Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte
Formiga
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Anime-demon
Créditos :
06
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 1:44 pm
FICHAS DO X1:

Torres - Aqui

Faktor - Aqui

NARRADOR:  @Deep

Regras:

Deep


LOCAL:


BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES D33b0437780a0711ff4a886a70c24eb3
Deep
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Tfig50k
Créditos :
00
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1116-deep-cutt#10446 https://www.allbluerpg.com/t1386-cap-2-ascendendo-as-profundezas#14266
Deep
Associado
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 2:52 pm
Descrição da arena: Local circular amplo com 50 m de raio, existem diversas rochas espalhadas pela arena de terra, essas rochas são de diversos tamanhos e móveis, partindo de 0,5m a 4m de altura. No centro da arena tem um pedestal com um botão, tal botão controla o clima da arena e se pode gastar 1 de VDA para o apertar, ele troca o clima na arena na seguinte ordem cíclica: Inicio: neutro>chuva>vendaval>neve>Ensolarado>neutro. A arena se encontra dentro de uma gaiola de titânio de 10 m de altura e tudo isso dentro de um domo de controle climático muito maior.

Cada jogador começa numa extremidade oposta da arena, ambos com a mesma distância do botão no centro e ambos motivados pela motivação de preferência.
Antes de começar a trocar porrada, há um post livre pros competidores chingarem as mães um do outro, ou o que for de preferência, nenhuma movimentação ou preparo de batalha será permitido neste post.

O primeiro post de combate será o segundo dos players, onde poderão começar suas estratégias, a ordem nesses posts deve ser seguida e a mesma será decidida por ordem alfabética dos nomes da ficha, ou seja, Beowulf posta primeiro, seguido por Bruce, no post seguinte Bruce posta primeiro e Beowulf em segundo.

Apesar da ordem de posts existir, ela é apenas para organização, é expressamente proibido qualquer tipo de meta game ou god mode, o recomendado é que nem leiam o post um do outro.

Serão usadas regras de PVP clássicas do forum e a luta termina apenas quando um morrer, desistir ou quando os dois derem um beijo e abraço de amigos.

_________________

Legenda:

-Fala do Deep

-Voz da entidade

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES R69xxX4
Jupges
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Https%3A%2F%2Fpictures.betaseries.com%2Fbanners%2Fepisodes%2F81841%2F1069791
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1419-nero-vil-gax https://www.allbluerpg.com/t1652p30-curiosidades-em-serie-novos-horizontes-act-ii#20786
Jupges
Pirata
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 4:11 pm
Beowulf imbuiria seu corpo com um manto de eletricidade para causar um efeito visual, o gigantesco lobo branco então abriria seus braços endireitando sua postura, levantando sua cabeça em um ar de superioridade e falando:

-Damian... este é o seu nome, e você ousa desafiar para um combate um templário! BEOWULF! Nido estará comigo nesse combate, E O PODER DE DISMAS ME ACOMPANHARÁ!

Beowulf manteria sua postura encarando profundamente os olhos de seu adversário, se preparando para um combate visceral em uma arena intimidadora.

objetivos:
Atributos, vantagens e perícias:

Histórico:
Faktor
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
10
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 4:56 pm

Estava parado olhando seriamente para o meu oponente, seu tamanho compensava a distância que tinha entre ambos, me possibilitando vê-lo mais claramente. ~ Um lobo gigante, que parece ter algum poder com eletricidade e bem animado… Vai ser um trabalho chato, bom, fodase. Melhor agir logo. ~ Pensava, tirando minhas primeiras conclusões sobre o mesmo.

- É amigo, espero que essa gente te ajude mesmo. Boa sorte pra ti.

Dizia em um tom um pouco sarcástico, enquanto também o encarava, esperando as primeiras ações desse combate.

Note:

_________________

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES 8EXjWKD
Deep
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Tfig50k
Créditos :
00
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1116-deep-cutt#10446 https://www.allbluerpg.com/t1386-cap-2-ascendendo-as-profundezas#14266
Deep
Associado
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 5:36 pm
~Apresentação~
Ambos faziam suas poses e falas mostrando sua vontade de lutar, um som metálico irrompia dos seus arredores conforme o domo ao redor da gaiola se fechava, com um CLANK o metou fechou a abóbada e selou os combatentes naquele combate mortal.

O rúído de pessoas era audível, havia uma multidão sentada em arquibancadas ao redor da gaiola, uma faixa colorida estava à vista no meio da multidão "Eu aposto no botão".

Holofotes iluminavam toda a arena e uma voz se fazia ouvir através de auto falantes.

-Senhoras e senhores... O nosso principal evento da noite... Deste lado da arena, pesando oitenta quilos e com um metro e oitenta e oito centímetros de altura... Aquele com dois nome, aquele que chuta bundas pelos blues... O negão da pistola... BRUUUUUUUUUUUUCE ADAAAMMMMMM... Do outro lado da arena, pesando quatrocentos quilos de puro ódio e ostentando uma altura de quatro metros... Aquele que reza pelos seus inimigos antes de os amassar... O lobinho faísca... B-B-B-B-BEOOOOOWULLLLLLFFF...

Parte da arquibancada ia a loucura com a apresentação de um, outra parte ia loucura com a apresentação de outro, porém todos berravam e ficavam animados quando uma roleta com 5 diferentes símbolos apareciam num telão.

-VAMOS VER QUAL CLIMA VAI ESTOURAR ELES PRIMEEEEEEIROOOO...

A galera começava a berrar diferentes coisas... Chuva, neve, vendaval, se ouvia um misto de pessoas pedindo diferentes coisas, a roleta virtual no telão começava a girar e a torcida só aumentava e quando finalmente a roleta parava numa imagem de gotas de água, parte da platéia ia a loucura enquanto grandes sprinklers começavam a girar no topo da estrutura soltando uma torrente de água que rapidamente caía como uma pesada chuveirada na arena toda, tão pesada e intensa que ambos os não conseguiam enxergar nada através da cortina de água a mais do que vinte metros, fora isso a água se misturava a terra no chão formando uma lama fina que poderia rapdamente engrossar com mais água sendo adicionada a mistura.

Os oponentes não podiam se ver, nem ver a arquibancada ou o botão, mas podião ouvir o auto falante estourado.

-É hora daaa... AAAANIQUILAAAÇÃOOOOOOOOOOOOOO.....

