Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Amazon Lily

Lyosha
Imagem :
Amazon Lily AO7UjML
Créditos :
62
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1056-lyosha-bulgakov#10148 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18228
Lyosha
Administrador
Amazon Lily Qua Set 29, 2021 7:54 pm
Amazon Lily




Nome: Amazon Lily.
Sistema de governo: Tribalismo.
Regente: Maximilienne Périgord.
Densidade populacional: Alta (85% Kujas, o restante são outras raças).
Religião: Seguidoras da Medusa.
Seguidoras da Medusa:
Clima: Tropical.
Temperatura média: Variantes de 25º a 35º.
Geografia: Amazon Lily é uma ilha de verão com duas principais divisões. A primeira é uma extensa e intensa selva de plantas tropicais que dão lar a diversos animais, sendo a segunda uma zona totalmente urbanizada pelas mulheres. Na sua maioria as praias são rochosas e de difícil acesso, no entanto, as melhores e mais belas praias são acessíveis para qualquer pessoa na ilha, podendo desfrutar com orgulho a água cristalina e a areia branca. Na ilha existem alguns pequenos montes com mais vegetação no seu topo, no entanto, o principal monte encontra-se no centro da ilha: o monte Kuja. Ele tem enormes cobras esculpidas, visíveis de bem longe e o nome da tribo nativa da ilha. Ainda no Monte Kuja, existe um enorme vale que abre espaço para toda a cidade e população das Amazonas.






Amazon Lily nunca foi um lugar muito conhecido para o resto do mundo. Sempre foi mais fechado e reservado para mulheres de elite. Pouco se sabia sobre esta ilha, alguns até mesmo conspiravam sobre a existência da mesma. As antigas regentes sempre foram mulheres fortes de mente e corpo, sendo o motivo do Governo ter desistido de continuar os ataques contra elas até então, afinal, por boa parte da história das Amazonas eram piratas.

Embora fechadas e longe do mundo, as Amazonas sempre viveram de forma próspera e alegre. Algumas mulheres tinham a permissão da Regente para saírem da ilha: algumas para explorar o mundo, outras para caçar inimigos das Amazonas, algumas para “adquirir bens” e outras unicamente para a reprodução ou adoção. Neste último caso, apenas poderiam retornar com uma criança do sexo feminino, caso contrário a criança deveria ficar com o pai ou, caso a mãe se recusasse a deixar o filho para trás, ser exilada da tribo.

Existiram dois principais grupos na ilha: as Amazonas e as Najas. As Amazonas são todas e quaisquer mulheres dispostas a lutarem pela ilha, sendo ou não da tribo Kuja, agindo como guardas na ilha ou sendo mandadas para o mar para vigiar a aproximação de navios desconhecidos, são as guerreiras que também são mandadas para “adquirir bens”.

Já as Najas, eram um grupo de Elite, treinadas desde a infância para serem máquinas mortíferas e precisas, mandadas para eliminar ameaças (como desertoras e traídoras da ilha ou até mesmo simplesmente para eliminar homens que maltrataram Amazonas que estavam fora da ilha) e eram mantidas como as guardas da regente. Numa comparação mais simplificada, as Amazonas seriam o equivalente à Marinha e as Najas aos Agentes do Governo. Este grupo é formado única e exclusivamente por nativas da tribo.

A tradição sempre foi importante para as Kujas, manter-se longe do mundo dos homens, juntas sempre seriam mais fortes e não precisavam de se conformar com o Governo Mundial. Grandes personalidades foram criadas em Amazon Lily, mulheres temidas pelo mundo com poderes incríveis e únicos, sendo a mais conhecida Dae Ryung. Infelizmente, Dae decidiu sair da ilha e explorar o mundo com a sua tripulação e acabou por perder a oportunidade de se tornar a nova regente após a triste morte da antiga regente.

