Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
II - Sombras em SteveltyHoje à(s) 5:45 ampor  KerigusVoice of the SoulHoje à(s) 1:38 ampor  YamiOperação T.N.C.T.O.N.I.Hoje à(s) 12:17 ampor  VincentMary Van TasselOntem à(s) 11:57 pmpor  KerigusSharp Teeth and Hard Fists.Ontem à(s) 11:25 pmpor  ÀsManae LiebeOntem à(s) 8:42 pmpor  RyomaCatherine Petit Barozzi Nero BellarosaOntem à(s) 8:36 pmpor  RyomaHizumy Mizushiro MayanOntem à(s) 8:35 pmpor  RyomaPedidos de CargosOntem à(s) 7:56 pmpor  Arthur LancasterAs Crônicas dos Scavenger: A Leoa, o Louco, e o MudoOntem à(s) 7:45 pmpor  Arthur Lancaster
Departed
Ver perfil do usuário
Imagem : Tsao Tsao - Finalizada OrgyADY
Créditos : 00
Tsao Tsao - Finalizada Qua Ago 11, 2021 11:57 pm



Tsao Tsao








Sobre o Personagem


Nome: Tsao Tsao
Idade: 21
Género: Masculino
Mão Predominante: Canhoto
Risada: chi-chi-chi...
Altura: 1,80m
Peso: 65kg
Raça: Humano
Origem: Hi no Kuni (destruído)
Localização: Las Camp
Grupo: Civil

Complementos



Aparência:
Sou um homem de estatura média em comparação com as outras estaturas nesse mundo. Corpo pouco atlético, não tenho tantos músculos definidos e meus traços são semelhantes aos de minha linhagem: pele branca, olhos puxados, nariz pequeno e rosto delicado. Meus cabelos são escorridos, longos, e caem em minha cabeça, escondendo minhas orelhas, testa e nuca, sobre uma sobrancelha malfeita, enquanto a outra é inexistente. Talvez a marca mais presente em minha aparência seja a do meu rosto. Uma cicatriz horrenda, no lado esquerdo de meu rosto, que cobre toda a extensão de meu olho esquerdo, invade uma parte da testa, cobre umaparte da bocheca e finaliza ao pé do ouvido. A cicatriz tem alto relevo, cheia de queloides, um rasgo grotesco, minha pele marcada em fogo em um dado momento de minha vida. Quem dera eu fosse mais bonito, muitas vezes, pareço um bicho imundo e maltrapilho, com os cabelos ensebados, andando pelas ruelas entocadas de ratos. A beleza, certamente, não é meu forte. Mas meus olhos são o ápice de minha existência. São de um amarelo brilhante, quase inexistente nas cores da natureza. Profundos, perfurantes, como os de um predador que já viveu muito mais do que poderia ao longo de sua vida, capazes de amedrontar os de coração fraco, e alma duvidosa. Heranças de um passado inesquecível.

Em minhas humildes vestes, roupas de algodão em tonalidades vermelhas. Sapatos simples, gastos. Carrego comigo uma máscara demoníaca azul, herança de família, da qual uso para esconder minha identidade, em meio aos meus serviços. Não saberão quem sou, e, portanto, não saberão quem os matou.

Personalidade:
Sou amargurado com minha própria vida, e ao longo dela tive muito para me amargar. Não consigo aproveitar o que é bom, e nem mesmo sei quando é o momento certo de parar. Não gosto de passeios, não tenho mais prazer por eles. Não gosto de novos amores, minha marca não me permite que eu os viva, portanto, não os desejo ter. Não me abalo por qualquer coisa, raramente me interesso pelos extremismos emocionais do ser humano médio, e tampouco me importo com sua condição hierárquica, se tem muito ou pouco dinheiro, se possui ou não poder. Interessa-me apenas se é uma engrenagem do mal. Jurei destruir o mal desse mundo, e livra-lo do sofrimento, e enquanto ainda estiver vivo, vou arrancar a luz de dentro daqueles que destroem a alma deste mundo, a vida das pessoas, e causam sofrimento aos que ainda estão por vir, mesmo que tenha que me tornar um deles. Sou atormentado pelas sombras do meu passado, e convivo com elas diariamente, como sussurros lastimáveis ao pé do meu ouvido, enquanto tento ter paz ao menos para dormir. A convivência com minhas próprias sombras já me tornou um ser anestesiado, e esse é o motivo de minha introversão. Não quero partilhar minha dor, e nem confio para que seja feito, pois vivo sozinho com ela, e com ela irei conviver até a luz deixar os meus olhos.

Sou um andarilho fedido que caminha pelas ruas a procura do bem estar. Sou uma besta solta que não respeita as complexas relações de poder. Contudo, embora seja um ser amargo, entulhado em minhas sombras, devoto às minhas ambições, eu ainda aprecio a beleza da vida. A bondade com a qual uma mãe protege seu filho. O amor com o qual um casal ingênuo se debruça. A felicidade da plateia em ver um espetáculo de arte. O choro de esperança daqueles que saem de um terrível acidente. A felicidade dos que se livram das enfermidades da doença de seus corpos. Tudo isso eu senti, mas reneguei um dia. As sombras são o meu destino. É por esse destino que decidi seguir, e o abracei de bom grado. Minha missão é caminhar pelas sombras, e expurgá-las dessa existência, custe o que custar. Ao meu lado, minha inteligência e sagacidade auxiliam em minha jornada. A mente afiada, a emoção anestesiada.

Não tema a mim, pois creio que a beleza exista em você, em algum indício de seu corpo. Contudo, se pratica desgraças para com a vida, não anseie pela morte que um dia irá chegar para ti. Sou eu quem irá trazê-la, em algum momento...

História:
Chamam-me por Tsao Tsao. Nasci em uma ilha minúscula, isolada no meio do mar do oeste, do qual se dispunha somente de si mesma. Era um país, apesar de tudo, Hi no Kuni. A vila era autossuficiente, conseguia se manter sem interferência do mundo externo, e nunca precisamos de toda maneira... meu pai era um soldado da vila, e minha mãe era uma simples dona de casa, que amava seus filhos. Aprendia sobre a guerra com meu pai, pois embora isolados, éramos constantemente atacados pelo que se dizia como "Governo Mundial". Apesar dos pesares, vivíamos felizes. Minha carreira militar já estava garantida, e eu pensava em desbravar o mundo fora daquele minúsculo país isolado. Tão ingênuo...

Certo dia, enquanto ainda era criança, o país entrou no meio de um conflito entre a Marinha e um grupo de piratas. Invadiram o país. Embora a pequena ilha conseguisse ser bem protegida, os piratas forçaram sua entrada, e no meio do caos, a Marinha atacava tanto os piratas quanto os militares de minha terra natal. Foi um inferno. Em um determinado momento, mais e mais tropas dos piratas chegavam, e a Marinha executava um cerco em toda a ilha para que pudessem impedir a entrada e a saída. Os piratas saquearam nossas casas, estupravam as mulheres e matavam os homens para que não lhes causassem problemas. Os marinheiros só não faziam o mesmo pois precisavam pegar os piratas, mas eram igualmente vis e cruéis. Sempre que podiam, pegavam os alimentos, destruíam nossas plantações para que não houvesse suprimentos aos inimigos, e se recusavam a cessar o conflito de uma maneira prudente. Todos farinha do mesmo saco. Em um dado momento, ficou insuportável a situação. Um Buster Call foi acionado, e a ilha começou a ser destruído. Lembro de meu pai, guiando minha família para um abrigo segura, minha mãe me abraçava como se não fosse haver um amanhã. E nunca houve, não para eles. Meu pai foi morto por uma bala de canhão, e minha mãe morta pelo golpe de um pirata, que me sequestrou e conseguiu fugir num navio pequeno, como um rato encurralado que passa despercebido aos olhos do predador. Na cidade, me vendeu como um escravo por alguns trocados, e foi então que percebi que minha vida iria mudar.