Com essa fala o sino que dava isso a luta tocava, eles agora podiam atacar seus oponentes como quisessem, o combate tinha começado e uma música começava a tocar no auto falante.


Stats dos oponentes:

_________________

Legenda:

-Fala do Deep

-Voz da entidade

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES R69xxX4
Jupges
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Https%3A%2F%2Fpictures.betaseries.com%2Fbanners%2Fepisodes%2F81841%2F1069791
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1419-nero-vil-gax https://www.allbluerpg.com/t1652p30-curiosidades-em-serie-novos-horizontes-act-ii#20786
Jupges
Pirata
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Seg Jan 17, 2022 6:22 pm
Beowulf se aproximaria do botão até que conseguisse vê-lo na distância, Beowulf então se afastaria levemente e traçaria um raio de 20 metros ao redor do botão em sua mente. O lobo então começaria a rondar em volta do botão procurando por seu inimigo na distância, o lobo teria desativado o eletro para não emitir nenhuma luz no meio da chuva e se tornar um alvo fácil.

Beowulf não estava tentando ser furtivo pois o barulho do lobo caminhando na lama seria fácil de ouvir, mas Beowulf se atentaria a isso, escutando atentamente o que acontecia em seus arredores procurando pelo som de alguém correndo ou caminhando na lama. Ao começar a caminhar Beowulf procuraria por alguma pedra na arena, pesada, mas não tanto para que Beowulf fosse capaz de carrega-la sem problemas.

Caso conseguisse encontrar seu inimigo Beowulf arremessaria a pedra na direção do homem, mirando no tronco e pernas para aumentar as probabilidades de acerto, a intenção deste ataque não era apenas machuca-lo, mas era visível que o homem não parecia conseguir carregar muito peso, Beowulf pretendia arremessar a pedra em direção ao atirador para derruba-lo ou para fazer ele perder o equlíbrio.

Beowulf então correria em direção ao homem, colocando seu braço esquerdo na frente de seu rosto, para servir como uma proteção contra eventuais disparos, e empunhando seu machado com seu braço direito. Ao chegar próximo o suficiente do homem Beowulf se prepararia, e atacaria descendo seu machado em um corte limpo em direção a algum dos braços ou pernas do homem, mas interromperia seu ataque no meio para confundir seu oponente.

Neste momento caso Damian tentasse atacar Beowulf corporalmente, o lobo branco seguraria o membro usado para ataca-lo, e finalizaria seu ataque descendo com toda a sua força a lâmina do machado contra o membro do oponente. Se Damian não tentasse atacar Beowulf corporalmente o lobo apenas mudaria a direção de seu ataque, desferindo o golpe de seu machado contra outro membro de seu oponente.

Beowulf então guardaria seu machado, e imbuiria seu corpo em eletricidade, agarrando Damian em uma espécie de abraço. A água que caia deveria ajudar a eletricidade a se propagar, mas essa não era a ideia de Beowulf, o lobo branco começaria a apertar Damian o mais forte possível, tentando esmagar seus ossos. E com suas mãos, para garantir que o homem não escaparia depois de ser agarrado, Beowulf encravaria suas garras nas costas do homem, e morderia seu ombro usando de seus dentes afiados prendendo o atirador em um abraço eletrizante.

objetivos:
Atributos, vantagens e perícias:

Histórico:
Faktor
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
10
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Ter Jan 18, 2022 5:11 pm

Toda aquela apresentação, produção, narração, plateia… ~ Isso é falta de prato pra lavar… ~ Pensava, porém não me deixava levar pelas coisas alheias, e me focava na luta. No primeiro momento, teria avaliado todo o campo. Procurava as maiores rochas dentre 2 metros pra cima, e buscava mapear o quanto possível, apenas pra servir de base para as minhas futuras ações. Já tomando minha atenção novamente, o topo da arena começava a se fechar e splinkers apareciam do topo, liberando torrentes de água na arena. Toda aquela quantidade e intensidade, fazia minha visão decair drasticamente. ~ Chuva… Bom, que comecem os jogos. ~

Assim que foi dada a largada, sacava ambas as minhas pistolas e já partiria em direção a rocha mais próxima de mim. Andaria sempre levemente agachado, flexionando minhas coxas e tentando manter a maior parte do peso do meu corpo na minha cabeça, me inclinando pra frente, e sempre pisando primeiro com a ponta de meus pés e depois escorregando até o calcanhar. Manteria minha respiração calma e lenta, sempre puxando pelo nariz e depois soltando pela boca. Meus passos seriam leves no chão, com essa chuva, seria mais fácil de me identificar pelo som do meu andar, e por isso mesmo focava ao máximo em me manter furtivo.

A minha grande facilidade de aceleração me daria uma leve vantagem neste começo, e assim procurava explorar ela da melhor forma possível. ~ Estamos bem distante, e não sei exatamente até quantos metros na frente eu tô conseguindo enxergar atualmente… melhor eu ir me aproximando do meio pelas laterais. ~ E visando esta estratégia, buscaria ir me aproximando pela esquerda, enquanto ia trocando de rocha em rocha rapidamente, buscando fazer o mínimo de barulho possível. ~ O campo estava cheio de pedras menores… ~ Ter esse pensamento, me faria levar minha mão ao chão, buscando pedras que fossem ali relativamente do tamanho da minha mão, e se conseguisse, tentaria pegar umas duas ou três, as botendo no bolso de dentro de minha jaqueta.

~ Aquele brutamonte vai tentar vir pra cima de mim com tudo provavelmente. O melhor agora vai ser o rodear e tirar o máximo proveito disso. Não vai durar muito tempo provavelmente, mas conseguirei tirar alguma coisa disso. ~ Pensava, enquanto estaria escorado em uma pedra, esperava já estar mais perto do meio, e com isso, começava a prestar atenção nos sons. Desde sempre tive uma audição boa, e procurava usar deste artifício pra tentar captar o som que Beo faria. Tentava perceber sua movimentação meio a chuva, passos, rosnados, respiração, eu me atentaria a todos os detalhes pra conseguir ter uma ideia de onde ele poderia estar. ~ Cadê você lobinho… ~ Com seu tamanho, talvez fosse mais fácil o identificar, mas não descartaria a chance de ser pego de surpresa, então me atentaria aos meus arredores.