No entanto, Périgord demonstrou ser uma ótima nova regente, mesmo que divida opiniões. A população das Amazonas teve um crescimento muito repentino, a demanda de comida e recursos era muito maior que aqueles que conseguiam adquirir. Para resolver esse problema, a regente decidiu finalmente abrir as rotas comerciais da ilha com o Governo, no entanto a regente deixou claro que elas estavam apenas abrindo rotas comerciais por enquanto, visto que a maioria das Amazonas não confiavam no Governo Mundial por ser comandado principalmente por homens.

Muitas mulheres foram cobrar Périgord o novo acordo com o governo, muitas com medo que homens pudessem aproveitar esse acordo para irem até a ilha e começarem a causar o caos, mas foi então que Périgord apresentou para as Amazonas as novas linhas de defesa da ilha oferecidas pela Dra. Stein: máquinas de combate que não são ainda do conhecimento do Governo Mundial. Inicialmente as Amazonas se recusaram a aceitar que máquinas as protegessem, afinal elas eram fortes e não precisavam dessas tecnologias para se sentirem seguras.

No entanto, começaram a perceber que não passavam de armas usadas por elas e que facilitavam todo o seu trabalho na segurança da ilha, acabando por abraçar a nova introdução que, aos poucos, parece começar a ser parte da cultura das Kujas. Claro que as mais tradicionais ainda preferem que as máquinas não sejam uma opção, muito menos abrir rotas comerciais com o mundo, mas até mesmo essas conseguem entender a necessidade de tais medidas.

Atualmente, 90% das Amazonas seguem a regente, no entanto existe um grupo de Amazonas insatisfeitas que tentou tirar o trono da Regente. A mesma não tem qualquer vontade de passar o resto da sua vida em tal posição, acredita que o seu propósito é espalhar a palavra da Medusa para o mundo, mas apenas aceita que alguém mais forte que ela tome o seu trono.

A Líder das Naja, Lucy lutou contra a regente no coliseu durante dois dias e duas noites, terminando na sua derrota e prisão por quebra do juramento. Tanto Maximilienne e Lucy haviam sido Najas, amigas de infância, no entanto Maximilienne foi escolhida pela regente anterior para liderar as amazonas. Com a sua ascensão, Lucy jurou que jamais tentaria tomar o trono em respeito às duas, o que acabou por não se tornar realidade.

As Najas acabaram por se dividir também, dando origem ao grupo das Górgonas que não aceitam Périgord como sua líder e tentam tirar ela do poder. São o único grupo criminoso aos olhos da ilha, no entanto as suas identidades são desconhecidas e sempre recrutam novas integrantes para o grupo, normalmente mulheres jovens e ainda suscetíveis a serem manipuladas.



Cidade Kuja


Palácio da Medusa - Descrito como o local de maior beleza da ilha construída pelas mãos dos nativos, suas esculturas de guerreiras e móveis de mármore dão uma beleza inigualável ao ambiente com guardas protegendo os seus dois grandes portões de pedra. Em seu interior, possui um jardim cuidado com maestria e flores lindas colhidas das selvas perigosas da ilha.
Coliseu - Uma das principais fontes de entretenimento da região é o principal tribunal de Amazon Lily, após o julgamento, os criminosos são colocados em batalhas para definir a sua punição, normalmente sendo o exílio ou a morte.
Orfanato - Um local de grande respeito e amizade em que as crianças são criadas com amor protegidos por Marie-Helene. É o principal lar das crianças das quais perderam a sua mãe e um ambiente acolhedor, sua estrutura tem o tamanho de um grande quarteirão com diversas áreas de aprendizado de diferentes técnicas e estilos, sendo também um local de acesso ao estudo para as crianças mais novas.
Dra. Stein Shop - Os melhores da tecnologia são encontrados aqui, desde ferramentas mais aprimoradas como serviços de diferentes tipos por preços que cabem em seu bolso. Em uma loja localizada no centro da ilha, a Dra. Stein coloca alguns de seus produtos para vender e devido ao sucesso, formou-se um pequeno bloco de comércios ao seu redor que vendem diferentes tipos de produtos.
Prisão - Um bloco dentro da cidade com dezenas de jaulas em que os prisioneiros se encontram acorrentados e vigiados vinte e quatro horas por dia, é aqui que Lucy se encontra presa. O local é de difícil acesso devido as montanhas que o cercam e protegido por dezenas de amazonas com um portão de aço de dez metros de altura e muralhas tão grandes quanto.

