All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Zulkras
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Takamoto Lisandro Ter Abr 16, 2024 1:40 pm

» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Oni Ter Abr 16, 2024 9:27 am

» [TUTORIAL] - MAURICE
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Maurice Seg Abr 15, 2024 12:06 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor mestrej Sáb Abr 13, 2024 6:07 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip

Ir para baixo 
2 participantes
AutorMensagem
Zavala

Zavala


Imagem : [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip F6846c6a6d128ac0106eea3a85a0125a
Créditos : 5
Localização : North Blue — Flevance

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Empty
MensagemAssunto: [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip   [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip EmptyQui Mar 14, 2024 4:59 pm


Prinzip

Participantes: Zavala
Localização: Flevance — North Blue
Modalidade: Narrada
Invasão Livre: Ligada


_________________

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip 5MAaZQu


Última edição por Zavala em Sáb Mar 16, 2024 5:55 pm, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/
Mizzu
Oficial
Mizzu


Imagem : Kommandos Revolucionários
Créditos : 36
Localização : Rota 4 - Masquerade

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Empty
MensagemAssunto: Re: [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip   [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip EmptyQui Mar 14, 2024 10:48 pm

NARRAÇÃO

Ainda era noite quando a um pequeno den den mushi tocava na sala de operações do quartel general da marinha, por volta das três e meia da manhã, logo logo iria amanhecer naquela ilha, porém a neblina e a neve tomava conta do local ao ponto da sensação térmica -7ºC devido o sol ainda não mostrar suas luzes. Por alguns segundos o mushi mushi era se ouvido, mas ninguém vinha para atendê-lo até que alguns passos rápidos e pesados se ouviam, um homem um pouco acima do peso entrava na sala rapidamente, com seu café em mãos e com os olhos remelados de cansaço, ele atendia e ouvia silenciosamente o que estava sendo dito, até que em alguns minutos ele desligou a ligação. Seu rosto não parecia nada aliviado, coçando a cabeça sem parar o mesmo virou uma xícara de café quente por inteira, dando uns tapas na cara ele saia daquela sala como se estivesse encarregado de algo muito importante.

Uma pequena sirene era acionada, não tão alta para acordar todo quartel, porém apenas tocada nos alojamentos dos agentes daquele QG. Todos sabiam que sempre que a mesma fosse acionada, teriam um prazo de três minutos para entrarem em forma no patio daquele lugar, e para melhora, já era rotineiro as missões serem passadas para os subalternos por aquelas horas, porém sempre tinha alguns agentes que gostavam de testar o sistema, ficando alguns a demorar a se arrumar, outros até mesmo nem se levantarem da cama pensando estar sonhando com tudo aquilo, isso sabendo que os mesmos seriam punidos mais para frente.


– Podem demorar senhores, eu apenas quero o último! – Disse o homem com uma barba notável e uma roupa social, porém sem paletó. No pátio já era possível ver alguns agentes em forma, muitos com cara de sono, já outros mais despertados, alguns com as bocas ainda sujas como se fossem interrompidos de um bom rango, mas a maioria estava lá. Os agentes comentavam entre si o que poderia ser que estava acontecendo, por aquela hora serem acionados assim do nada, não que isso não fosse normal, porém já fazia um tempo que isso não acontecia, assim se ouvia muitos cochichos e tremor de dentes devido ao frio que fazia no local.

Zavala como uma agente iniciante também fazia parte daquele contingente de agentes dentro do Quartel general da marinha, não se sabia o que a mesma estava fazendo naquela hora, porém sabia que ela estava um pouco atrasada, mas não que ela fosse a última a chegar no local, enquanto isso o gordo mantinha-se de pé com os braços cruzados.

Historico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2799-mizzushiro-d-yamiryu#29743
Zavala

Zavala


Imagem : [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip F6846c6a6d128ac0106eea3a85a0125a
Créditos : 5
Localização : North Blue — Flevance

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Empty
MensagemAssunto: Re: [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip   [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip EmptySáb Mar 16, 2024 6:36 pm


[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip 3HoY7rR
——
Ainda sonolenta, a menina nunca se acostumou a dormir tão tarde e acordar tão cedo, e não era agora que iria começar a se acostumar, chegando ao local já e tendo a fila vista a jovem não consegue a resposta de sua pergunta, o que consegue é apenas um “cala boca” só que com mais jeito e respeito, mas é um “cala boca”.