Querendo ou não, estaria me aproximando do botão, e caso chegasse em uma posição segura onde pudesse vê-lo melhor, me atentaria para tentar perceber Beo, caso o mesmo tentasse o tocar. Tentava ecolocalizar o mesmo, e se conseguisse perceber sua posição perto do botão, sairia meu tronco pelo lado da pedr  e começaria a mirar com a pistola, enquanto o localizava com minha Audição, e quando conseguisse ter uma melhor confirmação de sua presença, realizaria três disparos. Todos seriam feitos numa mesma altura, com a arma estando um pouco acima de meu rosto, porém afastaria os tiros um pouco pro lado a cada tiro caso não o conseguisse ver com clareza, buscando uma maior chance de acertá-lo, porém se o conseguisse ver, disparava os três na mesma região, visando acertar seu quadril pra cima. Porém, se não percebesse nenhum indício de que o mesmo tivesse intenção de ir apertar o botão, me moveria pelas rochas novamente, buscando me aproximar de qualquer som que pudesse ser o lobo, e se confirmasse sua posição, novamente realizaria os disparos seguindo as mesmas situações.

Caso tenha efetuado os disparos, rapidamente guardava uma de minhas pistolas novamente em meu coldre e pegava uma das pedras o mais rápido possível, nisso a jogaria fortemente em qualquer direção pra esquerda, e então pegaria uma segunda a jogando na mesma direção, porém mais forte e mais pra frente do que teria jogado a primeira. Jogada ambas as pedras, me moveria na direção contrária, ou seja, pra direita, o mais rápido que pudesse, porém pra manter o mínimo de barulho, usava mais as pontas dos pés e me abaixava mais um pouco. Buscava me distanciar o quanto pudesse pra ainda conseguir ouvi-lo, porém não ter muito perigo de ser preso, e me manter escondido.

Se enquanto estivesse escondido, conseguisse perceber/ver o Lobo se aproximando pra perto de mim, estabilizaria minha respiração, e então em um movimento de impulsão, iria para o lado onde eu pudesse me ver de frente as costas de Beo, e assim realizaria os disparos, ao mesmo tempo, avançava em sua direção em minha maior velocidade, dando uma rasteira e visando passar por baixo de suas pernas, ficando nas suas costas novamente, e apartir daí, levantava meus braços e manteria uma postura mais combativa, esperando seus possíveis ataques, e se efetuados, como estariam todos partindo de cima pra baixo por ele ser maior, tentava esquivas laterais, dando pequenos impulsos com meus pés pra direita caso ele ataque pelo lado esquerdo, e pra esquerda caso ele ataque pelo lado direito. Nesse mesmo movimento, girava meu corpo no mesmo sentido, pra ter menos chances de ser pego. Se atacasse reto, daria um leve impulso pra trás, também inclinando meu tronco. Faria o mesmo se tentasse atacar com ambos os braços ou de baixo pra cima.

Em um outro caso, se percebesse movimentações muito bruscas, como o mesmo avançando de qualquer forma por toda a arena, tentava me concentrar em adivinhar sua localização através de minha Audição, esperando o momento que passaria por mim. Caso me achasse e atacasse de todas as formas, veria a melhor saída possível pra cada estilo de Ataque. Evasivas laterais pros seus ataques laterais, ou um impulso pra trás para sair dos seus ataques retos. Claro que sua envergadura e tamanho lhe davam uma grande vantagem, porém não podia arriscar um bloqueio, na esperança de que não fosse tão forte. No máximo, iria por meus braços a frente de corpo ao me esquivar. Porém se conseguisse êxito em desviar de seus ataques, revidaria tudo no mesmo momento. Avançaria em sua direção rapidamente, enquanto dava um salto para lhe desferir uma joelhada, e logo após, realizaria dois disparos a queima roupa, assim me impulsionava pra trás o máximo que pudesse, pra recuperar o fôlego e conseguir analisar melhor a situação.

Note:

_________________

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES 8EXjWKD
Deep
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Tfig50k
Créditos :
00
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1116-deep-cutt#10446 https://www.allbluerpg.com/t1386-cap-2-ascendendo-as-profundezas#14266
Deep
Associado
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Ter Jan 18, 2022 6:20 pm
~Combate: Post 1~

Assim que o início do combate era anunciado, Bruce se escorada atrás da pedra de quatro metros mais próxima, observava ao seu redor, então quando avistava outra rocha de mesmo tamanho, prosseguia repetindo o processo rumo ao centro da arena.
Na quarta rocha que se escorou, Bruce ganhou visão do botão, mas não de seu inimigo, por algum motivo o homem achou que era um morcego e ia começar a gritar para achar seu inimigo através da ecolocalização, mas não precisou, logo começou a ouvir pesados passos passando nos vinte centímetros de água e lama que recobriam a arena após tanta enrolação.

Impaciente, sem o posicionamento perfeito de seu inimigo, Bruce disparou três vezes na mesma altura que estava sua cabeça, mirando mais ou menos a direção que vinha os sons de passos, mas alterando o ângulo horizontal a cada disparo para tentar aumentar as suas chances de acertar um tiro.

Enquanto isso Beowulf patrulhava os arredores do botão já tinha um pouco de tempo quando sentiu um ardor perfurar sua coxa esquerda, ele pode ouvir o disparo e outros dois vindo de alguns metros a sua frente e se colocou a marchar naquela direção.

Após os disparos Bruce começou a jogar pedras para longe, talvez numa tentativa de confundir auditivamente seu oponente, mas o mesmo seria incapaz de distinguir pequenas pedras caindo na água em meio aquela enxurrada que caia pesadamente sem dar trégua. Mas com certeza ele ouvia tiros.

Beowulf após alguns passos ganhou visão de seu oponente e este estava ao lado de uma rocha, jogando pedras longe, o lobo se abaixou e pegou uma das menores rochas, de meio metro cubico mais ou menos, para então a arremessar contra seu oponente.

Bruce pulou para trás para evitar a rocha, mas as rochas encharcadas ao se colidirem, se esfacelaram e os pedaços da maior acabaram por ir de encontro ao atirador, um grande pedaço impactava contra sua barriga, o jogando contra o chão.

O lobo se aproximava e preparava uma machadada descendente contra o inimigo, mas era só zueira para assustar, ele nem mesmo passava da metade do movimento, o que dava tempo de Bruce se levantar e pular para o lado perante o verdadeiro ataque que o lobo cordialmente esperou seu oponente se recuperar para atacar. O grande lobo então se energizava, faíscas elétricas azuladas saltavam de sua pele conforme a água pingava sobre a mesma... Uma tentativa de abraço nada amigável era feita por Beowulf, a qual foi desviada com um pulo para trás por Bruce.