Selva


Ocupando metade da ilha, uma selva perigosa e traiçoeira existe e onde há perigo, também há recompensas que podem valer o risco. Para alguns, é o local em que é possível se esconder das amazonas sem que sofra uma terrível busca, para outros, é o local perfeito para o estudo da biodiversidade da ilha.
Toca das Górgonas - Em meio a selva e não tão distante da cidade, as Górgonas tem um acampamento camuflado que leva a um nível do subsolo em que elas podem se organizar e planejar com mais segurança e sigilo. Essa toca contém diversas armadilhas que apenas os integrantes sabem como passar por elas e conta com guardas furtivas para proteger de qualquer invasor desavisado.
Laboratório Secreto da Dra. Stein - Um local protegido por máquinas e animais artificiais é o principal ponto de pesquisa da Doutora sobre tudo e todos os que existem na ilha. O local em si é bem camuflado para evitar qualquer visita desavisada e contém cinco níveis, três superiores sendo o térreo e dois andares e dois no subsolo onde as pesquisas mais perigosas são conduzidas.
Ruínas Proibidas - As ruínas antigas encontram-se no coração da selva. São a única zona proibida para toda e qualquer pessoa que não seja a regente, a conselheira e os seus convidados. As máquinas de Stein têm ordem para atacar qualquer pessoa que tentar entrar no local. A lei sobre as ruínas existe há séculos, segundo a lenda a ruína é tão velha quanto as próprias amazonas. Reza a lenda que a própria Medusa descansa nas ruínas, esperando pelo dia que voltará a acordar para purificar o mundo dos homens impuros, petrificando aqueles que possuem maldade em seus corações.


Maximilienne Périgord

Descrição: Maximilienne vem de uma linhagem muito humilde das Amazonas, onde a maioria se limitava a ser comerciantes ou agricultoras. Maximilienne sempre se destacou pela sua força física e inteligência. Sempre viu as outras mulheres como irmãs e iguais, sendo ou não tão fortes como ela. A mãe de Maximilienne acabou por falecer com uma doença quando a garota tinha apenas 5 anos, felizmente a família Bélanger acabou por adotar a garota e a treinou, tornando-a numa das mais fortes da ilha. Aos 9 anos foi adotada por Marie-Helene após a última Bélanger adulta morrer na ilha.

Devido à escassa quantidade de Najas na época, Marie-Helene acabou por sugerir que Maximilienne se alistasse ao grupo. A garota assim o fez e acabou por se tornar uma das mais fortes do grupo, tendo missões de excelência e desempenhos formidáveis. Não só forte como também inteligente, sempre procurando o melhor dentro das suas irmãs Amazonas e procurando formas de melhorar todas. Acredita que as Kujas deveriam espalhar a sua forma de pensar; o seu modo de vida para as outras mulheres no mundo, incentivando elas a se revoltarem contra os homens e contra elas mesmas e se tornarem a melhor versão possível. Ela não tolera nenhuma falta de respeito para com outra mulher perante a sua presença, transformando em pedra qualquer um sem pensar duas vezes. Para Maximilienne, as Amazonas não deveriam se esconder mais naquela Ilha, deveriam mostrar ao Mundo a real força e que ali era cultivada.
Nível: 16
Estilo de Luta:
Encantadora de Cobras O modo de Maximilienne lutar é bem virado para o uso total da sua forma híbrida. Usa o seu grande rabo para chicotear, puxar e estrangular as suas vítimas, enquanto que usa as cobras na sua cabeça para morder as suas vítimas. Ela não tem medo de usar as suas mãos para socar os seus alvos, no entanto evita esta opção ao máximo.

