tinha dois convites à mesa para se decidir. Ou quem sabe ela resolvesse construir a sua própria jornada sem a ajuda de ninguém.      
 

Considerações:

Continuo a gostar do que eu vejo. Apenas um detalhe, você chega a cogitar acertadamente a possibilidade de Emmanuel insistir no convite, mas não trabalha com essa hipótese. Em diálogos e situações como essa procure trabalhar com diferentes respostas para diferentes cenários. Um exemplo, um cenário favorável, uma recusa, um elogio, uma ofensa, como Tétis reagiria?

Do mais, vamos seguir.

Ryanletony
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] - RyanLeTony 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] - RyanLeTony Qua Dez 01, 2021 12:07 am
Tudo se complicou ainda mais para a meia-gigante quando viu o seu já complexo dilema que a deixava entre a cruz e a espada se abrir para mais uma opção, Tétis se virou e olhou incrédula para toda aquela situação, já não bastava o Emmanuel a assediando há tempos, agora tinha a tal de Rose para sugerir algo absurdo e impensável para a jovem. Pirataria? Não é algo que alguém te convida todo o dia, se bem que ser chamada para atuar também não, mas ao menos era mais comum que viajar pelo mundo usando como pretexto... a liberdade?

Liberdade, era um conceito muito alheio para a grande mulher que vivia presa às próprias inseguranças. O que seria ser livre? Se desprender de tudo e ir atrás da felicidade? Tétis começava a raciocinar sobre aquilo e, quando a estranheza da proposta sumiu, não parecia algo tão ruim assim, nos palcos, ela continuaria como a mesma pessoa, com medo de errar em frente ao público; ter coragem para enfrentar os medos era romântico demais para a alta jovem, por outro lado, escapar daquele marasmo para viver um mundo sem preocupações a atraía mais do que sua altura àqueles dois.

A cabeça dela borbulhava de expectativas, imagine um mundo próprio em que você não precisaria se preocupar com o que os outros pensam de você já que em pouco tempo nunca mais ouvirá notícias de quem pensou algo de você, uma realidade em que os erros pouco importam, já que a simples existência nela já te configuraria como alguém que os comete de propósito, a fuga perfeita da melancolia, abraçar totalmente o que a deixava melancólica.

Mas não podia ser fácil para ela, nunca foi, o ator havia dedicado tempo e recursos para levá-la para uma carreira de sucesso a seu lado, se Tétis fosse com tanta sede ao pote para cima da nova proposta, ele poderia se magoar profundamente, de certo, ninguém gostaria de ver que, depois de se esforçar tanto para ajudar alguém, essa pessoa na primeira oportunidade virasse uma fora-da-lei, doeria muito perder uma amizade assim e esse era o medo da grandona, mas ainda assim, ela não poderia dizer nem pensar e se arrepender depois, quem dirá aceitar o convite dele e ir de encontro com um futuro tão remoto e intimidador.

Continuar se isolando de todo mundo e sofrendo em silêncio até que passasse também era uma solução válida, mas nem um pouco atraente agora que ela recebia uma espécie de ultimato com tamanhas propostas, sem contar que esperar a tristeza sumir não inspirava garantia nenhuma de que ela não passaria pelo mesmo outras vezes se continuasse com a vida de sempre, se manter no escuro tornara-se loucura naquela altura do campeonato, a decisão devia ser tomada naquele instante ou nunca mais o raio atingiria o mesmo local uma segunda vez. Tétis se direcionou para a pirata enquanto evitava olhar para o ator com seus olhos cheios de culpa pela decisão.

— É sério tudo o que você disse sobre ser uma pirata? — Perguntou timidamente a meia-gigante com os braços para trás sem olhar diretamente para Rose.