Ambos estavam encharcados, a chuva era incessante, água e lama se acumulavam sob seus pés, Bruce que caiu na lama podia sentir seu corpo todo sujo e com terra por todos os lugares e nesse momento a voz do narrador se fez ouvir.

-AEWWWWWWWWWWWWWWW... FINALMENTE SE ACERTARAM... A ARENA DA CHUVA COSTUMA CONFUNDIR BASTANTE, MAS ESSES AI REALMENTE ENROLARAM.... QUE ELES SE MATEM AGOOOOOOORAAAAA...

O som da plateia se tornava tão alto quanto o da chuva e os oponentes estavam frente a frente com cinco metros os separando.




Stats dos oponentes:

_________________

Legenda:

-Fala do Deep

-Voz da entidade

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES R69xxX4
Faktor
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
10
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Ter Jan 18, 2022 11:29 pm

- Merda! - Rangia os dentes após levar aquela pedrada. ~ Mas que porra eu tô fazendo, isso não vai dar certo. O próximo é vento… Porra! ~ Muitas coisas passavam na minha cabeça naquele momento, porém não estava importando mais do que me manter vivo. Rapidamente iria me recompor e me deparar naquela situação lamentável. - Filho de uma p- - Ao mesmo tempo que pronunciava, sacaria minha arma em questão de segundos e rapidamente lhe desferia um tiro na direção do joelho. Assim que teria realizado meu tiro, guardava ambas as armas rapidamente, e começaria a correr na direção do botão, porém não seguindo uma linha reta, para tentar desviar de outras possíveis pedras. Faria zigue-zague e olharia a todo momento pra trás, buscando ver seus movimentos, ele era gigante e mais lento do que eu, e precisava usar isso a meu favor.

Se percebesse que ele estaria pronto a arremessar outra pedra ou então seus machados, mudaria de curso bruscamente no momento momento, para um de meus lados, e logo em seguido mudaria novamente na diagonal em uma direção oposta ao botão, em seguida virava pro lado novamente e por fim, mudaria uma última vez de curso, indo na diagonal pra baixo, voltando a correr pro botão.

Se conseguisse ver que o mesmo iria correr na minha direção, minha melhor opção seria correr o máximo que desse. Seu tamanho era uma puta de uma vantagem, por isso ficaria atento a caso ele tentasse se jogar em mim ou me alcançar com um de seus braços, esperaria que o mesmo realizasse o movimento para ver por onde estaria vindo, e se obtivesse essa informação, quase que mergulhando, faria um pulo pra frente utilizando o máximo de minha força, onde escolheria minhas pernas após o pulo, e completaria uma cambalhota. Acreditando que o volume da água fosse relativamente suficiente pra amenizar quaisquer erros que eu tivesse no meio dessa manobra. Botaria minha mao sobre minha barriga, ainda sentindo o impacto de antes. ~ Puta merda… Ele tem quase a altura da arena, cadê as bazuca quando se precisa de uma?! ~

Caso percebesse que o mesmo fosse me atacar diretamente, com uma pedra, suas garras, seus machados, o que quer que fosse, buscaria novamente tentar ter uma mínima noção das suas ações e de seus movimentos, sempre olhando pra trás e verificando. Se percebesse que o mesmo iria me atacar com suas garras ou seu Machado, na horizontal, iria parar imediatamente minha corrida enquanto me agachava o máximo possível, flexionando ambos os meus joelhos e os abrindo pra fora pra que eu pudesse abaixar ainda mais meu tronco, e vendo que tive êxito, aproveitaria a postura para me impulsionar pra frente e voltaria a correr pro botão. Se percebesse ataques verticais, iria igualmente parar de correr, porém no mesmo momento que parasse, rodaria todo o meu corpo, quase como um movimento de balé, porém sem classe e técnica alguma. Iria pra minha direita ou pra minha esquerda, o lado em que ficasse melhor pro meu caminho até o botão,  e após efetuar o giro, correria totalmente pro lado que escolhesse, antes virar e na direção do botão novamente. Com tudo, se o mesmo tentasse me esmagar com uma pedra, a minha única chance era esperar o momento que o visse a abaixando pra ir de encontro comigo, e então pegaria o máximo de impulso o possível em um curto período de tempo pra me jogar pra frente, enquanto reduzia ambas as minhas pernas a minha barriga e deixava minhas mãos estendidas, para que no momento em que tocasse na terra, conseguisse gerar um mínimo de impulso pra frente pra que eu pudesse levantar meu tronco e deslizar com meus joelhos pelo solo, enquanto já me levantaria novamente pra correr em direção ao botão.

Se conseguisse, após todas as minhas tentativas, chegar finalmente ao botão, apenas sacaria uma de minhas armas enquanto continuava prestando atenção em Beo pra não me distrair do meu oponente. - Fodase porra, melhor que isso não fica. - E daria um disparo bem no meio do botão, e ao mesmo momento sacava minha outra pistola dando outro disparo na direção do Lobo, tentando acertar seu outro joelho. Não sabia as consequências de me causaria, ou qualquer coisa do tipo, porém, eu sabia que o próximo ambiente deveria ser vento, e vendo esta chuva, logo olharia ao meu redor pra tentar localizar uma pedra de até 2 metros, e correria pra mais próxima de mim. Se conseguisse alcançá-la, me agarraria a ela e me virava na direção de Beo, enquanto esperava o efeito do ambiente, porém a qualquer sinal de ataque, usaria a pedra como forma de "escudo" enquanto forçava meus pés contra a mesma, pra conseguir um impulso na direção contrária ao ataque, me recompondo e buscando outra pedra a me segurar.

Note:

_________________

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES 8EXjWKD
Jupges
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Https%3A%2F%2Fpictures.betaseries.com%2Fbanners%2Fepisodes%2F81841%2F1069791
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1419-nero-vil-gax https://www.allbluerpg.com/t1652p30-curiosidades-em-serie-novos-horizontes-act-ii#20786
Jupges
Pirata
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qua Jan 19, 2022 12:05 am
Beowulf observava uma clara superioridade de combate, seu oponente disperdiçava seus disparos enquanto Beowulf com uma simples pedra conseguia derruba-lo.