Akuma no Mi Tipo: Zoan Mitológica
Descrição:  Esta Akuma no Mi permite o seu usuário transformar-se na criatura mítica Medusa no modo híbrido entre a sua forma humana e animal, garantindo mais força, resistência e agilidade. Esta fruta garante ainda a seu usuário a fraqueza padrão de todas as Akumas no Mi - Kairouseki e impossibilidade de nadar por parte do seu usuário.  
Bônus:

  • Medusa

    Quando na forma animal, o usuário pode chegar a um comprimento de até 9 metros, adquirindo mais agilidade e tendo uma espécie de visão de calor, além da capacidade de injetar o seu veneno paralisante através de poderosas mordidas. Já na forma híbrida, misturando as características humanas com as animais, o usuário adquire um corpo comprido, de cerca de 5 metros a mais que o seu tamanho humano. Nesta forma ele não tem pernas, mas possui braços e o seu cabelo se transforma em diversas cobras e adquire a capacidade de lançar o veneno paralisante a distância e petrificar os alvos através do contacto visual. As cobras na sua cabeça podem ser cortadas, no entanto, serão imediatamente repostas e nem provocam dor na usuária, afinal são parte do seu cabelo.  

  • Veneno
    Em ambas as formas, o usuário produz um poderoso veneno dourado que pode diminuir consideravelmente o movimento daqueles que são envenenados por ele. Na forma completa ele pode injetar esta substância nas suas presas através da mordida e na híbrida, além de injetar na mordida, pode até mesmo lançar a distância esta substância através das cobras no seu cabelo. O veneno lançado na forma híbrida pode causar danos até mesmo sem ser injetado diretamente na corrente sanguínea, já que possui propriedades ácidas com um leve poder de corrosão, podendo ferir a pele.
    Efeito do Veneno Injetado Pela Mordida: Paralisia total do membro afetado (duração de 3 posts)
    Dano do Veneno Cuspido: Paralisia Parcial do membro afetado (duração de 1 post)
    *Se inalado após evaporar ou se ele entrar em contacto com a corrente sanguínea, o veneno cuspido provoca Envenenamento I
    *O Veneno Cuspido apesar de causar danos por corrosão não abre feridas, o seu efeito é representado pelo dano causado, não causando derretimento da pele e efeitos similares.

  • Petrificação

    Na forma híbrida o usuário torna-se capaz de transformar os seus alvos em pedra apenas através do contacto visual direto (em termos mecânicos aplica o efeito Atordoado V). Reflexões não têm nenhum efeito. É possível quebrar o estado de petrificação caso a pessoa em questão tenha mais força física que o usuário (em termos mecânicos reduz 1 na escala de Atordoado). O efeito não é passivo, permitindo ao usuário olhar para as pessoas normalmente. O efeito ainda perde 40% da força contra mestres de Haki do Armamento-Revestimento (em termos mecânicos reduz 2 na escala de Atordoado), aos restantes Hakis do Armamento, apenas tem uma redução de 20% caso tenham pelo menos domínio no haki em questão (em termos mecânicos reduz 1 na escala de Atordoado). Usuários de Haki do Rei são imunes a essa habilidade.





Marie-Helene Deschamps

Descrição: Marie-Hélène tem cerca de 190 anos, sendo assim a Kuja mais velha da ilha apesar da sua aparência jovial e bela. Quando nova, Marie viu de perto os horrores do envelhecimento e isso a deixou bem preocupada, estudando e inventando formas novas para manter a sua aparência para a eternidade, mas nunca se viu bem sucedida. Até que um dia teve a sorte de comer uma Akuma no Mi que tornou o seu sonho em realidade, nunca mais envelhecendo.

Marie apenas teve uma filha, no entanto, quando descobriu que ela não herdaria a sua benção de não ser afetada pelo envelhecimento, já era tarde demais. Desde o funeral da sua primeira filha, Marie nunca mais teve outra criança, mas isso não a impediu de desenvolver um forte afeto pelas outras crianças da ilha, tratando-as como filhas, especialmente Maximilienne, Marcelline e Lucy.