Passava de mão em mão, de senhor a senhor. Era um garoto forte e inteligente, e gostavam muito de mim. Violaram-me incontáveis vezes, tirando minha inocência e esmagando meu espírito. Faziam com que eu servisse os senhores gananciosos até a exaustão, até que me batessem tanto que eu não mais poderia reagir. Foi assim durante muitos anos... E o que eu poderia fazer? Um menino órfão, solto para o mundo, violado constantemente. Não era esperado que eu durasse muito tempo. E não desejava durar. Não sei o que me fazia continuar vivo, nem o que me fazia agarrar tão desesperadamente à minha vida.

Certa vez, já um adolescente, vi na casa de um senhorio a troca de um escravo, e logo em seguida presenciei mais uma violação de uma jovem menina. A cólera me encheu os olhos naquele momento. Como é possível um velho desgraçado desses, com tudo no mundo, querer mais e trazer sofrimento para ainda mais pessoas, que não somente eu? Ataquei sem hesitação. No calor do momento, finquei uma faca de cozinha na garganta do porco. Ele guinchou, me amaldiçoou, e depois caiu duro no chão. A menina, assustada, correu junto de mim. Antes que fossemos pegos, fugimos para outro lugar, num pequeno bote. Fomos parar em Illusia, um reino grandioso, maior que minha terra natal, destruída. Lá, tentamos nos recompor. Começamos a viver como ratos nas ruas. Comíamos sobras do lixo, mendigávamos, e tentamos nos agarrar a vida, novamente. Lembro que a beleza dela fazia meus olhos brilharem. A beleza da vida, e a da menina. Embora estivéssemos em uma situação tão deplorável, ainda assim, era belo a maneira como tentávamos sobreviver, como uma pepita de ouro encontrada no meio da lama, um sentimento que só quem viveu, sabe como é... aproveitar os pequenos momentos bons que aquela vida miserável nos trazia, como roubar comida nova e conseguir ver o pôr-do-sol sem que fossemos expulsos, nos altos das montanhas.

Fomos crescendo, a situação apertando, os roubos também, e a polícia já ao nosso encalço. Aprendi a lutar com facas envelhecidas, e ela a ser rápida enquanto eu me virava com nossos oponentes. A vida era dura, mas era a única que possuíamos. Uma certa noite, os subordinados do porco que eu havia matado nos encontraram. Foi o inferno, novamente. Corremos, nos escondemos, mas eles eram muitos. Quando nos encontraram, fizeram questão de nos fazer pagar pela ocorrência há alguns anos antes. Fomos ambos torturados. Os gritos da menina ressoam em meu ouvido até os dias de hoje. Eu? Nem sinto mais dor. Esse corpo jovem e cansado já não se surpreende mais com nada. Num certo momento, derramaram bebida em meu rosto e acenderam um fósforo. Queimaram minha cara, a minha, de um menino que já não tinha mais nada. Agonizei, enquanto me debatia na câmara do sofrimento. Foi quando eu vi. Logo em minha frente, violando minha companheira, que já havia perecido sem aguentar tamanhas injúrias. Nojentos. Repugnantes. A cólera foi tamanha, que a chama que queimava meu rosto já não fazia diferença. Num surto caótico, matei os 3 algozes que comigo estavam. Não me lembro do ocorrido, nem me lembro de como havia feito. Quando a bebida secou, e o fogo parou de queimar, a dor tomava todo meu corpo. Mas não era a dor física. Novamente, eu não possuía mais nada.

Consegui me recuperar dos ferimentos, mas a um custo terrível. A cicatriz deixada em meu rosto nunca ficaria em melhor estado. Pelo menos, meu olho ainda funcionava. Já sem esperança, decidi me livrar de toda aquela desgraça. Mais pessoas como eu iriam sofrer nesse mundo? De que maneira? Da mesma maneira que eu sofri? Não... é demais eu ter conhecimento disso. Me recuso a deixar o mundo cair em tantas desgraças quanto a que eu mesmo caí. Um sofrimento sem igual. Abracei minhas sombras. Ignorei meu sofrimento e me atirei no abismo. Roubei uma máscara de um festival, e com ela, saí daquela ilha. Mãe, finalmente irei desbravar o mundo... mas não para aproveitá-lo. Vou eliminar o sofrimento, e algum dia, esse mundo será um lugar melhor, e não terão que passar pelo menos sofrimento pelo qual vivenciei. Algum dia...

Se tenho algum medo? Não temo pelo meu destino. Temo somente que minha chama um dia se apague.

Características



Qualidades:
Versátil (Racial) Você pode somar até 9 pontos de defeito, conseguindo dessa forma gastar 9 pontos de qualidade em vez de 7.

Impassível (1) Você é uma pessoa calma que não tem o seu humor alterado por ameaças, provocações ou acontecimentos drásticos, sua razão sempre consegue dominar a sua emoção e você sempre é capaz de tomar as suas decisões com clareza. Isso não significa que você não possa sentir raiva ou outros sentimentos extremos, apenas consegue ter um controle maestral sobre os mesmos. "Está com uma fratura exposta, implorando por piedade, com sua mulher chorando copiosamente para que eu pare? Que incômodo."

Audição Aguçada (2) Você tem capacidades auditivas sobre-humanas, sendo capaz de perceber com clareza sons não notados pelos outros. "Acabei de lhe ouvir engolindo... está nervoso?"

Hipoalgia (2) Você tem uma tolerância alta a dor, essa qualidade não o torna incapaz de sentir dor, mas o torna extremamente capaz de resistir a ela. Em situações onde outras pessoas simplesmente desmaiariam, você é capaz de resistir. Essa qualidade não o torna de qualquer forma resistente aos danos, no entanto você se torna capaz de aguentar muito bem a dor e pode passar a idéia de ser muito mais resistente do que verdadeiramente é. Em termos mecânicos, você não reduz de forma alguma o dano que recebe. "O que é mais uma marca nesse corpo?"

Prontidão (2) Você está sempre pronto para agir ou reagir, alcançando o ápice da sua velocidade ou força em questão de poucos instantes. Mecanicamente, reduz a condição lento em uma categoria, SE a condição aplicada for categoria III ou inferior. "Surpresa? Onde?"

Visão nas Trevas (2) Você é capaz de enxergar claramente mesmo sem nenhuma fonte de iluminação, entretanto, não é capaz de distinguir cores. Mecanicamente, esta qualidade reduz a condição Cego em duas categorias quando a causa do efeito em questão for relacionado a falta ou obstrução de luz. "Enxergo na escuridão, pois já a tornei parte de minha vida há muito tempo."


Defeitos:

Paranoia (1) Você tem dificuldades para começar novas relações por sempre acreditar que todos os desconhecidos que te abordam possuem segundas intenções. Quem é você?

Ambição (2) Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. "Desejo reformar o mundo a partir da eliminação do sofrimento, destruindo aqueles que fazem com que ele sofra, em maior escala, eliminando-os com minhas próprias mãos, mesmo que eu me torne a essência do mal no processo."

Atormentado (2) Você escuta vozes de coisas, entidades ou pessoas dentro de sua cabeça, sendo constantemente provocado e atormentado por conta disso. "Os fantasmas do meu passado me atormentam. Até quando irei reviver em minha mente os fiascos de tortura pelo qual meu corpo passou?"

Horrendo (2) Tem algo na sua aparência que é simplesmente grotesco ou incomum, só de olhar em sua direção as pessoas sentem nojo, repulsa ou desprezo, muitos lhe destratam apenas pela sua aparência. "O que foi? Nunca viu um maltrapilho com uma cicatriz?"

Indisciplinado (2) Você pode até ter o mesmo objetivo em comum que o seu grupo, mas você não faz e não segue planos nem hierarquias, agindo a sua própria maneira, mesmo que isso custe os seus ganhos, sua vida ou a de seus companheiros. Isso não impede o jogador de fazer parte de organizações, mas com certeza será um fator dificultante ao lidar com superiores. "Não devo nada a ninguém, exceto ao meu próprio objetivo. Pouco me importa se tu estás em cima ou em baixo. Seu destino será o mesmo."