Beowulf arremessaria seu machado em direção ao pistoleiro, mirando na parte inferior de seu tronco e se aproximando do homem o mais rápido que conseguia, enquanto corria na lama. Enquanto corria Beowulf apenas levantaria seu braço esquerdo em frente ao seu rosto, para se proteger dos possíveis disparos contra sua cabeça.

Beowulf então pegaria seu machado que deveria estar próximo, já que mesmo errando o lobo estava mirando a parte inferior e isso deveria fazer o machado cair em um lugar próximo no pior dos casos. Após pegar seu machado, retirando do corpo do homem ou do chão, Beowulf agarraria a perna do homem, levantando ele no ar pelas pernas enfincando suas garras na panturrilha do pistoleiro.

Beowulf então começaria a bater com a parte achatada de seu machado, que lembrava a extremidade de um martelo, e começaria a golpear a cintura do homem, basicamente mirando seus glúteos. Beowulf usaria de seus conhecimentos anatomicos para determinar aonde era o cóccix de Damian, prejudicando seu movimento no resto do combate.

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Barnyard-dawg-strike-beat-dog-attack-gif-5082389

Em momento algum Beowulf permitiria que Damian se soltasse, e se acontecesse, no mesmo momento que o homem se soltasse Beowulf se jogaria em cima dele, não para ataca-lo, mas para usar de todo o seu peso e força para restringir o movimento do homem, pressionando ele contra o chão.

Pra facilitar o trabalho de procurar como o martelo se parece:

objetivos:
Atributos, vantagens e perícias:

Histórico:
Deep
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Tfig50k
Créditos :
00
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1116-deep-cutt#10446 https://www.allbluerpg.com/t1386-cap-2-ascendendo-as-profundezas#14266
Deep
Associado
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qua Jan 19, 2022 2:18 am
~Combate: Post 2~

Deus ajuda quem cedo madruga... Bruce percebia que perderia suas vantagens se continuasse brigando de perto neste clima, então ele se colocava a correr em direção ao botão enquanto o lobo corria em seu encalço, o negão da pistola puxava suas armas e disparaou uma vez contra o joelho direito do mink que o perseguia, a bala acertava em cheio a criatura que não se defendia, porém apenas um corte superficial aparecia e começava a sangrar, nada grave o bastante para aleijar o algoz de Bruce.

O humano correu buscando ziguezaguear e o lobo arremessou seu machado que  cravou suas lâminas na espessa lama quando Bruce fintou graciosamente e alcançou o botão... O humano sacou de suas pistolas, mirou uma no botão e fez ressoar seu disparo.

O botão foi apertado com violência pela bala, ficando apertado de forma torta até se ajeitar, ele chiava e faíscas elétricas saltavam dele, mas o botão parecia ser metálico, então quebraria com tamanha facilidade... No entanto assim que o botão foi pressionado a água parou como mágica. Mas isso não é magia, é tecnologia... Os sprinklers haviam sido desligados e o som de hélices podia ser ouvido conforme enormes ventiladores, espalhados nas paredes laterais bem ao lado da gaiola da arena, ligavam de forma abrupta.

-OHHHHH LÁ VEM... LÁ VEMMMM... O FAVORITO DE ALGUNS... AAAAA TEMPESTAAAAAADEEEE...

Podia se ouvir o vento uivando de forma violenta, a água e lama seus  pés começava a rodopiar, espirrar e espiralar, aos poucos o que parecia um verdadeiro ciclone se iniciava na arena, as pedras arenosos encharcadas pela longa chuva se esparramavam como lama e se esfacelavam no redemoinho. O vento era tão potente e havia tanta lama voando que as gotas de lama no ar pareciam e pareciam virar uma espécie de pó que entrava na narina de ambos os lutadores que participavam daquela luta os fazendo tossir e engasgas, o material das rochas com certeza não fazia bem para seus corpos, os envenenando. Porém, agora, Bruce tinha visão clara de seu alvo.

O som de explosão se fez ouvir, o cheiro de pólvora se espalhou no redemoinho junto com a fumaça que espiralava na tempestade. O disparo do homem acertava o outro joelho da criatura, dessa vez uma ferida mais funda era causada, não iria aleijar a criatura, mas com certeza ela ia mancar e sentir um pouco aquele golpe.

O lobo até tinha intensão de atacar, mas ele não levou em conta a situação que se meteu e acabou ficando sem opções, talvez estupefato pela capacidade que seu oponente demonstrou ter... Ambos estavam a cinco metros um do outro, o lobo com o machado já sendo pego do chão e o humano ao lado do botão, ambos envenenados cada vez mais pelas quantidades crescentes de lama que invadia seus pulmões, fora que a quantia de água que deixaram acumular na arena apenas aumentar a quantia de lama no ar... Eles não iam durar para sempre ali, mesmo que parassem de atacar.


Stats dos oponentes:

_________________

Legenda:

-Fala do Deep

-Voz da entidade

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES R69xxX4
Jupges
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Https%3A%2F%2Fpictures.betaseries.com%2Fbanners%2Fepisodes%2F81841%2F1069791
Créditos :
00
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1419-nero-vil-gax https://www.allbluerpg.com/t1652p30-curiosidades-em-serie-novos-horizontes-act-ii#20786
Jupges
Pirata
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qua Jan 19, 2022 10:03 pm
Beowulf recebeu alguns tiros que não causaram muito dano, e o veneno era muito mais preocupante do que eles de fato. Mas ainda assim um dos tiros adentrava mais que o último no joelho do gigante, a dor não iria incomodar tanto mas mancar ao andar seria problemático durante o resto de sua movimentação.

Antes de conseguir pensar em qualquer ação o lobo olharia para Damian, e se o atirador jogasse uma de suas duas armas no botão para pressiona-lo o lobo tentaria pega-la no ar.

Beowulf inspiraria todo o ar de seus pulmões que conseguisse, prendendo a respiração, em seguida iria diretamente até o botão, batendo no botão com seu machado para diminuir a distancia necessária a ser cumprida. Beowulf se esforçaria para não tossir durante este curto percurso.

Assim que Beowulf apertasse o botão a neve começaria a cair e Beowulf soltaria a sua respiração finalmente, estando ofegante e respirando rapidamente para recuperar o fôlego. O lobo também sabia que o próximo clima não seria muito bom para ele, o Sol de um clima ensolarado poderia ser um grande incômodo.

Beowulf observaria os movimentos de Damian logo em seguida, se o homem tentasse apertar o botão ou corresse em direção do mesmo, Beowulf entraria na frente do caminho com seu grande corpo como obstáculo, e logo após atacaria o homem com uma machadada mirando seu ombro.