Desde a morte da sua filha, a mulher decidiu se tornar a mulher mais sábia na ilha, estudando sobre tudo e todos, especialmente as Akumas no Mi e as armas lendárias, para que pudesse passar o seu conhecimento para as suas irmãs Amazonas. Ela nunca teve interesse em se tornar líder da ilha devido ao enorme respeito que tinha pela regente anterior, contudo, com a morte dela muitas Amazonas incentivaram que a mulher tentasse se tornar líder desafiando Maximilienne, mas o interesse em ter o poder era 0, preferindo deixar essa tarefa nas mãos de uma pessoa capaz.

Marie-Helene, age como conselheira de Maximilienne, sendo completamente imparcial e pensando unicamente no melhor para as Amazonas e no que é certo. Além disso, é responsável por assegurar que o orfanato da ilha se encontre em condições para que nenhuma criança tenha que sofrer.
Nível: 14
Estilo de Luta: Artista Marcial
Akuma no Mi Yume Yume no Mi - Fruta dos Sonhos
Tipo: Paramecia
Descrição:  Esta Akuma no Mi permite o seu usuário ter não só o seu sonho/desejo mais profundo tornado realidade, como também ter total acesso e controlo sobre o mundo dos sonhos, manipulando-os e tendo acesso ao subconsciente da pessoa em questão de minutos.
Bônus:

  • Yume No Megami

    Quando num raio de 50 metros, o usuário torna-se capaz de invadir os sonhos de qualquer pessoa à sua escolha, sem mesmo precisar de ver ou conhecer a pessoa, apenas necessitando de entrar num estado de meditação profundo, onde nenhum fator externo consegue tirar, com a excepção de danos físicos extremamente fortes. O usuário ainda pode escolher deixar um grupo de pessoas presas no mesmo sonho.

    Quando entra no mundo dos sonhos, a realidade se torna distorcida e tudo que o usuário desejar se torna real naquele sonho, dobrando as leis do universo e podendo até mesmo criar um novo. Enquanto neste universo, o usuário tem total acesso ao subconsciente dos alvos, adquirindo TODO o conhecimento e vivências da pessoa, podendo até mesmo apagar ou distorcer fatos.

    Todo o dano sofrido no mundo dos sonhos é refletido no corpo real das pessoas, sendo ou não o do próprio usuário, permitindo assim a morte durante um sonho.

  • Yume No Miko No Me

    O usuário ganha no centro da sua testa um olho que pode ler todos os movimentos com extrema precisão e velocidade, auxiliando não só na luta como também na leitura corporal das pessoas no dia a dia, tornando-a capaz de identificar rapidamente as intenções das pessoas.




Dra. Erika Stein

Descrição: Dra. Erika Stein sempre buscou o progresso, desde muito nova estudava e já tinha as suas primeiras invenções. Para se tornar a melhor entre as melhores, a jovem nos seus 18 anos alistou-se na marinha, trabalhando como uma cientista e melhorando as armas e tecnologias do governo, no entanto, as suas experiências começaram a se tornar duvidosas, usando piratas capturados para realizar testes considerados desumanos. Após ser descoberta, a Dra. foi convidada a se afastar do governo e da marinha permanentemente.

Domada pela fúria de não ser compreendida, Stein decide começar a vender todo o seu conhecimento militar e tecnológico para piratas, revolucionários e alguns Caçadores em ascensão, tornando-se rapidamente uma criminosa procurada pelo governo. Aos 26 anos decide refugiar-se em Amazon Lily, terra natal de sua mãe, onde faz um acordo com a nova regente. Ela ajuda a ilha com novas tecnologias e armas, desde que possa continuar a fazer testes científicos. Com a presença de Stein na ilha, Amazon Lily tornou-se a par do resto do mundo a nível militar.

A Dra. tem um laboratório na cidade, onde é acessível para qualquer pessoa na ilha, no entanto, aqui não realiza nenhum teste, apenas vende artigos e presta alguns serviços. Todo o seu processo de criação e estudo ocorre no coração da selva, sendo fortemente protegido pelas suas máquinas com aparência de animais. Com ela anda sempre uma pequena máquina de modelo único chamada Spy Spy, uma máquina em forma de aranha de 15cm que consegue virar uma bola.
Nível: 8
Estilo de Luta: Atiradora (Prefere não lutar).