Atributos


Nível: 1
Experiência: 400

PdV: 2400
STA: 100

Força: 1
Destreza: 199 +60[#99cc00] +40[#ff6600] - 299
Acerto: 100 +60[#99cc00] +40[#ff6600] - 200
Reflexo: 100 +60[#99cc00] +40[#ff6600] - 200
Constituição: 0

Agilidade: 200
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:

Conhecimentos



Proficiências:
https://www.allbluerpg.com/t24-proficiencias
• Arrombamento
• Disfarce
• Furtividade
• Furto
• Estratégia

Ladrão:
Os ladrões acreditam que a única coisa melhor que dinheiro é dinheiro fácil. Sem se importar com os meios utilizados, estão sempre em busca de conseguir mais ouro e aumentar sua riqueza. Seus métodos podem divergir muito, desde utilizar o intelecto e a astúcia para enganar os outros até fazer uso de pura força bruta e coerção.

Bônus: Jogadores com a profissão ladrão tem um vasto conhecimento relativo ao submundo do crime, podendo conhecer diversas famílias e organizações criminosas. Narrativamente, tem extrema facilidade para encontrar prestadores de serviços escusos e comprar e vender itens de procedência duvidosa em mercados clandestinos, sabendo sempre como garantir acesso a tais locais, se existirem.

Mascote


Nome do Mascote
Animal: Raça e especificações de seu mascote.
Altura: Altura de seu mascote.
Peso: Peso de seu mascote.
Porte: Porte do seu mascote.
Raridade: Raridade do seu mascote.
Aparência: Aparência do seu mascote.
Personalidade: Personalidade do seu mascote.
Atributos: Foco de atributo de seus personagens.

Comandos:
Lista de Comando complexos que foram ensinados ao seu mascote

Estilos de Combate



Ladino:
Ladinos são especialistas em combates de curta distância, fazem uso de lâminas curtas e escusas para pegar seus oponentes desprevenidos e realizar movimentos letais. Utilizam adagas, punhais e similares.

Técnicas


Nenhuma por enquanto.

Haki da Observação


Não despertado.

Haki do Armamento


Não despertado.

Haki do Rei


Não despertado.

Berries: 250.000 ฿S

Itens


Tratam-se dos itens equipados em seu personagem

Cabeça:
Tsao Tsao - Finalizada OrgyADY
Máscara Oni Azul

Pescoço:
- X -

Tronco:
- X -

Braços:
- X -

Mãos:
- X -

Pernas:
- X -

Pés:
- X -


Inventário


Trata-se dos itens carregados pelo que não estão equipados em seu corpo.

10 U

Nome do Item:
Espaço:
Descrição:

Embarcações


Nenhuma por enquanto.

Menções no Jornal


Nenhuma por enquanto.

Photoplayer



Zuko - Avatar:
Tsao Tsao - Finalizada LKXbDqH

Relações



Players:
[url=Link da Ficha do Player]Nome do Personagem[/url] - Relação com o Player

NPCs:
[url=Link com a Aparencia se existir]Nome do NPC[/url] - Relação com o NPC

NPCs Importantes:
[url=Link com a Aparencia se existir]Nome do NPC[/url] - Relação com o NPC



Link da sua Instrução ou última ficha:
Departed
Ver perfil do usuário
Imagem : Tsao Tsao - Finalizada OrgyADY
Créditos : 00
Re: Tsao Tsao - Finalizada Sex Ago 13, 2021 12:53 pm
Ficha finalizada

_________________

Falas #ff0000
Pensamentos #cccccc
"Atormentado"

Tsao Tsao - Finalizada Hoyvb0R
Skÿller
Ver perfil do usuário
Imagem : ALOU TESTANDO O TESTE TESTADOR DE TESTES TESTADOS
Créditos : 25
SkÿllerSoldado
https://www.allbluerpg.com/t272-annabelle-petit-barozzi https://www.allbluerpg.com/t303-voice-of-the-soul#875
Re: Tsao Tsao - Finalizada Sex Ago 13, 2021 2:53 pm
Aprovada aqui: https://www.allbluerpg.com/t706-tsao-tsao#4977
Não se esqueça de colocar a ficha no seu perfil para fácil acesso. Também peça o seu rank aqui: https://www.allbluerpg.com/t286-ranks

Boa sorte

_________________

Tsao Tsao - Finalizada O0yljIK

Tsao Tsao - Finalizada WhdRXxk

Fala Annabelle
Pensamento Annabelle
Fala Lilith