 Olhando ao redor ela consegue perceber que aparentemente não era um mero teste, pois um homem que parecia ser o superior está no local, e isso ela aprendeu com o tempo, “os superiores não perdem tempo à toa”.

Chegando na fila a jovem percebe que por pouco não foi a última a chegar, olhando para trás ela vê um retardatário que foi pior que ela, “ainda bem que eu não sou você cara” foi o que ela pensou enquanto boceja, ela ouve algumas palavras saindo do homem que ela imaginaria ser o superior do local.

 Aparentemente ele mandou o último cara voltar, ela pensa “que inveja”, ao olhar para o lado e lançar sua pergunta ela quase a recebe só que a resposta foi interrompida e junto a ela veio uma ordem, “grupo alfa” por enquanto tudo que a jovem faz é ponderar sem dizer nada, por poder se comprometer caso interrompa um superior direto.

Em silêncio, parada e prestando atenção em tudo que o superior diz, ela percebe que não era realmente só um treinamento, aparentemente seria uma missão, e uma missão não tão fácil assim, quando ele citou o nome do Rei, a jovem logo pensou consigo “isso vai ser complicado”.

Mesmo não sabendo sobre os perigos reais que o rei tinha, a menina já começou a imaginar que teria de carregá-lo por aí como uma baba, pensamento esse que logo foi substituído pela verdade, ela teria de acompanhá-lo na surdina, como se fosse uma agente secreta de verdade, e com isso em mente ela logo abriu seu sorriso e pensou “finalmente um pouco de ação de verdade”

 Percebendo com mais clareza o que o superior falou, ela percebe não haver espaço para falhas nessa missão, e por isso todos foram chamados, sentindo um pouco de tensão e pensando que tudo poderia dar tudo errado, seu sorriso sarcástico logo se transformou em um sincero “Meu Deus, eu vou ter que contar com um inútil qualquer para me cobrir? Com certeza ele não está no meu nível, é melhor esse idiota não me atrapalhar”.

Ainda envolvida nos seus pensamentos, a jovem percebe que mais alguém surge no local, entregando as ordens da missão, ao menos é o que uma voz diz, voltando ao mundo real, a menina começa a fitar o agente com quem foi colocada como parceiro, ela o olha de cima a baixo, e diz:

 — Você não parece ser tão incompetente assim como imaginei, espero que não me atrapalhe e não seja completamente inútil — ignorando propositalmente o que ele acabou de dizer ela se vira e diz — Vá você fazer o que acha que tem que fazer e me encontre às cinco horas, não se atrase — terminando sua frase ela sai rindo sozinha.

Começando a pensar no que fazer a jovem fala consigo: — Bom preciso antes de tudo arrumar uma roupa de civil, não sei se aceitarão meu pijama, posso tentar ir ao almoxarifado arrumar alguma roupa comum, um vestido talvez? — ela começa a sorrir sozinha novamente e destaca — Com um vestido aquele agente não resistirá, e nem ninguém que estiver no meu caminho durante a missão, e também queria uma arma de fogo, e droga, meu cigarro acabou, vou ter que arrumar mais —

Com essas frases curtas ela decide a importância de cada qual, ela parte em busca de uma roupa comum, se possível um vestido, no almoxarifado do quartel, ela pensa em tentar ir em algum local parecido com um “achados e perdidos” conseguir alguma coisa “emprestada” para a ocasião da missão.

pdv. 600/600   •   esp. 600/600   •   sta. 300/300
Histórico
Bônus e ônus:
Efeitos:
obs:

_________________

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip 5MAaZQu


Última edição por Zavala em Qua Mar 27, 2024 12:11 am, editado 2 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/
Mizzu
Oficial
Mizzu


Imagem : Kommandos Revolucionários
Créditos : 36
Localização : Rota 4 - Masquerade

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Empty
MensagemAssunto: Re: [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip   [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip EmptyDom Mar 17, 2024 12:06 am

NARRAÇÃO

O efeito manada começava, um grupo de uns oitos agentes começava a correr pelo corredor do QG, porém algo estranho se notava, não tinha nenhum marine por perto, mas para aqueles engravatados a única percepção era de chegar o mais rápido no pátio, sendo essa também o objetivo de Zavala, porém a mesma parecia achar que tudo era um simples teatro, que não passava de um treinamento qualquer, sem muita utilidade, mas seria bom mesmo testar o sistema daquele jeito?