Máquinas Criadas Modelo: Watchers (Level 2)
Descrição: Máquina de Patrulha
Spoiler:

Modelo: Sawtooth (Level 6)
Descrição: Máquina de combate
Spoiler:

Modelo: Glinthawk (Level 5)
Descrição: Máquina de Combate
Spoiler:

]Modelo: Jäger (Level 10)
Descrição: Máquina de Combate
Spoiler:

Modelo: Sea Queen (Level 14)
Descrição: Máquina de Patrulha
Spoiler:



Jade Martell

Descrição: Jade foi salva pelas Najas (quando ainda estavam a mando da Regente anterior) quando era bem jovem. Ela era uma ex-escrava prestes a ser vendida para um Dragão Celestial no arquipélago Sabaody, mas acabou por ter a liberdade graças a um grupo de Najas. O grupo de mulheres libertou apenas as mulheres do leilão e as crianças, deixando os homens presos e à sorte do destino. Jade tornou-se grata às Amazonas, aceitando viver e aprender com elas na ilha e, quando chegou à idade adulta, decidiu retribuir o favor aos Deuses, juntando-se aos revolucionários e libertando escravos por todo o mundo.

Por quase se ter tornado numa propriedade do governo, Jade criou uma grande aversão ao mesmo, simpatizando bastante com os revolucionários. Acabou por se tornar uma revolucionária aos 16 anos, procurando a verdadeira paz no mundo, odiando o governo como instituição, compreendendo os marinheiros e alguns agentes, pelo menos os de patentes mais baixas. Quando descobriu que a regente havia falecido e estaria prestes a ser substituída por uma regente “modernista”, Jade voltou para a ilha das Amazonas para proteger a ilha de eventuais ações do Governo, não confiando nem um pouco nele.
Nível: 12
Estilo de Luta: Ladina.


Trudy Schlösser

Descrição: A mãe de Trudy era uma Amazona que acabou por escolher se juntar ao governo mundial após se apaixonar por um jovem nobre, abandonando as suas irmãs Amazonas. Trudy nasceu de um amor que acabou por ser barrado pela própria sociedade, impossibilitando que a sua mãe e pai pudessem se casar. Crescer ver a sua mãe sofrendo por não poder passar mais tempo com o seu amor, Trudy começou a repudiar a ideia de amor, fechando-se para todos a nível emocional para que não sofresse como a sua mãe sofreu a vida toda.

Como agente, Trudy se destacava pela sua inteligência e força nas missões, nunca falhando nenhuma missão. Pelo seu histórico de missões e pela sua origem, Trudy acabou por ser escolhida para ir para a ilha das Amazonas com o propósito de fazer a regente atual (ou a próxima) aliar-se totalmente ao governo. Em último caso, Trudy tem ordem de fazer tudo ao seu alcance para virar a regente da ilha e garantir que Amazon Lily vire um ponto estratégico para o governo caso a regente atual não aceite o Governo como este assim pretende..

Trudy não tem a menor intenção de virar regente da ilha, não gostando de ficar presa na mesma ilha por muito tempo, especialmente uma ilha que recusou o regresso da sua mãe após a união falha. A garota gosta de viajar por todas as ilhas, sendo uma das agentes com mais missões em ilhas diferentes de todo o governo.
Nível: 12
Estilo de Luta: Karatê dos Homens-Peixe e Chicoteadora.


Marcelline Bélanger

Descrição: A família Bélanger era uma das famílias nobres das Amazonas, pela disciplina, força e mira, mas após o abandono da filha mais velha das Bélanger da ilha com um homem, a família foi rebaixada pela regente anterior. Contudo, mesmo a família sendo mal vista, as Bélanger restantes continuavam de cabeça erguida e ajudavam jovens Amazonas que perdiam as mães numa idade jovem, acabando por acolher Annabelle num momento de necessidade.