Após apertar o botão Beowulf correria na direção do homem defendendo seu rosto com o braço esquerdo, e levantando seu machado enquanto girava o mesmo com o braço direito, para tentar servir como uma barreira para os disparos. Enquanto corria o lobo faria seu melhor tentando passar pela neve em seu caminho, chutando ela para longe se necessário, mesmo que ele sentisse um pouco a dor de seu joelho. E quando chegava até Damian dava uma machadada na horizontal mirando os pés e pernas de seu inimigo, tentando causar o maior dano as suas pernas possível, principalmente ao tendão de aquiles.

Se o homem pulasse para desviar do seu ataque Beowulf, aproveitaria a oportunidade para realizar um corte vertical de baixo para cima, realizando um corte limpo no tronco do homem ainda no ar, começando na virilha e terminando no ombro.

Após tentar realizar um ataque com o machado, o grande lobo branco imbuiria seu braço esquerdo em eletricidade, aplicando um soco direto no maxilar de Damian, tentando deslocar a mandíbula do mesmo. Se o homem estivesse sentado ou caído no chão quando o lobo tentasse aplicar este golpe, Beowulf se jogaria em cima de seu corpo carregando o soco junto de seu peso.

Para se defender de possíveis ataques corporais de Damian, o grande lobo branco levantaria sua guarda e arrumaria sua postura, tudo com o intuito de defender precisamente os ataques, distribuindo o melhor possível os danos do impacto.

Para se defender de possíveis ataques a distância, o lobo se aproximaria, e quando estivesse perto o suficiente Beowulf colocaria a mão na frente do cano da arma do inimigo segurando ela, e logo em seguida tentaria empurrar o ferrolho da arma, por se tratar de uma pistola isso deveria impedir ela de disparar travando a arma. Se a arma ainda sim disparasse o lobo defenderia o tiro com a mão, já que sua mão já estava no cano da arma.

objetivos:
Atributos, vantagens e perícias:

Histórico:
Faktor
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
10
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qui Jan 20, 2022 3:17 am

- Arrgh! D-Droga… - Falava enquanto tossia um pouco por causa da lama. ~ Não posso me permitir errar nessa situação, qualquer ataque dele vai ser crucial em mim, e agora essa ventania… De qualquer forma, preciso garantir que ele não fique confortável. ~ Concluiria meus pensamentos girando minha arma em minha mão esquerda e parando a mesma com meu dedo no gatilho, enquanto estaria mirando na direção do Lobo. Rapidamente realizaria um tiro novamente em seu joelho, e buscava o aproximar o máximo possível de meus últimos disparos. Ao disparar, prestava atenção se meu tiro perderia seu curso, claro, eu não dispararia nesta intenção, porém, com todo o vento, me atentava em perceber se o tiro teria seu curso alterado, e caso percebesse que ele realmente mudaria seu curso, daria um leve sorriso que também era de frustração. ~ É, sempre me fodendo… - Após tê-lo realizado, começaria a me afastar para trás com passos consideravelmente rápidos, enquanto observava as próximas ações do meu oponente.

Caso percebesse que ele viria correndo com tudo na minha direção, tentando prever que ele provavelmente usaria sua mão pra defender seu rosto novamente, agora usando minha outra arma, apontaria com ela pra cima até conseguir localizar a região onde pelo menos deveria conter suas genitais, e então realizaria um disparo nela, na pura intenção de tentar fazê-lo esquecer de seu rosto, o que me daria a liberdade para levantar meu braço esquerdo na altura de sua cabeça, enquanto mirava com minha arma deitada pro lado pra que ficasse na minha linha de visão, e então realizaria um outro disparo rápido visando acertar um de seus olhos. Porém se o mesmo não viesse tampando seu rosto, dispararia ambos os tiros ao mesmo tempo, ainda visando acertar um em suas partes íntimas e o outro em um de seus olhos, para confundi-lo com relação aos disparos. Se no meu primeiro disparo contra o lobo, em seu joelho, eu percebesse que o curso de minhas balas seria alterado pelo vento, realizaria todos os disparos após, mirando no ângulo em que meu tiro o acertaria. Conseguiria ter uma leve base já que teria feito aquele primeiro disparo, porém não me daria o luxo de querer escolher onde iria acertar, porém com meus anos de experiência, esperava pelo menos conseguir acertá-lo.

Se eu visse que o mesmo usaria do vento ao redor da arena para se aproximar de mim rapidamente, pularia pra esquerda me permitindo ser carregado também, e se fosse carregado, logo aí sair do chão dispararia em direção a Beo. Me atentando a se caso o vento estivesse mudando o curso, conseguir achar um ângulo pra que pudesse acertá-lo em movimento e com essa mudança de curso da bala, mas se não, apenas dispararia levando em base sua movimentação. Se percebesse que ele iria se forçar a ir pro talvez, talvez pra começar a correr de encontro comigo no ar, imediatamente também me forçaria a descer, tentando fazer o mais rápido possível para não me envolver em uma furada. Assim que estivéssemos novamente ao solo, começaria a andar na direção contrária a do Lobo, esperando que o mesmo realizasse alguma ação.

Caso ele tentasse me atacar, lançando seus machados, se o vento estivesse influenciando no curso dos meus disparos, provavelmente também influenciaria no curso do Machado(s), porém pra não me restar dúvidas de que não seria acertado, andaria na diagonal pra direção contrária a de que o Machado veio. E no mesmo momento, mataria uma de minhas pistolas no ângulo certo para tentar acertar o pulso do braço em que ele usou para jogar o Machado, e logo após efetuaria novamente ou disparo mas dessa vez visando a altura de seu pescoço, ou o mais próximo que conseguisse dada às situações. Entretanto, se o vento não estivesse influenciando, jogaria meu corpo para trás no intuito de tentar ser levado pelos ventos, onde seguiria no sentido horário por pouco tempo até quando iria me forçar a voltar pro chão, sendo apenas uma alternativa para seu arremesso.

Se o mesmo viesse avançando em minha direção e chegasse em um alcance que já pudesse me acertar, e percebesse que o mesmo me desferiria um golpe na horizontal, buscava projetar meu corpo pra frente enquanto abaixava todo o meu troco, nesse meio tempo sacaria ambas as pistolas e realizaria um tiro visando seu rosto ou suas partes íntimas, e após o tiro, correria em direção às pernas do Lobo pra tentar passar por entre ambas dando leves impulsos para me ajudar na movimentação porém tentando não ser levado pelo vento, onde continuaria a correr pra frente e realizaria um último tiro em suas costas, de preferência em sua nuca, onde após isso, me jogaria aos ares. Com isso, apenas forçaria meu peso para voltar à superfície, após ter sido levado a uma distância "segura" do Lobo e a uma pequena distância do botão. Caso o mesmo me desferisse um golpe na Vertical ou estocadas, iria girar todo meu corpo corpo pro lado esquerdo, enquanto me jogaria de costas na mesma direção, onde deixaria o vento me levar e efetuaria dois disparos na altura do rosto do Lobo.

Se por acaso ele tentasse se aproximar e me agarrar, desde um abraço ou tentando me segurar com seus membros, ou até mesmo tentasse me morde, começaria a correr na sua mesma direção, onde pularia em direção as suas pernas pra tentar escapar de sua ação encurtando nossa distância o mais rápido possível. Assim, que pulasse, passaria por entre ambas as pernas do Lobo, e me virando pra ele de costas, moraria ambas as minhas armas, cada uma pra parte de trás de um de seus joelhos, e então já aos ares, seria levado pelo vento, me forçando a tentar cair a uma distância que estivesse longe dele e a curta distância do botão.

Obs:

Note:

_________________

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES 8EXjWKD
Deep
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Tfig50k
Créditos :
00
Localização :
Sirarossa - West Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1116-deep-cutt#10446 https://www.allbluerpg.com/t1386-cap-2-ascendendo-as-profundezas#14266
Deep
Associado
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qui Jan 20, 2022 11:06 am
~Combate: Post 3~

Bruce girava a pistola em sua mão e a parava na posição para um disparo no joelho do lobo novamente, o tiro gera outro corte raso sobre o anterior, formando um X.
O lobo então puxava um grande fôlego, inspirando muita lama tóxica antes de golpear usando seu machado e força, no entanto ele não mirou o negão da pistola e sim o botão.

O machado acertava o botão com força, o mesmo chiava, soltava faíscas e em um clarão... Explodia em meio a faíscas elétricas jogando e causando danos por choque em ambos os oponentes que estavam próximos do botão. Os mesmos saíam três metros do chão e os vento os arrastava de forma espiralada pelo campo antes de os jogar no chão úmido.

-CARALHO O BOTÂ...

A voz do locutor era ouvida, mas cortada conforme as caixas de som explodiam com a reação em cadeia de curto circuito que se iniciava, lâmpadas no teto da arena se acendiam co pôtencia absurda e então explodiam, todos da plateia então começavam a correr perante a bagunça que se iniciava, os organizadores do evento até iriam segurar tudo em ordem, mas ninguém ia ficar ali para  ver se seriam eficientes mesmo.

O som de refrigeradores sendo ligados zunia e um ar gélido recaia sobre a arena, os ventiladores permaneciam ligados e os sprinklers ligava também em força total... O curto havia queimado algum painel de controle que controlava a troca de climas, estavam todos ligados com exceção do sol cujas lâmpadas explodiram no curto.

A lama e água que giravam no vendaval congelavam parcialmente, se torna um pouco de água gélida, neve e agulhas de lama tóxica que acertavam os combatentes lhes causando feridas que tendiam a apenas crescer, não apenas isso, as agulhas em contato com o sangue deles, derretia e derramava a lama tóxica em sua carne. O frio lhes resfriava o corpo de forma desagradável, os fazendo ficarem mais lentos que o normal, a grande quantidade de água, neve e agulhas no vento, voltavam a restringir suas visões para apenas vinte metros, a situação ia de mal a pior.

O lobo se recuperava mais rápido da explosão e corria em direção a seu inimigo com um braço a frente do rosto e girando o machado com a outra mão, porém assim que Bruce se levantou, já acostumado ao lobo correndo por ai cobrindo o rosto com as mãos, mirava e disparava em seus países baixos, o tiro era certeiro, pois o lobo queria segurar a arma para se defender, mas era incapaz de cobrir os quinze metros que agora estava entre eles antes de o atirador puxar o gatilho. O disparo fazia o lobo parar sua corrida e ajoelhar ao sentir a dor angustiante que ele não estava esperando, obviamente a dor forçou a mão do lobo a ir de encontro a mesma, abrindo seu rosto para ver o brilho do cano da pistola pronta pro disparo, ele até tentou estender sua mão para pegar a arma, mas seu braço não cobria os dez metros que ainda faltavam entre eles após sua corrida interrompida. O projétil saia da pistola de Bruce cruzando por entra a neve e gelo que estava no vento e acertava em cheio o olho direito do lobo, o explodindo na órbita e apenas não danificando o cérebro, pois os ossos da criatura eram muito densos e poderosos para o projétil.

Os oponentes estavam dez metros um do outro, o clima era extremamente hostil e parecia que apenas iria piorar, o lobo estava ferido, ajoelhado perante um inimigo que ainda assim era menor que ele, o humano era mais frágil e duraria menos naquela tempestade... O combate estava árduo, e aparelhos elétricos de som explodiam com um som quase que de trovão dando sinal para que a luta continuasse.

Stats dos oponentes:

_________________

Legenda:

-Fala do Deep

-Voz da entidade

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES R69xxX4
Faktor
Imagem :
BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES B83d22e8172e3203ffa025178c9a2cb7
Créditos :
10
Localização :
Sirarossa
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1048-yuko-tsukumo
Faktor
Civil
Re: BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES Qui Jan 20, 2022 6:30 pm


~ Humf. Esse cara que não cai, puta merda. Não posso deixar ele se aproximar, esse ambiente já tá me fodendo o suficiente pra que deixe ele chegar perto de mim novamente. A droga da explosão… Tudo ficou maluco, agora esse frio, essa chuva novamente… Fodase, preciso agir antes que seja tarde. ~ Segundos passavam muito rápido nesse momento, pensava várias coisas porém a minha estratégia teria sido formada. Alguns poderiam dizer que é ser fraco, eu digo que é não ser idiota.

Meu oponente estava a uma distância de mais ou menos dez metros, vendo que o mesmo estava ajoelhado, ainda sentindo meus últimos tiros, não o deixaria ter tempo pra processar, e miraria ambas as minhas armas em sua direção ao mesmo tempo. Visaria disparar em seu joelho já atingido por mim anteriormente duas vezes, o disparo seria realizado pela arma em minha mão esquerda e logo em seguida, realizaria outro no mesmo lugar, porém agora usando minha outra arma. ~ Uma hora essa merda vai sentir o joelho, agora... ~ Sem deixar brechas, levantaria meu braço esquerdo, logo após os últimos dois disparos, e dessa vez direcionaria a mira pro seu único olho "em jogo", esperaria o suficiente para me estabilizar e ter certeza da trajetória, onde logo efetuaria o disparo. ~ Agora… ~

Começaria a dar passos pra trás, guardando ambas as minhas pistolas. ~ Independente de ter conseguido tirar ambos os seus olhos ou não, nossa visão está fudida pela chuva novamente, então, preciso me distanciar pra levar vantagem. ~ Voltaria a uma postura furtiva novamente, me manteria agachado o suficiente pra conseguir me encolher e reduzir a área que a chuva pegava em meu corpo, e também para reduzir os possíveis sons que meus passos causariam. Já estava desgastado, correr só me cansaria mais, sem falar que com essa chuva, correr só me traria mais problemas. Visando essa postura mais furtiva, agilizava meus passos, não correndo, porém tentando ser rápido o suficiente pra conseguir me distanciar o máximo antes da aproximação do Lobo, e até perceber que já não conseguiria mais vê-lo.

Se conseguisse me distanciar, começaria a prestar atenção nos sons ao meu redor, procurando em primeiro lugar as movimentações de Beo, procurando captar as vibrações causadas por sua movimentação. Ao mesmo momento, estaria me movimentando para a borda da arena, enquanto a rodeava pelo lado esquerdo, sempre procurando me manter agachado e numa velocidade não muito baixa seria o essencial, entretanto, qualquer traço da aproximação de Beo me forçaria a ter que acelerar meus passos para tentar não ser encontrado.

Para os casos do qual meu oponente viria a conseguir me localizar, me levantaria, ficando de pé e então começaria a correr em máxima velocidade. Se o mesmo viesse pela diagonal por trás ou pelo lado, e tentasse efetuar um ataque horizontal usando seu Machado ou suas garras/punhos, continuaria a correr pra frente, até perceber que seu ataque estaria se aproximando e então pararia de correr, ao mesmo tempo que me agachava e inclinava todo meu corpo pra todo, onde iria me impulsionar para trás usando meus pés ainda fixos no chão, provavelmente iria me encontrar de frente pras costas do Lobo, então daria as costas pro mesmo e voltaria a correr o mais rápido possível, mas agora adentrava pro meio da arena, visando ir o mais rápido possível para fazê-lo me perder de vista, então eu poder voltar a andar furtivamente. Ainda na mesma situação, se por acaso ele tentasse efetuar um ataque na Vertical ou uma estocada, continuaria a correr ainda ao lado da parede, e ao perceber seu ataque se aproximando, levaria meu próximo passo de encontro com a parede ao meu lado, e assim faria força com o meu pé contra a parede pra me gerar um impulso pro lado, provavelmente cairia no chão, mas usaria disso pra rolar intencionalmente no chão e então levantar, onde voltaria a correr, mas ao invés de voltar pro canto, adentraria mais a arena, porém ainda continuando a trajetória circular. Caso ele viesse pela frente, eu apenas continuaria a correr na sua direção enquanto ele também avançaria na minha, e ao ver que ele estaria a realizar seu ataque, pularia pra frente estendendendo meus braços e pernas, onde logo ao encostar com minhas mãos no chão, realizaria uma cambalhota mesmo que feia e mal feita, a intenção seria apenas encurtar minha distância com a dele o mais rápido possível seu golpe não vir a me atingir, assim, continuaria a correr, passando por de baixo de suas pernas e me dirigiria mais pra dentro da arena, onde ainda me moveria numa trajetória circular.

Se o mesmo tentasse me jogar seu machado, analisaria o seu arremesso pra tentar ter uma mínima noção de como iria vir. Continuaria a correr, até que o Lobo jogasse, então no mesmo momento iria parar, esperando que p Machado batesse mais a frente, então voltaria a correr, onde então pisaria em cima do Machado se estivesse caído ao chão, ou apenas passaria por ele se estivesse fincado à parede. Entretanto, se ao observar seu arremesso, e com minha experiência conseguisse perceber que ele também teria pensado em que eu pudesse parar, assim jogando o Machado na minha posição atual, daria um leve impulso no chão para que pudesse ir mais pra frente ainda, e provavelmente saindo do trajeto.

Se fosse o cara dele tentar me segurar com uma de suas mãos, ou me agarrar em um abraço ou algo do tipo, esperaria que fizesse seus movimentos, pra se caso ele estivesse estendendo sua mão (E caso eu tivesse errado algum dos três primeiros tiros), sacaria com minha mão direita uma de minhas pistolas e efetuaria um rápido disparo no dedão de um de seus pés, e logo em seguida, pularia na direção do cotovelo do braço de Beo, no caso, minha intenção era pular indo na direção da parte de trás do seu braço, assim dificultando que o mesmo volte o o braço pra tentar me segurar. Contudo, se percebesse que ele estivesse tentar me agarrar com ambas as mãos, com um abraço, etc. (Apenas efetuaria o tiro caso ainda tivesse OPA.) Miraria minha pistola pro dedão de um de seus pés e então disparia no mesmo, no intuito de dificultar sua movimentação. Logo em seguida guardaria a minha arma e pularia na direção do Lobo, porém na intenção de passar por suas pernas, e sair atrás do mesmo, onde continuaria a correr tentando o despistar. Caso ele quisesse se jogar em mim, pulando na minha direção ou algo parecido, simplesmente continuaria a correr até ver que ele teria pulado, se jogado, etc. E então mudaria minha trajetória virando pra diagonal, e logo após virando a direita, e se percebesse que seu tamanho estaria combrindo uma área enorme e fosse me pegar, iria me acelerar ao máximo pra então, antes que ele caísse, eu tentasse saltar pra frente, não ligando pra rolar ou coisas do tipo, apenas visando escapar de ser esmagado. Após cair no chão, tentaria me recompor o mais rapidamente possível e voltaria a correr.

Note:


Última edição por Faktor em Qui Jan 20, 2022 7:50 pm, editado 1 vez(es)

_________________

BATALHA DO SÉCULO FAKTOR VS TORRES 8EXjWKD