Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21 ampor  Koji6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Ontem à(s) 11:23 pmpor  Sashaficha Aika KinOntem à(s) 10:50 pmpor  mestrej2° - De Dawn a Shells - Uma viagem para conhecimento.Ontem à(s) 10:39 pmpor  SaruNo Maidens?Ontem à(s) 9:38 pmpor  IzumiCap. 2 - Ascendendo às profundezasOntem à(s) 9:23 pmpor  VanKaoru KageyamaOntem à(s) 9:09 pmpor  Kaoru[Pedido de instrutor] - TaliyahOntem à(s) 9:00 pmpor  nothawaiian[TUTORIAL] - TaliyahOntem à(s) 8:56 pmpor  nothawaiianPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Ontem à(s) 8:46 pmpor  Van
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 1 de 1
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota Giphy
Créditos : 17
Localização : Rota 6 - Piutôv
SashaRank B
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
O Careca Agiota Qui Fev 24, 2022 5:08 pm
O Careca Agiota

Aqui ocorrerá a aventura do Agente Oop. A qual não possui narrador definido.

_________________



O Careca Agiota WN4Utd7

Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Re: O Careca Agiota Qui Fev 24, 2022 5:19 pm
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 24/02/2022 | página: 1 | Seção: 1
Missão: Nenhuma



Debruçado sobre o parapeito do navio, observava Sirarossa se aproximar lentamente no horizonte. Pensamentos de como seria minha nova vida tomavam minha atenção. É a primeira vez que saio da Ilha do Cabelo, lá e Marry Geoise são tudo oque conheço deste mundo. Um sorriso largo se formar, na verdade, é isso o'que nós queríamos desde criança, conhecer o mundo — Champ. Calypso. Vou encontrá-los, esperem por mim

Deslizei os dedos pela borda da embarcação enquanto caminhava em direção a porta que daria para o interior. Lá, iria até onde os marinheiros estão — Olá, é a primeira vez do vocês em Sirarossa? Meu nome é Oop. — a Agência ficou responsável de me enviar para os blues, a maioria dos passageiros que vi eram marinheiros — Veio algum civil conosco? — perguntaria só de curiosidade. Se ouvisse respostas amistosas, começaria a conversar com os presentes ali, dando respostas amigáveis e sobre minha estadia na ilha.

Quando chegássemos em terra firme, recolheria minha bagagem e sairia junto dos marinheiros — Ei, podem me ajudar a encontrar o QG daqui? Provavelmente me perderia se tentasse sozinho. —. Antes de sair do barco, agradeceria aos trabalhadores e ao capitão pela ótima viagem, por fim, daria duas batidas no casco — Obrigado por nos trazer em segurança — esse último era direcionado ao veículo.

Daria uma boa olhada na ilha enquanto estivéssemos caminhando. Recebi poucas informações sobre o lugar, apenas que é uma ilha tomada por uma cultura luxuosa até para os padrões do interior e com um grande fluxo de riquezas por causa do porto — Puuuuuuuuxa, quanto cabelo — a surpresa deixaria escapar o comentário, mesmo na Grand Line, não vi nada parecido como oque estou presenciando neste momento — O pessoal ia enlouquecer com tantos cortes e estilos — onde será que meus primos e primas estão servindo? Espero que em algum lugar com tanta gente cabeluda como aqui.

Quando chegasse no QG, iria até quem estivesse responsável pelo atendimento do local — Olá pessoa com cabelo — minha expressão dizia uma coisa só: “Interessado” — Sou o Agente. Amikomi no Kami, fui enviado pelo Sr. Samos Bluesky para servir no setor de inteligência. Poderia me informar quais são os procedimentos para começar meu trabalho? — tiraria a carta de recomendação e entregaria para o(a) atendente.

Caso o navio aportasse diretamente no QG, iria até o atendimento seguir as mesmas etapas anteriores, isso se não estivesse alguém nos esperando, nesse caso apenas ouviria as instruções atentamente.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Ser transferido para o País de Kano
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Conhecer o NPC Acompanhante
[ ]Aprender Forja e Química
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar dois navios
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Hoyu
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota GX67lHH
Créditos : 04
HoyuNarrador
https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Re: O Careca Agiota Sex Fev 25, 2022 10:47 pm

QUEM LIGA PARA KARATÊ?



Ao longe, com a chegada da noite, Oop podia ver as luzes da cidade se ascendendo com o crepúsculo, uma visão belíssima de arrepiar os cabelos caso ele tivesse algum. Em um navio da marinha, podia ver marinheiros andando de um lado para o outro por toda parte. Vendo que estavam prestes a chegar na ilha, o agente foi até o interior buscar informações de um dos marinheiros. - Bem, primeira vez não é, mas fizemos apenas uma parada rápida no QG uma vez. Só agora estamos indo pra valer, então acho que tecnicamente somos tão novatos quanto você. - O soldado coçou a cabeça, meio constrangido com a forma amigável que estava sendo tratado por um agente do Governo Mundial. - Mas não, nenhum civil está nos acompanhando, somos apenas marinheiros e você. - Com essa confirmação, o navio chegou no porto e o marinheiros começaram a se organizar para desembarcar. Sem saber para onde ir, Oop novamente foi até o marinheiro com o qual havia conversado para conseguir informações. - Também estamos indo para o QG, só precisa nos acompanhar.

Assim, enquanto uma parte dos marinheiros ficaram para trás cuidando do navio, outra parte seguiu pelas ruas de Sirarossa, marchando pelas laterais dos rios que cortavam a cidade como ruas, até chegarem em uma grandes instalação que mais parecia uma mansão, mas com as cores da Marinha. O interior era bem o que se esperava de um Quartel General da Marinha, com uma grande recepção, dois corredores indo um para cada lado do QG e vários marinheiros indo de um lado para para o outro. Indo até a recepção, Oop recebeu suas primeiras instruções da recepcionista com longas madeixas que iam até a cintura. - Claro, estávamos o esperando. O Capitão Russel o aguarda na sala dele. - Com o número da sala repassada, o agente careca seguiu pelos corredores, passando por alguns marinheiros e subindo uma escadaria para o segundo andar, para enfim entrar na sala de um homem aparentemente impaciente e irritadiço. - Pra que isso... Logo eu... - Com a chegada de Oop o homem revirou os olhou e colocou uma caixa de papelão em cima da mesa.

- Agente Oop, não é? Eu odeio fazer esse serviço, ainda mais que aquela ruiva está na ilha, mas para o seu azar Annie Bright está passando instruções à outra agente, e eu recebi instruções de te passar seus afazeres se chegasse nesse meio tempo. - o homem deu duas batidinhas na caixa, que mais parecia uma encomenda. - O agente Bluesky enviou isso diretamente para a srta. Bright. Aparentemente são documentos que você precisa organizar. Não sei a importancia disso, mas aquela mulher me proibiu de abrir. Vocês agente, menosprezando os marinheiros como sempre... - Com isso, o tenente entregou a caixa para Oop. - E uma última coisa: abra a caixa da forma correta, senão todos os documentos ai dentro vão ser incendiados. Cima, baixo, direita, esquerda. - Pronto, informação repassada, não me procure mais. O tenente Russel parecia fazer aquilo completamente obrigado, sem aproveitar nem um instante daquelas atribuições, repassando o primeiro serviço de Oop de maneira robótica e indiferente antes de o dispensar.

Histórico:


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Re: O Careca Agiota Seg Fev 28, 2022 3:19 pm
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 28/02/2022 | página: 1 | Seção: 2 
Missão: Organizar documentos



O quartel de Sirarossa me impressionou. Uma bela arquitetura e grande, semelhante a uma mansão, as estruturas do Governo Mundial não decepcionam. Com tantos marinheiros trabalhando, imagino que a presença de agentes acaba virando destaque, apesar de sigilo e furtividade serem requisitos para nosso trabalho.

Fui atendido por uma moça com longos cabelos. Mulheres de cabelo são realmente lindas, parecem até celebridades. Tive o desejo de pedir para tocar, mas me contive, não quero parecer estranho. Enquanto caminhei até a sala, indaguei com quem ira falar. Salvo casos especiais, capitão é a patente máxima de QG nos blues, então a pessoa para quem fui enviado é a figura máxima para os marinheiros. Imaginei a imagem de um homem troglodita falando sobre justiça e honra.

Cpt.Russel é totalmente diferente, muito bonito e reclamão seria sua melhor descrição — Isso mesmo. — responderia quando questionado sobre minha identidade — Anne Bright? Que bom que ela está aqui, não vejo a hora de conhecê-la. — tenho certeza que o Sr.Bluesky comentou esse nome, mas não lembro os detalhes, pelo oque Russel disse, Anne é quem manda, deve ser alguma agente importante. Peguei a caixa e antes que falasse mais alguma coisa, o homem me passou as instruções de como abrir e deu um fim rápido a conversa — Agradeço pelos tempo. — a única coisa que disse em seguida. Sai da sala com minha missão em mãos“Que mau humor hein!? Esses marinheiros e seu terrível hábito de esperar o pior de agentes.” apesar de tudo, ele deve ser uma boa pessoa, só deve estar atarefado, quem sabe possamos sair para beber um dia.

Voltaria para a recepção onde encontrei a bela moça — Estou de volta. — cumprimentaria com um sorriso e aceno — O capitão Russel me deu alguns documentos para organizar. Tem alguma sala que os agentes possam usar ou uma ala para a inteligência? —. Se existisse algo do tipo, iria até o local para cumprir minha primeira tarefa, caso contrário, perguntaria onde fica o refeitório e faria a missão lá mesmo. Bom que aproveito para comer um lanchinho. Meu estômago roncou.

Abriria a caixa conforme as instruções: cima, baixo, direita, esquerda. Retiraria os documentos e sentado confortavelmente, começaria a lê-los para identificar do que se tratam. Veria os detalhes de um por um, tentando identificar padrões no conteúdo para então formular uma organização apropriada. Aproveitaria para conseguir informações importantes, seja lá do que sejam a respeito. Se vou passar um tempo aqui, preciso me preparar — Vamos lá amiguinhos — falaria pro monte de papel — Contem-me seus segredos? —. Apenas após de conhecer cada documento que os organizaria.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Ser transferido para o País de Kano
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Conhecer o NPC Acompanhante
[ ]Aprender Forja e Química
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar dois navios
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Hoyu
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota GX67lHH
Créditos : 04
HoyuNarrador
https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Re: O Careca Agiota Qui Mar 03, 2022 10:57 pm

O CARECA AGIOTA!



Com a caixa de papelão em mãos, Oop enfim podia começar seu primeiro serviço, e apesar de parecer simples, aqueles documentos certamente continham informação vital para o Governo Mundial, então podia ver aquilo como eles confiando documentos da mais alta importância em suas mãos. Saindo da sala, retornou então até a recepção, onde foi recebido com um sorriso pela mesma atendente cabeluda de antes. - Bom, as salas de reunião no geral estão abertas caso queira trabalhar nelas. Fora isso temos a biblioteca, que comporta a maior parte dos arquivos do Quartel General. Creio que seria o local mais adequado para analisar documentos. - Assim como instruído, Oop seguiu em direção à biblioteca, onde poderia trabalhar em paz, e lá chegando pode ver um ambiente bem quieto, com algumas prateleiras, e principalmente muitos armários com grandes gavetões pelas paredes. Os gavetões tinha um tipo de organização que parecia delatar que eram documentos importantes, provavelmente de missões executadas, enquanto as prateleiras continham mais livros técnicos. Além do próprio agente, a única outra pessoa era um bibliotecário meio gordinho, com aparentemente uns 40 anos e com cabelo apenas na lateral da cabeça, e o topo lisinho. Estava usando um óculos de leitura e lia um livro detrás do balcão.

Sem nada para o atrapalhar, Oop abriu a caixa exatamente como instruído para evitar a destruição dos documentos, o que seria uma enorme falha por sua parte. Abrindo com segurança, pode identificar uma pilha de papeis empilhados com uma variedade enorme de informações, mas se haviam sido enviadas juntas, era provável que se tratasse de uma mesma operação, ou ao menos de um interesse em comum do Governo Mundial, e estava sendo enviado para Sirarossa por algum motivo. Todos esses detalhes ele precisaria descobrir para organizar adequadamente aquelas informações. No primeiro papel que olhou, não pode ver nada que pudesse o ajudar: parecia um mapa-mundi simplificado. Pelo nível de detalhamento, dificilmente serviria para uma navegação, mas a parte mais importante era que parecia ter várias rotas traçadas nele, todas partindo de Kephar Nicos e indo para outros pontos do mundo, com a rota para Sirarossa destacada em vermelho vivo, sendo a única que ia até o West Blue.

Em seguida, buscando pelos papeis, pode encontrar uma copia de um documento. Não era o original, o que significava que não pertencia ao Governo Mundial, provavelmente haviam adquirido essa copia pelo trabalho de outros agentes, mas parecia ser um documento formal sobre a compra de uma escrava chamada Yelitza, do sexo feminino, com 14 anos de idade e da tribo dos minks. No documento havia várias informações sobre ela, como peso, altura, cor dos olhos e do cabelo, etc. Também continha o selo oficial do Distrito da Arrematação, do submundo, e a informação de que seria enviada para Las Camp. Em terceiro lugar se deparou com documentos envolvendo uma operação chamada "Espelho Fumegante", na qual um trio de Agentes do Governo se infiltraram na Guilda de Caçadores de Monstros de Kephar Nicos afim de conseguirem informações locais de um homem chamado Benero Skòni e tentar o fazer caçar um homem chamado Akatzin, com ênfase na captura dele vivo, mas que no final do documento a missão foi dada como falha. Viu então um grupo de documentos sobre um grupo revolucionário chamado Pedra do Sol que vinha de Kephar Nicos, chefiados por Akatzin, O Rugido do Amanhecer, com B$80.000.000 de recompensa, junto de Ollin, A Chama da Fúria, com B$68.000.000 de recompensa, Ameyal, O Filho da Terra, com B$65.000.000 de recompensa e Yareni, A Aurora, com B$59.000.000. Do documentos haviam alguns feitos deles, mas a principal anotação era que Akatzin e Yareni tinham uma filha, uma anotação antiga desatualizada sem o nome dela.

Viu então uma série de fotos de um mink morto, datada da mesma época da operação Espelho Fumegante, e era possível reconhecer Akatzin nelas, muito ferido e com marcas de combate. Atrás das fotos haviam pequenas anotações que diziam o terem encontrado já morto a pelo menos 2 dias, e sem sinal de nenhum dos "outros". Em seguida se deparou com um documento diferente, que continha informações sobre um grupo chamado Lírio Negro, uma organização do submundo focada na captura e venda de escravos, incluindo o sequestro de pessoas marginalizadas ou de raças valiosas para serem vendidas no Mercado Negro, e logo atrás, preso com um clip, havia uma foto de um homem chamado Gaspar Romane, o suposto líder da organização, em frente ao hotel Belucci de Kephar Nicos. Em um dos últimos documentos, viu outro mapa, dessa vez mais focado no Paradise, com o que pareciam anotações de avistamentos de Ollin, Ameyal e Yareni nos últimos meses, orbitando a ilha de Kephar Nicos, mas pelas datas, sempre mudando de posição, e ao que tudo indicava, fugindo das buscas feitas pelo Governo Mundial. Por último, pode ver um terceiro mapa, dessa vez do West Blue, com várias rotas partindo de Sirarossa para as outras ilha, todas numerada, e com a rota que segue até Las Camp em destaque. Os documentos estavam na mesa, restando ao agente organizá-los e entender a mensagem que pretendiam passar.

Histórico:


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Re: O Careca Agiota Sab Mar 05, 2022 3:32 am
Simbolo
O Careca Agiota
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 05/03/2022 | página: 1 | Seção: 3 
Missão: Organizar documentos



Fui até a biblioteca como instruído pela atendente. Lá, deparei-me com um digno ambiente de trabalho, silêncio e prateleiras com uma quantia exorbitante de documentos, enchi o pulmão de ar, objetivando sentir o cheirinho de papelada “Que satisfação aspira” o exercício até relaxou. Não demorei para encontrar um lugar para que pudesse cumprir a missão ser ser incomodado.

Após me ajeitar, parei um instante ao avistar um homem de meia idade. Sua cabeça tomou minha visão como um slogan brilhante de cassino, calvo nessa idade só podia significar uma vida dura repleta de chacota, alguém que nunca alcançou o sucesso. Pensei em ir lá cumprimentar, chamar para um café qualquer dia ou coisa do tipo, mas as memórias da Ilha do Cabelo me deixaram receoso. “Velhos carecas são perigosos”, “Não se misture com calvos” e “Olha ali, até brilha de tão lisinha” são exemplos de coisas que ouvimos constantemente, é uma mistura de mostrar dominância e também instigar o medo de sermos os próximos. Nunca gostei disso, mas nunca soube reagir. Falhar em proteger pessoas do bullying é um dos meus demônios internos.

Meu conflito deixava uma informação passar despercebida, aqui a calvice não é desde o nascimento, aquele homem pode nunca ter sofrido preconceito. Sem saber oque fazer, joguei-me na papelada, quem sabe ela me distrai. O primeiro documento que achei foi um mapa com rotas distribuídas mundialmente, sendo a de Sirarossa a marcada como importante. Até que faz sentido, afinal a caixa foi enviada para cá “Kephar Nicos, nunca ouvi falar”. Em seguida, relatos sobre uma escrava do submundo, produto do Distrito da Arrematação e não muito mais jovem que eu. Parei um instante para lembrar as informações que tenho do submundo, se não estiver enganado, é o distrito responsável pela venda de produtos exóticos. Fiz uma nota mental e deixei esses papéis de lado.

Na sequência, informações breves sobre uma operação em Kephar Nicos na Grand Line “Essa ilha mais uma vez”, pensei fazendo mais notas sobre oque julgava importante: Kephar Nicos, Guilda dos Caçadores e missão falha. Agora uma série de documentos sobre revolucionários. Meu coração pulou uma batida quando vi o nome da organização, a raiva de anos atrás brotou em meu peito e comecei a bater os dedos na mesa rapidamente sinalizando agitação. Nesse momento, liguei alguns pontos. O casal líder do grupo possui uma filha com nome desconhecido, possivelmente a garota escrava, Yelitza é um nome bem mink.

Daí em diante, li todos os documentos sem tentar deduzir mais nada, quis primeiro conseguir todas as informações para tentar entender os segredos que tenho que desvendar. Após acabar, coloquei ambas as mãos sobre a cabeça e encarei o teto, assimilando tudo oque tinha conseguido "Revolucionários e Submundo ein”. Minha falta de conhecimento sobre as ilhas foi um grande empecilho no começo, e talvez continue sendo no rumo dessa investigação, mas acredito que os relatórios me deram o necessário para trabalhar.

Peguei um papel, tinta e pena e escrevi os pontos importantes na ordem que havia encontrado e depois de alguns instantes raciocinando, montei um esquema para organizá-los de forma que fosse fácil de entender.

Anotações Oop:

Primeiro, coloquei o documento dos agentes em K.N e a missão falha. Deduzo que esse seja o objetivo do Governo Mundial com isso tudo, caçar e eliminar a Pedra do Sol. Por esse mesmo motivo, colocaria suas informações na sequência, desde as básicas até as movimentações recentes na GL, começando pela morte de Akatzin e terminando com a ficha de Yelitza, que na minha teoria é sua filha sequestrada pelo submundo. Se a missão dos agentes em emitir a caça do líder da célula foi considerada falha, a causa de sua morte provavelmente foi o Lirio Negro, chefiada por Gaspar Romane, durante uma tentativa de resgate da garota.

Embaixo ficou todas informações sobre o submundo, na ordem: Gaspar, mapa mundi, mapa de Sirarossa. As chances que essas rotas sejam o mapa de distribuição de produtos da Lirio Negro é alta, assim como também a chance de que Yelitza esteja em Sirarrosa, preste a ser despachada para Las Camp.

Eis minha hipótese final: a Cipher Pool está tentando retirar Yelitza do submundo para conseguir uma vantagem sobre a Célula Revolucionária Pedra do Sol, se aproveitando que eles ainda não descobriram sobre a localização atual da garota e ainda procuram em Kephar Nicos. Claro que há a possibilidade dela já ter sido enviada para Las Camp, mas existe um motivo para esses documentos terem chegado aqui.

Coloquei o resultado final de volta na caixa e a fechei na ordem inversa que abri, assim poderia seguir a mesma sequência quando precisasse retirar os documentos. Correria para fora da biblioteca, voltando brevemente na porta para encarar o senhor calvo “Foi mal careca, mas essa é minha chance de me envolver com a revolução e encontrar Calypso” — Te chamo para almoçar qualquer dia — agora pensando alto, gritando na verdae, e saindo correndo pelos corredores do QG.

Organização Final:

Para garantir que não me perderia, seguiria o caminho até a entrada e de lá, iria até a sala do Capitão Russel dando um breve "Alô" para atendente mesmo sem parar. Abriria a porta da sala com toda força — Capitão Russel, encontrei informações importantíssimas sobre a máfia de Sirarossa. Há uma rota de tráfico vindo da GL para o West Blue usando a ilha como ponto de distribuição. — abriria a caixa e mostraria os mapas para ele — Está vendo, esse Gaspar Romane tem algum intermediador em Sirarossa. Encontrá-lo será a chave para me envol… quer dizer, minar as forças da revolução. — pararia para respirar uma mão apoiada na mesa e a outra alisando a careca. Essa euforia toda misturada a fome que estou sentindo e cansaço de não ter dormido direito na noite anterior me pegou de jeito agora.

Deixaria ele dar uma olhada nos documentos enquanto me recupero — Quem é o responsável pela Cipher Pool na ilha? Precisamos informá-lo e montar uma operação conjunta antes que a garota mink seja enviada para Las Camp. — é uma boa oportunidade tanto para agentes quantos marinheiros, nós atacamos a revolução e eles o submundo. Prisões feitas a rodo e gente ganhando destaque, todo mundo sai ganhando. Sem pedir permissão, arrumaria a papelada na mesma organização anterior e a guardaria, esperando a resposta do homem.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Ser transferido para o País de Kano
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Conhecer o NPC Acompanhante
[ ]Aprender Forja e Química
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar um ou dois navios
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Hoyu
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota GX67lHH
Créditos : 04
HoyuNarrador
https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Re: O Careca Agiota Dom Mar 06, 2022 11:45 pm

O CARECA AGIOTA!



Aqueles documentos nas nãos de Oop valiam ouro nas mãos erradas, mas em posse de um agente podiam fazer uma diferença inimaginável no combate aos revolucionários, só precisava tomar cuidado para não dar bobeira com eles. Por um longo tempo o agente ficou se remoendo com os papeis, buscando compreender onde eles se conectavam. Aos poucos o careca começou a compreender a história que eles contavam e os segredos que revelavam a ele, culminando em um objetivo claro como o dia. Em um surto de felicidade por aparentemente ter conseguido organizar adequadamente os documentos, e já começava a correr para fora da biblioteca, mas não sem antes fazer um comentário aleatório que pegou o bibliotecário completamente de surpresa, olhando confuso para o agente até ele sair pela porta e desaparecer QG adentro. Atravessando os corredores da base da marinha em Sirarossa com a caixa com os documentos cuidadosamente fechada da maneira inversa a qual a abriu, Oop cruzou a distância até a sala do capitão Russel, e estava prestes a tocar na maçaneta para abrir a porta quando algo aconteceu.

Sua mão começou a se distanciar da maçaneta sem explicação, como se estivesse se afastando magicamente da porta, apesar de estar parado. quando se deu por si, estava do outro lado do corretor, a cerca de 10 metros da porta da sala do capitão da marinha, sendo segurado por trás por uma mulher ruiva com expressão descontente. - O que pensa que está fazendo, seu idiota? Você é o tal Oop, né? Eu sei que pedi para aquele engomadinho te passar a papelada enquanto estava ocupada, mas você parecia animadinho demais para o meu gosto. Não estava pensando em revelar o conteúdo para ele, né? - Annie Bright começou a arrastar Oop até uma sala de reunião vazia ao lado, jogando-o sem esforço até uma cadeira. - lembre-se de uma coisa: nós agentes não somos da mesma laia que os marinheiros. Eles prezam pela justiça, nós pela paz e o equilíbrio. Use-os como ferramentas, mas não revele demais se não quiser que te atrapalhem. Não esqueça disso. - Annie falava com certo desprezo, zombando abertamente deles. - Além do mais, Sirarossa é uma cidade oficialmente "sem crimes", aquele cara foi transferido para cá por um motivo. Não dependa dele.

mudando de assunto repentinamente, a agente que certamente era a superior de Oop que Russel havia comentado puxou uma cadeira, virou-a ao contrário, com as costas para frente, e se sentou nela. - Tá, vamos para a parte que realmente importa. Fez a organização que pedi? Recebi esses documentos hoje de manhã para uma operação importante, então se tiver estragado algum deles eu vou esfregar essa sua careca no asfalto. - Ela estendeu a mão, pedindo pelos documentos. - Tecnicamente eu não precisaria dessa parte, mas é bom pra ter certeza que você fez o que eu mandei em vez de só vagabundear. O que entendeu dos documentos? Faça um resumo consigo do que entendeu e do que é importante. - Era hora do careca exibir sua linha de raciocínio para sua chefa para enfim ter sua primeira tarefa finalizada e, quem sabe, enfim poder se envolver em uma operação maior do que só arrumar papelada.

Histórico:


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Re: O Careca Agiota Qua Mar 09, 2022 8:14 pm
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 09/03/2022 | página: 1 | Seção: 4
Missão: Organizar documentos



— o'que? — algo me impediu de entrar na sala do capitão e me arrastou pelo corredor. Quando percebi já estava olhando para uma mulher carrancuda. Mandou passar a papelada? Então ela é Anne Bright, a provável chefe dos agentes aqui.

— Estava…sim — disse um pouco envergonhado. A resposta não agradou, inicialmente achei que levaria um uma comida de rabo, mas Bright escolheu me ensinar sobre a diferença entre marinheiros e agentes. Prezar pela paz e equilíbrio, ou justiça, realmente parece funções diferentes — Lembrarei, obrigado senhora. — concordei. Não posso dizer que gosto da sua visão em relação aos marinheiros, peões e ferramentas em vez de confiáveis aliados, mas seu tom didático e firmeza na fala me fizeram acreditar que tenho algo a aprender com ela. De certa forma, essa mulher alcançou um cargo alto e ainda jovem, deve ser boa no que faz.

Na sala, senti-me intimidado por sua expressão séria, mas sua forma despreocupada de sentar gerou um contraste engraçado na cena. Annie Bright é uma pessoa interessante, ao mesmo tempo que aparenta ser rígida e carrancuda, tive a impressão que só está querendo bons resultados. A ameaça de esfregar minha careca no asfalto foi como um tiro na honra, claro que quero me livrar dessa cabeça lisa, mas se feri-la gravemente, nunca poderei ter cabelo.

Fiz um agradecimento interno por ter feito uma boa organização e não tardaria a falar — Posso? — olharia em direção a caixa, um pedido para abrir e mostrar os documentos. Caso ela permitisse, abriria de forma segura e mostraria os papéis enquanto discursava, e se não recebesse sua boa vontade, apenas continuaria a falar — Os documentos são informações variadas com um ponto as conectando, a célula revolucionária Pedra do Sol. — começando pelo começo — Há um tempo atrás, a Cipher Pool tentou eliminar o líder, um mink chamado Akatzin, usando a Guilda de Caçadores de Kephar Nicos, mas a missão falhou por algum motivo. — mostraria a Operação Espelho Flamejante. — Ainda assim, Akatzin foi encontrado morto misteriosamente. Hoje, acredito que a causa da sua morte foi durante uma tentativa de resgatar a filha perdida para o submundo, Yalitza. — foi a vez da ficha mostrando uma filha com nome desconhecido, as movimentações atuais na GL e a ficha da garota.

— Yalitza provavelmente está sob a posse e Gaspar Romane e da Lirio Negro, um grupo do Distrito da Arrematação que trafica artigos de valor para o mundo inteiro. Suas operações funcionam através de centros de distribuições: Kephar Nicos para o mundo, e nos Blues, uma ilha para as restantes. No West Blue, Sirarossa é o centro. — agora que as informações gerais foram passadas, vamos ao que importa — Minha teoria é que Yalitza está aqui na ilha prestes a ser despachada para Las Camp, e o Sr.Bluesky deseja que a interceptamos para usar como vantagem contra a Pedra do Sol já que eles acreditam que a garota ainda está em Kephar Nicos. — e finalmente, a conclusão — Se resgatarmos Yalitza e eliminarmos as operações em Sirarossa, conseguimos uma vantagem e enfraquecemos um inimigo. Depois só restará eliminar a Lirio Negro e a Pedra do Sol na Grand Line, dois coelhos com uma cajadada só. — claro que não sei dizer se o Governo Mundial deseja eliminar a Lirio Negro nessa operação, afinal os documentos só dizem sobre a caça de Akatzin. Provavelmente querem, afinal uma coisa leva a outra.

Esperaria o'que a Sra.Bright tem a falar.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Ser transferido para o País de Kano
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Conhecer o NPC Acompanhante
[ ]Aprender Forja e Química
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar dois navios
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Hoyu
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota GX67lHH
Créditos : 04
HoyuNarrador
https://www.allbluerpg.com/t378-leonheart-valentine https://www.allbluerpg.com/t419-here-comes-the-sun
Re: O Careca Agiota Seg Mar 14, 2022 10:32 pm

O CARECA AGIOTA!



De frente para Annie Bright, a líder da CP3 e sua chefe direta, Oop era exigido fazer um resumo das informações dos documentos e do que ele havia entendido para oficializar o fim de sua primeira tarefa. Ao pedir para abrir a caixa antes de prosseguir, Annie apenas apontou para ela com a cabeça, um sinal sem palavras para ele pegar logo os documentos e se apressar. Abrindo a caixa pelo método seguro para não destruir os documentos, o careca pegou-os na mesma ordem que os organizou, passando-os de um em um para a ruiva enquanto falava. Annie pegava os documentos, lia-os em uma velocidade inumana no instante seguinte voltava a prestar atenção no que Oop dizia, até que o novato finalmente terminou sua exposição, e a mulher deu um suspiro. - Realmente, prestou BASTANTE atenção aos documentos. - O sarcasmo da mulher era nítido. - Tem alguns erros na sua lógica, da próxima vez lê com mais atenção os documentos ou eu esfrego essa sua careca lisa em um ralador de queijo. Felizmente a parte importante você entendeu, e como organizou de forma apropriada os documentos, posso dizer que cumpriu meu pedido, mas é melhor ficar sabendo de algumas coisas importantes antes de sair fazendo merda por ai e essa porra sobrar pra mim.

Com certa irritação, Annie colocou na mesa o documento sobre o Lírio Negro. - Primeiro de tudo, o Lírio Negro não trafica porra nenhuma nem faz entregas pessoalmente, eles caçam escravos fugitivos e capturam escravos novos para serem vendidos nos leilões do distrito da Arrematação, está escrito bem claro aqui as atribuições deles. Além do mais, essas rotas não são do Lírio Negro especificamente, são as rotas de envio de escravos que são comprados no leilão de Kephar Nicos, existem rotas como essas em todas as ilhas que sediam as Casas de Leilão Fantasia. E isso você não tinha como saber, mas por mais que estejam afiliados ao distrito da Arrematação, eles possuem uma certa independência em suas ações. - Annie pegou de novo o documento e colocou na pilha no lugar onde estava antes. - Se Akatzin foi encontrado morto durante a missão e sem a filha, só pode significar que o Lírio Negro o matou para capturar sua filha, não faz sentido ele ter sido morto ao tentar recuperá-la, pois não haveriam como a tomarem dele sem ele perceber, imbecil.

- E tire da cabeça essa ideia idiota de acabar com a rota e com o Lírio Negro, isso não vai acontecer. Em muitos aspectos o submundo é uma pedra no sapato, mas o distrito da Arrematação é um caso especial. Primeiro porque são eles que fornecem muitos dos escravos dos Tenryuubitos, em especial os mais raros, como sereias, então essas rotas são cruciais para suas operações, já que as rotas que levam também são as mesmas que trazem. Segundo porque, bom, digamos que temos um dos nossos no alto escalão do distrito que nos da uma posição privilegiada. Agir de forma impensada só traria problemas. - Annie arrumou os documentos para ficarem perfeitamente alinhados. - O próprio Lírio Negro várias vezes já recuperou escravos dos dragões celestiais que conseguiram fugir, ao menos na teoria, claro. A parte mais problemática é não termos provas de nenhuma das ações deles ou dos outros membros do submundo, eles são bons em não deixar rastros, então nossas mãos estão atadas, já que assassinar um ou outro na surdina não faria diferença, e desmontar o esquema não funciona. - Annie se levantou, pronta para sair.

- Tenha essas coisas em mente, vão te ajudar a ver o todo com mais facilidade, em vez de fazer merda por ai. Mas sim, você acertou a parte importante: a filha de Akatzin certamente está por aqui. Cesare Costa, um dos homens sob a asa de Salvatore Nava, cuida da rota de trafico de escravos da Grand Line, e a garota só pode ter vindo para cá. Felizmente já temos um dos nossos entre eles, não precisa saber seu nome verdadeiro, mas por lá ele é chamado de Vicenzo, e é um sênior da cp3. Vou entrar em contato com outro novato que chegou hoje, e juntos vocês vão se tornar homens de Cesare Costa, contatar Vicenzo em segredo, explicar a situação e o auxiliar no que quer que seja necessário, essa será sua segunda missão. Tenho confiança de que ele será capaz de resolver esse problema. Alguma pergunta? É claro que não, então ao trabalho. - Sem nem dar tempo de Oop tirar suas duvidas, Annie saiu, provavelmente para contatar o outro agente, deixando o careca para trás após a torrente de informações e a definição de sua missão seguinte.

Histórico:


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : O Careca Agiota HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Re: O Careca Agiota Qui Mar 17, 2022 12:22 am
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 16/03/2022 | página: 1 | Seção: 5
Missão: Organizar documentos




Fiz uma cara boba quando ouvi ela dizer que prestei muita atenção nos documentos, como uma criança sendo elogiada, mas a expressão mudou rapidamente com a nova ameaça de destruir minha cabeça, e voltou a ficar feliz com seu contentamento da forma que os documentos foram organizados. Dessa vez o sentimento não foi abalado nem pela sua crença de que posso fazer merda.

O Careca Agiota Eda6ea4b22844e40eeea95f5d875a130937a65cc

Annie explicou furos na minha teoria causados por desatenção e falta de informação. Prestei muita atenção no que ela disse, afinal, conhecimento é crucial para o serviço de inteligência, esses documentos são a prova disto. Levei um tiro na moral com a explicação dos escravos, os Tenryuubitos estão roubando pessoas para usar como escravos? Meus mestres disseram que eram escravos da guerra, o'que não melhora as coisas, mas as tornam mais aceitáveis, guerreiros sabem o risco da profissão. Civis por outro lado só são retirados de suas vidas e jogados em pesadelos, como eu, Calypso e Champ fomos.

Aparentemente estou de mãos atadas nesse momento, a única coisa que posso fazer é subir na hierarquia para tentar fazer algo — Manterei em mente. — foi a única coisa que consegui responder. Agora preciso focar na próxima missão: entrar em contato com nosso infiltrado — Ok senhora, onde… — eu tinha uma pergunta.

Bom, parece que vou dar mais trabalho para a recepcionista. Pegaria meus pertences e arrumaria as roupas, aquele poder estranho da diretora veio à cabeça, questionava-me se era uma fruta do diabo. Já ouvi falar delas no treinamento, mas nunca vi uma. Parecem realmente poderosas.

Iria de volta para a recepção com minha bagagem e sorriso, esperando que ainda fosse a mesma pessoa — Oi, voltei de novo. Hoje acabei te dando um pouco de trabalho HAHAHA — estenderia a mão para um cumprimento — Qual o seu nome? — acho melhor perguntar logo — Prazer em conhecer. É que sou novo em Sirarossa, mas prometo que aprendo rápido, esse monte de dúvidas vai ser só no começo. — vamos ao que importa — A Sra. Bright me deixou livre por enquanto, pensei em me preparar e guardar minhas coisas. — tiraria a licença de agente e mostraria — Tem vaga no alojamento? Também vou aproveitar os benefícios para pegar alguns equipamentos, só uma lança e alguns medicamentos. O arsenal do QG é grande? —

Olharia atentamente para sua aparência pela primeira vez, especialmente o cabelo — Seu cabelo é muito bonito. Posso tocar? — nunca toquei em cabelo antes. Um ronco no estômago dedurou minha demora para me alimentar, fazendo notar a fome incomoda — Ei, quer almoçar comigo hoje? Comer acompanhado é sempre mais divertido e tem um monte de coisas que quero perguntar sobre essa ilha. Posso te falar de onde vim também. — transmitiria empolgação nas palavras, talvez ela acabe virando minha primeira amizade do West Blue.

— Tem algum restaurante legal por aqui? — perguntaria só caso ela aceitasse, isso se não desejasse almoçar no QG mesmo.


AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Ser transferido para o País de Kano
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Conhecer o NPC Acompanhante
[ ]Aprender Forja e Química
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar um navio
[ ]Concluir 2 missões.
agente