Marcelline é uma jovem de 15 anos inteligente e focada que, mesmo se tornando a última da sua família na ilha com apenas 2 anos, continuou a lutar e indo atrás de superar todos os desafios impostos por ela. A garota sonha um dia encontrar a sua tia e perguntar para ela o real motivo de ter traído as amazonas, mas até lá precisa ser forte o suficiente para se virar sozinha.

Marcelline, por vezes, parece ser capaz de entender e falar com vários animais, especialmente cobras. Graças a essa habilidade, Marcelline domou várias cobras por toda a ilha que a protegem de invasores, contudo existem 3 que se destacam. Atualmente a garota trabalha para a Dra. Stein na sua loja e, muito raramente, no seu laboratório como uma mera assistente. Ninguém, nem mesmo a própria Marceline sabe que é uma usuária de Akuma no Mi.
Nível: 6
Estilo de Luta: Atiradora.
Akuma no Mi Teian Teian no Mi (Akuma dos Olhos)
Tipo: Paramecia
Descrição:  Esta Akuma no Mi permite o seu usuário induzir certos sentimentos e até mesmo pensamentos em outros seres vivos, sendo bem mais eficaz contra animais. Muito dificilmente esta akuma permite ao usuário induzir sentimentos ou vontades completamente contra a sua personalidade, como por exemplo ordenar o alvo se jogar num vulcão.
Bônus:

  • Apenas uma sugestão

    O usuário, apenas realizando contato visual, é capaz de dar pequenos comandos para o alvo. Quanto mais suscetível ele for, ou quanto menos racional ele for, maior será a facilidade em acatar o comando. Esta habilidade é passiva.

  • Toque Caloroso

    O simples toque deste usuário em outros seres vivos faz com que ele transfira algum tipo de sentimento para ele. Deixar a pessoa triste, feliz, com medo ou cheia de confiança. Em certos casos, consegue mesmo até deixar pessoas sonolentas ou cheias de energia. Assim como a habilidade anterior, esta habilidade é passiva.




Lucy Noctis, A Víbora

Descrição: Lucy, assim como muitas Amazonas, não teve o luxo de ter uma mãe devido à escolha da mesma em viajar pelo mar sob a bandeira das Kujas, morrendo tragicamente numa luta contra piratas escravagistas. Márie-Helene rapidamente acolheu a mesma e cuidou dela como uma filha, treinando-a também para se juntar às Najas.

Dentro da organização, Lucy era considerada um prodígio e uma forte concorrente a se tornar futura líder do grupo. Lucy e Maximilienne cresceram como irmãs dentro e fora das Najas, a jovem de cabelos negros admirava a sua irmã adotiva e a respeitava acima de todas as coisas, talvez um pouco mais do que respeito e admiração. Um amor unilateral que nunca foi correspondido.

Quando Maximilienne se tornou a nova regente, Lucy já imaginava os novos planos que a sua amiga teria para a ilha e, embora discordasse deles, prometeu sob-juramento que jamais tentaria tirar a sua amiga do trono, sabendo que ela apenas pretendia o melhor para a ilha.

Contudo, muitas pessoas dizem que Lucy, após encontrar as suas Meitous durante uma missão de resgate, começou a enlouquecer, como se tivesse sido possuída por um espírito maligno causador de discórdia e guerra. Como se isso não bastasse, Lucy nutria um ódio pelos homens que era totalmente incompreensível até mesmo para as outras Amazonas. Um ódio irracional que apenas crescia a cada dia, chegando ao ponto de odiar e querer matar homens de qualquer raça e passando para mulheres que não fossem humanas em outras ilhas. Eventualmente acabou por tomar más decisões, atraindo em segredo inimigos poderosos para a ilha para que apenas pudesse ver todo mundo lutando até a morte. Isso acabou por causar a morte de várias Amazonas que tentavam proteger a sua ilha.

O império de terror de Lucy chegou ao fim quando perdeu para Maximilienne após a desafiar, sendo prisioneira após a sua derrota. Para ser mantida sob controle, a comida de Lucy é constantemente drogada todos os dias, para evitar que a mulher tente fugir. Mesmo algemada, é incrivelmente poderosa.

Lucy é uma pessoa mentalmente instável, falando sozinha e por vezes até na terceira pessoa. Por algum motivo, Lucy é a única pessoa na ilha que Marie não consegue invadir os sonhos, quase como se a mente dela fosse dividida entre duas ou mais pessoas. As suas Meitous ainda estão na ilha, em cima do trono da regente onde ninguém na ilha tem permissão de tocar ou usar. São mantidas como um símbolo para que todas que entrarem na sala para falar ou pedir algo a Maximilienne, se lembrarem que nem mesmo a sua melhor amiga foi perdoada de uma traição.
Nível: 16
Estilo de Luta: Nitoryu.


Ishikawa Nao

Descrição: Ishikawa Nao é uma mulher 100% tradicional, embora respeite e siga Maximilienne, a mulher ainda acredita que amazonas deveriam ser todas piratas, inimigas do governo e da marinha, organizações lideradas por homens. Nao ainda tem o costume de adaptar métodos extremos para proteger a imagem da ilha. Nao acredita que a única forma de ter o respeito dos homens é tirando aquilo que eles mais gostam e logicamente isso acabaria por rotular elas como piratas. Na sua juventude, Nao invadia navios marines e piratas, saqueando o máximo e deixando todos os homens à deriva no navio, enquanto dava às mulheres a oportunidade de a seguirem.

Nao é a general do exército Kuja, as guardas da ilha. Nao controla todos os movimentos dos navios na ilha, seja entrada ou saída, quando um navio não autorizado se aproxima na zona da ilha, Nao movimenta todas as soldadas para os navios para que eles tenham a oportunidade de voltar para trás antes de serem completamente destruídos.

Quando era mais nova, Nao entrou nas ruínas proibidas em segredo. Havia feito uma birra em casa e pensava em fugir da ilha, no entanto acabou por descobrir o conteúdo sombrio que existia dentro das ruínas. Nao nunca comentou com ninguém o que viu lá dentro, mas aquilo que viu fez com que ela seja extremamente contra as novas políticas. Por vezes, a mulher ainda tem pesadelos com as visões daquela noite.

Existem suspeitas de que Nao conspira com as Górgonas e que até mesmo é a líder delas na ausência de Lucy, no entanto não existem provas para comprovar isso e muitas preferem acreditar que isso são rumores para manchar a imagem da general.
Nível: 10
Estilo de Luta: Bárbara.


Rag

Descrição: Rag é uma cobra marinha com cerca de 900 anos. Ele não é um Rei dos Mares, mas é inegável que ele é o Rei daquele mar. Nenhum Rei dos Mares, pelo menos não após muitos anos virando comida de cobra, tem coragem ou motivo para entrar naquelas águas. Rag é uma criatura extremamente inteligente que vive no fundo do mar e protege a ilha dos Reis dos Mares, permitindo que os navios entrem e saiam da ilha em segurança.

Rag não aceita ordens de ninguém além da própria Medusa que, infelizmente, não se encontra mais viva. É uma criatura orgulhosa, tão orgulhosa que vê as criações da Dra. Stein (principalmente as Sea Queen) como uma forma patética de proteção. Por vezes, apenas por pura diversão, Rag joga uma ou outra Sea Queen fora do mar, cerca de 30 metros fora de água com um único golpe, claro que nunca jogando diretamente para a ilha, sempre mirando no próprio mar.

Em situações raras em que a ilha está sofrendo um ataque massivo, Rag aparece como último recurso, enrolando-se em volta da ilha e criando um escudo de carne. As suas escamas são mais duras que Kairoseki, o seu corpo tem cerca de 100 km de distância e os seus dentes poderosos conseguem devorar navios em questão de segundos. A sua voz é tão alta que faz o mar tremer, claro que o que ele fala está além da compreensão humana mas dá para compreender quando ele está furioso ou não.
Nível: 20


Nome do recurso: