Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21por  Koji6º Capítulo: Gigantes versus Dragões!Ontem à(s) 23:23por  Sashaficha Aika KinOntem à(s) 22:50por  mestrej2° - De Dawn a Shells - Uma viagem para conhecimento.Ontem à(s) 22:39por  SaruNo Maidens?Ontem à(s) 21:38por  IzumiCap. 2 - Ascendendo às profundezasOntem à(s) 21:23por  VanKaoru KageyamaOntem à(s) 21:09por  Kaoru[Pedido de instrutor] - TaliyahOntem à(s) 21:00por  nothawaiian[TUTORIAL] - TaliyahOntem à(s) 20:56por  nothawaiianPorradaria e Fuga: Grand Line Drift. [3]Ontem à(s) 20:46por  Van
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance
Página 2 de 2 Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : [1] A caminho da liberdade - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
[1] A caminho da liberdade Sex 25 Mar 2022 - 0:10
Relembrando a primeira mensagem :

[1] A caminho da liberdade

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Katatsumuri D. Nine. A qual não possui narrador definido.

_________________

[1] A caminho da liberdade - Página 2 J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022

Lazy
Ver perfil do usuário
Imagem : [1] A caminho da liberdade - Página 2 B143d636cd61dec5c43009d593d91df4
Créditos : 00
LazySoldado
https://www.allbluerpg.com/t1401-katatsumuri-d-nine#14465 https://www.allbluerpg.com/
Re: [1] A caminho da liberdade Qua 13 Abr 2022 - 16:24
Nine

Fracasso, a criança conseguia escutar vozes mas nada poderia me ajudar, como uma ação precipitada fui contra a parede lateral da carruagem, não conseguia fazer nem um arranhão, talvez seja um material super forte ou talvez eu seja super fraco, não importa, ficaria sentado com vergonha da minha falha anterior, enquanto o médico estranho me curava. " Fala a verdade, esse cara frito deve ser mó gostoso " Colocaria minha mão na cabeça. - CALA a boca por favor -  Falaria ao mesmo tempo que olharia para os lados, vendo se mais alguém escutou minha performance exagerada.

Meus machucados estavam sendo curado, logo a dor era inevitável, um tempo depois do doutor ter terminado o curativo, o veículo parou e nos puxaram para fora, nenhum de nós teve coragem de retrucar as ações autoritárias do homem que se gabava, obedecemos quietamente até finalmente acabarmos em um alçapão, o que podemos fazer? " Faça qualquer coisa, só não deixe esses merdas fazerem o que querem com você, isso já tá me deixando puto! " Afirmou Dark com convicção, balancei a cabeça afirmando que iria tentar algo.

Dentro do meu campo de visão conseguia ver algumas janelas e o lugar de saída que estava trancado, além é claro dos prisioneiros que estavam comigo. “ prisioneiros ein? “ Talvez eu consiga algo com eles. - Ei pessoal, vamos sair daqui! Temos bastante gente, se juntarmos forças tenho certeza que conseguiremos dar o fora, pensem bem, se todos agirem juntos poderemos sair! Na cela anterior era impossível pois estávamos trancados e ela era  feita de ferro, mas agora não estamos mais, o que acham? - perguntei com uma certa empolgação esperando ansiosamente a resposta de todos. Caso todos concordassem eu esperaria alguém agir primeiro, afinal eu não posso fazer nada em questão de sair daquele lugar, não tenho poder para isso.

Considerações:

Atributos:

Proficiências:


Player
Winter





Kisaki Ushi
Ver perfil do usuário
Imagem : [1] A caminho da liberdade - Página 2 ErLkMKV
Créditos : 18
Re: [1] A caminho da liberdade Qua 13 Abr 2022 - 21:09

Estavam todos cabisbaixos dentro daquele local fétido, completamente desmoralizados, alguns só não choravam por que pareciam não ter mais forças para isso, talvez um líder, alguém que os liderasse para uma rebelião, uma pessoa capaz de remover aquelas algemas e os fazer destruir King e Joker, talvez isso fosse o necessário para se libertarem! Nine tomava a frente e falava com pouca persuasão, palavras que chegavam até os ouvidos de todos ali.

- Você está louco, não está? Eu acho que aquelas pancadas te deixaram maluco da cabeça, deve ser por isso que fica falando sozinho! - Um mink lobo aparecia da escuridão, um pobre coitado deveras deprimente, pouco tinha recebido de sua genética animal, além de um rabo peludo, duas orelhas no topo da cabeça e um nariz amassado e fofinho, devia ter por volta de trinta anos. - Não! Ele está certo! Precisamos fazer alguma coisa! Não podemos desistir... - Completava a mink que estava ao lado de Nine, o grupo parecia se dividir entre apoiadores do marinheiros e os que não apoiavam, ele esperava que alguém tomasse uma iniciativa... Mas qual iniciativa? Ainda estavam todos algemados. - Isso! Vamos sair correndo daqui e nos jogar em cima deles, talvez eles morram de desgosto antes de nos espancarem até a morte! - Falava o mink que ao finalizar puxava um amontoado de catarro e ameaçava cuspir em cima de Nine, mas talvez por uma centelha de lucidez mudava de ideia e jogava para o lado, cujo batia em uma parede e começava a escorrer.

A gosma esverdeada descia pela madeira deixando o seu rastro de nojeira brilhar em contraste com a pouca luz. Que os fazia perceber um galão de queirosene, conteúdo extremamente inflamável utilizado para manter o fogo de lamparinas. Pequenos murmúrios começavam, alguns que pareciam tentar dar alguma ideia, outros que reclamavam do marinheiro, até que uma voz falou à dois prisioneiros de distância de Nine. - Nós podemos tacar fogo nesse lugar de alguma forma... Vamos morrer e levar eles junto.. -

Histórico:
Nine:



_________________

Lazy
Ver perfil do usuário
Imagem : [1] A caminho da liberdade - Página 2 B143d636cd61dec5c43009d593d91df4
Créditos : 00
LazySoldado
https://www.allbluerpg.com/t1401-katatsumuri-d-nine#14465 https://www.allbluerpg.com/
Re: [1] A caminho da liberdade Qua 13 Abr 2022 - 23:13
Nine

Uma confusão era formada diante daquela situação tensa, alguns concordaram e outros discordaram ao ponto de quase cuspirem em mim, as pessoas que foram contra a minha ideia tinham um ótimo motivo, nós estamos acorrentados não seria fácil lutar contra todos aqueles malucos com as mão atadas, com elas soltas já seria meio complicado, elas presas iria ser dez vezes pior, contudo tenho uma solução para esse problema, não sei se todos irão querer fazer tal coisa, mas assim que virem que funciona eles ficarão mais confiantes. - Na verdade tem uma forma de sair dessas algemas, não é nem um pouco prático mas acho que funciona, eu vivi na rua por bastante tempo e consegui aprender bastante coisa lá... ruuff - Minha fala era interrompida por um leve gemido de dor, comecei a torcer meu polegar até ele deslocar, foi uma dor agonizante, conseguia ouvir e sentir meus ossos estalando. - CARALH* - Um grito que saiu espontaneamente da minha boca, não tinha como controlar, antigamente quando ficava na rua e roubava para poder viver, algumas vezes fui pego por alguns mercadores e eles me prenderam com algemas, claro que não são iguais as essas mas aprendi que se eu deslocasse meu polegar conseguiria me livrar delas. Se por acaso eu não conseguir tirar as algemas deixaria meu plano inicial de lado e falaria: - Não sou o único que tem que pensar, tem varias pessoas aqui, e várias tem anos e anos de experiência, tenho certeza que a alguém que sabe se livrar dessas coisas. - Apontaria o dedo para a mink que me eletrocutou no passado: - Ela apesar de não parecer adulta, consegue de alguma forma soltar ondas elétricas pelo corpo, eu por outro lado tenho capacidade de fazer pequenos flashes de fogo, aquele cara é médico e ajudou no meu tratamento. - Apontaria meu dedo na direção do tritão. - Todos têm algo escondidos, vamos pensar e nos unir, que se fod* esse negocio de se matar, não vale a pena perder a vida sem ter a certeza de que todos eles irão morrer. - Acabaria a frase com minha voz ficando rouca, inspiraria e expiraria para me acalmar e recuperar o fôlego.

Todavia se meu plano de tirar as algemas derem certo, mostraria para o pessoal que estão comigo e diria: - Viram? Vocês vão sentir um pouco de dor no início, mas nada que vá matar vocês, sem contar que temos um médico, ele consegue nos curar rapidinho, tão dentro? - Exclamaria com um leve sorriso no rosto, já tinha descoberto o barril de querosene, olharia para todos ali enquanto falava: - Tenho um plano, Aquele galão tem o suficiente para explodir boa parte do navio, só que não precisamos de tanto, jogaremos boa parte pela janela e usaremos o necessário para explodir a saída, assim poderemos sair e enfrentar todos, sem contar que pegaremos eles desprevenidos, quem topa? - Deixaria meus olhos correrem pelo local e então confirmar quem estava de acordo comigo, quem não quisesse participar apenas pediria para ficarem longe pois poderiam se machucar, faria meus preparativos, e logo depois de jogar parte do líquido pela janela colocaria ele perto da saída e me afastaria dali junto do pessoal, fecharia meus olhos e mandaria uma faísca forte o suficiente para fazê lo entrar em combustão. - Kami no tekken -


Considerações:

Atributos:

Proficiências:


Player
Winter





Kisaki Ushi
Ver perfil do usuário
Imagem : [1] A caminho da liberdade - Página 2 ErLkMKV
Créditos : 18
Re: [1] A caminho da liberdade Sex 15 Abr 2022 - 11:06

Os prisioneiros juntos de Nine o olhavam assustados, o rapaz utilizando de toda a sua frieza deslocava seudedo afim de fazê-lo passar pelas algemas e espantosamente esperava que todos ali fizessem o mesmo, alguns civis, mercadores, os desprezados pela sociedade, todos coagidos a agir na mesma frieza do rapaz... Isso era impossível.

- Você realmente é louco... Nós nem sabemos como fazer isso aí, você espera que simplesmente vamos quebrar nossas mãos? Ninguém aqui é um guerreiro não, eu era apenas um vendedor de plantas! Ele é um médico e não um valente lutador do submundo! Você realmente está nos dizendo para subir lá sem armas e atacar um bando de piratas que nos espancaram por meses!? -

Todos os prisioneiros ficavam quietos apenas escutando o único mink se pronunciar, sua ira parecia enorme, talvez tivesse algo contra marinheiros em especifico para sempre falar contra Nine, ou simplesmente ele tinha a coragem para dizer o que os outros apenas estavam pensando. Alguns murmúrios sobre todos morrerem podiam ser escutados por Nine, a maior parte dos prisioneiros não pareciam ter a menor motivação ou força para fazer um ataque direto à um bando de sujeitos perigosos. Até onde o fator surpresa poderia ir, afinal? Travar uma lutar em meio ao mar aberto sem ter como escapar não era a coisa mai segura a se fazer, muito menos colocar fogo na única embarcação. Dentre todos ali, um dos homens se pronunciava, o mais robusto, provavelmente eram um sujeito grande quando fora preso, mas agora apenas alguns kilos a mais o restava, seus braços longos se esticavam até próximo do tritão médico e pedia para que ele ajudasse a deslocar o dedo para que pudesse também se livrar das algemas.

- Espere, eu vou com você! Sou Tust. -

- Vocês vão matar todos nós! - O mink lobo se pronunciava, mas era ignorado. Minutos depois o plano do marinheiro era botado em prática e uma pequena explosão acontecia, o suficiente para incendiar com facilidade todo o lugar onde estavam antes... Afinal, feno era um excelente combustível para continuar alimentando as chamas. O buraco feito na entrada aquele ambiente lhes mostrava a saída para a parte frontal do navio e quando finalmente saíam podiam ver uma coisa extremamente estranha... Encontravam três corpos, dentre eles, o homem que havia os levado pro ambiente em que estavam agora pouco, que agora era consumido cada vez mais pelas chamas. Se algo não fosse feito, o barco se tornaria um verdadeiro forno em alto mar.

Histórico:
Nine:



_________________