Com seu terno bem apostos, ela entrava no bolo dos outros agentes enquanto se encaminhava para o pátio. Podia ver que já haviam uns dois ou três em forma e eretos, sendo as mesmas carinhas conhecidas por apelidos como babões ou padrões, dependendo do grupinho que estivesse comentando sobre eles. Zavala já era quase a última a chegar, porém ainda existia um outro agente que também como ela pensou que tudo aquilo ali não se passava de uma encenação, um teatro. Até poderia ser um teatro aquela agitação toda, porém mesmo assim o superior ali queria a seriedade de todos, então ao ver o último agente chegar caminhando, de onde ele estava ele apontou para o engravatado. – Você ai! Você mesmo, pode voltar ao alojamento, não precisamos de você! Isso é uma ordem. – Disse o barbudo com uma cara não tão boa para o agente atrasado.

Enquanto isso Zavala que ainda estava sonolenta entrava em forma. – Fique quieta antes que…– Disse um daqueles três que já estavam em forma antes do resto chegar. – Ei Você aí. – Apontou o agente superior para a garota. – Você mesmo que abriu esse bocão de jacaré quase engolindo o companheiro da frente. – Continuou o barbudo. – Você e você que está a frente dela seria do grupo alfa. – Afirmou o gordo enquanto começava a dividir o resto dos agentes por duplas. – Merda, agora por sua culpa eu estou nessa boca pobre! – Disse o agente que estava à frente de Zavala.

– Então, sem muita teoria ou enrolação, o Rei Lawriett Braeden se sentiu com muito frio hoje pela madrugada, resolveu por meio das informações dos seus criados ao nascer do sol sair para tomar um pequeno banho de melanina, porém todos aqui sabem dos constantes ataques de revolucionários e piratas na ilha, mesmo eu já avisando a vossa excelência que não deve se fazer umas caminhadas como essas assim tão bruscas, sem nenhuma antecedência para criarmos contingências, somos sempre pegos de surpresa, porém nessa missão vai ser um pouco diferente. – O barbudo começou a coça um pouco sua barba e barriga ao mesmo tempo. – A marinha que irá fazer a escolta e o controle de turba dos civis e moradores da ilha. Nosso papel será exclusivamente de patrulha ostensiva camuflada, como assim senhores, e senhorita, vocês estarão trajando roupas civis enquanto se camuflarão entre os tietes do rei, cada dupla em si terá uma missão bem específica, porém todos tem um objetivo em comum de não deixar nada acontecer com o Rei, mesmo que escoltado pela marinha, vocês são a primeira guarda contra qualquer ataque. – O agente se aproximava de sua pequena tropa. – Vão comer algo, ajustar seus armamentos, procurarem uma boa roupa para se infiltrar e conversem com suas duplas, saibam o que ambos em te bom para um trabalho em conjunto melhor. Agora eu irei dormi. – Disse o gordo enquanto caminhava para o corredor novamente. – Ahh já ia me esquecendo, estão dispensados! – Logo em seguida o mesmo entrou no corredor, saindo da vista daquela agente.

Um outro agente aparecia mediante a escuridão do pátio, o mesmo também era superior ao grupo que antes estava em forma. – Ow, atenção vocês! Aqui estão as ordens de missões para cada dupla, não abram até amanhã às cinco e meia da manhã, entendido?! Agora vão fazer seus preparativos. - Disso um outro agente que parecia ser o secretário daquele gordo, já que o mesmo após entregar os envelopes com o nomes das duplas, logo corria na direção do corredor rapidamente.

A dupla de Zavala era quem pegava o envelope, um agente com um longo cabelo liso ruivo, um porte físico mediano e uma arrogância acima do normal. – Vá fazer o que você acha que tem que fazer, me espere as cinco horas no portão central do QG! – Disse o mesmo sem muito bom humor e logo em seguida também seguiu para o corredor principal. A agente iniciante ainda tinha bastante tempo para o combinado da missão, sabendo que dentro daquele quartel general existiam salas com diversos tipos de armamentos, como também almoxarifados com diversos tipos de roupas e adereços, além do refeitório está sempre aberto devido a missões como essa, ficando sempre um marinheiro de plantão, cabia a mesma pensar em algo para fazer nesse meio tempo da missão, o agente barbudo com seu secretário já havia sumido da vista de Zavala, o ruivo só era notado pelo tom de seu cabelo no meio dos outros agentes que seguiam para o corredor, então o que faria a agente Engel?


Historico:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2799-mizzushiro-d-yamiryu#29743
Zavala

Zavala


Imagem : [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip F6846c6a6d128ac0106eea3a85a0125a
Créditos : 5
Localização : North Blue — Flevance

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip Empty
MensagemAssunto: Re: [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip   [Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip EmptyQua Mar 27, 2024 12:14 am


[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip 3HoY7rR
——
Ainda sonolenta, a menina nunca se acostumou a dormir tão tarde e acordar tão cedo, e não era agora que iria começar a se acostumar, chegando ao local já e tendo a fila vista a jovem não consegue a resposta de sua pergunta, o que consegue é apenas um “cala boca” só que com mais jeito e respeito, mas é um “cala boca”.

Olhando ao redor ela consegue perceber que aparentemente não era um mero teste, pois um homem que parecia ser o superior está no local, e isso ela aprendeu com o tempo, “os superiores não perdem tempo à toa”.

Chegando na fila a jovem percebe que por pouco não foi a última a chegar, olhando para trás ela vê um retardatário que foi pior que ela, “ainda bem que eu não sou você cara” foi o que ela pensou enquanto boceja, ela ouve algumas palavras saindo do homem que ela imaginaria ser o superior do local.

Aparentemente ele mandou o último cara voltar, ela pensa “que inveja”, ao olhar para o lado e lançar sua pergunta ela quase a recebe só que a resposta foi interrompida e junto a ela veio uma ordem, “grupo alfa” por enquanto tudo que a jovem faz é ponderar sem dizer nada, por poder se comprometer caso interrompa um superior direto.

Em silêncio, parada e prestando atenção em tudo que o superior diz, ela percebe que não era realmente só um treinamento, aparentemente seria uma missão, e uma missão não tão fácil assim, quando ele citou o nome do Rei, a jovem logo pensou consigo “isso vai ser complicado”.

Mesmo não sabendo sobre os perigos reais que o rei tinha, a menina já começou a imaginar que teria de carregá-lo por aí como uma baba, pensamento esse que logo foi substituído pela verdade, ela teria de acompanhá-lo na surdina, como se fosse uma agente secreta de verdade, e com isso em mente ela logo abriu seu sorriso e pensou “finalmente um pouco de ação de verdade”

Percebendo com mais clareza o que o superior falou, ela percebe não haver espaço para falhas nessa missão, e por isso todos foram chamados, sentindo um pouco de tensão e pensando que tudo poderia dar tudo errado, seu sorriso sarcástico logo se transformou em um sincero “Meu Deus, eu vou ter que contar com um inútil qualquer para me cobrir? Com certeza ele não está no meu nível, é melhor esse idiota não me atrapalhar”.

Ainda envolvida nos seus pensamentos, a jovem percebe que mais alguém surge no local, entregando as ordens da missão, ao menos é o que uma voz diz, voltando ao mundo real, a menina começa a fitar o agente com quem foi colocada como parceiro, ela o olha de cima a baixo, e diz:

— Você não parece ser tão incompetente assim como imaginei, espero que não me atrapalhe e não seja completamente inútil — ignorando propositalmente o que ele acabou de dizer ela se vira e diz — Vá você fazer o que acha que tem que fazer e me encontre às cinco horas, não se atrase — terminando sua frase ela sai rindo sozinha.

Começando a pensar no que fazer a jovem fala consigo: — Bom preciso antes de tudo arrumar uma roupa de civil, não sei se aceitarão meu pijama, posso tentar ir ao almoxarifado arrumar alguma roupa comum, um vestido talvez? — ela começa a sorrir sozinha novamente e destaca — Com um vestido aquele agente não resistirá, e nem ninguém que estiver no meu caminho durante a missão, e também queria uma arma de fogo, e droga, meu cigarro acabou, vou ter que arrumar mais —

Com essas frases curtas ela decide a importância de cada qual, ela parte em busca de uma roupa comum, se possível um vestido, no almoxarifado do quartel, ela pensa em tentar ir em algum local parecido com um “achados e perdidos” conseguir alguma coisa “emprestada” para a ocasião da missão.

pdv. 600/600   •   esp. 600/600   •   sta. 300/300
Histórico
Bônus e ônus:
Efeitos:
obs:

_________________

[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip 5MAaZQu
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/
 
[Narrada/Aberta] Ato I — Prinzip
Ir para o topo 
Página 1 de 1

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance-
Ir para: